INFORMAÇÃO GERAL PARA ESTUDANTES

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INFORMAÇÃO GERAL PARA ESTUDANTES"

Transcrição

1 INFORMAÇÃO GERAL PARA ESTUDANTES O País País de contrastes, Portugal engloba o moderno e o antigo, a cultura latina e os costumes europeus, uma arquitectura e gastronomia muito próprias e grande variedade de paisagens, que ganham contornos mais característicos nos arquipélagos da Madeira e dos Açores. Com temperaturas amenas, as praias portuguesas são das mais convidativas a nível mundial: extenso areal, águas límpidas e sol, muito sol. Por outro lado, as cidades revestem-se de história viva, celebrizada por belos monumentos, museus e um vasto calendário cultural. Pela sua diversidade, Portugal oferece uma diversidade de sensações únicas e inesquecíveis que tornarão o tempo aqui passado, em complemento com o período de estudo, num dos melhores da sua vida. Aqui, as experiências podem ir desde praticar surf numa extensa linha costeira à tranquila beleza de campos de golfe verdejantes, e desde a tranquilidade das noites iluminadas pelas estrelas nas planícies do Alentejo à animação dos bares e centros comerciais de Lisboa. Os Portugueses Os portugueses são fruto de uma rica mistura de povos que migraram para a Península Ibérica no decorrer dos séculos. A mistura básica ocorreu entre os Iberos e os celtas. Misturas menores ocorreram com a chegada dos romanos, de onde se originou a língua portuguesa e com os mouros. Com a decadência do Império Romano, Portugal foi invadido por povos germânicos, como os visigodos e suevos. Quando começaram sua expansão ultramarina no século XV, em busca de novas 1

2 fontes de riqueza além-mar, sendo seu início em 1415, a partir da conquista de Ceuta, os portugueses tornaram-se um povo emigrante. Desde então, milhões de portugueses partiram em busca de enriquecimento em outras terras. A Comunidade Portuguesa estende-se pelos 4 cantos do mundo, de África à América do Sul, na Ásia e no resto da Europa. O Povo Português é o principal responsável pelo bom-nome de Portugal alémfronteiras; desde o cidadão anónimo que contribui, diariamente, para o desenvolvimento de uma determinada actividade, em determinado país que o acolhe até ao português famoso, que à pronúncia do seu nome, a reacção é imediata: Ah! É português! Sem esquecer o importante trabalho de empresas, clubes e organizações que, no seu âmbito, têm como principal missão elevar o nome de Portugal, a todos eles prestamos aqui o nosso tributo, relembrando assim que Portugal deu, dá e tem muito para dar. Área Geográfica Km2 População Língua Oficial Capital Português Lisboa Coordenadas 36º59 a 42º59 N e 6º14 a 9º33W Governo Presidente Primeiro-Ministro Democracia Parlamentar Aníbal Cavaco Silva Pedro Passos Coelho Entrada na União Europeia 1 Janeiro 1986 Moeda Fuso Horário Euro GMT 2

3 Código Internet pt Indicativo telefónico 351 Religião Católica (84%) Clima / Temperatura media Principais Indústrias 13ºC a Norte / 18ºC a Sul Têxtil, Sapatos, Cortiça, Cabedal, Mobiliário, Mármore e Cerâmica Localização Situado no extremo sudoeste da Europa, na zona ocidental da Península Ibérica, Portugal é o país mais ocidental da Europa, delimitado a norte e a leste pela Espanha e a Sul e Oeste pelo Oceano Atlântico. O território português está dividido administrativamente em 18 distritos no continente e as duas Regiões Autónomas dos Açores e Madeira, que se subdividem em 308 concelhos e 4257 freguesias. A localização do país determinou a vocação marítima que os Portugueses sempre tiveram, materializada no grande período dos Descobrimentos (séc. XV/XVI) e que culminou na descoberta do Caminho Marítimo para a Índia, por Vasco da Gama, na descoberta do Brasil, por Pedro Álvares Cabral para além de outras grandiosas conquistas. O privilégio de estar exposto a tantas culturas, bem como o receber inúmeras influências de antigas civilizações influenciou a maneira de ser dos Portugueses e tornou a língua portuguesa sobejamente conhecida. De origem latina, a língua portuguesa é o terceiro idioma europeu mais falado em todo o mundo. Mas para além disso, a maioria dos cidadãos nacionais consegue facilmente comunicar em Inglês, Francês e Castelhano, o que nos torna bastante hospitaleiros. A costa portuguesa é bastante extensa: 943 km em Portugal Continental; 667 km nos Açores e 250 km na Madeira e Ilhas Selvagens. A costa formou belas praias que são um dos pontos fortes do País, em termos turísticos. Outra grande atracção nacional é a arquitectura patente nos monumentos históricos, nos museus, para além das tradições culturais: fado, folclore e muitos mais 3

4 Feriados Nacionais 1 de Janeiro: Ano Novo Carnaval: Festa Móvel Sexta-feira Santa: Festa Móvel Domingo de Páscoa: Festa Móvel 25 de Abril: Dia da Liberdade 1 de Maio: Dia do Trabalhador Corpo de Deus: Festa Móvel 10 de Junho: Dia de Portugal 15 de Agosto: Assunção de Nossa Senhora 5 de Outubro: Implantação da República 1 de Novembro: Dia de todos os Santos 1 de Dezembro: Restauração da Independência 8 de Dezembro: Imaculada Conceição 25 de Dezembro: Natal Procedimentos à chegada a Portugal Todos os cidadãos da UE têm o direito de se deslocar a outro país membro para viver, trabalhar e/ou estudar. Esta liberdade de movimento também se estende aos países da EEA (Islândia, Liechtenstein e Noruega). 4

5 Após a chegada a Portugal, os estudantes estrangeiros, provenientes dos países da UE e da EEA, deverão contactar o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras. Deverá ser prestada prova de compromisso com uma Escola ou Universidade, bem como prova de seguro de saúde e suficientes recursos financeiros. Os estudantes provenientes de países fora da EU e EEA deverão obter um visto de estudante. Este visto terá de ser obtido nos Consulados ou Embaixadas de Portugal dos países de origem. O visto poderá ser concedido numa base e válido por um ano. Este período pode ser alargado de acordo com o plano de estudos do estudante. Para mais informações contactar SERVIÇO DE ESTRANGEIROS E FRONTEIRAS PORTO Rua D. João IV, 536 Apartado Porto Tel.: Fax: SERVIÇO DE ESTRANGEIROS E FRONTEIRAS LISBOA Av. António Augusto Aguiar, Lisboa Tel.: Fax:

6 Custo de Vida Apesar do grande aumento dos preços depois da introdução do Euro, Portugal continua a ser um país com um custo de vida relativamente baixo, quando comparado com alguns dos países da Europa comunitária. Dentro de território português, existem também cidades com um custo de vida mais baixo do que outras, localizadas sobretudo fora dos grandes centros. Custo de vida no Porto: A título meramente indicativo, o custo de vida médio mensal para um estudante no Porto é o seguinte: Alojamento: entre 150 e 250 (quarto); Alimentação: entre 150 e 200 ; Transportes: 22,60 (utilização de transportes públicos passe Z2 do andante). Custo de Vida em Aveiro: O custo de vida em Aveiro é ligeiramente mais barato que no Porto. A título meramente indicativo, o custo de vida médio mensal para um estudante em Aveiro é o seguinte: Alojamento: entre 125 e 225 (quarto); Alimentação: entre 150 e 250 ; Custo de Vida em Lisboa: O custo de vida em Lisboa, dado ser a capital do país, torna-se um pouco mais caro do que no Porto e Aveiro. A título meramente indicativo, o custo de vida médio mensal para um estudante em Lisboa é o seguinte: Alojamento: entre 200 e 300 (quarto); 6

7 Alimentação: entre 150 e 250 ; Transportes: Passe Mensal Carris 23,90 e Passe Mensal Combinado Metro + Carris 29,45 Como referência, indica-se também os preços aproximados de alguns produtos em Portugal: Refeição económica num restaurante: 5-10 Leite: 0,70 /litro Pão: 0,11 Ovos: 0,80-1,10 /meia dúzia Arroz: 0,70-2 /kg Açúcar: 1 /kg Maçãs: 1,20-2 /kg Café: 0,55-0,65 1 fotocópia: 0,05 Bilhete de cinema (estudante): 4,5 Jornal: 1 Bilhete comboio Porto/Lisboa: 19-30,30 Bilhete comboio Aveiro/Lisboa: 16,75-26,30 Bilhete comboio Porto/Aveiro: 3,35-11,70 7

8 Alojamento O IPAM não dispõe de Residências para estudantes. No entanto, disponibiliza opções de alojamento privado, ajustadas às necessidades dos nossos alunos. Dispomos de uma base de dados de ofertas de alojamento (maioritariamente quartos) que divulgamos aos nossos alunos quando solicitada. Para tal basta contactar as Relações Internacionais de cada escola. Ainda neste âmbito sugerimos a consulta do Serviço Student at Home no seguinte endereço parceiro do IPAM para questões de alojamento. Transportes Transportes Aéreos Quase todos os aeroportos estrangeiros possuem voos regulares para Lisboa e Porto. A companhia aérea portuguesa TAP voa regularmente para todos os aeroportos nacionais (Lisboa, Porto, Faro, Funchal e Ponta Delgada) bem como para as principais cidades mundiais. Mais informações acerca das companhias aéreas que voam para o Porto ou Lisboa, por favor consultar: À chegada ao Porto ou a Lisboa, existem várias ligações de comboio e metro para chegar às nossas escolas. Por favor, ver abaixo. Transportes Ferroviários A companhia ferroviária portuguesa, CP, oferece um serviço que cobre todo o País, podendo, na maioria dos casos, optar por uma viagem mais pitoresca, visitando as vilas mais pequenas ou viajar de forma mais rápida, com o serviço Alfa Pendular, para o Porto, Aveiro ou Lisboa. Para mais informações acerca de comboios e estações por favor consultar o link: Na cidade Todas as cidades têm uma rede pública de transportes que ligam o centro às áreas suburbanas e adjacentes. Porto e Lisboa possuem rede de Metro. 8

9 - Metro desde o Aeroporto do Porto ao centro da cidade do Porto A forma mais fácil e barata de ir do aeroporto do Porto ao centro da cidade é apanhar o metro. A Linha E (Roxa) faz ligação entre a estação Aeroporto e a estação Estádio do Dragão, e naturalmente, tem ligação a toda a rede de metro (através da estação Trindade. Para chegar ao IPAM, terá que sair na estação Viso, a 10 minutos a pé da nossa escola. Quando se chega ao aeroporto, apenas terá que descer um piso e andar 50 metros para encontrar a estação Aeroporto dentro do edifício. O acesso à estação de metro é extremamente simples e prático, estando bem sinalizado. O título de viagem Andante ocasional necessário para viajar entre o aeroporto e o centro do Porto é um Z4. Na loja andante localizada na zona de chegadas do aeroporto também poderá comprar um Andante Tour, um título ilimitado e intermodal válido de 1 a 3 dias. A viagem até ao centro da cidade demora À volta de 30 minutos e um bilhete simples tem o custo de 1,80. O metro funciona todos os dias das 06h30 à 01h00, com um tempo de espera entre 6 a 9 minutos. Para mais informações acerca do Metro do Porto, por favor consulte: -Metro deste o Aeroporto de Lisboa ao centro da cidade de Lisboa Para viajar deste o aeroporto de Lisboa ao centro da cidade, a forma mais rápida é apanhar o metro, dado que o aeroporto está ligado à Linha Vermelha do Metro, levando-o à estação Olivais, a 10 minutos a pé do IPAM Lisboa, em apenas 15 minutos. Poderá comprar o bilhete de ida por 1,40 ou o passe diário (que lhe possibilita a utilização do metro, autocarros e comboios) por 6 euros. A Linha Vermelha tem ligação com todas as outras linhas de metro, possibilitando viagens fáceis para os pontos mais importantes da cidade, terminais de autocarros e estações ferroviárias. O metro funciona todos os dias das 06h30 à 01h00, com um tempo de espera entre 6 a 9 minutos. Para mais informações acerca do Metro de Lisboa, por favor consulte: 9

10 Restaurantes e Comércio O comércio está aberto, de segunda a sexta feira, das 09h00 às 19h00, e aos sábados e domingos das 09h00 às 13h00. A maior parte dele, nas grandes cidades, mantém-se aberto durante a hora de almoço. Os centros comerciais possuem um horário mais vasto, visto abrirem todos os dias (fins de semana e feriados incluídos) das 10h00 às 24h00. Os restaurantes servem refeições das 12h30 às 15h00 para almoços e das 19h00 às 22h00 ao jantar, mas a grande maioria fica aberto até mais tarde. IPAM Porto No que diz respeito às refeições no IPAM Porto, os estudantes têm diversas opções. Dentro do edifício da escola existe um bar onde se servem almoços, jantares e refeições ligeiras e se encontra aberto das 08h às 23h. O bar disponibiliza 3 a 4 pratos diferentes (carne, peixe, salada, sandwichs) e o preço médio de uma refeição ronda os 4 6 euros. Perto do IPAM, os estudantes têm também o NorteShopping onde podem almoçar e/ou jantar a preços razoáveis (5 10 euros) entre as 10 e as 24h. IPAM Aveiro Na escola de Aveiro, os alunos têm à disposição um bar que serve almoços, jantares e refeições ligeiras, aberto das 9h às 22h e onde o preço médio de uma refeição ronda os 5 euros. Perto existem também cafés e restaurantes onde os estudantes poderão tomar as suas refeições. IPAM Lisboa A escola de Lisboa conta também com um bar que serve almoços, jantares e refeições ligeiras, aberto das 8h às 22h e onde o preço médio de uma refeição ronda os 5 euros. Perto existem também cafés e restaurantes onde os 10

11 estudantes poderão tomar as suas refeições. Moeda A moeda portuguesa é o Euro. Por conseguinte, os estudantes da maioria dos países europeus não terão problemas de câmbio. No entanto, no caso de ser necessário efectuar câmbios, este poderá ser realizado em qualquer banco, nos ATM's e nas agências de câmbios. Alguns hotéis também prestam este serviço. Existe sempre uma taxa fixa para os câmbios, independentemente da quantia. No que diz respeito a transferências monetárias, será cobrada uma taxa extra, variável consoante o destino. O envio de dinheiro também poderá ser efectuado através dos Correios. Bancos A maioria dos bancos está aberta das 08h30 às 15h00, nos dias úteis. Algumas agências praticam um horário alargado, das 10h00 às 19h00. Existem também agências bancárias nas Lojas do Cidadão, que para além de funcionarem nos dias de semana, abrem também aos sábados, das 09h30 às 15h00. Não existem restrições de abertura de conta para estudantes ou estagiários estrangeiros. Possuir um cartão de crédito traz inúmeras vantagens e pode ser utilizado em qualquer ponto do País. Caixas Multibanco Identificadas como MB Multibanco, os postos ATM estão disponíveis 24h/7 dias por semana. O máximo diário que pode ser levantado é 200 mas esta quantia é separada de qualquer outro pagamento que tenha sido feito, no mesmo dia, em lojas, restaurantes, etc. Bilhetes de comboio e teatro podem ser adquiridos no Multibanco. Os bilhetes 11

12 de comboio podem ser comprados num prazo que vai dos 15 dias aos 15 minutos antes da partida. Cartões de Crédito Os cartões de crédito mais comuns em Portugal são: VISA; EUROCARD/MASTERCARD; AMERICAN EXPRESS; MAESTRO; CIRRUS; EC EUROCHEQUE; 48 (ESPANHA); CLAU (ANDORRA); EUROCHEQUE e EURISERV. Sistema de Saúde O IPAM não dispõe instalações médicas nas suas escolas, contudo, seguindo as diretrizes da Comissão, todos os cidadãos da UE têm direito a usufruir de cuidados médicos da mesma forma que os cidadãos nacionais. Assim sendo, todos os estudantes da UE, incluindo os da Islândia, receberão assistência médica durante a sua estadia. Estes benefícios são extensíveis a familiares (filhos ou cônjuges). No entanto, deverão ser cumpridos certos requisitos: é necessário confirmar com o gabinete local da Segurança Social quais as condições. Deverá ser obtido um formulário E-128 / Cartão Europeu de Saúde antes da partida, mas este será válido por um período limitado. Este formulário prova que a pessoa é abrangida por um sistema de saúde no país de origem e será necessário para qualquer tratamento efectuado em Portugal. Caso contrário, o tratamento médico será prestado mediante pagamento de uma taxa. No caso de isto acontecer, é possível o reembolso através do sistema de saúde do país de origem. Como Portugal assegura assistência médica aos seus cidadãos através do Sistema Nacional de Saúde, os pacientes não têm de pagar os custos totais de tratamentos, medicamentos, raios x, etc. quando usam hospitais públicos ou centros de saúde. O pagamento total é feito se a assistência for efectuada por hospitais ou clínicas privadas e o valor não é reembolsável. As descrições supra citadas não abrangem cidadãos fora da UE ou da EEA. Para estes, os cuidados de saúde são garantidos contra pagamento total dos custos. 12

13 Contactos de Centros de Saúde/ Hospitais nas cidades onde se situam as escolas: Porto Centro de Saúde UCC Senhora da Hora Morada: Rua da Lagoa, Senhora da Hora Contactos Telefone: / Fax: Transportes Metro - Linha Azul - Saída Vasco da Gama Autocarro: STCP 61 Hospital Pedro Hispano Morada: Rua Dr. Eduardo Torres, Matosinhos Contactos Telefone: / Fax: Transportes Autocarros: Resende (105,106,108,115,121,122 e 130) STCP (76 e 89) Metro Linha Azul: Saída Pedro Hispano Hospital São João Morada: Alameda Professor Hernâni Monteiro, PORTO Contactos Tel.: / Fax: Transportes Metro Linha Amarela Saída Hospital São João Vários autocarros 13

14 Aveiro Centro de Saúde Centro de Saúde Aveiro Morada: Praça Rainha D. Leonor, Aveiro Contactos Telefone: / Fax: Transportes Autocarros Bugas" bicicletas Hospital Infante D. Pedro, EPE Aveiro Morada: Avenida Artur Ravara, Aveiro Telefone: / Fax: Lisboa Centro de Saúde Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados Alvalade Morada: Avenida do Brasil, n.º 53, Lisboa Contactos Telefone: / Fax: Transportes Metro de Alvalade, autocarro 35, 755,7 Hospital Santa Maria (Centro Hospitalar de Lisboa Norte, EPE) Morada: Av. Professor Egas Moniz, Lisboa Contactos Telefone: / Fax: Transportes Metro: Paragem Cidade Universitária Autocarros: 701; 738; 755; 768; 732; 35 14

15 Instalações/ Recursos para estudantes com necessidades especiais Os edifícios das três escolas do IPAM estão adaptados a pessoas com necessidades especiais: elevadores com sistema sonoro e escrita em braille para estudantes com deficiência auditivas e/ou visuais, casas de banho adaptadas. Os acessos aos edifícios também estão adaptados com rampas de acesso para estudantes com dificuldades motoras. Seguro Os estudantes que frequentam o IPAM têm direito a um Seguro de Acidentes pessoais na escola. Seguros privados de saúde deverão ser contratados directamente no país de origem antes da viagem. Gabinete de Atendimento ao Estudante: IPAM Porto Serviços Académicos: Horário: 9h30 13h30; 14h30-20h Pessoas de Contacto: Ana Ferreira Serviços Académicos e Relações Internacionais Mário Rebelo - Serviços Académicos e Tesouraria Sandra Ávila - Serviços Académicos e Gestão de Carreiras IPAM Aveiro Serviços Académicos Horário: 10h - 12:15h; 14:30h - 19:15h Pessoas de Contacto: Sandra Pinho Carla Balcão 15

16 Sílvia Bandeira IPAM Lisboa Serviços Académicos Horário: 09h00-13h00; 14h30-21h00 Pessoas de Contacto: Natacha Fernandes Liliana Rosalino Rui Santos Instalações de Ensino IPAM Porto consulte no site do IPAM (http://www.ipam.pt) em Sobre - A Escola de Marketing Escola do Porto ou em Contactos - IPAM Porto IPAM Aveiro - consulte no site do IPAM (http://www.ipam.pt) em Sobre - A Escola de Marketing Escola de Aveiro ou em Contactos - IPAM Aveiro IPAM Lisboa - consulte no site do IPAM (http://www.ipam.pt) em Sobre - A Escola de Marketing Escola de Lisboa ou em Contactos - IPAM Lisboa Programas Internacionais Programa Erasmus - consulte no site do IPAM (http://www.ipam.pt) em IPAM XPERIENCE Mobilidade Erasmus Rede Própria - consulte no site do IPAM (http://www.ipam.pt) em IPAM XPERIENCE Mobilidade Rede Própria 16

17 Informação Prática para estudantes em mobilidade As Relações Internacionais de cada escola do IPAM disponibilizam informação útil para os estudantes e docentes das instituições parceiras, como também para os estudantes e docentes do IPAM, nomeadamente: - Informação acerca do alojamento; cantinas; auxílio médico, cursos de línguas. - Informação sobre os cursos e respectivos procedimentos. - Informação sobre universidades e instituições parceiras. - Informações sobre eventos internacionais. - Outras informações de carácter relevante. Para mais informações consulte os guias de mobilidade em em IPAM XPERIENCE Mobilidade Erasmus e/ou Rede Própria ou contacte: IPAM Porto Relações Internacionais: Ana Ferreira IPAM Aveiro Relações Internacionais: Sílvia Bandeira IPAM Lisboa Relações Internacionais: Natacha Fernandes Apoio Financeiro Programas de mobilidade Os alunos estrangeiros que estudam no IPAM ao abrigo de Programas de Mobilidade (nomeadamente através do Programa Erasmus) e os alunos do IPAM que estudam no estrangeiro ao abrigo destes programas têm, à partida, direito a uma bolsa de mobilidade. Esta bolsa é atribuída de acordo 17

18 o financiamento disponível e o montante varia consoante as tabelas de referência estabelecidas em cada ano lectivo pela Agência Nacional Europeia. Para mais informações referentes a bolsas de mobilidade ao abrigo do Programa Erasmus consulte, por favor, > Programa Erasmus. Para informações relativas a bolsas atribuídas a outros programas de mobilidade, consulte, por favor, as Relações Internacionais de cada escola. Os estudantes ao abrigo do Programa Erasmus têm também isenção de pagamento de propinas de matrícula, frequência, exames e outros serviços escolares na Universidade de Destino. Ciclo de estudos completo Financiamento Existem actualmente várias formas de financiamento ao ensino superior. O estudante deve analisar se para além do financiamento próprio pode ou pretende usar algumas das opções que a título de exemplo enunciamos: - Crédito Bancário As diferentes instituições financeiras oferecem actualmente diversos produtos de crédito que facilitam o financiamento para todos aqueles que desejam ingressar e frequentar o Ensino Superior. - Sistema de empréstimos para estudantes do ensino superior com garantia mútua Sistema de acesso automático ao crédito pelos estudantes do ensino superior em vigor desde o ano lectivo de Este sistema acresce aos mecanismos de acção social escolar e é fortemente marcado pelo princípio da universalidade. O sistema permite também o apoio específico a estudantes abrangidos por programas de mobilidade internacional, nomeadamente para estadias no estrangeiro no âmbito do Programa ERASMUS e noutros programas de intercâmbio internacional de estudantes. - Apoio Empresarial Ao longo dos últimos anos temos assistido a um crescimento no apoio empresarial na formação dos seus colaboradores ou futuros colaboradores. Isenções e Reduções - Estão isentas de emolumentos as certidões para fins ADSE, Abono de Família, IRS, Fins Militares, Pensões de Sangue, Assinaturas para Passes 18

19 Sociais e concurso a Bolsas de Estudo para prosseguimento de estudos de graduação. - Estão também isentos do pagamento dos emolumentos previstos para requerimento de certidões, os estudantes que frequentaram unidades curriculares ao abrigo de programas de mobilidade internacional (ex. Programa ERASMUS e outros). - Sempre que estejam matriculados simultaneamente, em cursos de 1º e 2º ciclos de estudos, dois estudantes com o grau de parentesco de pais e filhos, irmãos ou cônjuges e inscritos em 60 ECTS, o segundo elemento, terceiro e assim sucessivamente, terá uma redução em 20% nas suas prestações. Bolsas de Estudo - Bolsas Próprias O IPAM atribui um número, fixado anualmente, de bolsas para a frequência dos seus Cursos. As bolsas são atribuídas pela Entidade Instituidora sob parecer da Direcção da Escola, atendendo às condições económicas dos estudantes e ao seu empenho e aproveitamento nos respectivos cursos, bem como à sua participação em actividades extracurriculares. As bolsas só serão atribuídas a estudantes do 1.º ano em casos excepcionais. Os pedidos de bolsas deverão ser entregues nos Serviços Académicos até ao mês de Julho. Para requerer uma bolsa de estudo, o estudante deverá dirigir uma carta à Direcção da Escola expondo a sua situação e fundamentando a necessidade da bolsa. Deverá ainda anexar à carta documentos que façam prova da sua real situação. - Bolsas de Mérito A bolsa de estudo por mérito é uma prestação pecuniária, de valor fixo, destinada a estudantes que tenham mostrado um aproveitamento escolar excepcional. Ver DR, 2ª série, despacho nº 13531/2009 de 9 de Junho de Bolsas a Estudantes do Ensino Superior Particular e Cooperativo Bolsa de estudo atribuída pela Acção Social do Ensino Superior suportada integralmente pelo Estado a fundo perdido. Candidaturas: 19

20 Cursos de Línguas Em parceria com o Wall Street Institute o IPAM oferece aos estudantes a oportunidade de aprenderem Inglês durante o seu percurso académico nas escolas. Relativamente a cursos de Português para Estrangeiros, em cada cidade onde se situam as escolas existem outras instituições que disponibilizam estes cursos. Para mais informações, os alunos deverão contactar as Relações Internacionais de cada escola. Estágios Durante a Licenciatura e/ou Mestrado os alunos do IPAM têm integrado no plano de estudos um estágio curricular. Este estágio poderá ser nacional ou internacional. Para mais informações sobre os estágios nacionais os alunos deverão contactar os Serviços Académicos de cada escola. Para mais informação relativa aos estágios Internacionais deverão contactar os gabinetes de Relações Internacionais de cada escola. Existe também um Gabinete de Gestão de Carreiras que auxilia os diplomados de cada escola a inserirem-se no mundo profissional. Para mais informações: Instalações Desportivas e tempos livres O hábito de os estudantes se encontrarem socialmente ou se reunirem nos cafés, sobretudo no centro da cidade, e a organização de eventos de carácter cultural e social é uma tradição antiga nas escolas do IPAM. As tradições académicas são também muito antigas, nomeadamente no que diz respeito à recepção dos novos estudantes e aos cortejos estudantis, aos quais se foram juntando ainda mais actividades, algumas de cariz mais tradicional como é o caso das actividades da Queima das Fitas. Para a prática desportiva e tempos livres, os alunos do IPAM têm à sua disposição instalações e serviços relativamente próximos: 20

21 IPAM Porto Parque da Cidade Centro de Treino Ginásios Norteshopping Teatros no centro da cidade Para mais informações: IPAM Aveiro Centro da Cidade com vários parques a 5 minutos Shopping Forum Aveiro Para mais informações: IPAM Lisboa Parque dos Olivais Parque das Nações Shopping Vasco da Gama Para mais informações: Associações de estudantes IPAM Porto Tuna Masculina IPAM: Taipam - Tuna Feminina IPAM: Dolphituna - https://www.facebook.com/dolphituna.tfipam IPAM Aveiro Associação de estudantes: Mauricio Faísca - IPAM Lisboa Associação de estudantes: Joana Dias - Correios As estações de correio funcionam das 08h30 às 18h30, de segunda a sexta feira. Em Lisboa e no Porto, há estações que fornecem um serviço mais 21

22 alargado: Estação dos Restauradores (Lisboa): aberta até às 22h00; Estação do Aeroporto (Lisboa): aberta até às 24h00 e Estação do Município (Porto) aberta todos os dias. Os Correios prestam todos os serviços normais de qualquer estação de correios do mundo e os selos podem também ser comprados em quiosques ou máquinas de venda automática. Telefones As cabines telefónicas estão identificadas com o símbolo PT Portugal Telecom. As chamadas podem ser pagas com moedas ou com cartões telefónicos que podem ser adquiridos nas lojas PT, nos correios e nos quiosques. Nas cabines, está disponível uma lista dos códigos telefónicos de outros países. As lojas PT também fornecem serviço de Internet para todos os que o desejem, a preços bastante acessíveis. Farmácias As farmácias estão identificadas com uma cruz verde que se ilumina à noite, caso a farmácia esteja de serviço. Nos dias de semana, as farmácias estão abertas das 09h00 às 13h00 e das 15h00 às 19h00, fechando aos Sábados à tarde. (exceptuando as que estão de serviço) Em caso de emergência, ligue o 112, em qualquer hora e qualquer lugar. Sistema de Ensino Português O sistema de ensino pré-universitário O sistema de ensino português inicia-se a partir dos 3 anos de idade com a educação pré-escolar, de carácter facultativo, à qual se segue, a partir dos 6 anos, o ensino básico. O ensino básico abrange o período de escolaridade obrigatória de 9 anos, e é composto por 3 ciclos consecutivos de 4, 2 e 3 anos, respectivamente. 22

23 Ao fim destes 9 anos da vida escolar, o aluno terá que optar por um percurso futuro, dando início ao período de ensino secundário. Nesta fase, os alunos optam pela vida activa (cursos tecnológicos) ou pela via de prosseguimento de estudos (cursos gerais e cursos profissionais). A via da vida activa conjuga o ensino teórico e o ensino prático, visando preparar os estudantes para uma profissão específica ou para um certo ramo de actividade. Tem, normalmente, a duração de 3 anos, após os quais se obtém um diploma para ingresso no mercado de trabalho. A via de prosseguimento de estudos, onde o ensino é de carácter mais teórico, é aconselhada a todos aqueles que queiram prosseguir estudos superiores. Este período de 3 anos é composto por um grupo de disciplinas comuns a todas as áreas, um grupo de disciplinas mais específicas de cada área e um grupo de disciplinas de teor mais técnico. Culmina, geralmente, com a candidatura ao ensino superior. Durante estes 3 anos a escala de classificações utilizada é idêntica à do Ensino Superior isto é, de 0 a 20, sendo 10 a nota mínima de aprovação. O Ensino Superior em Portugal O Ensino Superior em Portugal compreende o ensino Universitário e o ensino Politécnico. Enquanto o primeiro visa o desenvolvimento de actividades profissionais, a promoção de investigação e de análise crítica, o segundo confere uma formação técnica superior, com incidência na investigação aplicada e em actividades profissionais de natureza mais prática. Existem instituições públicas e privadas de ambos os tipos. Os graus oferecidos pelo sistema de ensino superior português são: - Universidades e Politécnicos: Licenciado (3 4 anos); Mestre (1 2 anos), Até à data, o grau de Doutor apenas poderá ser obtido nas Universidades. O termo pós graduação refere se normalmente a cursos não conferentes de grau académico. Corresponde habitualmente a especializações com vista ao aprofundamento dos conhecimentos obtidos durante a Licenciatura e a oferta é vasta, revestindo-se de características que diferem consoante o curso e o 23

INFORMAÇÃO GERAL PARA ESTUDANTES

INFORMAÇÃO GERAL PARA ESTUDANTES INFORMAÇÃO GERAL PARA ESTUDANTES O País País de contrastes, Portugal engloba o moderno e o antigo, a cultura latina e os costumes europeus, uma arquitectura e gastronomia muito próprias e grande variedade

Leia mais

PROPINAS E EMOLUMENTOS 2014-2015 PROPINAS E EMOLUMENTOS 2014 / 2015

PROPINAS E EMOLUMENTOS 2014-2015 PROPINAS E EMOLUMENTOS 2014 / 2015 PROPINAS E EMOLUMENTOS 2014 / 2015 30-06-2014 INTRODUÇÃO Este sistema de propinas e emolumentos constitui um mecanismo inovador que permite ao estudante fasear e planear o seu plano de estudos curricular,

Leia mais

ESTUDAR NO CENTRO REGIONAL DO PORTO DA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA

ESTUDAR NO CENTRO REGIONAL DO PORTO DA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA ESTUDAR NO CENTRO REGIONAL DO PORTO DA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA ESTUDAR NO CENTRO REGIONAL DO PORTO DA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA 1 1. O CENTRO REGIONAL DO PORTO DA UNIVERSIDADE CATÓLICA

Leia mais

E R A S M U S Guia do Estudante ERASMUS. Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa. Guia do Estudante

E R A S M U S Guia do Estudante ERASMUS. Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa. Guia do Estudante ERASMUS Faculdade de Farmácia Universidade de Lisboa Guia do Estudante Normas Gerais A mobilidade de estudantes, uma das acções mais frequentes do Programa, inclui duas vertentes de actividade: realização

Leia mais

INTERCÂMBIO DE ESTUDANTES AO ABRIGO DE ACORDOS DE COOPERAÇÃO. Candidaturas para o Ano Académico 2009/2010

INTERCÂMBIO DE ESTUDANTES AO ABRIGO DE ACORDOS DE COOPERAÇÃO. Candidaturas para o Ano Académico 2009/2010 INTERCÂMBIO DE ESTUDANTES AO ABRIGO DE ACORDOS DE COOPERAÇÃO Candidaturas para o Ano Académico 2009/2010 Serviço de Cooperação com os Países Lusófonos e Latino-Americanos SCPLLA Endereço Reitoria da Universidade

Leia mais

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT Desde já, agradecemos a sua participação nesta nova etapa do Projecto de Tutoria a Estudantes ERASMUS versão OUT. Com este inquérito, pretendemos

Leia mais

ESTUDAR NO CENTRO REGIONAL DO PORTO DA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA

ESTUDAR NO CENTRO REGIONAL DO PORTO DA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA ESTUDAR NO CENTRO REGIONAL DO PORTO DA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA ESTUDAR NO CENTRO REGIONAL DO PORTO DA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA 1. O CENTRO REGIONAL DO PORTO DA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA

Leia mais

INTERCÂMBIO DE ESTUDANTES AO ABRIGO DE ACORDOS DE COOPERAÇÃO. Candidaturas para o Ano Académico 2011/2012

INTERCÂMBIO DE ESTUDANTES AO ABRIGO DE ACORDOS DE COOPERAÇÃO. Candidaturas para o Ano Académico 2011/2012 INTERCÂMBIO DE ESTUDANTES AO ABRIGO DE ACORDOS DE COOPERAÇÃO Candidaturas para o Ano Académico 2011/2012 Serviço de Cooperação com os Países Lusófonos e Latino-Americanos SCPLLA Endereço Reitoria da Universidade

Leia mais

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT Desde já, agradecemos a sua participação nesta nova etapa do Projecto de Tutoria a Estudantes ERASMUS versão OUT. Com este inquérito, pretendemos

Leia mais

Cartão Andante Azul. Cartão Andante Gold

Cartão Andante Azul. Cartão Andante Gold Guia Intermodal Zonamento Cartões Andante Cartão Andante Azul Cartão em papel, não personalizado. Recarregável com títulos ocasionais (Títulos de Viagem e Andante 24). Cada cartão só pode conter um tipo

Leia mais

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT Desde já, agradecemos a sua participação nesta nova etapa do Projecto de Tutoria a Estudantes ERASMUS versão OUT. Com este inquérito, pretendemos

Leia mais

Regulamento Geral de Mobilidade Internacional de Estudantes da Universidade Fernando Pessoa 2015-2016

Regulamento Geral de Mobilidade Internacional de Estudantes da Universidade Fernando Pessoa 2015-2016 Regulamento Geral de Mobilidade Internacional de Estudantes da Universidade Fernando Pessoa 2015-2016 1. Mobilidade Internacional de Estudantes Os alunos da Universidade Fernando Pessoa (UFP) que cumpram

Leia mais

ISCET - Instituto Superior de Ciências Empresariais e do Turismo Rua Cedofeita, 285 4050-180 Porto Tel.: 22 2053685 Fax: 22 2053744 E-Mail:

ISCET - Instituto Superior de Ciências Empresariais e do Turismo Rua Cedofeita, 285 4050-180 Porto Tel.: 22 2053685 Fax: 22 2053744 E-Mail: Bem-vindo ao ISCET, ao Porto e a Portugal Informações Gerais Guia do estudante estrangeiro: O instituto ISCET dá-te as boas-vindas e deseja-te uma óptima estadia. Para te proporcionar uma melhor integração,

Leia mais

GUIA do ESTUDANTE ERASMUS+ 2015-2016

GUIA do ESTUDANTE ERASMUS+ 2015-2016 GUIA do ESTUDANTE ERASMUS+ 2015-2016 Esclarecimentos de dúvidas/informações adicionais: Carolina Peralta/Isabel Silva Gabinete de Relações Internacionais - GRI Rua de Santa Marta, 47, 1º Piso sala 112-1169-023

Leia mais

INSTITUTO CIÊNCIAS DA SAÚDE DA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA

INSTITUTO CIÊNCIAS DA SAÚDE DA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA INSTITUTO CIÊNCIAS DA SAÚDE DA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Mobilidade Internacional para Estudos REGULAMENTO CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º (Objeto) O presente regulamento rege a mobilidade

Leia mais

ORDEM DE SERVIÇO. Assunto: TABELA DE PROPINAS, TAXAS E EMOLUMENTOS a vigorar no ano lectivo 2015/2016

ORDEM DE SERVIÇO. Assunto: TABELA DE PROPINAS, TAXAS E EMOLUMENTOS a vigorar no ano lectivo 2015/2016 N.º: 2015001 DATA: 14-05-2015 Assunto: TABELA DE PROPINAS, TAXAS E EMOLUMENTOS a vigorar no ano lectivo 2015/2016 Por deliberação da Direcção da CEU-Cooperativa de Ensino Universitário, CRL, entidade instituidora

Leia mais

Segunda Reunião sobre Ungulados Silvestres Ibéricos. Informação Útil

Segunda Reunião sobre Ungulados Silvestres Ibéricos. Informação Útil Informação Útil Como chegar? Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro Coordenada GPS: 40º38 01-51 N 08º39 33,91 W Gerar itinerário: GoogleMaps (http://maps.google.com/, destino: Universidade

Leia mais

COORDENADAS. DURAÇÃO: 6 noites NR. PARTICIPANTES: 20 a 30 TIPOLOGIA DE QUARTO: DBLS/SGLS DATA: 17 a 24 Outubro 2010

COORDENADAS. DURAÇÃO: 6 noites NR. PARTICIPANTES: 20 a 30 TIPOLOGIA DE QUARTO: DBLS/SGLS DATA: 17 a 24 Outubro 2010 COORDENADAS DURAÇÃO: 6 noites NR. PARTICIPANTES: 20 a 30 TIPOLOGIA DE QUARTO: DBLS/SGLS DATA: 17 a 24 Outubro 2010 País de beleza natural, em plena reconstrução, com gente afável e alegre PROGRAMA PRELIMINAR

Leia mais

ESTUDANTES QUE INGRESSARAM PELA 1ª VEZ NUM CURSO DE NÍVEL SUPERIOR EM PORTUGAL NO ANO LECTIVO 2004/05. Dados Estatísticos PARTE II

ESTUDANTES QUE INGRESSARAM PELA 1ª VEZ NUM CURSO DE NÍVEL SUPERIOR EM PORTUGAL NO ANO LECTIVO 2004/05. Dados Estatísticos PARTE II ESTUDANTES QUE INGRESSARAM PELA 1ª VEZ NUM CURSO DE NÍVEL SUPERIOR EM PORTUGAL NO ANO LECTIVO 2004/05 Dados Estatísticos PARTE II ESTUDANTES DE PÓS-LICENCIATURA (Mestrados e Doutoramentos) DSAS- Direcção

Leia mais

Erasmus Mundus Action 2. Fellow Mundus @ UAlg. Universidade do Algarve (UAlg) / Gabinete de Relações Internacionais (GRIM) / Erasmus Mundus, 2014/15

Erasmus Mundus Action 2. Fellow Mundus @ UAlg. Universidade do Algarve (UAlg) / Gabinete de Relações Internacionais (GRIM) / Erasmus Mundus, 2014/15 Erasmus Mundus Action 2 Fellow Mundus @ UAlg Universidade do Algarve (UAlg) / Gabinete de Relações Internacionais (GRIM) / Erasmus Mundus, 2014/15 Visto e Autorização de Residência Todos os bolseiros têm

Leia mais

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT Desde já, agradecemos a sua participação nesta nova etapa do Projecto de Tutoria a Estudantes ERASMUS versão OUT. Com este inquérito, pretendemos

Leia mais

Instituto Politécnico de Portalegre Escola Superior de Saúde de Portalegre

Instituto Politécnico de Portalegre Escola Superior de Saúde de Portalegre Instituto Politécnico de Portalegre Escola Superior de Saúde de Portalegre Edital Cursos de Mestrado em Enfermagem (Despachos n.º 23087/2009, n.º 23089/2009, n.º 23088/2009 20 de Outubro de 2009). 1 Por

Leia mais

PROGRAMA DE MOBILIDADE INTERNACIONAL COMO PARTICIPAR

PROGRAMA DE MOBILIDADE INTERNACIONAL COMO PARTICIPAR COMO PARTICIPAR Um dos aspectos mais importantes da mobilidade internacional é o conhecimento e convivência com outras culturas, sendo uma oportunidade única para sua qualificação através de experiências

Leia mais

Regulamento de Bolsas do CCMar

Regulamento de Bolsas do CCMar Regulamento de Bolsas do CCMar CAPÍTULO I Disposições gerais Artigo 1º Âmbito O presente Regulamento, aprovado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia ao abrigo do Decreto-Lei nº 123/99, de 20 de Abril,

Leia mais

Capítulo 32 25. Estudos, Formação Outros e Trabalho Apoios. Depois da Licenciatura PÓS-GRADUAÇÕES, MESTRADOS E DOUTORAMENTOS

Capítulo 32 25. Estudos, Formação Outros e Trabalho Apoios. Depois da Licenciatura PÓS-GRADUAÇÕES, MESTRADOS E DOUTORAMENTOS 24 Capítulo 32 25 Estudos, Formação Outros e Trabalho Apoios 4 PÓS-GRADUAÇÕES, MESTRADOS E DOUTORAMENTOS BOLSAS E OUTROS APOIOS FINANCEIROS EMPREGO E ESTÁGIOS PROFISSIONAIS PARA LICENCIADOS 4 Capítulo

Leia mais

da Universidade Católica Portuguesa

da Universidade Católica Portuguesa Escola do Porto da Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa MOBILIDADE INTERNACIONAL PARA ESTUDOS REGULAMENTO Aprovado no Conselho Científico de 2 de julho de 2014 CAPÍTULO I Disposições

Leia mais

Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa

Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa MOBILIDADE INTERNACIONAL PARA ESTUDOS REGULAMENTO CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º (Objeto) O presente regulamento rege a mobilidade internacional

Leia mais

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT Desde já, agradecemos a sua participação nesta nova etapa do Projecto de Tutoria a Estudantes ERASMUS versão OUT. Com este inquérito, pretendemos

Leia mais

Serviços de Acção Social da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. Bolsas de Estudo e Novas Regras

Serviços de Acção Social da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. Bolsas de Estudo e Novas Regras Serviços de Acção Social da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Bolsas de Estudo e Novas Regras Missão dos SASUTAD Apoios Directos Apoios Indirectos Núcleo de Apoio ao Estudante (NAE) Sector de

Leia mais

1 INFORMAÇÕES SOBRE O TITULAR DA QUALIFICAÇÃO. 1.1 Apelido(s): xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx. 1.3 Data de nascimento (ano/mês/dia): xxxxxxx

1 INFORMAÇÕES SOBRE O TITULAR DA QUALIFICAÇÃO. 1.1 Apelido(s): xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx. 1.3 Data de nascimento (ano/mês/dia): xxxxxxx SUPLEMENTO AO DIPLOMA Este Suplemento ao Diploma segue o modelo elaborado pela Comissão Europeia, pelo Conselho da Europa e pela UNESCO/CEPES. A finalidade deste Suplemento é fornecer dados independentes

Leia mais

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT Desde já, agradecemos a sua participação nesta nova etapa do Projecto de Tutoria a Estudantes ERASMUS versão OUT. Com este inquérito, pretendemos

Leia mais

Museu de Arqueologia D. Diogo de Sousa Braga

Museu de Arqueologia D. Diogo de Sousa Braga Museu de Arqueologia D. Diogo de Sousa Braga 1 Museu de Arqueologia D. Diogo de Sousa APRESENTAÇÃO Edifício de traça actual, construído de raiz, implantado no centro histórico de Braga, na proximidade

Leia mais

REGULAMENTO DA BOLSA DE ALIMENTAÇÃO 2013/14 1.º SEMESTRE

REGULAMENTO DA BOLSA DE ALIMENTAÇÃO 2013/14 1.º SEMESTRE REGULAMENTO DA BOLSA DE ALIMENTAÇÃO 2013/14 1.º SEMESTRE 1 PREÂMBULO A Associação Académica da Universidade da Madeira (AAUMa) tem uma missão ampla e variada, onde está prevista a participação na definição

Leia mais

Princípios Gerais de Atribuição de Despesas de Transporte e Alojamento e de Ajudas de Custo aos Deputados

Princípios Gerais de Atribuição de Despesas de Transporte e Alojamento e de Ajudas de Custo aos Deputados Princípios Gerais de Atribuição de Despesas de Transporte e Alojamento e de Ajudas de Custo aos Deputados Resolução da Assembleia da República n.º 57/2004, de 6 de agosto com as alterações introduzidas

Leia mais

EXTERNATO JOÃO ALBERTO FARIA - INFANTIL ANO LECTIVO 2012/2013 REGULAMENTO I - NOÇÕES INTRODUTÓRIAS

EXTERNATO JOÃO ALBERTO FARIA - INFANTIL ANO LECTIVO 2012/2013 REGULAMENTO I - NOÇÕES INTRODUTÓRIAS EXTERNATO JOÃO ALBERTO FARIA - INFANTIL ANO LECTIVO 2012/2013 REGULAMENTO I - NOÇÕES INTRODUTÓRIAS 1- O Externato João Alberto Faria - Infantil destina-se a crianças com idades entre os 3 anos (feitos

Leia mais

6. FINANCIAMENTO DA EDUCAÇÃO

6. FINANCIAMENTO DA EDUCAÇÃO 6. FINANCIAMENTO DA EDUCAÇÃO 6.1 RECURSOS ECONÓMICOS DESTINADOS À EDUCAÇÃO Competindo ao Ministério da Educação definir a política educativa e coordenar a sua aplicação, bem como assegurar o funcionamento

Leia mais

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ETUDANTE ERAMU OUT Desde já, agradecemos a sua participação nesta nova etapa do Projecto de Tutoria a Estudantes ERAMU versão OUT. Com este inquérito, pretendemos dar

Leia mais

FAQ S ESTUDOS ERASMUS

FAQ S ESTUDOS ERASMUS FAQ S ESTUDOS ERASMUS 1. Quem se pode candidatar? Podem-se candidatar ao programa Erasmus todos os estudantes cidadãos, ou com estatuto de residente permanente de um dos 27 países da União Europeia, e

Leia mais

Informações Acadêmicas - Intercâmbio

Informações Acadêmicas - Intercâmbio Destino (Cidade/País): Porto, Portugal Nome: Maria Silvia Cabral Trabulsi Informações Acadêmicas FEA X Administração X Graduação Diurno Economia Pós X Noturno Contabilidade Atuaria Informações Acadêmicas

Leia mais

Training Center. Localização

Training Center. Localização Localização Este centro localiza- se no sul de Portugal (no Alentejo) e dista 190km de Lisboa e 165km de Faro. A vila onde está situado chama-se Santa Vitória e fica a apenas 30km de uma capital de districto,

Leia mais

Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa

Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa FAQ S 1. Quais os requisitos necessários para ingressar num Mestrado? O candidato deverá ser titular do grau de licenciatura ou de mestre sendo as áreas de formação definidas aquando da publicação do edital

Leia mais

1 INFORMAÇÕES SOBRE O TITULAR DA QUALIFICAÇÃO. 1.1 Apelido(s): xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx. 1.3 Data de nascimento (ano/mês/dia): xxxxxxx

1 INFORMAÇÕES SOBRE O TITULAR DA QUALIFICAÇÃO. 1.1 Apelido(s): xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx. 1.3 Data de nascimento (ano/mês/dia): xxxxxxx SUPLEMENTO AO DIPLOMA Este Suplemento ao Diploma segue o modelo elaborado pela Comissão Europeia, pelo Conselho da Europa e pela UNESCO/CEPES. A finalidade deste Suplemento é fornecer dados independentes

Leia mais

Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica. Sines Tecnopolo. Pós-Graduação. MBA em Negócios Internacionais

Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica. Sines Tecnopolo. Pós-Graduação. MBA em Negócios Internacionais Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica Sines Tecnopolo Pós-Graduação MBA em Negócios Internacionais Edital 1ª Edição 2012-2013 1 Enquadramento O MBA em Negócios Internacionais é

Leia mais

Separata do Guia Técnico Monumentos e Museus de Portugal, 2009. Museu Nacional de Arqueologia Lisboa

Separata do Guia Técnico Monumentos e Museus de Portugal, 2009. Museu Nacional de Arqueologia Lisboa Separata do Guia Técnico Monumentos e Museus de Portugal, 2009 Museu Nacional de Arqueologia Lisboa Museu Nacional de Arqueologia APRESENTAÇÃO O Museu Nacional de Arqueologia (MNA), fundado em 1893, ocupa,

Leia mais

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT Desde já, agradecemos a sua participação nesta nova etapa do Projecto de Tutoria a Estudantes ERASMUS versão OUT. Com este inquérito, pretendemos

Leia mais

Doutoramento em História e Filosofia das Ciências 2014-2015

Doutoramento em História e Filosofia das Ciências 2014-2015 Doutoramento em História e Filosofia das Ciências 2014-2015 Secção Autónoma de História e Filosofia das Ciências Contactos: Secção Autónoma de História e Filosofia das Ciências Faculdade de Ciências da

Leia mais

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT Desde já, agradecemos a sua participação nesta nova etapa do Projecto de Tutoria a Estudantes ERASMUS versão OUT. Com este inquérito, pretendemos

Leia mais

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES GOVERNO REGIONAL PROPOSTA DE DECRETO LEGISLATIVO REGIONAL ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DO SISTEMA DE ACÇÃO SOCIAL ESCOLAR

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES GOVERNO REGIONAL PROPOSTA DE DECRETO LEGISLATIVO REGIONAL ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DO SISTEMA DE ACÇÃO SOCIAL ESCOLAR PROPOSTA DE DECRETO LEGISLATIVO REGIONAL ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DO SISTEMA DE ACÇÃO SOCIAL ESCOLAR As modalidades de acção social escolar de que beneficiam os alunos da Região Autónoma dos Açores

Leia mais

47720 Diário da República, 2.ª série N.º 233 6 de Dezembro de 2011

47720 Diário da República, 2.ª série N.º 233 6 de Dezembro de 2011 47720 Diário da República, 2.ª série N.º 233 6 de Dezembro de 2011 UNIVERSIDADE DA MADEIRA Aviso (extracto) n.º 23548/2011 Nos termos do disposto no n.º 6 do artigo 12.º da Lei n.º 12 -A/2008, de 27 de

Leia mais

Instituto de Educação

Instituto de Educação Instituto de Educação Universidade de Lisboa Oferta Formativa Pós-Graduada Mestrado em Educação Especialização: Administração Educacional Edição Instituto de Educação da Universidade de Lisboa julho de

Leia mais

PROJETO DE REVISÃO DO

PROJETO DE REVISÃO DO PROJETO DE REVISÃO DO REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIOS DE ACÇÃO SOCIAL ESCOLAR Versão para consulta pública (Aprovada na Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Bragança de 14 de setembro de 2015) Considerando

Leia mais

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT Desde já, agradecemos a sua participação nesta nova etapa do Projecto de Tutoria a Estudantes ERASMUS versão OUT. Com este inquérito, pretendemos

Leia mais

EDITAL. 5- Os prazos para candidatura, selecção, seriação, matrícula, inscrição e reclamação são os fixados no anexo 1;

EDITAL. 5- Os prazos para candidatura, selecção, seriação, matrícula, inscrição e reclamação são os fixados no anexo 1; EDITAL 1- Faz-se público que está aberto concurso, de 3 de Julho a 19 de Setembro de 2008, para admissão ao Curso de Formação Especializada em Ensino da Língua Estrangeira (Inglês e Francês) na Educação

Leia mais

Conheça os Seus Direitos de Passageiro

Conheça os Seus Direitos de Passageiro Conheça os Seus Direitos de Passageiro Índice Via Aérea... 2 Pessoas com deficiências e pessoas com mobilidade reduzida... 2 Embarque recusado... 2 Cancelamento... 2 Atrasos consideráveis... 2 Bagagem...

Leia mais

ACORDO COMERCIAL CELEBRADO ENTRE A CP CAMINHOS DE FERRO PORTUGUESES, E.P., E A CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA LUSO-ALEMÃ

ACORDO COMERCIAL CELEBRADO ENTRE A CP CAMINHOS DE FERRO PORTUGUESES, E.P., E A CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA LUSO-ALEMÃ ACORDO COMERCIAL CELEBRADO ENTRE A CP CAMINHOS DE FERRO PORTUGUESES, E.P., E A CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA LUSO-ALEMÃ A CP compromete-se a vender títulos de transporte para todos os comboios Alfa Pendular

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA QUINTA DO CONDE Escola Básica Integrada/JI da Quinta do Conde. Departamento de Ciências Humanas e Sociais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA QUINTA DO CONDE Escola Básica Integrada/JI da Quinta do Conde. Departamento de Ciências Humanas e Sociais HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL Distribuição dos tempos letivos disponíveis para o 5 º ano de escolaridade 1º Período 2º Período 3º Período *Início:15-21 de setembro 2015 *Fim:17 dezembro 2015 *Início:4

Leia mais

INTERCÂMBIO INTERNACIONAL NA UFMG

INTERCÂMBIO INTERNACIONAL NA UFMG UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS DIRETORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS DRI INTERCÂMBIO INTERNACIONAL NA UFMG Sou do mundo, sou Minas Gerais... Milton Nascimento I. Intercâmbio Internacional na UFMG

Leia mais

JapãoemLondres. Viagem de 03 a 07 de Agostode 2011

JapãoemLondres. Viagem de 03 a 07 de Agostode 2011 JapãoemLondres Viagem de 03 a 07 de Agostode 2011 UM PROGRAMA, INÚMEROS PORMENORES [propostas de valor, que marcam a singularidade] 2 A suaviagem JAPÃO EM LONDRES Objectivo da Viagem Perante o interesse

Leia mais

Agora não posso atender. Estou no. Vou comprar o último livro do José Luís Peixoto. Posso usar a tua gravata azul? A Ana Maria vai ser nossa

Agora não posso atender. Estou no. Vou comprar o último livro do José Luís Peixoto. Posso usar a tua gravata azul? A Ana Maria vai ser nossa MODELO 1 Compreensão da Leitura e Expressão Escrita Parte 1 Questões 1 20 O Luís enviou cinco mensagens através do telemóvel. Leia as frases 1 a 5. A cada frase corresponde uma mensagem enviada pelo Luís.

Leia mais

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT Desde já, agradecemos a sua participação nesta nova etapa do Projecto de Tutoria a Estudantes ERASMUS versão OUT. Com este inquérito, pretendemos

Leia mais

I Reunião de Ministros das Finanças da CPLP Lisboa, 29 de Junho 2009. Informações úteis

I Reunião de Ministros das Finanças da CPLP Lisboa, 29 de Junho 2009. Informações úteis I Reunião de Ministros das Finanças da CPLP Lisboa, 29 de Junho 2009 Informações úteis Centro dos Media O Centro dos Media está instalado no Ministério das Finanças e da Administração Pública (MFAP), Av.

Leia mais

- Ano Lectivo 2010/2011

- Ano Lectivo 2010/2011 - Ano Lectivo 2010/2011 CANDIDATURA A BOLSA DE ESTUDO Serviços de Acção Social Recebido por: Nº MECANOGRÁFICO Nº ALUNO ENTRADA Nº Data de Entrada FOTO (Colada) OBRIGATÓRIO I IDENTIFICAÇÃO E RESIDÊNCIA

Leia mais

DESTINO : PORTO GALINHAS DATAS : 24 SETEMBRO A 02 DE OUTUBRO 2011 NR. PAX : 70 CLIENTE :

DESTINO : PORTO GALINHAS DATAS : 24 SETEMBRO A 02 DE OUTUBRO 2011 NR. PAX : 70 CLIENTE : DESTINO : PORTO GALINHAS DATAS : 24 SETEMBRO A 02 DE OUTUBRO 2011 NR. PAX : 70 CLIENTE : Apresentada por: Departamento: MI Meetings & Incentives Gestor: Lisete Costa Morada: Edifício ES Viagens, Av D.

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA BANCA E SEGUROS

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA BANCA E SEGUROS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA BANCA E SEGUROS ÁREA DE FORMAÇÃO Finanças, Banca e Seguros PERFIL PROFISSIONAL Técnico Especialistas em banca e Seguros LEGISLAÇÃO APLICÁVEL Decreto-lei nº 88/2006,

Leia mais

METRO DO PORTO. Melhoria da mobilidade. Foto do site da Bombardier

METRO DO PORTO. Melhoria da mobilidade. Foto do site da Bombardier METRO DO PORTO Melhoria da mobilidade Foto do site da Bombardier Rui Site: Rodrigues www.maquinistas.org (Ver Opinião) Email rrodrigues.5@netcabo.pt Data: Público, 15 de Dezembro de 2003 METRO DO PORTO

Leia mais

REGULAMENTO DO MESTRADO EM DESPORTO

REGULAMENTO DO MESTRADO EM DESPORTO Instituto Politécnico de Santarém Escola Superior de Desporto de Rio Maior REGULAMENTO DO MESTRADO EM DESPORTO O presente regulamento decorre do Regulamento dos Segundos Ciclos de Estudos do Instituto

Leia mais

Roteiro para Relatório de Intercâmbio

Roteiro para Relatório de Intercâmbio Roteiro para Relatório de Intercâmbio O relatório de intercâmbio deve conter os itens abaixo 1. Dados de identificação Nome Adriana Galvao Mckinney Telefone 83 88050171 E-mail adriana.mckinney@terra.com.br

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM INFORMÁTICA APLICADA. (Edição 2015-2017)

EDITAL MESTRADO EM INFORMÁTICA APLICADA. (Edição 2015-2017) EDITAL MESTRADO EM INFORMÁTICA APLICADA (Edição 2015-2017) Nos termos do Decreto-Lei nº 42/2005, de 22 de Fevereiro, do Decreto-Lei nº 74/2006, de 24 de Março, com as alterações que lhes foram introduzidas

Leia mais

- Ano Lectivo 2010/2011

- Ano Lectivo 2010/2011 - Ano Lectivo 2010/2011 CANDIDATURA A BOLSA DE ESTUDO Serviços de Acção Social Recebido por: Nº MECANOGRÁFICO Nº ALUNO ENTRADA Nº Data de Entrada FOTO (Colada) OBRIGATÓRIO I IDENTIFICAÇÃO E RESIDÊNCIA

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM SISTEMAS E TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO PARA A SAÚDE. (2ª Edição 2011/2013)

EDITAL MESTRADO EM SISTEMAS E TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO PARA A SAÚDE. (2ª Edição 2011/2013) EDITAL MESTRADO EM SISTEMAS E TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO PARA A SAÚDE (2ª Edição 2011/2013) Nos termos do Decreto-Lei nº 42/2005, de 22 de Fevereiro, do Decreto-Lei nº 74/2006, de 24 de Março, com as alterações

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM Dr. José Timóteo Montalvão Machado. Programa ERASMUS+ Acção-chave 1 Mobilidade para aprendizagem

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM Dr. José Timóteo Montalvão Machado. Programa ERASMUS+ Acção-chave 1 Mobilidade para aprendizagem ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM Dr. José Timóteo Montalvão Machado Programa ERASMUS+ Acção-chave 1 Mobilidade para aprendizagem GUIA DE CANDIDATURA PARA MOBILIDADE DE ESTUDANTES PARA ESTÁGIOS ERASMUS+ (SMP)

Leia mais

BOLSAS DE ESTUDO DE ESPECIALIZAÇÃO E VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL NO ESTRANGEIRO REGULAMENTO

BOLSAS DE ESTUDO DE ESPECIALIZAÇÃO E VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL NO ESTRANGEIRO REGULAMENTO BOLSAS DE ESTUDO DE ESPECIALIZAÇÃO E VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL NO ESTRANGEIRO REGULAMENTO I. DISPOSIÇÕES GERAIS Artº 1º 1) Com o fim de estimular a especialização e a valorização profissional nos diversos

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS INTRODUÇÃO

CONDIÇÕES GERAIS INTRODUÇÃO CONDIÇÕES GERAIS INTRODUÇÃO As presentes condições gerais fazem parte integrante do programa / catálogo / documento informativo em que se inserem, constituindo, na ausência de documento autónomo, o contrato

Leia mais

Regulamento PAPSummer 2015

Regulamento PAPSummer 2015 Regulamento PAPSummer 2015 Artigo 1º Objectivos do programa, montante e designação das bolsas 1. O programa PAPSummer pretende dar a oportunidade a estudantes portugueses (Estudante) de desenvolver um

Leia mais

Programa Erasmus Regras de mobilidade para alunos da ECT

Programa Erasmus Regras de mobilidade para alunos da ECT Programa Erasmus Regras de mobilidade para alunos da ECT Introdução O Programa Erasmus é uma iniciativa da União Europeia que fornece meios para a realização de períodos de mobilidade académica em instituições

Leia mais

ATHANASIUS PAPATHOPOULOS* *Estudante ERASMUS no ISPV em 1996/1997. Instituição de origem: Universidade Aristóteles - Florina, Grécia.

ATHANASIUS PAPATHOPOULOS* *Estudante ERASMUS no ISPV em 1996/1997. Instituição de origem: Universidade Aristóteles - Florina, Grécia. O SISTEMA ESCOLAR GREGO ATHANASIUS PAPATHOPOULOS* *Estudante ERASMUS no ISPV em 1996/1997. Instituição de origem: Universidade Aristóteles - Florina, Grécia. É meu objectivo, neste texto, fazer uma apresentação

Leia mais

Guia do Estudante Erasmus - Período de Estudos

Guia do Estudante Erasmus - Período de Estudos ESTE ANO VOU CONHECER NOVAS PESSOAS ESTE ANO VOU ALARGAR CONHECIMENTOS ESTE ANO VOU FALAR OUTRA LÍNGUA ESTE ANO VOU ADQUIRIR NOVAS COMPETÊNCIAS ESTE ANO VOU VIAJAR ESTE ANO VOU SER ERASMUS Guia do Estudante

Leia mais

RECONHECIMENTO 13. O que é ECTS? 14. Como se compara ECTS com sistemas de pontos de créditos noutros países? 15. O que é um Suplemento ao Diploma?

RECONHECIMENTO 13. O que é ECTS? 14. Como se compara ECTS com sistemas de pontos de créditos noutros países? 15. O que é um Suplemento ao Diploma? PMFs Perguntas Mais Frequentes Nesta página da web pode encontrar as respostas a todas as perguntas que talvez queira fazer sobre estudos musicais na Europa. Perguntas Mais Frequentes PORQUÊ EU? 1. Porque

Leia mais

1. Objectivos. 2. Destinatários. 3. Competências

1. Objectivos. 2. Destinatários. 3. Competências DEPARTAMENTO DE POLÍTICA E TRABALHO SOCIAL REGULAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DE LIDERANÇA E GESTÃO DE EQUIPAMENTOS SOCIAIS 1ª EDIÇÃO 2013/2014. 1 1. Objectivos Na sociedade atual as organizações de

Leia mais

Programa ERASMUS. Mobilidade de Estudantes para Estudos - (Students Mobility for Study -SMS) GUIA ERASMUS PERGUNTAS E RESPOSTAS PRÉ-CANDIDATURA

Programa ERASMUS. Mobilidade de Estudantes para Estudos - (Students Mobility for Study -SMS) GUIA ERASMUS PERGUNTAS E RESPOSTAS PRÉ-CANDIDATURA Programa ERASMUS Mobilidade de Estudantes para Estudos - (Students Mobility for Study -SMS) GUIA ERASMUS PERGUNTAS E RESPOSTAS PRÉ-CANDIDATURA 1. Quem se pode candidatar à mobilidade Erasmus para estudos?

Leia mais

da Universidade Católica Portuguesa PROGRAMA ERASMUS ESTÁGIO REGULAMENTO

da Universidade Católica Portuguesa PROGRAMA ERASMUS ESTÁGIO REGULAMENTO Escola do Porto da Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa PROGRAMA ERASMUS ESTÁGIO REGULAMENTO CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º (Objeto) O presente regulamento rege a mobilidade

Leia mais

Reitoria PROGRAMA DE BOLSAS DE MOBILIDADE PARA ESTUDANTES. Regulamento. Artigo 1º (Disposições Gerais)

Reitoria PROGRAMA DE BOLSAS DE MOBILIDADE PARA ESTUDANTES. Regulamento. Artigo 1º (Disposições Gerais) Reitoria PROGRAMA DE BOLSAS DE MOBILIDADE PARA ESTUDANTES Regulamento Artigo 1º (Disposições Gerais) O Programa de Bolsas de Mobilidade para Estudantes da Universidade de Lisboa tem por objectivo proporcionar

Leia mais

A POSIÇÃO DE PORTUGAL NA EUROPA E NO MUNDO

A POSIÇÃO DE PORTUGAL NA EUROPA E NO MUNDO A POSIÇÃO DE PORTUGAL NA EUROPA E NO MUNDO Portugal situa-se no extremo sudoeste da Europa e é constituído por: Portugal Continental ou Peninsular (Faixa Ocidental da Península Ibérica) Parte do território

Leia mais

Regulamento Geral dos Cursos de 1.º Ciclo de Estudos, conducentes ao grau de

Regulamento Geral dos Cursos de 1.º Ciclo de Estudos, conducentes ao grau de 3 APROVADO POR: Conselho Técnico Científico 26 09 2011 Data: / / 26 09 2011 Regulamento Geral dos Cursos de 1.º Ciclo de Estudos, conducentes ao grau de licenciado na ESEP INTRODUÇÃO Os Decretos Lei n.º

Leia mais

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT Desde já, agradecemos a sua participação nesta nova etapa do Projecto de Tutoria a Estudantes ERASMUS versão OUT. Com este inquérito, pretendemos

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO E PSICOLOGIA

FACULDADE DE EDUCAÇÃO E PSICOLOGIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO E PSICOLOGIA MOBILIDADE INTERNACIONAL PARA ESTUDOS REGULAMENTO CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º (Objeto) O presente regulamento rege a mobilidade internacional para estudos

Leia mais

ESCOLA DAS ARTES PROGRAMA ERASMUS ESTÁGIO REGULAMENTO

ESCOLA DAS ARTES PROGRAMA ERASMUS ESTÁGIO REGULAMENTO ESCOLA DAS ARTES PROGRAMA ERASMUS ESTÁGIO REGULAMENTO CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º (Objeto) O presente regulamento rege a mobilidade internacional para estágio dos estudantes de Licenciatura

Leia mais

DESTINO: LA MASSANA VALLNORD ANDORRA O PROGRAMA INCLUI PREÇOS POR FAMÍLIA. 2 ADULTOS + 2 CRIANÇAS 0-11 anos em quádruplo (regime MP)

DESTINO: LA MASSANA VALLNORD ANDORRA O PROGRAMA INCLUI PREÇOS POR FAMÍLIA. 2 ADULTOS + 2 CRIANÇAS 0-11 anos em quádruplo (regime MP) DESTINO: LA MASSANA VALLNORD ANDORRA Grupo: Cacomae Estância: Sispony Vallnord Andorra Alojamento: Abba Xalet Suites Hotel **** Datas In / Out: 02 a 07 e 08.03.2014 Nº noites: 5/6 noites O PROGRAMA INCLUI

Leia mais

Regulamento Financeiro de Cursos de Graduação e Pós graduação

Regulamento Financeiro de Cursos de Graduação e Pós graduação INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS E EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA Regulamento Financeiro de Cursos de Graduação e Pós graduação ENSINO ONLINE. ENSINO COM FUTURO 2015 Preâmbulo Este documento identifica e regula todas

Leia mais

NORMAS REGULAMENTARES DOS MESTRADOS DO ISEG

NORMAS REGULAMENTARES DOS MESTRADOS DO ISEG NORMAS REGULAMENTARES DOS MESTRADOS DO ISEG Nos termos do artigo 26.º do Decreto-Lei n.º 74/2006 de 24 de Março e do Regulamento de Mestrados da Universidade Técnica de Lisboa (Deliberação do Senado da

Leia mais

Decreto n.º 48/88 Acordo sobre Segurança Social entre Portugal e os Estados Unidos da América

Decreto n.º 48/88 Acordo sobre Segurança Social entre Portugal e os Estados Unidos da América Decreto n.º 48/88 Acordo sobre Segurança Social entre Portugal e os Estados Unidos da América Nos termos da alínea c) do n.º 1 do artigo 200.º da Constituição, o Governo decreta o seguinte: Artigo único.

Leia mais

Regulamento Financeiro

Regulamento Financeiro Regulamento Financeiro 09/12/2011 Conteúdo Enquadramento... 3 1 Cursos de graduação... 3 1.1 Matrícula... 3 1.2 Propina... 3 1.3 Reduções... 4 1.4 Seguro escolar... 5 1.5 Penalizações... 5 2 Programas

Leia mais

3. Destinatários Licenciados em Fisioterapia, Terapia Ocupacional e Medicina. 4. Duração e ECTS 2 semestres - 540 horas - 60 ECTS. 4.

3. Destinatários Licenciados em Fisioterapia, Terapia Ocupacional e Medicina. 4. Duração e ECTS 2 semestres - 540 horas - 60 ECTS. 4. EDITAL Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa do Instituto Politécnico de Lisboa Curso de Pós-Graduação em Terapia Manipulativa e Osteopatia 1.ª Edição 2013/2014 A Escola Superior de Tecnologia

Leia mais

wertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwerty uiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopas Guia Prático de Mobilidade dos dfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjkl

wertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwerty uiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopas Guia Prático de Mobilidade dos dfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjkl qwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwert yuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopa sdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghj klçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxc vbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmq Gabinete de Relações Exteriores wertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwerty

Leia mais

GUIA PRÁTICO CARTÃO EUROPEU DE SEGURO DE DOENÇA INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P

GUIA PRÁTICO CARTÃO EUROPEU DE SEGURO DE DOENÇA INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P GUIA PRÁTICO CARTÃO EUROPEU DE SEGURO DE DOENÇA INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Cartão Europeu de Seguro de Doença (N39 - v4.07) PROPRIEDADE Instituto da Segurança

Leia mais

1 RESPOSTA A EVENTUAIS DÚVIDAS EXPERIMENTADAS PELOS ESTUDANTES A FREQUENTAR O CURSO PELA PRIMEIRA VEZ

1 RESPOSTA A EVENTUAIS DÚVIDAS EXPERIMENTADAS PELOS ESTUDANTES A FREQUENTAR O CURSO PELA PRIMEIRA VEZ DO CURSO DE LICENCIATURA EM RELAÇÕES PÚBLICAS E COMUNICAÇÃO 1 RESPOSTA A EVENTUAIS DÚVIDAS EXPERIMENTADAS PELOS ESTUDANTES A FREQUENTAR O CURSO PELA PRIMEIRA VEZ 1. A quem devo dirigir-me, caso tenha dúvidas

Leia mais

REGULAMENTO DOS DIPLOMAS DE ESPECIALIZAÇÃO

REGULAMENTO DOS DIPLOMAS DE ESPECIALIZAÇÃO REGULAMENTO DOS DIPLOMAS DE ESPECIALIZAÇÃO Aprovado em reunião da Comissão Coordenadora do Conselho Científico em 22/11/2006 Aprovado em reunião de Plenário do Conselho Directivo em 13/12/2006 PREÂMBULO

Leia mais

GUIA DO ESTUDANTE EM MOBILIDADE NO ESTRANGEIRO PERÍODO DE ESTUDOS ERASMUS

GUIA DO ESTUDANTE EM MOBILIDADE NO ESTRANGEIRO PERÍODO DE ESTUDOS ERASMUS GUIA DO ESTUDANTE EM MOBILIDADE NO ESTRANGEIRO PERÍODO DE ESTUDOS ERASMUS Gabinete de Mobilidade, Estágios e Inserção Profissional Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa 2 Calendarização até à

Leia mais

EURES: uma carreira na Europa

EURES: uma carreira na Europa EURES: uma carreira na Europa REDE EURES http://www.youtube.com/watch?v=-b-cf05oo7y&list=plw_7qqldjbjd-uce36bl25dpvwljlyxfq&index=93 Porquê ir para fora? MOTIVAÇÕES Perspetivas de emprego Enriquecimento

Leia mais

PORTUGAL PROGRAMA I Co-financiamento Co-financiamento www.rdtours.com

PORTUGAL PROGRAMA I Co-financiamento Co-financiamento www.rdtours.com Co-financiamento DIA 1 - LISBOA Chegada ao Aeroporto de Lisboa e translado para o hotel. Tempo livre para os primeiros contatos com esta maravilhosa Capital Europeia, conhecida pela sua luminosidade única

Leia mais