Resumo do relatório com o resultado do questionário de pesquisa aos cidadãos estrangeiros do Município de Nagoya do ano de 2010

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Resumo do relatório com o resultado do questionário de pesquisa aos cidadãos estrangeiros do Município de Nagoya do ano de 2010"

Transcrição

1 Março de 2011 Resumo do relatório com o resultado do questionário de pesquisa aos cidadãos estrangeiros do Município de Nagoya do ano de 2010 Seção de Intercâmbio Internacional do Gabinete do Prefeito do Município de Nagoya Índice 1. Resumo da pesquisa Atributos básicos do público-alvo Resultado da pesquisa...5 Sobre onde obtém informações e sobre o cotidiano...5 Sobre terremotos e incêndios...7 Sobre a moradia...9 Sobre as dificuldades do dia a dia Sobre as atividades da comunidade em que reside Sobre o Centro Internacional de Nagoya (NIC) Sobre a educação dos filhos Sobre você Família e trabalho Capacidade e estudo da língua japonesa Uso da internet Opinião livre... 29

2 1.Resumo da pesquisa (1) Objetivo da pesquisa Para promovermos a construção de uma cidade que possa oferecer uma melhor qualidade de vida tanto para os cidadãos japoneses como para os cidadãos estrangeiros, faremos desta pesquisa um documento para a execução das medidas necessárias, através da compreensão das condições, temas e necessidades dos cidadãos estrangeiros. (2) Público-alvo da pesquisa Estrangeiros com mais de 20 anos de idade, com o registro de estrangeiro no Município de Nagoya, na data atual de 10/08/2010, onde foram escolhidos pessoas aleatoriamente entre as pessoas que na tabela 1 em anexo se enquadram na determinação da Lei do Controle de Imigração e do Reconhecimento de Refugiados e entre as pessoas que possuem o status de residência descrito na tabela 2 em anexo, entre outros. Tabela 1. População do Município de Nagoya e número de estrangeiros registrados (atualizado em 01/08/2010) Distritos Proporção de População Número de estrangeiros estrangeiros na *(pessoas) registrados (pessoas) população Município de % Nagoya Chikusa % Higashi % Kita % Nishi % Nakamura % Naka % Showa % Mizuho % Atsuta % Nakagawa % Minato % Minami % Moriyama % Midori % Meito % Tempaku % *Estimativa com tolerância ao movimento da população do registro básico de residentes e da população registrada de estrangeiros, de acordo com o Censo Nacional de

3 (3) Método e período da pesquisa Método retentivo de visita domiciliar (entrega em mãos do formulário de pesquisa através de visita domiciliar, que por regra deverá ser recolhida em outro dia por meio de uma nova visita (incluso a recolha de uma parte por via postal).) Durante 21 dias, entre o dia 06/09/2010 (segunda) a 26/09/2010 (domingo). (4) Porcentagem de recolha A porcentagem de recolha foi de 28.5% entre um público-alvo de pessoas (1.708 pessoas entre as pessoas do público-alvo). A porcentagem real de recolha foi de 38.9% (1.708 pessoas entre as *4.389 pessoas do real público-alvo). Tabela 2. Porcentagem real de recolha Número do público-alvo A Mudança de endereço, etc. B Número real do público-alvo C pessoas pessoas pessoas Recusa D 21 pessoas Número de entrevistados E pessoas Porcentagem de recolha E/C 38.9% *Foi excluído entre o público-alvo as pessoas que retornaram ao seu país, que mudaram de endereço, sobreposição de famílias, etc. (5) Foram utilizados formulários de pesquisa em inglês, chinês, coreano, filipino, português, espanhol, vietnamita, e com o texto bilíngue em japonês com hiragana acompanhando o kanji. Foram escolhidos os primeiros 7 idiomas, por ordem das línguas maternas das nacionalidades com maior número de estrangeiros aqui registrados. Junto com o questionário, foi anexado uma lista de empresas que tem ligação com os estrangeiros (folheto amarelo). Devido a porcentagem do gráfico ser arredondado da segunda casa fracionária para a primeira, a soma da porcentagem poderá não dar em 100.0%. Os gráficos com respostas múltiplas estão indicados com [MA], sendo que a soma da porcentagem supera os 100.0%. 2

4 2. Atributos básicos do público-alvo Gráfico 1. Sexo e idade 0.6% Mais de 50 anos 15.7% 0.6% Feminino 60.7% Masculino 38.7% Dos 40 aos 49 anos 24.6% Dos 20 aos 29 anos 26.4% Dos 30 aos 39 anos 32.7% Gráfico 2. Nacionalidade Vietnã 3.2% Peru, Colômbia, etc % Brasil 9.7% Ásia 3 7.6% Estados Unidos, Inglaterra, etc % (incluso as nacionalidades desconhecidas) 3.8% China, Taiwan 43.7% Filipinas 14.8% Coreia do Sul, Coreia do Norte 9.0% *`Peru, Colômbia, entre outros. Países de língua espanhola tais como Peru, Colômbia, Bolívia, Chile, entre outros. *Estados Unidos, Inglaterra, entre outros. Países de língua inglesa tais como Estados Unidos, Canadá, Austrália, Nova Zelândia, entre outros. Gráfico 3. Status de Residência Cônjuge de japonês ou cônjuge de residente permanente 19,1% Longa permanência 5,9% Permanência com familiares 6,3% *2 3,3% Espec. áreas humanas/ativ. internacionais *1 16.1% Bolsa de estudos/escolar 13.6% Estágio, Atividades específicas 3,0% Residência permanente 32,7% *1 Especialista em área de Humanas/Atividades internacionais entre outros: Status de residência para as áreas que exigem o conhecimento especializado e técnico, tais como professor universitário, artista, atividades religiosas, imprensa, investidor/empresário, jurista/contabilista, medicina, pesquisador, educador, conhecimentos técnicos, especialista em área de humanas/atividades internacionais, transferência dentro da empresa e espetáculos. *. Incluindo as pessoas com status de residência desconhecida. 3

5 Gráfico 4. Anos de residência no Japão Gráfico 5. Anos de residência em Nagoya Mais de 20 anos 13,5% De 10 a menos de 20 anos 33,0% Menos de 2 anos 2,4% 6,6% De 2 a menos de 5 anos 21,0% De 5 a menos de 10 anos 23,4% De 10 a menos de 20 anos 29,0% Mais de 20 anos 10,0% 1,2% Menos de 2 anos 10,1% De 5 a menos de 10 anos 22,1% De 2 a menos de 5 anos 27,6% Gráfico 6. Número de pessoas na família Número de pessoas desconhecido 15.7% 1 pessoa 16.9% 4 pessoas 21.1% 2 pessoas 25.4% 3 pessoas 20.9% Gráfico 7. Tipos de respostas (se é em japonês ou em língua estrangeira) Estrangeiro 65,0% Japonês 35,0% 4

6 3. Resultado da pesquisa Sobre onde obtém informações e sobre o cotidiano As informações sobre o cotidiano são obtidos através de amigos da mesma nacionalidade, amigos japoneses, rádio e televisão em língua japonesa, internet e outros meios. A porcentagem de pessoas que conhecem o Guia Vivendo em Nagoya é de 35%. Entre as pessoas que conhecem o Guia Vivendo em Nagoya, 66 % utilizam o Guia Vivendo em Nagoya. Entre as pessoas que utilizam o Guia Vivendo em Nagoya, 76% o obtiveram no balcão para registro de estrangeiros. P1. Onde você obtém informações sobre o cotidiano do município de Nagoya? [MA] Gráfico 8. Como é obtido as informações sobre o cotidiano do município de Nagoya 0% 20% 40% 60% Amigos, conhecidos da mesma nacionalidade 52.9 Família 34.3 Amigos, conhecidos japoneses Pessoas que moram na mesma comunidade que a sua ou vizinhos, pela associação do bairro, pela associação dos moradores Internet 37.6 Jornal, revista em japonês, 19.7 Televisão, rádio em japonês 38.3 Jornal, revista da sua língua materna 13.6 Televisão, rádio da sua língua materna Balcões das subprefeituras/ sucursais Estabelecimentos públicos que os cidadãos costumam frequentar (tais como bibliotecas e outros) Informativo de Nagoya Homepage da Prefeitura Municipal de Nagoya (inglês, chinês, coreano, português, espanhol e filipino ) Homepage do Centro Internacional de Nagoya (incluindo o site para celular) 1 Newsletter do Centro Internacional de Nagoya (inglês e português) Informativo do Centro Internacional de Nagoya Calendário de Nagoya (inglês e português) GLOBAL VOICE transmitido pela ZIP-FM e a PUBLIC SERVICE ANNOUNCEMENTS transmitido pela RADIO i Associação de intercâmbio internacional do seu país de origem em que você está afiliado Embaixada, consulado Não tenho obtido informações sobre o cotidiano Inglês, chinês, coreano, português, espanhol, filipino, francês, vietnamita. 5

7 P2. Você conhece o Guia Vivendo em Nagoya? Gráfico 9. Se conhece o Guia Vivendo em Nagoya. 4,6% Conheço 35,9% Não conheço 59,5% P2-1. Pergunta para quem escolheu 1. Conheço na pergunta P2. Você já utilizou o Guia Vivendo em Nagoya? Gráfico10. Se já utilizou o Guia Vivendo em Nagoya (pessoas que conhecem o Guia Vivendo em Nagoya ) Não 33,2% 0,3% 614 Sim 66,4% P Pergunta para quem escolheu 1. Sim na pergunta P2-1. Onde você adquiriu o Guia Vivendo em Nagoya? Gráfico 11. Onde obteve o Guia Vivendo em Nagoya (pessoas que utilizam o Guia Vivendo em Nagoya) Download através da homepage do município de Nagoya 4,4% No balcão da biblioteca, do Centro Internacional de Nagoya (NIC) ou em outro local 7,1% 9,6% 2,9% 408 No balcão da subprefeitura onde efetuei o registro de estrangeiro 76,0% 6

8 Sobre terremotos e incêndios 84% das pessoas sabem que irá acontecer o Terremoto de Tokai. Em relação aos preparativos contra os terremotos e tufões: verificação do local de abrigo (43%), preparação dos artigos de emergência (29%), etc. 82% das pessoas sabem da obrigatoriedade da instalação do alarme residencial contra incêndio. Em relação à instalação do alarme residencial contra incêndio na sua própria residência: 56% tem instalado em todos os locais necessários e 26% tem instalado somente em uma parte de onde é necessário. P3. Você sabia que está previsto para acontecer um grande terremoto (terremoto de Tokai)? Gráfico 12. Conhecimento do fato da ocorrência de um grande terremoto (Terremoto de Tokai) Não sabia 13,0% 2,2% Sabia 84,8% P4. Que tipo de preparativos você tem providenciado para o caso de uma catástrofe, tais como um terremoto, um tufão, etc? [MA] Gráfico 13. Preparativos contra trofes 0% 20% 40% 60% Verificou o local de abrigo 43,4 Preparou os artigos de emergência (tais como rádio, lanterna e outros) 29,3 Verificou o caminho para se refugiar no abrigo 25,1 Decidiu o local de encontro para no caso da família ficar separada Preparou uma provisão de emergência o suficiente para a família passar de 3 a 7 dias Decidiu a maneira de se comunicarem no caso da família ficar separada Decidiu a maneira como irá buscar o seu filho que está na escola ou em outro local Verificou o estado de conservação, prazo de validade e outros detalhes da provisão de emergência Decidiu a função de cada membro da família no caso de uma catástrofe 20,5 18,1 13,6 11,8 10,1 5,7 2,1 Particularmente não decidiu, nem preparou nada 36,4 3,3 7

9 P5. Você sabia que é obrigatório a instalação do alarme residencial contra incêndio em todas as residências? Gráfico 14. Conhecimento da obrigatoriedade de instalação do alarme residencial contra incêndio Não sabia 17,0% 0,5% Sabia 82,5% P6. Você tem instalado na casa onde atualmente reside o alarme residencial contra incêndio? Gráfico 15. Instalação do alarme residencial contra incêndio Não sei 6,9% 1,2% Não tenho instalado 9,1% Tenho instalado somente em uma parte onde é necessário 26,0% Tenho instalado em todos os locais necessários 56,9% 8

10 Sobre a moradia Em relação à moradia: 40% reside em apartamentos de propriedade privada; 24% reside em habitações públicas e 16% tem casa própria. Em relação a como encontrou a casa que reside atualmente: recomendação de um amigo e agência imobiliária (respectivamente cerca de 23%); balcão de um órgão administrativo (17%) e recomendação do local de trabalho, da escola ou de outro local (12%). Em relação as dificuldades para se encontrar uma casa: valor elevado do aluguel; do depósito de caução e das luvas (22%); não tinha um fiador (13%); recuso de inquilino estrangeiro (11%); o contrato estava em japonês e não pôde compreender, entre outras dificuldades (9%). Pessoas que não tiveram nenhum problema (53%). P7. Em que tipo de casa você reside atualmente? Gráfico 16. A casa atual 2,3% Alojamento, pensionato, residência da empresa (incluindo os apartamentos que a empresa tem alugado) 8,3% 1,3% Casa própria (casa) 6,3% Casa própria (apartamento) 10,1% Apartamento, condomínio de propriedade privada 40,3% Habitações públicas(habitações administradas pelo município ou pela província) 24,5% Residências da UR(Urban Renaissance Agency) 6,9% 9

11 P8. Como você encontrou a casa onde reside atualmente? [MA] Gráfico 17. Como encontrou a casa 0% 20% 40% Recomendação de um amigo ou conhecido 23,7 Balcão de uma agência imobiliária (em japonês) 23,4 Balcão de um órgão administrativo, tal como a prefeitura, empresa pública de provimento de moradias e outros 17,9 Recomendação do local de trabalho, da escola ou de outra entidade 12,4 Internet 9,5 Familiares, casa de familiares 7,0 Jornal informativo sobre habitação 6,1 Balcão de uma agência imobiliária que atende em língua estrangeira 3,7 Anúncio de jornal ou outro Balcão de grupos de auxílio tais como organizações sem fins lucrativos e outros 0,8 1,4 4,2 3,1 P9. Você teve alguma dificuldade quando encontrou a casa que reside atualmente? [MA] Gráfico 18. Dificuldades para se encontrar uma casa 0% 20% 40% 60% O valor do aluguel, do depósito de caução e das luvas eram muito altas 22,0 Não tinha um fiador Me recusaram como inquilino pelo motivo de eu ser estrangeiro 11,7 13,5 Os procedimentos para o contrato estavam em japonês e eu não pude compreender Não haviam (haviam poucas) agências imobiliárias que pudessem atender aos estrangeiros Os gastos administrativos pagos que excluem a taxa de aluguel eram altos Não consegui alugar uma habitação pública, tal como as habitações administradas pelo município, etc. 9,1 8,4 8,1 7,3 Não consegui um empréstimo para a compra da casa 2,3 3,7 Nãotive nenhum problema 53,2 4,6 10

12 Sobre as dificuldades do dia a dia Em relação as dificuldades do dia a dia: não compreende o sistema de impostos (33%); não compreende o sistema do seguro social (28%); não sabe onde encontrar um hospital que atenda na sua língua materna (22%), etc. Com quem ou aonde procura se consultar quando encontra alguma dificuldade: amigos da mesma nacionalidade (46%), familiares (45%),amigos japoneses (42%), etc. Balcões de consultas de órgãos administrativos (14%) e o Centro Internacional de Nagoya (5%). P10. Com exceção da pergunta P9 (problemas com moradia), quais as dificuldades que você encontra no dia a dia do Japão? [MA] Gráfico 19. Dificuldades do dia a dia 0% 20% 40% Não compreendo o sistema de impostos 33,8 Não compreendo o sistema do seguro social tal como o seguro desemprego, etc. Não sei onde posso encontrar um hospital ou clínica que atenda na minha língua materna 22,3 28,3 Não consigo encontrar um emprego 19,1 Não encontro um intérprete para me acompanhar na consulta em um hospital ou clínica Não sei como utilizar os serviços de assistência aos idosos e doentes e de assistência social Os procedimentos para a obtenção do status de residência são complicados 9,2 13,9 18,4 São poucas as informações para a criação e educação das crianças 9,0 Não sei como depositar o lixo Violência praticada pelo cônjuge ou pelo namorado (violência doméstica) 0,9 2,4 6,7 Não tenho nenhuma dificuldade P11. Com quem ou aonde você procura se consultar quando encontra alguma dificuldade no dia a dia do Japão? [MA] Gráfico 20. Com quem ou aonde consulta as suas dificuldades 29,6 3,2 0% 20% 40% 60% Amigos, conhecidos da mesma nacionalidade 46,8 Familiares, parentes 45,3 Amigos, conhecidos japoneses 42,0 Pessoas da empresa, professores da escola ou do pensionato, funcionários 24,8 Balcão de consultas de órgãos administrativos tais como a prefeitura, subprefeituras, etc. 14,6 Amigos, conhecidos de outras nacionalidades que não sejam japoneses 12,0 Embaixada, consulado Pessoas que moram na mesma comunidade que a sua ou vizinhos, associação do bairro, associação dos moradores Balcão de consultas do Centro Internacional de Nagoya (NIC) 5,6 7,4 7,1 Associação de intercâmbio internacional do seu país de origem em que você está afiliado 0,9 0,9 Não tenho com quem me consultar 3,0 3,1 11

13 Sobre as atividades da comunidade em que reside 56% das pessoas residem menos de 5 anos no atual endereço. 55% das pessoas não participam das atividades da comunidade. O motivo que levou a participar das atividades da comunidade: achou óbvio, foi convidado (respectivamente cerca de 31%), teve interesse (28%), etc. O motivo de não participar: por não conhecer as atividades (49%), não foi convidado (43%) P12. Há quanto tempo você reside no atual endereço? Gráfico 21. Anos em que reside no atual endereço. Mais de 20 anos 3,0% 7,3% De 10 a menos de 20 anos 14,7% Menos de 2 anos 22,0% De 5 a menos de 10 anos 18,3% De 2 a menos de 5 anos 34,7% P13. Você tem participado das atividades da sua comunidade? [MA] Gráfico 22. Participação das atividades da comunidade 0% 20% 40% 60% Sou afiliado da Associação do Bairro Participo de atividades de voluntariado tais como as atividades de limpeza, patrulhamento, assistência social e outros Colaboro com as aulas e os eventos escolares 11,7 13,2 14,5 Participo do festival dos moradores do bairro Participo das atividades da Associação de Pais e Mestres Participo das atividades da Associação das Crianças do Bairro Participo de atividades tais como de lazer, esportes e outros da comunidade Participo de atividades para transmitir e divulgar a cultura do meu país de origem Participo dos eventos da Associação do Bairro (tais como o festival da sova do mochi e outros) Participo da gincana esportiva do bairro (com exceção da gincana espostiva da empresa, escola e da creche) Participo do treinamento de prevenção contra acidentes da comunidade 7,8 7,7 7,5 6,6 5,4 5,2 5,0 3,9 1,6 Não participo das atividades da comunidade 55,6 2,2 12

14 P13-1. Pergunta para quem escolheu entre o 1 ao 12 na pergunta P13. Qual o motivo que o levou a participar das atividades da comunidade? [MA] Gráfico 23. O motivo que levou a participar das atividades da comunidade (pessoas que participam) 0% 20% 40% Porque achei que era óbvio participar Porque as pessoas da comunidade me convidaram para participar 31,9 31,6 Porque tive interesse pelo conteúdo da atividade 28,2 Porque achei que poderia conhecer melhor várias pessoas 24,4 Por recomendação de amigos e conhecidos 18,0 Por que não tive outra alternativa(me forçaram a participar) 11,8 5,8 8,6 721 P13-2. Pergunta para quem escolheu 13 Não participo das atividades da comunidade na pergunta P13. Por que você não participa das atividades da comunidade? [MA] Gráfico 24. O motivo pela qual não participa das atividades da comunidade (pessoas que não participam) 0% 20% 40% 60% Porque não tinha conhecimento das atividades 49,5 Porque não fui convidado Por falta de tempo para poder participar 43,2 42,1 Por falta de compreender a língua japonesa Porque não tenho interesse nos conteúdos das atividades Porque não gosto de participar de atividades em grupo 5,7 4,6 12,3 26,0 1,

15 O relacionamento com os vizinhos: 52% apenas cumprimenta; 24% conversa de vez em quando. O motivo por que não se relaciona: porque os japoneses evitam (44%); por falta de oportunidade (40%). P14. Como você se relaciona com os vizinhos e a comunidade japonesa ao seu redor? Gráfico 25. Relacionamento com os japoneses da comunidade Ao encontrar não trocamos palavras 4,4% Não tenho oportunidade para ter contato 8,0% 1,8% Converso e visito com frequencia 9,4% Converso de vez em quando 24,1% Apenas cumprimento 52,3% P14-1. Pergunta para quem escolheu 4 Ao encontrar não trocamos palavras na pergunta P14. Por que você não se relaciona com os japoneses? [MA] Gráfico 26. O motivo pela qual não se relaciona com os japoneses (pessoas que não se relacionam) 0% 20% 40% 60% Porque os japoneses me evitam Por falta de oportunidade para me relacionar 40,8 44,7 Porque não sei falar japonês 30,3 Porque não tenho necessidade de me relacionar Porque eles não compreendem as diferenças de culturas e costumes Porque eu não conheço a cultura e costumes japoneses Porque acabei de me mudar 6,6 6,6 11,8 19,7 11,8 0,

16 Sobre o Centro Internacional de Nagoya (NIC) 48% das pessoas conhecem o Centro Internacional de Nagoya. Como ficou sabendo sobre o Centro Internacional de Nagoya: amigos da mesma nacionalidade (40%); amigos japoneses (25%); balcão de consultas de órgãos administrativos tais como a prefeitura e outros (23%). P15. O Centro Internacional de Nagoya (NIC) realiza eventos para aprofundar a compreensão mútua entre os japoneses e estrangeiros, oferece informações e realiza atividades de consulta para os cidadãos estrangeiros. Você já conhece o Centro Internacional de Nagoya (NIC)? Gráfico 27. Se já conhece o Centro Internacional de Nagoya (NIC) 2,2% Não conheço 49,4% Conheço 48,4% P15-1. Pergunta para quem escolheu 1 Cohenço na pergunta P15. Como você ficou sabendo sobre o Centro Internacional de Nagoya(NIC)? [MA] Gráfico 28. Como ficou sabendo sobre o Centro Internacional de Nagoya (NIC) (pessoas que conhecem) 0% 20% 40% 60% Através de amigos, conhecidos da mesma nacionalidade 40,7 Através de amigos, conhecidos japoneses Através do balcão de consultas de órgãos administrativos tais como a prefeitura, subprefeitura e outros locais 25,2 23,6 Através da internet 19,6 Através do jornal, revista ou da televisão da sua língua materna 8,7 Familiares, namorado(a). 5,3 Universidade, Escola de Língua Japonesa, etc. Através da Associação de intercâmbio internacional do seu país de origem em que você está associado 2,5 2,3 6,7 2,

17 Entre as pessoas que conhecem o Centro Internacional de Nagoya, 55% já o utilizaram alguma vez. Os serviços que foram utilizados: fornecimento de informações sobre o cotidiano (35%); biblioteca (34%); atividade de consulta e curso de língua japonesa (respectivamente cerca de 25%). P15-2. Você já utilizou o Centro Internacional de Nagoya(NIC)? Gráfico 29. Utilização do Centro Internacional de Nagoya (NIC) (pessoas que conhecem) 3,9% Nunca utilizei 40,3% 826 Já utilizei 55,8% P Pergunta para quem escolheu 1 Já utilizei na pergunta P15-2. Que tipo de serviço você já utilizou? [MA] Gráfico 30. Serviço utilizado (pessoas que utilizaram) 0% 20% 40% Fornecimento de nformações sobre o cotidiano Bibilioteca Diversos tipos de consultas(administrativas, jurídicas, psicológico e outros) Cursos de língua japonesa(nic NIHONGO NO KAI, curso de língua japonesa para crianças) Homepage 21,7 25,8 25,4 35,4 34,9 Eventos de intercâmbio e cooperação internacionais 16,5 Estágios, seminários Solicitação de intérpretes e tradutores voluntários 6,3 6,3 Utilização da sala de reuniões 4,3 10,0 0,

18 Serviços que gostariam de utilizar: consultas, traduções, assistência a procura de emprego e aos negócios, cursos de língua japonesa e da língua maternal, apoio ao intercâmbio de autoajuda, etc. P Pergunta para quem escolheu 2 Nunca utilizei na pergunta P15-2. Com exceção dos serviços que são oferecidos atualmente, qual o tipo de serviço você utilizaria se fosse oferecido? Tabela 3. Categoria dos serviços que gostariam de utilizar Números de Categorias respostas 01 Assistência turística, mapas, locomoção 7 02 Assistência para a procura de emprego, 26 negócios 03 Curso de língua japonesa e da língua materna Assistência a moradia 5 05 Intercâmbio e assistência a atividades de 23 autoajuda 06 Assistência as mulheres 5 07 Consulta médica, intérprete 4 08 Consulta jurídica 6 09 Instalação de filiais, seções e outros; longa 7 distância 10 Consultas, traduções, outros cursos (sem necessidade) 95 Total

19 Sobre a educação dos filhos 83% dos entrevistados sabem que as escolas de ensino primário e ginasial do Japão aceitam o ingresso de crianças estrangeiras. 23% dos entrevistados tem crianças em idade escolar. P16. Você sabia que as escolas de ensino primário e ginasial do Japão aceitam o ingresso de crianças estrangeiras? Gráfico 31. Sobre a aceitação do ingresso de crianças estrangeiras Não sabia 11,4% 5,2% Sabia 83,4% P.17 Você tem algum filho(a) que reside junto, com idade de 6 a 15 anos (nascido entre 02/04/1995 a 01/04/2004)? Gráfico 32. Presença ou não de crianças em idade escolar 5,7% Tenho 23,4% Não tenho 70,9% 18

20 Na pergunta P17-1,a contagem foi feita tendo como parâmetro o número de crianças que foi de 567 crianças, do 1º ao 4º filho(a) entre as pessoas que responderam a pergunta. Sobre o nível da língua japonesa da criança: 73% compreendem o conteúdo das aulas; 7% não compreendem quase nada. Sobre o idioma utilizado para conversar com a criança: 44% utilizam principalmente a língua japonesa; 22% utilizam a língua japonesa e a língua materna com a mesma frequência e 31% utilizam principalmente a língua materna. Entre as crianças em idade escolar, 94% frequentam a escola. 80% frequentam as escolas públicas de ensino primário ou ginasial do Japão e 8% frequentam escolas estrangeiras. Entre as crianças que frequentam as escolas públicas de ensino primário ou ginasial, 81% sentem que recebem apoio por parte da escola. P17-1. (1) Linguagem: 1Qual o nível da língua japonesa de seu filho? Gráfico 33. Nível de conhecimento da língua japonesa da criança Não tenho conhecimento do seu nível de compreensão 1,2% Não compreende quase nada 7,4% Algumas vezes passa por dificuldades no dia a dia 6,0% 2.3% Tem dificuldade em acompanhar a aula em língua japonesa, mas não passa por dificuldades no dia a dia 9,7% 567 O suficiente para compreender as aulas em língua japonesa 73.4% 2Qual o idioma que você utiliza para conversar com o seu filho em casa? Gráfico 34. O idioma utilizado para se comunicar com a criança Entre os dois idiomas, utilizo mais a minha língua materna 12,2% Língua materna 19,2% 1,4% 567 Japonês 30,0% O japonês e a minha língua materna com a mesma frequência 22,6% Entre os dois idiomas, utilizo mais o japonês 14,6% 19

21 P17-1. (2) Escola: 3O seu filho frequenta a escola? Gráfico 35. Condições de estudo Não frequenta 4,4% 1,6% 567 Frequenta 94,0% Para as pessoas com filhos frequentando a escola: P.a Qual a escola que ele(a) frequenta? Gráfico 36. Escola que frequenta (crianças que frequentam a escola) Escola para estrangeiros (escola brasileira, international school, escola coreana, escola nortecoreana, etc.) 8,3% Escola particular de ensino primário ou ginasial japonesa 7,5% 3,8% 533 Escola pública de ensino primário ou ginasial japonesa 80,5% P.a-1 Pergunta para quem escolheu 1 Escola pública de ensino primário ou ginasial japonesa na pergunta de letra a. Você acha que o seu filho(a) recebe da escola apoio o suficiente tal como orientação da língua japonesa, auxílio para a adaptação ao cotidiano, etc.? Gráfico 37. Se recebe apoio suficiente por parte da escola (crianças que frequentam as escolas públicas primárias ou ginasiais do Japão) Não acho 6,8% 4,2% Não acho muito 7,7% 429 Acho muito 52,4% Acho mais ou menos 28,9% 20

22 Entre as pessoas que acham que recebem apoio por parte da escola, 94% acham que o seu filho(a) está gostando de ir à escola. Os motivos para a insatisfação em relação ao apoio recebido: porque não há aulas que ensinem em especial a língua japonesa (33%); porque não há um professor(a) que fale na língua materna (22%); etc. Os motivos pela qual não frequenta a escola: sem resposta (76%); por não compreender a língua japonesa (8%). P.a-1-1 Pergunta para quem escolheu 1 Acho muito ou 2 Acho mais ou menos na pergunta da letra a-1. Você acha que o seu filho(a) está gostando de ir à escola devido ao apoio que recebe da escola? Gráfico 38. Se está gostando de ir à escola (crianças que acham que recebem apoio) Não acho muito 4,3% Não acho 0,3% 1,1% Acho mais ou menos 33,2% 349 Acho muito 61,0% P.a-1-2 Pergunta para quem escolheu 3 Não acho muito ou 4 Não acho na pergunta da letra a-1. Qual o motivo que o levou a escolher esta resposta? [MA] Gráfico 39. O motivo pela qual acha que não recebe apoio por parte das escolas públicas de ensino primário e ginasial 0% 20% 40% Porque não há um professor(a) na escola que fale na nossa língua materna 33,9 Porque não há aulas que ensinem em especial a língua japonesa 22,6 Porque não oferecem informações em nossa língua materna 11,3 32,3 Pergunta para as pessoas em que os filhos não frequentam a escola. P.b Por que não frequenta a escola? Gráfico 40. Motivo pela qual não frequenta a escola (crianças que não frequentam a escola) 19,4 Porque ele(a) mesmo(a) não quer ir para a escola 4,0% Por não compreender a língua japonesa 8,0% 62 76,0% 25 12,0% 21

23 Na pergunta P17-2,a contagem foi feita tendo como parâmetro o número de entrevistados com filhos em idade escolar que foi de 399 pessoas. Problemas em relação à educação: não compreende as informações pois estão em japonês (17%); o futuro após a criança se formar (14%); não tem alguém com quem possa se consultar (11%), etc. Tipos de apoio educacional que procuraria: auxílio para poder compreender os documentos (26%); consultas (23%); apoio para o estudo da língua materna (22%), etc. P17-2. Você tem algum problema em relação à educação do seu filho(a)? [MA] Gráfico 41. Problemas em relação à educação (entrevistados com crianças em idade escolar) 0% 20% 40% 60% A maior parte das informações sobre a educação estão em japonês sendo difícil de compreender 17,5 O futuro do meu filho(a) após se formar no ensino ginasial Não tenho alguém com quem possa me consultar sobre os problemas com a educação Devido as diferenças de idioma, o contato entre pais e escola não vai bem Os gastos com a escola são elevados Meu filho(a) sofre com o bullying devido ser estrangeiro(a) Não consegue fazer amigos Não há nas proximidades escola para estrangeiros (escola brasileira, international school, escola coreana, escola norte-coreana, etc.) Por razões de trabalho não posso enviar meu filho(a) para escola 2,8 4,0 14,0 11,3 11,0 10,8 9,8 8,0 6,3 Não tenho nenhum problema 42,4 9,5 399 P17-3. Em relação à educação de seu filho(a), se lhe fosse oferecido qual o tipo de apoio você procuraria? [MA] Gráfico 42. Tipos de apoios que procuraria (entrevistados com crianças em idade escolar) 0% 20% 40% Apoio para compreender os comunicados e documentos enviados pela escola e pelos órgãos administrativos 26,8 Local de consultas sobre a educação das crianças 23,6 Apoio ao estudo da criança através de sua língua materna 22,6 Local para as crianças brincarem após as aulas e nos dias sem aula. 21,1 Apoio ao estudo da criança através da língua japonesa 21,1 Apoio para ter conhecimento sobre os aspectos da criança na escola Apoio em relação aos procedimentos de matrícula nas subprefeituras (consultas, intérpretes, acompanhamento, etc.) Local de integração com amigos da comunidade para pais e filhos 13,5 16,8 20,8 2,5 Não necessito de apoio 21,8 9,

24 Sobre você O motivo pela qual mora em Nagoya: família (36%); trabalho e escola (34%); amigos e qualidade de vida (respectivamente cerca de 8%) O distrito em que reside: Distrito de Minato (12%); Distrito de Naka (10%); Distrito de Showa (8%), etc. P24. Por que você reside em Nagoya? Gráfico 43. Por que reside em Nagoya Porque é o local onde nasci e cresci 0.6% Porque é um lugar bom para se morar 8.1% 9.9% 1.5% Para poder morar junto com a família 36.9% Porque tenho amigos 8.4% Porque o local de trabalho e a escola ficam próximas 34.5% P25. Em qual distrito você atualmente reside? Gráfico 44. Distrito em que reside 0% 5% 10% 15% Chikusa 7.7 Higashi 6.0 Kita 5.8 Nishi 1.9 Nakamura 4.7 Naka 10.5 Showa 8.8 Mizuho 1.9 Atsuta 4.2 Nakagawa 6.0 Minato 12.2 Minami 7.7 Moriyama 2.6 Midori 6.7 Meito 6.4 Tempaku

25 Família e trabalho Situação matrimonial: 30% são casados(as) com japoneses(as); 37% são casados com outras nacionalidades que não seja a japonesa; 23% são solteiros. Com quem mora atualmente: cônjuge (60%); filhos e outros (41%); sozinho (16%). Forma de contratação do emprego: 24% são empregados temporários, por meio expediente ou por tempo parcial; 22% são funcionários efetivos. P26. Você atualmente está casado? Gráfico 45. Casamento 1,3% Não estou casado 23,4% Faleceu ou se separou(meu cônjuge não é de nacionalidade japonesa) 2,3% Faleceu ou se separou(meu cônjuge é de nacionalidade japonesa) 4,6% P27. Atualmente, tem alguém morando junto com você? [MA] Gráfico 46. Pessoa com quem mora atualmente Estou (meu cônjuge é de nacionalidade japonesa) 30,5% Estou (meu cônjuge não é de nacionalidade japonesa) 37,8% 0% 20% 40% 60% 80% Meu cônjuge 60,6 Filhos 41,2 Pais Irmão/irmã Avô/avó Netos Conhecido, amigo, namorado(a) 4,5 3,3 0,8 1,1 7,8 3,9 Moro sozinho (inclui o alojamento da 16,5 4,2 24

26 P28. Qual foi a forma de contratação do seu atual emprego? Gráfico 47. Condição de contratação 0% 20% 40% Funcionário efetivo Empregado temporário, por meio expediente, por tempo parcial Funcionário temporário, funcionário de empreiteira Negócio independente (que envolve a família), diretor de uma empresa Estagiário, aprendiz 3,1 6,2 5,9 22,5 24,5 Desempregado, procurando um emprego Desempregado, não está procurando um emprego (dona de casa, etc.) Estudante 9,2 11,0 12,3 3,3 2,0 Capacidade e estudo da língua japonesa 36% das pessoas conseguem compreender quase tudo o que dizem em japonês e 24% das pessoas conseguem compreender se for dito devagar. Em relação à conversação em japonês: 31% das pessoas tem prática na conversação diária e 29% das pessoas praticamente não tem dificuldades com a conversação. Em relação à leitura em japonês: 35% das pessoas conseguem ler kanji fáceis, hiragana e katakana; 25% praticamente não tem dificuldades com a leitura; 10% não conseguem ler. Em relação à escrita em japonês: 35% das pessoas conseguem escrever kanji fáceis, hiragana e katakana; 23% das pessoas praticamente não tem dificuldades com a escrita; 12% não conseguem escrever nada. P29. Pergunta sobre a sua capacidade com a língua japonesa. Gráfico 48. 1)Compreensão Consigo compreender somente algumas palavras 11,9% Não compreendo quase nada 4,8% 0,8% Consigo compreender sem dificuldade (quase como um japonês) 21,3% Consigo compreender se for devagar 24,5% Consigo compreender quase tudo 36,7% 25

27 Gráfico 49. 2) Conversação Consigo falar algumas palavras 15,9% Não falo quase nada 4,4% 1,1% Consigo conversar sem dificuldade (quase como um japonês) 18,4% Tenho prática na conversação diária 31,1% Praticamente não tenho dificuldades com a conversação 29,2% Gráfico 50. 3)Leitura Não consigo ler quase nada 10,0% Consigo ler somente kanji 1,6% Consigo ler o hiragana e katakana 13,1% 1,5% Consigo ler sem dificuldade (quase como um japonês) 12,9% Praticamente não tenho dificuldades com a leitura 25.6% Consigo ler kanji fáceis, hiragana e katakana 35,4% Gráfico 51. 4) Escrita Não consigo escrever nada 12,5% Consigo escrever sem 1,4% dificuldade (quase como um japonês) 9,9% Consigo escrever o hiragana e katakana 17,3% Praticamente não tenho dificuldades com a escrita 23,8% Consigo escrever kanji fáceis, hiragana e katakana 35,1% 26

28 41% das pessoas estudam a língua japonesa e 57% não estudam. Método de estudo da língua japonesa: 52% estuda sozinho; 20% estuda na universidade/escola de língua japonesa; 19% estuda com amigo japonês; entre outros estão os cursos de língua japonesa e também a internet. Motivo pela qual não estuda a língua japonesa: porque sabe falar japonês (41%); porque não tem tempo para estudar (31%), etc. P30. Você atualmente está estudando a língua japonesa? Gráfico 52. Estudo da língua japonesa 1,1% Não 57,1% Sim 41,9% P30-1. Pergunta para quem escolheu 1 Sim na pergunta P30. Atualmente aonde você estuda a língua japonesa? [MA] Gráfico 53. Onde estuda a língua japonesa (pessoas que estudam a língua japonesa) 0% 20% 40% 60% Estudo sozinho (curso por rádio ou televisão, curso a distância e outros) Universidade, Curso de língua japonesa da Escola de Língua Japonesa Com amigos ou conhecidos japoneses Com familiares 17,2 20,0 19,9 52,3 Curso de língua japonesa oferecido por voluntários 11,0 Com amigos ou conhecidos da mesma nacionalidade 5,5 Estágio dentro da empresa 2,8 P30-2. Pergunta para quem escolheu 2 Não na pergunta P30. Qual o motivo de você não estar estudando a língua japonesa atualmente? [MA] Gráfico 54. Motivo pela qual não estuda a língua japonesa (pessoas que não estudam japonês) 2,2 12, % 20% 40% 60% Porque sei falar japonês 41,2 Porque não tenho tempo para estudar 31,3 Porque os horários de aula não coincidem com os meus horários livres Porque não tenho dinheiro para estudar Porque não sei o local onde posso estudar 12,8 17,2 16,4 Porque não tenho necessidade de falar japonês 1,7 9,2 4,

29 Uso da internet 59% utilizam a internet diariamente; 15% utilizam entre 2 a 3 dias por semana; 19% não utilizam a internet. Local de uso da internet: 81% utiliza o computador de sua residência. P31. Você utiliza a internet? Gráfico 55. Uso da internet Quase não utilizo 19,2% 6,1% Utilizo quase todos os dias 59,1% Utilizo cerca de 2 a 3 vezes por semana 15.5% P31-1. Pergunta para quem respondeu Utilizo a internet na pergunta P31. Aonde você costuma utilizar a internet? Gráfico 56. Local de uso da internet (pessoas que utilizam a internet) Computador do meu amigo ou conhecido 0.9% Telefonone celular (incluso iphone e Ipad) 3.8% Computador do local de trabalho ou escola 11.0% Cyber café 0.5% 0.4% 2.3% 1,275 Computador de sua residência 81.1% 28

Plano de Concretização de Promoção Multicultural da Cidade de Nagoya

Plano de Concretização de Promoção Multicultural da Cidade de Nagoya Plano de Concretização de Promoção Multicultural da Cidade de Nagoya Cidade de Nagoya 1.Resumo do plano Cenário do desenvolvimento e objetivo A cidade de Nagoya, visando a concretização

Leia mais

ポルトガル 語 QUE É APOIADA E CULTIVADA POR TODOS SISTEMA DE SEGURO DE ASSISTÊNCIA (KAIGO HOKEN) CIDADE DE NAGOYA

ポルトガル 語 QUE É APOIADA E CULTIVADA POR TODOS SISTEMA DE SEGURO DE ASSISTÊNCIA (KAIGO HOKEN) CIDADE DE NAGOYA ポルトガル 語 QUE É APOIADA E CULTIVADA POR TODOS SISTEMA DE SEGURO DE ASSISTÊNCIA (KAIGO HOKEN) CIDADE DE NAGOYA SISTEMA DE SEGURO DE ASSISTÊNCIA No nosso país, o número de idosos que necessita de assistência

Leia mais

PLANO DE PROMOÇÃO DA CONVIVÊNCIA MULTICULTURAL DA CIDADE DE TOYOHASHI ASPECTOS GERAIS

PLANO DE PROMOÇÃO DA CONVIVÊNCIA MULTICULTURAL DA CIDADE DE TOYOHASHI ASPECTOS GERAIS PLANO DE PROMOÇÃO DA CONVIVÊNCIA MULTICULTURAL DA CIDADE DE TOYOHASHI ASPECTOS GERAIS PREFEITURA DE TOYOHASHI Obs.: Os termos residentes estrangeiros e moradores estrangeiros utilizados nesse Plano de

Leia mais

Promoção das Medidas de Apoio aos Estrangeiros Residentes no Japão (Tradução Provisória)

Promoção das Medidas de Apoio aos Estrangeiros Residentes no Japão (Tradução Provisória) Promoção das Medidas de Apoio aos Estrangeiros Residentes no Japão (Tradução Provisória) 16 de Abril de 2009 Conselho para Promoção das Medidas aos Estrangeiros Residentes O Governo do Japão anunciou "As

Leia mais

Para residentes estrangeiros de Kawasaki

Para residentes estrangeiros de Kawasaki Para residentes estrangeiros de Kawasaki Lista de balcões de atendimento e telefones para consultas がいこくじん みな かわさきし す 川 崎 市 に 住 む 外 国 人 の 皆 さんへ Publicado pelo Departamento de Assuntos da Criança e do Cidadão

Leia mais

Política Básica de Medidas para Estrangeiros Residentes de Descendência Japonesa (Tradução Provisória) 31 de agosto de 2010

Política Básica de Medidas para Estrangeiros Residentes de Descendência Japonesa (Tradução Provisória) 31 de agosto de 2010 Política Básica de Medidas para Estrangeiros Residentes de Descendência Japonesa (Tradução Provisória) 31 de agosto de 2010 Conselho para Promoção de Medidas para Estrangeiros Residentes de Descendência

Leia mais

Cidade de Nagoya. Plano de Promoção de Coexistência Multicultural. da Cidade de Nagoya. Construção de 3 vínculos. Linguagem Vida Comunidade

Cidade de Nagoya. Plano de Promoção de Coexistência Multicultural. da Cidade de Nagoya. Construção de 3 vínculos. Linguagem Vida Comunidade Plano de Promoção de Coexistência Multicultural da Cidade de Nagoya Linguagem Vida Comunidade ~guia voltado para a construção de 3 vínculos~ Construção de 3 vínculos -Vínculo com a linguagem

Leia mais

ポルトガル 語 QUE É APOIADA E CULTIVADA POR TODOS SISTEMA DE SEGURO DE ASSISTÊNCIA (KAIGO HOKEN) CIDADE DE NAGOYA

ポルトガル 語 QUE É APOIADA E CULTIVADA POR TODOS SISTEMA DE SEGURO DE ASSISTÊNCIA (KAIGO HOKEN) CIDADE DE NAGOYA ポルトガル 語 QUE É APOIADA E CULTIVADA POR TODOS SISTEMA DE SEGURO DE ASSISTÊNCIA (KAIGO HOKEN) CIDADE DE NAGOYA SISTEMA DE SEGURO DE ASSISTÊNCIA Na zona urbana incluindo a nossa cidade, até o ano de 2025 quando

Leia mais

1 Sistema Gráfico. Conteúdo do Plano de Implementação de Multiculturalismo da Cidade de Kakegawa. 4 Grandes Temas Medidas Básicas Especificação

1 Sistema Gráfico. Conteúdo do Plano de Implementação de Multiculturalismo da Cidade de Kakegawa. 4 Grandes Temas Medidas Básicas Especificação Capitulo 2 Conteúdo do Plano de Implementação de Multiculturalismo da Cidade de Kakegawa 1 Sistema Gráfico Princínpios Básicos 4 Grandes Temas Medidas Básicas Especificação da medida Ⅰ Apoio a comunicação

Leia mais

Guia de Vida Diária da Província de Saitama

Guia de Vida Diária da Província de Saitama Capítulo 4 Assistência Médica e Seguro Social Mascote de Saitama KOBATON 1 Sistema de Seguro de Saúde 2 Seguro Nacional de Saúde (Seguro Regional) 3 Seguro Saúde (Seguro dos Empregados) 4 Exame Médico

Leia mais

Enquete para Pais ou Responsáveis

Enquete para Pais ou Responsáveis MEXT Ministério da Educação, Cultura, Esportes, Ciência e Tecnologia do Japão Avaliação Nacional do Desempenho Escolar e Condições do Aprendizado em 2013 Pesquisa detalhada Enquete para Pais ou Responsáveis

Leia mais

do município de Fuji (Versão sumarizada)

do município de Fuji (Versão sumarizada) Plano de promoção de internacionalização do município de Fuji (Versão sumarizada) Para a realização da "Fuji, a cidade de convivência multicultural, com entendimento cordial mútuo" Março / 2011 Sala de

Leia mais

AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO NA ESCOLA PRIMÁRIA CHIRYU HIGASHI Resultado da pesquisa, Análise e Diretrizes

AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO NA ESCOLA PRIMÁRIA CHIRYU HIGASHI Resultado da pesquisa, Análise e Diretrizes ANO 2012 AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO NA ESCOLA PRIMÁRIA CHIRYU HIGASHI Resultado da pesquisa, Análise e Diretrizes DATA DA PESQUISA: Dezembro de 2012 a Janeiro de 2013 ALVO DA PESQUISA: Pais, professores, alunos

Leia mais

Visando uma comunidade harmoniosa

Visando uma comunidade harmoniosa Plano de promoção de Kawasaki para uma sociedade multicultural e harmoniosa Visando uma comunidade harmoniosa esboço Multicultural Promotion Policies Políticas de promoción multicultural Políticas de Promoção

Leia mais

Information for foreigners «公 益 財 団 法 人 とよなか 国 際 交 流 協 会

Information for foreigners «公 益 財 団 法 人 とよなか 国 際 交 流 協 会 a-atoms.info http://www.a-atoms.info/information-for-foreigners/ Information for foreigners «公 益 財 団 法 人 とよなか 国 際 交 流 協 会 Associação para Simbiose Multicultural de Toyonaka (ATOMS) Association for Toyonaka

Leia mais

Capitulo5 Assistência Médica e Seguro Social

Capitulo5 Assistência Médica e Seguro Social Guia para a Vida na Província de Saitama Capitulo5 Assistência Médica e Seguro Social 第 5 章 医 療 社 会 保 険 1 Sistema de Seguro de Saúde 医 療 保 険 制 度 2 Seguro Nacional de Saúde 国 民 健 康 保 険 3 Seguro Saúde 健

Leia mais

Sumário da Pesquisa Relacionada à Saúde Mental dos Estrangeiros Residentes em Hamamatsu

Sumário da Pesquisa Relacionada à Saúde Mental dos Estrangeiros Residentes em Hamamatsu Sumário da Pesquisa Relacionada à Saúde Mental dos Estrangeiros Residentes em Hamamatsu 1 - Objetivo da pesquisa: Esta pesquisa foi realizada no município de Hamamatsu objetivando o conhecimento da saúde

Leia mais

Entre o dia 2009/03/31~ 2010/03/30 A patir de 2010/04 ~ 2011/03

Entre o dia 2009/03/31~ 2010/03/30 A patir de 2010/04 ~ 2011/03 Àqueles que perderam o serviço involuntariamente, poderão ter o custo do imposto do seguro de saúde nacional ( Kokumin-Hoken ) reduzido!!! 非 自 発 的 失 業 者 に 対 して 国 民 健 康 保 険 税 が 軽 減 されます Para aqueles que

Leia mais

III Portfolio do Estudo do Idioma Japonês

III Portfolio do Estudo do Idioma Japonês III Portfolio do Estudo do Idioma Japonês Portfolio do Estudo do Idioma Japonês No Japão, o idioma japonês é o meio de comunicação mais utilizado. Estudando-se o idioma japonês, a comunicação com pessoas

Leia mais

Guia de Vida Diária da Província de Saitama

Guia de Vida Diária da Província de Saitama Capítulo 3 Residência Mascote de Saitama KOBATON 1 Residência de Aluguel Particular 2 Residência de Aluguel em Conjunto Habitacional Público 3 Mudanças 4 Compra de Imóveis 1 Residência de Aluguel Particular

Leia mais

Síntese do Plano de Promoção de Convivência Multicultural da Província de Shiga (Edição revisada)

Síntese do Plano de Promoção de Convivência Multicultural da Província de Shiga (Edição revisada) <Proposta> ポルトガル 語 Síntese do Plano de Promoção de Convivência Multicultural da Província de Shiga (Edição revisada) Da revisão do plano 1.Contexto e objetivos Tendo como base o ápice do ano de 2008, quando

Leia mais

Pesquisa sobre Necessidade de Casa de Repouso da MAPS

Pesquisa sobre Necessidade de Casa de Repouso da MAPS Carta de Apresentação e Introdução à Pesquisa 14 de abril de 201 Caro Membro da Comunidade de Língua Portuguesa: A Massachusetts Alliance of Portuguese Speakers (MAPS) se juntou ao LDS Consulting Group,

Leia mais

RASCUNHO DO FORMULÁRIO MODELO SUBCLASSE 600 PARA PEDIDO DE VISTO ELETRÔNICO DE ENTRADA NA AUSTRÁLIA

RASCUNHO DO FORMULÁRIO MODELO SUBCLASSE 600 PARA PEDIDO DE VISTO ELETRÔNICO DE ENTRADA NA AUSTRÁLIA Última alteração: JULHO/2014 - Informações incompletas ou incorretas poderão acarretar recusa do visto de entrada na Austrália. - Ao preencher este rascunho, você nos autoriza a enviar e receber suas informações

Leia mais

Abril de 2006 (Ano 18 de Heisei) Tadanori Akiba Prefeito de Hiroshima

Abril de 2006 (Ano 18 de Heisei) Tadanori Akiba Prefeito de Hiroshima Preâmbulo A Declaração Universal dos Direitos Humanos foi declarada em 1948, na Terceira Assembléia Geral das Nações Unidas, e o nosso país, como membro da comunidade mundial ratificou a Carta Internacional

Leia mais

Plano de Ação de Medidas para Residentes Estrangeiros de Descendência Japonesa (Tradução Provisória)

Plano de Ação de Medidas para Residentes Estrangeiros de Descendência Japonesa (Tradução Provisória) Plano de Ação de Medidas para Residentes Estrangeiros de Descendência Japonesa (Tradução Provisória) 31 de março de 2011 Conselho para Promoção de Medidas para Estrangeiros Residentes de Descendência Japonesa

Leia mais

Sobre as Medidas Imediatas (Curto Prazo) de Apoio aos. Estrangeiros Residentes no Japão

Sobre as Medidas Imediatas (Curto Prazo) de Apoio aos. Estrangeiros Residentes no Japão Sobre as Medidas Imediatas (Curto Prazo) de Apoio aos Estrangeiros Residentes no Japão (Tradução Provisória) 30 de janeiro de 2009 Escritório do Gabinete O mercado financeiro e de capitais global passa

Leia mais

1ª Reunião dos Cidadãos Estrangeiros da Cidade de Yao do ano fiscal de 2011 Ata da Reunião

1ª Reunião dos Cidadãos Estrangeiros da Cidade de Yao do ano fiscal de 2011 Ata da Reunião 1ª Reunião dos Cidadãos Estrangeiros da Cidade de Yao do ano fiscal de 2011 Ata da Reunião Data e horário: Dia 20 de dezembro de 2011, a partir das 19:00h Local: Sala de reunião 602 do 6º andar do Prédio

Leia mais

VII CENSO DOS ALUNOS DE GRADUAÇÃO DA UERJ

VII CENSO DOS ALUNOS DE GRADUAÇÃO DA UERJ UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO- UERJ NÚCLEO DE INFORMAÇÃO E ESTUDOS DE CONJUNTURA NIESC/PRODEMAN SUB-REITORIA DE GRADUAÇÃO- SR-1 DEPARTAMENTO DE ORIENTAÇÃO E SUPERVISÃO PEDAGÓGICA - DEP Prezado

Leia mais

1. Tipos de visto de permanência 在 留 資 格

1. Tipos de visto de permanência 在 留 資 格 1. Tipos de visto de permanência 在 留 資 格 Para poder entrar e permanecer no Japão, o tipo do visto de permanência que lhe será concedido, será determinado conforme os motivos e o período de sua permanência

Leia mais

Questionário para o Pedido de Visto para a República Popular da China

Questionário para o Pedido de Visto para a República Popular da China Questionário para o Pedido de Visto para a República Popular da China O Solicitante dever á preencher este formulário de forma sincera e completa. Por favor, digite ou escreva suas respostas em letras

Leia mais

Concretização de uma sociedade com convivência multicultural pacífica mediante uma ampla cooperação e coordenação

Concretização de uma sociedade com convivência multicultural pacífica mediante uma ampla cooperação e coordenação Província de Kanagawa Concretização de uma sociedade com convivência multicultural pacífica mediante uma ampla cooperação e coordenação Desenvolvimento de uma estratégia global aproveitando os pontos fortes

Leia mais

A todos os cidadãos de nacionalidade estrangeira

A todos os cidadãos de nacionalidade estrangeira A todos os cidadãos de nacionalidade estrangeira Novo sistema de controle de permanência O atual sistema de registro de estrangeiro ( Gaijin-Toroku ) será abolido no dia 9 de julho de 2012, sendo assim

Leia mais

ANEXO II - QUESTIONÁRIO SOCIOCULTURAL

ANEXO II - QUESTIONÁRIO SOCIOCULTURAL ANEXO II - QUESTIONÁRIO SOCIOCULTURAL Processo Seletivo Faculdade AMEC Trabuco 2005.1 Este questionário, que compõe o material de inscrição, tem o objetivo exclusivo de coletar dados socioculturais dos

Leia mais

Diretriz Básica para a Promoção da Convivência Multicultural na Cidade de Sanda

Diretriz Básica para a Promoção da Convivência Multicultural na Cidade de Sanda Edição em Português Diretriz Básica para a Promoção da Convivência Multicultural na Cidade de Sanda Junho de 2009 Cidade de Sanda Rumo à Construção de uma Cidade de Convivência Multicultural Formulação

Leia mais

Ⅵ. Gravidez/Parto/ Criação dos Filhos/ Educação

Ⅵ. Gravidez/Parto/ Criação dos Filhos/ Educação Ⅵ. Gravidez/Parto/ Criação dos Filhos/ Educação Ⅵ-1 Gravidez / Parto 1. Quando Ficar Grávida Ao se confirmar a gravidez e desejar parir no Japão, procure a prefeitura a fim de solicitar a Caderneta de

Leia mais

Versão em Português. Exame de. Proficiência. em Língua. Japonesa. Data da realização no ano de 2011. 04 de dezembro

Versão em Português. Exame de. Proficiência. em Língua. Japonesa. Data da realização no ano de 2011. 04 de dezembro Versão em Português Exame de em Língua Japonesa Proficiência Data da realização no ano de 2011 04 de dezembro O Que é Exame de Proficiência em Língua Japonesa? É o maior exame de língua japonesa realizado

Leia mais

Segurado de Categoria 3 Dependentes dos Segurados de Categoria 2

Segurado de Categoria 3 Dependentes dos Segurados de Categoria 2 16.Pensão ねん きん 年 金 De acordo com o sistema de pensão oficial do Japão, todos os residentes entre 20 e 60 anos de idade são obrigados a se inscreverem na Pensão Nacional. Portanto, todas as pessoas com

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS MARÇO DE 2014 JOB0402 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Avaliar a atual administração do município de Acopiara. Acopiara

Leia mais

Estudo sobre Serviços e Apoios Não Residenciais de Violência Doméstica Formulário de feedback sobre o programa

Estudo sobre Serviços e Apoios Não Residenciais de Violência Doméstica Formulário de feedback sobre o programa Código do programa: Código do estado: Estudo sobre Serviços e Apoios Não Residenciais de Violência Doméstica Formulário de feedback sobre o programa Instruções: Responda às perguntas abaixo relacionadas

Leia mais

Guia Multilíngüe de Informações Cotidianas

Guia Multilíngüe de Informações Cotidianas Para poder permanecer em território japonês é necessário ter o visto de permanência. Existem 27 tipos de vistos e, cada qual tem prazos e tipos de atividades permitidas diferenciadas. 1 Tipos de visto

Leia mais

REGISTROS E ATESTADOS PARA ESTRANGEIROS

REGISTROS E ATESTADOS PARA ESTRANGEIROS REGISTROS E ATESTADOS PARA ESTRANGEIROS REGISTRO DE ESTRANGEIRO Todo estrangeiro que pretende permanecer por mais de 90 dias no Japão, filhos de estrangeiros nascidos no Japão e os que perderam a nacionalidade

Leia mais

6.Casamento Divórcio Internacional こん り こん

6.Casamento Divórcio Internacional こん り こん 6.Casamento Divórcio Internacional こくさいけっ こん り こん 国 際 結 婚 離 婚 1.Casamento Num casamento internacional (ou seja, o casamento de duas pessoas com nacionalidades diferentes) faz-se necessário obedecer as

Leia mais

Plano de Promoção de Convivência Multicultural de Aichi

Plano de Promoção de Convivência Multicultural de Aichi Plano de Promoção de Convivência Multicultural de Aichi 2013-2017 Viver, brilhar e criar juntos Período Ano fiscal 2013 a 2017 Contexto histórico da formulação do plano O Plano de Promoção de

Leia mais

GUIA PARA A CONSTRUÇÃO DE UMA FUJISAWA DE CONVÍVIO HARMÔNICO ENTRE POVOS DIVERSOS

GUIA PARA A CONSTRUÇÃO DE UMA FUJISAWA DE CONVÍVIO HARMÔNICO ENTRE POVOS DIVERSOS GUIA PARA A CONSTRUÇÃO DE UMA FUJISAWA DE CONVÍVIO HARMÔNICO ENTRE POVOS DIVERSOS Construção de uma Fujisawa em que Estrangeiros e os Cidadãos Locais Convivam em Harmonia,onde Qualquer um Possa Fazer suas

Leia mais

>>> Período de matrícula : A partir do dia 01 / 10 / 2010 ~ 15 / 10 / 2010 ( Exceto finais de semana e feriados )

>>> Período de matrícula : A partir do dia 01 / 10 / 2010 ~ 15 / 10 / 2010 ( Exceto finais de semana e feriados ) Os formulários para as matrículas estarão disponíveis nas creches, sub-prefeituras e centro de Atendimento ao Cidadão a partir do dia 15 de Setembro!!! >>> Período de matrícula : A partir do dia 01 / 10

Leia mais

PROGRAMA SOCIOASSISTENCIAL ESTUDANTIL

PROGRAMA SOCIOASSISTENCIAL ESTUDANTIL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS CAMPUS MANAUS CENTRO PROGRAMA SOCIOASSISTENCIAL ESTUDANTIL CADASTRO

Leia mais

14.Assistência ふく. 1-1 Auxílio infantil Veja [Nascimento Criação 4-4 Auxílio Infantil ] P199

14.Assistência ふく. 1-1 Auxílio infantil Veja [Nascimento Criação 4-4 Auxílio Infantil ] P199 14.Assistência ふく し 福 祉 1.Assistência infantil Estão previstos os seguintes auxílios à criação infantil. Há também regiões que oferecem um sistema de pagamento peculiar. Detalhes podem ser obtidos no guichê

Leia mais

Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012

Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012 Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012 METODOLOGIA Plano amostral Público alvo: Consumidores de todas as Capitais do Brasil. Tamanho amostral da Pesquisa: 623 casos, gerando um erro máximo de 3,9%

Leia mais

Guia Multilíngüe de Informações Cotidianas

Guia Multilíngüe de Informações Cotidianas Em sua vida no Japão, há providências como o Registro de Residentes, o Seguro de Saúde Nacional e o registro de carimbo (inkan) que precisam ser tomadas junto à prefeitura ou subprefeitura local. Apresentamos

Leia mais

Profissionais do Shiga-Ken,Kyushokusha-Sogo-Shien-Center

Profissionais do Shiga-Ken,Kyushokusha-Sogo-Shien-Center 3 人 目 以 降 のお 子 さんの 保 育 料 一 部 免 除 の 手 続 き A isenção poderá ser feita quando a família corresponder à todos os seguintes itens mencionados abaixo. 1 Famílias que correspondem à divisão B2, C11 e C12 da tabela

Leia mais

Os estrangeiros que possuem os seguintes status de permanência, podem trabalhar no Japão. ( )

Os estrangeiros que possuem os seguintes status de permanência, podem trabalhar no Japão. ( ) Introdução O número de estrangeiros que trabalham no Japão está aumentando a cada ano. Entretanto, existe uma preocupação em evitar transtornos causados por contratações feitas através de agências ilegais

Leia mais

Programa de Treinamento Nikkei. Ano Fiscal de 2011. Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA)

Programa de Treinamento Nikkei. Ano Fiscal de 2011. Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA) Programa de Treinamento Nikkei Ano Fiscal de 2011 Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA) Índice Geral 1. Informações do Programa de Treinamento 2.Informações dos cursos oferecidos 3. Como

Leia mais

浜 松 市 立 高 等 学 校. Hamamatsu Shiritsu Koutou Gakkou. (Colégio Municipal de Ensino Secundário de Hamamatsu) Classe Internacional - Curso de Português

浜 松 市 立 高 等 学 校. Hamamatsu Shiritsu Koutou Gakkou. (Colégio Municipal de Ensino Secundário de Hamamatsu) Classe Internacional - Curso de Português 1 Homepage - Portuguese 浜 松 市 立 高 等 学 校 Hamamatsu Shiritsu Koutou Gakkou (Colégio Municipal de Ensino Secundário de Hamamatsu) Classe Internacional - Curso de Português Exame de Seleção 2007 2 Contextualização

Leia mais

Ⅶ Informação e Comunicação

Ⅶ Informação e Comunicação Ⅶ Informação e Comunicação Ⅶ-1 Telefone 1. Solicitação de linha de telefone nova Para pedir a instalação da linha telefônica, solicite à NTT (Companhia Telefônica Nihon), ligando para 116 (em japonês)

Leia mais

Pessoal 1 1 1 1 1 1 1 1 1

Pessoal 1 1 1 1 1 1 1 1 1 SÉRIE N.º FOLHA DE CONTACTOS N.º Nome do entrevistado: Telefone: Rua : N.º : Andar : Porta : Localidade : Entrevistador REGISTO DAS VISITAS Modo de Visita (Visita = todas as tentativas feitas para falar

Leia mais

11.Educação きょう. Estrutura das Escolas Japonesas

11.Educação きょう. Estrutura das Escolas Japonesas きょう いく 教 育 1.O Sistema 6 3 3 O sistema de ensino japonês é constituído de 6 anos de ensino fundamental básico (shogakko), 3 anos de ensino fundamental intermediário (chugakko) e 3 anos de ensino médio

Leia mais

Modalidades a serem solicitadas pelo aluno (enumere as modalidades conforme interesse):

Modalidades a serem solicitadas pelo aluno (enumere as modalidades conforme interesse): INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS CÂMPUS BARBACENA ANEXO I FORMULÁRIO SOCIOECONÔMICO Modalidades a serem solicitadas pelo aluno (enumere as modalidades conforme

Leia mais

M A N U A L. Para as Vítimas de Acidente de Trânsito. Resumo do Sistema de Seguro de Automóvel

M A N U A L. Para as Vítimas de Acidente de Trânsito. Resumo do Sistema de Seguro de Automóvel M A N U A L Para as Vítimas de Acidente de Trânsito Este folheto é um manual com o objetivo de informar os seguintes itens abaixo para as pessoas envolvidas em acidente de trânsito. Os Sistemas Usuários

Leia mais

Formulário - Solicitação de Bolsa Carência

Formulário - Solicitação de Bolsa Carência UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS DIVISÃO DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL SERVIÇO DE BOLSA Foto 3x4 Formulário - Solicitação de Bolsa Carência Modalidade de Bolsa: ( ) Moradia

Leia mais

Segunda Reunião dos Cidadãos Estrangeiros da Cidade de Yao do Ano Fiscal de 2011 [Ata da Reunião]

Segunda Reunião dos Cidadãos Estrangeiros da Cidade de Yao do Ano Fiscal de 2011 [Ata da Reunião] Segunda Reunião dos Cidadãos Estrangeiros da Cidade de Yao do Ano Fiscal de 2011 [Ata da Reunião] Data e Horário: Dia 28 de fevereiro de 2012 (terça-feira) das 19:00h às 21:00h Local: Sala da Comissão

Leia mais

Questionário de Avaliação de Impacto do Programa Identidade Digital. Manual

Questionário de Avaliação de Impacto do Programa Identidade Digital. Manual Questionário de Avaliação de Impacto do Programa Identidade Digital Manual 1 - OBJETIVO DA PESQUISA DE CAMPO...2 2- ORIENTAÇÕES AO ENTREVISTADO / MONITOR...3 2.1 - DO SIGILO E COLETA DOS DADOS...3 3- INSTRUÇÕES

Leia mais

15 Impostos ぜ い き ん 1 Impostos Nacionais Residentes e Não residentes

15 Impostos ぜ い き ん 1 Impostos Nacionais Residentes e Não residentes 15.Impostos ぜい きん 税 金 Os residentes no Japão por período superior a 1 ano, mesmo os de nacionalidade estrangeira, são obrigados a recolher impostos da mesma forma que os cidadãos japoneses caso recebam

Leia mais

4.Visto de Permanência ざい

4.Visto de Permanência ざい 4.Visto de ざい りゅう し かく 在 留 資 格 1. Tipos de visto de permanência Para poder entrar e permanecer no Japão, o tipo do visto de permanência que lhe será concedido, será determinado conforme os motivos e o

Leia mais

Abril de 2006 (Ano 18 de Heisei) Tadanori Akiba Prefeito de Hiroshima

Abril de 2006 (Ano 18 de Heisei) Tadanori Akiba Prefeito de Hiroshima Preâmbulo A Declaração Universal dos Direitos Humanos foi declarada em 1948, na Terceira Assembléia Geral das Nações Unidas, e o nosso país, como membro da comunidade mundial ratificou a Carta Internacional

Leia mais

Online Visa Aplication - Canadá

Online Visa Aplication - Canadá Online Visa Aplication - Canadá Este formulário é uma versão em português das principais informações necessárias para a Solicitação Online de Visto para o Canadá. Essas informações são as disponíveis,

Leia mais

Resultado da Pesquisa sobre as Condições de Trabalho dos Estrangeiros na Província de Shizuoka (Sumário) Set./2008

Resultado da Pesquisa sobre as Condições de Trabalho dos Estrangeiros na Província de Shizuoka (Sumário) Set./2008 Resultado da Pesquisa sobre as Condições de Trabalho dos Estrangeiros na Província de Shizuoka (Sumário) Set./2008 Em 2007, a Universidade de Arte e Cultura de Shizuoka, a pedido do Governo Provincial,

Leia mais

N : PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA. Entrevistador: Nome do entrevistado: (xx)xxxxxxxx. Endereço: Cidade: Situação do domicílio: 1.Urbano 2.

N : PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA. Entrevistador: Nome do entrevistado: (xx)xxxxxxxx. Endereço: Cidade: Situação do domicílio: 1.Urbano 2. Entrevistador: Nome do entrevistado: Telefone: (xx)xxxxxxxx N : Endereço: Cidade: Situação do domicílio: 1.Urbano 2.Rural Estado: AC AP DF MA MT PE RJ RR SE AL BA ES MG PA PI RN RS SP AM CE GO MS PB PR

Leia mais

Modalidades a serem solicitadas pelo aluno (Marque com X as modalidades solicitadas):

Modalidades a serem solicitadas pelo aluno (Marque com X as modalidades solicitadas): INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS CÂMPUS RIO POMBA ANEXO I FORMULÁRIO SOCIOECONÔMICO Modalidades a serem solicitadas pelo aluno (Marque com X as modalidades

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO UFMA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO UFMA CADASTRO SOCIOECONÔMICO PARA SOLICITAÇÃO DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL. 1. DADOS DO ESTUDANTE Nome: Curso: Código/ Matrícula: Campus: Ano de ingresso: Período: Turno: ( ) Matutino ( ) Vespertino ( ) Noturno

Leia mais

ULM -Vistoria para Maputo: Setembro de 2010 Desenho

ULM -Vistoria para Maputo: Setembro de 2010 Desenho Monitoria Rechecked ULM -Vistoria para Maputo: Setembro de 00 Desenho Controlo de questionário: Número do Entrevistador Conferido por Monitor Correcções por serem feito: Controlo da amostra: Número de

Leia mais

Guia Multilíngüe de Informações Cotidianas

Guia Multilíngüe de Informações Cotidianas Gestação Da gestação até o nascimento À prefeitura ou subprefeitura local Apresentação da notificação de gravidez 1-3 (1) Exame médico 1-2 (1) Receber a Caderneta de Saúde da Mãe e do Bebê e a Ficha de

Leia mais

SEU sonho. Desde 1972, o programa de Prêmio de Educação e. viva o. Você pode fazer isto! Pronta para começar uma vida nova?

SEU sonho. Desde 1972, o programa de Prêmio de Educação e. viva o. Você pode fazer isto! Pronta para começar uma vida nova? Pronta para começar uma vida nova? viva o SEU sonho Prêmio de Educação e Capacitação para Mulheres Você pode fazer isto! Desde 1972, o programa de Prêmio de Educação e Capacitação para Mulheres (anteriormente

Leia mais

QUESTIONÁRIO PARA AVALIAÇÃO DE INTERVENÇÕES PARA PROMOÇÃO DA ATIVIDADE FÍSICA NA ATENÇÃO BÁSICA À SAÚDE - VERSÃO USUÁRIO CADASTRO

QUESTIONÁRIO PARA AVALIAÇÃO DE INTERVENÇÕES PARA PROMOÇÃO DA ATIVIDADE FÍSICA NA ATENÇÃO BÁSICA À SAÚDE - VERSÃO USUÁRIO CADASTRO QUESTIONÁRIO PARA AVALIAÇÃO DE INTERVENÇÕES PARA PROMOÇÃO DA ATIVIDADE FÍSICA NA ATENÇÃO BÁSICA À SAÚDE - VERSÃO USUÁRIO CADASTRO Pesquisador responsável: ID Geres: ID Município: Data: Início do preenchimento:

Leia mais

P185. O(A) sr.(a) tem ou já teve cota em banco? Base: Total da Amostra C

P185. O(A) sr.(a) tem ou já teve cota em banco? Base: Total da Amostra C DISCRIMINAÇÃO RACIAL E PRECONCEITO DE COR NO BRASIL CONTA BANCÁRIA: (Espontânea e única, em %) 35% 44% 21% 51 Tem Não tem, mas já teve Nunca teve 39 40 41 36 34 43 21 28 20 24 23 Branca Parda Preta Indígena

Leia mais

Identificação Nome completo: Curso: Período: Matrícula: Turno:

Identificação Nome completo: Curso: Período: Matrícula: Turno: Programa de Assistência Estudantil 2009/2 Formulário Socioeconômico Indicar qual(is) benefício(s) de seu interesse: ( ) Apoio pedagógico atividades de campo ( ) Apoio pedagógico instrumental odontológico

Leia mais

01 REGIÃO METROPOLITANA 03 ENDEREÇO

01 REGIÃO METROPOLITANA 03 ENDEREÇO IBGE Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística Diretoria de Pesquisas Coordenação de Trabalho e Rendimento Gerência de Pesquisa Mensal PESQUISA MENSAL DE EMPREGO PME 1.0 QUESTIONÁRIO DE MÃO-DE-OBRA

Leia mais

Opinião do. brasileiro sobre Voluntariado. Fundação Itaú Social Resultados em outubro de 2014

Opinião do. brasileiro sobre Voluntariado. Fundação Itaú Social Resultados em outubro de 2014 Opinião do brasileiro sobre Voluntariado Fundação Itaú Social Resultados em outubro de 2014 Índice 2 Objetivo e Metodologia Perfil demográfico da população brasileira Exercício da Atividade Voluntária

Leia mais

INTERCAMPUS Inquérito a Turistas Maio de 2015 EVENTOS DE SURF. Com o apoio de:

INTERCAMPUS Inquérito a Turistas Maio de 2015 EVENTOS DE SURF. Com o apoio de: EVENTOS DE SURF 1 Com o apoio de: Índice 2 1 Análise Síntese 4 2 Resultados 7 1. Caracterização da amostra 8 2. Satisfação 15 4. Regressar e recomendar 20 3 Metodologia 23 Contextualização do Projecto

Leia mais

COMPROMISSO DE FAMÍLIAS

COMPROMISSO DE FAMÍLIAS COMPROMISSO DE FAMÍLIAS AO ROTARY INTERNACIONAL DISTRITO 4410 Nós, abaixo identificados e assinados, na condição de Pais e/ou Responsáveis por portador(a) da cédula de identidade nº. (RG) nosso(a) filho(a),

Leia mais

(Edição de 2015) 名 古 屋 市 国 民 健 康 保 険 のてびき(2015 年 版 )

(Edição de 2015) 名 古 屋 市 国 民 健 康 保 険 のてびき(2015 年 版 ) ポルトガル 語 GUIA DO SEGURO NACIONAL DE SAÚDE DA CIDADE DE NAGOYA (Edição de 2015) Ⅰ Sobre o Seguro Nacional de Saúde 1 O que é Sistema de Seguro de Saúde Universal No Japão todas as pessoas estão inscritas

Leia mais

SEGURO E APOSENTADORIA

SEGURO E APOSENTADORIA SEGURO E APOSENTADORIA SEGURO SOCIAL (SEGURO DE SAÚDE SOCIAL E SEGURO DE APOSENTADORIA SOCIAL) O Governo japonês administra o Seguro de Saúde Social e o Seguro de Aposentadoria Social ( ), a fim de garantir

Leia mais

Projeto de Reformulação das Pesquisas Domiciliares do IBGE

Projeto de Reformulação das Pesquisas Domiciliares do IBGE 1 Rio de Janeiro, 05/12/2014 Projeto de Reformulação das Pesquisas Domiciliares do IBGE Primeira entrevista: Questionário de características gerais dos moradores Questionário de educação Questionário ampliado

Leia mais

Educação Integral Relatório em Junho/2013

Educação Integral Relatório em Junho/2013 Comunidade Escola Família Educação Integral Relatório em Junho/2013 Objetivo 3 O principal objetivo desta pesquisa é avaliar o conhecimento da população brasileira sobre educação integral. Metodologia

Leia mais

Avaliação dos hábitos de estudos, culturais e nível de inclusão digital dos alunos da UNIGRANRIO. Fevereiro/2012

Avaliação dos hábitos de estudos, culturais e nível de inclusão digital dos alunos da UNIGRANRIO. Fevereiro/2012 Avaliação dos hábitos de estudos, culturais e nível de inclusão digital dos alunos da UNIGRANRIO Fevereiro/2012 UM POUCO SOBRE O ALUNO Etnia segundo classificação do ENADE Amarelo (de Origem Oriental)

Leia mais

QUESTIONÁRIO PARA VISTO CANADENSE. 3. Sexo: ( ) Feminino ( ) Masculino DADOS PESSOAIS

QUESTIONÁRIO PARA VISTO CANADENSE. 3. Sexo: ( ) Feminino ( ) Masculino DADOS PESSOAIS QUESTIONÁRIO PARA VISTO CANADENSE * Após o preenchimento favor enviar por E-mail: tânia@alfainter.com.br ou kazue@alfainter.com.br, ou FAX.: (11) 2187-8999 / ou pelo Correio para providenciarmos o preenchimento

Leia mais

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO NO PROGRAMA ENSINO SUPERIOR FACILITADO - ESFÁCIL

FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO NO PROGRAMA ENSINO SUPERIOR FACILITADO - ESFÁCIL FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO NO PROGRAMA ENSINO SUPERIOR FACILITADO - ESFÁCIL Atenção: preencha TODO o questionário e APRESENTE A DOCUMENTAÇÃO solicitada, para que não haja prejuízo na avaliação de seu pedido.

Leia mais

Direitos e Deveres das Crianças e Adolescentes

Direitos e Deveres das Crianças e Adolescentes Direitos e Deveres das Crianças e Adolescentes Esta lei dispõe sobre a proteção integral á criança e ao adolescente, considera-se criança, para efeitos desta lei, a pessoa até doze(12) anos de idade incompletos

Leia mais

Terceira Reunião dos Cidadãos Estrangeiros da Cidade de Yao do Ano Fiscal de 2013 [Ata da Reunião]

Terceira Reunião dos Cidadãos Estrangeiros da Cidade de Yao do Ano Fiscal de 2013 [Ata da Reunião] Terceira Reunião dos Cidadãos Estrangeiros da Cidade de Yao do Ano Fiscal de 2013 [Ata da Reunião] Data e Horário: Dia 27 de janeiro de 2014 (segunda-feira) das 19:00h às 20:40h Local: Sala de Reunião

Leia mais

San Félix 1421, Vitacura, Santiago, Chile (56 9) 76951819 info@chilerelocationagency.cl www.chilerelocationagency.cl

San Félix 1421, Vitacura, Santiago, Chile (56 9) 76951819 info@chilerelocationagency.cl www.chilerelocationagency.cl Nós faremos com que seu executivo sinta o Chile como seu novo lar. Coloque-o em nossas mãos. San Félix 1421, Vitacura, Santiago, Chile (56 9) 76951819 info@chilerelocationagency.cl Quem Somos Chile Relocation

Leia mais

O brasileiro e sua relação com o dinheiro II

O brasileiro e sua relação com o dinheiro II O brasileiro e sua relação com o dinheiro II 2007 2 Módulo I: 2 Perfil da amostra (Estimulada e única, em %) 3 Forma que recebe seu salário (PEA*) 2007 Em dinheiro/ espécie 55 NE: 70% Depósito em conta

Leia mais

QUESTIONÁRIO SOCIOECONÔMICO PARA SELEÇÃO DE PROGRAMAS DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL

QUESTIONÁRIO SOCIOECONÔMICO PARA SELEÇÃO DE PROGRAMAS DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL Universidade Federal de Viçosa Pró Reitoria de Assuntos Comunitários QUESTIONÁRIO SOCIOECONÔMICO PARA SELEÇÃO DE PROGRAMAS DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL FOTO 3X4 1 - SOLICITAÇÃO SERVIÇO DE MORADIA (ALOJAMENTO)

Leia mais

Contato. Central de atendimento sobre o My Number do Município de Setagaya 03-5713-7428

Contato. Central de atendimento sobre o My Number do Município de Setagaya 03-5713-7428 Aviso do Município de Setagaya A partir de 5 de outubro de 2015, cada um dos residentes receberá a notificação do número de pessoa física (apelidado de de my number ) Edição para arquivo *O número consta

Leia mais

INFORMAÇÕES GERAIS - LEIAM COM ATENÇÃO! DOCUMENTOS NECESSÁRIOS (Apresentar cópia dos documentos para análise, conforme o perfil familiar)

INFORMAÇÕES GERAIS - LEIAM COM ATENÇÃO! DOCUMENTOS NECESSÁRIOS (Apresentar cópia dos documentos para análise, conforme o perfil familiar) PROGRAMA AUXÍLIO PERMANÊNCIA - PAPE/UNIFESP CALOUROS 2012 INFORMAÇÕES GERAIS - LEIAM COM ATENÇÃO! 1. O Programa Auxílio Permanência- PAPE destina-se aos estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica

Leia mais

Relatório de Intercâmbio

Relatório de Intercâmbio UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI ASSESSORIA PARA ASSUNTOS INTERNACIONAIS PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO INTERNACIONAL PARA GRADUAÇÃO Relatório de Intercâmbio Aluno(a): THIAGO RIBEIRO FURTADO

Leia mais

abastecimento de água e imagem da COPASA Montes Claros

abastecimento de água e imagem da COPASA Montes Claros Avaliação do Serviço o de abastecimento de água e imagem da COPASA Montes Claros Pesquisa realizada entre 24 e 28 de Abril de 2010 Informações Metodológicas Tipo de pesquisa: Survey, utiliza-se de questionário

Leia mais

1-4 Auxílio de assistência à criança portadora de deficiência

1-4 Auxílio de assistência à criança portadora de deficiência Assistência 1. Assistência infantil 福 祉 Estão previstos os seguintes auxílios à criação infantil. Há também regiões que oferecem um sistema de pagamento peculiar. Detalhes podem ser obtidos no guichê responsável

Leia mais

-Bolsa Moradia Consiste na concessão de recurso financeiro para custear despesas de moradia, aos

-Bolsa Moradia Consiste na concessão de recurso financeiro para custear despesas de moradia, aos UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA - UFV Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários - PCD Serviço de Bolsa - SBO LEIA ATENTAMENTE ANTES DE PREENCHER O FORMULÁRIO As Bolsas e Serviços são concedidos pela UFV, por

Leia mais

Objetivos. Essa pesquisa buscou identificar o grau de conhecimento dos paulistas a respeito da FAPESP e sobre Ciência e Tecnologia.

Objetivos. Essa pesquisa buscou identificar o grau de conhecimento dos paulistas a respeito da FAPESP e sobre Ciência e Tecnologia. População Objetivos Essa pesquisa buscou identificar o grau de conhecimento dos paulistas a respeito da FAPESP e sobre Ciência e Tecnologia. 3 POPULAÇÃO Principais resultados Principais resultados 4 *

Leia mais

Primeira Reunião dos Cidadãos Estrangeiros da Cidade de Yao do Ano Fiscal de 2012 [Ata da

Primeira Reunião dos Cidadãos Estrangeiros da Cidade de Yao do Ano Fiscal de 2012 [Ata da Primeira Reunião dos Cidadãos Estrangeiros da Cidade de Yao do Ano Fiscal de 2012 [Ata da Reunião] Data e Horário: Dia 19 de julho de 2012 (quinta-feira) das 19:00h às 21:00h Local: Sala da Comissão Nº

Leia mais