XNA para o Desenvolvimento de Jogos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "XNA para o Desenvolvimento de Jogos"

Transcrição

1 XNA para o Desenvolvimento de Jogos Vinícius Godoy de Mendonça Ponto V! - Quem sou eu? Professor dos cursos de pós graduação e graduação tecnológica em Jogos da PUC/PR; Sócio e fundador do portal de desenvolvimento de jogos Ponto V!: Criador do projeto Alegria: Funcionário da Positivo Informática Tecnologia Educacional Jogador e RPGistahá mais de 20 anos 1

2 O que veremos A indústria de jogos digitais; A Microsoft no mercado de games; Uma breve introdução ao XNA; Visão geral; Organização do framework; Facilidades no desenvolvimento; Exemplos. A indústria de Jogos Digitais 2

3 A Indústria de Jogos Digitais É uma das mais rentáveis do mundo Faturamentos de 2007 supera a indústria de música e cinema juntos. Não é coisa de criança 47% dos chefes de família jogam Média de idade de jogadores: 34 anos 40% dos jogadores são mulheres 42% dos entrevistados jogam jogos em um dispositivo móvel: PDA ou celular Dados da ESA ( 2010 video-game indutry facts ), A Indústria de Jogos Digitais Serious Games (Treinamento e Capacitação) EBTS Rio de Janeiro e Curitiba Simuladores para a polícia federal e para o exército brasileiro Oniria Londrina PR Softwares para Econorte e Petrobrás 3

4 A Indústria de Jogos Digitais Educacionais Positivo Informática Patrulheiro das Galaxias PUC/PR e editora FTD Turma cósmica A Indústria de Jogos Digitais Pesquisa científica USP São Carlos Jogos e mecatrônica para recuperação de fraturas Positivo Mesas Educacionais Jogos, realidadeaumentadae tecnologia multi-toque na educação 4

5 A Indústria de Jogos Digitais Advergames Aquiris Porto Alegre RS CampanhaspraAxe, CasasBahia, Gillette, Laka, Embraer e Chevrolet Continuum Curitiba PR CampanhasparaMacDonald s, Ondae RedeGlobo(BBB, Xuxae osduendes, no Limite) A Indústria de Jogos Digitais E claro, jogos de entretenimento Hoplon Florianópolis MMORPG - Taikodom Timewave Games Florianópolis Jogo web, publicado em várias línguas e sites. Alunos da PUC/PR 5

6 Mas nem tudo são flores... Criar jogos demanda conhecimento técnico. Acesso aos Kits de desenvolvimento Restrito Caro Complexo Desenvolver para qual plataforma? Quais as chances de sucesso para quem esta começando? Como desenvolver para um console com pouco investimento? Introdução: Uma solução! The Harvest 3 Racing Game City Rain 6

7 O que é XNA? XnaNão é um Acrônimo Plataformas 7

8 Qual o custo disso? Para desenvolver / jogar no PC Nenhum! Tudo através de ferramentas gratuitas (Visual C# Express Edition, XNA Game Studio e recursos da comunidade). Para desenvolver / jogar no Xbox 360. Licença XNA Creators Club US$ 99,00 por ano ou US$ 49,00 por 4 meses Windows Phone7 Licença XNA Creators Club 5 submissões gratuitas; US$ 19,99 por submissão adicional E os requisitos? Para desenvolver: WindowsXPSP2ousuperior Visual C# 2010 Expresse Edition ou versão Professional Runtime do DirectX Para rodar: PlacadevídeocompatívelcomDirectX9.0eShaders2.0 RuntimedoXNAedoDirectX PC:WindowsXPSP2ousuperior Xbox360:devehaverHD ZuneeWindows7:prontopararodar! 8

9 Histórico Principal API utilizada pra desenvolvimento de jogos no PC Aplicativos desenvolvidos em C++ Desenvolvimento para Windows API construída sobre o DirectX Jogos desenvolvidos com linguagens.net Desenvolvimento para plataforma Windows API construída utilizando como base o MDX (substituiu o MDX) Aplicativos desenvolvidos em C# Desenvolvimento para Windows, Xbox 360, Zune e Windows Phone 7 XNA Framework e suas camadas Jogos Starter Kits Code Content Components Extended Framework Application Model Content Pipeline Core Framework Graphics Audio Input Math Storage Network Plataforma Direct3D XACT XINPUT XCONTENT Legenda: XNA Provê Você cria Comunidade 9

10 Jogos Jogos Starter Kits Code Content Components Extended Framework Application Model Content Pipeline Core Framework Graphics Audio Input Math Storage Network Plataforma Direct3D XACT XINPUT XCONTENT Starter Kits Modifique os jogos e crie o seu próprio 10

11 Extensões do Framework Jogos Starter Kits Code Content Components Extended Framework Application Model Content Pipeline Core Framework Graphics Audio Input Math Storage Network Plataforma Direct3D XACT XINPUT XCONTENT Application Model Mantenha-se focado no jogo e não em qual plataforma está rodando Faz o serviço chato e trabalhoso para você Desenvolvimento acelerado Possui recursos avançados Extensível 11

12 Content Pipeline Liberdade de escolha Ferramentas de criação de conteúdo Game engines Menos código para a criação Mais tempo para a criação do jogo Forte integração entre código e conteúdo Build de código e de conteúdo unificados Content Pipeline 12

13 Núcleo Jogos Starter Kits Code Content Components Extended Framework Application Model Content Pipeline Core Framework Graphics Audio Input Math Storage Network Plataforma Direct3D XACT XINPUT XCONTENT Graphics Fornece recursos de renderização de baixo nível Construído em cima do Direct3D 9 APIs atualizadas que seguem as regras do.net Efeitos Recursos Lock/ Unlock Vertex streams Recursos fornecidos Model, Mesh e Bones Textures Effects e Shaders 13

14 Audio Baseado no XACT (Cross-Platform Audio Creation Tool) Adiciona sons Ajusta propriedades Construir bancos de sons Fácil integração para desenvolvedores Acesse-os via seus nomes lógicos Looping, streaming, e gerenciamento de memória Sem gerenciamento de buffer de baixo nível Input Torna fácil a obtenção de dados de entrada Dispositivos Keyboard Mouse (apenas para Windows) Xbox 360 (Gamepad, guitarra, tambores, volantes, etc...) 2011: Integração com Kinect Modelo de programação imediato Não demanda inicialização Não demanda gerenciamento de estados Basicamente tira uma fotografia dos estados de todos os botões 14

15 Storage Fornece um jeito fácil para ler e salvar informações do jogo Atua como um sistema de arquivos virtuais Arquivos armazenados no local correto de cada plataforma Suporta múltiplos dispositivos de armazenamento e perfis no Xbox 360 Baseado em Streams, o que facilita a integração com o System.IO Math Biblioteca de funções matemáticas para jogos Vector, Matriz, Quaternion, Plane, AABB, OBB, Sphere, Ray, Frustum, Curve... Regra-da-mão-direita por default Fácil integração Testes de intersecções Facilitadores para movimentos 15

16 Network Conexão entre Xbox 360 e PC Conexão local e via LIVE! Inclui suporte a LIVE! MatchMaking Conecta você a pessoas com perfil semelhantes A partir da versão 3.1 Ranked matchmaking Venda de jogos na LiveCommunity! Conexão de até 8 Zunes em rede ad-hoc Demos Skinning& Animation 16

17 É realmente fácil criar jogos com XNA? AbduX Jogo completo, feito em 4 dias, por 1 pessoa Explora recursos gráficos, sons, input e fontes no XNA além de reconhecimento de voz É realmente fácil criar jogos com XNA? Dungeon Quest Desenvolvido em apenas 4 dias Equipe: 1 desenvolvedor e 1 designer 17

18 Como funciona um jogo em XNA (Game1.cs) Initialize() LoadContent() Update() Draw() 18

19 Screenshots de games em XNA Screenshots de games em XNA 19

20 Screenshots de games em XNA Screenshots de games em XNA 20

21 Considerações Finais Referências Sharp, John. Microsoft Visual C#: Passo a passo (Tradução: Altair Dias Caldas de Moraes). Porto Alegre : Bookman, p. ISBN Ponto V! [acessado em novembro de 2010] Kleber Andrade. Curso de XNA. [acessado em abril de 2010]. Sharp Games. [acessado em abril de 2010] XNA Developer Center, [acessado em janeiro de 2011] XNA Creators Club, [acessado em janeiro de 2011] 21

Apresentação. Alexandre Tolstenko Nogueira. alexandre@tolstenko.net http://tolstenko.net

Apresentação. Alexandre Tolstenko Nogueira. alexandre@tolstenko.net http://tolstenko.net Apresentação Alexandre Tolstenko Nogueira alexandre@tolstenko.net http://tolstenko.net Teoria Prática Teoria XNA Pong Carregar e desenhar imagens na tela Estrutura e organização básica Colisões Componentes

Leia mais

XNA. Edward Boszczowski

XNA. Edward Boszczowski XNA Edward Boszczowski O que é o XNA? O XNA é um framework gratuito para construção de jogos desenvolvido pela Microsoft mirado para desenvolvedores independentes/hobbistas Seu surgimento se deu para substituir

Leia mais

Desenvolvimento de Jogos Utilizando XNA: um Exemplo com o Jogo SpaceX

Desenvolvimento de Jogos Utilizando XNA: um Exemplo com o Jogo SpaceX Desenvolvimento de Jogos Utilizando XNA: The Sims: Jogo Computacional como uma Ferramenta Pedagógica na Construção do Conhecimento Matemático Rúbia Juliana Gomes Fernandes - Guataçara dos Santos Junior

Leia mais

O XNA é uma nova plataforma de desenvolvimento de jogos baseada em.net 2.0+

O XNA é uma nova plataforma de desenvolvimento de jogos baseada em.net 2.0+ Framework 3.1. OXO Tennis for two O XNA é uma nova plataforma de desenvolvimento de jogos baseada em.net 2.0+ Restrições Soluções Usabilidade Fácil de obter Multi- plataforma.net Framework XNA Game Studio

Leia mais

XNA Game Studio Express. Desenho em 2D. Aula 2. Alexandre Santos Lobão contato@alexandrelobao. Pós s em Desenvolvimento de Jogos Eletrônicos - IESB

XNA Game Studio Express. Desenho em 2D. Aula 2. Alexandre Santos Lobão contato@alexandrelobao. Pós s em Desenvolvimento de Jogos Eletrônicos - IESB XNA Game Studio Express Aula 2 Desenho em 2D Alexandre Santos Lobão contato@alexandrelobao AlexandreLobao.com Pós s em Desenvolvimento de Jogos Eletrônicos - IESB Agenda: Aula 2 Revisão Arquitetura de

Leia mais

XNA Framework para desenvolvimento de jogos

XNA Framework para desenvolvimento de jogos XNA Framework para desenvolvimento de jogos Hewerson Gomes, Marcos Alberto Lopes da Silva Sistemas de Informação Centro Universitário do Triângulo (UNITRI) Av. Nicomedes Alves dos Santos 4545 38411-106

Leia mais

Aprimorar as técnicas e difundir os conhecimentos práticos de programação de jogos eletrônicos.

Aprimorar as técnicas e difundir os conhecimentos práticos de programação de jogos eletrônicos. O curso de desenvolvimento de jogos tem como foco capacitar desenvolvedores com conhecimento de programação a fazer jogos com o uso da Engine Unity. Traz profissionais com longa experiência no desenvolvimento

Leia mais

Seleção de Livros sobre Desenvolvimento de Jogos. Por Marcos Romero Dezembro / 2008

Seleção de Livros sobre Desenvolvimento de Jogos. Por Marcos Romero Dezembro / 2008 Seleção de Livros sobre Desenvolvimento de Jogos Por Marcos Romero Dezembro / 2008 Categoria: Essencial Desenvolvimento de jogos 3d e aplicações em tempo real Programação de jogos com C++ e Directx Modelagem

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE JOGOS DIGITAIS. Desmistificando o desenvolvimento de games e mercado de trabalho

DESENVOLVIMENTO DE JOGOS DIGITAIS. Desmistificando o desenvolvimento de games e mercado de trabalho DESENVOLVIMENTO DE JOGOS DIGITAIS Desmistificando o desenvolvimento de games e mercado de trabalho 2 Caravieri Modesto Professor de Programação e Banco de Dados I IFSP (SALTO Analise e Desenvolvimento

Leia mais

Desenvolvimento de um Framework de Jogos 3D para Celulares

Desenvolvimento de um Framework de Jogos 3D para Celulares Desenvolvimento de um Framework de Jogos 3D para Celulares Fabrício Brasiliense Departamento de Informática e Estatística(INE) Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Campus Universitário Trindade-

Leia mais

UM FRAMEWORK PARA DESENVOLVIMENTO DE

UM FRAMEWORK PARA DESENVOLVIMENTO DE UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA UM FRAMEWORK PARA DESENVOLVIMENTO DE APLICATIVOS EM WINDOWS MOBILE. PROPOSTA DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO Aluno:

Leia mais

Simulador para Auto-escola

Simulador para Auto-escola Simulador para Auto-escola João Kleber Indena Martins 1, Marcos Danilo da Silva 2, Mauricio José Alves Bolzam 3 Universidade do Vale do Paraíba Faculdade de Ciência da Computação, Av. Shishima Hifumi,

Leia mais

Curso: Desenvolvendo Jogos 2d Com C# E Microsoft XNA

Curso: Desenvolvendo Jogos 2d Com C# E Microsoft XNA META Curso: Desenvolvendo Jogos 2d Com C# E Microsoft XNA Conteudista: André Luiz Brazil Aula 5: INICIANDO O PROJETO DE UM JOGO NO VISUAL C# Criar e testar o código de um projeto de jogo produzido através

Leia mais

Aula 3 TECNOLOGIA EM JOGOS DIGITAIS PROGRAMACAO E INTEGRACAO DE JOGOS I. Marcelo Henrique dos Santos

Aula 3 TECNOLOGIA EM JOGOS DIGITAIS PROGRAMACAO E INTEGRACAO DE JOGOS I. Marcelo Henrique dos Santos Aula 3 Email: marcelosantos@outlook.com marcellohenrique@outlook.com Twitter: @marcellohsantos Apresentação Comparativa Apresentação Comparativa O QUE É UMA GAME ENGINE? Apresentação Comparativa O QUE

Leia mais

Desenvolvimento de uma Biblioteca de Funções para Simulação no Torque Game Engine

Desenvolvimento de uma Biblioteca de Funções para Simulação no Torque Game Engine Desenvolvimento de uma Biblioteca de Funções para Simulação no Torque Game Engine Bruno Baère Pederassi Lomba de Araujo Orientador: Bruno Feijó Dept. de Informática, PUC-Rio PIBIC Programa Institucional

Leia mais

QCON RIO 2015 Desenvolvimento para Windos 10. Alexandre Chohfi chohfi@outlook.com @alexandrechohfi

QCON RIO 2015 Desenvolvimento para Windos 10. Alexandre Chohfi chohfi@outlook.com @alexandrechohfi QCON RIO 2015 Desenvolvimento para Windos 10 Alexandre Chohfi chohfi@outlook.com @alexandrechohfi Introduzindo o UWP Windows Core Um Core comum refatorado Uma plataforma de hardware Formato unico de acesso

Leia mais

Introdução ao XNA. Curso de Jogos Digitais disciplina: Programação no XNA

Introdução ao XNA. Curso de Jogos Digitais disciplina: Programação no XNA Introdução ao XNA Paulo Sérgio Custódio, prof FMU Curso de Jogos Digitais disciplina: Programação no XNA Nas primeiras aulas do nosso curso vamos tomar contato com a biblioteca XNA de desenvolvimento de

Leia mais

AULA 2. Aspectos Técnicos. Luciano Roberto Rocha. www.lrocha.com. MBA em Marketing Digital SOCIAL GAMES

AULA 2. Aspectos Técnicos. Luciano Roberto Rocha. www.lrocha.com. MBA em Marketing Digital SOCIAL GAMES MBA em Marketing Digital SOCIAL GAMES AULA 2 Luciano Roberto Rocha Aspectos Técnicos Ponta Grossa, 31 de agosto de 2013 ROTEIRO Papéis Processos Plataformas Ferramentas 2 PAPÉIS O desenvolvimento de um

Leia mais

Anderson Pereira, Emerson Demetrio, Fernando Mateus, Lucas Bergmann

Anderson Pereira, Emerson Demetrio, Fernando Mateus, Lucas Bergmann Anderson Pereira, Emerson Demetrio, Fernando Mateus, Lucas Bergmann Sistema Operacional E no inicio... Windows CE: - Sistema Operacional criado pela Microsoft para dispositivos sistemas embarcados (Tablet

Leia mais

LEAS ONLINE: PROTÓTIPO DE UM JOGO DE MMORPG

LEAS ONLINE: PROTÓTIPO DE UM JOGO DE MMORPG LEAS ONLINE: PROTÓTIPO DE UM JOGO DE MMORPG Wesllen de Oliveira Delfino, Larissa Pavarini da Luz wesllendelfino@hotmail.com,larissa.luz01@fatec.sp.gov.br Projeto de Iniciação Científica Larissa Pavarini

Leia mais

XNA Game Studio 2.0. Novidades e rede. Aula 1. Alexandre Santos Lobão contato@alexandrelobao. AlexandreLobao.com

XNA Game Studio 2.0. Novidades e rede. Aula 1. Alexandre Santos Lobão contato@alexandrelobao. AlexandreLobao.com XNA Game Studio 2.0 Aula 1 Novidades e rede Alexandre Santos Lobão contato@alexandrelobao AlexandreLobao.com Pós em Desenvolvimento de Jogos Eletrônicos - IESB Agenda: Aulas 1 e 2 O que háh de novo no

Leia mais

Aula 1 - Introdução e configuração de ambiente de desenvolvimento

Aula 1 - Introdução e configuração de ambiente de desenvolvimento Aula 1 - Introdução e configuração de ambiente de desenvolvimento Olá, seja bem-vindo à primeira aula do curso para desenvolvedor de Android, neste curso você irá aprender a criar aplicativos para dispositivos

Leia mais

Aula 02 Introdução ao desenvolvimento de Jogos em XNA Parte 1

Aula 02 Introdução ao desenvolvimento de Jogos em XNA Parte 1 Aula 02 Introdução ao desenvolvimento de Jogos em XNA Parte 1 1 Conhecendo o game loop em XNA A IDE Visual Studio é considerada o repositório onde devemos carregar e instalar a biblioteca de desenvolvimento

Leia mais

A Indústria de Desenvolvimento de Jogos Eletrônicos no Brasil

A Indústria de Desenvolvimento de Jogos Eletrônicos no Brasil A Indústria de Desenvolvimento de Jogos Eletrônicos no Brasil 01 de maio de 2005 www.abragames.org A Indústria de Desenvolvimento de Jogos Eletrônicos no Brasil A presente pesquisa foi elaborada pela Associação

Leia mais

Modelo: H.264 Câmera IP (1.0 Megapixels) guia de instalação rápida

Modelo: H.264 Câmera IP (1.0 Megapixels) guia de instalação rápida 1 Modelo: H.264 Câmera IP (1.0 Megapixels) guia de instalação rápida 1. Colocado diretamente no desktop Colocou a câmera IP na posição adequada 2 2. Montagem na parede O suporte com o parafuso de bloqueio

Leia mais

Forma de acesso e credenciamento no Microsoft DreamSpark Premium

Forma de acesso e credenciamento no Microsoft DreamSpark Premium Forma de acesso e credenciamento no Microsoft DreamSpark Premium DreamSpark: sonhe hoje, crie amanhã. 1 Prezado aluno, Faculdade do Espírito Santo - UNES O que é o DreamSpark: O DreamSpark é simples; ele

Leia mais

Adobe Flex. Cainã Fuck dos Santos Thiago Vieira Puluceno Jonathan Kuntz Fornari Gustavo Nascimento Costa

Adobe Flex. Cainã Fuck dos Santos Thiago Vieira Puluceno Jonathan Kuntz Fornari Gustavo Nascimento Costa Adobe Flex Cainã Fuck dos Santos Thiago Vieira Puluceno Jonathan Kuntz Fornari Gustavo Nascimento Costa O que é Flex? Estrutura de Código aberto para a criação de aplicativos Web Utiliza o runtime do Adobe

Leia mais

Índice de ilustrações

Índice de ilustrações Sumário 1Dez novos recursos do windows 8...2 1.1Interface Metro...2 1.2Internet Explorer 10...4 1.3Gerenciador de Tarefas...5 1.4Painel de Controle...5 1.5Interface Ribbon...6 1.6Menu Iniciar...7 1.7Windows

Leia mais

Oficina. Conexão wi-fi Tela ou parede para projeção

Oficina. Conexão wi-fi Tela ou parede para projeção Oficina Dados básicos Titulo Autor Instituição Proposta (objetivo) Equipamentos Disponíveis Como ser um professor autor de jogos educativos em tablets, Windows e Linux com o Visual Class Luciana Allan,

Leia mais

OpenGL. Uma Abordagem Prática e Objetiva. Marcelo Cohen Isabel Harb Manssour. Novatec Editora

OpenGL. Uma Abordagem Prática e Objetiva. Marcelo Cohen Isabel Harb Manssour. Novatec Editora OpenGL Uma Abordagem Prática e Objetiva Marcelo Cohen Isabel Harb Manssour Novatec Editora Capítulo 1 Introdução A Computação Gráfica é uma área da Ciência da Computação que se dedica ao estudo e ao desenvolvimento

Leia mais

Como se tornar um desenvolvedor de plug-ins para AutoCAD e Revit

Como se tornar um desenvolvedor de plug-ins para AutoCAD e Revit Como se tornar um desenvolvedor de plug-ins para AutoCAD e Revit Vitor Paulo Silva Se você é um projetista e sua principal ferramenta de trabalho é o AutoCAD ou o Revit, certamente você já se deparou com

Leia mais

Fundament n os s da platafo f rm r a. NE N T André Menegassi

Fundament n os s da platafo f rm r a. NE N T André Menegassi Fundamentos da plataforma.net André Menegassi O que é o.net Framework?.NET é uma plataforma de software para desenvolvimento de aplicações que conecta informações, sistemas, pessoas e dispositivos através

Leia mais

REALIDADE VIRTUAL E AUMENTADA APLICADA EM REABILITAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA UTILIZANDO O SENSOR KINECT E DISPOSITIVOS MÓVEIS

REALIDADE VIRTUAL E AUMENTADA APLICADA EM REABILITAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA UTILIZANDO O SENSOR KINECT E DISPOSITIVOS MÓVEIS REALIDADE VIRTUAL E AUMENTADA APLICADA EM REABILITAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA UTILIZANDO O SENSOR KINECT E DISPOSITIVOS MÓVEIS Flávia Gonçalves Fernandes, Sara Cristina Santos, Luciene Chagas de Oliveira, Mylene

Leia mais

TOPLAB VERSÃO WEB 3.0 Solução completa para o gerenciamento de laboratórios de análises clínicas Interface web

TOPLAB VERSÃO WEB 3.0 Solução completa para o gerenciamento de laboratórios de análises clínicas Interface web Página 01 TOPLAB VERSÃO WEB 3.0 Solução completa para o gerenciamento de laboratórios de análises clínicas Interface web Página 02 Plataforma O TOPLAB foi projetado para funcionar na web, nasceu 'respirando

Leia mais

Trabalhar com Jogos Digitais

Trabalhar com Jogos Digitais Trabalhar com Jogos Digitais Prof. João Paulo Domingos Silva Instituto de Ciências Exatas e Informática PUC Minas, 2014 Prazer em conhecer! Como foi no Québec? Como foi no Québec? Era realmente frio? Processo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ESCOLA DE ENGENHARIA MBA EM TV DIGITAL, RADIODIFUSÃO E NOVAS E NOVAS MÍDIAS

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ESCOLA DE ENGENHARIA MBA EM TV DIGITAL, RADIODIFUSÃO E NOVAS E NOVAS MÍDIAS UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ESCOLA DE ENGENHARIA MBA EM TV DIGITAL, RADIODIFUSÃO E NOVAS E NOVAS MÍDIAS Trabalho final da disciplina Computadores, Redes, IP e Internet Professor: Walter Freire Aluno:

Leia mais

Design 3D. Formação em Game GAME DESIGN 1

Design 3D. Formação em Game GAME DESIGN 1 1 Formação em Game Design 3D O treinamento de Game Design da Data 3D tem duração de 1 ano. O aluno a partir do treinamento de arte 3D e design para games poderá desenvolver seus projetos para as empresas

Leia mais

Utilização. de Shaders de efeitos realistas para jogos. Bruno Pereira Evangelista. Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

Utilização. de Shaders de efeitos realistas para jogos. Bruno Pereira Evangelista. Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais Utilização de Shaders para criação de efeitos realistas para jogos Bruno Pereira Evangelista Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais Sumário 2/48 Apresentação pessoal Introdução Pipeline de renderização

Leia mais

A (R)evolução dos Games

A (R)evolução dos Games A (R)evolução dos Games Meu Histórico... Guilherme Camargo, 37 anos Formação em Comunicação Social pela ESPM/97 FGV, Fundação Dom Cabral, Kellogg Marketing Academy + de 15 anos de experiência em consumo

Leia mais

Desenvolvimento de Aplicações Locais na Plataforma Microsoft

Desenvolvimento de Aplicações Locais na Plataforma Microsoft Desenvolvimento de Aplicações Locais na Plataforma Microsoft Profª. Angelina V.S. Melaré angelinamelare@gmail.com Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas 1ºsem/2008 Objetivo da Aula Saber diferenciar

Leia mais

INSTALAÇÃO DO MICROSOFT SQL SERVER 2008 R2

INSTALAÇÃO DO MICROSOFT SQL SERVER 2008 R2 INSTALAÇÃO DO MICROSOFT SQL SERVER 2008 R2 Neste item aprenderemos a instalar o Microsoft SQL SERVER 2008 R2 e a fazer o Upgrade de versões anteriores do SQL SERVER 2008 R2. Também veremos as principais

Leia mais

Realidade Aumentada. Introdução. Sumário da Apresentação. Realidade Aumentada 28/08/2013. Prof. Sementille 1

Realidade Aumentada. Introdução. Sumário da Apresentação. Realidade Aumentada 28/08/2013. Prof. Sementille 1 Realidade Aumentada 2. Ferramentas para Desenvolvimento de Aplicações de Realidade Aumentada Prof. Dr. Antonio Carlos Sementille Sumário da Apresentação Visão geral da hierarquia das principais ferramentas

Leia mais

Deixe sua Imaginação Fluir: Desenvolvimento de Jogos para Android com o Framework Cocos 2D

Deixe sua Imaginação Fluir: Desenvolvimento de Jogos para Android com o Framework Cocos 2D Deixe sua Imaginação Fluir: Desenvolvimento de Jogos para Android com o Framework Cocos 2D Quem somos? Quem são vocês? O que veremos? O Mercado de Jogos para Dispositivos Móveis O Mercado de Jogos para

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Informática e Telecomunicações

Universidade. Estácio de Sá. Informática e Telecomunicações Universidade Estácio de Sá Informática e Telecomunicações A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades

Leia mais

Programação para Dispositivos Móveis

Programação para Dispositivos Móveis Programação para Dispositivos Móveis Fatec Ipiranga Análise e Desenvolvimento de Sistemas Aula 02 História do desenvolvimento de software para dispositivos móveis Dalton Martins dmartins@gmail.com São

Leia mais

INFORMAÇÃO PESSOAL FLÁVIO ROBERTO DOS SANTOS COUTINHO R. RIO NEGRO, 82, BRASILÉIA BETIM / MG EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL. Nome Morada

INFORMAÇÃO PESSOAL FLÁVIO ROBERTO DOS SANTOS COUTINHO R. RIO NEGRO, 82, BRASILÉIA BETIM / MG EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL. Nome Morada C U R R I C U L U M V I T A E INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Morada FLÁVIO ROBERTO DOS SANTOS COUTINHO R. RIO NEGRO, 82, BRASILÉIA BETIM / MG Telefone (+55) 31.9874.5602 (+55) 31.3594.6991 Idade 22 anos E-mail

Leia mais

Curso Técnico de Nível Médio

Curso Técnico de Nível Médio Curso Técnico de Nível Médio Disciplina: Informática Básica 3. Software Prof. Ronaldo Software Formado por um conjunto de instruções (algoritmos) e suas representações para o

Leia mais

Personata Recorder. Manual de Instalação e Configuração

Personata Recorder. Manual de Instalação e Configuração Personata Recorder Manual de Instalação e Configuração Julho / 2013 1 Índice 1- Pré-requisitos......3 2 Verificação do Hardware......3 3 Instalação......5 4 Configuração Inicial......8 4.1 Localização......8

Leia mais

Sistemas Operacionais. Jéssica Mendes. Thiago Mendes

Sistemas Operacionais. Jéssica Mendes. Thiago Mendes Sistemas Operacionais Jéssica Mendes Thiago Mendes Conheça o Windows 8 Requerimentos de Hardware 32 bits 64 bits Processador 1 GHz 1 GHz Memória RAM 1 GB 2 GB Placa de vídeo Com suporte a Direct X - 9

Leia mais

Cursos de Games no Brasil

Cursos de Games no Brasil Cursos de Games no Brasil Versão 5.0 Este estudo pretende traçar um panorama dos cursos voltados à área de jogos eletrônicos no Brasil no ano de 2008, e também é uma atualização do levantamento de cursos

Leia mais

Uma Engine em XNA e Prolog para Apoio ao Ensino de Programação Declarativa

Uma Engine em XNA e Prolog para Apoio ao Ensino de Programação Declarativa Uma Engine em XNA e Prolog para Apoio ao Ensino de Programação Declarativa Alex F. V. Machado Esteban W. Clua *Flavio S. C. da Silva Marcelo da S. Corrêa Universidade Federal Fluminense (UFF) *Universidade

Leia mais

Formação em game programming: 01 - Introdução à programação

Formação em game programming: 01 - Introdução à programação Formação em game programming: Para que um jogo eletrônico funcione adequadamente como foi projetado, é necessário que ele esteja corretamente programado. Todas as funções de controle de personagens e objetos

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática. Sistema Operacional Proprietário Windows Prof. Walter Travassos

FTIN Formação Técnica em Informática. Sistema Operacional Proprietário Windows Prof. Walter Travassos FTIN Formação Técnica em Informática Sistema Operacional Proprietário Windows Prof. Walter Travassos Aula 01 SISTEMA OPERACIONAL PROPRIETÁRIO WINDOWS Competências do Módulo Instalação e configuração do

Leia mais

Escrito por Eder DZR Sáb, 26 de Março de 2011 16:39 - Última atualização Ter, 05 de Abril de 2011 01:26

Escrito por Eder DZR Sáb, 26 de Março de 2011 16:39 - Última atualização Ter, 05 de Abril de 2011 01:26 Yo! Hoje acordei de bom humor com a vida e decidi escrever um artigo sobre Cloud Computing, a famosa navegação nas nuvens. Que coisa é essa? O que eu ganho usando isso? O que eu preciso ter para usar a

Leia mais

O CMS certo para as suas necessidades! Quadro Comparativo

O CMS certo para as suas necessidades! Quadro Comparativo O CMS certo para as suas necessidades! Quadro Comparativo Prof. Ricardo 1 Um CMS (Content Management Systems) é um Sistema de gerenciamento de Conteúdo de websites, portais e intranet disponíveis para

Leia mais

Aula 01: Linguagens de Programação e Introdução ao Visual C# Express

Aula 01: Linguagens de Programação e Introdução ao Visual C# Express Aula 01: Linguagens de Programação e Introdução ao Visual C# Express EMENTA: Introdução ao Visual C#. Fundamentos da Linguagem. Estruturas de decisão e repetição. Modularização de Programas: Funções. Arrays

Leia mais

Nas novas consolas de jogos

Nas novas consolas de jogos Sistemas Multimédia Proj. 2010 Nas novas consolas de jogos Nas Novas Consolas de Jogos A interactividade nas novas consolas de jogos têm vindo a crescer, e as consolas de jogos deixaram de ser coisas de

Leia mais

Oficina. Trazer os princípios básicos da criação de jogos educativos para tablets, Windows e Linux com o auxílio do software de autoria Visual Class

Oficina. Trazer os princípios básicos da criação de jogos educativos para tablets, Windows e Linux com o auxílio do software de autoria Visual Class Dados básicos Titulo Autor Instituição Proposta (objetivo) Equipamentos Necessários Oficina Como ser um professor autor de jogos educativos em tablets, Windows e Linux com o Visual Class Luciana Allan,

Leia mais

2QRYR&ODULRQ1(73DUWH,

2QRYR&ODULRQ1(73DUWH, 2QRYR&ODULRQ1(73DUWH, 3RU-XOLR&pVDU3HGURVR Gosto de escrever sobre FRLVDV QRYDV, sobre QRYDV WHFQRORJLDV, enfrentar desafios e pesquisas sobre o assunto. Afinal, de velho, basta eu! Como assinante da Clarion

Leia mais

DESENVOLVIMENTO EM DISPOSITIVOS MÓVEIS UTILIZANDO BANCO DE DADOS

DESENVOLVIMENTO EM DISPOSITIVOS MÓVEIS UTILIZANDO BANCO DE DADOS DESENVOLVIMENTO EM DISPOSITIVOS MÓVEIS UTILIZANDO BANCO DE DADOS Leandro Guilherme Gouvea 1, João Paulo Rodrigues 1, Wyllian Fressatti 1 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil leandrog.gouvea@gmail.com,

Leia mais

Processo de Instalação Limpa do Windows 8.1 em Computadores Philco

Processo de Instalação Limpa do Windows 8.1 em Computadores Philco Processo de Instalação Limpa do Windows 8.1 em Computadores Philco O processo de Instalação Limpa irá remover todos os programas e arquivos de dados do seu computador, substituindo eles com uma instalação

Leia mais

Desenvolvimento de um jogo interativo para plataforma web integrado à rede social Facebook

Desenvolvimento de um jogo interativo para plataforma web integrado à rede social Facebook Desenvolvimento de um jogo interativo para plataforma web integrado à rede social Facebook MAC0499 Trabalho de Formatura Supervisionado Orientador: Professor Marco Dimas Gubitoso novembro de 2013 Instituto

Leia mais

Bruno Pereira Evangelista. www.brunoevangelista.com

Bruno Pereira Evangelista. www.brunoevangelista.com Bruno Pereira Evangelista www.brunoevangelista.com 2 Introdução Shaders Pipeline de Renderização Evolução dos Shaders Como Programar Shaders Programando Shaders com XNA Ferramentas Conclusões 3 Durante

Leia mais

Uma nova luz na web com Microsoft Silverlight. Leonardo Sobral sobral@eng.com.br Consultor de Tecnologia

Uma nova luz na web com Microsoft Silverlight. Leonardo Sobral sobral@eng.com.br Consultor de Tecnologia Uma nova luz na web com Microsoft Silverlight Leonardo Sobral sobral@eng.com.br Consultor de Tecnologia Links Silverlight 4 runtime http://silverlight.net/getstarted/silverlight4/default.aspx Silverlight

Leia mais

O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem

O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem O Microsoft Office 365 é a suíte de Produtividade da Microsoft, que oferece as vantagens da Nuvem a empresas de todos os tamanhos, ajudando-as

Leia mais

Treinamento em Alfresco Open Source Enterprise Content Management ( ECM ) - GED Gestão Eletrônica de Documentos

Treinamento em Alfresco Open Source Enterprise Content Management ( ECM ) - GED Gestão Eletrônica de Documentos Treinamento em Alfresco Open Source Enterprise Content Management ( ECM ) - GED Gestão Eletrônica de Documentos Sobre o treinamento Este é um curso para quem precisa conhecer o essencial do produto o Alfresco

Leia mais

Frederico Damasceno Bortoloti. Adaptado de: Claudio Esperança Paulo Roma Cavalcanti

Frederico Damasceno Bortoloti. Adaptado de: Claudio Esperança Paulo Roma Cavalcanti Fundamentos de Representação Gráfica Frederico Damasceno Bortoloti Adaptado de: Claudio Esperança Paulo Roma Cavalcanti Estrutura do Curso Avaliação através de Prova Estudo / Seminário Nota parcial NP

Leia mais

DESENVOLVIMENTO WEB DENTRO DOS PARADIGMAS DO HTML5 E CSS3

DESENVOLVIMENTO WEB DENTRO DOS PARADIGMAS DO HTML5 E CSS3 DESENVOLVIMENTO WEB DENTRO DOS PARADIGMAS DO HTML5 E CSS3 Eduardo Laguna Rubai, Tiago Piperno Bonetti Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR- Brasil eduardorubay@gmail.com, bonetti@unipar.br Resumo.

Leia mais

PROJETO INFORMÁTICA NA ESCOLA

PROJETO INFORMÁTICA NA ESCOLA EE Odilon Leite Ferraz PROJETO INFORMÁTICA NA ESCOLA AULA 1 APRESENTAÇÃO E INICIAÇÃO COM WINDOWS VISTA APRESENTAÇÃO E INICIAÇÃO COM WINDOWS VISTA Apresentação dos Estagiários Apresentação do Programa Acessa

Leia mais

Sistemas de Informação

Sistemas de Informação Sistemas de Informação Prof. M.Sc. Diego Fernandes Emiliano Silva diego.femiliano@gmail.com Agenda Infraestrutura de TI Infraestrutura de TI: hardware Infraestrutura de TI: software Administração dos recursos

Leia mais

Microsoft Nosso Comprometimento Mais de 9 bilhões em P&D/ano

Microsoft Nosso Comprometimento Mais de 9 bilhões em P&D/ano Microsoft Nosso Comprometimento Mais de 9 bilhões em P&D/ano Windows e Web Dynamics Comunicação e Produtividade Servidores Infraestrutura Empresarial Busca e Anúncios Mobilidade Entretenimento e TV PRODUTIVIDADE

Leia mais

Introdução a Computação Móvel

Introdução a Computação Móvel Introdução a Computação Móvel Computação Móvel Prof. Me. Adauto Mendes adauto.inatel@gmail.com Histórico Em 1947 alguns engenheiros resolveram mudar o rumo da história da telefonia. Pensando em uma maneira

Leia mais

Guia. PDA e SmartPhones. Windows Mobile, Pocket PC e CE.

Guia. PDA e SmartPhones. Windows Mobile, Pocket PC e CE. Guia PDA e SmartPhones Windows Mobile, Pocket PC e CE. Referência completa para o integrador do sistema Module. Aborda os recursos necessários para a itulização, instalação do software e importação das

Leia mais

Dispositivos móveis e o mercado Android Open Handset Alliance Informações sobre Android Arquitetura

Dispositivos móveis e o mercado Android Open Handset Alliance Informações sobre Android Arquitetura Dispositivos móveis e o mercado Android Open Handset Alliance Informações sobre Android Arquitetura Dispositivos móveis e o mercado Mercado cresce a cada ano Muitos recursos Múltiplas plataforma Symbian

Leia mais

Integrando Eclipse e Websphere Application Server Community Edition

Integrando Eclipse e Websphere Application Server Community Edition 1 Integrando Eclipse e Websphere Application Server Community Edition Sobre o Autor Carlos Eduardo G. Tosin (carlos@tosin.com.br) é formado em Ciência da Computação pela PUC-PR, pós-graduado em Desenvolvimento

Leia mais

HP Visual Collaboration Desktop. Introdução

HP Visual Collaboration Desktop. Introdução HP Visual Collaboration Desktop Introdução HP Visual Collaboration Desktop v2.0 First edition: December 2010 Notificação legal Copyright 2010 Hewlett-Packard Development Company, L.P. As informações contidas

Leia mais

MB Engine: Game Engine para a Construção de Jogos em HTML 5

MB Engine: Game Engine para a Construção de Jogos em HTML 5 102 MB Engine: Game Engine para a Construção de Jogos em HTML 5 Maik Basso 1, Carine Piovesan Lopes 1, Fábio José Parreira 2, Sidnei Renato Silveira 2 1 Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação 2

Leia mais

Manual do Usuário Microsoft Apps

Manual do Usuário Microsoft Apps Manual do Usuário Microsoft Apps Edição 1 2 Sobre os aplicativos da Microsoft Sobre os aplicativos da Microsoft Os aplicativos da Microsoft oferecem aplicativos para negócios para o seu telefone Nokia

Leia mais

Manual do Usuário Nextel Cloud. Manual do Usuário. Versão 1.0.0. Copyright Nextel 2014. http://nextelcloud.nextel.com.br

Manual do Usuário Nextel Cloud. Manual do Usuário. Versão 1.0.0. Copyright Nextel 2014. http://nextelcloud.nextel.com.br Manual do Usuário Versão 1.0.0 Copyright Nextel 2014 http://nextelcloud.nextel.com.br 1 Nextel Cloud... 4 2 Nextel Cloud Web... 5 2.1 Página Inicial... 6 2.1.1 Meu Perfil... 7 2.1.2 Meu Dispositivo...

Leia mais

Introdução ao. Linux do MEC

Introdução ao. Linux do MEC Introdução ao Linux do MEC Abril/2006 ÍNDICE Software Livre 3 Linux do MEC 4 Inicializando e finalizando o sistema 5 Área de trabalho 6 Operações com arquivos 7 Administração do ambiente 9 Navegador Internet

Leia mais

Formação Movie Maker. FORMAÇÃO PERMANENTE PARA PROFESSORES DO LEI Dias 18 e 19 de setembro de 2014

Formação Movie Maker. FORMAÇÃO PERMANENTE PARA PROFESSORES DO LEI Dias 18 e 19 de setembro de 2014 Formação Movie Maker FORMAÇÃO PERMANENTE PARA PROFESSORES DO LEI Dias 18 e 19 de setembro de 2014 Sobre mim Antônio José Instrutor de Informática Desenvolvedor web Técnico em Informática Contatos: http://www.conceitomaster.com.br

Leia mais

Conteúdo. 1. Requisitos para instalação do PrefSuite 2012 3. 1.1. Cliente 3. 1.2. Servidor 4

Conteúdo. 1. Requisitos para instalação do PrefSuite 2012 3. 1.1. Cliente 3. 1.2. Servidor 4 Requisitos de Instalação PrefSuite 2012 Conteúdo 1. Requisitos para instalação do PrefSuite 2012 3 1.1. Cliente 3 1.1.1. Mínimo 3 1.1.2. Recomendado 3 1.2. Servidor 4 1.2.1. Mínimo 4 1.2.2. Recomendado

Leia mais

Ambiente Visual para o Desenvolvimento de Jogos Eletrônicos

Ambiente Visual para o Desenvolvimento de Jogos Eletrônicos Ambiente Visual para o Desenvolvimento de Jogos Eletrônicos Diego Cordeiro Barboza 1, Júlio César da Silva 2 1 UNIFESO, Centro de Ciências e Tecnologia, Curso de Ciência da Computação, diego.cbarboza@gmail.com

Leia mais

Comércio Eletrônico AULA 18. Sistemas para Internet. Professora Ms Karen Reis

Comércio Eletrônico AULA 18. Sistemas para Internet. Professora Ms Karen Reis Comércio Eletrônico AULA 18 Professora Ms Karen Reis 2011 Sistemas para Internet 1 REFLEXÃO Faça uma busca na internet por certificados digitais. Escreva quatro ou cinco parágrafos sobre como usar os certificados

Leia mais

Aula 3 Curso de Hardware

Aula 3 Curso de Hardware Curso de Hardware Placas de Som Placas de Rede Placas de Vídeo Dispositivos de Entrada e Saída INSTRUTORES UFPR Placas de Som O nome já diz tudo: as placas de som são dispositivos responsáveis por prover

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais Administração de Sistemas de Informação Gerenciais UNIDADE III: Infraestrutura de Tecnologia da Informação Atualmente, a infraestrutura de TI é composta por cinco elementos principais: hardware, software,

Leia mais

Bom se você gravou tudo certinho vai aparecer essa tela no seu play2. Essa é a tela principal do scummvm, nela temos ao botões:

Bom se você gravou tudo certinho vai aparecer essa tela no seu play2. Essa é a tela principal do scummvm, nela temos ao botões: O primeiro passo é fazer o download do programa, vá até o site oficial (final da página) e faça o download do programa para PS2, depois de baixá-lo, descompacte os arquivos (lembrando que será necessário

Leia mais

SOFTWARES LIVRES PARA TRANSPARÊNCIA PÚBLICA. Nome Expositor: Adriano Almeida Órgão: Secretaria Executiva de Transparência Púbica da PMJP

SOFTWARES LIVRES PARA TRANSPARÊNCIA PÚBLICA. Nome Expositor: Adriano Almeida Órgão: Secretaria Executiva de Transparência Púbica da PMJP SOFTWARES LIVRES PARA TRANSPARÊNCIA PÚBLICA Nome Expositor: Adriano Almeida Órgão: Secretaria Executiva de Transparência Púbica da PMJP 2015 A SETRANSP Criada em 2005, tem como missão estabelecer os fundamentos

Leia mais

Módulo I - Introdução. Faculdade Christus Sistemas de Informação 17/09/2010. Carlos Eugênio Torres Engenheiro de Informática http://cetorres.

Módulo I - Introdução. Faculdade Christus Sistemas de Informação 17/09/2010. Carlos Eugênio Torres Engenheiro de Informática http://cetorres. Módulo I - Introdução Aula 2 Carlos Eugênio Torres Engenheiro de Informática http://cetorres.com Faculdade Christus Sistemas de Informação 17/09/2010 Graduado em Ciência da Computação pela UFC, Brasil

Leia mais

Capítulo 5. Figura 5.2. Conector para o monitor.

Capítulo 5. Figura 5.2. Conector para o monitor. Capítulo 5 Placas de vídeo Visão geral das placas de vídeo Esta placa está presente em todos os PCs, exceto nos que possuem placas de CPU com os circuitos de vídeo embutidos. A maioria dos PCs produzidos

Leia mais

XNA Gesture Interface Framework: Um Framework para Interfaces Gestuais em Windows Phone

XNA Gesture Interface Framework: Um Framework para Interfaces Gestuais em Windows Phone XNA Gesture Interface Framework: Um Framework para Interfaces Gestuais em Windows Phone Hugo F. De Campos, Gabriel M. Matsuda, Ricardo M. dos Santos, Luciano Silva Laboratório de Processamento Gráfico

Leia mais

Marcus Vinicius Cruz Xavier. Rascunho do trabalho de conclusão de curso

Marcus Vinicius Cruz Xavier. Rascunho do trabalho de conclusão de curso Universidade Federal de Santa Catarina Departamento de Informática e Estatística Curso de Bacharelado em Ciências da Computação Marcus Vinicius Cruz Xavier Rascunho do trabalho de conclusão de curso Título

Leia mais

Android. Marcelo Quinta @mrquinta

Android. Marcelo Quinta @mrquinta Android Marcelo Quinta @mrquinta Oi, eu sou o Marcelo Quinta Pública Público-privada Privada Próprio negócio Voluntariado Parabéns à organização do GO-GTUG Tablets 160% de aumento em 2011 Smartphones

Leia mais

INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO DE JOGOS COM LIBGDX. Vinícius Barreto de Sousa Neto

INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO DE JOGOS COM LIBGDX. Vinícius Barreto de Sousa Neto INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO DE JOGOS COM LIBGDX Vinícius Barreto de Sousa Neto Libgdx é um framework multi plataforma de visualização e desenvolvimento de jogos. Atualmente ele suporta Windows, Linux,

Leia mais

Open Graphics Library OpenGL

Open Graphics Library OpenGL Open Graphics Library OpenGL Filipe Gonçalves Barreto de Oliveira Castilho Nuno Alexandre Simões Aires da Costa Departamento de Engenharia Informática Universidade de Coimbra 3030 Coimbra, Portugal http://student.dei.uc.pt/~fgonc/opengl/

Leia mais

Roteiro. Linguagens, plataformas e ambientes de Desenvolvimento. Desenvolvimento de Aplicações para DM. Java. Linguagem C

Roteiro. Linguagens, plataformas e ambientes de Desenvolvimento. Desenvolvimento de Aplicações para DM. Java. Linguagem C Desenvolvimento de Aplicações para Dispositivos Móveis José de Ribamar Martins Bringel Filho Mestre em Ciência da Computação (UFC) bringel@cenapadne.br Roteiro Overview das Plataformas e Linguagens J2ME

Leia mais

Informática Software. Prof. Marcos André Pisching, M.Sc.

Informática Software. Prof. Marcos André Pisching, M.Sc. Informática Software Prof. Marcos André Pisching, M.Sc. Objetivos Definir e classificar os principais tipos de softwares Básico Aplicativos Software Categorias Principais de Software Básico Chamado de

Leia mais