Enfermidades Nutricionais. M.V. Patrick Westphal Mestrando em Ciências Veterinárias UFPR

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Enfermidades Nutricionais. M.V. Patrick Westphal Mestrando em Ciências Veterinárias UFPR"

Transcrição

1 Enfermidades Nutricionais M.V. Patrick Westphal Mestrando em Ciências Veterinárias UFPR 2011

2 INTRODUÇÃO Doenças não infecciosas que afetam as aves; Erros na Formulação; Necessidade de conhecimento para realizar diagnóstico diferencial. Aves Silvestres X Aves de Produção;

3 Fonte: Erica Couto Fonte: Erica Couto

4 INTRODUÇÃO Proteínas; Ácidos graxos essenciais; Vitaminas; Minerais.

5 PROTEÍNAS Pintos de corte: 18-23% na dieta Patos/Gansos: 20-22% na dieta Etiologia: Desbalanço protéico na ração Excesso de PB não digerível Ração em fases de crescimento s

6 PROTEÍNAS Deficiência protéica: Sinais inespecíficos: Redução do crescimento Redução do consumo na produção de ovos tamanho final dos ovos Empenamento ruim

7 PROTEÍNAS Sinais específicos: LISINA: perda de pigmentação ARGININA: cup-shaped feathers Excesso de Proteína: Gota e acúmulo de gordura no fígado

8 AGs ESSENCIAIS Ácido linoléico e Ácido α-linolênico Funções: Composição da membrana celular (fosfolipídeos) e hormônios (protaglandinas) não podem ser sintetizados e precisam ser suplementados na ração através dos ingredientes ou gorduras adicionadas.

9 AGs ESSENCIAIS Deficiência de Ácido Linoléico em aves jovens: redução da taxa de crescimento aumento do fígado pelo acumulo de gordura suscetibilidade a infecções respiratórias (pintinhos) Poedeiras: da produção e peso dos ovos da fertilidade aumento da mortalidade embrionária na fase inicial de incubação

10 VITAMINAS Necessitam estar presentes na dieta; São responsáveis pela regulação do metabolismo dos nutrientes; As adições variam de acordo com as condições de ambiente, manejo e estado sanitário do lote.

11 VITAMINA A Retinol Funções: Reparo e Desenvolvimento epitélios e desenvolvimento normal dos ossos. Precursores presentes nos alimentos de origem vegetal; Sensível a luz, calor e oxigênio.

12 VITAMINA A Retinol Deficiência: Retardo no crescimento ( apetite); Diminuição da resistência a doenças por imunossupressão; Lesões oculares; Incoordenação muscular; Poedeiras: na taxa de postura e aumento da pausa.

13 VITAMINA A Retinol Sinais Clínicos: Anorexia; Diminuição do crescimento; Sonolência; Fraqueza; Edema; Pústulas em epitélio respiratório superior; Ácido úrico; Xeroftalmia.

14 VITAMINA B1 Tiamina Funções: metabolismo dos carboidratos e mediador das reações de descarboxilação; Sinais: Sinais neurológicos (paralisia, atrofia muscular, etc);

15 VITAMINA B1 Tiamina Sinais: Temperatura corporal diminuída e diminuição da frequência respiratória; Atrofia da glândula adrenal; Atrofia de órgãos genitais em casos crônicos.

16 VITAMINA B2 Riboflavina Funções: Parte de enzimas do metabolismo de carboidratos, gorduras e proteínas; Importante no combate ao stress oxidativo;

17 VITAMINA B2 Riboflavina Deficiência: Frangos de Matrizes com baixos níveis de vitamina B2 podem apresentar a paralisia dos dedos curvos; Diminuição do consumo de ração. Queda na eclodibilidadee na produção de ovos.

18 VITAMINA B6 Piridoxina Funções: Metabolismo de aminoácidos, carboidratos e gorduras; Sinais: Diminuição da taxa de crescimento; Dermatite; Convulsões; Anemia; Mal empenamento

19 VITAMINA B6 Piridoxina Sinais em Poedeiras: produção e eclodibilidade dos ovos; Atrofia dos órgãos do aparelho reprodutivo de machos e fêmeas.

20 VITAMINA B12 Cobalamina Obtida de fontes de origem animal, fezes; Exigência excessivamente baixa;

21 VITAMINA B12 Cobalamina Deficiência: da taxa de crescimento; Problemas neurológicos Mau empenamento; Anemia, erosão de moela, acúmulo de gordura em coração e rins. Reprodutoras: do peso dos ovos e problemas de eclodibilidade.

22 VITAMINA C Ácido Ascórbico Sintetizado pelas aves; Funções: Permeabilidade dos vasos; Liberação de ferro pela transferrina; Transporte de elétrons; Formação de colágeno; Necessária suplementação em condições de stress.

23 VITAMINA D Calciferol Relacionada com a absorção de cálcio; Absorvida na porção Ileal do ID; Metabolizada pelos animais quando expostos aos raios ultravioleta;

24 VITAMINA D Calciferol Deficiência: Deformidade no esqueleto (Osteoporose); Diminuição no ganho de peso; Poedeiras: da qualidade da casca do ovo em poedeiras; na produção de ovos e ovos sem casca; Diminuição da eclodibilidade.

25 VITAMINA E Tocoferol Característica antioxidante; Protege a estabilidade dos eritrócitos e a integridade dos vasos sanguíneos; Deficiência de Vitamina E: Etiologia: Rancificação das gorduras presentes nas rações Se, aminoácidos sulfurados.

26 VITAMINA E Sinais: Diastase exsudativa ( Se); Encefalomalácia ( Antioxidantes); Distrofia muscular ( AAs); Machos podem sofrer de atrofia testicular.

27 VITAMINA E Encefalomalácia:

28 VITAMINA K Funções: Apresenta características anti-hemorrágicas; Participa da síntese da protrombina;

29 VITAMINA K Deficiência: Aumento no tempo de coagulação; Diminuição dos níveis de protrombina e hemorragia; Em casos severos as aves podem morrer por hemorragia

30 MINERAIS Parte inorgânica dos tecidos e alimentos; Macrominerais (Ca, P, K, Cl, S); Microminerais (Cu, Zn, Fe, Mn, I, Mo, Se, Cr); Diversas funções no metabolismo animal; Equilibrio osmótico, equilibrio ácido-base, etc. Formações de quelatos podem diminuir a sua disponibilidade.

31 CÁLCIO (Ca) Essencial na formação e manutenção óssea; Sua deficiência causa efeitos similares aos da deficiência de vitamina D; Aves de postura podem apresentar a fadiga de gaiola.

32 FÓSFORO (P) Encontrado na sua grande maioria nos ossos; Participa do metabolismo de gorduras, carboidratos e proteínas; Relacionado com o controle do apetite e eficiência alimentar; Parte integrante do DNA e do RNA.

33 FÓSFORO (P) Deficiência: Anorexia, fraqueza e morte; Distúrbios de alimentação; Poedeiras: Deficiência na produção e na eclodibilidade dos ovos.

34 SELÊNIO (Se) Atua no Sistema Imune, como antioxidante, etc; Deficiência: Distrofias musculares; Diátese exsudativa.

35 FERRO (Fe) Transporte de oxigênio no sangue; Sua deficiência leva a anemia e a taxa de crescimento reduzida.

36 ZINCO (Zn) Envolvido nas funções metabólicas; Deficiência: Atraso no crescimento; Falhas no empenamento;

37 ZINCO (Zn) Deficiência: Alterações ósseas; Pele com hiperqueratose e espessamento da epiderme. Excesso: Palidez de moela, com lesões ulcerativas.

38 COBRE (Cu) Relacionado a absorção de ferro; (ceruloplasmina) Participa da respiração celular; (citocromo-oxidase) Diretamente relacionado com o sistema imunológico;

39 COBRE (Cu) Deficiência: Diarréia; Anemia; Perda de peso; Redução da atividade dos neutrófilos; Induzir menor resposta primaria de linfócitos em frangos.

40 CUIDADOS Água e Ração boa qualidade Armazenamento: Local limpo, arejado abrigado da umidade Não armazenar compostos vitamínicos por mais de (3 meses), principalmente as vitaminas lipofílicas. Fatores externos podem afetar a estabilidade das vitaminas na ração.

41 OBRIGADO! M.V. Patrick Westphal

SUPLEMENTAÇÃO MINERAL PARA BOVINOS DE CORTE. IVAN PEDRO DE OLIVEIRA GOMES Med.Vet., M.Sc., D.Sc. Professor do Departamento de Zootecnia (CAV/UDESC)

SUPLEMENTAÇÃO MINERAL PARA BOVINOS DE CORTE. IVAN PEDRO DE OLIVEIRA GOMES Med.Vet., M.Sc., D.Sc. Professor do Departamento de Zootecnia (CAV/UDESC) SUPLEMENTAÇÃO MINERAL PARA BOVINOS DE CORTE IVAN PEDRO DE OLIVEIRA GOMES Med.Vet., M.Sc., D.Sc. Professor do Departamento de Zootecnia (CAV/UDESC) Suplementação mineral Visa complementar os minerais fornecidos

Leia mais

Enfermidades Nutricionais & Metabólicas

Enfermidades Nutricionais & Metabólicas INTRODUÇÃO Doenças não infecciosas que afetam as aves; Enfermidades Nutricionais & Metabólicas M.V. Patrick Westphal Mestrando em Ciências Veterinárias UFPR Erros na Formulação; Necessidade de conhecimento

Leia mais

Vitaminas. Natália A. Paludetto

Vitaminas. Natália A. Paludetto Vitaminas Natália A. Paludetto Vitaminas, o que são? Compostos orgânicos não produzidos por nós, devendo ser ingeridos; São produzidas por plantas e alguns unicelulares. Necessárias em pequenas quantidades;

Leia mais

NUTRIÇÃO. Prof. Marta E. Malavassi

NUTRIÇÃO. Prof. Marta E. Malavassi Prof. Marta E. Malavassi Conceito: processo orgânico que envolve ingestão, digestão, absorção, transporte e eliminação das substâncias alimentares para a manutenção de funções, a formação e regeneração

Leia mais

Eliane Petean Arena Nutricionista - CRN 3257. Rua Conselheiro Antônio Prado 9-29 Higienópolis Bauru - SP Telefone : (14) 3243-7840

Eliane Petean Arena Nutricionista - CRN 3257. Rua Conselheiro Antônio Prado 9-29 Higienópolis Bauru - SP Telefone : (14) 3243-7840 Músculos Ok Eliane Petean Arena Nutricionista - CRN 3257 Rua Conselheiro Antônio Prado 9-29 Higienópolis Bauru - SP Telefone : (14) 3243-7840 Conhecendo seu corpo e seus músculos Proteínas e o ganho de

Leia mais

Biomassa de Banana Verde Integral- BBVI

Biomassa de Banana Verde Integral- BBVI Biomassa de Banana Verde Integral- BBVI INFORMAÇÕES NUTRICIONAIS Porção de 100g (1/2 copo) Quantidade por porção g %VD(*) Valor Energético (kcal) 64 3,20 Carboidratos 14,20 4,73 Proteínas 1,30 1,73 Gorduras

Leia mais

Função orgânica nossa de cada dia. Profa. Kátia Aquino

Função orgânica nossa de cada dia. Profa. Kátia Aquino Função orgânica nossa de cada dia Profa. Kátia Aquino Vamos analisar! Funções Carboidratros (ou Glicídios) Energética: eles são os maiores fornecedores de energia para os seres vivos, principalmente a

Leia mais

MICRONUTRIENTES: Vitaminas e Minerais

MICRONUTRIENTES: Vitaminas e Minerais Projeto de Extensão Saúde da Família e o Papel da Escola MICRONUTRIENTES: Vitaminas e Minerais Danielle Mayumi Tamazato Maiara Jaloretto Barreiro O que são vitaminas? Vitaminas são micronutrientes essenciais

Leia mais

VALOR NUTRITIVO DA CARNE

VALOR NUTRITIVO DA CARNE VALOR NUTRITIVO DA CARNE Os alimentos são consumidos não só por saciarem a fome e proporcionarem momentos agradáveis à mesa de refeição mas, sobretudo, por fornecerem os nutrientes necessários à manutenção

Leia mais

Nestas últimas aulas irei abordar acerca das vitaminas. Acompanhe!

Nestas últimas aulas irei abordar acerca das vitaminas. Acompanhe! Aula: 31 Temática: Vitaminas parte I Nestas últimas aulas irei abordar acerca das vitaminas. Acompanhe! Introdução O termo vitamina refere-se a um fator dietético essencial requerido por um organismo em

Leia mais

A ARTE DE PROMOVER A VIDA.

A ARTE DE PROMOVER A VIDA. A ARTE DE PROMOVER A VIDA. LINHA DE PRODUTOS CENTROZINCO INFORMAÇÃO NUTRICIONAL CENTROZINCO INFORMAÇÃO AO CONSUMIDOR: Centrozinco é um Suplemento de Vitaminas e Minerais que apresenta em sua fórmula

Leia mais

PROGRAMA HD DE NUTRIÇÃO DE MATRIZ PESADA VACCINAR ASPECTOS PRÁTICOS. Marcelo Torretta Coordenador Técnico Nacional Aves Curitiba 10/08/2011

PROGRAMA HD DE NUTRIÇÃO DE MATRIZ PESADA VACCINAR ASPECTOS PRÁTICOS. Marcelo Torretta Coordenador Técnico Nacional Aves Curitiba 10/08/2011 PROGRAMA HD DE NUTRIÇÃO DE MATRIZ PESADA VACCINAR ASPECTOS PRÁTICOS Marcelo Torretta Coordenador Técnico Nacional Aves Curitiba 10/08/2011 CONCEITO HD DE NUTRIÇÃO DE MATRIZES Quando se pensa em quilos

Leia mais

A RODA DOS ALIMENTOS E OS NOVOS VALORES NUTRICIONAIS Mafra, 14 de Março de 2008. Ana Leonor DataPerdigão Nutricionista

A RODA DOS ALIMENTOS E OS NOVOS VALORES NUTRICIONAIS Mafra, 14 de Março de 2008. Ana Leonor DataPerdigão Nutricionista A RODA DOS ALIMENTOS E OS NOVOS VALORES NUTRICIONAIS Mafra, 14 de Março de 2008 Ana Leonor DataPerdigão Nutricionista A ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL É Completa Fornece energia e todos os nutrientes essenciais

Leia mais

NUTRIÇÃO DE GATOS. DUTRA, Lara S. 1 ; CENTENARO, Vanessa B. 2 ; ARALDI, Daniele Furian 3. Palavras-chave: Nutrição. Gatos. Alimentação.

NUTRIÇÃO DE GATOS. DUTRA, Lara S. 1 ; CENTENARO, Vanessa B. 2 ; ARALDI, Daniele Furian 3. Palavras-chave: Nutrição. Gatos. Alimentação. NUTRIÇÃO DE GATOS DUTRA, Lara S. 1 ; CENTENARO, Vanessa B. 2 ; ARALDI, Daniele Furian 3 Palavras-chave: Nutrição. Gatos. Alimentação. Introdução Nutrição veterinária é a ciência que tem por objetivo descobrir

Leia mais

Deficiência de nutrientes e seus sinais clínicos

Deficiência de nutrientes e seus sinais clínicos 16/11/2010 Faculdades Integradas Metropolitanas de Campinas METROCAMP Curso de Nutrição Introdução Deficiência de nutrientes e seus sinais clínicos Macronutrientes (Proteínas) Vitaminas Minerais MÁ NUTRIÇÃO

Leia mais

IMPORTÂNCIA DA NUTRIÇÃO NO DESEMPENHO DAS AVES POEDEIRAS

IMPORTÂNCIA DA NUTRIÇÃO NO DESEMPENHO DAS AVES POEDEIRAS IMPORTÂNCIA DA NUTRIÇÃO NO DESEMPENHO DAS AVES POEDEIRAS ALEXANDRE DA SILVA SECHINATO Médico veterinário Pesquisador Tortuga Cia Zootecnica Agrária INTRODUÇÃO Ovo é um excelente alimento Alimento completo

Leia mais

Você tem ninho de ovos de ouro?

Você tem ninho de ovos de ouro? Você tem ninho de ovos de ouro? Promotor L, o reforço que suas aves precisam... E seu bolso também! Benefícios com o uso do Promotor L : Diminui efeitos do estresse (calor, debicagem, etc.); Aumenta a

Leia mais

Uma Alimentação Sadia e Natural

Uma Alimentação Sadia e Natural Uma Alimentação Sadia e Natural Anuário Técnico Oficial - 4C - Junho 2004 Por Guy de Cock - Bélgica Tradução: Neusa de Aquino.Gardes V. CAoe - LÊ MONDE DÊS OIS!:AUX / Normalmente podemos ler artigos que

Leia mais

Zinco quelato. Identificação. Peso molecular: Não aplicável. CAS: Não aplicável

Zinco quelato. Identificação. Peso molecular: Não aplicável. CAS: Não aplicável Material Técnico Zinco quelato Identificação Fórmula Molecular: Não aplicável DCB / DCI: Não aplicável INCI: Não aplicável Peso molecular: Não aplicável CAS: Não aplicável Denominação botânica: Não aplicável

Leia mais

Atividade Física e Alimentação Protéica

Atividade Física e Alimentação Protéica Atividade Física e Alimentação Protéica Para obter um bom desempenho o atleta não necessita somente de um bom treinamento, precisa de uma dieta balanceada que contenha quantidades adequadas de proteína,

Leia mais

Para que serve o alimento?

Para que serve o alimento? Alimentação e Saúde saciar a fome Para que serve o alimento? combustível para viver, proporcionando o bem-estar e a disposição para realizar todas as atividades. demonstrar afeto, carinho e aceitação Uma

Leia mais

NUTRIÇÃO ANIMAL. Adquirindo substâncias Quitéria Paravidino

NUTRIÇÃO ANIMAL. Adquirindo substâncias Quitéria Paravidino NUTRIÇÃO ANIMAL Adquirindo substâncias Quitéria Paravidino Introdução A nutrição é um conjunto de processos em que substâncias nutrientes, presentes no alimento, são assimiladas pelas células. Os nutrientes

Leia mais

1. Substâncias Inorgânicas: Água e Sais Minerais. 2. Substâncias Orgânicas: Lipídeos, Carboidratos, Proteínas, Vitaminas e Ácidos Nucléicos.

1. Substâncias Inorgânicas: Água e Sais Minerais. 2. Substâncias Orgânicas: Lipídeos, Carboidratos, Proteínas, Vitaminas e Ácidos Nucléicos. A QUÍMICA DA CÉLULA: C 1. Substâncias Inorgânicas: Água e Sais Minerais. 2. Substâncias Orgânicas: Lipídeos, Carboidratos, Proteínas, Vitaminas e Ácidos Nucléicos. Água(H2O): Substância polar; Substância

Leia mais

Suplemento de Crescimento e Nutrição para Frangos de Corte. frangos de corte. cobb-vantress.com

Suplemento de Crescimento e Nutrição para Frangos de Corte. frangos de corte. cobb-vantress.com Suplemento de Crescimento e Nutrição para Frangos de Corte frangos de corte cobb-vantress.com Introdução Este suplemento apresenta as metas de peso para os seus Frangos de Corte Cobb 700, juntamente com

Leia mais

Alimentação da vaca leiteira

Alimentação da vaca leiteira Alimentação da vaca leiteira A exploração leiteira consiste em atividade de converter recursos alimentares em leite, cujo valor agregado é superior a matéria-prima original. Recursos alimentares: Volumosos

Leia mais

ALIMENTOS, NUTRIENTES E SAÚDE. Profª MSc Monyke Lucena

ALIMENTOS, NUTRIENTES E SAÚDE. Profª MSc Monyke Lucena ALIMENTOS, NUTRIENTES E SAÚDE Profª MSc Monyke Lucena Para podermos praticar esportes, estudar ou realizar qualquer outra atividade, devemos ter energia no nosso organismo; Essa energia é fornecida pelos

Leia mais

REGISTRO: Isento de Registro no M.S. conforme Resolução RDC n 27/10. CÓDIGO DE BARRAS N : 7898171287947(Frutas vermelhas) 7898171287954(Abacaxi)

REGISTRO: Isento de Registro no M.S. conforme Resolução RDC n 27/10. CÓDIGO DE BARRAS N : 7898171287947(Frutas vermelhas) 7898171287954(Abacaxi) Ficha técnica CHÁ VERDE COM CÓLAGENO, VITAMINA C E POLIDEXTROSE Pó para Preparo de Bebida a Base de Chá Verde, com Colágeno hidrolisado, vitamina C e polidextrose Sabor Abacaxi e frutas vermelhas REGISTRO:

Leia mais

Proteína: digestibilidade e sua importância na produção. Fabrizio Oristanio (Biruleibe)

Proteína: digestibilidade e sua importância na produção. Fabrizio Oristanio (Biruleibe) Proteína: digestibilidade e sua importância na produção Fabrizio Oristanio (Biruleibe) Introdução Evolução das estimativas protéicas a partir da década de 80 Método fatorial Manutenção Produção Sistemas

Leia mais

A Importância dos Alimentos. Prof.: Andrey Oliveira Colégio Sete de Setembro Disciplina: Educação Física

A Importância dos Alimentos. Prof.: Andrey Oliveira Colégio Sete de Setembro Disciplina: Educação Física A Importância dos Alimentos Prof.: Andrey Oliveira Colégio Sete de Setembro Disciplina: Educação Física saciar a fome Para que serve o alimento? combustível para viver, proporcionando o bem-estar e a

Leia mais

COMPOSIÇÃO QUÍMICA DA CARNE. Profª Sandra Carvalho

COMPOSIÇÃO QUÍMICA DA CARNE. Profª Sandra Carvalho COMPOSIÇÃO QUÍMICA DA CARNE Profª Sandra Carvalho A carne magra: 75% de água 21 a 22% de proteína 1 a 2% de gordura 1% de minerais menos de 1% de carboidratos A carne magra dos diferentes animais de abate

Leia mais

47 Por que preciso de insulina?

47 Por que preciso de insulina? A U A UL LA Por que preciso de insulina? A Medicina e a Biologia conseguiram decifrar muitos dos processos químicos dos seres vivos. As descobertas que se referem ao corpo humano chamam mais a atenção

Leia mais

NUTRIÇÃO MINERAL DE PLANTAS. Prof. Dr. Osmar Souza dos Santos UFSM

NUTRIÇÃO MINERAL DE PLANTAS. Prof. Dr. Osmar Souza dos Santos UFSM NUTRIÇÃO MINERAL DE PLANTAS Prof. Dr. Osmar Souza dos Santos UFSM FUNDAMENTOS DA NUTRIÇÃO DE PLANTAS Nutrientes Macronutrientes: C, H, O, N, P, K, Ca, Mg, S. Micronutrientes: Fe, Mn, Zn, Cu, B, Mo, Cl.

Leia mais

A Contribuição Da Carne Bovina Para Uma Alimentação Saudável

A Contribuição Da Carne Bovina Para Uma Alimentação Saudável A Contribuição Da Carne Bovina Para Uma Alimentação Saudável Nutricionista: Semíramis Martins Álvares Domene Profa. Titular da Faculdade de Nutrição PUC Campinas Nutrição e alimentação são assuntos cada

Leia mais

NUTRIENTES. Profª. Marilia Varela

NUTRIENTES. Profª. Marilia Varela NUTRIENTES Profª. Marilia Varela LIPÍDIOS GRUPO DE COMPOSTOS QUÍMICOS ORGÂNICOS QUE COMPREENDEM OS TRIGLICERÍDEOS, FOSFOLIPÍDIOS E ESTERÓIDES SÃO ESTERES DE ÁCIDOS GRAXOS. SÃO SUBSTÂNCIAS QUE NÃO SE MISTURAM

Leia mais

Profa. Joyce Silva Moraes

Profa. Joyce Silva Moraes Alimentação e Saúde Profa. Joyce Silva Moraes saciar a fome Para que serve o alimento? combustível para viver, proporcionando o bem-estarestar e a disposição para realizar todas as atividades. demonstrar

Leia mais

Os macroelementos nos bovinos

Os macroelementos nos bovinos Jornal O Estado de São Paulo - SÃO PAULO/SP Suplemento Agrícola 1082, em 22/02/1976, página 11. Os macroelementos nos bovinos No corpo dos bovinos há perto de 96 elementos, 30 dos quais em volumes mensuráveis.

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Último Encontro: Vila Velha 1 Escolha dos temas a serem trabalhados. Tema de hoje: Oficina sobre alimentação saudável 1) Alimentos Alimentos construtores: fornecem proteínas

Leia mais

SISTEMA ENDÓCRINO. Jatin Das TIREÓIDE

SISTEMA ENDÓCRINO. Jatin Das TIREÓIDE SISTEMA ENDÓCRINO Jatin Das Os hormônios tireoidianos são fundamentais para o desenvolvimento de vários órgãos no período embrionário, rio, mas também m são responsáveis pelo crescimento, a diferenciação

Leia mais

Dr. Marcos Sandoval Medeiros de Freitas VITAMINAS

Dr. Marcos Sandoval Medeiros de Freitas VITAMINAS X VITAMINAS Vitaminas são substâncias químicas orgânicas complexas, naturalmente encontradas nos alimentos, e que sempre fizeram parte da nossa dieta primordial e natural. São essenciais para o equilíbrio

Leia mais

Na aula de hoje continuaremos a estudar as vitaminas. Acompanhe!

Na aula de hoje continuaremos a estudar as vitaminas. Acompanhe! Aula: 32 Temática: Vitaminas parte II Na aula de hoje continuaremos a estudar as vitaminas. Acompanhe! Vitaminas lipossolúveis As vitaminas solúveis em gorduras são absorvidas no intestino humano com a

Leia mais

A contribuição da carne bovina para uma alimentação saudável

A contribuição da carne bovina para uma alimentação saudável A contribuição da carne bovina para uma alimentação saudável Por Semíramis Martins Ávares Domene 1 Nutrição e alimentação são assuntos cada vez mais abordados quando o tema é qualidade de vida e adoção

Leia mais

Efeitos da Nutrição das Reprodutoras Sobre a Progênie

Efeitos da Nutrição das Reprodutoras Sobre a Progênie Efeitos da Nutrição das Reprodutoras Sobre a Progênie Introdução Lúcio Araújo, Cristiane Araújo Universidade de São Paulo Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos Universidade de São Paulo Faculdade

Leia mais

Alterações Metabolismo Carboidratos DIABETES

Alterações Metabolismo Carboidratos DIABETES 5.5.2009 Alterações Metabolismo Carboidratos DIABETES Introdução Diabetes Mellitus é uma doença metabólica, causada pelo aumento da quantidade de glicose sanguínea A glicose é a principal fonte de energia

Leia mais

CUIDADO NA FORMULAÇÃO DE DIETAS VEGETAIS OU COM SUBPRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL.

CUIDADO NA FORMULAÇÃO DE DIETAS VEGETAIS OU COM SUBPRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL. Data: Junho/2005 CUIDADO NA FORMULAÇÃO DE DIETAS VEGETAIS OU COM SUBPRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL. 1. Introdução Milho e farelo de soja são os principais ingredientes utilizados na formulação de rações para

Leia mais

Importância Alimentar das Vitaminas

Importância Alimentar das Vitaminas Importância Alimentar das Vitaminas por Ricardo Pereira A função biológica das vitaminas é muito importante. Existem diversos suplementos vitamínicos no mercado, muitas vezes vendidos e usados sobre o

Leia mais

TECNOLOGIAS NA MENSURAÇÃO DO BEM-ESTAR EM AVES

TECNOLOGIAS NA MENSURAÇÃO DO BEM-ESTAR EM AVES TECNOLOGIAS NA MENSURAÇÃO DO BEM-ESTAR EM AVES Metodologias aplicadas na avaliação de problemas locomotores em frangos de corte e poedeiras têm uma importância cada vez maior dentro da cadeia produtiva.

Leia mais

RAÇÕES PARA PEIXES: FATORES NUTRICIONAIS IMPORTANTES E IMPACTOS NOS RESULTADOS. Silvia Pastore - M.Sc. V Aquishow Agosto/2014

RAÇÕES PARA PEIXES: FATORES NUTRICIONAIS IMPORTANTES E IMPACTOS NOS RESULTADOS. Silvia Pastore - M.Sc. V Aquishow Agosto/2014 RAÇÕES PARA PEIXES: FATORES NUTRICIONAIS IMPORTANTES E IMPACTOS NOS RESULTADOS Silvia Pastore - M.Sc. V Aquishow Agosto/2014 Perguntas frequentes 1. As rações são todas iguais? 2. Como diferenciar as rações

Leia mais

05/10/2013 SISTEMA CIRCULATÓRIO. Evolução do sistema circulatório. Fisiologia do Sistema Circulatório ou Cardiovascular

05/10/2013 SISTEMA CIRCULATÓRIO. Evolução do sistema circulatório. Fisiologia do Sistema Circulatório ou Cardiovascular SISTEMA CIRCULATÓRIO Prof.Msc.MoisésMendes professormoises300@hotmail.com www.moisesmendes.com Fisiologia do Sistema Circulatório ou Cardiovascular Esse sistema é constituído por um fluido circulante (o

Leia mais

A QUALIDADE DO OVO (COR DA CASCA; DUREZA DA CASCA; TAMANHO) A actual crise do sector avícola, justifica por si só o presente artigo.

A QUALIDADE DO OVO (COR DA CASCA; DUREZA DA CASCA; TAMANHO) A actual crise do sector avícola, justifica por si só o presente artigo. N 45 A QUALIDADE DO OVO (COR DA CASCA; DUREZA DA CASCA; TAMANHO) A actual crise do sector avícola, justifica por si só o presente artigo. Qual a fábrica de alimentos compostos que não recebe reclamações

Leia mais

VITAMINAS. COMPOSTOS ORGÂNICOS, NECESSÁRIOS EM QUANTIDADES PEQUENAS -mg, µg/ DIA;

VITAMINAS. COMPOSTOS ORGÂNICOS, NECESSÁRIOS EM QUANTIDADES PEQUENAS -mg, µg/ DIA; VITAMINAS COMPOSTOS ORGÂNICOS, NECESSÁRIOS EM QUANTIDADES PEQUENAS -mg, µg/ DIA; ESSENCIAIS PARA A MANUTENÇÃO DA SAÚDE, CRESCIMENTO NORMAL E REPRODUÇÃO. DEFICIÊNCIA VITAMÍNICA em 1987: NPT = MORTE VITAMINAS

Leia mais

ANEXO 1: ALFACE: ARROZ: Carboidrato: 1,7g Proteína: 1,3g Gordura: 0 g. Carboidrato: 48 g Proteína: 0,8 g. Valor calórico: 50 Kcal

ANEXO 1: ALFACE: ARROZ: Carboidrato: 1,7g Proteína: 1,3g Gordura: 0 g. Carboidrato: 48 g Proteína: 0,8 g. Valor calórico: 50 Kcal ANEXO 1: ALFACE: ARROZ: Carboidrato: 1,7g Proteína: 1,3g Valor calórico: 11 Kcal Hortaliça benéfica em tratamentos faciais, com propriedade calmante. Carboidrato: 48 g Proteína: 0,8 g Valor calórico: 197

Leia mais

Terapia Ortomolecular aplicada à Estética

Terapia Ortomolecular aplicada à Estética ORTOMOLECULAR Terapia Ortomolecular aplicada à Estética ORTHOS (grego): Correção ORTODONTIA ORTOPEDIA MOLECULAR (latim): Moléculas Farmacêutica Tatiana Blachechen Pesquisa & Desenvolvimento tecnica2@buonavita.com.br

Leia mais

ÍNDICE BRAVEWHEY WHEY PROTEIN BRAVEWK2 PRÉ-TREINO BRAVECARBUS CARBO AMINOBRAVE BCAA BRAVEPURE CREATINA GLUTABRAVE L-GLUTAMINA OXYBRAVE TERMOGÊNICO

ÍNDICE BRAVEWHEY WHEY PROTEIN BRAVEWK2 PRÉ-TREINO BRAVECARBUS CARBO AMINOBRAVE BCAA BRAVEPURE CREATINA GLUTABRAVE L-GLUTAMINA OXYBRAVE TERMOGÊNICO ÍNDICE BRAVEWHEY WHEY PROTEIN BRAVEWK2 PRÉ-TREINO BRAVECARBUS CARBO AMINOBRAVE BCAA BRAVEPURE CREATINA GLUTABRAVE L-GLUTAMINA OXYBRAVE TERMOGÊNICO 04 05 06 07 08 09 10 BRAVEWHEY CONCENTRADO O BRAVEWHEY

Leia mais

VITAMINAS. IMPORTÂNCIA: algumas atuam como coenzimas de muitas enzimas. Outras delas são precursores de hormônios.

VITAMINAS. IMPORTÂNCIA: algumas atuam como coenzimas de muitas enzimas. Outras delas são precursores de hormônios. VITAMINAS VITAMINAS DEFNIÇÃO: são compostos orgânicos de natureza e composição variada, necessárias em pequenas quantidades, porém, essenciais para o metabolismo dos organismos vivos. IMPORTÂNCIA: algumas

Leia mais

BOLO, CHOCOLATE, NEGA MALUCA

BOLO, CHOCOLATE, NEGA MALUCA BOLO, CHOCOLATE, NEGA MALUCA INGREDIENTES Descrição Qtd kcal CHO PTN GORD ALC Farinha, de trigo 30,00 g 105,41 21,94 g 3,50 g 0,41 g Açúcar, refinado 30,00 g 119,64 29,91 g Fermento em pó, químico 1,00

Leia mais

23/03/2015. Moléculas orgânicas - Carboidratos

23/03/2015. Moléculas orgânicas - Carboidratos Moléculas orgânicas - Carboidratos São formados por C, H, O. São Conhecidos como: Hidratos de Carbono Glucídios Glicídios Açúcares Sacarídeos Funções: Energética (glicose); Glicogênio : reserva energética

Leia mais

Jornal Especial Fevereiro 2013

Jornal Especial Fevereiro 2013 Jornal Especial Fevereiro 2013 Osteosil Superprotetor dos Ossos: Protege Contra Osteoartrite e Osteoporose O que é: Osteosil é composto de dois dos principais nutrientes necessários à integridade e metabolismo

Leia mais

Dia Mundial do ovo 11 de outubro

Dia Mundial do ovo 11 de outubro Importância do ovo na alimentação humana 7 de outubro de 2013 ULBRA Veterinária Zootecnia - Agronegócio Dia Mundial do ovo 11 de outubro Ovos aumentam o colesterol? Colesterol é ruim? Não é bem assim...

Leia mais

Vitaminas. A maioria das vitaminas não conseguem ser sintetizadas pelo organismo, pelo que têm de ser fornecidas pela dieta alimentar.

Vitaminas. A maioria das vitaminas não conseguem ser sintetizadas pelo organismo, pelo que têm de ser fornecidas pela dieta alimentar. Vitaminas A maioria das vitaminas não conseguem ser sintetizadas pelo organismo, pelo que têm de ser fornecidas pela dieta alimentar. Excepção: A vitamina D que pode ser obtida pela acção no sol na pele.

Leia mais

Nutrição e Manejo de Vacas de leite no pré-parto

Nutrição e Manejo de Vacas de leite no pré-parto FCA-UNESP-FMVZ Empresa Júnior de Nutrição de Ruminantes NUTRIR Departamento de Melhoramento e Nutrição Animal-DMNA Site: www.gruponutrir.com.br diretorianutrir@gmail.com Nutrição e Manejo de Vacas de leite

Leia mais

DO PACIENTE RENAL Tratamento conservador

DO PACIENTE RENAL Tratamento conservador aminidicionário DO PACIENTE RENAL Tratamento conservador Ao paciente e seus familiares, este pequeno dicionário tem a intenção de ajudar no entendimento da doença que passou a fazer parte das suas vidas.

Leia mais

Oficina CN/EM 2012. Alimentos e nutrientes (web aula) H34 Reconhecer os principais tipos de nutrientes e seu papel no metabolismo humano.

Oficina CN/EM 2012. Alimentos e nutrientes (web aula) H34 Reconhecer os principais tipos de nutrientes e seu papel no metabolismo humano. Oficina CN/EM 2012 Alimentos e nutrientes (web aula) Caro Monitor, Ao final da oficina, o aluno terá desenvolvido as habilidade: H34 Reconhecer os principais tipos de nutrientes e seu papel no metabolismo

Leia mais

Sais minerais. Capítulo 5

Sais minerais. Capítulo 5 Sais minerais Os sais minerais são elementos químicos presentes na natureza, embora nós não sejamos capazes de sintetizá-los ou produzi-los em nosso corpo. Portanto, precisamos ingeri-los para que o corpo

Leia mais

MÉTODOS DE CORREÇÃO DO SOLO

MÉTODOS DE CORREÇÃO DO SOLO MÉTODOS DE CORREÇÃO DO SOLO O laudo (Figura 1) indica os valores determinados no laboratório para cada camada do perfil do solo, servindo de parâmetros para direcionamento de métodos corretivos. Figura

Leia mais

Níveis de organização do corpo humano - TECIDOS. HISTOLOGIA = estudo dos tecidos

Níveis de organização do corpo humano - TECIDOS. HISTOLOGIA = estudo dos tecidos Níveis de organização do corpo humano - TECIDOS HISTOLOGIA = estudo dos tecidos TECIDOS Grupos de células especializadas, semelhantes ou diferentes entre si, e que desempenham funções específicas. Num

Leia mais

Curso superior em Agronomia GESA- Grupo de estudo em solos agrícolas Absorção de nutrientes e Fotossíntese Bambuí-MG 2009 Alunas: Erica Marques Júlia Maluf É o processo pelo qual a planta sintetiza compostos

Leia mais

Criança nutrida & criança Vitaminada

Criança nutrida & criança Vitaminada Criança nutrida & criança Vitaminada IMC INFANTIL Muitos pais se preocupam com o peso e a estatura de seu filho. Questionam-se se a massa corporal da criança está de acordo com a idade, se a alimentação

Leia mais

VITAMINAS DEFNIÇÃO: IMPORTÂNCIA:

VITAMINAS DEFNIÇÃO: IMPORTÂNCIA: VITAMINAS VITAMINAS DEFNIÇÃO: são compostos orgânicos de natureza e composição variada, necessárias em pequenas quantidades, porém, essenciais para o metabolismo dos organismos vivos. IMPORTÂNCIA: coenzimas

Leia mais

Valores diários recomendados de nutrientes, vitaminas e minerais.

Valores diários recomendados de nutrientes, vitaminas e minerais. Conteúdo Valores diários recomendados de nutrientes, vitaminas e minerais.... 2 Como ler os rótulos dos alimentos... 5 Dose de produto... 7 Calorias... 7 Quantidade de nutrientes... 8 Explicação da quantificação

Leia mais

Peso do Filhote. 1Kg 2Kg 3 a 5Kg 5 a 7Kg 7 a 10Kg 10 a 14 Kg 14 a 18 Kg 18 a 22Kg. 432 a 556g. 288 a 371g. 371 a 484g

Peso do Filhote. 1Kg 2Kg 3 a 5Kg 5 a 7Kg 7 a 10Kg 10 a 14 Kg 14 a 18 Kg 18 a 22Kg. 432 a 556g. 288 a 371g. 371 a 484g Puppy: Carne, Espinafre & Batata Doce Filhote de cães com até 1 ano de idade Alimento rico em proteína, para um crescimento saudável Alta palatabilidade Alta digestibilidade: proteínas de alta qualidade

Leia mais

( ) Falta de vitamina D. Dificuldades em absorver o cálcio, provocando problemas para a calcificação dos ossos.

( ) Falta de vitamina D. Dificuldades em absorver o cálcio, provocando problemas para a calcificação dos ossos. NOME: ANO: 8º ENSINO: FUNDAMENTAL I TURMA: DATA: / / PROF(ª).:Sandra Medeiros ATIVIDADE DIAGNÓSTICA DE CIÊNCIAS 1. Questão Estabeleça relação entre as colunas. (a) Beribéri ( ) Falta de vitamina D. Dificuldades

Leia mais

2 Conservação do sangue e hemocomponentes

2 Conservação do sangue e hemocomponentes 2 Conservação do sangue e hemocomponentes Alguns problemas de saúde hematológicos ou hemodinâmicos podem ser tratados utilizando produtos hemoterápicos, como por exemplo, problemas ligados à coagulação,

Leia mais

Dra. Kátia R. P. de Araújo Sgrillo. sgrillo.ita@ftc.br

Dra. Kátia R. P. de Araújo Sgrillo. sgrillo.ita@ftc.br Dra. Kátia R. P. de Araújo Sgrillo sgrillo.ita@ftc.br O metabolismo de carboidratos em humanos pode ser dividido nas seguintes categorias: 1. Glicólise 2. Ciclo de Krebs 3. Glicogênese 4. Glicogenólise

Leia mais

Alimentos de Soja - Uma Fonte de Proteína de Alta Qualidade

Alimentos de Soja - Uma Fonte de Proteína de Alta Qualidade Alimentos de Soja - Uma Fonte de Proteína de Alta Qualidade Documento de posição do Comité Consultivo Científico da ENSA Introdução As proteínas são um importante nutriente necessário para o crescimento

Leia mais

QUÍMICA CELULAR NUTRIÇÃO TIPOS DE NUTRIENTES NUTRIENTES ENERGÉTICOS 4/3/2011 FUNDAMENTOS QUÍMICOS DA VIDA

QUÍMICA CELULAR NUTRIÇÃO TIPOS DE NUTRIENTES NUTRIENTES ENERGÉTICOS 4/3/2011 FUNDAMENTOS QUÍMICOS DA VIDA NUTRIÇÃO QUÍMICA CELULAR PROFESSOR CLERSON CLERSONC@HOTMAIL.COM CIESC MADRE CLÉLIA CONCEITO CONJUNTO DE PROCESSOS INGESTÃO, DIGESTÃO E ABSORÇÃO SUBSTÂNCIAS ÚTEIS AO ORGANISMO ESPÉCIE HUMANA: DIGESTÃO ONÍVORA

Leia mais

Características dos Ovos

Características dos Ovos Características dos Ovos Miryelle Freire Sarcinelli 1 (e-mail: miryelle@hotmail.com) Katiani Silva Venturini 1 (e-mail: katiani_sv@hotmail.com) Luís César da Silva 2 (website: www.agais.com) 1. INTRODUÇÃO

Leia mais

MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO ADUBAÇÃO

MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO ADUBAÇÃO UNIPAC Faculdade Presidente Antônio Carlos GRANDES CULTURAS I MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO ADUBAÇÃO Profª Fernanda Basso Manejo e Conservação do Solo Sistema de manejo conjunto de operações que contribuem

Leia mais

Centro de Estudos de Fisiologia do Exercício CEFE UNIFESP / EPM

Centro de Estudos de Fisiologia do Exercício CEFE UNIFESP / EPM Prof a. Ms. Carolina Rivolta Ackel Centro de Estudos de Fisiologia do Exercício CEFE UNIFESP / EPM DEFINIÇÃO Acúmulo de estresse provocado pelo treinamento resultando em queda persistente da capacidade

Leia mais

TÍTULO: ENSINO DOS ELEMENTOS QUÍMICOS PRESENTES NOS ALIMENTOS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA

TÍTULO: ENSINO DOS ELEMENTOS QUÍMICOS PRESENTES NOS ALIMENTOS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: ENSINO DOS ELEMENTOS QUÍMICOS PRESENTES NOS ALIMENTOS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS EXATAS

Leia mais

Hormonas e mensageiros secundários

Hormonas e mensageiros secundários Hormonas e mensageiros secundários Interrelação entre os tecidos Comunicação entre os principais tecidos Fígado tecido adiposo hormonas sistema nervoso substratos em circulação músculo cérebro 1 Um exemplo

Leia mais

VITAMINA B2. Riboflavina. Informações Técnicas. INCI NAME: Riboflavin ou Lactoflavin CAS NUMBER: 83-88-5

VITAMINA B2. Riboflavina. Informações Técnicas. INCI NAME: Riboflavin ou Lactoflavin CAS NUMBER: 83-88-5 Informações Técnicas VITAMINA B2 Riboflavina INCI NAME: Riboflavin ou Lactoflavin CAS NUMBER: 83-88-5 INTRODUÇÃO A vitamina B2 faz parte de vários sistemas enzimáticos (oxidases e desidrogenases); participa

Leia mais

Nutrição completa para equinos. Linha Equinos. Rações Suplementos Minerais

Nutrição completa para equinos. Linha Equinos. Rações Suplementos Minerais Nutrição completa para equinos Linha Equinos Rações Suplementos Minerais Confiança, Tecnologia, Qualidade e Resultado Estes são os ingredientes que fazem a diferença dos produtos Fanton. Há mais de 25

Leia mais

Suco de uva Conheça mais de 30 benefícios

Suco de uva Conheça mais de 30 benefícios Suco de uva Conheça mais de 30 benefícios O suco de uva contém mais calorias que o leite, uma certa analogia que pode ser levada mais longe; a composição do suco de uva mostra surpreendentes semelhanças

Leia mais

Excreção. Manutenção do equilíbrio de sal, água e remoção de excretas nitrogenadas.

Excreção. Manutenção do equilíbrio de sal, água e remoção de excretas nitrogenadas. Fisiologia Animal Excreção Manutenção do equilíbrio de sal, água e remoção de excretas nitrogenadas. Sistema urinario Reabsorção de açucar, Glicose, sais, água. Regula volume sangue ADH: produzido pela

Leia mais

Fazendo a digestão. A voz do professor. A voz do professor. De onde provém a energia necessária para o movimento dos automóveis?...

Fazendo a digestão. A voz do professor. A voz do professor. De onde provém a energia necessária para o movimento dos automóveis?... A U A UL LA Fazendo a digestão Atenção De onde provém a energia necessária para o movimento dos automóveis? Nosso corpo é semelhante a um carro. Como você acha que conseguimos energia para viver? Um corpo

Leia mais

Disciplina de Fisiologia Veterinária. GH e PROLACTINA. Prof. Fabio Otero Ascoli

Disciplina de Fisiologia Veterinária. GH e PROLACTINA. Prof. Fabio Otero Ascoli Disciplina de Fisiologia Veterinária GH e PROLACTINA Prof. Fabio Otero Ascoli GH Sinônimos: Hormônio do crescimento ou somatotrópico ou somatotropina Histologia: Em torno de 30 a 40% das células da hipófise

Leia mais

Importância Alimentar das Vitaminas

Importância Alimentar das Vitaminas Importância Alimentar das Vitaminas As vitaminas no organismo O uso correcto dos suplementos vitamínicos pode trazer benefícios consideráveis ao criador, melhorando de modo significativo o desempenho reprodutivo

Leia mais

Conheça 30 superalimentos para mulheres Dom, 02 de Dezembro de 2012 11:28 - Última atualização Dom, 02 de Dezembro de 2012 11:35

Conheça 30 superalimentos para mulheres Dom, 02 de Dezembro de 2012 11:28 - Última atualização Dom, 02 de Dezembro de 2012 11:35 Manter a saúde, deixar a barriga sarada e aumentar a energia são benefícios que podem ser conquistados com a escolha correta dos alimentos. Alguns itens colaboram para ter ossos fortes, queimar gordura,

Leia mais

Células A (25%) Glucagon Células B (60%) Insulina Células D (10%) Somatostatina Células F ou PP (5%) Polipeptídeo Pancreático 1-2 milhões de ilhotas

Células A (25%) Glucagon Células B (60%) Insulina Células D (10%) Somatostatina Células F ou PP (5%) Polipeptídeo Pancreático 1-2 milhões de ilhotas Instituto Biomédico Departamento de Fisiologia e Farmacologia Disciplina: Fisiologia II Curso: Medicina Veterinária Pâncreas Endócrino Prof. Guilherme Soares Ilhotas Células A (25%) Glucagon Células B

Leia mais

Histologia Animal. - Estuda a classificação, estrutura, distribuição e função dos tecidos animais.

Histologia Animal. - Estuda a classificação, estrutura, distribuição e função dos tecidos animais. Histologia Animal - Estuda a classificação, estrutura, distribuição e função dos tecidos animais. - Tecidos: Grupamento de células harmonizadas e diferenciadas que realizam uma determinada função. - Principais

Leia mais

AVICULTURA ALTERNATIVA

AVICULTURA ALTERNATIVA AVICULTURA ALTERNATIVA Principais doenças e métodos de prevenção São várias as doenças que atacam as aves, a maioria são doenças respiratórias. Aspergilose é uma infecção que ataca as aves, sendo provocada

Leia mais

Stresstabs 600 com zinco polivitamínico e polimineral

Stresstabs 600 com zinco polivitamínico e polimineral Stresstabs 600 com zinco polivitamínico e polimineral Nome comercial: Stresstabs 600 com zinco Nome genérico: polivitamínico e polimineral Forma farmacêutica e apresentação referente a esta bula: Stresstabs

Leia mais

Hipotiroidismo Canino. Realizado por : Joana Lourenço Vasco Machado

Hipotiroidismo Canino. Realizado por : Joana Lourenço Vasco Machado Hipotiroidismo Canino Realizado por : Joana Lourenço Vasco Machado O que é uma glândula? Órgão que tem como função produzir uma secreção específica e eliminá-la do organismo, ou lançá-la no sangue ou na

Leia mais