Alan Kay: For users, the user interface is the program

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Alan Kay: For users, the user interface is the program"

Transcrição

1 O que é Interface Interface Ambiente onde se dá a comunicação com os usuários do sistema. A introdução de uma ferramenta de informática interativa em um ambiente de trabalho, modifica a realização da tarefa por ele apoiada e condiciona o desempenho de seu operador aos erros e acertos da equipe de desenvolvimento da interface com o usuário deste sistema. Cybis Alan Kay: For users, the user interface is the program

2 Interface Caracter

3 Interface Caracter

4 Interface Gráfica Amigável

5 Interface Gráfica Amigável

6

7

8 Interface Gráfica Amigável A interface gráfica amigável é: Metafórica Intuitiva Associativa Multisensorial Coerente Ela usa: Icones Menus Janelas Espaços de Manipulação direta Ferramentas e comandos

9 Interface Gráfica Amigável Para Pierre Lévy, a principal característica da interface amigável é a coerência. Segundo ele, ela seduz o usuário e o liga cada vez mais ao sistema. Ele acredita que a comunicação com o Ambiente Dígito- Virtual (www), pelo computador ou qualquer dispositivo disponível, não deve ser abstrata, rigidamente codificada e desprovida de sentido para o usuário.

10 Interface Gráfica Amigável Intuitiva, metafórica, e Multisensorial Para Levý, essas características contribuem para a humanização da máquina, pois, desta forma, a interface amigável é mais imbricada ao sistema cognitivo humano.

11 Interface Gráfica Amigável A interface amigável deve ter: Usabilidade e Coerência (adequação ao usuário) Facilidade de comunicação Facilidade de uso e aprendizagem Fornece um ambiente de trabalho familiar Fornece um mapa o objetivo da realidade (previsível e informativa) Simplifica a realização de tarefas Transmite segurança por ser controlável pelo usuário GUI graphical User Interface

12 Interface do Window em versão Demo em 1983

13 Interface do Window 1.0

14 Interface do Window 2.0

15 Interface do Window 2.0

16 Interface do Window 3.0

17 Interface do Window 3.0

18 Interface do Window 3.0

19 Interface do Window 3.1

20 Interface do Window 3.11

21 Interface do Window95

22 Interface do Window95

23 Interface do Window95

24 Interface do Window98

25 Windows Vista

26

27 Interface Gráfica Amigável

28

29 Interface Sis Operacional amiga

30 Interface Sis Operacional amiga

31 Interface do Lisa, Apple

32 Interface do Lisa, Apple

33 Interface do Apple IIgs System

34 Interface do Apple IIgs System

35 Interface do Apple Macintosh

36 Interface do Apple Macintosh

37 Interface do Apple Macintosh

38 Interface do Apple Macintosh OS 7.5.5

39 Interface do Apple Macintosh OS 7.5.5

40 Interface do Apple Macintosh OS 7.5.5

41 Interface do Apple Macintosh OS 9

42 Interface Gráfica Amigável Mac OS X

43

44 Interface Gráfica Amigável A princípio, a interface gráfica amigável convida o usuário a tomar decisões de acordo com o que lhe pareça mais interessante e mais próximo das suas necessidades e desejos na realização de uma tarefa. É através dela que ocorre a interação utilizador/computador/internet que possibilita o diálogo direto e objetivo.

45 Interface Gráfica Amigável A comunicação nos dois sentidos, entre o utilizador e o sistema, pode ser, fundamentalmente, decomposta nas entradas, ou seja, na comunicação do usuário com o computador, e nas saídas, onde ocorre a comunicação do computador com o usuário. Pimenta & Heuser

46 Interface Gráfica Amigável

47 Interface Gráfica Amigável Esta interação é conhecida como interação homem/computador (Human-Computer Interation HCI, em português IHC Interação Homem Computador). HCI é o grupo de processos, diálogos e ações através do qual um usuário humano emprega e interage com um computador Hiratsuka

48 Interface Gráfica Amigável Hoje em dia o IHC virou IHT Interação homem tecnologia. A interface gráfica amigável está migrando para outros diversos outros produtos além do computador. Ela está fortemente presente em celulares, em palmtops, em dispositivos de mp3... Até em geladeiras e fogões estão surgindo painéis de interação com interface gráfica amigável.

49 Interface Gráfica Amigável

50 Interface Gráfica Amigável Lévy (1993) cita que os princípios da interação amigável se disseminaram no final da década de 80 e são classificados: (1) Na epresentação figurada, diagramática ou icôna das estruturas de informação e dos comandos, (por oposição a representações codificadas ou abstratas

51 Interface Gráfica Amigável (2) No uso do mause que permite ao usuário agir sobre o que ocorre na tela de forma intuitiva, sensório-motora e não através do envio de uma seqüência de caracteres alfanuméricos; (3) Os menus que mostram constantemente ao usuário as operações que ele pode realizar e

52 Interface Gráfica Amigável (4) As telas gráficas de alta resolução. É através do ambiente da interação amigável que o hipertexto é compreendido e disseminado.

53 Interface Gráfica Amigável A memória humana é estruturada de tal forma que nós compreendemos e retemos bem melhor tudo aquilo que esteja organizado de acordo com as relações espaciais. Lembremos que o domínio de uma área qualquer do saber implica, quase sempre, a posse de uma rica representação esquemática. Lévy

54 Processos Cognitivos As características anteriormente citadas abastecem de forma coerente o cérebro humano, que funciona da seguinte forma dentro dos processos cognitivos: percepção, reflexão, memória e tomada de decisão.

55 Tipos de Pensamentos Tipos de pensamentos, de Gomes: Pensamento Cognitivo: apreensão de informações, de conhecimentos, de descobertas.

56 Tipos de Pensamentos Pensamento Retentivo Memorização daquilo que se assimilou Memória física: retenção através da repetição, da prática e da aplicação de esforço e é bastante duradoura.

57 Tipos de Pensamentos Memória declarativa: baseada em informações apreendidas por meio intelectual, isto é, por intermédio de explicações, leituras, audição de aulas e palestras. Pouco duradoura se não estiver associada a outras memórias. Memoria sensitiva: envolve emoções resultantes de situações vividas (lembramos delas quando sentimos cheiros, vemos imagens e ouvimos sons associados àqueles momentos.

58 Pirâmide da Aprendizagem Palestras Leitura Áudio Visual Demonstrações Grupos de discussão Praticar Fazendo Ensinar os Outros/Uso Imediato 5% 10% 20% 30% 50% 75% 80% Taxa média de retenção

59 Tipos de Pensamentos Pensamento Julgativo Avaliação da adequação, da qualidade de propósito e das funções das coisas, objetos e produtos. Pensamento Produtivo Criação de produtos convergentes tangíveis ou concretos e intangíveis ou abstratos, a partir de dados já conhecidos, retidos, julgados.

60 Habilidades Mentais Absortiva: Habilidade de observar e aplicar a atenção Retentiva: Habilidade da memória em gravar e lembrar Racionativa: Habilidade de analisar e de julgar Criativa: Habilidade de visualizar, prever e gerar idéias Osborn apud Gomes

61 Ambientes hipertextuais No contexto da aprendizagem, o hipertexto, através de sua apresentação em telas metafóricas de interface amigável poderá favorecer, de inúmeras maneiras o domínio mais rápido e mais fácil do conteúdo do que através do audiovisual clássico ou do suporte impresso habitual.

62

63

64

65

66

67

68

69

70

71 Ambientes hipertextuais a concepção ergonômica para a geração de interfaces amigáveis tem por objetivo garantir que as habilidades, capacidades e necessidades humanas sejam levadas em consideração no projeto de cada componente da Interface Valentin

Ergonomia. Ergonomia Cognitiva. Prof. Ms. Heli Meurer Uniritter Desenho Industrial (design)

Ergonomia. Ergonomia Cognitiva. Prof. Ms. Heli Meurer Uniritter Desenho Industrial (design) Ergonomia Ergonomia Cognitiva Prof. Ms. Heli Meurer Uniritter Desenho Industrial (design) Ergonomia Cognitiva A ergonomia cognitiva é importante para os designers? Você acha que e mais importante escutar

Leia mais

IHM Interface Humano-Máquina

IHM Interface Humano-Máquina A IHM Interface Humano-Máquina Prof. Dra. Sílvia Dotta Aula 1 - Introdução Roteirodaaula Apresentação da disciplina Motivação, Objetivos Metodologia de ensino Introdução e conceituação de IHM Histórico

Leia mais

Interação Homem-Computador: As Interfaces

Interação Homem-Computador: As Interfaces Especialização em Tecnologias de Software para Ambiente Web Interação Homem-Computador: As Interfaces Prof. Dr. Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo Projeto e Avaliação de Interfaces:

Leia mais

Interação Humano Computador IHC

Interação Humano Computador IHC Universidade Federal do Vale do São Francisco -UNIVASF Colegiado de Engenharia de Computação IHC Prof. Jorge Cavalcanti Jorge.cavalcanti@univast.edu.br www.twitter.com/jorgecav Informações Gerais da Disciplina

Leia mais

Interface Homem-Computador

Interface Homem-Computador Faculdade de Ciências e Tecnologia do Maranhão Interface Homem-Computador Aula: Engenharia Cognitiva e Semiótica Professor: M.Sc. Flávio Barros flathbarros@gmail.com Conteúdo Engenharia Cognitiva Fundamentos

Leia mais

Tema: Por que estudar IHC (Interação Humano Computador)?

Tema: Por que estudar IHC (Interação Humano Computador)? Profa. Tatiana Aires Tavares tatiana@lavid.ufpb.br Tema: Por que estudar IHC (Interação Humano Computador)? Criar desejos... Resolver problemas do nosso dia-a-dia Facilitar a vida da gente Tornar possível...

Leia mais

Interface Homem- Computador

Interface Homem- Computador Interface Homem- Computador (IHC) Profª. Leticia Lopes Leite Software Educacional I Interface Deve ser entendida como sendo a parte de um sistema computacional com a qual uma pessoa entra em contato física,

Leia mais

Oficina de Multimédia B. ESEQ 12º i 2009/2010

Oficina de Multimédia B. ESEQ 12º i 2009/2010 Oficina de Multimédia B ESEQ 12º i 2009/2010 Conceitos gerais Multimédia Hipertexto Hipermédia Texto Tipografia Vídeo Áudio Animação Interface Interacção Multimédia: É uma tecnologia digital de comunicação,

Leia mais

1 Como seu Cérebro Funciona?

1 Como seu Cérebro Funciona? 1 Como seu Cérebro Funciona? UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC (UFABC) O cérebro humano é capaz de processar as informações recebidas pelos cinco sentidos, analisá-las com base em uma vida inteira de experiências,

Leia mais

Apresentação da Disciplina

Apresentação da Disciplina Apresentação da Disciplina Segundo as Diretrizes Curriculares do MEC (2002) para cursos da área de Computação e Informática, Interação Humano-Computador (IHC) pode ser definida como a disciplina relacionada

Leia mais

Hardware e Software. Exemplos de software:

Hardware e Software. Exemplos de software: Hardware e Software O hardware é a parte física do computador, ou seja, é o conjunto de componentes eletrônicos, circuitos integrados e placas, que se comunicam através de barramentos. Em complemento ao

Leia mais

MANUAL TECLADO ADAPTADO IntelliKeys USB

MANUAL TECLADO ADAPTADO IntelliKeys USB NAPNE Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Especiais SIEP Sistema de Informações da Educação Profissional e Tecnológica MANUAL TECLADO ADAPTADO IntelliKeys USB Fonte: User s Guide (Guia do

Leia mais

História do Desenvolvimento das GUI

História do Desenvolvimento das GUI História do Desenvolvimento das GUI A história dos hiperdocumentos ou da IHC não pode ser descrita sem a associação indissolúvel com a a história das Graphical (or Good) User Interfaces. O conceito de

Leia mais

Design de Interfaces e Usabilidade - Tópico 1

Design de Interfaces e Usabilidade - Tópico 1 Instituto Federal do Sertão-PE Design de Interfaces e Usabilidade - Tópico 1 Prof. Felipe Correia Conteúdo Por que estudar Design de Interfaces e Usabilidade?! Conceitos básicos sobre Design! Primeira

Leia mais

23/09/2011. Tecnologias da Educação. Tecnologias e mídias. Diferença entre tecnologia e mídia. Diferença entre tecnologia e mídia.

23/09/2011. Tecnologias da Educação. Tecnologias e mídias. Diferença entre tecnologia e mídia. Diferença entre tecnologia e mídia. Tecnologias da Educação Marco Antônio Tecnologias e mídias Comunicar não é de modo algum transmitir uma mensagem ou receber uma mensagem. Isso é a condição física da comunicação, mas não é comunicação.

Leia mais

Introdução a Computação

Introdução a Computação Sistemas Operacionais: Software Oculto Introdução a Computação Sistemas Operacionais Serve como um intermediário entre o hardware e os softwares aplicativos. Sistema Operacional Software de sistemas Kernel

Leia mais

Classificação de SO (Sistemas Operacionais) Técnico de Informática 2º. Módulo Profa. Madalena Pereira da Silva madalena.silva@ifsc.edu.

Classificação de SO (Sistemas Operacionais) Técnico de Informática 2º. Módulo Profa. Madalena Pereira da Silva madalena.silva@ifsc.edu. Classificação de SO (Sistemas Operacionais) Técnico de Informática 2º. Módulo Profa. Madalena Pereira da Silva madalena.silva@ifsc.edu.br Agenda Classificação de SO quanto a: Interface Processamento Tarefas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS INCUBADORA DE EMPREENDIMENTOS SOLIDÁRIOS PROJETO TELECENTROS COMUNITÁRIOS APPEL MICROSOFT LINUX GOOGLE É um controlador

Leia mais

Estamos muito felizes por compartilhar com você este novo serviço educacional do Centro Universitário de Patos de Minas.

Estamos muito felizes por compartilhar com você este novo serviço educacional do Centro Universitário de Patos de Minas. PALAVRA DO COORDENADOR Estimado, aluno(a): Seja muito bem-vindo aos Cursos Livres do UNIPAM. Estamos muito felizes por compartilhar com você este novo serviço educacional do Centro Universitário de Patos

Leia mais

Interface gráfica. Figura 1: MS DOS

Interface gráfica. Figura 1: MS DOS Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sergipe IFS Campus Glória Professora: Jamille Madureira Informática Básica Sistemas Operacionais Sistema operacional é um programa que gerencia o hardware

Leia mais

Princípios de TI - Computadores. Sistema Operacional. CECOMP Colegiado de Engenharia da Computação. Prof. Fábio Nelson. Slide 1

Princípios de TI - Computadores. Sistema Operacional. CECOMP Colegiado de Engenharia da Computação. Prof. Fábio Nelson. Slide 1 Sistema Operacional Slide 1 Sistema Operacional Um conjunto de programas que se situa entre os softwares aplicativos e o hardware: Gerencia os recursos do computador (CPU, dispositivos periféricos). Estabelece

Leia mais

Interface com o Usuário

Interface com o Usuário Interface com o Usuário Trabalho da disciplina optativa Computação Gráfica III 1/7 A Interface com o usuário A Interface com o Usuário é uma parte fundamental de um software; é a parte do sistema visível

Leia mais

Interface Humano-Computador IHC Paradigmas de IHC

Interface Humano-Computador IHC Paradigmas de IHC Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Campus Formosa Interface Humano-Computador IHC Paradigmas de IHC Prof. M.Sc. Victor Hugo Lázaro Lopes IHC Paradigmas de IHC AGENDA Engenharia Cognitiva

Leia mais

Escola Adalgisa de Barros

Escola Adalgisa de Barros Escola Adalgisa de Barros Sistemas Operacionais Ensino Médio Técnico 1º Ano 1 Software Hardware O Sistema Operacional (SO) é um software que gerencia os recursos do computador, controla o fluxo de informações

Leia mais

Daniel Gondim. Informática

Daniel Gondim. Informática Daniel Gondim Informática Microsoft Windows Sistema Operacional criado pela Microsoft, empresa fundada por Bill Gates e Paul Allen. Sistema Operacional Programa ou um conjunto de programas cuja função

Leia mais

GABARITO - B. manuel@carioca.br

GABARITO - B. manuel@carioca.br NOÇÕES DE INFORMÁTICA EDITORA FERREIRA PROVA MPRJ -TÉCNICO ADMINISTRATIVO - TADM NCE-UFRJ CORREÇÃO - GABARITO COMENTADO Considere que as questões a seguir referem-se a computadores com uma instalação padrão

Leia mais

Técnicas de Memorização.

Técnicas de Memorização. Como Estudar? Técnicas de Memorização. Aprendizagem: dreamstime As estratégias de estudo que adquiriste no ensino secundário devem ser adaptadas ao ensino superior. Existem disciplinas com forte componente

Leia mais

Programação de Computadores

Programação de Computadores Programação de Computadores Aula 04: Sistema Operacional Material Didático do Livro: Introdução à Informática Capron,, H. L. e Johnson, J. A Pearson Education Sistemas Operacionais: Software Oculto Serve

Leia mais

Como utilizar o P-touch Transfer Manager

Como utilizar o P-touch Transfer Manager Como utilizar o P-touch Transfer Manager Versão 0 POR Introdução Nota importante O conteúdo deste documento e as especificações do produto estão sujeitos a alteração sem aviso prévio. A Brother reserva

Leia mais

Prof. Marcelo Henrique dos Santos

Prof. Marcelo Henrique dos Santos POR QUE ESTUDAR COMPUTAÇÃO GRÁFICA? Quem quiser trabalhar em áreas afins: Entretenimento Jogos e filmes Visualização Simulação de fenômenos físicos Arte computadorizada Educação e treinamento Processamento

Leia mais

Sistemas Operacionais. (Capítulo 3) INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO. Professor: Rosalvo Ferreira de Oliveira Neto

Sistemas Operacionais. (Capítulo 3) INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO. Professor: Rosalvo Ferreira de Oliveira Neto Sistemas Operacionais (Capítulo 3) INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO Professor: Rosalvo Ferreira de Oliveira Neto Estrutura 1. Definições 2. Classificações 3. CPU 4. Memória 5. Utilitários O que se

Leia mais

Principais Estilo de. Fabricio de Sousa

Principais Estilo de. Fabricio de Sousa Principais Estilo de Interação Fabricio de Sousa Principais Estilos de Interação Termo genérico que inclui todas as formas usadas pelos usuários para comunicarem ou interagirem com sistemas computacionais

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CONTEÚDOS

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CONTEÚDOS ESCOLA SECUNDÁRIA DE MANUEL DA FONSECA Curso Profissional: Técnico de Gestão e Equipamentos Informáticos PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CONTEÚDOS GRUPO 550 CICLO DE FORMAÇÃO 2012/2015 ANO LECTIVO 2012/2013 DISCIPLINA:

Leia mais

Interface Humano -Computador

Interface Humano -Computador A Interface Humano -Computador Aula 01 - Conceitos Iniciais Giliane Bernardi - giliane@inf.ufsm.br http://nte.ufsm.br Introdução Relembrando aspectos da Engenharia de Software Ciclo de Vida de um Software

Leia mais

Introdução à Informática. Aula 04. Sistemas Operacionais Aplicativos e Utilitários Transmissão e meios de transmissão de dados. Prof.

Introdução à Informática. Aula 04. Sistemas Operacionais Aplicativos e Utilitários Transmissão e meios de transmissão de dados. Prof. Aula 04 Sistemas Operacionais Aplicativos e Utilitários Transmissão e meios de transmissão de dados Sistema Operacional Um conjunto de programas que se situa entre os softwares aplicativos e o hardware:

Leia mais

DESIGN DE INTERFACES E USABILIDADE (AULA 1)

DESIGN DE INTERFACES E USABILIDADE (AULA 1) Prof. Breno Leonardo G. de M. Araújo brenod123@gmail.com http://blog.brenoleonardo.com.br DESIGN DE INTERFACES E USABILIDADE (AULA 1) Apresentações Quem sou eu? Breno Leonardo http://blog.brenoleonardo.com.br

Leia mais

4. Psicologia Cognitiva

4. Psicologia Cognitiva 4. Psicologia Cognitiva 4.1. Definição Segundo Preece (2005) a psicologia se interessa primeiramente em compreender o comportamento humano e o processo mental que está sob ele, e para entender este comportamento,

Leia mais

ANÁLISE DE SITES EDUCACIONAIS PELO PROFESSOR E PELO ALUNO

ANÁLISE DE SITES EDUCACIONAIS PELO PROFESSOR E PELO ALUNO Análise do professor: Parâmetros para avaliação Ao navegar por Web sites é importante observar alguns tópicos para determinar se um site é bom ou não. Navegação, design, conteúdo, velocidade de acesso,

Leia mais

Disciplina: Interface Humano-Computador Prof: João Carlos da Silva Junior

Disciplina: Interface Humano-Computador Prof: João Carlos da Silva Junior Disciplina: Interface Humano-Computador Prof: João Carlos da Silva Junior Definição Interação homem-computador é o conjunto de processos, diálogos, e ações através dos quais o usuário humano interage com

Leia mais

IMAGENS 3D VIRTUAIS NO ENSINO DE CIÊNCIAS: RECONSTRUÇÕES DE UM MODELO ANALÓGICO DO OLHO HUMANO EM APLICATIVO MULTIMÍDIA 1

IMAGENS 3D VIRTUAIS NO ENSINO DE CIÊNCIAS: RECONSTRUÇÕES DE UM MODELO ANALÓGICO DO OLHO HUMANO EM APLICATIVO MULTIMÍDIA 1 IMAGENS 3D VIRTUAIS NO ENSINO DE CIÊNCIAS: RECONSTRUÇÕES DE UM MODELO ANALÓGICO DO OLHO HUMANO EM APLICATIVO MULTIMÍDIA 1 Welerson R. MORAIS (CEFET-MG) 2 Ronaldo L. NAGEM (CEFET-MG) 3 Resumo O uso de imagens

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DA DISCIPLINA DE TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ANO LETIVO DE 2013/2014 Curso CEF Tipo 2

PLANIFICAÇÃO ANUAL DA DISCIPLINA DE TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ANO LETIVO DE 2013/2014 Curso CEF Tipo 2 PLANIFICAÇÃO ANUAL DA DISCIPLINA DE TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ANO LETIVO DE 2013/2014 Curso CEF Tipo 2 Domínios de referência Competências Conteúdos Calendarização Conceitos Essenciais e

Leia mais

Interação Humano-Computador Design: estrutura e estética PROFESSORA CINTIA CAETANO

Interação Humano-Computador Design: estrutura e estética PROFESSORA CINTIA CAETANO Interação Humano-Computador Design: estrutura e estética PROFESSORA CINTIA CAETANO Arte X Engenharia Desenvolver Sistema Web é arte? A Web oferece espaço para arte...... mas os usuários também desejam

Leia mais

Passo 3: Posicionando a Câmera na Prova Didática Teórica ou na Prova de Defesa da Produção Intelectual

Passo 3: Posicionando a Câmera na Prova Didática Teórica ou na Prova de Defesa da Produção Intelectual Este manual descreve um procedimento para o registro de Concursos Públicos por meio de áudio e vídeo utilizando-se recursos tecnológicos básicos i. A gravação segue o disposto na Resolução 020/09 da UFSM

Leia mais

Sociedade da Informação

Sociedade da Informação Sociedade da Revolução Tecnológica Revolução industrial: ampliação dos músculos m dos homens em forma de equipamentos Mecanização ão. Responsável por mudanças as nas formas de produção existentes Revolução

Leia mais

Professor: Roberto Franciscatto. Curso: Engenharia de Alimentos 01/2010 Aula 3 Sistemas Operacionais

Professor: Roberto Franciscatto. Curso: Engenharia de Alimentos 01/2010 Aula 3 Sistemas Operacionais Professor: Roberto Franciscatto Curso: Engenharia de Alimentos 01/2010 Aula 3 Sistemas Operacionais Um conjunto de programas que se situa entre os softwares aplicativos e o hardware: Gerencia os recursos

Leia mais

ÍNDICE... 2 POWER POINT... 4. Abas... 7 Salvando Arquivos... 8 Abrindo um arquivo... 11 LAYOUT E DESIGN... 13

ÍNDICE... 2 POWER POINT... 4. Abas... 7 Salvando Arquivos... 8 Abrindo um arquivo... 11 LAYOUT E DESIGN... 13 Power Point ÍNDICE ÍNDICE... 2 POWER POINT... 4 Abas... 7 Salvando Arquivos... 8 Abrindo um arquivo... 11 LAYOUT E DESIGN... 13 Guia Design... 14 Cores... 15 Fonte... 16 Efeitos... 17 Estilos de Planos

Leia mais

Como encontrar maneiras de associar um importante conteúdo didático a um software que ensine e divirta ao mesmo tempo? Estão os professores

Como encontrar maneiras de associar um importante conteúdo didático a um software que ensine e divirta ao mesmo tempo? Estão os professores Profª Levany Rogge Os softwares são considerados programas educacionais a partir do momento em que são projetados através de uma metodologia que os contextualizem no processo ensino-aprendizagem; Tajra

Leia mais

01/04/2012. Voltar. Voltar

01/04/2012. Voltar. Voltar Introdução à Informática Capítulo 3 Sistemas Operacionais: Software em Segundo Plano Objetivos Descrever as funções de um sistema operacional. Explicar os fundamentos do sistema operacional de um computador.

Leia mais

Pastas São indicadas pelo ícone correspondente a uma pasta suspensa.

Pastas São indicadas pelo ícone correspondente a uma pasta suspensa. Janela do Windows Explorer Logo abaixo dos componentes que já conhecemos (barra de título, barra de menus e barra de ferramentas), existe uma divisão vertical, é a exibição de todas as pastas. Modos de

Leia mais

Informática. Jamille Silva Madureira

Informática. Jamille Silva Madureira Informática Jamille Silva Madureira Conceitos de sistemas operacionais Sistemas Operacionais Atuais Desktop: Windows 7 e 8; Linux; Mac OS. Dispositivos Móveis: Windows Mobile; Android; iphone OS. Desktop

Leia mais

Professor. Thiago Miranda Material: www.thiagomiranda.net. Email: mirandathiago@gmail.com

Professor. Thiago Miranda Material: www.thiagomiranda.net. Email: mirandathiago@gmail.com Microsoft Windows 1 Professor Thiago Miranda Material: www.thiagomiranda.net Email: mirandathiago@gmail.com Conceitos básicos de SO O que é um sistema operacional? É um programa ou conjunto de programas

Leia mais

Configurações do Windows para Leitores de Tela

Configurações do Windows para Leitores de Tela MÓDULO DE ACESSIBILIDADE VIRTUAL - CEFET BG SIEP (SISTEMA DE INFORMAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA) Configurações do Windows para Leitores de Tela Desenvolvido por Celio Marcos Dal Pizzol e

Leia mais

Estilos de Interação

Estilos de Interação Universidade Federal Fluminense Mestrado em Computação Interação Humano-Computador Prof Ana Cristina Adrielle Aparecida da Silva Linha de Comando Estilos de Interação A interação realizada por linha de

Leia mais

Gerenciamento de Arquivos e Pastas. Professor: Jeferson Machado Cordini jmcordini@hotmail.com

Gerenciamento de Arquivos e Pastas. Professor: Jeferson Machado Cordini jmcordini@hotmail.com Gerenciamento de Arquivos e Pastas Professor: Jeferson Machado Cordini jmcordini@hotmail.com Arquivo Todo e qualquer software ou informação gravada em nosso computador será guardada em uma unidade de disco,

Leia mais

REALIDADE AUMENTADA APLICADA NA EDUCAÇÃO: ESTUDOS DOS SEUS BENEFÍCIOS

REALIDADE AUMENTADA APLICADA NA EDUCAÇÃO: ESTUDOS DOS SEUS BENEFÍCIOS REALIDADE AUMENTADA APLICADA NA EDUCAÇÃO: ESTUDOS DOS SEUS BENEFÍCIOS Kelly Cristina de Oliveira 1, Júlio César Pereira 1. 1 Universidade Paranaense (UNIPAR) Paranavaí PR Brasil kristhinasi@gmail.com,

Leia mais

Cognição e Fatores Humanos em IHC

Cognição e Fatores Humanos em IHC Cognição e Fatores Humanos em IHC Profa. Cristina Paludo Santos Slides baseados no livro: Design e Avaliação de Interfaces Humano Computador (Heloísa Vieira da Rocha/M.Cecília C. Baranauskas). Material

Leia mais

FUNDAMENTOS DE INTERFACE HOMEM MÁQUINA

FUNDAMENTOS DE INTERFACE HOMEM MÁQUINA FUNDAMENTOS DE INTERFACE HOMEM MÁQUINA O que é Design de Interação? Flavio Barbosa professor@flaviobarbosa.com.br Definindo design de interação. Por design de interação entende-se: Projetar produtos interativos

Leia mais

2009 Guilhermo Reis www.guilhermo.com. www.youtube.com/watch?v=jo3rl2kxb4g

2009 Guilhermo Reis www.guilhermo.com. www.youtube.com/watch?v=jo3rl2kxb4g Arquitetura de Informação e Usabilidade 2009 Guilhermo Reis www.guilhermo.com Guilhermo Reis Impacta São Paulo março/2009 Mais um atendimento do Help Desk... www.youtube.com/watch?v=jo3rl2kxb4g 1 Nós somos

Leia mais

Microsoft Excel Macros aula 1

Microsoft Excel Macros aula 1 Microsoft Excel Macros aula 1 Sumário 01-) O que é uma Macro... 2 02-) Tipos de Macros... 2 03-) Macros de Comando... 2 04-) Necessidade de Planejar uma Macro... 2 05-) Ativando a opção de Desenvolvedor

Leia mais

MUSICALIZANDO ATRAVÉS DA INFORMÁTICA

MUSICALIZANDO ATRAVÉS DA INFORMÁTICA 1 MUSICALIZANDO ATRAVÉS DA INFORMÁTICA 039-TC-B5 05/2005 Cláudia Valéria Nascimento de Araújo Unicarioca claudia@idgrupo.net Carla Araújo Forte Unicarioca - carlaaforte@yahoo.com.br Denise Voigt Kallás

Leia mais

Documento de Análise e Projeto VideoSystem

Documento de Análise e Projeto VideoSystem Documento de Análise e Projeto VideoSystem Versão Data Versão Descrição Autor 20/10/2009 1.0 21/10/2009 1.0 05/11/2009 1.1 Definição inicial do documento de análise e projeto Revisão do documento

Leia mais

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Professor: Fernando Zaidan Disciplina: Arquitetura da Informática e Automação MBA Gestão em Tecnologia 1 da Informaçao 2 Figura: Tela do IBM Mainframe Fonte: Arquivo próprio

Leia mais

JOGOS ONLINE NA CONSTRUÇÃO DE CONCEITOS MATEMÁTICOS

JOGOS ONLINE NA CONSTRUÇÃO DE CONCEITOS MATEMÁTICOS JOGOS ONLINE NA CONSTRUÇÃO DE CONCEITOS MATEMÁTICOS Lucas Gabriel Seibert Universidade Luterana do Brasil lucasseibert@hotmail.com Roberto Luis Tavares Bittencourt Universidade Luterana do Brasil rbittencourt@pop.com.br

Leia mais

MODELAGEM MATEMÁTICA & TECNOLOGIA: POSSIBILIDADES E DESAFIOS. BIEMBENGUT, Maria Salett- Universidade Regional de Blumenau - salett@furb.

MODELAGEM MATEMÁTICA & TECNOLOGIA: POSSIBILIDADES E DESAFIOS. BIEMBENGUT, Maria Salett- Universidade Regional de Blumenau - salett@furb. MODELAGEM MATEMÁTICA & TECNOLOGIA: POSSIBILIDADES E DESAFIOS BIEMBENGUT, Maria Salett- Universidade Regional de Blumenau - salett@furb.br SANTOS, Selma dos Universidade Regional de Blumenau - selmasantos@senai-sc.ind.br

Leia mais

Aula 03 PowerPoint 2007

Aula 03 PowerPoint 2007 Aula 03 PowerPoint 2007 Professor: Bruno Gomes Disciplina: Informática Básica Curso: Gestão de Turismo Sumário da aula: 1. Abrindo o PowerPoint; 2. Conhecendo a Tela do PowerPoint; 3. Criando uma Nova

Leia mais

O que é conexão de área de trabalho remoto?

O que é conexão de área de trabalho remoto? O que é conexão de área de trabalho remoto? Conexão de Área de Trabalho Remota é uma tecnologia que permite sentar-se ao computador e conectar-se a um computador remoto em um local diferente. Por exemplo,

Leia mais

O computador. Sistema Operacional

O computador. Sistema Operacional O computador O computador é uma máquina desenvolvida para facilitar a vida do ser humano, principalmente nos trabalhos do dia-a-dia. É composto basicamente por duas partes o hardware e o software. Uma

Leia mais

Computação Instrumental

Computação Instrumental Computação Instrumental Sistemas Operacionais Redes de Computadores Engenharia Ambiental 2º Semestre de 2013 1 Software Hardware O Sistema Operacional (SO) é um software que gerencia os recursos do computador,

Leia mais

Sistemas Operacionais Aula 03: Estruturas dos SOs. Ezequiel R. Zorzal ezorzal@unifesp.br www.ezequielzorzal.com

Sistemas Operacionais Aula 03: Estruturas dos SOs. Ezequiel R. Zorzal ezorzal@unifesp.br www.ezequielzorzal.com Sistemas Operacionais Aula 03: Estruturas dos SOs Ezequiel R. Zorzal ezorzal@unifesp.br www.ezequielzorzal.com OBJETIVOS Descrever os serviços que um sistema operacional oferece aos usuários e outros sistemas

Leia mais

Avaliação de IHC: objetivos

Avaliação de IHC: objetivos Avaliação de IHC: objetivos Decisões de design afetam usabilidade Conhecimento dos usuários e de suas necessidade Design: Design: diferentes diferentes soluções soluções possíveis possíveis Interação:

Leia mais

Configuração do Linux Educacional 5 para melhor uso do MonitorINFO-V4

Configuração do Linux Educacional 5 para melhor uso do MonitorINFO-V4 Configuração do Linux Educacional 5 para melhor uso do MonitorINFO-V4 Primeiro fazemos o login com o usuário admin para ter acesso total ao sistema Usuário: admin Senha: admin Estando no sistema com administrador

Leia mais

Tecnologia e Informática

Tecnologia e Informática Tecnologia e Informática Centro Para Juventude - 2014 Capitulo 1 O que define um computador? O computador será sempre definido pelo modelo de sua CPU, sendo que cada CPU terá um desempenho diferente. Para

Leia mais

INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO: DESENVOLVIMENTO DE UM SOFTWARE EDUCATIVO

INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO: DESENVOLVIMENTO DE UM SOFTWARE EDUCATIVO INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO: DESENVOLVIMENTO DE UM SOFTWARE EDUCATIVO Fabíola de Oliveira Alvarenga Universidade Presidente Antônio Carlos Rodovia MG 368 KM 12 Colônia Rodrigo Silva Barbacena Minas Gerais

Leia mais

Z13 Color Jetprinter Z23 Color Jetprinter Z33 Color Jetprinter

Z13 Color Jetprinter Z23 Color Jetprinter Z33 Color Jetprinter Z13 Color Jetprinter Z23 Color Jetprinter Z33 Color Jetprinter Da instalação até a impressão Da instalação até a impressão para Windows 98, Windows Me, Windows 2000, Mac OS 8.6 à 9.1 e Mac OS X Abril 2001

Leia mais

Manual do Aplicativo - Rastreamento Veicular

Manual do Aplicativo - Rastreamento Veicular Manual do Aplicativo - Rastreamento Veicular Sumário Apresentação... 2 Instalação do Aplicativo... 2 Localizando o aplicativo no smartphone... 5 Inserindo o link da aplicação... 6 Acessando o sistema...

Leia mais

EMENTA DA DISCIPLINA Hardware e dispositivos de E/S Sistema Operacional Editor de Texto

EMENTA DA DISCIPLINA Hardware e dispositivos de E/S Sistema Operacional Editor de Texto www.francosampaio.com Informática Curso de Administração de Empresas Prof. Franco Sampaio URCAMP Universidade da Região da Campanha EMENTA DA DISCIPLINA Hardware e dispositivos de E/S Sistema Operacional

Leia mais

Alfabetização e Letramento

Alfabetização e Letramento Alfabetização e Letramento Material Teórico A Escrita no Processo de Alfabetização Responsável pelo Conteúdo e Revisor Textual: Profª. Ms Denise Jarcovis Pianheri Unidade A Escrita no Processo de Alfabetização

Leia mais

9º Ano. 1º Período. . Conhecer os conceitos básicos relacionados com a Tecnologias Da Informação e Comunicação (TIC);

9º Ano. 1º Período. . Conhecer os conceitos básicos relacionados com a Tecnologias Da Informação e Comunicação (TIC); 1º Período UNIDADE TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO 1. Conceitos Básicos 2. Áreas de Aplicação das TIC 3. Introdução á estrutura e funcionamento de um sistema Informático 4. Decisões fundamentais

Leia mais

SIMULADO Windows 7 Parte V

SIMULADO Windows 7 Parte V SIMULADO Windows 7 Parte V 1. O espaço reservado para a Lixeira do Windows pode ser aumentado ou diminuído clicando: a) Duplamente no ícone lixeira e selecionando Editar propriedades b) Duplamente no ícone

Leia mais

O uso de blogs no ensino de Matemática 2

O uso de blogs no ensino de Matemática 2 Claudinei Flavia Batista Santos Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia Brasil bs_flavia@hotmail.com Sirlândia Souza Santana sirlandiasantana@hotmail.com Resumo Este trabalho tem como principal objetivo

Leia mais

Como criar uma máquina virtual para instalar o Windows XP ou outro?

Como criar uma máquina virtual para instalar o Windows XP ou outro? Como criar uma máquina virtual para instalar o Windows XP ou outro? Existem vários programas para isso, entre eles o Parallels que é pago, o VMWare, o Virtual Box e outros. Hoje vamos abordar o Virtual

Leia mais

Noções de. Microsoft SQL Server. Microsoft SQL Server

Noções de. Microsoft SQL Server. Microsoft SQL Server Noções de 1 Considerações Iniciais Basicamente existem dois tipos de usuários do SQL Server: Implementadores Administradores 2 1 Implementadores Utilizam o SQL Server para criar e alterar base de dados

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação. Sistema operacional Internet Softwares aplicativos. Relembrando: O computador

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação. Sistema operacional Internet Softwares aplicativos. Relembrando: O computador Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação Sistema operacional Internet Softwares aplicativos Prof. Renato Pimentel 1 Relembrando: O computador Equipamento eletrônico capaz de processar

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA. Documento de Arrecadação Estadual DAE. Manual do Usuário. Versão 1.0.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA. Documento de Arrecadação Estadual DAE. Manual do Usuário. Versão 1.0.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA 1 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA Documento de Arrecadação Estadual DAE Manual do Usuário Versão 1.0.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA 66.053-000 Av. Visconde de Souza Franco, 110 Reduto Belém PA Tel.:(091)

Leia mais

O papel do bibliotecário na Gestão do Conhecimento. Profª Dr a Valéria Martin Valls Abril de 2008

O papel do bibliotecário na Gestão do Conhecimento. Profª Dr a Valéria Martin Valls Abril de 2008 O papel do bibliotecário na Gestão do Conhecimento Profª Dr a Valéria Martin Valls Abril de 2008 Apresentação Doutora e Mestre em Ciências da Comunicação / Bibliotecária (ECA/USP); Docente do curso de

Leia mais

Linguagem de Programação Visual. Aula 2 Prof. Gleison Batista de Sousa

Linguagem de Programação Visual. Aula 2 Prof. Gleison Batista de Sousa Linguagem de Programação Visual Aula 2 Prof. Gleison Batista de Sousa Historico 50s Interfaces são painel de controles do hardware, usuário são engenheiros; 60-70s Interfaces são programas em linguagens

Leia mais

Página 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA FERRAMENTA OFFICE ONLINE WORD ONLINE EXCEL ONLINE POWER POINT ONLINE

Página 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA FERRAMENTA OFFICE ONLINE WORD ONLINE EXCEL ONLINE POWER POINT ONLINE Página 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA FERRAMENTA OFFICE ONLINE WORD ONLINE EXCEL ONLINE POWER POINT ONLINE Página 2 Sumário Como começar usar?... 03 Iniciando o uso do OneDrive.... 04 Carregar ou Enviar os

Leia mais

Interface Homem-Computador

Interface Homem-Computador Faculdade de Ciências e Tecnologia do Maranhão Interface Homem-Computador Aula: Prototipação Professor: M.Sc. Flávio Barros flathbarros@gmail.com Prototipar...... desenvolver e testar interfaces antes

Leia mais

Tecnologia da Informação. Prof Odilon Zappe Jr

Tecnologia da Informação. Prof Odilon Zappe Jr Tecnologia da Informação Prof Odilon Zappe Jr Internet Internet Internet é o conglomerado de redes, em escala mundial de milhões de computadores interligados, que permite o acesso a informações e todo

Leia mais

Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Guia de Estudos Metodologias Jovem de Futuro

Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Guia de Estudos Metodologias Jovem de Futuro Guia de Estudos Metodologias Jovem de Futuro Precisamos reinventar a forma de ensinar e aprender, presencial e virtualmente, diante de tantas mudanças na sociedade e no mundo do trabalho. Os modelos tradicionais

Leia mais

Interface Humano -Computador

Interface Humano -Computador A Interface Humano -Computador Aula 04 Modelos de Processos de Design de IHC Giliane Bernardi - giliane@inf.ufsm.br http://nte.ufsm.br O Processode Design de IHC Relembrando Questões chave no projeto centrado

Leia mais

Inteligência Artificial

Inteligência Artificial Inteligência Artificial As organizações estão ampliando significativamente suas tentativas para auxiliar a inteligência e a produtividade de seus trabalhadores do conhecimento com ferramentas e técnicas

Leia mais

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Redes de Computadores II

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Redes de Computadores II Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Redes de Computadores II Em um computador baseado no Windows, você pode compartilhar arquivos entre usuários remotos (outro computador). Os usuários remotos se conectam

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Aula 6 http://www.ic.uff.br/~bianca/introinfo/ Aula 6-21/09/2007 1 Ementa Conceitos Básicos de Computação (Hardware, Software e Internet) Softwares Aplicativos Tutorial: Word Tutorial:

Leia mais

Interação Homem-Computador

Interação Homem-Computador Interação Homem-Computador Apresentação da disciplina, metodologia de ensino, conteúdos, avaliações e bibliografia Prof. MSc. Hugo Vieira L. Souza Este documento está sujeito a copyright. Todos os direitos

Leia mais

Apostilas OBJETIVA Escrevente Técnico Judiciário TJ Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo - Concurso Público 2015. Índice

Apostilas OBJETIVA Escrevente Técnico Judiciário TJ Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo - Concurso Público 2015. Índice Índice Caderno 2 PG. MS-Excel 2010: estrutura básica das planilhas, conceitos de células, linhas, colunas, pastas e gráficos, elaboração de tabelas e gráficos, uso de fórmulas, funções e macros, impressão,

Leia mais

DEINF - UFMA Especialização em Análise e Projeto de Sistema

DEINF - UFMA Especialização em Análise e Projeto de Sistema DEINF - UFMA Especialização em Análise e Projeto de Sistema Interação Humano Computador Prof. Anselmo C. de Paiva Depto de Informática - UFMA Fatores Humanos em IHC Fatores Humanos em IHC Estudo das capacidades

Leia mais

CONCEITOS INICIAIS. Agenda A diferença entre páginas Web, Home Page e apresentação Web;

CONCEITOS INICIAIS. Agenda A diferença entre páginas Web, Home Page e apresentação Web; CONCEITOS INICIAIS Agenda A diferença entre páginas Web, Home Page e apresentação Web; O que é necessário para se criar páginas para a Web; Navegadores; O que é site, Host, Provedor e Servidor Web; Protocolos.

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO OESTE UNICENTRO CURSO DE MÍDIAS NA EDUCAÇÃO KARINA DE NAZARÉ DA COSTA MARTINS PROFESSOR: PAULO GUILHERMITE

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO OESTE UNICENTRO CURSO DE MÍDIAS NA EDUCAÇÃO KARINA DE NAZARÉ DA COSTA MARTINS PROFESSOR: PAULO GUILHERMITE UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO OESTE UNICENTRO CURSO DE MÍDIAS NA EDUCAÇÃO KARINA DE NAZARÉ DA COSTA MARTINS PROFESSOR: PAULO GUILHERMITE O USO DA INTERNET NO PROCESSO EDUCACIONAL: O DESAFIO PARA OS PROFESSORES

Leia mais