A hora da escolha. A eleição do Recife pode ser decidida no 1º turno. Constituição de 88 Vinte anos da Constituição Cidadã

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A hora da escolha. A eleição do Recife pode ser decidida no 1º turno. Constituição de 88 Vinte anos da Constituição Cidadã"

Transcrição

1 Constituição de 88 Vinte anos da Constituição Cidadã Santa Cruz Esperança de reabilitação da Nação Tricolor Ano 3 no. 31 Outubro 2008 R$ 6, A hora da escolha A eleição do Recife pode ser decidida no 1º turno outubro > > 1

2 2 > > outubro

3 outubro > > 3

4 outubro > > Sumário Ano 3 no. 31 Outubro 2008 R$ 6, Seções Constituição de 88 Vinte anos da Constituição Cidadã Santa Cruz Esperança de reabilitação da Nação Tricolor A hora da escolha A eleição do Recife pode ser decidida no 1º turno Edição 31 Circulação 26 de setembro de 2008 Criação Adrianna Coutinho Foto Alexandre Albuquerque Tiragem exemplares Carta do Leitor Entrevista Humor Pensando Bem De Olho João Alberto Gestão Mais Auto Motor Economia Memória Pernambucana Artigo - Pobreza, Educação e Cultura Zoom Pano Rápido Gastronomia Última Página Capa Eleição para a Prefeitura do Recife caminha para ser definida no primeiro turno. 20 Entrevista O bruxo do marketing político, Antônio Lavareda diz que bom momento econômico favorece João da Costa. 8 Impostos Sociedade se une e vai à luta contra os aumentos da taxa de Marinha. 36 Reportagens João da Costa a um passo da Prefeitura do Recife Constituição - 20 anos Falido, clube do povão cai no colo da esquerda Para virar realidade, Memorial pede ajuda Taxa de Marinha sob fogo cruzado Enfim, liberdade Justiça Particular Algomais é a primeira revista do Nordeste a se filiar ao IVC O maior da história Agulhas da Juventude 1 Instituto Brennand, 1 milhão de visitantes Carta do Editor A mesma cor da vez Em 2000, segundo relembra Inaldo Sampaio na reportagem de capa desta edição, Roberto Magalhães liderava as pesquisas de intenção de voto para a eleição de prefeito. Uma semana antes do pleito, descontrolou-se em público ao responder a provocações dos adversários petistas e os eleitores não o perdoaram. Chegou enfraquecido ao segundo turno e acabou perdendo a eleição para João Paulo por cinco mil votos. Há, hoje, quem acredite que a história pode se repetir com João da Costa, tão favorito em 2008 quanto Magalhães em Em política, tudo é possível, mas tanto a matéria de Inaldo quanto a entrevista do sociólogo Antonio Lavareda a Antonio Magalhães quase não deixam dúvidas: pode não haver segundo turno no Recife. Lavareda fala em erros da oposição e do desempenho da economia brasileira como alavanca da candidatura de João da Costa; Inaldo, da participação decisiva de Lula e do governador Eduardo Campos na campanha do petista. No que você, caro leitor, prefere acreditar? Ainda na seção de política desta edição, Carol Bradley lembra a passagem dos 20 anos da Constituição Cidadã e traz uma reflexão preocupante: a nova Carta Magna trouxe muitos avanços, mas muitos direitos só existem no papel, principalmente os que tratam de questões sociais. E José Neves Cabral também aproveitou o mote político para notar que o Santa Cruz, clube marcado por lideranças da direita, vai experimentar nos próximos dois anos, com Fernando Bezerra Coelho na presidência, uma gestão de esquerda. Impossível saber agora se vai trocar alhos por bugalhos. IVC Esta revista é a primeira do Nordeste a se filiar ao respeitado Instituto Verificador de Circulação. O IVC, como diz Ivo Dantas na página 42, foi criado para dar maior credibilidade aos veículos nacionais de imprensa e garantir investimentos mais seguros de empresas e agências de publicidade e propaganda. O instituto existe desde a década de 60 do século passado e já conta com mais de 500 publicações cadastradas. Para a Algomais, que em dois anos ascendeu de 6 mil exemplares mensais para 15 mil, trata-se de mais uma etapa vencida em sua caminhada vitoriosa no mercado editorial pernambucano. Por isso exibimos os números com o maior orgulho e não temos dúvida em afirmar que a Algomais é um sucesso editorial e gráfico por ter caído no gosto dos pernambucanos. O IVC, além de auditar os números da tiragem, também atesta a credibilidade da publicação diante dos seus leitores e anunciantes. Somadas à distribuição eficiente, qualidade e credibilidade são atributos indispensáveis a qualquer publicação. Boa leitura. Roberto Tavares Editor Geral 4 > > outubro

5 outubro > > 5

6 Cartas do Leitor Publicidade Tenho como oportuno o artigo É necessário bom senso na publicidade de Luiz Ernesto Mellet, publicado na última edição pela Algomais. Acredito que a distribuição de verba na propaganda é desleal e quase nada sobra para os pequenos. Aliás, como publicitária que sou, sinto cada vez mais apertar o cerco às pequenas e médias agências. Os anunciantes do setor público e privado deviam ter mais interesse em agregar uma identidade regional aos seus produtos e para isso nada melhor do que as agências locais. Ana Almeida Trânsito Li a indignação de Francisco Cunha, no artigo 24 horas por dia, da Algomais de agosto e concordo em número e grau. A diferença na verdade é que moro em Olinda e passo por enormes engarrafamentos todos os dias para entrar na cidade dormitório. A lentidão no trânsito se dá, mais exatamente, a partir do Parque Memorial Arcoverde até o Carmo. Tudo por conta das constantes obras naquelas vias que dão acesso à cidade que resido. Como você mesmo se pergunta, ou pergunta aos órgãos competentes, por que eles não trabalham durante o final de semana, à noite (após o horário de grande fluxo) ou nos feriados? Ou seja, nós que trabalhamos o dia inteiro e temos pressa para chegar em casa a fim de descansar e se preparar para o outro dia, ficamos ainda mais estressados quando saímos do trabalho e lembramos do que nos aguarda no caminho. Onde estão os órgãos competentes, onde está o respeito ao cidadão, será que viveremos sempre nesse eterno canteiro de obras gigante? Francesca Campos EXPEDIENTE Av. Domingos Ferreira, 890, sala 810 Boa Viagem Recife/PE Fone: (81) Fax: (81) Diretoria Executiva Sérgio Moury Fernandes Francisco Carneiro da Cunha Diretoria Comercial Luciano Moura Memória Pernambucana Na condição de um simples pintor de quadros, preocupado com a facilidade com que os nossos grandes escritores, poetas, pintores, músicos etc., vêm sendo esquecidos, quero dizer da minha satisfação pela dinâmica adotada pela Revista Algomais, ao publicar os artigos do jornalista Marcelo Alcoforado, resgatando com dignidade a memória pernambucana, focando o escritor Mauro Mota; Um nome para ficar na memória e Lula: Um grande nome, evidenciando a arte do mestre Lula Cardoso Ayres, um dos mais importantes nomes da pintura brasileira. Parabenizo a direção da revista Algomais e ao jornalista Marcelo Alcoforado pelas excelentes matérias, lembrando outros nomes de nossa terrinha, como os pintores Mário Nunes, Murillo La Greca, Wellington Virgolino e os poetas Edson Régis, José Gonçalves de Oliveira, entre tantos outros. Wilton de Souza Conselho Editorial Francisco Carneiro da Cunha (coordenador) Antonio Magalhães Luciano Moura Ricardo de Almeida Sérgio Moury Fernandes REDAÇÃO Fone: (81) /4348 Fax: (81) Editor-geral Roberto Tavares Editor-executivo José Neves Cabral Reportagens Carolina Bradley Marcella Sampaio Ivo Dantas Fotografia Alexandre Albuquerque (81) Editoria de Arte e Editoração Eletrônica Adrianna Coutinho Rivaldo Neto Imposto de Renda Em referência à carta publicada nesta seção, na edição nº 30, enviada por Paulo Caldas, a TV Globo esclarece: 1) O Criança Esperança é gerido pela Unesco e não pelo Unicef. 2) A arrecadação nunca chegou aos valores citados. Infelizmente. 3) Num emocionante exemplo de solidariedade, a maioria esmagadora dos doadores vem da população que sequer tem renda para declarar, muito menos imposto a abater. Quem diria computador para espalhar boatos maldosos... 4) TODA a arrecadação, como é exaustivamente mostrado nas campanhas, é depositada diretamente em conta da Unesco. Não entra um tostão na TV Globo. Assim, não existe repasse algum da Globo para ninguém. 5) A Globo sequer recupera comercialmente os enormes gastos que tem com elenco, produção e veiculação do programa e das campanhas de arrecadação. 6) Mesmo sendo de interesse público, doações a entidades internacionais simplesmente não são dedutíveis de Imposto de Renda! No caso do Criança Esperança, ainda mais importante do que a relevante arrecadação pela Unesco direcionada em projetos no Brasil, destaque-se a mobilização permanente que a TV Globo promove em torno de temas de interesse da infância e da adolescência. Acreditamos que se o Criança Esperança se limitasse a esse trabalho de comunicação social já se justificaria. Se quiserem mais detalhes, eis o endereço eletrônico desse projeto: Central Globo de Comunicação Assinatura Fone: (81) Publicidade Engenho de Mídia Comunicação Ltda. Av. Domingos Ferreira, 890, sala 808 Boa Viagem Recife/PE Fone/ Fax: (81) Filiada ao INSTITUTO VERIFICADOR DE CIRCULAÇÃO 6 > > outubro

7 São Luiz Li o seu artigo Viva o Cinema São Luiz!. Nem na memória de Francisco Cunha, nem na minha vai se apagar o cinema São Luiz. Paulo Montezuma Algomais I Parabéns pela revista, ótima qualidade, pela variedade de informações visando o nosso estado, pude constatar tudo isso lendo em uma revista num consultório médico. Kéops André dos Anjos Mendes Algomais II Ficamos felizes pelo numero 30 da revista Algomais. Ficamos felizes em participar dele. Sabemos da importância de ter uma revista que foca Pernambuco no hoje e no futuro. Vamos em frente que tem muito caminho pra percorrermos juntos. Edison (MartPet) Associações de Bairro Das páginas 58 e 59 teria esclarecimentos para complementar: O vereador Luiz Helvécio distanciou-se de nossa AMCF, fundada em 1991, onde sou presidente, quando disse-lhe: existimos para defesa de trabalhos comunitários e ambientais, em defesa das conquistas de Casa Forte. Marcos Domingues, seu braço direito na Sociedade dos Amigos, há muito tempo, quando por mim solicitado informar, disse: Essa nova não tem registro cartorial como a sua AMCF. Aqui não aceitamos influências ou uso político como queria fazer o vereador. Hoje, caso precise de um edil na CMR, contamos com os bons préstimos de Daniel Coelho. Carlos Tigre Algomais III Com a Algomais, o nosso Estado voltou a mostrar que sempre teve e tem pensadores, mestres, comentaristas, jornalistas e especialistas nas diversas atividades, com visão e discernimento para analisar e debater os diversos temas: regional, nacional e mundial. Parabéns por mais este projeto vitorioso, o que não é surpresa para os que o conhecem. João Freire outubro > > 7

8 Entrevista Antônio Lavareda Economia alavanca candidatura de João da Costa ALIANÇA Para retomar o poder, a União por Pernambuco precisa embaralhar as cartas e distribuí-las de outra forma. Com as mesmas cartas de 2006 ficará difícil ganhar eleição Renata Castelo Ramos/divulgação Por Antonio Magalhães Gênio ou vilão do marketing político, o cientista político pernambucano Antonio Lavareda, está pela segunda vez, desde 1984, fora de uma campanha eleitoral em Pernambuco. Mas por vontade própria e não por qualquer veto, como desejariam os adversários. Dois dos candidatos à Prefeitura do Recife, Mendonça e Raul Henry, são seus amigos. Não teria condições de atacar um ou outro. Presidindo a MCI Estratégia, Lavareda, mestre em Sociologia e doutor em Ciência Política, atuou como o principal analista de comunicação institucional de Fernando Henrique Cardoso. E hoje atende a clientes políticos e governantes em vários pontos do País. Autor de cinco livros sobre política e eleições, ele é um observador privilegiado, o que lhe permite entender a subida rápida dos índices de João da Costa, candidato de João Paulo à prefeitura, e vislumbrar os desdobramentos dessa eleição no próximo pleito de Agora, a entrevista de Antonio Lavareda à Algomais: 8 > > outubro

9 Algomais Por que João da Costa cresceu tão rápido nas pesquisas? Antonio Lavareda Nesta eleição o efeito da televisão é muito maior do que foi na eleição de 2006, na qual o tempo tinha que ser dividido entre os candidatos a presidente, governador, senador e deputado federal e estadual. Cada candidato agora tem um tempo maior, principalmente na propaganda distribuída pela programação das TVs, em forma de comerciais. Isso explica o movimento abrupto nas curvas de intenção de voto. Além do mais a população do Recife ficou conhecendo o candidato do prefeito João Paulo, também apoiado pelo presidente e pelo governador, favorecendo o seu crescimento rápido. E os adversários ainda cometeram equívocos na campanha. AM Quais foram os equívocos? AL O candidato Mendonça começou a campanha com um posicionamento equivocado. O slogan Fazer mais e melhor pareceu mais como o discurso da continuidade. No decorrer do processo assumiu um tom mais agressivo mas não se caracterizou de imediato como o candidato da mudança. E foi caindo. Mendonça tinha um capital de popularidade ainda de 2006, quando teve 43% da votação do Recife, mas a boa imagem para esta campanha, com índice acima dos 30% das preferências, foi consumida com os erros da campanha. AM E Cadoca? AL O candidato Cadoca, que inicialmente esteve bem próximo dos índices de Mendonça, capitalizava ainda os índices da campanha de 2004, quando concorreu à prefeitura do Recife. Mas cometeu um deslize de marketing político que lhe custou caro: tentou se apresentar como candidato do governador e do presidente Lula. Passando uma falsa idéia de que era o preferido dos dois. E que poderia contar com eles mais adiante. Mas isso é muito diferente de ser o candidato real de Lula e Eduardo Campos, no caso o João da Costa, fato conhecido pela população. Cadoca começou a disputar uma eleição como uma segunda alternativa. E novamente João da Costa se beneficiou do equívoco do candidato do PSC. AM E Raul Henry? AL O candidato Raul que tem como slogan Novo Recife, desperdiçou seus primeiros dias de campanha na TV sem dizer o que pensava Gleyson Ramos/divulgação sobre a mudança que promoveria na cidade. Também não posicionou sua campanha criticamente em relação a João Paulo. O Novo Recife ficou parecendo recurso de ordem retórica. Então João da Costa começou a crescer por conta do mau posicionamento, dos equívocos, dos adversários. E adicionou um bom desempenho pessoal nos momentos em que esteve exposto à avaliação das pessoas: João da Costa mostrou que estava longe de ser um poste apenas, como seus adversários apregoavam. AM Quer dizer que a Oposição não se caracterizou como tal? AL A Oposição fez a leitura da força de João Paulo (índice de aprovação de 63%) e se esquivou de combater diretamente sua administração e seu candidato desde o primeiro dia. É óbvio que é uma eleição muito difícil para a Oposição. Mas ela poderia ter marcado melhor o seu espaço, sobretudo, numa cidade como o Recife que tem inúmeros problemas. E além disso a gestão petista, que já chega perto dos 10 anos, sobre vários aspectos, não ofereceu respostas mais efetivas às demandas da população. AM É notório que o candidato João da Costa se aproveita da popularidade do prefeito João Paulo. Mas em 2006, Jarbas Vasconcelos também tinha uma excelente popularidade quando deixou o Governo do Estado. E esse índice não ajudou Mendonça Filho. O que diferencia os dois momentos? AL Em primeiro lugar há uma diferença grande entre esta eleição para prefeito e a de 2006 para governador. Agora há o secretário que é candidato e não o prefeito. Em 2006, Mendonça era o governador. Podia ser cobrado diretamente pelo público a respeito das ações da sua administração. Na campanha, Mendonça se apresentava como candidato e como governador. E as promessas que fazia como postulante ao cargo ficavam prejudicadas porque ele estava sentado na cadeira de governador. E lembrese também que a popularidade de Mendonça era bem menor do que a de Jarbas. O eleitorado terminou homenageando Jarbas com a votação expressiva para o Senado. AM Mas teve também a força eleitoral do candidato Lula? AL Claro. Foi um fator decisivo em Lula teve em Pernambuco quatro quintos dos votos dos pernambucanos. As pessoas tinham duas opções: votar num candidato que tinha participado de um bom governo, o Mendonça, ou votar num candidato que tinha pela frente a perspectiva de contar com o apoio entusiasmado de Lula para levar adiante os novos projetos. Esse raciocínio foi feito também na Bahia e no Ceará. Nesses estados, os governadores que tentavam a reeleição estavam muito bem avaliados pela população, mas foram derrotados pela onda petista de Lula. O fato de Mendonça ainda levar a eleição para segundo turno, portanto, pode ser considerado um feito notável naquela conjuntura. u uu outubro > > 9

10 Entrevista AM A visão de futuro, de olho na administração Lula, vale também para esta eleição municipal? AL Acredito que não. O papel de Lula na eleição de 2006 foi bem maior. O presidente cumpre agora um papel menos importante, uma vez que não é candidato e só tem mais dois anos de governo. O que realmente está impulsionando os candidatos de Lula é a economia, os bons resultados econômicos. O decisivo tem sido a performance dos atuais prefeitos. Não que exista uma safra excepcional de governantes municipais, mas do mesmo modo que a economia alavanca a popularidade de Lula, ela ajuda os prefeitos. Melhora o humor da população, permite o aumento do consumo e acresce recursos aos municípios para novas obras que geram popularidade. AM Qual o peso da bolsa-família nessa eleição? AL Bem menor do que em Ela ajuda os candidatos de Lula, mas sofre um decréscimo de influência no voto. E em 2010 influenciará muito menos. É natural esse movimento. AM Há possibilidade do prefeito João Paulo, no caso de uma vitória retumbante de João da Costa, vir a ser candidato a governador em 2010 se o PSB apresentar Ciro Gomes como postulante presidencial? AL A análise política dos últimos meses favorece a suposição de que esse bloco (PT e PSB) venha a estar unido em torno da reeleição de Eduardo Campos. O PSB parece ter abandonado a hipótese de uma candidatura própria, o que o coloca como aliado do projeto presidencial do presidente Lula. E hoje os socialistas têm uma dimensão importante na política brasileira, somando mais tempo no guia eleitoral da TV para o candidato de Lula. É natural, portanto, que peçam uma contrapartida, que será o apoio de Lula a Eduardo Campos, o presidente nacional do PSB. A possibilidade para João Paulo é se Eduardo Campos estiver com baixo índice de aprovação nas pesquisas. Aí o prefeito surge como a melhor opção para este bloco político. AM Diante da perspectiva de continuidade na Prefeitura do Recife e no Governo do Estado do grupo político PSB/PT e aliados, há ainda alguma chance de Gleyson Ramos/divulgação A oposição poderia ter marcado melhor o seu espaço, sobretudo numa cidade como o Recife retomada do poder por parte da aliança União por Pernambuco PMDB, PSDB e Democratas que governou o Recife e Pernambuco por quase dez anos? AL Acredito que as mudanças passam sempre por rearranjos políticos. Antes mesmo da eleição de 2006 houve um sinal importante apontando problemas à frente. Um bloco de deputados federais deixou a aliança UP para inicialmente montar uma terceira via, mas depois se associaram ao bloco que hoje governa Pernambuco. A votação desses parlamentares somava algo em torno de 600 mil votos. A dissidência atingiu num determinado momento 40% da bancada federal pernambucana. E a ausência desses votos foi fundamental para a derrota de Mendonça. Para a retomada da aliança União por Pernambuco, num outro formato, serão precisos novos arranjos políticos em busca de uma vitória em Há que se procurar novos aliados e perseguir um novo quadro político. É preciso embaralhar as cartas e distribuí-las de outra forma. Com as mesmas cartas de 2006 ficará difícil retomar o poder. AM Isso quer dizer que não existe grupo hegemônico em Pernambuco. O PT ou o PSB não podem atuar só no Estado? AL Essa é hoje uma característica da política pernambucana. Não há uma só liderança ou partido que isoladamente possa dar as cartas do jogo. Qualquer força política para se sagrar vitoriosa em 2010 dependerá inteiramente das alianças que tem hoje ou que vai montar na Oposição. AM Essa é a primeira eleição que você não participa diretamente em Pernambuco? AL Não, estive fora da eleição de Estava totalmente envolvido na primeira campanha de Fernando Henrique Cardoso. Em relação à campanha de 2008, desde o ano passado tive alguns convites, mas tomei a decisão de não participar da eleição porque sou ligado a dois candidatos Mendonça e Raul. O que está sendo muito bom na medida em que é um exercício intelectual, permite uma visão mais distanciada do processo. É uma experiência enriquecedora intelectualmente. AM A decisão é um sinal de que não mais participará de campanhas em Pernambuco? AL Olha, eu estou gostando tanto disso. Talvez seja difícil voltar a atuar aqui no Estado. AM Alguns o classificam no marketing político como gênio e outros como um grande vilão. Quem é você? AL Eu prefiro responder a isso com números. A MCI coordenou 13 campanhas em Pernambuco. Dessas, 10 foram vitoriosas. Participamos da derrota de três. São 80% de aproveitamento. Em qualquer lugar do mundo essa é uma marca excelente. AM E o vilão? AL Isso tem uma explicação. Às vezes um candidato derrotado precisa colocar a responsabilidade em alguém. Não é um bom comportamento. Imagine um candidato que perde uma eleição e pretende que a comunicação seja a responsável por sua derrota. Jamais a comunicação será responsável pela vitoria ou pela derrota. Por isso digo que participei de vitórias e não que ganhei a eleição. Em segundo lugar, é bom lembrar que se a gente ganhasse 100% das campanhas isso ia me deixar numa posição arrogante achando quem deveria ser o candidato era eu. 10 > > outubro

11 u uu outubro > > 11

12 12 > > outubro Humor

13 outubro > > 13

14 Pensando bem Maurício Costa Romão Entendendo as pesquisas eleitorais Enquanto um homem, individualmente, é um quebra-cabeça insolúvel, no conjunto, ele se torna uma certeza matemática. Conan Doyle Os primeiros levantamentos sistemáticos de pesquisa eleitoral foram levados a efeito em 1916 pela revista americana Literary Digest, que predisse corretamente a eleição de Woodrow Wilson como presidente dos Estados Unidos naquele ano. Utilizando-se de extensa mala postal obtida de listas telefônicas e catálogos de registros de automóveis, a revista enviava milhões de cédulas aos potenciais eleitores e computava as opiniões expressas nos retornos. Com base nesse procedimento acertou os vencedores presidenciais das quatro eleições seguintes naquele país. Nas eleições de 1936 a revista postou 10 milhões de cédulas, tendo um impressionante retorno de opiniões, o que lhe credenciou prever a vitória do republicano Alf Landon sobre o democrata Franklin Roosevelt por 57% a 43%. O sociólogo George Gallup, consultando apenas eleitores do país, assegurou, ao contrário, que o ganhador seria Roosevelt por 56% a 44%. Abertas as urnas, o resultado confirmou as previsões de Gallup quanto ao vencedor: Roosevelt ganhara de 61% a 37%! O episódio encerra relevante ensinamento: ao utilizar cadastros de proprietários de telefones e de carros, a Digest ouviu um particular segmento da população, mais bem aquinhoado, que se diferenciava do americano comum. O imenso tamanho da amostra foi, então, de pouca utilidade para detectar como o americano, em média, iria se manifestar naquela eleição. Já a pequena amostra de Gallup era a imagem da população, em termos de sexo, idade, renda, escolaridade, local de residência, etc. Assim, o importante de uma amostra não é apenas o tamanho, mas sua representatividade do universo pesquisado. Mas e os erros cometidos por Gallup na estimativa dos percentuais? O erro é inevitável As pesquisas de opinião baseiam-se no pressuposto estatístico de que para se obter indicadores de uma população, basta consultar apenas uma parte representativa dessa população. Os resultados daí extraídos são chamados de estimativas e, por isso mesmo, sujeitos a erro, o erro amostral. Um candidato que obteve 20,0% de intenção de voto, p. ex., num levantamento cujo erro, para mais ou para menos, foi de 3,0 pontos de percentagem, tanto pode ter tido somente 17,0% dessas intenções, como 23.0%, ou qualquer número dentro desse intervalo. Mas qual é a segurança que se tem de que tais estimativas retratem a verdadeira preferência de toda a população? Certeza não se tem, mas se pode estabelecer, estatisticamente, determinado nível de confiança que indique alta probabilidade daquelas estimativas espelharem a realidade. Se esse nível é, p. ex., de 95%, significa que existe uma probabilidade de 95% do percentual de eleitores que tem intenção de votar no referido candidato estar compreendido no intervalo de 17% a 23%. Por que então, mesmo assim, ocorrem discrepâncias entre os resultados dos pleitos e as estimativas dos institutos? Esse fatalismo estatístico transfere o foco do erro em si para a interpretação que se deve dar às pesquisas. Uma pesquisa detecta o sentimento da população no momento em que está sendo realizada. Esse sentimento poder mudar sob a influência de vários fatores: propaganda, guia eleitoral, alianças, etc. Um ou mais desses e de outros fatores afetam o comportamento dos eleitores entre uma pesquisa e outra e entre tais pesquisas e a data do pleito. As pesquisas então não podem ser consideradas projeções do futuro. Elas devem ser vistas sim como um poderoso instrumento científico que se presta a detectar e antecipar uma determinada tendência, a partir de levantamentos sucessivos. Observando a tendência Um bom exemplo que ilustra a importância da tendência é dado pelo famoso caso da eleição (2006) para governador, na Bahia, em que o então mandatário Paulo Souto aparecia nas pesquisas bem à frente de seus oponentes, configurando uma perspectiva de ganho no 1º turno. O espetacular resultado final é de todos sabido: Jaques Wagner, seu principal adversário, é quem foi eleito já no 1º escrutínio! A trajetória dos números à época mostra que estava em andamento um visível crescimento da candidatura de Jaques Wagner, pari passu com queda sistemática nas intenções de voto para Paulo Souto. O problema todo era saber se a velocidade de crescimento do petista se daria a uma taxa suficientemente elevada, a ponto de forçar o 2º turno ou, de liquidar a eleição no dia 01. O resultado oficial fala por si só! As pesquisas retrataram então momentos distintos do processo eleitoral, mas já mostrando que se delineava a tendência que redundou na vitória do oposicionista. O eleitor baiano resolvera mudar de preferência algum tempo antes do dia da eleição por questões que cabem aos cientistas sociais explicar! *Maurício Costa Romão é Ph.D. em Economia pela Universidade de Illinois, nos Estados Unidos. Foi Secretário de Administração e Reforma do Estado ( ) do Governo de Pernambuco. 14 > > outubro

15 outubro > > 15

16 De Olho Hora da cobrança O Tribunal de Justiça de Pernambuco perdeu a paciência com os municípios maus pagadores de precatórios dívidas judiciais pendentes da fazenda pública. Já publicou no Diário Oficial a lista dos devedores, o nome dos credores, o ano da decisão judicial e a ordem de classificação para recebimento. E ainda vai instalar mesas de negociação a partir de 9 de outubro. Os municípios só não poderão fugir do pagamento. Segundo o presidente do TJPE, Jones Figueiredo, será dada ênfase às mesas de negociação para uma conciliação entre as partes. Quarenta e seis municípios pernambucanos acumulam dívidas de R$ 150 milhões com títulos que não são pagos há mais de 10 anos. Figueiredo também quer que os municípios incluam esses débitos no orçamento de Para o desembargador, atraso nunca mais. Ele sabe que Justiça lenta é injustiça. Depois de cobrar dos municípios, o desembargador Jones Figueiredo vai determinar o pagamento dos precatórios devidos pelo INSS e Governo de Pernambuco. Alexandre Albuquerque marketing O livro Estratégias do Marketing Como obter resultados através do marketing direto na Internet, dos pernambucanos Murilo Gun Araújo e Bruno Queiroz, foi lançado este mês pela Editora Brasport, para esclarecer a diferença entre o spam e o de marketing direto. A publicação é voltada para os profissionais da área comercial, de criação, de tecnologia e, sobretudo, para empresários. Estatísticas da empresa britânica MessageLabs apontam que 20% das mensagens bloqueadas como spam são legítimas, prejudicando o remetente e o destinatário. Entrevista Nunca na história desta revista uma entrevista foi tão polêmica. O presidente da Associação dos Magistrados do Brasil (AMB), o pernambucano Mozart Valadares, está sendo interpelado por desembargadores do Tribunal de Justiça de Pernambuco pelas críticas que fez em Algomais a mais alta instância do Poder Judiciário. A Associação Nacional dos Desembargadores solidarizou-se com o TJPE e emitiu uma nota de repúdio pela crítica do juiz. Vale a pena reler a entrevista. Agricultura O médio empresariado rural de Pernambuco também se sente excluído. Segundo Pio Guerra, presidente da Federação da Agricultura do Estado (Faepe), não existe Secretaria Estadual de Agricultura. O secretário Ângelo Ferreira diz que está no cargo para atender quilombolas, trabalhadores de assentamentos rurais e agricultores familiares. Os produtores rurais foram se queixar ao governador Eduardo Campos. Aguardam uma mudança no comportamento do secretário. Confiança O prefeito do Recife, João Paulo, está tão confiante que seu candidato vai ganhar a eleição municipal que já escolheu o homenageado do carnaval de 2009: o compositor de frevos e criador do projeto Asas da América, o caruaruense Carlos Fernando. Mesmo ganhando outro candidato seria um constrangimento desfazer a homenagem. Reparação Segundo o informativo nº 1 do Comitê Estadual de Promoção da Igualdade Étnico-Racial (Cefir), ligado à assessoria especial do governador, o Estado precisa de políticas de reparação e de ações afirmativas para a promoção da eqüidade entre todos os povos em Pernambuco (sic), sejam os povos indígenas, ciganos, judeus, asiáticos, palestinos, negros e negras. Os excluídos da lista vão pagar a conta. 16 > > outubro

17 Antônio Magalhães Gruponove, agência do ano Pelos prêmios deste ano, o Gruponove está mais para grupodez. A agência pernambucana foi escolhida a Agência do Ano 2008 no 32º Prêmio Colunistas Norte e Nordeste, cuja seleção aconteceu em Salvador. Este é o bicampeonato da empresa, que arrematou o mesmo prêmio no ano passado. Desta vez, o Gruponove ainda obteve o maior número de medalhas da competição, somando 14. Foram conseguidas com anúncios para as Indústrias Reunidas Raymundo da Fonte, Cachaça 51, Resort Sumerville, Sandálias Dupé, Nagem, AACD, Pernambuco Construtora e uma campanha institucional da própria agência. Vitamilho A agência Ítalo Bianchi promoveu o lançamento do Flocão Vitamilho Sabores, com quatro novos sabores em embalagens de 250 g., para seu cliente ASA Indústria e Comércio. O objetivo foi reforçar o posicionamento da marca, líder no mercado, com um produto prático que pode ser usado no preparo do cuscuz ou de outras receitas. Aporte A agência está de mudança para a Praça de Casa Forte. Ângelo Melo e equipe se instalarão num andar de um novo empresarial do bairro. Setta certeira Agora S Distribuidora se chama Setta Combustíveis. Depois de uma pesquisa com funcionários e clientes, os diretores concluíram que para adquirir mais força e visibilidade no mercado era preciso investir num novo nome e logomarca. Segundo Claudio Uchôa, diretor da empresa, o investimento na nova empreitada foi de R$ 2 milhões Quem comanda a campanha publicitária é a Aleixo Comunicação. Neurônio A mais esperada premiação da publicidade do Estado, promovida pelo Sistema Jornal do Commercio de Comunicação, traz novidades este ano. Além do crivo do consumidor pernambucano, as peças concorrentes passarão pelo julgamento de profissionais da propaganda nacional. As inscrições para o Prêmio Neurônio seguem até o dia 30 de setembro. Corra! Sete anos Em novembro, a MID Comunicação comemora sete anos de atividades. A agência conquistou dois novos clientes: a ONG Sociedade Nordestina de Ecologia (SNE) e a consultoria Máximo & Bassi. Além disso, a Fátima Rendas, um dos seus primeiros clientes, voltou a ser atendida pela agência, conta o diretor executivo Hugo Pordeus. Boa empresa Durante pesquisa realizada neste segundo semestre pela consultoria Great Place to Work Institute, 450 empresas brasileiras foram avaliadas e apenas 100 escolhidas pelos próprios funcionários como as melhores para se trabalhar. Em Pernambuco, apenas a Associação Brasil- América (ABA) e a construtora Moura Dubeux tiveram classificação. Nos quesitos pesquisados, a ABA aparece como a segunda empresa pesquisada do país com mais mulheres trabalhando, 80% de seus funcionários são do sexo feminino. Tinta Premium Líder do segmento no Norte e Nordeste, a Tintas Iquine está investindo em mais uma campanha publicitária para divulgar o Decorama Látex Premium carro chefe no segmento. A campanha é estrelada por Edson Celulari em filme para TV, outdoor, backbus, outbus, testeira de gôndola, orelhão de latão, banner, móbile e spots de Rádio, além de mídia táxi. Assinada pela MMS Comunicação, a campanha terá duração de dois meses em praças do Norte e Nordeste. outubro > > 17

18 João Alberto Gleyson Ramos Trabalho O desembargador Fausto Freitas entusiasmado com sua tarefa na assessoria especial do governador Eduardo Campos. Vai atuar na articulação entre o Executivo e o Judiciário e o Ministério Público. Vai coordenar, ao lado de Servilho Paiva, Valdemar Borges e Geraldo Júlio, a câmara técnica do Pacto pela Vida, continuando um trabalho pela segurança pública que realizou quando presidiu o Tribunal de Justiça de Pernambuco. Faturamento Quem se deram muito bem nesta eleição municipal foram os fabricantes dos minicartazes colocados nas ruas e dos plásticos para serem colocados no vidro traseiro dos carros. No começo, cada um custava R$ 150, mas com a proximidade do pleito, já se pode conseguir até por R$ 100 cada um. Gleyson Ramos Fim de ano Carmem Sofia Sampaio comemora o grande sucesso do Espaço Empresarial criado no seu Espaço Verde, em Aldeia,para eventos de empresas para até 100 pessoas, com direito a usar a estrutura do SPA. Para dezembro, o espaço já está reservado para várias confraternizações de final de ano. Programa Tornou-se programa obrigatório de todos os colunáveis pernambucanos que vão a São Paulo visitar o novíssimo Shopping Cidade Jardim, que só tem lojas de grifes sofisticadas. No setor Classe A disputa mercado com a Daslu, o Shopping Iguatemy e a Rua Oscar Freire. Hotelaria O arquiteto Zezito Goyana, que assina o projeto dos três hotéis, já trabalha na modernização do Summerville, Atlante e Mar Hotel, que será iniciada ainda este ano, com recursos do Programa de Apoio ao Turismo Regional. Lanchas A inauguração, dia 10, na sede do Cabanga, da filial da Yacht Brasil, que vai representar o Intermarine, mais famoso estaleiro brasileiro, deve trazer uma boa briga no setor de venda de lanchas, na disputa com o estaleiro pernambucano Ecomarine, há anos líder do mercado no Nordeste. Nova arcádia Celinha Batista e Patrícia Gomes, que comandam a Arcádia, desistiram de abrir uma filial da sua badalada casa de recepções na sede do Caxangá, mas continuam à procura de um local para instalar sua quarta casa de recepções, ao lado das que funcionam em Apipucos, Boa Viagem e Paço Alfândega. Ausência O TIM Festival 2008, que terá 19 atrações internacionais, mais uma vez não tem o Recife no roteiro. Eventos acontecerão, entre os dias 21 e 27 de outubro no Rio, São Paulo e Vitória. 18 > > outubro

19 Livro A coluna descobriu a razão da demora de José Paulo Cavalcanti Filho em lançar seu esperado livro sobre Fernando Pessoa, que escreve há anos. Com cuidadosa pesquisa, a obra tem 900 páginas e a Editora Record quer que tenha apenas 500. Ele está encontrando enorme dificuldade para cortar o texto. Gastronomia Meiga Von Liebig chef do restaurante Chateu Brillant, é formada em medicina, tendo exercido a atividade como anestesista. Depois, foi atraída pela gastronomia, fez vários cursos na Europa, até estabelecer seu restaurante em Olinda, agora transferido para a Capitão Rebelinho, no Pina. Cinemas A utilização de teatros para exibição de filmes começou com o Festival de Cinema do Recife, há anos ocupando o Teatro Guararapes. Agora, a Bahia segue o exemplo e promoveu festival no tradicional Teatro Castro Alves. Glicerina pura Será em novembro o lançamento do livro de memórias de Larry Rother, que foi correspondente no Brasil do The New York Times e chegou a ser expulso. Ele garante revelações bombásticas sobre sua passagem pelo nosso país. Segredo O deputado Maurício Rands confessa que para manter a forma física faz três caminhadas por semana em Brasília e utiliza uma técnica tibetana, que os amigos estão muito curiosos em conhecer. Queda Depois da perda da medalha de ouro em Pequim, o técnico Bernardinho, da seleção masculina de voleibol, viu despencar nas livrarias brasileiras a vendagem do seu livro Transformando Suor em Ouro. O QUE SE COMENTA... QUE muitos candidatos de outras cidades estão tentando a vereança no Recife. u QUE Paulo Sérgio Macedo está feliz no seu novo setor de atuação, o de restaurantes. u QUE está superando todas as expectativas a procura pela missão empresarial da Fecomércio que vai à Índia e Dubai, em novembro. u QUE a estrada ligando Porto de Galinhas a Toquinho deve ficar pronta ainda este ano. u QUE a desilusão eleitoral é pior do que a amorosa. outubro > > 19

20 Política João da Costa a um passo da Prefeitura do Recife SUCESSÃO Homem de confiança de João Paulo desde quando este era vereador, o candidato petista é o grande favorito a ganhar a eleição de outubro Por Inaldo Sampaio pouco mais de uma semana para a A realização das eleições, não se tem mais nenhuma dúvida nos meios políticos de Pernambuco de que o candidato João da Costa (PT) é o favorito absoluto para tornar-se em 5 de outubro próximo o novo prefeito do Recife. Os partidos da base governista crêem em vitória no primeiro turno, malgrado as oposições estarem convictas de que levarão a decisão para o segundo. Mas, mesmo que a decisão não se dê no primeiro, o petista continua sendo favorito para ganhar a eleição, a menos que ocorra uma débâcle no Recife tal como ocorreu no ano 2000 com Roberto Magalhães. Naquela eleição, ele liderou as intenções de voto dos recifenses até a semana anterior à data do pleito. Mas caiu na besteira de responder com uma banana a uma provocação de petistas, em Boa Viagem. E, não só deixou de ganhar no primeiro como chegou enfraquecido no segundo, perdendo a disputa para João Paulo por cerca de 5 mil votos, o que acabaria mudando radicalmente a história política de Pernambuco. Natural de Angelim, no agreste pernambucano, filho do dono de uma padaria (já falecido) e de uma doméstica, João da Costa chegou ao Recife na década de 70 como muitos outros adolescentes de sua idade: para estudar. Fez política estudantil, filiouse ao PT nos primórdios de sua fundação, tornando-se posteriormente assessor de João Paulo quando este trocou a condição de operário metalúrgico por uma cadeira na Câmara Municipal em > > outubro

Datafolha, propaganda e eleitores nos estados

Datafolha, propaganda e eleitores nos estados Datafolha, propaganda e eleitores nos estados 23 de agosto de 2010 1. Vitória de Dilma no 1º turno Bastou uma semana de horário eleitoral gratuito em rádio e televisão ao lado do presidente Lula para Dilma

Leia mais

Clipping. ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO 03 de outubro de 2011 ESTADO DE MINAS

Clipping. ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO 03 de outubro de 2011 ESTADO DE MINAS ESTADO DE MINAS 1 2 ESTADO DE MINAS 3 ESTADO DE MINAS http://www.em.com.br PSD de Kassab mira 'órfãos' do PMDB quercista O PSD obteve registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na terça-feira e corre

Leia mais

Eleições presidenciais no Brasil em 2010: o perfil dos candidatos e de suas alianças

Eleições presidenciais no Brasil em 2010: o perfil dos candidatos e de suas alianças Eleições presidenciais no Brasil em 2010: o perfil dos candidatos e de suas alianças Aline Bruno Soares Rio de Janeiro, julho de 2010. Desde seu início, o ano de 2010 tem se mostrado marcante em relação

Leia mais

As 10 coisas que todas as campanhas vitoriosas fazem

As 10 coisas que todas as campanhas vitoriosas fazem Eleições 2012 As 10 coisas que todas as campanhas vitoriosas fazem Dicas práticas para prefeito e vereador Conquiste o diploma mais importante da sua vida Faça do blog Campanhas e Mandatos sua vantagem

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL Pesquisa e Consultoria Relatório Síntese PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL RODADA 89 CNT 18 a 22 de Junho de 2007 SAS Q 06 - Lote 03 - Bloco J Rua Grão Pará, 737-4º andar Ed. Camilo Cola - 2 o andar

Leia mais

Tucano nega plano para 2014 e atribui rejeição à ideia, explorada por adversários, de que deixaria prefeitura

Tucano nega plano para 2014 e atribui rejeição à ideia, explorada por adversários, de que deixaria prefeitura Fonte: O Globo 'Ficam dizendo que vou sair de novo' Tucano nega plano para 2014 e atribui rejeição à ideia, explorada por adversários, de que deixaria prefeitura Fernanda da Escóssia, Germano Oliveira,

Leia mais

CARTILHA DO VOTO CONSCIENTE

CARTILHA DO VOTO CONSCIENTE CARTILHA DO VOTO CONSCIENTE ART. 1, 1 da Constituição Federal de 88: Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição. Voto consciente:

Leia mais

LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA

LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA (versão simples da Lei da Comunicação Social Eletrônica) CAPÍTULO 1 PARA QUE SERVE A LEI Artigo 1 - Esta lei serve para falar como vai acontecer de fato o que está escrito em alguns

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 66 Discurso na solenidade de comemoração

Leia mais

presidente Brasil Por Nízea Coelho

presidente Brasil Por Nízea Coelho a PRIMEIRA presidente do Brasil Por Nízea Coelho 1 Lula é um fenômeno no mundo Historiador, mestre e futuro doutor. Este é Leandro Pereira Gonçalves, professor de História do Centro de Ensino Superior

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral Abril 2013 TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Presidente Desembargadora Letícia De Faria Sardas Corregedor

Leia mais

SENSUS. Relatório CAMPANHA DE ESCLARECIMENTO DO TSE ELEIÇÕES 2010 FIELDS COMUNICAÇÃO TSE. 03 a 07 de Novembro de 2010

SENSUS. Relatório CAMPANHA DE ESCLARECIMENTO DO TSE ELEIÇÕES 2010 FIELDS COMUNICAÇÃO TSE. 03 a 07 de Novembro de 2010 Pesquisa e Consultoria Relatório CAMPANHA DE ESCLARECIMENTO DO TSE ELEIÇÕES 2010 FIELDS COMUNICAÇÃO TSE 03 a 07 de Novembro de 2010 Rua Grão Pará 737, 4 andar Cep 30150-341 Belo Horizonte MG Tel. 31-33042100

Leia mais

PESQUISA RELATÓRIO 1/2 PESQUISA PRESIDENTE GOVERNADOR - SENADOR CONTRATANTE DA PESQUISA: PARTIDO DA REPÚBLICA-PR MINAS GERIAS ESTADO: MINAS GERAIS

PESQUISA RELATÓRIO 1/2 PESQUISA PRESIDENTE GOVERNADOR - SENADOR CONTRATANTE DA PESQUISA: PARTIDO DA REPÚBLICA-PR MINAS GERIAS ESTADO: MINAS GERAIS PESQUISA RELATÓRIO 1/2 PESQUISA PRESIDENTE GOVERNADOR - SENADOR CONTRATANTE DA PESQUISA: PARTIDO DA REPÚBLICA-PR MINAS GERIAS ESTADO: MINAS GERAIS PERÍODO DE REALIZAÇÃO DOS TRABALHOS: 12 A 19 DE SETEMBRO

Leia mais

Pesquisa de Opinião Pública Nacional. Associação dos Magistrados Brasileiros AMB Voto, Eleições e Corrupção Eleitoral

Pesquisa de Opinião Pública Nacional. Associação dos Magistrados Brasileiros AMB Voto, Eleições e Corrupção Eleitoral Pesquisa de Opinião Pública Nacional Associação dos Magistrados Brasileiros AMB Voto, Eleições e Corrupção Eleitoral Julho de 2008 Roteiro I. Metodologia II. III. IV. Eleições e Política Corrupção eleitoral

Leia mais

Acirrada como não se via desde 1989, a campanha pelo primeiro turno

Acirrada como não se via desde 1989, a campanha pelo primeiro turno Panorama Edição 07 Sexta-feira, 3 de de 2014 Acirrada como não se via desde 1989, a campanha pelo primeiro turno das eleições presidenciais demonstrou a importância da internet e das redes sociais. Elas

Leia mais

Você pode contribuir para eleições mais justas

Você pode contribuir para eleições mais justas Procuradoria Regional Eleitoral no Estado de SP Defesa da democracia, combate à impunidade. Você pode contribuir para eleições mais justas Os cidadãos e as cidadãs podem auxiliar muito na fiscalização

Leia mais

08/06/2010. Entrevista do Presidente da República

08/06/2010. Entrevista do Presidente da República Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após visita ao banco de sangue de cordão umbilical e placentário - Rede BrasilCord Fortaleza-CE, 08 de junho de 2010

Leia mais

CANDIDATOS AO GOVERNO DO RIO GRANDE DO SUL

CANDIDATOS AO GOVERNO DO RIO GRANDE DO SUL CANDIDATOS AO GOVERNO DO RIO GRANDE DO SUL CARLOS SCHNEIDER (PMN) Vice: Maximiliano Andrade (PMN) Nome: Carlos Otavio Schneider Partido: Partido da Mobilização Nacional Tempo de horário eleitoral (estimado):

Leia mais

Empresas recuperam em contratos até 39 vezes o valor doado a políticos Seg, 30 de Março de 2015 12:52

Empresas recuperam em contratos até 39 vezes o valor doado a políticos Seg, 30 de Março de 2015 12:52 É política de boa vizinhança. Evidentemente quando você apoia um partido ou um candidato, no futuro eles vão procurar ajudá-lo, afirmou o empresário Cristiano Kok, da empreiteira Engevix, em entrevista

Leia mais

26 de Fevereiro a 03 de Março de 2008

26 de Fevereiro a 03 de Março de 2008 Pesquisa Clipping InterJornal MapaMídia 26 de Fevereiro a 03 de Março de 2008 Lista das Notícias (Positivas, Neutras e Negativas) publicadas nos principais Jornais, Revistas e Sites, citando Danilo Cabral

Leia mais

O PMDB E OS DESAFIOS DA ELEIÇÃO DE 2010

O PMDB E OS DESAFIOS DA ELEIÇÃO DE 2010 22 O PMDB E OS DESAFIOS DA ELEIÇÃO DE 2010 The Brazilian Democratic Movement Party (PMDB) and the challenges of the elections of 2010 Eliseu Padilha Deputado Federal (PMDB RS) e Presidente da Comissão

Leia mais

Gilmar Mendes perde e STF veta doação de empresas Sex, 18 de Setembro de 2015 11:13

Gilmar Mendes perde e STF veta doação de empresas Sex, 18 de Setembro de 2015 11:13 Até Maradona coraria. Teve a mão de Deus, disse o ministro Gilmar Mendes na quarta 16 ao defender seu longo pedido de vista, de um ano e cinco meses, no julgamento do Supremo Tribunal Federal que analisa

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL SECRETARIA DE GESTÃO, CONTROLE E NORMAS

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL SECRETARIA DE GESTÃO, CONTROLE E NORMAS 00170.001380/2009-94 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL SECRETARIA DE GESTÃO, CONTROLE E NORMAS OFÍCIO-Circular nº 13 /2010/SGCN/SECOM-PR Brasília, 13 de janeiro de 2010. A Sua Excelência

Leia mais

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 17, DE 2012

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 17, DE 2012 PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 17, DE 2012 Primeira sessão de discussão, em primeiro turno, da Proposta de Emenda à Constituição nº 17, de 2012, tendo como primeiro signatário o Deputado Maurício

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Discurso na cerimónia de regulamentação

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia em comemoração ao Dia Internacional da Mulher

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia em comemoração ao Dia Internacional da Mulher , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia em comemoração ao Dia Internacional da Mulher Palácio do Planalto, 12 de março de 2003 Minha cara ministra Emília Fernandes, Minha cara companheira Benedita da

Leia mais

AS RECENTES MUDANÇAS NAS VAGAS DOS LEGISLATIVOS MUNICIPAIS DO BRASIL

AS RECENTES MUDANÇAS NAS VAGAS DOS LEGISLATIVOS MUNICIPAIS DO BRASIL Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 18 a 22 de outubro, 2010 770 AS RECENTES MUDANÇAS NAS VAGAS DOS LEGISLATIVOS MUNICIPAIS DO BRASIL Tiago Valenciano Mestrando do Programa de

Leia mais

Pronunciamento à nação do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de posse Palácio do Planalto, 1º de janeiro de 2007

Pronunciamento à nação do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de posse Palácio do Planalto, 1º de janeiro de 2007 Pronunciamento à nação do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de posse Palácio do Planalto, 1º de janeiro de 2007 Meus queridos brasileiros e brasileiras, É com muita emoção

Leia mais

O QUE PODERÁ OCORRER NA ELEIÇÃO PRESIDENCIAL DE 2014?

O QUE PODERÁ OCORRER NA ELEIÇÃO PRESIDENCIAL DE 2014? 16 O QUE PODERÁ OCORRER NA ELEIÇÃO PRESIDENCIAL DE 2014? Adriano Oliveira Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) adrianopolitica@uol.com.br Resumo: Este artigo tem os objetivos de desenvolver uma análise

Leia mais

Relatório de Análise de Mídia Clipping Senado Federal e Congresso Nacional

Relatório de Análise de Mídia Clipping Senado Federal e Congresso Nacional Relatório de Análise de Mídia Clipping Senado Federal e Congresso Nacional Noticiário de fevereiro de 2013 Brasília, março de 2013 SECRETARIA DE TRANSPARÊNCIA Conteúdo 1. Análise de notícias... 3 2. Pré-sal...

Leia mais

CONSTITUINTE EXCLUSIVA E SOBERANA DO SISTEMA POLITICO

CONSTITUINTE EXCLUSIVA E SOBERANA DO SISTEMA POLITICO HQ se lga! i CONSTITUINTE EXCLUSIVA E SOBERANA DO SISTEMA POLITICO CONSTITUINTE EXCLUSIVA E SOBERANA DO SISTEMA POLITICO Defender a CONSTITUINTE é um erro! Erro, por que? A direita vai aproveitar uma Constituinte

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 11 Discurso na cerimónia de posse

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL O ELEITOR E A REFORMA POLÍTICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL O ELEITOR E A REFORMA POLÍTICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL O ELEITOR E A REFORMA POLÍTICA JUNHO DE 2007 Dados Técnicos Pesquisa Pesquisa de opinião pública nacional Universo Eleitores e potenciais eleitores brasileiros que

Leia mais

Deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP) Discurso em 28/10

Deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP) Discurso em 28/10 Diretor: José Francisco de Jesus Pantoja Pereira Gerente de Relações Institucionais: Sheila Tussi da Cunha Barbosa Analista Legislativa: Claudia Fernanda Silva Almeida Assistente Administrativa: Quênia

Leia mais

Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política

Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política No Brasil, há poucas experiências conhecidas de uso de ferramentas de monitoramento de mídias sociais em campanhas políticas. Uma delas

Leia mais

METODOLOGIA & PERFIL

METODOLOGIA & PERFIL Maio2010 JOB 100283 METODOLOGIA & PERFIL Metodologia e Amostra Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas pessoais. Objetivo Geral Levantar um conjunto de informações

Leia mais

Projeto de Lei de Iniciativa Popular para uma mídia Democrática

Projeto de Lei de Iniciativa Popular para uma mídia Democrática Projeto de Lei de Iniciativa Popular para uma mídia Democrática Comunicação é um direito de todos No Brasil, os meios de comunicação estão concentrados nas mãos de poucas empresas familiares que têm a

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 77 Discurso na cerimónia de lançamento

Leia mais

REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO N DE 2012 (Do Sr. Antonio Carlos Mendes Thame)

REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO N DE 2012 (Do Sr. Antonio Carlos Mendes Thame) REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO N DE 2012 (Do Sr. Antonio Carlos Mendes Thame) Requer ao Ministro da Educação, Senhor Aloizio Mercadante Oliva, cópia do inteiro teor do processo de autorização de funcionamento

Leia mais

Meio: Site Blog da Floresta Editoria:-- Caderno:-- Data:4/8/2015

Meio: Site Blog da Floresta Editoria:-- Caderno:-- Data:4/8/2015 Meio: Site Blog da Floresta Editoria:-- Caderno:-- Data:4/8/2015 Fecomércio AM e PMM debatem obras e mobilidade urbana para os jogos olímpicos de 2016 Meio: Site G1 Amazonas Editoria:-- Hora: 20h18 Data:4/8/2015

Leia mais

DO PROCESSO DE EMANCIPAÇÃO A PRIMEIRA ELEIÇÃO MUNICIPAL

DO PROCESSO DE EMANCIPAÇÃO A PRIMEIRA ELEIÇÃO MUNICIPAL DO PROCESSO DE EMANCIPAÇÃO A PRIMEIRA ELEIÇÃO MUNICIPAL O processo de emancipação e a primeira eleição municipal de São João da Ponta ocorreram com muitas dificuldades. Para entendermos um pouco mais como

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE CAPÃO DO LEÃO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

CÂMARA MUNICIPAL DE CAPÃO DO LEÃO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ATA DA SESSÃO ORDINÁRIA 16/2016 Aos sete dias do mês de abril de dois mil e dezesseis, às quinze horas e cinco minutos, a presidente, vereadora Nazi Medeiros, deu por aberta a presente sessão, solicitando

Leia mais

Scup e Política: vitória nas urnas pelas redes sociais

Scup e Política: vitória nas urnas pelas redes sociais Scup e Política: vitória nas urnas pelas redes sociais A campanha do prefeito de Duque de Caxias Alexandre Aguiar Cardoso, natural de Duque de Caxias, cidade da região metropolitana do Rio de Janeiro,

Leia mais

Guia de Reforma Política

Guia de Reforma Política Guia de Reforma Política Guia de Reforma Política - 2 de 13 O que os partidos querem com a Reforma Política e a proposta do Movimento Liberal Acorda Brasil O Movimento Liberal Acorda Brasil avaliou as

Leia mais

http://www.jeisael.com/ Cabo Campos elogia troca de comando na Polícia Militar

http://www.jeisael.com/ Cabo Campos elogia troca de comando na Polícia Militar ASSUNTO: SITE: EDITORIA: Cabo Campos elogia troca de comando na Polícia Militar http://www.jeisael.com/ POLÍTICA DATA: 18/01/2016 Cabo Campos elogia troca de comando na Polícia Militar O deputado estadual

Leia mais

Lutar pelo êxito do governo Dilma e reforçar o papel do PCdoB

Lutar pelo êxito do governo Dilma e reforçar o papel do PCdoB Resolução da 5ª reunião do CC - eleito no 12º Congresso Lutar pelo êxito do governo Dilma e reforçar o papel do PCdoB A maioria da nação enalteceu a eleição de Dilma Rousseff para a presidência da República

Leia mais

Luau Bom D+ Bom D+ Verão. Desafio Ciclístico

Luau Bom D+ Bom D+ Verão. Desafio Ciclístico 4 Luau Bom D+ 10 Bom D+ Verão 16 Desafio Ciclístico 22 Triathlon Bahia de Todos os Santos 28 Revezamento a Nado Farol a Farol 34 Carnaval 2013 Record Bahia O que já era bom ficou ainda melhor. A primeira

Leia mais

HISTÓRIA DO LEGISLATIVO

HISTÓRIA DO LEGISLATIVO HISTÓRIA DO LEGISLATIVO Maurício Barbosa Paranaguá Seção de Projetos Especiais Goiânia - 2015 Origem do Poder Legislativo Assinatura da Magna Carta inglesa em 1215 Considerada a primeira Constituição dos

Leia mais

35º Encontro Anual da ANPOCS GT21 - Mídia, política e eleições

35º Encontro Anual da ANPOCS GT21 - Mídia, política e eleições 35º Encontro Anual da ANPOCS GT21 - Mídia, política e eleições As pesquisas das pesquisas A opinião do eleitor sobre as pesquisas eleitorais Adriano Oliveira Professor Adjunto do Departamento de Ciência

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Lançamento da Campanha Contra a Poliomielite

Leia mais

A Conciliação. A Campanha 2015. Objetivos da Campanha

A Conciliação. A Campanha 2015. Objetivos da Campanha A Conciliação A Semana Nacional da Conciliação é uma ação institucional do CNJ que ocorre desde 2008. Essa iniciativa, já consolidada, conta com a participação de demais tribunais brasileiros e terá logomarca

Leia mais

Clipping de notícias. Recife, 29 de setembro de 2015.

Clipping de notícias. Recife, 29 de setembro de 2015. Clipping de notícias Recife, 29 de setembro de 2015. Saindo do papel O deputado Fernando Monteiro, da bancada pernambucana do PP na Câmara federal, regressou ontem de um giro pelos canais da Transposição

Leia mais

Pra que serve tudo isso?

Pra que serve tudo isso? Capítulo 1 Pra que serve tudo isso? Parabéns! Você tem em mãos a base para o início de um bom planejamento financeiro. O conhecimento para começar a ver o dinheiro de outro ponto de vista, que nunca foi

Leia mais

BARÔMETRO AMB DE CONFIANÇA A NAS INSTITUIÇÕES BRASILEIRAS JUNHO 2008

BARÔMETRO AMB DE CONFIANÇA A NAS INSTITUIÇÕES BRASILEIRAS JUNHO 2008 BARÔMETRO AMB DE CONFIANÇA A NAS INSTITUIÇÕES BRASILEIRAS JUNHO SUMÁRIO. APRESENTAÇÃO. METODOLOGIA. PRINCIPAIS RETADOS APRESENTAÇÃO O presente estudo inaugura uma iniciativa da Associação dos Magistrados

Leia mais

PERFIL DOS MEMBROS DA MESA DIRETORA DO SENADO FEDERAL 52ª LEGISLATURA 3ª SESSÃO LEGISLATIVA

PERFIL DOS MEMBROS DA MESA DIRETORA DO SENADO FEDERAL 52ª LEGISLATURA 3ª SESSÃO LEGISLATIVA Editorial PERFIL DOS MEMBROS DA MESA DIRETORA DO SENADO FEDERAL 52ª LEGISLATURA 3ª SESSÃO LEGISLATIVA fevereiro/2005 PRESIDENTE Nome Parlamentar: Renan Calheiros Partido: PMDB/AL Data de Nascimento: 16/09/1955

Leia mais

Aécio Neves link: https://www.youtube.com/watch?v=lzrwduegjjm#t=16

Aécio Neves link: https://www.youtube.com/watch?v=lzrwduegjjm#t=16 Aécio Neves link: https://www.youtube.com/watch?v=lzrwduegjjm#t=16 Muda Brasil. Agora é Aécio Locutor: Olha como o mundo dá voltas. Há 30 anos, quando o Brasil sofria uma cruel ditadura e pedia por mudanças,

Leia mais

Leia a íntegra do pronunciamento da presidente eleita Dilma Rousseff

Leia a íntegra do pronunciamento da presidente eleita Dilma Rousseff 31/10/2010 23h56 - Atualizado em 01/11/2010 11h24 Leia a íntegra do pronunciamento da presidente eleita Dilma Rousseff Em Brasília, ela fez primeiro discurso após anúncio do resultado da eleição. Ela afirmou

Leia mais

www.amb.com.br SCN Qd. 02 Bl. D Torre B Conjunto 1302 Centro Empresarial Liberty Mall CEP: 70712-903 - Brasília/DF Para a magistratura

www.amb.com.br SCN Qd. 02 Bl. D Torre B Conjunto 1302 Centro Empresarial Liberty Mall CEP: 70712-903 - Brasília/DF Para a magistratura www.amb.com.br SCN Qd. 02 Bl. D Torre B Conjunto 1302 Centro Empresarial Liberty Mall CEP: 70712-903 - Brasília/DF Pesquisa AMB Temas Prioritários Para a magistratura Pesquisa AMB Temas Prioritários Para

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE B RASILEIRA: PADRÃO DE VIDA

RETRATOS DA SOCIEDADE B RASILEIRA: PADRÃO DE VIDA 12 RETRATOS DA SOCIEDADE B RASILEIRA: PADRÃO DE VIDA N OVEMBRO/2013 12 Retratos da Sociedade Brasileira: Padrão de Vida CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI Presidente: Robson Braga de Andrade DIRETORIA

Leia mais

ACS Assessoria de Comunicação Social

ACS Assessoria de Comunicação Social O tempo e a espera Ministro fala de projetos em andamento e ações do governo para a área educacional Entrevista do ministro publicada na Revista Educação no dia 26 de maio de 2004. Tarso Genro é considerado

Leia mais

O que fazer para reformar o Senado?

O que fazer para reformar o Senado? O que fazer para reformar o Senado? Cristovam Buarque As m e d i d a s para enfrentar a crise do momento não serão suficientes sem mudanças na estrutura do Senado. Pelo menos 26 medidas seriam necessárias

Leia mais

13/01/2016 Rompimento petista com PMDB em Goiânia

13/01/2016 Rompimento petista com PMDB em Goiânia Giro 13/01/2016 06:00 Jarbas Rodrigues Jr. Cresce no PT defesa para romper a aliança com o PMDB em Goiânia A reunião de segunda feira à noite no diretório metropolitano do PT, que tratou sobre alianças

Leia mais

VI SEMINÁRIO DE DIREITO PARA JORNALISTAS - DIA 28.11.06 PERGUNTAS E RESPOSTAS

VI SEMINÁRIO DE DIREITO PARA JORNALISTAS - DIA 28.11.06 PERGUNTAS E RESPOSTAS VI SEMINÁRIO DE DIREITO PARA JORNALISTAS - DIA 28.11.06 PERGUNTAS E RESPOSTAS Perguntas e resposta feitas ao jornalisa Romário Schettino Perguntas dos participantes do 6 Seminário de Direito para Jornalistas

Leia mais

Regimento Interno da Articulação de Esquerda

Regimento Interno da Articulação de Esquerda Regimento Interno da Articulação de Esquerda A Articulação de Esquerda (AE) é uma tendência interna do Partido dos Trabalhadores. Existe para a defesa de um PT de luta, de massa, democrático, socialista

Leia mais

Dpto. Jurídico do Direito Administrativo da ANSEF/RJ

Dpto. Jurídico do Direito Administrativo da ANSEF/RJ Dpto. Jurídico do Direito Administrativo da ANSEF/RJ É bom saber... LEI Nº 12.618, DE 30 DE ABRIL DE 2012. Institui o regime de previdência complementar para os servidores públicos federais titulares de

Leia mais

Prefeito de São Bernardo do Campo: Hoje tem um show no Cedesc, às 18 horas (incompreensível).

Prefeito de São Bernardo do Campo: Hoje tem um show no Cedesc, às 18 horas (incompreensível). , Luiz Inácio Lula da Silva, durante a inauguração da República Terapêutica e do Consultório de Rua para Dependentes Químicos e outras ações relacionadas ao Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack São

Leia mais

COMISSÃO DE FISCALIZAÇÃO FINANCEIRA E CONTROLE. REQUERIMENTO N DE 2005 (do Sr. EDUARDO PAES )

COMISSÃO DE FISCALIZAÇÃO FINANCEIRA E CONTROLE. REQUERIMENTO N DE 2005 (do Sr. EDUARDO PAES ) COMISSÃO DE FISCALIZAÇÃO FINANCEIRA E CONTROLE Senhor Presidente, REQUERIMENTO N DE 2005 (do Sr. EDUARDO PAES ) Solicita seja convidada a Sra. Isabel carneiro Silva. Nos termos regimentais, requeremos

Leia mais

Presidente do TRF5 faz palestra em encontro dos advogados das União >Encontro acontece de 15 a 17 deste mês no Atlante Plaza 06/11/2006-17:00

Presidente do TRF5 faz palestra em encontro dos advogados das União >Encontro acontece de 15 a 17 deste mês no Atlante Plaza 06/11/2006-17:00 Presidente do TRF5 faz palestra em encontro dos advogados das União >Encontro acontece de 15 a 17 deste mês no Atlante Plaza 06/11/2006-17:00 O presidente do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5),

Leia mais

Histórico das constituições: direito de sufrágio

Histórico das constituições: direito de sufrágio 89 Histórico das constituições: direito de sufrágio André de Oliveira da Cruz Waldemar de Moura Bueno Neto José Carlos Galvão Goulart de Oliveira Graduandos pela Faculdade de Educação, Administração e

Leia mais

V Seminário Nacional de Juízes, Procuradores, Promotores e Advogados Eleitorais

V Seminário Nacional de Juízes, Procuradores, Promotores e Advogados Eleitorais V Seminário Nacional de Juízes, Procuradores, Promotores e Advogados Eleitorais Tema: O Novo Direito Eleitoral no Contexto da Reforma Política. Data: de 14 a 16 de maio de 2014. Local: Auditório da Filial

Leia mais

AVALIAÇÃO DO GOVERNO DESEMPENHO PESSOAL DA PRESIDENTE

AVALIAÇÃO DO GOVERNO DESEMPENHO PESSOAL DA PRESIDENTE Resultados da 128ª Pesquisa CNT/MDA Brasília, 21/07/2015 A 128ª Pesquisa CNT/MDA, realizada de 12 a 16 de julho de 2015 e divulgada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), mostra a avaliação dos

Leia mais

Assessoria de Comunicação & Marketing Assessoria de Imprensa e Divulgação

Assessoria de Comunicação & Marketing Assessoria de Imprensa e Divulgação Assessoria de Comunicação & Marketing Assessoria de Imprensa e Divulgação Monitoramento das Notícias da UNISUL Dia 29 de novembro de 2011 JORNAIS O fim da história Diário do Sul Prêmio Finep Notisul SITES

Leia mais

Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil

Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Este guia pretende nortear os Grupos Escoteiros do Brasil a desenvolverem um

Leia mais

Conselho Nacional de Controle Interno

Conselho Nacional de Controle Interno Veículo: Site Congresso em Foco Data: 13/07/2012 Editoria: Lei de Acesso Coluna: - Página: - Só 12% das prefeituras dão atenção a transparência Uma mesma pergunta foi feita às administrações de 133 cidades

Leia mais

Síntese de pesquisas de opinião sobre o Ministério Público

Síntese de pesquisas de opinião sobre o Ministério Público Síntese de pesquisas de opinião sobre o Ministério Público Fonte: TRE/Rondônia noticiado na Notícias Jus Brasil Data: 2005 A pesquisa também mostra que 53,5% dos eleitores são favoráveis à realização de

Leia mais

Todo início de ano é a mesma coisa: fazemos a

Todo início de ano é a mesma coisa: fazemos a Entre nós www.marinhodespachantes.com Novas oportunidades! de todos nossos clientes, parceiros, amigos e colaboradores em 2012 e renovar nosso contrato de amizade para 2013 Elza Aguiar Presidente Todo

Leia mais

24/04/2007. Presidência da República Secretaria de Comunicação Social Discurso do Presidente da República

24/04/2007. Presidência da República Secretaria de Comunicação Social Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de assinatura dos atos normativos do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) Palácio do Planalto, 24 de abril de 2007 Excelentíssimo senador Renan Calheiros,

Leia mais

AS ELEIÇÕES DE 2014 E SUAS IMPLICAÇÕES PARA A POLÍTICA ECONÔMICA. Abril/2013

AS ELEIÇÕES DE 2014 E SUAS IMPLICAÇÕES PARA A POLÍTICA ECONÔMICA. Abril/2013 AS ELEIÇÕES DE 2014 E SUAS IMPLICAÇÕES PARA A POLÍTICA ECONÔMICA Abril/2013 Cenário Político 2 A conjuntura política brasileira aponta uma antecipação dos debates em torno da eleição presidencial de 2014,

Leia mais

1. A comunicação é atividade institucional e deve ser regida pelo princípio da

1. A comunicação é atividade institucional e deve ser regida pelo princípio da 1 SUGESTÕES PARA UMA POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO COMITÊ DE POLÍTICAS DE COMUNICAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO (CPCOM), REUNIÃO DE 30 DE MARÇO DE 2011 Redesenhado a partir da Constituição

Leia mais

A Vedação da Propaganda Institucional no Período Eleitoral e a Lei 9.504/97

A Vedação da Propaganda Institucional no Período Eleitoral e a Lei 9.504/97 268 Série Aperfeiçoamento de Magistrados 7 Curso: 1º Seminário de Direito Eleitoral: Temas Relevantes para as Eleições de 2012 A Vedação da Propaganda Institucional no Período Eleitoral e a Lei 9.504/97

Leia mais

O MELHOR SITE DE PROMOÇÃO COMERCIAL ALAVANQUE SUAS VENDAS DIVERTINDO SEUS CLIENTES

O MELHOR SITE DE PROMOÇÃO COMERCIAL ALAVANQUE SUAS VENDAS DIVERTINDO SEUS CLIENTES O MELHOR SITE DE PROMOÇÃO COMERCIAL ALAVANQUE SUAS VENDAS DIVERTINDO SEUS CLIENTES A CAMPANHA LEILÃO DE PRÊMIOS TEM O OBJETIVO DE SER UMA FERRAMENTA INOVADORA, COM BAIXO CUSTO E DIVERTIDA COM AS SEGUINTES

Leia mais

20/10/2015 Por Jair Sampaio Pelo segundo ano consecutivo, Senac RN é uma das 150 melhores empresas para trabalhar no Brasil

20/10/2015 Por Jair Sampaio Pelo segundo ano consecutivo, Senac RN é uma das 150 melhores empresas para trabalhar no Brasil VEÍCULO: BLOG DO JAIR SAMPAIO DATA: 20.10.15 20/10/2015 Por Jair Sampaio Pelo segundo ano consecutivo, Senac RN é uma das 150 melhores empresas para trabalhar no Brasil Instituição vinculada ao Sistema

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 54 Discurso na cerimónia de inauguração

Leia mais

Regulamento para agências sediadas na Região Metropolitana do Recife

Regulamento para agências sediadas na Região Metropolitana do Recife 1. APRESENTAÇÃO O Prêmio Neurônio tem como principal objetivo contribuir para a evolução criativa do mercado publicitário do estado de Pernambuco, assim como valorizar e destacar os profissionais nele

Leia mais

Consórcio. Imobiliário. na prática. Por que o consórcio é muito mais interessante do que o financiamento? Livre-se dos Juros!

Consórcio. Imobiliário. na prática. Por que o consórcio é muito mais interessante do que o financiamento? Livre-se dos Juros! Consórcio Imobiliário na prática Por que o consórcio é muito mais interessante do que o financiamento? Livre-se dos Juros! 1 Sobre a empresa A A+ Consórcios iniciou suas atividades com o objetivo de gerir

Leia mais

OS 3 PASSOAS PARA O SUCESSO NA SEGURANÇA PATRIMONIAL

OS 3 PASSOAS PARA O SUCESSO NA SEGURANÇA PATRIMONIAL WWW.SUPERVISORPATRIMONIAL.COM.BR SUPERVISOR PATRIMONIAL ELITE 1 OS 3 PASSOS PARA O SUCESSO NA CARREIRA DA SEGURANÇA PATRIMONIAL Olá, companheiro(a) QAP TOTAL. Muito prazer, meu nome e Vinicius Balbino,

Leia mais

PROGRAMA DA CHAPA PARTIDO E GOVERNO COM O POVO PARA O PT CONTINUAR LIDERARANDO UM NOVO CICLO DE TRANSFORMAÇÕES NO BRASIL E EM GUARULHOS

PROGRAMA DA CHAPA PARTIDO E GOVERNO COM O POVO PARA O PT CONTINUAR LIDERARANDO UM NOVO CICLO DE TRANSFORMAÇÕES NO BRASIL E EM GUARULHOS PROGRAMA DA CHAPA PARTIDO E GOVERNO COM O POVO PARA O PT CONTINUAR LIDERARANDO UM NOVO CICLO DE TRANSFORMAÇÕES NO BRASIL E EM GUARULHOS "As manifestações são parte indissociável do nosso processo de ascensão

Leia mais

Dossiê sobre a Regulamentação da Profissão de Historiador

Dossiê sobre a Regulamentação da Profissão de Historiador Dossiê sobre a Regulamentação da Profissão de Historiador Como somos profissionais que lidam com a memória, é fundamental que tenhamos conhecimento da longa trajetória, uma verdadeira saga, em busca da

Leia mais

O IDEAL DA MUDANÇA E OS ATAQUES NOS SPOTS DO PRIMEIRO TURNO DAS

O IDEAL DA MUDANÇA E OS ATAQUES NOS SPOTS DO PRIMEIRO TURNO DAS O IDEAL DA MUDANÇA E OS ATAQUES NOS SPOTS DO PRIMEIRO TURNO DAS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS DE 2014 Luma Doné Miranda 1 RESUMO: Este artigo analisa as inserções na programação de televisão dos candidatos à

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 65 Discurso na solenidade do Dia

Leia mais

BALANÇO SOBRE PRIMEIRO ANO DO GOVERNO DILMA

BALANÇO SOBRE PRIMEIRO ANO DO GOVERNO DILMA BALANÇO SOBRE PRIMEIRO ANO DO GOVERNO DILMA SAÚDE Para a saúde, muitas promessas foram feitas: construção de 500 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) 24 horas, construção de cerca de 8.600 unidades básicas

Leia mais

SANÇÃO DA LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL

SANÇÃO DA LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL SANÇÃO DA LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL Brasília, 04 de maio de 2000 Muitos dos Senhores que estão aqui hoje me conhecem e podem portanto imaginar o quanto é importante e especial para mim este dia. Ver

Leia mais

Intenção de voto para presidente da República PO813749. www.datafolha.com.br

Intenção de voto para presidente da República PO813749. www.datafolha.com.br Intenção de voto para presidente da República PO813749 01 e 02/07/2014 INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE JULHO DE 2014 EM MÊS MARCADO POR COPA, DILMA RECUPERA PREFERÊNCIA DE ELEITORES Queda nos votos em

Leia mais

Documento aprovado na Conferência Estadual do Maranhão em 2011

Documento aprovado na Conferência Estadual do Maranhão em 2011 Documento aprovado na Conferência Estadual do Maranhão em 2011 Impulsionar o governo Dilma a aproveitar a janela de oportunidade aberta pela crise para fazer avançar o Projeto Nacional de Desenvolvimento

Leia mais

MANUAL DO JOVEM DEPUTADO

MANUAL DO JOVEM DEPUTADO MANUAL DO JOVEM DEPUTADO Edição 2014-2015 Este manual procura expor, de forma simplificada, as regras do programa Parlamento dos Jovens que estão detalhadas no Regimento. Se tiveres dúvidas ou quiseres

Leia mais

Senador Pedro Taques Discurso Manifestações

Senador Pedro Taques Discurso Manifestações Senador Pedro Taques Discurso Manifestações Senhor presidente, Senhoras senadoras, senhores senadores Amigos das redes sociais que também estão nas ruas Estamos em época de competição de futebol. Nosso

Leia mais

C L I P P I N G DATA: 01.06.2015

C L I P P I N G DATA: 01.06.2015 C L I P P I N G DATA: 01.06.2015 Dívidas de Agnelo serão pagas pela ordem cronológica Para atender à lei, governo reformula cronograma para quitar débitos com mais de 900 fornecedores. Um questionamento

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 106 Discurso na cerimónia de entrega

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 50 Discurso na cerimónia de lançamento

Leia mais

DIREÇÃO NACIONAL DA CUT APROVA ENCAMINHAMENTO PARA DEFESA DA PROPOSTA DE NEGOCIAÇÃO DO SALÁRIO MÍNIMO, DAS APOSENTADORIAS E DO FATOR PREVIDENCIÁRIO

DIREÇÃO NACIONAL DA CUT APROVA ENCAMINHAMENTO PARA DEFESA DA PROPOSTA DE NEGOCIAÇÃO DO SALÁRIO MÍNIMO, DAS APOSENTADORIAS E DO FATOR PREVIDENCIÁRIO DIREÇÃO NACIONAL DA CUT APROVA ENCAMINHAMENTO PARA DEFESA DA PROPOSTA DE NEGOCIAÇÃO DO SALÁRIO MÍNIMO, DAS APOSENTADORIAS E DO FATOR PREVIDENCIÁRIO A CUT e as centrais sindicais negociaram com o governo

Leia mais