CONDIÇÕES PARTICULARES PME MAX NET N.º de Cliente: BI/Cartão de Cidadão/Passaporte Data de validade NIF Telefone de contacto

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONDIÇÕES PARTICULARES PME MAX NET N.º de Cliente: BI/Cartão de Cidadão/Passaporte Data de validade NIF Telefone de contacto"

Transcrição

1 MAXN 01 Oni Telecom - Infocomunicações, S.A. - Sede: Av. Fontes Pereira de Melo, 27, Lisboa - Matriculada na C.R.C. de Lisboa, com o Número Único de Matrícula e Pessoa Coletiva Capital Social: ,00 1. DADOS DO CLIENTE Preenchimento Obrigatório Denominação social Morada de instalação do serviço Código postal NIPC - Localidade Telefone de contacto principal Nome do(s) representante(s) legal(ais) da pessoa coletiva ou equiparada CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELETRÓNICAS DA ONI CONDIÇÕES PARTICULARES PME MAX NET SFID: N.º de Cliente: BI/Cartão de Cidadão/Passaporte Data de validade NIF Telefone de contacto do representante legal - - Função/Cargo (Administrador, Gerente, Procurador, outro) Nome do(s) representante(s) legal(ais) da pessoa coletiva ou equiparada BI/Cartão de Cidadão/Passaporte Data de validade NIF Telefone de contacto do representante legal - - Função/Cargo (Administrador, Gerente, Procurador, outro) Morada de faturação (preencher este campo caso seja diferente da morada de instalação do serviço) Código postal - Localidade 2. SERVIÇOS SUBSCRITOS E DADOS DO ACESSO - Preenchimento Obrigatório Duração do contrato (em meses): 24 PME MAX NET Tipo de acesso: PME MAX NET 24/1 PME MAX NET 10/10 ADSL WS C/ SPLITTER ADSL WS S/ SPLITTER PME MAX NET 24/2 PME MAX NET 50/50 ADSL WS NAKED ADSL OLL PME MAX NET 60/6 EFM HFC PME MAX NET 100/10 FO Nó técnico SERVIÇOS OPCIONAIS Endereçamento IP Público: 1 IP Fixo Gama de 4 IPs Gama de 8 IPs, Domínio (preencher caso pretenda registar ou transferir) (a): Valor Unit./mês ( ) Registo Transferência Domínio a registar/transferir:., (a) Deverá anexar o documento de registo e transferência de domínio. 1 / 2

2 Qtd. Valor Unit./mês ( ) MAXN 01 Oni Telecom - Infocomunicações, S.A. - Sede: Av. Fontes Pereira de Melo, 27, Lisboa - Matriculada na C.R.C. de Lisboa, com o Número Único de Matrícula e Pessoa Coletiva Capital Social: ,00 Nº fax novo (ONI) Prefixo regional Prefixo nómada Nº fax do Cliente, (iniciado por 2) (iniciado por 3) (requer portabilidade) Domínio Mailbox: Basic, Advanced, Domínio Mailbox. Mail relay, OBSERVAÇÕES 3. PORTABILIDADE Números de fax a portar (separados por vírgula): A portabilidade poderá ser recusada, designadamente nos seguintes casos: titularidade/identificação não corresponde; falta de denúncia do contrato com o operador detentor. O processo só será iniciado aquando da receção de todos os documentos solicitados. Se o processo remetido à ONI não estiver conforme os requisitos legalmente exigidos, será considerado inválido. 4. DADOS PESSOAIS* (Preenchimento Obrigatório) Autoriza a utilização dos seus dados pessoais pela ONI, para ações de publicidade, marketing direto e promoção de serviços, incluindo, por exemplo, contactos por SMS, MMS e correio eletrónico? Sim Não Autoriza o tratamento pela ONI dos seus dados de tráfego (a), de consumo ou perfil (b) para a comercialização de serviços e produtos? Sim Não * Em caso de não preenchimento não haverá tratamento e ou comunicação dos dados para os fins indicados. (a) Tipos de dados de tráfego: n.º ou identificação, endereço e tipo de posto do assinante, n.º total de unidades a cobrar para o período de contagem, bem como o tipo, hora de início e duração das comunicações efetuadas ou o volume de dados transmitidos, data da comunicação ou serviço e n.º chamado; informações relativas a pagamentos, tais como pagamentos adiantados, pagamentos a prestações, cortes de ligação e avisos. (b) Tipos de dados de consumo ou perfil: telefone, internet e faxes eletrónicos. 5. FATURAÇÃO (Preenchimento Obrigatório) Formato de fatura: Em papel: Simples (a) Simples, com resumo por serviço (b) Detalhada (c) (a) Só folha de rosto. (b) Resumo dos serviços com valor total de comunicações e detalhe das mensalidades associadas. (c) Resumo dos serviços com detalhe de comunicações e das mensalidades associadas. 6. AUTORIZAÇÃO DE PAGAMENTO POR DÉBITO DIRETO (Caso pretenda pagar por débito direto em conta, preencha o documento em anexo) 7. OUTRAS CONDIÇÕES / OBSERVAÇÕES COMPLEMENTARES Nome e Função/Cargo ASSINATURA(S) DO CLIENTE (Preenchimento Obrigatório) Nome e Função/Cargo Assinatura de quem vincula o Cliente (Conforme consta no B.I., Cartão de Cidadão ou Passaporte) juntar cópia procuração ou certidão C.R.C. O Cliente declara que tomou conhecimento das Condições Particulares, Gerais e Específicas do presente Contrato de Prestação de Serviço de Comunicações Eletrónicas, às quais dá o seu acordo e declara ter recebido, nesta data, o duplicado deste Contrato. PELO OPERADOR (Preenchimento Obrigatório) Nome do Comercial DATA DE ASSINATURA / 2

3 CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELETRÓNICAS DA ONI TELECOM INFOCOMUNICAÇÕES S.A., com sede em Avenida Fontes Pereira de Melo, 27, Lisboa matriculada na Conservatória do Registo Comercial de Lisboa, com o número único de matrícula e pessoa coletiva n.º , com o capital social de ,00, adiante abreviadamente designada por ONI. 1. OBJETO E CONTEÚDO DO CONTRATO 1.1. O presente Contrato, integrado por três documentos, a saber: Condições Gerais, Condições Particulares e Específicas (doravante, abreviadamente designado por Contrato ) visam regular os termos e condições por que se rege a prestação, pela Oni Telecom Infocomunicações, SA (doravante designada por ONI), sociedade anónima com Sede Social na Av. Fontes Pereira de Melo, 27, Lisboa, com o número único de matrícula na Conservatória do Registo Comercial de Lisboa e de pessoa coletiva , com o capital social de (quatro milhões, seiscentos e oitenta mil euros), ao CLIENTE (pessoas coletivas ou equiparadas), de serviços de comunicações eletrónicas (doravante designados por Serviços), disponibilizados pela ONI no mercado empresarial O Contrato tem por objeto a prestação pela ONI de um ou mais dos seguintes serviços de comunicações eletrónicas ( Serviços ): (a) Serviço de transmissão de dados e acesso à Internet: consiste na oferta do transporte de dados de forma a permitir ao CLIENTE, através de um equipamento ligado à rede da ONI e identificado com um endereço de rede atribuído pela ONI, comunicar com outro ponto terminal ou sistema, num só sentido ou em ambos, conforme o protocolo de transmissão de dados usado, bem como eventuais recursos conexos. Integram-se nesta classe de Serviços, nomeadamente, a ligação das redes de dados do CLIENTE e da ONI, a transmissão eletrónica de dados (EDI) e o serviço de ligação à Internet ( Serviço de Dados ); (b) Serviços complementares de comunicações eletrónicas: consistem, entre outros, no aluguer, programação de equipamentos, manutenção, segurança informática, criação de páginas web, consultoria, gestão operacional de rede, bem como quaisquer outros serviços que completem a oferta comercial da ONI ( Serviços Adicionais ou Serviços Opcionais ). 1.3 Os Serviços efetivamente contratados pelo CLIENTE são os especificamente descritos nas Condições Particulares e nas Condições Específicas aplicáveis a cada produto as quais, após subscrição, passam a fazer parte integrante do contrato Salvo quando o contrário resultar das Condições Particulares e/ou Condições Específicas, os Serviços efetivamente contratados pelo CLIENTE não poderão ser sublocados, cedidos, ou por qualquer outra forma autorizados a serem utilizados por qualquer terceiro, seja a título oneroso ou gratuito, e quer seja no seu todo ou apenas em parte Caso a ONI deixe de explorar comercialmente um determinado Serviço ou altere a forma como é prestado, por imposição regulatória, contingência ou desenvolvimento tecnológico, alteração dos termos e condições da oferta de referência relevante do operador incumbente, ou por sua própria iniciativa, proporá ao CLIENTE um Serviço ou uma forma alternativa de o prestar, com características semelhantes ao Serviço originalmente contratado, não podendo o CLIENTE recusar tal proposta caso tal não implique uma diminuição na qualidade do Serviço ou um aumento do seu custo Não obstante o disposto no número anterior, caso as circunstâncias em que ONI fundou a decisão de contratar os Serviços, em particular os termos e condições da oferta de referência do operador incumbente (a Portugal Telecom), ou as condições da oferta de acesso a redes de operadores terceiros sobre as quais os serviços estejam a ser suportados, tiverem sofrido alterações significativas, poderá a ONI optar por proceder à resolução unilateral do Contrato, sem qualquer penalização associada. 2. CONTRATAÇÃO 2.1 A contratação dos Serviços pressupõe o conhecimento e aceitação prévios, por parte do CLIENTE, do Contrato O Contrato deverá ser preenchido e assinado pelo(s) representante(s) legal(ais) do CLIENTE e acompanhado de: (I) cópia de documentos de identificação dos subscritores do Contrato (Bilhete de Identidade/Cartão do Cidadão ou Passaporte/ Cartão de Contribuinte); (II) cópia da Certidão de Registo Comercial com data de emissão inferior a um ano e/ou disponibilização do código de acesso à Certidão Permanente ou do Pacto Social); (III) cópia de documentos legalmente aceite para legitimar os poderes de representação de quem assina (por exemplo: Certidão de Registo Comercial ou Procuração). Em alternativa, o CLIENTE poderá optar por substituir a entrega da documentação mencionada pelo reconhecimento das assinaturas na qualidade. 2.3 O pagamento da primeira fatura pelo CLIENTE implica a aceitação tácita do mesmo na sua totalidade (ou seja, das disposições das Condições Gerais, Condições Particulares e Condições Específicas) aplicável aos Serviços a que a fatura respeita Os Serviços solicitados pelo CLIENTE, mediante pedido válido, posteriormente ao primeiro pedido de adesão, integrarão o âmbito do Contrato, o qual se considerará, consequentemente, modificado em conformidade. 3. ATIVAÇÃO DOS SERVIÇOS E INSTALAÇÃO DE EQUIPAMENTOS 3.1. O prazo, o preço e as demais condições necessárias para a ativação dos Serviços constam das Condições Particulares e Específicas respetivas No caso de contratação presencial, a data da adesão ao Contrato corresponde à data de subscrição do mesmo pelo CLIENTE ou à data da instalação se esta for posterior, sem prejuízo de as partes poderem convencionar outra data No caso de contratação não presencial (nomeadamente venda por telefone), a data de adesão ao Contrato corresponde à data da aceitação expressa das condições contratuais aplicáveis aos Serviços contratados, sem prejuízo do disposto na Cláusula Sendo o presente Contrato dirigido ao mercado empresarial, o prazo para a instalação dos Serviços e respetiva ativação será acordado entre a ONI e o CLIENTE. Caso não tenha sido acordado nenhum prazo, o serviço será instalado/ativado num prazo máximo de 30 (trinta) dias úteis a contar da data de adesão ao serviço desde que a tecnologia de acesso não seja em fibra ótica O prazo para a instalação/ativação dos serviços no caso de acessos em fibra ótica será de 8 semanas. Porém, este prazo poderá ser ultrapassado caso seja necessário proceder a trabalhos de construção e/ou haja necessidade de proceder a licenciamentos camarários O CLIENTE é responsável pela obtenção junto de terceiros de autorizações eventualmente necessárias, nomeadamente das administrações de condomínios ou outras, para a utilização de partes comuns de prédios urbanos, não podendo a ONI ser responsabilizada pela inexistência das mesmas (suspendendo-se o prazo de ativação até que a situação seja desbloqueada pelo CLIENTE) Para efeitos do Contrato, ativação dos Serviços ( Ativação ) significará, consoante o Serviço em causa, o momento a partir do qual: (a) o CLIENTE pode utilizar os Serviços; ou (b) determinado equipamento ou software está disponível para entrar em produção ( ready for service, ou data de pronto ) Quando a prestação de Serviços implicar a instalação de equipamentos por parte da ONI, é da responsabilidade do CLIENTE assegurar, nas datas e pelos períodos de tempo que lhe forem solicitados, o acesso às instalações e as condições necessárias para a instalação, nomeadamente (quando aplicável) as autorizações necessárias para que a instalação de equipamentos tenha lugar Em caso de incumprimento dos prazos de instalação por parte da ONI, sempre que seja cobrado efetivamente um preço pela instalação, o CLIENTE poderá exigir a redução, em montante até 50%, do correspondente a esse preço, exceto no caso dos Serviços Especiais/ Complementares ou quando as Condições Particulares e Específicas dispuserem de forma diversa Se, por impossibilidade de acesso ao local de instalação que não lhe seja imputável, a ONI for impedida de instalar os equipamentos e proceder às configurações necessárias à prestação do Serviço nas datas e período de tempo previamente acordados com o CLIENTE, poderá exigir o reembolso das despesas adicionais em que tenha incorrido em consequência de recusa em fornecer o acesso A ONI pode recusar a ativação dos Serviços após a realização de análises e testes de conetividade, nomeadamente nos casos de inexistência de cobertura de rede; quando a infraestrutura de suporte não permita a prestação dos Serviços, nomeadamente devido às características técnicas; quando o CLIENTE não autorize qualquer intervenção nas redes do CLIENTE que se revele necessária ou adequada à prestação dos Serviços Caso não seja possível à ONI proceder à instalação e/ou ativação de qualquer Serviço, por motivo que não lhe seja imputável ou por impossibilidade técnica, a vinculação ao Contrato cessará após a comunicação de tal impossibilidade ao CLIENTE, não sendo devida qualquer indemnização ao mesmo por esse facto. 4. CÓDIGOS DE ACESSO 4.1. Para o acesso a determinados Serviços ou conteúdos, a ONI disponibiliza ao CLIENTE credenciais de acesso ( username e password ). Os códigos constituem os elementos de identificação do CLIENTE e, como tal, são para conhecimento e uso exclusivo do mesmo e têm caráter pessoal e intransmissível, devendo o CLIENTE assegurar e proteger em quaisquer circunstâncias a sua confidencialidade, nomeadamente não os revelando a terceiros e não operando em condições que permitam a sua descodificação ou cópia. A ONI reserva-se o direito de limitar o acesso ao Serviço ou conteúdos em simultâneo com o mesmo código de identificação e de acesso A ONI não será responsável por quaisquer perdas ou danos causados por utilizações abusivas dos códigos referidos nos números anteriores que não lhe sejam imputáveis, direta ou indiretamente, a título de dolo ou culpa grave, considerando-se realizada pelo CLIENTE a utilização do Serviço por terceiros com recurso aos códigos disponibilizados pela ONI, salvo prova em contrário. Por razões de segurança, não serão permitidos acessos em simultâneo, com o mesmo código de identificação pessoal e código de acesso. 5. EQUIPAMENTOS E LIGAÇÃO À REDE ONI 5.1. A ONI declara que apenas poderá garantir a prestação dos Serviços contratados se o CLIENTE dispuser de equipamentos de comunicações que cumpram os requisitos técnicos e legais relativos à sua avaliação de conformidade e que sejam mantidos em boas condições de funcionamento A ONI declara que a disponibilidade e qualidade da prestação dos Serviços dependem do funcionamento dos equipamentos utilizados pelo CLIENTE, o qual, por sua vez, depende da existência das condições técnicas exigidas nos respetivos manuais de utilização, disponibilizados no portal de cliente A solução adquirida poderá incluir a disponibilização, pela Oni, de Equipamento, em regime de venda ou de aluguer. Neste caso, ou seja, na modalidade de aluguer, o mesmo permanecerá propriedade da ONI, devendo o CLIENTE mantê-lo em perfeito estado de conservação, no local em que foi instalado e utilizálo de forma adequada, única e exclusivamente para os fins previstos no Contrato, abstendo-se de o ceder, disponibilizar a terceiros ou introduzir-lhe alterações A assistência e a manutenção dos equipamentos propriedade da ONI e disponibilizados ao CLIENTE em regime de aluguer são da exclusiva responsabilidade da ONI, nos termos e condições a acordar entre as partes O CLIENTE obriga-se a conservar em bom estado todo o equipamento propriedade da ONI que venha a ser colocado nas suas instalações, sendo responsável pela sua perda ou deterioração, incluindo qualquer avaria decorrente de uma irregular ou incorreta utilização, ainda que resultante da ação de terceiros O CLIENTE obriga-se a indemnizar a ONI pelos prejuízos sofridos em caso de extravio, furto ou inutilização do material e Equipamentos que seja da propriedade da ONI, bem como de danos não resultantes de utilização normal, salvo por motivo de força maior em que o risco corre por conta da ONI O CLIENTE obriga-se a permitir o acesso do pessoal devidamente identificado como estando ao serviço da ONI às instalações e aos equipamentos no que for necessário para praticar atos de reparação ou conservação No termo do contrato, quando aplicável, o CLIENTE deverá proceder à devolução do equipamento no prazo máximo de 30 dias para a morada: Bysat, Zona Industrial Vila Amélia, lote 125 E, Cabanas Quinta do Anjo, Palmela, suportando os respetivos custos de envio. Findo este prazo e sem que tenha havido devolução do Equipamento, a ONI reserva-se o direito de proceder à recolha do Equipamento nas instalações do Cliente onde o mesmo se encontre, faturando ao Cliente o valor da respetiva deslocação de acordo com o tarifário em vigor, disponível em http//pme.oni.pt, obrigando-se o Cliente a facultar-lhe o respetivo acesso de forma célere na data e hora que a Oni lhe indicar (a Oni deverá propor ao Cliente sempre 3 datas alternativas para a recolha, à escolha do Cliente). Caso o cliente se recuse a entregar ou a dar o acesso à Oni para a recolha do Equipamento, ou caso o Equipamento esteja em mau estado, a Oni reserva-se o direito de faturar ao Cliente o valor do equipamento não devolvido. A ONI suportará os custos de envio e recolha do equipamento nos casos de avaria que lhe sejam imputáveis ou avarias que resultem de defeito e a respetiva garantia esteja em vigor Qualquer extravio, furto ou desaparecimento por qualquer outra forma do Equipamento propriedade da ONI deverá ser comunicado de imediato, pelo CLIENTE, à ONI. A comunicação referida não desvincula o CLIENTE do pagamento do preço devido pela não restituição dos mesmos O CLIENTE expressamente reconhece e aceita que, em caso de aluguer ou cedência de Equipamento, a reparação de avarias pode implicar a substituição do mesmo por outro tecnicamente equivalente Sempre que, por motivo de avaria ou ordem técnica, seja necessário proceder à substituição de Equipamento a ONI não se responsabiliza pelos conteúdos que esse Equipamento possa porventura armazenar, os quais serão permanentemente eliminados A ONI não assume quaisquer responsabilidades por indisponibilidade dos Serviços, qualquer que seja a sua duração, devida a facto imputável ao CLIENTE, trabalhos de modificação da instalação ou avaria no Equipamento do qual não seja proprietário. 6. QUALIDADE, CONSERVAÇÃO MANUTENÇÃO REPARAÇÃO E CONFIGURAÇÃO DOS SERVIÇOS 6.1. Os Serviços serão prestados de forma regular e contínua, de acordo com os níveis de qualidade de serviço ( NqS ) acordados com o CLIENTE nas Condições Específicas de cada Serviço, exceto quando tal não seja possível por razões de sobrecarga imprevisível das redes ou dos sistemas em que os Serviços se suportam ou devido a situações de caso fortuito ou força maior, ou falha no fornecimento de energia elétrica em que a ONI não se obriga a assegurar níveis mínimos de qualidade A ONI compromete-se a publicar e disponibilizar, em informações comparáveis, claras, completas e atualizadas sobre a qualidade de Serviço que pratica, com observância dos parâmetros de qualidade dos Serviços a medir e o seu conteúdo, o formato e o modo de publicação das informações a definir pelo ICP-ANACOM A ONI compromete-se, não obstante o estabelecido no número 1 da presente Cláusula, a repor o Serviço indisponível por motivo que lhe seja comprovada e exclusivamente imputável nos prazos seguintes, a contar do momento da receção pela ONI da comunicação da avaria pelo CLIENTE, exceto quando seja necessário aceder às instalações do CLIENTE e ou substituir o Equipamento, caso em que o modo e tempo de resolução da avaria serão acordados entre a ONI e o CLIENTE.: TIPOS DE ACESSO EFM (OLL) e HFC ADSL OLL e ADSL Wholesale Fibra Ótica TEMPO DE REPOSIÇÃO DO SERVIÇO 12 HL tempo médio para 100% dos casos 18 HL tempo máximo para 95 % dos casos 8 HU tempo médio para 100% dos casos 28 HU tempo máximo para 95% dos casos 8 HL tempo máximo para 100 % dos casos 6.4. Atento o caráter inovador dos Serviços e às evoluções tecnológicas que os mesmos são suscetíveis de sofrer, o CLIENTE expressamente reconhece e aceita que os referidos Serviços poderão ser objeto de constantes melhorias, pelo que a ONI poderá alterar as configurações técnicas do mesmo sempre que tal se revele conveniente para adaptar os Serviços a eventuais desenvolvimentos tecnológicos As penalidades que forem aplicáveis à ONI por não cumprimento dos NqS são exclusivamente as contratadas pelo CLIENTE nas Condições Específicas de cada Serviço Exceto quando o contrário resulte expressamente da lei, a ONI não será responsável por quaisquer danos e/ou lucros cessantes sofridos pelo CLIENTE, incluindo a perda de dados resultante de atrasos, falhas ou erros na transmissão de informações, ou interrupções da prestação dos Serviços, em caso de interrupção ou degradação da qualidade, incluindo a receção ou transmissão deficiente do sinal, quando aqueles resultem de circunstâncias de caso fortuito ou de força maior, sejam imputáveis a terceiros ou ao CLIENTE. 1/5

4 6.7. A ONI não será responsável por quaisquer danos provocados pela falta ou violação das medidas especiais de segurança das bases de dados pessoais, constantes do artigo 15.º da Lei de Proteção de Dados, que, para todos os efeitos, são da responsabilidade do CLIENTE Para além das demais obrigações estabelecidas neste Contrato ou em legislação aplicável, o CLIENTE obriga-se a não utilizar os Serviços senão para fins lícitos, bem como a cumprir: (a) as normas de utilização dos Serviços que constem dos respetivos manuais ou guias de utilizador; (b) as normas de conduta que venham a ser aprovadas por qualquer entidade oficial, designadamente pelo ICP-ANACOM, relativas à utilização dos Serviços e aos dados e conteúdos a que tenha acesso; e ainda, (c) as condições ou restrições estabelecidas pelos outros operadores com os quais a ONI esteja interligada para a prestação dos Serviços contratados, desde que lhe sejam comunicadas previamente. d) as recomendações relativas à utilização dos Serviços que lhe sejam dirigidas pela ONI O CLIENTE indemnizará a ONI por todos os danos sofridos pelos seus trabalhadores ou colaboradores que ocorrerem nas suas instalações e resultem de uma ação ou omissão do CLIENTE, seus trabalhadores ou colaboradores A ONI não será responsável por quaisquer penalidades nem por danos sofridos pelo CLIENTE, que não pudessem ser evitados por uma conduta diligente, designadamente: (a) em caso de força maior, caso fortuito ou impossibilidade técnica não imputável à ONI que impeçam o acesso a locais físicos, ou às redes, sistemas e aplicações informáticas do CLIENTE; (b) em caso de recusa do CLIENTE em fornecer, quando lhe for solicitado, o acesso a locais físicos, ou às redes, sistemas e aplicações informáticas, ou em não proporcionar outras condições indispensáveis à prestação dos Serviços; e (c) no caso do CLIENTE, sem autorização da ONI, mudar a localização dos equipamentos, proceder a reparações ou alterações nas configurações ou, ainda, modificar as condições ambientais dos locais de instalação dos equipamentos; (d) por ações perpetradas por terceiros alheios à ONI, voluntárias ou não, que constituam estes terceiros na obrigação de indemnizar pelos danos produzidos No âmbito do presente contrato entende-se por caso de força maior todo o evento imprevisível e inevitável, alheio à vontade ou ao controlo das Partes, que as impeça, total ou parcialmente, definitiva ou temporariamente, de realizar os seus objetivos e de cumprir as suas obrigações. Sem que a enumeração seja limitativa, poderão revestir a natureza de força maior, o estado de guerra, declarada ou não, as rebeliões ou motins, epidemias, greves, todas as catástrofes, como incêndios, trovoadas, inundações e terramotos. 7. SUSPENSÃO DOS SERVIÇOS 7.1. A prestação de qualquer serviço de comunicações eletrónicas não pode ser suspensa sem pré-aviso adequado, salvo caso fortuito ou de força maior e sem prejuízo de futuras alterações introduzidas à legislação em vigor Sempre que seja necessário interromper a prestação de Serviços de Voz ou de Dados nomeadamente para proceder à conservação, manutenção, reparação e/ou desenvolvimento da rede, a ONI obriga-se a avisar o CLIENTE com antecedência mínima de 48 (quarenta e oito) horas, indicando as razões que levaram à suspensão, salvo em situações imprevistas, urgentes ou de força maior Se a suspensão dos Serviços referidos no número 2 da presente cláusula se prolongar por um período superior a 48 (quarenta e oito) horas, o CLIENTE poderá requerer, a título de reembolso, o crédito da quantia que, com base no valor da fatura mensal, corresponder à duração da interrupção do serviço a qual será descontada por compensação de créditos na fatura do mês subsequente àquele em que se verificou a interrupção Se o montante do reembolso devido for superior ao valor a faturar naquele mês, será este creditado a seu favor com a fatura seguinte e assim sucessivamente Se a suspensão dos Serviços referidos no número 2 da presente cláusula ocorrer por necessidade de garantir a observância das normas relativas à proteção de dados pessoais e da vida privada, bem como para evitar interferências entre sistemas de rádio comunicações ou outros sistemas de comunicações eletrónicas será comunicada ao CLIENTE, sempre que possível, com uma antecedência mínima de 24 (vinte e quatro) horas A ONI pode suspender total ou parcialmente a prestação de qualquer serviço de comunicações eletrónicas em caso de não pagamento da(s) respetiva(s) fatura(s), após pré-aviso por carta ou correio eletrónico, para os contactos disponibilizados pelo CLIENTE, com uma antecedência mínima de 20 (vinte) dias, sendo o CLIENTE advertido do motivo da suspensão e dos meios ao seu dispor para a evitar e para o restabelecimento do Serviço. A suspensão só será eficaz se o CLIENTE não tiver posto fim à situação de mora no prazo previsto na notificação e cessará na data da completa regularização dos débitos em atraso A ONI reserva-se o direito de suspender a totalidade dos Serviços incluídos na mesma fatura, nos termos dos números anteriores, ainda que o CLIENTE proceda ao pagamento parcial da fatura e obtenha a respetiva quitação, como consequência da impossibilidade técnica de dissociação dos Serviços contratados A ONI pode ainda suspender, de imediato, total ou parcialmente, o acesso a serviços específicos, ou seja, o acesso a serviços não enquadráveis no âmbito dos serviços de comunicações eletrónicas, tais como, serviços de valor acrescentado, conteúdos áudio e vídeo, serviços interativos, serviços de acesso condicionado, e outros de idêntica natureza A ONI pode ainda suspender, total ou parcialmente, a prestação de qualquer Serviço nos seguintes casos: a) utilização dos Serviços no âmbito de atividades ilícitas; violação culposa e grave das obrigações contratuais; situação de fraude; pagamento sistematicamente atrasado ou em falta; b) sempre que o CLIENTE atinja um limite de consumo estabelecido para comunicações e/ou serviços específicos Nos casos previstos no número anterior, a suspensão do Serviço será efetuada após pré-aviso adequado, salvo caso fortuito ou de força maior O acesso aos Serviços será restabelecido após a cessação do facto que deu origem à suspensão, ficando o CLIENTE sujeito ao pagamento do preço de restabelecimento/religação/reativação previsto nos tarifários em vigor. 8. CONSERVAÇÃO, REPARAÇÃO E CONFIGURAÇÃO DAS INFRAESTRUTURAS E OUTROS MATERIAIS 8.1. A ONI assegura a conservação e reparação das infraestruturas e dos materiais e Equipamentos de sua propriedade utilizados na prestação dos Serviços Sempre que, para efeitos do disposto no número anterior, seja indispensável aceder ao local de instalação, a ONI acordará com o CLIENTE a data e período de tempo em que procederá ao ato de conservação ou reparação O CLIENTE, desde que notificado da deslocação prevista e acordada, é obrigado a permitir o acesso da ONI, a fim de assegurar a conservação e reparação das infraestruturas, materiais e ou Equipamentos Sempre que se revele conveniente otimizar a experiência de navegação e melhorar as condições de conectividade ou operações de manutenção, a ONI poderá reformular remotamente as respetivas configurações técnicas A ONI não pode ser responsabilizada por danos ou mau funcionamento dos Serviços resultantes de avarias ou falta de conservação e ou reparação das infraestruturas de comunicação e Equipamento, se as intervenções destinadas à conservação e ou reparação não forem efetuadas por causa imputável ao CLIENTE, designadamente quando não for possível o acesso às suas instalações Os custos da intervenção, incluindo deslocação(ões), serão suportados pelo CLIENTE quando a avaria lhe seja direta ou indiretamente imputável, ou aos utilizadores do Serviço, e não possa considerarse consequência de uma utilização lícita, normal e diligente do Serviço e ou Equipamento. Os custos das intervenções motivadas por avarias do Equipamento que seja propriedade do CLIENTE serão sempre suportadas por este, exceto durante o período de garantia do Equipamento e desde que as intervenções realizadas estejam abrangidas pelas condições da garantia do Equipamento. 9. SERVIÇO DE ATENDIMENTO 9.1. A ONI colocará à disposição do CLIENTE um serviço de apoio a CLIENTES através do número de telefone 16500,de acordo com o tarifário em vigor e disponível: (a) nos dias úteis entre as 9:00 e as 19:00 para questões relacionadas com a utilização dos Serviços e faturação ao CLIENTE; (b) de forma permanente, 24h/365 dias, através do Suporte Operacional, para participação de avarias Cabe à ONI definir os números e endereços de acesso ao serviço de apoio ao CLIENTE, o qual poderá ser modificado em qualquer momento, comprometendo-se a ONI a informar o CLIENTE da alteração. 2/ O CLIENTE autoriza a ONI a contactá-lo, fora dos horários previstos na lei, em caso de situações relativas à gestão operacional, nomeadamente para follow-up de avarias ou outras situações de carácter urgente que o imponham O CLIENTE autoriza que a ONI possa efetuar o registo na sua base de dados dos números de telefone que venham a ser utilizados pelo CLIENTE nos contactos estabelecidos com a ONI, bem como a gravação das chamadas de acordo com o previsto e imposto por lei Quaisquer outros Serviços serão objeto de acordo das partes a considerar nas Condições Particulares/ Específicas respetivas. 10. PREÇO, FATURAÇÃO E PAGAMENTO Pela prestação dos Serviços, o CLIENTE pagará os valores definidos pelos tarifários indicados nas Condições Específicas respetivas, com as atualizações a que forem sujeitos. (a) o preço referido no número anterior está sujeito às alterações que vierem a ser introduzidas nos tarifários pela ONI, as quais serão aplicadas no mês seguinte à sua publicação; (b) sendo o produto destinado ao mercado empresarial, todos os tarifários da ONI não incluem IVA ou qualquer outro imposto ou taxa Pela prestação de Serviços adicionais solicitados em data posterior à data da adesão ao Contrato, o CLIENTE pagará o preço que estiver fixado no tarifário em vigor, na ONI, nesse momento O CLIENTE poderá obter informações atualizadas sobre o preço aplicável aos Serviços através dos contactos referidos na Cláusula A ONI obriga-se a emitir as faturas com uma periodicidade mensal, relativas aos Serviços prestados, em formato eletrónico ou em formato papel, de acordo com o pedido especificado pelo CLIENTE nas Condições Particulares O CLIENTE poderá receber a fatura simples (só folha de rosto), fatura simples com resumo por serviço (resumo dos serviços com valor total de comunicações e detalhe das mensalidades associadas), fatura detalhada (acresce o detalhe de comunicações, comparativamente à opção anterior), mediante a opção selecionada nas Condições Particulares O CLIENTE obriga-se a proceder à liquidação das faturas no prazo e de acordo com as modalidades nelas indicadas Sem prejuízo do direito de resolver o Contrato, o não pagamento pontual dos montantes faturados confere à ONI o direito de cobrar ao CLIENTE juros moratórios, calculados com base na taxa legal anual em vigor No caso de falta de pagamento dos montantes devidos, a ONI reserva-se o direito de recorrer a terceiros, legalmente habilitados, para a obtenção do pagamento desses montantes em dívida Nos casos previstos no número anterior, e para fazer face às despesas incorridas no processo de cobrança extrajudicial dos montantes devidos pelo CLIENTE, a ONI reserva-se o direito de cobrar a este uma taxa que não poderá exceder 12% do valor da dívida vencida Sem prejuízo do disposto nos números anteriores, em caso de não pagamento pontual dos montantes faturados, a ONI poderá suspender a prestação dos serviços objeto do presente Contrato, nos termos previstos na Cláusula GARANTIAS E ADIANTAMENTOS A ONI pode exigir a prestação de garantias ou seu reforço, nos termos da lei, designadamente nas seguintes situações: a) para salvaguarda do cumprimento das obrigações contratuais do CLIENTE, designadamente pagamento de preços, encargos e eventuais indemnizações, sempre que tal se mostre necessário; b) quando se verifique incumprimento, pelo CLIENTE, no âmbito do contrato ou de outros anteriormente celebrados com a ONI ou com outras empresas que oferecem redes e serviços de comunicações eletrónicas, motivado por mora no pagamento dos Serviços; c) quando os Serviços sejam prestados por um período de tempo limitado, em virtude da realização de um evento específico; O valor da garantia a que se refere a alínea b) da Cláusula anterior corresponderá a 100% (cem por cento) do valor da dívida à ONI ou a 50% (cinquenta por cento) do valor da dívida a outras empresas que oferecem redes e serviços de comunicações eletrónicas, consoante o caso O valor da garantia nos casos previstos nas alíneas a) e c) da presente Cláusula corresponderá ao valor do Equipamento e de 2 (duas) mensalidades dos Serviços em causa As garantias previstas nesta Cláusula, bem como os respetivos reforços, podem ser prestados em numerário, transferência eletrónica, garantia bancária ou seguro-caução. No prazo máximo de 30 (trinta) dias a contar da data de extinção do Serviço, a ONI restituirá ao CLIENTE o valor da garantia prestada, deduzido dos montantes eventualmente em dívida A ONI poderá, em alternativa ou cumulativamente com o disposto nas Cláusulas anteriores, definir limites de consumo genéricos ou específicos às comunicações a realizar pelo CLIENTE ou no âmbito da utilização de serviços específicos, que lhe são comunicados no momento da adesão, no decurso do contrato ou outro meio contratualmente acordado com o CLIENTE Caso o CLIENTE atinja o seu limite de consumo, a ONI reserva-se o direito de lhe exigir: a) o pagamento antecipado do valor correspondente aos consumos já efetuados; e ou b) a adesão à modalidade de pagamento por débito direto Caso o CLIENTE não adira ao débito direto, a ONI reserva-se o direito de suspender, nos termos da Cláusula 6., o acesso às comunicações ou aos serviços específicos em causa Em caso de suspensão nos termos da Cláusula anterior, o restabelecimento do acesso às comunicações ou aos serviços específicos em causa ocorre no prazo máximo de 5 (cinco) dias úteis a contar da data de pagamento integral, pelo CLIENTE, dos valores correspondentes aos consumos efetuados e ou da data adesão, pelo CLIENTE, ao débito direto. 12. UTILIZAÇÃO DE DADOS O CLIENTE deverá preencher com veracidade todos os dados de preenchimento obrigatório referidos nas Condições Particulares, e entregar os documentos solicitados, sob pena de a ONI recusar a prestação dos Serviços. O CLIENTE compromete-se a comunicar qualquer alteração dos dados; a omissão e/ou inexatidão dos mesmos são da sua inteira responsabilidade A ONI é a entidade responsável pelo tratamento dos dados pessoais indicados pelo CLIENTE nas Condições Particulares bem como daqueles que venha a obter durante a prestação de serviços objeto do presente Contrato. O tratamento dos dados pessoais indicados pelo CLIENTE nas Condições Particulares, destina-se à celebração e gestão do contrato, nomeadamente à identificação do CLIENTE, à faturação e cobrança dos serviços prestados, comunicação de alterações das condições de prestação dos serviços contratados e ao cumprimento de obrigações legais a que a ONI esteja sujeita Para efeitos de faturação ao CLIENTE, a ONI utilizará apenas os dados pessoais que sejam estritamente necessários e que incluem, entre outros: (I) identificação do CLIENTE e do seu endereço; (II) número total de unidades Serviços a faturar bem como a respetiva discriminação; e (III) data da chamada ou serviço e o número chamado. A ONI poderá comunicar os dados pessoais do CLIENTE a empresas subcontratadas para a recuperação de créditos Se nas condições particulares deste Contrato o CLIENTE autorizar e expressamente consentir no tratamento dos seus dados, a ONI, durante o período de vigência do contrato, poderá: (a) utilizar os dados pessoais referidos na presente cláusula em ações de publicidade, marketing e promoção dos serviços que oferece, por via postal, distribuição direta, telefone, telecópia e correio eletrónico; (b) transmiti-los a terceiros, desde que estes limitem o seu uso aos mesmos fins O CLIENTE terá oportunidade de autorizar a inclusão dos elementos da sua empresa em listas telefónicas e a sua divulgação através dos serviços informativos no âmbito da prestação do Serviço Universal, nas Condições Particulares; a não indicação daqueles elementos equivale a uma manifestação de vontade de não querer divulgar os elementos para o fim indicado As autorizações expressas no número anterior deixarão de produzir quaisquer efeitos se o CLIENTE manifestar expressamente a sua vontade de manter a confidencialidade dos seus dados pessoais nas Condições Particulares ou, posteriormente, por qualquer dos meios previstos no Contrato para as comunicações entre as partes Ao CLIENTE é também garantido, a todo o tempo, o direito de acesso aos ficheiros que contenham os seus dados pessoais, nomeadamente para confirmação da sua veracidade, correção, verificação da finalidade e dos destinatários a quem são comunicados. Nos amplos termos previstos na lei, o CLIENTE, a todo o tempo, poderá solicitar à ONI que os seus dados sejam excluídos dos ficheiros de dados da ONI, que estes sejam corrigidos ou lhes seja aditada informação em falta relativa ao CLIENTE Nos termos da respetiva autorização legal, a ONI ou outra sociedade que com este esteja em relação de grupo e que para o efeito esteja devidamente identificada junto da Comissão Nacional de

5 Proteção de Dados, poderá gravar comunicações realizadas para o Serviço de Apoio a Clientes Empresariais, para efeitos de monitorização da qualidade do atendimento De acordo com o disposto na lei 32/2008, a ONI compromete-se a registar e conservar os dados relativos a tráfego e localização de pessoas singulares e pessoas coletivas, bem como dos dados conexos necessários para identificar o assinante ou o utilizador registado, para a finalidade exclusiva de investigação, deteção e repressão de crimes graves por parte das autoridades competentes. 13. INSCRIÇÃO EM BASE DE DADOS PARTILHADA Em caso de incumprimento da obrigação de pagamento de faturas relativas à prestação de Serviços, a ONI informa o CLIENTE que: a) os seus dados pessoais podem ser incluídos em base de dados partilhada, criada nos termos da lei, que permite identificar os CLIENTES que não tenham satisfeito a referida obrigação; b) a inscrição dos seus dados pessoais na mencionada base de dados só é admissível no caso do valor em dívida ser igual ou superior a 20% do salário mínimo nacional; c) querendo, pode sanar o incumprimento contratual, mediante pagamento do valor em dívida através dos meios disponibilizados pela ONI ou demonstração da inexigibilidade ou inexistência da dívida, obrigando-se a ONI a notificar o CLIENTE dessa possibilidade com antecedência mínima de 5 (cinco) dias úteis em relação à data de inclusão na base de dados partilhada Ocorrendo a inclusão dos dados na base de dados partilhada, tal inclusão será comunicada ao CLIENTE no prazo de 5 (cinco) dias úteis a contar da sua efetivação No caso previsto no número anterior, a ONI garante ao CLIENTE o direito de acesso, retificação e atualização dos seus dados, bem como a sua eliminação imediata da referida base de dados, após o pagamento das dívidas em causa. 14. CONFIDENCIALIDADE As partes obrigam-se a não divulgar ou comunicar a terceiros, durante a vigência do presente Contrato e por um período de 3 (três) anos após a sua cessação, a informação revelada em documento escrito ou através de qualquer outra forma material, por uma das partes à outra, antes ou durante o período de vigência do presente Contrato, sem o prévio consentimento escrito da outra parte, desde que tal informação deva ser tida como confidencial, ou seja acompanhada de uma declaração expressa indicando a sua confidencialidade (a Informação Confidencial ). A parte a quem for revelada Informação Confidencial compromete-se a adotar todas as medidas necessárias para impedir a divulgação da Informação Confidencial pelos seus consultores, membros dos corpos sociais e trabalhadores As obrigações de confidencialidade estabelecidas na presente cláusula não serão aplicáveis a quaisquer informações em relação às quais a parte recetora puder provar: (a) ter tido conhecimento antes da respetiva receção através da parte que a revelou; (b) ter sido legalmente revelada, em momento subsequente, por um terceiro que não a tenha obtido (direta ou indiretamente) da parte que a revelou; ou (c) ser pública à data da sua receção ou que se tenha posteriormente tornado pública, sem que tal tenha resultado da violação do disposto na presente cláusula ou de qualquer obrigação de confidencialidade da parte a quem for revelada a Informação Confidencial ou de qualquer terceiro subcontratado Nenhuma das partes emitirá comunicados à imprensa ou tornará pública qualquer informação relativa às transações contempladas no presente Contrato sem o prévio consentimento da outra parte Sem prejuízo do disposto no número 3. da presente cláusula, a ONI fica autorizada a publicitar a celebração do presente Contrato, bem como a incluir a firma e o logótipo do CLIENTE em listas de referências. 15. VIGÊNCIA E TERMO DO CONTRATO Sem prejuízo dos casos específicos previstos nas Cláusulas 2.3., 3.2. e 3.3., o Contrato entra em vigor na data da respetiva assinatura e vigora pelo período mínimo inicial definido nas Condições Particulares. Se nada estiver definido nas Condições Particulares, considera-se que tal período é de 12 (doze) meses A ONI poderá, mediante acordo do CLIENTE e em caso de adesão a Serviços adicionais ou de ofertas comerciais específicas relacionadas com o Serviço, prorrogar o período mínimo inicial de vigência fixado, ou ainda sujeitar as Condições Particulares acordadas a um novo período mínimo de vigência O Contrato renova-se automaticamente, seja após o decurso do período de vigência inicial, seja após o termo do novo período mínimo de vigência acordado, por períodos sucessivos de 1 (um) mês, salvo se o Contrato for denunciado por uma das Partes nos termos dos números seguintes O período mínimo inicial ou subsequente de vigência acordado com o CLIENTE justifica-se pela existência de custos de investimento no Equipamento indispensável à prestação dos Serviços, bem como pelos custos de instalação dos Serviços e ainda de angariação, podendo o CLIENTE, a todo o momento, através do Serviço de Apoio ao Clientes Empresariais ou outro meio a indicar pela ONI, saber quando se conclui o período mínimo de vigência em curso, bem como o valor que terá de pagar a título de compensação por rescisão antecipada do Contrato Em caso de rescisão do Contrato pelo CLIENTE ou sua cessação por motivo ao mesmo imputável, ou a verificação de qualquer ato praticado pelo mesmo que, independentemente de culpa, impeça a prestação dos Serviços por parte da ONI antes de decorrido o período mínimo de vigência, inicial ou subsequente e tendo em conta que o tarifário associado a um período mínimo de vigência traz sempre associado especiais condições promocionais de preços ou descontos (por exemplo, desconto ou oferta no preço das instalações e ou ativações; desconto ou oferta do custo da portabilidade de números; desconto ou oferta de equipamentos; descontos nas mensalidades, entre outros), implica a obrigação de pagar de imediato à ONI as faturas vencidas e não pagas bem como, a título de indemnização, as condições promocionais identificadas nas Condições Particulares, e ainda a totalidade das mensalidades vincendas até ao termo do período mínimo de vigência, tendo estas por base o valor mensal do tarifário escolhido pelo CLIENTE calculada da seguinte forma: (período mínimo de vigência nº de meses em que os Serviços estiveram ativos) x (valor da mensalidade) Cada uma das Partes poderá, fora do período mínimo de vigência das Condições Gerais e Particulares, quer inicial quer subsequente, proceder à sua denúncia em qualquer momento, mediante comunicação escrita, com a antecedência mínima de 30 (trinta) dias relativamente à data pretendida para a cessação da sua vigência. O pedido de denúncia deverá ser efetuado por escrito, devidamente assinado por pessoa com poderes para o ato, acompanhado de cópia do documento de identificação das pessoas que representem o titular do contrato e de documento que demonstre a capacidade de representação, salvo utilização de sistemas de validação de utilizador, se aplicável, e apenas se for possível à ONI confirmar com segurança a identidade do titular do contrato O CLIENTE reconhece e aceita que em caso de pedido de alteração da morada de instalação dos serviços contratados, esta alteração só pode ocorrer quando a nova morada estiver inserida em área geográfica coberta pela rede da ONI e que, não estando a nova morada de instalação abrangida pela rede da ONI, há uma impossibilidade técnica para se proceder à transferência. 16. ALTERAÇÃO DAS CONDIÇÕES CONTRATUAIS E CESSAÇÃO DA OFERTA A ONI poderá alterar as presentes Condições Gerais, bem como as Condições Particulares e Específicas aplicáveis a cada Serviço No caso previsto no número anterior desta Cláusula, o CLIENTE será notificado, por correio eletrónico, fax ou, sempre que este meio se revele adequado à transmissão de todo o conteúdo da comunicação, inserção da informação na respetiva fatura de Serviço, ou correio postal, com a antecedência mínima de 1 (um) mês sobre a data de entrada em vigor das novas condições contratuais. Caso o CLIENTE discorde, dispõe de um prazo de 15 (quinze) dias para, por escrito, rescindir a relação contratual em causa, sem qualquer penalidade associada, entendendo-se, no caso contrário, que aceita a alteração. A referida rescisão produzirá efeitos à data da entrada em vigor das alterações contratuais Sempre que uma alteração contratual constitua uma vantagem objetiva para o CLIENTE não é aplicável o disposto no número anterior. A alteração do preço do Serviço que não implique um agravamento do mesmo não constitui uma alteração contratual, para efeitos do disposto nos números anteriores. 17. RESOLUÇÃO Em caso de incumprimento definitivo das obrigações contratuais, qualquer das partes pode proceder à resolução do contrato, após pré-aviso adequado de 30 (trinta) dias, sem prejuízo da indemnização a que o referido incumprimento possa dar lugar. O pedido de resolução deverá ser efetuado por escrito, devidamente assinado por representantes legais do titular do contrato com poderes suficientes para o ato, acompanhado de cópia dos respetivos documentos de identificação e de documento que demonstre a capacidade de representação, salvo utilização de sistemas de validação de utilizador, se aplicável, e apenas se for possível à ONI confirmar com segurança a identidade do titular do Contrato. 3/ Sem prejuízo do disposto no número anterior, a ONI poderá resolver o Contrato mediante notificação ao CLIENTE com antecedência de mínima de 10 (dez) dias se este:(a) indicar dados ou apresentar documentos falsos ou incompletos que lhe tenham sido solicitados para a celebração do Contrato ou necessários para a prestação de qualquer Serviço nos termos das Condições Particulares; (b) não cumprir, nos prazos indicados, as obrigações e requisitos indicados nas Condições Particulares, designadamente no que diz respeito às condições necessárias para a instalação ou ativação dos Serviços; (c) utilizar os Serviços e meios disponibilizados pela ONI com um fim diferente daquele que foi previsto aquando da sua contratação, de tal forma que possa colocar em risco a prestação de Serviços a outros CLIENTES; (d) não efetuar o pagamento da sua prestação no prazo de 20 (vinte) dias após a data fixada como data limite para pagamento, ou se o meio de pagamento utilizado for recusado pela instituição bancária respetiva; (e) entrar em liquidação (com exceção das situações de fusão no âmbito das quais a sociedade incorporante ou a nova sociedade se vincule ou assuma as obrigações emergentes do Contrato para tal parte); (f) tiver a totalidade ou de uma parte substancial dos ativos penhorados por ordem judicial; (g) for sujeito de uma ação de insolvência ou de recuperação de empresa ou celebre acordo de credores; ou (h) cessar ou ameaçar cessar a sua atividade Sem prejuízo do disposto nos números 1 e 2 da presente cláusula, a ONI poderá recusar, suspender ou limitar de imediato a prestação de um ou mais Serviços em qualquer dos casos aí mencionados Em caso de mora do CLIENTE, a ONI reserva o direito de recusar qualquer pedido de Novos Serviços ou a encomenda de Serviços Adicionais A caducidade, denúncia ou resolução do Contrato não extinguem: (a) as obrigações relativas a dados pessoais assumidas pela ONI e de confidencialidade assumidas pelas partes; (b) os deveres de permissão de acesso e desmontagem de equipamentos, instalados para a prestação dos Serviços; (c) os deveres e limitações impostas como condições de utilização de programas de computador. 18. NOTIFICAÇÕES E CITAÇÕES JUDICIAIS Todas as notificações da ONI ao CLIENTE poderão ser efetuadas por qualquer meio ou contacto facultado por este à ONI, tais como, endereço postal, endereço de correio eletrónico, fax ou SMS (sempre que este meio se revele adequado à transmissão de todo o conteúdo da comunicação) e através da inserção de informação na própria fatura, para os contactos disponibilizados pelo CLIENTE à ONI e, complementarmente e quando aplicável, através do Equipamento utilizado pelo CLIENTE As citações e notificações judiciais ao CLIENTE, bem como o envio de faturas, serão realizadas para o domicílio convencionado, para o efeito, nas Condições Particulares O CLIENTE obriga-se a comunicar à ONI, por escrito, qualquer alteração de morada e do domicílio mencionado no número anterior, no prazo máximo de 15 (quinze) dias, sob pena de o CLIENTE se considerar citado ou notificado no endereço inicialmente convencionado As notificações do CLIENTE à ONI poderão ser efetuadas utilizando os contactos disponíveis em ou através do endereço eletrónico 19. RESOLUÇÃO DE LITÍGIOS Sem prejuízo do recurso aos tribunais judiciais ou arbitrais o CLIENTE pode reclamar junto da ONI de atos e omissões que violem as disposições legais aplicáveis à prestação do Serviço, para os contactos referidos na cláusula anterior, nomeadamente através de carta enviada para a sede social da ONI, ou para o endereço eletrónico A reclamação a apresentar pelo CLIENTE deverá ser apresentada no prazo máximo de 30 (trinta) dias, contados a partir do conhecimento dos factos pelo CLIENTE, sendo registada nos sistemas de informação da ONI que deverá decidir a reclamação e notificar o interessado no prazo máximo de 30 (trinta) dias a contar da data da sua receção. 20. DISPOSIÇÕES FINAIS As disposições das Condições Particulares prevalecerão sobre as Condições Específicas e estas sobre as Condições Gerais o mesmo se aplicando na relação entre as normas das Condições Particulares e os seus anexos. 21. DEPÓSITO Nos termos legais, as Condições Gerais, Condições Particulares e Específicas de Prestação de Serviços de Comunicações Eletrónicas foram depositadas junto do ICP-ANACOM - Autoridade Nacional de Comunicações e da Direção-Geral do Consumidor. CONDIÇÕES ESPECÍFICAS DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET 1. OBJETO E DESCRIÇÃO 1.1. As presentes Condições Específicas, e as Condições Particulares visam regular os termos e as condições por que se regerá a prestação, pela ONI ao CLIENTE, do serviço de acesso à internet em banda larga, o qual inclui, nomeadamente, a disponibilização de serviços de correio eletrónico ( Serviço ) As velocidades de acesso associadas ao Serviço de Internet disponíveis para consulta em correspondem à capacidade máxima atingível nas transferências de informação (downstream e upstream) e não a velocidades garantidas O CLIENTE poderá ainda aderir a Serviços adicionais que a ONI tiver disponíveis no seu portfolio, mediante a aceitação das condições particulares em vigor no momento Em tudo o que não se encontrar previsto nas Condições Particulares ou nas presentes Condições Específicas, aplicar-se-á o disposto nas Condições Gerais de Prestação de Serviços de Comunicações Eletrónicas da ONI ( Condições Gerais ). 2. UTILIZAÇÃO E SEGURANÇA DO SERVIÇO 2.1. O CLIENTE reconhece que determinados conteúdos transmitidos pela rede de internet poderão ser de natureza criminal ou ilícita e que por esse motivo poderá vir a ser-lhe imputada responsabilidade criminal ou civil, em Portugal ou noutros países, por aceder aos referidos conteúdos, ficando o CLIENTE obrigado a indemnizar a ONI caso este venha a ser processado judicial ou administrativamente por qualquer utilização proibida da rede de internet efetuada pelo CLIENTE O CLIENTE reconhece que todos os Serviços obtidos através da Internet são da sua inteira responsabilidade, bem como os respetivos custos, reconhecendo ainda que executa este Contrato em representação de todas as pessoas que utilizam o Serviço através da sua ligação de acesso. REGRAS DE UTILIZAÇÃO DO SERVIÇO DE INTERNET A. SEGURANÇA DE REDE E SISTEMAS 1. Não é permitido ao CLIENTE a violação (ou tentativa de violação) de qualquer sistema de autenticação ou segurança que proteja contas de acesso, servidores, Serviços ou redes. Nos casos de violação incluem-se, nomeadamente: (a) acessos não autorizados a dados alheios (quebra de privacidade); (b) pesquisa não autorizada de vulnerabilidades em servidores, Serviços ou redes, nomeadamente fazer deteção sistemática de resposta a serviços (Scan); (c) entrada ou tentativa de entrada em máquinas sem autorização expressa dos responsáveis (Break In). 2. Não é permitido ao CLIENTE interferir intencionalmente no bom funcionamento de servidores, Serviços ou redes. Nestes casos incluem-se, nomeadamente: (a) ações de sobrecarga, combinadas ou não com exploração de vulnerabilidades de sistemas, que visem sabotarem o funcionamento de Serviços (DenialofService); (b) envio em massa de pacotes (Flooding); (c) qualquer tipo de tentativas de entravar ou perturbar servidores, Serviços ou redes. 3. Não é permitida a interceção de dados em qualquer rede ou servidor sem autorização expressa dos legítimos proprietários. 4. Não é permitido falsificar (introduzir, modificar, suprimir ou apagar, no todo ou em parte) dados, após a sua produção, com intenção de iludir e induzir em erro os recetores desses dados. Nos casos de falsificação incluem-se, sem se limitarem a isso: (a) alteração de endereços IP (IP Spoofing); (b) alteração da identificação de mensagens de correio eletrónico.

6 5. Ao CLIENTE não é permitido utilizar computadores remotos como proxies para fins de encaminhamento de tráfego. B. SEGURANÇA DE SERVIÇOS 1. Correio Eletrónico 1.1. A utilização abusiva do correio eletrónico pode causar transtornos e prejuízos aos restantes utilizadores da rede, quer diretamente, quer indiretamente, ao pôr em causa o normal funcionamento dos sistemas de suporte ao Serviço. Assim sendo, não é permitido: (a) o envio de mensagens de correio eletrónico a quem tenha (expressamente) declarado não as desejar receber; (b) a difusão de uma mensagem ou de mensagens de teor igual ou idêntico para um número total de destinatários superior a 50, exceto em situações especiais devidamente reconhecidas como tal pela ONI; (c) o envio de mensagens de dimensão superior a 5 MB, sem o acordo dos respetivos destinatários; (d) a utilização de outros servidores de correio eletrónico que não os disponibilizados pela ONI para esse efeito, sem autorização (expressa) dos respetivos responsáveis. 2. SPAM 2.1. Não é permitido o envio indiscriminado e não solicitado de mensagens de natureza publicitária ou para fins de marketing direto (SPAM) para pessoas singulares sem o seu consentimento prévio e expresso O CLIENTE reconhece e compreende que não pode usar o Serviço para envio indiscriminado de mensagens para newsgroups Não é permitido: (a) o envio de mensagens para newsgroups que não respeitem o tema específico ou que viole as regras definidas por cada newsgroup; (b) o envio repetido, sistemático e periódico de mensagens para o mesmo ou para vários newsgroups, em simultâneo ou não; (c) o envio de mensagens não solicitadas para um ou mais destinatários, sistematizados, indiscriminados ou selecionados, que não tenham previamente e por escrito autorizado ou solicitado a receção dessas mensagens; (d) usar o endereço de outrem para a realização de SPAM, mas usar um endereço de businessmail.pt para receber eventuais respostas; (e) disponibilizar, transmitir, enviar qualquer conteúdo não solicitado ou não autorizado, nomeadamente, material promocional, "junkmail", "SPAM", "chainletters", "pyramid- schemes" ou qualquer outra forma de solicitação ao recetor de tais conteúdos. C. DIREITOS DE PROPRIEDADE INTELECTUAL 1. O CLIENTE expressamente reconhece e aceita que os textos, software, música, som, fotografias, vídeo, gráficos ou qualquer outro material a que o CLIENTE tenha acesso através do Serviço são protegidos nacional e internacionalmente pelas disposições aplicáveis em matéria de direitos de autor e de propriedade industrial, pelo que qualquer utilização desses materiais só poderá ocorrer ao abrigo de autorização expressa dos respetivos titulares. D. POLÍTICA DE UTILIZAÇÃO RESPONSÁVEL A contratação do serviço, pressupõe um nível de utilização responsável para que seja possível garantir uma elevada qualidade na prestação do serviço à generalidade dos CLIENTES da ONI. Assim, em circunstâncias excecionais, para evitar que seja esgotada a capacidade de segmento de rede poderão ser adotados procedimentos de condicionamento do tráfego, nos termos aqui definidos. Estas medidas terão um carácter eventual e cessarão logo que termine a situação que as determinou. 1. Para garantir uma elevada qualidade do Serviço a todos os CLIENTES, em casos excecionais quando a ONI verifique a ocorrência de situações suscetíveis de ter impacto negativo ao nível da qualidade dos Serviços prestados sobre a rede poderá: i) reduzir a velocidade de acesso, ii) proceder à suspensão do Serviço com fundamento em violação grave e culposa das condições contratuais nos termos previstos nas Condições Gerais ou iii) faturar consumos que excedam, mensalmente, o limite previsto no respetivo tarifário, se aplicável 2. As velocidades de Internet associadas a cada tarifário são as velocidades máximas para utilização pelo CLIENTE, de acordo com as características do Serviço. As velocidades de download e de upload poderão variar em função do tipo de ligação utilizada, configuração do computador, aplicações que em cada momento o CLIENTE execute, congestionamento de tráfego na rede Internet, bem como do desempenho e da velocidade de acesso dos servidores onde estão alojados os sítios e conteúdos a que o CLIENTE pretenda aceder. CONDIÇÕES ESPECÍFICAS DE PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS PME MAX NET 1. CELEBRAÇÃO DO CONTRATO 1.1. O serviço PME MAX NET pressupõe o conhecimento e aceitação por parte do CLIENTE do Contrato formado pelos seguintes documentos: (a) Condições Gerais; (b) Condições Particulares; (c) Condições Específicas do serviço PME MAX NET e tarifário em vigor na data da subscrição do Contrato O serviço PME MAX NET consiste na disponibilização pela ONI do serviço de comunicações de dados/internet; 1.3. As características do Serviço e os valores aplicáveis à solução a prestar pela ONI, bem como o preçário e todas as suas características, serão atualizadas para consulta prévia do CLIENTE, em ou através do número Linha de Apoio a Clientes PME, disponível no dias úteis das 9:00h às 19:00h (chamada gratuita a partir da rede fixa e de 0,30 a partir da rede móvel; taxação ao segundo após o 1 minuto; valor com IVA incluído à taxa legal em vigor) Está impedida a realização de comunicações através de routers ou de qualquer outro suporte físico complementar que mediante software ou hardware permita o redireccionamento ou o levantamento da linha telefónica A ONI reserva-se o direito de tomar medidas adequadas (incluindo barramento de tráfego), sempre que detete situações anómalas na rede. 2. PME MAX NET OPCIONAIS As características dos seguintes serviços, encontram-se descritas em ou através do número Linha de Apoio a Clientes PME, disponível no dias úteis das 9:00h às 19:00h (chamada gratuita a partir da rede fixa e de 0,30 a partir da rede móvel; taxação ao segundo após o 1 minuto; valor com IVA incluído à taxa legal em vigor) SERVIÇO DE Após a ativação do serviço o CLIENTE poderá proceder ao envio e receção de faxes em formato eletrónico, para números nacionais e internacionais, através de específico ou do portal de WebFax (http://fax.oni.pt) de forma simples e rápida. Este serviço pressupõe uma ligação internet ativa O Serviço PME MAX NET inclui 1 (um) associado a um número de telefone O serviço será faturado de acordo com o tarifário em vigor, disponível em SERVIÇO DE REGISTO OU TRANSFERÊNCIA DE DOMÍNIO O registo de domínio confere às organizações uma imagem profissional e, em simultâneo, identifica todos os utilizadores que a representam, quer pela presença online, quer pelos endereços de corporativos O Serviço PME MAX NET inclui a possibilidade do CLIENTE registar ou transferir um domínio SERVIÇO DE MAIL RELAY A solução de Mail Relay da Oni assegura às empresas com servidor de próprio, um elevado nível disponibilidade, fiabilidade e segurança, sem necessidade de investir em sistemas de redundância dispendiosos Este Relay é aplicável ao tráfego de inbound e pode ser implementado nas variantes primário ou secundário SERVIÇO DE MAILBOXES Após a ativação do serviço de Mailboxes, é disponibilizada uma plataforma de que possibilita ao CLIENTE o envio e receção de via webmail, assim como a configuração de Mailboxes, de forma simples e rápida. Este serviço pressupõe uma ligação internet ativa Este serviço implica a aceitação, pelo CLIENTE, das regras de utilização seguintes: (a) é proibido o envio de correio eletrónico para fins de marketing direto, ocultando ou dissimulando a identidade da pessoa em nome de quem é efetuada a comunicação; 4/5 (b) cada comunicação não solicitada deve indicar um endereço e um meio técnico eletrónico, de fácil identificação e utilização, que permita ao destinatário do serviço recusar futuras comunicações; (c) às entidades que promovam o envio de comunicações publicitárias não solicitadas cuja receção seja independente da intervenção do destinatário cabe manter, por si ou por organismos que as representem, uma lista atualizada de pessoas que manifestaram o desejo de não receber aquele tipo de comunicações; (d) é proibido o envio de comunicações publicitárias por via eletrónica às pessoas constantes das listas prescritas no número anterior. 3. ADESÃO A SERVIÇOS OPCIONAIS 3.1. Sempre que o CLIENTE pretenda solicitar à ONI a prestação de Serviços em quantidades superiores às contratadas em determinado momento ( Serviços Opcionais ), bem como a prestação de Serviços que não tenham sido incluídos nas Condições Particulares na data da assinatura ( Aditivos ) observar-se-á o disposto na presente Cláusula A encomenda de Serviços Opcionais efetuar-se-á de acordo com o seguinte: (a) o procedimento de encomenda de Serviços Opcionais iniciar-se-á através do número Linha de Apoio a Clientes PME, disponível no dias úteis das 9:00h às 19:00h (chamada gratuita a partir da rede fixa e de 0,30 a partir da rede móvel; taxação ao segundo após o 1 minuto; valor com IVA incluído à taxa legal em vigor), através do envio de um para o endereço ou através do gestor comercial ou parceiro de negócio da ONI, devidamente credenciado/identificado; (b) o pedido especificará quais os Serviços Opcionais pretendidos e respetiva quantidade, considerando as Condições Particulares do Serviço; (c) a ONI enviará um para o endereço válido indicado pelo CLIENTE nas Condições Particulares do Contrato, com as condições comerciais neste descritas, assim como data prevista de instalação (caso implique a instalação de equipamentos) e/ou ativação; (d) a ONI aceita o pedido quando o enviado no ponto anterior for respondido e aceite pelo CLIENTE; (e) uma vez aceite, o pedido passará a fazer parte integrante, como anexo, das Condições Particulares respetivas Para informação sobre os serviços opcionais, disponíveis a cada momento, O Cliente pode, consultar ou contatar o número Linha de Apoio a Clientes PME, disponível no dias úteis das 9:00h às 19:00h (chamada gratuita a partir da rede fixa e de 0,30 a partir da rede móvel; taxação ao segundo após o 1 minuto; valor com IVA incluído à taxa legal em vigor). 4. VIGÊNCIA E TERMO DO CONTRATO PME MAX NET 4.1. Em caso de rescisão do Contrato pelo CLIENTE dos Serviços PME MAX NET ou sua cessação por motivo ao mesmo imputável, ou a verificação de qualquer ato praticado pelo mesmo que, independentemente de culpa, impeça a prestação dos Serviços por parte da ONI antes de decorrido o período mínimo de vigência, inicial ou subsequente e tendo em conta que o tarifário associado a um período mínimo de vigência traz sempre associado especiais condições promocionais de preços ou descontos (por exemplo, desconto ou oferta no preço das instalações e ou ativações; desconto ou oferta do custo da portabilidade de números; desconto ou oferta de equipamentos; descontos nas mensalidades, entre outros), implica a obrigação de pagar de imediato à ONI as faturas vencidas e não pagas bem como, a título de indemnização, as condições promocionais identificadas nas Condições Particulares, e ainda a totalidade das mensalidades vincendas até ao termo do período mínimo de vigência, tendo estas por base o valor mensal do tarifário escolhido pelo CLIENTE calculada da seguinte forma: (período mínimo de vigência nº de meses em que os Serviços estiveram ativos) x (valor da mensalidade). (a) São devidas mensalidades vincendas dos Serviços PME MAX NET mediante o período contratual previsto nas Condições Particulares. (b) Os Serviços de Mailbox, Mail Relay e Registo/transferência de domínio e Gestão DNS têm uma fidelização associada de 12 meses. Sempre que não seja atingido o período contratual mínimo de 12 meses, independentemente do período de fidelização associado ao PME MAX NET são devidas mensalidades vincendas O CLIENTE poderá solicitar a desativação do Serviços de por motivos de portabilidade do número para outro operador, mediante pedido de desativação endereçado à ONI e entregue ao prestador recetor do número. À cessação da prestação dos Serviços é igualmente aplicável o disposto nas Condições Gerais Os serviços de portabilidade serão prestados em conformidade com a regulamentação aprovada pelo ICP-ANACOM As restantes condições aplicáveis estão disponíveis na Cláusula 15 das Condições Gerais. 5. CREDENCIAIS DE ACESSO A SERVIÇOS 5.1. As credenciais de acesso necessárias à utilização e configuração de alguns dos Serviços incluídos na, serão entregues ao CLIENTE no momento de instalação Para o acesso a determinados Serviços, a ONI disponibiliza ao CLIENTE Username e Password, que se constituem como elementos de identificação do CLIENTE e, como tal, são para conhecimento e uso exclusivo do mesmo e têm caráter pessoal e intransmissível, devendo o CLIENTE assegurar e proteger em quaisquer circunstâncias a sua confidencialidade, nomeadamente não os revelando a terceiros e não operando em condições que permitam a sua descodificação ou cópia. 5.3 A ONI não será responsável por quaisquer perdas ou danos causados por utilizações abusivas dos códigos referidos no número anterior que não lhe sejam imputáveis, direta ou indiretamente, a título de dolo ou culpa grave, considerando-se realizada pelo CLIENTE a utilização do Serviço por terceiros com recurso aos códigos disponibilizados pela ONI, salvo prova em contrário. Por razões de segurança, não serão permitidos acessos em simultâneo, com as mesmas credenciais de acesso O CLIENTE deverá comunicar imediatamente à ONI a perda ou extravio de Passwords ou outros códigos secretos, através do número Linha de Apoio a Clientes PME, disponível no dias úteis das 9:00h às 19:00h (chamada gratuita a partir da rede fixa e de 0,30 a partir da rede móvel; taxação ao segundo após o 1 minuto; valor com IVA incluído à taxa legal em vigor). O CLIENTE obriga-se, ainda, a comunicar de imediato à ONI todo e qualquer acesso a produtos e serviços que não tenham sido objeto de um pedido de adesão para o efeito. As ações do CLIENTE, ou de terceiros que atuem com o seu consentimento, destinadas a possibilitar o acesso a produtos e serviços não solicitados à ONI são puníveis nos termos da Lei, e, consequentemente, conferem à ONI o direito de acionar os mecanismos legais para fazer valer os seus direitos, como seja a comunicação de tais factos às autoridades judiciais competentes e o direito de ser indemnizada pelos danos decorrentes das referidas ações. 6. CONDIÇÕES DE FORNECIMENTO DO ACESSO LOCAL EM ADSL 6.1. A disponibilização do serviço poderá ser condicionada pela dependência da infraestrutura de suporte, das interferências e do ruído eletromagnético, pelo que os valores anunciados são os máximos atingíveis nas melhores condições técnicas. A disponibilização do serviço poderá igualmente ser afetada, se a distância das instalações do CLIENTE à central local na área de cobertura do serviço for demasiado elevada. 6.2 Para as situações em que não é viável a instalação do serviço ADSL por inexistência de condições técnicas ou incompatibilidade de serviços, será necessário encontrar uma solução alternativa qual poderá passar pelo fornecimento do acesso local em HFC de terceiros, sempre que disponível na zona A ONI reserva-se o direito de cessar o serviço num Acesso Local, caso se venha a constatar uma degradação do serviço, após a ativação, causada por alterações dos níveis de interferências e ruído eletromagnético que impeçam a continuidade da disponibilização da oferta O suporte de ADSL é incompatível com os seguintes serviços: (a) Acessos primários RDIS; (b) Postos públicos de SFT; (c) Fiscalizador de 12 KHz; (d) Data over Voice (DOV); (e) Sistemas de alarmes; (f) Outros serviços xdsl existentes. 7. OUTRAS CONDIÇÕES A ASSEGURAR PELO CLIENTE 7.1 A entrega e subsequente prestação de serviços contratados pressupõem a existência de condições adequadas à exploração dos equipamentos e serviços, garantindo a obtenção do nível de qualidade proposto, minimizando ainda a ocorrência de erros de operação. 7.2 As condições ambientais, de alimentação e de infraestruturas são essenciais para a fiabilidade e performance dos equipamentos e serviços. A não observância das condições especificadas poderá motivar uma menor performance e fiabilidade dos equipamentos e serviços contratados, limitando, desta forma, a responsabilidade da ONI relativamente aos níveis de serviço acordados. Pode ainda originar um

7 aumento dos custos de suporte e a eventual necessidade de proceder à substituição prematura de equipamentos com repercussão dos custos no CLIENTE. 7.3 Para o sucesso do processo de instalação e colocação em serviço de novas soluções é fundamental a preparação da sua integração com a realidade previamente existente, pelo que torna-se necessária a obtenção antecipada dos parâmetros, aplicações, sistemas e informação associada. 7.4 Nesta conformidade, o CLIENTE deverá garantir o envolvimento a seguir descrito. À data de adjudicação deverá ser fornecida pelo CLIENTE a seguinte informação: (a) Relação dos Locais, incluindo, Nome do Local, Morada, Código Postal, Localidade, Pessoa de Contato e respetivos contactos (telefone, telemóvel, fax e ); (b) Endereçamento IP de Rede Local (LAN) por site (caso exista); (c) Plano de Numeração Telefónica por site e global (caso exista). 7.5 À data de inicio das instalações de acessos e/ou equipamentos deverão estar garantidas pelo CLIENTE as seguintes condições principais, a manter durante o período de exploração: Deverão estar garantidas previamente pelo CLIENTE todas as condições necessárias à instalação dos equipamentos e serviços contratados nomeadamente (e conforme se aplique): (a) Obras de construção e ou adaptação concluídas, ou pelo menos com as infraestruturas de telecomunicações concluídas e certificadas (ITED), especial atenção para os seguintes aspetos: (I) O encaminhamento de circuitos entre o Armário de Telecomunicações de Edifício (ATE) e a Rede individual de cabos e a sua correta documentação no cadastro de infraestrutura ITED do edifício, terminando no local previsto para a instalação dos equipamentos; (II) Os encaminhamentos de cabos devem estar terminados com a antecedência necessária para a intervenção das equipas de instalação (como referência, na primeira semana após adjudicação); (III) Garantir o acesso por parte dos técnicos credenciados pela ONI às infraestruturas ITED. (b) Disponibilização de espaços apropriados à instalação dos equipamentos (bastidores ou armários específicos), com alimentação elétrica apropriada (recomenda-se a opção assistida por UPS) e protegida por disjuntor(es); Para efeitos de referência, a alimentação DC ou AC deverá cumprir os níveis de tensão e tolerâncias de flutuação e de transitórios definidos nas normas europeias ETSI EN ; Deverão estar disponíveis no local de instalação ligações à terra de proteção e referência para os equipamentos de telecomunicações; (c) Existência de condições ambientais apropriadas e controladas (Temperatura Ambiente de 16º a 22ºC, Humidade Relativa de 60 a 80%, Proteções e Isolamento contra poeiras e incidência solar, etc.). Estas condições enquadram-se nos limiares definidos pela norma europeia ETSI EN V2.2.2, na sua Classe 3-2 referente a locais abrigados com controlo parcial de temperatura Disponibilidade de acesso dos técnicos credenciados da Oni, a todos os espaços da instalação do CLIENTE 7.5.3Toda a infraestrutura necessária à implementação da solução, que não seja da responsabilidade da Oni, deverá estar instalada e testada; Toda a cablagem do tipo Cat3, Cat5, Cat5e, Cat6, etc., deverá estar operacional para instalação e teste dos equipamentos; Deverão estar presentes no ato de instalação e ativação de serviços os técnicos de informática conforme se aplique; Existência, em todos os locais, do respetivo Projeto de Telecomunicações aprovado e em conformidade com o Regime RITA (para edifícios licenciados antes de Junho de 2004) e Regime ITED (para edifícios licenciados após Junho de 2004), e com capacidade disponível; Apoio à ONI na obtenção das autorizações necessárias para a instalação de equipamentos, que tenham de utilizar áreas comuns sob a alçada jurídica de outras entidades (ex. proprietários, condomínios, etc.); A disponibilização da infraestrutura de encaminhamento interno na propriedade do CLIENTE é da sua responsabilidade (incluindo valas, postes, cabos, etc.); 7.6 O não cumprimento destas condições, quando aplicáveis, e nos casos em que seja impossível completar a instalação da solução contratada, implicará o pagamento dos custos incorridos em virtude do incumprimento, nomeadamente mas não limitado, a deslocações adicionais e outros custos referentes a acessos da ONI (nos casos em que haja aluguer de acessos a entidades terceiras). 7.7 Os pontos identificados como relevantes e não garantidos pelo CLIENTE serão identificados no documento a partilhar com o CLIENTE na entrega do serviço. 5/5

CONDIÇÕES DE OFERTA DO SERVIÇO PME MAX VOICE

CONDIÇÕES DE OFERTA DO SERVIÇO PME MAX VOICE INI CONDIÇÕES DE OFERTA DO SERVIÇO PME MAX VOICE Índice A. IDENTIFICAÇÃO DO PRESTADOR 3 1. PONTOS DE CONTACTO 3 B. INFORMAÇÃO SOBRE OS SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELETRÓNICAS ACESSÍVEIS AO PÚBLICO 4 1. CONDIÇÕES

Leia mais

CONDIÇÕES PARTICULARES PME MAX BUSINESS N.º de Cliente: BI/Cartão de Cidadão/Passaporte Data de validade NIF Telefone de contacto

CONDIÇÕES PARTICULARES PME MAX BUSINESS N.º de Cliente: BI/Cartão de Cidadão/Passaporte Data de validade NIF Telefone de contacto MAXBUSINESS 03 Oni Telecom - Infocomunicações S.A. - Sede: Av. Fontes Pereira de Melo 27 1069-447 Lisboa - Matriculada na C.R.C. de Lisboa com o Número Único de Matrícula e Pessoa Coletiva 504073206 Capital

Leia mais

5. TIPOS DE SERVIÇO PRESTADOS TARIFÁRIO E FATURAÇÃO

5. TIPOS DE SERVIÇO PRESTADOS TARIFÁRIO E FATURAÇÃO s oc i alde230. 000. 000, 00Eur os,s í t i onai nt er net 4.4. O CLIENTE compromete-se igualmente a observar todas as disposições legais aplicáveis, nomeadamente, a não praticar ou a fomentar a prática

Leia mais

Condições Gerais de Prestação do Serviço de Dados Banda Larga tmn

Condições Gerais de Prestação do Serviço de Dados Banda Larga tmn Condições Gerais de Prestação do Serviço de Dados Banda Larga tmn 1. As presentes Condições Gerais e o acordo de adesão a serviço de dados tmn ( Contrato ) visam regular os termos e condições por que se

Leia mais

Código Postal Localidade Nó ótico - NIPC Seg. Mercado CAE

Código Postal Localidade Nó ótico - NIPC Seg. Mercado CAE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE TELEVISÃO - CLIENTES EMPRESARIAIS CONDIÇÕES PARTICULARES PME MAX BUSINESS ADITIVO TV CBVONI0914 Promoção/Angariação/ Suporte comercial: ONITELECOM INFOCOMUNICAÇÕES,

Leia mais

PT Comunicações, S.A. SEDE: Rua Andrade Corvo,, 6 Lisboa N.º de Pessoa Coletiva 504615947.Matricula 09406 CRCL Capital Social de Eur.: 1.150.000.

PT Comunicações, S.A. SEDE: Rua Andrade Corvo,, 6 Lisboa N.º de Pessoa Coletiva 504615947.Matricula 09406 CRCL Capital Social de Eur.: 1.150.000. CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO VoIP da PT COMUNICAÇÕES S.A., inscrita na CRCL sob o número único de matricula e pessoa coletiva 504 615 947 com sede na Rua Andrade Corvo, n.º 6, Lisboa, com o

Leia mais

A MEO pode ainda suspender, total ou parcialmente, a prestação de qualquer serviço nos seguintes casos:

A MEO pode ainda suspender, total ou parcialmente, a prestação de qualquer serviço nos seguintes casos: CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES As presentes Condições Gerais e o Formulário de Adesão a Serviços de Comunicações Eletrónicas ( Formulário ) visam regular os termos e condições

Leia mais

3. Suspensão do Serviço Condições Gerais de Prestação do Serviço Telefónico acessível ao público num local fixo 1. Objecto

3. Suspensão do Serviço Condições Gerais de Prestação do Serviço Telefónico acessível ao público num local fixo 1. Objecto Condições Gerais de Prestação do Serviço Telefónico acessível ao público num local fixo da PT PRIME-Soluções Empresariais de Telecomunicações e Sistemas, S.A., com sede na Av. Fontes Pereira de Melo, n.º

Leia mais

CONDIÇÕES DE OFERTA DO SERVIÇO PME MAX NET

CONDIÇÕES DE OFERTA DO SERVIÇO PME MAX NET INI CONDIÇÕES DE OFERTA DO SERVIÇO PME MAX NET Índice A. IDENTIFICAÇÃO DO PRESTADOR 3 1. PONTOS DE CONTACTO 3 B. INFORMAÇÃO SOBRE OS SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELETRÓNICAS ACESSÍVEIS AO PÚBLICO 4 1. CONDIÇÕES

Leia mais

Canal Nº Conta. Nº Cliente. Localidade

Canal Nº Conta. Nº Cliente. Localidade contrato de adesão a serviços de comunicações eletrónicas móveis Mod.C/1001261 A preencher pelos nossos serviços ID pedido Canal Nº Conta Nº Cliente Vendedor 1. IDENTIFICAÇÃO DO CLIENTE preenchimento obrigatório

Leia mais

Nº Solicitação Nº cliente. Localidade. Localidade. Novo cliente Cliente já existente Indique aqui o seu número de telefone atual.

Nº Solicitação Nº cliente. Localidade. Localidade. Novo cliente Cliente já existente Indique aqui o seu número de telefone atual. contrato de adesão ao serviço MEO com telemóvel Mod.C/1001785 A preencher pelos nossos serviços Data provável de instalação Nº Solicitação Nº cliente Nº venda (PRT) Vendedor 1. IDENTIFICAÇÃO DO CLIENTE

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE ACESSO À "INTERNET" Minuta

CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET Minuta I CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE ACESSO À "INTERNET" Minuta O PRESENTE CONTRATO FOI APROVADO PELO INSTITUTO DAS COMUNICAÇÕES DE PORTUGAL, NOS TERMOS E PARA OS EFEITOS DO ARTIGO 9/2 DO DECRETO

Leia mais

alteração ao contrato de adesão a serviços de comunicações eletrónicas e adesão a serviços adicionais

alteração ao contrato de adesão a serviços de comunicações eletrónicas e adesão a serviços adicionais alteração ao contrato de adesão a serviços de comunicações eletrónicas e adesão a serviços adicionais Mod.C/1001262 A preencher pela TMN ID pedido Cód. Loja / Agente Vendedor 1. IDENTIFICAÇÃO DO CLIENTE

Leia mais

Uni Teldata - Telecomunicações, S.A.

Uni Teldata - Telecomunicações, S.A. Uni Teldata - Telecomunicações, S.A. Pessoa Coletiva nº 508 105 110 Capital Social: 1.000.000,00 CRC Chaves Matricula n.º 508 105 110 SEDE: Parque Tecnológico de Chaves Lote B4, Outeiro Seco 5400-673 Chaves

Leia mais

Nº venda (PRT): Nº Cliente. Localidade. Contribuinte. Localidade. Sim Não (passe para o ponto 4.2)

Nº venda (PRT): Nº Cliente. Localidade. Contribuinte. Localidade. Sim Não (passe para o ponto 4.2) contrato de adesão a serviços de comunicações eletrónicas Mod.C/1000600 A preencher pelos nossos serviços Data provável de instalação Nº venda (PRT): Nº Cliente Canal Vendedor 1. IDENTIFICAÇÃO DO CLIENTE

Leia mais

contrato de adesão banda larga móvel

contrato de adesão banda larga móvel contrato de adesão banda larga móvel Mod.C/1000418 A preencher pelo ponto de venda ID pedido Canal Nº Conta Nº Cliente Vendedor 1. IDENTIFICAÇÃO DO CLIENTE preenchimento obrigatório Nome C. Cidadão/BI/Passaporte

Leia mais

Condições Gerais do Website. 1. Objeto

Condições Gerais do Website. 1. Objeto Condições Gerais do Website 1. Objeto 1.1 As presentes Condições Gerais destinam-se a regular os termos e condições de acesso e utilização do site www.phone-ix.pt (adiante designado por Site ), bem como

Leia mais

GERAIS DOS PRODUTOS E SERVIÇOS ZON 51, 9000-090 1. OBJECTO

GERAIS DOS PRODUTOS E SERVIÇOS ZON 51, 9000-090 1. OBJECTO CONDIÇÕES GERAIS DOS PRODUTOS E SERVIÇOS ZON Madeira 1. OBJECTO 1.1 As presentes Condições Gerais regulam, em conjunto com os seus Anexos e os demais elementos referidos nas mesmas (conjuntamente Condições

Leia mais

Condições de oferta dos serviços:

Condições de oferta dos serviços: Condições de oferta dos serviços: Identificação do prestador SIPTELNET - SOLUÇÕES DIGITAIS, UNIPESSOAL LDA., designada pela denominação SIPTEL (marca registada), com sede na Rua do Ganges, nº 6 - R/C A

Leia mais

CONDIÇÕES DE OFERTA DO SERVIÇO PME MAX BUSINESS

CONDIÇÕES DE OFERTA DO SERVIÇO PME MAX BUSINESS INI CONDIÇÕES DE OFERTA DO SERVIÇO PME MAX BUSINESS Índice A. IDENTIFICAÇÃO DO PRESTADOR 3 1. PONTOS DE CONTACTO 3 B. INFORMAÇÃO SOBRE OS SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELETRÓNICAS ACESSÍVEIS AO PÚBLICO 4 1.

Leia mais

Condições Específicas do Serviço de Acesso à Internet em Banda Larga Fixa

Condições Específicas do Serviço de Acesso à Internet em Banda Larga Fixa Condições Específicas do Serviço de Acesso à Internet em Banda Larga Fixa 1. Serviço Para os efeitos das Condições Gerais de Serviço (adiante designadas Condições) nomeadamente da cláusula 1.1., o Serviço

Leia mais

Condições contratuais gerais TVCABO?

Condições contratuais gerais TVCABO? Condições contratuais gerais TVCABO? 1. OBJECTO 1.1. As presentes Condições Gerais regulam, em conjunto com os seus Anexos e os demais elementos referidos nas mesmas (conjuntamente Condições dos Produtos

Leia mais

Condições dos Produtos e Serviços Condições Particulares do Serviço IRIS 100 Mb

Condições dos Produtos e Serviços Condições Particulares do Serviço IRIS 100 Mb Condições Particulares do Serviço IRIS 100 Mb 1. O Serviço IRIS 100 Mb é uma solução integrada e indissociável, composta por serviço de voz móvel e de banda larga móvel da NOS Comunicações, S.A. ( NOS

Leia mais

contrato de adesão ao serviço M4O

contrato de adesão ao serviço M4O contrato de adesão ao serviço M4O Mod.C/1001328 A preencher pela PT Data provável de instalação Nº Solicitação Nº cliente Nº venda (PRT) Vendedor 1. IDENTIFICAÇÃO DO CLIENTE preenchimento obrigatório Nome

Leia mais

PT PRIME - Soluções Empresariais de Telecomunicações e Sistemas, S.A., pessoa colectiva nº 502 840 757, com

PT PRIME - Soluções Empresariais de Telecomunicações e Sistemas, S.A., pessoa colectiva nº 502 840 757, com Prime Soluções Empresariais SEDE: Rua de Entrecampos, 28, 1749-076 Lisboa Nº de Pessoa Colectiva 502 M 757 - N' de Matricula 08537 C.R.C.L Capital Social de EUR.; 30 000 000. I/ -I- CONTRATO DE PRESTAÇÃO

Leia mais

CONDIÇÕES PARTICULARES DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO M4O

CONDIÇÕES PARTICULARES DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO M4O CONDIÇÕES PARTICULARES DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO M4O 1. O serviço M4O é uma solução composta por serviço móvel da TMN, serviço de voz fixa, serviço de distribuição de sinal de televisão e banda larga fixa,

Leia mais

Condições Gerais de Prestação do Serviço Telefónico Acessível ao Público num Local Fixo através de Cartão Virtual de Chamadas 1.

Condições Gerais de Prestação do Serviço Telefónico Acessível ao Público num Local Fixo através de Cartão Virtual de Chamadas 1. Condições Gerais de Prestação do Serviço Telefónico Acessível ao Público num Local Fixo através de Cartão Virtual de Chamadas da MEO - Serviços de Comunicações e Multimédia, S.A., com sede na Av. Fontes

Leia mais

Termos e Condições EventKey - EvtKey

Termos e Condições EventKey - EvtKey 1 Termos e Condições EventKey - EvtKey O presente instrumento regula o acordo estabelecido entre a EventKey, Lda, com sede social em Rua das Dálias, 36, Fânzeres - Porto, com o capital social de 5.000,00

Leia mais

Regulamento do Passatempo 12 anos SLB

Regulamento do Passatempo 12 anos SLB Regulamento do Passatempo 12 anos SLB 1. Identificação 1.1. O presente passatempo denominado 12 anos SLB (adiante abreviadamente designado por Passatempo ) é promovido pela EDP Comercial - Comercialização

Leia mais

Canal Nº Conta. Nº Cliente. Localidade

Canal Nº Conta. Nº Cliente. Localidade contrato de adesão a serviços de comunicações eletrónicas móveis Mod.C/1001782 A preencher pelos nossos serviços ID pedido Canal Nº Conta Nº Cliente Vendedor 1. IDENTIFICAÇÃO DO CLIENTE preenchimento obrigatório

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS DA OTNETVTEL CONDIÇÕES GERAIS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS DA OTNETVTEL CONDIÇÕES GERAIS 1.OBJECTO 1.1 O presente Contrato tem como objetivo a regulação das relações entre as partes, na sequência da subscrição pelo Cliente dos serviços de comunicações eletrónicas disponibilizados pela OTNETVTEL,

Leia mais

Nº Solicitação Nº cliente. Localidade

Nº Solicitação Nº cliente. Localidade contrato de adesão ao serviço M4O Mod.C/1001328 A preencher pelo MEO Data provável de instalação Nº Solicitação Nº cliente Nº venda (PRT) Vendedor 1. IDENTIFICAÇÃO DO CLIENTE preenchimento obrigatório

Leia mais

contrato de adesão ao serviço M4O

contrato de adesão ao serviço M4O contrato de adesão ao serviço M4O Mod.C/1001328 A preencher pela PT Data provável de instalação Nº Solicitação Nº cliente Nº venda (PRT) Vendedor 1. IDENTIFICAÇÃO DO CLIENTE preenchimento obrigatório Nome

Leia mais

CONTRATO DE FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA EM AT (Alta Tensão) CONDIÇÕES GERAIS

CONTRATO DE FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA EM AT (Alta Tensão) CONDIÇÕES GERAIS CONTRATO DE FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA EM AT (Alta Tensão) CONDIÇÕES GERAIS 1ª - Objeto do Contrato. 1. O presente Contrato tem por objeto o fornecimento de energia elétrica pela EDP Serviço Universal

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS E TERMOS DE UTILIZAÇÃO

CONDIÇÕES GERAIS E TERMOS DE UTILIZAÇÃO CONDIÇÕES GERAIS E TERMOS DE UTILIZAÇÃO Caro(a) Utilizador(a) As presentes condições de uso estabelecem as regras e obrigações para o acesso e utilização do sítio da internet www.rolos.pt, bem como de

Leia mais

Condições de Oferta dos Serviços OTNETVTEL UNIPESSOAL LDA

Condições de Oferta dos Serviços OTNETVTEL UNIPESSOAL LDA Condições de Oferta dos Serviços OTNETVTEL UNIPESSOAL LDA ÍNDICE 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRESTADOR 2 2. SERVIÇOS ACESSÍVEIS AO PÚBLICO 2 2.1) SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET 2 2.2) SERVIÇO TELEVISÃO 2 2.3) SERVIÇO

Leia mais

Condições Específicas

Condições Específicas Condições Específicas 1. Serviço - Para os efeitos das Condições Gerais (adiante Condições ), nomeadamente, da cláusula 1.1. o Serviço corresponde ao serviço telefónico móvel e/ou ao serviço de acesso

Leia mais

Contrato de Fornecimento de Energia Eléctrica Para Cooperantes / Clientes em BTN ao abrigo do regime do mercado liberalizado

Contrato de Fornecimento de Energia Eléctrica Para Cooperantes / Clientes em BTN ao abrigo do regime do mercado liberalizado Cooperativa Eléctrica de Loureiro, C.R.L. Contrato de Fornecimento de Energia Eléctrica Para Cooperantes / Clientes em BTN ao abrigo do regime do mercado liberalizado Condições Gerais: 1ª Objeto do contrato.

Leia mais

Nº Solicitação Nº cliente. Localidade. Localidade. Novo cliente Cliente já existente Indique aqui o seu número de telefone atual

Nº Solicitação Nº cliente. Localidade. Localidade. Novo cliente Cliente já existente Indique aqui o seu número de telefone atual contrato de adesão ao serviço MEO com telemóvel Mod.C/1001785 A preencher pelos nossos serviços Data provável de instalação Nº Solicitação Nº cliente Nº venda (PRT) Vendedor 1. IDENTIFICAÇÃO DO CLIENTE

Leia mais

Condições Gerais para prestação de serviço de comunicações electrónicas e serviços conexos

Condições Gerais para prestação de serviço de comunicações electrónicas e serviços conexos Condições Gerais para prestação de serviço de comunicações electrónicas e serviços conexos 1. Objecto 1.1. As presentes Condições Gerais (doravante designadas apenas por Condições ) estabelecem os termos

Leia mais

REGRAS DE UTILIZAÇÃO DO SERVIÇO MEO PROMO SPOT

REGRAS DE UTILIZAÇÃO DO SERVIÇO MEO PROMO SPOT REGRAS DE UTILIZAÇÃO DO SERVIÇO MEO PROMO SPOT 1. OBJETO 1.1. As presentes regras de utilização (RU) regulam, conjuntamente com o registo do cliente ao serviço, efetuado via web, a prestação do serviço

Leia mais

Contrato de Fornecimento de Energia Elétrica Para Cooperantes / Clientes em BTE ao abrigo do regime do mercado liberalizado

Contrato de Fornecimento de Energia Elétrica Para Cooperantes / Clientes em BTE ao abrigo do regime do mercado liberalizado Cooperativa Elétrica de Loureiro, C.R.L. Contrato de Fornecimento de Energia Elétrica Para Cooperantes / Clientes em BTE ao abrigo do regime do mercado liberalizado Condições Gerais: 1ª Objeto do contrato.

Leia mais

Uni Teldata - Telecomunicações, S.A.

Uni Teldata - Telecomunicações, S.A. Uni Teldata - Telecomunicações, S.A. Pessoa Coletiva nº 508 105 110 Capital Social: 1.000.000,00 CRC Chaves Matricula n.º 508 105 110 SEDE: Parque Tecnológico de Chaves Lote B4, Outeiro Seco 5400-673 Chaves

Leia mais

Condições Gerais de Venda da. Rodamientos Feyc SA, Sucursal em Portugal

Condições Gerais de Venda da. Rodamientos Feyc SA, Sucursal em Portugal Condições Gerais de Venda da Rodamientos Feyc SA, Sucursal em Portugal Siglas: RF Rodamientos Feyc SA, Sucursal em Portugal CGV Condições Gerais de Veda 1. Âmbito 1.As presentes condições gerais estabelecem

Leia mais

contrato de adesão a serviços de comunicações eletrónicas

contrato de adesão a serviços de comunicações eletrónicas contrato de adesão a serviços de comunicações eletrónicas Mod.C/10061 A preencher pela TMN ID pedido Canal Nº Conta Nº Cliente Vendedor 1. IDENTIFICAÇÃO DO CLIENTE preenchimento obrigatório C. Cidadão/BI/Passaporte

Leia mais

CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE DIREITOS DE UTILIZAÇÃO DE CAPACIDADE DE INTERLIGAÇÃO VIP PORTUGAL-ESPANHA

CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE DIREITOS DE UTILIZAÇÃO DE CAPACIDADE DE INTERLIGAÇÃO VIP PORTUGAL-ESPANHA CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE DIREITOS DE UTILIZAÇÃO DE CAPACIDADE DE INTERLIGAÇÃO VIP PORTUGAL-ESPANHA ENTRE REN - GASODUTOS, S.A., na qualidade de concessionária da Rede Nacional de Transporte de Gás Natural

Leia mais

contrato de adesão ao serviço faturação repartida, faturação repartida vpn, faturação repartida com diferenciação horária e agenda de contactos

contrato de adesão ao serviço faturação repartida, faturação repartida vpn, faturação repartida com diferenciação horária e agenda de contactos contrato de adesão ao serviço faturação repartida, faturação repartida vpn, faturação repartida com diferenciação horária e agenda de contactos Mod.C/1000127 A preencher pela tmn Nº conta Nº Solicitação

Leia mais

Condições gerais relativas à prestação do serviço de alojamento de sites na Internet

Condições gerais relativas à prestação do serviço de alojamento de sites na Internet 1. Objecto Condições gerais relativas à prestação do serviço de alojamento de sites na Internet As presentes condições gerais destinam-se a estabelecer os termos e as condições por que se regerá a STDesign4U.com

Leia mais

AIR LIQUIDE SOLDADURA, LDA. CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA

AIR LIQUIDE SOLDADURA, LDA. CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA AIR LIQUIDE SOLDADURA, LDA. CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA Junho de 2015 Primeira.- Definições. Produtos significa todos os equipamentos, instalações, consumíveis, processos, sistemas, soluções e serviços relacionados

Leia mais

Termos e Condições de Utilização da Plataforma ComprasPT

Termos e Condições de Utilização da Plataforma ComprasPT Termos e Condições de Utilização da Plataforma ComprasPT 1. Âmbito, objecto e legitimidade de acesso 1.1. A Infosistema, Sistemas de Informação S.A. é uma consultora de sistemas de informação que gere

Leia mais

PROPOSTA DE SEGURO SEGURO DE CAPITALIZAÇÃO POUPANÇA AUTO PREENCHER A CANETA PRETA

PROPOSTA DE SEGURO SEGURO DE CAPITALIZAÇÃO POUPANÇA AUTO PREENCHER A CANETA PRETA POUPANÇA E INVESTIMENTO PROPOSTA DE SEGURO SEGURO DE CAPITALIZAÇÃO PREENCHER A CANETA PRETA SEGURO DE CAPITALIZAÇÃO 3 0 ALTERAÇÃO À APÓLICE Nº (*) AGÊNCIA/AGENTE Nº FM IB CONTA COBRANÇA Nº (*) PREENCHER

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO A COMBINAÇÃO PERFEITA

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO A COMBINAÇÃO PERFEITA REGULAMENTO DA PROMOÇÃO A COMBINAÇÃO PERFEITA 1. Promoção 1.1. A Promoção A Combinação Perfeita, adiante Promoção, é uma iniciativa da Johnson & Johnson, Lda., empresa com sede na Estrada Consiglieri Pedroso,

Leia mais

Procedimento n.º 09/2015/DGF-A. Caderno de Encargos para Aquisição de Serviços de Patrocínio Judiciário e Assessoria Jurídica na Modalidade de Avença

Procedimento n.º 09/2015/DGF-A. Caderno de Encargos para Aquisição de Serviços de Patrocínio Judiciário e Assessoria Jurídica na Modalidade de Avença Procedimento n.º 09/2015/DGF-A Caderno de Encargos para Aquisição de Serviços de Patrocínio Judiciário e Assessoria Jurídica na Modalidade de Avença Índice Cláusulas Jurídicas... 4 Capitulo I - Disposições

Leia mais

Condições Gerais de Utilização do Cartão de Jogador

Condições Gerais de Utilização do Cartão de Jogador Condições Gerais de Utilização do Cartão de Jogador As presentes condições são complementares das normas que disciplinam os jogos cuja exploração está atribuída ao Departamento de Jogos da Santa Casa da

Leia mais

O presente manual destina-se a divulgar as principais condições de prestação dos serviços de comunicações electrónicas oferecidos pela Vodafone

O presente manual destina-se a divulgar as principais condições de prestação dos serviços de comunicações electrónicas oferecidos pela Vodafone O presente manual destina-se a divulgar as principais condições de prestação dos serviços de comunicações electrónicas oferecidos pela Vodafone Portugal, Comunicações Pessoais, S.A. Este manual não substitui,

Leia mais

REGULAMENTO DO PASSATEMPO. "Duracell XMAS 2013"

REGULAMENTO DO PASSATEMPO. Duracell XMAS 2013 REGULAMENTO DO PASSATEMPO "Duracell XMAS 2013" I. IDENTIFICAÇÃO DO PASSATEMPO. O presente passatempo tem como objetivo premiar sessenta (60) vencedores, mediante um passatempo que se realizará em Portugal

Leia mais

DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL DOS PERITOS AVALIADORES DE IMÓVEIS DOS FUNDOS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO

DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL DOS PERITOS AVALIADORES DE IMÓVEIS DOS FUNDOS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO PROTEÇÃO DA ATIVIDADE SEGURO OBRIGATÓRIO CONDIÇÕES GERAIS - 168 DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL DOS PERITOS AVALIADORES DE IMÓVEIS DOS FUNDOS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO 808 29 39 49 fidelidade.pt

Leia mais

CONDIÇÕES DE UTILIZAÇÃO TOBEFLOW

CONDIÇÕES DE UTILIZAÇÃO TOBEFLOW CONDIÇÕES DE UTILIZAÇÃO ToBeFlow Versão/Julho 2015 CONDIÇÕES DE UTILIZAÇÃO TOBEFLOW ANTES DE UTILIZAR O PROGRAMA, LEIA COM ATENÇÃO ESTE DOCUMENTO Utilizar esta aplicação, seja na versão demonstração ou

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA DOMUS LEGIS, LDA.

CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA DOMUS LEGIS, LDA. CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA DOMUS LEGIS, LDA. A DOMUS LEGIS, Lda, abaixo identificada por DOMUS LEGIS rege a sua actividade de leiloeira, conforme as condições negociais seguintes, e ainda quaisquer outras

Leia mais

Condições de oferta e de utilização de Serviços de Comunicações Eletrónicas

Condições de oferta e de utilização de Serviços de Comunicações Eletrónicas Condições de oferta e de utilização de Serviços de Comunicações Eletrónicas Conteúdo 1. Identificação... 3 2. Serviços... 4 2.1. Serviços de Voz... 4 2.1.1. SIP Trunk /Voip... 4 2.1.2. IPBX... 4 2.1.3.

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO DE PUBLICIDADE DA PORTUGAL SCOUT

CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO DE PUBLICIDADE DA PORTUGAL SCOUT CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO DE PUBLICIDADE DA PORTUGAL SCOUT REBELOPPORTUNITY-SERVIÇOS DE PUBLICIDADE,LDA, pessoa coletiva nº 513 173 374, matriculada na Conservatória do Registo Comercial de Tavira sob

Leia mais

MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DO EMPREGO

MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DO EMPREGO 5910 Diário da República, 1.ª série N.º 201 17 de outubro de 2012 MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DO EMPREGO Decreto-Lei n.º 225/2012 de 17 de outubro O Decreto -Lei n.º 27 -C/2000, de 10 de março, que cria o

Leia mais

Condições de Oferta dos Serviços STV

Condições de Oferta dos Serviços STV Condições de Oferta dos Serviços STV ÍNDICE 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRESTADOR...2 2. INFORMAÇÃO SOBRE OS SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELETRÓNICAS ACESSÍVEIS AO PÚBLICO... 2 2.1) SERVIÇO DE TELEFONE VOZ FIXA...

Leia mais

REGULAMENTO PONTOS TELEMÓVEL

REGULAMENTO PONTOS TELEMÓVEL REGULAMENTO PONTOS TELEMÓVEL Para qualquer esclarecimento complementar, contacte a linha de Pontos (12096* ou 808 2 12096**), uma Loja MEO***, ou envie o seu pedido por escrito para o MEO Serviços de Comunicações

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA UNIDADES DE MICROPRODUÇÃO

CONTRATO DE COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA UNIDADES DE MICROPRODUÇÃO CONTRATO DE COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA UNIDADES DE MICROPRODUÇÃO Entre, residente em com o número de contribuinte, adiante designado(a) abreviadamente por Produtor; e EDP Serviço Universal, S.A., com sede

Leia mais

Condições Gerais do Serviço BIC Net Empresas

Condições Gerais do Serviço BIC Net Empresas Entre o Banco BIC Português, S.A., Sociedade Comercial Anónima, com sede na Av. António Augusto de Aguiar, nº132 1050-020 Lisboa, pessoa colectiva nº 507880510, matriculada na Conservatória do Registo

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA UNIDADES DE MICROPRODUÇÃO

CONTRATO DE COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA UNIDADES DE MICROPRODUÇÃO CONTRATO DE COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA UNIDADES DE MICROPRODUÇÃO Entre, com sede em, com o capital social de ( Euros), matriculada na Conservatória do Registo Comercial de, com o número de matrícula e

Leia mais

Nº venda (PRT): Nº Cliente. Localidade. Contribuinte

Nº venda (PRT): Nº Cliente. Localidade. Contribuinte contrato de adesão a serviços de comunicações eletrónicas Mod.C/1000600 A preencher pelo MEO Data provável de instalação Nº venda (PRT): Nº Cliente Canal Vendedor 1. IDENTIFICAÇÃO DO CLIENTE preenchimento

Leia mais

contrato de adesão banda larga móvel

contrato de adesão banda larga móvel contrato de adesão banda larga móvel Mod.C/1000418 A preencher pelo ponto de venda ID pedido Canal Nº Conta Nº Cliente Vendedor 1. IDENTIFICAÇÃO DO CLIENTE preenchimento obrigatório Nome C. Cidadão/BI/Passaporte

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS. 3. Os comercializadores são responsáveis pelo cumprimento das obrigações decorrentes do acesso à RNTGN por parte dos seus clientes.

CONDIÇÕES GERAIS. 3. Os comercializadores são responsáveis pelo cumprimento das obrigações decorrentes do acesso à RNTGN por parte dos seus clientes. CONDIÇÕES GERAIS Cláusula 1ª Definições e siglas No âmbito do presente Contrato de Uso da Rede de Transporte, entende-se por: a) «Contrato» o presente contrato de uso da rede de transporte; b) «Agente

Leia mais

contrato de adesão a serviços de comunicações eletrónicas

contrato de adesão a serviços de comunicações eletrónicas contrato de adesão a serviços de comunicações eletrónicas Mod.C/1001261 A preencher pela TMN ID pedido Cód. Loja / Agente Vendedor 1. IDENTIFICAÇÃO DO CLIENTE preenchimento obrigatório C. Cidadão/BI/Passaporte

Leia mais

UNIDADE ORGÂNICA DE GESTÃO FINANCEIRA E DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO SUBUNIDADE ORGÂNICA DE APROVISIONAMENTO CADERNO DE ENCARGOS AJUSTE DIRETO

UNIDADE ORGÂNICA DE GESTÃO FINANCEIRA E DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO SUBUNIDADE ORGÂNICA DE APROVISIONAMENTO CADERNO DE ENCARGOS AJUSTE DIRETO SUBUNIDADE ORGÂNICA DE APROVISIONAMENTO CADERNO DE ENCARGOS AJUSTE DIRETO Contrato de Prestação de Serviço por Avença, de uma Dietista, com duração de 12 meses = SUBUNIDADE ORGÂNICA DE APROVISIONAMENTO

Leia mais

FICHA DE ABERTURA DE CLIENTE EMPRESA

FICHA DE ABERTURA DE CLIENTE EMPRESA FICHA DE ABERTURA DE CLIENTE EMPRESA AGÊNCIA Nº DE CLIENTE/CONTA DENOMINAÇÃO SOCIAL CONDIÇÕES DE MOVIMENTAÇÃO Individual: Solidária: Conjunta: Mista: ENTIDADE TIPO DOC IDENTIFICAÇÃO Nº DOC IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

Cláusulas Contratuais Gerais de Adesão ao Serviço MB WAY

Cláusulas Contratuais Gerais de Adesão ao Serviço MB WAY Cláusulas Contratuais Gerais de Adesão ao Serviço MB WAY Objeto a) Pelo presente contrato, a Caixa Económica Montepio Geral, entidade com capital aberto ao investimento do público, com sede na Rua Áurea,

Leia mais

adesão aos serviços tmn

adesão aos serviços tmn Original (Preencher em triplicado e em maiúsculas) N.º Bilhete de Identidade / Passaporte Data de Nascimento Automático + Contratual Extracto Detalhado Extracto Detalhado Factura Electrónica (a confirmação

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA UNIDADES DE MINIPRODUÇÃO

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA UNIDADES DE MINIPRODUÇÃO CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA UNIDADES DE MINIPRODUÇÃO Entre [ ]., com sede em [ ], matriculada na Conservatória do Registo Comercial de [ ], com o número de matrícula e pessoa coletiva

Leia mais

Cláusulas gerais de fornecimento de gás e/ou eletricidade em mercado livre - segmento residencial e pequenos negócios

Cláusulas gerais de fornecimento de gás e/ou eletricidade em mercado livre - segmento residencial e pequenos negócios Cláusulas gerais de fornecimento de gás e/ou eletricidade em mercado livre - segmento residencial e pequenos negócios Cláusulas gerais de fornecimento de gás e/ou eletricidade em mercado livre - segmento

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS 1. OBJETIVO O presente documento tem como objetivo a definição dos termos de prestação de serviços da Ilhéu da Baleia com cada um dos seus clientes. a) Com a confirmação

Leia mais

CONDIÇÕES ESPECÍFICAS DO SERVIÇO DE COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS ATRAVÉS DE FIBRA ÓPTICA

CONDIÇÕES ESPECÍFICAS DO SERVIÇO DE COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS ATRAVÉS DE FIBRA ÓPTICA CONDIÇÕES ESPECÍFICAS DO SERVIÇO DE COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS ATRAVÉS DE FIBRA ÓPTICA 1. Serviço 1.1. Para os efeitos das Condições Gerais (adiante Condições ), nomeadamente, da cláusula 1.1. o Serviço

Leia mais

BTN (Baixa Tensão normal)

BTN (Baixa Tensão normal) CONTRATO DE FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉCTRICA EM BTN (Baixa Tensão normal) CONDIÇÕES GERAIS 1ª - Objecto do Contrato. 1. O presente Contrato tem por objecto o fornecimento de energia eléctrica pela EDP

Leia mais

2. O que é o serviço de pagamentos móveis de estacionamento. O prestador do Serviço será doravante designado por Prestador.

2. O que é o serviço de pagamentos móveis de estacionamento. O prestador do Serviço será doravante designado por Prestador. TERMOS DE UTILIZAÇÃO DO SERVIÇO DE PAGAMENTOS MÓVEIS DE ESTACIONAMENTO 1. Enquadramento Os presentes Termos de Utilização estabelecem as regras que os utilizadores devem seguir para poder utilizar o serviço

Leia mais

CONTRATO TIPO DE FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉCTRICA PARA CLIENTES EM BTN

CONTRATO TIPO DE FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉCTRICA PARA CLIENTES EM BTN CONTRATO TIPO DE FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉCTRICA PARA CLIENTES EM BTN CONDIÇÕES GERAIS 1ª - Objecto do Contrato. Obrigações de serviço público e de serviço universal 1. O presente Contrato tem por objecto

Leia mais

Nº Cliente. Localidade

Nº Cliente. Localidade contrato de adesão internet móvel Mod.C/1000418 A preencher pelos nossos serviços ID pedido Canal Nº Conta Nº Cliente Vendedor 1. IDENTIFICAÇÃO DO CLIENTE preenchimento obrigatório Nome C. Cidadão/BI/Passaporte

Leia mais

Nº Solicitação Nº cliente. Localidade. Novo cliente Cliente já existente Indique aqui o seu número de telefone atual

Nº Solicitação Nº cliente. Localidade. Novo cliente Cliente já existente Indique aqui o seu número de telefone atual contrato de adesão ao serviço MEO com telemóvel Mod.C/1001328 A preencher pelos nossos serviços Data provável de instalação Nº Solicitação Nº cliente Nº venda (PRT) Vendedor 1. IDENTIFICAÇÃO DO CLIENTE

Leia mais

GUIA DO CONSUMIDOR DE ÁGUA

GUIA DO CONSUMIDOR DE ÁGUA Infomail GUIA DO CONSUMIDOR DE ÁGUA Índice Prestação do serviço de abastecimento de água Está sujeita a regras especiais? É obrigatória? O que é necessário? Como se processa a ligação à rede pública? Quem

Leia mais

Proposta de subscrição

Proposta de subscrição www.nos.pt Proposta de subscrição Proposta Nº SFID Dados de cliente Nome completo Morada* NOS Comunicações, S.A. Sede: Rua Ator António Silva, n.º 9, 1600-404 Lisboa. Capital Social: 591.643.912 Euros.

Leia mais

Condições Gerais de Utilização do Cartão de Jogador

Condições Gerais de Utilização do Cartão de Jogador Condições Gerais de Utilização do Cartão de Jogador As presentes Condições Gerais de Utilização do Cartão de Jogador, adiante também designadas por Condições, são complementares das normas que disciplinam

Leia mais

REGULAMENTO DO PASSATEMPO "DURACELL MUNDIAL 2014

REGULAMENTO DO PASSATEMPO DURACELL MUNDIAL 2014 REGULAMENTO DO PASSATEMPO "DURACELL MUNDIAL 2014 I. IDENTIFICAÇÃO DO PASSATEMPO. O presente passatempo tem como objetivo promover os produtos da marca Duracell mediante um passatempo que se realizará em

Leia mais

2-DESCRIÇÃO DO SERVIÇO DE ALOJAMENTO PARTILHADO

2-DESCRIÇÃO DO SERVIÇO DE ALOJAMENTO PARTILHADO Termos do Serviço 1-OBJECTO 1.1 O presente pedido de subscrição e as condições contratuais gerais da prestação de serviços pela Cloud4You, estabelecem os termos e as condições para a prestação do Serviço

Leia mais

INSTITUTO DOS VINHOS DO DOURO E DO PORTO, I.P. Aluguer Operacional de Viaturas CADERNO DE ENCARGOS Capítulo I Disposições gerais Clausula 1.

INSTITUTO DOS VINHOS DO DOURO E DO PORTO, I.P. Aluguer Operacional de Viaturas CADERNO DE ENCARGOS Capítulo I Disposições gerais Clausula 1. INSTITUTO DOS VINHOS DO DOURO E DO PORTO, I.P. Aluguer Operacional de Viaturas CADERNO DE ENCARGOS Capítulo I Disposições gerais Clausula 1.ª Objecto O presente Caderno de Encargos compreende as cláusulas

Leia mais

GUIA DO CONSUMIDOR DE ELECTRICIDADE NO MERCADO LIBERALIZADO

GUIA DO CONSUMIDOR DE ELECTRICIDADE NO MERCADO LIBERALIZADO GUIA DO CONSUMIDOR DE ELECTRICIDADE NO MERCADO LIBERALIZADO RESPOSTA ÀS QUESTÕES MAIS FREQUENTES Agosto 2006 ENTIDADE REGULADORA DOS SERVIÇOS ENERGÉTICOS Rua Dom Cristóvão da Gama n.º 1-3.º 1400-113 Lisboa

Leia mais

UNIDADE ORGÂNICA DE GESTÃO FINANCEIRA E DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO SUBUNIDADE ORGÂNICA DE APROVISIONAMENTO CADERNO DE ENCARGOS AJUSTE DIRETO

UNIDADE ORGÂNICA DE GESTÃO FINANCEIRA E DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO SUBUNIDADE ORGÂNICA DE APROVISIONAMENTO CADERNO DE ENCARGOS AJUSTE DIRETO SUBUNIDADE ORGÂNICA DE APROVISIONAMENTO CADERNO DE ENCARGOS AJUSTE DIRETO Contrato de Prestação de Serviço por Tarefa, de um Eletricista, com duração de 12 meses SUBUNIDADE ORGÂNICA DE APROVISIONAMENTO

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE VOZ SOBRE PROTOCOLO DE INTERNET VOIP SIP HOJE Telecom

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE VOZ SOBRE PROTOCOLO DE INTERNET VOIP SIP HOJE Telecom CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE VOZ SOBRE PROTOCOLO DE INTERNET VOIP SIP HOJE Telecom São partes deste Contrato o CLIENTE, qualificado na Proposta Comercial ou Termo de Adesão ao Serviço, e a Operadora

Leia mais

Condições de Utilização do Cartão de Jogador

Condições de Utilização do Cartão de Jogador Condições de Utilização do Cartão de Jogador Condições Gerais de Utilização do Cartão de Jogador As presentes Condições Gerais de Utilização do Cartão de Jogador, adiante simplesmente também designadas

Leia mais

SEGURO DE CARTÕES DE CRÉDITO CAIXA WOMAN DA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS CONDIÇÕES GERAIS - 221 APÓLICE N.º AG62635782. 808 29 39 49 fidelidade.

SEGURO DE CARTÕES DE CRÉDITO CAIXA WOMAN DA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS CONDIÇÕES GERAIS - 221 APÓLICE N.º AG62635782. 808 29 39 49 fidelidade. PROTEÇÃO PESSOAL E FAMILIAR SEGURO DE CARTÕES DE CRÉDITO CAIXA WOMAN DA CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS CONDIÇÕES GERAIS - 221 APÓLICE N.º AG62635782 808 29 39 49 fidelidade.pt Fidelidade - Companhia de Seguros,

Leia mais

anexo ao pedido de portabilidade e rescisão do contrato

anexo ao pedido de portabilidade e rescisão do contrato pedido de portabilidade e rescisão do contrato ORIGINAL (tmn) 2. INFORMAÇÃO DE CONTACTO Telemóvel contacto 3. DADOS DE PORTABILIDADE MÓVEL E-mail Informamos que, por motivos de portabilidade, pretendemos

Leia mais

Consulta Prévia ao Mercado 03/2012

Consulta Prévia ao Mercado 03/2012 Consulta Prévia ao Mercado 03/2012 CADERNO DE ENCARGOS Aquisição de Kits de Formação Projecto 074015/2012/23 Formações Modulares Certificadas Página 1 de 13 CADERNO DE ENCARGOS PARTE I CLÁUSULAS JURÍDICAS

Leia mais