1º SEMESTRE 2014 FEAD

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1º SEMESTRE 2014 FEAD"

Transcrição

1 MANUAL DE GRADUAÇÃO 1º SEMESTRE 2014 FEAD FACULDADE DE ESTUDOS ADMINISTRATIVOS Faculdade de Estudos Superiores de Minas Gerais Facebook: Twitter: https://twitter.com/fead_oficial

2 Prezado(a) aluno(a), Seja bem vindo a FEAD! Este manual é uma compilação dos principais procedimentos que o ajudará a atender as normatizações institucionais. Se desejar conhecer melhor os procedimentos poderá verificar no regimento da FEAD, disponível em documentos acadêmicos, em sua página acadêmica. Leia com atenção e fique bem informado! Outras dúvidas ainda vão surgir no dia-a-dia acadêmico. Procure solucioná-las para que seu curso seja desenvolvido de forma harmônica e para que você se sinta bem em seu ambiente acadêmico. Estamos à disposição para contribuir com informações para o seu bom desempenho acadêmico e profissional. Coordenação Pedagógica. 2

3 Sumário 1. IDENTIFICAÇÃO INSTITUCIONAL NORMAS ACADÊMICAS NORMAS DE CONDUTA E ÉTICA PARA OS ACADÊMICOS DA FEAD CONSIDERAÇÕES PARA APLICAÇÃO DE PROVAS ENADE REGIMENTO ESCOLAR INFORMAÇÕES ACADÊMICAS CALENDÁRIO ABONO DE FALTAS REQUERIMENTO PARA SOLICITAÇÃO DE REVISÃO DE FALTAS COMPENSAÇÃO DE CARGA HORÁRIA CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ON-LINE (CPO) ANTECIPAÇÃO DE PROVA FINAL ATENDIMENTO ESPECIAL PEDAGÓGICO LABORATÓRIO DE LINGUAGEM AVALIAÇÃO NAS DISCIPLINAS PRESENCIAIS AVALIAÇÃO DAS DISCIPLINAS EAD ENSINO À DISTÂNCIA SEGUNDA OPORTUNIDADE EXAME ESPECIAL REVISÃO DE NOTAS/PROVAS REVISÃO DE NOTAS/PROVAS - EAD CANCELAMENTO OU DESISTÊNCIA DE CURSO EXAME DE PROFICIÊNCIA JUBILAÇÃO MATRÍCULA REVINCULAÇÃO DE MATRÍCULA DECLARAÇÃO DE MATRÍCULA DECLARAÇÃO PARA FINS ESPECÍFICOS DOCUMENTOS ON LINE TRANCAMENTO AUTORIZAÇÃO PARA EMISSÃO DE GUIA DE TRANSFERÊNCIA DOCUMENTAÇÃO PARA TRANSFERÊNCIA DESISTÊNCIA DE CURSO CARTEIRINHA DE ESTUDANTE CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CURSO ESPECIAL DISPENSA DE DISCIPLINA ELOGIOS VERIFICAÇÃO DE POSSÍVEL FORMANDO ANTECIPAÇÃO DE COLAÇÃO DE GRAU EMISSÃO DE DIPLOMA EMISSÃO DE DOCUMENTOS SOLICITADOS PELOS ALUNOS HISTÓRICO ESCOLAR MUDANÇA DE ENDEREÇO REOPÇÃO DE CURSO REOPÇÃO DE TURNO

4 6. PRÊMIO FEAD DE EXCELÊNCIA ESTÁGIO ESTÁGIO OBRIGATÓRIO X NÃO-OBRIGATÓRIO DOS PRAZOS DE ENTREGA DE DOCUMENTOS ATIVIDADES COMPLEMENTARES SERVIÇOS E SETORES ACHADOS E PERDIDOS BIBLIOTECA CENTRO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO COORDENAÇÃO DE CURSO COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA NÚCLEO DE APOIO PSICOLÓGICO (NAP) NÚCLEO DE ORIENTAÇÃO E TREINAMENTO AO ESTUDANTE (NORTE FUNDO DE FINANCIAMENTO ESTUDANTIL (FIES) PROUNI NÚCLEO DE EMPREENDEDORISMO, INOVAÇÃO E EXTENSÃO (NEIEX) NÚCLEO DE ASSISTÊNCIA JUDICIÁRIA - NAJ SECRETARIA GERAL SETOR DE GESTÃO TÉCNICO-FINANCEIRA

5 CURSOS FEAD: CURSO PORTARIA DO MEC DATA LATO SENSU GRADUAÇÃO ADMINISTRAÇÃO RECONHECIMENTO Portaria MEC n.º /03/2004 AGRONOMIA RECONHECIMENTO Portaria MEC n.º /04/2006 DIREITO RECONHECIMENTO Portaria MEC n.º /03/2008 MEDICINA VETERINÁRIA RECONHECIMENTO Portaria MEC n.º /11/2008 ODONTOLOGIA RECONHECIMENTO Portaria MEC n /05/2011 PSICOLOGIA RECONHECIMENTO Portaria MEC n. 490, 22/02/2011 ZOOTECNIA RECONHECIMENTO Portaria MEC n.º //04/2006 ADMINISTRAÇÃO (EAD) AUTORIZAÇÃO - Portaria MEC nº /11/2007 CIÊNCIAS CONTÁBEIS (EAD) AUTORIZAÇÃO - Portaria MEC nº /11/2007 CIÊNCIAS ECONÔMICAS (EAD) RECONHECIMENTO Portaria MEC n.º /10/2013 TURISMO (EAD) AUTORIZAÇÃO - Portaria MEC nº /11/2007 Especialização Psicologia do Trânsito Especialização Psicopedagogia Abordagem Clínica e Institucional Especialização Psicologia Clínica: Existencial e Gestáltica. MBA em Gestão de Produção e Logística Empresarial; MBA em Gestão Estratégica de Pessoas em Ambiente de Mudanças; MBA em Gestão de Marketing, Vendas e Mídias Sociais; MBA em Gestão de Mercado Financeiro (ênfase em banking); MBA em Gestão de Projetos; MBA em Gestão de Negócios; MBA em Gestão da Construção Civil CURSO PORTARIA DO MEC DATA STRICTO SENSU PROGRAMA DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO - ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: GESTÃO ESTRATÉGICA DE ORGANIZAÇÕES - LINHAS DE PESQUISA: - Organizações, Gestão e Mudanças (OGM) - Estratégia, Competitividade e Inovações (ECI) - Gestão de Sistemas Educacionais (GSE) - Gestão Pública (GP) PROGRAMA DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ECONOMIA DE EMPRESAS - ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: ESTRATÉGIA EMPRESARIAL - LINHAS DE PESQUISA: - Estratégia empresarial e economia da inovação; - Estratégia competitiva, competitividade internacional e integração econômica; - Finanças e estratégia das empresas; RECONHECIMENTO Portaria MEC n.º 2609/2004 RECONHECIMENTO Parecer CNE/CES n.º /08/ /03/

6 1. IDENTIFICAÇÃO INSTITUCIONAL A FEAD integra a Faculdade de Estudos Administrativos de Minas Gerais e a Faculdade de Estudos Superiores de Minas Gerais, mantida pelo SIEMG - Sistema Integrado de Ensino de Minas Gerais, entidade com personalidade jurídica de direito privado está inscrita no CNPJ sob o nº / , com e foro na cidade de Belo Horizonte, Estado de Minas Gerais, à Rua Cláudio Manoel, 1162 Bairro Funcionários. Foi autorizada a funcionar, respectivamente pelas Portarias nº 688, de 9 de julho de 1998 e pela Portaria nº 1899, de 22 de agosto de 2001, do Ministério da Educação. Submete-se à Legislação vigente, ao seu Regimento e ao Estatuto da Entidade Mantenedora. 2. NORMAS ACADÊMICAS 2.1. Normas de conduta e ética para os acadêmicos da FEAD 1. Todo aluno deve procurar conhecer as normas institucionais disponíveis em documentos acadêmicos na sua página acadêmica. 2. O aluno deve manter atitude de seriedade e respeito em sala de aula. 3. Conversas paralelas e outras atitudes que configurem desrespeito e descaso com o professor e os colegas dão direito à advertência oral e, no caso de reincidência, advertência escrita e demais penalidades previstas no Regimento. 4. O telefone celular, em sala de aula, deve permanecer desligado ou no silencioso. Em dia de prova, o uso do celular é proibido. 5. A interrupção da aula, para saída ou entrada do aluno, deve ocorrer apenas em caso de necessidade e com discrição, para não interromper as atividades em andamento. 6. Os corredores devem ser usados somente para passagem. 7. É proibido fumar nos andares, corredores e escada. Os locais permitidos são: espaço de convivência, no andar térreo e ao lado da biblioteca. 8. Alimentar-se somente na cantina ou no espaço de convivência, no andar térreo. 9. Nos dias de prova das disciplinas presenciais, semi presenciais e a distância a tolerância máxima permitida para a entrada do aluno em sala de aula é de 30 minutos após a entrega das provas. Esse tempo é o mesmo para o aluno sair após o início da prova das disciplinas presenciais e para disciplinas 6

7 semi presenciais e a distância o tempo é de 45minutos. Não é permitido fazer a prova em outra turma/turno. 10. O aluno deverá ser frequente e pontual. A chamada é responsabilidade do professor, portanto, cabe a ele definir o momento de fazê-la. 11. Durante as aulas deverá predominar o espírito de equipe, colaboração, respeito e participação dos alunos nas atividades acadêmicas. 12. Deverá ser mantido o posicionamento acadêmico que inclui o cuidado com a imagem pessoal, polidez e linguagem adequada ao ambiente acadêmico. 13. Em sala de aula será permitida somente a presença dos alunos da disciplina. 14. É responsabilidade do aluno zelar pela conservação e preservação dos recursos materiais disponibilizados pela Instituição Considerações para aplicação de provas O aluno deverá registrar seu nome em cada folha da avaliação, com letra legível, utilizando CANETA AZUL OU PRETA. Normas da língua culta, sequência lógica e estilo claro constituem ingredientes da prova, podendo, inclusive, contar ponto, positiva ou negativamente, na avaliação. A menos que se trate de eventuais erros de digitação ou numeração, descabe qualquer esclarecimento, por parte do professor, durante a prova. Salvo disposição em contrário, não é permitido consulta. O uso de telefone celular e de aparelhos eletrônicos dessa natureza implica recolhimento e consequente total anulação da prova. O tempo de permanência mínimo, a contar do início da prova, é de 30 minutos para as disciplinas presenciais e de 45 minutos para as disciplinas semi presenciais e a distância. 3. ENADE Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes tem o objetivo de aferir o desempenho dos estudantes em relação aos conteúdos programáticos previstos nas diretrizes curriculares do curso de graduação, suas habilidades no que se refere às exigências decorrentes da evolução do conhecimento e suas competências para compreender temas 7

8 exteriores ao âmbito específico de sua profissão, ligados à realidade brasileira e mundial e a outras áreas do conhecimento. Segundo a legislação específica o diploma de graduação está vinculado ao cumprimento do ENADE. Portanto, esta prova deve ser realizada com consciência e comprometimento com você mesmo e com a instituição que você estuda. 4. REGIMENTO ESCOLAR O Regimento desta Instituição e as resoluções da Congregação, no qual constam as normas institucionais e complementares, encontram-se à disposição para consulta do corpo docente e discente em Documentos Acadêmicos da FEAD, na sua página acadêmica no site da FEAD. Ao conhecer estes documentos você poderá encontrar caminhos para muitas de suas dúvidas e necessidades. 5. INFORMAÇÕES ACADÊMICAS 5.1. Calendário O calendário acadêmico está disponibilizado a todos os alunos em documentos acadêmicos. Leia e acompanhe o calendário. Verifique também os horários de provas, disponíveis também em documentos acadêmicos.

9 5.2. Abono de faltas A frequência às aulas e às demais atividades escolares é obrigatória. Não é permitido o abono de faltas. O aluno que obtiver frequência inferior a 75% será considerado reprovado, independentemente do aproveitamento das notas obtidas. O lançamento das faltas é realizado pelo professor da disciplina em sala de aula Requerimento para solicitação de revisão de faltas Em caso de lançamento indevido de faltas, o aluno deve efetuar o requerimento específico de REVISÃO DE FALTAS (conforme figura abaixo) em até 48 horas após o lançamento, esclarecendo o dia em questão, a disciplina e a qual professor o mesmo deve ser encaminhado. Os requerimentos automaticamente indeferidos. efetuados após 48 horas serão

10 5.4. Compensação de carga horária O deferimento aos requerimentos para adequação de carga horária só ocorre nos casos em que o aluno que obtiver dispensa de disciplinas não conseguir, comprovadamente, complementar sua grade de horário com disciplinas de outros períodos. Os requerimentos de solicitação para adequação de carga horária deverão obedecer aos prazos previstos no Calendário Escolar. O aluno deverá efetuar os pagamentos normalmente até receber a resposta do requerimento Conteúdo Programático On-Line (CPO) O sistema de conteúdo programático online permite ao professor planejar e acompanhar o conteúdo programático de suas aulas. Em um primeiro momento o professor lança todo o conteúdo planejado da etapa letiva, aula a aula, para cada uma de suas turmas. À medida que as aulas vão acontecendo, o professor poderá lançar o conteúdo efetivamente realizado e efetuar chamadas dentro de sala de aula. Desta forma professores poderão acompanhar o andamento de suas turmas de maneira mais eficiente. Os alunos da turma também poderão ver, através do site, qual o conteúdo planejado para suas turmas, quais os conteúdos já lecionados (realizados) e como está seu nível de absenteísmo. Praticamente no mesmo instante que as faltas forem sendo lançadas no sistema, alunos poderão vê-las, sabendo, inclusive, qual o conteúdo lecionado nas aulas que faltaram. Fique atento! 5.6. Antecipação de Prova Final As provas finais e exame especial (somente estas) poderão ser antecipadas no caso de viagem para trabalho ou estágio no exterior. O aluno deve solicitar por meio de sua página, na internet, a antecipação das provas em requerimento específico de antecipação de provas finais. Após efetuar o requerimento específico de Antecipação das Provas Finais e Exame Especial, o aluno deverá entregar na Coordenação Pedagógica, os documentos comprobatórios que justifiquem sua ausência, (documentos do empregador, passagens áreas e visto) com 20 dias de antecedência, no mínimo, da primeira prova agendada no calendário escolar. Todos os pedidos com prazo inferior serão indeferidos. Por não estar 10

11 incluído nas mensalidades escolares, o aluno deverá efetuar o pagamento de R$ 80,00 (oitenta reais) referente a cada prova requerida. A realização das provas será agendada pela Coordenação Pedagógica e comunicada aos alunos. Todas as provas serão aplicadas em um único dia Atendimento Especial Pedagógico O AEP Atendimento Especial Pedagógico acompanhado pela Coordenação Pedagógica propicia ao aluno realizar as atividades avaliativas perdidas dentro do período de cobertura do atestado médico e/ou documento comprobatório apresentado. Deve ser solicitado em requerimento específico Atendimento Especial Pedagógico na página do aluno no site da FEAD, em até três dias úteis contados a partir da data do atestado médico e/ou documento comprobatório. Tal requerimento somente será analisado mediante a apresentação do laudo médico, ou demais documentos, dentro do prazo especificado, conforme orientação desse setor e serão respondidos pela página do aluno no site da FEAD. Excluem-se desta modalidade, todas as disciplinas práticas, bem como estágios curriculares. O AEP (Atendimento Especial Pedagógico) garante ao aluno tratamento diferenciado para casos de exceções legais à obrigatoriedade da frequência, conforme Resolução da Congregação nº 02/2009, disponível no site, em Regimento e para os casos abaixo: I - Prestação pelo aluno do Serviço Militar, na forma estabelecida pelo Decreto-Lei nº. 715, de 30 de junho de 1969, e pelo art. 77 do Regulamento do Corpo Oficial da Reserva do Exército, aprovado pelo Decreto nº , de 29 de novembro de 1980; (.. Todo convocado matriculado em Órgão de Formação de Reserva, que seja obrigado a faltar a suas atividades civis, por força de exercício ou manobras, ou reservista que seja chamado para fins de exercício de apresentação das reservas ou cerimônia cívica, do Dia do Reservista, terá suas faltas abonadas para todos os efeitos ).; II - III - Participação do aluno em competições desportivas nacionais, na forma prevista na Lei 8.672/93; As alunas em estado de gravidez, a partir do 8º (oitavo) mês de gestação, conforme Lei 6.202, de 17/04/75; 11

12 IV 1) Casos previstos no Decreto Lei 1044/69: Ao aluno portador de afecção congênitas ou adquiridas, traumatismo, ou outras condições mórbidas, determinando distúrbios agudos ou agudizados, caracterizados por:- Incapacidade física relativa, incompatível com a frequência dos trabalhos escolares, desde que se verifique a conservação das condições intelectuais e emocionais necessárias para o prosseguimento da atividade escolar em novo molde; 2) Ocorrência isolada e esporádica; 3) Duração que não ultrapasse o máximo ainda admissível, em cada caso, para a continuidade do processo pedagógico do aprendizado, atendendo a que tais características se verificam, entre outros, em casos de síndrome hemorrágicos (tais como hemofilia), asma, cartide, pericardites, afecções osteoarticulares submetidos a correções ortopédicas, nefropatias agudas ou subagudas, afecções reumáticas. 4) Doenças infecto-contagiosas. Obs: Resolução na íntegra disponível no site FEAD conforme endereço eletrônico abaixo:

13 5.8. Laboratório de Linguagem É um Curso de Língua Portuguesa que a FEAD oferece a todos os alunos gratuitamente com o objetivo de aperfeiçoar a leitura, a escrita e a compreensão do texto. Você poderá matricular-se no decorrer de seu curso. A inscrição para o Laboratório de Linguagem dos alunos do 1º período dos cursos de Agronomia, Medicina Veterinária, Odontologia, Psicologia turno manhã e Zootecnia será feita automaticamente e terá pontuação em A3 de uma disciplina específica do 1º período. Os alunos de primeiro período são avaliados em 05 pontos, nos cursos e nas disciplinas, segundo a tabela abaixo: Curso Agronomia Zootecnia Veterinária Odontologia Direito matutino Psicologia matutino Disciplina Leitura e Produção de textos Leitura e Produção de textos Leitura e Produção de textos Leitura e Prod. Texto Científico Leitura e Produção de Textos I Metodologia Científica O laboratório dará um certificado aos alunos que tiverem 75% de freqüência. A carga horária poderá ser utilizada como horas complementares para seu curso. Aproveite esta oportunidade que organizamos cuidadosamente para você! 5.9. Avaliação nas disciplinas presenciais A verificação do rendimento escolar do aluno é feita, conforme dispõe a Resolução da Congregação nº 03/2011, em cada disciplina, a cada período letivo, abrangendo os aspectos de eficiência nos estudos e de assiduidade. A avaliação das disciplinas presenciais de graduação é desenvolvida nas seguintes etapas: DISTRIBUIÇÃO (A1) 25 pontos Prova individual (A2) 25 pontos Prova individual 13

14 (A3) 20 pontos Atividades (2OP) 25 pontos - Prova Presencial individual que substitui A1 ou A2 (A4) 30 pontos - Prova Final Individual (A6) Pontuação exclusiva para clínicas profissionalizantes com valor de 15 pontos e A1 especificamente neste caso com pontuação de 10 pontos. (A8) 100 pontos - Prova Individual de Exame Especial * Nota final para aprovação 60 pontos O calendário de provas é disponibilizado no início de cada semestre, em documentos acadêmicos. NORMAS PARA AS AVALIAÇÕES - As avaliações A1 e A2 não devem ser concebidas integralmente apenas com questões objetivas. - Somente nas disciplinas consideradas prático-teóricas, conforme Projeto Pedagógico do respectivo curso poderá o professor dividir a atividade A1 e A2 em duas etapas. Assim, a atividade será desenvolvida em dias distintos, mas o valor das etapas deve corresponder ao valor estipulado para cada avaliação específica. - Não é permitida em NENHUMA avaliação, a ocorrência de questões nas quais uma resposta incorreta do discente anule uma questão respondida pelo mesmo; - É vedada a aplicação de avaliações em dupla e/ou grupo nas avaliações A1, A2, 2ª Oportunidade, A4 e Exame Especial (A8); - Não é permitida a repetição de questões de avaliações anteriores em outras avaliações da mesma disciplina; - Todas as atividades devem ser previamente agendadas e criteriosamente detalhadas na CPO (Conteúdo Programático on-line); -Todos os trabalhos agendados devem conter o detalhamento dos critérios de realização e correção; - Não é permitida a aplicação de avaliações com consulta a não ser que haja autorização expressa no plano de ensino da disciplina e no corpo da prova. 14

15 5.10. Avaliação das disciplinas EAD Ensino à Distância As avaliações dos cursos na modalidade à distância têm a seguinte distribuição de pontos: A1 Prova Presencial individual 35 pontos A2 Prova Presencial individual 35 pontos 2OP Prova Presencial individual que substitui A1 ou A2 35 pontos A3 Atividades Avaliativas 30 pontos A8 - Prova Individual de Exame Especial pontos Nota final para aprovação 60 pontos Segunda Oportunidade Esta é uma avaliação individual, única e restrita, que substitui A1 ou A2, caso o aluno tenha deixado de realizar uma dessas avaliações, em cada disciplina. Nas disciplinas consideradas prático-teóricas, o acadêmico não terá direito de realizar a segunda oportunidade caso tenha comparecido em qualquer etapa da avaliação. Somente poderá requerer a segunda oportunidade se não comparecer em nenhuma das etapas (prática e teórica). O aluno somente poderá realizar a prova de Segunda Oportunidade, nas seguintes condições: para apenas uma das avaliações perdidas por disciplina; não ter sido reprovado em frequência e desde que requerido dentro do prazo previsto no calendário acadêmico. O conteúdo da mesma será acumulativo até a data da prova. Cabe ao aluno observar no Calendário Acadêmico as datas previstas para o requerimento específico e a data das avaliações de 2ª OPORTUNIDADE. Por não estar incluído nas mensalidades escolares, o aluno deverá efetuar um pagamento referente a cada prova requerida. Se o aluno requerer a segunda oportunidade e não comparecer para realização da mesma, deverá arcar com os custos de cada avaliação requerida. O custo da Segunda Oportunidade deve ser consultado na tesouraria. Este valor é para cada avaliação solicitada. 15

16 5.12. Exame Especial O aluno reprovado que obtenha a nota mínima de 40 (quarenta) pontos e não tenha sido reprovado em frequência, terá direito ao Exame Especial. O mesmo será realizado no período previsto no calendário acadêmico e valerá 100 pontos que serão somados com o total obtido no semestre e essa nota dividida por dois. Será considerado aprovado o aluno que obteve pontuação igual ou superior a 60 (sessenta) pontos. Não é necessário fazer requerimento, devendo o aluno comparecer para realizar o (s) exame (s), no (s) prazo (s) fixados (s) e disponíveis no quadro de horário de provas, de cada curso, em Documentos Acadêmicos página do aluno no site da FEAD Revisão de Notas/Provas A revisão de notas/provas pode ser requerida pelo aluno no prazo de 48 (quarenta e oito) horas, contadas a partir do recebimento da prova, em sala, após o lançamento da nota no sistema acadêmico, pelo professor. PROVA ESCRITA A LAPIS NÃO TEM DIREITO À REVISÃO EM HIPÓTESE ALGUMA. Para fazer a revisão das notas A1, A2, 2ª Oportunidade o aluno deve: efetuar o pagamento da taxa referente à revisão de notas/provas (informação na tesouraria), juntar ao recibo emitido pela tesouraria, elaborar um recurso escrito fundamentando o erro da correção, citando para isto, a fonte observada (fundamentação teórica: artigos, livros, legislação, jurisprudência, etc.). Deve apresentar também o ORIGINAL da prova recebida. O aluno deve protocolar na coordenação seu pedido de revisão, junto com a prova e o recibo. O recurso será entregue ao coordenador que providenciará a entrega do processo ao professor. Em caso de recurso julgado procedente, haverá devolução do pagamento da taxa. Em se tratando de Prova Final A4 e Exame Especial (provas arquivada pela coordenação), faz-se necessário que o aluno efetue o pagamento da taxa de recurso de prova na tesouraria. O aluno deve solicitar via requerimento, a cópia da prova, informando o número do recibo do pedido de pagamento. A Coordenação providenciará a cópia da prova, disponibilizando-a ao aluno, para que o mesmo fundamente seu pedido de revisão. A partir da entrega da prova, o aluno tem 48 horas para protocolar o recurso junto com a prova e o recibo, na coordenação. O recurso será entregue ao coordenador 16

17 que providenciará a entrega do processo ao professor. Em caso de recurso julgado procedente, haverá devolução do pagamento da taxa. Os pedidos de revisão de provas serão julgados pelo professor da disciplina. Pedidos de reconsideração de recursos serão processados, na seguinte ordem: - Para o próprio professor; - Para o coordenador do curso; - Para o respectivo colegiado Revisão de Notas/Provas - EAD O pedido de revisão de nota das provas A1, A2, 2ª Oportunidade e Exame Especial pode ser realizado via chamado técnico (HelpVirtualAluno) disponível na Plataforma em até 48 horas após o lançamento das notas no Boletim. Pedidos feitos após este prazo não serão atendidos. A solicitação improcedente, ou seja, quando não for encontrada nenhuma divergência na nota, será cobrado o valor de R$ 10,00 (dez reais) Cancelamento ou Desistência de curso Deverá ser feita em requerimento específico na página do aluno no site da FEAD. A desistência somente é processada para o mês vindouro, ou seja, as parcelas dos meses anteriores ao pedido, deverão estar quitadas. Caso o aluno resolva desistir e não queira se onerar com a parcela do mês em vigor, o requerimento deverá ser efetuado, impreterivelmente, antes do dia 5 (presencial) e 15 (EAD) de cada mês. (Conforme estabelece no contrato de prestação de serviços assinado pelo aluno) Exame de Proficiência O aluno que domine o conteúdo da disciplina de Informática Básica poderá, dentro do prazo fixado no calendário escolar, requerer exame de proficiência para a dispensa. Será considerado apto, o aluno que obtiver 60 (sessenta) pontos ou mais. Há um custo de R$30,00 (trinta reais) por cada solicitação. O aluno que obtiver a aprovação da disciplina através de exame de proficiência, não terá direito a solicitar compensação de carga horária referente a esta 17

18 disciplina. O aluno do EAD que domine o conteúdo das disciplinas de Inglês e Espanhol também poderá requerer o Exame Especial nos parâmetros citados acima Jubilação Este termo refere-se ao prazo máximo que um curso deverá ser concluído. Sendo assim, os Cursos de Administração, Agronomia, Odontologia e Zootecnia deverão ser concluídos em 12 semestres (seis anos). Para os Cursos de Direito, Medicina Veterinária e Psicologia o prazo máximo é de 14 semestres (sete anos) Matrícula A matrícula deverá ser renovada a cada semestre, em todas as disciplinas do período, respeitando as datas previstas no calendário acadêmico. O aluno que não renovar sua matrícula será considerado desistente e perderá direito à vaga. A montagem da grade curricular é de responsabilidade do aluno, devendo o mesmo realizá-la dentro dos prazos previstos no calendário acadêmico. A renovação de matrícula se processa pela Internet no site da FEAD. O aluno recebe em sua residência o boleto bancário referente ao pagamento da taxa de renovação de matrícula e também uma comunicação da Instituição, via , estabelecendo os prazos e os esclarecimentos pertinentes à efetivação da matrícula. Para renovar a matrícula, o aluno deverá estar em dia com o pagamento global do período letivo anterior e quitar a 1ª parcela referente ao período letivo para o qual está requerendo matrícula. Importante lembrar que o sistema somente fica acessível ao aluno após confirmação do pagamento da taxa de renovação de matrícula. O sistema via site FEAD, permite ao aluno a estruturação de sua própria grade e é auto-explicativo. A estruturação da grade é de responsabilidade do aluno, após o período de montagem não há exclusões de disciplinas, uma vez que o aluno, durante o período, pode alterar a grade quantas vezes forem necessárias. Aqueles que tiverem dificuldades para efetivar sua matrícula na Internet devem procurar a secretaria da FEAD por telefone, ou pessoalmente, das 8h às 20h (informações detalhadas através do requerimento de solicitação de matrícula-graduação). 18

19 A renovação da matrícula é feita por período, admitindo-se dependência em até 3 (três) disciplinas. Em caso de reprovação em mais de 3 (três) disciplinas, o aluno deve adicionar as disciplinas reprovadas primeiro, antes de acrescentar as demais de outros períodos Revinculação de matrícula Trata-se do (a) aluno (a) que desistiu do curso ou solicitou o trancamento do curso e deseja retornar aos seus estudos. O aluno nessas situações solicita a revinculação da sua matrícula através do Uma vez deferido seu pedido o aluno deve entregar novamente toda a documentação pessoal e acadêmica (históricos e conteúdos cursados em outras Instituições) na secretaria e comparecer à tesouraria da FEAD, em até 72 horas, para efetuar o pagamento de sua matrícula. Após efetivada sua matrícula o aluno deverá retornar à secretaria para assinar o contrato de matrícula. Quando o vínculo do contrato é interrompido as bolsas perdem sua validade. Por isto, é necessário que o aluno busque informações sobre como se processará este retorno, e em quais condições, inclusive, de estrutura curricular Declaração de Matrícula É o documento que declara que o aluno tem vínculo acadêmico. O aluno requisita tal documento através de requerimento, via Internet. O requerimento será confirmado, posteriormente, pela secretaria. Neste caso, o aluno deverá efetuar o pagamento referente ao documento solicitado na tesouraria da Instituição. O documento solicitado estará disponível no balcão da secretaria 3 dias úteis após a confirmação do pagamento. Este documento expressa o ato legal de situação do seu curso. Se o aluno estiver com a matrícula trancada e/ou desistente também terá direito a esta declaração. Após a confirmação do requerimento não será possível cancelar o pagamento realizado ou transferi-lo para emissão de outro documento. O documento estará disponível na Secretaria da Instituição durante 6 meses, após este período o documento será incinerado, sem devolução do valor pago. 19

20 5.21. Declaração para fins específicos É uma declaração que guarda uma relação específica a uma finalidade. Por exemplo: para fins de visita técnica a determinada Instituição, o aluno solicita esta declaração. É necessário que o aluno explicite, no campo JUSTIFICATIVA, qual a finalidade da mesma e a Instituição em que será realizada a visita. Se for para uma empresa, deverá informar o nome da mesma e o nome da autoridade a quem deve ser encaminhada, bem como a finalidade. Após a realização do requerimento, o aluno deverá comparecer à tesouraria da Instituição, realizar o pagamento referente ao documento solicitado. Em até 3 (três) dias úteis após a confirmação do pagamento, o documento solicitado estará disponível no balcão da recepção. IMPORTANTE: Quando se tratar de visita técnica, o aluno deve informar, ainda, qual o professor está sendo responsável pela mesma, para confirmar os dados da visita, bem como a efetiva inscrição do aluno no evento. Após a confirmação de solicitação do documento, não é possível cancelar o pagamento, ou a emissão de uma declaração impressa pela secretaria com o mesmo pagamento. O documento estará disponível na Secretaria da Instituição durante 6 meses, após este período o documento será incinerado, sem devolução do valor pago Documentos On Line O aluno poderá obter sua declaração de matrícula e declaração para abertura de conta através da página eletrônica da Fead no item requerimento. O documento será gerado de forma eletrônica, no formato PDF e autenticado através de um número de protocolo que o identifica e valida através de nosso site. O documento poderá ser acessado dentro do prazo de validade definido na barra de autenticidade do mesmo. Apenas quem possui o número de protocolo pode ter acesso ao documento. A documentação online é gratuita, não havendo limite de acessos pelo aluno, porém a secretaria não assina e não carimba documentos online. Caso o aluno deseje um 20

REGULAMENTO PÓS-GRADUAÇÃO

REGULAMENTO PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO PÓS-GRADUAÇÃO TÍTULO I DAS DIRETRIZES GERAIS PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PARCERIA TECNOLÓGICA COM O COMPLEXO DE ENSINO RENATO SARAIVA (CERS) Art. 1º - Os cursos de Pós - Graduação

Leia mais

ESTÁCIO DE SÁ PÓS - GRADUAÇÃO NACIONAL. REGULAMENTO nº 02/2014 TÍTULO I DAS DIRETRIZES GERAIS PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

ESTÁCIO DE SÁ PÓS - GRADUAÇÃO NACIONAL. REGULAMENTO nº 02/2014 TÍTULO I DAS DIRETRIZES GERAIS PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESTÁCIO DE SÁ PÓS - GRADUAÇÃO NACIONAL REGULAMENTO nº 02/2014 TÍTULO I DAS DIRETRIZES GERAIS PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Art. 1º - Os cursos de Pós - Graduação lato sensu estão distribuídos

Leia mais

ESTÁCIO DE SÁ. PÓS - GRADUAÇÃO REGULAMENTO nº 02/2014 TÍTULO I DAS DIRETRIZES GERAIS PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

ESTÁCIO DE SÁ. PÓS - GRADUAÇÃO REGULAMENTO nº 02/2014 TÍTULO I DAS DIRETRIZES GERAIS PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESTÁCIO DE SÁ PÓS - GRADUAÇÃO REGULAMENTO nº 02/2014 TÍTULO I DAS DIRETRIZES GERAIS PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Art. 1º - Os cursos de Pós - Graduação lato sensu estão distribuídos em 5

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2º/2015 Coordenador: Prof. Dr. Antônio Corrêa de Lacerda Vice-Coordenadora: Profa. Dra. Regina Maria d Aquino Fonseca Gadelha Estarão abertas, no período de 01/04/2015 a

Leia mais

RESOLUÇÃO CAS Nº. 25, DE 6 DE AGOSTO DE 2009.

RESOLUÇÃO CAS Nº. 25, DE 6 DE AGOSTO DE 2009. RESOLUÇÃO CAS Nº. 25, DE 6 DE AGOSTO DE 2009. Regulamenta o processo de dependência e atendimento especial e dá outras providências. O PRESIDENTE DO CONSELHO ACADÊMICO SUPERIOR DO CENTRO UNIVERSITÁRIO

Leia mais

REGULAMENTO INSTITUCIONAL SISTEMA DE AVALIAÇÃO DISCENTE

REGULAMENTO INSTITUCIONAL SISTEMA DE AVALIAÇÃO DISCENTE UNIÃO DAS INSTITUIÇÕES DE SERVIÇOS, ENSINO E PESQUISA LTDA. REGULAMENTO INSTITUCIONAL SISTEMA DE AVALIAÇÃO DISCENTE São Paulo 2012 Art. 1º. A avaliação dos resultados de aprendizagem, parte integrante

Leia mais

Centro Universitário Unieuro vestibular@unieuro.com.br

Centro Universitário Unieuro vestibular@unieuro.com.br A Comissão de Acesso ao Ensino Superior informa que estão abertas as inscrições para o 1º semestre letivo de 2016, nas seguintes modalidades: 1º Processo Seletivo Agendado Edital 21/2015 (para novos alunos)

Leia mais

Manual do Candidato da Graduação. Processos Seletivos

Manual do Candidato da Graduação. Processos Seletivos 1 ESCOLA SUPERIOR NACIONAL DE SEGUROS ESNS Manual do Candidato da Graduação Processos Seletivos Rua Senador Dantas, 74 2º andar Centro Rio de Janeiro RJ Tel. 33801044 33801046 33801532 2 A Escola Superior

Leia mais

FACULDADE DIREÇÃO GERAL NORMA 029 1/5

FACULDADE DIREÇÃO GERAL NORMA 029 1/5 1. Dos Requisitos e Documentos para o Ingresso Para ingressar nos cursos de ensino superior o candidato deve ter concluído o Ensino Médio, prestar processo seletivo da IES ou ingressar por uma das formas

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de

Leia mais

PÓS GRADUAÇÃO ESTÁCIO - IESAM REGULAMENTO Nº 01/2015

PÓS GRADUAÇÃO ESTÁCIO - IESAM REGULAMENTO Nº 01/2015 PÓS GRADUAÇÃO ESTÁCIO - IESAM REGULAMENTO Nº 01/2015 1. DAS DIRETRIZES GERAIS PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1.1. O Instituto de Estudos Superiores da Amazônia, conforme estabelecido na Seção

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2015 Graduação Presencial

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2015 Graduação Presencial PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2015 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA O Universitário Módulo, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12.12.2007, resolve promover Processo Seletivo

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA A Universidade Cidade de São Paulo UNICID, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12/12/2007, resolve promover

Leia mais

REGULAMENTO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS ESUDA. Capítulo I Das Disposições Preliminares

REGULAMENTO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS ESUDA. Capítulo I Das Disposições Preliminares Capítulo I Das Disposições Preliminares Art. 1º Os cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da Faculdade de Ciências Humanas ESUDA orientam-se pelas normas especificadas neste Regulamento e estão sujeitos ao

Leia mais

GUIA DO ALUNO 2014 1

GUIA DO ALUNO 2014 1 GUIA DO ALUNO 2014 1 GUI A DO ALUNO 1. Matrícula Para efetuar sua matrícula em Cursos PECE o candidato deverá comparecer no prazo estipulado, portando todos os documentos que são exigidos para a matrícula

Leia mais

REGIMENTO DO SETOR REGISTROS ACADÊMICOS

REGIMENTO DO SETOR REGISTROS ACADÊMICOS REGIMENTO DO SETOR REGISTROS ACADÊMICOS CAPÍTULO I - DISPOSIÇÕES INICIAIS DAS COMPETÊNCIAS Art. 1º O Setor de Registros Acadêmicos - SRA é o órgão que operacionaliza todas as atividades ligadas à vida

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE

FACULDADE DE EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE FACULDADE DE EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE (Port. MEC nº 797/14, de 11/09/2014, publicada no DOU em 12/09/2014) EDITAL 2016/1 - PROCESSO SELETIVO GRADUAÇÃO PRESENCIAL O Diretor Geral da Faculdade de Educação

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM O Universitário Módulo, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12.12.2007, resolve promover Processo Seletivo

Leia mais

REGULAMENTO SOBRE PROCESSO DE REGIME DE EXERCÍCIOS DOMICILIARES E ABONOS DE FALTAS

REGULAMENTO SOBRE PROCESSO DE REGIME DE EXERCÍCIOS DOMICILIARES E ABONOS DE FALTAS REGULAMENTO SOBRE PROCESSO DE REGIME DE EXERCÍCIOS DOMICILIARES E ABONOS DE FALTAS Aprovado no Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) e Conselho de Administração Superior (CAS) em 30 de junho de

Leia mais

Manual do Candidato da Graduação. Processos Seletivos

Manual do Candidato da Graduação. Processos Seletivos 1 ESCOLA SUPERIOR NACIONAL DE SEGUROS Manual do Candidato da Graduação Processos Seletivos Rua Senador Dantas, 74 Térreo; 2º e 3º andares Centro Rio de Janeiro RJ Tel. 33801044 33801046 33801535 2 A Escola

Leia mais

Regulamento Geral. Programas Executivos IBMEC MG. REGULAMENTO GERAL PROGRAMAS EXECUTIVOS IBMEC BELO HORIZONTE Reprodução Proibida

Regulamento Geral. Programas Executivos IBMEC MG. REGULAMENTO GERAL PROGRAMAS EXECUTIVOS IBMEC BELO HORIZONTE Reprodução Proibida Regulamento Geral Programas Executivos IBMEC MG 0 TÍTULO I - DAS FINALIDADES Art. 1º - Os Programas CBA, MBA e LL.M. são atividades docentes do Ibmec MG, dirigidos à formação e aperfeiçoamento dos participantes,

Leia mais

I CURSOS E VAGAS OFERTADAS

I CURSOS E VAGAS OFERTADAS Edital N º 08 /2015 EDITAL PARA PROCESSO SELETIVO ÀS VAGAS DESTINADAS A TRANSFERÊNCIAS EXTERNAS E A PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR PARA INGRESSO NO SEGUNDO SEMESTRE DE 2015 EM CURSOS DE GRADUAÇÃO

Leia mais

PORTARIA Nº. 14/REITORIA/10, de 5 de julho de 2010 CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

PORTARIA Nº. 14/REITORIA/10, de 5 de julho de 2010 CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO PORTARIA Nº. 14/REITORIA/10, de 5 de julho de 2010 CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Institui e estabelece critérios para o Aproveitamento de Estudos e Verificação de Proficiência para fins de certificação

Leia mais

EDITAL nº 03/2015 TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADORES DE DIPLOMA

EDITAL nº 03/2015 TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADORES DE DIPLOMA EDITAL Nº 03/2015 O Diretor da Faculdade Metropolitana de Anápolis FAMA, no uso de suas atribuições e demais disposições legais, aprova e torna público o processo seletivo para transferência de candidatos

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO 2016.1 PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR

EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO 2016.1 PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO 2016.1 PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR A Universidade Salvador UNIFACS, em conformidade com seu Regimento Geral, torna pública a abertura das inscrições

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

E D I T A L. 1º Para os casos de transferência externa serão aceitas, apenas, as inscrições para áreas afins.

E D I T A L. 1º Para os casos de transferência externa serão aceitas, apenas, as inscrições para áreas afins. EDITAL NRCA-SJP N.º 09/2015 DISPÕE SOBRE OS PROCESSOS DE INGRESSO POR TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADOR DE DIPLOMA AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE FAE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS. O Coordenador do Núcleo

Leia mais

Portal do Aluno Parfor UFPA

Portal do Aluno Parfor UFPA Do Ingresso do Professor de Educação Básica no PARFOR/UFPA O ingresso do professor da Educação básica como aluno do PARFOR na UFPA dar-se-á através de algumas etapas. A primeira delas é a inscrição dos

Leia mais

Guia do Aluno São Paulo 2014

Guia do Aluno São Paulo 2014 Guia do Aluno São Paulo 2014 Parabéns por ter ingressado na FATEC IPIRANGA - Faculdade de Tecnologia pertencente ao Centro Paula Souza. A partir de agora, você faz parte do corpo discente de uma instituição

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais Instituto de Ciências Exatas Programa de Pós-Graduação em Estatística. Edital de Seleção 2015/2º Doutorado

Universidade Federal de Minas Gerais Instituto de Ciências Exatas Programa de Pós-Graduação em Estatística. Edital de Seleção 2015/2º Doutorado Universidade Federal de Minas Gerais Instituto de Ciências Exatas Edital de Seleção 2015/2º Doutorado A Coordenadora do do Instituto de Ciências Exatas da Universidade Federal de Minas Gerais FAZ SABER

Leia mais

EDITAL DO1º PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS SUPERIORES NA MODALIDADE PRESENCIAL - VESTIBULAR 1º SEMESTRE - 2015

EDITAL DO1º PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS SUPERIORES NA MODALIDADE PRESENCIAL - VESTIBULAR 1º SEMESTRE - 2015 EDITAL DO1º PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS SUPERIORES NA MODALIDADE PRESENCIAL - VESTIBULAR 1º SEMESTRE - 2015 A Faculdade FAPAN Instituição de Ensino Superior comprometida a observar o padrão de qualidade

Leia mais

Curso Série Turno Vagas 2ª Manhã 5 (cinco) 2ª Noite 5 (cinco ADMINISTRAÇÃO 3ª Manhã 5 (cinco 4ª Manhã 2 (duas) 5ª Noite 5 (cinco)

Curso Série Turno Vagas 2ª Manhã 5 (cinco) 2ª Noite 5 (cinco ADMINISTRAÇÃO 3ª Manhã 5 (cinco 4ª Manhã 2 (duas) 5ª Noite 5 (cinco) Edital N o. 11/2014 EDITAL PARA PROCESSO SELETIVO ÀS VAGAS DESTINADAS A TRANSFERÊNCIAS EXTERNAS E A PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR PARA INGRESSO NO SEGUNDO SEMESTRE DE 2014 EM CURSOS DE GRADUAÇÃO

Leia mais

FACULDADE GUILHERME GUIMBALA CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO - CEPPE EDITAL Nº 03 CEPPE, DE 07 DE JULHO DE 2015

FACULDADE GUILHERME GUIMBALA CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO - CEPPE EDITAL Nº 03 CEPPE, DE 07 DE JULHO DE 2015 FACULDADE GUILHERME GUIMBALA CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO - CEPPE EDITAL Nº 03 CEPPE, DE 07 DE JULHO DE 2015 Oferta de curso de pós-graduação (lato sensu), em nível de especialização em

Leia mais

FACULDADE METODISTA DE SANTA MARIA FAMES EDITAL PROCESSO SELETIVO COMPLEMENTAR 2013/1

FACULDADE METODISTA DE SANTA MARIA FAMES EDITAL PROCESSO SELETIVO COMPLEMENTAR 2013/1 FACULDADE METODISTA DE SANTA MARIA FAMES EDITAL PROCESSO SELETIVO COMPLEMENTAR 2013/1 A Direção da Faculdade Metodista de Santa Maria (FAMES), torna públicas as normas a seguir, que regem o Processo Seletivo

Leia mais

PORTARIA Prac Nº 011/2014

PORTARIA Prac Nº 011/2014 PORTARIA Prac Nº 011/2014 Dispõe sobre a destinação de vagas remanescentes e as normas e procedimentos a serem aplicados no 1º período letivo de 2015, exclusivamente para os casos de Transferência de outra

Leia mais

Faculdade Maurício de Nassau

Faculdade Maurício de Nassau Faculdade Maurício de Nassau EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 A Direção da Faculdade Maurício de Nassau de Manaus no uso de suas atribuições e com base nas disposições regimentais, no Dec. 99.490/90,

Leia mais

GERAL DOS CURSOS DE PÓS GRADUAÇÃO PROPe

GERAL DOS CURSOS DE PÓS GRADUAÇÃO PROPe REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS GRADUAÇÃO PROPe Sumário Título I Dos Cursos de Pós Graduação e suas finalidades...1 Título II Dos Cursos de Pós Graduação em Sentido Lato...1 Título III Dos Cursos de

Leia mais

O presente processo terá validade para matrícula no primeiro semestre de 2015, através de ingresso por:

O presente processo terá validade para matrícula no primeiro semestre de 2015, através de ingresso por: EDITAL DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADORES DE DIPLOMA PARA 2015/1 Os Diretores Executivo e Técnico do SENAI CETIQT, no uso das atribuições que lhes conferem o Regimento Interno do SENAI CETIQT, tornam

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO APRESENTAÇÃO Dispõe sobre as normas para realização de Estágio Supervisionado pelos acadêmicos da Faculdade de Belém FABEL. O presente regulamento normatiza o Estágio

Leia mais

Guia dos Ingressantes

Guia dos Ingressantes Guia dos Ingressantes São Paulo 2014 Parabéns por ter ingressado na FATEC IPIRANGA - Faculdade de Tecnologia pertencente ao Centro Paula Souza. A partir de agora, você faz parte do corpo discente de uma

Leia mais

Minuta do Regimento Geral de Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da Universidade Federal de São Carlos

Minuta do Regimento Geral de Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da Universidade Federal de São Carlos Minuta do Regimento Geral de Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da Universidade Federal de São Carlos CapítuloI Dos Objetivos Art.1º - Os cursos de pós-graduação lato sensu da Universidade Federal de São

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM COMUNICAÇÃO E MARKETING Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

2. Do Processo Seletivo 3. Das vagas

2. Do Processo Seletivo 3. Das vagas EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA DESTRANCAMENTO DE MATRÍCULA, DESTRANCAMENTO DE MATRÍCULA COM REOPÇÃO, ACEITAÇÃO DE TRANSFERÊNCIA DE ALUNOS REGULARES PARA CURSOS AFINS, REOPÇÃO DE CURSO, OBTENÇÃO DE NOVO

Leia mais

Portaria Nº 0006A /2014 De 15 de maio de 2014

Portaria Nº 0006A /2014 De 15 de maio de 2014 Credenciada pelo MEC Portaria 347/2001 - Diário Oficial da União de 23.02.01 Entidade Mantenedora: AGES Empreendimentos Educacionais S/C Ltda CNPJ 03.732.265/0001-72 Portaria Nº 0006A /2014 De 15 de maio

Leia mais

Calendário de Matrícula 1º Semestre de 2015. Calendário para Assinatura do Contrato de Prestação de Serviços Educacionais e do Plano de Estudos

Calendário de Matrícula 1º Semestre de 2015. Calendário para Assinatura do Contrato de Prestação de Serviços Educacionais e do Plano de Estudos Calendário de Matrícula 1º Semestre de 2015 Calendário para Assinatura do Contrato de Prestação de Serviços Educacionais e do Plano de Estudos 2 e 3/1 Direito e Nutrição. 5/1 - Ciência da Computação, Sistemas

Leia mais

FACULDADE JOAQUIM NABUCO-UNIDADE RECIFE MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1

FACULDADE JOAQUIM NABUCO-UNIDADE RECIFE MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 FACULDADE JOAQUIM NABUCO-UNIDADE RECIFE MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 Credenciamento - Ato autorizativo Portaria Nº 998 de 22/10/2007, publicada no DOU em 23/10/2007

Leia mais

Regulamento de Matrícula

Regulamento de Matrícula Regulamento de Matrícula A Coordenadora do Curso de Direito da Faculdade Processus, juntamente com a Diretora do Curso, no exercício de suas atribuições, com o intuito de normatizar a efetividade e dinâmica

Leia mais

ALIANÇA TERESINA - MAURICIO DE NASSAU

ALIANÇA TERESINA - MAURICIO DE NASSAU ALIANÇA TERESINA - MAURICIO DE NASSAU EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 A direção da Faculdade Aliança / Faculdade Maurício de Nassau no uso de suas atribuições e com base nas disposições regimentais,

Leia mais

EDITAL Nº 002/2011 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE MATEMÁTICA

EDITAL Nº 002/2011 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE MATEMÁTICA EDITAL Nº 002/2011 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE MATEMÁTICA INSCRIÇÃO, SELEÇÃO E MATRÍCULA 1. INFORMAÇÕES GERAIS A direção da Faculdade de Ciências, Educação e Tecnologia de Garanhuns da Universidade

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE INGRESSO AOS CURSOS SUPERIORES, MODALIDADE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EAD, DA UNIVERSIDADE DE SANTO AMARO, TURMAS DE 2014.

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE INGRESSO AOS CURSOS SUPERIORES, MODALIDADE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EAD, DA UNIVERSIDADE DE SANTO AMARO, TURMAS DE 2014. 1 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE INGRESSO AOS CURSOS SUPERIORES, MODALIDADE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EAD, DA UNIVERSIDADE DE SANTO AMARO, TURMAS DE 2014. A Magnífica Reitora da Universidade de Santo Amaro

Leia mais

EDITAL N.º 001/2014 PROCESSO SELETIVO 1º SEMESTRE DE 2014

EDITAL N.º 001/2014 PROCESSO SELETIVO 1º SEMESTRE DE 2014 EDITAL N.º 001/2014 PROCESSO SELETIVO 1º SEMESTRE DE 2014 A Diretora Maria Aparecida Pinto, Diretora da Faculdade de São Lourenço, no uso de suas atribuições, torna público que, no período de 02 de setembro

Leia mais

Manual do Candidato. Grupo Educacional LBS-FAPPES. Vestibular FAPPES 2016. WEST PLAZA R. Barão de Tefé, 247 - São Paulo - SP, 05003-100

Manual do Candidato. Grupo Educacional LBS-FAPPES. Vestibular FAPPES 2016. WEST PLAZA R. Barão de Tefé, 247 - São Paulo - SP, 05003-100 Grupo Educacional LBS-FAPPES CREDENCIADO PELO MEC. DECRETO N 485 de 09/02/2006 Manual do Candidato Vestibular FAPPES 2016 1. Disposições Gerais 1.1. O Processo Seletivo consiste na seleção e classificação

Leia mais

Faculdade Escola Paulista de Direito

Faculdade Escola Paulista de Direito Faculdade Escola Paulista de Direito MANUAL DO ALUNO Este manual tem por finalidade informar à comunidade universitária as normas e os procedimentos acadêmicos institucionais da Faculdade Escola Paulista

Leia mais

EDITAL DO 1º PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS SUPERIORES NA MODALIDADE PRESENCIAL - VESTIBULAR 1º SEMESTRE - 2015

EDITAL DO 1º PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS SUPERIORES NA MODALIDADE PRESENCIAL - VESTIBULAR 1º SEMESTRE - 2015 EDITAL DO 1º PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS SUPERIORES NA MODALIDADE PRESENCIAL - VESTIBULAR 1º SEMESTRE - 2015 A Faculdade Meta - FAMETA, Instituição de Ensino Superior comprometida a observar o padrão

Leia mais

SOCIEDADE DE ENSINO SUPERIOR AMADEUS FACULDADE AMADEUS GUIA ACADÊMICO ARACAJU/SE

SOCIEDADE DE ENSINO SUPERIOR AMADEUS FACULDADE AMADEUS GUIA ACADÊMICO ARACAJU/SE SOCIEDADE DE ENSINO SUPERIOR AMADEUS FACULDADE AMADEUS GUIA ACADÊMICO ARACAJU/SE SUMÁRIO 1. A INSTITUIÇÃO 04 1.1. ÓRGÃOS DA FACULDADE 04 2. MISSÃO 04 3. CURSOS OFERECIDOS 04 4. INFORMAÇÕES ACADÊMICAS 04

Leia mais

EDITAL VESTIBULAR FLORENCE AGENDADO SEMESTRE LETIVO 2016.1

EDITAL VESTIBULAR FLORENCE AGENDADO SEMESTRE LETIVO 2016.1 EDITAL VESTIBULAR FLORENCE AGENDADO SEMESTRE LETIVO 2016.1 EDITAL N 15 2016 PROCESSO SELETIVO 2016.1 A Diretora Geral do Instituto Florence de Ensino Superior, no uso de suas atribuições regimentais, torna

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA O REGISTRO ACADÊMICO DE PÓS-GRADUAÇÃO

INSTRUÇÕES PARA O REGISTRO ACADÊMICO DE PÓS-GRADUAÇÃO INSTRUÇÕES PARA O REGISTRO ACADÊMICO DE PÓS-GRADUAÇÃO Conteúdo: O Registro Acadêmico...1 Etapas do procedimento de registro:...2 Funções por agente:...4 Acompanhamento da execução do registro:...4 Documentação:...5

Leia mais

3 DAS CONDIÇÕES DA MATRÍCULA ESPECIAL E TRANSFERÊNCIA EXTERNA

3 DAS CONDIÇÕES DA MATRÍCULA ESPECIAL E TRANSFERÊNCIA EXTERNA EDITAL DE MATRÍCULA ESPECIAL E TRANSFERÊNCIA EXTERNA PARA 2015.2 Edital de 01 de junho de 2015 O Instituto Mantenedor de Ensino Superior - IMES, de acordo com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional

Leia mais

DOS CURSOS E SEUS OBJETIVOS

DOS CURSOS E SEUS OBJETIVOS REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DAS FACULDADES INTEGRADAS DE VITÓRIA DOS CURSOS E SEUS OBJETIVOS Disciplina os Cursos de Pós- Graduação Lato Sensu nas modalidades Acadêmica e Profissionalizante

Leia mais

REGULAMENTO DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UCB

REGULAMENTO DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UCB REGULAMENTO DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UCB 1. INTRODUÇÃO O Sistema de Bibliotecas da UCB possui um acervo com mais de 200.000 volumes possibilitando o acesso dos usuários aos livros, sistemas de consulta,

Leia mais

Curso Atos Legais Turno. Vagas para o 1º período somente serão disponibilizadas em caso de vagas remanescentes do Vestibular.

Curso Atos Legais Turno. Vagas para o 1º período somente serão disponibilizadas em caso de vagas remanescentes do Vestibular. Edital de Convocação para Ingresso nos cursos da Graduação em 2015/1 através de Transferência Interna de Curso e Transferência Externa entre Faculdades A Diretora Geral da Escola Superior de Propaganda

Leia mais

REGULAMENTO DA SECRETARIA GERAL

REGULAMENTO DA SECRETARIA GERAL FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DO BAIXO SÃO FRANCISCO DR. RAIMUNDO MARINHO FACULDADE RAIMUNDO MARINHO REGULAMENTO DA SECRETARIA GERAL A Secretaria Geral é o órgão que operacionaliza todas as atividades ligadas à

Leia mais

Normas e Procedimentos para os Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu (MBA, Especialização e Aperfeiçoamento)

Normas e Procedimentos para os Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu (MBA, Especialização e Aperfeiçoamento) Normas e Procedimentos para os Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu (MBA, Especialização e Aperfeiçoamento) 1 Contato com alunos O contato com o aluno de Pós-Graduação da UCS acontece, de forma preferencial,

Leia mais

3. Do Curso, Local, Tempo de Duração e Número de Vagas. As vagas disponíveis e a duração do curso estão listadas na tabela a seguir:

3. Do Curso, Local, Tempo de Duração e Número de Vagas. As vagas disponíveis e a duração do curso estão listadas na tabela a seguir: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS OURO PRETO Rua Pandiá Calógeras, 898 Bairro Bauxita Ouro

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA - PPGEM

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA - PPGEM PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA - PPGEM Regimento Interno do Curso de Mestrado Acadêmico em Engenharia Mecânica do Programa de Pós Graduação em Engenharia Mecânica Este programa de Pós-Graduação

Leia mais

MANUAL BOLSISTA. Núcleo de Atenção Solidária NAS

MANUAL BOLSISTA. Núcleo de Atenção Solidária NAS MANUAL DO BOLSISTA Núcleo de Atenção Solidária NAS Sumário 1 - Bolsa de Estudo... 2 2 - Tipos de Bolsas de Estudo... 2 - ProUni... 2 Eventuais Programas de Bolsas de Estudo:... 2 - Vestibular Social....

Leia mais

MANUAL DO ALUNO. Para consultar se uma instituição é credenciada é só acessar o endereço eletrônico

MANUAL DO ALUNO. Para consultar se uma instituição é credenciada é só acessar o endereço eletrônico 1 O CEPAN Centro de Ensino Panoramica, representante comercial com exclusividade da Faculdade Associada Brasil FAB, Credenciada e reconhecida pelo MEC através da Portaria nº. 1387, D.O. U de 09 de Julho

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNISEB

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNISEB CENTRO UNIVERSITÁRIO UNISEB Dispõe sobre as normas referentes ao Processo Seletivo 2015, para o preenchimento de vagas para os cursos de graduação, na modalidade de Ensino Educação a Distância, do CENTRO

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA. Art. 1º - A Biblioteca poderá ser utilizada por professores, alunos e funcionários da UNIESP.

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA. Art. 1º - A Biblioteca poderá ser utilizada por professores, alunos e funcionários da UNIESP. REGULAMENTO DA BIBLIOTECA A Direção da UNIESP estabelece normas disciplinando o funcionamento da Biblioteca, no ano de 2013/1. CAPÍTULO I DO USO DA BIBLIOTECA Art. 1º - A Biblioteca poderá ser utilizada

Leia mais

REGULAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO UNIDADE SÃO PAULO. Ingressantes 2010. Junho/2010 Página 1 de 14

REGULAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO UNIDADE SÃO PAULO. Ingressantes 2010. Junho/2010 Página 1 de 14 REGULAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO UNIDADE SÃO PAULO Ingressantes 2010 Página 1 de 14 SUMÁRIO 1. OBJETIVO DO CURSO 2. ESTRUTURA DO CURSO 2.1) Visão geral 2.2) Pré-requisitos 2.3) Critérios de contagem

Leia mais

FACULDADE SANTA EMÍLIA - JOAQUIM NABUCO-UNIDADE OLINDA MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1

FACULDADE SANTA EMÍLIA - JOAQUIM NABUCO-UNIDADE OLINDA MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 FACULDADE SANTA EMÍLIA - JOAQUIM NABUCO-UNIDADE OLINDA MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 Com sede Av. Doutor Augusto Moreira, 1704 e 1502 Casa Caiada - Olinda Legislação

Leia mais

GUIA INFORMATIVO DA COMPLEMENTAÇÃO PEDAGÓGICA

GUIA INFORMATIVO DA COMPLEMENTAÇÃO PEDAGÓGICA GUIA INFORMATIVO DA COMPLEMENTAÇÃO PEDAGÓGICA Parabéns por ter escolhido a FAVED/ISEED/PROMINAS para estudar, agradecemos a preferência e confiança depositadas em nossos serviços educacionais. Faremos

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online ENFERMAGEM DO TRABALHO Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

ESAMC. MBA Executivo. Unidades: Sorocaba. Itapetininga

ESAMC. MBA Executivo. Unidades: Sorocaba. Itapetininga ESAMC MBA Executivo Unidades: Sorocaba Itu Itapetininga REGULAMENTO INTERNO DA INSTITUIÇÃO ÚLTIMA REVISÃO: NOVEMBRO/2009 SUMÁRIO ii 1) DO REGIME ESCOLAR... 1 1.1) CRITÉRIO DE CONTAGEM DE CRÉDITOS... 1

Leia mais

CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA. Resolução nº 01/2010

CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA. Resolução nº 01/2010 CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA Resolução nº 01/2010 Regulamenta a pós-graduação lato sensu nas modalidades semipresencial e à distância O Diretor do Centro de Educação

Leia mais

REGULAMENTO DOS PROCESSOS DE TRANSFERÊNCIA, APROVEITAMENTO DE ESTUDOS E COMPETÊNCIAS E ACESSO DE PORTADOR DE DIPLOMA SUPERIOR

REGULAMENTO DOS PROCESSOS DE TRANSFERÊNCIA, APROVEITAMENTO DE ESTUDOS E COMPETÊNCIAS E ACESSO DE PORTADOR DE DIPLOMA SUPERIOR REGULAMENTO DOS PROCESSOS DE TRANSFERÊNCIA, APROVEITAMENTO DE ESTUDOS E COMPETÊNCIAS E ACESSO DE PORTADOR DE DIPLOMA SUPERIOR (Aplicado aos cursos de Graduação) Aprovado no Conselho de Ensino, Pesquisa

Leia mais

Unisa Universidade de Santo Amaro

Unisa Universidade de Santo Amaro 1 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE INGRESSO AOS CURSOS SUPERIORES, MODALIDADE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EAD DA UNIVERSIDADE DE SANTO AMARO, TURMAS DE AGOSTO 2012. A Magnífica Reitora da Universidade de Santo

Leia mais

Pós-Graduação Online. EDITAL Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Previdenciário. Turma 3 2013.3

Pós-Graduação Online. EDITAL Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Previdenciário. Turma 3 2013.3 Pós-Graduação Online EDITAL Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Previdenciário Turma 3 2013.3 Agosto/2013 a setembro/2014 Edital de oferta de vagas para o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Previdenciário,

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Institui o Regulamento dos cursos de Pós-graduação lato sensu em da Escola de Direito de Brasília EDB, mantida pelo Instituto Brasiliense de Direito

Leia mais

FACULDADE GUILHERME GUIMBALA CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO - CEPPE EDITAL Nº 02 CEPPE, DE 25 DE JUNHO DE 2015

FACULDADE GUILHERME GUIMBALA CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO - CEPPE EDITAL Nº 02 CEPPE, DE 25 DE JUNHO DE 2015 FACULDADE GUILHERME GUIMBALA CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO - CEPPE EDITAL Nº 02 CEPPE, DE 25 DE JUNHO DE 2015 Oferta de curso de pós-graduação (lato sensu), em nível de especialização em

Leia mais

EDITAL Nº 02/2015. Faculdade de Tecnologia de Piracicaba Fatep. Processo Seletivo. Primeiro Semestre 2016

EDITAL Nº 02/2015. Faculdade de Tecnologia de Piracicaba Fatep. Processo Seletivo. Primeiro Semestre 2016 EDITAL Nº 02/2015 Faculdade de Tecnologia de Piracicaba Fatep Processo Seletivo Primeiro Semestre 2016 O Diretor da Faculdade de Tecnologia de Piracicaba - Fatep informa que, de acordo com a Lei nº 9.394

Leia mais

FACULDADE TOBIAS BARRETO MANTIDA PELA SOCIEDADE DE ENSINO SUPERIOR E PESQUISA DE SERGIPE LTDA- SESPS

FACULDADE TOBIAS BARRETO MANTIDA PELA SOCIEDADE DE ENSINO SUPERIOR E PESQUISA DE SERGIPE LTDA- SESPS FACULDADE TOBIAS BARRETO MANTIDA PELA SOCIEDADE DE ENSINO SUPERIOR E PESQUISA DE SERGIPE LTDA- SESPS CREDENCIAMENTO: PORTARIA MEC Nº 601 DE 20.05.2008, DOU 21DE MAIO DE 2008 SEÇÃO I. EDITAL DO PROCESSO

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

RESOLUÇÃO N o 38 de 30/12/2011 - CAS

RESOLUÇÃO N o 38 de 30/12/2011 - CAS RESOLUÇÃO N o 38 de 30/12/2011 - CAS O Conselho Acadêmico Superior (CAS), no uso de suas atribuições conferidas pelo Estatuto da Universidade Positivo (UP), dispõe sobre as normas acadêmicas dos cursos

Leia mais

EDITAL Nº 10/2011. Processo Seletivo AGENDADO Vestibular 2012 - Primeiro Semestre

EDITAL Nº 10/2011. Processo Seletivo AGENDADO Vestibular 2012 - Primeiro Semestre EDITAL Nº 10/2011 Processo Seletivo AGENDADO Vestibular 2012 - Primeiro Semestre tinuadoo Diretor da Faculdade de Tecnologia de Piracicaba, FATEP, mantida pelo Instituto de Desenvolvimento Tecnológico

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2º/2014 Coordenador: Prof. Dr. Eugênio Rondini Trivinho Vice-Coordenador: Prof. Dr. José Luiz Aidar Prado Estarão abertas, no período de U14/04/2014U a U05/05/2014U, as

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 FACULDADE MAURICIO DE NASSAU DE BELÉM MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL CREDENCIAMENTO: PORTARIA Nº 571, DE 13 DE MAIO DE, DOU 16 DE MAIO DE SEÇÃO I EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 O Diretor da Faculdade

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM CONTROLADORIA E FINANÇAS Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS SUPERIORES DE GRADUAÇÃO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA - 2º SEMESTRE 2015

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS SUPERIORES DE GRADUAÇÃO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA - 2º SEMESTRE 2015 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS SUPERIORES DE GRADUAÇÃO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA - 2º SEMESTRE 2015 PORTARIA N.º 015 - Reitoria da UNOESTE, de 01 de julho de 2015 A Reitora da Universidade do Oeste

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DO OBJETIVO Cláusula Primeira Estabelecer as regras gerais para a concessão de bolsas nas mensalidades de alunos regularmente matriculados na Universidade Guarulhos. DAS

Leia mais

O Responsável pelo candidato será notificado por e-mail, assim que a Instituição confirmar o recebimento da taxa.

O Responsável pelo candidato será notificado por e-mail, assim que a Instituição confirmar o recebimento da taxa. PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS COM IRMÃOS ATUALMENTE MATRICULADOS NO COLÉGIO E FILHOS DE MEMBROS DO CORPO DOCENTE DA INSTITUIÇÃO PARA O ANO LETIVO DE 2016 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL AO 3º ANO DO

Leia mais

Impressão e Editoração 31 3667-2062 / 0800 0055151. Site: www.faved.com.br E-mail: faleconosco@faved.com.br

Impressão e Editoração 31 3667-2062 / 0800 0055151. Site: www.faved.com.br E-mail: faleconosco@faved.com.br GUIA INFORMATIVO Curso: PÓS-GRADUAÇÃO Impressão e Editoração 31 3667-2062 / 0800 0055151 Rua Zacarias Roque - Nº 63 - Centro - Coronel Fabriciano-MG CEP 35.170-025 Prezado (a) aluno (a), seja bem-vindo

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA UNIVERSIDADE BRAZ CUBAS TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA UNIVERSIDADE BRAZ CUBAS TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA UNIVERSIDADE BRAZ CUBAS TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Os Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da Universidade Braz Cubas oferecidos nas

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online

EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online EDITAL DE SELEÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Modalidade Online MBA EM CONTROLADORIA E FINANÇAS Regulamentação de Pós-Graduação Lato Sensu e Ato de Credenciamento Institucional para Oferta de Curso de Pós-Graduação

Leia mais

R E S O L V E: I - DA TRANSFERÊNCIA EXTERNA FACULTATIVA

R E S O L V E: I - DA TRANSFERÊNCIA EXTERNA FACULTATIVA AEDA Nº. 053/REITORIA/2014 1/9 TRANSFERÊNCIA EXTERNA FACULTATIVA, TRANSFERÊNCIA INTERNA E APROVEITAMENTO DE ESTUDOS PARA O PRIMEIRO E SEGUNDO SEMESTRES LETIVOS DE 2015. O REITOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO

Leia mais

Prazos a serem observados sob pena de indeferimento da inscrição

Prazos a serem observados sob pena de indeferimento da inscrição 1 Prazos a serem observados sob pena de indeferimento da inscrição O candidato deverá realizar sua inscrição on line no portal www.lfg.com.br (Acessar menu Pós-Graduação) Até 27/03/09 Até 20h do dia 31/03/09

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DE CURSOS LIVRES PROFISSIONALIZANTES

REGULAMENTO INTERNO DE CURSOS LIVRES PROFISSIONALIZANTES REGULAMENTO INTERNO DE CURSOS LIVRES PROFISSIONALIZANTES 1. DEFINIÇÃO DE CURSOS LIVRES 1.1. Os Cursos Livres, de acordo com o artigo 42, da Lei nº 9.394/1996, são cursos abertos à comunidade, condicionada

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO REGULAMENTO PROVISÓRIO DE ESTÁGIO DOS CURSOS DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL

Leia mais

Programa Ciência sem Fronteiras

Programa Ciência sem Fronteiras Programa Ciência sem Fronteiras Apresentação Este GUIA foi elaborado pela Diretoria de Relações Internacionais (DRI), Pró-Reitoria de Graduação (PRG) e Pró- Reitoria de Pesquisa (PRP) da UFLA para orientar

Leia mais