Resultados do 1 Trimestre de GVT (Holding) S.A.

Save this PDF as:
Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Resultados do 1 Trimestre de 2007. GVT (Holding) S.A."

Transcrição

1 Resultados do 1 Trimestre de 2007 GVT (Holding) S.A.

2 RECEITA LÍQUIDA DA GVT CRESCE 25,2% E EBITDA AJUSTADO ATINGE CRESCIMENTO DE 38,6% NO 1T07 Durante o 1T07 a GVT completou seu IPO que atingiu um acréscimo de capital no montante de aproximadamente R$ 1,1 bilhão Curitiba, 25 de abril de 2007: a GVT (Holding) S.A. (Bovespa: GVTT3, Reuters: GVTT3.SA e Bloomberg GVTT3:BZ), Companhia que se destaca no desenvolvimento de soluções e serviços de telecomunicações e internet do Brasil, divulga hoje seus resultados referentes ao primeiro trimestre de 2007 (1T07). As informações a seguir são prestadas conforme a Legislação Societária Brasileira, de forma consolidada e em Reais (R$). As comparações, exceto indicado o contrário são feitas em comparação com o primeiro trimestre de 2006 (1T06). Destaques do Período A Companhia continua com sua estratégia de elevada qualidade de crescimento e melhoria da margem, com plano de investimentos baseado no crescimento acelerado. A GVT encerrou o trimestre com Linhas em Serviço (LIS), um aumento de 33,3% em comparação ao 1T06. A base de linhas ADSL para o serviço de Banda Larga, já incluso no total de LIS mencionado no item anterior, atingiu linhas nesse trimestre, representando um crescimento de 106,3% em relação ao mesmo período de Receita Líquida apresentou elevação de 25,2% comparada ao 1T06, encerrando o trimestre em R$ 215,4 milhões. A receita líquida obteve crescimento maior nos serviços em segmentos mais atrativos e de maior expansão conforme abaixo: Receitas de serviços relacionados a LIS apresentaram crescimento de 30%; Receitas de Serviços da Próxima Geração (ADSL, VoIP e Dados Corporativos) aumentaram em 85%. A Margem EBITDA cresceu em 10,7% comparado ao 1T06, atingindo 34,5% comparado a 31,1% no 1T06. O EBITDA apresentou elevação de 38,6% e totalizou R$ 74,2 milhões. Os Investimentos totalizaram R$ 61,0 milhões no 1T07, representando um crescimento de 81,5%. Os investimentos realizados foram direcionados para dar suporte ao crescimento, dos quais cerca de 80% são relacionados à expansão de acesso local. No 1T07, a Companhia registrou um Prejuízo Líquido de R$ 60,2 milhões, contra um lucro líquido de R$ 10,0 milhões auferidos no mesmo período de O resultado líquido foi impactado por despesas não-recorrentes relacionadas ao IPO, no total de R$ 75 milhões. Excluindo-se essas despesas, a GVT teria auferido lucro líquido de R$ 14,5 milhões no trimestre. Cabe mencionar que o resultado líquido do trimestre contempla despesas financeiras de aproximadamente R$ 30 milhões referentes a juros sobre os empréstimos convertidos em capital em 14/02/2007 e pré-pagamento de dívidas realizado em 29/03/2007. No dia 16/02/07, a GVT passou a integrar o Novo Mercado da Bovespa e no dia 01/03/07 anunciou ao mercado o encerramento de sua Oferta Pública Primária de ações ordinárias, emitindo 59,8 milhões de ações, totalizando o volume financeiro de aproximadamente R$ 1,1 bilhão. Resultados do 1T07 - Página 2 de 15

3 Desempenho Operacional Destaques Operacionais 1T07 1T06 Var.% Total de Linhas em Serviço (LIS) (unidade) ,3% Assinantes de ADSL (Banda Larga) (LIS) ,3% Assinantes VoIP Conectados (1) ,0% Edifícios conectados à nossa rede (homes passed) ,7% Extensão de Rede (km) ,7% Rede de Fibra (km) ,9% Rede de Cobre (km) ,7% Participação no mercado de longa distância dentre os clientes da GVT (%) (2) 77,7% 71,1% +6,6 p.p (1) Edifícios conectados com capacidade de vender serviços GVT (média de 20 clientes potencial por edifício) (2) Market share é calculado pelos minutos de uso agregados no código de longa distancia, quando comparado ao total de uso de longa distancia da base de clientes. Total de Linhas em Serviço (LIS) A base de linhas em serviço apresentou aumento de 33,3% na comparação trimestral, totalizando mais de 1,0 milhão de linhas. Linhas em Serviço 000 Evolução de Assinantes Banda Larga + 33% 76K 162, , ,8 95,1 21,3 1T06 1T07 4T06 1T T T07 Informações Operacionais por Segmento 1T07 % 1T06 % Varejo , ,2 Corporativo , ,6 Internet , ,2 Total de Linhas em Serviço (LIS) , ,0 O segmento varejo, que já detinha o maior volume de LIS, obteve crescimento significativo de linhas em serviço no período, totalizando LIS em março de Tal crescimento ocorreu devido à ampliação na nossa rede, bem como em função dos novos produtos e serviços e dos atrativos pacotes de serviços, tais como o Unique e Economix. A base de assinantes ADSL mais do que duplicou no período, atingindo 162,013 assinantes em função da alta qualidade dos produtos de banda larga oferecidos pela Companhia e da demanda do mercado por serviços de banda larga. Resultados do 1T07 - Página 3 de 15

4 No segmento corporativo, o aumento de 36,6% nas linhas em serviço decorreu principalmente do aumento da demanda do mercado corporativo por soluções integradas e serviços gerenciados, incluindo telefonia convencional, internet, transmissão de dados, hospedagem de sites e serviços de VoIP. Além disso, estas soluções demandam investimentos iniciais mais baixos comparados aos das plataformas de telefonia tradicional, proporcionando atrativo custo/benefício aos clientes. Adicionalmente, a unidade de negócios está aumentando sua presença fora da Região II, crescendo mais nesse mercado do que em outras áreas. A unidade de negócios Internet apresentou um crescimento de 62,2% em LIS, principalmente em virtude do VONO, o produto VoiP para varejo e pequenas empresas. O VONO já alcançou linhas em serviço, transformando-se em um dos principais produtos e uma das melhores soluções VoIP no país. Desempenho Financeiro Receita Líquida: A Receita Líquida no trimestre cresceu 25,2%, superior ao CAGR , que foi 19% e 17,6% em Esse maior crescimento é devido a maiores investimentos no 1T07 em capacidade de acesso, comparado ao 1T06. Receita Líquida (R$ MM) CAGR: 19% 769 CAGR + 25,2% Crescimento % % (5%) % T06 1T07 Serviços relacionados a LIS (1) Serviços não relacionados a LIS (2) Observações: ( 1) Inclui Serviços Locais e de Longa Distância, Transmissão de Dados Corporativos, Banda Larga e VOIP (2) Inclui Serviços de Uso de Rede, Serviços de Discagem e Serviços de Longa Distância para clientes de outras operadoras Receita Líquida por Unidade de Negócio: Total Total Serviços Relacionados a LIS Serviços Não Relacionados a LIS Var. Receita Liquida 1T07 1T06 1T07 1T06 1T07 1T06 % R$ 000 R$ 000 R$ 000 % Tot. R$ 000 % Tot. R$ 000 % Tot. R$ 000 % Tot. LIS Não-LIS Varejo ,9% ,9% ,8% ,3% 31.5% -48,6% Corporativo ,4% ,0% ,0% ,8% 20.0% 16,4% Internet ,7% 172 0,1% ,7% ,8% 616.9% 2,0% Consolidado % % % ,9% 29.8% 1,9% Resultados do 1T07 - Página 4 de 15

5 Receita Líquida por Serviço: Distribuição da Receita Líquida 1T07 1T06 Var. R$ 000 % Total R$ 000 % Total (%) Serviços Relacionados a LIS ,5% ,4% 29,8% Telefonia Local ,6% ,6% 20,6% Longa Distância ,7% ,5% 18,3% Banda Larga ,3% ,8% 106,9% Transmissão de Dados para Empresas ,4% ,6% 19,5% VoIP ,5% ,8% 274,4% Não Relacionados a LIS ,5% ,6% 1,9% Internet ,6% ,1% 2,0% Uso de Rede ,7% ,2% 16,7% Longa-Distância para Clientes de Outras Operadoras ,1% ,3% -39,1% Receita Líquida Total % % 25,2% A receita líquida aumentou de R$ 172,1 milhões no 1T06 para R$ 215,4 milhões no 1T07, o que representa um crescimento 25,2%. O aumento da receita líquida vem ocorrendo principalmente em razão do crescimento dos serviços relacionados as linhas em serviço, conforme detalhado a seguir: Serviços Relacionados a LIS Os serviços relacionados a LIS passaram de R$ 143,5 milhões no 1T06 para R$ 186,3 milhões no 1T07, representando um aumento de 29,8%, como detalhado a seguir. Telefonia Local: A receita de telefonia local aumentou de R$ 97,4 milhões no 1T06 para R$ 117,5 milhões no 1T07, representando um incremento de 20,6%. Esse aumento ocorreu sobretudo devido ao maior número de clientes, como reflexo da maior atratividade do produto e da expansão dentro da própria área de cobertura e em novas áreas. Serviços de Longa Distância: A receita de serviços de longa distância aumentou de R$ 24,9 milhões no 1T06 para R$ 29,5 milhões no 1T07, representando um crescimento de 18,3%. Esse crescimento resultou do aumento da base de clientes, combinado com um aumento da participação no mercado de longa distância dentro da base de clientes da Companhia (77,7% dos clientes do varejo utilizaram os serviços de longa distância da GVT no 1T07, comparado com 71,1% no 1T06). Serviços de Transmissão de Dados para Empresas: aumentaram de R$ 8,0 milhões no 1T06 para R$ 9,5 milhões no 1T07, um crescimento de 19,5%, em decorrência do aumento da base de clientes e do aumento do share-of-wallet nos clientes já existentes. Serviços de Banda Larga: aumentaram de R$ 11,8 milhões no 1T06 para R$ 24,4 milhões no 1T07, uma elevação de 106,9%, em decorrência do aumento do número de linhas ADSL, que passou de no 1T06 para no 1T07, refletindo dessa forma à forte demanda por serviços de banda larga. Serviços de VoIP: obtiveram crescimento de 274,4%, passando de R$ 1,4 milhão no 1T06 para R$ 5,4 milhões no 1T07. Esse crescimento ocorreu principalmente em virtude do lançamento do VONO no final do 2T06, o novo produto de VoIP desenhado especialmente para o mercado de varejo. Desde o lançamento do VONO, foram conquistadas 31,863 novas linhas e uma posição de liderança no mercado. O crescimento da receita também ocorreu em virtude do lançamento do Vox3G, um serviço inovador que oferece uma solução diferenciada e integrada de VoIP e serviços convencionais para o segmento corporativo. Resultados do 1T07 - Página 5 de 15

6 Serviços Não-Relacionados a LIS Os serviços não-relacionados a LIS passaram de R$ 28,5 milhões no 1T06 para R$ 29,1 milhões no 1T07, apresentando um aumento de 1,9%. Essa linha de receitas foi afetada principalmente pela redução da tarifa de interconexão no período. Tais receitas incluem: Serviços de Uso de Rede: essa linha de serviços obteve um acréscimo de 16,7%, passando de R$ 10,6 milhões no 1T06 para R$ 12,4 milhões no 1T07. Esse aumento se deve ao crescimento do tráfego de longa distância de outras operadoras que utilizam a Rede da GVT para transmitir e terminar as chamadas, bem como tráfego recebido pela rede da GVT em chamadas de longa distância. Serviços de Internet: apresentaram um aumento de 2,0%, passando de R$ 14,0 milhões no 1T06 para R$ 14,3 milhões no 1T07. Enquanto o tráfego apresentou crescimento de 27% no trimestre, esse aumento foi compensado pela substancial redução nas tarifas locais de interconexão no período. Serviços de Longa Distância para Clientes de Outras Operadoras: apresentaram redução de 39,1%, passando de R$ 3,9 milhões no 1T06 para R$ 2,4 milhões no 1T07, em virtude da redução no investimento em comunicação de mídia de massa, uma vez que se trata de um serviço de menor margem e portanto não se trata de foco estratégico para a GVT. Custo dos Serviços Prestados (CSP) Distribuição do CSP 1T07 1T06 Var. R$ 000 % Total R$ 000 % Total % Custos de Interconexão ,6% ,9% 23,3% Depreciação e Amortização ,8% ,3% 9,6% Aluguel de Circuitos de Transmissão ,8% ,9% 70,9% Infra-Estrutura e Manut. de Rede ,3% ,8% -7,6% Outros ,2% ,1% 18,2% Salários, encargos e benefícios ,2% ,0% -66,5% Custo dos Serviços Prestados ,0% ,0% 14,3% Custos % da Receita Líquida 56,7% 62,0% -5,3 p.p O Custo dos Serviços cresceu de um total de R$ 106,8 milhões no 1T06 para R$ 122,0 milhões no 1T07, representando um aumento de R$ 15,3 milhões, ou 14,3%, conforme detalhado abaixo: Custos de Interconexão Esses custos aumentaram de R$ 37,3 milhões no 1T06 para R$ 45,9 milhões no 1T07, um acréscimo de 23,3%. Esse aumento ocorreu principalmente em função do incremento do volume de tráfego saínte de longa distância e de telefonia fixa para móvel, que possuem tarifas de interconexão mais elevadas em relação ao tráfego para ligações locais. Depreciação e Amortização Esses custos aumentaram 9,6%, passando de R$ 38,7 milhões no 1T06 para R$ 42,5 milhões no 1T07. Esse aumento ocorreu, sobretudo, em virtude da expansão da rede da GVT, gerando um crescimento nos custos de depreciação e amortização em função de uma base maior de ativos fixos. Resultados do 1T07 - Página 6 de 15

7 Aluguel de Circuitos de Transmissão Os custos de aluguel de circuitos de transmissão aumentaram 70,9%, passando de um total de R$ 8,4 milhões no 1T06, para R$ 14,4 milhões no 1T07. Esse crescimento ocorreu, principalmente, em virtude do aumento de backbone para suportar a elevada expansão da base de clientes para o serviço de banda larga, bem como da contratação do acesso local necessário à expansão da base nas regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, onde a GVT possui menor cobertura de rede. Infra-Estrutura e Manutenção de Rede Os custos de infra-estrutura e manutenção da rede reduziram-se de um total de R$ 13,7 milhões no 1T06 para R$ 12,6 milhões no 1T07, que corresponde a uma redução de 7,6%. Essa queda decorreu principalmente da renegociação de alguns contratos de manutenção de rede e equipamentos e também da redução dos custos de aluguel de postes utilizados para a implantação da rede aérea de cabos. Salários Encargos e Benefícios Os custos com salários, encargos e benefícios diminuíram de R$ 4,3 milhões no 1T06 para R$ 1,4 milhão no 1T07, o que reflete uma redução de 66,5%. Esta redução está principalmente relacionada aos maiores custos com operacionalização e manutenção da expansão e construção da rede, comparado ao trimestre anterior, quando esse custo foi contabilizado como investimento em ativo fixo. Lucro Bruto e Margem Bruta (sem depreciação/amortização) Em virtude dos fatos acima mencionados, o lucro bruto passou de R$ 104,1 milhões no 1T06 para R$ 135,8 milhões no 1T07, representando um crescimento de R$ 31,7 milhões, ou 30,5%. A margem bruta passou de 60,5% no 1T06 para 63,1%. A Companhia Lucro Bruto (R$ MM) e Margem Bruta (%) + 31% 63,1% 60,5% atribui esse melhor resultado à melhoria no mix de produtos vendidos que possuem maior margem como banda larga, VoIP e dados corporativos, além do maior 104,1 135,8 crescimento nos serviços 1T06 1T07 relacionados à LIS. Adicionalmente, a otimização dos custos também afetou positivamente à margem. Lucro Bruto Margem Bruta Despesas com Vendas, Gerais e Administrativas Distribuição do VG&A 1T07 1T06 Var. R$ 000 % Total R$ 000 % Total % Despesas de Vendas ,5% ,9% 31,3% Gerais e Administrativas ,5% ,1% -7,0% Total VG&A % % 9,4% As Despesas com Vendas, Gerais e Administrativas aumentaram 9,4%, passando de R$ 61,1 milhões no 1T06 para R$ 66,9 milhões no 1T07, refletindo um crescimento proporcionalmente menor do que às receitas Resultados do 1T07 - Página 7 de 15

8 (representando 31% da receita líquida no 1T07, comparado a 35,5% no 1T06). Essa variação é derivada dos seguintes fatores: Despesas com Vendas Essas despesas aumentaram de R$ 26,2 milhões no 1T06 para R$ 34,4 milhões no 1T07, o que representa um crescimento de 31,3%. As despesas com vendas estão mais em linha com o crescimento das LIS, que obtiveram aumento de 33% no trimestre, do que com o crescimento da receita (devido a contabilização do custo de aquisição no momento da venda). O crescimento das LIS necessitam de um aumento adicional na equipe de vendas para que seja possível prover suporte ao crescimento da GVT, o que gera aumento nas comissões de venda. Adicionalmente, o crescimento também está relacionado ao crescimento da provisão para devedores duvidosos, apesar desta provisão ter se mantido em um patamar estável em relação a receita líquida, quando comparado com o mesmo período do ano anterior. Despesas Gerais e Administrativas (G&A) As Despesas Gerais e Administrativas diminuíram de R$ 34,9 milhões no 1T06 para R$ 32,4 milhões no 1T07, refletindo uma redução de 7,0%. Essa variação é derivada principalmente da redução do ativo fixo que tiveram sua depreciação total atingida em EBITDA O EBITDA Ajustado da GVT no 1T07 atingiu R$ 74,2 milhões, um significativo aumento de 38,6% em comparação ao mesmo período de A margem EBITDA Ajustado apresentou alta de 3,4 pontos percentuais, atingindo 34,5% no trimestre. O crescimento do EBITDA e da margem EBITDA da GVT é decorrente do foco estratégico da Companhia no elevado crescimento da receita de alta qualidade e contínua otimização dos custos. EBITDA Ajustado (R$ MM) e Margem EBITDA (%) 31,1% 53,6 34,5% 74,2 1T06 EBITDA 1T07 Margem EBITDA Reconciliação do EBITDA (R$ 000) 1T07 1T06 Var.% Lucro Líquido (prejuízo) para o período (60.235) n.m. Imposto de Renda e Contribuição Social Diferidos ,4% Despesas (Receitas) Financeiras / Variação Cambial (60.384) n.m. Depreciação e Amortização ,3% Resultado Não Operacional / Itens Extraordinários ,7% Total de Ajustes ,0% EBITDA Ajustado ,6% Margem EBITDA Ajustada 34,5% 31,1% +3,4 p.p Itens Extraordinários Despesas do IPO As despesas extraordinárias basicamente relacionadas ao processo de IPO da Companhia somaram R$ 74.7 milhões no primeiro trimestre de Essas despesas não são recorrentes e incluem principalmente à comissão paga aos bancos e despesas legais. Resultados do 1T07 - Página 8 de 15

9 Resultado Financeiro Líquido / Variação Cambial O resultado financeiro líquido passou de R$ 60,4 milhões de receitas no 1T06 para R$ 11,5 milhões de despesas no 1T07 representando uma variação negativa de R$ 71,9 milhões. Esta variação é decorrente, a) 48,9 milhões de redução da receita com variação cambial devido a desvalorização do dólar frente o real ser maior no 1T06 comparado com o mesmo período de 2007 e também devido a redução do saldo da dívida em função do pré-pagamento e capitalização de parte do endividamento durante o 1T07; b) 13,3 milhões devido ao desembolso adicional (prêmio) pago aos detentores da dívida, conforme os termos do pré-pagamento; c) 6,4 milhões refere-se a despesas com CPMF devido a expressiva movimentação financeira em função do pré-pagamento e capitalização da dívida; d) 3,3 milhões refere-se a outras variações financeiras do período. As despesas financeiras relacionadas ao pré-pagamento ou conversão da dívida foi de aproximadamente R$ 30 milhões no trimestre. Prejuízo Líquido No 1T07 a Companhia registrou um Prejuízo Líquido de R$ 60,2 milhões, contra um resultado positivo de R$ 10,0 milhões auferidos no mesmo período de 2006, principalmente em função das despesas extraordinárias decorrentes do IPO. Excluindo-se essas despesas, a GVT teria auferido lucro líquido de R$ 14,8 milhões no trimestre. Endividamento Financeiro Endividamento Financeiro (R$ 000) 1T07 4T06 1T06 1T07x4T06 1T07x1T06 Divida de Curto Prazo (43.072) (94.785) ( ) -54,6% -75,8% Dívida de Longo Prazo ( ) ( ) ( ) -55,8% -48,5% Dívida Bruta ( ) ( ) ( ) -55,3% -52,4% Disponibilidades n.m. n.m. Caixa Líquido / (Dívida Líquida) ( ) ( ) n.m. n.m. % da Dívida de Curto Prazo / Total 8,1% 7,9% 15,8% +0,2 p.p -7,7 p.p. Moeda Estrangeira / Dívida Total 79,7% 90,1% 90,3% -10,4 p.p -10,6 p.p Caixa (Dívida Líquida) / EBITDA (udm) 1,2x -4,5x -5,3x Endividamento Bruto Em 31 de março de 2007, o endividamento bruto Composição da Dívida Financeira Moeda 1T07 consolidado da GVT totalizava R$ 532,4 milhões, Senior Notes R$ uma redução expressiva frente à posição de Linha de Crédito com Bancos R$ fechamento de dezembro de 2006, devido Outros R$ principalmente à conversão parcial da dívida em Dívida Bruta R$ ações (R$ 421 milhões), bem como ao uso de parte dos proventos do IPO para o pré-pagamento da dívida de longo prazo (R$ 245 milhões) e prépagamento de praticamente todo o endividamento de curto prazo com bancos. Durante o trimestre a GVT obteve um financiamento de longo prazo junto ao BNDES de aproximadamente R$ 60 milhões. Disponibilidades O saldo de caixa e bancos e aplicações financeiras ao final do trimestre totalizava R$ 860 milhões, comparado a R$ 42,2 milhões em 31 de dezembro de Esse aumento é principalmente decorrente da entrada de recursos provenientes do IPO. As aplicações financeiras referem-se, substancialmente, a certificados de depósitos bancários (CDBs) e fundos de renda fixa, remuneradas a taxas que variam de 100% a 103,0% do Certificado de Depósito Bancário - CDI. Resultados do 1T07 - Página 9 de 15

10 Endividamento Líquido Como resultado dos fatores discutidos acima, o endividamento líquido da GVT encerrou o primeiro trimestre de 2007 com um caixa líquido de R$ 327,8 milhões. O indicador dívida líquida/ebitda, apresentou uma melhora expressiva, passando de 4,5x no 4T06 para um caixa líquido/ebitda de 1,2x no 1T07, que representa uma melhoria substancial na performance e na estrutura de capital da GVT. Investimentos (CAPEX) Composição dos Investimentos (R$ milhões) T T07 Rede principal 42,8 16,3 4,7 16,0 5,5 Acesso local 62,0 102,1 21,6 145,4 48,6 TI / Outros 28,2 23,2 6,6 29,2 6,9 Total 133,0 141,5 32,7 190,5 61,0 A GVT realizou investimentos em ativo fixo no montante de R$ 61,0 milhões no 1T07, representando uma elevação de R$ 28,3 milhões ou 81,5%, em comparação ao mesmo período do ano anterior. Esse aumento é devido ao plano de investimentos baseado no crescimento acelerado. O principal aumento está relacionado ao aumento dos investimentos em capacidade de acesso para suportar o crescimento das LIS e das receitas. Mercado de Capitais As ações da GVT (GVTT3) encerraram o trimestre cotadas a R$ 23,80, um aumento de 32,2%, em comparação à cotação do IPO de R$ 18,00. Resultados do 1T07 - Página 10 de 15

11 Sobre a GVT A GVT é uma empresa que se destaca no desenvolvimento de soluções e prestação de serviços de telecomunicações e internet no Brasil. A Companhia oferece um portifólio diversificado de produtos inovadores e soluções avançadas para telefonia fixa convencional, transmissão de dados para empresas, serviços de internet (banda larga e ISP), e serviços de Voz sobre IP ( VoIP ). Oferece seus serviços e soluções diretamente aos usuários finais sob as nossas próprias marcas: GVT, POP e VONO. A marca GVT está entre as mais reconhecidas do mercado de telecomunicações nas localidades em que atua. A GVT opera uma das redes mais modernas de telecomunicações do Brasil, com base numa estrutura única e integrada que suporta diversos protocolos para voz, dados e internet numa única rede. A combinação de uma rede com tecnologia de ponta e uma extensa cobertura de acesso local ( última milha ) permite oferecer soluções personalizadas com pacotes de produtos de telecomunicações e internet, que satisfazem as necessidades específicas dos clientes. A Companhia oferece um padrão elevado de serviços ao consumidor, a um custo competitivo e com alta velocidade de desenvolvimento e implementação, em comparação às práticas de mercado. A GVT direciona seu foco de atuação aos clientes que proporcionam elevadas margens e apresentam alto consumo de serviços de telecomunicações, nos segmentos de mercado residencial, profissionais liberais ( SoHo ), pequenas e médias empresas ( PMEs ) e corporações de médio porte. Sua posição no mercado brasileiro, como a melhor e mais reconhecida alternativa às empresas concessionárias de telefonia fixa, primeiras operadoras em cada uma das regiões, possibilitou que nos a GVT se tornasse uma das prestadoras de serviços de telefonia fixa de maior sucesso. As afirmações contidas neste documento relacionadas a perspectivas sobre os negócios, projeções sobre resultados operacionais e financeiros e aquelas relacionadas a perspectivas de crescimento da GVT são meramente projeções e, como tais, são baseadas exclusivamente nas expectativas da diretoria sobre o futuro dos negócios. Essas expectativas dependem, substancialmente, de mudanças nas condições de mercado, do desempenho da economia brasileira, do setor e dos mercados internacionais e, portanto, sujeitas a mudanças sem aviso prévio. Resultados do 1T07 - Página 11 de 15

12 Demonstração dos Resultados (R$ 000) 1T07 1T06 Var.% Receita Operacional Bruta ,5% Deduções da Receita Bruta ( ) (95.618) 26,2% Receita Operacional Líquida ,2% Custo dos Serviços Prestados ( ) ( ) 14,3% Lucro Bruto ,9% (Despesas) Receitas Operacionais (75.289) n.m. Despesas de Vendas (34.414) (26.209) 31,3% Despesas Gerais e Administrativas (29.613) (33.155) -10,7% Resultado de Variação Cambial ,9% Receitas (despesas) Financeiras (44.255) (21.293) 107,7% Outras Receitas (despesas) Operacionais ,0% Lucro (Prejuízo) Operacional antes de itens extraordinários ,1% Itens extraordinários (74.741) (34.759) 115,0% Lucro (Prejuízo) Operacional após itens extraordinários (56.681) n.m. Resultado Não Operacional (397) (243) 63,4% Participação de empregados no resultado (2.832) (1.749) 61,9% Lucro (Prejuízo) antes do imposto de renda e contribuição social (59.910) n.m. IRPJ e CSLL diferidos (324) (20.309) -98,4% Lucro líquido (prejuízo) do exercício (60.235) n.m. Resultados do 1T07 - Página 12 de 15

13 Balanço Patrimonial (R$ 000) ATIVO Março/2007 Dezembro/2006 Março/2006 Ativo Circulante Disponibilidades Contas a Receber Impostos a recuperar Outros ativos Realizável a Longo Prazo Impostos a recuperar IR e CS Diferidos Outros ativos Ativo Permanente Imobilizado TOTAL DO ATIVO PASSIVO Março/2007 Dezembro/2006 Março/2006 Passivo Circulante Fornecedores Empréstimos e Financiamentos Obrigações sociais e fiscais Detraf a pagar Impostos Diferidos (ICMS) Provisão para contingências Outras Obrigações Passivo Exigível a Longo Prazo Empréstimos e Financiamentos Dívidas conversíveis Partes relacionadas Impostos Diferidos (ICMS) Provisão para contingências Outras Obrigações Resultados de exercícios futuros Receitas antecipadas Patrimônio Líquido Capital Subscrito Reserva de capital Lucro (Prejuízos) Acumulados ( ) ( ) ( ) TOTAL DO PASSIVO Resultados do 1T07 - Página 13 de 15

14 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS (R$ 000) Março/2007 Março/2006 Lucro líquido (prejuízo) do período (60.235) Ajustes para conciliar o lucro líquido (prejuízo) do período às disponibilidades geradas pelas (aplicadas nas) atividades operacionais Depreciação e amortização Variações monetárias de empréstimos e financiamentos - longo prazo (34.008) (75.160) Imposto de renda e contribuição social diferidos Encargos financeiros Custo abertura de capital Custo residual de ativos permanentes baixados Variações nos ativos e passivos Aumento em contas a receber (9.591) (746) (Aumento) redução de impostos a recuperar - circulante 645 (3.817) (Aumento) redução em impostos a recuperar - não circulante (1.797) Aumento de outros ativos - circulante e não circulante (2.220) (5.603) Aumento em fornecedores Aumento (redução) em obrigações sociais e fiscais (4.543) Aumento de DETRAF a pagar Aumento de impostos diferidos (ICMS) - circulante e não circulante Aumento de provisão para contingências - circulante e não circulante Redução das receitas antecipadas (408) (427) Redução em outras obrigações (352) (1.063) Disponibilidades líquidas geradas pelas atividades operacionais Fluxo de caixa das atividades de investimentos Aquisições de bens do imobilizado (61.000) (33.573) Disponibilidades líquidas aplicadas nas atividades de investimentos (61.000) (33.573) Fluxo de caixa das atividades de financiamentos Aumento de capital Custo abertura de capital (58.771) - Empréstimos e financiamentos tomados de terceiros e partes relacionadas Capitalização da dívida ( ) - Pagamentos de empréstimos e financiamentos ( ) (51.814) Juros pagos por empréstimos e financiamentos (28.495) (3.945) Disponibilidades líquidas geradas pelas (aplicadas nas) atividades de financiamentos (43.865) Aumento (redução) nas disponibilidades (12.988) Demonstração do aumento nas disponibilidades Saldo inicial das disponibilidades Saldo final nas disponibilidades Aumento (redução) nas disponibilidades (12.988) Resultados do 1T07 - Página 14 de 15

15 Próximos Eventos Teleconferência em Português Quinta-feira, 26 de abril de 2007 Horário: 14h00 (Brasil) / 13h00 (US-ET) Telefone: (11) Replay: (11) Teleconferência em Inglês Quinta-feira, 26 de abril de 2007 Horário: 11h00 (Brasil) / 10h00 (US-ET) Telefone: +1 (973) Replay: +1 (973) Código: GVT (Holding) S.A. Contato - Relações com Investidores Karlis Kruklis Diretor Financeiro e de Relações com Investidores Gizele Rigoni Relações com Investidores Tel.: (41) Fax: (41) Website RI: Endereço: Rua Lourenço Pinto, nº. 299, 12º andar Curitiba, Paraná, Brasil Resultados do 1T07 - Página 15 de 15

Divulgação de Resultados do 4 Trimestre de 2007. Curitiba, 14 de janeiro de 2008

Divulgação de Resultados do 4 Trimestre de 2007. Curitiba, 14 de janeiro de 2008 Divulgação de Resultados do 4 Trimestre de 2007 Curitiba, 14 de janeiro de 2008 No 4T07, a receita da GVT aumentou 29%, a receita relativa ao core business cresceu 37%, o EBITDA aumentou 41% alcançando

Leia mais

Divulgação de Resultados do 2º Trimestre de 2008

Divulgação de Resultados do 2º Trimestre de 2008 GVT (Holding) S.A. Divulgação de Resultados do 2º Trimestre de 2008 Curitiba, 14 de julho de 2008 Curitiba, 14 de julho de 2008: A GVT (Holding) S.A. (Bovespa: GVTT3, Reuters: GVTT3.SA e Bloomberg GVTT3:BZ),

Leia mais

Resultados 1T07 10 de maio de 2007

Resultados 1T07 10 de maio de 2007 PUBLICIDADE CAIXA CRESCEU 102% BASE DE ASSINANTES BANDA LARGA CRESCEU 32% São Paulo, O UOL (BOVESPA: UOLL4) anuncia hoje os resultados do 1T07. As demonstrações financeiras da Companhia são elaboradas

Leia mais

Divulgação de Resultados 1º Trimestre de 2009

Divulgação de Resultados 1º Trimestre de 2009 GVT (Holding) S.A. Divulgação de Resultados 1º Trimestre de 2009 Curitiba, 22 de Abril de 2009 Curitiba, 22 de abril de 2009: A GVT (Holding) S.A. (Bovespa: GVTT3, Reuters: GVTT3.SA e Bloomberg GVTT3:BZ),

Leia mais

Teleconferência de Resultados. 4T12 e 2012

Teleconferência de Resultados. 4T12 e 2012 Teleconferência de Resultados e 2012 28 de fevereiro de 2013 Aviso Legal Algumas das informações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam

Leia mais

Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ).

Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ). Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 25 de Outubro de 2005. Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ). (Os

Leia mais

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas)

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas) TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas) Para maiores informações, contatar: Daniel de Andrade Gomes TELEFÔNICA

Leia mais

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15 TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15 RESULTADOS FINANCEIROS CONSOLIDADOS RECEITA LÍQUIDA 300,1 361,1 20,3% EBITDA AJUSTADO 56,5 68,7 21,6% MARGEM EBITDA AJUSTADO 1 17,9% 18,4% 0,5 p.p. LUCRO LÍQUIDO AJUSTADO

Leia mais

Resultados 3T06 8 de novembro de 2006

Resultados 3T06 8 de novembro de 2006 PUBLICIDADE CAIXA CRESCEU 49% BASE DE ASSINANTES BANDA LARGA CRESCEU 35% MARGEM DE EBITDA ATINGIU 29% São Paulo, O UOL (BOVESPA: UOLL4) anuncia hoje os resultados do 3T06. As demonstrações financeiras

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T11

Teleconferência de Resultados 1T11 Teleconferência de Resultados 1T11 13 de Maio de 2011 Aviso Legal Algumas das informações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam ocasionar

Leia mais

Evolução do lucro líquido (em milhões de reais) - jan fev mar abr mai jun jul ago set

Evolução do lucro líquido (em milhões de reais) - jan fev mar abr mai jun jul ago set DISCUSSÃO E ANÁLISE PELA ADMINISTRAÇÃO DO RESULTADO NÃO CONSOLIDADO DAS OPERACÕES: PERÍODO DE JANEIRO A SETEMBRO DE 2001 COMPARATIVO AO PERÍODO DE JANEIRO A SETEMBRO DE 2000 (em milhões de reais, exceto

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005 Americana SP, 23 de março de 2005 A VIVAX S.A. (Bovespa: VVAX11), ou Companhia, segunda maior operadora de TV a Cabo do Brasil, em número de assinantes, e uma das principais

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 8 de maio de 2015 Magazine Luiza Destaques do Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Luizacred Lucro Líquido Ganhos de market share, principalmente em tecnologia Receita

Leia mais

Teleconferência Resultados 3T10

Teleconferência Resultados 3T10 Teleconferência Resultados 3T10 Sexta-feira, 5 de Novembro de 2010 Horário: 14:00 (horário de Brasília) 12:00 (horário US EDT) Tel: + 55 (11) 4688-6361 Código: LASA Replay: + 55 (11) 4688-6312 Código:

Leia mais

COMENTÁRIO DO DESEMPENHO CONSOLIDADO

COMENTÁRIO DO DESEMPENHO CONSOLIDADO COMENTÁRIO DO DESEMPENHO CONSOLIDADO Uberlândia MG, Maio de 2013 A Algar Telecom, Companhia completa e integrada de telecomunicações e TI, detentora da marca CTBC, divulga seus resultados do 1º Trimestre

Leia mais

Teleconferência de Resultados 3T15. 10 de novembro de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 3T15. 10 de novembro de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 3T15 10 de novembro de 2015 Magazine Luiza Destaques do 3T15 Vendas E-commerce Ganho de participação de mercado com aumento da margem bruta Receita bruta consolidada de R$2,4

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T05

Apresentação de Resultados 3T05 Apresentação de Resultados 3T05 Destaques Crescimento do Lucro Líquido foi de 316% no Terceiro Trimestre Crescimento da Receita no 3T05 A receita bruta foi maior em 71% (3T05x3T04) e 63% (9M05x9M04) Base

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T15

Apresentação de Resultados 1T15 Apresentação de Resultados 1T15 1 Destaques do Período Início da operação comercial de quatro parques do LEN A-3 2011 Início da operação comercial: 04 de março de 2015 Os outros 5 parques serão conectados

Leia mais

(Os números financeiros estão em Reais e baseados nas demonstrações financeiras consolidadas da Embrapar) EBITDA 464,6 354,2 527,7 13,6% 49,0%

(Os números financeiros estão em Reais e baseados nas demonstrações financeiras consolidadas da Embrapar) EBITDA 464,6 354,2 527,7 13,6% 49,0% Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 26 de abril de 2006 Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) (NYSE:EMT;BOVESPA:EBTP4, EBTP3) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2015 (1T15 ) Resultados 1T15. www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2015 (1T15 ) Resultados 1T15. www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9 Resultados 1T15 www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9 LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float,

Leia mais

Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p.

Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p. Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p. No 1T15, a receita líquida totalizou R$ 5,388 bilhões, estável em relação ao 1T14 excluindo-se

Leia mais

Algar Telecom registra lucro de R$ 71 milhões em 2009

Algar Telecom registra lucro de R$ 71 milhões em 2009 Algar Telecom registra lucro de R$ 71 milhões em 2009 EBITDA atingiu a soma de R$ 391 milhões no ano passado São Paulo, 24 de março de 2010 A Algar Telecom, empresa de telecomunicações do Grupo Algar,

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14 27 de fevereiro de 2015 Magazine Luiza Destaques 2014 Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Ajustado Luizacred Lucro Líquido Ajustado Crescimento da receita

Leia mais

Porto Seguro Anuncia Lucro Líquido de R$ 44,2 milhões no 4T04 Crescimento de 22% dos Prêmios Auferidos em 2004

Porto Seguro Anuncia Lucro Líquido de R$ 44,2 milhões no 4T04 Crescimento de 22% dos Prêmios Auferidos em 2004 Porto Seguro Anuncia Lucro Líquido de R$ 44,2 milhões no 4T04 Crescimento de 22% dos Prêmios Auferidos em 2004 São Paulo, 25 de fevereiro de 2005 - A Porto Seguro S.A. (Bovespa: PSSA3) anuncia hoje seus

Leia mais

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000)

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000) Blumenau SC, 27 de julho de 2007 A Cremer S.A. (Bovespa: CREM3), distribuidora de produtos para a saúde e também líder na fabricação de produtos têxteis e adesivos cirúrgicos, anuncia hoje seus resultados

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2T15 31 de julho de 2015 Magazine Luiza Destaques do 2T15 Vendas E-commerce Ganho consistente de participação de mercado Redução na receita líquida de 10,1% para R$2,1 bilhões

Leia mais

COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002

COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002 COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002 Desempenho Em ambiente de queda da atividade na indústria automobilística, a Iochpe-Maxion apresentou um crescimento de 8,4% nas vendas no terceiro

Leia mais

EARNINGS RELEASE 2008 e 4T08 Cemig D

EARNINGS RELEASE 2008 e 4T08 Cemig D EARNINGS RELEASE 2008 e 4T08 Cemig D (Em milhões de reais, exceto se indicado de outra forma) --------- Lucro do Período A Cemig Distribuição apresentou, no exercício de 2008, um lucro líquido de R$709

Leia mais

Divulgação de resultados 3T13

Divulgação de resultados 3T13 Brasil Brokers divulga seus resultados do 3º Trimestre do ano de 2013 Rio de Janeiro, 13 de novembro de 2013. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no

Leia mais

RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015

RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015 RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015 AVISO Nesta apresentação nós fazemos declarações prospectivas que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base crenças e suposições

Leia mais

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 11 de fevereiro de 2010.

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 11 de fevereiro de 2010. Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 11 de fevereiro de 2010. Embratel Participações S.A. ( Embrapar ) (BOVESPA: EBTP4, EBTP3) detém 99,2 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ), 100,0

Leia mais

RELATÓRIO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES RESULTADOS 1T10 156.512.000,00

RELATÓRIO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES RESULTADOS 1T10 156.512.000,00 RELATÓRIO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES RESULTADOS 156.512.000,00 Resultados do RESULTADOS São Paulo, 14 de maio de 2010 A BRADESPAR [BM&FBOVESPA: BRAP3 (ON), BRAP4 (PN); LATIBEX: XBRPO (ON), XBRPP (PN)]

Leia mais

1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados. 14 de Maio de 2009

1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados. 14 de Maio de 2009 1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados 14 de Maio de 2009 Aviso Legal Informações e Projeções Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração

Leia mais

Resultados do 2T08. Destaques. Relações com Investidores

Resultados do 2T08. Destaques. Relações com Investidores Resultados do 2T08 Uberlândia MG, Agosto de 2008 A CTBC Companhia de Telecomunicações do Brasil Central S.A, empresa integrada de telecomunicações com um portfólio completo de serviços, divulga seus resultados

Leia mais

Resultados 2005 Resultados 2005

Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 1T06 Bovespa: RSID3 NYSE (ADR): RSR2Y Receita Líquida alcança R$ 85,2 milhões VGV totaliza R$ 94,3 milhões Vendas contratadas crescem 63% São Paulo, 11 de maio

Leia mais

Apresentação de Resultados

Apresentação de Resultados Apresentação 3T08 Apresentação de Resultados José Carlos Aguilera (Diretor Presidente e de RI) Eduardo de Come (Diretor Financeiro) Marcos Leite (Gerente de RI) Destaques do Período Contexto de crise no

Leia mais

Teleconferência de Resultados. Desempenho do 4T 2013 e de 2013. MAHLE Metal Leve S.A. 20 de março de 2014 12h00 (horário de Brasília) 1 MAHLE

Teleconferência de Resultados. Desempenho do 4T 2013 e de 2013. MAHLE Metal Leve S.A. 20 de março de 2014 12h00 (horário de Brasília) 1 MAHLE Teleconferência de Resultados Desempenho do 4T 2013 e de 2013 MAHLE Metal Leve S.A. 20 de março de 2014 12h00 (horário de Brasília) 1 Destaques 2013 Receita Líquida de Vendas de R$ 2.393,8 milhões em 2013,

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO SEGUNDO TRIMESTRE DE 2015 (2T15 ) LOJAS RENNER S.A.

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO SEGUNDO TRIMESTRE DE 2015 (2T15 ) LOJAS RENNER S.A. Resultados 2T15 LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float, sendo considerada a primeira corporação

Leia mais

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 3T14

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 3T14 TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 3T14 RESULTADOS FINANCEIROS CONSOLIDADOS (R$ MILHÕES) 3T13 3T14 Var.% 9M13 9M14 Var.% RECEITA LÍQUIDA 315,8 342,8 8,5% 858,4 937,5 9,2% EBITDA AJUSTADO¹ 67,1 78,3 16,7% 157,5

Leia mais

Apresentação dos Resultados 2T06

Apresentação dos Resultados 2T06 Apresentação dos Resultados 2T06 Aviso Legal Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T14 8 de maio de 2014

Teleconferência de Resultados 1T14 8 de maio de 2014 Teleconferência de Resultados 8 de maio de 2014 Destaques do Expressivo crescimento em vendas mesmas lojas (25,4%) com rentabilidade Crescimento da receita líquida total: 28,5% versus 1T13 R$2,3 bilhões

Leia mais

Lucro Líquido de R$179,4 milhões ou R$2,33 por ação no 4T06 e R$460,2 milhões ou R$5,99 por ação em 2006.

Lucro Líquido de R$179,4 milhões ou R$2,33 por ação no 4T06 e R$460,2 milhões ou R$5,99 por ação em 2006. Lucro Líquido de R$179,4 milhões ou R$2,33 por ação no 4T06 e R$460,2 milhões ou R$5,99 por ação em 2006. São Paulo, 28 de fevereiro de 2007 - A Porto Seguro S.A. (Bovespa: PSSA3) anuncia seu resultado

Leia mais

1T10 RESULTADOS. Fitch ratings eleva de A para A+(bra) o Rating Nacional de Longo Prazo da Algar Telecom

1T10 RESULTADOS. Fitch ratings eleva de A para A+(bra) o Rating Nacional de Longo Prazo da Algar Telecom RESULTADOS 1T10 Uberlândia MG, Maio de 2010 A Algar Telecom, Empresa integrada de telecomunicações com um portfólio completo de serviços, divulga seus resultados do 1º Trimestre de 2010 (1T10). As Informações

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T10

Apresentação de Resultados 3T10 Apresentação de Resultados 3T10 09 de Novembro de 2010 Agenda 1. Desempenho do Período 2. Evolução das Receitas e Custos Hardware Software Serviços 3. Despesas e Margens 4. Investimentos e Caixa 5. Estratégia

Leia mais

Earnings Release 1T15

Earnings Release 1T15 Santo André, 05 de maio de 2015: A CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. (BM&FBOVESPA: CVCB3), maior operadora de turismo das Américas, informa aos seus acionistas e demais participantes do mercado

Leia mais

Resultados 3T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro de 2014.

Resultados 3T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro de 2014. Resultados 3T14_ Novembro de 2014. Disclaimer Esta apresentação pode conter declarações baseadas em estimativas a respeito dos prospectos e objetivos futuros de crescimento da base de assinantes, um detalhamento

Leia mais

Teleconferência. Resultados do 2 o Trimestre de 2007

Teleconferência. Resultados do 2 o Trimestre de 2007 Teleconferência Resultados do 2 o Trimestre de 2007 Aviso Legal Este documento contém declarações futuras, que podem ser identificadas por palavras como espera, pretende, planeja, acredita, procura, estima

Leia mais

PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$110,9 MILHÕES OU R$0,48

PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$110,9 MILHÕES OU R$0,48 PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$110,9 MILHÕES OU R$0,48 POR AÇÃO ATÉ MAIO DE 2008. São Paulo, 02 de julho de 2008 Porto Seguro S.A. (BOVESPA: PSSA3), anuncia os resultados dos 5M08. As informações

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T11 17 de Maio de 2011

Apresentação de Resultados 1T11 17 de Maio de 2011 Apresentação de Resultados 1T11 17 de Maio de 2011 Relações com Investidores Agenda 1. Destaques 2. Evolução das Receitas e Custos Hardware Software Serviços 3. Despesas e Margens 4. Investimentos e Caixa

Leia mais

Apresentação dos Resultados 3T06

Apresentação dos Resultados 3T06 Apresentação dos Resultados 3T06 Aviso Legal Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas

Leia mais

EMBRATEL PARTICIPAÇÕES TEM RECEITA LÍQUIDA DE R$ 1,5 BILHÕES NO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2000, 26 PORCENTO ACIMA DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 1999

EMBRATEL PARTICIPAÇÕES TEM RECEITA LÍQUIDA DE R$ 1,5 BILHÕES NO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2000, 26 PORCENTO ACIMA DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 1999 INFORMATIVO Silvia M.R. Pereira Relações com Investidores tel: BR 55 21 519-9662 fax: 55 21 519-6388 Wallace Borges Grecco Relações com a Imprensa tel: BR 21 519-7282 fax: 021-519-8010 EMBRATEL PARTICIPAÇÕES

Leia mais

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A.

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A. Balanço patrimonial em 31 de dezembro Ativo Passivo e patrimônio líquido Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 17.488 25.888 Fornecedores e outras obrigações 17.561 5.153 Contas a receber

Leia mais

Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA 1T13. Abril 2013

Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA 1T13. Abril 2013 Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA Abril 2013 1T13 Estratégia RESIDENCIAL Convergência de serviços com crescimento de Banda Larga e TV Paga MOBILIDADE PESSOAL Crescimento do pós e rentabilização

Leia mais

Banrisul Armazéns Gerais S.A.

Banrisul Armazéns Gerais S.A. Balanços patrimoniais 1 de dezembro de 2012 e 2011 Nota Nota explicativa 1/12/12 1/12/11 explicativa 1/12/12 1/12/11 Ativo Passivo Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 4 17.891 18.884 Contas

Leia mais

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO 1. DESTAQUES O ano de 2016 começou com o cenário macroeconômico muito parecido de 2015, uma vez que o mercado continua com tendências negativas em relação a PIB, inflação e taxa de juros. Novamente a Ouro

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CEAP 5º CCN 2012.1 DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CEAP 5º CCN 2012.1 DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO O artigo 187 da Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976 (Lei das Sociedades por Ações), instituiu a Demonstração do Resultado do Exercício. A Demonstração do Resultado

Leia mais

Brasil Telecom. Café da Manhã com Investidores Unibanco. Fevereiro 2003

Brasil Telecom. Café da Manhã com Investidores Unibanco. Fevereiro 2003 Brasil Telecom Café da Manhã com Investidores Unibanco Fevereiro 2003 1 Estratégia 2 Mercado Metas Metas Garantir a liderança na Região II, focando nos clientes de alto valor. Garantir a liderança na Região

Leia mais

NBC TSP 10 - Contabilidade e Evidenciação em Economia Altamente Inflacionária

NBC TSP 10 - Contabilidade e Evidenciação em Economia Altamente Inflacionária NBC TSP 10 - Contabilidade e Evidenciação em Economia Altamente Inflacionária Alcance 1. Uma entidade que prepara e apresenta Demonstrações Contábeis sob o regime de competência deve aplicar esta Norma

Leia mais

Resultados do 4T05 e do ano de 2005

Resultados do 4T05 e do ano de 2005 Resultados do 4T05 e do ano de 2005 Teleconferência 24/03/2006 1 Considerações Futuras Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais

Leia mais

Abril Educação S.A. Informações Pro Forma em 31 de dezembro de 2011

Abril Educação S.A. Informações Pro Forma em 31 de dezembro de 2011 Informações Pro Forma em 31 de dezembro de 2011 RESULTADOS PRO FORMA NÃO AUDITADOS CONSOLIDADOS DA ABRIL EDUCAÇÃO As informações financeiras consolidadas pro forma não auditadas para 31 de dezembro de

Leia mais

A companhia permanece com o objetivo de investir seus recursos na participação do capital de outras sociedades.

A companhia permanece com o objetivo de investir seus recursos na participação do capital de outras sociedades. RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO Senhores Acionistas, Apresentamos as Demonstrações Financeiras da Mehir Holdings S.A. referente ao exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2004 e as respectivas Notas

Leia mais

Comunicado à Imprensa. S&P reafirma ratings da Tele Norte Leste Participações S.A.

Comunicado à Imprensa. S&P reafirma ratings da Tele Norte Leste Participações S.A. Comunicado à Imprensa S&P reafirma ratings da Tele Norte Leste Participações S.A. Analistas: Ana Claudia Nunes, São Paulo (55) 11-5501-8956; Reginaldo Takara, São Paulo (55) 11-5501- 8932; Milena Zaniboni,

Leia mais

Divulgação de Resultados 3T11

Divulgação de Resultados 3T11 Divulgação de Resultados 3T11 15 de Novembro de 2011 Palestrantes Luis Eduardo Fischman Diretor Financeiro e de RI José Ricardo Brun Fausto Diretor Operacional 2 Disclaimer Esta apresentação não constitui

Leia mais

A TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. DIVULGA O RESULTADO DO QUARTO TRIMESTRE DE 2000 E DO ANO DE 2000

A TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. DIVULGA O RESULTADO DO QUARTO TRIMESTRE DE 2000 E DO ANO DE 2000 TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. João Cox Vice Presidente de Finanças e Diretor de Relações com Investidores jcox@telepart.com.br 0XX61-429-5600 Leonardo Dias Gerente de Relações com Investidores

Leia mais

Especial Lucro dos Bancos

Especial Lucro dos Bancos Boletim Econômico Edição nº 90 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Especial Lucro dos Bancos 1 Tabela dos Lucros em 2014 Ano Banco Período Lucro 2 0 1 4 Itaú Unibanco

Leia mais

Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010

Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010 Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010 Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2010. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no mercado de

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T11

Apresentação de Resultados 2T11 Apresentação de Resultados 2T11 Aviso Legal Aviso Legal Encontra-se em curso a distribuição pública inicial primária e secundária de certificados de depósitos de ações ( Units ) de emissão da Abril Educação

Leia mais

Resultados 1º Trimestre 2015 13.05. Rio de Janeiro, 13 de maio de 2015

Resultados 1º Trimestre 2015 13.05. Rio de Janeiro, 13 de maio de 2015 Resultados 1º Trimestre 2015 13.05 Rio de Janeiro, 13 de maio de 2015 RECEITA LÍQUIDA ATINGE R$ 68,5 MILHÕES NO 1T15, CRESCIMENTO DE 7,1% EM RELAÇÃO AO 1T14. EBITDA CONSOLIDADO ATINGE R$ 7,8 MILHÕES, QUEDA

Leia mais

2002 - Serviços para empresas

2002 - Serviços para empresas 2002 - Serviços para empresas Grupo Telefónica Data. Resultados Consolidados 1 (dados em milhões de euros) Janeiro - Dezembro 2002 2001 % Var. Receita por operações 1.731,4 1.849,7 (6,4) Trabalho para

Leia mais

EARNINGS RELEASE 1º SEMESTRE 2007

EARNINGS RELEASE 1º SEMESTRE 2007 Geração e Transmissão S.A. Cemig Geração e Transmissão S.A CNPJ 06.981.176/0001-58 EARNINGS RELEASE 1º SEMESTRE 2007 1 ---------- Lucro Líquido A Cemig Geração e Transmissão apresentou, no primeiro semestre

Leia mais

REDE DE ENSINO LFG AGENTE E ESCRIVÃO PF Disciplina: Noções de Contabilidade Prof. Adelino Correia Aula nº09. Demonstração de Fluxo de Caixa

REDE DE ENSINO LFG AGENTE E ESCRIVÃO PF Disciplina: Noções de Contabilidade Prof. Adelino Correia Aula nº09. Demonstração de Fluxo de Caixa REDE DE ENSINO LFG AGENTE E ESCRIVÃO PF Disciplina: Noções de Contabilidade Prof. Adelino Correia Aula nº09 Demonstração de Fluxo de Caixa Demonstração de Fluxo de Caixa A partir de 28.12.2007 com a publicação

Leia mais

MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO A QGEP Participações iniciou o ano de 2011 com uma sólida posição financeira. Concluímos com sucesso a nossa oferta pública inicial de ações em fevereiro, com uma captação líquida

Leia mais

Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2009

Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2009 Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2009 Rio de Janeiro, 10 de março de 2010. A Brasil Brokers Participações S.A. (Bovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no mercado de intermediação

Leia mais

Resultados do 2T09. Teleconferência de Resultados

Resultados do 2T09. Teleconferência de Resultados Resultados do 2T09 Teleconferência de Resultados Destaques do 2T09 2 Destaques do 2T09 em linha com a estratégia geral da Companhia Nossas conquistas do 2T09 são refletidas nos resultados da Companhia

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO QUARTO TRIMESTRE DE 2013 (4T13 ) LOJAS RENNER S.A.

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO QUARTO TRIMESTRE DE 2013 (4T13 ) LOJAS RENNER S.A. LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float, sendo considerada a primeira corporação brasileira. Negociada

Leia mais

RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2013(1T13)

RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2013(1T13) LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float, sendo considerada a primeira corporação brasileira. Negociada

Leia mais

1T05. Celesc apresenta lucro líquido de R$ 23 milhões no 1 o trimestre de 2005. Resultado do 1 o trimestre de 2005. Principais Destaques

1T05. Celesc apresenta lucro líquido de R$ 23 milhões no 1 o trimestre de 2005. Resultado do 1 o trimestre de 2005. Principais Destaques Celesc apresenta lucro líquido de R$ 23 milhões no 1 o trimestre de 2005 Divulgação Imediata Cot. da Ação PNB CLSC6) em 31/03/05: R$ 0,90/ação Valoriz. No 1T05: -16% Valor de Mercado R$ : 694 milhões US$

Leia mais

DESTAQUES DO PERÍODO (2T11)

DESTAQUES DO PERÍODO (2T11) QUALICORP REGISTRA CRESCIMENTO DO TRIMESTRE NO NÚMERO DE BENEFICIÁRIOS DE 18,5%, RECEITA LÍQUIDA DE 43,9%, EBITDA AJUSTADO DE 36,6% EM RELAÇÃO AO 2T10 1 São Paulo, 12 de agosto de 2011. A QUALICORP S.A.

Leia mais

Prolagos S.A. Companhia Aberta CNPJ nº 02.382.073/0001-10 NIRE: 33.300.167.285 Código CVM 2346-9. Destaques

Prolagos S.A. Companhia Aberta CNPJ nº 02.382.073/0001-10 NIRE: 33.300.167.285 Código CVM 2346-9. Destaques Prolagos S.A. Companhia Aberta CNPJ nº 02.382.073/0001-10 NIRE: 33.300.167.285 Código CVM 2346-9 Receita Líquida¹ no 1T16 atinge R$69,6 milhões, alta de 24,8% em comparação ao mesmo período do ano anterior

Leia mais

Os resultados do segundo trimestre e primeiro semestre de 2014 consolidam as Empresas BRF S.A.

Os resultados do segundo trimestre e primeiro semestre de 2014 consolidam as Empresas BRF S.A. BRF RESULTADOS 2T14 Os resultados do segundo trimestre e primeiro semestre de 2014 consolidam as Empresas BRF S.A. As declarações contidas neste relatório relativas à perspectiva dos negócios da Empresa,

Leia mais

Transcrição da Teleconferência Resultados do 3T09 - Inpar 18 de novembro de 2009

Transcrição da Teleconferência Resultados do 3T09 - Inpar 18 de novembro de 2009 Transcrição da Teleconferência Resultados do 3T09 - Inpar 18 de novembro de 2009 Bom dia, e obrigada por aguardarem. Sejam bem-vindos à teleconferência da Inpar para discussão dos resultados referentes

Leia mais

Teleconferência de Resultados do 3T09

Teleconferência de Resultados do 3T09 Teleconferência de Resultados do 3T09 2 Destaques do trimestre O forte resultado do 3T09 demonstrou nossa confortável posição competitiva na indústria de proteínas e confirmou os resultados esperados de

Leia mais

Crescimento de 11,2% na. Receita Líquida. Controladora R$ 2,2 bi. +11,2% Consolidado R$ 4,0 bi. +10,5% Crescimento de 18,5% no EBITDA

Crescimento de 11,2% na. Receita Líquida. Controladora R$ 2,2 bi. +11,2% Consolidado R$ 4,0 bi. +10,5% Crescimento de 18,5% no EBITDA Resultados 3T15 GMV Receita Líquida Crescimento SSS GMV alcançou R$ 4,9 bilhões Crescimento de 11,2% na Receita Líquida Receita Líquida mesmas lojas de 9% no Trimestre Controladora R$ 2,2 bi. +11,2% Consolidado

Leia mais

Release de Resultado Janeiro/08

Release de Resultado Janeiro/08 PORTO SEGURO anuncia lucro líquido de R$10,0 milhões ou R$0,13 por ação em janeiro de 2008 São Paulo, 17 de Março de 2008 Porto Seguro S.A. (BOVESPA: PSSA3), anuncia os resultados de janeiro de 2008. As

Leia mais

O Lucro Líquido do 1T12 foi de R$2,5 MM, superior em R$10,7 MM ao prejuízo do 1T11, de R$8,2 MM negativos.

O Lucro Líquido do 1T12 foi de R$2,5 MM, superior em R$10,7 MM ao prejuízo do 1T11, de R$8,2 MM negativos. São Paulo, 13 de maio de 2013 - A Unidas S.A. ( Companhia ou Unidas ) anuncia os seus resultados do primeiro trimestre de 2012 (). As informações financeiras são apresentadas em milhões de Reais, exceto

Leia mais

EARNINGS RELEASE 2T12 e 1S12

EARNINGS RELEASE 2T12 e 1S12 São Paulo, 15 de agosto de 2012 - A Inbrands S.A. ( Inbrands ou Companhia ), uma empresa de consolidação e gestão de marcas de lifestyle e moda premium do Brasil, anuncia hoje os resultados do segundo

Leia mais

RESULTADOS 2T11. Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades. 26 de julho de 2011

RESULTADOS 2T11. Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades. 26 de julho de 2011 RESULTADOS 2T11 Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades 26 de julho de 2011 DESTAQUES DO 2T11 Impacto macroeconômico > IPCA 12 meses: +6,7% > Crescimento real GPA Alimentar: +2,3% > Aumento taxa Selic

Leia mais

CEO Conference Março 2009

CEO Conference Março 2009 CEO Conference Março 2009 Informações e Projeções Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam ocasionar variações materiais

Leia mais

Boletim Econômico Edição nº 89 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico

Boletim Econômico Edição nº 89 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Boletim Econômico Edição nº 89 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Crise não afeta lucratividade dos principais bancos no Brasil 1 Lucro dos maiores bancos privados

Leia mais

Teleconferência de Resultados 4T09

Teleconferência de Resultados 4T09 Teleconferência de Resultados 4T09 Índice Comentários de Mercado Pág. 3 Qualidade da Carteira de Crédito Pág. 10 Liquidez Pág. 4 Índice de Eficiência Pág. 14 Funding e Carteira de Crédito Pág. 5 Rentabilidade

Leia mais

5 Análise do Balanço Patrimonial

5 Análise do Balanço Patrimonial 5 Análise do Balanço Patrimonial Essa análise tem por finalidade confrontar os dados e valores que constituem o Balanço Patrimonial correspondente ao exercício de 2002, com os do mesmo período de 2001,

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012 Apresentação de Resultados 2T12 10 de agosto de 2012 Aviso Legal Esta apresentação contém certas declarações futuras e informações relacionadas à Companhia que refletem as visões atuais e/ou expectativas

Leia mais

Anhanguera reporta crescimento de 139,1% na Receita Líquida e de 103,0% no EBITDA Ajustado no ano de 2008. 03 de abril de 2009 03 de abril de 2009

Anhanguera reporta crescimento de 139,1% na Receita Líquida e de 103,0% no EBITDA Ajustado no ano de 2008. 03 de abril de 2009 03 de abril de 2009 Anhanguera reporta crescimento de 139,1% na Receita Líquida e de 103,0% no EBITDA Ajustado no ano de 2008 www.unianhanguera.edu.br 4T08 Ricardo Scavazza Vice Presidente Operacional e Relações com Investidores

Leia mais

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011 Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011 São Paulo, 22 de março de 2012 - Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3), uma das maiores redes varejistas com foco em bens duráveis

Leia mais

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO 1. DESTAQUES O ano de 2015 está demonstrando ser muito desafiador, apresentando um cenário macroeconômico incerto, onde as expectativas do mercado preveem redução do PIB, aumento da inflação e da taxa

Leia mais

CONFERENCE CALL DE APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO 2T09 - GLOBEX. Rio de Janeiro, 11 de setembro de 2009.

CONFERENCE CALL DE APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO 2T09 - GLOBEX. Rio de Janeiro, 11 de setembro de 2009. CONFERENCE CALL DE APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO 2T09 - GLOBEX Rio de Janeiro, 11 de setembro de 2009. 1 DRE PRO-FORMA Com objetivo de haver comparabilidade na análise de resultados, os comentários de

Leia mais

1T09 Divulgação de Resultados

1T09 Divulgação de Resultados Divulgação de Resultados Relações com Investidores: Frederico Dan Shigenawa Diretor de RI ir@tig.bm Sobre a TIG: A TIG Holding Ltd. (nova denominação da Tarpon Investment Group Ltd.) investe em companhias

Leia mais

Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011

Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011 Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011 RESULTADOS PRO FORMA NÃO AUDITADOS CONSOLIDADOS DA ABRIL EDUCAÇÃO As informações financeiras consolidadas pro forma não auditadas para 30

Leia mais

BRASIL BROKERS. Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2009

BRASIL BROKERS. Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2009 BRASIL BROKERS Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2009 2009 Brasil 2009 Brokers Brasil Todos Brokers os Direitos Todos os Reservados Direitos Reservados Esta apresentação não constitui uma oferta,

Leia mais