Obras da nova sede em ritmo acelerado

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Obras da nova sede em ritmo acelerado"

Transcrição

1 Jornal Erechim Ano V - Nº 31 - Maio a Agosto de 2010 Obras da nova sede em ritmo acelerado Definido o Planejamento Estratégico 2010/2013 Pág.5 Conquista do Selo Responsabilidade Social pela 8ª vez Pág.6 Encerrada a 1ª edição do Programa Viver Melhor Pág.8

2 2 EDITORIAL Palavra do presidente Dr. Alcides Mandelli Stumpf Presidente Tratou a vida com certa irreverência simpática, como só as pessoas puras e bem-aventuradas sabem fazer. Dedicou sua existência ao trabalho médico, família, política e amigos, que soube cultivar como poucos. Radiologista incansável e competente, invariavelmente atendia a todos que lhe acorriam com gentileza e afabilidade, colegas ou pacientes. Seus laudos eram lacônicos, quase telegráficos, corretos, frutos de interpretação aguda; frases bem construídas sobre anos de estudos e prática intensa. Ao seu modo, fazia do cotidiano uma luta prazerosa, tocada e cantada com vigor e jovialidade. Mas hoje, prefiro trazer à lembrança, a pessoa exultante que realmente foi. Seu gosto por uma boa conversa era marca registrada: a prosa agradável, certamente, fazia parte de seus esportes favoritos. Suas infinitas histórias - invariavelmente bem humoradas - seguiam cursos incríveis, pródigas em peripécias e problemas insolúveis. No entanto, para surpresa e deleite geral, culminavam com espantosos triunfos ou sucessos impensáveis. Outras vezes, entre torrentes de palavras, aparentava certa dificuldade em ouvir os contra-pontos. Na verdade, a seu modo esperto e finório de ser, filtrava as palavras e opiniões alheias, detendo-se no que realmente gostaria de escutar. Essa graciosa mania, nós, seus amigos, deixamos por conta de seu senso muito próprio e humano de justiça. O seu tricolor, a caça, a boa mesa, uma bela partida de escova ou bochas Amigo Gollin, contigo en la distancia faziam parte de seu regozijo. Entre várias alegrias que cultuava, duas detinham especialíssimas predileções: a culinária esmerada e saborosa - com particular apreço às carnes selvagens, como perdizes e pacas - e a inseparável música - notadamente boleros, que interpretava com visível e transcendente emoção italiana, o que de certo modo lhes dava um tom allegro, mesmo quando as melodias ou letras fossem as mais desgraçadas possíveis. Curiosamente seu hit era Índia, uma bela güaranha paraguaia. E essa talvez tenha sido a sua maior graça: a de ser mais forte que os percalços que cruzaram pelos seus caminhos. Jamais o vimos desanimado. Deixou muito mais companheiros que contrários. Era de boa índole e não cultivava ódios. Por ser bom, algumas vezes foi vítima de deslealdades, tanto na vida médica, como na política. Superior as safadezas, confiava no destino e andava sempre em frente, altivo, quando não distraído. Enfim, curtia com gosto as amenidades e mesmo as eventuais descortesias da vivência simples e correta que sempre levou. Mas, como todos nós mortais, ocultava um ponto vulnerável, um silencioso segredo que parou para sempre seu imenso coração. E numa tarde desses domingos de inverno se foi para eternidade. Deixou a Dolores, a Luciana, o Guilherme, familiares e a todos nós seus amigos com frio en el alma, como diz o bolero. Foi um homem bom. Mais que tudo, um incorrigível romântico idealista. EXPEDIENTE CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO Presidente: Dr. Alcides Mandelli Stumpf Vice-Presidente: Dr. Paulo Roberto Medeiros Jaskulski Diretor Administrativo Dr. Paulo Roberto Dall Agnol Diretor Financeiro Dr. Celso David Lago Diretor de Desenvolvimento Dr. Luiz Felipe Berreneche Leães Diretor Técnico Dr. Élcio Marcos Zanardo Diretor de Educação Dr. André Fernando Detoni CONSELHEIROS VOGAIS Dr. Humberto Paulo Bilhar Seady Dr. Leandro Antonio Gritti Dr. Luciano Tozzo Corradi Dr. Mário Lorenço Tormen CONSELHO FISCAL Dr. Daniel Leonardo Tussi Nicolodi Dr. Célio Friedholdo Fahl Dr. Michel Adriano Thomé João Suplentes Dr. Roberto Carlos Bustamante Dr. Plínio Costa Júnior Dr. Paulo Afonso Cavassola COORDENADOR REGIONAL Dr. Ilson Romeu Schirmbeck CONSELHO TÉCNICO DISCIPLINAR Dr. Alberto André Pippi Schmidt Coordenador Dr. Euclides V. S. Pires Dr. Gilberto Luis Federle Dr. Paulo Afonso Cavassola Dr. Plínio Costa Jr. Dr. Rubens José Munaretto COMITÊ EDUCATIVO Dr. André Fernando Detoni Coordenador Dra. Adriana Elisa Wilk Dr. Humberto Paulo Bilhar Seady Dr. Paulo Cézar Rodrigues Martins Dr. Roberto Carlos Bustamante Pineda Dr. Célio Friedholdo Fahl Jornal da Unimed Erechim Produção: Departamento de Comunicação Tiragem: exemplares Periodicidade: Trimestral Impressão: Edelbra Endereço: Rua Pedro Álvares Cabral, 83 Erechim-RS Telefone: (54) Fax: (54) Home-page: Circulação Dirigida: Distribuição gratuita para cooperados, empresas conveniadas, beneficiários de planos familiares, serviços conveniados, co-irmãs, entidades médicas, entidades culturais. Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores e não expressam, necessariamente, a opinião dos responsáveis deste jornal. ANS nº

3 QUALIDADE 3 Médicos visitam obras das futuras instalações da Cooperativa Edificação terá aproximadamente 4 mil metros quadrados No dia 6 de maio vários cooperados se reuniram para uma visita à obra do Centro de Qualidade de Vida Unimed. Os médicos foram conferir como está o andamento da obra da cooperativa que irá abrigar a nova sede, em área própria localizada na Av. Sete de Setembro, em frente ao Estádio Colosso da Lagoa. O espaço receberá uma edificação de aproximadamente 4 mil m², concebido numa proposta moderna e ambientalmente correta, distribuída em 4 pavimentos, que contemplarão os diversos serviços oferecidos, facilitando o atendimento a cooperados e usuários do sistema. O subsolo receberá amplo estacionamento. Já no primeiro piso ficarão instaladas a Clínica de Fisioterapia e Medicina Preventiva. O segundo piso - localizado no nível da rua - receberá a Saúde Ocupacional, Setor de Autorizações, Vendas, Laboratório de Análises Clínicas e Farmácia. O último pavimento concentrará toda a área administrativa e um anfiteatro com capacidade para cerca de 150 pessoas. Sistema de Avaliação Estágio Rumo à Excelência Comitê Estratégico, gerências, lideranças e colaboradores participaram de treinamentos In Company Um dos principais produtos do PGQP é o Sistema de Avaliação - um instrumento de diagnóstico organizacional que verifica o estágio de desenvolvimento gerencial das organizações, identifica lacunas e possibilita a elaboração do Plano de Ação do Sistema Gerencial PASG. Para se preparar para esta fase, o coordenador do Comitê Estratégico, gerências, lideranças e colaboradores participaram de dois treinamentos in company. O primeiro foi nos dias 14 e 15 de julho sobre Interpretação de Critérios Nível pontos, com 16 h, e o outro no dia 16 de julho, sobre Formação de Avaliadores, 8 h/ aula. As capacitações foram ministradas pela franqueada do PGQP e consultora da Giovanoni Consultoria, Ana Beatriz Giovanoni. Dentro do PGQP, os critérios de avaliação caracterizam- -se por não serem prescritivos, ou seja, não sugerem abordagens ou metodologias específicas. Estes critérios são Liderança, Estratégias e planos, Clientes, Sociedade, Informações e conhecimento, Pessoas, Processos e Resultados.

4 4 OPINIÃO ARTIGO Segurança no Trânsito: Velocidade A invenção do carro nos deu poder de vencer grandes distâncias em pouco tempo e a grande velocidade dá ao nosso corpo - preso à terra pela lei da gravidade - a sensação de liberdade. No entanto, é bom termos em mente que sempre estaremos sujeitos às leis da natureza, que são permanentes e imutáveis e que qualquer excesso terá suas próprias consequências. O racional e lógico não funcionam quando o indivíduo perde o domínio de si próprio no stress do trânsito. A ansiedade e/ou a raiva descontrolam a mente e o resultado final é a insensatez - caminho mais curto para o acidente - pois ancorados à vida dos sentimentos, os seres humanos se alheiam da realidade. As situações que ocorrem no dia-a-dia no trânsito muito comuns, frequentemente não chegam a nossa consciência, são resolvidas pelo hábito, pela repetição continua. Contudo, pequenos desvios de conduta, banais até, podem ser causa de acidentes graves. Como as vias, em grande parte, são as mesmas há trinta anos, o número de veículos cresce continuamente e a educação é sofrível, estatisticamente o número de acidente tende a aumentar, visto que a maioria das estradas ainda não têm previsão de duplicação. Para esclarecer e quantificar o que ocorre na dinâmica do trânsito, um simples cálculo matemático nos dá conhecimento de que a 90 Km/h, um veículo percorre 25 metros por segundo. Ora, o tempo de reação de uma pessoa normal é de 0,75 a 1 segundo, portanto, aquela velocidade um veículo percorrerá de 18 a 25 metros antes de o condutor iniciar a frenagem. Se o veículo que vai à frente estiver a seis metros, por exemplo, e fizer uma parada brusca, o acidente será inevitável. Perguntamo-nos por que são permitidos veículos velozes se a velocidade máxima permitida é de 80 a 100 Km/h? Ocorre que os veículos potentes, os que têm maior torque (força para torcer ou girar o diferencial em baixa rotação), são mais seguros para ultrapassagem e para manobras defensivas ou evasivas e não para velocidade excessiva. Com certeza, a maior segurança decorre do conhecimento, da disciplina continuada e da obediência às leis do trânsito, que foram feitas para proteger o condutor. Contribui decisivamente para a busca dessa segurança a consciência de que nosso corpo é extremamente frágil, frente à estrutura metálica do carro e à velocidade e, por isso, está sujeito a todo tipo de trauma. Se, na época em que viveu o poeta Rudyard Kipling o trânsito fosse como hoje e aqui o autor poderia até modificar o desafio final de seu poema SE. Se és capas de dirigir com prudência e tranquilidade tua é a vida e tudo que existe no mundo e - o que ainda é muito mais - és um Homem, meu filho. Médico especialista em Medicina do Tráfego. Ilson Romeu Schirmbeck QUALIFICAÇÃO Os profissionais da Unimed Erechim, com vistas ao contínuo aperfeiçoamento dentro das suas respectivas áreas de atuação, realizam cursos de formação em nível nacional e internacional. Dr. Aldo Paza Jr. - Jornada Paulista de Radiologia - São Paulo/SP. Dra. Alexandra Dassoler - Curso da Associação de Obstetrícia e Ginecologia do RS - Passo Fundo/RS. Dr. Álvaro Garcia - XX Jornada Gaúcha de Radiologia - Gramado/RS. Dr. Antônio Todeschini - Annual Meeting Of The American Urological Association - EUA. Dr. Antônio Vaccaro Filho - 35º Congresso da Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo - São Paulo/SP. Dr. Cassiano Beller - The American Society For Aesthetic Plastic Surgeery - Califórnia/EUA. Dra. Cléris Todeschini - Congresso Brasileiro de Cirurgia Dermatológica - São Paulo/SP. Dr. Daniel Nicolodi - 30º Congresso Brasileiro de Cirurgia de Mão - Belo Horizonte/MG. Dr. Fábio Vaccaro - XI Congresso Internacional de Catarata e Cirurgia Refrativa - Natal/RN. Dr. João Lucietto - Dopller Geral - São Paulo/SP. Dr. José Vanir Machado Pereira - Thyroid Cancer International Meeting - São Paulo/SP. Dr. Leandro Cichoski - Curso de Reciclagem em Reumatologia - Porto Alegre/RS. Dra. Leilane De Luca - Encontro Brasileiro de Tireóide - Florianópolis/SC. Dr. Luciano Weber e Dra. Rosely Tagliari - 7º Congresso Médico de Passo Fundo - Passo Fundo/RS. Dr. Milton Rogério Bonassi - Jornada Paulista de Radiologia - São Paulo/SP. Dr. Neri Omizzolo - IX Congresso Brasileiro e V Congresso Latino Americano de Ortopedia Pediátrica - Campos do Jordão/SP. Dr. Paulo Cavassola - V Simpósio Sul Americano do Aparelho Digestivo - Gramado/RS. Dr. Paulo Cezar Lago - Simpósio Sulbrasileiro de Atualização em Neurologia e Neurocirurgia - Porto Alegre/RS. Dr. Paulo Roberto Jaskulski - XXXI Congresso da Socesp - Cardiologia - São Paulo/SP. Dr. Rinede Manfredini - 26ª Jornada Sul Brasileira de Cirurgia Plástica - Curitiba/PR. Dr. Romualdo Ferraso - 44ª Jornada de Anestesiologia do Sudeste Brasileiro - São Paulo/SP. Dr. Sílvio Smaniotto - V Rhinology - São Paulo/SP. Dr. Valmir Brito, Dr. Wilian Tartari e Dr. Ricardo Menegola - 14º Congresso da Associação Nacional de Medicina do Trabalho - Gramado/RS.. Onkós Clínica de Oncologia

5 GESTÃO 5 Unimed realiza Planejamento Estratégico 2010/2013 Definidos os temas estratégicos: crescimento sustentável, eficiência operacional e foco do cliente Durante dois dias, 14 e 15 de maio, a Unimed realizou um evento de imersão do Planejamento Estratégico, no Ita Thermas Resort. Participaram membros da diretoria executiva, conselheiros e lideranças da cooperativa, além da consultora Ana Giovanoni. Foram analisados os cenários externos, ambiente interno e externo, matriz SWOT, priorização GUT e definição de iniciativas, após estudo criterioso de todas as informações que impactam no negócio da Unimed Erechim. A abertura do evento foi feita pelo presidente da Unimed, Dr. Alcides Mandelli Stumpf, sendo definidos como temas estratégicos da Unimed Erechim: Crescimento Sustentável, Eficiência Operacional e Foco do Cliente. Em seguida, foi realizada a apresentação dos cenários abrangendo os riscos empresariais, político, demográfico, legal e econômico-financeiro e analisados os itens da Matriz SWOT (Pontos Fortes e Pontos Fracos, Oportunidades e Ameaças), priorizados na GUT, sendo que para cada item definiram-se um médico e um colaborador responsável. No segundo dia do encontro, foram alinhados os objetivos, indicadores, metas e iniciativas e foi validado o Negócio da Cooperativa: Vida com Qualidade e Segurança e a Visão Permanente. A Visão Estratégica 2013 ficou definida considerando- -se os temas estratégicos utilizados: Garantir o crescimento sustentável, por meio da eficiência operacional na atenção à saúde, pelo comprometimento dos cooperados e colaboradores. Através deste evento, a Unimed Erechim passa a contar com o seu mapa estratégico realinhado, o qual contempla todos os recursos necessários para o alcance das metas e objetivos propostos, servindo de referência e guia para as ações organizacionais e aumentando, com isso, a capacidade gerencial na tomada de decisões futuras. O parceiro com as virtudes que todo médico procura Rua Jacob Gremelmmaier Sala 201 Centro Clínico - Fone (54) Getúlio Vargas - RS

6 6 PRÊMIO Unimed Erechim conquista o Selo de Responsabilidade Social 2010 Esta é a 8ª vez que recebe a certificação da Unimed do Brasil A Unimed Erechim acaba de conquistar, pela oitava vez consecutiva, o Selo de Responsabilidade Social, por ter trabalhado pela implementação da Responsabilidade Social, fortalecendo os princípios do Cooperativismo e a construção de uma sociedade mais justa e sustentável, mantendo-se alinhada com a Política Nacional de Responsabilidade Social do Sistema Unimed. Sua pontuação atingiu 86,80 de um total de 100 pontos numa avaliação que baseia-se nos seguintes temas: valores, transparência e governança, público interno, meio ambiente, fornecedores, clientes, comunidade, governo e sociedade e no Balanço Social modelo Ibase, adaptado para cooperativas. Segundo avaliação da performance da Unimed Erechim, concluiu-se que a cooperativa assimilou o conceito de gestão socialmente responsável e alcançou o estágio/ profundidade de maturidade. A maioria das práticas de responsabilidade social corporativa é planejada e monitorada. As ações fazem parte do Planejamento Estratégico, tendo sido incorporadas nos processos de gestão e normas da cooperativa, desenhando a estrutura de uma futura política sustentável. Para conquistar o 8º Selo de Responsabilidade Social, a Unimed Erechim realizou, em 2009, 27 ações sociais voltadas para o meio ambiente, saúde, educação, esporte, cultura e lazer, filantropia e outras ações, ficando, desta forma, totalmente coerente com a sequência e valores apresentados pela instituição no Balanço Social Ibase. Para o presidente da Unimed Erechim, Dr. Alcides Mandelli Stumpf, o objetivo maior da prática de Responsabilidade Social é muito além do que a conquista do Selo. O nosso grande objetivo é a construção de um mundo melhor, próspero e socialmente justo. A conquista do Selo é apenas uma consequência das ações de voluntariado praticadas por nossos médicos e colaboradores, explica. O Selo Unimed de Responsabilidade Social foi criado em 2003 com o objetivo de mobilizar as Unimeds à implantação de uma política de Responsabilidade Social. Neste ano, participaram do processo 229 cooperativas médicas, sendo que 204 foram certificadas com o Selo Unimed de Responsabilidade Social.

7 ATIVIDADES 7 Ações e projetos desenvolvidos Entre as ações e projetos desenvolvidos que contribuíram para a conquista do Selo de Responsabilidade Social destacam-se: Campanha de Descarte de Medicamentos Projeto Semeando Sonhos Destino Ambientalmente Correto: arrecadação de medicamentos vencidos ou sobras para descarte correto através de empresa especializada. Em 2009 foram arrecadados 140 quilos de medicamentos vencidos. Projeto Sacolas Ecológicas Substituição de todas as sacolas de plástico comum por sacolas feitas com plástico oxi-biodegradável. Em 2009 houve a produção de sacolas oxi-biodegradáveis. Prevenção da Gravidez na Adolescência: realização de oficinas e atividades práticas nas escolas, com o envolvimento da rede de ensino de Erechim, abrangendo alunos da 8ª série do Ensino Fundamental até o 3º ano do Ensino Médio com faixa etária entre 14 e 19 anos. Em 2009 participaram do projeto 779 alunos. Reciclagem Solidária Separação adequada de todo lixo reciclável pelos colaboradores e doação para a ARCAN Associação de Recicladores Amigos da Natureza de Erechim. Campanha de Prevenção ao Câncer de Pele Realização de consultas para detectar lesões de pele e posterior tratamento nos casos diagnosticados. Foram realizadas 100 consultas e 64 procedimentos para tratamento de lesões. Em 2007 a Unimed recebeu o Prêmio de Cooperativa do Ano concedido pela OCB pelo desenvolvimento da campanha. Campanha do Meio Ambiente Entrega de canecas aos colaboradores com o objetivo de diminuir o consumo de copos descartáveis. Cerca de 125 mil copos de plástico deixaram de ser descartados no meio ambiente. Outras Campanhas Campanha de Prevenção da Gripe A e Dia Mundial de Luta Contra AIDS: Parceria com a Secretaria Municipal de Saúde. Dia Mundial da Saúde: campanha institucional. Dia Mundial do Diabetes: realizado em parceria com o SESC. Consultas e exames: disponibilização de 207 exames gratuitos. Sessões de fisioterapia: realização de 224 sessões de fisioterapia gratuitas. Programa de Palestras voltadas à Comunidade, para Escolas e Empresas da Região. Suporte com Ambulância UTI em eventos esportivos, culturais e/ou lazer: apoio com equipe médica e para- -médica. Dia do Cliente: entrega de brindes para os clientes da Unimed Erechim. Dia da Mulher: distribuição de chocolates para as mulheres clientes e funcionárias. Campanha de Carnaval: campanha institucional. Campanha de Verão: produção de material para promoção da saúde e cuidados básicos durante o verão. Doações e patrocínios: realização de doações e patrocínios para entidades da Região do Alto Uruguai como instalação de ambulatório médico para o Lar da Criança, doação de material de higiene para o Patronato Agrícola e Profissional São José e doação de equipamentos de informática para Sociedade Cantinho da Luz. Dia V Voluntariado Unimed Campanha Doar é Legal : apoio à Campanha organizada pela ONG Via Vida voltada ao cadastro de doadores de órgãos.

8 8 COMUNIDADE Encerrada a 1ª edição do Programa Viver Melhor Palestra sobre como celebrar a vida marcou o fim de uma etapa Encerrou, no mês de maio, a 1ª edição do Programa Viver Melhor da Unimed Erechim destinado aos pacientes com doenças crônicas. O evento foi marcado com palestra da psicóloga Sandra Munero, com o tema Celebrando a Vida, e reuniu familiares e cuidadores de pacientes crônicos. O Programa Viver Melhor, que iniciou em 2009, consistiu em proporcionar, através de encontros mensais, conhecimentos para facilitar o dia a dia de familiares e cuidadores de pacientes portadores de Alzheimer, Parkinson e doenças associadas. As reuniões, que tinham como objetivo promover qualidade de vida, convivência e troca de experiências entre os familiares e equipe da Unimed, foram coordenadas por especialistas das áreas relacionadas às doenças: médico, enfermeiro, farmacêutico, fisioterapeuta, nutricionista e psicólogo. Durante a palestra de encerramento, a psicóloga Sandra Munero falou sobre o que é felicidade, onde encontrá-la e como ela está presente na vida de cada um. Basta que se perceba que para ter felicidade não é necessário dinheiro, mas atitude para melhorar o estilo de vida. Ela falou que nos últimos 30 anos as pessoas passaram a se sentir muito infelizes e o número de suicídios quadriplicou. Segundo ela, as três grandes epidemias da atualidade são a aterosclerose, a depressão e a neurose. Setenta por cento das mortes ocorrem por infarto, acidentes cerebrais e câncer e no topo da pirâmide das causas das mortes estão as emoções. Para Sandra, há um trio maléfico contribuindo para que as pessoas não sejam felizes: a raiva, a inveja e a vaidade. A psicóloga também mostrou que, segundo a pesquisa da Stanford University, quatro fatores podem influenciar para prolongar a vida: assistência médica, genética, meio ambiente e estilo de vida, sendo este responsável pela gestão do prazer e felicidade. Um fator que aumenta a insatisfação é o consumismo. Segundo ela, a síndrome da comparação social é a nova doença do século. O fator inveja e a comparação entre o poder aquisitivo das pessoas são coisas que produzem a sensação de infelicidade, argumentou. Para a palestrante, é possível ser feliz minimizando os aspectos negativos da vida e focalizando o lado positivo. Sandra finalizou dizendo que a finalidade da vida é ser feliz. Saúde do trabalhador e prevenção de acidentes foi tema de palestra na APAE Com o objetivo de propiciar aos alunos com deficiência as condições necessárias para que se tornem cidadãos ativos e, com isso, realizar o processo de inclusão social através do trabalho, os técnicos do Departamento de Saúde Ocupacional da Unimed Erechim realizaram palestra na Escola de Educação Especial Branca de Neve - APAE. O evento, voltado aos alunos e professores, que foi realizado dia 11 de maio, abordou a Segurança no Tra- balho - saúde do trabalhador e prevenção de acidentes. Os palestrantes foram os técnicos de segurança do trabalho Cláudio Serraglio e Viviane Venuto. Entre os temas apresentados estavam os conceitos de segurança do trabalho e de prevenção, as causas dos acidentes, doenças profissionais, riscos de acidentes e utilização de EPIs - Equipamentos de Proteção Individual. Segundo os técnicos, segurança no trabalho são medidas ou ações adotadas pela empresa, a fim de minimizar, reduzir ou evitar acidentes de trabalho e ou doenças ocupacionais. Os palestrantes alertaram, também, para o uso dos EPIs, que são proteções imprescindíveis contra possíveis danos à saúde causados pelas condições de trabalho.

9 COMUNIDADE 9 Oncologista fala sobre prevenção do câncer na Sipat do Master Apesar dos avanços nos tratamentos, a detecção precoce ainda é a melhor forma de combater a doença A oncologista Dra. Adriana Wilk fez uma palestra na Sipat - Semana de Prevenção de Acidentes do Trabalho - do Master ATS Supermercados, que aconteceu no mês de maio. O tema da sua abordagem foi prevenção do câncer. A participação de profissionais da cooperativa de médicos erechinenses através de palestras em escolas e empresas faz parte do Programa de Medicina Preventiva e Responsabilidade Social da Unimed. De acordo com a médica, o câncer é uma doença que amedronta a todos. Ocorre devido a uma falha nas células que leva ao seu crescimento e multiplicação desordenados formando tumores. Conforme falou, muito se tem avançado no trata- mento dos tumores, mas as melhores medidas no combate ao câncer ainda são a prevenção e a detecção precoce. Segundo ela, estes dois fatores podem reduzir a mortalidade, pois o tratamento em estágios iniciais do câncer é frequentemente menos agressivo do que em estágios mais avançados. Ela falou, ainda, que uma das principais formas de prevenção é a mudança no estilo de vida além do tratamento bem sucedido de lesões pré-cancerígenas. O achado mais consistente, após décadas de estudo, foi a forte associação do tabaco e cânceres em várias localidades, reconheceu. Outros exemplos de fatores de risco modificáveis para câncer incluem o consumo de álcool (associado com um risco aumentado para câncer de boca, esôfago e outros), sedentarismo (associado com aumento do risco para câncer de intestino, mama e possivelmente outros cânceres) e a obesidade (associado com câncer de intestino, mama, endométrio, e possivelmente outros). Por isso, a oncologista foi enfática ao aconselhar que se evite o consumo excessivo de álcool, o sedentarismo e o tabagismo. A Dra. Adriana Wilk finalizou afirmando que manter o peso corporal recomendado também contribui para a redução do risco de certos tipos de câncer. Adolescentes aprendem como cuidar da pele A dermatologista Dra. Elisiane Magnabosco falou para os estudantes da 1ª série do Ensino Médio do Instituto Barão do Rio Branco sobre os principais cuidados para se manter uma pele saudável. A orientação foi direcionada especialmente aos adolescentes, que geralmente sofrem nesta fase da vida com o aparecimento da acne. Segundo ela, as causas da acne são as mais variadas e o primeiro passo a ser tomado é marcar uma consulta com um dermatologista. De posse de exames e algumas informações básicas sobre a história familiar, hábitos alimentares, entre outros, poderão ser detec- tadas as causas. Um simples creme, as deficiências hormonais e os fatores hereditários podem causar o problema da acne, explicou a médica. A acne, também conhecida por espinha, é mais frequente na face e no tórax, pois estas regiões são ricas em glândulas sebáceas. A dermatologista explicou a diferença entre cravo e espinha dizendo que cravos são pontos pretos característicos da oxidação do sebo na extremidade do poro e espinhas são inflamações causadas no folículo pilosebáceo devido à presença de bactérias. Não tem cura, mas é uma doença que pode ser controlada. O tratamento varia de acordo com o paciente e o tipo de acne. A dermatologista deu algumas dicas de cuidados para as pessoas portadoras da acne: higiene da pele, resistência aos maus hábitos, sol e alimentação. A Dra. Elisiane destacou que o tratamento é longo, mas que os resultados, havendo persistência, serão satisfatórios. Atualmente, a medicina evoluiu muito em termos de tratamento, seja com relação aos novos medicamentos como também quanto às formas de tratamento, finalizou.

10 10 EVENTOS 6º Fórum Político Unimed/RS trouxe o filósofo Luc Ferry a Porto Alegre Ex-ministro da Educação da França falou sobre os valores da vida Em ano de eleições presidenciais, a Federação Unimed do Rio Grande do Sul propôs para debate, em seu 6º Fórum Político Unimed/RS, o tema Pensar: um ato Político. O encontro, que reuniu políticos, jornalistas, lideranças cooperativistas, profissionais liberais e filósofos nacionais e internacionais, aconteceu no dia 21 de maio, no Centro de Eventos do Barra Shopping Sul, em Porto Alegre. A discussão foi marcada pela pluralidade de opiniões e divergências de ideias traço característico dos Fóruns anteriores realizados pela Unimed/ RS. O evento levou à capital gaúcha, entre outros, o filósofo e ex-ministro da Educação da França, Luc Ferry. A palestra de Ferry, que versou sobre os Valores da Vida, teve como mediador o jornalista Juremir Machado da Silva e como debatedores o Professor e Crítico Literário Antônio Hohlfeldt e o Médico e Escritor Nilson Luiz May, que também é presidente da Federação da Unimed/RS. O também jornalista e coordenador do curso de Comunicação da PUC/RS, Juremir Machado da Silva, foi o mediador do bate-papo. Além de Luc Ferry, o evento contou com a participação do psicanalista e escritor Contardo Calligaris, do jornalista e deputado federal Fernando Gabeira, do filósofo Roberto Romano, do presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras, Márcio Lopes de Freitas e da filósofa e professora da Universidade Mackenzie Marcia Tiburi. O presidente da Assembleia Legislativa, Giovani Cherini, o deputado federal Osmar Terra, o ex-governador Germano Rigotto e o secretário da Justiça e Desenvolvimento Social do Estado, Fernando Schuler, também fizeram parte dos debates. O 6º Fórum Político Unimed/RS manteve o formato dinâmico dos anos anteriores, no qual os participantes tiveram a oportunidade de esclarecer as dúvidas de um seleto grupo de debatedores que incluiu o presidente da Unicred Central-RS, Antonio Villela, Mohamad Akl, presidente da Central Nacional Unimed e o diretor de Planejamento da Unimed Seguros, Rafael Moliterno Neto. Alcides Mandelli Stumpf e Eudes de Freitas Aquino, gestor das Relações Político-Institucionais da Unimed/RS e presidente da Unimed do Brasil, respectivamente, fizeram a abertura oficial do encontro. O presidente da Federação Unimed/RS, Nilson Luiz May fez o encerramento oficial do 6º Fórum Político Unimed/RS. Para o coordenador do evento, Alcides Mandelli Stumpf, o 6º Fórum Político Unimed/RS consolida a trajetória iniciada em 2001, quando a instituição assumiu a liderança na inserção do sistema nos meios políticos do Estado. Lançado o 1º Fórum Político Nacional Foi realizado em Belo Horizonte (MG), no dia 13 de maio, o lançamento do 1º Fórum Político Unimed do Brasil, que deverá ocorrer dentro da 13ª edição do CONAI, previsto para ser realizado em 2011, em Foz do Iguaçu (PR). O anúncio foi feito logo após a abertura oficial do 12º Comitê Nacional de Integração, em Belo Horizonte/MG, pelo presidente da Confederação, Dr. Eudes de Freitas Aquino, e pelo gestor Político-Institucional da Federação Unimed/RS, Dr. Alcides Mandelli Stumpf, acompanhados do diretor de Integração Cooperativista da Unimed do Brasil, Dr. Valdmário Rodrigues Júnior. Dr. Eudes explicou aos 270 dirigentes e gestores presentes que a iniciativa da Unimed do Brasil tem como base a experiência de seis anos do Fórum Político da Unimed/ RS, que aceitou o convite para esta edição conjunta em nível nacional. O Comitê Nacional de Integração das Unimeds/CONAI trata de temas estratégicos e mercadológicos, além de aspectos jurídicos e tributários dos planos de saúde, bem como temas inerentes ao cooperativismo médico e é realizado anualmente. Antecedendo a apresentação do Dr. Alcides, foi apresentado um vídeo com a retrospectiva de todas as edições do Fórum Político, mostrando aos presentes desde a primeira edição em Dr. Alcides agradeceu a confiança em nós depositada para ampliar o evento ao Sistema Unimed Nacional e apresentou o vídeo do 6º Fórum Político Unimed/RS.

RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS / 2014. Convênio Municipal Secretaria de Desenvolvimento Social

RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS / 2014. Convênio Municipal Secretaria de Desenvolvimento Social RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS / 2014 Convênio Municipal Secretaria de Desenvolvimento Social Entidade: Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil Endereço: Rua Antônio Miguel Pereira

Leia mais

Diretoria da Unimed Erechim foi eleita por aclamação

Diretoria da Unimed Erechim foi eleita por aclamação Jan/Fev/Mar/Abr 2010 Ano V - Nº 30 Diretoria da Unimed Erechim foi eleita por aclamação Dr. Paulo Roberto Dall'Agnol, Dr. Elcio Marcos Zanardo; Dr. Michel Adriano Thomé João, Dr. André Fernando Detoni,

Leia mais

Programa de Ginástica Laboral

Programa de Ginástica Laboral Programa de Ginástica Laboral 1. IDENTIFICAÇÃO Nome: Programa de Ginástica Laboral (PGL) Promoção e Organização: Centro de Educação Física, Esportes e Recreação Coordenadoria do Campus de Ribeirão Preto.

Leia mais

Programa de Apoio a Pacientes Oncológicos e

Programa de Apoio a Pacientes Oncológicos e Programa de Apoio a Pacientes Oncológicos e Família Secretaria Municipal de Saúde CASC - Centro de Atenção a Saúde Coletiva Administração Municipal Horizontina RS Noroeste do Estado Distante 520 Km da

Leia mais

Núcleo de Atenção Integral à Saúde Unimed São José dos Campos

Núcleo de Atenção Integral à Saúde Unimed São José dos Campos Núcleo de Atenção Integral à Saúde Unimed São José dos Campos Núcleo de Atenção Integral à Saúde da Unimed SJC O Núcleo de Ação Integral à Saúde (NAIS) é o setor responsável pela promoção da saúde e prevenção

Leia mais

Medicina Preventiva na Central Nacional Unimed

Medicina Preventiva na Central Nacional Unimed Medicina Preventiva na Central Nacional Unimed A Central Nacional Unimed é a operadora nacional dos planos de saúde Unimed. Comercializa planos para empresas que tenham filiais em três ou mais estados

Leia mais

PGQP. Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade. Qualidade Gestão Inovação Competitividade Sustentabilidade

PGQP. Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade. Qualidade Gestão Inovação Competitividade Sustentabilidade PGQP Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade Qualidade Gestão Inovação Competitividade Sustentabilidade visão das lideranças A Excelência de qualquer organização depende da sinergia entre três fatores:

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA Nº 3, DE 25 DE MARÇO DE 2013

PORTARIA NORMATIVA Nº 3, DE 25 DE MARÇO DE 2013 PORTARIA NORMATIVA Nº 3, DE 25 DE MARÇO DE 2013 Institui as diretrizes gerais de promoção da saúde do servidor público federal, que visam orientar os órgãos e entidades do Sistema de Pessoal Civil da Administração

Leia mais

ESF Estratégia de Saúde da Família GESTÃO DE PESSOAS. 40 Relatório de Gestão 2014. Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização do IABAS.

ESF Estratégia de Saúde da Família GESTÃO DE PESSOAS. 40 Relatório de Gestão 2014. Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização do IABAS. ESF Estratégia de Saúde da Família GESTÃO DE PESSOAS 40 Relatório de Gestão 2014 B lanço Soci l ESF Estratégia de Saúde da Família Relatório de Gestão 2014 41 GESTÃO DE PESSOAS Gestão de Pessoas Com o

Leia mais

Proposta para Implantação do Programa Atividade Física & Mulheres

Proposta para Implantação do Programa Atividade Física & Mulheres 2 Proposta para Implantação do Programa Atividade Física & Mulheres Ana Paula Bueno de Moraes Oliveira Graduada em Serviço Social Pontifícia Universidade Católica de Campinas - PUC Campinas Especialista

Leia mais

O ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA DA FEFD/UFG 1 NA ÁREA DO ENVELHECIMENTO

O ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA DA FEFD/UFG 1 NA ÁREA DO ENVELHECIMENTO O ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA DA FEFD/UFG 1 NA ÁREA DO ENVELHECIMENTO Juliana Paula Balestra Soares Joelma Cristina Gomes Carmencita Márcia Balestra Faculdade

Leia mais

O lançamento aconteceu em 8 de março de 2004, Dia Internacional da Mulher.

O lançamento aconteceu em 8 de março de 2004, Dia Internacional da Mulher. Sinopse As últimas décadas marcaram o avanço do papel da mulher na economia. Cada vez mais mulheres são responsáveis pela administração de seus lares e é crescente sua participação no mercado de trabalho,

Leia mais

BIC AMAZÔNIA S.A. RELATÓRIO DE DESEMPENHO SOCIAL JANEIRO DE 2015 I - APRESENTAÇÃO

BIC AMAZÔNIA S.A. RELATÓRIO DE DESEMPENHO SOCIAL JANEIRO DE 2015 I - APRESENTAÇÃO BIC AMAZÔNIA S.A. RELATÓRIO DE DESEMPENHO SOCIAL JANEIRO DE 2015 I - APRESENTAÇÃO A unidade BIC Amazônia está localizada na cidade de Manaus, no Estado do Amazonas, onde são produzidos canetas, lápis,

Leia mais

Gestão de Pessoas. - Saúde do Servidor -

Gestão de Pessoas. - Saúde do Servidor - Gestão de Pessoas - Saúde do Servidor - Promoção de Saúde e Bem-Estar Desenvolve programas destinados à prevenção de doenças, à promoção de saúde e de qualidade de vida. Realiza campanhas, palestras e

Leia mais

Prof. MS. Ellen H. Magedanz

Prof. MS. Ellen H. Magedanz Prof. MS. Ellen H. Magedanz As transformações nos padrões de saúde/doença constituíram-se em uma das características do último século, estão associadas às mudanças na estrutura etária populacional. América

Leia mais

Estratégia Saúde Integrada

Estratégia Saúde Integrada Departamento de Saúde e Segurança Por trás de uma vida existem muitas outras. Estratégia Saúde Integrada Fernando Coelho Neto Gerente de Saúde Corporativa Evolução da estratégia em Saúde Corporativa Cumprimento

Leia mais

Envelhecimento Populacional X Assistência em Saúde X Qualidade de Vida Saúde & Lazer 09-Set-2010

Envelhecimento Populacional X Assistência em Saúde X Qualidade de Vida Saúde & Lazer 09-Set-2010 http://www.saudelazer.com/ Envelhecimento Populacional X Assistência em Saúde X Qualidade de Vida Saúde & Lazer 09-Set-2010 Especialistas que participarão de jornada sobre envelhecimento analisam o cenário

Leia mais

ANEXO B CONTEXTUALIZAÇÃO DA PROMOÇÃO DA SAÚDE EM MODELO DE GESTÃO ORGANIZACIONAL DE ALTO DESEMPENHO

ANEXO B CONTEXTUALIZAÇÃO DA PROMOÇÃO DA SAÚDE EM MODELO DE GESTÃO ORGANIZACIONAL DE ALTO DESEMPENHO ANEXO B CONTEXTUALIZAÇÃO DA PROMOÇÃO DA SAÚDE EM MODELO DE GESTÃO ORGANIZACIONAL DE ALTO DESEMPENHO Autoria: Elaine Emar Ribeiro César Fonte: Critérios Compromisso com a Excelência e Rumo à Excelência

Leia mais

CENTRO DE OSTEOPATIA MAÇÃS PLACE

CENTRO DE OSTEOPATIA MAÇÃS PLACE CENTRO DE OSTEOPATIA MAÇÃS PLACE Quem somos A nossa equipa apresenta um atendimento personalizado ao nível da Osteopatia através de uma abordagem multidisciplinar de qualidade, avaliação, diagnóstico e

Leia mais

Estratégia Saúde Integrada

Estratégia Saúde Integrada Departamento de Saúde e Segurança Por trás de uma vida existem muitas outras. Estratégia Saúde Integrada Fernando Coelho Neto Gerente de Saúde Corporativa Evolução da estratégia em Saúde Corporativa Cultura

Leia mais

UNICAP Saúde Na medida Certa

UNICAP Saúde Na medida Certa UNICAP Saúde Na medida Certa A Unicap (Unidade de capacitação para o Trabalho) é uma divisão da Verea & Associados Serviços Médicos S/C Ltda. Atua regularmente no Brasil desde 1985, em áreas diversificadas

Leia mais

1 em cada 4 pessoas são afetadas por um problema de saúde mental a cada ano. Vamos falar sobre isso?

1 em cada 4 pessoas são afetadas por um problema de saúde mental a cada ano. Vamos falar sobre isso? 1 em cada 4 pessoas são afetadas por um problema de saúde mental a cada ano Vamos falar sobre isso? Algumas estatísticas sobre Saúde Mental Transtornos mentais são frequentes e afetam mais de 25% das pessoas

Leia mais

DIRETRIZ NACIONAL DE EDUCAÇÃO, PROMOCÃO SOCIAL E DESENVOLVIMENTO COOPERATIVISTA

DIRETRIZ NACIONAL DE EDUCAÇÃO, PROMOCÃO SOCIAL E DESENVOLVIMENTO COOPERATIVISTA DIRETRIZ NACIONAL DE EDUCAÇÃO, PROMOCÃO SOCIAL E DESENVOLVIMENTO COOPERATIVISTA Área de Atuação 1. Formação Profissional Cooperativista São ações voltadas à formação, qualificação e capacitação dos associados,

Leia mais

PLANO DE TRABALHO IDOSO

PLANO DE TRABALHO IDOSO PLANO DE TRABALHO IDOSO Telefone: (44) 3220-5750 E-mail: centrosesportivos@maringa.pr.gov.br EQUIPE ORGANIZADORA SECRETARIO MUNICIPAL DE ESPORTES E LAZER Francisco Favoto DIRETOR DE ESPORTES E LAZER Afonso

Leia mais

Relatório de Sustentabilidade 2014

Relatório de Sustentabilidade 2014 1 Relatório de Sustentabilidade 2014 2 Linha do Tempo TAM VIAGENS 3 Política de Sustentabilidade A TAM Viagens uma Operadora de Turismo preocupada com a sustentabilidade, visa fortalecer o mercado e prover

Leia mais

Informativo www.unicred.com.br

Informativo www.unicred.com.br Informativo www.unicred.com.br ano 5 nº 40 2011 Editorial Unicred do Brasil Definido o tema da IX Convenção Nacional Unicred A Comissão Organizadora da Convenção Nacional Unicred, que se realizará na cidade

Leia mais

Projeto Amplitude. Plano de Ação 2015. Conteúdo

Projeto Amplitude. Plano de Ação 2015. Conteúdo Projeto Amplitude Plano de Ação 2015 P r o j e t o A m p l i t u d e R u a C a p i t ã o C a v a l c a n t i, 1 4 7 V i l a M a r i a n a S ã o P a u l o 11 4304-9906 w w w. p r o j e t o a m p l i t u

Leia mais

Nas Ruas de BH. BIENAL ANTP de MARKETING 2.006 Categoria: Marketing Institucional. Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte - BHTRANS

Nas Ruas de BH. BIENAL ANTP de MARKETING 2.006 Categoria: Marketing Institucional. Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte - BHTRANS BIENAL ANTP de MARKETING 2.006 Categoria: Marketing Institucional Nas Ruas de BH Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte - BHTRANS Responsável pela Experiência: Rodrigo César Magalhães Silva

Leia mais

Grupo Humana Alimentar

Grupo Humana Alimentar ONG +VIDA Você também pode ajudar Nos seus cinco anos de existência, várias conquistas foram possíveis. No entanto, esta organização não governamental precisa constantemente do auxílio da comunidade. Uma

Leia mais

THALITA KUM PROJETO - CUIDANDO COM HUMANIDADE DOS ACAMADOS E DE SEUS CUIDADORES.

THALITA KUM PROJETO - CUIDANDO COM HUMANIDADE DOS ACAMADOS E DE SEUS CUIDADORES. THALITA KUM PROJETO - CUIDANDO COM HUMANIDADE DOS ACAMADOS E DE SEUS CUIDADORES. ANA LUCIA MESQUITA DUMONT; Elisa Nunes Figueiredo. Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte SMSA-BH (Atenção Básica)

Leia mais

Mapeamento do Perfil Saúde em Instituição Pública - Fundação Centro de Atendimento Sócio Educativo ao Adolescente

Mapeamento do Perfil Saúde em Instituição Pública - Fundação Centro de Atendimento Sócio Educativo ao Adolescente 16 Mapeamento do Perfil Saúde em Instituição Pública - Fundação Centro de Atendimento Sócio Educativo ao Adolescente Leidiane Silva Oliveira Chagas Gestora de Recursos Humanos - Anhanguera Educacional

Leia mais

Junho 2013 1. O custo da saúde

Junho 2013 1. O custo da saúde Junho 2013 1 O custo da saúde Os custos cada vez mais crescentes no setor de saúde, decorrentes das inovações tecnológicas, do advento de novos procedimentos, do desenvolvimento de novos medicamentos,

Leia mais

Trabalho em Equipe e Educação Permanente para o SUS: A Experiência do CDG-SUS-MT. Fátima Ticianel CDG-SUS/UFMT/ISC-NDS

Trabalho em Equipe e Educação Permanente para o SUS: A Experiência do CDG-SUS-MT. Fátima Ticianel CDG-SUS/UFMT/ISC-NDS Trabalho em Equipe e Educação Permanente para o SUS: A Experiência do CDG-SUS-MT Proposta do CDG-SUS Desenvolver pessoas e suas práticas de gestão e do cuidado em saúde. Perspectiva da ética e da integralidade

Leia mais

MOVIMENTO CASCAVEL ROSA - NA LUTA CONTRA O CÂNCER

MOVIMENTO CASCAVEL ROSA - NA LUTA CONTRA O CÂNCER MOVIMENTO CASCAVEL ROSA - NA LUTA CONTRA O CÂNCER Área Temática: Saúde Adriane de Castro Martinez Martins 1 (Coordenadora) Claudecir Delfino Verli 2 Aline Maria de Almeida Lara 3 Modalidade: Comunicação

Leia mais

"Acreditação: Valeu a pena investir na Certificação de Qualidade?" Centro Integrado de Atenção a Saúde CIAS Unimed Vitória - ES

Acreditação: Valeu a pena investir na Certificação de Qualidade? Centro Integrado de Atenção a Saúde CIAS Unimed Vitória - ES "Acreditação: Valeu a pena investir na Certificação de Qualidade?" Centro Integrado de Atenção a Saúde CIAS Unimed Vitória - ES AGENDA Programação do Evento - Histórico do Centro Integrado de Atenção a

Leia mais

PACTO GLOBAL DAS NAÇÕES UNIDAS COP - COMUNICADO DE PROGRESSO 2015. AX0003/00-Q5-RL-1001-15 Rev. 0 < MAIO 2015> ELABO.: SBMo VERIF.: CF APROV.

PACTO GLOBAL DAS NAÇÕES UNIDAS COP - COMUNICADO DE PROGRESSO 2015. AX0003/00-Q5-RL-1001-15 Rev. 0 < MAIO 2015> ELABO.: SBMo VERIF.: CF APROV. PACTO GLOBAL DAS NAÇÕES UNIDAS COP - COMUNICADO DE PROGRESSO 2015 AX0003/00-Q5-RL-1001-15 Rev. 0 < MAIO 2015> ELABO.: SBMo VERIF.: CF APROV.: CK AX0003/00-Q5-RL-1001-15 2 ÍNDICE PÁG. 1 - INTRODUÇÃO...

Leia mais

PROJETO TEMÁTICO Campanha de divulgação Do Programa de Responsabilidade Socioambiental do TJDFT VIVER DIREITO

PROJETO TEMÁTICO Campanha de divulgação Do Programa de Responsabilidade Socioambiental do TJDFT VIVER DIREITO PROJETO TEMÁTICO Campanha de divulgação Do Programa de Responsabilidade Socioambiental do TJDFT VIVER DIREITO OBJETIVO A campanha teve por objetivo implantar na Instituição a cultura da responsabilidade

Leia mais

MODELO PROJETO: PRÊMIO POR INOVAÇÃO E QUALIDADE

MODELO PROJETO: PRÊMIO POR INOVAÇÃO E QUALIDADE MODELO PROJETO: PRÊMIO POR INOVAÇÃO E QUALIDADE 1 Identificação Título Câncer de Colo de útero: a importância de diagnostico precoce. Área temática Comunicação, Promoção e Educação em Saúde Lotação Boninal

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE. CAPÍTULO I Da Finalidade. CAPÍTULO II Dos Princípios, Objetivos e Metas Seção I Dos Princípios

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE. CAPÍTULO I Da Finalidade. CAPÍTULO II Dos Princípios, Objetivos e Metas Seção I Dos Princípios LEI N. 1.343, DE 21 DE JULHO DE 2000 Institui a Política Estadual do Idoso - PEI e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE seguinte Lei: FAÇO SABER que a Assembléia Legislativa do Estado

Leia mais

CARTA ABERTA DE COMPROMISSO

CARTA ABERTA DE COMPROMISSO CARTA ABERTA DE COMPROMISSO Prezado Sr. Secretário Geral, A Responsabilidade Social Empresarial é prioridade da Unimed Sul Capixaba Cooperativa de Trabalho Médico desde 2003. É intrínseca aos valores da

Leia mais

Fortaleza, 4 de novembro de 2013.

Fortaleza, 4 de novembro de 2013. Fortaleza, 4 de novembro de 2013. Discurso do Ministro Alexandre Tombini, Presidente do Banco Central do Brasil, no V Fórum Banco Central sobre Inclusão Financeira Senhoras e senhores, boa tarde a todos.

Leia mais

PROJETO LEITURA INTERATIVA

PROJETO LEITURA INTERATIVA PROJETOS COMPLEMENTARES PROJETO LEITURA INTERATIVA Atividade planejada e permanente com os usuários, em grupos, que visa introduzir em sua vida a leitura diária de jornais, livros e revistas e atualização

Leia mais

Relatório de Atividades 2014. Comissão de Ética

Relatório de Atividades 2014. Comissão de Ética Comissão de Ética Introdução As ações desenvolvidas pela Comissão de Ética em 2014 foram pautadas nos parâmetros do Questionário de Avaliação da Ética elaborado pela Comissão de Ética Pública (CEP) que

Leia mais

Começa por você! Resultados das ações da Campanha De quem é a responsabilidade?

Começa por você! Resultados das ações da Campanha De quem é a responsabilidade? Resultados das ações da Campanha De quem é a responsabilidade? CAMPANHA DE QUEM É A RESPONSABILIDADE? Início da Campanha outubro de 2009 Objetivo: Implementar a A3P e incentivar os servidores para adoção

Leia mais

Gestão e Sustentabilidade das Organizações da Sociedade Civil. Alfredo dos Santos Junior Instituto GESC

Gestão e Sustentabilidade das Organizações da Sociedade Civil. Alfredo dos Santos Junior Instituto GESC Gestão e Sustentabilidade das Organizações da Sociedade Civil Alfredo dos Santos Junior Instituto GESC QUEM SOMOS? INSTITUTO GESC - IGESC Fundação da AMBA, pelos alunos do primeiro curso de MBA. Serviços

Leia mais

humor : Como implantar um programa de qualidade de vida no trabalho no serviço público Profa. Dra. Ana Magnólia Mendes

humor : Como implantar um programa de qualidade de vida no trabalho no serviço público Profa. Dra. Ana Magnólia Mendes Universidade de Brasília -UnB Instituto de Psicologia - IP Departamento de Psicologia Social e do Trabalho - PST Só de Pensar em vir Trabalhar, jáj Fico de mau-humor humor : Como implantar um programa

Leia mais

Selo Hospital Amigo do Idoso. Centro de Referência do Idoso

Selo Hospital Amigo do Idoso. Centro de Referência do Idoso SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DE SÃO PAULO COORDENADORIA DE REGIÕES DE SAÚDE CRS Política de Saúde para o Idoso no Estado de São Paulo Selo Hospital Amigo do Idoso Centro de Referência do Idoso Resolução

Leia mais

P Ú B L I C O I N T E R N O

P Ú B L I C O I N T E R N O Apresentação O Banrisul valoriza seus colaboradores por entender que estes são a essência do negócio. A promoção da qualidade de vida e da segurança dos funcionários é uma prática constante que comprova

Leia mais

Lions Clube Centro-São José dos Campos

Lions Clube Centro-São José dos Campos Lions Clube Centro-São José dos Campos Projeto Transformação BRASIL Transformação é um projeto que visa ampliar as oportunidades educativas, investindo no desenvolvimento do potencial de cada criança e

Leia mais

ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL

ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL Das Atribuições dos Profissionais dos Recursos Humanos Atribuições comuns a todos os profissionais que integram a equipe: Conhecer a realidade das famílias pelas

Leia mais

PARTICIPAÇÃO, A DIFERENÇA QUE VOCÊ PODE FAZER!

PARTICIPAÇÃO, A DIFERENÇA QUE VOCÊ PODE FAZER! 1 PARTICIPAÇÃO, A DIFERENÇA QUE VOCÊ PODE FAZER! AUTOR E APRESENTADOR: Cristina Garvil Diretora da Superintendência de Água e Esgotos de Ituiutaba SAE Arquiteta, Mestranda em Engenharia de Produção com

Leia mais

Evanir Soares da Fonseca

Evanir Soares da Fonseca CURSO DE ATUALIZAÇÃO Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde AÇÕES DE COMBATE AO ESTRESSE: PROMOÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA DOS TRABALHADORES DA SAÚDE DE PARACATU - MG Evanir Soares

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Elaboração Luiz Guilherme D CQSMS 10 00 Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes Avaliação da Necessidade de Treinamento

Leia mais

DR. PEDRO JORGE GAYOSO DIRETORIA DE RECURSOS E SERVIÇOS PRÓPRIOS I I

DR. PEDRO JORGE GAYOSO DIRETORIA DE RECURSOS E SERVIÇOS PRÓPRIOS I I DR. PEDRO JORGE GAYOSO DIRETORIA DE RECURSOS E SERVIÇOS PRÓPRIOS I I Recursos e Serviços Próprios II Recursos e Serviços Próprios SAU II DIRETOR: DR. PEDRO JORGE LEITE GAYOSO DE SOUSA. COORDENADOR GERAL

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO FÓRUM CLÓVIS BEVILÁQUA

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO FÓRUM CLÓVIS BEVILÁQUA ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO FÓRUM CLÓVIS BEVILÁQUA APRESENTAÇÃO E-mail para contato: ctifor@tjce.jus.br Nome do trabalho: Projeto Qualidade de Vida: celebrando o equilíbrio mente/corpo no ambiente

Leia mais

Como se Tornar um Município Amigo do Idoso. Critérios para a Obtenção do Selo de Município Amigo do Idoso

Como se Tornar um Município Amigo do Idoso. Critérios para a Obtenção do Selo de Município Amigo do Idoso Como se Tornar um Município Amigo do Idoso Critérios para a Obtenção do Selo de Município Amigo do Idoso 2 3 GERALDO ALCKMIN Governador do Estado de São Paulo ROGERIO HAMAM Secretário de Estado de Desenvolvimento

Leia mais

PPRDOC PROGRAMA DE PREVENÇÃO E REABILITAÇÃO DE DOENÇAS OCUPACIONAIS E CRÔNICAS

PPRDOC PROGRAMA DE PREVENÇÃO E REABILITAÇÃO DE DOENÇAS OCUPACIONAIS E CRÔNICAS PPRDOC PROGRAMA DE E DE DOENÇAS OCUPACIONAIS E CRÔNICAS APRESENTAÇÃO Prezados, A MCA Saúde e Bem-Estar é uma empresa especializada em planejar, implantar, aperfeiçoar e coordenar programas, projetos e

Leia mais

Política de Sustentabilidade

Política de Sustentabilidade Política de Sustentabilidade Sul Mineira 1 Índice Política de Sustentabilidade Unimed Sul Mineira Mas o que é Responsabilidade Social? Premissas Básicas Objetivos da Unimed Sul Mineira Para a Saúde Ambiental

Leia mais

FÁBRICA ABERTA. destaque pág.02. sumário PROGRAMA DE PREVENÇÃO E RECUPERAÇÃO DA DEPENDÊNCIA QUÍMICA

FÁBRICA ABERTA. destaque pág.02. sumário PROGRAMA DE PREVENÇÃO E RECUPERAÇÃO DA DEPENDÊNCIA QUÍMICA Criando caminhos. ed. 04 - fevereiro março 2012 destaque pág.02 PROGRAMA DE PREVENÇÃO E RECUPERAÇÃO DA DEPENDÊNCIA QUÍMICA sumário 02 03 03 04 05 07 07 07 08 Editorial Aniversariantes do Mês Dia Internacional

Leia mais

CENTRO BRASILEIRO DE REFERÊNCIA EM TECNOLOGIA SOCIAL INSTITUTO DE TECNOLOGIA SOCIAL

CENTRO BRASILEIRO DE REFERÊNCIA EM TECNOLOGIA SOCIAL INSTITUTO DE TECNOLOGIA SOCIAL CENTRO BRASILEIRO DE REFERÊNCIA EM TECNOLOGIA SOCIAL INSTITUTO DE TECNOLOGIA SOCIAL Curso: Tecnologia Social e Educação: para além dos muros da escola Resumo da experiência de Avaliação do Programa "Apoio

Leia mais

Unimed Brasil. A Unimed é a maior experiência cooperativista na área da saúde em todo o mundo e também a maior rede de assistência médica do Brasil:

Unimed Brasil. A Unimed é a maior experiência cooperativista na área da saúde em todo o mundo e também a maior rede de assistência médica do Brasil: Unimed Brasil A Unimed é a maior experiência cooperativista na área da saúde em todo o mundo e também a maior rede de assistência médica do Brasil: Presente em 83% território nacional; 375 cooperativas

Leia mais

GOVERNO DO MUNICIPIO DE CONSELHEIRO LAFAIETE GABINETE DO PREFEITO

GOVERNO DO MUNICIPIO DE CONSELHEIRO LAFAIETE GABINETE DO PREFEITO LEI N o 5.641, DE 23 DE JUNHO DE 2014. RECONHECE A PESSOA COM TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA COMO PORTADORA DE DEFICIÊNCIA PARA OS FINS DE FRUIÇÃO DOS DIREITOS ASSEGURADOS PELA LEI ORGÂNICA E PELAS DEMAIS

Leia mais

Omega Tecnologia. Vencedora Nacional do MPE Brasil Categoria: Serviços de TI

Omega Tecnologia. Vencedora Nacional do MPE Brasil Categoria: Serviços de TI Omega Tecnologia Vencedora Nacional do MPE Brasil Categoria: Serviços de TI Quem Somos Somos uma empresa especializada em serviços e soluções de TI e Telecom. A busca permanente da inovação, o compromisso

Leia mais

VISÃO Crescer sustentavelmente e ser referência nacional em serviços imobiliários de qualidade.

VISÃO Crescer sustentavelmente e ser referência nacional em serviços imobiliários de qualidade. MISSÃO Oferecer serviços imobiliários de qualidade, gerando valor para os clientes, colaboradores, sociedade e acionistas. VISÃO Crescer sustentavelmente e ser referência nacional em serviços imobiliários

Leia mais

Histórico 2006/ 2010

Histórico 2006/ 2010 Histórico 2006/ 2010 Programa Na Mão Certa O Programa Na Mão Certa, uma iniciativa da Childhood Brasil, que tem como objetivo reunir esforços para mobilizar governos, empresas e organizações da sociedade

Leia mais

Material Ortopédico. O Centro. Especialidades. Formação. Consultas. Fisioterapia. Fisioterapia Pediátrica. Apresentação

Material Ortopédico. O Centro. Especialidades. Formação. Consultas. Fisioterapia. Fisioterapia Pediátrica. Apresentação O Centro Especialidades Formação Material Ortopédico Consultas Fisioterapia Apresentação A Equipa O Espaço Fisioterapia Pediátrica Osteopatia Terapia da Fala Terapia Ocupacional Objectivos Acordo Instema

Leia mais

Produtos Unimed Grande Florianópolis

Produtos Unimed Grande Florianópolis Produtos Unimed Grande Florianópolis A Unimed é o plano de saúde que oferece os melhores médicos do Brasil. Vamos além para que sua saúde seja plena e de qualidade. Para nós, o importante é ver você bem

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 1. Palestras informativas O que é ser voluntário Objetivo: O voluntariado hoje, mais do que nunca, pressupõe responsabilidade e comprometimento e para que se alcancem os resultados

Leia mais

Política do Programa de Voluntariado do Grupo Telefônica

Política do Programa de Voluntariado do Grupo Telefônica Política do Programa de Voluntariado do Grupo Telefônica INTRODUÇÃO O Grupo Telefônica, consciente de seu importante papel na construção de sociedades mais justas e igualitárias, possui um Programa de

Leia mais

PROGRAMA DE QUALIDADE DE VIDA DO TRABALHADOR

PROGRAMA DE QUALIDADE DE VIDA DO TRABALHADOR PROGRAMA DE QUALIDADE DE VIDA DO TRABALHADOR Prof. Dr. Jones Alberto de Almeida Divisão de saúde ocupacional Barcas SA/ CCR ponte A necessidade de prover soluções para demandas de desenvolvimento, treinamento

Leia mais

Módulo 4: Gerenciamento dos Riscos, das Aquisições, das Partes Interessadas e da Integração

Módulo 4: Gerenciamento dos Riscos, das Aquisições, das Partes Interessadas e da Integração Diretoria de Desenvolvimento Gerencial Coordenação Geral de Educação a Distância Gerência de Projetos - Teoria e Prática Conteúdo para impressão Módulo 4: Gerenciamento dos Riscos, das Aquisições, das

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE AÇÕES PROGRAMÁTICAS ESTRATÉGICAS ÁREA TÉCNICA SAÚDE DO IDOSO

MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE AÇÕES PROGRAMÁTICAS ESTRATÉGICAS ÁREA TÉCNICA SAÚDE DO IDOSO MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE AÇÕES PROGRAMÁTICAS ESTRATÉGICAS ÁREA TÉCNICA SAÚDE DO IDOSO LUIZA MACHADO COORDENADORA ATENÇÃO Ä SAÚDE DA PESSOA IDOSA -AÇÕES DO MINISTERIO

Leia mais

informe 30 anos de história no RN COOPERATIVA ODONTOLÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE Outubro 2012 www.uniodontorn.com.

informe 30 anos de história no RN COOPERATIVA ODONTOLÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE Outubro 2012 www.uniodontorn.com. Outubro 2012 NATAL www.unirn.com.br (84) 4009-4664 Rua Açu, 665 - Tirol Natal/RN - CEP 59020-110 30 anos de história no RN www.unirn.com.br COOPERATIVA LÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE ANS - n.º 34531-8 Palavra

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Terceira Idade e Movimento

Mostra de Projetos 2011. Terceira Idade e Movimento Mostra de Projetos 2011 Terceira Idade e Movimento Mostra Local de: Campina Grande do Sul Categoria do projeto: I - Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa: Secretaria

Leia mais

DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS. (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012)

DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS. (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012) DIRETRIZES DO FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/NÓS PODEMOS (aprovada em 2010 e 1ª revisão em agosto de 2012) Artigo 1º O Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade/Nós

Leia mais

EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 ANEXO 9 DO CONTRATO PLANO DE TRANSFERÊNCIA OPERACIONAL (PTO)

EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 ANEXO 9 DO CONTRATO PLANO DE TRANSFERÊNCIA OPERACIONAL (PTO) EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 CONCESSÃO PARA AMPLIAÇÃO, MANUTENÇÃO E EXPLORAÇÃO DOS AEROPORTOS INTERNACIONAIS BRASÍLIA CAMPINAS GUARULHOS EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 ANEXO 9 DO CONTRATO PLANO DE TRANSFERÊNCIA

Leia mais

Unidades de Negócios

Unidades de Negócios Grupo Clivale Como surgiu? História Tudo começou com a iniciativa de Raphael Serravalle ao perceber a carência de um serviço médico especializado na cidade do Salvador, calçada, induziu dois de seus filhos:

Leia mais

Luiz Ildebrando Pierry Porto Alegre, Maio de 2006

Luiz Ildebrando Pierry Porto Alegre, Maio de 2006 Luiz Ildebrando Pierry Porto Alegre, Maio de 2006 Evolução Estratégica do Movimento Qualidade RS 13 anos de atividade Instalação do Programa Cumulativo Consolidação do Programa como Promotor da Causa Evolução

Leia mais

no Brasil O mapa da Acreditação A evolução da certificação no país, desafios e diferenças entre as principais

no Brasil O mapa da Acreditação A evolução da certificação no país, desafios e diferenças entre as principais O mapa da Acreditação no Brasil A evolução da certificação no país, desafios e diferenças entre as principais metodologias Thaís Martins shutterstock >> Panorama nacional Pesquisas da ONA (Organização

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL ASSOCIAÇÃO DAS EMPRESAS BRASILEIRAS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, SOFTWARE E INTERNET ASSESPRO REGIONAL PARANÁ

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL ASSOCIAÇÃO DAS EMPRESAS BRASILEIRAS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, SOFTWARE E INTERNET ASSESPRO REGIONAL PARANÁ APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL ASSOCIAÇÃO DAS EMPRESAS BRASILEIRAS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, SOFTWARE E INTERNET ASSESPRO REGIONAL PARANÁ LUÍS MÁRIO LUCHETTA DIRETOR PRESIDENTE GESTÃO 2005/2008 HISTÓRICO

Leia mais

Norma Permanente 4.1. GOVERNANÇA E GESTÃO 4.2. PRINCÍPIOS 4.3. INVESTIMENTO SOCIAL PRIVADO E INCENTIVADO

Norma Permanente 4.1. GOVERNANÇA E GESTÃO 4.2. PRINCÍPIOS 4.3. INVESTIMENTO SOCIAL PRIVADO E INCENTIVADO Resumo: Reafirma o comportamento socialmente responsável da Duratex. Índice 1. OBJETIVO 2. ABRANGÊNCIA 3. DEFINIÇÕES 3.1. PARTE INTERESSADA 3.2. ENGAJAMENTO DE PARTES INTERESSADAS 3.3. IMPACTO 3.4. TEMAS

Leia mais

Neurotreinamentos Coaching Executivo, Pessoal e Equipes Consultoria Organizacional,

Neurotreinamentos Coaching Executivo, Pessoal e Equipes Consultoria Organizacional, Neurotreinamentos Coaching Executivo, Pessoal e Equipes Consultoria Organizacional, Planejamento Estratégico e Governança Corporativa Palestras Temáticas e Motivacionais v.03/15 Neurotreinamentos Neurobusiness

Leia mais

Objetivo: Nosso negócio:

Objetivo: Nosso negócio: Informações sobre o Programa Nome do Programa Bob s Melhor Idade Início do Programa: 20 de Abril de 2003 Setor responsável: Responsabilidade Social Contato: Vinitius Fernandes Cargo: Coordenador de Responsabilidade

Leia mais

Núcleo Rotary de Desenvolvimento Comunitário NRDC Bairro Guaíra Três de Maio RS

Núcleo Rotary de Desenvolvimento Comunitário NRDC Bairro Guaíra Três de Maio RS I - ABERTURA GERAL Três de Maio, próspero município, com 24 mil habitantes, predominantemente descendentes de alemães, italianos e poloneses, na região noroeste do Rio Grande do Sul, foi emancipado em

Leia mais

www.acquasolution.com 1 Apresentação

www.acquasolution.com 1 Apresentação www.acquasolution.com 1 Apresentação A COR DO PLANETA DEPENDE DE VOCÊ www.acquasolution.com 2 Direitos de Utilização Copyright Todos os textos, fotos, ilustrações e outros elementos contidos nesta apresentação

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO E PRÁTICA DE ENSINO DO CURSO DE FISIOTERAPIA DA FAP - FACULDADE DE APUCARANA

REGULAMENTO INTERNO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO E PRÁTICA DE ENSINO DO CURSO DE FISIOTERAPIA DA FAP - FACULDADE DE APUCARANA REGULAMENTO INTERNO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO E PRÁTICA DE ENSINO DO CURSO DE FISIOTERAPIA DA FAP - FACULDADE DE APUCARANA TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS CAPÍTULO I DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO Artigo

Leia mais

Implementação de um programa de Auditoria de Conduta & Ética - Caso MRS Logística S.A. Eduardo da Costa Azevedo MRS Logística S.A

Implementação de um programa de Auditoria de Conduta & Ética - Caso MRS Logística S.A. Eduardo da Costa Azevedo MRS Logística S.A Implementação de um programa de Auditoria de Conduta & Ética - Caso MRS Logística S.A. Eduardo da Costa Azevedo MRS Logística S.A MRS Logística S.A A MRS Logística é uma concessionária que controla, opera

Leia mais

OBSERVADOR. Social Outubro Rosa e Novembro Azul p.06. Agrícola Reunião com contabilistas na Usina Ipê p.05

OBSERVADOR. Social Outubro Rosa e Novembro Azul p.06. Agrícola Reunião com contabilistas na Usina Ipê p.05 OBSERVADOR ano 45 n 517 nov/dez de 2015 Social Outubro Rosa e Novembro Azul p.06 Treinamento Pedra e Buriti concluem mais duas escolas de formação p.02 Comunicação Jornal Observador: 45 anos de história

Leia mais

Professora Débora Dado. Prof.ª Débora Dado

Professora Débora Dado. Prof.ª Débora Dado Professora Débora Dado Prof.ª Débora Dado Planejamento das aulas 7 Encontros 19/05 Contextualizando o Séc. XXI: Equipes e Competências 26/05 Competências e Processo de Comunicação 02/06 Processo de Comunicação

Leia mais

N REQUISITOS OBSERVAÇÕES

N REQUISITOS OBSERVAÇÕES N REQUISITOS OBSERVAÇÕES 01 02 03 04 05 06 07 A - MANUTENÇÃO E SUPORTE A empresa fornece produto de software com Verificar se a empresa fornece manual do produto (instalação), documentação de suporte ao

Leia mais

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014 Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Histórico de elaboração Julho 2014 Motivações Boa prática de gestão Orientação para objetivos da Direção Executiva Adaptação à mudança de cenários na sociedade

Leia mais

EDUCAÇÃO EXECUTIVA PARA O MERCADO FINANCEIRO MAIO / 2005 108-TC-B4

EDUCAÇÃO EXECUTIVA PARA O MERCADO FINANCEIRO MAIO / 2005 108-TC-B4 1 EDUCAÇÃO EXECUTIVA PARA O MERCADO FINANCEIRO MAIO / 2005 108-TC-B4 NADINE WASSMER TREINA E-LEARNING treina@treina.com.br ROSANA GOMES CONTEÚDOS E HABILIDADES EDUCAÇÃO CORPORATIVA DESCRIÇÃO DE PROJETO

Leia mais

Ciclo de Debates GV Saúde: Quais as Perspectivas para as Operadoras de Planos de Saúde? Agosto 2014

Ciclo de Debates GV Saúde: Quais as Perspectivas para as Operadoras de Planos de Saúde? Agosto 2014 Ciclo de Debates GV Saúde: Quais as Perspectivas para as Operadoras de Planos de Saúde? Agosto 2014 1 Mercado de Planos de Saúde Impactado por 5 Tendências E o Mercado? Continuará a Crescer? 5 Usuário

Leia mais

MÓDULO V Experiência de acolhimento em família solidária Aula 08. 1. Acompanhamento dos casos na modalidade de proteção em Família Solidária

MÓDULO V Experiência de acolhimento em família solidária Aula 08. 1. Acompanhamento dos casos na modalidade de proteção em Família Solidária MÓDULO V Experiência de acolhimento em família solidária Aula 08 Por Leonardo Rodrigues Rezende 1 1. Acompanhamento dos casos na modalidade de proteção em Família Solidária Os casos encaminhados à modalidade

Leia mais

Scup e Política: vitória nas urnas pelas redes sociais

Scup e Política: vitória nas urnas pelas redes sociais Scup e Política: vitória nas urnas pelas redes sociais A campanha do prefeito de Duque de Caxias Alexandre Aguiar Cardoso, natural de Duque de Caxias, cidade da região metropolitana do Rio de Janeiro,

Leia mais

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO COM FOCO EM COMPETÊNCIAS:

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO COM FOCO EM COMPETÊNCIAS: AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO COM FOCO EM COMPETÊNCIAS: Implantação do sistema de Avaliação de Desempenho com Foco em Competências no Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região Belém PA 2013 AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO

Leia mais

Experiência da Secretaria Municipal de Saúde do Recife SUS

Experiência da Secretaria Municipal de Saúde do Recife SUS Experiência da Secretaria Municipal de Saúde do Recife Unidade de Cuidados Integrais à Saúde Professor: Guilherme Abath (UCIS) Odimariles Dantas Gerente da UCIS/PCR Unidade de Cuidados Integrais à Saúde

Leia mais

Quem Contratar como Coach?

Quem Contratar como Coach? Quem Contratar como Coach? por Rodrigo Aranha, PCC & CMC Por diversas razões, você tomou a decisão de buscar auxílio, através de um Coach profissional, para tratar uma ou mais questões, sejam elas de caráter

Leia mais