MODEC, Inc Financial Results Analysts Presentation. February 14, 2014

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MODEC, Inc. 2013 Financial Results Analysts Presentation. February 14, 2014"

Transcrição

1 MODEC, Inc. 213 Financial Results Analysts Presentation February 14, 214

2 INDEX Operation Review Operation Overview 7 Major Orders in Construction Projects in Time Charter / O&M Projects 1 Time Charter / O&M Period 11 Prospective Projects Financial Results & Outlook 13 Profit & Loss 14 Revenue 15 Ordinary Profit 16 Orders & Order Backlogs 17 Balance Sheet 18 Cash Flow 19 Key Financial Figures Financial Forecast 2

3 Operations Review 3

4 213 Operations Overview New Order recorded the highest level Awarded 2 : Tullow T.E.N. MV25 and Cidade de Caraguatatuba MV27 New order including constriction and operation service reached the highest level of JPY billion (up by 51.3% from the previous year and higher than JPY 342.6billion recorded in 212) (Bil. JPY) New Orders Revenue recorded the highest level as well Construction progresses of Cidade de Itagual MV26 was better than budgeted. Revenue including Operation service for Cidade de Sao Paulo MV23 and others reached the highest level of JPY billion (up by 36.1% from the previous year and higher than JPY 24.2 billion recorded in 29) (Bil. JPY) Revenue

5 213 Operations Overview Ordinary profit recorded the highest level of JPY15.8 billion Earnings of affiliates recorded JPY 5.6 billion JPY 3.8 billion was booked as FX gain as USD/JPY exchange rate rose to in 213 from in 212. (JPY) Exchange Rate($/ ) Net Income stayed at the highest level of JPY 4.9 billion (Bil. JPY) (Bil. JPY) Ordinary Profit Net Income

6 213 Operations Overview Net worth equity Capital: Increased to 7.8 billion Proposed annual dividend : 3. JPY per share Dividend has been increasing every year for 9 years. (Bil. JPY) Equity (JPY) Dividends per share (Bil. JPY) Total Interest-Bearing Debt

7 Major Orders in 213 Tullow T.E.N. MV25 Client: Tullow Ghana Limited. Scope of Work: EPCI + Time Charter (1 years 1 one year options) First Oil: Planned 216 2Q Field: T.E.N.(Tweneboa/Enyenra/Ntomme) field (Ghana) Water Depth: 1,5m Storage Capacity: 1,7, bbls Oil Production 1, bopd Cidade de Caraguatatuba MV27 Client: Petro Brasileiro S.A. Scope of Work: EPCI + Time Charter (2years) First Oil: Planned 216 3Q Location: Carioca field (Brazil) Water Depth: 2,1m Storage Capacity: 1,6, bbls Oil Production: 1, bopd 7

8 Construction Projects in 213 EPC(I) Period Cidade de Itaguai MV26 EPC + Time Charter (2 yrs.) Delivery : Planned 215 4Q Field : Iracema Norte field (Brazil) - Under construction at COSCO Dalian shipyard Cidade de Caraguatatuba MV27 Tullow T.E.N. MV25 Cidade de Itaguai MV26 Cidade de Mangaratiba MV24 OSX OSX-3 EPCI First Oil: Done Field: Waikiki Pero Inga fields (Brazil) COSCO Dalian (China) Jurong (Singapore) BrasFELS (Brazil) Cidade de Mangaratiba MV24 EPC + Time Charter (2 yrs.) Delivery : Planned 214 4Q Field : Cernambi Sul field (Brazil) - Under construction at BrasFELS shipyard Tullow T.E.N. MV25 EPCI + Time Charter (1 yrs. + 1 one year Option) Delivery: Planned 216 2Q Field : T.E.N.(Tweneboa/Enyenra/Ntomme) field (Ghana) - Under construction at Jurong shipyard New Award in 213 Cidade de Caraguatatuba MV27 EPCI + Time Charter (2 yrs.) Delivery: Planned 216 3Q Field : Carioca field (Brazil) New Award in 213 8

9 Time Charter / O&M Projects (As of February 214) Under construction T/C (Time Charter) O&M : 4 s : 12 s/fsos : 4 s Brazil Southeast Asia Song Doc Pride MV19 FSO Rang Dong MV17 FSO Rong Doi MV12 Petrobras Carioca Petrobras Iracema North Petrobras Cernambi South Cidade de Caraguatatuba MV27 Cidade de Itaguai MV26 Cidade de Mangaratiba MV24 Cidade de Sao Paulo MV23 Cidade de Angra dos Reis MV22 West Africa Tullow T.E.N. Kwame Nkrumah MV21 (O&M) Baobab Ivoirien MV1 Oceania Pyrenees Venture (O&M) Raroa (O&M) Stybarrow Venture MV16 MODEC Venture 11 Cidade de Santos MV2 Cidade de Niteroi MV18 FSO Cidade de Macae MV15 Cidade do Rio de Janeiro MV14 Fluminense (O&M) : Own & Operate (O&M) : Operate 9

10 Time Charter / O&M Period (As of February 214) Time Charter fixed period O&M period Time Charter option period Cidade de Caraguatatuba MV27 Tullow T.E.N. MV25 Cidade de Itaguai MV26 Cidade de Mangaratiba MV24 Raroa Cidade de Sao Paulo MV23 Kwame Nkrumah MV21 Cidade de Angra dos Reis MV22 Cidade de Santos MV2 Pyrenees Venture Cidade de Niteroi MV18 FSO Rang Dong MV17 Song Doc Pride MV19 Stybarrow Venture MV16 FSO Cidade de Macae MV15 Cidade do Rio de Janeiro MV14 FSO Rong Doi MV12 Baobab Ivoirien MV1 MODEC Venture 11 Fluminense y 1y 2y 2y 15y 2y 1y 15y 12y 15y 9y 9y 5y 1y 2y 8y 7y 1y 5y 13y Consolidated Subsidiary Affiliates accounted for by the Equity Method February 214 Time Charter : 12 /FSOs O&M : 4 s 1

11 Prospective Projects Africa Asia & Oceania Gulf of Mexico Gulf of Mexico Hess Stampede TLP Noble Gunflint Semi-Sub South America Ghana ENI OCTP Angola Total Block 32 KAOMBO BP Block 31 Maersk Chissonga Cobalt Block 21 Namibia Tullow Kudu FPS South Africa Sunbird Ibhubeshi China CNOOC South China Sea TLP Vietnam CSJOC Block 1 & 11.1 Thailand PTTEP Bongkot FSO 3 PTTEP Nang Nuan Malaysia Petronas FLNG No.2 JX Layang Indonesia INPEX Masela FLNG Santos Indonesia AAL Israel Noble Leviathan gas project Australia Woodside Lady Nora Woodside Laverda /Semi-sub Brazil Petrobras Tartaruga Verde e Mestica Petrobras ES Aguas Profund as Mod I Reviatalizacao de Marlim Mod I Petrobras Sergipe Aguas Profundas Mod I Petrobras Sul de Parque des Baleias Petrobras Maromba Mod I Petrobras Carcaraa Jupiter Anadarko Petrobras Guanambi GTL Falkland Islands Premier Sea Lion TLP Brunei Brunei 11

12 Financial Results & Outlook 12

13 Profit & Loss Variance Revenue 186, ,41 67,51 Gross Profit 13,626 16,713 3,87 Construction revenue increased due to higher progress in projects. Gross Profit margin 7.3% 6.6% -.7% Selling, General and Administrative Expenses 1,155 13,9 2,854 Increased mainly due to Yen depreciation Operating Profit 3,47 3, Other Income (A) 6,91 12,963 6,53 Other Expense (B) 1, (237) Total Other Income/Expenses (C=A-B) 5,826 12,116 6,29 (Equity in Earnings of Affiliates and Unconsolidated Subsidiaries included in C) 2,382 5,622 3,24 Recored Equity in Earnings of Affiliates and realized the unrealized profits of MTOPS due to the start of charter service for MV23 (Exchange gain/loss and Gain/loss on revaluation of derivatives included in C) 2,23 3,849 1,646 Ordinary Profit 9,296 15,82 6,524 The highest level. Extraordinary Profit FX gain due to evaluation of assets denominated in foreign currency. Extraordinary Loss - 4,261 - Income before Income Taxes and Minority Interests 9,296 11,659 2,363 Net Income 5,13 4,922 (28) Recorded impairment of fixed assets for Floating wind & Current Hybrid Power Generation and an allowance for accounts receivables Exchange Rate (USD)

14 Revenue Revenue 建 造 工 事 EPC(I) 期 間 3, , 254,41 Cidade de Caraguatatuba MV27 2, 24, ,891 Tullow T.E.N. MV25 15, 146,66 129,968 Cidade de Itaguai MV26 1, Cidade de Mangaratiba MV24 5, OSX Cidade de Sao Paulo MV23 Cidade de Angra dos Reis MV22 (Mil. USD) 2, 2,217 Revenue (USD) 1,799 1,672 2,159 2,414 PSVM Kwame Nkrumah MV21 Cidade de Santos MV2 Pyrenees Venture 1, Cidade de Niteroi MV

15 Ordinary Profit Ordinary Profit & Ordinary Profit before Deferred Profits Adjustment Influence of Deferred Profits Ordinary Profit Deferred Realized Balance 2, Ordinary Profit before Deferred Profits Adjustment ,92 11,922 15, 15,823 15,82 1, 1,396 1,536 6,473 1,679 1, 5, 7,672 7,454 6,156 1,79 5,55 5,196 9,296 5, 1, ,69-1,35-1,43-2,75-3, , -4,361 15

16 Orders & Order Backlogs Orders Order Backlogs 6, 5, 518,482 1,, 8, 896,669 4, 3, 2, 1, 45,1 173, ,71 342,667 6, 4, 2, 213, , , , (Mil. USD) 5, Orders (USD) 3,572 3,959 4,92 6, 5, 4, Order Backlogs for Equity Method Portion (Lease, Charter and O&M) 35, ,265 2,5 2,132 3, 489 2, 1, 136,33 144, ,

17 Balance Sheet Variance Short-term Loans Receivable 3,739 - (3,739) Total Assets: Total Current Assets 12,3 12,889 18,886 Accounts receivable temporarily increased due to the progress of awarded projects Property and Equipment 12,423 17,62 5,179 Intangible Assets 6,759 7, Investments and Other Assets 32,917 69,789 36,872 Loan receibavle is increased due to investments and loans for the constructions to SPCs Total Fixed Assets 52,11 94,745 42,644 Total Assets 154,16 215,674 61,568 Short-term Loans Payable 3,41 1,888 7,487 Total Liabilities: Total Current Liabilities 83, ,5 31,811 Accounts payable increased due to construction progress Long-term Loans Payable 3,592 15,615 12,23 Total Long-term Liabilities 1,475 2,179 9,74 Total Liabilities 93, ,23 41,515 Total Shareholders Equity 68,39 71,628 3,589 Total Net Assets: Total Accumulated Losses from Valuation and Translation Adjustments (13,933) (817) 13,116 Minority Interests in Consolidated Subsidiaries 6,283 9,633 3,35 Total Net Assets 6,389 8,444 2,55 Total Liabilities, Net Assets 154,14 215,674 61,57 17

18 Cash Flow Cash Flow from Operating Activities Accumulated balance of accounts receivable /payable increased cash outflow. Cash Flow Cash Flow from Investing Activities Increased cash outflow due to investment to SPC. Cash Flow from Operating Activities Cash Flow from Investing Activities Cash Flow from Financing Activities Cash Flow from Financing Activities Increased loan balance which corresponded to the loans receivable from SPC 4, , 21,974 21,453 22,896 2, 11,374 1, 7,52 7,668 4,792-1, ,22-5,897-12,91-2, -21,635-2,662-19,551-3, -4, -37,98 18

19 Key Financial Figures Operating profit 4,169 3, ,47 3,74 Depreciation and amortization 1, ,773 2,98 4,223 Amortization of consolidated differences Collection of lease receivable (Cantarell FSO, Inc., S.A. de C.V.) EBITDA 5,813 4,732 3,323 6,736 8,276 Operating profit (equity method portion) 6,242 6,67 13,336 8,254 12,923 Depreciation and amortization (equity method portion) 5,142 5,611 6,126 6,965 7,97 Collection of lease receivable (equity method portion) 1,35 1,588 5,691 1,793 2,865 EBITDA (after adjustment) 18,547 18,538 28,476 23,748 31,97 Interest income 1,444 1, ,386 2,381 Interest expense 1, Interest expense (equity method portion) 2,978 3,324 6,23 4,994 6,442 Net Interest expense (after adjustment) 2,822 1,853 5,891 4,14 4,757 EBITDA Interest Coverage Ratio (x times) Liabilities with interest 56,8 31,377 1,713 6,995 26,54 Liabilities with interest (equity method portion) 69,61 79,677 92, , ,87 Cash and time deposits 31,55 12,122 17,32 33,367 21,786 Cash and time deposits (equity method portion) 4,66 7,848 9,3 23,41 15,44 Net liabilities with interest (after adjustment) 89,75 91,84 76,264 89, ,365 Net liabilities with interest / EBITDA (x times) ROE (%) ROA (%) Equity Ratio (%)

20 214 Financial Forecast 3, 2, 1, 146,66 129,968 Revenue 186, ,41 3, 2, 15, 1, 5, 6,156 Ordinary Profit 5,55 9,296 15,82 13, (F) (F) Net Income (JPY) Net Income (USD) 1, 8,5 (Mil. USD) , 2,735 3,67 5,13 4, (F) (F) Exchange Rate (F) 2

GERDAU. 1 o Trim. 2001

GERDAU. 1 o Trim. 2001 GERDAU Informações Relevantes 2 o Trimestre de Senhores Acionistas: O ano de iniciou-se movido pelo bom desempenho econômico brasileiro do ano anterior: forte crescimento industrial, inflação sob controle,

Leia mais

05. Demonstrações Financeiras Financial Statements

05. Demonstrações Financeiras Financial Statements 05. Demonstrações Financeiras Financial Statements Demonstrações Financeiras Financial Statements 060 Balanços em 31 de Dezembro de 2007 e 2006 Balance at 31 December 2007 and 2006 Activo Assets 2007 2006

Leia mais

05. Demonstrações Financeiras Financial Statements

05. Demonstrações Financeiras Financial Statements 05. Demonstrações Financeiras Financial Statements Demonstrações Financeiras Financial Statements 068 Balanços em 31 de Dezembro de 2008 e 2007 Balance at 31 December 2008 and 2007 Activo Assets 2008 2007

Leia mais

Senhores Acionistas: FATURAMENTO CRESCE 47% E SUPERA A MARCA DOS R$ 4 BILHÕES

Senhores Acionistas: FATURAMENTO CRESCE 47% E SUPERA A MARCA DOS R$ 4 BILHÕES Senhores Acionistas: Após sofrer o impacto causado pela desvalorização da moeda brasileira no início de 1999, a economia do País, de um modo geral, mostrou resultados bastante positivos no encerramento

Leia mais

REGISTRATION WITH CVM SHOULD NOT BE CONSTRUED AS AN EVALUATION OF THE COMPANY. COMPANY MANAGEMENT IS RESPONSIBLE FOR THE INFORMATION PROVIDED.

REGISTRATION WITH CVM SHOULD NOT BE CONSTRUED AS AN EVALUATION OF THE COMPANY. COMPANY MANAGEMENT IS RESPONSIBLE FOR THE INFORMATION PROVIDED. REGISTRATION WITH CVM SHOULD NOT BE CONSTRUED AS AN EVALUATION OF THE COMPANY. COMPANY MANAGEMENT IS RESPONSIBLE FOR THE INFORMATION PROVIDED. 01.01 - IDENTIFICATION 1 - CVM CODE 2 - COMPANY NAME 3 - CNPJ

Leia mais

SECTOR OF ACTIVIITY FOOD ENERGY COTTON BIODIESEL SOYA VEGETAL OIL CORN ETHANOL

SECTOR OF ACTIVIITY FOOD ENERGY COTTON BIODIESEL SOYA VEGETAL OIL CORN ETHANOL Results 08/15/2011 SECTOR OF ACTIVIITY FOOD ENERGY COTTON SOYA CORN BIODIESEL VEGETAL OIL ETHANOL BRAZILIAN BIODIESEL MARKET 2005 2007 Blend: up to 2% 1st Sem/08 Blend: min. 2% Jul/08 Jun/09 Blend: min.

Leia mais

Parecer dos auditores independentes

Parecer dos auditores independentes Parecer dos auditores independentes 21 de março de 2001 Aos Administradores e Acionistas Lojas Americanas S.A. 31 Lojas Americanas 1 Examinamos os balanços patrimoniais da Lojas Americanas S.A. e os balanços

Leia mais

Ficacém Comércio e Reparação de Automóveis S.A.

Ficacém Comércio e Reparação de Automóveis S.A. Ficacém Comércio e Reparação de Automóveis S.A. Processo Especial de Revitalização - PER Tribunal do Comércio de Lisboa 2º Juízo processo 1861/12.6TYLSB Janeiro de 2013 Índice 1. Enquadramento... 3 1.1.

Leia mais

EURONEXT PUBLICA RESULTADOS DO TERCEIRO TRIMESTRE DE 2015

EURONEXT PUBLICA RESULTADOS DO TERCEIRO TRIMESTRE DE 2015 CONTACTO Comunicação Social: Amesterdão +31.20.721.4488 Bruxelas +32.2.620.15.50 +33.1.70.48.24.17 Lisboa +351.21.0600.614 Paris +33.1.70.48.24.45 CONTACTO Relações com os Investidores: EURONEXT PUBLICA

Leia mais

SÃO PAULO 916.321.967-00 CLÓVIS AUGUSTO MANFIO 063.986.528-35

SÃO PAULO 916.321.967-00 CLÓVIS AUGUSTO MANFIO 063.986.528-35 Corporate Legal Name ALARM-TEK ELETRONICA LTDA Trade Name ALARMTEK Address Calçada das Anêmonas, nº. 42 District Centro Comercial - Alphaville Zip Code 6453-5 Telephones 11 4191-7256 Corporate Tax Registration

Leia mais

DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS Financia statements

DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS Financia statements DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS Financia statements DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS FINANCIAL STATEMENTS 106 Balanços em 31 de Dezembro de 2009 a 2008 Balance at 31 December 2008 a 2009 Activo Assets 2009 2008 IMOBILIZADO

Leia mais

Receita líquida: R$168,9 milhões no 3T12 (+7,2% vs. 3T11) Lucro líquido: R$9,3 milhões no 3T12 (prejuízo líquido no 3T11)

Receita líquida: R$168,9 milhões no 3T12 (+7,2% vs. 3T11) Lucro líquido: R$9,3 milhões no 3T12 (prejuízo líquido no 3T11) Resultado 3T12 Receita líquida: R$168,9 milhões no 3T12 (+7,2% vs. 3T11) Lucro líquido: R$9,3 milhões no 3T12 (prejuízo líquido no 3T11) São Paulo, Brasil, 26 de outubro de 2012 - A Metalfrio Solutions

Leia mais

São Paulo, 19 de julho de 2009 base consolidada 1. INTRODUÇÃO

São Paulo, 19 de julho de 2009 base consolidada 1. INTRODUÇÃO São Paulo, 19 de julho de 2009 A Natura Cosméticos S.A. (BM&FBOVESPA: NATU3) anuncia hoje os resultados do segundo trimestre de 2009 (2T09). As informações financeiras e operacionais a seguir, exceto onde

Leia mais

Conference Call 2Q13 and 1H13 Results

Conference Call 2Q13 and 1H13 Results Conference Call 2Q13 and 1H13 Results 2 Performance in the Negócios Internacionais Negócios domestic Nacionais and USA,Europa e international markets Exportações Márcio Utsch Net Revenue 3 Net revenue

Leia mais

Demonstrações contábeis em 31 de dezembro de 2007 e 2006. Financial statements at 31 December 2007 and 2006

Demonstrações contábeis em 31 de dezembro de 2007 e 2006. Financial statements at 31 December 2007 and 2006 1 0 1 Demonstrações contábeis em 31 de dezembro de e Financial statements at 31 December and ArcelorMittal Inox Brasil S.A. (Anteriormente denominada Acesita S.A./Previously called Acesita S.A) (Companhia

Leia mais

106 BANCO DE PORTUGAL Boletim Estatístico

106 BANCO DE PORTUGAL Boletim Estatístico 106 BANCO DE PORTUGAL Boletim Estatístico B.7.1.1 Taxas de juro sobre novas operações de empréstimos (1) concedidos por instituições financeiras monetárias a residentes na área do euro (a) Interest rates

Leia mais

1. THE ANGOLAN ECONOMY

1. THE ANGOLAN ECONOMY BPC IN BRIEF ÍNDICE 1. THE ANGOLAN ECONOMY 2. EVOLUTION OF THE BANK SECTOR 3. SHAREHOLDERS 4. BPC MARKET RANKING 5. FINANCIAL INDICATORES 6. PROJECTS FINANCE 7. GERMAN CORRESPONDENTS 1. THE ANGOLAN ECONOMY

Leia mais

2007 Results Conference Call. March 14, 2008

2007 Results Conference Call. March 14, 2008 2007 Results Conference Call March 14, 2008 2007 Results 2007 Highlights Elie Horn Operating Results Luis Largman Financial Results Saulo Lara 2 2007 Highlights Launches: 85% higher vs. 2006 - R$ 3.1 billion

Leia mais

Parte 1 Part 1. Mercado das Comunicações. na Economia Nacional (2006-2010)

Parte 1 Part 1. Mercado das Comunicações. na Economia Nacional (2006-2010) Parte 1 Part 1 Mercado das Comunicações na Economia Nacional (2006-2010) Communications Market in National Economy (2006/2010) Parte 1 Mercado das Comunicações na Economia Nacional (2006-2010) / Part 1

Leia mais

Demonstrações Contábeis

Demonstrações Contábeis Acesita. Presente no futuro. Demonstrações Contábeis Financial Statements Acesita. Present in the future. Índice / Contents 112 114 116 120 122 124 128 130 132 Parecer do Conselho Fiscal. Opinion of the

Leia mais

Rating soberano do Brasil

Rating soberano do Brasil Rating soberano do Brasil Regina Nunes Presidente Standard & Poor s no Brasil Outubro 2014 Permission to reprint or distribute any content from this presentation requires the prior written approval of

Leia mais

O número de Clientes Ativos aumentou em 23,1%, totalizando 13,6 milhões no final de 2014, em comparação com 11,0 milhões no final de 2013.

O número de Clientes Ativos aumentou em 23,1%, totalizando 13,6 milhões no final de 2014, em comparação com 11,0 milhões no final de 2013. CNOVA N.V.: Forte geração de caixa, com 203 milhões em 2014 Caixa líquido de 534 milhões ( 1,21/ação) Lucro operacional ajustado 1 : 35 milhões no 4T14 (+34,5% vs 4T13), 37 milhões em 2014 (+58,1% vs 2013)

Leia mais

RELATÓRIO FINANCEIRO FINANCIAL STATEMENTS. Relatório Financeiro Financial Statements. www.goldeletra.org.br

RELATÓRIO FINANCEIRO FINANCIAL STATEMENTS. Relatório Financeiro Financial Statements. www.goldeletra.org.br RELATÓRIO FINANCEIRO FINANCIAL STATEMENTS 1 Relatório Financeiro Financial Statements www.goldeletra.org.br Relatório Financeiro Financial Statements www.goldeletra.org.br RELATÓRIO FINANCEIRO FINANCIAL

Leia mais

Ref.: Report of Independent Public Accountants n. 1726-2009-7. (Translation of the report originally issued in the Portuguese language)

Ref.: Report of Independent Public Accountants n. 1726-2009-7. (Translation of the report originally issued in the Portuguese language) March 27, 2009 To Cyrela Brazil Realty S/A Empreendimentos e Participações Attn.: Mr. Rafael Novellino Ref.: Report of Independent Public Accountants n. 1726-2009-7 (Translation of the report originally

Leia mais

29 de abril de 2015. Cnova em milhões de

29 de abril de 2015. Cnova em milhões de Forte crescimento das vendas líquidas: +17,8% e do GMV: +28,2% no 1T15 Melhoria da Margem Bruta (+18 bps) na França e no Brasil estável incluindo os Novos Países Aumento dos investimentos em logística

Leia mais

4Q06 and 2006 Conference Call Presentation

4Q06 and 2006 Conference Call Presentation 4Q06 and 2006 Conference Call Presentation February 15, 2007 Peru Bolivia Argentina Cuiabá Guianas Uruguai Itaipú V. Conde Colinas Miracema Gurupi Tucuruí Imperatriz Curitiba B.J. Lapa São Luís Teresina

Leia mais

Edifíco CEM - Estrada D. Maria II, Macau www.cem-macau.com. Companhia de Electricidade de Macau - CEM, S.A.

Edifíco CEM - Estrada D. Maria II, Macau www.cem-macau.com. Companhia de Electricidade de Macau - CEM, S.A. Edifíco CEM - Estrada D. Maria II, Macau www.cem-macau.com Companhia de Electricidade de Macau - CEM, S.A. PRINCIPAIS ELEMENTOS ESTATÍSTICOS Key Statistics 1 A ligação ao futuro para si e para Macau Switching

Leia mais

Índice. Contents. pág. pág. pág. pág. pág. pág. pág. Parecer dos Auditores Independentes. Balanços Patrimoniais. Demonstrações do Resultado

Índice. Contents. pág. pág. pág. pág. pág. pág. pág. Parecer dos Auditores Independentes. Balanços Patrimoniais. Demonstrações do Resultado Índice Contents pág Parecer dos Auditores Independentes Independent auditors report pág Balanços Patrimoniais Balance Sheets pág Demonstrações do Resultado Statements of Income pág Demonstrações das Mutações

Leia mais

Administração de Capital de Giro e Planejamento a Curto Prazo. Chapter Outline

Administração de Capital de Giro e Planejamento a Curto Prazo. Chapter Outline 26-0 Universidade Federal de Itajubá Instituto de Engenharia de Produção e Gestão Curso de Finanças Corporativas Prof. Edson Pamplona (www.iem.efei.br/edson) CAPÍTULO 27 Administração de Capital de Giro

Leia mais

Fundos Imobiliários Brasil

Fundos Imobiliários Brasil Fundos Imobiliários Brasil 30 de Janeiro de 2014 Atualização Setorial Ajustando ao Custo de Oportunidade Em 16 de janeiro de 2014, o título soberano brasileiro de longo prazo atrelado à inflação NTN-B

Leia mais

Cyrela Brazil Realty S.A. Empreendimentos e Participações

Cyrela Brazil Realty S.A. Empreendimentos e Participações (Convenience Translation into English from the Original Previously Issued in Portuguese) Cyrela Brazil Realty S.A. Empreendimentos e Participações Individual and Consolidated Interim Financial Information

Leia mais

October, 2013. Um Olhar Estratégico para o Setor de Seguros de Automóvel no Brasil

October, 2013. Um Olhar Estratégico para o Setor de Seguros de Automóvel no Brasil October, 2013 Um Olhar Estratégico para o Setor de Seguros de Automóvel no Brasil AGENDA Visão da Industria de Seguros (Brasil x Mundo) Drivers que movem a Indústria Análise da Penetração da Indústria

Leia mais

ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS

ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS THE CAPITAL STRUCTURE: AN ANALYSE ON INSURANCE COMPANIES FREDERIKE MONIKA BUDINER METTE MARCO ANTÔNIO DOS SANTOS MARTINS PAULA FERNANDA BUTZEN

Leia mais

Logistics Investment Program. Ports

Logistics Investment Program. Ports Logistics Investment Program Ports Purposes Promote the competitiveness and development of Brazilian economy End of entry walls Expansion of private investment Modernization of infrastructure and port

Leia mais

BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO

BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO Teleconferência de Resultados 4T08 Sexta-feira, 13 de Março de 2009 Horário: 12h00 (Brasil) 11h00 (US EDT) Telefone: +55 (11) 4688-6301 Código: B2W 1 Considerações

Leia mais

Relatório & Contas 2006 Annual Report 2006

Relatório & Contas 2006 Annual Report 2006 02 03 A VIDA É O RESULTADO DO QUE INVESTIMOS NELA. TODOS SOMOS CRIADORES DESDE O MOMENTO EM QUE NASCEMOS E TEMOS A A POSSIBILIDADE DE CONS- TRUIR O NOSSO CAMINHO DA FORMA QUE DESEJARMOS. LIFE IS THE RESULT

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 14/2014

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 14/2014 TEXTO Brazil Leads Decline Among World's Biggest Companies THE losses OF São Paulo's stock market AND THE decline OF Brazil's real made Brazilian companies THE biggest losers among THE world's major companies,

Leia mais

Natura 21 de outubro de 2015

Natura 21 de outubro de 2015 Natura 21 de outubro de 2015 3T15: vendas no Brasil seguem ainda mais pressionadas Os resultados da Natura no 3T15 foram mistos. No Brasil, as vendas continuaram a apresentar deterioração em um ritmo ainda

Leia mais

REAL ESTATE MARKET IN BRAZIL

REAL ESTATE MARKET IN BRAZIL REAL ESTATE MARKET IN BRAZIL JOÃO CRESTANA President of Secovi SP and CBIC National Commission of Construction Industry SIZE OF BRAZIL Population distribution by gender, according to age group BRAZIL 2010

Leia mais

Annual Report 1st Quarter 2010

Annual Report 1st Quarter 2010 2 TABLE OF CONTENTS 1. Company Identification 2. Summary of Indicators 3. Teixeira Duarte Group - 1st Quarter of 2010 4. Evolution of Activity over the 1st Quarter of 2010 I. Introduction II. Evolution

Leia mais

LIGHT em números. Light in numbers

LIGHT em números. Light in numbers LIGHT em números Light in numbers 2015 LIGHT em números Light in numbers 2015 4 Mapa da Área de Concessão Concession Area Map NÚMEROS DA ÁREA DE CONCESSÃO DA LIGHT LIGHT CONCESSION AREA FIGURES 1 3 2

Leia mais

Logistics Investment Program. Ports

Logistics Investment Program. Ports Logistics Investment Program Ports Purposes Promote the competitiveness and development of Brazilian economy End of entry walls Expansion of private investment Modernization of infrastructure and port

Leia mais

Agenda. Visão Geral da Empresa. Indústria de TI na América Latina. Portfólio de Ofertas. Desempenho Financeiro. Plano Estratégico.

Agenda. Visão Geral da Empresa. Indústria de TI na América Latina. Portfólio de Ofertas. Desempenho Financeiro. Plano Estratégico. Este documento ha sido preparado por Celfìn Capital (en adelante el Agente Estructurador y Colocador ) en conjunto con SONDA S.A. (en adeante SONDA, el Emisor o la Compañía ) en base a información pública

Leia mais

Fonte / Source: Banco Central Europeu / European Central Bank. Depósitos com pré-aviso até 3 meses. equiparados até 2 anos (1)

Fonte / Source: Banco Central Europeu / European Central Bank. Depósitos com pré-aviso até 3 meses. equiparados até 2 anos (1) B.0.1 AGREGADOS MONETÁRIOS DA ÁREA DO EURO (a) EURO AREA MONETARY AGGREGATES (a) Saldos em fim de mês End-of-month figures Fonte / Source: Banco Central Europeu / European Central Bank M3 Circulação monetária

Leia mais

The Current Situation of Water Supply and Business Opportunties in Pernambuco, Brazil

The Current Situation of Water Supply and Business Opportunties in Pernambuco, Brazil The Current Situation of Water Supply and Business Opportunties in Pernambuco, Brazil Flávio Coutinho Cavalcante Engineering Project Manager COMPESA flaviocoutinho@compesa.com.br Brazil Location BRAZIL

Leia mais

RELATÓRIO E CONTAS 2014

RELATÓRIO E CONTAS 2014 RELATÓRIO E CONTAS 2014 RELATÓRIO DE GESTÃO Concessão de Exploração do Sistema Público de Captação e Distribuição de Água no Concelho de Fafe I. INTRODUÇÃO 1 a. A Concessão 1 b. Atividades Desenvolvidas

Leia mais

XIV REUNIÃO CONJUNTA DO COMITÊ DE COOPERAÇÃO ECONÔMICA BRASIL JAPÃO

XIV REUNIÃO CONJUNTA DO COMITÊ DE COOPERAÇÃO ECONÔMICA BRASIL JAPÃO XIV REUNIÃO CONJUNTA DO COMITÊ DE COOPERAÇÃO ECONÔMICA BRASIL JAPÃO Presidente José Sergio Gabrielli de Azevedo 9 de agosto de 2011 1 AVISO Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos

Leia mais

SAP fecha 2008 com Crescimento de Dois Dígitos

SAP fecha 2008 com Crescimento de Dois Dígitos SAP fecha 2008 com Crescimento de Dois Dígitos A SAP aumenta a um ritmo de 14% as receitas de software e de serviços relacionados com software em 2008 e apresenta um crescimento nas receitas totais de

Leia mais

RELATÓRIO E CONTAS 2015

RELATÓRIO E CONTAS 2015 RELATÓRIO E CONTAS 2015 RELATÓRIO DE GESTÃO Concessão do Serviço Público Municipal de Abastecimento de Água e Saneamento no Concelho de Vila do Conde I. INTRODUÇÃO 3 a. A Concessão 3 b. Atividades Desenvolvidas

Leia mais

Estatísticas do Setor Externo Adoção da 6ª Edição do Manual de Balanço de Pagamentos e Posição Internacional de Investimentos (BPM6)

Estatísticas do Setor Externo Adoção da 6ª Edição do Manual de Balanço de Pagamentos e Posição Internacional de Investimentos (BPM6) Estatísticas do Setor Externo Adoção da 6ª Edição do Manual de Balanço de Pagamentos e Posição Internacional de Investimentos (BPM6) Nota Metodológica nº 4 Dívida externa Junho de 2015 1. Introdução A

Leia mais

Finanças Corporativas

Finanças Corporativas 1-1 Finanças Corporativas Prof. Edson de Oliveira Pamplona www.iepg.unifei.edu.br/edson 1 1-2 Finanças Corporativas Sumário 1. Conceitos e objetivos de Finanças Corporativas. Modalidades de organização.

Leia mais

A Convergência das Normas Internacionais de Contabilidade

A Convergência das Normas Internacionais de Contabilidade A Convergência das Normas Internacionais de Contabilidade Benefícios e Desafios da Implantação no Brasil na ótica dos Profissionais de Investimentos Luiz Guilherme Dias, MSc. lg.dias@sabe.com.br Rio de

Leia mais

Edifício CEM - Estrada D. Maria II, Macau www.cem-macau.com. Companhia de Electricidade de Macau - CEM, S.A.

Edifício CEM - Estrada D. Maria II, Macau www.cem-macau.com. Companhia de Electricidade de Macau - CEM, S.A. 5 澳門馬交石炮台馬路澳電大樓 Edifício CEM - Estrada D. Maria II, Macau www.cem-macau.com 澳門電力股份有限公司 Companhia de Electricidade de Macau - CEM, S.A. 電力統計資料 CEM em Números CEM Statistics PRINCIPAIS ELEMENTOS ESTATÍSTICOS

Leia mais

BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO

BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO 4Q08 Results Conference Call Friday: March 13, 2008 Time: 12:00 p.m (Brazil) 11:00 a.m (US EDT) Phone: +1 (888) 700.0802 (USA) +1 (786) 924.6977 (other countries)

Leia mais

Introduction. Summary of 3Q14 results

Introduction. Summary of 3Q14 results São Paulo, October 22, 2014 Natura Cosméticos S.A. (BM&FBOVESPA: NATU3) announces today its results for the third quarter of 2014 (). Except where stated otherwise, the financial and operating information

Leia mais

SINDICATO NACIONAL DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO E REPARAÇÃO NAVAL E OFFSHORE

SINDICATO NACIONAL DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO E REPARAÇÃO NAVAL E OFFSHORE 1 A demanda por plataformas de produção de petróleo Abril 2010 A demanda por plataformas de produção de diversos tipos é estimada em cerca de 150 unidades até 2020. A demanda estimada da Petrobras é de

Leia mais

SAP anuncia resultados do Segundo Trimestre de 2009

SAP anuncia resultados do Segundo Trimestre de 2009 SAP anuncia resultados do Segundo Trimestre de 2009 A SAP continua a demonstrar um forte crescimento das suas margens, aumentando a previsão, para o ano de 2009, referente à sua margem operacional Non-GAAP

Leia mais

CURSOS CREDENCIADOS 2014

CURSOS CREDENCIADOS 2014 Auditoria para Seniores Nível I SC-00297 24 24 24 24 0 Auditoria para Seniores Nível II SC-00298 24 24 24 24 0 Normas de Auditoria Independente das Demonstrações Financeiras e Normas Profissionais de Auditor

Leia mais

Esta operação marca a terceira maior aquisição na história da Campari e coloca o Grupo como um dos principais produtores de Rum Premium.

Esta operação marca a terceira maior aquisição na história da Campari e coloca o Grupo como um dos principais produtores de Rum Premium. Gruppo Campari adquire o controle acionário da Lascelles demercado, tornando-se o Principal Concorrente no atrativo mercado de rum com as marcas Appleton, Appleton Special, Appleton White, Wray & Nephew

Leia mais

Subject: The finance source/ new application/ project submission form COMPANY / PROJECT INFORMATION. Date of Submission: Registered Company Name

Subject: The finance source/ new application/ project submission form COMPANY / PROJECT INFORMATION. Date of Submission: Registered Company Name Subject: The finance source/ new application/ project submission form All questions must be answered in details to receive an informed response. All information & data are to be provided directly by the

Leia mais

Quarterly Information - 1st Quarter of 2009 2

Quarterly Information - 1st Quarter of 2009 2 Quarterly Information - 1st Quarter of 2009 2 TABLE OF CONTENTS 1. COMPANY IDENTIFICATION 2. TEIXEIRA DUARTE GROUP - 1st QUARTER OF 2009 3. SUMMARY OF INDICATORS 4. EVOLUTION OF ACTIVITY OVER THE 1st QUARTER

Leia mais

"Oportunidades e desafios nos serviços de logística no setor de P&G. 22 de Agosto de 2013

Oportunidades e desafios nos serviços de logística no setor de P&G. 22 de Agosto de 2013 "Oportunidades e desafios nos serviços de logística no setor de P&G 22 de Agosto de 2013 SUMÁRIO 1.INTRODUÇÃO 2.RELEVÂNCIA DO SETOR DE P&G NO BRASIL 3.CENÁRIO ATUAL 4.DESAFIOS 5.CONCLUSÃO SUMÁRIO 1.INTRODUÇÃO

Leia mais

Relatório & Contas Annual Report

Relatório & Contas Annual Report Relatório & Contas Annual Report 08 07 A CONSTRUIR OS CAMINHOS QUE VÃO DAR ATÉ SI. BUILDING THE WAYS THAT LEAD TO YOU. Relatório & Contas MENSAGEM DO PRESIDENTE Exmos. Senhores Accionistas, Mais uma vez

Leia mais

A EVIDENCIAÇÃO DAS INFORMAÇÕES CONTÁBEIS: SUA IMPORTÂNCIA PARA O USUÁRIO EXTERNO

A EVIDENCIAÇÃO DAS INFORMAÇÕES CONTÁBEIS: SUA IMPORTÂNCIA PARA O USUÁRIO EXTERNO 1 A EVIDENCIAÇÃO DAS INFORMAÇÕES CONTÁBEIS: SUA IMPORTÂNCIA PARA O USUÁRIO EXTERNO Nilson Perinazzo Machado * Marcelo Santos Nunes ** Resumo: A globalização da economia faz com que os investidores de mercados

Leia mais

Americanas.com: presente no futuro do comércio eletrônico

Americanas.com: presente no futuro do comércio eletrônico 18 Lojas Americanas Americanas.com: presente no futuro do comércio eletrônico Fundada em setembro de 1999, a Americanas.com é o canal de comércio eletrônico da companhia. Uma empresa independente, baseada

Leia mais

BOLETIM ESTATÍSTICO. Statistical Bulletin 8 2015. Lisboa, 2015 www.bportugal.pt

BOLETIM ESTATÍSTICO. Statistical Bulletin 8 2015. Lisboa, 2015 www.bportugal.pt BOLETIM ESTATÍSTICO Statistical Bulletin 8 2015 Lisboa, 2015 www.bportugal.pt BOLETIM ESTATÍSTICO 2015 Banco de Portugal Av. Almirante Reis, 71 1150-012 Lisboa www.bportugal.pt Edição Departamento de Estatística

Leia mais

Energia em Foco Estratégias e Dasafios para o Futuro

Energia em Foco Estratégias e Dasafios para o Futuro Energia em Foco Estratégias e Dasafios para o Futuro Novos Modelos de Negócios para o Setor de Energia Elétrica Richard Kauffman Chairman of Energy and Finance for New York Office of New York Governor

Leia mais

PORTO SEGURO (PSSA3) MANUTENÇÃO INTEIRAMENTE AVALIADA: NOVO CICLO DIFÍCIL À FRENTE?

PORTO SEGURO (PSSA3) MANUTENÇÃO INTEIRAMENTE AVALIADA: NOVO CICLO DIFÍCIL À FRENTE? São Paulo, 06 de maio de 2013 PORTO SEGURO (PSSA3) Henrique Navarro Setorial Bancos & Financeiras MANUTENÇÃO INTEIRAMENTE AVALIADA: NOVO CICLO DIFÍCIL À FRENTE? PREÇO-ALVO: R$27,00 REBAIXAMOS A RECOMENDAÇÃO

Leia mais

RELATÓRIO E CONTAS 2014

RELATÓRIO E CONTAS 2014 RELATÓRIO E CONTAS 2014 RELATÓRIO DE GESTÃO Concessão do Serviço Público Municipal de Abastecimento de Água e Saneamento no Concelho de Vila do Conde I. INTRODUÇÃO 3 a. A Concessão 3 b. Atividades Desenvolvidas

Leia mais

A Teoria de Opções Reais: Uma Abordagem para Avaliar Investimentos da Indústria de Venture Capital

A Teoria de Opções Reais: Uma Abordagem para Avaliar Investimentos da Indústria de Venture Capital Rafael Campos Laskier A Teoria de Opções Reais: Uma Abordagem para Avaliar Investimentos da Indústria de Venture Capital Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção

Leia mais

Tendências Investimento em Equities O papel de ADRs para empresas brasileiras

Tendências Investimento em Equities O papel de ADRs para empresas brasileiras Financial Markets and Treasury Services Sector 8 de abril de 2010 Tendências Investimento em Equities O papel de ADRs para empresas brasileiras Section I. Tendências Mercados Emergentes 2 2009 foi o ano

Leia mais

DEMONSTRAÇÕES CONTABÉIS PARA INSTITUIÇÕES DO TERCEIRO SETOR: UM ESTUDO DO STATEMENT OF FINANCIAL ACCOUNTING STANDARDS Nº.

DEMONSTRAÇÕES CONTABÉIS PARA INSTITUIÇÕES DO TERCEIRO SETOR: UM ESTUDO DO STATEMENT OF FINANCIAL ACCOUNTING STANDARDS Nº. 1 DEMONSTRAÇÕES CONTABÉIS PARA INSTITUIÇÕES DO TERCEIRO SETOR: UM ESTUDO DO STATEMENT OF FINANCIAL ACCOUNTING STANDARDS Nº. 117 (FAS 117) Autores ALCIDES BETTIOL JUNIOR Universidade de São Paulo PATRÍCIA

Leia mais

International Trade and FDI between Portugal-China Comércio Internacional e IDE entre Portugal-China. dossiers. Economic Outlook Conjuntura Económica

International Trade and FDI between Portugal-China Comércio Internacional e IDE entre Portugal-China. dossiers. Economic Outlook Conjuntura Económica dossiers Economic Outlook Conjuntura Económica International Trade and FDI between Portugal-China Comércio Internacional e IDE entre Portugal-China Last Update Última Actualização: 10-02-2015 Prepared

Leia mais

Annual Meeting. Luiz Fernando Rolla. Chief Officer for Finance, Investor Relations and Control of Holdings

Annual Meeting. Luiz Fernando Rolla. Chief Officer for Finance, Investor Relations and Control of Holdings On the Fifteenth Annual Meeting Cemig-Apimec 2010, besides the presentation of the Chief Officer for Finance, Investor Relations and Control of Holdings, annexed hereto, the following presentations are

Leia mais

A indústria de construção naval brasileira

A indústria de construção naval brasileira A indústria de construção naval brasileira Apresentação ao BNDES Cenário Nacional O mercado: o segmento offshore Plataformas fixas Plataformas semi-submersíveis - FPU FPSO FSO José Roberto Simas e Alberto

Leia mais

Mestrado em Economia Monetária e

Mestrado em Economia Monetária e Mestrado em Economia Monetária e Financeira Ficha de Unidade Curricular Nome da Unidade Curricular (NUC) Departamento Área Científica Activa nos Planos Curriculares Estado Código da disciplina Nome (pt)

Leia mais

Brazil: Wind Energy Opportunities

Brazil: Wind Energy Opportunities Brazil: Wind Energy Opportunities Anne McIvor, Cleantech Investor BWEC 2012 2-3 April - São Paulo Brazilian Wind Energy The Brazilian Wind States BAHIA BAHIA: Projects Focus on semi-arido (semi-desert)

Leia mais

O Futuro da Gestão no Brasil e no Exterior

O Futuro da Gestão no Brasil e no Exterior O Futuro da Gestão no Brasil e no Exterior 7º Congresso ANBIMA de Fundos de Investimento São Paulo, 14 de maio 2013 Daniel Celeghin, Sócio Resumo 1. Quem somos 2. Perspectiva ex-brasil : cinco fatores

Leia mais

RELATÓRIO E CONTAS 2013

RELATÓRIO E CONTAS 2013 RELATÓRIO E CONTAS 2013 RELATÓRIO DE GESTÃO Concessão de Água e Saneamento do Concelho de Santa Maria da Feira I. INTRODUÇÃO 1 a. A Concessão 1 b. Atividades Desenvolvidas em 2013 3 II. ATIVIDADE 4 a.

Leia mais

Interim Report - 3 rd Quarter of 2013

Interim Report - 3 rd Quarter of 2013 Relatório Report and e Accounts Contas 3º rd Trimestre Quarter 2013 2 CONTENTS 1. Company Identification 2. Key Indicators 3. Teixeira Duarte Group - 3 rd Quarter of 2013 4. Interim Management Report I.

Leia mais

O Pré-Sal Brasileiro: Relevância para o Brasil e para o Mundo

O Pré-Sal Brasileiro: Relevância para o Brasil e para o Mundo O Pré-Sal Brasileiro: Relevância para o Brasil e para o Mundo Sylvie D Apote, Sócia-Diretora, 7mo. CONGRESO INTERNACIONAL BOLIVIA GAS & ENERGÍA 2014 Santa Cruz de la Sierra, 20-21 Agosto 2014 AGENDA O

Leia mais

Quarterly Information Direcional Engenharia S.A. March 31, 2012 with Independent Auditor s Review Report

Quarterly Information Direcional Engenharia S.A. March 31, 2012 with Independent Auditor s Review Report Quarterly Information Direcional Engenharia S.A. with Independent Auditor s Review Report Quarterly Information Contents Report of quarterly information... 1 Quarterly information Balance Sheet... 3 Income

Leia mais

MODELO FINANCEIRO PARA DESENVOLVIMENTO DE NEGÓCIOS EM ENERGIA RENOVÁVEL

MODELO FINANCEIRO PARA DESENVOLVIMENTO DE NEGÓCIOS EM ENERGIA RENOVÁVEL UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO E ÉCOLE SUPÉRIEURE DE COMMERCE DE TROYES CHAMPAGNE SCHOOL OF MANAGEMENT MBA INTERNATIONAL AFFAIRS

Leia mais

4Q14 and 2014 PRELIMINARY OPERATIONAL RESULTS Total Pre-Sales reached R$1.4 billion in 2014

4Q14 and 2014 PRELIMINARY OPERATIONAL RESULTS Total Pre-Sales reached R$1.4 billion in 2014 4Q14 and 2014 PRELIMINARY OPERATIONAL RESULTS Total Pre-Sales reached R$1.4 billion in 2014 Mogi das Cruzes, January 19, 2015 Helbor Empreendimentos S.A. (BM&FBOVESPA: HBOR3), a residential and commercial

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL. Annual Report2012

RELATÓRIO ANUAL. Annual Report2012 1 RELATÓRIO ANUAL Annual Report2012 ÍNDICE / INDEX 03 APRESENTAÇÃO / INTRODUCTION 04 INDICADORES 2012 / 2012 INDICATORS 09 RELATÓRIO DE BALANÇO / BALANCE REPORT 09 RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO / MANAGEMENT

Leia mais

Índice Contents. Mensagem do Presidente do Conselho de Administração A word from the Chairman of the Board

Índice Contents. Mensagem do Presidente do Conselho de Administração A word from the Chairman of the Board Mensagem do Presidente do Conselho de Administração A word from the Chairman of the Board Órgãos Sociais Governing Bodies Marcos de Actividade Milestones Ambiente Macro-Económico e Financeiro Macroeconomic

Leia mais

Professora Leila Eto. desfarorável

Professora Leila Eto. desfarorável LÍNGUA INGLESA VOCABULÁRIO TÉCNICO Professora Leila Eto short term ability to pay prior notice authorized shares a curto prazo capacidade de pagamento aviso prévio ações autorizadas collect background

Leia mais

Annual Meeting. Chief Officer for Finance, Investor Relations and Control of Holdings

Annual Meeting. Chief Officer for Finance, Investor Relations and Control of Holdings Annual Meeting Luiz Fernando Rolla Chief Officer for Finance, Investor Relations and Control of Holdings Our shareholders base ensures stock liquidity North America Canada United States Mexico Europe Luxembourg

Leia mais

Acesso online através da Internet à Base de Dados Estatística Interativa do Banco de Portugal

Acesso online através da Internet à Base de Dados Estatística Interativa do Banco de Portugal Acesso online através da Internet à Base de Dados Estatística Interativa do Banco de Portugal Internet online access to the Banco de Portugal Statistical Interactive Database O BPstat Estatísticas online

Leia mais

REDE PETRO BRASIL. A Rede das Redes Petro. Eng. Ana Maria Mendonça Rede PETROGÁS Sergipe Presidente da PENSE

REDE PETRO BRASIL. A Rede das Redes Petro. Eng. Ana Maria Mendonça Rede PETROGÁS Sergipe Presidente da PENSE REDE PETRO BRASIL A Rede das Redes Petro Eng. Ana Maria Mendonça Rede PETROGÁS Sergipe Presidente da PENSE as redes Amazonas Ceará Rio Grande do Norte Pernambuco Alagoas Sergipe Bahia Minas Gerais Bacia

Leia mais

RELATÓRIO E CONTAS 2014

RELATÓRIO E CONTAS 2014 RELATÓRIO E CONTAS 2014 RELATÓRIO DE GESTÃO Concessão do Serviço Público Municipal de Abastecimento de Água e Saneamento no Concelho de Matosinhos I. INTRODUÇÃO 1 a. A Concessão 1 b. Atividades Desenvolvidas

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM. Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 61/2013. TEXTO In Ten Years of Bolsa Família, Federal Expenses with Assistance Triple

WWW.ADINOEL.COM. Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 61/2013. TEXTO In Ten Years of Bolsa Família, Federal Expenses with Assistance Triple TEXTO In Ten Years of Bolsa Família, Federal Expenses with Assistance Triple In the ten years of the Bolsa Familia program, completed on Sunday, the biggest change in the federal government's budget was

Leia mais

Faturamento - 1966/2008 Revenue - 1966/2008

Faturamento - 1966/2008 Revenue - 1966/2008 1.6 Faturamento 1966/008 Revenue 1966/008 1966 1967 1968 1969 1970 1971 197 1973 1974 1975 1976 1977 1978 1979 198 AUTOVEÍCULOS VEHICLES 7.991 8.11 9.971 11.796 13.031 15.9 17.793 0.78 3.947 6.851 6.64

Leia mais

Domínios de Adamastor Domains of Adamastor

Domínios de Adamastor Domains of Adamastor Domínios de Adamastor Domains of Adamastor 3 4 5 Índice Index 09 11 13 14 16 18 20 22 Ambiente de Negócio Business Environment Actividade do Fundo Fund Activity Perspectivas para 2011 Forecast for 2011

Leia mais

AVALIAÇÃO PROSPECTIVA DA GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO MUNDO E NO BRASIL. Marcio Soares Dias

AVALIAÇÃO PROSPECTIVA DA GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO MUNDO E NO BRASIL. Marcio Soares Dias AVALIAÇÃO PROSPECTIVA DA GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO MUNDO E NO BRASIL Marcio Soares Dias Centro de Desenvolvimento da Tecnologia Nuclear CDTN Comissão Nacional de Energia Nuclear- CNEN Tel. (031) 3499

Leia mais

Financial statements Direcional Engenharia S.A. June 30, 2010

Financial statements Direcional Engenharia S.A. June 30, 2010 Financial statements Direcional Engenharia S.A. June 30, 2010 Financial statements June 30, 2010 Contents Independent auditor s report... 1 Audited financial statements Balance sheets... 4 Statements of

Leia mais

BOLETIM ESTATÍSTICO. Statistical Bulletin 2 2015. Lisboa, 2015 www.bportugal.pt

BOLETIM ESTATÍSTICO. Statistical Bulletin 2 2015. Lisboa, 2015 www.bportugal.pt BOLETIM ESTATÍSTICO Statistical Bulletin 2 2015 Lisboa, 2015 www.bportugal.pt BOLETIM ESTATÍSTICO 2015 Banco de Portugal Av. Almirante Reis, 71 1150-012 Lisboa www.bportugal.pt Edição Departamento de Estatística

Leia mais

Divulgação do Resultado 1T10. Mensagem da Presidência. O primeiro trimestre de cada ano é tradicionalmente o de menor sazonalidade para nosso negócio.

Divulgação do Resultado 1T10. Mensagem da Presidência. O primeiro trimestre de cada ano é tradicionalmente o de menor sazonalidade para nosso negócio. Divulgação do Resultado Mensagem da Presidência Jundiaí (SP), 14 de maio de 2010 Símbolo na BOVESPA: VULC3 Milton Cardoso Presidente Edivaldo Brito Diretor de Relações com Investidores dri@vulcabras.com.br

Leia mais

Criada para participar ativamente do desenvolvimento do país. Empresa de investimentos especializada em gestão de portfólio de

Criada para participar ativamente do desenvolvimento do país. Empresa de investimentos especializada em gestão de portfólio de Criada para participar ativamente do desenvolvimento do país Empresa de investimentos especializada em gestão de portfólio de ativos voltados para o setor de petróleo e gás na área offshore no Brasil,

Leia mais

CAPA RESUMO. Soares da Costa Construção SGPS, SA resultados anuais 2010

CAPA RESUMO. Soares da Costa Construção SGPS, SA resultados anuais 2010 CAPA RESUMO Soares da Costa Construção SGPS, SA resultados anuais 2010 results 2010 2 /// Este documento constitui uma Versão Sumária do Relatório de Gestão e Demonstrações Financeiras da Soares da Costa

Leia mais