EDITAL INTERNO Nº 1/2013 PROGRAMA ESPM TRANSFORMA - INOVAÇÕES PEDAGÓGICAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EDITAL INTERNO Nº 1/2013 PROGRAMA ESPM TRANSFORMA - INOVAÇÕES PEDAGÓGICAS"

Transcrição

1 EDITAL INTERNO Nº 1/2013 PROGRAMA ESPM TRANSFORMA - INOVAÇÕES PEDAGÓGICAS A Vice Presidência Acadêmica da ESPM, por meio do Núcleo de Práticas Pedagógicas (NPP) e do Centro de Altos Estudos (CAEPM), convida os Professores da Graduação e da Pós-Graduação lato sensu a formularem e submeterem Projetos voltados para a Inovação Pedagógica. A seleção dos Projetos submetidos será procedida de acordo com as normas deste Edital Interno. 1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS 1.1. Do objeto O Núcleo de Práticas Pedagógicas (NPP) e o Centro de Altos Estudos (CAEPM) apoiarão o planejamento, a realização e a avaliação de resultados de experiências pedagógicas derivadas de metodologias de ensino ativas, que reconheçam o Estudante como protagonista de sua aprendizagem Dos requisitos e condições para a inscrição Poderão submeter projetos aqueles Professores que integrem o quadro de docentes da pós-graduação lato sensu e da graduação, vinculados a qualquer uma das quatro unidades da ESPM Os professores devem cumprir os seguintes requisitos: a) integrar o quadro de docentes da ESPM há pelo menos um ano; b) ministrar uma disciplina da malha curricular de algum curso de graduação ou de pósgraduação lato sensu oferecido pela ESPM Será aceita somente uma inscrição de projeto para cada proponente, denominado autor e responsável pelo projeto O mesmo curso poderá ser favorecido por mais de um projeto, desde que a proposta seja submetida por proponentes distintos As Coordenações dos cursos, respectivos Núcleos Docentes Estruturantes, um representante do Núcleo de Práticas Pedagógicas e um representante do Centro de Altos Estudos deliberarão sobre os projetos inscritos Da duração dos projetos A duração do Projeto aprovado será de no máximo 12 (doze) meses. Nesse período, o autor e responsável pelo Projeto deverá: a) aplicar o questionário sobre estilos de aprendizagem aos estudantes da turma implicada; b) escolher uma inovação pedagógica no planejamento de determinada disciplina; c) experimentar a inovação pedagógica durante um semestre; 1

2 d) avaliar o processo e os resultados parciais alcançados; e) prever ajustes capazes de influir sobre o processo e os resultados; f) adotar a inovação com os ajustes decorrentes da experiência do 1º semestre, no 2º semestre; g) compartilhar o processo e os resultados com os pares ao oferecer um texto (uma espécie de relato consubstanciado de boas práticas), e uma academia nacional em que os professores da mesma disciplina sejam favorecidos com o relato ilustrado da prática vivenciada e refletida Do cronograma Atividade Data Data do lançamento do Edital: 18 de Outubro de Período de submissão do projeto: 1/11/2013 a 15/12/2013. Divulgação dos projetos aprovados: até 20 de Janeiro de Início das atividades dos projetos: respeitar-se-á o calendário escolar de DOS OBJETIVOS DO PROGRAMA 2.1. Do objetivo geral: A iniciativa objetiva apoiar os professores que estejam determinados a investir em inovações pedagógicas que reconheçam o Estudante como sujeito da própria aprendizagem e por isso mesmo estejam mobilizados para experimentar métodos de ensino ativos e compartilhar o processo e os resultados com os seus pares Dos objetivos específicos: a) investir em um programa de autoformação docente; b) incentivar o compartilhamento de experiências pedagógicas inovadoras; c) apoiar projetos que promovam efetiva renovação pedagógica; d) disseminar institucionalmente boas práticas de ensino; e) valorizar a atividade de ensino. 3. DOS PROJETOS 3.1. Dos tipos de projetos Os projetos apoiados pelo Núcleo de Práticas Pedagógicas (NPP) e pelo Centro de Altos Estudos (CAEPM) serão classificados em projetos experimentais porque cada um se 2

3 compromete a testar alguma inovação pedagógica no âmbito de determinada disciplina da malha curricular de um dos cursos oferecidos pela ESPM Da temática dos projetos O projeto deverá propor uma inovação pedagógica no planejamento de determinada disciplina. A referida inovação envolverá o desenvolvimento e a utilização de materiais pedagógicos capazes de apoiar práticas pedagógicas orientadas pela e para a aprendizagem de estudantes da graduação e pós-graduação lato sensu Da estrutura do projeto O projeto a ser submetido deverá contemplar os seguintes esclarecimentos (o Professor interessado em formular uma proposta poderá contar com o suporte do NPP): a) caracterização e histórico da disciplina alvo do projeto curso, disciplina e semestre em que é oferecida; número médio de estudantes, estilos de aprendizagem dos estudantes; objetivos justificadores da disciplina, competências que contribuirá para desenvolver; estratégias de ensino exploradas, desafios enfrentados por Professores e Estudantes; b) estabelecimento dos objetivos gerais e específicos justificadores da proposta; c) justificativas teóricas e metodológicas da inovação pedagógica que será experimentada; d) descrição do modus operandi da experimentação prevista; e) descrição dos indicadores que servirão para avaliar processo e resultados parcial e final; f) formulação do cronograma de atividade referente ao 1º semestre. 4. DA EXECUÇÃO E FINANCIAMENTO 4.1. Os recursos destinados aos projetos recomendados neste Edital correrão à conta da ESPM, particularmente da Academia Nacional de Professores, do Centro de Altos Estudos (CAEPM), e eventualmente dos cursos de Graduação O valor concedido ao professor proponente e responsável pelo projeto aprovado equivalerá a R$1.000,00 distribuídos em duas parcelas: metade no final do 1º semestre e metade no final do 2º semestre. 5. DA INSCRIÇÃO DOS PROJETOS 5.1. Os projetos deverão ser submetidos pelo obedecendo a data estipulada no item 1.4 deste Edital Os documentos devem ser gerados em formato pdf, limitando-se a 20 (vinte) páginas no formato A4, fonte Times New Roman 12, margens 2,5cm e entrelinha 1,5. O arquivo não pode superar a dimensão de 2 MB Não serão aceitos projetos submetidos por qualquer outro meio, tampouco após o prazo final de recebimento estabelecido neste Edital. 3

4 6. DO PROCESSO DE ANÁLISE 6.1. A leitura e seleção dos projetos inscritos caberão a uma comissão interna composta pelo Coordenador do curso, o representante do Núcleo Docente Estruturante da área, um representante do Núcleo de Práticas Pedagógicas, e um representante do Centro de Altos Estudos. O referido comitê levará em conta os seguintes aspectos: a) o atendimento aos termos deste Edital, ou seja, à adequação do Projeto às especificações e às condições estabelecidas neste Edital; b) o envio da documentação solicitada; c) sua efetiva contribuição para a inovação pedagógica dos cursos oferecidos pela ESPM O projeto será desclassificado quando deixar de atender alguma orientação prevista neste Edital ou deixar de enviar, enviar de maneira incompleta ou fora das especificações a documentação solicitada Serão observados também os seguintes itens: a) conformidade do Projeto com os objetivos justificadores da iniciativa; b) relevância do Projeto para o curso de origem do proponente; c) relevância pedagógica do Projeto para a aprendizagem dos estudantes; d) qualidade dos fundamentos teórico-metodológicos do Projeto; e) pertinência dos resultados esperados; f) adequação do cronograma de trabalho aos objetivos compromissados Após a leitura e análise, o projeto será objeto de parecer que justificará a sua: a) recomendação; ou b) recomendação com ajustes; ou c) não recomendação O NPP enviará comunicação oficial, por , ao proponente do Projeto informando o resultado. 7. DOS AJUSTES E RECURSOS 7.1. Os ajustes ou recursos deverão ser encaminhados pelos proponentes em até 15 dias, a contar da publicação do resultado Os proponentes cujos projetos forem recomendados com ajustes deverão realizar as revisões solicitadas, em até 15 dias, sob pena de recusa. 4

5 7.3. Os ajustes e recursos serão analisados pelo Comitê Acadêmico e pela coordenação do NPP O resultado final será divulgado por diretamente ao autor do projeto. 8. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS 8.1. O autor e responsável pelo Projeto aprovado deve encaminhar relatório parcial e final em consonância com o regulamento do Programa ESPM Transforma O autor e responsável pelo Projeto aprovado se compromete a compartilhar com os pares o processo, os resultados parciais e final por meio de um texto e da realização de uma Academia dedicada à divulgação de boas práticas de ensino A coordenação do NPP e a diretoria do CAEPM reservam-se o direito de resolver os casos omissos e as situações não previstas no presente Edital A qualquer tempo, o presente Edital poderá ser revogado ou anulado, no todo ou em parte, seja por decisão unilateral da Vice-Presidência Acadêmica, seja por motivo de interesse público ou exigência legal, em decisão fundamentada, sem que isso implique direito a indenização ou reclamação de qualquer natureza Fica estabelecido o foro da cidade de São Paulo/SP para dirimir questões oriundas da execução do presente Edital Esclarecimentos e informações adicionais acerca deste Edital poderão ser solicitados pelo ou pelo telefone (11) São Paulo, Outubro de RICARDO ZAGALLO CAMARGO Diretor Executivo do CAEPM MANOLITA CORREIA LIMA Coordenadora do Núcleo de Práticas Pedagógicas ALEXANDRE GRACIOSO Vice-Presidente Acadêmico 5

FUNDO DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO DAS FEDERADAS E NÚCLEOS ASSOCIATIVOS DA ABP FADEF/ABP

FUNDO DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO DAS FEDERADAS E NÚCLEOS ASSOCIATIVOS DA ABP FADEF/ABP EDITAL 004/2015/FADEF FUNDO DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO DAS FEDERADAS E NÚCLEOS ASSOCIATIVOS DA ABP FADEF/ABP A Associação Brasileira de Psiquiatria ABP torna público e convoca os interessados a apresentarem

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA 2014

CHAMADA PÚBLICA 2014 EDITAL N º 34/PROPPI/2014 CÂMPUS URUPEMA CHAMADA PÚBLICA 2014 PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS TÉCNICOS COM FINALIDADE DIDÁTICO-PEDAGÓGICA EM CURSOS REGULARES NO CÂMPUS URUPEMA EXECUÇÃO:

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA 2015

CHAMADA PÚBLICA 2015 EDITAL N º 10/PROPPI/2015 Retificado CHAMADA PÚBLICA 2015 PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS TÉCNICOS COM FINALIDADE DIDÁTICO-PEDAGÓGICA EM CURSOS REGULARES NO Câmpus SÃO MIGUEL DO OESTE

Leia mais

EDITAL Nº 004/2014 SELEÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA

EDITAL Nº 004/2014 SELEÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL Nº 004/2014 SELEÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA Chamada para seleção de Projetos para o Edital de Pesquisa e Iniciação Científica da Faculdade Capixaba de Nova Venécia. A Professora

Leia mais

CAMPUS XANXERÊ CHAMADA PÚBLICA

CAMPUS XANXERÊ CHAMADA PÚBLICA EDITAL N º 26 /PROPPI/2015 CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS TÉCNICOS COM FINALIDADE DIDÁTICO-PEDAGÓGICA EM CURSOS REGULARES NO PERÍODO DE EXECUÇÃO: JULHO A DEZEMBRO/2015

Leia mais

EDITAL 009/2015 INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DA FACULDADE MULTIVIX-VITÓRIA

EDITAL 009/2015 INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DA FACULDADE MULTIVIX-VITÓRIA EDITAL 009/2015 INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DA FACULDADE MULTIVIX-VITÓRIA Chamada para submissão de Projetos de Iniciação Científica e Tecnológica A Direção Geral da FACULDADE BRASILEIRA MULTIVIX-Vitória,

Leia mais

EDITAL Nº 010 /2015 APOIO A PROJETOS DE EXTENSÃO

EDITAL Nº 010 /2015 APOIO A PROJETOS DE EXTENSÃO EDITAL Nº 010 /2015 APOIO A PROJETOS DE EXTENSÃO A DA FACAPE, com base na deliberação do Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão - CEPE, no uso de suas atribuições previstas no Decreto Lei 085/2009, torna

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA 2015

CHAMADA PÚBLICA 2015 EDITAL N º 13 /PRPPGI/2015 CHAMADA PÚBLICA 2015 PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS COM FINALIDADE DIDÁTICO- PEDAGÓGICA EM CURSOS REGULARES NO EXECUÇÃO: MAIO A NOVEMBRO DE 2015. A Reitora

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO TECNOLÓGICO DO MARANHÃO

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO TECNOLÓGICO DO MARANHÃO GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO TECNOLÓGICO DO MARANHÃO PROGRAMA DE APOIO A PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS ARTIGO/FAPEMA EDITAL FAPEMA Nº 09/2014 ARTIGO

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA 2015

CHAMADA PÚBLICA 2015 EDITAL - N º 30/PROPPI/2015 CHAMADA PÚBLICA 2015 PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS TÉCNICOS COM FINALIDADE DIDÁTICO- PEDAGÓGICA EM CURSOS REGULARES NO EXECUÇÃO: SETEMBRO À DEZEMBRO DE 2015

Leia mais

3.2. Os projetos de pesquisa e de extensão deverão, necessariamente, referir-se ao Poder Legislativo e ser vinculados às seguintes linhas temáticas:

3.2. Os projetos de pesquisa e de extensão deverão, necessariamente, referir-se ao Poder Legislativo e ser vinculados às seguintes linhas temáticas: CÂMARA DOS DEPUTADOS DIRETORIA-GERAL DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS CENTRO DE FORMAÇÃO, TREINAMENTO E APERFEIÇOAMENTO FORMAÇÃO DOS GRUPOS DE PESQUISA E EXTENSÃO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EDITAL Nº 14,

Leia mais

EDITAL N o EXPANSÃO DA REDE DO MESTRADO PROFISSIONAL EM HISTÓRIA PROFHISTÓRIA CHAMADA A PROPOSTAS DE ADESÃO

EDITAL N o EXPANSÃO DA REDE DO MESTRADO PROFISSIONAL EM HISTÓRIA PROFHISTÓRIA CHAMADA A PROPOSTAS DE ADESÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO PROFISSIONAL EM HISTÓRIA EDITAL N o EXPANSÃO DA REDE DO MESTRADO PROFISSIONAL EM HISTÓRIA

Leia mais

INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA PORTARIA Nº 339, DE 12 DE AGOSTO DE 2010

INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA PORTARIA Nº 339, DE 12 DE AGOSTO DE 2010 INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA PORTARIA Nº 339, DE 12 DE AGOSTO DE 2010 Dispõe sobre a implantação e o funcionamento do Programa de Cooperação Internacional - PROCIN do Instituto de Pesquisa

Leia mais

APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS

APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS ADESÃO AO PROGRAMA DE MESTRADO PROFISSIONAL EM MATEMÄTICA EM REDE NACIONAL (PROFMAT) APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS 1. OBJETO A Diretoria de Educação a Distância da CAPES em apoio à Sociedade Brasileira de

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional 024/2014 PROGRAD

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional 024/2014 PROGRAD Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional Edital 024/2014 PROGRAD Apoio à execução de Trabalhos de Conclusão de Cursos TCC O Pró-Reitor

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA ANHEMBI MORUMBI

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA ANHEMBI MORUMBI EDITAL 03/2014 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA ANHEMBI MORUMBI A Pró-reitora de Pesquisa, por meio da Coordenadoria de Pesquisa da Universidade Anhembi Morumbi torna público o

Leia mais

APRESENTAÇÃO 1 OBJETIVOS. 1.1 Objetivo Geral

APRESENTAÇÃO 1 OBJETIVOS. 1.1 Objetivo Geral APRESENTAÇÃO Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica O Instituto de Pós-Graduação e Graduação IPOG, no uso de suas atribuições legais, torna público o presente Edital, convocando os docentes

Leia mais

3. DOS ITENS FINANCIÁVEIS

3. DOS ITENS FINANCIÁVEIS EDITAL PROPPI Nº 011/2015 EDITAL DO INVENTOR: DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS INOVADORES COM GERAÇÃO DE PATENTES O Pró-Reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação do Instituto Federal de Educação, Ciência

Leia mais

REQUISITOS PARA APRESENTAÇÃO DAS PROPOSTAS

REQUISITOS PARA APRESENTAÇÃO DAS PROPOSTAS ADESÃO À OFERTA DOS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE FILOSOFIA NO ENSINO MÉDIO, ENSINO DE MATEMÁTICA NO ENSINO MÉDIO, ENSINO DE SOCIOLOGIA NO ENSINO MÉDIO E ENSINO DE CIÊNCIAS NOS ANOS FINAIS DO ENSINO

Leia mais

NORMAS PARA INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACULDADE UNIGRAN CAPITAL

NORMAS PARA INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACULDADE UNIGRAN CAPITAL PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA - PIBIC NORMAS PARA INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACULDADE UNIGRAN CAPITAL Capítulo I Da Natureza e das Finalidades Art. 1º Por Iniciação Científica

Leia mais

1. PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FAEC

1. PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FAEC 1. PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FAEC 1.1 Definição de Iniciação Científica A iniciação cientifica é uma atividade acadêmica que permite introduzir os discentes de graduação na pesquisa cientifica.

Leia mais

Universidade CEUMA REITORIA Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão

Universidade CEUMA REITORIA Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão EDITAL DE APOIO A PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS ACADÊMICOS, CIENTÍFICOS E TECNOLÓGICOS, CURSOS DE EXTENSÃO E DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EDITAL Nº 12/PROP/2014 A Universidade CEUMA, por meio da (PROP), torna

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE CAPÍTULO I DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA Art. 1º - O programa de Iniciação Científica da

Leia mais

REGULAMENTO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACAR CURSO DE ENFERMAGEM (PIC)

REGULAMENTO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACAR CURSO DE ENFERMAGEM (PIC) REGULAMENTO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACAR CURSO DE ENFERMAGEM (PIC) CAPÍTULO FINALIDADES E OBJETIVOS Art. 1º - As normas que seguem visam orientar os docentes e discentes do curso de Enfermagem

Leia mais

9.8 Toda comunicação eletrônica entre os proponentes e a empresa contratada deverá ocorrer com cópia para o NIT, através do e-mail nit@ifrs.edu.br.

9.8 Toda comunicação eletrônica entre os proponentes e a empresa contratada deverá ocorrer com cópia para o NIT, através do e-mail nit@ifrs.edu.br. EDITAL PROPPI Nº 013/2015 SELEÇÃO DE INVENÇÃO OU MODELO DE UTILIDADE PARA BUSCA DE ANTERIORIDADES E ESCRITA DE RELATÓRIO DESCRITIVO PARA ENCAMINHAMENTO DE PEDIDO DE PATENTE O Pró-Reitor de Pesquisa, Pós-Graduação

Leia mais

Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação PIBITI/CNPq 2015/2016.

Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação PIBITI/CNPq 2015/2016. Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação PIBITI/CNPq 2015/2016. Edital de nº 003/IC de 10 de junho de 2015. A Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa (PROPESP)

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC REGULAMENTO DO PRÊMIO HONRA AO MÉRITO DO SALÃO DE ENSINO E DE EXTENSÃO

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC REGULAMENTO DO PRÊMIO HONRA AO MÉRITO DO SALÃO DE ENSINO E DE EXTENSÃO UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC REGULAMENTO DO PRÊMIO HONRA AO MÉRITO DO SALÃO DE ENSINO E DE EXTENSÃO CAPÍTULO I DO PRÊMIO HONRA AO MÉRITO DO SALÃO DE ENSINO E DE EXTENSÃO Art. 1º O presente Regulamento

Leia mais

EDITAL Nº 02/2013 APOIO A PROJETOS SOCIAIS NA ÁREA DO ESPORTE E LAZER

EDITAL Nº 02/2013 APOIO A PROJETOS SOCIAIS NA ÁREA DO ESPORTE E LAZER EDITAL Nº 02/2013 APOIO A PROJETOS SOCIAIS NA ÁREA DO ESPORTE E LAZER 1) INTRODUÇÃO O presente Edital abre oportunidade para que as Instituições Públicas e as Privadas, desde que sem fins lucrativos e

Leia mais

Universidade CEUMA REITORIA Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão

Universidade CEUMA REITORIA Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão EDITAL DE APOIO A PUBLICAÇÃO APUB EDITAL Nº 05/PROP/2015 A Universidade CEUMA, por meio da (PROP), torna público o presente edital e convida docentes a apresentarem propostas no âmbito do programa de Divulgação

Leia mais

Programa Institucional de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PIBITI/INTA/CNPq) EDITAL 2014-2015

Programa Institucional de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PIBITI/INTA/CNPq) EDITAL 2014-2015 PRÓ-DIRETORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU Programa Institucional de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PIBITI/INTA/CNPq) EDITAL 2014-2015 A Pró-Diretoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Leia mais

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PROIC EDITAL PROIC VOLUNTARIO 2014-2015

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PROIC EDITAL PROIC VOLUNTARIO 2014-2015 PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PROIC EDITAL PROIC VOLUNTARIO 2014-2015 A Coordenação de Pesquisa convida professores orientadores com títulos de especialista, mestre ou doutor e estudantes de graduação

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA CAPÍTULO I - DA APRESENTAÇÃO E DOS OBJETIVOS DA INICIAÇÃO CIENTÍFICA Art. 1 - A atividade de Iniciação Científica integra o processo de ensinoaprendizagem

Leia mais

FACULDADE INTERNACIONAL DA PARAÍBA Direção Acadêmica. Edital de bolsas do programa de Educação Internacional William C. Dennis, Jr.

FACULDADE INTERNACIONAL DA PARAÍBA Direção Acadêmica. Edital de bolsas do programa de Educação Internacional William C. Dennis, Jr. FACULDADE INTERNACIONAL DA PARAÍBA Direção Acadêmica Edital de bolsas do programa de Educação Internacional William C. Dennis, Jr. EDITAL FPB N o. 004/2014 Edital de bolsas do programa de Educação Internacional

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO PROGRAMA DE APOIO A MELHORIA DO ENSINO DE GRADUAÇÃO Edital de Melhoria dos Laboratórios de Ensino

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº.03/2008

RESOLUÇÃO Nº.03/2008 FACULDADE DE CAMPINA GRANDE DO SUL Credenciada pela Portaria MEC nº 381/2001, de 05/03/2001 D.O.U. 06/03/2001 RESOLUÇÃO Nº.03/2008 Dispõe sobre o Regulamento do Programa de Iniciação Científica. O Conselho

Leia mais

EDITAL N 03/2015 DE SELEÇÃO DE BOLSAS DE MESTRADO. 2.2 O número de bolsas destinado aos programas de pós-graduação seguirá o seguinte critério:

EDITAL N 03/2015 DE SELEÇÃO DE BOLSAS DE MESTRADO. 2.2 O número de bolsas destinado aos programas de pós-graduação seguirá o seguinte critério: EDITAL N 03/2015 DE SELEÇÃO DE BOLSAS DE MESTRADO EDITAL Nº. 03/2015 CHAMAMENTO PÚBLICO Nº. 02/2015 A FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE MACAÉ, instituição municipal de ensino superior, fundação pública, criada pela

Leia mais

REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE METROPOLITANA DE CAMAÇARI FAMEC -

REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE METROPOLITANA DE CAMAÇARI FAMEC - REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE METROPOLITANA DE CAMAÇARI FAMEC - REGULAMENTO PARA OS PROJETOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FAMEC CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1. O Programa de

Leia mais

Programa de Apoio a Eventos no País PAEP

Programa de Apoio a Eventos no País PAEP Programa de Apoio a Eventos no País PAEP C A P E S EDITAL CAPES 004/2010/DPB/CAPES Seleção pública de propostas de projetos de eventos voltados ao Programa de Apoio a Eventos no País - PAEP A Fundação

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE NITERÓI EDITAL N 005/2015

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE NITERÓI EDITAL N 005/2015 PUBLICADA EM 15/09/2015 SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE NITERÓI EDITAL N 005/2015 O presente Edital torna pública a abertura de inscrições e estabelece as diretrizes gerais para

Leia mais

SECRETARIA GERAL DAS RELAÇÕES EXTERIORES INSTITUTO RIO BRANCO LXIV CURSO DE APERFEIÇOAMENTO DE DIPLOMATAS

SECRETARIA GERAL DAS RELAÇÕES EXTERIORES INSTITUTO RIO BRANCO LXIV CURSO DE APERFEIÇOAMENTO DE DIPLOMATAS SECRETARIA GERAL DAS RELAÇÕES EXTERIORES INSTITUTO RIO BRANCO EDITAL DE 25 DE MARÇO DE 2014 LXIV CURSO DE APERFEIÇOAMENTO DE DIPLOMATAS O DIRETOR-GERAL DO INSTITUTO RIO BRANCO, no uso de suas atribuições,

Leia mais

REGULAMENTO DE INSCRIÇÃO DE TRABALHOS

REGULAMENTO DE INSCRIÇÃO DE TRABALHOS REGULAMENTO DE INSCRIÇÃO DE TRABALHOS 1 DAS NORMAS GERAIS 1.1 A inscrição poderá ser feita até 30/09/2014, exclusivamente pelo endereço eletrônico sep@famam.com.br e deverá ser dirigida a uma das seguintes

Leia mais

Resolução 053/Reitoria/Univates Lajeado, 20 de julho de 2015

Resolução 053/Reitoria/Univates Lajeado, 20 de julho de 2015 Resolução 053/Reitoria/Univates Lajeado, 20 de julho de 2015 Aprova o Edital Propex/Pós-Graduação 06/2015 abertura de inscrições para processo de seleção para os Programas de Pós-Graduação destinado a

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROPPG REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA ENSINO MÉDIO

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROPPG REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA ENSINO MÉDIO UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROPPG REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA ENSINO MÉDIO CAPÍTULO I DA NATUREZA DO PROGRAMA Art. 1º O Programa

Leia mais

Ementa : Estabelece normas para o funcionamento de cursos de Pós-Graduação lato sensu na Universidade de Pernambuco

Ementa : Estabelece normas para o funcionamento de cursos de Pós-Graduação lato sensu na Universidade de Pernambuco Resolução CEPE N XXX/200 Ementa : Estabelece normas para o funcionamento de cursos de Pós-Graduação lato sensu na Universidade de Pernambuco O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão CEPE,

Leia mais

EDITAL DE PUBLICAÇÃO SÉRIE PÓS-GRADUAÇÃO 2015

EDITAL DE PUBLICAÇÃO SÉRIE PÓS-GRADUAÇÃO 2015 GABINETE DA VICE-REITORIA EDITORA, GRÁFICA E LIVRARIA UNIVERSITÁRIA DA UFPEL EDITAL DE PUBLICAÇÃO SÉRIE PÓS-GRADUAÇÃO 2015 A Universidade Federal de Pelotas, por intermédio da Editora, Gráfica e Livraria

Leia mais

I Seleção de Projetos A Quatro G incentiva a sua pesquisa científica.

I Seleção de Projetos A Quatro G incentiva a sua pesquisa científica. A Quatro G Pesquisa & Desenvolvimento Ltda. (Quatro G P&D) torna pública a I Seleção de Projetos de Mestrado e Doutorado e convida alunos a apresentarem seus projetos a fim de receber o fornecimento de

Leia mais

EDITAL FORTIS 01/2013. FORTIS - Programa de Apoio aos Cursos Três e Quatro da UFV. Parceria UFV / FAPEMIG

EDITAL FORTIS 01/2013. FORTIS - Programa de Apoio aos Cursos Três e Quatro da UFV. Parceria UFV / FAPEMIG 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Campus Universitário - Viçosa, MG 36570 000 Tel: 31 3899-1480 Fax: 31 3899-2148 secretaria.ppg@ufv.br EDITAL

Leia mais

ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO

ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO 1) UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE ITABERAÍ CURSO DE PEDAGOGIA ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO REGULAMENTO Itaberaí/2012 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE ITABERAÍ CURSO DE

Leia mais

EDITAL N º 62/2015 PIBIC E PIBIC/VOLUNTÁRIO - 2015

EDITAL N º 62/2015 PIBIC E PIBIC/VOLUNTÁRIO - 2015 EDITAL N º 62/2015 PIBIC E PIBIC/VOLUNTÁRIO - 2015 A Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa da Universidade do Vale do Sapucaí PROPPES/Univás, desempenhando suas funções de apoiar a Pesquisa Científica

Leia mais

REGULAMENTO PARA A SUBMISSÃO DE ARTIGOS - ADMINISTRAR 2015

REGULAMENTO PARA A SUBMISSÃO DE ARTIGOS - ADMINISTRAR 2015 Este Regulamento tem como objetivo comunicar as orientações, normas e demais informações pertinentes a submissão de artigos do ADMINISTRAR 2015 a ser realizado nos dias 16,17 e 18 de outubro de 2015, com

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA ASSOCIAÇÃO CRISTÃ DE MOÇOS DE SOROCABA GRUPO DE PESQUISAS - FEFISO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA ASSOCIAÇÃO CRISTÃ DE MOÇOS DE SOROCABA GRUPO DE PESQUISAS - FEFISO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA ASSOCIAÇÃO CRISTÃ DE MOÇOS DE SOROCABA GRUPO DE PESQUISAS - FEFISO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA O Programa de Iniciação Científica da FEFISO destina-se

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA A Coordenadora da Faculdade de Ciência e Tecnologia de Montes Claros FACIT, no uso de suas atribuições regimentais, considerando que o projeto dos cursos

Leia mais

COORDENAÇÃO DE PESQUISA EDITAL PROIC VOLUNTARIO 1º/2012

COORDENAÇÃO DE PESQUISA EDITAL PROIC VOLUNTARIO 1º/2012 FACULDADES INTEGRADAS DO NORTE DE MINAS - FUNORTE INSTITUTO DE CIÊNCIAS DE SAÚDE - ICS FACULDADE DE SAÚDE IBITURUNA FASI COORDENAÇÃO DE PESQUISA PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PROIC EDITAL PROIC VOLUNTARIO

Leia mais

FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA REGULAMENTO DE MONITORIA DO CURSO DE PEDAGOGIA

FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA REGULAMENTO DE MONITORIA DO CURSO DE PEDAGOGIA FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA REGULAMENTO DE MONITORIA DO CURSO DE PEDAGOGIA Cachoeira, março de 2011 REGULAMENTO DE MONITORIA ACADÊMICA DO CURSO DE PEDAGOGIA Capítulo I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º

Leia mais

EDITAL PI IPCIT - Nº001/2012 - PRPPGI/IFAM PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INCENTIVO À PESQUISA CIENTÍFICA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA PI-IPCIT

EDITAL PI IPCIT - Nº001/2012 - PRPPGI/IFAM PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INCENTIVO À PESQUISA CIENTÍFICA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA PI-IPCIT EDITAL PI IPCIT - Nº001/2012 - PRPPGI/IFAM PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INCENTIVO À PESQUISA CIENTÍFICA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA PI-IPCIT PROJETOS DE PESQUISA CIENTÍFICA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA DO IFAM Maio

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E RELAÇÕES COMUNITÁRIAS REGULAMENTO DE BOLSA DE EXTENSÃO COM FINANCIAMENTO EXTERNO

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E RELAÇÕES COMUNITÁRIAS REGULAMENTO DE BOLSA DE EXTENSÃO COM FINANCIAMENTO EXTERNO UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E RELAÇÕES COMUNITÁRIAS REGULAMENTO DE BOLSA DE EXTENSÃO COM FINANCIAMENTO EXTERNO CAPÍTULO I DA NATUREZA DA BOLSA Art. 1º A Bolsa de Extensão

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO São Paulo, 27 de abril de 2015. EDITAL 01/2015 PROCESSO SELETIVO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 2015-2016 A

Leia mais

II Edição do Prêmio IPEN de Inovação Tecnológica REGULAMENTO GERAL

II Edição do Prêmio IPEN de Inovação Tecnológica REGULAMENTO GERAL II Edição do Prêmio IPEN de Inovação Tecnológica REGULAMENTO GERAL 1. Objetivos 2. Participantes 3. Temas 4. Inscrição 5. Julgamento 6. Critérios de Avaliação 7. Premiação e Divulgação 8. Direitos e Obrigações

Leia mais

Universidade Federal da Bahia Escola de Administração da UFBA Programa de Desenvolvimento e Gestão Social - PDGS

Universidade Federal da Bahia Escola de Administração da UFBA Programa de Desenvolvimento e Gestão Social - PDGS EDITAL DE SELEÇÃO PARA BOLSA DE MESTRADO PROFISSIONAL O Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Gestão Social PDGS/EAUFBA, no uso de suas atribuições legais, torna público este edital e estabelece

Leia mais

Lourisvaldo Valentim da Silva Presidente do CONSU

Lourisvaldo Valentim da Silva Presidente do CONSU RESOLUÇÃO Nº 928/2012 - Aprova o Regulamento do Programa de Bolsas de Extensão (PROBEX). Pró-Reitoria de Extensão (PROEX). O CONSELHO UNIVERSITÁRIO (CONSU) da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), no

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DOS CAMPOS GERAIS - CESCAGE FACULDADES INTEGRADAS DOS CAMPOS GERAIS

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DOS CAMPOS GERAIS - CESCAGE FACULDADES INTEGRADAS DOS CAMPOS GERAIS CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DOS CAMPOS GERAIS - CESCAGE FACULDADES INTEGRADAS DOS CAMPOS GERAIS MANUAL DE MONITORIA ACADÊMICA Com base na Resolução CSA 02/07, que estabelece Monitoria Acadêmica Centro de

Leia mais

EDITAL Nº 24, DE 23 DE MAIO DE 2014

EDITAL Nº 24, DE 23 DE MAIO DE 2014 EDITAL Nº 24, DE 23 DE MAIO DE 2014 A DIRETORA-GERAL PRO TEMPORE do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, no uso de suas atribuições legais que lhe são conferidas pela

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO, ADMINISTRAÇÃO E TECNOLOGIA DE IBAITI

FACULDADE DE EDUCAÇÃO, ADMINISTRAÇÃO E TECNOLOGIA DE IBAITI REGULAMENTO NO NÚCLEO DE PESQUISA E EXTENSÃO DA FEATI NUPEFE Faculdade de Educação, Administração e Tecnologia de Ibaiti FEATI SEÇÃO I Da Natureza e Missão Art. 1 O Núcleo de Pesquisa e Extensão da FEATI

Leia mais

FACULDADE DO SULDESTE GOIANO PROGRAMA DE BOLSA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

FACULDADE DO SULDESTE GOIANO PROGRAMA DE BOLSA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DO SULDESTE GOIANO PROGRAMA DE BOLSA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL Nº 01/2011 A COORDENADORIA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACULDADE DO SUDESTE GOIANO, NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS, RESOLVE:

Leia mais

PROGRAMA DE APOIO À FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS NO CAMPO DAS COMPETÊNCIAS SOCIOEMOCIONAIS EDITAL Nº 044/2014

PROGRAMA DE APOIO À FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS NO CAMPO DAS COMPETÊNCIAS SOCIOEMOCIONAIS EDITAL Nº 044/2014 PROGRAMA DE APOIO À FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS NO CAMPO DAS COMPETÊNCIAS SOCIOEMOCIONAIS EDITAL Nº 044/2014 A Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES, no cumprimento

Leia mais

REGULAMENTO DA DISCIPLINA ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DOS CURSOS SUPERIORESDE GRADUAÇÃO DO CEFET-PR. Capítulo I DO ESTÁGIO E SUAS FINALIDADES

REGULAMENTO DA DISCIPLINA ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DOS CURSOS SUPERIORESDE GRADUAÇÃO DO CEFET-PR. Capítulo I DO ESTÁGIO E SUAS FINALIDADES REGULAMENTO DA DISCIPLINA ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DOS CURSOS SUPERIORESDE GRADUAÇÃO DO CEFET-PR Capítulo I DO ESTÁGIO E SUAS FINALIDADES Art. 1º - O Estágio Curricular, baseado na lei nº 6.494,

Leia mais

FACULDADE ESTÁCIO DE BELÉM ESTÁCIO BELÉM REGULAMENTO DE PESQUISA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA BELÉM PARÁ

FACULDADE ESTÁCIO DE BELÉM ESTÁCIO BELÉM REGULAMENTO DE PESQUISA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA BELÉM PARÁ FACULDADE ESTÁCIO DE BELÉM ESTÁCIO BELÉM REGULAMENTO DE PESQUISA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA BELÉM PARÁ 1 2015 O Programa de Iniciação Científica da Faculdade Estácio de Belém, doravante denominada Estácio

Leia mais

EDITAL PRPGI Nº 36, de 24 de setembro de 2012 APOIO À PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS

EDITAL PRPGI Nº 36, de 24 de setembro de 2012 APOIO À PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO DIRETORIA DE PESQUISA EDITAL PRPGI Nº 36, de 24 de setembro de 2012 APOIO À PUBLICAÇÃO

Leia mais

Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação PIBITI/CNPq/IFSP EDITAL N 075/2010

Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação PIBITI/CNPq/IFSP EDITAL N 075/2010 Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação PIBITI/CNPq/IFSP EDITAL N 075/2010 A Pró-reitoria de Pesquisa e Inovação do Instituto Federal de Educação, Ciência

Leia mais

Programa de Bolsas de Estágio Pós-Doutoral no Exterior para Docentes

Programa de Bolsas de Estágio Pós-Doutoral no Exterior para Docentes CHAMADA PÚBLICA 17/2015 Programa de Bolsas de Estágio Pós-Doutoral no Exterior para Docentes (Acordo Capes/FA) A Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Estado do Paraná

Leia mais

Universidade CEUMA REITORIA Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão

Universidade CEUMA REITORIA Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão EDITAL DO PROGRAMA DE APOIO A PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS E TECNOLÓGICOS EDITAL Nº 04/PROP/2015 A Universidade CEUMA, por meio da Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão (PROP), torna

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

EDITAL 02/2015 PPG IELA

EDITAL 02/2015 PPG IELA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EDITAL 02/2015 PPG IELA SELEÇÃO PARA BOLSAS DO PROGRAMA DE BOLSAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO

Leia mais

Edital PROGRAD nº 29, de 10 de julho de 2015. Chamada para o Programa de Iniciação à Docência (PID-2016)

Edital PROGRAD nº 29, de 10 de julho de 2015. Chamada para o Programa de Iniciação à Docência (PID-2016) Edital PROGRAD nº 29, de 10 de julho de 2015 Chamada para o Programa de Iniciação à Docência (PID-2016) Com base na Resolução 35/2011 do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, que estabelece as Normas

Leia mais

Regulamento Programa Institucional de Bolsa de Iniciação Científica Sênior do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá

Regulamento Programa Institucional de Bolsa de Iniciação Científica Sênior do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá Regulamento Programa Institucional de Bolsa de Iniciação Científica Sênior do I. CONSIDERAÇÕES GERAIS ART. 1º - Este regulamento tem por objetivo orientar a apresentação, tramitação, aprovação, execução,

Leia mais

Edital para Seleção de Cases. Sábado Jr. 7. Empresário Jr., Sim Senhor!

Edital para Seleção de Cases. Sábado Jr. 7. Empresário Jr., Sim Senhor! Edital para Seleção de Cases Sábado Jr. 7 Empresário Jr., Sim Senhor! Agosto de 2010 Federação das Empresas Juniores da Paraíba CNPJ 11.004.307/0001-87 ÍNDICE 1. Disposições Iniciais...03 2. Condições

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ESCOLA DE ENGENHARIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE GESTÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ESCOLA DE ENGENHARIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE GESTÃO UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ESCOLA DE ENGENHARIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE GESTÃO Edital Turma por Contrato FEC Fundação Euclides da Cunha O DIRETOR DA ESCOLA DE ENGENHARIA DA UNIVERSIDADE

Leia mais

VI SEMANA ACADÊMICA INTEGRADA dos cursos de Administração, Enfermagem e Psicologia 21 a 24 de outubro de 2014

VI SEMANA ACADÊMICA INTEGRADA dos cursos de Administração, Enfermagem e Psicologia 21 a 24 de outubro de 2014 VI SEMANA ACADÊMICA INTEGRADA dos cursos de Administração, Enfermagem e Psicologia 21 a 24 de outubro de 2014 NORMAS PARA ENVIO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS Os trabalhos a serem submetidos a

Leia mais

EDITAL COMPLEMENTAR PROPI Nº 001/2011 PROBITI/FAPERGS

EDITAL COMPLEMENTAR PROPI Nº 001/2011 PROBITI/FAPERGS EDITAL COMPLEMENTAR PROPI Nº 001/2011 PROBITI/FAPERGS A do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) juntamente com a Comissão Interna de Seleção e Avaliação (CISA),

Leia mais

Edital DE PROJETOS DE MOBILIZAÇÃO SOCIAL. merck

Edital DE PROJETOS DE MOBILIZAÇÃO SOCIAL. merck A Merck Brasil torna pública a abertura do programa de doações e patrocínios da empresa e define o processo seletivo para o ano de 2016, consoante os termos deste Edital. O Programa Merck Brasil de Patrocínios

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS EDITAL N 16/2015 AUXÍLIO PARA IMPRESSÃO DE BANNER PARA

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO E PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO E PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO E PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO São Paulo, 15 de junho de 2015. EDITAL 01/2015 PROCESSO SELETIVO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO

Leia mais

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE POUSO ALEGRE REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE APROVEITAMENTO DE ESTUDOS

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE POUSO ALEGRE REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE APROVEITAMENTO DE ESTUDOS INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE POUSO ALEGRE REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE DE ESTUDOS Art. 1º O aproveitamento de estudos é o resultado do reconhecimento da equivalência de uma ou mais disciplinas, componente(s)

Leia mais

EDITAL PROGRAMA INOVA UNIRIO PROPG/DPG 2016 (IN-UNIRIO) Edital IN-UNRIO n o 01/2016

EDITAL PROGRAMA INOVA UNIRIO PROPG/DPG 2016 (IN-UNIRIO) Edital IN-UNRIO n o 01/2016 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa PROPG Diretoria de Pós-Graduação - DPG EDITAL PROGRAMA INOVA UNIRIO PROPG/DPG 2016 (IN-UNIRIO) Edital IN-UNRIO

Leia mais

REGULAMENTO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PRÓ-CIÊNCIA) CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS

REGULAMENTO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PRÓ-CIÊNCIA) CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS REGULAMENTO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PRÓ-CIÊNCIA) CAPÍTULO DOS OBJETIVOS Art. 1. O Programa Institucional de Iniciação Científica (Pró-Ciência) tem por objetivo geral o desenvolvimento

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS DA VITÓRIA DE SANTO ANTÃO - FAINTVISA NÚCLEO DE PESQUISA - NUPEQ EDITAL Nº 01/2014 PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

FACULDADES INTEGRADAS DA VITÓRIA DE SANTO ANTÃO - FAINTVISA NÚCLEO DE PESQUISA - NUPEQ EDITAL Nº 01/2014 PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADES INTEGRADAS DA VITÓRIA DE SANTO ANTÃO - FAINTVISA NÚCLEO DE PESQUISA - NUPEQ EDITAL Nº 01/2014 PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 1 - APRESENTAÇÃO As Faculdades Integradas da Vitória

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS REGULAMENTO DO PROGRAMA BOLSA DE COMPLEMENTAÇÃO EDUCACIONAL CAPÍTULO I NATUREZA E FINALIDADE

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS REGULAMENTO DO PROGRAMA BOLSA DE COMPLEMENTAÇÃO EDUCACIONAL CAPÍTULO I NATUREZA E FINALIDADE CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS REGULAMENTO DO PROGRAMA BOLSA DE COMPLEMENTAÇÃO EDUCACIONAL CAPÍTULO I NATUREZA E FINALIDADE Art.1º- O presente Regulamento destina-se a fixar diretrizes

Leia mais

EDITAL Nº 061/2014 PROEX/IFPI

EDITAL Nº 061/2014 PROEX/IFPI SELEÇÃO DE PROJETOS DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO À EXTENSÃO - ProAEx/IFPI SUBPROGRAMA IFPI EM AÇÃO SOCIAL PROJETOS DE INTERVENÇÃO COMUNITÁRIA - PRO-IC EDITAL Nº 061/2014 PROEX/IFPI A Pró-Reitoria

Leia mais

REGULAMENTO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

REGULAMENTO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA REGULAMENTO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA O Programa de Iniciação Científica da Universidade Nove de Julho UNINOVE destinase a alunos de graduação para desenvolvimento de pesquisa científica (IC) ou tecnológica

Leia mais

EDITAL 05/2015 PROPESP/FADESP PROGRAMA DE APOIO À COOPERAÇÃO INTERINSTITUCIONAL PACI SUBPROGRAMA COOPERAÇÃO INTERNACIONAL

EDITAL 05/2015 PROPESP/FADESP PROGRAMA DE APOIO À COOPERAÇÃO INTERINSTITUCIONAL PACI SUBPROGRAMA COOPERAÇÃO INTERNACIONAL EDITAL 05/2015 PROPESP/FADESP PROGRAMA DE APOIO À COOPERAÇÃO INTERINSTITUCIONAL PACI SUBPROGRAMA COOPERAÇÃO INTERNACIONAL A Pró- Reitoria de Pesquisa e Pós- Graduação (PROPESP) e a Fundação de Amparo e

Leia mais

EDITAL 2011/ 2012 PERÍODO DE INSCRIÇÃO: 22/02/2011 a 08/04/2011.

EDITAL 2011/ 2012 PERÍODO DE INSCRIÇÃO: 22/02/2011 a 08/04/2011. EDITAL 2011/ 2012 PERÍODO DE INSCRIÇÃO: 22/02/2011 a 08/04/2011. INFORMAÇÕES GERAIS: O processo seletivo do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação

Leia mais

Chamada de Propostas de Pesquisa na área de Mudanças Climáticas Globais Convênio FAPESP-FAPERJ

Chamada de Propostas de Pesquisa na área de Mudanças Climáticas Globais Convênio FAPESP-FAPERJ Chamada de Propostas de Pesquisa na área de Mudanças Climáticas Globais Convênio FAPESP-FAPERJ 1) Introdução A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo FAPESP e a Fundação de Amparo à Pesquisa

Leia mais

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEME MENTARES CURSO DE ENFERMAGEM. Belo Horizonte

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEME MENTARES CURSO DE ENFERMAGEM. Belo Horizonte MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEME MENTARES CURSO DE ENFERMAGEM Belo Horizonte 2013 ÍNDICE 1 APRESENTAÇÃO... 3 2 FINALIDADE... 3 3 DEVERES DO COORDENADOR EM RELAÇÃO AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES... 4 4 DEVERES

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE ACESSIBILIDADE DIGITAL

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE ACESSIBILIDADE DIGITAL REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE ACESSIBILIDADE DIGITAL 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do Porto Digital (NGPD) para participação

Leia mais

REGULAMENTO DE APROVEITAMENTO DE ESTUDOS PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO

REGULAMENTO DE APROVEITAMENTO DE ESTUDOS PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO REGULAMENTO DE APROVEITAMENTO DE ESTUDOS PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO Art. 1º Denomina-se aproveitamento de estudos ao fato de que determinada disciplina, apesar de constante do currículo pleno do curso

Leia mais

1. OBJETIVO 2. DADOS FINANCEIROS E ORÇAMENTÁRIOS

1. OBJETIVO 2. DADOS FINANCEIROS E ORÇAMENTÁRIOS 1. OBJETIVO O referido Edital tem por objetivo apoiar o desenvolvimento da pesquisa científica e/ou tecnológica no estado, através da presença, nas instituições baianas, de pesquisadores estrangeiros renomados

Leia mais

II Encontro de Ciência e Tecnologia FARO/IJN. Edital 2015. Tema: LUZ, CIÊNCIA E VIDA.

II Encontro de Ciência e Tecnologia FARO/IJN. Edital 2015. Tema: LUZ, CIÊNCIA E VIDA. II Encontro de Ciência e Tecnologia FARO/IJN Edital 2015 Tema: LUZ, CIÊNCIA E VIDA. A Direção da Faculdade de Rondônia FARO/IJN torna público, por meio deste edital, as informações para realização do II

Leia mais

PRÊMIO ADELMO GENRO FILHO DE PESQUISA EM JORNALISMO 8ª EDIÇÃO 2013

PRÊMIO ADELMO GENRO FILHO DE PESQUISA EM JORNALISMO 8ª EDIÇÃO 2013 PRÊMIO ADELMO GENRO FILHO DE PESQUISA EM JORNALISMO 8ª EDIÇÃO 2013 REGULAMENTO I - DO PRÊMIO Art. 1º - A Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo (SBPJor) concederá, anualmente, o Prêmio Adelmo

Leia mais