Poder Judiciário Brasileiro

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Poder Judiciário Brasileiro"

Transcrição

1 Poder Judiciário Brasileiro TSE TST STF STJ CNJ STM TU TRE S TRT S TR TRF S TJ S TR TME JUÍZES JUNTA JUÍZES JEF JUÍZES JÚRI JUÍZES JÚRI JEC CJM CJM

2 Poder Judiciário Brasileiro TSE TST STF STJ CNJ STM TU TRE TRT TR TRF TJ TR TME JUIZ E JUNTA JUIZ JEF JUIZ JÚRI JUIZ JÚRI JEC CJM CJM Justiça da União Justiça dos Estados

3 Poder Judiciário Brasileiro TSE TST STF STJ CNJ STM TU TRE TRT TR TRF TJ TR TME JUIZ E JUNTA JUIZ JEF JUIZ JÚRI JUIZ JÚRI JEC CJM CJM Justiça Especializada Justiça Comum

4 Supremo Tribunal Federal - STF Composto por 11 Ministros vitalícios; Escolha pelo Presidente com aprovação do Senado; Tem sede em Brasília/DF e jurisdição nacional; A competência (art. 102, CF/88), pode ser originária (I), recursal ordinária (II) ou extraordinária (III).

5 Conselho Nacional de Justiça - CNJ Composto por 15 membros com mandato de 2 anos; Nomeação pelo Presidente com aprovação prévia dos nomes pela maioria absoluta do Senado; 1 Min. STF, 1 Min. STJ, 1 Min. TST, 1 Des. TJ, 1 juiz estadual, 1 juiz TRF, 1 juiz federal, 1 juiz de TRT, 1 juiz do trabalho, 1 membro MPU, 1 membro MPE, 2 advogados e 2 cidadãos; Incumbe-lhe o controle da atuação administrativa e financeira do Poder Judiciário e do cumprimento dos deveres funcionais dos juízes (103-B, 4º).

6 Superior Tribunal de Justiça - STJ Composto por 33 Ministros togados e vitalícios; Escolha pelo Presidente, com aprovação do Senado, sendo 1/3 de juízes dos TRF, 1/3 de desembargadores dos TJ e 1/3 de advogados e membros do MP; Tem sede em Brasília/DF e jurisdição nacional; A competência (art. 105, CF/88), pode ser originária (I), recursal ordinária (II) ou especial (III).

7 Tribunal Superior Eleitoral - TSE Composto por 7 membros efetivos e outros 7 substitutos (3 Min. do STF, 2 Min. do STJ e 2 advogados) por um biênio (art , CF/88); Eleição por voto secreto nos Tribunais Superiores e advogados escolhidos pelo Presidente da República em lista sêxtupla indicada pelo STF (art. 119, CF/88); Tem sede em Brasília/DF e jurisdição nacional; Tem competência originária e recursal.

8 Tribunal Superior do Trabalho - TST Composto por 27 Ministros togados e vitalícios; Escolha pelo Presidente, mediante indicação por lista tríplice do TST, sendo 4/5 de juízes dos TRT, e 1/5 de advogados e membros do MPT; Tem sede em Brasília/DF e jurisdição nacional; A competência (art. 114, CF/88), pode ser originária (dissídios coletivos de nível nacional), por recurso ordinário ou recurso de revista (uniformização da jurisprudência trabalhista).

9 Superior Tribunal Militar - STM Composto por 15 Ministros, sendo 3 Almirantes da Marinha, 4 Generais do Exército, 3 Brigadeiros da Aeronáutica e 5 Civis (3 advogados e 2 escolhidos de forma paritária entre juízes-auditores e membros do MPM); Escolha pelo Presidente com aprovação do Senado; Tem sede em Brasília/DF e jurisdição nacional; Tem competência originária e recursal para processar e julgar crimes militares (art. 124, CF/88).

10 Tribunal de Justiça do RS TJRS Composto por 140 Desembargadores estaduais vitalícios ; Nomeados pelo Governador, sendo 4/5 (100) por promoção de juízes de direito e 1/5 de advogados e membros do MP estadual (25); Tem sede em Porto Alegre/RS e jurisdição no estado do Rio Grande do Sul; A competência pode ser originária ou recursal (art. 95 e 97 da CE);

11 Poder Judiciário RGS TJ TR TME JUÍZES de Direito JÚRI Juízes J.L JEC CJM

12 TJ- PLENO CONSELHO MAGISTRATURA DA Órgão maior de inspeção e disciplina na primeira instância e de planejamento e organização de segunda isntância CORREGEDORIA- GERAL DE JUSTIÇA Órgão de fiscalização, disciplina e orientação administrativa.

13 TJ - PLENO CONSELHO DA MAGISTRATURA COMPOSIÇÃO -Presidente do TJ; -Vice-Presidentes do TJ; -Corregedor-Geral de Justiça; -2 Desembargadores eleitos; CORREGEDORIA-GERAL DE JUSTIÇA COMPOSIÇÃO -Desembargador Geral de Justiça; Corregedor- Substituído pelo 2- Vice_Presidente do TJ; -Juízes Corregedores (de entrância final não pode passar de 4 anos)

14 PRESIDENTE DO TJ Representar o Poder Judiciário; Suprema inspeção da atividade dos seus pares; Supervisionar todos os serviços de segundo grau; Representa o TJ; Preside as sessões do Pleno e do Conselho da Magistratura; Administra o Palácio da Justiça; Designa os Juízes de Direito para a função de juízescorregedores

15 PRESIDENTE DO TJ Concede férias e licenças a Juízes de Direito e Pretores; Concede ajuda de custo aos juízes nomeados, promovidos ou removidos compulsoriamente; Licença a funcionários de Secretaria e, quando superior a 30 dias, aos servidores da Justiça de primeiro grau; Organiza a escala de férias dos Juízes e Pretores, ouvido o Corregedor-Geral de Justiça; Impõe a pena de suspensão, multas e penas disciplinares;

16 PRESIDENTE DO TJ Elabora, anualmente, com a colaboração dos Vice- Presidentes e, do Corregedor-Geral, a proposta orçamentária do Poder Judiciário; Aprecia os expedientes relativos aos servidores de Jsutiça de primeira isntância, inclusive os relativos à remoções, permutas, transferências e readaptações de servidores; Exerce a direção superior da administração do Poder Judiciário e expede os atos de provimento e vacância dos cargos de magistratura e dos serviços auxiliares da Justiça e outros atos da vida funcional dos Juízes e servidores;

17 PRESIDENTE DO TJ Executa as decisões do Conselho da Magistratura, quando não competir a outra autoridade; Dar posse aos servidores do Quadro dos Serviços auxiliares do TJ; Aprecia os pedidos de aposentadoria e exoneração dos Júízes;

Supremo Tribunal Federal STF Artigo 101

Supremo Tribunal Federal STF Artigo 101 Supremo Tribunal Federal STF Artigo 101 Composto por 11 Ministros de Justiça vitalícios - Taxativamente 11 - Exclusivamente natos - Cidadãos - Mais de 35 e menos de 65 anos de idade - Notável saber jurídico

Leia mais

12. Assinale a opção correta a respeito da composição e do funcionamento das juntas eleitorais.

12. Assinale a opção correta a respeito da composição e do funcionamento das juntas eleitorais. TRE-MT ANALIS. JUD. ADM CESPE 9. Assinale a opção correta com relação aos órgãos da justiça eleitoral. a) A justiça eleitoral é composta pelo Tribunal Superior Eleitoral ( TSE ), pelo TRE, na capital de

Leia mais

ESTRUTURA DO MATERIAL foi ELABORADA por: André Vieira. CURSO CETECNET. Processar e julgar, originariamente: Origem:

ESTRUTURA DO MATERIAL foi ELABORADA por: André Vieira. CURSO CETECNET. Processar e julgar, originariamente: Origem: STF MINISTROS 11 CIDADÃO +35 / - 65 N.S.J / R.I Pres. Repúb. Senado Federal Maioria absoluta NÃO POS- SUE ORI- GEM Processar e julgar, originariamente: a) a ADi de lei ou ato normativo federal ou estadual

Leia mais

PONTO DOS CONCURSOS CURSO DE DIREITO ELEITORAL TSE e TREs 6º Simulado de Direito Eleitoral p/ TSE e TREs! PROFESSOR: RICARDO GOMES AVISOS:

PONTO DOS CONCURSOS CURSO DE DIREITO ELEITORAL TSE e TREs 6º Simulado de Direito Eleitoral p/ TSE e TREs! PROFESSOR: RICARDO GOMES AVISOS: AVISOS: Estamos ministrando os seguintes CURSOS: REGIMENTO INTERNO DO TSE TODOS OS CARGOS (TEORIA E EXERCÍCIOS) DIREITO ELEITORAL P/ O TSE - ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA JUDICIÁRIA (TEORIA E EXERCÍCIOS) DIREITO

Leia mais

DESTAQUE DOS PONTOS MAIS RELEVANTES DA REFORMA DO JUDICIÁRIO PEC Nº 358, DE 2005

DESTAQUE DOS PONTOS MAIS RELEVANTES DA REFORMA DO JUDICIÁRIO PEC Nº 358, DE 2005 DESTAQUE DOS PONTOS MAIS RELEVANTES DA REFORMA DO JUDICIÁRIO PEC Nº 358, DE 2005 REGINA MARIA GROBA BANDEIRA Consultora Legislativa da Área I Direito Constitucional, Eleitoral, Municipal, Direito Administrativo,

Leia mais

A ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DA JUSTIÇA ELEITORAL BRASILEIRA. Marcello Albuquerque de Miranda

A ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DA JUSTIÇA ELEITORAL BRASILEIRA. Marcello Albuquerque de Miranda A ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DA JUSTIÇA ELEITORAL BRASILEIRA Marcello Albuquerque de Miranda A ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DA JUSTIÇA ELEITORAL BRASILEIRA Marcello Albuquerque de Miranda Bacharel em Direito

Leia mais

Curso: LEGISLAÇÃO DO MPU. Profª Lidiane Coutinho MÓDULO I: O MINISTÉRIO PÚBLICO NA COSTITUIÇÃO FEDERAL- ANÁLISE ESTRUTURAL

Curso: LEGISLAÇÃO DO MPU. Profª Lidiane Coutinho MÓDULO I: O MINISTÉRIO PÚBLICO NA COSTITUIÇÃO FEDERAL- ANÁLISE ESTRUTURAL Curso: LEGISLAÇÃO DO MPU Profª Lidiane Coutinho MÓDULO I: O MINISTÉRIO PÚBLICO NA COSTITUIÇÃO FEDERAL- ANÁLISE ESTRUTURAL Constituição Federal Poder Executivo Poder Legislativo Poder Judiciário Funções

Leia mais

CONSTITUIÇÃO FEDERAL

CONSTITUIÇÃO FEDERAL CONSTITUIÇÃO FEDERAL Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida,

Leia mais

ROSA MARIA WEBER CANDIOTA DA ROSA

ROSA MARIA WEBER CANDIOTA DA ROSA ROSA MARIA WEBER CANDIOTA DA ROSA Ministra do Supremo Tribunal Federal, empossada em 19 de dezembro de 2011. Nascida em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, em 02 de outubro de 1948. Filha do médico José Júlio

Leia mais

Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais

Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais Resolução nº 420, de 1º de agosto de 2003, com as alterações introduzidas pela Resolução nº 530, de 5 de março de 2007, pela Resolução

Leia mais

Poder Judiciário. Tabela 1 Poder Judiciário Primeira Instância Segunda Instância

Poder Judiciário. Tabela 1 Poder Judiciário Primeira Instância Segunda Instância O é a instituição encarregada de administrar justiça por meio dos tribunais. Sua função é assegurar o amparo, proteção ou tutela dos direitos dispostos nas leis. A Suprema Corte de Justiça é a máxima autoridade

Leia mais

Regimento Interno do Tribunal Regional Federal da Quarta Região

Regimento Interno do Tribunal Regional Federal da Quarta Região Regimento Interno do Tribunal Regional Federal da Quarta Região (Instituído pela Resolução nº 112, de 20 de dezembro de 2010) 1 SUMÁRIO PARTE I DA COMPOSIÇÃO, ORGANIZAÇÃO E COMPETÊNCIA TÍTULO I DO TRIBUNAL

Leia mais

EXEMPLO CONFLITO JURISDIÇÃO E DO EXERCÍCIO DA DIREITO CONSTITUCIONAL - PROF. FÁBIO RAMOS. Email: prof.fabioramos@hotmail.com 1

EXEMPLO CONFLITO JURISDIÇÃO E DO EXERCÍCIO DA DIREITO CONSTITUCIONAL - PROF. FÁBIO RAMOS. Email: prof.fabioramos@hotmail.com 1 É o conjunto dos órgãos públicos aos quais a CF atribui a função típica jurisdicional JURISDIÇÃO =juris (Direito) +dictionis (ação de dizer) = DIZER O DIREITO. Jurisdição é poder, função e atividade do

Leia mais

3. Supremo Tribunal Federal: é composto por 11 juízes que recém o nome de Ministros e possui jurisdição em todo território nacional.

3. Supremo Tribunal Federal: é composto por 11 juízes que recém o nome de Ministros e possui jurisdição em todo território nacional. I. PODER JUDICIÁRIO: 1. Organização do Poder Judiciário: STF STJ TSE STM TST JUTIÇA FEERAL TRF (5) JUSTIÇA ESTADUAL TJ (27) TRE JUIZ ELEITORAL TRIBUNAIS MILITARES (ainda não foram criados) TRT (25) JUIZ

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO

REGIMENTO INTERNO DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO REGIMENTO INTERNO DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO Atualizado até a RA nº 17, de 25.08.2014, que aprovou o Assento Regimental nº 01/2014 (RA disponibilizada no DEJT de 02.09.2014, considerada

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Competência da Justiça Militar Paulo Tadeu Rodrigues Rosa* A Justiça Militar é um dos órgãos do Poder Judiciário, com previsão constitucional e Lei de Organização Judiciária que

Leia mais

Curso: LEGISLAÇÃO DO MPU

Curso: LEGISLAÇÃO DO MPU Curso: LEGISLAÇÃO DO MPU Profª Lidiane Coutinho MÓDULO II: O MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO - LC 75/93: COMPARATIVO DOS RAMOS LEI COMPLEMENTAR Nº 75/93- MPU MPU MPF MPT MPM MPDFT LEI COMPLEMENTAR Nº 75/93-

Leia mais

CLIPPING DE NOTÍCIAS DO PODERJUDICIÁRIO GESTÃO ESTRATÉGICA CONSELHOS TRIBUNAIS SUPERIORES

CLIPPING DE NOTÍCIAS DO PODERJUDICIÁRIO GESTÃO ESTRATÉGICA CONSELHOS TRIBUNAIS SUPERIORES CLIPPING DE NOTÍCIAS DO PODERJUDICIÁRIO GESTÃO ESTRATÉGICA CNJ CONSELHOS http://www.cnj.jus.br/ 12/08/2014 II Encontro Nacional debate formação de servidores do Judiciário (http://www.cnj.jus.br/noticias/cnj/29333-ii-encontronacional-debate-formacao-de-servidores-do-judiciario)

Leia mais

Organização dos Poderes: legislativo, executivo e judiciário

Organização dos Poderes: legislativo, executivo e judiciário Organização dos Poderes: legislativo, executivo e judiciário DA ESTRUTURA BÁSICA DA FEDERAÇÃO ENTIDADES COMPONENTES DA FEDERAÇÃO BRASILEIRA 1) Componentes do Estado Federal: a organização políticoadministrativa

Leia mais

Questões Fundamentadas do Regimento Interno do TRT 5ª Região Art. 1º ao 72. Concurso 2013

Questões Fundamentadas do Regimento Interno do TRT 5ª Região Art. 1º ao 72. Concurso 2013 Para adquirir a apostila 160 Questões Fundamentadas Do Regimento Interno do TRT Bahia 5ª Região - Art. 1º ao 72 acesse o site www.odiferencialconcursos.com.br S U M Á R I O Apresentação...3 Questões...4

Leia mais

Aulas 1 e 2 de Direito Eleitoral Professor: Will

Aulas 1 e 2 de Direito Eleitoral Professor: Will Aulas 1 e 2 de Direito Eleitoral Professor: Will 1) Mudanças que se sujeitam ao princípio da anualidade: a) mudança na lei partidária (filiação, convenção, coligações, número de candidatos etc). b) mudança

Leia mais

O DIREITO CONSTITUCIONAL NO BRASIL E NA CHINA: ANÁLISE COMPARATIVA

O DIREITO CONSTITUCIONAL NO BRASIL E NA CHINA: ANÁLISE COMPARATIVA SÃO PAULO RIO DE JANEIRO BRASÍLIA CURITIBA PORTO ALEGRE RECIFE BELO HORIZONTE LONDRES LISBOA XANGAI BEIJING MIAMI BUENOS AIRES O DIREITO CONSTITUCIONAL NO BRASIL E NA CHINA: ANÁLISE COMPARATIVA DURVAL

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA PROVIMENTO N. 6/2013/CM

ESTADO DE MATO GROSSO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA PROVIMENTO N. 6/2013/CM PROVIMENTO N. 6/2013/CM Revoga o Provimento n. 017/2011/CM e estabelece critérios para a remoção e movimentação interna dos servidores do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso. O EGRÉGIO CONSELHO DA

Leia mais

CURRICULUM VITAE EROS PICELI

CURRICULUM VITAE EROS PICELI CURRICULUM VITAE DESEMBARGADOR EROS PICELI Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo DGJUD 1.2 - Serviço de Publicações e Divulgação Dados Pessoais Desembargador EROS PICELI Filiação: José Piceli Maria

Leia mais

START TRIBUNAIS Direito Constitucional - Aula 01 Rodrigo Menezes PODER JUDICIÁRIO Arts. 92 a 126, CF/88

START TRIBUNAIS Direito Constitucional - Aula 01 Rodrigo Menezes PODER JUDICIÁRIO Arts. 92 a 126, CF/88 PODER JUDICIÁRIO Arts. 92 a 126, CF/88 É o conjunto dos órgãos públicos aos quais a CF atribui a função típica jurisdicional JURISDIÇÃO = juris (Direito) + dictionis (ação de dizer) = DIZER O DIREITO.

Leia mais

DATA DE POSSE: 15 de outubro de 2012, com nomeação pela Presidenta Dilma Rousseff, publicada no D.O.U do dia 09.10.2012

DATA DE POSSE: 15 de outubro de 2012, com nomeação pela Presidenta Dilma Rousseff, publicada no D.O.U do dia 09.10.2012 TÂNIA REGINA SILVA RECKZIEGEL DESEMBARGADORA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO DATA DE POSSE: 15 de outubro de 2012, com nomeação pela Presidenta Dilma Rousseff, publicada no D.O.U

Leia mais

o mpf/sp e a unifesp notas para a audiência pública

o mpf/sp e a unifesp notas para a audiência pública o mpf/sp e a unifesp notas para a audiência pública unifesp, 23.04.2009 tópicos conhecendo o mpf unifesp e administração pública atuação do mpf/sp na unifesp tutela de direitos coletivos defesa do patrimônio

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO ORGANIZAÇÃO COMPETÊNCIA CONTEÚDO DE HOJE PROCESSO CIVIL PROCESSO CIVIL PROCESSO CIVIL PROCESSO CIVIL PROCESSO CIVIL PROCESSO CIVIL

PODER JUDICIÁRIO ORGANIZAÇÃO COMPETÊNCIA CONTEÚDO DE HOJE PROCESSO CIVIL PROCESSO CIVIL PROCESSO CIVIL PROCESSO CIVIL PROCESSO CIVIL PROCESSO CIVIL 1. Poder Judiciário Estrutura Organização CONTEÚDO DE HOJE 2. Código de Processo Civil de 1973 Processo de Conhecimento Processo de Execução Processo Cautelar Procedimentos Especiais 3. Ação Judicial 4.

Leia mais

PROC. N. 5673/05 P.L.L. N. 0266/05 EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS

PROC. N. 5673/05 P.L.L. N. 0266/05 EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS Trazemos à consideração dos nobres Vereadores o presente Projeto de Lei para, com o apoio desta Casa, conceder o título honorífico de Cidadão Emérito de Porto Alegre ao Ministro Luiz

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR N. 13, DE 8 DE DEZEMBRO DE 1987

LEI COMPLEMENTAR N. 13, DE 8 DE DEZEMBRO DE 1987 LEI COMPLEMENTAR N. 13, DE 8 DE DEZEMBRO DE 1987 Dá nova redação aos artigos que menciona, entre outras providências, da Lei Complementar n. 3, de 12 de janeiro de 1981, que dispõe sobre a Organização

Leia mais

DIREITO CONSTITUCIONAL

DIREITO CONSTITUCIONAL Organização dos Poderes Poder Judiciário DIREITO CONSTITUCIONAL por Terezinha Rêgo www.mapasquestoes.com.br Organização dos Poderes Poder Judiciário DIREITO CONSTITUCIONAL por Terezinha Rêgo Lançamento:

Leia mais

1) FUNDAMENTOS: SOCIDIVAPLU

1) FUNDAMENTOS: SOCIDIVAPLU A palavra mnemônica provém do termo grego menmóne, que significa recordação. Pode se aplicar a qualquer técnica de memorização. Mesmo assim, é mais utilizada para designar técnicas baseadas em palavras,

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO FISCAL DA FAPERN

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO FISCAL DA FAPERN REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO FISCAL DA FAPERN Este Regimento tem por finalidade estabelecer normas para o funcionamento do Conselho Fiscal da Fundação de Apoio a Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte

Leia mais

REGIMENTO INTERNO - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO

REGIMENTO INTERNO - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO REGIMENTO INTERNO - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO RESOLUÇÃO Nº 84 DE 24/01/1996 (DOPJ 25/01/1996) NOTA: ATUALIZADO ATÉ A RESOLUÇÃO Nº367/2014 Ementa: Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Estado

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO

REGIMENTO INTERNO DO TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO Poder Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Superior do Trabalho REGIMENTO INTERNO DO TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO Aprovado pela Resolução Administrativa nº 1295/2008, com alterações dos Atos Regimentais

Leia mais

Professora Susanna Scwantess

Professora Susanna Scwantess 1) São Órgãos do Poder Judiciário do Rio Grande do Sul: (a) Tribunal de Alçada e Tribunal de Justiça. (b) Pretores e Conselho da Magistratura. (c) Tribunal do Júri e Juizes de Paz. (d) Juizes de Direito

Leia mais

RESOLVE: PROVIMENTO Nº 03/2013. Conselho da Justiça Estadual COJUS. Autoridade substituta. substituída 1ª Vara Cível

RESOLVE: PROVIMENTO Nº 03/2013. Conselho da Justiça Estadual COJUS. Autoridade substituta. substituída 1ª Vara Cível Disciplina sobre a substituição automática dos juízes de direito em decorrências de afastamentos, faltas, férias, impedimentos, licenças, promoções, remoções ou suspeições. O Conselho da Justiça Estadual

Leia mais

Regimento Interno do TRE/SP

Regimento Interno do TRE/SP Regimento Interno do TRE/SP Regimento interno do Tribunal Regional Eleitoral do Estado de São Paulo O Tribunal Regional Eleitoral do Estado de São Paulo, no uso das atribuições que lhe são outorgadas pelos

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL E DOS TERRITÓRIOS. Conforme Portaria GPR Nº 1107, de 15 de setembro de 2009.

REGIMENTO INTERNO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL E DOS TERRITÓRIOS. Conforme Portaria GPR Nº 1107, de 15 de setembro de 2009. REGIMENTO INTERNO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DISTRITO FEDERAL E DOS TERRITÓRIOS Conforme Portaria GPR Nº 1107, de 15 de setembro de 2009. PARTE PRIMEIRA DA ORGANIZAÇÃO, DA COMPOSIÇÃO E DA COMPETÊNCIA DO

Leia mais

REGIMENTO INTERNO LIVRO I TÍTULO I. DISPOSIÇÕES INICIAIS (Arts. 1 e 2 ) CAPÍTULO I. ORGANIZAÇÃO (Arts. 3 ao 9 )

REGIMENTO INTERNO LIVRO I TÍTULO I. DISPOSIÇÕES INICIAIS (Arts. 1 e 2 ) CAPÍTULO I. ORGANIZAÇÃO (Arts. 3 ao 9 ) 1 REGIMENTO INTERNO LIVRO I TÍTULO I DISPOSIÇÕES INICIAIS (Arts. 1 e 2 ) Art. 1 - Este Regimento dispõe sobre o funcionamento do Tribunal de Justiça, estabelece a competência de seus Órgãos, regula a instrução

Leia mais

PONTO DOS CONCURSOS SIMULADOS DE DIREITO 5º Simulado de ORGANIZAÇÃO DO MPE/RJ! PROFESSOR: RICARDO GOMES

PONTO DOS CONCURSOS SIMULADOS DE DIREITO 5º Simulado de ORGANIZAÇÃO DO MPE/RJ! PROFESSOR: RICARDO GOMES AVISOS: Estamos ministrando os seguintes CURSOS: ORGANIZAÇÃO DO MPE/RJ TODOS OS CARGOS DIREITO PROCESSUAL PARA O TCU TEORIA E EXERCÍCIOS REGIMENTO INTERNO DO TSE TODOS OS CARGOS (TEORIA E EXERCÍCIOS) DIREITO

Leia mais

Conselho Nacional de Justiça

Conselho Nacional de Justiça Conselho Nacional de Justiça Autos: PEDIDO DE PROVIDÊNCIAS - 0006845-87.2014.2.00.0000 Requerente: ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS BRASILEIROS - AMB Requerido: CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA - CNJ Ementa: PEDIDO

Leia mais

STF CNJ STJ TST STM TSE TRT TRE TJM JEF JEC

STF CNJ STJ TST STM TSE TRT TRE TJM JEF JEC STF CNJ TSE TST STJ STM TRE TRT TU TRF TJ TJM TR TR JE JT JF JÚRI JD JÚRI CJM CJM JEF JEC STF CNJ TSE TST STJ STM TRE TRT TRF TJ TJM TU JE JT TR JF JÚRI JD JÚRI TR CJM CJM Justiça Especializa JEF Justiça

Leia mais

Rogério Carlos Born. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br

Rogério Carlos Born. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br Rogério Carlos Born Mestrando em Direitos Fundamentais e Democracia pelas Faculdades Integradas do Brasil (UniBrasil). Especialista em Direito Público, Eleitoral e Militar. Professor de Direito Tributário,

Leia mais

Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho. Manual de Orientações do 2º Grau

Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho. Manual de Orientações do 2º Grau Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho Manual de Orientações do 2º Grau Versão 3.0 06/06/2011 laboração: Comitê Gestor Nacional do Sistema e-gestão Desembargadora Ana Paula Pellegrina Lockmann TRT 15ª

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA ÍNDICE LIVRO I. TÍTULO I DISPOSIÇÕES INICIAIS (Arts. 1º e 2º)

REGIMENTO INTERNO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA ÍNDICE LIVRO I. TÍTULO I DISPOSIÇÕES INICIAIS (Arts. 1º e 2º) REGIMENTO INTERNO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA ÍNDICE LIVRO I TÍTULO I DISPOSIÇÕES INICIAIS (Arts. 1º e 2º) Capítulo I Organização (Arts. 3º a 9º) Capítulo II Dos Cargos de Direção, Eleição

Leia mais

DESPESAS COM PESSOAL NOS 180 DIAS FINAIS DE MANDATO

DESPESAS COM PESSOAL NOS 180 DIAS FINAIS DE MANDATO COORDENAÇÃO-GERAL DE NORMAS DE CONTABILIDADE APLICADAS À FEDERAÇÃO - CCONF GERÊNCIA DE NORMAS E PROCEDIMENTOS DE GESTÃO FISCAL - GENOP DESPESAS COM PESSOAL NOS 180 DIAS FINAIS DE MANDATO Art. 21, parágrafo

Leia mais

BRASIL Entrevista con el Sr. General Ex Raymundo De Cerqueira Filho Ministro Presidente del Tribunal Superior Militar Brasil

BRASIL Entrevista con el Sr. General Ex Raymundo De Cerqueira Filho Ministro Presidente del Tribunal Superior Militar Brasil DIALOGANDO SOBRE JUSTICIA MILITAR BRASIL Entrevista con el Sr. General Ex Raymundo De Cerqueira Filho Ministro Presidente del Tribunal Superior Militar Brasil 1. De acordo com as leis de seu País, qual

Leia mais

o TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SERGIPE, no uso das

o TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SERGIPE, no uso das ,. Publicado na Sessão de 13/11/2003 RESOLUçAo no 268/2003 Publicado no Diário da Justiça do Estado de Sergipe em I~/-l1 103,voLe, pág lo. Cria a Escola Judiciária Eleitoral de Sergipe e aprova sua organização

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO MARANHÃO 1ª PARTE

REGIMENTO INTERNO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO MARANHÃO 1ª PARTE REGIMENTO INTERNO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO MARANHÃO 1ª PARTE TÍTULO I DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA CAPÍTULO I DA COMPOSIÇÃO E FUNCIONAMENTO Art. 1 O Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão, com

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DA JUSTIÇA E DO MINISTÉRIO PÚBLICO

ORGANIZAÇÃO DA JUSTIÇA E DO MINISTÉRIO PÚBLICO ORGANIZAÇÃO DA JUSTIÇA E DO MINISTÉRIO PÚBLICO Graduação 2006.2 FGV DIREITO RIO 1 - O Poder Judiciário 1.1 Caso Carla, estudante de Direito e filha de um Desembargador do Tribunal de Justiça do Estado

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO ESQUEMATIZADO INSS FCC

DIREITO ADMINISTRATIVO ESQUEMATIZADO INSS FCC CARGOS: Técnico do INSS www.beabadoconcurso.com.br TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. - 1 - APOSTILA ESQUEMATIZADA SUMÁRIO UNIDADE 1 Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis da União (Lei n 8.112/90) 1.1

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO CEARÁ.

REGIMENTO INTERNO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO CEARÁ. - 1 - ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA REGIMENTO INTERNO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO CEARÁ. O Tribunal de Justiça do Estado do Ceará, no uso das atribuições conferidas pelo

Leia mais

Principais diferenças entre CARGO EFETIVO, CARGO EM COMISSÃO e FUNÇÃO DE CONFIANÇA:

Principais diferenças entre CARGO EFETIVO, CARGO EM COMISSÃO e FUNÇÃO DE CONFIANÇA: Prof.: Clayton Furtado LEI 8.112/90 clayton_furtado@yahoo.com.br 1ª AULA 1 - Introdução: a. Histórico: Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA

Leia mais

S E N A D O F E D E R A L Gabinete do Senador RONALDO CAIADO PARECER Nº, DE 2015

S E N A D O F E D E R A L Gabinete do Senador RONALDO CAIADO PARECER Nº, DE 2015 PARECER Nº, DE 2015 Da COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA, sobre o Projeto de Lei da Câmara nº 32 de 2015, que dispõe sobre a criação de cargos de provimento efetivo, de cargos em comissão e

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGIMENTO INTERNO

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGIMENTO INTERNO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGIMENTO INTERNO CAPÍTULO I DO CONSELHO, ATRIBUIÇÕES E SUA COMPOSIÇÃO Art. 1.º- O Conselho Municipal de Educação de Carlos Barbosa, criado pela Lei Municipal nº1.176 de

Leia mais

3.01 - Aprovado em concurso público para ingresso na carreira inicial do Ministério Público no Estado de Alagoas, em 1977.

3.01 - Aprovado em concurso público para ingresso na carreira inicial do Ministério Público no Estado de Alagoas, em 1977. 1. IDENTIFICAÇÃO 1.01 - Nome: Paulo Roberto de Oliveira Lima 1.02 Filiação: Edvaldo Santos Lima Maria Aparecida de Oliveira Lima 1.03 Nacionalidade: Brasileira 1.04 Naturalidade: Alagoana 1.05 Nascimento:

Leia mais

REGIMENTO INTERNO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL RIO DE JANEIRO. Prof. Fábio Vasconcellos

REGIMENTO INTERNO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL RIO DE JANEIRO. Prof. Fábio Vasconcellos REGIMENTO INTERNO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL RIO DE JANEIRO Prof. Fábio Vasconcellos 1 TRE-RJ Regimento interno é um conjunto de regras estabelecidas por um grupo para regulamentar o seu funcionamento.

Leia mais

AULA 00. Apresentação e Cronograma...02. Questões sem Comentários...06. Questões Comentadas...11

AULA 00. Apresentação e Cronograma...02. Questões sem Comentários...06. Questões Comentadas...11 AULA 00 Apresentação e Cronograma...02 Questões sem Comentários...06 Questões Comentadas...11 www.universodosconcursos.com Página 1 APRESENTAÇÃO E CRONOGRAMA Olá meus amigos! Sejam todos muito bem vindos

Leia mais

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988 CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988 TÍTULO IV DA ORGANIZAÇÃO DOS PODERES CAPÍTULO I DO PODER LEGISLATIVO Seção II Das Atribuições do Congresso Nacional Art. 49. É da competência exclusiva

Leia mais

Total 4.885 3.478 2.031 1.391 51.843 39.679 10.889 114.196 27.434 141.630 -

Total 4.885 3.478 2.031 1.391 51.843 39.679 10.889 114.196 27.434 141.630 - Trabalhadores Trabalhadores STJ TST TSE STM JT JF JDFT Subtototal JE Total Efetivos 2.718 1.821 626 1.113 37.992 25.772 7.002 77.044 13.884 90.928 Cedidos - 134-73 - 125-16 - 1.767-514 - 167-2.796-323

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O Nº 035/2015

R E S O L U Ç Ã O Nº 035/2015 R E S O L U Ç Ã O Nº 035/2015 Aprova o Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação do Poder Judiciário do Estado de Sergipe para o período de 2015 a 2020. O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO

Leia mais

Organograma do exercício da Jurisdição no ordenamento pátrio segundo os parâmetros vigentes na Constituição Federal

Organograma do exercício da Jurisdição no ordenamento pátrio segundo os parâmetros vigentes na Constituição Federal BuscaLegis.ccj.ufsc.br Organograma do exercício da Jurisdição no ordenamento pátrio segundo os parâmetros vigentes na Constituição Federal João Fernando Vieira da Silva salermolima@hotmail.com O exercício

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE MATO GROSSO REGIMENTO INTERNO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE MATO GROSSO REGIMENTO INTERNO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE MATO GROSSO 11.ª Edição Atualizada até a Emenda Regimental nº 20/2012-TP. Editado pelo Tribunal de Justiça Cuiabá - 2012 1 1.ª edição 1986; 2.ª edição 1991; 3.ª

Leia mais

Administração de Macau pelas suas Gentes e Alto Grau de Autonomia

Administração de Macau pelas suas Gentes e Alto Grau de Autonomia Sistema Político Administração de Macau pelas suas Gentes e Alto Grau de Autonomia A 20 de Dezembro de 1999 Macau passa a Região Administrativa Especial da República Popular da China, sendo simultaneamente

Leia mais

SUMÁRIO SIGLAS E ABREVIAÇÕES UTILIZADAS NESTA OBRA...13 PARTE I A JUSTIÇA FEDERAL E SEUS JUÍZES

SUMÁRIO SIGLAS E ABREVIAÇÕES UTILIZADAS NESTA OBRA...13 PARTE I A JUSTIÇA FEDERAL E SEUS JUÍZES SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO...11 SIGLAS E ABREVIAÇÕES UTILIZADAS NESTA OBRA...13 PARTE I A JUSTIÇA FEDERAL E SEUS JUÍZES CAPÍTULO I - BREVE RECONSTRUÇÃO HISTÓRICA DA JUSTIÇA FEDERAL NO BRASIL...17

Leia mais

Reta Final Tribunal de Justiça do Espírito Santo Disciplina: Regimento Interno do TJ/ES Prof. Ronaldo Kanashiro Data: 14.01.

Reta Final Tribunal de Justiça do Espírito Santo Disciplina: Regimento Interno do TJ/ES Prof. Ronaldo Kanashiro Data: 14.01. Reta Final Tribunal de Justiça do Espírito Santo Disciplina: Regimento Interno do TJ/ES Prof. Ronaldo Kanashiro Data: 14.01.2010 Aula nº 01 MATERIAL DE APOIO MONITORIA Índice 1. Regimento Interno do Tribunal

Leia mais

1. Poder Judiciário - Manual. 2. Organização Judiciária. I. Título.

1. Poder Judiciário - Manual. 2. Organização Judiciária. I. Título. Tribunal de Justiça Estado de Mato Grosso do Sul 2011 3 Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul 2011 Parque dos Poderes - Bloco 13 CEP 79031-902 - Campo Grande - MS Telefone: (67) 3314-1300

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 248/2009

RESOLUÇÃO Nº 248/2009 RESOLUÇÃO Nº 248/2009 PROCESSO Nº 07588/2009-000-07-00-0 TIPO: Processo Administrativo PARTE 1: PROPOSIÇÃO DO PRESIDENTE DO TRT 7ª REGIÃO PARTE 2: TRIBUNAL PLENO Vistos, relatados e discutidos os presentes

Leia mais

DO CONSELHO MUNICIPAL DE DIREITOS DO IDOSO. Art. 2º. Compete ao Conselho Municipal de Direitos do Idoso:

DO CONSELHO MUNICIPAL DE DIREITOS DO IDOSO. Art. 2º. Compete ao Conselho Municipal de Direitos do Idoso: PROJETO DE LEI Nº 2.093/09, de 30 de junho de 2.009 Dispõe sobre criação do Conselho Municipal de Direitos do Idoso e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE GOIATUBA, Estado de Goiás, faz saber

Leia mais

MATERIAL DE APOIO PROFESSOR

MATERIAL DE APOIO PROFESSOR RETA FINAL OFICIAL DE JUSTIÇA Disciplina: Direito Administrativo Prof. Cláudio Brandão MATERIAL DE APOIO PROFESSOR 71)Acerca do CODJERJ, assinale a opção correta. A Cada comarca compreenderá um único município

Leia mais

A ORGANIZAÇÃO DA JUSTIÇA ELEITORAL

A ORGANIZAÇÃO DA JUSTIÇA ELEITORAL Inicialmente quero parabenizar a todos os concurseiros, em especial aqueles que buscam uma vaga nos Tribunais Eleitorais, pela dedicação aos estudos, persistam, pois essa caminhada, embora árdua, é bastante

Leia mais

Material para PERISCOPE Composição e Competência dos Órgãos da Justiça Eleitoral

Material para PERISCOPE Composição e Competência dos Órgãos da Justiça Eleitoral Material para PERISCOPE Composição e Competência dos Órgãos da Justiça Eleitoral Questão 1 O Tribunal Regional Eleitoral de um Estado da Federação foi assim constituído: dois Desembargadores do Tribunal

Leia mais

Art. 92 ÓRGÃOS: Tribunais Superiores Tribunais de 2º grau (2ª instância) 1º grau (1ª instância) facebook.com/prof.rodrigomenezes Justiça Estadual / DFT Justiça Federal O STF, o CNJ e os Trib. Sup. têm

Leia mais

PLENÁRIA FINAL JUSTIÇA FEDERAL

PLENÁRIA FINAL JUSTIÇA FEDERAL 1ª Reunião Preparatória do IX Encontro Nacional do Poder Judiciário PLENÁRIA FINAL JUSTIÇA FEDERAL 05 a 07 de maio de 2015 ESMAF Brasília/DF Coordenadores e Representantes da Justiça Federal na Rede de

Leia mais

PONTO DOS CONCURSOS SIMULADOS DE DIREITO 1º Simulado de ORGANIZAÇÃO DO MPE/RJ! PROFESSOR: RICARDO GOMES

PONTO DOS CONCURSOS SIMULADOS DE DIREITO 1º Simulado de ORGANIZAÇÃO DO MPE/RJ! PROFESSOR: RICARDO GOMES AVISOS: Estamos ministrando os seguintes CURSOS: ORGANIZAÇÃO DO MPE/RJ TODOS OS CARGOS DIREITO PROCESSUAL PARA O TCU TEORIA E EXERCÍCIOS REGIMENTO INTERNO DO TSE TODOS OS CARGOS (TEORIA E EXERCÍCIOS) DIREITO

Leia mais

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA TÍTULO I TÍTULO II. 5114 Diário da República, 1.ª série N.º 163 26 de agosto de 2013. Princípios e disposições gerais

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA TÍTULO I TÍTULO II. 5114 Diário da República, 1.ª série N.º 163 26 de agosto de 2013. Princípios e disposições gerais 5114 Diário da República, 1.ª série N.º 163 26 de agosto de 2013 ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA Lei n.º 62/2013 de 26 de agosto Lei da Organização do Sistema Judiciário A Assembleia da República decreta, nos

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO TRABALHO. Regimento Interno CAPÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO DO CONSELHO NACIONAL DO TRABALHO

CONSELHO NACIONAL DO TRABALHO. Regimento Interno CAPÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO DO CONSELHO NACIONAL DO TRABALHO CONSELHO NACIONAL DO TRABALHO Regimento Interno CAPÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO DO CONSELHO NACIONAL DO TRABALHO Art. 1.º O Conselho Nacional do Trabalho, com sede na Capital da República e jurisdição em todo

Leia mais

PARECER Nº, DE 2012. RELATOR: Senador RENAN CALHEIROS

PARECER Nº, DE 2012. RELATOR: Senador RENAN CALHEIROS PARECER Nº, DE 2012 Da COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA, sobre a Mensagem Presidencial nº 82, de 2012 (nº 403, 10 de setembro de 2012, na origem), que submete à aprovação do Senado Federal

Leia mais

INSPEÇÃO REALIZADA NA 2ª VARA DE RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS E FALÊNCIAS DA COMARCA DE FORTALEZA/CE

INSPEÇÃO REALIZADA NA 2ª VARA DE RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS E FALÊNCIAS DA COMARCA DE FORTALEZA/CE ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA CORREGEDORIA-GERAL DA JUSTIÇA INSPEÇÃO REALIZADA NA 2ª VARA DE RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS E FALÊNCIAS DA COMARCA DE FORTALEZA/CE RELATÓRIO Excelentíssimo

Leia mais

MPU MPF MPT MPM MPDFT Conselho de Ass. Superior do MPU

MPU MPF MPT MPM MPDFT Conselho de Ass. Superior do MPU 1 Estrutura de Carreira PGR PGT PGJM PGJDFT Sub PGR Sub PGT Sub PGM Procurador de Justiça Proc. Regional da República Proc. Regional do Trabalho Procurador Militar Promotor de Justiça Procurador da República

Leia mais

4. APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL NO ESPAÇO E NO TEMPO - INTERPRETAÇÃO DO DIREITO PROCESSUAL

4. APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL NO ESPAÇO E NO TEMPO - INTERPRETAÇÃO DO DIREITO PROCESSUAL 1. SOCIEDADES E TUTELA JURÍDICA 1.1 Sociedade e direito 1.2 Conflitos e insatisfações 1.3 Solução dos conflitos e insatisfações 1.3.1 Conceito de lide 1.3.2 Formas de composição dos litígios 1.3.2.1 Autodefesa

Leia mais

JUSTIÇA ESPECIALIZADA EM MATÉRIA TRIBUTÁRIA NA REGIÃO SUL DO BRASIL

JUSTIÇA ESPECIALIZADA EM MATÉRIA TRIBUTÁRIA NA REGIÃO SUL DO BRASIL DIREITO TRIBUTÁRIO Hélcio Corrêa JUSTIÇA ESPECIALIZADA EM MATÉRIA TRIBUTÁRIA NA REGIÃO SUL DO BRASIL TAX COURTS IN SOUTHERN BRAZIL 89 Sérgio Ricardo Ferreira Mota RESUMO Aponta o atual estágio de especialização

Leia mais

Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Estado do Acre

Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Estado do Acre PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO ACRE REGIMENTO INTERNO Publicado no DJ nº 696-A de 06.12.1995 Edição revista, ampliada e atualizada Rio Branco - Novembro/2014 Organizado pela Gerência

Leia mais

ESCOLA TÉCNICA DO VALE DO ITAJAI

ESCOLA TÉCNICA DO VALE DO ITAJAI ESCOLA TÉCNICA DO VALE DO ITAJAI Reconhecida pela SEC/SC - Portarias 0390/86 e 0424/92 ESTATUTO DA ASSOCIAÇÃO DE PAIS E PROFESSORES DA ESCOLA TÉCNICA DO VALE DO ITAJAI-ETEVI-FURB-BLUMENAU-SC CAPÍTULO I

Leia mais

Código de Divisão e Organização Judiciária

Código de Divisão e Organização Judiciária Código de Divisão e Organização Judiciária do Estado do Ceará e Legislação Correlata a ic Versão Eletrôn CÓDIGO DE DIVISÃO E ORGANIZAÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DO CEARÁ E LEGISLAÇÃO CORRELATA Impresso no

Leia mais

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DE ASSESSOR JUDICIAL DA PRESIDÊNCIA. Responsável por assessorar a Presidência nas questões que envolvam matéria judicial.

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DE ASSESSOR JUDICIAL DA PRESIDÊNCIA. Responsável por assessorar a Presidência nas questões que envolvam matéria judicial. MATRIZ DE COMPETÊNCIAS DE ASSESSOR JUDICIAL DA PRESIDÊNCIA ASSESSOR JUDICIAL DA PRESIDÊNCIA (CJ-3) Área: Judiciária Unidade: Secretaria Geral da Presidência ATIVIDADE PRINCIPAL Responsável por assessorar

Leia mais

ADVOCACIA & CONSULTORIA EVILSON BRAZ

ADVOCACIA & CONSULTORIA EVILSON BRAZ ADVOCACIA & CONSULTORIA EVILSON BRAZ Rua Rodrigues de Aquino, n.º267, 9º Andar/Sala 903 Edf. Asplan, Centro, João Pessoa/PB (083) 8761-0375/9989-6277/3021-8444 E-mail: evilsonbraz@ig.com.br ******************************

Leia mais

GALERIA DE FOTOS. Revista do Tribunal Regional do Trabalho da 1 a Região 33. Assessoria de Imprensa e Comunicação

GALERIA DE FOTOS. Revista do Tribunal Regional do Trabalho da 1 a Região 33. Assessoria de Imprensa e Comunicação GALERIA DE FOTOS A desembargadora Maria de Lourdes D Arrochella Lima Sallaberry toma posse como presidente do TRT/RJ, em 25/3/2011, no Plenário Juiz Délio Maranhão. Durante a cerimônia, também são empossados

Leia mais

Direito Eleitoral. Introdução. Prof. Fábio Vasconcellos

Direito Eleitoral. Introdução. Prof. Fábio Vasconcellos Direito Eleitoral Introdução Prof. Fábio Vasconcellos Histórico O Direito Eleitoral esteve sempre presente nas Constituições Brasileiras. 1824 - Império - Monarquia Constitucional 1891 / 1934 / 1937 /

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ.

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ. EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ. Assunto: Desconto da Contribuição Sindical previsto no artigo 8º da Constituição Federal, um dia de trabalho em março de 2015.

Leia mais

Regimento Interno TRT-MG

Regimento Interno TRT-MG 1 19 Aula 01 Regimento Interno TRT-MG www.concurseiro24horas.com.br 2 19 AULA INAUGURAL 1. Observações iniciais... 3 1.1. Sobre o curso... 4 1.2. Cronograma de aulas... 5 2. Conhecendo a banca FCC... 6

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR N. 117, DE 04 DE NOVEMBRO DE 1994. (Alterada pela Lei Complementar n. 357, de 26 de julho de 2006)

LEI COMPLEMENTAR N. 117, DE 04 DE NOVEMBRO DE 1994. (Alterada pela Lei Complementar n. 357, de 26 de julho de 2006) LEI COMPLEMENTAR N. 117, DE 04 DE NOVEMBRO DE 1994. (Alterada pela Lei Complementar n. 357, de 26 de julho de 2006) Cria a Defensoria Pública do estado de Rondônia, e dá outras providências. O GOVERNADOR

Leia mais

XI MOSTRA NACIONAL DE TRABALHOS DA QUALIDADE NO PODER JUDICIÁRIO. 1.1. Identificação do Órgão: Tribunal de Justiça de Sergipe

XI MOSTRA NACIONAL DE TRABALHOS DA QUALIDADE NO PODER JUDICIÁRIO. 1.1. Identificação do Órgão: Tribunal de Justiça de Sergipe XI MOSTRA NACIONAL DE TRABALHOS DA QUALIDADE NO PODER JUDICIÁRIO 1. INTRODUÇÃO 1.1. Identificação do Órgão: Tribunal de Justiça de Sergipe 1.2. Unidades: Presidência do TJSE: (presid@tjse.jus.br) Presidente:

Leia mais

DO MINISTÉRIO PÚBLICO art.170 a art175

DO MINISTÉRIO PÚBLICO art.170 a art175 CONSTITUIÇÃO FEDERAL 88 DO MINISTÉRIO PÚBLICO art.127 a art.130- A Art. 127. O Ministério Público é instituição permanente, essencial à função jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe a defesa da ordem

Leia mais

REGIMENTO INTERNO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONSEPE

REGIMENTO INTERNO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONSEPE REGIMENTO INTERNO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONSEPE TÍTULO I DA COMPOSIÇÃO E DAS COMPETÊNCIAS CAPÍTULO I - DA COMPOSIÇÃO Art. 1º O CONSEPE é o órgão colegiado superior que supervisiona e

Leia mais

Regimento Interno do Conselho Municipal do Idoso de Passo Fundo COMUI Capitulo I Da Natureza e Finalidade

Regimento Interno do Conselho Municipal do Idoso de Passo Fundo COMUI Capitulo I Da Natureza e Finalidade Regimento Interno do Conselho Municipal do Idoso de Passo Fundo COMUI Capitulo I Da Natureza e Finalidade Art. 1º - O Conselho Municipal do Idoso de Passo Fundo COMUI- possui atribuições de caráter propositivo

Leia mais

DIÁRIO ELETRÔNICO DA JUSTIÇA DO TRABALHO

DIÁRIO ELETRÔNICO DA JUSTIÇA DO TRABALHO Caderno Administrativo Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região DIÁRIO ELETRÔNICO DA JUSTIÇA DO TRABALHO PODER JUDICIÁRIO REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL Nº1523/2014 Data da disponibilização: Quinta-feira,

Leia mais

- Setores da Corregedoria -

- Setores da Corregedoria - - Setores da Corregedoria - Calendário Logísitica Correições Assessoria Processo Administrativo Apoio Interno Núcleo de Apoio Corregedor Cadastro de Documentos Ouvidoria Promoções Controle do Trâmite Processual

Leia mais

LIVRO I Do Processo de Conhecimento...1

LIVRO I Do Processo de Conhecimento...1 Sumário LIVRO I Do Processo de Conhecimento...1 Capítulo 1 Da Jurisdição...3 1.1. Conceito de Jurisdição... 5 1.2. Exercício da Jurisdição Quem Exerce a Jurisdição?...15 1.3. Características da Jurisdição...17

Leia mais