1) Mutirão de Dermatologia

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1) Mutirão de Dermatologia"

Transcrição

1

2 1) Mutirão de Dermatologia A Cruz Vermelha Brasileira Filial do Estado de São Paulo, em parceria com o ISMD - Instituto Superior de Medicina e Dermatologia, realizou a 2 edição do Mutirão de Consultas Gratuitas de Dermatologia nos dias 07 e 08 de junho. O principal objetivo da ação foi atender com qualidade as pessoas que dependem do Sistema Único de Saúde e, muitas vezes, aguardam meses para conseguir o agendamento de uma consulta e mais ainda para concluir seu tratamento. Na ocasião, foram oferecidas consultas dermatológicas, dermatoscopia (exame para diagnosticar câncer de pele) e cirurgias dermatológicas para retirada de cisto sebáceo, de pintas e de pequenos tumores cutâneos, eletrocauterização, curetagem de molusco, cauterização de verrugas, cirurgias de unhas, biópsia de pele, mucosa e unha, além de aplicação de ácido em HPV. O mutirão contou com a participação de 150 médicos dermatologistas do ISMD e 57 voluntários da Cruz Vermelha de São Paulo, responsáveis pelo cadastramento, organização das salas de espera, auxilio em cirurgias e estrutura do evento. Após o preenchimento do cadastro, todos os pacientes passaram por uma triagem, com medição de pressão arterial e testes de glicemia capilar. Foram realizados o total de procedimentos. Voluntárias do Instituto Oncoguia participaram dos dois dias de mutirão para orientar sobre câncer de pele, prevenção e tratamento. No total, pacientes foram atendidos e 154 biópsias foram realizadas. Para aqueles que necessitam de tratamento, o ISMD fará todo o acompanhamento dos casos, inclusive, o agendamento para retorno foi feito no próprio mutirão. Confira fotos do evento: Cadastramento e espera para consultas Salas de consultas

3 Exames de triagem realizados e voluntária do Instituto Oncoguia Cirurgias e biópsias realizadas Total de pessoas atendidas: Total atendimentos 2) Doações Nas épocas em que não ocorrem emergências, a Cruz Vermelha de São Paulo auxilia diversas creches, instituições e comunidades com doações de alimentos, itens de higiene pessoal e itens de limpeza. Esses locais são cadastrados e recebem visitas constantes da instituição. No mês de junho, realizamos doações para os seguintes locais: Casa de Apoio à Criança com Câncer Vida Divina: É uma associação sem fins econômicos, com a finalidade de prestar apoio a crianças e adolescentes com câncer, vindas de outros Estados. Em junho, doamos 385 kg de alimentos, roupas e sapatos. Exército de Salvação: O Exército de Salvação mantém abrigos, centros de educação infantil, oferece qualificação profissional entre outras ações sociais em diversos locais no mundo. Em junho, doamos 365 kg de roupas, sapatos e alimentos.

4 Luz para o Mundo: A associação distribui material e apóia moradores de rua na Fazenda da Juta, Zona Leste de São Paulo. No mês de junho, doamos kg de itens como roupas, sapatos, produtos de higiene e alimentos. Creche Imaculado Coração de Maria do Jardim Princesa: O complexo de creches Imaculado Coração de Maria do Jd. Princesa está localizado na Brasilândia, Zona Norte de São Paulo, e mantém 580 crianças da comunidade. No mês de junho, doamos kg de leite especial. Instituição Servidoras do Senhor e da Virgem de Matará: É uma organização religiosa que mantém duas obras sociais, sendo uma creche e uma instituição de longa permanência para idosos. Atualmente atende 35 crianças, 68 idosos e 40 famílias da comunidade com doações de alimentos, roupas e itens de higiene pessoal e limpeza. Em junho, doamos 120 kg de alimentos e roupas. Projeto Viver - Associação Viver em Família para um Futuro Melhor: A Associação desenvolve projetos que têm o objetivo de proporcionar o desenvolvimento integral da criança e adolescente e da própria comunidade. São realizados 235 atendimentos por mês. Em junho, doamos 400 kg de roupas, sapatos, bolsas, brinquedos e alimentos. Centro de Promoção Social Bororé: O Centro tem como missão contribuir para a formação humana e social da comunidade local, no Grajaú, Zona Sul de São Paulo. Atende diariamente cerca de 140 crianças e adolescentes de 00 a 18 anos. Em junho, doamos 260 kg de brinquedos, roupas e sapatos. Paróquia São Sebastião: Paróquia localizada em Embu-Guaçu, Grande São Paulo. Auxilia mais de 100 famílias da Comunidade São João Batista, no bairro de Gramado. Em junho, doamos 80 kg de alimentos, roupas, sapatos e cobertores. Projeto Chance Paraisópolis: O Projeto Chance promove cursos prévestibulares e cursos de inglês para cerca de 100 pessoas ao ano. Todo trabalho é realizado por professores voluntários e oferecido gratuitamente à comunidade. Em junho, doamos 460 kg de roupas, sapatos e alimentos. Total de itens doados: Total kg 3) Campanha do Agasalho 2013 Todo ano a Cruz Vermelha de São Paulo realiza a Campanha do Agasalho para ajudar comunidades carentes a enfrentar o frio do inverno em nossa região. Em 2013, os locais beneficiados pela Campanha são: Comunidade Rocinha Paulistana, Jova Rural, Lajeado Paulista, Parada de Taipas, Capão Redondo, Cidade Tiradentes e pessoas em situação de rua atendidas pelas Tendas de Atenção Urbana no Centro de São Paulo.

5 Todas as comunidades participantes da Campanha do Agasalho 2013 tiveram seus beneficiados cadastrados, com o intuito de sabermos, além da situação socioeconômica, os tamanhos das roupas e idade de cada um. O objetivo dessa triagem é qualificar as doações que chegam às pessoas em situação vulnerável, permitindo que todas recebam materiais de qualidade e com dignidade. Continuamos as entregas de agasalhos e cobertores atendendo 323 famílias, total de pessoas, das comunidades de Jova Rural e Cidade Tiradentes. As entregas tiveram início no mês de abril e totalizaram, até o fim de junho, 692 famílias beneficiadas, o equivalente a pessoas atendidas. Além das comunidades cadastradas, em junho doamos 300 kg de roupas e cobertores às pessoas em situação de rua atendidas pelas Tendas de Atenção Urbana, localizadas no Centro de São Paulo. Os espaços de convivência, criados pela Prefeitura de São Paulo, atendem cerca de pessoas por dia e oferecem alimentação, atividades recreativas, promoção à saúde e higiene. Entrega de Agasalhos em Cidade Tiradentes Entrega de doações em Jova Rural

6 Total de itens doados e pessoas atendidas: Total Total pessoas kg 4) Projeto Parceria Ativa A Cruz Vermelha de São Paulo desenvolve ações que causam transformações positivas nas comunidades carentes, visando transmitir conhecimentos úteis para a população, com as temáticas de saúde, cidadania e educação. Buscando amenizar a falta dessas informações, a Cruz Vermelha de São Paulo colocou em prática o projeto Parceria Ativa, com o objetivo de acompanhar as instituições cadastradas a fim de levantar suas principais necessidades e adequá-las às propostas da instituição, além de aperfeiçoar o seu trabalho buscando referências em instituições que são exemplo. No mês de junho, desenvolvemos as seguintes atividades: Visitas A Cruz Vermelha de São Paulo visita todas as instituições que cadastra com o objetivo de conhecer o trabalho desenvolvido, propor parcerias e assegurar a qualidade e idoneidade da instituição. Em junho, visitamos a Associação de Moradores do Parque do Carmo, instituição que atende cerca de 150 famílias por mês com distribuição de leite e alimentos, além de mobilizar-se com propostas públicas de moradia, saúde, entre outras questões de interesse da população local. Atividades realizadas CEU Meninos de Heliópolis A Cruz Vermelha de São Paulo, em parceria com a empresa Medtronic, realizou uma capacitação em Primeiros Socorros Doenças Cardíacas para 150 pessoas moradoras da comunidade de Heliópolis, Zona Sul de São Paulo. Coordenados pelo voluntário Fábio Leança, funcionários da empresa foram capacitados e, na comunidade, puderam exercer na prática as atividades ensinadas. Capacitação em Primeiros Socorros em Heliópolis

7 Casa do Caminho Em junho, a Cruz Vermelha de São Paulo, por intermédio da nutricionista voluntária Paola Nunes, realizou avaliação antropométrica em 6 pessoas, sendo uma criança e cinco adultos com deficiência que são assistidos pela Casa do Caminho. Instituto Muda Brasil A voluntária médica Maria do Carmo realizou um plantão para avaliar 7 crianças do Instituto Muda Brasil. Centro para Juventude Anhanguera Em 26 de junho, a Cruz Vermelha de São Paulo, por meio da voluntária enfermeira Vanessa Correa da equipe de Promoção à Saúde, realizou a palestra Saúde e Bem-Estar para 20 adolescentes atendidos pelo Centro para Juventude Anhanguera. Fundação Gol de Letra Em junho, o voluntário Daniel Junio ministrou uma palestra sobre Álcool e Drogas para 20 pais e mães das crianças e adolescentes assistidos pela Fundação Gol de Letra. Palestra na Fundação Gol de Letra

8 Total de pessoas atendidas no mês: Total 203 pessoas 5) Capacitação em Primeiros Socorros A Cruz Vermelha Brasileira Filial do Estado de São Paulo vai participar da Jornada Mundial da Juventude, maior evento internacional da Igreja Católica. Este ano, o Rio de Janeiro vai receber o Papa Francisco entre os dias 22 e 28 de julho e espera receber cerca de 3 milhões de fiéis do mundo todo. A participação da Cruz Vermelha de São Paulo será nos dias 27 e 28 de julho, em auxílio a Cruz Vermelha do Rio de Janeiro, com voluntários capacitados para realização de atendimentos pré-hospitalares e primeiros socorros. Em São Paulo, a Cruz Vermelha participa também da Semana Missionária, um evento preparatório para a visita do Papa, que será marcada por uma vigília no dia 20 de julho, na praça Heróis da FEB, em Santana, Zona Norte. Na ocasião, voluntários vão atuar em atendimentos pré-hospitalares e primeiros socorros, em parceria com o Exército Brasileiro e SAMU. Além da participação nos eventos, a Cruz Vermelha de São Paulo capacitou cerca de 80 voluntários da Arquidiocese para que estejam aptos a realizar atendimentos de primeiros socorros nos eventos religiosos. Voluntários da Jornada Mundial da Juventude são capacitados em Primeiros Socorros Total pessoas atendidas: Total 80 pessoas 6) Projeto Mais Saúde Mutirões de Saúde A Cruz Vermelha Brasileira Filial do Estado de São Paulo, cumprindo sua missão de prevenir e atenuar o sofrimento humano, promove ações voltadas à população vulnerável a fim de melhorar sua qualidade de vida, aumentar os níveis de saúde e bem-estar e apoiar o desenvolvimento social. As campanhas de saúde levam serviços efetivos à população, atendendo as comunidades que se encontram em situação de risco social e propondo serviços de cidadania e saúde ao maior número de pessoas, atuando em parceria com órgãos públicos, organizações não governamentais, igrejas, redes sociais e empresas. No mês de junho participamos dos seguintes Mutirões:

9 Virada Sustentável O mutirão de cidadania foi organizado pela Rede Social do Centro e fez parte da programação da Virada Sustentável O objetivo da Rede Social é levar serviços de cidadania e promoção à saúde aos moradores do Centro, principalmente os que vivem em situação de rua. A Cruz Vermelha de São Paulo realizou, na ocasião, 259 aferições de pressão arterial e 238 exames de glicemia capilar, totalizando 497 procedimentos. Virada sustentável Centro Social Carisma Em junho, participamos da Ação Social, organizada pelo Centro Social Carisma, localizado em Osasco. Na ocasião, realizamos 80 atendimentos entre aferição de pressão arterial e exames de glicemia capilar. Voluntários participantes da Ação Social Igreja Metodista Em junho, participamos do Mutirão de Saúde e Vacinação da Pólio organizado pela Igreja Metodista, no Jardim Aeroporto. Na ocasião, foram feitos 82 procedimentos, sendo 41 exames de pressão arterial e 41 testes de glicemia capilar. Em parceria com os dentistas voluntários da Igreja Metodista que utilizou o nosso equipamento odontológico, atendemos 40 pessoas realizando procedimentos como obturação, extração e limpeza.

10 Total pessoas beneficiadas em junho: Total 699 pessoas 7) Gestão de Voluntários Formações Específicas Após a conclusão da Formação Básica Institucional, em quatro encontros, os voluntários iniciantes escolhem as áreas em que querem atuar e são encaminhados às Formações Específicas. Em junho, ocorreu o terceiro treinamento da equipe de Resposta a Desastres, quando os novos voluntários receberam orientações para pranchamento e manobras de RCP. Em junho, os voluntários veteranos da equipe de Resposta a Desastre foram submetidos a uma avaliação de todo conteúdo ensinado. O objetivo foi verificar quais as dificuldades de assimilação para melhor aproveitamento dos treinamentos. Treinamento do novo grupo Logística Em junho, realizamos também o segundo treinamento da equipe de Logística, quando foram apresentados temas como Carta Humanitária, Projeto Esfera e organização de abrigos para vítimas de desastres.

11 Treinamento da equipe de Logística 8) Formatura dos Voluntários Em junho, realizamos a Formatura de Voluntários, solenidade em que foram homenageados e certificados os 60 voluntários que passaram pelo processo de integração e formação ao Voluntariado da Cruz Vermelha de São Paulo, em agosto de 2012 e janeiro de Durante quatro encontros, o candidato a voluntário conhece a história do Movimento Internacional da Cruz Vermelha, a lei do serviço voluntário, as áreas de atuação e participa de treinamentos práticos como Primeiros Socorros. A assiduidade nesses encontros é fundamental para a formação do corpo de voluntários e seu fortalecimento. Devido a isso, todos os formandos são merecedores do título de Voluntário da Cruz Vermelha de São Paulo. Na ocasião, após assistirem ao vídeo em que líderes de comunidades auxiliadas pela Cruz Vermelha de São Paulo manifestaram seu agradecimento e receberem os certificados, participaram de um sorteio de 5 pares de convite para um dia de lazer no Clube Campestre, às margens da Represa Billings, Zona Sul de São Paulo. Desde a sua fundação, em 1912, a Cruz Vermelha de São Paulo atua em benefício de pessoas em situação de vulnerabilidade social. Como parte de um movimento mundial, que oferece assistência humanitária, ao longo dos anos a entidade tem expandido os seus serviços, sempre com o objetivo de prevenir e amenizar o sofrimento humano. Para a concretização dessa missão, é imprescindível o apoio e a dedicação dos voluntários, verdadeira essência da instituição, conforme destacou na ocasião o Sr. Fernando Ricardo Garzon, Secretário Geral da Cruz Vermelha de São Paulo. Voluntários foram certificados e o Secretário Geral, Sr. Fernando Ricardo Garzon, falou da importância dos voluntários para a Cruz Vermelha

12 Voluntários formandos reunidos 9) Total do mês Pessoas atendidas Doações enviadas 9,324 kg 10) Parceiros do mês

13

14

15

16

17

1) Campanha do Agasalho

1) Campanha do Agasalho 1) Campanha do Agasalho A Cruz Vermelha Brasileira Filial do Estado de São Paulo realiza a Campanha do Agasalho para ajudar comunidades carentes a enfrentar o inverno. Neste ano, além da arrecadação e

Leia mais

1) Campanha do Agasalho

1) Campanha do Agasalho Junho 2014 1) Campanha do Agasalho Todo ano a Cruz Vermelha de São Paulo realiza a Campanha do Agasalho para ajudar comunidades carentes a enfrentar o frio do inverno em nossa região. Em 2014, os locais

Leia mais

1) Projeto Mais Saúde - Mutirões de Saúde

1) Projeto Mais Saúde - Mutirões de Saúde 1) Projeto Mais Saúde - Mutirões de Saúde A Cruz Vermelha Brasileira Filial do Estado de São Paulo, cumprindo sua missão de prevenir e atenuar o sofrimento humano, promove ações voltadas à população vulnerável

Leia mais

1) Campanha do Agasalho 2013

1) Campanha do Agasalho 2013 1) Campanha do Agasalho 2013 Todo ano a Cruz Vermelha de São Paulo realiza a Campanha do Agasalho para ajudar comunidades carentes a enfrentar o frio do inverno em nossa região. Em 2013, os locais beneficiados

Leia mais

1) Socorro e Desastre Itaóca

1) Socorro e Desastre Itaóca 1) Socorro e Desastre Itaóca A Cruz Vermelha Brasileira Filial do Estado de São Paulo deslocou um grupo de voluntários para prestar ajuda aos moradores da cidade de Itaóca, localizada no interior do estado,

Leia mais

http://g1.globo.com/videos/sao-paulo/sptv-1edicao/t/edicoes/v/campanha-da-cruzvermelha-de-sp-beneficia-comunidades-carentes/2537201/

http://g1.globo.com/videos/sao-paulo/sptv-1edicao/t/edicoes/v/campanha-da-cruzvermelha-de-sp-beneficia-comunidades-carentes/2537201/ 1) Campanha do Agasalho 2013 Todo ano a Cruz Vermelha de São Paulo realiza a Campanha do Agasalho para ajudar comunidades carentes a enfrentar o frio do inverno em nossa região. Em 2013, os locais beneficiados

Leia mais

Imagem do incêndio na comunidade de Tribo e famílias recebendo doações da Cruz Vermelha de São Paulo

Imagem do incêndio na comunidade de Tribo e famílias recebendo doações da Cruz Vermelha de São Paulo 1) Socorro e Desastre Incêndio na Brasilândia No dia 26 de setembro, a comunidade conhecida como Tribo, localizada na Brasilândia, Zona Norte de São Paulo, sofreu com um incêndio ocasionado por uma explosão

Leia mais

1) Campanhas de Saúde

1) Campanhas de Saúde 1) Campanhas de Saúde A Cruz Vermelha Brasileira Filial do Estado de São Paulo, cumprindo sua missão de prevenir e atenuar o sofrimento humano, promove ações voltadas à população vulnerável a fim de melhorar

Leia mais

1) Jornada Mundial da Juventude

1) Jornada Mundial da Juventude 1) Jornada Mundial da Juventude A Cruz Vermelha Brasileira Filial do Estado de São Paulo participou da Jornada Mundial da Juventude, maior evento internacional da Igreja Católica. Este ano, o Rio de Janeiro

Leia mais

1) Simulado Exército Brasileiro

1) Simulado Exército Brasileiro 1) Simulado Exército Brasileiro A Cruz Vermelha Brasileira Filial do Estado de São Paulo participou pelo segundo ano consecutivo, dos dias 23 ao dia 27 de novembro, do Exercício Agulhas Negras Operação

Leia mais

1)Campanha Pré-Calamidade

1)Campanha Pré-Calamidade 1)Campanha Pré-Calamidade A Cruz Vermelha de São Paulo, no cumprimento de sua missão de ajuda humanitária e de auxiliar as comunidades carentes, que sofrem com as enchentes e desabamentos provocados pelas

Leia mais

1) Simulado Exército Brasileiro

1) Simulado Exército Brasileiro 1) Simulado Exército Brasileiro A Cruz Vermelha Brasileira Filial do Estado de São Paulo participou, dos dias 01 a 04 de novembro, do Exercício Agulhas Negras Operação Paraibuna, organizado pela 2 Divisão

Leia mais

1 Campanha do Agasalho

1 Campanha do Agasalho 1 Campanha do Agasalho A Cruz Vermelha de São Paulo encerrou, no dia 31 de julho, a Campanha do Agasalho 2011, que beneficiou quatro comunidades de São Paulo: Vila Brasilândia, Jardim Pantanal, Parelheiros

Leia mais

1)Campanha Pré-Calamidade

1)Campanha Pré-Calamidade 1)Campanha Pré-Calamidade A Cruz Vermelha de São Paulo, no cumprimento de sua missão de ajuda humanitária e de auxiliar as comunidades carentes, que sofrem com as enchentes e desabamentos provocados pelas

Leia mais

1) Socorro e Desastre Taquarituba

1) Socorro e Desastre Taquarituba 1) Socorro e Desastre Taquarituba Em 22 de setembro, um tornado atingiu a cidade de Taquarituba (328 km a oeste de São Paulo) e destruiu quase completamente o centro da cidade e outros dois bairros - Jardim

Leia mais

1) Natal Mágico Cruz Vermelha

1) Natal Mágico Cruz Vermelha 1) Natal Mágico Cruz Vermelha O Natal Mágico Cruz Vermelha proporcionou momentos os de diversão e alegria a 600 crianças carentes/excepcionais de oito instituições, orfanatos, comunidades e creches de

Leia mais

1) Campanhas de Saúde

1) Campanhas de Saúde 1) Campanhas de Saúde A Cruz Vermelha Brasileira Filial do Estado de São Paulo, cumprindo sua missão de prevenir e atenuar o sofrimento humano, promove ações voltadas à população vulnerável a fim de melhorar

Leia mais

Relatório CVBSP. de Atividades. Março/2015

Relatório CVBSP. de Atividades. Março/2015 Março/2015 CVBSP Relatório de Atividades Índice. Resultados Gerais 03. Socorro e Desastre 04. Primeiros Socorros 05. Promoção à Saúde 06. Programas Comunitários 07. Comunicação 09. Juventude 09. Filiais

Leia mais

1) Campanha do Agasalho 2014

1) Campanha do Agasalho 2014 Março 2014 1) Campanha do Agasalho 2014 Todo ano a Cruz Vermelha de São Paulo realiza a Campanha do Agasalho para ajudar comunidades carentes a enfrentar o frio do inverno em nossa região. Em 2014, os

Leia mais

1) Socorro e Desastre

1) Socorro e Desastre Maio 2014 1) Socorro e Desastre Missão Paz Uma equipe composta de 40 voluntários esteve, nos dias 03 e 04 de maio, na Missão Paz, no Glicério, Região Central da cidade, a fim de ajudar na organização e

Leia mais

1) Dia Mundial da Cruz Vermelha

1) Dia Mundial da Cruz Vermelha 1) Dia Mundial da Cruz Vermelha No dia 08 de maio comemora-se o Dia Mundial da Cruz Vermelha, que marca o aniversário de seu fundador, Henry Dunant. O Movimento Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente

Leia mais

1) Socorro e Desastre

1) Socorro e Desastre Abril 2014 1) Socorro e Desastre Rondônia A Cruz Vermelha Brasileira organizou a Operação Rio Madeira com o objetivo de prestar apoio e capacitação para população afetada pelas chuvas em Porto Velho, Rondônia.

Leia mais

1)Campanha Pré-Calamidade

1)Campanha Pré-Calamidade 1)Campanha Pré-Calamidade A Cruz Vermelha de São Paulo, no cumprimento de sua missão de ajuda humanitária e de auxiliar as comunidades carentes, que sofrem com as enchentes e desabamentos provocados pelas

Leia mais

1) 7 de Setembro. Voluntários participam do desfile de 7 de Setembro, representando a Cruz Vermelha

1) 7 de Setembro. Voluntários participam do desfile de 7 de Setembro, representando a Cruz Vermelha Setembro 2014 1) 7 de Setembro A Cruz Vermelha de São Paulo esteve presente no Desfile Cívico-Militar que aconteceu no Sambódromo do Anhembi, no dia 7 de setembro, em comemoração aos 192 anos da independência

Leia mais

Relatório CVBSP. de Atividades. Jan Fev/2015

Relatório CVBSP. de Atividades. Jan Fev/2015 Jan Fev/2015 CVBSP Relatório de Atividades Índice. Resultados Gerais 03. Socorro e Desastre 04. Primeiros Socorros 05. Promoção à Saúde 06. Programas Comunitários 07. Juventude 09. Voluntariado 09. Expediente

Leia mais

1) Mutirões em Comemoração ao Centenário da Cruz Vermelha de São Paulo

1) Mutirões em Comemoração ao Centenário da Cruz Vermelha de São Paulo 1) Mutirões em Comemoração ao Centenário da Cruz Vermelha de São Paulo Em comemoração aos seus 100 anos, a Cruz Vermelha de São Paulo realizou mutirões em parques e escolas, em parceria com o Instituto

Leia mais

1) Campanha do Agasalho 2014

1) Campanha do Agasalho 2014 Fevereiro 2014 1) Campanha do Agasalho 2014 Todo ano a Cruz Vermelha de São Paulo realiza a Campanha do Agasalho para ajudar comunidades carentes a enfrentar o frio do inverno em nossa região. Em 2014,

Leia mais

Relatório CVBSP. de Atividades. Abril/2015

Relatório CVBSP. de Atividades. Abril/2015 Abril/2015 CVBSP Relatório de Atividades Índice. Resultados Gerais 03. Socorro e Desastre 04. Primeiros Socorros 05. Promoção à Saúde 06. Programas Comunitários 07. Comunicação 10. Juventude 10. Filiais

Leia mais

1) Socorro e Desastre

1) Socorro e Desastre 1) Socorro e Desastre Cubatão A forte chuva que assolou o município de Cubatão, em São Paulo, nos meses de fevereiro e março deixou cerca de 200 pessoas desabrigadas. A Cruz Vermelha de São Paulo, buscando

Leia mais

1) Socorro e Desastre

1) Socorro e Desastre 1) Socorro e Desastre Carnaval Cerquilho Entre os dias 08 e 12 de fevereiro, durante as comemorações do Carnaval na cidade de Cerquilho, 21 voluntários realizaram 30 atendimentos pré-hospitalares em casos

Leia mais

Projetos Sociais da Faculdade Campo Real CIDADANIA REAL 1. O que é o projeto? 2. Em que consistem as atividades do projeto?

Projetos Sociais da Faculdade Campo Real CIDADANIA REAL 1. O que é o projeto? 2. Em que consistem as atividades do projeto? Projetos Sociais da Faculdade Campo Real A promoção da cidadania é qualidade de toda instituição de ensino consciente de sua relevância e capacidade de atuação social. Considerando a importância da Faculdade

Leia mais

1 Socorro e Desastre. Associação Cultural e Assistencial da Liberdade

1 Socorro e Desastre. Associação Cultural e Assistencial da Liberdade 1 Socorro e Desastre No dia 11 março de 2011, um terremoto seguido de tsunami atingiu o Japão, deixando 147 mil pessoas desabrigadas, mais de 10 mil mortas e 15 mil desaparecidas. As províncias mais afetadas

Leia mais

1) Natal Mágico Cruz Vermelha

1) Natal Mágico Cruz Vermelha 1) Natal Mágico Cruz Vermelha O Natal Mágico Cruz Vermelha proporcionou momentos de diversão e alegria a 400 crianças carentes/excepcionais de diversas instituições, orfanatos, comunidades e creches de

Leia mais

Lions Clube Centro-São José dos Campos

Lions Clube Centro-São José dos Campos Lions Clube Centro-São José dos Campos Projeto Transformação BRASIL Transformação é um projeto que visa ampliar as oportunidades educativas, investindo no desenvolvimento do potencial de cada criança e

Leia mais

PROJETO BRASIL CONTRA A VIOLÊNCIA

PROJETO BRASIL CONTRA A VIOLÊNCIA 1 Ordem dos Advogados do Brasil Seção Minas Gerais Comissão OABCidadã PROJETO BRASIL CONTRA A VIOLÊNCIA Em Minas Gerais, a Secional da Ordem dos Advogados do Brasil, através da Comissão OAB/Cidadã, já

Leia mais

Balanço Social UNINORTE 2015

Balanço Social UNINORTE 2015 Balanço Social UNINORTE 2015 Diretora Acadêmica Vanessa Voglio Igami Diretora Administra va Ká a Cris na Do o Gasparini Diretora Comercial Indira Maria Kitamura Diretor Financeiro Fábio Ricardo Leite Secretária

Leia mais

Relatório CVBSP. de Atividades JUN/2015. Foto: Tiago Santos

Relatório CVBSP. de Atividades JUN/2015. Foto: Tiago Santos JUN/2015 CVBSP Relatório de Atividades Foto: Tiago Santos Índice. Resultados Gerais 03. Socorro e Desastre 04. Primeiros Socorros 05. Promoção à Saúde 06. Programas Comunitários 08. Comunicação 10. Juventude

Leia mais

Igreja Adventista do 7º Dia - Central de Vitória Av. Carlos Moreira Lima, 1200 Ilha de Monte Belo CEP 29.050-650 Vitória, ES, Brasil Tel.

Igreja Adventista do 7º Dia - Central de Vitória Av. Carlos Moreira Lima, 1200 Ilha de Monte Belo CEP 29.050-650 Vitória, ES, Brasil Tel. Projeto de Acompanhamento de famílias Consiste no acompanhamento de famílias em situação de vulnerabilidade social e realização de ações visando auxiliar a família a melhorar sua qualidade de vida e aumentar

Leia mais

Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais

Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais Estatuto da Criança e do Adolescente: 18 anos, 18 Compromissos A criança e o adolescente no centro da gestão municipal O Estatuto

Leia mais

Histórico Rede Evangélica Nacional de Ação Social (RENAS) agosto de 2010 no Recife Transformando a sociedade a partir da igreja local

Histórico Rede Evangélica Nacional de Ação Social (RENAS) agosto de 2010 no Recife Transformando a sociedade a partir da igreja local Histórico Esta campanha tem sua origem no contexto do V Encontro Nacional da Rede Evangélica Nacional de Ação Social (RENAS) em agosto de 2010 no Recife PE. Nessa ocasião, o enfoque do evento foi: Transformando

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENFERMAGEM

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENFERMAGEM UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENFERMAGEM RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR II REALIZADO NA UNIDADE BÁSICA DE SÁUDE VILA GAÚCHA PRISCILA DOS SANTOS LEDUR Porto Alegre 2011 PRISCILA DOS

Leia mais

LEI Nº 310/2009, DE 15 DE JUNHO DE 2009.

LEI Nº 310/2009, DE 15 DE JUNHO DE 2009. LEI Nº 310/2009, DE 15 DE JUNHO DE 2009. DISPÕE SOBRE A REESTRUTURAÇÃO DO DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE SAÚDE, CRIAÇÃO DO DEPARTAMENTO DE ASSISTÊNCIA E DESENVOLVIMENTO SOCIAL, DA DIVISÃO DE MEIO-AMBIENTE E

Leia mais

Relatório de Ações 2012-2013. Socioambientais

Relatório de Ações 2012-2013. Socioambientais Relatório de Ações 2012-2013 Socioambientais O compromisso com o investimento em ações sociais foi sempre uma prática do Grupo 7COMm e de seus colaboradores. Com a expansão de suas atividades e a modernização

Leia mais

Relat a óri r o Despert r ar r 2 013

Relat a óri r o Despert r ar r 2 013 Relatório Despertar 2013 2 Apoiada na crença de que é possível contribuir para o desenvolvimento humano na totalidade dos seus potenciais, a Associação Comunitária Despertar, realiza anualmente ações que

Leia mais

Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente - FUMCAD

Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente - FUMCAD Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente - FUMCAD O Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FUMCAD) aprovou três projetos do Instituto Saúde e Sustentabilidade para serem

Leia mais

2.2 São considerados passíveis de concorrer aos recursos (brinquedoteca e capacitação) desta Chamada Pública, as instituições que:

2.2 São considerados passíveis de concorrer aos recursos (brinquedoteca e capacitação) desta Chamada Pública, as instituições que: 1. APRESENTAÇÃO 1.1 O projeto Recrear defende a importância do Brincar para o desenvolvimento infantil. Por meio da brincadeira, uma criança aprende e desenvolve seu corpo, suas habilidades sociais, de

Leia mais

CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CRAS

CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CRAS CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CRAS Porta de entrada dos munícipes que necessitam das ações de assistência social que potencializam a família, a comunidade de referência, fortalecendo seus

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS / 2014. Convênio Municipal Secretaria de Desenvolvimento Social

RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS / 2014. Convênio Municipal Secretaria de Desenvolvimento Social RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS / 2014 Convênio Municipal Secretaria de Desenvolvimento Social Entidade: Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil Endereço: Rua Antônio Miguel Pereira

Leia mais

1. Centro para a Juventude. 199 jovens frequentaram os cursos de:

1. Centro para a Juventude. 199 jovens frequentaram os cursos de: Relatório Despertar 2014 2 Apoiada na crença de que é possível contribuir para o desenvolvimento humano na totalidade dos seus potenciais, a Associação Comunitária Despertar, realiza anualmente ações que

Leia mais

SEMEAR Serviço Médico Educacional de Atendimento em Reabilitação, uma entidade considerada de utilidade Pública Federal, com data de fundação em 12 de Outubro de 1985, foi registrado como Associação Civil

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 1. Palestras informativas O que é ser voluntário Objetivo: O voluntariado hoje, mais do que nunca, pressupõe responsabilidade e comprometimento e para que se alcancem os resultados

Leia mais

visitas às instituições sociais. Os colaboradores voluntários também foram consultados, por meio da aplicação de um questionário.

visitas às instituições sociais. Os colaboradores voluntários também foram consultados, por meio da aplicação de um questionário. 1. Apresentação O Voluntariado Empresarial é um dos canais de relacionamento de uma empresa com a comunidade que, por meio da atitude solidária e proativa de empresários e colaboradores, gera benefícios

Leia mais

Árvore Solidária. Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente)

Árvore Solidária. Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente) Árvore Solidária Mostra Local de: Maringá Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente) Nome da Instituição/Empresa: Cooperativa Sicredi União PR/SP Cidade: O projeto

Leia mais

Coordenação Técnica. Iniciativa

Coordenação Técnica. Iniciativa Coordenação Técnica Iniciativa Características do programa Conjunto de ações de formação para jovens entre 16 a 21 anos moradores das periferias das grandes metrópoles. Objetivos compartilhados Coordenação

Leia mais

Ação Social Cooperada

Ação Social Cooperada Ação Social Cooperada Relatório de Atividades 2012 Cooperativismo em benefício de todos Cooperar é colaborar, é pensar e atuar coletivamente em benefício do todo. Como princípio do cooperativismo, a educação

Leia mais

BOAS PRÁTICAS NO MUNICÍPIO DE LIMEIRA

BOAS PRÁTICAS NO MUNICÍPIO DE LIMEIRA Prefeitura Municipal de Limeira Programa Cidades Sustentáveis BOAS PRÁTICAS BOAS PRÁTICAS NO MUNICÍPIO DE LIMEIRA SECRETARIA MUNICIPAL: Centro de Promoção Municipal de Limeira CEPROSOM NOME DO PROJETO:

Leia mais

Sumário: 1. Saúde 1.1. Estratégia da Saúde da Família no território 2.1 (Rio de Janeiro);

Sumário: 1. Saúde 1.1. Estratégia da Saúde da Família no território 2.1 (Rio de Janeiro); PLANO DE TRABALHO 2014 Sumário: 1. Saúde 1.1. Estratégia da Saúde da Família no território 2.1 (Rio de Janeiro); 1.2. Estratégia da Saúde da Família no território 3.1 (Rio de Janeiro); 1.3. Estratégia

Leia mais

A PRÁTICA PROFISSIONAL DO ASSISTENTE NA APAM-ASSOCIAÇÃO DE PROMOÇÃO A MENINA DE PONTA GROSSA.

A PRÁTICA PROFISSIONAL DO ASSISTENTE NA APAM-ASSOCIAÇÃO DE PROMOÇÃO A MENINA DE PONTA GROSSA. A PRÁTICA PROFISSIONAL DO ASSISTENTE NA APAM-ASSOCIAÇÃO DE PROMOÇÃO A MENINA DE PONTA GROSSA. SILVA, Jessica Da¹. NADAL, Isabela Martins². GOMES, R.C. Ana³. RESUMO: O presente trabalho é referente à prática

Leia mais

QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA!

QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA! QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA! NOSSA VISÃO Um mundo mais justo, onde todas as crianças e todos os adolescentes brincam, praticam esportes e se divertem de forma segura e inclusiva. NOSSO

Leia mais

1) Campanha do Agasalho

1) Campanha do Agasalho Julho 2014 1) Campanha do Agasalho Todo ano a Cruz Vermelha de São Paulo realiza a Campanha do Agasalho para ajudar comunidades carentes a enfrentar o frio do inverno em nossa região. Em 2014, estão sendo

Leia mais

Gestão de Pessoas. - Saúde do Servidor -

Gestão de Pessoas. - Saúde do Servidor - Gestão de Pessoas - Saúde do Servidor - Promoção de Saúde e Bem-Estar Desenvolve programas destinados à prevenção de doenças, à promoção de saúde e de qualidade de vida. Realiza campanhas, palestras e

Leia mais

Histórico da organização

Histórico da organização Fevereiro, 2014 Histórico da organização Fundação da Cyrela em São Paulo Início do Programa de alfabetização Construindo Pessoas Abertura de capital. Passa a se chamar Cyrela Brazil Realty S.A. Início

Leia mais

PROJETO DE ESTRUTURAÇÃO SAÚDE PÚBLICA Prefeitura Municipal de Itapeva - SP. Maio de 2014

PROJETO DE ESTRUTURAÇÃO SAÚDE PÚBLICA Prefeitura Municipal de Itapeva - SP. Maio de 2014 PROJETO DE ESTRUTURAÇÃO SAÚDE PÚBLICA Prefeitura Municipal de Itapeva - SP Maio de 2014 UMA RÁPIDA VISÃO DA SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL HOJE Estrutura com grandes dimensões, complexa, onerosa e com falta de

Leia mais

THALITA KUM PROJETO - CUIDANDO COM HUMANIDADE DOS ACAMADOS E DE SEUS CUIDADORES.

THALITA KUM PROJETO - CUIDANDO COM HUMANIDADE DOS ACAMADOS E DE SEUS CUIDADORES. THALITA KUM PROJETO - CUIDANDO COM HUMANIDADE DOS ACAMADOS E DE SEUS CUIDADORES. ANA LUCIA MESQUITA DUMONT; Elisa Nunes Figueiredo. Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte SMSA-BH (Atenção Básica)

Leia mais

PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO. Categoria Franqueador Senior

PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO. Categoria Franqueador Senior PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueador Senior Dados da empresa Razão Social: Sorridents Franchising Ltda Nome Fantasia: Sorridents Clínicas Odontológicas

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Inverno Solidário Cocamar

Mostra de Projetos 2011. Inverno Solidário Cocamar Mostra de Projetos 2011 Inverno Solidário Cocamar Mostra Local de: Maringá Categoria do projeto: Projetos em implantação, com resultados parciais. Cocamar Inverno Solidário Cidade: Maringá Contato: thainara.melo@cocamar.br

Leia mais

Edital de Seleção. Edital de seleção PROGRAMA DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA E PROGRAMA JOVENS PESQUISADORES para organizações da sociedade civil

Edital de Seleção. Edital de seleção PROGRAMA DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA E PROGRAMA JOVENS PESQUISADORES para organizações da sociedade civil Edital de seleção PROGRAMA DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA E PROGRAMA JOVENS PESQUISADORES para organizações da sociedade civil Início das inscrições: 22 de fevereiro de 2013 Final das inscrições: 20 de março de

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DA FACULDADE DE MANTENA 2010-2014

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DA FACULDADE DE MANTENA 2010-2014 RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DA FACULDADE DE MANTENA 2010-2014 Mantena-MG INTRODUÇÃO A Faculdade de Mantena FAMA - é um estabelecimento particular de ensino superior, que visa a atender

Leia mais

COMO SE TORNAR UM VOLUNTÁRIO?

COMO SE TORNAR UM VOLUNTÁRIO? COMO SE TORNAR UM VOLUNTÁRIO? Apresentação Ir para a escola, passar um tempo com a família e amigos, acompanhar as últimas novidades do mundo virtual, fazer um curso de inglês e praticar um esporte são

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000082 - SERVICO SOCIAL Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000082 - SERVICO SOCIAL Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000082 - SERVICO SOCIAL Nivel: Superior Area Profissional: 0035 - SOCIAL Area de Atuacao: 0044 - RECURSOS HUMANOS/SOCIAL Atuar na area de

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2003

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2003 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2003 1. Palestras informativas O que é ser voluntário Objetivo: O voluntariado hoje, mais do que nunca, pressupõe responsabilidade e comprometimento e para que se alcancem os resultados

Leia mais

Apoio: BIT Company Franchising Rua Fidêncio Ramos, 223 conj. 131 13º andar Vila Olimpia

Apoio: BIT Company Franchising Rua Fidêncio Ramos, 223 conj. 131 13º andar Vila Olimpia Nome da empresa: BIT Company Data de fundação: Julho de 1993 Número de funcionários: 49 funcionários Localização (cidade e estado em que estão sede e franquias): Sede em São Paulo, com franquias em todo

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MOGI DAS CRUZES

PREFEITURA MUNICIPAL DE MOGI DAS CRUZES Projeto de Lei n 340/99 464 LEI N 4.864 DE 12 DE MARÇO DE 1999 Dispõe sobre a Política Municipal do Idoso, e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE MOGI DAS CRUZES; FAÇO SABER QUE A CÂMARA MUNICIPAL

Leia mais

SAS P R E F E I T U R A M U N I C I PA L S E C R E T A R I A M U N I C I PA L D E P O L Í T I C A S E A Ç Õ E S S O C I A I S E C I D A D A N I A

SAS P R E F E I T U R A M U N I C I PA L S E C R E T A R I A M U N I C I PA L D E P O L Í T I C A S E A Ç Õ E S S O C I A I S E C I D A D A N I A SAS S E C R E T A R I A M U N I C I PA L D E P O L Í T I C A S E A Ç Õ E S S O C I A I S E C I D A D A N I A CCI Vovó Zizá P R E F E I T U R A M U N I C I PA L DE CAMPO GRANDE SAS S E C R E TA R I A M

Leia mais

Esporte como fator de inclusão de jovens na sociedade FGR: Gustavo:

Esporte como fator de inclusão de jovens na sociedade FGR: Gustavo: Esporte como fator de inclusão de jovens na sociedade Entrevista cedida à FGR em Revista por Gustavo de Faria Dias Corrêa, Secretário de Estado de Esportes e da Juventude de Minas Gerais. FGR: A Secretaria

Leia mais

SERVI O SOCIAL NOVA JERUSAL M

SERVI O SOCIAL NOVA JERUSAL M SERVI O SOCIAL NOVA JERUSAL M Jardim das Paineiras Campinas/SP - Brasil - CEP.: 13.091-107 Fone.(19) 3255-8350 e-mail: falecom@ssnjcamp.org CNPJ: 67.170993/0001-10 Site: www.ssnjcamp.org SERVI O SOCIAL

Leia mais

ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos!

ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos! ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos! Documento final aprovado por adolescentes dos Estados do Amazonas, da Bahia, do Ceará, do Mato Grosso,

Leia mais

VIII Jornada de Estágio de Serviço Social O SERVIÇO SOCIAL NA PROLAR: BUSCANDO A EFETIVAÇÃO DO DIREITO À MORADIA.

VIII Jornada de Estágio de Serviço Social O SERVIÇO SOCIAL NA PROLAR: BUSCANDO A EFETIVAÇÃO DO DIREITO À MORADIA. VIII Jornada de Estágio de Serviço Social O SERVIÇO SOCIAL NA PROLAR: BUSCANDO A EFETIVAÇÃO DO DIREITO À MORADIA. LIMA Evelyn Paula Soares Matioski de 1 RIBEIRO Juliana 2 SANTOS Marcia Pedroso dos 3 SCHIMANSKI

Leia mais

OBJETIVO. Aproveitar as diversas competências dos pais e da equipe da Escola nos projetos sugeridos pela comissão

OBJETIVO. Aproveitar as diversas competências dos pais e da equipe da Escola nos projetos sugeridos pela comissão DESCRIÇÃO Grupo de mães do Conselho de Pais da Escola Nova que constituiu uma Comissão Social para propor iniciativas na CSI. Fundação assiste 221 crianças nas idades de 3 a 10 anos. Alunos se distribuem

Leia mais

Assistência Social. Casa dos Irmãos Samaritanos

Assistência Social. Casa dos Irmãos Samaritanos Assistência Social Casa dos Irmãos Samaritanos Justificativa Carência de oferta de atividades recreativas e culturais na localidade. Pela análise da ficha social, bem como pelas visitas domiciliares, verificamos:

Leia mais

Grupo Humana Alimentar

Grupo Humana Alimentar ONG +VIDA Você também pode ajudar Nos seus cinco anos de existência, várias conquistas foram possíveis. No entanto, esta organização não governamental precisa constantemente do auxílio da comunidade. Uma

Leia mais

Instituições de Longa Permanência: Desafios e Modelos Possíveis. Neuma Nogueira Coordenadora do Grupo Vida - Brasil

Instituições de Longa Permanência: Desafios e Modelos Possíveis. Neuma Nogueira Coordenadora do Grupo Vida - Brasil Instituições de Longa Permanência: Desafios e Modelos Possíveis Neuma Nogueira Coordenadora do Grupo Vida - Brasil Há 17 anos promovendo os direitos dos idosos com qualidade de vida. Nossa História O Grupo

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Terceira Idade e Movimento

Mostra de Projetos 2011. Terceira Idade e Movimento Mostra de Projetos 2011 Terceira Idade e Movimento Mostra Local de: Campina Grande do Sul Categoria do projeto: I - Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa: Secretaria

Leia mais

ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE SEGURANÇA, DEFESA E CIDADANIA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR GABINETE DO COMANDO COORDENAÇÃO GERAL DO PROJETO VERÃO LIMPO

ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE SEGURANÇA, DEFESA E CIDADANIA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR GABINETE DO COMANDO COORDENAÇÃO GERAL DO PROJETO VERÃO LIMPO ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE SEGURANÇA, DEFESA E CIDADANIA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR GABINETE DO COMANDO COORDENAÇÃO GERAL DO PROJETO VERÃO LIMPO Relatório da Etapa Vale do Guaporé (Zona da Mata)

Leia mais

ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL

ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL Das Atribuições dos Profissionais dos Recursos Humanos Atribuições comuns a todos os profissionais que integram a equipe: Conhecer a realidade das famílias pelas

Leia mais

1 Socorro e Desastre Cruz Vermelha Brasileira Filial do Estado de São Paulo Doador

1 Socorro e Desastre Cruz Vermelha Brasileira Filial do Estado de São Paulo Doador 1 Socorro e Desastre No dia 11 março de 2011, um terremoto seguido de tsunami atingiu o Japão, deixando 147 mil pessoas desabrigadas, mais de 10 mil mortas e 15 mil desaparecidas. As províncias mais afetadas

Leia mais

Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI)

Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) Presidência da República Controladoria-Geral da União Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) PROGRAMA DE ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL (PETI) O PETI é um programa do Governo Federal que

Leia mais

Trabalho voluntário: o cidadão em ações sociais

Trabalho voluntário: o cidadão em ações sociais Trabalho voluntário: o cidadão em ações sociais O trabalho voluntário vem assumindo um papel expressivo na sociedade. Adeptos da prática vêm de todas as classes sociais. Por Mayara Kelly Há seis anos,

Leia mais

PROJETO: AÇÃO DE SAÚDE

PROJETO: AÇÃO DE SAÚDE PROJETO: AÇÃO DE SAÚDE FEIRAS DE SAÚDE EM UBÁ MG Projeto realizado pela Prefeitura de Ubá MG, administração 2009-2012, em parceria com a Universidade Federal de Juiz de Fora. Coordenador Geral: Vereador

Leia mais

b. Completar a implantação da Rede com a construção de hospitais regionais para atendimentos de alta complexidade.

b. Completar a implantação da Rede com a construção de hospitais regionais para atendimentos de alta complexidade. No programa de governo do senador Roberto Requião, candidato ao governo do estado pela coligação Paraná Com Governo (PMDB/PV/PPL), consta um capítulo destinado apenas à universalização do acesso à Saúde.

Leia mais

Projeto Universitários Lassalistas em Missão

Projeto Universitários Lassalistas em Missão Projeto Universitários Lassalistas em Missão Apresentação O projeto Universitários Lassalistas em Missão surge como proposta aos Centro Universitários e Faculdades Lassalistas para oferecer aos acadêmicos

Leia mais

Projeto de Capacitação de Crianças e Adolescentes sobre Socorrismo, prevenção de acidentes, Defesa Civil e Cidadania

Projeto de Capacitação de Crianças e Adolescentes sobre Socorrismo, prevenção de acidentes, Defesa Civil e Cidadania R e s g a t e M i r i m Comunitário Projeto de Capacitação de Crianças e Adolescentes sobre Socorrismo, prevenção de acidentes, Defesa Civil e Cidadania 1 B E L O H O R I Z O N T E, S A N T A L U Z I A

Leia mais

Realização, Apoio e Colaboração: Sociedade Santos Mártires JARDIM ÂNGELA

Realização, Apoio e Colaboração: Sociedade Santos Mártires JARDIM ÂNGELA TÍTULO: UNIDADE COMUNITÁRIA DE ÁLCOOL E DROGAS JARDIM ÂNGELA NOVEMBRO 2002 AUTORES: Sérgio Luís Ferreira - Psicólogo Ronaldo Laranjeira INSTITUIÇÃO:Escola Paulista de Medicina UNIFESP Área Temática: Saúde

Leia mais

POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DA PÓS-GRADUAÇÃO DA CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO E DOS PRINCÍPIOS

POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DA PÓS-GRADUAÇÃO DA CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO E DOS PRINCÍPIOS POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DA PÓS-GRADUAÇÃO DA CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO E DOS PRINCÍPIOS Art. 1. A Política de Assistência Estudantil da Pós-Graduação da UFGD é um arcabouço de princípios e diretrizes

Leia mais

PROJETO: ATITUDE POSITIVA ITAPIRAPUÃ GOIÁS

PROJETO: ATITUDE POSITIVA ITAPIRAPUÃ GOIÁS PROJETO: ATITUDE POSITIVA ITAPIRAPUÃ GOIÁS Itapirapuã Goiás, 23 de março de 2010 1 INTRODUÇÃO 2 JUSTIFICATIVA 3 OBJETIVO 3.1 OBJETIVOS GERAIS 3.2 OBJETIVOS ESPECIFICOS 4 AÇÕES 5 RESULTADOS ESPERADOS 6

Leia mais

PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA PSE

PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA PSE 2013 PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA PSE RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS PELO PSE NO ANO DE 2013. Janeiro/2014 PREFEITURA MUNICIPAL DO SURUBIM SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA

Leia mais

IESB EM AÇÃO. Projeto IESB nas Escolas. Programa de Responsabilidade Social do IESB Cátedra Unesco

IESB EM AÇÃO. Projeto IESB nas Escolas. Programa de Responsabilidade Social do IESB Cátedra Unesco IESB EM AÇÃO Programa de Responsabilidade Social do IESB Cátedra Unesco PROJETO IESB NAS ESCOLAS O Projeto IESB nas Escolas tem como objetivo levar o estudante do IESB para aplicar na prática seus conhecimentos

Leia mais

NÚCLEO CONSTRUÇÃO E CIDADANIA DO SICEPOT-MG

NÚCLEO CONSTRUÇÃO E CIDADANIA DO SICEPOT-MG NÚCLEO CONSTRUÇÃO E CIDADANIA DO SICEPOT-MG SICEPOT-MG CONSTRUINDO UM MUNDO MELHOR O Núcleo Construção e Cidadania foi criado em 1995 para coordenar, planejar e executar as ações de Responsabilidade Social

Leia mais

MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS. Junho, 2006 Anglo American Brasil

MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS. Junho, 2006 Anglo American Brasil MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS Junho, 2006 Anglo American Brasil 1. Responsabilidade Social na Anglo American Brasil e objetivos deste Manual Já em 1917, o Sr. Ernest Oppenheimer, fundador

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - SEAS

SECRETARIA DE ESTADO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - SEAS SECRETARIA DE ESTADO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - SEAS VISÃO Ser referência na região norte na efetivação de políticas sociais que promovam o desenvolvimento regional com inclusão social. MISSÃO Contribuir

Leia mais