Desenvolvimento de Soluções WEB

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Desenvolvimento de Soluções WEB"

Transcrição

1 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE SOFTWARE Desenvolvimento de Soluções WEB Apresentação da disciplina 1º semestre de 2013 Prof. Dr. Maurício Nacib Pontuschka 1

2 Apresentações iniciais Prof. Maurício Nacib Pontuschka Bacharel em Ciência da Computação PUC-SP Mestre em Engenharia Elétrica Mackenzie Pós Graduado pelo MBIS Master Business Information Systems PUC-SP Doutor em Comunicação e Semiótica PUC-SP Professor do Departamento de Computação da PUC-SP Pós-Doutorado na área de Software Embarcado em Satélites Artificiais FDIR ( Fault Detection, Isolation and Recovery) no INPE Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (em curso) Diretor da Realide Tecnologia - atuante nas áreas de Desenvolvimento de Sistemas e Gestão de Projetos de TI 2

3 Apresentações iniciais Sua empresa Seu cargo Sua experiência experiência com tecnologia de objetos experiência em desenvolvimento de software Suas espectativas com esta disciplina 3

4 Público alvo Graduados nas áreas de Computação, Sistemas de Informação, Análise de Sistemas e Tecnologia da Informação. Desenvolvedores de software interessados em modelagem visual de sistemas. Gerentes de desenvolvimento que desejam entender melhor a tecnologia de objetos. Desejável que conheça e tenha alguma experiência em programação de computadores. 4

5 Objetivos previstos na disciplina DSW Estudar arquitetura de sistemas Desenvolver aplicações WEB / MVC básicas Conhecer os escopos de uma aplicação WEB / introdução ao JDBC Desenvolver uma geração dinâmica de páginas / filtros Conhecer o enterprise javabeans (EJB 3) Conhecer o java persistence API (JPA) / Mapeamento objeto-relacional Estudar questões a respeito da segurança de aplicações WEB 5

6 BASHAM B., SIERRA K., BATES B. Head First Servlets & JSP,O Reilly, 2nd Edition, SIERRA K., BATES B. Head First EJB, O Reilly,

7 KEITH M. SCHINCARIOL, Pro EJB 3 Java Persistence API, Apress, BAUER C., KING G. Java Persistence with Hibernate, Manning,

8 Haefel R., Burke B. Enterprise JavaNeans 3.0, O Reilly,

9 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE SOFTWARE Desenvolvimento de Soluções WEB Arquitetura de Sistemas 1º semestre de 2013 Prof. Dr. Maurício Nacib Pontuschka 9

10 Arquitetura de Sistemas Objetivo Mostrar como funciona a definição de uma arquitetura para um sistema e quais os aspectos que devem ser considerados 10

11 Arquitetura de Sistemas Questões O que é a arquitetura de um sistema? O que é uma arquitetura de referência O que é uma arquitetura de distribuição O que é uma divisão em camadas Quais são as capacidades de um arquitetura 11

12 Arquitetura de Sistemas O que é a arquitetura de um sistema? Uma representação abstrata de comportamentos e componentes do sistema. Baseada em requisitos funcionais e não-funcionais. Deve ser flexível para permitir evoluções. Não engloba detalhes de implementação. Uma arquitetura inadequada é um dos principais fatores para a falha em projetos de IT. 12

13 Arquitetura de Sistemas O que é uma arquitetura de referência? Terminologia Unificada Padrões de Componentes Definição de Responsabilidades Fornece Flexibilidade Arquitetura de Referência Estilo Para montar uma arquitetura segundo uma arquitetura de referência, deve-se escolher dentre os elementos conhecidos e combiná-los de forma apropriada. A arquitetura de referência que será utilizada é a Java EE. 13

14 Arquitetura de Sistemas O que é uma arquitetura de distribuição? Servidor de Mensagens EJB Container Gateway de Pagamentos Sistema XXX HTTPS Message Driven Beans ibatis DAO Servidor de Aplicações EJB Container Computador do Usuário DAO Message Broker JMS Session Beans Web Browser HTTPS HTTP over SSL ibatis DAO HTTPS Servidor da Operadora Sistema de Transporte de Dados SMS JDBC JDBC Servidor de Banco de Dados RMI-IIOP over SSL Servidor Web Web Container Páginas JSP Database Server Celular do Usuário Actions e Interceptors Midlet J2ME WebWork 14

15 Arquitetura de Sistemas O que é uma divisão em camadas? Camada Cliente Camada de Apresentação Camada de Negócios Camada de Integração Camada de Recursos Applet Midlet Aplicação Desktop HTML + Javascript Servlet JSP Geradores de Interface Session Beans Entity Beans Frameworks de Persistência JTA JMS JDBC Conectors Sistemas Legados Bancos de dados Sistemas Externos Interação com usuário, apresentação de dados, dispositivos Controle de sessão, criação de conteúdo, formatação Controle de transação, regras de negócio, persistência de dados, workflow Adaptadores, acesso a sistemas legados, acesso a bases de dados Recursos, dados e serviços externos 15

16 Arquitetura de Sistemas Quais são as capacidades de um arquitetura? Disponibilidade Robustez Gerenciabilidade Flexibilidade Desempenho Capacidade Resiliência Escalabilidade Extensibilidade Reusabilidade Segurança Autenticidade Confidencialidade Integridade Disponibilidade 16

17 Arquitetura de Sistemas Uma definição precisa da arquitetura de um sistema é extremamente crítica para o sucesso de uma aplicação corporativa. 17

18 Exercício 18

19 19

20 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE SOFTWARE Desenvolvimento de Soluções WEB Aplicações WEB / MVC 1º semestre de 2013 Prof. Dr. Maurício Nacib Pontuschka 20

21 Arquitetura de Sistemas Apresentar os principais conceitos envolvidos na construção de uma aplicação com interface web dentro da arquitetura de referência Java EE. Fundamentos de Aplicações Web Geração Dinâmica de Conteúdo Para que Serve um Web Container Ciclo de Vida de um Servlet Páginas JSP 21

22 Aplicação WEB GET /pagina.htm HTTP/1.1 Accept: image/gif, image/x-xbitmap, image/ jpeg, image/pjpeg, */* Accept-Language: en-us Accept-Encoding: gzip, deflate User-Agent: Mozilla/4.0 (compatible; MSIE 5.01; Windows NT) Host: hypothetical.ora.com Connection: Keep-Alive Método HTTP Página para acesso (URL) Parâmetros HTTP request Cliente (Browser) HTML response HTTP/ OK Date: Mon, 06 Dec :54:26 GMT Server: Apache/1.3.6 (Unix) Last-Modified: Fri, 04 Oct :06:11 GMT ETag: "2f5cd e1bd6" Accept-Ranges: bytes Content-length: 327 Connection: close Content-type: text/html <html>some Page... </html> Servidor (Web Server) Código de Status Tipo do conteúdo O próprio conteúdo 22

23 Partes de uma URL Protocolo: Diz ao servidor qual protocolo de comunicação será usado. Porta: Parte Opcional (80 é o default). A porta do servidor na qual o servidor web está sendo executado. Recurso: O recurso sendo requisitado. Pode ser uma página HTML ou qualquer coisa que o servidor quiser servir. Esta parte é opcional! Servidor: O nome único do servidor físico para o qual será feita a requisição. Pode ser usado um endereço IP. Caminho: O caminho no servidor onde está o recurso que está sendo requisitao. Query String: Parâmetros de uma requisição GET. Começam com uma? e os valores parametro=valor são separados por &. 23

24 Post X Get GET Os parâmetros são passados juntamente com a URL usando uma Query String. Os parâmetros ficam visíveis ao usuário. É idempotente 1, ou seja, você pode fazer o mesmo GET várias vezes sem efeitos colaterais. Pode ser adicionado ao Favoritos. POST Os parâmetros são passados junto com o corpo do request e a princípio* não ficam visíveis ao usuário. Não é idempotente, ou seja, executar o mesmo POST duas vezes pode causar estragos na base de dados. Não pode ser adicionado ao Favoritos. * O fato do POST não exibir os parâmetros na URL não significa que o usuário não possa obtêlos ou modificá-los. 1 idempotência é a propriedade que algumas operações têm de poderem ser aplicadas várias vezes sem que o valor do resultado se altere após a aplicação inicial. 24

25 Comportamento Dinâmico? E se uma página precisar mostrar dados obtidos dinamicamente? E se os dados enviados como parâmetros necessitarem ser armazenados? Como é a solução usando programas CGI, escritos em C, Perl, Python ou PHP? Máquina do Servidor Web Parâmetros Executado a cada requisição Cliente (Browser) Aplicação Web Server Aplicação CGI 25

26 Post X Get O que é um Servlet? Como ele é executado? É um componente que é implantado dentro de um web container e recebe do mesmo, requisições HTTP para tratar e retornar a resposta. O que faz um Web Container? Suporte de comunicações (entre o Servlet e o Web Server) Gerenciamento de Ciclo de Vida (Servlets, Filtros e etc) Suporte Multithreading Segurança declarativa Suporte a JSPs Gerenciamento e criação de sessões 26

27 Browser Desenvolvimento de Soluções WEB Modelo MVC baseado em Servlets web container 1 (controller) Servlet (view) JSP 4 (model) JavaBean Persistence layer MVC Design Pattern 27

28 Web Containers ou Servlet Containers Non-commercial Web containers Apache Tomcat (formerly Jakarta Tomcat) is an open source web container available under the Apache Software License. Apache Geronimo is a full Java EE implementation by Apache. GlassFish (open source), from Sun Microsystems JBoss Application Server (open source) is a full Java EE implementation by Red Hat inc., division JBoss. Jetty is (open source) from the Eclipse Foundation. Also supports SPDY and WebSocket protocols. Jaminid contains a higher abstraction than servlets. Enhydra Winstone supports specification v2.5 as of 0.9, has a focus on minimal configuration and the ability to strip the container down to only what you need. Tiny Java Web Server (TJWS) 2.5 [1], small footprint, modular design Eclipse Virgo provides modular, OSGi based web containers implemented using embedded Tomcat and Jetty. Virgo is open source and available under the Eclipse Public License. 28

29 Web Containers ou Servlet Containers Commercial Web containers Borland Enterprise Server Sun GlassFish Server, from Sun Microsystems Sun Java System Web Server, from Sun Microsystems Sun Java System Application Server (is an Application Server, but includes a web container) JBoss Enterprise Application Platform (open source) JRun, from Adobe Systems (formerly developed by Allaire Corporation) LiteWebServer (open source) WebLogic Application Server, from Oracle Corporation (developed by BEA Systems) Orion Application Server, from IronFlare Caucho's Resin Server (open source) ServletExec, from New Atlanta Communications WebSphere Application Server, from IBM NetWeaver, from SAP tc Server (SpringSource) 29

30 Invocação de um Servlet request response Cliente (Browser) 6 1 Web Container 6 2 service(request,response) 5 3 response Servlet Thread 4 doget(request,response) Thread request response 30

31 Ciclo de vida de um Servlet O método init() serve para inicializações a serem feitas antes do tratamento de qualquer requisição, como abrir uma conexão com o banco de dados. O método service() analisa o request para chamar o método correspondente (doget(), dopost() e etc...). Não deve ser sobreposto. O método destroy() pode ser usado para liberar os recursos alocados no método init(). Os métodos doget(), dopost() e etc são os métodos que devem ser sobrepostos para implementar a regra de negócio. 31

32 Servlet e múltiplas requisições Web Container Servlet Cliente A Thread A Thread B Cliente B response request request response Como o mesmo Servlet atende a várias requisições em múltiplas threads, não se deve usar variáveis de instância em Servlets! 32

33 Servlet e múltiplas requisições 33

34 Páginas JSP Uma páginas JSP é uma forma mais limpa e clara de se retornar uma resposta em HTML gerado dinamicamente. traduzido compilado carregado e inicializado MyJSP.jsp MyJSP_jsp.java MyJSP_jsp.class MyJSP_jsp Servlet A tradução e compilação ocorre somente no primeiro acesso. Uma página JSP na verdade é um Servlet! 34

35 Exercício 35

36 Exercício Primeiro Servlet Escrever um Servlet que retorne uma página HTML com a data e hora do servidor. Observar o que é gerado no Deployment Descriptor. Explorar os objetos response e request. Fazer o deploy e executar o container. Tentar acessar a URL mapeada para o Servlet. 36

37 Exercício Primeiro JSP Escrever uma página JSP que retorne uma página HTML com a data e hora do servidor. Observar a estrutura de diretórios. Fazer o deploy e executar o container. Tentar acessar a URL da página JSP. 37

38 38

39 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE SOFTWARE Desenvolvimento de Soluções WEB Escopos de uma aplicação WEB 1º semestre de 2013 Prof. Dr. Maurício Nacib Pontuschka 39

40 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE SOFTWARE Desenvolvimento de Soluções WEB Geração Dinâmica de Páginas 1º semestre de 2013 Prof. Dr. Maurício Nacib Pontuschka 40

41 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE SOFTWARE Desenvolvimento de Soluções WEB Enterprise Java Beans (EBJ) 1º semestre de 2013 Prof. Dr. Maurício Nacib Pontuschka 41

42 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE SOFTWARE Desenvolvimento de Soluções WEB Java Persistence API (JPA) 1º semestre de 2013 Prof. Dr. Maurício Nacib Pontuschka 42

43 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE SOFTWARE Desenvolvimento de Soluções WEB Segurança de Aplicações WEB 1º semestre de 2013 Prof. Dr. Maurício Nacib Pontuschka 43

44 Dúvidas? 44

45 Avaliação Prova Final Observações a respeito da avaliação A prova será realizada no último dia de aula do curso e ela abrange todo o conteúdo discutido na disciplina de MSOO. A média de aprovação é 7.0 A aprovação dependerá na obtenção da nota 7.0 e de ter pelo menos 75% de presença nas aulas. 45

Desenvolvimento WEB II. Professora: Kelly de Paula Cunha

Desenvolvimento WEB II. Professora: Kelly de Paula Cunha Desenvolvimento WEB II Professora: Kelly de Paula Cunha O Java EE (Java Enterprise Edition): série de especificações detalhadas, dando uma receita de como deve ser implementado um software que utiliza

Leia mais

UFG - Instituto de Informática

UFG - Instituto de Informática UFG - Instituto de Informática Especialização em Desenvolvimento de Aplicações Web com Interfaces Ricas EJB 3.0 Prof.: Fabrízzio A A M N Soares professor.fabrizzio@gmail.com Aula 5 Servidores de Aplicação

Leia mais

Introdução a Servlets

Introdução a Servlets Linguagem de Programação para Web Introdução a Servlets Prof. Mauro Lopes 1-31 21 Objetivos Iniciaremos aqui o estudo sobre o desenvolvimento de sistemas web usando o Java. Apresentaremos nesta aula os

Leia mais

ENTERPRISE JAVABEANS 3. Msc. Daniele Carvalho Oliveira

ENTERPRISE JAVABEANS 3. Msc. Daniele Carvalho Oliveira ENTERPRISE JAVABEANS 3 Msc. Daniele Carvalho Oliveira Apostila Servlets e JSP www.argonavis.com.br/cursos/java/j550/index.html INTRODUÇÃO Introdução Enterprise JavaBeans é um padrão de modelo de componentes

Leia mais

Java Enterprise Edition. by Antonio Rodrigues Carvalho Neto

Java Enterprise Edition. by Antonio Rodrigues Carvalho Neto Java Enterprise Edition by Antonio Rodrigues Carvalho Neto Enterprise Edition Architecture O que é Java Enterprise Edition? Java EE é uma plataforma que reune diversas especificações relacionadas a computação

Leia mais

Arquitetura de uma Webapp

Arquitetura de uma Webapp Arquitetura de uma Webapp Arquitetura J2EE Containers e componentes MVC: introdução Frederico Costa Guedes Pereira 2006 fredguedespereira@gmail.com Plataforma J2EE World Wide Web e a Economia da Informação

Leia mais

PadrãoIX. Módulo II JAVA. Marcio de Carvalho Victorino. Servlets A,L,F,M

PadrãoIX. Módulo II JAVA. Marcio de Carvalho Victorino. Servlets A,L,F,M JAVA Marcio de Carvalho Victorino 1 Servlets 2 1 Plataforma WEB Baseada em HTTP (RFC 2068): Protocolo simples de transferência de arquivos Sem estado (não mantém sessão aberta) Funcionamento (simplificado):

Leia mais

Desenvolvimento Web com JSP/Servlets

Desenvolvimento Web com JSP/Servlets Desenvolvimento Web com JSP/Servlets Requisitos Linguagem Java; Linguagem SQL; Noções de HTML; Noções de CSS; Noções de Javascript; Configuração do ambiente JDK APACHE TOMCAT MySQL Instalando o JDK Instalando

Leia mais

J2EE TM Java 2 Plataform, Enterprise Edition

J2EE TM Java 2 Plataform, Enterprise Edition CURSO DE GRADUAÇÃO J2EE TM Java 2 Plataform, Enterprise Edition Antonio Benedito Coimbra Sampaio Junior abc@unama.br OBJETIVOS DO CURSO Capacitar os alunos no desenvolvimento de aplicações para a WEB com

Leia mais

Programação para a Internet. Prof. M.Sc. Sílvio Bacalá Jr sbacala@gmail.com www.facom.ufu.br/~bacala

Programação para a Internet. Prof. M.Sc. Sílvio Bacalá Jr sbacala@gmail.com www.facom.ufu.br/~bacala Programação para a Internet Prof. M.Sc. Sílvio Bacalá Jr sbacala@gmail.com www.facom.ufu.br/~bacala A plataforma WEB Baseada em HTTP (RFC 2068) Protocolo simples de transferência de arquivos Sem estado

Leia mais

JAVA ENTERPRISE EDITION: PERSISTÊNCIA DE BANCO DE DADOS

JAVA ENTERPRISE EDITION: PERSISTÊNCIA DE BANCO DE DADOS COLÉGIO ESTADUAL ULYSSES GUIMARÃES CURSO TÉCNICO PROFISSIONALIZANTE EM INFORMÁTICA ERINALDO SANCHES NASCIMENTO JAVA ENTERPRISE EDITION: PERSISTÊNCIA DE BANCO DE DADOS FOZ DO IGUAÇU 2013 SUMÁRIO 1. PERSISTÊNCIA

Leia mais

Associação Carioca de Ensino Superior Centro Universitário Carioca

Associação Carioca de Ensino Superior Centro Universitário Carioca Desenvolvimento de Aplicações Web Lista de Exercícios Métodos HTTP 1. No tocante ao protocolo de transferência de hipertexto (HTTP), esse protocolo da categoria "solicitação e resposta" possui três métodos

Leia mais

ORDEM DE SERVIÇO OS 003/DINFO/2013 16/09/2013

ORDEM DE SERVIÇO OS 003/DINFO/2013 16/09/2013 A DIRETORIA DE INFORMÁTICA DINFO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO -UERJ, no uso de suas atribuições legais, estabelece: Art. 1º: Para fins de normatização do Desenvolvimento Tecnológico na UERJ

Leia mais

Prova Específica Cargo Desenvolvimento

Prova Específica Cargo Desenvolvimento UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ Centro de Educação Aberta e a Distância CEAD/UFPI Rua Olavo Bilac 1148 - Centro CEP 64.280-001 Teresina PI Brasil Fones (86) 3215-4101/ 3221-6227 ; Internet: www.uapi.edu.br

Leia mais

DESENVOLVIMENTO COM JAVA EE E SUAS ESPECIFICAÇÕES

DESENVOLVIMENTO COM JAVA EE E SUAS ESPECIFICAÇÕES DESENVOLVIMENTO COM JAVA EE E SUAS ESPECIFICAÇÕES Hugo Henrique Rodrigues Correa¹, Jaime Willian Dias 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil hugohrcorrea@gmail.com, jaime@unipar.br Resumo.

Leia mais

Tecnologia Java. Daniel Destro do Carmo Softech Network Informática daniel@danieldestro.com.br

Tecnologia Java. Daniel Destro do Carmo Softech Network Informática daniel@danieldestro.com.br Tecnologia Java Daniel Destro do Carmo Softech Network Informática daniel@danieldestro.com.br Origem da Tecnologia Java Projeto inicial: Oak (liderado por James Gosling) Lançada em 1995 (Java) Tecnologia

Leia mais

SCE-557. Técnicas de Programação para WEB. Rodrigo Fernandes de Mello http://www.icmc.usp.br/~mello mello@icmc.usp.br

SCE-557. Técnicas de Programação para WEB. Rodrigo Fernandes de Mello http://www.icmc.usp.br/~mello mello@icmc.usp.br SCE-557 Técnicas de Programação para WEB Rodrigo Fernandes de Mello http://www.icmc.usp.br/~mello mello@icmc.usp.br 1 Cronograma Fundamentos sobre servidores e clientes Linguagens Server e Client side

Leia mais

SIQ GQF Plugin s WEB (Aplicações WEB) Gestão da Qualidade de Fornecedores

SIQ GQF Plugin s WEB (Aplicações WEB) Gestão da Qualidade de Fornecedores SIQ GQF Plugin s WEB (Aplicações WEB) Gestão da Qualidade de Fornecedores Requerimentos do Software Versão para Microsoft Windows/Unix Dezembro 2006 Bem-Vindo ao to SIQ GQF Plugin s WEB - Gestão da Qualidade

Leia mais

World Wide Web e Aplicações

World Wide Web e Aplicações World Wide Web e Aplicações Módulo H O que é a WWW Permite a criação, manipulação e recuperação de informações Padrão de fato para navegação, publicação de informações e execução de transações na Internet

Leia mais

Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas) Sumário. Java 2 Enterprise Edition. J2EE (Java 2 Enterprise Edition)

Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas) Sumário. Java 2 Enterprise Edition. J2EE (Java 2 Enterprise Edition) Sistemas Distribuídos na WEB (Plataformas para Aplicações Distribuídas) J2EE () Sumário Introdução J2EE () APIs J2EE Web Container: Servlets e JSP Padrão XML 2 J2EE é Uma especificação para servidores

Leia mais

J2EE. J2EE - Surgimento

J2EE. J2EE - Surgimento J2EE Java 2 Enterprise Edition Objetivo: Definir uma plataforma padrão para aplicações distribuídas Simplificar o desenvolvimento de um modelo de aplicações baseadas em componentes J2EE - Surgimento Início:

Leia mais

Java II. Sérgio Luiz Ruivace Cerqueira sergioruivace@gmail.com

Java II. Sérgio Luiz Ruivace Cerqueira sergioruivace@gmail.com Java II Sérgio Luiz Ruivace Cerqueira sergioruivace@gmail.com Servlets Servlet Aplicação Java que é executada no servidor que estende a capacidade do servidor Web Alternativa Java para os scripts CGI Gerenciado

Leia mais

SCC-0263. Técnicas de Programação para WEB. Rodrigo Fernandes de Mello http://www.icmc.usp.br/~mello mello@icmc.usp.br

SCC-0263. Técnicas de Programação para WEB. Rodrigo Fernandes de Mello http://www.icmc.usp.br/~mello mello@icmc.usp.br SCC-0263 Técnicas de Programação para WEB Rodrigo Fernandes de Mello http://www.icmc.usp.br/~mello mello@icmc.usp.br 1 Cronograma Fundamentos sobre servidores e clientes Linguagens Server e Client side

Leia mais

Use a Cabeça! FREEMAN, Eric e Elisabeth. HTML com CSS e XHTML BASHMAN, Brian / SIERRA Kathy / BATES, Bert. Servlets & JSP

Use a Cabeça! FREEMAN, Eric e Elisabeth. HTML com CSS e XHTML BASHMAN, Brian / SIERRA Kathy / BATES, Bert. Servlets & JSP Use a Cabeça! FREEMAN, Eric e Elisabeth. HTML com CSS e XHTML BASHMAN, Brian / SIERRA Kathy / BATES, Bert. Servlets & JSP Software cliente: browser e outros Protocolo HTTP Infraestrutura de transporte

Leia mais

Arquiteturas de Aplicações Web. Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br

Arquiteturas de Aplicações Web. Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Arquiteturas de Aplicações Web Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Aplicações Convencionais vs. Web Aplicações convencionais Escritas usando uma linguagem de programação (ex.: Java) Sites de

Leia mais

Internet e protocolos web. A Internet é uma rede descentralizada de recursos computacionais. Topologia tem de fornecer caminhos alternativos

Internet e protocolos web. A Internet é uma rede descentralizada de recursos computacionais. Topologia tem de fornecer caminhos alternativos Internet e protocolos web A Internet é uma rede descentralizada de recursos computacionais Tolerante a falhas (no single point of failure) Topologia tem de fornecer caminhos alternativos entre 2 computadores

Leia mais

Linguagem de Programação JAVA. Professora Michelle Nery Nomeclaturas

Linguagem de Programação JAVA. Professora Michelle Nery Nomeclaturas Linguagem de Programação JAVA Professora Michelle Nery Nomeclaturas Conteúdo Programático Nomeclaturas JDK JRE JEE JSE JME JVM Toolkits Swing AWT/SWT JDBC EJB JNI JSP Conteúdo Programático Nomenclatures

Leia mais

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição 2009

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição 2009 CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição 2009 O curso foi especialmente planejado para os profissionais que desejam trabalhar com desenvolvimento de sistemas seguindo o paradigma Orientado a Objetos e com o uso

Leia mais

Java II. Sérgio Luiz Ruivace Cerqueira sergioruivace@gmail.com

Java II. Sérgio Luiz Ruivace Cerqueira sergioruivace@gmail.com Java II Sérgio Luiz Ruivace Cerqueira sergioruivace@gmail.com Java Web Arquitetura Aplicações web são basicamente constituídas de: Requisições Respostas Model View Controller (MVC) O que é MVC? Padrão

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES JAVA WEB

DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES JAVA WEB DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES JAVA WEB FRWTC-220 32 horas CAPÍTULO 1 PLATAFORMA WEB... 10 1.1. Introdução... 10 1.2. A Plataforma WEB... 10 1.2.1. Cliente HTTP... 11 1.2.2. Servidor HTTP... 11 1.3. Protocolo

Leia mais

PROGRAMAÇÃO SERVIDOR PADRÕES MVC E DAO EM SISTEMAS WEB. Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1

PROGRAMAÇÃO SERVIDOR PADRÕES MVC E DAO EM SISTEMAS WEB. Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1 PROGRAMAÇÃO SERVIDOR EM SISTEMAS WEB PADRÕES MVC E DAO Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1 Objetivos Compreender o conceito de Padrões de Projeto Compreender o Padrão MVC Conhecer o princípio de alguns dos

Leia mais

TDC2012. EJB simples e descomplicado, na prática. Slide 1

TDC2012. EJB simples e descomplicado, na prática. Slide 1 TDC2012 EJB simples e descomplicado, na prática Slide 1 Palestrantes Kleber Xavier Arquiteto Senior / Globalcode kleber@globalcode.com.br Vinicius Senger Arquiteto Senior / Globalcode vinicius@globalcode.com.br

Leia mais

Como sobreviver com Java 2? Saulo Arruda

Como sobreviver com Java 2? Saulo Arruda Como sobreviver com Java 2? Saulo Arruda Agenda Apresentação Contexto do mercado Soluções para Java 5+ Soluções para Java 2 Conclusões Apresentação Saulo Arruda (http://sauloarruda.eti.br) Trabalha com

Leia mais

Servlets e Applets, funcionamento e comparativo.

Servlets e Applets, funcionamento e comparativo. Servlets e Applets, funcionamento e comparativo. Airon Rabel Teixeira Rua Guarapuava Joinville SC airon@ymail.com Resumo: Este artigo explica de maneira breve o funcionamento de servlets e applets, mostrando

Leia mais

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição Intensiva de Férias

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição Intensiva de Férias CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição Intensiva de Férias O curso foi especialmente planejado para os profissionais que desejam trabalhar com desenvolvimento de sistemas seguindo o paradigma Orientado a Objetos

Leia mais

Curso de Java. Geração de Páginas WEB. TodososdireitosreservadosKlais

Curso de Java. Geração de Páginas WEB. TodososdireitosreservadosKlais Curso de Java Geração de Páginas WEB Aplicação WEB Numa aplicação WEB de conteúdo dinâmico As páginas são construídas a partir de dados da aplicação (mantidos num banco de dados). Usuários interagem com

Leia mais

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA WEB E FLEX Setembro de 2010 à Janeiro de 2011

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA WEB E FLEX Setembro de 2010 à Janeiro de 2011 CURSO DESENVOLVEDOR JAVA WEB E FLEX Setembro de 2010 à Janeiro de 2011 O curso foi especialmente planejado para os profissionais que desejam trabalhar com desenvolvimento de sistemas seguindo o paradigma

Leia mais

Programação para Internet Flávio de Oliveira Silva, M.Sc.

Programação para Internet Flávio de Oliveira Silva, M.Sc. INTERNET Grande conjunto de redes de computadores interligadas pelo mundo. Começou como uma rede interligando Universidades no E.U.A A partir de 1993 a Internet começou a ser explorada comercialmente.

Leia mais

MODELO DE DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES CORPORATIVAS COM JAVA ENTERPRISE EDITION 5

MODELO DE DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES CORPORATIVAS COM JAVA ENTERPRISE EDITION 5 MODELO DE DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES CORPORATIVAS COM JAVA ENTERPRISE EDITION 5 Gilbert AZEVEDO da Silva (1); Fellipe Araújo ALEIXO (2); Rosemary Pessoa BORGES (3); Wanderson CÂMARA dos Santos (4);

Leia mais

Programação para Internet II

Programação para Internet II Programação para Internet II Aulas 01 e 02 Prof. Fernando Freitas Costa http://professor.fimes.edu.br/fernando nando@fimes.edu.br Prof. Fernando 1 Ementa Instalação e configuração básica do NetBeans e

Leia mais

Java EE 6. A revolução do. Um overview sobre as novidades da JSR 316. a r t i g o

Java EE 6. A revolução do. Um overview sobre as novidades da JSR 316. a r t i g o a r t i g o Pedro Henrique S. Mariano (pedro.mariano@caelum.com.br) técnologo em Análise e Desenvolvimento de Sofware pela FIAP, possui as certificações SCJP 6 e SCRUM master.trabalha como consultor e

Leia mais

Tecnologias Web. Java Servlets

Tecnologias Web. Java Servlets Tecnologias Web Java Servlets Cristiano Lehrer, M.Sc. O que são Servlets Extensões do servidor escritas em Java: Podem ser usados para estender qualquer tipo de aplicação do modelo requisição/resposta.

Leia mais

Tecnologias Web. Java Enterprise Edition

Tecnologias Web. Java Enterprise Edition Tecnologias Web Java Enterprise Edition Cristiano Lehrer, M.Sc. Introdução Java Enterprise Edition (JEE): Plataforma de tecnologias para o desenvolvimento de aplicações corporativas distribuídas. É uma

Leia mais

Programação Web Aula 12 - Java Web Software

Programação Web Aula 12 - Java Web Software Programação Web Aula 12 - Java Web Software Bruno Müller Junior Departamento de Informática UFPR 25 de Maio de 2015 1 Java 2 Java Web Software 3 Servlets Modelo de Trabalho Funcionamento API Java Código

Leia mais

O protocolo HTTP. O que é o protocolo HTTP?

O protocolo HTTP. O que é o protocolo HTTP? O protocolo HTTP Você aprenderá: O que é e como funciona o protocolo HTTP. Quais são as partes de um pedido HTTP. Quais são as partes de um a resposta HTTP. IIS - HTTP 1 O que é o protocolo HTTP? Hyper

Leia mais

Desenvolvimento de Aplicações. Desenvolvimento de Aplicações. Desenvolvimento de Aplicações. Dificuldades no uso de Bancos de Dados

Desenvolvimento de Aplicações. Desenvolvimento de Aplicações. Desenvolvimento de Aplicações. Dificuldades no uso de Bancos de Dados Desenvolvimento de Aplicações Desenvolvimento de Aplicações Dificuldades no uso de Bancos de Dados Um leigo não sabe o que é e como funciona um BD Mesmo um profissional da área de informática pode ter

Leia mais

MÓDULO Programação para Web 2

MÓDULO Programação para Web 2 MÓDULO Programação para Web 2 Sistemas Web na JEE OBJETIVO DO MÓDULO Arquitetura Web em aplicações JEE Conceitos iniciais Desenvolvimento Web Aplicações web tornam-se mais e mais importantes Mais e mais

Leia mais

Desenvolvimento Web Protocolos da Internet

Desenvolvimento Web Protocolos da Internet Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia Campus Currais Novos Desenvolvimento Web Protocolos da Internet Professor: Bruno E. G. Gomes Currais Novos, 2013 Introdução Histórico da Internet Cliente

Leia mais

Criando e Entendendo o Primeiro Servlet Por: Raphaela Galhardo Fernandes

Criando e Entendendo o Primeiro Servlet Por: Raphaela Galhardo Fernandes Criando e Entendendo o Primeiro Servlet Por: Raphaela Galhardo Fernandes Resumo Neste tutorial serão apresentados conceitos relacionados a Servlets. Ele inicial como uma breve introdução do funcionamento

Leia mais

Jsp, Servlets e J2EE

Jsp, Servlets e J2EE Jsp, Servlets e J2EE André Temple CPqD Telecom & IT Solutions. Rodrigo Fernandes de Mello Departamento de Ciências da Computação Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação. Universidade de São Paulo

Leia mais

Java para Desenvolvimento Web

Java para Desenvolvimento Web Java para Desenvolvimento Web Servlets A tecnologia Servlet foi introduzida pela Sun Microsystems em 1996, aprimorando e estendendo a funcionalidade e capacidade de servidores Web. Servlets é uma API para

Leia mais

Web Technologies. Tópicos da apresentação

Web Technologies. Tópicos da apresentação Web Technologies Tecnologias de Middleware 2004/2005 Hugo Simões hsimoes@di.fc.ul.pt 1 A Web Tópicos da apresentação Tecnologias Web para suporte a clientes remotos (Applets,CGI,Servlets) Servidores Aplicacionais

Leia mais

Banco de Dados de Músicas. Andre Lima Rocha Campos Osório Pereira Carvalho

Banco de Dados de Músicas. Andre Lima Rocha Campos Osório Pereira Carvalho Banco de Dados de Músicas Andre Lima Rocha Campos Osório Pereira Carvalho Definição Aplicação Web que oferece ao usuário um serviço de busca de músicas e informações relacionadas, como compositor, interprete,

Leia mais

Como criar um EJB. Criando um projeto EJB com um cliente WEB no Eclipse

Como criar um EJB. Criando um projeto EJB com um cliente WEB no Eclipse Como criar um EJB Criando um projeto EJB com um cliente WEB no Eclipse Gabriel Novais Amorim Abril/2014 Este tutorial apresenta o passo a passo para se criar um projeto EJB no Eclipse com um cliente web

Leia mais

Sistemas Distribuídos: Conceitos e Projeto Estilos Arquitetônicos e Arquitetura Cliente/Servidor

Sistemas Distribuídos: Conceitos e Projeto Estilos Arquitetônicos e Arquitetura Cliente/Servidor Sistemas Distribuídos: Conceitos e Projeto Estilos Arquitetônicos e Arquitetura Cliente/Servidor Francisco José da Silva e Silva Laboratório de Sistemas Distribuídos (LSD) Departamento de Informática /

Leia mais

UNIDADE II JAVA SERVLETS

UNIDADE II JAVA SERVLETS UNIDADE II JAVA SERVLETS INTERNET É uma rede de redes, reunindo computadores do Governo, de universidades e empresas fornecendo infra-estrutura para uso de bancos de dados, correio eletrônico, servidores

Leia mais

Engenharia de Software Aplicações de Internet

Engenharia de Software Aplicações de Internet Engenharia de Software Aplicações de Internet Eduardo Santos eduardo.edusantos@gmail.com eduardo.santos@planejamento.gov.br www.softwarepublico.gov.br Histórico Por que existe a Internet? Por que existe

Leia mais

20/08/14 JAVA SERVLETS CONCEITOS CONTEÚDO ARQUITETURA DE UMA APLICAÇÃO WEB ARQUITETURA DA APLICAÇÃO WEB

20/08/14 JAVA SERVLETS CONCEITOS CONTEÚDO ARQUITETURA DE UMA APLICAÇÃO WEB ARQUITETURA DA APLICAÇÃO WEB CONTEÚDO TECNOLOGIA EM INFORMÁTICA PARA NEGÓCIOS JAVA CONCEITOS Prof. Dr. Henrique Dezani dezani@fatecriopreto.edu.br Arquitetura de uma aplicação Web HTTP (HyperText Transfer Protocol) Métodos HTTP GET

Leia mais

Programação WEB Introdução

Programação WEB Introdução Programação WEB Introdução Rafael Vieira Coelho IFRS Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Farroupilha rafael.coelho@farroupilha.ifrs.edu.br Roteiro 1) Conceitos

Leia mais

Tencologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: WEB I Conteúdo: WEB Container Aula 04

Tencologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: WEB I Conteúdo: WEB Container Aula 04 Tencologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: WEB I Conteúdo: WEB Container Aula 04 Agenda 1. 2. Web Container TomCat 2 3 J2EE permite criar aplicações Web dinâmicas (com conteúdo dinâmico)

Leia mais

Java 2 Enterprise Edition

Java 2 Enterprise Edition Java 2 Enterprise Edition Pablo Vieira Florentino 8/11/2006 Contexto Linguagem Java A linguagem Java é Orientada a Objetos Influenciada diretamente por C++ e Eiffel, a linguagem segue a grande tendência

Leia mais

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição 2010

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição 2010 CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição 2010 O curso foi especialmente planejado para os profissionais que desejam trabalhar com desenvolvimento de sistemas seguindo o paradigma Orientado a Objetos e com o uso

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSOS

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSOS 1 de 6 PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSOS BURITREINAMENTOS MANAUS-AM MARÇO / 2015 2 de 6 PACOTES DE TREINAMENTOS BURITECH A Buritech desenvolveu um grupo de pacotes de treinamentos, aqui chamados de BuriPacks,

Leia mais

Integrando Eclipse e Websphere Application Server Community Edition

Integrando Eclipse e Websphere Application Server Community Edition 1 Integrando Eclipse e Websphere Application Server Community Edition Sobre o Autor Carlos Eduardo G. Tosin (carlos@tosin.com.br) é formado em Ciência da Computação pela PUC-PR, pós-graduado em Desenvolvimento

Leia mais

HYPERTEXT TRANSFER PROTOCOL

HYPERTEXT TRANSFER PROTOCOL REDES DE COMPUTADORES Prof. Esp. Fabiano Taguchi http://fabianotaguchi.wordpress.com fabianotaguchi@gmail.com HYPERTEXT TRANSFER PROTOCOL 1 HTTP Uma página WWW é composta de objetos e endereçado por uma

Leia mais

Aula 03 - Projeto Java Web

Aula 03 - Projeto Java Web Aula 03 - Projeto Java Web Para criação de um projeto java web, vá em File/New. Escolha o projeto: Em seguida, na caixa Categorias selecione Java Web. Feito isso, na caixa à direita selecione Aplicação

Leia mais

LISTA DE QUESTÕES SERVIDORES DE APLICAÇÃO BANCA FCC CONCURSO TRT 2014

LISTA DE QUESTÕES SERVIDORES DE APLICAÇÃO BANCA FCC CONCURSO TRT 2014 LISTA DE QUESTÕES SERVIDORES DE APLICAÇÃO BANCA FCC CONCURSO TRT 2014 Professor: Lúcio Camilo Email: luciocamilo@gmail.com QUESTÕES SERVIDORES DE APLICAÇÃO Questão 01 - FCC - 2010 - TCE-SP O ambiente necessário

Leia mais

1.264 Lição 11. Fundamentos da Web

1.264 Lição 11. Fundamentos da Web 1.264 Lição 11 Fundamentos da Web Navegadores e servidores da Web A Internet é apenas um conjunto de redes interconectadas livremente. Um conjunto de redes de área local conectado via redes de área ampla

Leia mais

Java para WEB. Servlets

Java para WEB. Servlets Servlets Servlets são classes Java que são instanciadas e executadas em associação com servidores Web, atendendo requisições realizadas por meio do protocolo HTTP. Servlets é a segunda forma que veremos

Leia mais

Enterprise Java Bean. Enterprise JavaBeans

Enterprise Java Bean. Enterprise JavaBeans Enterprise Java Bean Introdução Elementos do Modelo Enterprise JavaBeans A especificação do Enterprise JavaBeansTM (EJB) define uma arquitetura para o desenvolvimento de componentes de software distribuídos

Leia mais

APLICAÇÕES E SERVIÇOS WEB

APLICAÇÕES E SERVIÇOS WEB http://tutorials.jenkov.com/web-services/message-formats.html APLICAÇÕES E SERVIÇOS WEB Laboratórios de Informática 2014-2015 João Paulo Barraca, André Zúquete, Diogo Gomes Aplicações WEB A maioria de

Leia mais

SISTEMA DE AGENDAMENTO E GERENCIAMENTO DE CONSULTAS CLÍNICAS

SISTEMA DE AGENDAMENTO E GERENCIAMENTO DE CONSULTAS CLÍNICAS SISTEMA DE AGENDAMENTO E GERENCIAMENTO DE CONSULTAS CLÍNICAS Pablo dos Santos Alves Alexander Roberto Valdameri - Orientador Roteiro da apresentação Introdução Objetivos Motivação Revisão bibliográfica

Leia mais

HTTP. passado, presente e futuro.

HTTP. passado, presente e futuro. HTTP passado, presente e futuro. Luiz Fernando Rodrigues (ou Fernahh) blog.fernahh.com.br github.com/fernahh twitter.com/fernahh speakerdeck.com/fernahh www.organicadigital.com HTT... o que? HTT... o que?

Leia mais

Programação II Programação para a Web. Christopher Burrows

Programação II Programação para a Web. Christopher Burrows Programação II Programação para a Web Christopher Burrows Apache Tomcat O Apache Tomcat é um Servlet Container desenvolvido pela Apache Software Foundation. Implementa as tecnologias Java Servlets e Java

Leia mais

SISTEMA DE WORKFLOW PARA MODELAGEM E EXECUÇÃO DE PROCESSOS DE SOFTWARE. Aluno: Roberto Reinert Orientador: Everaldo A. Grahl

SISTEMA DE WORKFLOW PARA MODELAGEM E EXECUÇÃO DE PROCESSOS DE SOFTWARE. Aluno: Roberto Reinert Orientador: Everaldo A. Grahl SISTEMA DE WORKFLOW PARA MODELAGEM E EXECUÇÃO DE PROCESSOS DE SOFTWARE Aluno: Roberto Reinert Orientador: Everaldo A. Grahl Roteiro de apresentação Introdução Objetivos Fundamentação Teórica Workflow Processo

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE PRODUÇÃO DE EVENTOS

SISTEMA DE GESTÃO DE PRODUÇÃO DE EVENTOS SISTEMA DE GESTÃO DE PRODUÇÃO DE EVENTOS Rodrigo das Neves Wagner Luiz Gustavo Galves Mählmann Resumo: O presente artigo trata de um projeto de desenvolvimento de uma aplicação para uma produtora de eventos,

Leia mais

Tecnologias para Web Design

Tecnologias para Web Design Tecnologias para Web Design Introdução Conceitos básicos World Wide Web (Web) Ampla rede mundial de recursos de informação e serviços Aplicação do modelo de hipertexto na Web Site Um conjunto de informações

Leia mais

TECNOLOGIA JAVA TENDÊNCIAS, MERCADO E FUTURO

TECNOLOGIA JAVA TENDÊNCIAS, MERCADO E FUTURO TECNOLOGIA JAVA TENDÊNCIAS, MERCADO E FUTURO Bacharel em Ciências da Computação PUC/SP 2001 Pós-graduado em Gestão de Negócios (MBA) IPT/USP 2006 Arquiteto de Software Desenvolvedor Java Consultoria, Treinamento

Leia mais

Tópicos de Ambiente Web Conceitos Fundamentais Redes de Dados

Tópicos de Ambiente Web Conceitos Fundamentais Redes de Dados Tópicos de Ambiente Web Conceitos Fundamentais Redes de Dados Professora: Sheila Cáceres Computador Dispositivo eletrônico usado para processar guardar e tornar acessível informação. Tópicos de Ambiente

Leia mais

Web. Até a década de 1990, a Internet era utilizada. por pesquisadores, acadêmicos e universitários, para troca de arquivos e para correio eletrônico.

Web. Até a década de 1990, a Internet era utilizada. por pesquisadores, acadêmicos e universitários, para troca de arquivos e para correio eletrônico. A Web e o HTTP Web Até a década de 1990, a Internet era utilizada por pesquisadores, acadêmicos e universitários, para troca de arquivos e para correio eletrônico. Então, no início dessa década, iniciou-se

Leia mais

IplanRio DOP - Diretoria de Operações GIT - Gerência de Infraestrutura Tecnológica Gerente da GIT

IplanRio DOP - Diretoria de Operações GIT - Gerência de Infraestrutura Tecnológica Gerente da GIT 1. IDENTIFICAÇÃO Padrão Segmento Código P06.002 Revisão v. 2014 Plataformas Web 2. PUBLICAÇÃO Recursos Tecnológicos Versão Data para adoção Publicação v. 2014 23 de dezembro de 2014 PORTARIA N Nº 225 de

Leia mais

Resumo: Perguntas a fazer ao elaborar um projeto arquitetural

Resumo: Perguntas a fazer ao elaborar um projeto arquitetural Resumo: Perguntas a fazer ao elaborar um projeto arquitetural Sobre entidades externas ao sistema Quais sistemas externos devem ser acessados? Como serão acessados? Há integração com o legado a ser feita?

Leia mais

Programação para Internet II

Programação para Internet II Programação para Internet II Aulas 01 e 02 Prof. Fernando Freitas Costa http://blog.fimes.edu.br/fernando nando@fimes.edu.br Conteúdo Programático Instalação e configuração básica do Eclipse Indigo e do

Leia mais

Desenvolvimento Web TCC-00.226 Turma A-1

Desenvolvimento Web TCC-00.226 Turma A-1 Desenvolvimento Web TCC-00.226 Turma A-1 Conteúdo Arquitetura de Aplicações Distribuídas na Web Professor Leandro Augusto Frata Fernandes laffernandes@ic.uff.br Material disponível em http://www.ic.uff.br/~laffernandes/teaching/2013.2/tcc-00.226

Leia mais

Este livro é dedicado a minha esposa Edna e a todos os desenvolvedores que fizeram do software livre um meio profissional levado a sério.

Este livro é dedicado a minha esposa Edna e a todos os desenvolvedores que fizeram do software livre um meio profissional levado a sério. EDSON GONÇALVES Este livro é dedicado a minha esposa Edna e a todos os desenvolvedores que fizeram do software livre um meio profissional levado a sério. AGRADECIMENTOS Primeiramente gostaria de agradecer

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo CCA UFES. Centro de Ciências Agrárias CCA UFES Departamento de Computação. Programação WEB

Universidade Federal do Espírito Santo CCA UFES. Centro de Ciências Agrárias CCA UFES Departamento de Computação. Programação WEB Universidade Federal do Espírito Santo Centro de Ciências Agrárias CCA UFES Departamento de Computação Universidade Federal do Espírito Santo CCA UFES Programação WEB Desenvolvimento de Sistemas para WEB

Leia mais

ABORDAGEM DE FRAMEWORKS PARA JSF QUE AUXILIAM O DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE

ABORDAGEM DE FRAMEWORKS PARA JSF QUE AUXILIAM O DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE ABORDAGEM DE FRAMEWORKS PARA JSF QUE AUXILIAM O DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE Amarildo Aparecido Ferreira Junior 1, Ricardo Ribeiro Rufino 1 ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil aapfjr@gmail.com

Leia mais

Experiência em missão crítica de missão crítica

Experiência em missão crítica de missão crítica 2 / 17 Experiência em missão crítica de missão crítica Pioneira no ensino de Linux à distância Parceira de treinamento IBM Primeira com LPI no Brasil + de 30.000 alunos satisfeitos Reconhecimento internacional

Leia mais

Professor Antonio Benedito Coimbra Sampaio Jr

Professor Antonio Benedito Coimbra Sampaio Jr Professor Antonio Benedito Coimbra Sampaio Jr 1 Apresentação do Curso Java 8 para Web 2 Por que você quer fazer este curso? Eu sou aluno da área de computação e preciso aprender (bem) Java para poder concluir

Leia mais

Uso de servlets nas aplicações web desenvolvidas para a plataforma java 1

Uso de servlets nas aplicações web desenvolvidas para a plataforma java 1 Uso de servlets nas aplicações web desenvolvidas para a plataforma java 1 Resumo Em uma interação feita em uma aplicação Web existem tarefas que devem ser executadas no servidor, tais como processamento

Leia mais

Instalando Java e Eclipse em Linux

Instalando Java e Eclipse em Linux Instalando Java e Eclipse em Linux Um guia prático para preparar um ambiente de programação Java corretamente em Linux Este documento (mais completo) na Internet: http://avi.alkalay.net/linux/docs/java/

Leia mais

PROJELER. Componentes da Solução Intalio BPMS 5.2. Maurício Bitencourt 51 21171872 / 51 84087798 mauricio.bitencourt@projeler.com.

PROJELER. Componentes da Solução Intalio BPMS 5.2. Maurício Bitencourt 51 21171872 / 51 84087798 mauricio.bitencourt@projeler.com. Componentes da Solução Intalio BPMS 5.2 Maurício Bitencourt 51 21171872 / 51 84087798 mauricio.bitencourt@projeler.com.br Platinum Implementation Partner 1 Enterprise Edition Software de Código Aberto

Leia mais

Oracle WebLogic Server 11g: Conceitos Básicos de Administração

Oracle WebLogic Server 11g: Conceitos Básicos de Administração Oracle University Entre em contato: 0800 891 6502 Oracle WebLogic Server 11g: Conceitos Básicos de Administração Duração: 5 Dias Objetivos do Curso Este curso treina administradores Web nas técnicas para

Leia mais

WebApps em Java com uso de Frameworks

WebApps em Java com uso de Frameworks WebApps em Java com uso de Frameworks Fred Lopes Índice O que são frameworks? Arquitetura em camadas Arquitetura de sistemas WEB (WebApps) Listagem resumida de frameworks Java Hibernate O que são frameworks?

Leia mais

EVOLUÇÃO DA PLATAFORMA DE DESENVOLVIMENTO CORPORATIVO JEE

EVOLUÇÃO DA PLATAFORMA DE DESENVOLVIMENTO CORPORATIVO JEE EVOLUÇÃO DA PLATAFORMA DE DESENVOLVIMENTO CORPORATIVO JEE Nigini Abilio Oliveira 1 Emanuell Faustino Henrique de Lucena 2 ;Edmilson Pereira Lima Neto 3 Resumo - Atualmente, Java é uma das tecnologias mais

Leia mais

Programação para Internet I. 2. O protocolo HTTP. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt

Programação para Internet I. 2. O protocolo HTTP. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Programação para Internet I 2. O protocolo HTTP Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Protocolos Conjunto de regras que define o modo como aplicações informáticas comunicam entre si. Permite

Leia mais

HyperText Transfer Protocol (HTTP)

HyperText Transfer Protocol (HTTP) Programação Na Web HyperText Transfer Protocol () António Gonçalves Arquitectura Protocolo de transporte de documentos hypertexto RFC 1945 - Versão 1.0 RFC 2616 - Versão 1.1 O pedido é feito em ASCII e

Leia mais

Desenvolvimento Web Histórico da Internet e Protocolos

Desenvolvimento Web Histórico da Internet e Protocolos Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Desenvolvimento Web Histórico da Internet e Protocolos Professor: Bruno E. G. Gomes 2014 Introdução Histórico da Internet Cliente e servidor Introdução

Leia mais

DESENVOLVENDO APLICAÇÕES UTILIZANDO JAVASERVER FACES E MVC

DESENVOLVENDO APLICAÇÕES UTILIZANDO JAVASERVER FACES E MVC DESENVOLVENDO APLICAÇÕES UTILIZANDO JAVASERVER FACES E MVC Felipe Moreira Decol Claro 1, Késsia Rita da Costa Marchi 1 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil felipe4258@hotmail.com, kessia@unipar.br

Leia mais

Uso de Design Patterns e J2EE: um estudo de caso

Uso de Design Patterns e J2EE: um estudo de caso Uso de Design Patterns e J2EE: um estudo de caso Rogério Sorroche (FURB) rs@furb.br Maurício Capobianco Lopes (FURB) mclopes@furb.br Resumo. Este trabalho apresenta um estudo de caso sobre o desenvolvimento

Leia mais