LINHA DE PESQUISA E DE INTERVENÇÃO METODOLOGIAS DA APRENDIZAGEM E PRÁTICAS DE ENSINO (LIMAPE)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LINHA DE PESQUISA E DE INTERVENÇÃO METODOLOGIAS DA APRENDIZAGEM E PRÁTICAS DE ENSINO (LIMAPE)"

Transcrição

1 História da profissão docente em São Paulo: as estratégias e as táticas em torno dos fazeres cotidianos dos professores primários a instrução pública paulista de 1890 a 1970 Linha de Pesquisa: LINHA DE PESQUISA E DE INTERVENÇÃO METODOLOGIAS DA APRENDIZAGEM E PRÁTICAS DE ENSINO (LIMAPE) Área de Concentração: GESTÃO E PRÁTICAS EDUCACIONAIS DESCRIÇÃO A preocupação deste experimento é ensinar a Língua Inglesa a adultos falantes da Língua Portuguesa, sem contato anterior com este idioma, por meio da adaptação do Círculo de Cultura de Paulo Freire. A escolha deste método é intencional para que o professor adote uma perspectiva conscientizadora em sala de aula. Em consequência, espera-se despertar no aprendente a visão de seu real lugar na sociedade, ou seja, sua consciência crítica. O objetivo do Círculo de Cultura é usar as palavras levantadas, que já são conhecidas dos aprendentes, trazendo-as para a sala de aula de forma contextualizada. Outra possibilidade é também trazer as palavras que forem usadas no pré-teste, como forma de conscientização política, destacando aspectos que envolvem as línguas dos dois países LI e LP, bem como suas relações de poder no cenário mundial. Resumo Pensar e desenvolver um projeto de pesquisa docente que tem como desafio propor a conscientização do sujeito durante o ensino de inglês como língua estrangeira (LE), não parece uma tarefa simples. E não o é. Ensinar uma

2 LE passa por dois aspectos importantes e que devem ser considerados pelo professor: a escolha do método e também das estratégias de ensino para seus alunos; e, a apresentação de aspectos nas relações de poder entre os países no que diz respeito à língua, com o olhar para a interculturalidade. Desta forma, o professor deve pensar na perspectiva transformadora do aprendente ao escolher o método de ensino. Deve ainda preocupar-se com sua conscientização politica: se esta irá transparecer em suas aulas. Pois se sua posição for conservadora, seus alunos terão apenas essa abordagem durante o processo de aquisição/aprendizagem da língua inglesa (LI); ao passo que, quando o professor tem uma posição política mais solidária, progressista, tal postura poderá despertar no estudante a visão de seu lugar na sociedade. Logo, ensinar a língua em si é também conscientizar os estudantes de seu real papel na sociedade. Este tipo de educação não pode e nem deve limitar-se apenas ao ensino de língua materna (LM). Essa prática pode e deve ocorrer também durante o processo de aquisição da LI como LE, por exemplo. Desta forma, o aprendenteoprimido poderá libertar-se. Para Freire (1971) o ensino democrático baseia-se no diálogo, tornandose uma educação voltada para a responsabilidade política e social. Desta forma, é necessário que o professor transforme-se em tutor das discussões nos Círculo de Cultura. Lembra-se que para Freire (1971) o Círculo de Cultura funcionou (e funciona!) muito bem para o ensino de LM uma vez que ninguém é analfabeto oral, principalmente, quando se trata de fazer o levantamento dos temas geradores. Neste experimento, usar-se-á a LM no momento em que o levantamento das palavras norteadoras for realizado, pois os futuros aprendentes da LI, ainda não tiveram acesso ao aprendizado deste idioma formalmente. A partir deste levantamento, os Círculos de Cultura serão realizados em LI, para que se possa alcançar o objetivo deste experimento. Será um experimento com a adaptação do Círculo de Cultura de Paulo Freire, para o ensino de LI como LE, com vistas ao desenvolvimento da consciência crítica. Assim, serão selecionados adultos falantes do português do Brasil, sem contato anterior com a LI na educação formal.

3 Palavras-chave: Círculo de Cultura. Língua Inglesa como Língua Estrangeira. Paulo Freire. Problematização Como trabalhar o Círculo de Cultura em LI, com adultos falantes do português que desconhecem a LI? Como elaborar as fichas de cultura nas aulas de LI como LE, para alunos adultos falantes da língua portuguesa (LP) como LM? Será que depois das 40 sessões/aulas os alunos irão ter sucesso no que diz respeito à aprendizagem da produção oral e/ou escrita, num nível básico de LI? Hipótese Pensando que o Método de Alfabetização de Freire foi criado para ser aplicado à classe popular, em pessoas analfabetas; então, acredita-se no sucesso de uma adaptação do Círculo de Cultura, o qual reflete a prática educacional de Freire, para o ensino da LI para adultos. Se a motivação é um dos principais fatores que influenciam na aprendizagem da LI, então, acredita-se que o Círculo de Cultura possa exercer no sujeito aprendente um estímulo maior, por considerar sua participação na construção de seu próprio conhecimento. Objetivos Relacionar os estudos linguísticos existentes, sobre o ensino da língua inglesa como língua estrangeira, com vistas à educação transformadora; Adaptar o Círculo de Cultura, mantendo seus princípios norteadores, para a prática educacional ligada ao ensino de LI, para adultos falantes da LP. Metodologia

4 Faremos pesquisa de campo com as fichas de cultura elaboradas para cumprir com os objetivos propostos neste experimento. Iremos aplicar o experimento em uma escola da rede pública da cidade de São Paulo, especificamente para adultos que não tiveram contato com a LI, ou seja, que não tenham tido acesso ao aprendizado deste idioma no ensino formal. Nosso objeto de pesquisa será o ensino-aprendizagem de LI como LE, para alunos adultos falantes do português do Brasil. Por conseguinte, iremos propor a criação de fichas de cultura, para sala de aula de LI. Sobre este aspecto, no Círculo de Cultura, o professor deverá usar técnicas que atendam ao propósito de aprender a LI como LE. Sabemos que em LM o Círculo de Cultura funciona muito bem, uma vez que antes de aprendermos a ler e a escrever, aprendemos a ouvir e, consequentemente, a falar, a nos comunicar. Se o aprendente da LE não sabe usar oralmente o idioma, porque não tem contato com ele e nem é sua LM; o momento inicial destinado ao levantamento de palavras norteadoras terá de ser realizado em LP. Depois desta fase poderemos iniciar a mediação do ensino e a aprendizagem da LI como LE, propriamente dito. Outro aspecto que deverá ser considerado para este experimento é que a LI não é silábica como a LP, nem transparente (a grafia das palavras é muito próxima da pronúncia das mesmas). Teremos que elaborar um plano de trabalho para os Círculos de Cultura diferenciado, isto é, deveremos pensar nas possíveis formas de ensinar as palavras e frases contextualizadas, sem a silabação. Teremos que selecionar a quantidade de palavras inglesas, que serão necessárias para serem usadas nas fases e execução do Círculo de Cultura. Objetivo ao final do 1º Semestre Realização da pesquisa bibliográfica baseada em obras sobre ensino da LI como LE e educação crítica. Adaptação do Círculo de Cultura de Paulo Freire a partir dos fundamentos presentes nas obras e produções acadêmicas pesquisadas. Identificação de uma instituição escolar da rede pública de ensino do Estado de São Paulo para realizar o experimento.

5 Objetivo ao final do 2º Semestre Aplicação de um pré-teste oral (figuras para serem nomeadas em inglês + uma sentença com uma palavra de uma das figuras), antes de iniciar o Círculo de Cultura. Círculo de Cultura para levantamento dos temas geradores (será realizado em LM, pois os aprendentes não tiveram acesso à LI). Objetivo ao final do 3º Semestre Aplicação do método adaptado em 40 sessões. Aplicação do pós-teste oral (elaboração de orações com as figuras já nomeadas). Objetivo ao final do 4º Semestre Redação do relatório final do experimento. BIBLIOGRAFIA ALMEIDA FILHO, J.C.P. Dimensões Comunicativas no Ensino de Línguas. São Paulo/Campinas: Pontes, CELCE-MURCIA, M. Teaching English as a Second Foreign Language. Massachusetts: Heinle & Heinle Publishers, CHAUDRON, C. Second Language Classrooms. Oxford/New York: Cambridge University Press, ELLIS, R. Second Language Acquisition. Oxford/New York: Oxford University Press, FREIRE, P. Educação como Prática da Liberdade. 3ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, Pedagogia do Oprimido. 8ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. 43ª ed. São Paulo: Paz e Terra, 2011a.. A Importância do Ato de Ler: em três artigos que se completam. 51ª ed. Coleção: Questões de nossa época, v. 22. São Paulo: Cortez, 2011b. GILBERT, J.B. Clear Speech from the Start. Cambridge: Cambridge University Press, HARMER, J. The Practice of English Language Teaching. New edition. New York:

6 Longman, KRASHEN, S.D. Principles and Practice in Second Language Acquisition. New York: Prentice Hall, LADO, R. Linguistics Across Cultures. Ann Harbor/Michigan: University of Michigan, LARSEN-FREEMAN, D. An Introduction to Second Language Acquisition Research. New York: Longman, LIGHTBROWN, P.M. & SPADA, N. How Languages are Learned. 3 rd edition. Oxford, New York: Oxford University Press, MCLAREN, P. Multiculturalismo Crítico. São Paulo: Cortez, MIZUKAMI, M.G.N. Ensino: as abordagens do processo. São Paulo: EPU, ODLIN, T. Language Transfer. Cambridge/New York: Cambridge University Press, RICHARDS, J.C. O Ensino Comunicativo de Línguas Estrangeiras. Portfólio SBS 13. Tradução de Rosana S.R. Cruz Gouveia. São Paulo: Special Book Services, SANT ANNA, M.R. Aquisição e Aprendizagem da Língua Inglesa. São Paulo: Arte- Livros, UR, P. A Course in Language Teaching. Cambridge University Press, WIDDOWSON, H. G. Teaching English as Communication. Oxford/New York: Oxford University Press, WRIGHT, A Pictures for Teacher to Copy. Revised edition. London: Nelson, YULE, G. The Study of Language. 3 rd edition. Cambridge/New York: Cambridge University Press, WEBGRAFIA SCHÜTZ, Ricardo. "Language Acquisition Language Learning". Disponível em English Made in Brazil <http://www.sk.com.br/sk-conso.html>. Atualizado em 08 de novembro de Acesso em: 12 jan "Communicative Approach - Abordagem Comunicativa". Disponível em English Made in Brazil <http://www.sk.com.br/sk-comm.html>. Atualizado em 02 julho de Acesso em: 12 set

LINHA DE PESQUISA E DE INTERVENÇÃO GESTÃO EDUCACIONAL (LIPIGES)

LINHA DE PESQUISA E DE INTERVENÇÃO GESTÃO EDUCACIONAL (LIPIGES) Políticas sociais para a juventude Linha de Pesquisa: LINHA DE PESQUISA E DE INTERVENÇÃO GESTÃO EDUCACIONAL (LIPIGES) Área de Concentração: GESTÃO E PRÁTICAS EDUCACIONAIS DESCRIÇÃO Parece consenso entre

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS 1. EMENTA Estudo do processo de aquisição/ aprendizagem de uma segunda língua/ língua estrangeira, métodos e técnicas para o ensino, especialmente da habilidade de leitura. Análise de recursos didáticos.

Leia mais

LINGUÍSTICA APLICADA AO ENSINO DE LÍNGUA ESTRANGEIRA

LINGUÍSTICA APLICADA AO ENSINO DE LÍNGUA ESTRANGEIRA SPADA, Nina. Linguística Aplicada ao Ensino de Língua Estrangeira: uma entrevista com Nina Spada. Revista Virtual de Estudos da Linguagem - ReVEL. Vol. 2, n. 2, 2004. Tradução de Gabriel de Ávila Othero.

Leia mais

PROFESSORAS RESPONSÁVEIS: Rosane Rocha Pessoa e Maria Aparecida Y. Sebba

PROFESSORAS RESPONSÁVEIS: Rosane Rocha Pessoa e Maria Aparecida Y. Sebba MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE LETRAS NOME DA DISCIPLINA: Inglês 6 PROFESSORAS RESPONSÁVEIS: Rosane Rocha Pessoa e Maria Aparecida Y. Sebba CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 64

Leia mais

O Ensino da Pronúncia do Inglês e a Abordagem Comunicativa

O Ensino da Pronúncia do Inglês e a Abordagem Comunicativa ARTIGO...Letrônica v. 3, n. 1, p.153, julho 2010 O Ensino da Pronúncia do Inglês e a Abordagem Comunicativa Luciane Guimarães de Paula Introdução O presente artigo 1 relata um recorte dos resultados de

Leia mais

O ENSINO E APRENDIZAGEM DE LEITURA EM LÍNGUA INGLESA NO CURSO TÉCNICO EM MECÂNICA NA ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL 25 DE JULHO DE IJUÍ/ RS 1

O ENSINO E APRENDIZAGEM DE LEITURA EM LÍNGUA INGLESA NO CURSO TÉCNICO EM MECÂNICA NA ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL 25 DE JULHO DE IJUÍ/ RS 1 O ENSINO E APRENDIZAGEM DE LEITURA EM LÍNGUA INGLESA NO CURSO TÉCNICO EM MECÂNICA NA ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL 25 DE JULHO DE IJUÍ/ RS 1 Jamile Tábata Balestrin Konageski 2, Solânge Lopes Ferrari 3, Luana

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 2202D - Comunicação Social: Jornalismo. Ênfase. Disciplina 0003016A - Língua Inglesa I

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 2202D - Comunicação Social: Jornalismo. Ênfase. Disciplina 0003016A - Língua Inglesa I Curso 2202D - Comunicação Social: Jornalismo Ênfase Identificação Disciplina 0003016A - Língua Inglesa I Docente(s) Lucinéa Marcelino Villela Unidade Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação Departamento

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PROFESSOR DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PROFESSOR DA EDUCAÇÃO SUPERIOR PROCESSO SELETIVO DE PROVAS E TÍTULOS PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE PROFESSOR DA EDUCAÇÃO SUPERIOR EDITAL N 15/2010 UNEMAT DEPARTAMENTO DE LETRAS - CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE CÁCERES-MT A UNIVERSIDADE DO

Leia mais

Disciplina: O conto em LI Ementa: Análise crítica e interpretação de contos extraídos da produção literária em língua inglesa. Carga Horária: 60h

Disciplina: O conto em LI Ementa: Análise crítica e interpretação de contos extraídos da produção literária em língua inglesa. Carga Horária: 60h 1º Semestre Disciplina: Introdução aos Estudos Literários Ementa: Estudo crítico das noções de literatura. Revisão das categorias tradicionais de gêneros literários e estudo dos novos gêneros ficcionais.

Leia mais

AS NOVAS TECNOLOGIAS COMO PARCEIRAS NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM DE LÍNGUA INGLESA.

AS NOVAS TECNOLOGIAS COMO PARCEIRAS NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM DE LÍNGUA INGLESA. AS NOVAS TECNOLOGIAS COMO PARCEIRAS NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM DE LÍNGUA INGLESA. MORAES, Camilla Santos 1 Palavras-chave: ensino-aprendizagem de inglês, novas tecnologias, ensino mediado pelo computador.

Leia mais

ATIVIDADE DA TUTORIA 1. Parte I: De qual/quais estratégia(s) você faz uso ao aprender inglês? Discuta com um colega e faça uma lista no espaço abaixo.

ATIVIDADE DA TUTORIA 1. Parte I: De qual/quais estratégia(s) você faz uso ao aprender inglês? Discuta com um colega e faça uma lista no espaço abaixo. ATIVIDADE DA TUTORIA 1 CURSO: CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS PORTUGUÊS/INGLÊS DISCIPLINA: Produção Oral e Escrita em Língua Inglesa I PERIODO: 3º Estratégias de Aprendizagem Parte I: De qual/quais estratégia(s)

Leia mais

A LUDICIDADE E A INTERAÇÃO VERBAL NO ENSINO DE LÍNGUA ESTRANGEIRA NAS SÉRIES INICIAIS

A LUDICIDADE E A INTERAÇÃO VERBAL NO ENSINO DE LÍNGUA ESTRANGEIRA NAS SÉRIES INICIAIS A LUDICIDADE E A INTERAÇÃO VERBAL NO ENSINO DE LÍNGUA ESTRANGEIRA NAS SÉRIES INICIAIS HORTA, Gabriela Alias (UNESP- FCT) RESUMO: Este trabalho tem por objetivo discutir a importância das atividades lúdicas

Leia mais

RESPOSTA FÍSICA TOTAL

RESPOSTA FÍSICA TOTAL RESPOSTA FÍSICA TOTAL Valdelice Prudêncio Lima UEMS João Fábio Sanches Silva UEMS O método apresentado é baseado na coordenação da fala e da ação, desenvolvido por James Asher, professor de psicologia

Leia mais

TECHONOLOGY FOR SECOND LANGUAGE LEARNING

TECHONOLOGY FOR SECOND LANGUAGE LEARNING CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS DEPARTAMENTO DE LINGUAGEM E TECNOLOGIA Mestrado em Estudos de Linguagens TECHONOLOGY FOR SECOND LANGUAGE LEARNING CAROL A. CHAPELLE Disciplina: Ambientes

Leia mais

Letras 2.0. Monitoria nos cursos de línguas para a comunidade. Ultimas notícias: apresentação do curso. Assessora: Márcia Magarinos

Letras 2.0. Monitoria nos cursos de línguas para a comunidade. Ultimas notícias: apresentação do curso. Assessora: Márcia Magarinos Letras 2.0 Assessora: Márcia Magarinos Monitoria nos cursos de línguas para a comunidade Ultimas notícias: apresentação do curso Proposta: - Oferecer ambiente de orientação e formação de monitores de modo

Leia mais

Currículo do Curso de Licenciatura em Filosofia

Currículo do Curso de Licenciatura em Filosofia Currículo do Curso de Licenciatura em Filosofia 1. Componentes curriculares O currículo do Curso de Licenciatura em Filosofia engloba as seguintes dimensões. 1.1. Conteúdos de natureza teórica Estes conteúdos

Leia mais

Estudo de um Sistema de Gêneros em um Curso Universitário

Estudo de um Sistema de Gêneros em um Curso Universitário Departamento de Letras Estudo de um Sistema de Gêneros em um Curso Universitário Aluna: Esther Ruth Oliveira da Silva Orientadora: Profª. Bárbara Jane Wilcox Hemais Introdução O presente projeto se insere

Leia mais

A TENDÊNCIA DO MULTILETRAMENTO NO ENSINO DE LÍNGUA ESTRANGEIRA

A TENDÊNCIA DO MULTILETRAMENTO NO ENSINO DE LÍNGUA ESTRANGEIRA A TENDÊNCIA DO MULTILETRAMENTO NO ENSINO DE LÍNGUA ESTRANGEIRA Aline Krahl i () Greicy Kelly de Oliveira Hensel ii () Sandra Fonseca Pinto iii () Luciana Maria Crestani iv () INTRODUÇÃO A evolução da tecnologia

Leia mais

A FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE LÍNGUA INGLESA E O COMPROMISSO SOCIAL

A FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE LÍNGUA INGLESA E O COMPROMISSO SOCIAL A FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE LÍNGUA INGLESA E O COMPROMISSO SOCIAL Ferreira, Aparecida de Jesus Unioeste/Cascavel A língua Inglesa sem dúvida é, hoje, a língua mais falada e utilizada no mundo como língua

Leia mais

REFLEXÕES ACERCA DO MÉTODO TRADICIONAL E A ABORDAGEM COMUNICATIVA NO ENSINO DE LÍNGUA INGLESA NA SALA DE AULA DO ENSINO MÉDIO

REFLEXÕES ACERCA DO MÉTODO TRADICIONAL E A ABORDAGEM COMUNICATIVA NO ENSINO DE LÍNGUA INGLESA NA SALA DE AULA DO ENSINO MÉDIO REFLEXÕES ACERCA DO MÉTODO TRADICIONAL E A ABORDAGEM COMUNICATIVA NO ENSINO DE LÍNGUA INGLESA NA SALA DE AULA DO ENSINO MÉDIO SILVA, Wellington Jhonner D. B da¹ Universidade Estadual de Goiás - Unidade

Leia mais

CRENÇAS DE GRADUANDOS DE INGLÊS LÍNGUA ESTRANGEIRA SOBRE A PRÓPRIA PRONÚNCIA

CRENÇAS DE GRADUANDOS DE INGLÊS LÍNGUA ESTRANGEIRA SOBRE A PRÓPRIA PRONÚNCIA CRENÇAS DE GRADUANDOS DE INGLÊS LÍNGUA ESTRANGEIRA SOBRE A PRÓPRIA PRONÚNCIA Neide Cesar CRUZ Universidade Federal de Campina Grande Resumo: Este estudo de pequeno porte focaliza as crenças que graduandos

Leia mais

CURSO DE EXTENSÃO Ensino e Aprendizagem de Língua Inglesa para Comunicação em Contextos Acadêmicos Professora Responsável: Sandra Mari Kaneko Marques

CURSO DE EXTENSÃO Ensino e Aprendizagem de Língua Inglesa para Comunicação em Contextos Acadêmicos Professora Responsável: Sandra Mari Kaneko Marques INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO CAMPUS SÃO CARLOS CURSO DE EXTENSÃO Ensino e Aprendizagem de Língua Inglesa para Comunicação em Contextos Acadêmicos Professora Responsável:

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. TURMA: 1º ANO 1º semestre

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. TURMA: 1º ANO 1º semestre EIXO TECNOLÓGICO: GESTÃO E NEGÓCIOS Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: TÉCNICO EM SECRETARIADO FORMA/GRAU: ( )integrado ( x )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

O ENSINO DE LÍNGUA INGLESA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS- EJA

O ENSINO DE LÍNGUA INGLESA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS- EJA O ENSINO DE LÍNGUA INGLESA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS- EJA RESUMO Alba Patrícia Passos de Sousa 1 O presente artigo traz como temática o ensino da língua inglesa na educação de jovens e adultos (EJA),

Leia mais

TESTE SELETIVO COLEGIADO DE LETRAS - 2013 LISTA DE PONTOS

TESTE SELETIVO COLEGIADO DE LETRAS - 2013 LISTA DE PONTOS ENSINO DE LÍNGUA INGLESA 1. New technologies and ELT 2. Teaching English pronunciation for Brazilian EFL speakers 3. Developing reading skills in the EFL classroom: theory and practice 4. Assessment in

Leia mais

O ensino de língua inglesa para crianças

O ensino de língua inglesa para crianças O ensino de língua inglesa para crianças Débora Leffa Dimer 1 Adriana Soares 2 Resumo: No presente artigo, iremos analisar como ocorre o aprendizado de uma língua estrangeira, no caso, a Língua Inglesa,

Leia mais

CONCEPÇÕES SOBRE O PROCESSO DE ENSINO APRENDIZAGEM DE LÍNGUA ESTRANGEIRA NA EDUCAÇÃO INFANTIL E SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

CONCEPÇÕES SOBRE O PROCESSO DE ENSINO APRENDIZAGEM DE LÍNGUA ESTRANGEIRA NA EDUCAÇÃO INFANTIL E SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL V EPCC Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 23 a 26 de outubro de 2007 CONCEPÇÕES SOBRE O PROCESSO DE ENSINO APRENDIZAGEM DE LÍNGUA ESTRANGEIRA NA EDUCAÇÃO INFANTIL E SÉRIES INICIAIS DO

Leia mais

Programa da Unidade Curricular

Programa da Unidade Curricular Unidade Curricular: ECTS: Carga horária: Ano Lectivo: Semestre(s): Docente(s): O Estudo da Linguagem Humana 6 ECTS 4h/semana 2014-2015 S1 Marina Vigário Objectivos de aprendizagem: Esta disciplina visa

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 2º Semestre/2014. Ensino Técnico. Professor: ELZA CEDRO DE ANDRADE

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 2º Semestre/2014. Ensino Técnico. Professor: ELZA CEDRO DE ANDRADE PLANO DE TRABALHO DOCENTE º Semestre/04 Ensino Técnico Código: 06 ETEC ANHANQUERA Município: Santana de Parnaíba Componente Curricular: Inglês Instrumental Eixo Tecnológico: Ambiente, saúde e segurança

Leia mais

CRENÇAS E EXPERIENCIAS DOS ALUNOS DE LINGUA INGLESA DO IFMG

CRENÇAS E EXPERIENCIAS DOS ALUNOS DE LINGUA INGLESA DO IFMG CRENÇAS E EXPERIENCIAS DOS ALUNOS DE LINGUA INGLESA DO IFMG OLIVEIRA, Shirlene Bemfica de Oliveira 1 CARMO, Kamila Oliveira do 2 LEITE, Gabriela Maria Ferreira Leite 3 OLIVEIRA, Tatiane Morandi de 4 ROSSI,

Leia mais

O ENSINO DE COMPREENSÃO ORAL EM LÍNGUA INGLESA: IMPLICAÇÕES PARA A FORMAÇÃO DOCENTE

O ENSINO DE COMPREENSÃO ORAL EM LÍNGUA INGLESA: IMPLICAÇÕES PARA A FORMAÇÃO DOCENTE O ENSINO DE COMPREENSÃO ORAL EM LÍNGUA INGLESA: IMPLICAÇÕES PARA A FORMAÇÃO DOCENTE MEIRELES, Mirelly Karolinny de Melo/UNIDERC 1 mirellyk@yahoo.com.br NASCIMENTO, Kaline Brasil Pereira/UEPB 2 k.aline.brasil@hotmail.com

Leia mais

VESTIBULAR, MOTIVAÇÃO E APRENDIZAGEM DE ESPANHOL COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA: CONEXÕES POSSÍVEIS?

VESTIBULAR, MOTIVAÇÃO E APRENDIZAGEM DE ESPANHOL COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA: CONEXÕES POSSÍVEIS? resenhas e críticas VESTIBULAR, MOTIVAÇÃO E APRENDIZAGEM DE ESPANHOL COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA: CONEXÕES POSSÍVEIS? 1 2 1. A motivação 3-31 Neste trabalho os termos língua estrangeira e segunda língua serão

Leia mais

ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: TECENDO RELAÇÕES COM O PENSAMENTO DE PAULO FREIRE

ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: TECENDO RELAÇÕES COM O PENSAMENTO DE PAULO FREIRE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: TECENDO RELAÇÕES COM O PENSAMENTO DE PAULO FREIRE Marcia Aparecida Alferes 1 Resumo O presente texto pretende refletir sobre a definição dos conceitos de alfabetização e letramento,

Leia mais

Estratégias de Aprendizado da Língua Estrangeira 1. Introdução

Estratégias de Aprendizado da Língua Estrangeira 1. Introdução Estratégias de Aprendizado da Língua Estrangeira Gedeon Santos de Medeiros Gerley Machado de Oliveira 1. Introdução A escolha de determinadas experiências de aprendizagem em qualquer contexto educacional,

Leia mais

PROGRAMA DE METODOLOGIA DE ENSINO DE INGLÊS

PROGRAMA DE METODOLOGIA DE ENSINO DE INGLÊS PROGRAMA DE METODOLOGIA DE ENSINO DE INGLÊS 11ª Classe Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário Ficha Técnica Título Programa de Metodologia de Ensino de Inglês - 11ª Classe Formação de

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES DO USO DE SOFTWARES EDUCACIONAIS PARA O ENSINO- APRENDIZAGEM DE INGLÊS COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA: a visão dos alunos

CONTRIBUIÇÕES DO USO DE SOFTWARES EDUCACIONAIS PARA O ENSINO- APRENDIZAGEM DE INGLÊS COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA: a visão dos alunos CONTRIBUIÇÕES DO USO DE SOFTWARES EDUCACIONAIS PARA O ENSINO- APRENDIZAGEM DE INGLÊS COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA: a visão dos alunos Marli Fátima Vick Vieira 1 ; Gicele Vieira Prebianca 2 ; Tháfila Krum de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE INSTITUTO DE LETRAS E ARTES CONCURSO PÚBLICO PROFESSOR ASSISTENTE EM LÍNGUA INGLESA. EDITAL No.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE INSTITUTO DE LETRAS E ARTES CONCURSO PÚBLICO PROFESSOR ASSISTENTE EM LÍNGUA INGLESA. EDITAL No. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE INSTITUTO DE LETRAS E ARTES CONCURSO PÚBLICO PROFESSOR ASSISTENTE EM LÍNGUA INGLESA EDITAL No. 011/2009 Dados para o Edital do Concurso para Professor Assistente na área

Leia mais

A INFLUÊNCIA DA CORREÇÃO DE ERROS GRAMATICAIS E O FILTRO AFETIVO NO ENSINO DE INGLÊS COMO LE EM AMBIENTE COMUNICATIVO

A INFLUÊNCIA DA CORREÇÃO DE ERROS GRAMATICAIS E O FILTRO AFETIVO NO ENSINO DE INGLÊS COMO LE EM AMBIENTE COMUNICATIVO 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 A INFLUÊNCIA DA CORREÇÃO DE ERROS GRAMATICAIS E O FILTRO AFETIVO NO ENSINO DE INGLÊS COMO LE EM AMBIENTE COMUNICATIVO André William Alves de Assis 1 ;

Leia mais

ABORDAGEM COMUNICATIVA NA AQUISIÇÃO DE LÍNGUA ESTRANGEIRA COMMUNICATIVE APPROACH IN THE FOREING LANGUAGE ACQUISITION

ABORDAGEM COMUNICATIVA NA AQUISIÇÃO DE LÍNGUA ESTRANGEIRA COMMUNICATIVE APPROACH IN THE FOREING LANGUAGE ACQUISITION ABORDAGEM COMUNICATIVA NA AQUISIÇÃO DE LÍNGUA ESTRANGEIRA Keyla Christina Almeida Portela 1 RESUMO: O presente artigo objetiva apresentar o ensino/aprendizagem de língua inglesa através da abordagem comunicativa,

Leia mais

CRENÇAS DE UMA ALUNA INICIANTE NO CURSO DE LETRAS INGLÊS ACERCA DA ORALIDADE

CRENÇAS DE UMA ALUNA INICIANTE NO CURSO DE LETRAS INGLÊS ACERCA DA ORALIDADE CRENÇAS DE UMA ALUNA INICIANTE NO CURSO DE LETRAS INGLÊS ACERCA DA ORALIDADE Marrine Oliveira Sousa (UFG) Tatiana Diello Borges (UFG) marrine_@hotmail.com tatiana.diello@gmail.com 1. Introdução No exterior,

Leia mais

Carlos Fabiano de Souza IFF (carlosfabiano.teacher@gmail.com; carlos.souza@iff.edu.br) Mestrando em Estudos de Linguagem (UFF)

Carlos Fabiano de Souza IFF (carlosfabiano.teacher@gmail.com; carlos.souza@iff.edu.br) Mestrando em Estudos de Linguagem (UFF) RELAÇÕES DICOTÔMICAS NO ENSINO DE INGLÊS EM CURSOS DE IDIOMAS: as implicaturas da (de)formação do professor de línguas que atua nesse contexto de ensinoaprendizagem de língua estrangeira Carlos Fabiano

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO EDITAL 29/2014 PROCESSO SELETIVO. Pré-requisitos/ Titulação. Valor Bolsa

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO EDITAL 29/2014 PROCESSO SELETIVO. Pré-requisitos/ Titulação. Valor Bolsa PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO EDITAL 29/2014 PROCESSO SELETIVO A Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Federal do Triângulo Mineiro torna público que estarão abertas as inscrições para a realização do Processo

Leia mais

PORTUGUÊS PARA ESTRANGEIROS

PORTUGUÊS PARA ESTRANGEIROS PORTUGUÊS PARA ESTRANGEIROS Novo Código código anterior Nome da disciplina Ementa Bibliografia Pré-requisitos C/H Equivalências LEM1001 ----- Metodologia de Ensino de (Português como) Língua Estrangeira

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Técnico

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Técnico PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015 Ensino Técnico Código: 0262 ETEC ANHANQUERA Município: Santana de Parnaíba Componente Curricular: Inglês Instrumental Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Módulo:

Leia mais

ANÁLISE DE ALGUNS EXERCÍCIOS DE COMPREENSÃO AUDITIVA DA COLEÇÃO AMERICAN HEADWAY NA PERSPECTIVA DA SOCIOLINGUÍSTICA

ANÁLISE DE ALGUNS EXERCÍCIOS DE COMPREENSÃO AUDITIVA DA COLEÇÃO AMERICAN HEADWAY NA PERSPECTIVA DA SOCIOLINGUÍSTICA ANÁLISE DE ALGUNS EXERCÍCIOS DE COMPREENSÃO AUDITIVA DA COLEÇÃO AMERICAN HEADWAY NA PERSPECTIVA DA Cristiane Toffanello Mestranda UniRitter/Laureate International Universities Cristoffi@hotmail.com SOCIOLINGUÍSTICA

Leia mais

Critérios de seleção e utilização do livro didático de inglês na rede estadual de ensino de Goiás

Critérios de seleção e utilização do livro didático de inglês na rede estadual de ensino de Goiás Critérios de seleção e utilização do livro didático de inglês na rede estadual de ensino de Goiás COSTA, Bianca Ribeiro Morais OLIVEIRA, Eliane Carolina de Universidade Federal de Goiás- UFG Programa de

Leia mais

Bruna Vignetti dos Santos Centro de Comunicação e Letras Universidade Presbiteriana Mackenzie Rua Piauí, 143 01241-001 São Paulo SP

Bruna Vignetti dos Santos Centro de Comunicação e Letras Universidade Presbiteriana Mackenzie Rua Piauí, 143 01241-001 São Paulo SP Competência Comunicativa: um contraste entre os métodos Audiovisual e Gramática-Tradução Communicative Competence: a contrast between the Audiovisual and the Grammar- Translation methods Bruna Vignetti

Leia mais

DOCUMENTOS OFICIAIS DO GOVERNO - SUBSÍDIOS PARA A PRÁTICA DOCENTE DO PROFESSOR DE LÍNGUA ESTRANGEIRA

DOCUMENTOS OFICIAIS DO GOVERNO - SUBSÍDIOS PARA A PRÁTICA DOCENTE DO PROFESSOR DE LÍNGUA ESTRANGEIRA DOCUMENTOS OFICIAIS DO GOVERNO - SUBSÍDIOS PARA A PRÁTICA DOCENTE DO PROFESSOR DE LÍNGUA ESTRANGEIRA Alciene Ribeiro Feitoza da SILVA 1 Módulo Centro Universitário Ao atuar na formação de professores de

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Ensino Médio

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Ensino Médio Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL Ensino Médio ETEC PROFª NAIR LUCCAS RIBEIRO Código: 156 Município: TEODORO SAMPAIO Área de conhecimento: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias Componente

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Médio. Professor: Uilson Nunes de Carvalho Júnior

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Médio. Professor: Uilson Nunes de Carvalho Júnior PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015 Ensino Médio Código: 0262 ETEC ANHANQUERA Município: Santana de Parnaíba Área de Conhecimento: Linguagens, códigos e suas tecnologias. Componente Curricular:

Leia mais

ANÁLISE DE NECESSIDADES DO CONTROLADOR DE TRÁFEGO AÉREO: EM BUSCA DE UMA PROPOSTA DE CURSO DA DISCIPLINA LÍNGUA INGLESA COM ENFOQUE NO DESEMPENHO ORAL

ANÁLISE DE NECESSIDADES DO CONTROLADOR DE TRÁFEGO AÉREO: EM BUSCA DE UMA PROPOSTA DE CURSO DA DISCIPLINA LÍNGUA INGLESA COM ENFOQUE NO DESEMPENHO ORAL ANÁLISE DE NECESSIDADES DO CONTROLADOR DE TRÁFEGO AÉREO: EM BUSCA DE UMA PROPOSTA DE CURSO DA DISCIPLINA LÍNGUA INGLESA COM ENFOQUE NO DESEMPENHO ORAL INTRODUÇÃO Patrícia Palhares Tupinambá FERNANDES DE

Leia mais

CULTURA E HISTÓRIA AFRO-BRASILEIRA NA AULA DE INGLÊS: E A CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE NACIONAL NA ESCOLA

CULTURA E HISTÓRIA AFRO-BRASILEIRA NA AULA DE INGLÊS: E A CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE NACIONAL NA ESCOLA CULTURA E HISTÓRIA AFRO-BRASILEIRA NA AULA DE INGLÊS: E A CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE NACIONAL NA ESCOLA Júlio César Paula Neves Tânia Mayra Lopes de Melo Modalidade: Pôster Sessão Temática 5: Educação e

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO A VEZ DO MESTRE

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO A VEZ DO MESTRE UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO A VEZ DO MESTRE A MOTIVAÇÃO NO ENSINO DE IDIOMAS PARA ADULTOS Por Luciene de Albuquerque Sondermann Orientador Prof. Ms. Nilson Guedes de Freitas

Leia mais

O PEDAGOGO NA DOCÊNCIA E SUA IMPORTÂNCIA NO ENSINO- APRENDIZAGEM

O PEDAGOGO NA DOCÊNCIA E SUA IMPORTÂNCIA NO ENSINO- APRENDIZAGEM O PEDAGOGO NA DOCÊNCIA E SUA IMPORTÂNCIA NO ENSINO- APRENDIZAGEM Helena Harumi Maruyama G Pedagogia INESUL LONDRINA PR Orientadora Ms. Maria Eliza Corrêa Pacheco D Pedagogia INESUL LONDRINA PR PAINEL e-mail:

Leia mais

A ABORDAGEM DE QUESTÕES AMBIENTAIS NAS AULAS DE INGLÊS DO NONO ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

A ABORDAGEM DE QUESTÕES AMBIENTAIS NAS AULAS DE INGLÊS DO NONO ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL A ABORDAGEM DE QUESTÕES AMBIENTAIS NAS AULAS DE INGLÊS DO NONO ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL Rafaela Alves Melo RESUMO O presente projeto buscou investigar a presença de temas que envolvem questões ambientais

Leia mais

A importância do listening para o processo ensino-aprendizagem na disciplina de inglês do ensino fundamental

A importância do listening para o processo ensino-aprendizagem na disciplina de inglês do ensino fundamental A importância do listening para o processo ensinoaprendizagem na disciplina de inglês do ensino fundamental Priscilla Moreira Diniz SEPÚLVEDA 1, Danielle Ferreira de SOUZA 2 1 Acadêmica do curso graduação

Leia mais

ENSINO DE VOCABULÁRIO DE LÍNGUA INGLESA À LUZ DOS ASPECTOS INTERCULTURAIS

ENSINO DE VOCABULÁRIO DE LÍNGUA INGLESA À LUZ DOS ASPECTOS INTERCULTURAIS ENSINO DE VOCABULÁRIO DE LÍNGUA INGLESA À LUZ DOS ASPECTOS INTERCULTURAIS Anilda Costa Alves (PIBD/CAPESUEPB) anildauepb@gmail.com Jamille Alves (PIBID/CAPES/UEEPB) milygta10@hotmail.com Orientador: Prof.

Leia mais

O ENSINO DE INGLÊS NA ESCOLA NAVAL Profa. Dra. Ana Paula Araujo Silva Escola Naval

O ENSINO DE INGLÊS NA ESCOLA NAVAL Profa. Dra. Ana Paula Araujo Silva Escola Naval Eixo Temático I: Práticas pedagógicas a serviço da educação superior militar Subtema 1: metodologias de ensino e aprendizagem; ensino voltado para competências; hibridismo pedagógico; interdisciplinaridade

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DA PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA INGLESA DOS ACADÊMICOS DE LETRAS DA UNIFRA: UM PARALELO ENTRE A MOTIVAÇÃO E A AUTONOMIA DOS MESMOS 1

DESENVOLVIMENTO DA PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA INGLESA DOS ACADÊMICOS DE LETRAS DA UNIFRA: UM PARALELO ENTRE A MOTIVAÇÃO E A AUTONOMIA DOS MESMOS 1 DESENVOLVIMENTO DA PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA INGLESA DOS ACADÊMICOS DE LETRAS DA UNIFRA: UM PARALELO ENTRE A MOTIVAÇÃO E A AUTONOMIA DOS MESMOS 1 OLIVEIRA, Vinícius. O. 2 MACIEL, Adriana. M. N. RESUMO: O

Leia mais

A TECNOLOGIA NO ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS PARA CRIANÇAS

A TECNOLOGIA NO ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS PARA CRIANÇAS A TECNOLOGIA NO ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS PARA CRIANÇAS LUDOVICO, Francieli Motter (PEL/Unioeste) 1 MOTTER, Rose Maria Belim (Unioeste/UFSC) 2 RESUMO: A tecnologia é parte integrante do mundo moderno.

Leia mais

O ENSINO DE ESPANHOL COMO LE COM OS RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS NA PLATAFORMA MOODLE*

O ENSINO DE ESPANHOL COMO LE COM OS RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS NA PLATAFORMA MOODLE* 1 O ENSINO DE ESPANHOL COMO LE COM OS RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS NA PLATAFORMA MOODLE* Resumo Este trabalho se propõe a analisar o curso de extensão universitária CESB (Curso de Espanhol Básico) para

Leia mais

USO DE ESTRATÉGIAS DE APRENDIZAGEM: CONTRIBUIÇÕES DO PROFESSOR-LEITOR NO ENSINO E NA APRENDIZAGEM DE LEITURA EM LÍNGUAS ESTRANGEIRAS

USO DE ESTRATÉGIAS DE APRENDIZAGEM: CONTRIBUIÇÕES DO PROFESSOR-LEITOR NO ENSINO E NA APRENDIZAGEM DE LEITURA EM LÍNGUAS ESTRANGEIRAS USO DE ESTRATÉGIAS DE APRENDIZAGEM: CONTRIBUIÇÕES DO PROFESSOR-LEITOR NO ENSINO E NA APRENDIZAGEM DE LEITURA EM LÍNGUAS ESTRANGEIRAS Resumo JALIL, Samira Abdel FARESC samirajalil@hotmail.com Área Temática:

Leia mais

PROJETO LÍNGUA DE FORA

PROJETO LÍNGUA DE FORA DESCRIÇÃO PROJETO LÍNGUA DE FORA O, de responsabilidade dos professores da disciplina de estágio supervisionado das línguas espanhola, francesa e inglesa, corresponde a 50 horas de estágio, das 200 horas

Leia mais

Alfabetizar as crianças na idade certa com Paulo Freire e Emilia Ferreiro Práticas socioconstrutivistas

Alfabetizar as crianças na idade certa com Paulo Freire e Emilia Ferreiro Práticas socioconstrutivistas Alfabetizar as crianças na idade certa com Paulo Freire e Emilia Ferreiro Práticas socioconstrutivistas Apoio Pedagógico Memória, cultura e literatura O prazer de ler e recriar o mundo, Elias José Preservando

Leia mais

EDITAL Nº 01, de 30 de maio de 2016. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA PROFESSOR BOLSISTA DO NÚCLEO DE LÍNGUAS DO PROGRAMA INGLÊS SEM FRONTEIRAS

EDITAL Nº 01, de 30 de maio de 2016. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA PROFESSOR BOLSISTA DO NÚCLEO DE LÍNGUAS DO PROGRAMA INGLÊS SEM FRONTEIRAS EDITAL Nº 01, de 30 de maio de 2016. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA PROFESSOR BOLSISTA DO NÚCLEO DE LÍNGUAS DO PROGRAMA INGLÊS SEM FRONTEIRAS A Coordenadora do Programa Inglês Sem Fronteiras da Universidade

Leia mais

IV Seminário de Iniciação Científica

IV Seminário de Iniciação Científica O BOM PROFESSOR DE LÍNGUA ESTRANGEIRA E A SUA RELAÇÃO COM OS MÉTODOS DE ENSINO Ângela Cristina de Jesus Jancitsky 1 ; Marília Moreira de Souza 1 ; Pollyanna Morais Espíndola 2 ; Ms. Marcelo da Silva Pericoli

Leia mais

Quando começou a pensar na alfabetização, em 1962, Paulo Freire trazia mais de 15 anos de

Quando começou a pensar na alfabetização, em 1962, Paulo Freire trazia mais de 15 anos de PAULO FREIRE E A ALFABETIZAÇÃO Vera Lúcia Queiroga Barreto 1 Uma visão de alfabetização que vai além do ba,be,bi,bo,bu. Porque implica uma compreensão crítica da realidade social, política e econômica

Leia mais

Trabalhando com o lúdico: motivação nas aulas de língua estrangeira para crianças. Temática: Aquisição de linguagem, variação e ensino: um balanço

Trabalhando com o lúdico: motivação nas aulas de língua estrangeira para crianças. Temática: Aquisição de linguagem, variação e ensino: um balanço Trabalhando com o lúdico: motivação nas aulas de língua estrangeira para crianças Deise Anne Terra Melgar (UNIPAMPA)¹ Vanessa David Acosta (UNIPAMPA)² Orientadora: Cristina Pureza Duarte Boéssio Temática:

Leia mais

II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores

II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores AS (DES)ARTICULAÇÕES ENTRE TEORIA E PRÁTICA NA FORMAÇÃO INICIAL DO FUTURO PROFESSOR DE LÍNGUA

Leia mais

MOTIVAÇÃO E DESMOTIVAÇÃO NO APRENDIZADO DE LÍNGUAS

MOTIVAÇÃO E DESMOTIVAÇÃO NO APRENDIZADO DE LÍNGUAS MOTIVAÇÃO E DESMOTIVAÇÃO NO APRENDIZADO DE LÍNGUAS Prof. Dr. Richard Schütz www.sk.com.br Referência: SCHÜTZ, Ricardo. "Motivação e Desmotivação no Aprendizado de Línguas" English Made in Brazil .

Leia mais

ELABORAÇÃO DE GLOSSÁRIO DE TERMOS TÉCNICOS DA LOGÍSTICA AEROPORTUÁRIA COMO PARTE DA DISCIPLINA DE LÍNGUA INGLESA

ELABORAÇÃO DE GLOSSÁRIO DE TERMOS TÉCNICOS DA LOGÍSTICA AEROPORTUÁRIA COMO PARTE DA DISCIPLINA DE LÍNGUA INGLESA ELABORAÇÃO DE GLOSSÁRIO DE TERMOS TÉCNICOS DA LOGÍSTICA AEROPORTUÁRIA COMO PARTE DA DISCIPLINA DE LÍNGUA INGLESA Me Simone Afini Cardoso Brito simonebrito@terra.com.br Fatec Guarulhos NelsonNishizaki Jr.

Leia mais

13. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 INGLÊS INSTRUMENTAL: UMA EXPERIÊNCIA NO PROJETO EQUIDADE NA PÓS-GRADUAÇÃO

13. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 INGLÊS INSTRUMENTAL: UMA EXPERIÊNCIA NO PROJETO EQUIDADE NA PÓS-GRADUAÇÃO 13. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( X ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE

Leia mais

MARLIANE DIAS SILVA LET S SPEAK ENGLISH

MARLIANE DIAS SILVA LET S SPEAK ENGLISH MARLIANE DIAS SILVA LET S SPEAK ENGLISH Campos Belos 2014 Vicente Pereira de Almeida Reitor Claudecir Gonçalves Pró-Reitor de Administração e Planejamento Elias de Pádua Monteiro Pró-Reitor de Desenvolvimento

Leia mais

Formulário de Aprovação de Curso e Autorização da Oferta PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO. Formação Continuada em Inglês para professores de Inglês

Formulário de Aprovação de Curso e Autorização da Oferta PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO. Formação Continuada em Inglês para professores de Inglês MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Formulário de Aprovação de Curso e Autorização da Oferta PROJETO

Leia mais

7ª Semana de Licenciatura Educação Científica e Tecnológica: Formação, Pesquisa e Carreira De 08 a 11 de junho de 2010

7ª Semana de Licenciatura Educação Científica e Tecnológica: Formação, Pesquisa e Carreira De 08 a 11 de junho de 2010 7ª Semana de Licenciatura Educação Científica e Tecnológica: Formação, Pesquisa e Carreira De 08 a 11 de junho de 2010 ENSINAR INGLÊS É O MÁXIMO! : REVELANDO AS CRENÇAS SOBRE ENSINO/APRENDIZAGEM DE LÍNGUA

Leia mais

PLANO DE ENSINO. CURSO: Licenciatura em Pedagogia ANO/TRIMESTRE: 2014/1 DISCIPLINA: Alfabetização e Letramento: métodos de alfabetização

PLANO DE ENSINO. CURSO: Licenciatura em Pedagogia ANO/TRIMESTRE: 2014/1 DISCIPLINA: Alfabetização e Letramento: métodos de alfabetização PLANO DE ENSINO CURSO: Licenciatura em Pedagogia ANO/TRIMESTRE: 2014/1 DISCIPLINA: Alfabetização e Letramento: métodos de alfabetização CARGA HORÁRIA: 90h PROFESSOR: Lourival José Martins Filho 1 EMENTA

Leia mais

MARIA ELAINE MENDES LET S SPEAK ENGLISH

MARIA ELAINE MENDES LET S SPEAK ENGLISH MARIA ELAINE MENDES LET S SPEAK ENGLISH Campos Belos 2015 Vicente Pereira de Almeida Reitor Claudecir Gonçalves Pró-Reitor de Administração e Planejamento Elias de Pádua Monteiro Pró-Reitor de Desenvolvimento

Leia mais

8ª Semana de Licenciatura

8ª Semana de Licenciatura 8ª Semana de Licenciatura O professor como protagonista do processo de mudanças no contexto social De 14 a 17 de junho de 2011 MOTIVAÇÃO E ANSIEDADE: A AFETIVIDADE NO PROCESSO DE ESCRITA EM LÍNGUA INGLESA

Leia mais

FORMAÇÃO DE PROFESSORES E IDENTIDADE PROFISSIONAL

FORMAÇÃO DE PROFESSORES E IDENTIDADE PROFISSIONAL FORMAÇÃO DE PROFESSORES E IDENTIDADE PROFISSIONAL Profª Ms. Vanderlice dos Santos Andrade Sól 1. INTRODUÇÃO A construção da identidade profissional possui relações estreitas com o ambiente de formação

Leia mais

A ELABORAÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICOS DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS: AUTORIA, PRINCÍPIOS E ABORDAGENS

A ELABORAÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICOS DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS: AUTORIA, PRINCÍPIOS E ABORDAGENS A ELABORAÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICOS DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS: AUTORIA, PRINCÍPIOS E ABORDAGENS Márcio Luiz Corrêa Vilaça (UNIGRANRIO) professorvilaca@gmail.com 1. Introdução É inegável a importância dos

Leia mais

As Cartilhas e a Alfabetização

As Cartilhas e a Alfabetização As Cartilhas e a Alfabetização Métodos globais: aprender a ler a partir de histórias ou orações Conhecer e respeitar as necessidades e interesses da criança; partir da realidade do aluno e estabelecer

Leia mais

Descrição de um projeto de pesquisa voltado para a formação pré-serviço do professor de Língua Estrangeira (LE)

Descrição de um projeto de pesquisa voltado para a formação pré-serviço do professor de Língua Estrangeira (LE) Descrição de um projeto de pesquisa voltado para a formação pré-serviço do professor de Língua Estrangeira (LE) 1 Resumo: Este trabalho refere-se a um projeto de pesquisa na área de Linguística Aplicada

Leia mais

EDITAL No. 013/ 2012 CRONOGRAMA DE ATIVIDADES

EDITAL No. 013/ 2012 CRONOGRAMA DE ATIVIDADES UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE INSTITUTO DE LETRAS E ARTES CONCURSO PÚBLICO PROFESSOR ASSISTENTE EM LÍNGUA INGLESA, LINGUÍSTICA APLICADA E ENSINO DE INGLÊS EDITAL No. 013/ 2012 CRONOGRAMA DE ATIVIDADES

Leia mais

DIFICULDADES DE LEITURA E ESCRITA: REFLEXÕES A PARTIR DA EXPERIÊNCIA DO PIBID

DIFICULDADES DE LEITURA E ESCRITA: REFLEXÕES A PARTIR DA EXPERIÊNCIA DO PIBID DIFICULDADES DE LEITURA E ESCRITA: REFLEXÕES A PARTIR DA EXPERIÊNCIA DO PIBID BARROS, Raquel Pirangi. SANTOS, Ana Maria Felipe. SOUZA, Edilene Marinho de. MATA, Luana da Mata.. VALE, Elisabete Carlos do.

Leia mais

METODOLOGIA DE ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS: PERSPECTIVAS E REFLEXÕES SOBRE OS MÉTODOS, ABORDAGENS E O PÓS-MÉTODO

METODOLOGIA DE ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS: PERSPECTIVAS E REFLEXÕES SOBRE OS MÉTODOS, ABORDAGENS E O PÓS-MÉTODO METODOLOGIA DE ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS: PERSPECTIVAS E REFLEXÕES SOBRE OS MÉTODOS, ABORDAGENS E O PÓS-MÉTODO JALIL, Samira Abdel Faculdades Santa Cruz samirajalil@hotmail.com PROCAILO, Leonilda

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Médio Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Médio Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Área de conhecimento: Linguagens, Códigos e Suas Tecnologias Componente Curricular: Inglês Série:

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO PROGRAMA DE DISCIPLINA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO PROGRAMA DE DISCIPLINA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO PROGRAMA DE DISCIPLINA Curso: Letras Habilitação Única: Inglês e Literaturas Correspondentes Campus: UEM Departamento: Departamento de Letras Centro:

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio

Ensino Técnico Integrado ao Médio Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL Ensino Médio ETEC Mairiporã Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Nível Médio de Técnico em Contabilidade Qualificação: Sem habilitação

Leia mais

Fundação Carmelitana Mário Palmério - FUCAMP Faculdade de Ciências Humanas e Sociais - FACIHUS Educação de qualidade ao seu alcance

Fundação Carmelitana Mário Palmério - FUCAMP Faculdade de Ciências Humanas e Sociais - FACIHUS Educação de qualidade ao seu alcance SUBPROJETO DE LETRAS PORTUGUÊS/ESPANHOL O ensino da língua espanhola no contexto da escola pública INTRODUÇÃO Este plano procura articular-se de forma integrada com o plano de trabalho institucional, que

Leia mais

DEPARTAMENTO DE LETRAS E ARTES. CÓDIGO DISCIPLINA PRÉ-REQUISITO Metodologia do Ensino Inglês e da Literatura de LTA 282 Língua Inglesa LTA 282

DEPARTAMENTO DE LETRAS E ARTES. CÓDIGO DISCIPLINA PRÉ-REQUISITO Metodologia do Ensino Inglês e da Literatura de LTA 282 Língua Inglesa LTA 282 1 Universidade Estadual de Santa Cruz UESC PROGRAMA ENSINO PROGRAD ANO: 2011.1 DEPARTAMENTO DE LETRAS E ARTES PROGRAMA DE DISCIPLINA CÓDIGO DISCIPLINA PRÉ-REQUISITO Metodologia do Ensino Inglês e da Literatura

Leia mais

PLANO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA DO PRONATEC

PLANO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA DO PRONATEC PLANO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA DO PRONATEC Dados da Instituição Razão Social Esfera Administrativa Site de Instituição e do Programa Supervisor do Curso Titulação Nome do Curso Características

Leia mais

Padrões de Competências para o Cargo de Professor Alfabetizador

Padrões de Competências para o Cargo de Professor Alfabetizador Padrões de Competências para o Cargo de Professor Alfabetizador Alfabetização de Crianças O Professor Alfabetizador é o profissional responsável por planejar e implementar ações pedagógicas que propiciem,

Leia mais

CETEB. A adolescência e o ensino da língua inglesa 60. A aprendizagem criativa e o prazer de aprender 45. A comunicação em sala de aula 300

CETEB. A adolescência e o ensino da língua inglesa 60. A aprendizagem criativa e o prazer de aprender 45. A comunicação em sala de aula 300 Governo do Distrito Federal Secretaria de Estado de Educação Subsecretaria de Gestão dos Profissionais da Educação Coordenação de Administração de Pessoas Instituição CETEB A adolescência e o ensino da

Leia mais

A linguistica aplicada e o professor de língua inglesa: novas formas de pensar a prática pedagógica

A linguistica aplicada e o professor de língua inglesa: novas formas de pensar a prática pedagógica A linguistica aplicada e o professor de língua inglesa: novas formas de pensar a prática pedagógica Prof. Ms. Catia Aparecida Vieira Barboza (UNISUAM / UNIABEU / SEE-RJ) literafenix@yahoo.com.br RESUMO:

Leia mais

Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC DE INGLÊS BÁSICO, PRÉ-INTERMEDIÁRIO E INTERMEDIÁRIO. Parte 1 (solicitante)

Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC DE INGLÊS BÁSICO, PRÉ-INTERMEDIÁRIO E INTERMEDIÁRIO. Parte 1 (solicitante) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA CAMPUS CAÇADOR Aprovação do curso e Autorização da oferta

Leia mais

ASSESSORIA PEDAGÓGICA PORTFÓLIO DE PALESTRAS E OFICINAS

ASSESSORIA PEDAGÓGICA PORTFÓLIO DE PALESTRAS E OFICINAS Dificuldades de Palestra EF e EM Todas Conscientizar sobre as dificuldades de aprendizagem aprendizagem que podem ser manifestadas pelos alunos numa sala de aula e sugerir ações de encaminhamento, conforme

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Médio Administração Central Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Médio Etec Professora Nair Luccas Ribeiro Código: 156 Município: Teodoro Sampaio Área de conhecimento: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias.

Leia mais

MÉTODOS E ABORDAGENS DE ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS E PROCESSOS DE ENSINO / APRENDIZAGEM

MÉTODOS E ABORDAGENS DE ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS E PROCESSOS DE ENSINO / APRENDIZAGEM MÉTODOS E ABORDAGENS DE ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS E PROCESSOS DE ENSINO / APRENDIZAGEM Katharine Dunham Maciel- (UFRJ) Ingeborg Hartl- (UFRJ) Os métodos apontam um caminho para o professor, fornecem-lhe

Leia mais

Ciências Humanas TRABALHANDO A MOTIVAÇÃO NOS ALUNOS DE LÍNGUA INGLESA RESUMO ABSTRACT. KEYWORDS Motivation in English. Teaching. Students. Language.

Ciências Humanas TRABALHANDO A MOTIVAÇÃO NOS ALUNOS DE LÍNGUA INGLESA RESUMO ABSTRACT. KEYWORDS Motivation in English. Teaching. Students. Language. TRABALHANDO A MOTIVAÇÃO NOS ALUNOS DE LÍNGUA INGLESA Leonardo Elizeu Alves Pós-graduado em Práticas Pedagógicas para Professores do Ensino Superior (Faculdades Cathedral Boa Vista-RR) Graduado em Licenciatura

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.934, DE 22 DE JANEIRO DE 2010

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.934, DE 22 DE JANEIRO DE 2010 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.934, DE 22 DE JANEIRO DE 2010 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em

Leia mais