2009 será um ano de lutas

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "2009 será um ano de lutas"

Transcrição

1 EDITORIAL 2009 será um ano de lutas O ano de 2008 foi marcado pelas discussões sobre carreira e a criação dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, que serão implantados na Rede a partir do próximo ano. A carreira docente, que foi alterada para a Carreira do Magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico, foi totalmente desestruturada com a aplicação de uma tabela sem critérios após o fim da negociação realizada com o governo. Além disso, os docentes dos ex-territórios e dos Colégios Militares foram separados em outra carreira, o que foi revertido, e já convertido em lei, no caso dos ex-territórios, e, no caso dos Colégios Militares, o retorno à mesma carreira foi aprovado na MP 441, que ainda não foi sancionada pelo presidente da República. Isso aconteceu graças ao grande trabalho das Seções que representam estes servidores, em destaque a Seção de Pimenta Bueno e do Colégio Militar de Brasília. Ainda temos a tarefa de tentar regulamentar a carreira docente no GT que o Governo acaba de convocar, mas ainda não tem data para ser implantado. Devemos definir a concepção de carreira, como se dará a capacitação e os critérios para avaliação. O PCCTAE também teve uma grande perda este ano com o veto do presidente ao step constante, que foi o elemento estruturante da carreira quando foi criada. Um retrocesso que terá um enorme impacto em futuras negociações e deverá ser elemento de luta. A criação dos Institutos Federais também ocuparam grande parte da nossa pauta de discussões, inclusive no 3º Seminário de Educação. Conquistamos alguns avanços, como a impossibilidade de acúmulo de mais de dois mandatos pelos atuais diretores e a eleição paritária. Deveremos continuar a luta pela democratização das IFEs na elaboração do Estatuto dos Institutos, conforme aprovado no último CONSINASEFE. No que diz respeito à luta dos servidores, encerramos o ano com a retomada da CNESF, que realizou duas Plenárias neste segundo semestre, e com diversos ataques à organização dos trabalhadores. O ANDES teve seu registro sindical suspenso este ano pelo Ministério do Trabalho, o que representa a intervenção do estado na organização dos trabalhadores. Esse fato nos remete a um período em que a luta era duramente combatida por governos autoritários. Além disso, a mudanças nas regras de consignação tem atravancado o trabalho de diversos sindicatos, não foi sem muito esforço que conseguimos receber o contrato para regularização da rubrica da entidade, que está travada há cerca de um ano. O ano se encerra com um debate sobre a negociação coletiva e organização sindical dos servidores, promovido pelo governo, e que inclui no GT para a regulamentação sobre o tema apenas as centrais sindicais legalizadas no Ministério do Trabalho, o que exclui a CONLUTAS e mais uma série de entidades deste debate que definirá os critérios para negociações futuras, além de definir o direito de greve no setor. Encerramos este ano com poucos avanços e com muitas lutas a serem travadas em No próximo ano deveremos também realizar a nossa reforma estatutária, que acabou não sendo realizada no 22º CONSINASEFE será um ano de importantes lutas e devemos estar preparados, buscando uma melhor condição de vida para todos os trabalhadores e trabalhadoras. 1

2 SINASEFE participa de Seminário sobre Organização Sindical e Negociação Coletiva O SINASEFE esteve presente no Ciclo de Debates: Organização Sindical e Negociação Coletiva, promovido pelo Ministério do Trabalho nos dias 16 e 17 de dezembro. No encontro foram debatidos os temas: Liberdade e Autonomia Sindical: Organização e Negociação no Serviço Público; Diagnóstico da Representação Sindical no Serviço Público a Partir da Constituição Federal de 1988; e Parâmetros para Regulamentação da Organização Sindical do Serviço Público. Participaram dos debates o Ministério do Planejamento, Judiciário Trabalhista, Ministério Público do Trabalho, Organização Internacional do Trabalho, centrais sindicais, sindicatos e outras entidades. Um Grupo de Trabalho será montado com representantes de seis centrais sindicais, que têm registro regulamentado pelo Ministério do Trabalho, o que exclui a CONLUTAS, e que estavam presentes no evento. O objetivo do GT é organizar as informações debatidas, que servirão de subsídio durante a tramitação do projeto de lei que pretende regulamentar a negociação coletiva no serviço público. Reunião do GT Carreira do SINASEFE será em 2 e 3 de fevereiro O GT Carreira do SINASEFE, que inicialmente foi convocado para o período de 19 a 21 de janeiro, foi transferido para os dias 2 e 3 de fevereiro de Sobre Carreira Docente, deverá ser debatido: avaliação de desempenho; a concepção da carreira prevista na lei /2008; e capacitação. Também serão debatidas ações referentes ao PCCTAE. A convocação do GT Carreira atende à deliberação aprovada em Plena e ratificada no 22º CONSINASEFE de que este fórum seria chamado assim que houvesse a convocação do GT previsto no termo de acordo assinado pelo SINASEFE no início do ano, que foi feita por meio da Portaria do dia 27 de novembro, publicada no Diário Oficial da União, no dia 1º de dezembro. Comissão Pró-Carreira Docente faz segunda reunião A Comissão Pró-Carreira Docente SINASEFE/ANDES se reuniu no dia 16 de dezembro para dar andamento aos debate sobre a Carreira Única do Magistério Federal. Por solicitação do ANDES, o Seminário SINASEFE/ANDES sobre a Carreira Única, inicialmente marcado para os dias 22 e 23 de janeiro de 2009, foi cancelado. O ANDES fará um seminário durante o Congresso da entidade, em 9 de fevereiro, para elaborar sua proposta para a carreira única, pois o SINASEFE já possui uma proposta sobre o tema. Sobre o GT Carreira convocado pelo Governo, os GTs das duas entidades deverão confeccionar um documento que aponte a estrutura, concepção de carreira e avaliação de desempenho para apresentar na mesa. Também foram debatidas as estratégias para inclusão do ANDES no GT Carreira do governo. Outra reunião da Comissão Pró-Carreira será marcada após a Plena do SINASEFE, que acontecerá no início de fevereiro de 2009, e após o Congresso do ANDES. Prorrogação da Licença- Maternidade para servidoras é regulamentada pelo governo O Decreto 6.690, que possibilita a ampliação da licença-maternidade em 60 (sessenta) dias para as servidoras públicas federais, foi publicado no dia 11 de dezembro de A partir de agora as servidoras 2

3 federais têm direito a uma licença-maternidade de 180 dias, o benefício concedido anteriormente previa 120 dias de afastamento. A prorrogação da licença deve ser requerida pela servidora até o final do primeiro mês após o parto. Quem está em gozo de licença-maternidade poderá solicitar a prorrogação até trinta dias após a publicação do decreto. Caso a licença tenha sido concluída de 10 de setembro a 12 de dezembro a servidora ainda poderá requerer junto a seu órgão a extensão da licença. Também terá direito à licença-maternidade a servidora que adotar ou obtiver guarda judicial para fins de adoção de criança, na seguinte proporção: a) sessenta dias, no caso de criança de até um ano de idade; b) trinta dias, no caso de criança de mais de um e menos de quatro anos de idade; e c) quinze dias, no caso de criança de quatro a oito anos de idade. STF derruba horário atividade da Lei do Piso O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, no dia 17 de dezembro), derrubara parte da lei que institui o Piso Nacional dos Professores que obriga que um terço da carga horária seja destinado a atividades que não envolvam interação com os alunos, como elaboração e planejamento de aulas. A decisão tem caráter liminar (provisório) e precisará, no futuro, ser apreciada no mérito também pelo plenário do STF. Será mantido, de acordo com informações divulgadas pelo DIAP, o pagamento, de forma progressiva, de um piso salarial de R$ 950 para professores com carga horária de 40 horas semanais. O Supremo analisava uma ação direta de inconstitucionalidade (Adin) ajuizada pelos governadores dos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul e Ceará contra a lei que determinou o pagamento escalonado do piso salarial de R$ 950. Os estados argumentavam que não eram contrários à fixação de um piso em si, e sim discordantes do fato de a legislação obrigar o pagamento mínimo de R$ 950 mensais sem incluir neles as gratificações ou remuneração por horas extras. O projeto de lei que criou piso salarial foi sancionado em julho pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, beneficiando, segundo o Ministério da Educação, pelo menos 800 mil professores da educação básica pública e aposentados e pensionistas do setor. O projeto previa que os estados e municípios deveriam cumprir o valor integral de R$ 950 até 2010 por meio de reajustes anuais graduais. A União poderá fornecer complemento financeiro àqueles entes federados - estados e municípios - que comprovadamente não tiverem condições de atingir o piso salarial dentro do prazo. Senadores comemoram os 25 anos do Diap O Senado Federal realizou uma cerimônia, no dia 16 de dezembro, em homenagem aos 25 anos do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar - DIAP. O SINASEFE esteve presente na comemoração. No evento, o senador Paulo Paim (PT-RS) afirmou que a instituição já se tornou parceira permanente na conquista dos direitos dos trabalhadores. A homenagem, prestada pelos senadores na hora do expediente, foi requerida por Paim. Além de Paim, compuseram a Mesa o vice-presidente do Diap, José Gabriel Teixeira dos Santos, representando o presidente do departamento, Celso Napolitano; o advogado trabalhista e diretor-técnico da entidade, Ulisses Riedel; e o líder da executiva do Diap, Antônio Queiroz. De acordo com informações da Agência Senado, o senador Paim lembrou o surgimento do Diap, que hoje reúne 900 entidades sindicais de trabalhadores distribuídas em todas as unidades da Federação, 90 delas somente em Brasília. Parabenizamos o DIAP que sempre auxiliou as entidades representativas de trabalhadores com informações relevantes para realização da luta. 3

4 Defender o Haiti é defender a nós mesmos Quatro anos depois de iniciada a ocupação das tropas da ONU (Minustahs) no Haiti, sob comando brasileiro, qual é a situação? Segundo o diretor geral do serviço de ajuda humanitária da Comissão Européia, Peter Zagls, a situação é inquietante. Ele declarou a jornalistas, após ter visitado regiões do país que recentemente sofreram a passagem de quatro furacões: nós estamos inquietos com a situação humanitária no Haiti e a situação em termos de morte maternas e infantis. Quatro anos de ocupação, para o povo haitiano a situação é dramática, 75% da população vive com menos de dois dólares por dia e sofre as conseqüências da pilhagem que transformou o Haiti primeira república negra independente - no país mais pobre do continente. A ocupação militar foi iniciada depois que o Departamento de Estado Americano depôs e seqüestrou o presidente eleito, Aristide, sob pretexto de restabelecer a paz no país. Denúncias de violências das tropas de ocupação se avolumam e demonstram que, na verdade, as tropas estão lá para reprimir um povo que quer viver em condições de liberdade e resiste em difíceis condições de vida. A ocupação tem servido também para que empresas, incluindo empresas brasileiras, como é o caso da Coteminas (do vicepresidente José Alencar) superexplorem os trabalhadores haitianos. Nos dias 12 e 13 de dezembro desse ano, ocorreu a Conferência Continental Defender o Haiti é defender a nós mesmos convocada por entidades sindicais e populares haitianas, da região do Caribe, e pelo Acordo Internacional dos Trabalhadores. As entidades que convocaram a conferência enviaram uma carta a Lula pedindo que ele receba uma delegação de sindicalistas haitianos. No pedido de audiência, perguntam a Lula Como as tropas da Minustah, que são responsáveis pelas mais graves intervenções, poderiam pretender estar no nosso solo para a estabilização e para a paz? e pedem a retirada imediata das tropas. Esse pedido de audiência está sendo apoiado por milhares de militantes do movimento sindical e popular no Brasil, por jovens, por meio da adesão ao abaixo-assinado lançado pelo Comitê Defender o Haiti é defender a nós mesmos, constituído na Assembléia Legislativa de São Paulo. Em reunião da Direção Nacional, o SINASEFE aprovou sua adesão a esta campanha de coleta de assinaturas do abaixo-assinado. Ajude a colher adesões. O abaixo-assinado está disponível em nossa página na internet, em Envie suas listas preenchidas para a DN ou diretamente ao Comitê na AL de São Paulo, o mais breve possível. Estamos disponibilizando também o vídeo O que se passa no Haiti que foi apresentado durante 22º CONSINASEFE, sobre a atuação das tropas de ocupação no Haiti, só assista se tiver sangue-frio. Serra sanciona lei para promover servidor por mérito O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), sancionou no dia 17 de dezembro projetos de leis aprovados na Alesp (Assembléia Legislativa de São Paulo) que instituem o pagamento de bônus e altera as condições de promoção para servidores públicos estaduais. A alteração inclui a promoção de servidores de acordo com o seu desempenho em avaliações periódicas, além do tempo de serviço. As medidas sancionadas por Serra deverão atingir cerca de 440 mil servidores públicos. Destes, 300 mil apenas na área da educação --entre professores, diretores, supervisores e outros servidores ligados à secretaria de Educação--, que podem receber até 2,9 salários a mais de acordo com o resultado de avaliações, de acordo com informações divulgadas pela Folha Online. No caso específico da Educação, os servidores serão avaliados de acordo com o desempenho dos alunos, o que joga nos professores a responsabilidade da qualidade do ensino. Esse é mais um projeto que tenta transformar a educação em uma mercadoria avaliada por índices de desempenho e não pela qualidade da educação oferecida pelos órgãos públicos, que quase sempre sofrem com a falta de um número suficiente de servidores e de condições materiais. 4

5 Planejamento de Atividades / Calendário Nacional 2009 Fóruns Data Prevista Local 1 Fórum Mundial de Educação 25 a 27 de janeiro Belém PA 2 Fórum Social Mundial 27 de janeiro a 1º de Belém PA fevereiro 3 GT Carreira 2 e 3 de fevereiro Brasília DF 4 Curso de Formação Sindical 4 e 5 de fevereiro Brasília DF 5 90ª Plena 6 a 7 de fevereiro Brasília DF 6 Plenária dos SPFs 8 de fevereiro Brasília DF 7 3º Encontro IFEs Militares 13 a 15 de fevereiro Brasília DF 8 Encontro Nacional do Jurídico Março (a definir) Brasília DF 9 Encontro Nacional de Assuntos de 24 a 26 de abril Manaus AM Aposentadoria 10 Congresso Extraordinário Estatuinte 1 a 3 de maio Brasília DF 11 Encontro Regional Sul 5 a 7 de junho Alegre RS 12 Encontro Regional Norte 12 a 14 de junho São Gabriel da Cachoeira AM 13 Encontro Regional Sudeste 19 a 21 de junho Cubatão SP 14 Encontro Regional Centro-Oeste 26 a 28 de junho Santo Antonio do Leverger MT 15 Encontro Regional Nordeste 7 a 9 de agosto Fortaleza CE 16 5º Seminário de Educação 30 de julho a 2 de Brasília DF agosto 17 Congresso Ordinário Eleitoral 19 a 22 de novembro Brasília DF 18 Reunião de Transição 23 a 28 de novembro Brasília DF 19 Seminário da CIS (a definir) Brasília DF 20 Seminário da Dívida (a definir) Brasília DF Direção Nacional divulga Plantão de Base Conforme definição do 20º CONSINASEFE, a Direção Nacional divulga abaixo os plantões de base já definidos e agendados junto à DN. Período Seção Sindical 5 a 9 de janeiro Manaus/AM 12 a 23 de janeiro Ouro Preto/MG 26 de janeiro a 6 de fevereiro Recife/PE 9 a 20 de fevereiro ATEFCE 2 a 13 de março SINTEF-GO 16 a 27 de março SINDSCOPE 30 de março a 9 de abril Cariri/CE 13 a 24 de abril Barbacena/MG 27 de abril a 8 de maio Uberaba/MG 11 a 22 de maio Colorado do Oeste/RO 25 de maio a 5 de junho Rio Verde/GO 8 a 19 de junho Iguatu/CE 22 de junho a 3 de julho Rio Pomba/MG 6 a 17 de julho Jataí/GO 5

6 * Sobre a Rotatividade nestes plantões de base, as Seções deverão enviar seus pedidos e havendo uma lista de espera com uma Seção que já enviou representante para o plantão de base durante aquele período e uma outra que ainda não, será dada preferência à Seção que ainda não enviou seus representantes anteriormente (encaminhamento do 20º CONSINASEFE). CURTAS Contrato para rubrica de consignação O contrato de convênio para a rubrica de consignação do SINASEFE com o Ministério do Planejamento já está em fase de assinatura e reconhecimento de firma. Assim que o convênio for efetivado, a rubrica estará liberada para novas inclusões e exclusões, o que deverá acontecer no início de A partir da efetivação do convênio o gerenciamento das consignações será feito pelo SINASEFE e não mais pelos RHs das IFEs, conforme comunicado enviado anteriormente às Seções Sindicais. Novos números de telefone da Direção Nacional A partir do dia 15 de dezembro, a sede do SINASEFE, em Brasília, terá novos números de telefone: (61) até Os números antigos ainda estarão em uso até o fim de dezembro. AGENDA DO SINASEFE DATA ATIVIDADE LOCAL 22 de dezembro de 2008 a 4 de janeiro de 2009 Recesso Sede do SINASEFE em Brasília 25 a 27 de janeiro Fórum Mundial de Educação Belém PA 27 de janeiro a 1º de Fórum Social Mundial Belém PA fevereiro 2 e 3 de fevereiro GT Carreira Brasília DF 4 e 5 de fevereiro Curso de Formação Sindical Brasília DF 6 a 7 de fevereiro 90ª Plena Brasília DF 8 Plenária dos SPFs Brasília DF 1, 2 e 3 de maio de 2009 Congresso Extraordinário Estatuinte 23º CONSINASEFE Brasília DF Responsáveis por este Boletim: Edmar Marques, José Carlos de Souza, Flávia Carvalho e Paulo Verani (DN) Jornalista Responsável: Roberta Alves Ramos Mtb 2908 DF Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica e Profissional SINASEFE SCS, Quadra 2, Bloco C, sala 109/110 (Ed. Serra Dourada) Brasília- DF CEP Telefones (61) e Fax: (61)

PDE não é discutido com Servidores da Educação

PDE não é discutido com Servidores da Educação EDITORIAL PDE não é discutido com Servidores da Educação O Governo lançou seu novo Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) com muito alarde na mídia, falando sobre os milhões que vai gastar para a melhoria

Leia mais

Carreira: convocado GT docente e 30 horas para TAEs

Carreira: convocado GT docente e 30 horas para TAEs EDITORIAL Carreira: convocado GT docente e 30 horas para TAEs O início do próximo ano deverá ser tomado pelo debate sobre a carreira. O GT Carreira do SINASEFE será realizado de 19 a 21 de janeiro de 2008.

Leia mais

SINASEFE realiza Encontro de Aposentados

SINASEFE realiza Encontro de Aposentados EDITORIAL SINASEFE realiza Encontro de Aposentados O VIII Encontro de Assuntos de Aposentadoria do SINASEFE será realizado no Rio de Janeiro, de 27 a 29 de junho, com palestras sobre Direitos Humanos,

Leia mais

Governo anuncia que acordos com servidores podem ser adiados

Governo anuncia que acordos com servidores podem ser adiados EDITORIAL Governo anuncia que acordos com servidores podem ser adiados O Ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, anunciou na última quarta-feira, dia 15 de outubro, que o governo pode adiar escalonamento

Leia mais

SEGUNDO RELATÓRIO DA ADUFERPE (Gestão 2013-2015)

SEGUNDO RELATÓRIO DA ADUFERPE (Gestão 2013-2015) SEGUNDO RELATÓRIO DA ADUFERPE (Gestão 2013-2015) Atividades de Representação 2013 20 DE FEVEREIRO DE 2013: POSSE DO COLETIVO 2012 NA ADUFERPE. 23 E 24 DE FEVEREIRO DE 2013: PARTICIPAÇÃO NA REUNIÃO DA COORDENAÇÃO

Leia mais

Servidores lançam Campanha Salarial Unificada 2007

Servidores lançam Campanha Salarial Unificada 2007 EDITORIAL Servidores lançam Campanha Salarial Unificada 2007 Depois de três anos sem campanha unificada, foi realizado o lançamento da Campanha Salarial Unificada 2007, no dia 15 de março, que marcou a

Leia mais

QUADRO NACIONAL DA GREVE DOS SERVIDORES DA DRT novembro/2009

QUADRO NACIONAL DA GREVE DOS SERVIDORES DA DRT novembro/2009 QUADRO NACIONAL DA GREVE DOS SERVIDORES DA DRT novembro/2009 ESTADOS GREVE/PERCENTUAL ES Greve * MG Greve a partir de 13/11 PR Greve * RJ Greve * RS Greve * SE Greve * BA Greve * SP Adesão a partir do

Leia mais

PLANO DE AÇÕES SINDICAIS 2012 anexo ata de 03 de fevereiro de 2012 DEMANDA AÇÃO QUANDO FAZER COMO FAZER

PLANO DE AÇÕES SINDICAIS 2012 anexo ata de 03 de fevereiro de 2012 DEMANDA AÇÃO QUANDO FAZER COMO FAZER PLANO DE AÇÕES SINDICAIS 2012 anexo ata de 03 de fevereiro de 2012 DEMANDA AÇÃO QUANDO FAZER COMO FAZER 1.1-Reunião com a diretoria 1.1.1 03/02 ( sexta feira ) 17h 1.1.1.1 Convocar membros da diretoria

Leia mais

Subseção I Disposição Geral

Subseção I Disposição Geral Subseção I Disposição Geral Art. 59. O processo legislativo compreende a elaboração de: I - emendas à Constituição; II - leis complementares; III - leis ordinárias; IV - leis delegadas; V - medidas provisórias;

Leia mais

MOBILIZAÇÃO E UNIDADE NA AÇÃO

MOBILIZAÇÃO E UNIDADE NA AÇÃO Editorial MOBILIZAÇÃO E UNIDADE NA AÇÃO Ao analisar a conjuntura, podemos perceber que a necessidade de retomar o diálogo deve guiar nossos pensamentos, e, especialmente, as nossas ações, que por repetidas

Leia mais

SINDICATO NACIONAL DOS SERVIDORES FEDERAIS DA EDUCAÇÃO BÁSICA E PROFISSIONAL ORIENTAÇÕES PARA PARTICIPAÇÃO NO 25º CONSINASEFE

SINDICATO NACIONAL DOS SERVIDORES FEDERAIS DA EDUCAÇÃO BÁSICA E PROFISSIONAL ORIENTAÇÕES PARA PARTICIPAÇÃO NO 25º CONSINASEFE Oficio Circular nº 003/2011 Brasília, 08 de fevereiro de 2011. ORIENTAÇÕES PARA PARTICIPAÇÃO NO 25º CONSINASEFE No período de 17 a 20 de março de 2010, o SINASEFE estará realizando o seu 25º CONSINASEFE,

Leia mais

GOVERNO FEDERAL COMISSÃO INTERNA DE SUPERVISÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS

GOVERNO FEDERAL COMISSÃO INTERNA DE SUPERVISÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS GOVERNO FEDERAL COMISSÃO INTERNA DE SUPERVISÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS 2011 GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL

Leia mais

CARTA DE RECIFE. Foram aprovadas as seguintes decisões, propostas, encaminhamentos e

CARTA DE RECIFE. Foram aprovadas as seguintes decisões, propostas, encaminhamentos e CARTA DE RECIFE O VII FÓRUM NACIONAL DAS COMISSÕES INTERNAS DE SUPERVISÃO DA CARREIRA, realizado em Recife/PE, no período de 07 a 10 de outubro de 2013, nas dependências da Universidade Federal Rural de

Leia mais

RESUMO DE NOTÍCIAS. Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo www.sintetel.org/ sintetel@sintetel.org.

RESUMO DE NOTÍCIAS. Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo www.sintetel.org/ sintetel@sintetel.org. Mundo Sindical SÃO PAULO (SP): TRABALHADORES DO TELEATENDIMENTO COMPÕEM PAUTA DE REIVINDICAÇÕES Os trabalhadores do setor de teleatendimento compuseram a Pauta de Reivindicações para a Convenção Coletiva

Leia mais

Decisão do STF permite contratação de professores federais por Organização Social

Decisão do STF permite contratação de professores federais por Organização Social Decisão do STF permite contratação de professores federais por Organização Social Na mesma semana em que os trabalhadores brasileiros tomaram as ruas e conseguiram suspender a votação do Projeto de Lei

Leia mais

CARTA COMPROMISSO DA FETEMS AOS CANDIDATOS AO GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL. Debate com os Candidatos a Governador/Setembro/2014

CARTA COMPROMISSO DA FETEMS AOS CANDIDATOS AO GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL. Debate com os Candidatos a Governador/Setembro/2014 CARTA COMPROMISSO DA FETEMS AOS CANDIDATOS AO GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL Debate com os Candidatos a Governador/Setembro/2014 Os sonhos devem ser ditos para começar a se realizarem. E como

Leia mais

Circular nº 157/2014 Brasília, 2 de setembro de 2014. Às Seções Sindicais, às Secretarias Regionais e aos Diretores do ANDES-SN

Circular nº 157/2014 Brasília, 2 de setembro de 2014. Às Seções Sindicais, às Secretarias Regionais e aos Diretores do ANDES-SN Circular nº 157/2014 Brasília, 2 de setembro de 2014 Às Seções Sindicais, às Secretarias Regionais e aos Diretores do ANDES-SN Companheiros, Encaminhamos, para ampla divulgação, a Carta de Aracaju (59º

Leia mais

ATA DA 105ª ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA (AGE) DA ASSOCIAÇÃO DE DOCENTES DO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA

ATA DA 105ª ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA (AGE) DA ASSOCIAÇÃO DE DOCENTES DO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA A D C E F E T - R J ASSOCIAÇÃO DE DOCENTES DO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA SEÇÃO SINDICAL DA A N D E S - SINDICATO NACIONAL Av. Maracanã 229 - Rio de Janeiro - RJ - CEP

Leia mais

PLENÁRIA NACIONAL EXTRAORDINÁRIA DA FENASPS

PLENÁRIA NACIONAL EXTRAORDINÁRIA DA FENASPS PLENÁRIA NACIONAL EXTRAORDINÁRIA DA FENASPS Data: 14/11/2014 Local: Sede da Fenasps Estados presentes: MG- SP- PR- RS- ES- SC- RN- CE e Oposição da BA e do DF. Nº de participantes: 65 Delegados e 10 Observadores

Leia mais

FORUM PERMANENTE DA AGENDA 21 LOCAL DE SAQUAREMA REGIMENTO INTERNO. CAPITULO 1-Da natureza, sede, finalidade, princípios e atribuições:

FORUM PERMANENTE DA AGENDA 21 LOCAL DE SAQUAREMA REGIMENTO INTERNO. CAPITULO 1-Da natureza, sede, finalidade, princípios e atribuições: FORUM PERMANENTE DA AGENDA 21 LOCAL DE SAQUAREMA REGIMENTO INTERNO CAPITULO 1-Da natureza, sede, finalidade, princípios e atribuições: Artigo I: O Fórum Permanente da Agenda 21 de Saquarema, criado pelo

Leia mais

Boletim 05/2014. Assembleia do SINASEFE realizada no dia 28/11/2014

Boletim 05/2014. Assembleia do SINASEFE realizada no dia 28/11/2014 Boletim 05/2014 Assembleia do SINASEFE realizada no dia 28/11/2014 A gestão 2013/2015 do SINASEFE Seção Local de Muzambinho, realizou no ultimo dia 28 de Novembro de 2014 (sexta-feira), às 10 horas no

Leia mais

CARTA DE SANTA MARIA

CARTA DE SANTA MARIA CARTA DE SANTA MARIA ANDES-SN: Sindicato de luta, ampliando a organização da categoria e a unidade classista dos trabalhadores. Sob a égide desse tema, realizou-se o 58º CONAD do ANDES SINDICATO NACIONAL,

Leia mais

ANÁLISE COMPARATIVA SALARIAL 11/1/2010

ANÁLISE COMPARATIVA SALARIAL 11/1/2010 ANÁLISE COMPARATIVA SALARIAL PROFESSORES DAS REDES ESTADUAIS NO BRASIL A PRESENTE PESQUISA ESTÁ ENQUADRADA NA ESTRATÉGIA DO SINDICATO APEOC DE CONSTRUIR A ADEQUAÇÃO DO PLANO DE CARREIRA DOS TRABALHADORES

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 21/2007

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 21/2007 RESOLUÇÃO Nº 21/2007 O DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, CONSIDERANDO o que consta do Processo nº 25.154/2007-18 CENTRO DE EDUCAÇÃO (CE); CONSIDERANDO

Leia mais

ESCLARECIMENTO SOBRE A IMPLANTAÇÃO DA JORNADA DE 30 HORAS PARA ASSISTENTES SOCIAIS SEM REDUÇÃO SALARIAL

ESCLARECIMENTO SOBRE A IMPLANTAÇÃO DA JORNADA DE 30 HORAS PARA ASSISTENTES SOCIAIS SEM REDUÇÃO SALARIAL ESCLARECIMENTO SOBRE A IMPLANTAÇÃO DA JORNADA DE 30 HORAS PARA ASSISTENTES SOCIAIS SEM REDUÇÃO SALARIAL Desde a publicação da lei nº 12.317, de 27 de agosto de 2010, que estabeleceu a jornada de trabalho

Leia mais

Histórico das ações sobre Carga Horária de psicólogos no município do Rio de Janeiro pelo Conselho Regional de Psicologia do Rio de Janeiro - CRP/05

Histórico das ações sobre Carga Horária de psicólogos no município do Rio de Janeiro pelo Conselho Regional de Psicologia do Rio de Janeiro - CRP/05 Histórico das ações sobre Carga Horária de psicólogos no município do Rio de Janeiro pelo Conselho Regional de Psicologia do Rio de Janeiro - CRP/05 Dezembro/2003 - A discussão sobre carga horária para

Leia mais

PLANO DE AÇÃO 2016 Gestão 2014/2017

PLANO DE AÇÃO 2016 Gestão 2014/2017 INTRODUÇÃO O Plano de Ação do Sindicato-Apase adota como referencial de elaboração as Teses aprovadas no XI Fórum Sindical/2015, referendadas na Assembleia Geral Extraordinária Deliberativa de 11/12/2015.

Leia mais

Do 6º. Congresso Estatutário dos Funcionários da USP

Do 6º. Congresso Estatutário dos Funcionários da USP REGIMENTO DO 6º CONGRESSO ESTATUTÁRIO DOS FUNCIONÁRIOS DA USP SINDICATO DOS TRABALHADORES DA USP DATA: 27, 28, 29 E 30 DE ABRIL DE 2015. LOCAIS: ABERTURA DIA 27, ÀS 18H00 E INSTALAÇÃO DA PLENÁRIA PARA

Leia mais

A PRESENTE PESQUISA ESTÁ ENQUADRADA NA ESTRATÉGIA DO

A PRESENTE PESQUISA ESTÁ ENQUADRADA NA ESTRATÉGIA DO A PRESENTE PESQUISA ESTÁ ENQUADRADA NA ESTRATÉGIA DO SINDICATO APEOC DE CONSTRUIR A ADEQUAÇÃO DO PLANO DE CARREIRA DOS TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO COM BASE NA LEI Nº 11738 DO PISO NACIONAL NA SUA FORMA ORIGINAL

Leia mais

RELATÓRIO DO IV ENCONTRO JURÍDICO DO SINASEFE Data: 11 e 12 de junho de 2010 Local: Hotel San Marco - Brasília/DF

RELATÓRIO DO IV ENCONTRO JURÍDICO DO SINASEFE Data: 11 e 12 de junho de 2010 Local: Hotel San Marco - Brasília/DF RELATÓRIO DO IV ENCONTRO JURÍDICO DO SINASEFE Data: 11 e 12 de junho de 2010 Local: Hotel San Marco - Brasília/DF SEXTA-FEIRA 11 de junho 09h00 Abertura 09h15 - Apresentação dos participantes 09h30 Aprovação

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO FÓRUM ESTADUAL DE PREVENÇÃO E ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL

REGIMENTO INTERNO DO FÓRUM ESTADUAL DE PREVENÇÃO E ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL REGIMENTO INTERNO DO FÓRUM ESTADUAL DE PREVENÇÃO E ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL CAPÍTULO I DA FINALIDADE Art. 1º. O Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil, constituído em 2008,

Leia mais

9º ENCONTRO NACIONAL DA CAMPANHA NACIONAL PELO DIREITO À EDUCAÇÃO. Desafios da participação local na CONAE Comitê CE

9º ENCONTRO NACIONAL DA CAMPANHA NACIONAL PELO DIREITO À EDUCAÇÃO. Desafios da participação local na CONAE Comitê CE 9º ENCONTRO NACIONAL DA CAMPANHA NACIONAL PELO DIREITO À EDUCAÇÃO Desafios da participação local na CONAE Comitê CE O PNE e a CONAE Movimento PNE pra valer no Ceará Em reunião realizada em Fortaleza, participantes

Leia mais

O que é Conselho Deliberativo da Comunidade Escolar?

O que é Conselho Deliberativo da Comunidade Escolar? O Conselho Deliberativo da Comunidade Escolar CDCE tem amparo legal? Sim. A Lei 7.040/98 que estabeleceu a gestão democrática no Sistema de Ensino, instituiu o CDCE, na forma, composição e outros providências

Leia mais

Quanto aos itens da pauta setorial, o MEC informou o que segue:

Quanto aos itens da pauta setorial, o MEC informou o que segue: Brasília, 7 de setembro de 2015 Reunião com Ministério da Educação (MEC) e com o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) realizada dia 04/09/2015 e Contraproposta da FASUBRA ao Governo Na

Leia mais

EDITAL DE ELEIÇÃO E CONSTITUIÇÃO DOS CONSELHOS DE USUÁRIOS DA SKY

EDITAL DE ELEIÇÃO E CONSTITUIÇÃO DOS CONSELHOS DE USUÁRIOS DA SKY EDITAL DE ELEIÇÃO E CONSTITUIÇÃO DOS CONSELHOS DE USUÁRIOS DA SKY São convocados os senhores Usuários dos serviços de Telecomunicações e as associações ou entidades que possuam em seu objeto social características

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO/1993 SESI/DR SERVIÇO SOCIAL DA INDUSTRIA SINDAF/DF

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO/1993 SESI/DR SERVIÇO SOCIAL DA INDUSTRIA SINDAF/DF ACORDO COLETIVO DE TRABALHO/1993 SESI/DR SERVIÇO SOCIAL DA INDUSTRIA SINDAF/DF PRIMEIRO TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO CELEBRADA EM 30 DE AGOSTO DE 1993. ENTRE O SINDICATO DOS EMPREGADOS

Leia mais

Comissão Interna de Supervisão do Plano de Carreira dos Cargos Técnico- Administrativos em Educação CISPCCTAE II CARTA DE TRAMANDAÍ - RS

Comissão Interna de Supervisão do Plano de Carreira dos Cargos Técnico- Administrativos em Educação CISPCCTAE II CARTA DE TRAMANDAÍ - RS II CARTA DE TRAMANDAÍ - RS O VI FÓRUM NACIONAL DAS COMISSÕES INTERNAS DE SUPERVISÃO DA CARREIRA realizado em Tramandaí RS, no período de 19 a 22 de novembro de 2012, debateu e aprofundou o Plano de Carreira

Leia mais

ESTATUTO Fórum Nacional de Diretores de Departamento de Contabilidade e Finanças das Universidades Federais Brasileiras

ESTATUTO Fórum Nacional de Diretores de Departamento de Contabilidade e Finanças das Universidades Federais Brasileiras ESTATUTO Fórum Nacional de Diretores de Departamento de Contabilidade e Finanças das Universidades Federais Brasileiras Regimento alterado e aprovado pelo plenário na XVII Reunião Extraordinária em Porto

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 31/2012

RESOLUÇÃO Nº 31/2012 RESOLUÇÃO Nº 31/2012 Fixa normas e condições de afastamento de docentes da UFES para aperfeiçoamento em instituições nacionais ou estrangeiras em nível de pósgraduação de natureza presencial. O CONSELHO

Leia mais

Associação dos Participantes da CBS Nossa união é nossa força. Regimento Interno. apcbs@oi.com.br www.apcbs.com.br

Associação dos Participantes da CBS Nossa união é nossa força. Regimento Interno. apcbs@oi.com.br www.apcbs.com.br Associação dos Participantes da CBS Nossa união é nossa força. Regimento Interno apcbs@oi.com.br www.apcbs.com.br ÍNDICE SEÇÃO I - DOS SÓCIOS 1 SEÇÃO II - DA ASSEMBLÉIA GERAL 1 SEÇÃO III - DO CONSELHO

Leia mais

N.º 114 14/05/2015. Professor/a que atualmente está no nível TII (nível licenciatura curta) Alterações propostas:

N.º 114 14/05/2015. Professor/a que atualmente está no nível TII (nível licenciatura curta) Alterações propostas: N.º 114 14/05/2015 www.sindutemg.org.br (31) 3481-2020 sindute@sindutemg.org.br Educadores/as realizam, dia 14/05, assembleia estadual para avaliar e deliberar sobre as propostas de Salário e Carreira

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO FÓRUM NACIONAL DE PREVENÇÃO E ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL CAPÍTULO I DA FINALIDADE

REGIMENTO INTERNO DO FÓRUM NACIONAL DE PREVENÇÃO E ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL CAPÍTULO I DA FINALIDADE REGIMENTO INTERNO DO FÓRUM NACIONAL DE PREVENÇÃO E ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL CAPÍTULO I DA FINALIDADE Art. 1 o O Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil, constituído em 1994,

Leia mais

REGIMENTO INTERNO CAPITULO I

REGIMENTO INTERNO CAPITULO I 1 Conselho Municipal do Idoso de São Caetano do Sul Lei n 4.179 de 23/10/2003. R. Heloísa Pamplona, 304 B. Fundação CEP 09520-310 São Caetano do Sul/SP. cmi@saocaetanodosul.sp.gov.br REGIMENTO INTERNO

Leia mais

Constituição da CIPA: 5.2. Devem constituir CIPA, por estabelecimento...

Constituição da CIPA: 5.2. Devem constituir CIPA, por estabelecimento... 1 Modelos de Documentos para a constituição da CIPA Comissão Interna de Prevenção de Acidentes - Data: 02/01/2006. Realização: Gerência de Políticas de Prevenção e Saúde Ocupacional Objetivos da CIPA:

Leia mais

A data base dos Servidores da Prefeitura Municipal de Sapezal será sempre em 1º de maio

A data base dos Servidores da Prefeitura Municipal de Sapezal será sempre em 1º de maio S.I.M.S SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS SAPEZAL/MT PAUTA DE REIVINDICAÇÕES DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE SAPEZAL -20013 INTRODUÇÃO O Sindicato dos Servidores Municipais de Sapezal-SIMS/MT,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 11.653, DE 7 ABRIL DE 2008. Mensagem de veto Dispõe sobre o Plano Plurianual para o período 2008/2011. seguinte Lei: O PRESIDENTE

Leia mais

COMISSÃO ESTADUAL DA AGENDA TERRITORIAL DE DESENVOLVIMENTO INTEGRADO DE ALFABETIZAÇÃO E DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS NO ESPÍRITO SANTO

COMISSÃO ESTADUAL DA AGENDA TERRITORIAL DE DESENVOLVIMENTO INTEGRADO DE ALFABETIZAÇÃO E DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS NO ESPÍRITO SANTO COMISSÃO ESTADUAL DA AGENDA TERRITORIAL DE DESENVOLVIMENTO INTEGRADO DE ALFABETIZAÇÃO E DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS NO ESPÍRITO SANTO REGIMENTO INTERNO SUMÁRIO CAPITULO I Do fundamento legal CAPITULO

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DO HOSPITAL MATERNO INFANTIL PRESIDENTE VARGAS. Capítulo I Da denominação e sede

REGIMENTO INTERNO DA ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DO HOSPITAL MATERNO INFANTIL PRESIDENTE VARGAS. Capítulo I Da denominação e sede REGIMENTO INTERNO DA ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DO HOSPITAL MATERNO INFANTIL PRESIDENTE VARGAS Capítulo I Da denominação e sede Art. 1º A Associação dos Amigos do Hospital Materno-Infantil Presidente Vargas,

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ000096/2012 DATA DE REGISTRO NO MTE: 18/01/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR064426/2011 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.042751/2011-40 DATA DO

Leia mais

SEÇÃO SINDICAL DOS DOCENTES DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA REGIMENTO. Título I Da finalidade, sede e duração

SEÇÃO SINDICAL DOS DOCENTES DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA REGIMENTO. Título I Da finalidade, sede e duração SEÇÃO SINDICAL DOS DOCENTES DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA REGIMENTO Título I Da finalidade, sede e duração Art. 1º. A Seção Sindical dos Docentes da Universidade Estadual de Ponta Grossa, fundada

Leia mais

Quinta-feira, 26 de março de 2015

Quinta-feira, 26 de março de 2015 Quinta-feira, 26 de março de 2015 TRT-CE e Ministério Público realizam ação contra o trabalho infantil O Tribunal Regional do Trabalho do Ceará, em parceria com o Ministério Público do Trabalho e diversas

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 16, DE 5 DE MAIO DE 2010

RESOLUÇÃO Nº 16, DE 5 DE MAIO DE 2010 RESOLUÇÃO Nº 16, DE 5 DE MAIO DE 2010 Define os parâmetros nacionais para a inscrição das entidades e organizações de assistência social, bem como dos serviços, programas, projetos e benefícios socioassistenciais

Leia mais

RESOLUÇÃO CFP Nº 009/2009

RESOLUÇÃO CFP Nº 009/2009 RESOLUÇÃO CFP Nº 009/2009 Dispõe sobre o reajuste, direitos e deveres dos empregados do Conselho Federal de Psicologia. O CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA, no uso de suas atribuições legais, estatutárias

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Comisão designada pela Portaria nº 1.525/11, prorrogada pela Portaria nº 561/12

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Comisão designada pela Portaria nº 1.525/11, prorrogada pela Portaria nº 561/12 RELATÓRIO FINAL DA COMISSÃO DESIGNADA PELA PORTARIA UTF N 1.525/2011, ORROGADA PELA PORTARIA UTF Nº 561/2012, RESPONSÁVEL PELA AESENTAÇÃO DE OPOSTA DE VIABILIDADE DE IMPLANTAÇÃO DO DECRETO Nº 4.836/2003

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 508, DE 2015

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 508, DE 2015 SENADO FEDERAL Gabinete do Senador JOSÉ SERRA PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 508, DE 2015 Altera a Lei nº 11.314, de 3 de julho de 2006, que dispõe sobre o prazo referente ao apoio à transferência definitiva

Leia mais

Pimenta no olho, e nada de reajuste salarial

Pimenta no olho, e nada de reajuste salarial Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal do Estado de Mato Grosso BOLETIM SEMANAL De 20 a 24 de outubro de 2014 Pimenta no olho, e nada de reajuste salarial O diretor do SINDIJUFE-MT Pedro

Leia mais

III FÓRUM NACIONAL DAS CIS. CIS/PCCTAE - Comissão Interna de Supervisão do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Adminitrativos em Educação

III FÓRUM NACIONAL DAS CIS. CIS/PCCTAE - Comissão Interna de Supervisão do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Adminitrativos em Educação O III FÓRUM NACIONAL DAS COMISSÕES INTERNAS DE SUPERVISÃO DO PCCTAE (III FNCIS) teve como sede a Universidade Federal do Paraná e a Universidade Tecnológica Federal do Paraná foi realizado no Auditório

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DA FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE

FACULDADE DE DIREITO REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DA FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DA FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CAPÍTULO I DA FINALIDADE ART. 1º - O Núcleo de Prática Jurídica, subordinado à Faculdade de Direito

Leia mais

Foram eleitos os seguintes pontos relevantes: 1. Delegacias Sindicais, 2. Diretoria, 3. Diretoria Provisória, 4. Questões patrimoniais,

Foram eleitos os seguintes pontos relevantes: 1. Delegacias Sindicais, 2. Diretoria, 3. Diretoria Provisória, 4. Questões patrimoniais, Registro da segunda reunião Ordinária da Comissão de Sistematização e Elaboração de Propostas de Estatuto para a entidade resultante da unificação da FENAFISP E Unafisco Sindical. Presentes pela FENAFISP:

Leia mais

RESOLUÇÃO DO CONSELHO Nº 002/PRES/OAB/RO RESOLVE:

RESOLUÇÃO DO CONSELHO Nº 002/PRES/OAB/RO RESOLVE: RESOLUÇÃO DO CONSELHO Nº 002/PRES/OAB/RO O CONSELHO SECCIONAL DO ESTADO DE RONDÔNIA DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL, no uso de suas atribuições estatutárias, com base no que dispõe o art. 10, 1º da Lei

Leia mais

PARECER SOBRE O REGIME DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR NA BAHIA

PARECER SOBRE O REGIME DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR NA BAHIA PARECER SOBRE O REGIME DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR NA BAHIA I. Intróito Na qualidade de Professor de Servidor Público da UESB e de advogado da ADUSB, nos fora solicitado pela Diretoria desta entidade sindical

Leia mais

RELATÓRIO DA PLENÁRIA NACIONAL DA FENASPS

RELATÓRIO DA PLENÁRIA NACIONAL DA FENASPS RELATÓRIO DA PLENÁRIA NACIONAL DA FENASPS Data: domingo, 12 de junho de 2016 Local: sala 11 do Hotel Nacional, em Brasília Pauta: 1. Informes Nacionais PL 4250/2015, PL 4252/2015 e PLP 257/2016, Reforma

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGIMENTO INTERNO

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGIMENTO INTERNO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGIMENTO INTERNO CAPÍTULO I DO CONSELHO, ATRIBUIÇÕES E SUA COMPOSIÇÃO Art. 1.º- O Conselho Municipal de Educação de Carlos Barbosa, criado pela Lei Municipal nº1.176 de

Leia mais

Proposta aprovada: utilizar as duas estratégias no esforço para aprovação do PL7027/2013.

Proposta aprovada: utilizar as duas estratégias no esforço para aprovação do PL7027/2013. RELATÓRIO DE SUELY SILVEIRA, COORDENADORA DO SINDJUFE Como afirmou o coordenador da FENAJUFE e servidor do TRE-GO, João Batista, a Fenajufe realizou intervenção junto ao TSE sobre a majoração do auxílio

Leia mais

REGIMENTO INTERNO ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MANUTENÇÃO

REGIMENTO INTERNO ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MANUTENÇÃO REGIMENTO INTERNO ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MANUTENÇÃO Capítulo I da Finalidade Art. 1o. - Este Regimento Interno complementa e disciplina disposições do Estatuto da Associação Brasileira de Manutenção

Leia mais

Curso de Regimento Interno da Câmara dos Deputados Prof. Gabriel Dezen Junior

Curso de Regimento Interno da Câmara dos Deputados Prof. Gabriel Dezen Junior Curso de Regimento Interno da Câmara dos Deputados Prof. Gabriel Dezen Junior Teste 1 1. ( ) É competência da Mesa da Câmara dos Deputados a decisão de reunião dessa Casa fora do Palácio do Congresso Nacional,

Leia mais

DISPOSITIVOS ESTATUTÁRIOS

DISPOSITIVOS ESTATUTÁRIOS ELEIÇÃO PARA A DIRETORIA EXECUTIVA E CONSELHO FISCAL NACIONAL TRIÊNIO 2016-2019 DISPOSITIVOS ESTATUTÁRIOS CAPÍTULO III DOS DIREITOS E DEVERES DOS ASSOCIADOS/FILIADOS SEÇÃO I DOS DIREITOS Art. 10º - São

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DA PRÉ-CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DO SINDICATO DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL DE CURITIBA - SISMMAC

REGULAMENTO INTERNO DA PRÉ-CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DO SINDICATO DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL DE CURITIBA - SISMMAC REGULAMENTO INTERNO DA PRÉ-CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DO SINDICATO DO MAGISTÉRIO MUNICIPAL DE CURITIBA - SISMMAC Define as normas que regulamentam a Pré-Conferência Municipal de Educação promovida

Leia mais

A Constituição Federal de 1988 estabeleceu:

A Constituição Federal de 1988 estabeleceu: A Constituição Federal de 1988 estabeleceu: Art. 8º É livre a associação profissional ou sindical, observado o seguinte: Art. 37º... VI - é garantido ao servidor público civil o direito à livre associação

Leia mais

Poder Judiciário. Tabela 1 Poder Judiciário Primeira Instância Segunda Instância

Poder Judiciário. Tabela 1 Poder Judiciário Primeira Instância Segunda Instância O é a instituição encarregada de administrar justiça por meio dos tribunais. Sua função é assegurar o amparo, proteção ou tutela dos direitos dispostos nas leis. A Suprema Corte de Justiça é a máxima autoridade

Leia mais

Companheiros e companheiras,

Companheiros e companheiras, Companheiros e companheiras, Utilizada sob o falso argumento de modernizar as relações de trabalho e garantir a especialização no serviço, a terceirização representa na realidade uma forma de reduzir o

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA RESOLUÇÃO N 016/2014 DE 27 DE MAIO DE 2014

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA RESOLUÇÃO N 016/2014 DE 27 DE MAIO DE 2014 RESOLUÇÃO N 016/2014 DE 27 DE MAIO DE 2014 Normatiza os procedimentos para concessão de Afastamentos de Curta Duração, Licença para Capacitação, Afastamentos para Pós- Graduação Stricto Sensu e Pós-Doutorado

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO. Aprovado pelo Conselho Universitário em sessão realizada no dia 29 de março de 1983 Resolução No. 09/83.

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO. Aprovado pelo Conselho Universitário em sessão realizada no dia 29 de março de 1983 Resolução No. 09/83. REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO Aprovado pelo Conselho Universitário em sessão realizada no dia 29 de março de 1983 Resolução No. 09/83. REGIMENTO DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES

Leia mais

Ensino Fundamental com 9 anos de duração - Idade de Ingresso

Ensino Fundamental com 9 anos de duração - Idade de Ingresso Ensino Fundamental com 9 anos de duração - Idade de Ingresso A respeito da idade de ingresso das crianças, no ensino fundamental de 9 anos de duração, ocorreram acaloradas discussões na esfera educacional

Leia mais

Considerações e Indicativos para a Assembleia Nacional de 15-07-2009 CONSIDERAÇÕES AOS INDICATIVOS 1 A 3 DA ASSEMBLEIA NACIONAL

Considerações e Indicativos para a Assembleia Nacional de 15-07-2009 CONSIDERAÇÕES AOS INDICATIVOS 1 A 3 DA ASSEMBLEIA NACIONAL Considerações e Indicativos para a Assembleia Nacional de 15-07-2009 CONSIDERAÇÕES AOS INDICATIVOS 1 A 3 DA ASSEMBLEIA NACIONAL DAS AÇÕES JUDICIAIS EM ANDAMENTO QUE MERECEM SER SANEADAS. Conforme consta

Leia mais

CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL NO MARANHÃO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO: CRIAÇÃO E FUNCIONAMENTO

CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL NO MARANHÃO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO: CRIAÇÃO E FUNCIONAMENTO CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL NO MARANHÃO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO: CRIAÇÃO E FUNCIONAMENTO CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL NO MARANHÃO Presidente Carmen Maria Teixeira Moreira Serra Secretário

Leia mais

METODOLOGIA PARA A ESTATUINTE UFRB DOS OBJETIVOS. Art. 2º - São objetivos específicos da ESTATUINTE: a) definir os princípios e finalidades da UFRB.

METODOLOGIA PARA A ESTATUINTE UFRB DOS OBJETIVOS. Art. 2º - São objetivos específicos da ESTATUINTE: a) definir os princípios e finalidades da UFRB. METODOLOGIA PARA A ESTATUINTE UFRB DOS OBJETIVOS Art. 1º - A ESTATUINTE consiste em processo consultivo e deliberativo que tem por objetivo geral elaborar o Estatuto da UFRB. Art. 2º - São objetivos específicos

Leia mais

Alexandre Enzweiler, Gabriel de Almeida e Yvo Pitol 22/04/2013

Alexandre Enzweiler, Gabriel de Almeida e Yvo Pitol 22/04/2013 CIPA Comissão Interna de Prevenção de Acidentes NR-5 Alexandre Enzweiler, Gabriel de Almeida e Yvo Pitol 22/04/2013 Atribuições iniciais Criada em 1934 e regulamentada somente em 1978 juntamente com outras

Leia mais

- Estudo técnico - Art. 67...

- Estudo técnico - Art. 67... Aposentadoria especial para diretores, coordenadores e assessores pedagógicos - Estudo técnico - A Lei nº 11.301, de 10 de maio de 2006, publicada no Diário 0ficial da União de 11 de maio do mesmo ano,

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA PROVIMENTO N. 20/2015-CM

ESTADO DE MATO GROSSO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA PROVIMENTO N. 20/2015-CM PROVIMENTO N. 20/2015-CM Regulamenta o Programa de incentivo à graduação dos servidores efetivos do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso. O PRESIDENTE DO CONSELHO DA MAGISTRATURA DO, no uso de suas

Leia mais

Mais uma vitória rumo ao reconhecimento: Dilma sanciona Lei que institui o Dia Nacional do Vigilante

Mais uma vitória rumo ao reconhecimento: Dilma sanciona Lei que institui o Dia Nacional do Vigilante Confederação Nacional dos Vigilantes - Brasília - DF 19/06/2015 - Edição 1295 Mais uma vitória rumo ao reconhecimento: Dilma sanciona Lei que institui o Dia Nacional do Vigilante Aprovado em maio pela

Leia mais

Plano Municipal de Educação

Plano Municipal de Educação Plano Municipal de Educação Denise Carreira I Encontro Educação para uma Outra São Paulo 30 de novembro de 2007 O Plano Municipal de Educação e as reivindicações dos movimentos e organizações da cidade

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR GUSTAVO BONATO FRUET PREFEITO MUNICIPAL DE CURITIBA. Assunto: pauta de reivindicações específicas dos Educadores de 2013.

EXCELENTÍSSIMO SENHOR GUSTAVO BONATO FRUET PREFEITO MUNICIPAL DE CURITIBA. Assunto: pauta de reivindicações específicas dos Educadores de 2013. EXCELENTÍSSIMO SENHOR GUSTAVO BONATO FRUET PREFEITO MUNICIPAL DE CURITIBA. Assunto: pauta de reivindicações específicas dos Educadores de 2013. O SISMUC - Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Câmara de Pós-Graduação

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Câmara de Pós-Graduação UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Câmara de Pós-Graduação Resolução 01/2011 CPG Dispõe sobre o Estágio de Pós-Doutorado na UFES A Câmara de Pós-Graduação da

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 01, DE 02 DE OUTUBRO DE 2014

EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 01, DE 02 DE OUTUBRO DE 2014 EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 01, DE 02 DE OUTUBRO DE 2014 O CONSELHO NACIONAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE CONANDA, faz publicar o Edital de Convocação para a eleição das entidades da sociedade

Leia mais

AGUARDANDO APROVAÇÃO DO COUNI

AGUARDANDO APROVAÇÃO DO COUNI Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional REGULAMENTO DO COLEGIADO DE CURSO DE GRADUAÇÃO E EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DA UTFPR RESOLUÇÃO

Leia mais

FONTE: Ministério das Cidades, DENATRAN Departamento Nacional de Trânsito, RENAVAM Registro Nacional de Veículos Automotores - JUNHO 2009 Congestionamentos Poluição Ambiental Sonora Visual Cobrança

Leia mais

Processo Legislativo

Processo Legislativo Processo Legislativo Os Projetos de Lei Ordinária e de Lei Complementar são proposições que visam regular toda a matéria legislativa de competência da Câmara e devem ser submetidos à sanção do prefeito

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2015

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2015 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2015/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR000679/2015 VALEC ENGENHARIA CONSTRUCOES E FERROVIAS S/A, CNPJ n. 42.150.664/0001-87, neste ato representado(a) por seu Presidente, Sr(a).

Leia mais

DIREÇÃO NACIONAL DA CUT APROVA ENCAMINHAMENTO PARA DEFESA DA PROPOSTA DE NEGOCIAÇÃO DO SALÁRIO MÍNIMO, DAS APOSENTADORIAS E DO FATOR PREVIDENCIÁRIO

DIREÇÃO NACIONAL DA CUT APROVA ENCAMINHAMENTO PARA DEFESA DA PROPOSTA DE NEGOCIAÇÃO DO SALÁRIO MÍNIMO, DAS APOSENTADORIAS E DO FATOR PREVIDENCIÁRIO DIREÇÃO NACIONAL DA CUT APROVA ENCAMINHAMENTO PARA DEFESA DA PROPOSTA DE NEGOCIAÇÃO DO SALÁRIO MÍNIMO, DAS APOSENTADORIAS E DO FATOR PREVIDENCIÁRIO A CUT e as centrais sindicais negociaram com o governo

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA DE ESTADO DOS DIREITOS HUMANOS AUTORIDADE CENTRAL ADMINISTRATIVA FEDERAL

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA DE ESTADO DOS DIREITOS HUMANOS AUTORIDADE CENTRAL ADMINISTRATIVA FEDERAL II REUNIÃO DO CONSELHO DAS AUTORIDADES CENTRAIS BRASILEIRAS RESOLUÇÃO N.º 02/ 2000 Dispõe sobre a Aprovação do Regimento Interno e dá outras providências O Presidente do Conselho das Autoridades Centrais

Leia mais

PARECER Nº, DE 2013. RELATOR: Senador ARMANDO MONTEIRO

PARECER Nº, DE 2013. RELATOR: Senador ARMANDO MONTEIRO PARECER Nº, DE 2013 Da COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA, sobre o Projeto de Lei do Senado nº 250, de 2005 Complementar, do Senador PAULO PAIM, que estabelece requisitos e critérios diferenciados

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO SINASEFE

REGIMENTO INTERNO DO SINASEFE REGIMENTO INTERNO DO SINASEFE TÍTULO I DA CONSTITUIÇÃO Art. 1º. O SINASEFE, Sindicato Nacional dos Servidores da Educação Federal de 1º e 2º Graus, criado em 11 de novembro de 1988 pelo I Encontro Nacional

Leia mais

III- lutar por uma universidade autônoma, democrática e participativa, que cumpra suas funções acadêmicas e político-sociais;

III- lutar por uma universidade autônoma, democrática e participativa, que cumpra suas funções acadêmicas e político-sociais; ESTATUTO DO CENTRO ACADÊMICO RUY BARBOSA (Faculdade de Direito-UFBA) TÍTULO I DA ENTIDADE Capítulo I Da Natureza Jurídica Art.1º O Centro Acadêmico Ruy Barbosa (CARB), fundado em 25 de Outubro de 1999,

Leia mais

FACULDADE PALOTINA DE SANTA MARIA ESTATUTO DO DIRETÓRIO ACADÊMICO DE ADMINISTRAÇÃO DA FAPAS. TÍTULO I Da Entidade

FACULDADE PALOTINA DE SANTA MARIA ESTATUTO DO DIRETÓRIO ACADÊMICO DE ADMINISTRAÇÃO DA FAPAS. TÍTULO I Da Entidade FACULDADE PALOTINA DE SANTA MARIA ESTATUTO DO DIRETÓRIO ACADÊMICO DE ADMINISTRAÇÃO DA FAPAS TÍTULO I Da Entidade Artigo 1º - O Diretório Acadêmico de Administração da Faculdade Palotina de Santa Maria,

Leia mais

Responsabilidades e desafios do setor público quanto ao direito à educação

Responsabilidades e desafios do setor público quanto ao direito à educação Responsabilidades e desafios do setor público quanto ao direito à educação Cleuza Rodrigues Repulho Dirigente Municipal de Educação de São Bernardo do Campo/ SP Presidenta da Undime A Undime como organização

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ002217/2010 DATA DE REGISTRO NO MTE: 20/10/2010 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR053080/2010 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.035134/2010-15 DATA DO

Leia mais

III Reunión, Lima, octubre 2010 A AUTOREFORMA SINDICAL E A HISTÓRIA DOS BANCÁRIOS DA CUT BRASIL. William Mendes,

III Reunión, Lima, octubre 2010 A AUTOREFORMA SINDICAL E A HISTÓRIA DOS BANCÁRIOS DA CUT BRASIL. William Mendes, III Reunión, Lima, octubre 2010 A AUTOREFORMA SINDICAL E A HISTÓRIA DOS BANCÁRIOS DA CUT BRASIL William Mendes, Secretário de Formação da CONTRAFCUT-CUT 1. INTRODUÇÃO No final dos anos setenta e início

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 611, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013

LEI COMPLEMENTAR Nº 611, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013 LEI COMPLEMENTAR Nº 611, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013 Procedência: Governamental Natureza: PLC/0046.0/2013 DO: 19.729, de 31/12/2013 Fonte: ALESC/Coord. Documentação Fixa o subsídio mensal dos integrantes

Leia mais