Observação com aumento total de 100x: Neste aumento poderemos observar os sistemas de Havers e os sistemas intermediários com facilidade.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Observação com aumento total de 100x: Neste aumento poderemos observar os sistemas de Havers e os sistemas intermediários com facilidade."

Transcrição

1 1. Tecido Ósseo Compacto desgastado Material: Diáfise de osso em corte transversal Técnica: Desgaste com a utilização de disco de Carborundum Observação com aumento total de 100x: Neste aumento poderemos observar os sistemas de Havers e os sistemas intermediários com facilidade. Em cada sistema de Havers poderemos observar o canal de Havers, lamela mineralizada concêntricas e lacunas ou osteoplastos. Os sistemas de Havers são cilindros microscópicos que aí aparecem em secções nucleares, pois os cortes foram transversais perpendiculares. Entre os sistemas de Havers poderemos observar os sistemas intermediários com distribuição irregular das lacunas ou cavidades e do material intercelular.

2 Observação com aumento total de 400x: Poderemos observar os detalhes do sistema de Havers com os canalículos bem visíveis. Estes contêm o prolongamento dos osteócitos. Das lacunas ou osteoplastos que abrigam as células (osteócitos) partem os canalículos que abrigam os prolongamentos dessas células. As lamelas mineralizadas concêntricas podem ser obervadas com grande nitidez.

3 2. Tecido ósseo compacto descalcificado Material: Corte transversal da diáfise do osso Técnica: Descalcificação com ácido nítrico e coloração por HE Observação com aumento total de 100x: Nesse aumento, podemos observar no osso compacto onde ficam os sistemas de Havers. Na parte central poderemos observar uma cor mais acentuada a medula óssea vermelha, onde são produzidos os elementos figurados do sangue.

4 Observação com aumento total de 400x: Nesse aumento na parte compacta do osso, poderemos observar nitidamente o canal de Havers no centro do sistema de Havers bem como as lacunas contendo os osteócitos dispostas concentricamente em relação ao canal. Por essa técnica observamos o colágeno nas lamelas ósseas corados em róseoavermelhados, mas não observamos a parte mineral que foi eliminada com a descalcificação feita com ácido nítrico. No canal de Havers podem ser observados tecido conjuntivo eventualmente vasos sanguíneos e fibras nervosas. Na medula óssea vermelha as células que irão dar origem as hemácias como é o caso dos eritroblástos, as células que darão origem aos leucócitos, como é o caso dos mieloblastos e mielócitos e as células que darão origem às plaquetas como é o caso dos megacarioblastos e megacariócitos.

5 3. Tecido ósseo esponjoso descalcificado Material: Calota craniana Técnica: Descalcificação por ácido nítrico e coloração por HE Observação com aumento total de 40x: Neste aumento percebemos a presença do periósteo que é o tecido conjuntivo que reveste o osso dos dois lados, ainda podemos perceber as trabéculas ósseas róseo avermelhadas delimitando as cavidades medulares que aparecem como espaços claros.

6 Observação com aumento total de 100x: Já podemos perceber com mais detalhes o periósteo e as trabéculas ósseas contendo lacunas onde ficam situadas as células ósseas adultas (osteócitos). Osteoblastos (células jovens) enfileirados também podem ser percebidos no bordo das trabéculas ósseas. Nas cavidades medulares poderemos observar tecido mielóide da medula óssea vermelha bem como vasos sanguíneos.

7 Observação com aumento total de 400x: Com este aumento é possível observar-se os três tipos de células ósseas: osteoblastos enfileirados no bordo das trabéculas, osteócitos dentro das lacunas no interior das trabéculas e os osteoclastos bem avermelhados multinucleados ligados a reabsorção óssea.

8 Observação com aumento total de 1000x: Neste aumento poderemos observar os três tipos de células cm grande nitidez. Na parte externa do osso fica o periósteo responsável pela ossificação intramembranosa, nele poderemos encontrar fibroblastos, fibras colágenas e células mesenquimais indiferenciadas que darão origem aos osteoblastos. Nas cavidades medulares, poderemos observar detalhadamente tecido conjuntivo e vasos sanguíneos.

9 4. Ossificação endocondral A ossificação endocondral é a formação do osso tendo por molde restos da matriz cartilaginosa. A cartilagem serve de molde para a formação do osso. Material: Ossos em formação junto à articulação tíbio-femural Técnica: HE Nesse processo de ossificação ocorrem alterações regressivas da cartilagem onde poderemos observar varias zonas: zona de cartilagem normal; zona de cartilagem seriada, zona de cartilagem hipertrófica, zona de calcificação e erosão; e zona de ossificação propriamente dita. O tecido ósseo de cor avermelhada fica sobre os tabiques de matriz cartilaginosa de cor azul que representam o que sobrou do tecido cartilaginoso que foi sendo degradado. Observação com aumento total de 40x:

10 Observação com aumento total de 100x: Neste Observação com aumento total de 400x: Neste

11 Observação com aumento total de 1000x: Neste

III. 4 - Tecido Ósseo

III. 4 - Tecido Ósseo Capítulo 2: Parte 4 1 III. 4 - Tecido Ósseo É um tecido conjuntivo resistente em virtude da impregnação da sua substância fundamental pelos sais de cálcio, principalmente o fosfato e o carbonato de cálcio.

Leia mais

substância intercelular sólida, dura e resistente.

substância intercelular sólida, dura e resistente. Tecido ósseo É um dos tecidos que formam o esqueleto de nosso corpo, tendo como função principal a sustentação. Além disso: serve de suporte para partes moles; protege órgão vitais; aloja e protege a medula

Leia mais

20/10/2014. TECIDO CONJUNTIVO ou CONECTIVO

20/10/2014. TECIDO CONJUNTIVO ou CONECTIVO TECIDO CONJUNTIVO ou CONECTIVO Poucas células, encontram-se separadas; Presença de grande quantidade de substância intercelular; Substância intercelular ou matriz extracelular Substância fundamental amorfa:

Leia mais

ESTUDO DO MOVIMENTO OSTEOLOGIA

ESTUDO DO MOVIMENTO OSTEOLOGIA EB 23S DE CAMINHA CURSO PROFISSIONAL TÉCNICO GESTÃO DESPORTIVA ESTUDO DO MOVIMENTO HISTOLOGIA 2011/12 PROFESSOR PEDRO CÂMARA FUNÇÕES FUNÇÕES DOS S MECÂNICA SUPORTE DUREZA ARQUITECTURA INTERNA MOVIMENTO

Leia mais

ANATOMIA HUMANA I. Sistema Esquelético. Prof. Me. Fabio Milioni

ANATOMIA HUMANA I. Sistema Esquelético. Prof. Me. Fabio Milioni ANATOMIA HUMANA I Sistema Esquelético Prof. Me. Fabio Milioni FUNÇÕES Sustentação Proteção Auxílio ao movimento Armazenamento de minerais Formação de células sanguíneas 1 CLASSIFICAÇÃO DOS OSSOS Longos

Leia mais

TECIDO CONJUNTIVO. derme tendão

TECIDO CONJUNTIVO. derme tendão TECIDO CONJUNTIVO derme tendão Tecido adiposo cartilagem sangue osso http://medinfo.ufl.edu/~dental/denhisto/lecture_materials/conntiss1_07_nxpowerlite_1.ppt Tecido Conjuntivo Característica: vários tipos

Leia mais

ESTUDO DIRIGIDO MORFOLOGIA MICROSCOPICA

ESTUDO DIRIGIDO MORFOLOGIA MICROSCOPICA 1 ESTUDO DIRIGIDO MORFOLOGIA MICROSCOPICA 1- As glândulas adrenais têm uma das mais altas taxas de fluxo sanguíneo por grama de tecido do organismo, sendo que o córtex abrange 80% e a medula, 20% do órgão.

Leia mais

Histologia animal. Equipe de Biologia

Histologia animal. Equipe de Biologia Histologia animal Equipe de Biologia Tipos de tecidos animais Tecidos epiteliais Tecidos conjuntivos Tecidos musculares http://www.simbiotica.org/tecidosanimal.htm Tecido nervoso Tecidos epiteliais Apresenta

Leia mais

TECIDO CONJUNTIVO HISTOLOGIA

TECIDO CONJUNTIVO HISTOLOGIA TECIDO CONJUNTIVO HISTOLOGIA CARACTERÍSTICAS GERAIS: - Unem e sustentam outros tecidos - Não apresentam células justapostas - Possuem vários tipos de células - Possuem matriz intercelular material gelatinoso

Leia mais

COLÉGIO JARDINS. Aluno: Data: / / SÉRIE: 1º A( ) B( ) Profº Marcos Andrade

COLÉGIO JARDINS. Aluno: Data: / / SÉRIE: 1º A( ) B( ) Profº Marcos Andrade COLÉGIO JARDINS Aluno: Data: / / SÉRIE: 1º A( ) B( ) Profº Marcos Andrade TECIDO CONJUNTIVO I São aqueles que atuam nas funções de preenchimento de espaços entre órgãos, sustentação, defesa e nutrição.

Leia mais

TECIDO CARTILAGINOSO. Observação com aumento total de 40x: Na mesma lâmina apareceu os dois órgãos traquéia e esôfago.

TECIDO CARTILAGINOSO. Observação com aumento total de 40x: Na mesma lâmina apareceu os dois órgãos traquéia e esôfago. TECIDO CARTILAGINOSO 1)Tecido Cartilaginoso Hialino Material: Traquéia Técnica: Hematoxilina e Eosina (HE) Observação com aumento total de 40x: Na mesma lâmina apareceu os dois órgãos traquéia e esôfago.

Leia mais

Osteologia. Estudo da estrutura dos ossos oste = osso; logia = estudo de

Osteologia. Estudo da estrutura dos ossos oste = osso; logia = estudo de Osteologia Estudo da estrutura dos ossos oste = osso; logia = estudo de Ossos Ossos são orgãos esbranquiçados, muito duros, que unindo-se aos outros por meio de junturas ou articulações, constituem o esqueleto.

Leia mais

Prof André Montillo www.montillo.com.br

Prof André Montillo www.montillo.com.br Prof André Montillo www.montillo.com.br Qual é a Menor Unidade Viva? Célula Qual é a Menor Unidade Viva? Tecidos Órgãos Aparelhos Sistemas Célula Células Tecidos Órgãos Sistemas ou Aparelhos Sistemas ou

Leia mais

ESTUDO DOS TECIDOS ANIMAIS

ESTUDO DOS TECIDOS ANIMAIS TECIDO CONJUNTIVO células pouco numerosas e bastante espaçadas Substância intercelular composição varia de acordo com o tipo de tecido, ex: derme: há uma substância gelatinosa que dá resistência e elasticidade

Leia mais

Biologia - 3ª Série Histologia Data: 13 de junho de 2007

Biologia - 3ª Série Histologia Data: 13 de junho de 2007 HISTOLOGIA Conceito: Ciência que estuda os tecidos. Tecido: Conjunto de células semelhantes que juntas anatomicamante, desempenham a mesma função. TECIDO EPITELIAL Características: células muito coesas

Leia mais

Aula6 TECIDO ÓSSEO. Shirlei Octacílio da Silva

Aula6 TECIDO ÓSSEO. Shirlei Octacílio da Silva Aula6 TECIDO ÓSSEO META Descrever a composição do tecido ósseo, correlacionando as características estruturais do osso com suas funções no corpo, ressaltando que os mesmos componentes que trazem a rigidez

Leia mais

Histologia Animal. - Estuda a classificação, estrutura, distribuição e função dos tecidos animais.

Histologia Animal. - Estuda a classificação, estrutura, distribuição e função dos tecidos animais. Histologia Animal - Estuda a classificação, estrutura, distribuição e função dos tecidos animais. - Tecidos: Grupamento de células harmonizadas e diferenciadas que realizam uma determinada função. - Principais

Leia mais

RESUMO TECIDOS ÓSSEO, HEMATOPOÉTICO E SANGUÍNEO, SANGUÍNEO E IMUNIDADE, MUSCULAR E NERVOSO

RESUMO TECIDOS ÓSSEO, HEMATOPOÉTICO E SANGUÍNEO, SANGUÍNEO E IMUNIDADE, MUSCULAR E NERVOSO RESUMO TECIDOS ÓSSEO, HEMATOPOÉTICO E SANGUÍNEO, SANGUÍNEO E IMUNIDADE, MUSCULAR E NERVOSO TECIDO ÓSSEO - Características: apresenta matriz calcificada e atua como o principal depósito de cálcio e fósforo

Leia mais

Nome: Nº: Classificação: 4. Muitos epitélios de revestimento desempenham uma importante função de protecção através da produção de:

Nome: Nº: Classificação: 4. Muitos epitélios de revestimento desempenham uma importante função de protecção através da produção de: HistoVet 2005_2006 Histologia e Embriologia Medicina Veterinária Frequência Teórica 3 de Fevereiro de 2006 Nome: Nº: Classificação: 1. Um epitélio típico está separado do seu suprimento sanguíneo através:

Leia mais

Matéria: Biologia Assunto: Tecidos Animais - Tecidos Conjuntivos Prof. Enrico Blota

Matéria: Biologia Assunto: Tecidos Animais - Tecidos Conjuntivos Prof. Enrico Blota Matéria: Biologia Assunto: Tecidos Animais - Tecidos Conjuntivos Prof. Enrico Blota Biologia Moléculas, células e tecidos - Tecidos animais Tecidos conjuntivos São constituídos predominantemente por material

Leia mais

Tecido Conjuntivo de Sustentação: Ósseo I

Tecido Conjuntivo de Sustentação: Ósseo I Tecido Conjuntivo de Sustentação: Ósseo I Prof. a Dr a. Sara Tatiana Moreira UTFPR Campus Santa Helena 1 Elástico 1 Tecido ósseo Características: Tecido vivo com alto grau de rigidez e resistência à pressão,

Leia mais

EXERCÄCIOS DE HISTOLOGIA. 1- (PUC-2006) Associe o tipo de tecido animal Å sua correlaçéo:

EXERCÄCIOS DE HISTOLOGIA. 1- (PUC-2006) Associe o tipo de tecido animal Å sua correlaçéo: EXERCÄCIOS DE HISTOLOGIA 1- (PUC-2006) Associe o tipo de tecido animal Å sua correlaçéo: 1) Tecido Ñsseo compacto 2) Tecido Ñsseo esponjoso 3) Cartilagem hialina 4) Cartilagem elöstica 5) Cartilagem fibrosa

Leia mais

SISTEMA MÚSCULO ESQUELÉTICO. Enf. Thais Domingues

SISTEMA MÚSCULO ESQUELÉTICO. Enf. Thais Domingues SISTEMA MÚSCULO ESQUELÉTICO Enf. Thais Domingues SISTEMA MÚSCULO ESQUELÉTICO Composto de ossos, músculos, cartilagem, ligamentos e fáscia, proporcionando ao corpo, com sua armação estrutural uma caixa

Leia mais

ATLAS DE CITOLOGIA E HISTOLOGIA VETERINÁRIA I. Dra. Madalena Monteiro Doutor Pedro Faísca

ATLAS DE CITOLOGIA E HISTOLOGIA VETERINÁRIA I. Dra. Madalena Monteiro Doutor Pedro Faísca ATLAS DE CITOLOGIA E HISTOLOGIA VETERINÁRIA I Dra. Madalena Monteiro Doutor Pedro Faísca EPITÉLIOS DE REVESTIMENTO 1- PARTICULARIDADES DO TECIDO EPITELIAL 1.1- Membrana basal 1.2- Especializações da membrana

Leia mais

TECIDO ÓSSEO PARTE ORGÂNICA DA MATRIZ ÓSSEA (MATRIZ ORGÂNICA) COMPOSIÇÃO: FIBRAS COLÁGENAS, GLICOPROTEÍNAS, PROTEOGLICANAS E GLICOSAMINOGLICANAS)

TECIDO ÓSSEO PARTE ORGÂNICA DA MATRIZ ÓSSEA (MATRIZ ORGÂNICA) COMPOSIÇÃO: FIBRAS COLÁGENAS, GLICOPROTEÍNAS, PROTEOGLICANAS E GLICOSAMINOGLICANAS) TECIDO ÓSSEO TECIDO ÓSSEO CÉLULAS ÓSSEAS MATRIZ ÓSSEA CÉLULA OSTEOPROGENITORA OSTEOBLASTO OSTEÓCITO CÉLULA DE REVESTIMENTO ÓSSEO OSTEOCLASTO PARTE ORGÂNICA DA MATRIZ ÓSSEA (MATRIZ ORGÂNICA) COMPOSIÇÃO:

Leia mais

Sistema Esquelético Humano. Sistema Esquelético Humano. Sistema Esquelético Humano. Esqueleto axial. Sistema Esquelético Humano.

Sistema Esquelético Humano. Sistema Esquelético Humano. Sistema Esquelético Humano. Esqueleto axial. Sistema Esquelético Humano. Anatomia Humana Sistema Esquelético Ed. Física Prof. Cláudio Costa Osteologia: É o estudo dos ossos. Composição do Sistema Ósseo: 206 peças duras, resistentes e flexíveis chamadas ossos, pelas cartilagens

Leia mais

Níveis de organização do corpo humano - TECIDOS. HISTOLOGIA = estudo dos tecidos

Níveis de organização do corpo humano - TECIDOS. HISTOLOGIA = estudo dos tecidos Níveis de organização do corpo humano - TECIDOS HISTOLOGIA = estudo dos tecidos TECIDOS Grupos de células especializadas, semelhantes ou diferentes entre si, e que desempenham funções específicas. Num

Leia mais

AULA PRÁTICA 11: SANGUE E HEMATOPOIESE

AULA PRÁTICA 11: SANGUE E HEMATOPOIESE AULA PRÁTICA 11: SANGUE E HEMATOPOIESE O sangue é um tecido conectivo especializado constituído por diferentes tipos celulares em suspensão em um meio líquido denominado de plasma. Funciona primordialmente

Leia mais

TECIDO ÓSSEO TECIDO ÓSSEO. TECIDO ÓSSEO: Funções 02/11/2015

TECIDO ÓSSEO TECIDO ÓSSEO. TECIDO ÓSSEO: Funções 02/11/2015 TECIDO ÓSSEO TECIDO ÓSSEO Tipo especializado de tecido conjuntivo formado por células e material extracelular calcificado, a matriz óssea. Funções Proteção dos órgãos Sustentação e conformação do corpo

Leia mais

Vasconcelos, DFP. Roteiro para Aula Prática de Histologia Básica. www.institutododelta.com.br

Vasconcelos, DFP. Roteiro para Aula Prática de Histologia Básica. www.institutododelta.com.br Como citar este documento: Vasconcelos, DFP. Roteiro para Aula Prática de Histologia Básica. Disponível em:, acesso em: (coloque a data aqui). ROTEIRO PARA AULA PRÁTICA DE HISTOLOGIA BÁSICA Roteiro de

Leia mais

Docente: Sheila C. Ribeiro Abril/2016

Docente: Sheila C. Ribeiro Abril/2016 Docente: Sheila C. Ribeiro Abril/2016 Introdução Função Suporte Proteção Apoio Contrações Depósito de minerais Tecido Conjuntivo Especializado Células e Matriz óssea endósteo Periósteo Osteoblastos Osteócitos

Leia mais

TECIDO CONJUNTIVO 9º ano

TECIDO CONJUNTIVO 9º ano TECIDO CONJUNTIVO 9º ano O tecido conjuntivo apresenta células separadas por matriz intercelular. É quase sempre vascularizado. (exceção tecido cartilaginoso) TIPOS DE TECIDO CONJUNTIVO TCP D TCP D Frouxo

Leia mais

Tecido Ósseo Funções:

Tecido Ósseo Funções: Tecido Ósseo Funções: Suporte e proteção; Alojamento da medula óssea; Depósito de cálcio, fosfato e outros íons. Estrutura Material extracelular Matriz óssea Células - osteócitos - osteoblastos - osteoclastos

Leia mais

Roteiro para acompanhamento das aulas práticas de Histologia

Roteiro para acompanhamento das aulas práticas de Histologia Departamento de Morfologia do Instituto de Ciências Biológicas Disciplina de Histologia e Embriologia VI 1º período de Medicina Professor Lúcio Henrique de Oliveira Roteiro para acompanhamento das aulas

Leia mais

Total de 11 páginas 1

Total de 11 páginas 1 Tecido ósseo e introdução ao esqueleto O tecido ósseo Tecido conjuntivo com propriedades particulares: Material extracelular calcificado matriz óssea Células: Osteoblastos; Osteócitos; Osteoclastos Periósteo

Leia mais

1- hemácias dentro de um vaso sangüíneo 2- endotélio (epitélio simples pavimentoso)

1- hemácias dentro de um vaso sangüíneo 2- endotélio (epitélio simples pavimentoso) Fernando Salles - 2014 1 2 1- hemácias dentro de um vaso sangüíneo 2- endotélio (epitélio simples pavimentoso) Epitélio simples cúbico 1-Epitélio simples cilíndrico com céls caliciformes (cabeça de seta)

Leia mais

Tecido conjuntivo 1º ano Pró Madá Componentes da matriz extracelular A matriz é uma massa amorfa, de aspecto gelatinoso e transparente. É constituída principalmente por água e glicoproteínas e uma parte

Leia mais

Histologia Animal. Prof. Milton

Histologia Animal. Prof. Milton Histologia Animal Prof. Milton Origem: Ectoderme Tecido Epitelial Características Gerais: Células justapostas Células poliédricas Células lábeis ( E! ) Ausência de substância Intersticial ( Matriz ) Avascular

Leia mais

Introdução ao estudo da Anatomia Humana: Sistema Esquelético

Introdução ao estudo da Anatomia Humana: Sistema Esquelético Aula 02 Introdução ao estudo da Anatomia Humana: Sistema Esquelético Definição Os ossos formam o esqueleto da maioria dos vertebrados, consistindo em uma matriz de tecido conjuntivo, composta de osseína

Leia mais

Consolidação Óssea www.ortopediausp.med.br

Consolidação Óssea www.ortopediausp.med.br M!K! Consolidação Óssea www.ortopediausp.med.br Objetivos Tipos de consolidação: Primária e Secundária Tipos de estabilidade: Absoluta e Relativa O Osso 1 Estrutura Óssea OSTEOCLASTOS OSTEOBLASTOS MATRIZ

Leia mais

TECIDO CONJUNTIVO 28/07/2015. Origem mesodérmica; Grande quantidade de substância intercelular: Profº Fernando Teixeira @biovestiba. Vascularizado.

TECIDO CONJUNTIVO 28/07/2015. Origem mesodérmica; Grande quantidade de substância intercelular: Profº Fernando Teixeira @biovestiba. Vascularizado. TECIDO CONJUNTIVO Origem mesodérmica; Profº Fernando Teixeira @biovestiba Grande quantidade de substância intercelular: o Substância fundamental; o Proteínas colágenas ou elásticas; Vascularizado. Preenchimento;

Leia mais

Constituição Histológica

Constituição Histológica TECIDO ÓSSEO Constituição Histológica 1- CÉLULAS + 2- MATRIZ INORGÂNICA E ORGÂNICA (Fibras de colágeno tipo I + SFA) Características do Tecido Ósseo Conjuntivo especial (céls. + MEC) Matriz mineralizada

Leia mais

Processo de Consolidação das Fraturas Consolidação Óssea

Processo de Consolidação das Fraturas Consolidação Óssea André Montillo UVA Processo de Consolidação das Fraturas Consolidação Óssea O Tecido ósseo é o único que no final de sua cicatrização originará tecido ósseo verdadeiro e não fibrose como os demais tecidos

Leia mais

INTRODUÇÃO À RADIOLOGIA MUSCULO-ESQUELÉTICA

INTRODUÇÃO À RADIOLOGIA MUSCULO-ESQUELÉTICA INTRODUÇÃO À RADIOLOGIA MUSCULO-ESQUELÉTICA Prof. Rodrigo Aguiar O sistema músculo-esquelético é formado por ossos, articulações, músculos, tendões, nervos periféricos e partes moles adjacentes. Em grande

Leia mais

FACULDADE DE EXCELÊNCIA EDUCACIONAL DO RIO GRANDE DO NORTE CURSO: FISIOTERAPIA DISCIPLINA: HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA Prof. Dr.

FACULDADE DE EXCELÊNCIA EDUCACIONAL DO RIO GRANDE DO NORTE CURSO: FISIOTERAPIA DISCIPLINA: HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA Prof. Dr. FACULDADE DE EXCELÊNCIA EDUCACIONAL DO RIO GRANDE DO NORTE CURSO: FISIOTERAPIA DISCIPLINA: HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA TECIDO ÓSSEO Tipo especializado de tecido conjuntivo» Protege órgãos» Produção de células

Leia mais

Tecido Conjuntivo de Sustentação: Ósseo II

Tecido Conjuntivo de Sustentação: Ósseo II Tecido Conjuntivo de Sustentação: Ósseo II Prof. a Sara Tatiana Moreira, Ph.D. UTFPR Campus Santa Helena 1 Histogênese :. Formação Óssea Ossificação Intramembranosa Osso é formado a partir de um molde

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS INSTITUTO DE BIOLOGIA DEPTO. DE MORFOLOGIA DISCIPLINAS DE HISTOLOGIA HISTOLOGIA I ROTEIRO DAS AULAS PRÁTICAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS INSTITUTO DE BIOLOGIA DEPTO. DE MORFOLOGIA DISCIPLINAS DE HISTOLOGIA HISTOLOGIA I ROTEIRO DAS AULAS PRÁTICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS INSTITUTO DE BIOLOGIA DEPTO. DE MORFOLOGIA DISCIPLINAS DE HISTOLOGIA HISTOLOGIA I ROTEIRO DAS AULAS PRÁTICAS PELOTAS, 2012. ÍNDICE MICROSCOPIA DE LUZ OU ÓPTICA 3 USO DO

Leia mais

BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 13 HISTOLOGIA ANIMAL: TECIDO ÓSSEO

BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 13 HISTOLOGIA ANIMAL: TECIDO ÓSSEO BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 13 HISTOLOGIA ANIMAL: TECIDO ÓSSEO Epífise Cartilagem articular Osso esponjoso (trabecular), que contém medula óssea vermelha Metáfise Metáfise Osso esponjoso (trabecular) - contém

Leia mais

Ambos são tecidos conjuntivos especializados. Possuem funções em comum: suporte e proteção de partes moles

Ambos são tecidos conjuntivos especializados. Possuem funções em comum: suporte e proteção de partes moles Ambos são tecidos conjuntivos especializados Possuem funções em comum: suporte e proteção de partes moles Células parecidas com os fibroblastos do conjuntivo: secretam fibras e abundante MEC; se originam

Leia mais

Estrutura. Função. sustentar. amortecer. deslizar. osteogênese. Pericôndrio membrana de conjuntivo que reveste a cartilagem

Estrutura. Função. sustentar. amortecer. deslizar. osteogênese. Pericôndrio membrana de conjuntivo que reveste a cartilagem Cartilagem e Osso 1 CARTILAGEM Função sustentar amortecer deslizar osteogênese Estrutura células: condroblastos e condrócitos matriz extracelular (MEC) altamente hidratada (60-80% de água) glicosaminoglicana

Leia mais

Bases Biomecânicas do Treinamento Osteogênico. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior

Bases Biomecânicas do Treinamento Osteogênico. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior Bases Biomecânicas do Treinamento Osteogênico Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior Questão Qual é a melhor atividade física para o aumento da densidade óssea em todo o corpo? Natação? Corrida? Tênis?

Leia mais

Histologia Animal. multicelularidade. tecido. parazoários eumetazoários. conjunto de células afins que atuam no desempenho de uma determinada função.

Histologia Animal. multicelularidade. tecido. parazoários eumetazoários. conjunto de células afins que atuam no desempenho de uma determinada função. Histologia Animal multicelularidade parazoários eumetazoários tecido conjunto de células afins que atuam no desempenho de uma determinada função. Histologia Animal Nos vertebrados, quatro tipos principais:

Leia mais

TECIDO ÓSSEO. Prof a Cristiane Oliveira

TECIDO ÓSSEO. Prof a Cristiane Oliveira TECIDO ÓSSEO Prof a Cristiane Oliveira TECIDO ÓSSEO QUAIS SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS? Componente principal do esqueleto; Caracterizado pela rigidez e dureza, mas é dinâmico, adaptando-se as demandas

Leia mais

T.C. Cartilaginoso 9E 26

T.C. Cartilaginoso 9E 26 T.C. Cartilaginoso 9E 26 Origem : Mesenquimatosa. Características: Avascularizado e não inervado internamente. Células: Condroblastos, Condrócitos, Condroclastos. Condroblastos: céls.globosas, núcleo volumoso.

Leia mais

28.03. As plaquetas são os elementos figurados do sangue responsáveis pela coagulação sanguínea.

28.03. As plaquetas são os elementos figurados do sangue responsáveis pela coagulação sanguínea. BIO 10E aula 28 28.01. Para fazer a defesa do organismo, alguns leucócitos podem atravessar a parede dos vasos sanguíneos e atuar no tecido conjuntivo. Este processo é denominado diapedese. 28.02. A coagulação

Leia mais

Histologia animal (parte II) Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com

Histologia animal (parte II) Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com Histologia animal (parte II) Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com Anteriormente... Tecido Epitelial Revestimento Uniestratificado Pseudoestratificado Estratificado Pavimentoso Cúbico Colunar

Leia mais

Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP. Ossos

Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP. Ossos Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP Ossos Resumo da aula Classificação Estrutura óssea Funções Remodelagem Cargas Torque/ Momento Stress em função da Geometria Óssea Resumo da aula Esqueleto axial

Leia mais

Embriogênese (parte II) Histologia animal (parte I) Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com

Embriogênese (parte II) Histologia animal (parte I) Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com Embriogênese (parte II) Histologia animal (parte I) Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com Anteriormente... Zigoto Mórula Blástula Gástrula Neurula Organogênese Anexos embrionários Gêmeos Dos

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ANATOMOFISIOLOGIA I Ano Lectivo 2015/2016

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ANATOMOFISIOLOGIA I Ano Lectivo 2015/2016 Programa da Unidade Curricular ANATOMOFISIOLOGIA I Ano Lectivo 2015/2016 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Motricidade Humana 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

TECIDO ÓSSEO. Nutrição Dependente de canalículos existentes na matriz, pois não existe difusão pela matriz calcificada.

TECIDO ÓSSEO. Nutrição Dependente de canalículos existentes na matriz, pois não existe difusão pela matriz calcificada. TECIDO ÓSSEO Tipo de tecido conjuntivo especializado, formado por células e material extracelular calcificado, a matriz óssea. Principal constituinte do esqueleto. Funções - Serve de suporte para os tecidos

Leia mais

Tecido cartilaginoso 1

Tecido cartilaginoso 1 Tecido cartilaginoso 1 Cartilagem Tec conjuntivo de consistência rígida Suporte de tecidos moles Reveste superfícies articulares (absorve choques, facilita o deslizamento dos ossos) Formação dos ossos

Leia mais

IMPORTÂNCIA DO CONHECIMENTO NAS FASES DA REPARAÇÃO DA FRATURA PARA O PROFISSIONAL DE FISIOTERAPIA

IMPORTÂNCIA DO CONHECIMENTO NAS FASES DA REPARAÇÃO DA FRATURA PARA O PROFISSIONAL DE FISIOTERAPIA IMPORTÂNCIA DO CONHECIMENTO NAS FASES DA REPARAÇÃO DA FRATURA PARA O PROFISSIONAL DE FISIOTERAPIA Camila de Cássia da Silva 1 Gabriela Brito Gonzaga 1 Deise Elisabete de Souza 2 RESUMO Cicatrização Óssea:

Leia mais

ANATOMIA DO PERIODONTO

ANATOMIA DO PERIODONTO INAPÓS - Faculdade de Odontologia e Pós Graduação DISCIPLINA DE PERIODONTIA ANATOMIA DO PERIODONTO Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira http://lucinei.wikispaces.com 2012 PERIODONTO DE SUSTENTAÇÃO Ligamento

Leia mais

TECIDO MUSCULAR. Nesse aumento observa-se fibras musculares lisas em corte longitudinal e em corte transversal.

TECIDO MUSCULAR. Nesse aumento observa-se fibras musculares lisas em corte longitudinal e em corte transversal. TECIDO MUSCULAR 1. Tecido Muscular Liso Material: Bexiga Técnica: HE Observação com aumento total de 100x: Na bexiga encontramos a mucosa com epitélio de transição ou polimorfo e tecido conjuntivo. Abaixo

Leia mais

Como nosso corpo está organizado

Como nosso corpo está organizado Após sua formação, a célula-ovo passa por vários processos de divisão até formar todas as células do corpo e originar um novo indivíduo. espermatozoide fecundação óvulo a célula-ovo se divide HIROE SASAKI

Leia mais

Anatomia. Os ossos são revestidos externa e internamente por membranas conjuntivas que possuem células osteogênicas: Periósteo e Endósteo

Anatomia. Os ossos são revestidos externa e internamente por membranas conjuntivas que possuem células osteogênicas: Periósteo e Endósteo Anatomia Os ossos são revestidos externa e internamente por membranas conjuntivas que possuem células osteogênicas: Periósteo e Endósteo Osso compacto (não possui cavidades visíveis) ou esponjoso (cavidades

Leia mais

Anatomia do Periodonto. Por Carlos Marcelo da Silva Figueredo,, DDS, MDSc,, PhD cmfigueredo@hotmail.com www.periodontiamedica.com

Anatomia do Periodonto. Por Carlos Marcelo da Silva Figueredo,, DDS, MDSc,, PhD cmfigueredo@hotmail.com www.periodontiamedica.com Anatomia do Periodonto Por Carlos Marcelo da Silva Figueredo,, DDS, MDSc,, PhD cmfigueredo@hotmail.com Periodonto Normal Anatomia macroscópica Anatomia microscópica Anatomia macroscópica Gengiva Ligamento

Leia mais

EPITELIAL CONJUNTIVO MUSCULAR NERVOSO

EPITELIAL CONJUNTIVO MUSCULAR NERVOSO www.iaci.com.br BIOLOGIA Iaci Belo EPITELIAL CONJUNTIVO MUSCULAR NERVOSO Células justapostas com pouco material intercelular Ausência de vasos sanguíneos ou nervos Funções de revestimento e secreção NARINAS

Leia mais

Osso. Classificação dos ossos. Estrutura e fisiologia do osso, esqueleto apendicular. Longos:

Osso. Classificação dos ossos. Estrutura e fisiologia do osso, esqueleto apendicular. Longos: Osso Estrutura e fisiologia do osso, esqueleto apendicular Prof. Marcello H. Nogueira-Barbosa Tecido conjuntivo especializado mais duro do corpo humano Composto de células, fibras colágenas e substância

Leia mais

Tecido Conjuntivo. Histologia Geral Msc. Rafael Quirino Moreira

Tecido Conjuntivo. Histologia Geral Msc. Rafael Quirino Moreira Tecido Conjuntivo Histologia Geral Msc. Rafael Quirino Moreira Tecido Conjuntivo Estabelecimento e manutenção da forma do corpo Papel conferido pela Matriz Extracelular MEC principal constituinte do Tecido

Leia mais

ESTRUTURA E DINÂMICA TECIDO ÓSSEO

ESTRUTURA E DINÂMICA TECIDO ÓSSEO ESTRUTURA E DINÂMICA DO TECIDO ÓSSEO Fernando Judas 1,2 Paulo Palma 2 Rui Isidro Falacho 2 Helena Figueiredo 2 Clínica Universitária de Ortopedia dos HUC-CHUC 1 Faculdade de Medicina da Universidade de

Leia mais

ESTUDO BASE 8 ANO. Prof. Alexandre

ESTUDO BASE 8 ANO. Prof. Alexandre ESTUDO BASE 8 ANO Prof. Alexandre FORMA E FUNÇÃO Natureza FORMA E FUNÇÃO Artificiais FORMA E FUNÇÃO Todos os objetos apresentam uma relação intíma entre sua forma e função Relação = FORMA/FUNÇÃO BIOLOGIA

Leia mais

ÍNDICE 3. CRESCIMENTO PRÉ-NATAL DOS OSSOS MAXILARES 3.1 FORMAÇÃO ÓSSEA INTRAMEMBRANOSA 3.2 FORMAÇÃO ÓSSEA ENDOCONDRAL 3.3 TIPOS DE CRESCIMENTO

ÍNDICE 3. CRESCIMENTO PRÉ-NATAL DOS OSSOS MAXILARES 3.1 FORMAÇÃO ÓSSEA INTRAMEMBRANOSA 3.2 FORMAÇÃO ÓSSEA ENDOCONDRAL 3.3 TIPOS DE CRESCIMENTO 1. INTRODUÇÃO ÍNDICE 2. TEORIAS DO CRESCIMENTO 3. CRESCIMENTO PRÉ-NATAL DOS OSSOS MAXILARES 3.1 FORMAÇÃO ÓSSEA INTRAMEMBRANOSA 3.2 FORMAÇÃO ÓSSEA ENDOCONDRAL 3.3 TIPOS DE CRESCIMENTO 4. CRESCIMENTO PÓS-NATAL

Leia mais

1. o ANO ENSINO MÉDIO PROF.ª SABRINA ARAÚJO PROF.ª SARAH SANTOS

1. o ANO ENSINO MÉDIO PROF.ª SABRINA ARAÚJO PROF.ª SARAH SANTOS 1. o ANO ENSINO MÉDIO PROF.ª SABRINA ARAÚJO PROF.ª SARAH SANTOS Unidade IV Estudo dos tecidos. 2 Aula 13.1 Conteúdo Tecido Conjuntivo I. 3 Habilidade Conhecer as características e as funções do tecido

Leia mais

CAPÍTULO 5 TECIDO ÓSSEO

CAPÍTULO 5 TECIDO ÓSSEO CAPÍTULO 5 TECIDO ÓSSEO 1 As células do Tecido Ósseo O tecido ósseo pode ser considerado um tipo especial de tecido conjuntivo que é constituído por células e uma matriz extracelular calcificada (matriz

Leia mais

C O NJUNTIVO D I C E T

C O NJUNTIVO D I C E T C NJUNTIVO TECIDO ORIGEM EMBRIONÁRIA Mesoderma OBS.: Os tecidos conjuntivos da cabeça se originam das células das cristas neurais (neuroectoderma). CARACTERISTICAS MORFOLÓGICAS Formado por inúmeros tipos

Leia mais

TECIDO CONJUNTIVO (parte 2) Profª Patrícia Mendes Disciplina: Histologia Geral e Embriologia Curso: Medicina Veterinária

TECIDO CONJUNTIVO (parte 2) Profª Patrícia Mendes Disciplina: Histologia Geral e Embriologia Curso: Medicina Veterinária TECIDO CONJUNTIVO (parte 2) Profª Patrícia Mendes Disciplina: Histologia Geral e Embriologia Curso: Medicina Veterinária CLASSIFICAÇÃO DO TECIDO CONJUNTIVO TECIDOS CONJUNTIVOS CONJUNTIVOS PROPRIAMENTE

Leia mais

BIOLOGIA HISTOLOGIA ANIMAL

BIOLOGIA HISTOLOGIA ANIMAL ANIMAL Módulo 12 Página 15 à 36 FECUNDAÇÃO -Mórula = células iguais (células tronco) DIFERENCIAÇÃO TECIDOS FECUNDAÇÃO -Mórula = células iguais (células tronco) DIFERENCIAÇÃO TECIDOS TECIDOS = Conjunto

Leia mais

ROTEIRO DE AULA PRÁTICA DE HISTOFISIOLOGIA ANIMAL. Técnico em Biotecnologia Módulo II

ROTEIRO DE AULA PRÁTICA DE HISTOFISIOLOGIA ANIMAL. Técnico em Biotecnologia Módulo II ROTEIRO DE AULA PRÁTICA DE HISTOFISIOLOGIA ANIMAL Técnico em Biotecnologia Módulo II Aluno(a): Prof. Leandro Parussolo 2014/2 1 3 - MICROSCOPIA 3.1. MICROSCOPIA ÓPTICA DE LUZ Ao se estudar os seres vivos,

Leia mais

Histologia Básica. Prof. Mateus Grangeiro

Histologia Básica. Prof. Mateus Grangeiro Histologia Básica Prof. Mateus Grangeiro TECIDO CONJUNTIVO CARACTERÍSTICAS GERAIS Constituído por diferentes tipos celulares; Grande quantidade de material extracelular; Ricamente vascularizado; Origem

Leia mais

TECIDO CONJUNTIVO. Embrionário. - Conjuntivo Propriamente Dito. - Especializados - Cartilaginoso - Ósseo - Sanguineo

TECIDO CONJUNTIVO. Embrionário. - Conjuntivo Propriamente Dito. - Especializados - Cartilaginoso - Ósseo - Sanguineo TECIDO CONJUNTIVO Embrionário - Conjuntivo Propriamente Dito - Especializados - Cartilaginoso - Ósseo - Sanguineo Origem Embrionária Mesoderma Células Mesenquimais Funções Gerais Fornecer suporte estrutural

Leia mais

Tecido cartilaginoso Tecido òsseo

Tecido cartilaginoso Tecido òsseo Tecido cartilaginoso Tecido òsseo Tecido cartilaginoso Tecido cartilaginoso Tecido conjuntivo de suporte Consistência rígida Funções: Suporte de tecidos moles Reveste superfícies articulares Absorção de

Leia mais

ACERVO DIGITAL FASE II. Histologia do Sistema Endócrino

ACERVO DIGITAL FASE II. Histologia do Sistema Endócrino ACERVO DIGITAL FASE II Histologia do Sistema Endócrino I Material: Hipófise Técnica: HE Observação com aumento total de 40x: Nesse campo microscópico é possível observa-se uma área mais corada (mais avermelhada)

Leia mais

ORIGEM: TECIDO CONJUNTIVO

ORIGEM: TECIDO CONJUNTIVO ORIGEM: TECIDO CONJUNTIVO TECIDO EPITELIAL MUITAS CÉLULAS; CÉLULAS JUSTAPOSTAS; POUCA OU NENHUMA SUBSTÂNCIA INTERCELULAR; FORMADO POR UMA OU VÁRIAS CAMADAS DE CÉLULAS; NÃO POSSUI FIBRAS; É AVASCULARIZADO;

Leia mais

Tecido conjuntivo e tecido osseo

Tecido conjuntivo e tecido osseo Tecido conjuntivo e tecido osseo Tipos de tecido conjuntivo Tecidos responsáveis por unir, ligar, nutrir, proteger e sustentar os outros tecidos Tecidos Conjuntivos Propriamente Ditos Frouxo Denso Modelado

Leia mais

Tecido Adiposo, Cartilaginoso e Ósseo

Tecido Adiposo, Cartilaginoso e Ósseo Tecido Adiposo, Cartilaginoso e Ósseo Objetivos da aula: os estudantes deverão ser capazes de... - Relacionar e descrever as características gerais e funções de cada tecido - Comparar e contrastar as características

Leia mais

ULTI RESUMOS BIOLOGIA ULTIRESUMOS.COM.BR - TECIDO CONJUNTIVO PROPRIAMENTE DITO: UltiResumos - Biologia

ULTI RESUMOS BIOLOGIA ULTIRESUMOS.COM.BR - TECIDO CONJUNTIVO PROPRIAMENTE DITO: UltiResumos - Biologia ULTI RESUMOS BIOLOGIA ULTIRESUMOS.COM.BR - TECIDO CONJUNTIVO PROPRIAMENTE DITO: - FROUXO Finalidade: - DENSO + Unir os espaços localizados entre a pele e os órgãos + Apoio aos epitélios + Formam camadas

Leia mais

Ciências/15 8º ano Turma: 2º trimestre Nome: Data: / / Projeto-síntese de Ciências 8º ano 2º trimestre

Ciências/15 8º ano Turma: 2º trimestre Nome: Data: / / Projeto-síntese de Ciências 8º ano 2º trimestre Ciências/15 8º ano Turma: 2º trimestre Nome: Data: / / 8ºcie302r Caros alunos, Projeto-síntese de Ciências 8º ano 2º trimestre No 2º trimestre nos dedicamos ao estudo do funcionamento do corpo humano,

Leia mais

MANUAL DE HISTOLOGIA MANUAL DE HISTOLOGIA

MANUAL DE HISTOLOGIA MANUAL DE HISTOLOGIA MANUAL DE HISTOLOGIA 1 FACULDADE DE MEDICINA DE ITAJUBÁ MANUAL DE HISTOLOGIA FACULDADE DE MEDICINA DE ITAJUBÁ 2015 2 MANUAL PRODUZIDO PELA FACULDADE DE MEDICINA DE ITAJUBÁ Coordenadora Prof. Dra. Roseane

Leia mais

Funções do Esqueleto. Arcabouço rígido do corpo humano. Apoio e forma. Fornece estrutura rígida para inserção dos músculos. Auxilia no movimento

Funções do Esqueleto. Arcabouço rígido do corpo humano. Apoio e forma. Fornece estrutura rígida para inserção dos músculos. Auxilia no movimento Sistema Esquelético Funções do Esqueleto Arcabouço rígido do corpo humano Inúmeros ossos Apoio e forma Fornece estrutura rígida para inserção dos músculos Auxilia no movimento Protege órgãos vitais Composição

Leia mais

Tecido Ósseo. Prof. Dr. Leonardo Augusto Kohara Melchior Disciplina de Histologia UFAC / CCBN / CCSD

Tecido Ósseo. Prof. Dr. Leonardo Augusto Kohara Melchior Disciplina de Histologia UFAC / CCBN / CCSD Tecido Ósseo Prof. Dr. Leonardo Augusto Kohara Melchior Disciplina de Histologia UFAC / CCBN / CCSD Definição É um tipo especializado de tecido conjuntivo formado por células e material extracelular calcificado,

Leia mais

As células formam os tecidos

As células formam os tecidos As células formam os tecidos Sabemos que células com formas e funções semelhantes se organizam em tecidos. Anote Os tecidos são agrupamentos de células que se diferenciam e se especializam para realizar,

Leia mais

O QUE É? A LEUCEMIA MIELOBLÁSTICA AGUDA

O QUE É? A LEUCEMIA MIELOBLÁSTICA AGUDA O QUE É? A LEUCEMIA MIELOBLÁSTICA AGUDA A LEUCEMIA MIELOBLÁSTICA AGUDA O QUE É A LEUCEMIA MIELOBLÁSTICA AGUDA? A Leucemia Mieloblástica Aguda (LMA) é o segundo tipo de leucemia mais frequente na criança.

Leia mais

Professoras: Edilene, Ana Laura e Carol

Professoras: Edilene, Ana Laura e Carol Professoras: Edilene, Ana Laura e Carol A locomoção depende da ação conjunta e integrada dos ossos e dos músculos; Os seres humanos tem coluna vertebral, que é o eixo do nosso esqueleto interno; O esqueleto

Leia mais

Osteologia. http://www.imagingonline.com.br/

Osteologia. http://www.imagingonline.com.br/ 2010 Osteologia http://www.imagingonline.com.br/ Esse capítulo desenvolve os conceitos gerais em osteologia. O estudo das partes do esqueleto será realizado em capítulos a parte (capítulo 3 esqueleto axial;

Leia mais

HISTOLOGIA. Colégio IDEIA 1º Ano Biologia Profº André Maia. Tecidos Animais: São quatro tipos de tecidos fundamentais animal:

HISTOLOGIA. Colégio IDEIA 1º Ano Biologia Profº André Maia. Tecidos Animais: São quatro tipos de tecidos fundamentais animal: Colégio IDEIA 1º Ano Biologia Profº André Maia Tecidos Animais: São quatro tipos de tecidos fundamentais animal: O corpo humano é constituído por diversos tipos de tecidos. O termo tecido designa conjuntos

Leia mais

Faculdade de Ciências Médicas Universidade Nova de Lisboa

Faculdade de Ciências Médicas Universidade Nova de Lisboa Sangue Nesta lâmina observa-se um esfregaço de sangue, que constitui um tipo de tecido conjuntivo fluído constituído por células emersas em matriz extracelular plasma. O plasma é uma solução aquosa de

Leia mais

Osteoporose. Disciplina de Fisiopatologia III Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP Departamento de Analises Clínicas e Toxicológicas 27-09-07

Osteoporose. Disciplina de Fisiopatologia III Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP Departamento de Analises Clínicas e Toxicológicas 27-09-07 FBC0417 - Fisiopatologia III Osteoporose Disciplina de Fisiopatologia III Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP Departamento de Analises Clínicas e Toxicológicas 27-09-07 Prof. Mario H. Hirata FCF-USP

Leia mais

HISTOLOGIA ESTUDO DOS TECIDOS

HISTOLOGIA ESTUDO DOS TECIDOS HISTOLOGIA ESTUDO DOS TECIDOS Tipos de tecidos: Tecido Epitelial Tecido Conjuntivo Tecido Muscular Tecido Nervoso Tecido Epitelial Funções: Tecido Epitelial Revestimento Proteção Absorção de impacto Secreção

Leia mais