Júlio Eduardo dos Santos

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Júlio Eduardo dos Santos"

Transcrição

1 Júlio Eduardo dos Santos Secretário Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana

2 Linha do Tempo 1965 a 2003 Extinção da GEIPOT Lei / 2001 Criação da EBTU lei nº em 1975 Extinção da EBTU Dec. 230 / 1991 Estatuto da Cidade Lei nº Criação do GEIPOT Dec. nº / 1965 Artigos 21, 182 e 183 Criação SEDU / PR

3 2004 a 2008 Orçamento limitado para apoio de infraestruturas Linha do Tempo 2004 a 2013 Ações de fomento e difusão do conceito de mobilidade urbana sustentável 2008 Lançamento do Pró Transporte 2009 Recursos para infraestruturas de Mobilidade Urbana nas Cidades Sede Copa Lançamento do PAC 2 Mobilidade Grandes Cidades 2012 Lançamento PAC 2 Pavimentação - 2 ETAPA Lançamento PAC 2 Pavimentação - 3 ETAPA PACTO DA MOBILIDADE (Redução de Tarifas, Qualidade dos Serviços e Controle Social) 2004 a 2006 Discussão com a sociedade sobre o projeto de lei 2006 PL da Mobilidade Urbana encaminhado ao Congresso Nacional 2010 Aprovação do PL na Câmara dos Deputados 2010 Lançamento PAC 2 Pavimentação 1 ETAPA 2011 Aprovação do PL no Senado Federal 2012 Lançamento PAC 2 Mobilidade Médias Cidades 2012 Sanção presidencial da Lei , Lei da Mobilidade Urbana: Institui as diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana; 2013 PACTO DA MOBILIDADE R$ 50 bilhões de investimentos

4 Programas de Apoio para Investimentos em Mobilidade Urbana Pró Transporte Mobilidade COPA PAC - Pavimentação e Qualificação de Vias Urbanas PAC - Mobilidade Grandes Cidades PAC - Mobilidade Médias Cidades 2013 PACTO PELA MOBILIDADE

5 O que o Governo Federal está apoiando Sistemas de Transporte Coletivo Urbano 205 empreendimentos 102 cidades Km MODO KM R$ bilhões Aeromóvel 19 0,7 Metrô ,8 Monotrilho 64 8,0 Trem Urbano 45 1,2 VLT 171 6,6 TRILHOS ,4 Corredor de ônibus ,0 BRT 589 9,8 Via Urbana 158 2,7 PNEUS ,5 Corredor Fluvial 11 0,2 TOTAL ,1

6 Pacto Pela Mobilidade Recursos já anunciados ( R$ 29,16 bilhões) 211 empreendimentos Belo Horizonte, Belém, Brasília, Campinas, Campo Grande, Curitiba, Duque de Caxias, Fortaleza, Goiânia, Grande ABC Paulista, Guarulhos, João Pessoa, Maceió, Manaus, Natal, Nova Iguaçu, Osasco, Palmas, Porto Alegre, Teresina, Rio de Janeiro, RM Recife, Salvador, São Gonçalo, São Luís e São Paulo Em Obras ( R$ 0,47 bilhões) 114 empreendimentos Trilhos: metrôs, monotrilho e VLT Pneus: corredores de ônibus, BRTs e terminais Em Projetos e EVTEs ( R$ 28,70 bilhão) 97 empreendimentos Expectativa de alavancar mais R$ 21,40 bilhões

7 Pacto Pela Mobilidade MODO KM R$ bilhões Aeromóvel 13,0 0,01 Metrô 83,9 11,37 Monotrilho 24,6 0,84 Trem Urbano 90,3 0,99 VLT 373,3 3,18 TRILHOS 585,1 16,4 Corredor de ônibus 3.267,4 9,77 BRT 521,5 2,77 Via Urbana 205,3 0,02 PNEUS 3.994,3 12,6 Corredor Fluvial 159,5 0,22 TOTAL 4.738,8 29,2

8 Investimentos em Mobilidade (PAC 1, PAC2 e Pacto pela Mobilidade) MODO KM R$ bilhões Aeromóvel 32,0 0,69 Metrô 368,4 60,21 Monotrilho 88,9 8,87 Trem Urbano 135,6 2,18 VLT 544,3 9,78 TRILHOS 1.169,2 81,73 Corredor de ônibus 4.777,4 24,77 BRT 1.110,5 12,54 Via Urbana 363,3 2,76 PNEUS 6.251,3 40,08 Corredor Fluvial 170,5 0,44 TOTAL 7.590,9 122,25

9 AÇÕES DO GOVERNO FEDERAL EM MOBILIDADE URBANA EIXOS QUANT. OGU GOV FEDERAL Fin ao setor Público Fin ao setor Privado CONTRAPARTID A ESTADO CONTRAP ARTIDA MUNICÍPI O RECURSO S PRIVADOS Valores (R$ milhões) PAC COPA LEGADO DA COPA GRANDES CIDADES MÉDIAS CIDADES MOBILIDADE CBTU / TRENSURB METRÔS - CTB/METROFOR TOTAL PAC PRÓ-TRANSPORTE TOTAL MCIDADES ENTORNO ARENAS COPA BNDES TOTAL ENTORNO e BNDES EIXOS DO GOVERNO FEDERAL TOTAL PAC PELA MOBILIDADE TOTAL EIXOS G FED + PAC Data-Base: 31/10/2013 (EIXO GOV FEDERAL) e 26/03/2014 (PAC 50). Observação: 1. PAC 1 - Expansão da Linha 1 do Metrô RJ; Metrô de Recife - Recuperação de trens; Expansão da Linha 2 do Metrô SP; e Corredor Expresso Tiradentes/SP 2. PRÓ-TRANSPORTE - 1) Corredores de Transporte em Natal/RN; 2) Concessão metroviário do Rio de Janeio, aquisição de carros de metrô/privado; 3) Modernização Viária, 3. TOTAL PAC 50 - Empreendimentos anunciados até o dia 28 de fevereiro de 2014 TOTAL

10 Prioridade do Governo Federal para Trilhos Atores envolvidos Governo Federal Estados Municípios iniciativa privada Recursos para obras e projetos (PAC1, PAC 2 e PAC 50) R$ 80,7 bilhões 916,6 km obras; 188 km projetos e EVTEs

11 Algumas Razões para apoiar os trilhos Alternativa mais viável para garantir uma oferta suficiente. Padrão satisfatório de qualidade, conforto, segurança e rapidez. Elemento de desenvolvimento econômico, social e urbano.

12 PAC 1 + PAC 2 MODO KM R$ bilhões % Aeromóvel 19 0,68 1% Metrô ,85 75% Monotrilho 64 8,03 12% Trem Urbano 45 1,19 2% VLT 171 6,60 10% TRILHOS ,36 100%

13 Pacto pela Mobilidade MODO KM R$ bilhões % Aeromóvel 13 0,01 0,1% Metrô 84 11,37 69,4% Monotrilho 25 0,84 5,1% Trem Urbano 90 0,99 6,0% VLT 373 3,18 19,4% TRILHOS ,38 100,0%

14 O que o Governo Federal está apoiando MODO KM R$ bilhões % Aeromóvel 32 0,69 0,8% Metrô ,21 73,7% Monotrilho 89 8,87 10,9% Trem Urbano 136 2,18 2,7% VLT 544 9,78 12,0% TRILHOS ,73 100,0%

15 PROGRAMA R$ bilhões R$ bilhões TRILHOS % TRILHOS PAC 1 e PAC 2 93,1 65,4 53,5% PAC 50 29,2 16,4 13,4% TOTAL 122,3 81,7 66,9% 33% 67% Outros Trilhos

16 Investimentos em Transporte sobre Trilhos por UF UF Meta Física R$ bilhões Meta Física R$ bilhões Meta Física R$ bilhões PAC 1 E 2 PAC 1 E 2 PACTO PACTO TOTAL TOTAL AL 8,4 0,28 59,1 0,22 67,5 504,0 AM 20,2 1,55 105,9 1,37 126, ,2 BA 32,1 4,57 70,2 1,22 102, ,8 CE 36,6 4,61 24,1 0,10 60, ,4 DF 7,5 0,98 3,5 0,01 11,0 981,8 GO 13,2 1,37 11,1 0,00 24, ,2 MG 16,3 2,93 51,0 2,00 67, ,9 MT 22,8 1,48 13,6 0,00 36, ,7 PB 30,0 0,17 30,0 0,18 60,0 349,1 PE 98,5 0,70 31,5 1,63 130, ,6 PI 2,5 0,13 13,6 0,43 16,1 564,0 PR 14,1 2,25 17,6 1,45 31, ,0 RJ 16,6 15,84 46,2 0,84 62, ,9 RN 14,6 0,14 39,0 0,31 53,6 447,7 RS 14,9 3,01 24,5 1,80 39, ,4 SP 236,0 25,34 44,2 4,81 280, ,8 TOTAL 584,2 65,35 585,1 16, , ,5

17 REGIÃO NORTE Empreendimentos de transporte sobre trilhos AMAZONAS Monotrilho - Linha Norte /Centro (Obra)

18 REGIÃO NORDESTE Empreendimentos de transporte sobre trilhos Colorir Alagoas ALAGOAS VLT Maceió Aeroporto, trecho 1 (Obra) BAHIA Metrô de Salvador Linha1 e Linha 2 (Obra) Trem Urbano Calçada/Paripe, modernização (Obra) VLT Metropolitano (Obra, Projeto e EVTE) CEARÁ Metrô de Fortaleza Linha Oeste, Sul e Leste (Obra) VLT Fortaleza - Parangaba/Mucuripe (Obra) VLT Caucaia/Pecém (Projeto) PARAÍBA Trem Urbano - Cabedelo, João Pessoa, Bayeux e Santa, modernização (Obra) PERNAMBUCO Metrô de Recife Linha Sul e Linha Centro (Obra) VLT Recife Av. Norte, trecho I (Obra) e trecho II e III (Projeto e EVTE) VLT Petrolina (Obra) PIAUÍ Trem de Urbano, modernização (Obra) RIO GRANDE DO NORTE Trem de Urbano, modernização (Obra)

19 REGIÃO CENTRO-OESTE Empreendimentos de transporte sobre trilhos DISTRITO FEDERAL Metrô DF Linha Ceilândia e Linha Samambaia (Obra) VLT Brasília Trecho Aeroporto (Obra) GOIÁS VLT Goiânia - Eixo Anhanguera (Obra) MATO GROSSO VLT Cuiabá/Várzea Grande (Obra)

20 REGIÃO SUDESTE - SP Empreendimentos de transporte sobre trilhos SÃO PAULO Metrô de São Paulo Linha 5, Lilás, expansões (Obra) Metrô de São Paulo Linha 2, Verde, expansões (Obra) Monotrilho São Paulo Linha 15, Prata (Obra) Monotrilho São Paulo Linha 17, Ouro (Obra) Monotrilho São Paulo/SBC Linha 18, Bronze (Obra) Trem Urbano Linha 8, Diamante, modernização (Obra) Trem Urbano Linha 9, Esmeralda, expansão Zona Sul (Obra) Trem Urbano Linha 13, Jade, São Paulo/Guarulhos (Obra) VLT Santos/São Vicente (Obra) VLT Osasco/Carapicuíba (EVTE) VLT Campinas Tancredo Neves/Aeroporto (EVTE)

21 REGIÃO SUDESTE - RJ Empreendimentos de transporte sobre trilhos RIO DE JANEIRO Metrô do Rio Linha 4, Barra da Tijuca/General Osório (Obra) Metrô do Rio Linha 1 e 2, modernização (Obra) Trem Urbano Supervia, modernização (Obra) Monotrilho São Gonçalo/Niterói - Linha 03 (Obra) VLT Rio de Janeiro Área Central e Portuária (Obra) Aeromóvel Campos dos Goytacazes (Obra) VLT Duque de Caxias - Centro/ Santa Cruz da Serra (EVTE)

22 REGIÃO SUDESTE - MG Empreendimentos de transporte sobre trilhos MINAS GERAIS Metrô de BH Linha 1, modernização (Obra) Metrô de BH Linha 2 (Obra) Metrô de BH Linha 3 (Obra) Trem Urbano Novo Eldorado/Belvedere (Projeto)

23 REGIÃO SUL Empreendimentos de transporte sobre trilhos PARANÁ Metrô de Curitiba Linha Azul, 1ª etapa (Obra) RIO GRANDE DO SUL Metrô de Porto Alegre MetroPôa, 1ª fase (Obra) Trem Urbano - TRENSURB, modernização (Obra) Aeromóvel Porto Alegre TRENSURB/Aeroporto (Obra) Aeromóvel Canoas Etapa 1 (Obra) e Etapa 2 (Projeto)

Rio de Janeiro 12 e 13 de março de 2014

Rio de Janeiro 12 e 13 de março de 2014 Rio de Janeiro 12 e 13 de março de 2014 Linha do Tempo 1965 a 2003 Extinção da GEIPOT Lei 10.233 / 2001 Criação da EBTU lei nº 6.261 em 1975 Extinção da EBTU Dec. 230 / 1991 Estatuto da Cidade Lei nº 10.257

Leia mais

Investimento do Governo Federal em Mobilidade Urbana

Investimento do Governo Federal em Mobilidade Urbana Investimento do Governo Federal em Mobilidade Urbana PAC 2 SÃO PAULO R$ 241,5 bilhões R$ milhões Eixo 2011-2014 Pós 2014 TOTAL Transportes 55.427 2.169 57.596 Energia 57.578 77.936 135.513 Cidade Melhor

Leia mais

MOBILIDADE URBANA. Mauricio Muniz Barretto de Carvalho Secretário do PAC

MOBILIDADE URBANA. Mauricio Muniz Barretto de Carvalho Secretário do PAC MOBILIDADE URBANA Mauricio Muniz Barretto de Carvalho Secretário do PAC O QUE O GOVERNO FEDERAL JÁ FEZ Sanção da Política Nacional de Mobilidade Urbana (Lei 12.587/2012) Desoneração das tarifas do transporte

Leia mais

CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DE PROJETOS

CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DE PROJETOS CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DE PROJETOS Lúcia Maria Mendonça Santos Marcos Daniel Souza dos Santos Paula Coelho da Nóbrega Departamento de Mobilidade Urbana Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana

Leia mais

OS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2012

OS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2012 OS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2012 (Estudo Técnico nº 175) François E. J. de Bremaeker Salvador, julho de 2012 2 OS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2012 François E. J. de Bremaeker Economista e Geógrafo Associação

Leia mais

Interior de SP. Mailing Jornais

Interior de SP. Mailing Jornais São Paulo AGORA SÃO PAULO BRASIL ECONÔMICO D.C.I. DESTAK (SP) DIÁRIO DO COMMERCIO (SP) DIÁRIO DE SÃO PAULO DIÁRIO DO GRANDE ABC EMPREGO JÁ (SP) EMPREGOS & CONCURSOS (SP) EMPRESAS & NEGÓCIOS (SP) FOLHA

Leia mais

PAC 2 superará em 72% a execução total do PAC 1

PAC 2 superará em 72% a execução total do PAC 1 EXECUÇÃO GLOBAL DO PAC 2 ATÉ OUTUBRO DE 2014 R$ 1,009 trilhão 91,3% do previsto até 2014 ATÉ DEZEMBRO DE 2014 R$ 1,066 trilhão 96,5% do previsto até 2014 PAC 2 superará em 72% a execução total do PAC 1

Leia mais

Luiz Carlos Bueno de Lima

Luiz Carlos Bueno de Lima A política nacional de transporte t e da mobilidade urbana Luiz Carlos Bueno de Lima Secretário Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana Ministério das Cidades Secretaria Nacional de Transporte e

Leia mais

Amapá 2,1. Pará 46,2. Ceará 25,4 Pernambuco 22,3. Maranhão 17,4. Roraima 3,7. Tocantins 19,7. Rio Grande do Norte 7,5. Piauí 9,9.

Amapá 2,1. Pará 46,2. Ceará 25,4 Pernambuco 22,3. Maranhão 17,4. Roraima 3,7. Tocantins 19,7. Rio Grande do Norte 7,5. Piauí 9,9. INFRAESTRUTURA Valores de investimentos sugeridos pelo Plano CNT de Transporte e Logística 2014 em todos os Estados brasileiros, incluindo os diferentes modais (em R$ bilhões) Tocantins 19,7 Roraima 3,7

Leia mais

Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos

Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos PANORAMA DO SISTEMA METROFERROVIÁRIO NACIONAL E OS PRINCIPAIS INVESTIMENTOS PREVISTOS Brasília, 30/07/13 Fernando Sollero

Leia mais

Seleção Territorial Enfrentamento a Violência contra Juventude Negra Classificação 2010

Seleção Territorial Enfrentamento a Violência contra Juventude Negra Classificação 2010 Posição Nome do Município Estado Região RM, RIDE ou Aglomeração Urbana 1 Salvador BA Nordeste RM Salvador 2 Maceió AL Nordeste RM Maceió 3 Rio de Janeiro RJ Sudeste RM Rio de Janeiro 4 Manaus AM Norte

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA COORDENAÇÃO-GERAL DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO

MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA COORDENAÇÃO-GERAL DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO Nota Técnica elaborada em 01/2014 pela CGAN/DAB/SAS. MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA COORDENAÇÃO-GERAL DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO NOTA TÉCNICA Nº15/2014-CGAN/DAB/SAS/MS

Leia mais

Demanda por Investimentos em Mobilidade Urbana Brasil/2014

Demanda por Investimentos em Mobilidade Urbana Brasil/2014 Demanda por Investimentos em Mobilidade Urbana Brasil/2014 Classificação: Documento Reservado Restrição de Acesso: Empresas do Sistema BNDES - Uso no Âmbito Interno Unidade Gestora: AS/DEURB AS/DEURB -

Leia mais

Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos

Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos 7º Encontro de Logística e Transporte FIESP maio/2012 Conrado Grava de Souza Conselheiro ANPTrilhos Apoio: ANPTrilhos Objetivo

Leia mais

Brasil. 1º Congresso de Engenheiros da Língua Portuguesa

Brasil. 1º Congresso de Engenheiros da Língua Portuguesa Brasil 1º Congresso de Engenheiros da Língua Portuguesa Maurício Muniz Secretário do Programa de Aceleração do Crescimento SEPAC Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão PAC PROGRAMA DE ACELERAÇÃO

Leia mais

NOTA TÉCNICA 63 2011 PROPOSTA DE AMPLIAÇÃO DO PROJETO VIDA NO TRÂNSITO

NOTA TÉCNICA 63 2011 PROPOSTA DE AMPLIAÇÃO DO PROJETO VIDA NO TRÂNSITO NOTA TÉCNICA 63 2011 PROPOSTA DE AMPLIAÇÃO DO PROJETO VIDA NO TRÂNSITO Repasse financeiro do Fundo Nacional de Saúde aos Fundos de Saúde Estaduais, Municipais e do Distrito Federal, por meio do Piso Variável

Leia mais

Transporte e Infraestrutura: Perspectivas para o Transporte Público Urbano

Transporte e Infraestrutura: Perspectivas para o Transporte Público Urbano Transporte e Infraestrutura: Perspectivas para o Transporte Público Urbano Otávio Vieira da Cunha Filho Presidente da Diretoria Executiva NTU Rio de Janeiro, 17/08/2012 1 Estrutura 1. Contexto; 2. O que

Leia mais

MICROCEFALIA DENGUE CHIKUNGUNYA ZIKA NOVEMBRO DE 2015

MICROCEFALIA DENGUE CHIKUNGUNYA ZIKA NOVEMBRO DE 2015 MICROCEFALIA DENGUE CHIKUNGUNYA ZIKA NOVEMBRO DE 2015 Situação da microcefalia no Brasil Até 21 de novembro, foram notificados 739 casos suspeitos de microcefalia, identificados em 160 municípios de nove

Leia mais

BALANÇO DO SETOR METROFERROVIÁRIO 2012/2013

BALANÇO DO SETOR METROFERROVIÁRIO 2012/2013 BALANÇO DO SETOR METROFERROVIÁRIO 2012/2013 O setor se reúne para divulgar seus números, que refletem a importância dos trilhos para a mobilidade dos brasileiros Aumento de 8% no número de passageiros

Leia mais

POLÍTICA NACIONAL DE MOBILIDADE URBANA. LEI 12.587 3 de janeiro de 2012

POLÍTICA NACIONAL DE MOBILIDADE URBANA. LEI 12.587 3 de janeiro de 2012 LEI 12.587 3 de janeiro de 2012 A POLÍTICA NACIONAL DE MOBILIDADE URBANA, INSTITUDA PELA LEI 12.587, É INSTRUMENTO DA POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO URBANO, OBJETIVANDO A INTEGRAÇÃO ENTRE OS DIFERENTES MODOS

Leia mais

UF Universidade Turno Vagas Nota de corte em 21/1/2015, às 0h. Integral (Mat/Vesp) Integral (Mat/Vesp) Integral (Mat/Vesp) Integral (Mat/Vesp)

UF Universidade Turno Vagas Nota de corte em 21/1/2015, às 0h. Integral (Mat/Vesp) Integral (Mat/Vesp) Integral (Mat/Vesp) Integral (Mat/Vesp) Cursos de medicina UF Universidade Turno Vagas Nota de corte em 21/1/2015, às 0h AC ACRE (Rio Branco) 40 748,49 AL UFAL ALAGOAS (Maceió) AM UFAM AMAZONAS (Manaus) AP UNIFAP AMAPÁ (Macapá) BA UFOB OESTE

Leia mais

Investimento Global (R$ mi) 1 Belo Horizonte BRT: Antônio Carlos / Pedro I 726,4 382,3-344,2 -

Investimento Global (R$ mi) 1 Belo Horizonte BRT: Antônio Carlos / Pedro I 726,4 382,3-344,2 - Anexo A - Mobilidade Urbana Empreendimento (obra, projeto e desapropriação) 1 Belo Horizonte BRT: Antônio Carlos / Pedro I 726,4 382,3-344,2-2 Belo Horizonte Corredor Pedro II e Obras Complementares nos

Leia mais

Panorama do transporte de passageiros sobre trilhos no B ra s i l e p e r s p e c t i v a s

Panorama do transporte de passageiros sobre trilhos no B ra s i l e p e r s p e c t i v a s Panorama do transporte de passageiros sobre trilhos no B ra s i l e p e r s p e c t i v a s ROBERTA MARCHESI SUPERINTENDENTE DA ANPTRILHOS PAINEL 6 - Mobilidade urbana: a crescente participação do setor

Leia mais

POLITICAS PARA O TRÂNSITO SEGURO DE MOTOS

POLITICAS PARA O TRÂNSITO SEGURO DE MOTOS Seminário POLITICAS PARA O TRÂNSITO SEGURO DE MOTOS LEGISLAÇÃO, FISCALIZAÇÃO E POLÍTICA DE SEGURANÇA Brasília DF 13 de setembro de 2012 Regulamentação da atividade de mototaxista Mesmo diante da ausência

Leia mais

DECONCIC GRUPO DE TRABALHO RESPONSABILIDADE COM O INVESTIMENTO

DECONCIC GRUPO DE TRABALHO RESPONSABILIDADE COM O INVESTIMENTO DECONCIC GRUPO DE TRABALHO RESPONSABILIDADE COM O INVESTIMENTO Soluções para interferências na execução de obras ferroviárias Vicente Abate - Presidente da ABIFER São Paulo, 7 de julho de 2014 ABIFER,

Leia mais

Relatório Gerencial TECNOVA

Relatório Gerencial TECNOVA Relatório Gerencial TECNOVA Departamento de Produtos Financeiros Descentralizados - DPDE Área de Apoio à Ciência, Inovação, Infraestrutura e Tecnologia - ACIT Fevereiro de 2015 Marcelo Nicolas Camargo

Leia mais

Último ano avaliado no Enade. UF Sede. Categoria Administrativa IES. Município Sede. IGC Faixa

Último ano avaliado no Enade. UF Sede. Categoria Administrativa IES. Município Sede. IGC Faixa Último ano avaliado no Enade IES UF Sede Município Sede Categoria Administrativa 2011 UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO MT Cuiabá Pública 4 2011 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA DF Brasília Pública 4 2011 UNIVERSIDADE

Leia mais

OAB/RN RELATÓRIO DE APROVADOS NA PROVA OBJETIVA POR INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR

OAB/RN RELATÓRIO DE APROVADOS NA PROVA OBJETIVA POR INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR OAB/RN RELATÓRIO DE APROVADOS NA PROVA OBJETIVA POR INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR Tabela 01 - Aprovados Prova Objetiva - Exame de Ordem 2009.3, Natal/RN, 2009. UF MUNICÍPIO DA IES IES INSCRITOS PRESENTES

Leia mais

FINANCIAMENTO DOS MUNICÍPIOS DO BRASIL Um balanço o entre aspectos sociais e econômicos

FINANCIAMENTO DOS MUNICÍPIOS DO BRASIL Um balanço o entre aspectos sociais e econômicos Seminário Internacional sobre Tributação Imobiliária FINANCIAMENTO DOS MUNICÍPIOS DO BRASIL Um balanço o entre aspectos sociais e econômicos Maria Cristina Mac Dowell maria-macdowell.azevedo@fazenda.gov.br

Leia mais

Unidade I: SEPN 515 - Bloco B - Ed. Ômega CEP: 70770-502 - Brasília - DF Telefone: (61) 3448-1000

Unidade I: SEPN 515 - Bloco B - Ed. Ômega CEP: 70770-502 - Brasília - DF Telefone: (61) 3448-1000 5. órgãos do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) Unidade I: SEPN 515 - Bloco B - Ed. Ômega CEP: 70770-502 - Brasília - DF Telefone: (61) 3448-1000

Leia mais

Página 1 de 8 IPI - Jurisdição - Regiões fiscais 18 de Maio de 2012 Em face da publicação da Portaria MF nº 203/2012 - DOU 1 de 17.05.2012, este procedimento foi atualizado (novas disposições - tópico

Leia mais

ANÁLISE COMPARATIVA SALARIAL 11/1/2010

ANÁLISE COMPARATIVA SALARIAL 11/1/2010 ANÁLISE COMPARATIVA SALARIAL PROFESSORES DAS REDES ESTADUAIS NO BRASIL A PRESENTE PESQUISA ESTÁ ENQUADRADA NA ESTRATÉGIA DO SINDICATO APEOC DE CONSTRUIR A ADEQUAÇÃO DO PLANO DE CARREIRA DOS TRABALHADORES

Leia mais

Aeroportos Copa do Mundo 2014. 14 Dezembro 2009

Aeroportos Copa do Mundo 2014. 14 Dezembro 2009 Aeroportos Copa do Mundo 2014 14 Dezembro 2009 Belo Horizonte e Confins - MG 1. Aeroporto Internacional Tancredo Neves Confins 2. Aeroporto de Belo Horizonte/ Pampulha Carlos Drummond de Andrade Brasília

Leia mais

Endereços das Secretarias Estaduais de Educação

Endereços das Secretarias Estaduais de Educação Endereços das Secretarias Estaduais de Educação ACRE MARIA CORRÊA DA SILVA Secretária de Estado da Educação do Acre Rua Rio Grande do Sul, 1907- Aeroporto Velho CEP: 69903-420 - Rio Branco - AC Fone: (68)

Leia mais

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL CONCURSO PÚBLICO PARA FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA PARA O CARGO DE TÉCNICO BANCÁRIO NOVO CARREIRA ADMINISTRATIVA

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL CONCURSO PÚBLICO PARA FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA PARA O CARGO DE TÉCNICO BANCÁRIO NOVO CARREIRA ADMINISTRATIVA Técnico Bancário Novo AC Cruzeiro do Sul 1618 CR* Técnico Bancário Novo AC Rio Branco 6648 CR * Técnico Bancário Novo AC Sena Madureira 1065 CR* Técnico Bancário Novo AL Maceió 22524 CR * Técnico Bancário

Leia mais

Aspec Informática - Tecnologia da Informação Plano de Numeração dos Ramais. Revisão 07/07/2015 12:02:36

Aspec Informática - Tecnologia da Informação Plano de Numeração dos Ramais. Revisão 07/07/2015 12:02:36 UF Estado Capital DDD SP São Paulo São Paulo 11 RJ Rio de Janeiro Rio de Janeiro 21 ES Espírito Santo Vitória 27 MG Minas Gerais Belo Horizonte 31 PR Paraná Curitiba 41 SC Santa Catarina Florianópolis

Leia mais

DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA

DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA Analista de Correios / Administrador AC / Rio Branco 123 1 123,00 Analista de Correios / Técnico em Comunicação Social Atuação: Jornalismo AC / Rio Branco 27 1 27,00 Médico do Trabalho Formação: Medicina

Leia mais

MINISTÉRIO DAS CIDADES PORTARIA Nº 109 DE 5 DE MARÇO DE 2013

MINISTÉRIO DAS CIDADES PORTARIA Nº 109 DE 5 DE MARÇO DE 2013 MINISTÉRIO DAS CIDADES PORTARIA Nº 109 DE 5 DE MARÇO DE 2013 Divulga resultado do processo de seleção do PAC 2 Mobilidade Médias Cidades, no âmbito do Programa de Infraestrutura de Transporte e da Mobilidade

Leia mais

SUFICIÊNCIA DE REDE: Ligia Bahia Ronir Raggio Luiz Maria Lucia Werneck Vianna. Edital 005/2014 ANS/OPAS

SUFICIÊNCIA DE REDE: Ligia Bahia Ronir Raggio Luiz Maria Lucia Werneck Vianna. Edital 005/2014 ANS/OPAS SUFICIÊNCIA DE REDE: UM ESTUDO ECOLÓGICO SOBRE BENEFICIÁRIOS E REDES DE CUIDADOS À SAÚDE A PARTIR DE ANÁLISES EXPLORATÓRIAS DAS PROPORÇÕES DE PARTOS CESARIANOS E TAXAS DE MORTALIDADE POR CÂNCER DE MAMA

Leia mais

50 cidades com as melhores opções para aberturas de franquias

50 cidades com as melhores opções para aberturas de franquias 50 cidades com as melhores opções para aberturas de franquias Pesquisa realizada pela Rizzo Franchise e divulgada pela revista Exame listou as 50 cidades com as melhores oportunidades para abertura de

Leia mais

Inventar com a diferenca,

Inventar com a diferenca, Inventar com a diferenca, cinema e direitos humanos PATROCÍNIO APOIO REALIZAÇÃO Fundação Euclides da Cunha O que é Inventar com a diferença: cinema e direitos humanos O projeto visa oferecer formação e

Leia mais

COORDENAÇÕES ESTADUAIS DO ARTESANATO

COORDENAÇÕES ESTADUAIS DO ARTESANATO COORDENAÇÕES ESTADUAIS DO ARTESANATO ACRE Secretaria de Estado de Turismo e Lazer Endereço: Av. Chico Mendes, s/n - Arena da Floresta - Bairro Areal. CEP: 69.906-119 - Rio Branco - AC TEL: (68) 3901-3027/

Leia mais

Infraestrutura Aeroportuária Copa do Mundo 2014

Infraestrutura Aeroportuária Copa do Mundo 2014 VI Seminário ALACPA de Pavimentos Aeroportuários e IV FAA Workshop Infraestrutura Aeroportuária Copa do Mundo 2014 28 Outubro 2009 Arq. Jonas M. Lopes INFRAERO Aeroportos - Copa do Mundo 2014 Belo Horizonte

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO. Infraestrutura necessária para realização da Copa do Mundo FIFA 2014

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO. Infraestrutura necessária para realização da Copa do Mundo FIFA 2014 TM GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO Infraestrutura necessária para realização da Copa do Mundo FIFA 2014 SOLUÇÕES ENCAMINHADAS Constituição do COMITÊ PAULISTA (Grupo Executivo

Leia mais

Boa Noite! Mobilidade Urbana Sustentável e As Lições do Modelo Japonês

Boa Noite! Mobilidade Urbana Sustentável e As Lições do Modelo Japonês Boa Noite! Mobilidade Urbana Sustentável e As Lições do Modelo Japonês Geraldo Freire Garcia Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana Ministério das Cidades Maio de 2015 Contextualização

Leia mais

Lote Produzidos Cidade UF Qte faturada

Lote Produzidos Cidade UF Qte faturada Lote Produzidos Cidade UF Qte faturada 1400008703 BELEM PA 339 1400008703 BELO HORIZONTE MG 2.034 1400008703 BRASILIA DF 1.356 1400008703 CONGONHAS MG 54 1400008703 CUIABA MT 678 1400008703 GOIANIA GO

Leia mais

Política de mobilidade urbana: integração ou segregação social?

Política de mobilidade urbana: integração ou segregação social? Política de mobilidade urbana: integração ou segregação social? Panorama das ações e projetos e hipóteses gerais da pesquisa Juciano Martins Rodrigues Aumento no tempo de deslocamento Crescimento do número

Leia mais

Parcerias Público-Privadas

Parcerias Público-Privadas Parcerias Público-Privadas PPP no Governo Federal Projetos Treinamento e Produtos PAC Mobilidade Grandes Cidades João Paulo de Resende Diretor Unidade PPP/Concessões Ministério do Planejamento Abril/2013

Leia mais

Mobilidade Urbana. Linhas gerais, resultados e desafios selecionados

Mobilidade Urbana. Linhas gerais, resultados e desafios selecionados Mobilidade Urbana Linhas gerais, resultados e desafios selecionados Apresentação A política de desenvolvimento urbano é estratégica para a promoção de igualdade de oportunidades, para a desconcentração

Leia mais

4» Quadra escolar Maria Nascimento Paiva. 1» Centro de Artes e Esportes Unificados. 2» Unidade Básica de Saúde, Clínica da Família Quadra 308

4» Quadra escolar Maria Nascimento Paiva. 1» Centro de Artes e Esportes Unificados. 2» Unidade Básica de Saúde, Clínica da Família Quadra 308 1 2 8 1» Centro de Artes e Esportes Unificados Rio Branco AC 2» Unidade Básica de Saúde, Clínica da Família Quadra 308 Recanto das Emas DF 3» Creche Ipê Rosa Samambaia DF 4» Quadra escolar Maria Nascimento

Leia mais

MOBILIDADE URBANA. Miriam Belchior Ministra de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão

MOBILIDADE URBANA. Miriam Belchior Ministra de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão MOBILIDADE URBANA Miriam Belchior Ministra de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão MOBILIDADE URBANA RECURSO DISPONÍVEL 143 bilhões ANTES DO PACTO R$ 93 bilhões 62% das obras concluídas ou em execução

Leia mais

FLUXO ATIVIDADES DE SEDES DE EMPRESAS E DE CONSULTORIA EM GESTÃO EMPRESARIAL POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO DO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO ATIVIDADES DE SEDES DE EMPRESAS E DE CONSULTORIA EM GESTÃO EMPRESARIAL POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO DO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO ATIVIDADES DE SEDES DE EMPRESAS E DE CONSULTORIA EM GESTÃO EMPRESARIAL POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO DO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO ATIVIDADES DE SEDES DE EMPRESAS

Leia mais

Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos

Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos BALANÇO DO SETOR METROFERROVIÁRIO DE PASSAGEIROS 2012/2013 Apoio: QUEM SOMOS ANPTrilhos é uma Associação Civil, sem fins

Leia mais

Contas Regionais do Brasil 2010

Contas Regionais do Brasil 2010 Diretoria de Pesquisas Contas Regionais do Brasil 2010 Coordenação de Contas Nacionais frederico.cunha@ibge.gov.br alessandra.poca@ibge.gov.br Rio, 23/11/2012 Contas Regionais do Brasil Projeto de Contas

Leia mais

NOTA OFICIAL. 1 Realizaram a 2ª fase do IV Exame de Ordem 21.818 examinandos;

NOTA OFICIAL. 1 Realizaram a 2ª fase do IV Exame de Ordem 21.818 examinandos; NOTA OFICIAL A Coordenação Nacional do Exame de Ordem Unificado apresenta o resultado da apreciação dos recursos referente à segunda fase do IV Exame de Ordem Unificado, como se segue: 1 Realizaram a 2ª

Leia mais

Boas práticas para Mobilidade Urbana

Boas práticas para Mobilidade Urbana Boas práticas para Mobilidade Urbana PAC para Mobilidade - EMBARQ Otávio Vieira Cunha, Presidente da Diretoria Executiva Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos NTU Brasília, 28 de Novembro

Leia mais

Crédito Suplementar. 2049 Moradia Digna 2.000.000.000 OPERAÇÕES ESPECIAIS 28 845 2049 00AF Integralização de Cotas ao Fundo de Arrendamento

Crédito Suplementar. 2049 Moradia Digna 2.000.000.000 OPERAÇÕES ESPECIAIS 28 845 2049 00AF Integralização de Cotas ao Fundo de Arrendamento ÓRGÃO: 56000 - Ministério das Cidades UNIDADE: 56101 - Ministério das Cidades ANEXO I PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTAÇÃO) Crédito Suplementar Recurso de Todas as Fontes R$ 1,00 FUNCIONAL PROGRAMÁTICA

Leia mais

COPA DO MUNDO FIFA 2014 BRASIL. Oportunidades e Desafios

COPA DO MUNDO FIFA 2014 BRASIL. Oportunidades e Desafios COPA DO MUNDO FIFA 2014 BRASIL Oportunidades e Desafios COPA DO MUNDO - OPORTUNIDADES Um evento esportivo do porte de uma Copa do Mundo é como uma grande vitrine do país no exterior e corresponde a um

Leia mais

FLUXO ATIVIDADES DOS SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO ATIVIDADES DOS SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO ATIVIDADES DOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009

Leia mais

BRASIL - IMPORTAÇÃO DE TRIGO 2015 ( t ) ( US$ / t ) 450.000 120.000 400.000 100.000 350.000 80.000 300.000 250.000 60.000 200.000 150.000 40.

BRASIL - IMPORTAÇÃO DE TRIGO 2015 ( t ) ( US$ / t ) 450.000 120.000 400.000 100.000 350.000 80.000 300.000 250.000 60.000 200.000 150.000 40. BRASIL IMPORTAÇÃO DE TRIGO 2015 (POR PAÍS) PAÍSES ARGENTINA Volume ( Ton/Liq ) 269.719,83 387.213,30 406.882,12 310.956,48 318.530,07 375.612,10 414.745,41 233.717,31 309.486,24 320.128,57 267.045,80 205.498,88

Leia mais

Grupo de Trabalho Copa do Mundo Brasil 2014. Mobilidade Urbana e a Copa 2014

Grupo de Trabalho Copa do Mundo Brasil 2014. Mobilidade Urbana e a Copa 2014 Grupo de Trabalho Copa do Mundo Brasil 2014 Mobilidade Urbana e a Copa 2014 Novembro de 2009 Participação do Gov. Fed. na Copa de 2014 Setor hoteleiro Estádio Aeroporto Investimentos Federais Porto Mobilidade

Leia mais

P P A 2 0 1 6» 2019 F Ó R U M. Dialoga Brasil. Nordeste

P P A 2 0 1 6» 2019 F Ó R U M. Dialoga Brasil. Nordeste P P A 2 0 1 6» 2019 F Ó R U M Dialoga Brasil Nordeste O P L A N O P L U R I A N U A L - P P A O PPA é o instrumento constitucional de planejamento governamental que espelha as diretrizes do Governo Federal,

Leia mais

Programa de Aceleração do Crescimento PAC Programa Minha Casa, Minha Vida Pré-Sal Copa 2014 Jogos Olímpicos e Paraolímpicos 2016

Programa de Aceleração do Crescimento PAC Programa Minha Casa, Minha Vida Pré-Sal Copa 2014 Jogos Olímpicos e Paraolímpicos 2016 Brasil Oportunidades de Investimento Miriam Belchior Ministra de Estado Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão BRASIL VIVE UM MOMENTO EXITOSO Quatro movimentos estruturais explicam esse momento:

Leia mais

COPA 2014. 28º Reunião do Conselho Nacional de Turismo

COPA 2014. 28º Reunião do Conselho Nacional de Turismo COPA 2014 28º Reunião do Conselho Nacional de Turismo COPA 2014 CIDADES-SEDE Fortaleza Manaus Natal Recife Cuiabá Salvador Brasília Belo Horizonte Curitiba São Paulo Rio de Janeiro Porto Alegre PLANEJAMENTO

Leia mais

DRAFT. PROJETO DE MOBILIDADE URBANA DE MANAUS 6 de outubro de 2009

DRAFT. PROJETO DE MOBILIDADE URBANA DE MANAUS 6 de outubro de 2009 PROJETO DE MOBILIDADE URBANA DE MANAUS 6 de outubro de 2009 Agenda Crescimento de Manaus Solução de mobilidade urbana Resumo do projeto do monotrilho Resumo do projeto do BRT Quadro 2 Agenda Crescimento

Leia mais

AS/DEURB. 2 Seminário de Trólebus. Instituto de Engenharia SP. 14 de maio de 2013

AS/DEURB. 2 Seminário de Trólebus. Instituto de Engenharia SP. 14 de maio de 2013 AS/DEURB 2 Seminário de Trólebus Instituto de Engenharia SP 14 de maio de 2013 Carlos Malburg Gerente Setorial de Mobilidade Urbana cmalburg@bndes.gov.br Transporte (recentes) Principais Contratações Metro

Leia mais

Brasil. Oportunidades de Investimento Batimat 2011. Miriam Belchior. Ministra de Estado Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão

Brasil. Oportunidades de Investimento Batimat 2011. Miriam Belchior. Ministra de Estado Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Brasil Oportunidades de Investimento Batimat 2011 Miriam Belchior Ministra de Estado Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão BRASIL VIVE UM MOMENTO EXITOSO Quatro movimentos estruturais explicam

Leia mais

BALANÇO DO SETOR METROFERROVIÁRIO 2013/2014

BALANÇO DO SETOR METROFERROVIÁRIO 2013/2014 BALANÇO DO SETOR METROFERROVIÁRIO 2013/2014 Os números do setor metroferroviário mostram sua importância para a mobilidade urbana brasileira e um crescimento efetivo para os próximos anos Aumento de 8%

Leia mais

Diretoria de Geociências Coordenação de Geografia. Regiões de Influência das Cidades

Diretoria de Geociências Coordenação de Geografia. Regiões de Influência das Cidades Diretoria de Geociências Coordenação de Geografia Regiões de Influência das Cidades 2007 Objetivos Gerais Hierarquizar os centros urbanos Delimitar as regiões de influência associadas aos centros urbanos

Leia mais

Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República. 23 de novembro de 2011

Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República. 23 de novembro de 2011 Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República 23 de novembro de 2011 Secretaria de Aviação Civil INFRAERO ANAC Ministério da Defesa DECEA 1960 1962 1964 1966 1968 1970 1972 1974 1976 1978 1980

Leia mais

Plano de Investimentos para os Eventos Internacionais Esportivos no Brasil

Plano de Investimentos para os Eventos Internacionais Esportivos no Brasil 40ª RAPv Reunião Anual de Pavimentação Plano de Investimentos para os Eventos Internacionais Esportivos no Brasil INFRAERO Superintendência de Obras Ricardo Ferreira ricardof@infraero.gov.br 26 Outubro

Leia mais

Parceria com Universidades (federais, estaduais e privadas) Universidades federais

Parceria com Universidades (federais, estaduais e privadas) Universidades federais Rede Nacional de Treinamento de Atletismo está sendo estruturada pelo Ministério do Esporte (ME) em parceria com universidades, prefeituras, governos estaduais, Confederação Brasileira de Atletismo, federações

Leia mais

FLUXO TRANSPORTE AQUAVIÁRIO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009

FLUXO TRANSPORTE AQUAVIÁRIO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 FLUXO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 Estados Norte 0 0,00 0 0 0 0,00 Rondônia

Leia mais

RELAÇÃO DOS JORNAIS CADASTRADOS

RELAÇÃO DOS JORNAIS CADASTRADOS RELAÇÃO DOS JORNAIS CADASTRADOS REGIÃO SUL PARANÁ Atual Notícias São Mateus do Sul (PR) - atualnoticias@hotmail.com Correio Paranaense Curitiba (PR) - geral@jornalcorreioparanaense.com.br Diário de Piraquara

Leia mais

Expectativas da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Verão 2014-2015

Expectativas da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Verão 2014-2015 Expectativas da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Verão 2014-2015 PRESIDENTE: Marciano Gianerini Freire EQUIPE TÉCNICA: Coordenação: Mariana Nery Pesquisadores: Heike Duske César Melo

Leia mais

I 4 - INV 4 90 0 495 110.099.314

I 4 - INV 4 90 0 495 110.099.314 PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTACAO) RECURSOS DE TODAS AS FONTES R$ 1,00 23 COMÉRCIO E SERVIÇOS 256.092.869 26 TRANSPORTE 468.989.333 TOTAL - GERAL 725.082.202 122 ADMINISTRAÇÃO GERAL 21.077.996 126 TECNOLOGIA

Leia mais

Resultados da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Inverno 2014

Resultados da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Inverno 2014 Resultados da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Inverno 2014 EQUIPE TÉCNICA DO IPETURIS Coordenação: Mariana Nery Pesquisadores: César Melo Tamiris Martins Viviane Silva Suporte: Gerson

Leia mais

BRASIL VIVE UM CÍRCULO VIRTUOSO

BRASIL VIVE UM CÍRCULO VIRTUOSO Brasil Câmara Oficial Espanhola de Comércio Miriam Belchior Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão BRASIL VIVE UM CÍRCULO VIRTUOSO Quatro movimentos estruturais explicam esse momento: Crescimento

Leia mais

Instituto Nacional do Seguro Social INSS Concurso Público para Analista do Seguro Social

Instituto Nacional do Seguro Social INSS Concurso Público para Analista do Seguro Social As inscrições para o concurso público do Instituto Nacional do Seguro Social INSS estarão abertas no período de 12 de agosto a 13 de setembro. São 300 vagas para o cargo de Analista do Seguro Social, sendo

Leia mais

O mercado de PPP na visão do setor público

O mercado de PPP na visão do setor público O mercado de PPP na visão do setor público Formação em PPPs Bruno Ramos Pereira 05/11/2013 8h30 às 9h Estrutura Apresentação do programa Formação em PPPs Cenário das PPPs no Brasil Perspectivas Apresentação

Leia mais

Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira NOVO RATEIO DOS RECURSOS DO FUNDO DE PARTICIPAÇÃO DOS ESTADOS

Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira NOVO RATEIO DOS RECURSOS DO FUNDO DE PARTICIPAÇÃO DOS ESTADOS Nota Técnica 7/13 (7 de Maio) Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira Núcleo de Assuntos Econômico-Fiscais NOVO RATEIO DOS RECURSOS DO FUNDO DE PARTICIPAÇÃO DOS ESTADOS IMPACTOS DA DIVISÃO DO

Leia mais

Plano Nacional de Logística Portuária PNLP

Plano Nacional de Logística Portuária PNLP Programa de Investimentos, Arrendamentos e TUPs, e o Potencial do Pará como novo Corredor de Exportação LUIS CLAUDIO S. MONTENEGRO Diretor de Informações Portuárias SECRETARIA DE PORTOS DA PRESIDÊNCIA

Leia mais

Tabela 1 - Conta de produção por operações e saldos, segundo as Grandes Regiões e as Unidades da Federação - 2004-2008

Tabela 1 - Conta de produção por operações e saldos, segundo as Grandes Regiões e as Unidades da Federação - 2004-2008 (continua) Produção 5 308 622 4 624 012 4 122 416 3 786 683 3 432 735 1 766 477 1 944 430 2 087 995 2 336 154 2 728 512 Consumo intermediário produtos 451 754 373 487 335 063 304 986 275 240 1 941 498

Leia mais

FLUXO DE ATIVIDADES DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INFORMAÇÃO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO DE ATIVIDADES DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INFORMAÇÃO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO DE ATIVIDADES DE PRESTAÇÃO DE DE INFORMAÇÃO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO DE, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA -

Leia mais

Regiões Metropolitanas do Brasil

Regiões Metropolitanas do Brasil Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia IPPUR/UFRJ CNPQ FAPERJ Regiões Metropolitanas do Brasil Equipe responsável Sol Garson Luiz Cesar de Queiroz Ribeiro Juciano Martins Rodrigues Regiões Metropolitanas

Leia mais

FLUXO FABRICAÇÃO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES, REBOQUES E CARROCERIAS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO FABRICAÇÃO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES, REBOQUES E CARROCERIAS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO FABRICAÇÃO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES, REBOQUES E CARROCERIAS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO

Leia mais

Mobilidade Urbana: Esse Problema tem Solução? Ronaldo Balassiano Programa de Engenharia de Transportes PET/COPPE/UFRJ

Mobilidade Urbana: Esse Problema tem Solução? Ronaldo Balassiano Programa de Engenharia de Transportes PET/COPPE/UFRJ Mobilidade Urbana: Esse Problema tem Solução? Ronaldo Balassiano Programa de Engenharia de Transportes PET/COPPE/UFRJ 1 1 Introdução Sustentabilidade Mudança nos atuais modelos de produção e consumo Alternativas

Leia mais

NOTA TÉCNICA ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS COM DATA DE REFERÊNCIA EM 1º DE JULHO DE 2014

NOTA TÉCNICA ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS COM DATA DE REFERÊNCIA EM 1º DE JULHO DE 2014 NOTA TÉCNICA ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS COM DATA DE REFERÊNCIA EM 1º DE JULHO DE 2014 A divulgação anual das estimativas da população residente nos municípios brasileiros obedece

Leia mais

INFORME SARGSUS. Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde

INFORME SARGSUS. Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde INFORME SARGSUS Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde 1 ESFERA MUNICIPAL 1.1 Relatório de Gestão Ano 2013 Até a presente data,

Leia mais

MOBILIDADE URBANA. Mauricio Muniz Barreto de Carvalho Secretário do PAC

MOBILIDADE URBANA. Mauricio Muniz Barreto de Carvalho Secretário do PAC MOBILIDADE URBANA Mauricio Muniz Barreto de Carvalho Secretário do PAC O QUE O GOVERNO FEDERAL JÁ FEZ Sanção da Política Nacional de Mobilidade Urbana (Lei 12.587/2012) Desoneração das tarifas do transporte

Leia mais

A venda do conceito Outer. está acima da venda de nossos produtos. Breno Bulus - sócio e designer

A venda do conceito Outer. está acima da venda de nossos produtos. Breno Bulus - sócio e designer Tudo começou a partir do sonho de desenvolver uma marca sólida e de personalidade única no cenário carioca, com o objetivo de fornecer lazer e bem estar. E foi com essa ideia na cabeça que em 2004 foi

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T13

Apresentação de Resultados 1T13 Apresentação de Resultados 1T13 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que apresentem expectativas da Administração da Companhia sobre eventos ou resultados futuros. Todas as declarações

Leia mais

Objetivo do Projeto Articular, organizar e animar uma Rede Nacional

Objetivo do Projeto Articular, organizar e animar uma Rede Nacional Objetivo do Projeto Articular, organizar e animar uma Rede Nacional de Comercialização Solidária constituída por empreendimentos econômicos comerciais feiras permanentes, lojas e centrais/centros públicos

Leia mais

Ministério das Cidades. Plano de Ação em Habitação e Saneamento em Regiões Metropolitanas

Ministério das Cidades. Plano de Ação em Habitação e Saneamento em Regiões Metropolitanas Ministério das Cidades Plano de Ação em Habitação e Saneamento em Regiões Metropolitanas UMA VISÃO GERAL DO QUADRO METROPOLITANO BRASILEIRO Definição Formal 26 26 Regiões Metropolitanas definidas em em

Leia mais

Concessão de Garantias

Concessão de Garantias Concessão de Garantias 1. Concessão de Garantias Externas: No ano de 2014 foram concedidas garantias externas no montante de US$ 4.432,59 milhões, destinados aos Estados, Municípios e Entidades Controladas.

Leia mais

Audiência Pública Câmara dos Deputados

Audiência Pública Câmara dos Deputados Audiência Pública Câmara dos Deputados QUALIDADE DO TRANSPORTE PÚBLICO Marcos Bicalho dos Santos Brasília-DF, 25 de setembro de 2013 Estrutura da apresentação 1. Contexto; 2.SistemasBRTeBRS Prioridadeparaotransportepúblicoporônibus;

Leia mais

Ferrovias em expansão

Ferrovias em expansão Ferrovias em expansão Brasil pode ter acréscimo de 8.040 quilômetros de ferrovias. Atualmente, 4.849 km estão em obras O o transporte de carga e oito para passageiros. conta com mais 19 projetos no papel

Leia mais

MINISTÉRIO DAS CIDADES

MINISTÉRIO DAS CIDADES MINISTÉRIO DAS CIDADES Mobilidade Urbana Sustentável Seminário Infraestrutura turística, megaeventos e promoção da imagem do Brasil no exterior 16 e 17 de agosto de 2011 MINISTÉRIO DAS CIDADES MISSÃO Combate

Leia mais

Simpósio Estadual Saneamento Básico e Resíduos Sólidos: Avanços Necessários MPRS 20.08.2015

Simpósio Estadual Saneamento Básico e Resíduos Sólidos: Avanços Necessários MPRS 20.08.2015 Simpósio Estadual Saneamento Básico e Resíduos Sólidos: Avanços Necessários MPRS 20.08.2015 O saneamento básico no Brasil não condiz com o país que é a 7ª. economia do mundo da população não possui coleta

Leia mais

Perfil Municipal de Fortaleza Tema V: Aspectos Educacionais. 23 de Agosto/2012 Fortaleza - Ceará

Perfil Municipal de Fortaleza Tema V: Aspectos Educacionais. 23 de Agosto/2012 Fortaleza - Ceará IPECE Informe nº 38 Perfil Municipal de Fortaleza Tema V: Aspectos Educacionais 23 de Agosto/2012 Fortaleza - Ceará 1. INTRODUÇÃO O Neste documento serão analisados os aspectos educacionais da capital

Leia mais