1. Introdução a Informática... 6

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1. Introdução a Informática... 6"

Transcrição

1 Índice 1. Introdução a Informática Breve História da Informática Sistema de Informação Unidades de medidas Tipos de computadores Hardware Gabinete Placa Mãe Microprocessador Memória Unidades de Discos removíveis Disco Rígido Cartão de memória Pen Drive Disco Compacto CD DVD Blu-Ray Monitor Teclado Mouse Caixas Acústicas Impressoras Matricial Jato de tinta Laser Plotter ou Plotadora Multifuncional Cera Câmeras Digitais Placas de Áudio, Vídeo e Wireless Software Sistemas Operacionais Softwares Aplicativos Editores de textos Planilhas eletrônicas Bancos de dados Editoração eletrônica e Programas gráficos Navegadores Linguagem de programação Antivírus Noções de Rede Topologias Introdução a Internet Histórico Usuário Provedor de Acesso Backbone Endereço... 23

2 Índice 2.6. WWW (World Wide Web) Domínios Homepages Sites Links Tipos de acessos Navegador ou Browsser Introdução ao Windows Versões do Windows Área de Trabalho Lixeira Barra de Tarefas Botão Iniciar Desligando o computador Plano de fundo Ícones Trabalhando com janelas Windows Explorer Conhecendo a janela do Windows Explorer Arquivos e Pastas Live Icons (Modos de exibição) Painel de Visualização Aplicativos do Windows Bloco de notas WordPad Paint Calculadora Painel de Controle Modo de exibição categoria Modo de exibição ícones pequenos e ícones grandes Novidades do Windows Gadgets Micicrosoft Office Word Tela inicial Apresentando a nova interface Interface do usuário Office Fluent Guias que aparecem apenas quando você precisa delas Menus, barras de ferramentas e outros elementos familiares Barra de ferramentas de acesso rápido Iniciadores de caixas de diálogo Adicionando comandos à barra de ferramentas de acesso rápido Novas localizações de comandos conhecidos Abrir documentos criados com versões antigas do Word Digitação Salvando o Documento Movimentação em um documento Ortografia e Gramática... 59

3 Índice Localizar texto Localizar e Substituir texto Contar as palavras enquanto digita Selecione o texto que deseja contar Contar as palavras em uma caixa de texto Saindo do Word Abrir um arquivo Criar um novo arquivo Trabalhar com textos selecionados Copiar, Recortar e Colar Desfazer e Refazer Mudando a aparência do texto Formatando Estilo Cópia de formatos Alinhamento de parágrafos Formatar parágrafos Recuos utilizando a régua Formatar texto usando a minibarra de ferramentas Configurar página Atividade Adicionar marcadores ou numeração a uma lista Criar uma lista numerada ou com marcadores Digitar uma lista numerada ou com marcadores Transformar uma lista de um nível em uma lista de vários níveis Escolher um estilo de lista de vários níveis na galeria Aplicar um tema de documento Inserir Cabeçalhos e Rodapés Alterar cabeçalhos e rodapé Remover cabeçalhos e rodapé Bordas e Sombreamento Visualizar Impressão Imprimir um Arquivo Autocorreção Adicionar comando Autocorreção a barra de ferramentas de acesso rápido Texto em colunas Inserir número de página Inserir imagem Inserir clip-art Letra capitular Inserir um caractere especial Tabelas Criando uma tabela Classificando uma coluna Wordart Trabalhando com formas básicas Ferramentas de desenho Ferramenta de Caixa de texto... 89

4 Índice Mostrar e ocultar réguas Atividade Microsoft Office Excel Tela Inicial Introdução Usar faixa de opção Planilha eletrônica Mais linhas e colunas Pastas de Trabalho Movimentação na Planilha Tipos de entrada de dados Entrada com textos e números Corrigindo erros na entrada de dados Digitando uma planilha Salvando a Planilha Entradas de fórmulas e Autosoma Autosoma Saindo do Excel Abrir um arquivo Formatar fontes e números Alterando a largura das colunas Alterando a altura das linhas Inserindo linhas e colunas Excluindo linhas e colunas Gráficos Mover gráfico Copiando e Movendo faixa de células Usando funções para cálculos Auditória Auto Cálculo Formatos Pré-definidos Formatando células Criar uma nova planilha Formatação Condicional Configurando e imprimindo planilhas Definindo as margens Cabeçalho e Rodapé Visualizar Impressão Imprimindo Recursos Automáticos Auto Conclusão Atividade Microsoft Office PowerPoint Tela Inicial Apresentação da nova interface Introdução ao PowerPoint

5 Índice 6.4. Elementos da Tela do PowerPoint Criando uma apresentação com modelos Criando uma apresentação usando slides em branco Adicionar corpo de texto ou titulo Inserir novo Slide Excluir Slide Formatar texto Aplicando Um design em um Slide Criando uma apresentação Salvando um Trabalho Abrindo um trabalho Alterar o plano de fundo Trabalhando com preenchimentos Classificando Slides e preparando para apresentação Modos de exibição de slides Apresentando slides Efeitos de transição Personalizar animação Configurando apresentação As Principais ferramentas de edição Construindo Formas Geométricas Adicionar Cabeçalhos e Rodapé Inserindo Imagem Adicionar Wordart Inserir uma tabela Adicionar um som Adicionar um filme Hiperlink Botões de ação Impressão Criar e imprimir folhetos

6 Introdução a Informática Introdução à Informática Informática: é a ciência que estuda o tratamento das informações através do tratamento de dados. Ela está intimamente ligada ao ser humano seja em casa, no trabalho ou no lazer. A evolução tecnológica vivida por nossa sociedade tem evidenciado o valor da informação. Desde o despertar até a mais simples transação bancária que realizamos durante o dia, um telefonema, estamos nos servindo da informática. Muitas vezes lidamos com a tecnologia do computador sem nos darmos conta, ao usar o microondas, ao ligar o videocassete, tudo isso sem sair de casa. Ao circularmos no trânsito de grandes cidades nos deparamos com semáforos, sistema de segurança de empresas que visitamos, lá está à informática de novo, assim como nos controles de aviões e metrôs, na produção de energia elétrica, na industrialização de roupas e alimentos, etc. No mundo moderno, portanto, é inevitável o contato com o computador. Por isso, todas as pessoas precisam aprender a lidar com a informática mais cedo ou mais tarde. E você, que está iniciando agora, precisa conhecer a história do computador e entender corretamente seu funcionamento para poder aproveitar toda a capacidade desta área que é imensamente vasta e repleta de novidades. Breve História da Informática Como a maioria das descobertas tecnológicas, os computadores foram construídos inicialmente para fins militares. O interesse pela construção do primeiro computador foi grande. Alemanha e E.U.A. disputavam essa acirrada corrida contra o tempo. Durante a 2ª Guerra Mundial tiveram início os projetos para a sua construção, motivados principalmente pela necessidade de agilizar o processo utilizado para codificar e decodificar as mensagens trocadas durante a Guerra. Porém, foi somente a partir de meados dos anos setenta que os computadores ganharam fama. Nesse período, avanços tecnológicos e pesquisas científicas foram capazes de produzir circuitos elétricos cada vez mais aperfeiçoados, possibilitando miniaturizar os computadores tornando-o mais barato e acessível. A partir desses avanços chegamos ao que é hoje conhecido como o Microcomputador, ou PC (Personal Computer). Umas máquinas pequenas, capazes de desenvolver os mais sofisticados trabalhos, e que se aperfeiçoa cada vez mais. Atualmente, a informática está presente em quase tudo que nos cerca ela existe para nos servir, reduzir o tempo que gastamos para escrever uma carta, aumentar a certeza de nossos cálculos, automatizar processos repetitivos, auxiliar no controle de estoques, etc. Sistema de Informação Para existência de um sistema de informação faz-se necessário três componentes, são eles: HARDWARE 6

7 Introdução à Informática SOFTWARE PEOPLEWARE HARDWARE - Unidade responsável pelo processamento dos dados, ou seja, o equipamento. SOFTWARE Programas responsáveis pela organização e metodologia no qual os dados serão processados. PEOPLEWARE Pessoa que utiliza o Hardware e o Software, inserindo ou retirando informações do sistema. Portanto para um perfeito funcionamento deste sistema, todos os componentes devem caminhar em perfeita harmonia. Unidades de Medidas Para quantificar a memória do equipamento é utilizado um sistema de medida, ou seja, o byte (B), que significa a utilização de um caractere na memória, ou seja, se você digitou um (*), (:), (a), você utilizou um byte. Para facilitar a escrita destes valores são utilizadas as seguintes unidades abaixo: KB, Kilobyte, corresponde a 1 byte x MB, Megabyte, corresponde a 1 byte x GB, Gigabyte, corresponde a 1 byte x TB, Terabyte, corresponde a 1 byte x Estas unidades acima estão simplificadas para facilitar o aprendizado, na realidade estes valores devem obedecer à tabela abaixo: Unidade Símbolo Valor Exato Bit B Byte B 2 0 = 1 Kilobyte KB 2 10 = Megabyte MB 2 20 = Gigabyte GB 2 30 = Terabyte TB 2 40 =

8 Introdução à Informática Exemplos de grandezas Abaixo segue exemplos de como são utilizadas as unidades acima citadas: Equipamento Medida Utilizada Exemplo Memória RAM Megabyte 512 MB Pen drive Gigabyte 16 GB HD Hard DisK Gigabyte 500 GB CD-R Megabyte 700 MB DVD-R Gigabyte 4,5 GB A capacidade de armazenamento é medida em Bytes. Geralmente, os computadores utilizam 1 byte para representar cada letra do alfabeto, além de outros caracteres importantes, como pontuação, espaço e fim de linha. Dentro deste esquema de representação, uma página datilografada com 1440 toques equivale a 1440 bytes. Surgem assim outras unidades, como: 1 kilobyte (KB) = 1024 bytes 1 megabyte (MB) = 1024 kilobyte 1 gigabyte (GB) = 1024 megabytes 1 terabyte (TB) = 1024 gigabytes Tipos de Computadores Microcomputadores Também conhecido como Computador Pessoal ou simplesmente PC (Personal Computer) é o tipo mais popular. A IBM lançou o primeiro. Hoje há inúmeras marcas de PCs, além de outros sem marca, pois podem também serem montados com componentes disponíveis no mercado. Cada vez mais barato e acessível, realiza as principais tarefas rotineiras e também as mais avançadas. Além dos PCs existe ainda outra família de computadores, chamada Macintosh, que é fabricada pela Apple. Durante anos, os Macs destacaram-se em utilizações gráficas, como editoração eletrônica e multimídia. Hoje, os PCs já possuem recursos de multimídia e muitos programas de editoração eletrônica também disponível para eles. 8

9 Introdução à Informática Notebook Os modernos microcomputadores portáteis, chamados de notebooks, reproduzem praticamente todos os aspectos do funcionamento dos modelos de mesa (desktops). A vantagem é que se pode trabalhar com eles em qualquer lugar, como no caso de viagens, por exemplo. Existem notebooks compatíveis com a família IBM PC e com a Apple Macintosh. Os primeiros computadores portáteis, em média maiores que os notebooks, eram chamados de laptops. Workstation São computadores mais poderosos e mais caros. São utilizados, por exemplo, em sistemas hospitalares e bancários, que requerem alta confiabilidade. Outro uso é na computação gráfica, para criar animações para vinhetas de televisão. Palmtop Tem sido o maior sucesso nas recentes feiras de informática. Como o próprio nome diz, cabem na palma da mão, e realizam quase todas as tarefas de um PC. Netbook É um termo usado para descrever uma classe de computadores portáteis tipo subnotebook com características típicas: peso reduzido, dimensão pequena ou média e baixo custo. São utilizados, geralmente, em serviços baseados na internet, tais como navegação na web e s Hardware O que chamamos de computador não é propriamente um único aparelho: é um sistema constituído por diversos dispositivos, cada um é encarregado de uma parte das tarefas básicas que todos os computadores realizam: receber, processar e apresentar informações. Esses dispositivos são divididos em duas partes principais: Hardware e Software. Hardware é a parte física da máquina, formada por componentes eletrônicos como peças, fios e chips. Podemos citar como exemplos de itens que fazem parte desta categoria o monitor, o teclado, o microprocessador, entre outros. Cada dispositivo tem uma função específica, vamos conhecer agora alguns dos principais componentes de um computador. 9

10 Introdução à Informática Gabinete O gabinete é onde se encontram as partes do computador que são responsáveis por armazenar e processar as informações. A maioria das descrições a seguir refere-se a dispositivos que são colocados no interior do gabinete. A maioria dos gabinetes possui, externamente, um botão de força (chave liga/desliga), e um botão de reset que serve para reinicializar o computador. Placa-mãe Também chamada de mother board, é a placa mais importante, pois abriga o microprocessador, as memórias RAM e ROM e todas as outras placas, por exemplo, a placa de vídeo. Microprocessador Também conhecido como processador ou CPU (Unidade Central de Processamento), é o cérebro do computador. O processador nada mais é que um chip de silício, onde uma combinação de circuitos controla o fluxo de funcionamento da máquina. Como o próprio nome diz, o processador é responsável pelo processamento das informações, ou seja, é quem lê e executa todas as instruções dos programas. Existem diversas marcas e fabricantes de processadores no mercado, dentre eles: Intel, Power PC, Cyrix, AMD, entre outros. Atualmente a Intel é a principal fabricante de processadores para PC. É comum batizar o computador pelo modelo do processador, ou seja, quando dizemos que um computador é um Intel i7 3,06 GHz, o que estamos dizendo é que seu processador é um chip Pentium de 800 MHz. Por isso mesmo você já deve ter ouvido falar de XT, 286, 386, 486, 586, etc. Todos esses números, na verdade, são modelos de processadores fabricados nos últimos anos. Fabricante Modelos de Processadores Intel Pentium, Dual core, Core 2 Duo, Core 2 Quad, i3, i5 e i7. AMD Cyrix Athlon, Duron, Sempron, Athlon 64 (arquitetura de 64 bits), Opteron (para servidores) e Turion 64 VIA Cyrix MII, VIA Cyrix III. 10

11 Introdução à Informática Memória Para o bom funcionamento de um computador e de seus programas, quanto mais memória RAM, melhor. Existem dois tipos de memória: ROM (Read Only Memory) e RAM (Random Access Memory). A memória ROM possui instruções básicas gravadas pelo fabricante do equipamento, que não podem ser alteradas. É responsável, entre outras coisas, pelo autoteste inicial, quando o computador é ligado, e pela carga do sistema operacional. A memória RAM é a memória de trabalho do computador. Ela é composta por módulos ("pentes") colocados diretamente na Placa-mãe. Os dados e programas ficam na memória RAM enquanto estão sendo processados. Quando um trabalho é concluído e arquivado e o programa encerrado, a memória RAM é liberada para novos dados e novos programas. A memória RAM é volátil, pois quando o computador é desligado, seu conteúdo se perde. Unidades de Disco Removível Disco Rígido O disco rígido, nada mais é do que uma unidade de disco de alta capacidade que armazena dados, sistemas e programas que não se perdem ao desligarmos o computador, como ocorre com as memórias RAM, uma vez que podemos gravar e apagar qualquer coisa a hora que quisermos. Atualmente o espaço que os discos de computadores destinados a uso pessoal e empresarial, possuem entre 500 GB e 1TB. Não faz muito tempo em que podíamos encontrar no mercado HD s de 40GB, 80 GB ou mesmo 160 GB. Entretanto com a crescente expansão da tecnologia multimídia e expansão dos arquivos, o número de Gigabytes que os HD s vêm apresentando aumenta a cada dia, uma vez que não é aconselhável enchê-lo de dados, para assegurar um bom desempenho. Cartão de Memória Cartão de memória ou cartão de memória flash é um dispositivo de armazenamento de dados baseados na tecnologia Flash, um tipo de memória baseado no EEPROM (Electrically- Erasable Programmable Read Only Memory) desenvolvido pela Toshiba nos anos Os chips de memória Flash são parecidos com a memória RAM (Random Access Memory) usada nos computadores, porém suas propriedades fazem com que os dados não sejam perdidos 11

12 Introdução à Informática quando não há mais fornecimento de energia (por exemplo, quando a bateria acaba ou o dispositivo é desligado). Amplamente utilizado em câmeras fotográficas digitais, filmadoras digitais, videogames de mesa e portáteis, celulares, Palms, PDAs, MP3 Players, PCs e diversos outros aparelhos eletrônicos, oferecem grande capacidade de regravação, não utilizam energia para transferir ou armazenar dados, são extremamente portáteis e contam com ótima durabilidade. Pen Drive Muito popular atualmente, o pen drive (também chamado de memória flash) é um dispositivo de armazenamento portátil muito útil para guardar dados e transportá-los facilmente de um computador a outro. São muitos os fabricantes, modelos, preços e design deste dispositivo e suas maiores vantagens são: a alta capacidade de armazenamento (alguns podem até armazenar mais dados do que um DVD) e a velocidade de transferência dos arquivos. Disco Compacto (CD) Criado no início da década de 80, seu uso passou a se popularizar no início da década de 90. É utilizado para armazenar dados, e é necessário um drive de CD para podermos ler ou gravar alguma informação no CD. A forma de gravação dos dados no CD é feita de forma Óptica, ou seja, através de luz, diferentemente do disquete que é de forma magnética. Modelos de CD CD-ROM CD-R CD Gravável CD-RW CD Regravável CD de dados utilizados nos computadores. CD virgem que compramos para gravarmos os dados que se encontram no nosso computador. Só podemos utilizar esse CD para uma única gravação, ou seja, utilizar toda a capacidade do CD ou gravar por partes que chamamos de multissessão. Se gravarmos uma parte do CD, o mesmo não poderá ser regravado. Esse CD é possível gravar e regravar. Atualmente é possível regravar até vezes. 12

13 Introdução à Informática DVD Acrônimo de Digital Vídeo Disc, os DVD trouxeram uma nova revolução para o mercado de entretenimento, pois possibilitou a gravação de grandes filmes em mídias do tamanho de CD s, com tecnologia de vídeo digital de alta definição e áudio de cinco canais como no cinema. É a mídia mais recente e possui a mesma dimensão física do CD, porém com a capacidade de armazenamento bem superior a de um CD. É necessário um Drive de DVD para ler ou gravar os dados no DVD. Modelos de DVD DVD-R DVD-RW DVD+RW DVD-RAM Permite gravar, mas não regravar. Permite gravar e regravar, tem a capacidade de 4,7 GB e pode ser lido por praticamente todos os leitores de DVD, é o mais utilizado. Permite gravar e regravar, sua capacidade é de 2,8 GB, podendo ser lido pó unidades Sony e Philips. Permite gravar e regravar, possui capacidade de 2,6 GB e utiliza tecnologia optmagnética. Blu-Ray Os filmes em alta definição exigiam que um novo formato de mídia fosse criado para suportar algumas horas nessa densidade de dados. Para atender a esta demanda, o Blu-Ray (ou raio azul) foi desenvolvido por empresas filiadas à Sony e recebeu este nome por causa da cor do seu raio de leitura. O disco é capaz de armazenar mais informação e a uma taxa de transferência superior a de um disco de DVD e ainda é mais resistente a riscos e obstruções por sujeira. O novo formato é capaz de armazenar 25 GB de informação com uma camada simples e 50 GB com duas camadas, mas existem modelos de 100 GB, com quatro camadas, e projetos para 200 GB, com até oito camadas! Além do disco de apenas leitura, existem formatos que permitem a gravação permanente e a regravação doméstica do disco. Os leitores de Blu-Ray possuem suporte para menus modernos e o vídeo game Playstation 3 adotou o formato como disco padrão para seus jogo. 13

14 Introdução à Informática Monitor O monitor se constitui no principal canal de comunicação com o computador e com os usuários. Quando as informações que foram inseridas no computador através de um periférico de entrada, e processada pela sua CPU são executadas de maneira correta, o monitor, que é um periférico de saída, exibe todas as informações resultantes. Quando, porém algo não dá certo, ele exibe as informações que relatam o problema e as providências a serem tomadas. Há monitores CRT (Tubo de Raios Catódicos), que são os mais simples e maiores. Há os modelos TFT (Tela de Matriz Ativa) utilizado geralmente nos laptops. Há outros modelos de maior desempenho que são os monitores LCD (Cristal Líquido), que além de ocuparem menor espaço físico, possuem qualidade de imagem superior e gasto de energia inferior. Um dos fatores a serem levados em conta na classificação de um monitor são as funções exibidas, se ele é digital ou analógico, o tamanho em polegadas e a resolução máxima que ele pode atingir. Atualmente está difundido o uso de monitores LCD de 18,5 polegadas com resolução máxima de 1440x900 pixels. Teclado Um dos principais canais de interação entre o usuário e o computador é o teclado. O padrão atual para microcomputadores de plataforma IBM-PC é o ABNT PS/2, composto de teclas semelhantes ao de uma máquina de escrever, um teclado de funções especiais e um teclado numérico semelhante ao de uma calculadora. Alguns modelos atuais trazem ainda teclas de atalho multimídia especiais. Há também atualmente a tecnologia ótica que possibilita ao teclado maior versatilidade, uma vez que o liberta dos fios e confere a ele maior mobilidade. Há também teclados especiais para portadores de deficiência física, outros compactos e ainda outros desenvolvidos para quem digita muito com forma ergonômica. Mouse Também conhecido como dispositivo apontador, o mouse foi introduzido pela Apple, nos modelos Lisa e Macintosh e depois aderido aos microcomputadores de outras plataformas. Com ele é possível controlar um cursor sobre a tela do monitor para selecionar opções em menus e acionar outros dispositivos exibidos, desenhar, mover objetos entre muitas outras utilidades que visam facilitar e customizar o trabalho. Em geral a maioria dos sistemas operacionais da atualidade foram desenvolvidos para trabalharem com o mouse, podendo também trabalhar com o teclado em lugar do mouse, mas de uma maneira pouco prática e muito limitada. 14

15 Introdução à Informática A atual tecnologia aplicada aos mouses gerou uma grande variedade de modelos, que desempenham além da função principal, outras funções secundárias, um exemplo disto são mouses com teclas de atalho e multimídia, barra de rolagem, mouses com leitores de cartões de memória, dentre os quais podemos destacar o da Sony, capaz de gravar e ler informações em cartões de memória tipo Memory Stick com capacidade de armazenamento de até 1 GB, mouses com teclas de calculadora, com teclas de telefone entre outras soluções criativas que podemos encontrar nas lojas especializadas. Há também atualmente o uso difundido de mouses ópticos, com ou sem fio, que apresentam maior agilidade e precisão, muito útil para uso em aplicações de computação gráfica. Caixas Acústicas Completando a era da multimídia, estes representam uma forma de entretenimento bastante integrada, pois permitem manipulação de músicas, sons, comunicação, comandos de voz para computadores que possuem softwares que se utilizem destas tecnologias entre muitas outras utilidades. Impressoras Certamente uma das mais importantes fontes de saída de dados são as impressoras. Assim como todos os periféricos, elas são capazes de receber instruções na linguagem numérica utilizada pelos computadores. Essas instruções é que determinam o tamanho do texto, a fonte a ser utilizada, a posição e cor dos pontos que formarão as imagens etc. Existem diferentes tecnologias de impressão, as principais em uso atualmente são as impressoras matriciais, jato de tinta, laser, plotters e impressoras que imprimem por sublimação e ainda há as multifunções ou multifuncionais. Impressora Matricial: é uma impressora que utiliza uma matriz (conjunto) de agulhas que pressionam uma fita de tinta contra o papel. Essa é a única impressora atual que imprime por contato (tocando no papel), portanto ela permite a impressão de várias vias carbonadas (papel carbono). Impressora Jato de Tinta: é uma impressora que imprime utilizando-se de cartuchos cheios de tinta que cospem tinta no papel. Não há contato físico da cabeça de impressão com o papel. 15

16 Introdução à Informática Impressora Laser: Utiliza um canhão que dispara um feixe de laser num rolo imerso em pó que serve de tinta (este pó chama-se toner). A parte impressa no rolo se prende ao papel, por meio de processos químicos. Neste tipo de impressão também não há contato da cabeça de impressão com o papel. Plotter ou Plotadora: Nome dado às impressoras de grande porte (que são usadas para imprimir plantas baixas de apartamentos e casas em engenharia e arquitetura). Essas impressoras têm uma área lateral muito grande, o que permite a impressão de páginas muito largas, ideais para as plantas nas quais são impressas. Atualmente já existem plotters que imprimem como as impressoras Jato de Tinta. Multifunções: Uma tendência no mercado de equipamentos para escritório é a integração de vários componentes em um único gabinete que pode conter uma combinação de fax, scanner, copiadora, impressora e telefone. Atualmente houve uma popularização das multifunções, haja visto que incorporaram as mais novas tecnologias oferecendo a um custo mais baixo, equipamentos com desempenho semelhante e até mesmo superior aos equipamentos vendidos separadamente. Impressora Cera: Normalmente é utilizada para capas de revistas ou propagandas que exijam alta resolução gráfica, são lentas na impressão com o custo da manutenção muito caro. A sua tecnologia de impressão é com uma fita saturada de cera em cores diferentes e na passagem da página a fita é aquecida. Câmeras Digitais Um equipamento que tem se popularizado nos últimos anos são as câmeras, que não constituem um item necessário para aquisição com um computador. Porém a alta tecnologia e versatilidade de algumas câmeras, dentre as quais se destaca a linha Cyber Shot da Sony, têm atraído cada vez mais pessoas a adquirirem estes equipamentos e montarem em suas próprias casas verdadeiros laboratórios de fotografia digital, através da tecnologia e facilidade das impressoras fotográficas. Constituindo um meio de entretenimento e hobby, podemos encontrar modelos de câmeras sem nenhum recurso de edição e com apenas tecnologia de transferência com o computador até câmeras sofisticadas com alta resolução, zoom óptico, recursos de edição de fotografias e monitores LCD para uma pré-visualização das fotos. As fotografias podem ser gravadas em CD para serem visualizadas no computador ou DVD, impressas ou editadas em poderosas estações fotográficas, como o último modelo da Sony lançado este ano. 16

17 Placas de Áudio, Vídeo e Wireless Introdução à Informática Está presente nas placas onboard ou vendidas separadamente para serem utilizadas por motherboads offboard, que são as melhores. Com a crescente demanda da multimídia para microcomputadores, hoje é comum computadores com todas estas placas inclusas na sua unidade central de processamento. Placas de áudio representam uma solução eficaz no uso da multimídia uma vez que hoje os computadores podem ser utilizados para música, filmes em DVD, jogos, trazendo assim de maneira integrada uma boa aplicação das novas tecnologias de áudio, possibilitando até mesmo a conexão de home theathers. Placas de vídeo são essenciais para pessoas que desempenham atividades gráficas e multimídia ou utilizem do entretenimento digital proporcionado por filmes e jogos. Como as placas de vídeo onboard são as que mais roubam o desempenho do computador, é aconselhável possuir uma placa offboard, que geralmente pode ter a interface PCI ou a mais avançada interface AGP. Para quem se utiliza constantemente de jogos para computador é indispensável o uso de uma placa de vídeo, uma vez que o desempenho e funcionalidade dos jogos ficam comprometidos sem ela.há também placas de vídeo que possibilitam a conexão com cabos de canais de TV e entrada e saída de áudio e vídeo, os que o torna uma solução integrada para o uso de TV e DVD. Placas Wireless dão suporte a uma rede sem fio que se refere a uma rede de computadores sem a necessidade do uso de cabos sejam eles telefônicos, coaxiais ou ópticos por meio de equipamentos que usam radiofrequência (comunicação via ondas de rádio) ou comunicação via infravermelho, como em dispositivos compatíveis com IrDA. O uso da tecnologia vai desde transceptores de rádio como walkie-talkies até satélites artificais no espaço. Seu uso mais comum é em redes de computadores, servindo como meio de acesso à Internet através de locais remotos como um escritório, um bar, um aeroporto, um parque, ou até mesmo em casa, etc. Softwares Software são os programas. É o software que torna o computador útil, informando a ele como executar determinada tarefa. É a combinação entre Hardware e Software que faz nosso computador funcionar como conhecemos, tomando forma e fazendo as coisas acontecerem. Milhares de programas estão disponíveis para uso nas mais diversas áreas, atendendo assim as mais variadas necessidades dos usuários. Os programas podem ser divididos por categorias (tipos). Vejamos algumas delas: 17

18 Introdução à Informática Sistemas Operacionais Tipo especial de software, responsável por gerenciar as informações que fazem com que a máquina se comporte de determinada maneira. Fazendo uma analogia, podemos dizer que o sistema operacional é o chefe dos demais softwares, ou ainda o gerente do computador, pois é sua tarefa controlar a máquina para os outros programas rodarem. O sistema operacional gerencia seus discos e arquivos, controla como o monitor exibe a imagem, define as prioridades de impressão de uma impressora, reserva um espaço da memória para cada programa, enfim, organiza tudo. Existem vários sistemas operacionais, como: FABRICANTE Microsoft IBM Apple SISTEMAS OPERACIONAIS MS-DOS (Microsoft Disk Operating System), Windows 95, Windows 98, Windows ME (Millennium Edition), Windows XP, Windows NT, Windows 2000, Windows Vista, Windows 7. OS/2 Mac OS (para computadores Macintosh) Unix, Linux, dentre outros. Cada sistema operacional tem uma finalidade e é produzido para um determinado tipo de computador. O Windows, por exemplo, é hoje o principal sistema operacional para PCs. Softwares Aplicativos São programas que cumprem finalidades específicas para determinados grupos de pessoas ou interesses individuais. Uma empresa, por exemplo, pode criar um software para controlar o número de empregados, seus endereços, etc. Porém, o próprio mercado se encarregou de criar alguns softwares aplicativos que são necessários a uma grande parte dos usuários de computador, como é o caso dos editores (processadores) de texto, planilhas eletrônicas, entre outros. a) Editores de Texto Produzem documentos, cartas, malas-diretas, livros, etc. Praticamente decretaram a morte da máquina de escrever, pois apesar de ter a mesma função que esta, permite corrigir um erro automaticamente, e melhorar o texto quando bem desejar, aumentando o tamanho da letra, alterando a cor, dividindo em colunas, inserindo um desenho ou foto, etc. Exemplos: Word, WordPerfect. b) Planilhas Eletrônicas São programas capazes de construir planilhas de cálculos, envolvendo fórmulas que você cria ou outras que já vêm embutidas no programa (fórmulas científicas, financeiras, 18

19 Introdução à Informática etc.). Os softwares da categoria das planilhas eletrônicas criam ainda gráficos com variados recursos em 3D, dentre outras aplicações. Exemplos: Excel, Lotus 1-2-3, Quattro Pro. c) Bancos de Dados São programas de uso específico para o controle e gerenciamento de dados. Exemplos: Access, Approach, Paradox. d) Editoração Eletrônica e Programas Gráficos São programas que têm a capacidade de trabalhar com alta resolução gráfica e produzir criações profissionais, como jornais, panfletos publicitários, etc., utilizando fotos, imagens e layout próprio. Exemplos: PageMaker, CorelDRAW, Ilustrator, Photoshop, Publisher. e) Navegadores Também chamados de browsers, são utilizados para "navegar" na Internet. É, portanto, o programa responsável por mostrar as páginas da Internet. Exemplos: Internet Explorer, Navigator. f) Linguagens de Programação São programas com a função especial de criar outros programas. Quando queremos criar algum programa, utilizamos as linguagens de programação, e digitamos ou usamos seus recursos de criação. Existem diversas linguagens de programação com funções distintas e criadas para vários tipos de situação. Exemplos: Cobol, Pascal, C, Clipper, Visual Basic, Delphi, JAVA. g) Antivírus Além do backup se faz necessário a proteção contra vírus, que são programas que são injetados em seu computador através de disquetes, Internet, que tem por objetivo a destruição dos seus dados, para tanto existem softwares para proteção, este são chamados de Anti Vírus (Norton, McAffe, Panda, Etc), lembre-se de sempre mantê-lo atualizado, pois um antivírus desatualizado é o mesmo de não tê-lo. Noções de Rede A rede tem por finalidade o compartilhamento de informações e de equipamentos em um mesmo local. As redes podem ser projetadas para que você compartilhe informações, arquivos, aplicativos, mensagens eletrônicas e recursos tais como impressoras, fax, modem entre outros. Topologias A topologia determina qual o tipo de cabeamento você deverá utilizar e a maneira como os computadores se interligarão. As topologias mais utilizadas são as de barramento linear e a estrela (hub). Na topologia BARRAMENTO todos os nós da rede são conectados 19

20 Introdução à Informática através de um único cabo (cabo coaxial), caso este se rompa ou um conector apresentar algum problema, a rede estará comprometida. Já na topologia ESTRELA utiliza-se um concentrador chamado HUB, o qual recebe todos os segmentos de cabos, ou seja, caso algum cabo apresente algum defeito, somente aquele computador ficará sem operação no compartilhamento das informações. 20

21 Introdução à Internet INTRODUÇÃO A INTERNET 21

22 Introdução à Internet INTRODUÇÃO A INTERNET Comunicação é a melhor palavra para descrever a Internet. São serviços e facilidades que, para algumas pessoas, é o lugar onde elas encontram seus amigos, jogam, perguntam, trabalham, trocam informações e muito mais... HISTÓRICO A Internet começou no início de 1969 sob o nome ARPANET (USA). Composta de quatro computadores tinha como finalidade, demonstrar as potencialidades na construção de redes usando computadores dispersos em uma grande área. Em 1972, 50 universidades e instituições militares tinham conexões. Hoje é uma teia de redes diferentes que se comunicam entre si e que são mantidas por organizações comerciais e governamentais. Mas, por mais estranho que pareça, não há um único proprietário que realmente possua a Internet. Para organizar tudo isto. Existem associações e grupos que se dedicam para suportar, ratificar padrões e resolver questões operacionais, visando promover os objetivos da Internet. Usuário O usuário é toda e qualquer pessoa que se conecte a Internet utilizando um computador, seja através de uma linha telefônica e um modem, através de ondas de rádio ou ainda via satélite. Também com a Internet, qualquer pessoa pode, de sua própria casa, oferecer um serviço de informação baseado na Internet, a partir de um microcomputador, sem precisar da estrutura que no passado só uma empresa de grande porte poderia manter. Essa perspectiva abre um enorme mercado para profissionais e empresas interessados em oferecer serviços de informação específicos. Há também os usuários institucionais, que são empresas que conectam parte ou toda sua rede corporativa à Internet, objetivando fornecer acesso à Internet para seus funcionários, meio de comunicação entre filiais e clientes, ou até mesmo promover vendas de produtos através da Internet. As empresas adotam uma política de segurança voltada ao controle de acesso à sua rede, visando evitar invasões, daí investirem em equipamentos e softwares orientados a controlar o tráfego entre a rede da empresa e a Internet, esse recurso é conhecido como Firewall. Provedor de Acesso Para acessar a rede mundial de computadores, temos que escolher um provedor de acesso. Provedor de Acesso é uma empresa que possibilita o acesso dos usuários à rede interconectando-os ao sistema de comunicação do país. Os provedores mantêm a conexão permanente (dedicada) com esses sistemas e é mantido com as mensalidades que os clientes pagam para utilizar a Internet. Existem vários provedores e uma análise nas vantagens que eles oferecem ao cliente, é de extrema importância. Provedores com poucas linhas e baixa velocidade dos links (Kbps) devem ser evitados, caso você não deseje ter dor de cabeça. 22

23 Introdução à Internet Fique atento ao seguinte detalhe: muitos provedores de acesso à Internet são BBS (Sistema de Quadro de Avisos) que, além de permitir o acesso à Internet, oferecem serviços de correio eletrônico local, vendas de produtos, bate-papo e banco de dados com muita informação importante que poderá ser copiada para seu computador. Estes tipos de provedores aumentam ainda mais as potencialidades de comunicação em seu computador. Backbone O termo Backbone, independentemente do local e tamanho, tem como significado Espinha Dorsal, ou seja, é a estrutura central que comporta o fluxo de informações que trafegam dentro de uma determinada rede. Dentro de algumas empresas, há uma estrutura de cabeamento que percorre todo o prédio mas que vai em direção à parte central que, por sua vez, tem como objetivo principal o encaminhamento das informações para os servidores. De forma mais abrangente, temos o backbone nacional que permite a comunicação de todos os seguimentos de conectividade com o exterior. Endereço Antes que você possa entender completamente como usar a Internet, deve entender o endereçamento. Endereços são também conhecidos como URL (Uniform Resource Locator). Tudo aquilo que você faz na Internet de alguma forma envolve o uso de um endereço. Endereços são aquilo que parecem ser - uma maneira de identificar uma área ou um indivíduo na Rede. Todos os computadores e usuários possuem um endereço. A função desses endereços assemelha-se a dos endereços residenciais e comerciais - eles auxiliam usuários, correspondências eletrônicas e informações a se deslocarem com êxito do ponto A para o ponto B. A Internet utiliza um método conhecido como Domain Name System (DNS) para atribuir endereços aos computadores. Os endereços da Internet podem ser representados por séries de números ou simplesmente nomes. (Os números e nomes representam o mesmo endereço). Os computadores utilizam os endereços numéricos para direcionar os dados pela Internet, ao passo que os usuários utilizam endereços em formato de nome. Por quê? São mais fáceis de lembrar. WWW (World Wide Web) A expressão World Wide Web (teia mundial) fornece uma descrição precisa do sistema. Como os servidores de computadores da Web se conectam à Internet, literalmente abrangem um sistema mundial. O termo Web (teia) fornece uma descrição reveladora de como os hiperlinks conectam as informações e os tipos de mídia armazenados nesses computadores, parecendo uma teia. World Wide Web, parece um título imponente e grandioso. No entanto esse sistema de navegação é uma das melhores coisas que surgiram na Internet nos últimos anos. Conhecido também como WWW ou simplesmente Web. Web possui duas características significativas que a diferenciam de outros sistemas da Internet. Trata-se da multimídia interativa e dos hiperlinks. Em linguagem simples, a multimídia interativa refere-se ao fato de que a Web permite que você acesse vários tipos de mídia e recursos, como documentos, elementos gráficos, fotografias, áudio e vídeo, e os traga diretamente para seu computador, seu monitor e, se os possuir, seus alto-falantes estéreo. Os hiperlinks são as conexões entre esses diferentes recursos. 23

24 Introdução à Internet O aspecto interativo refere-se ao fato de que, assim como o comandante de um navio, você decide para onde ir e o que ver, visualizar ou ouvir. A Web é um pouco semelhante a uma vasta coleção de livros, slides, CDs e videotapes que se encontram imediatamente à sua disposição. Os hiperlinks, ou hiperligações, são outro aspecto importante da Web. Os hiperlinks são ponteiros eletrônicos que ajudam você a passar de um recurso da Web para outro, simplesmente digitando apenas um número ou apontando e dando um clique com o mouse. Domínios Tipicamente, a parte de nível mais alto de um domínio completo é um código indicando o tipo da organização à qual pertence o domínio. Desta forma você pode notar, a primeira vista, o tipo de sistema ao qual pertence a rede de comunicação. Veja abaixo alguns tipos de domínios organizacionais: Domínio COM EDU GOV INT MIL NET ORG Significado Empresas comerciais Instituições educacionais (escolas e universidades) Órgãos e departamentos do governo Instituições internacionais, como a OTAN Instalações militares Companhias ou organizações que administram grandes redes Organizações sem fins lucrativos e outras que não se enquadram em nenhum dos outros casos, como as ONGs No caso dos domínios geográficos, se o domínio estiver fora dos Estados Unidos, ele receberá um código que indica o país a que pertence. Este código consiste somente de dois caracteres, que representam os códigos internacionais dos países. Assim, o seguinte endereço indica que o domínio está no Brasil: Existem vários códigos de domínios geográficos, os mais comuns estão mostrados na tabela a seguir: Homepages Domínio País Domínio País Au Austrália jp Japão Ca Canadá mx México Ch Suíça nz Nova Zelândia De Alemanha pl Polônia Dk Dinamarca ru Federação Russa Es Espanha tr Turquia Fr França uk Reino Unido Il Israel us Estados Unidos It Itália va Vaticano A apresentação das informações dentro da Internet pode ser conseguida graças às homepages que são exatamente as portas de entrada para um show de exibição e variedade de assuntos. As homepages são criadas a partir de programas específicos que permitem a navegação através de links (este item será abordado mais adiante). Dentro destas páginas 24

25 Introdução à Internet de apresentação podemos encontrar todo tipo de exibição de dados, desde imagens até chamadas para arquivos de sons. Sites Para apresentar um assunto que possua uma quantidade enorme de informações, seria necessário criar uma seqüência de páginas para que seja abordado todo o assunto. A esta seqüência de páginas (homepages) dá-se o nome de Site. Por exemplo, um banco qualquer, que possua o seu endereço na Internet precisaria de muitas páginas para apresentar os vários tipos de serviços que ele possa proporcionar aos seus clientes, como, extrato, aplicações, informações, transferências, entre outros. Para isso, deve-se criar uma página para cada tipo de serviço mas que esteja ligada ao referido banco. Links São elementos presentes na janela de uma homepage que permitem acessar, da janela atual, outra janela que contenha novas informações referentes ao mesmo da anterior, ou até, chamar outros sites com assuntos diferentes. Obs.: Ao posicionar o mouse sobre um link, este passa a ficar com a forma de uma mão com o dedo indicador apontando para algo na tela. Tipos de Acessos Um usuário pode se filiar a um provedor e acessar no momento em que desejar, ou acessar permanente, onde grandes empresas, universidades e órgãos governamentais em geral compram uma conexão dedicada ou permanente à Internet. Os provedores podem fornecer acesso à Internet através de linha telefônica, ondas de rádio ou via satélite. Uma conexão dedicada permite que essas organizações operem - 24 horas por dia - um computador que fala linguagem de comunicação TCP/IP. Esses computadores estão literalmente conectados dia e noite à Internet. Navegador ou Browser Todos os aplicativos da Internet possuem um programa que você usa para recuperar informações disponíveis no ciberespaço. A World Wide Web não é diferente. Os programas que você usa para navegar através da Web são conhecidos como Browser. Existem vários browsers no mercado, mas os mais utilizados, são o Navigator da Netscape, e o Internet Explorer da Microsoft. Qualquer um deles pode ser adquirido gratuitamente, via Internet, e provavelmente o seu provedor lhe entregará uma cópia de um destes, quando você fizer sua inscrição. Antes de você poder se conectar ao seu provedor, você precisará de algumas informações fornecidas por ele (o seu provedor), como: seu nome de acesso (username), seu endereço de , sua senha, os endereços de DNS, o endereço do servidor de e o número do telefone de acesso. 25

26 Introdução à Internet ANOTAÇÕES 26

27 Windows 7 27

28 Introdução ao Microsoft Windows 7 Windows 7 O Windows 7 é o mais novo sistema operacional desenvolvido pela Microsoft. Visualmente o Windows 7 é semelhante ao seu antecessor, o Windows Vista, porém a interface é muito mais rica e intuitiva, tornando a experiência individual um verdadeiro prazer. Esse sentido se traduz na facilidade de localizar seus aplicativos e arquivos. Hoje encontramos ícones tridimensionais, agrupamento de aplicativos na barra de tarefas, design moderno e visualizações dinâmicas que permitem localizar de forma fácil, rápida e atraente os programas ou documentos abertos. É Sistema Operacional multitarefa e para múltiplos usuários. O novo sistema operacional da Microsoft trouxe, além dos recursos do Windows 7, muitos recursos que tornam a utilização do computador mais amigável. Algumas características não mudam, inclusive porque os elementos que constroem a interface são os mesmos. Versões do Windows 7 Foram desenvolvidas muitas versões do Windows 7 para que atendam às diversas características de plataformas computacionais e necessidades tecnológicas diferentes e existentes no mercado (residencial e corporativo). - Windows 7 Starter: Projetado especificamente para ajudar mais as pessoas em mercados de tecnologia em desenvolvimento a aprender habilidades valiosas com computador e a atingir novas oportunidades. Ideal para netbooks. - Windows 7 Home Premium: É ideal para residências com necessidades básicas de computação como , navegação na Internet e compartilhamento/visualização de fotos, músicas e vídeos. - Windows 7 Professional: É a edição para aqueles que preferem trabalhar tanto no ambiente doméstico quanto no ambiente de trabalho. Com todos os recursos do Windows Home Premium, ele ainda permite trabalhar com funcionalidades como Modo Windows XP para executar aplicativos mais antigos que se executam normalmente no Windows XP e possui backup automático para os seus dados. - Windows 7 Ultimate: É a escolha certa para quem quer ter tudo. Alterne facilmente entre os mundos de produtividade e experimente a edição mais completa do Windows 7. Além das funcionalidades do Windows Home Premium e do Windows Professional, o Ultimate tem os recursos de economia de energia, segurança como BitLocker e BitLocker To Go, recursos de mobilidade como Direct Access que funciona integrado a uma rede com Windows Server 2008 R2. Área de Trabalho A Área de trabalho é composta pela maior parte de sua tela, em que ficam dispostos alguns ícones. Uma das novidades do Windows 7 é a interface mais limpa, com menos ícones e maior ênfase às imagens do plano de fundo da tela. Com isso você desfruta uma área de trabalho suave. A barra de tarefas que fica na parte inferior também sofreu mudanças significativas. 28

29 Windows 7 Lixeira A Área de trabalho do Windows 7 é bem colorida e possui apenas um ícone: o da Lixeira. Na Lixeira ficam armazenados os arquivos que são apagados pelo usuário, ou intencionalmente ou acidentalmente. Mas eles podem ser recuperados, por isso ela possui a ilustração do símbolo da reciclagem. Como padrão, na instalação do Windows, será colocado na área de trabalho apenas o ícone Lixeira, porém, você poderá inserir quantos ícones desejar. 29

30 Windows 7 Barra de Tarefas É uma área de suma importância para a utilização do Windows 7, pois no botão Iniciar ficam os principais comandos e recursos do Windows. A Barra de tarefas tem ainda a importante função de avisar quais são os aplicativos em uso, pois é mostrado um retângulo pequeno com a descrição do(s) aplicativo(s) que está(ão) ativo(s) no momento, mesmo que algumas estejam minimizadas ou ocultas sob outra janela, permitindo assim, alternar entre estas janelas ou entre programas com rapidez e facilidade. Podemos alternar entre as janelas abertas com a sequência de teclas ALT+TAB (FLIP) permitindo escolher qual janela, ou programa deseja manipular, ALT+ESC que alterna entre as janelas abertas sequencialmente e Tecla Windows (WINKEY) + TAB (FLIP 3D) abre o Windows Aero (FLIP3D). A barra de tarefas também possui o menu Iniciar, barra de inicialização rápida e a área de notificação, onde você verá o relógio. Outros ícones na área de notificação podem ser exibidos temporariamente, mostrando o status das atividades em andamento. Por exemplo, o ícone da impressora é exibido quando um arquivo é enviado para a impressora e desaparece quando a impressão termina. Você também verá um lembrete na área de notificação quando novas atualizações do Windows estiverem disponíveis para download no site da Microsoft. O Windows 7 mantém a barra de tarefas organizada consolidando os botões quando há muitos acumulados. Por exemplo, os botões que representam arquivos de um mesmo programa são agrupados automaticamente em um único botão. Clicar no botão permite que você selecione um determinado arquivo do programa. 30

31 Windows 7 Outra característica muito interessante é a pré-visualização das janelas ao passar a seta do mouse sobre os botões na barra de tarefas. Botão Iniciar Está no mesmo local do menu Iniciar, encontrado na Barra de tarefas, o qual, quando clicado, apresenta a listagem de comandos existentes. O botão Iniciar é o principal elemento da Barra de Tarefas. Ele dá acesso ao Menu Iniciar, de onde se podem acessar outros menus que, por sua vez, acionam programas do Windows. Ao ser acionado, o botão Iniciar mostra um menu vertical com várias opções. Alguns comandos do menu Iniciar têm uma seta para a direita, significando que há opções adicionais disponíveis em um menu secundário. Se você posicionar o ponteiro sobre um item com uma seta, será exibido outro menu. O botão Iniciar é a maneira mais fácil de iniciar um programa que estiver instalado no computador, ou fazer alterações nas configurações do computador, localizar um arquivo, abrir um documento. É apresentado em duas colunas. A coluna da esquerda apresenta atalhos para os programas instalados e para os programas abertos recentemente. Na coluna da direita o menu personalizado apresentam atalhos para as principais pastas do usuário como Documentos, Imagens, Músicas e Jogos. A sequência de teclas para ativar o Botão Iniciar é CTRL+ESC ou a Tecla do Windows (WINKEY). As opções existentes no botão Iniciar estão dispostas no lado esquerdo do menu e no direito. À esquerda você encontra os aplicativos ou recursos colocados na sua máquina. Algumas opções que poderão estar no botão Iniciar: - Todos os Programas: Exibe uma lista completa com todos os programas do Windows 7 e aplicativos instalados em seu computador. 31

32 Windows 7 - Lupa: A Lupa amplia partes diferentes da tela. Esse recurso é útil para a exibição de partes difíceis de ver. - Windows Fax e Scan: Permite que se receba ou emita fax, além de escanear um documento. - Visualizador XPS: Visualizador dos arquivos criados em formato XPS (XML Paper Specification). - Calculadora: Aplicativo calculadora que auxilia na criação de contas simples. - Paint: Aplicativo para edição de imagens, além de permitir criá-las. - Conexão de Área de Trabalho Remota: Aplicativo que possibilita a conexão com outros computadores remotamente, desde que se obedeçam às permissões. - Notas Autoadesivas: São lembretes que ficam pendurados na Área de trabalho do Windows. - Conectar a um Projetor: Aplicativo que permite a conexão facilitada a um projetor para exibição da tela em ambientes apropriados, tais como auditórios, salas de reunião, salas de treinamento etc. - Ponto de Partida: Central de tarefas em que são oferecidos recursos que facilitam o uso do Windows, tais como Backup de arquivos, personalizar o Windows, conexão à internet, entre outros. - Windows Live Messenger: Aplicativo que permite a conversa com outras pessoas em tempo real, no modo texto. Desligando seu Computador Quando você termina de usar o computador, é importante desligá-lo corretamente não apenas para economizar energia, mas também para garantir que os dados sejam salvos e para ajudar a manter seu computador mais seguro. E o melhor de tudo: o computador iniciará rapidamente na próxima vez que você quiser utilizá-lo. Desligamento: O novo conjunto de comandos permite Desligar o computador, Bloquear o computador, Fazer Logoff, Trocar Usuário, Reiniciar, Suspender ou Hibernar. Para desligar o computador, clique no botão Iniciar e, em seguida, clique no botão para ligar/desligar no canto inferior direito do menu Iniciar. Normalmente, o botão Ligar/desligar tem a seguinte aparência: 32

33 Windows 7 Suspender: Quando você clica neste botão, o computador entra em modo de suspensão. O Windows salva automaticamente seu trabalho, o monitor é desativado e o ruído da ventoinha do computador para. Geralmente, uma luz na parte externa do gabinete do computador pisca ou fica amarela para indicar que o computador está em suspensão. Todo o processo leva apenas alguns segundos. Como o Windows salva seu trabalho, não há necessidade de fechar os programas e arquivos antes de colocar o computador em suspensão. Na próxima vez que você ligar o computador (e inserir sua senha, se necessário), a aparência da tela será exatamente igual a quando você desligou o computador. Para acordar o computador, pressione o botão para ligar/desligar no gabinete do computador. Como você não tem de esperar o Windows iniciar, o computador acorda em segundos e você pode voltar ao trabalho quase imediatamente. Plano de Fundo Todos nós temos uma foto preferida, não é mesmo? Qual é a sua? Aquela que está no porta-retratos da sua mesa de trabalho ou de estudos? Com o Windows, você pode exibir suas fotos favoritas como plano de fundo da área de trabalho de seu computador. Além de fotos, o plano de fundo pode ser uma imagem ou um desenho, que deixa o ambiente de trabalho do Windows mais bonito cu até mesmo personalizado, ou seja, do jeito que você gosta. Quando vai a alguma loja ou escritório, você já deve ter notado que algum monitor exibe fotos de família ou mesmo belas paisagens, não é mesmo? Os planos de fundo da área de trabalho do Windows, também são conhecidos como papéis de parede. Hoje em dia existem vários sites especializados em disponibilizar papéis de parede, com os mais variados temas: carros, animais, anjos, etc. Ícones Representação gráfica de um arquivo, pasta ou programa. Você pode adicionar ícones na área de trabalho, assim como pode excluir. Alguns ícones são padrões do Windows: Computador, Painel de Controle, Rede, Lixeira e a Pasta do usuário. Os ícones de atalho são identificados pela pequena seta no canto inferior esquerdo da imagem. Eles permitem que você acesse programas, arquivos, pastas, unidades de disco, páginas da web, impressoras e outros computadores. Os ícones de atalho oferecem links para os programas ou arquivos que eles representam. Você pode adicioná-los e excluí-los sem afetar os programas ou arquivos atuais. Para selecionar ícones aleatórios, pressione a tecla CTRL e clique nos ícones desejados. Quando você instala programas em seu computador, alguns deles automaticamente criam um ícone de atalho na área de trabalho. Veja a seguir alguns exemplos de ícones: 33

34 Windows 7 Adobe PhotoShop CorelDRAW X3 Internet Explorer Windows Live Messenger CS3 Cada ícone contém o nome, do programa ou pasta, correspondente. Este nome pode ser modificado conforme a necessidade. Trabalhando com Janelas Mesmo que o conteúdo de cada janela seja diferente, todas as janelas têm algumas coisas em comum. A maioria das janelas possuem as mesmas partes básicas Barra de Título: Está localizada na parte superior de uma janela, sendo colorida em azul, na instalação padrão, Apresenta o nome do programa em uso e/ou nome do documento atualmente aberto. 34

35 Windows 7 Permite que o usuário movimente a janela para um outro local da tela, ou seja, o usuário posiciona o mouse sobre a Barra de Título, pressiona e segura o botão esquerdo do mouse e arrasta a janela para outra posição, fazendo com que todo o conteúdo sofra também um deslocamento. 2 - Barra de Menus: Ao longo da parte superior de toda as janelas há uma Barra de Menu que relaciona todos os menus disponíveis. Um menu consiste em uma lista de comandos que executam tarefas. A maioria dos programas possui um menu Arquivo, um menu Editar e um menu Ajuda, além de outros, exclusivos do próprio programa. 3 Botão Minimizar: Permite ocultar a janela, deixando-a visível somente como um botão na barra de tarefas. 4 Botão Maximizar: Ao clicar neste botão, a janela ocupa a tela inteira do monitor. Com a janela maximizada, este botão se transforme no botão Restaurar Tamanho. Botão Restaurar Tamanho: Este botão também está localizado no meio dos 3 botões, porém só é apresentado se a janela estiver maximizada, portanto o botão Restaurar se alterna com o botão de Maximizar dependendo de como a respectiva janela esteja apresentada. Pressionar o botão "Restaurar" faz com que a janela de aplicativo retorne ao seu tamanho anterior. 5 Botão Fechar: Como o próprio nome diz, este botão é utilizado para fechar a janela do programa. 6 Barras de rolagem: Permite rolar o conteúdo da janela para cima, para baixo e para os lados, para ver informações que estão fora de visão no momento. Windows Explorer No computador, para que tudo fique organizado, existe o Windows Explorer. Ele é um programa que já vem instalado com o Windows e pode ser aberto através do Botão Iniciar ou do seu ícone na barra de tarefas. Este é um dos principais utilitários encontrados no Windows 7. Permite ao usuário enxergar de forma interessante a divisão organizada do disco (em pastas e arquivos), criar outras pastas, movê-las, copiá-las e até mesmo apagá-las. Com relação aos arquivos, permite protegê-los, copiá-los e movê-los entre pastas e/ou unidades de disco, inclusive apagá-los e também renomeá-los. Em suma, é este o programa que disponibiliza ao usuário a possibilidade de gerenciar todos os seus dados gravados. 35

36 Windows 7 O Windows 7 é totalmente voltado para tarefas e usuários, portanto o que você enxerga são os arquivos do usuário que está ligado. Eventualmente, se efetuar a troca de usuários e abrir o Windows Explorer, ele mostrará primeiramente os arquivos desse novo usuário e assim sucessivamente. Uma das novidades do Windows 7 são as Bibliotecas. Por padrão já consta uma na qual você pode armazenar todos os seus arquivos e documentos pessoais/trabalho, bem como arquivos de músicas, imagens e vídeos. Também é possível criar outra biblioteca para que você organize da forma como desejar. O Windows Explorer está dividido em várias partes. A porção da esquerda mostra a sua biblioteca, que pode incluir seus arquivos, suas músicas, filmes e imagens; há também o ícone Favoritos para visualizar seus sites preferidos, a área de trabalho, sua rede doméstica ou de trabalho e o Computador. À direita do Windows Explorer você pode observar os arquivos existentes na pasta explorada. Você pode criar livremente as pastas. O Windows 7 utiliza a Biblioteca como padrão para armazenar seus dados. Isso permite maior organização e facilita a localização. Ainda assim, por exemplo, dentro da pasta Documentos é possível criar pastas para organizar suas informações. A vantagem de poder criar uma pasta é exatamente ter os trabalhos organizados e divididos por assunto, como se fossem gavetas de um armário. Ao abrir o Windows Explorer o novo sistema de BIBLIOTECAS permite acesso rápido as principais pastas do usuário. Veja a seguir uma explicação sobre as partes da janela do Windows Explorer. Botões Minimizar, Maximizar e Fechar: servem, respectivamente, para reduzir a janela a um botão na barra de tarefas, para fazer com que a janela ocupe a tela toda e para fechar o programa. 36

37 Windows 7 Botões Avançar e Voltar: o botão Voltar serve para que volte à pasta anterior, ou seja, a pasta que você acessou antes da atual. O botão Avançar passa para a pasta seguinte. Barra de endereço: é o local onde você digita o endereço da pasta ou do arquivo desejado. Enquanto você digita, o botão Ir para é exibido. Ao localizar a pasta ou o arquivo desejado, basta clicar sobre este botão. Caixa de Pesquisa: utilizando esta caixa, você poderá procurar rapidamente por qualquer arquivo ou pasta que esteja no computador. Você verá mais detalhes sobre ela no próximo tópico. Barra de Ferramentas: exibe várias opções, de acordo com os itens que são acessados no painel de navegação. Você verá como utilizá-la a seguir, ainda neste tópico. Painel de navegação: Como o próprio nome diz, através dele você navega pela área de trabalho, pelas bibliotecas, pelo disco rígido do computador e pela rede, caso o computador esteja conectado a alguma. 37

38 Windows 7 No painel de navegação, os itens são divididos em categorias: Favoritos, Bibliotecas, Computador e Rede. Favoritos: Permite que você acesse os itens da Área de trabalho, os arquivos que foram baixados da Internet (pasta Downloads) e todos os locais que você acessou recentemente, no seu computador ou na rede. Bibliotecas: Uma biblioteca se parece muito com uma pasta, mas não armazena arquivos. Em vez disso, uma biblioteca aponta para os locais em que seus arquivos estão armazenados e mostra todos como uma só coleção. Computador: Exibe o disco rígido do computador (Disco Local C:). Se houver mais de um disco ou se um disco estiver particionado, o Windows Explorer irá exibi-la com a letra seguinte (Disco Local D:). O item Computador também exibe a unidade de CD ou DVD, caso haja alguma. Rede: Se o seu computador estiver conectado a uma rede, este item fará parte do painel de navegação e irá exibir todos os computadores que fazem parte da rede. Painel direito: Exibe todas as opções referentes aos itens que estão no painel de navegação. Arquivos e Pastas Agora, você aprenderá mais sobre os arquivos e as pastas. Como você já sabe, cada arquivo possui um nome que o identifica, facilitando o trabalho do usuário. Cada um também tem seu formato. Por exemplo, existem arquivos do Bloco de notas, do Paint, do WordPad e assim por diante. De modo que um arquivo criado pelo Bloco de notas não pode ser aberto pelo Paint, pois o formato desse arquivo é texto, e o Painel reconhece arquivos de imagens. Podemos identificar o formato de um arquivo observando o seu ícone, que é igual ao ícone do aplicativo que o criou. 38

39 Windows 7 Vendo os ícones, você pode ver como é fácil distinguir qual é o formato de cada arquivo. Primeiro por causa do seu ícone, e segundo porque seus nomes facilitam a identificação. Portanto, ao salvar arquivos, dê-lhes nomes pequenos e fáceis de identificá-los, relacionados ao assunto do seu conteúdo. Outra coisa importante que deve ser lembrada é que dois arquivos do mesmo formato não podem ter o mesmo nome no mesmo local, ou seja, na mesma pasta. Agora, caso um arquivo seja do formato texto e o outro formato de desenho, esse problema não ocorre. O sistema operacional reconhece o formato de um arquivo pela sua extensão. Como o próprio nome diz, ela é uma extensão do nome do próprio arquivo. Seria como se fosse o sobrenome, para saber de que família ele pertence (família das imagens, dos textos, das músicas etc). Todo arquivo possui uma extensão (quase sempre formada por três letras), e ela vem depois de seu nome. Por padrão, o Windows oculta todas as extensões dos arquivos, mostrando apenas o nome dele, mas é a partir delas que o sistema sabe qual aplicativo deverá abrir o arquivo solicitado. O nome do arquivo é separado de sua extensão por um ponto (.). 39

40 Windows 7 Observação - Note que a extensão dos arquivos do Bloco de notas é "txt". É por esse motivo que podemos dar o mesmo nome a arquivos com extensões diferentes na mesma pasta. Pois o sistema percebe que eles não pertencem ao mesmo formato. O tipo de um arquivo pode ter mais de uma extensão. É o caso dos arquivos de imagem. A diferença está na qualidade dos formatos, na quantidade de espaço em disco que o arquivo ocupa e em quais aplicativos ele pode ser aberto. Além dessas extensões, existe também outro tipo de arquivo que é essencial para o funcionamento de todo o sistema operacional. São os arquivos executáveis. Os arquivos executáveis possuem a extensão EXE. Eles são os arquivos principais dos aplicativos no Windows. Todo aplicativo possui um arquivo com a extensão EXE, que é o responsável pela execução do mesmo (por isso o nome executável). Vamos pegar como exemplo a calculadora. Na verdade, a calculadora propriamente dita é o arquivo calc.exc, que fica localizado em uma das pastas internas do Windows. Portanto, o atalho da calculadora, que fica no grupo Acessórios, do menu Iniciar, direciona diretamente para esse arquivo. Sem os atalhos, precisaríamos abrir os aplicativos sempre pelo seu arquivo executável, tornando o trabalho muito complicado, pois cada aplicativo fica instalado em uma pasta diferente no sistema operacional. Live Icons (modos de exibição) Os ícones ao vivo no Windows 7 são um grande melhoramento em relação aos ícones tradicionais. Nas aplicações que tenham esta funcionalidade disponível, os Live Icons fornecem-lhe uma pré-visualização em miniatura do conteúdo de cada arquivo, em vez de uma representação genérica da aplicação que está associada ao arquivo. Conseguirá ver pré-visualização dos arquivos - incluindo as primeiras páginas dos seus documentos, as suas fotos e mesmo as capas dos álbuns das músicas que têm gravadas no computador sem ter que abrir qualquer desses arquivos. 40

41 Windows 7 Painel de Visualização De forma a oferecer-lhe uma maneira ainda mais completa de pré-visualizar os conteúdos dos documentos sem ter que os abrir, os Exploradores como o Explorador de Documentos, Explorador de Música e o Explorador de Imagens oferecem-lhe um Painel de Visualização opcional. Nas aplicações que disponibilizem esta funcionalidade poderá navegar por prévisualizações legíveis de vários documentos ou antever alguns segundos do conteúdo de arquivos de mídia. Para isso basta clicar no botão Mostrar Painel de Pré-Visualização que fica na Barra de Ferramentas. 41

42 Windows 7 Aplicativos de Windows 7 O Windows 7 inclui muitos programas e acessórios úteis. São ferramentas para edição de texto, criação de imagens, jogos, ferramentas para melhorar o desempenho do computador, calculadora e etc. Se fôssemos analisar cada acessório que temos, encontraríamos várias aplicações, mas vamos citar as mais usadas e importantes. A pasta Acessórios é acessível dando se um clique no botão Iniciar na Barra de tarefas, escolhendo a opção Todos os Programas e no submenu, que aparece, escolha Acessórios. Bloco de Notas Aplicativo de edição de textos (não oferece nenhum recurso de formatação) usado para criar ou modificar arquivos de texto. Utilizado normalmente para editar arquivos que podem ser usados pelo sistema da sua máquina. O Bloco de Notas serve para criar ou editar arquivos de texto que não exijam formatação e não ultrapassem 64KB. Ele cria arquivos com extensões.ini,.sys e.bat, pois abre e salva texto somente no formato ASCII (somente texto). Word Pad Editor de texto com formatação do Windows. Pode conter imagens, tabelas e outros objetos. A formatação é limitada se comparado com o Word. A extensão padrão gerada pelo 42

43 Windows 7 Word Pad é a RTF. Lembre-se que por meio do programa Word Pad podemos salvar um arquivo com a extensão DOC entre outras. Paint Editor simples de imagens do Windows. A extensão padrão é a BMP. Permite manipular arquivos de imagens com as extensões: JPG ou JPEG, GIF, TIFF, PNG, ICO entre outras. 43

44 Windows 7 Calculadora Pode ser exibida de quatro maneiras: padrão, científica, programador e estatística. Painel de Controle O Painel de controle fornece um conjunto de ferramentas administrativas com finalidades especiais que podem ser usadas para configurar o Windows, aplicativos e ambiente de serviços. O Painel de controle inclui itens padrão que podem ser usados para tarefas comuns (por exemplo, Vídeo, Sistemas, Teclado, Mouse e Adicionar hardware). Os aplicativos e os serviços instalados pelo usuário também podem inserir ícones no Painel de controle. Existem três opções de modo de exibição para o Painel de controle: O modo de exibição Categoria, Ícones grandes e Ícones pequenos. A Janela Botões Minimizar, Maximizar e Fechar: Servem, respectivamente, para reduzir a janela a um botão barra de tarefas, para fazer com que a janela ocupe a tela toda e para fechar o programa. Botões Avançar e Voltar: O botão Voltar serve par que volte à categoria anterior, ou seja, a categoria que você acessou antes da atual. O botão Avançar passa para a categoria seguinte. 44

45 Windows 7 Barra de endereço: É o local onde você digita o endereço da categoria ou item desejado. Enquanto você digita, o botão é exibido. Caixa de Pesquisa: Através desta caixa, você poderá procurar rapidamente por qualquer item do Painel de Controle. Modo de exibição categoria O modo de exibição Categoria exibe os ícones do Painel de controle de acordo com o tipo de tarefa que o usuário desejar executar. - Sistema e Segurança: Exibe uma série de recursos para manutenção e segurança de seu computador, tais como: Central de Ações, Firewall do Windows, Sistema, Windows Update, Opções de energia, Backup e Restauração etc. - Rede e Internet: Exibe o status e as tarefas de rede, tais como: Central de Rede e Compartilhamento, Grupos Doméstico e Opções da Internet. - Hardware e Sons: Exibe várias opções para você adicionar novos Hardwares e Gerenciar os dispositivos de Áudio e Vídeo em geral. - Programas: Nesta opção você pode gerenciar todos os programas em seu computador, podendo desinstalar e restaurar os programas instalados. - Contas de Usuários e Segurança familiar: Permite gerenciar os usuários do computador, determinando se o usuário poderá executar algumas tarefas ou não. Uma conta de usuário é o conjunto de informações que diz ao Windows quais arquivos e pastas o usuário poderá acessar, quais alterações poderá efetuar no computador e quais 45

46 Windows 7 são suas preferências pessoais. Cada pessoa acessa sua conta com um nome de usuário e uma senha. Há três tipos principais de contas: - Administrador: Criada quando o Windows é instalado, Ele lhe dá acesso completo ao computador. - Usuário padrão: Permite que você execute tarefas comuns e trabalhe com seus próprios arquivos. - Convidado: Destina-se às pessoas que precisam de acesso temporário ao computador. Controle dos Pais Ajuda a controla o modo como as crianças usam o computador. Por exemplo, você pode definir limites para a quantidade de horas que seus filhos podem usar o computador, os jogos que podem jogar e os programas que podem executar. - Aparência e Personalização: Nesta opção você pode controlar toda a aparência de seu computador, o modo como sua tela será exibida. Poderá alterar o tema, o Plano de fundo da Área de trabalho, ajustar a Resolução da tela etc. - Relógio, Idioma e Região: Nesta opção você poderá alterar a Data e hora, Fuso horário e muitos outros. - Facilidade de Acesso: Permite que o Windows sugira configurações, poderá Otimizar a exibição visual, Alterar configuração do mouse etc. Modos de exibição ícones pequenos e ícones grandes Os modos de exibições Ícones grandes e Ícones pequenos exibem os ícones do Painel de controle em um modo de exibição que é familiar aos usuários de versões anteriores do Windows 7. 46

47 Windows 7 Ícones grandes Novidades do Windows 7 - Ajustar O recurso Ajustar permite o redimensionamento rápido e simétrico das janelas abertas, basta arrastar a janela para as bordas pré-definidas e o sistema a ajustará às grades. - Aero Peek Exclusivo das versões Home Premium, Professional e Ultimate, o Aero Peek permite que o usuário visualize as janelas que ficam ocultadas pela janela principal. - Nova Barra de Tarefas A barra de tarefas do Windows 7 conta com uma grande atualização gráfica. Agora o usuário pode ter uma prévia do que está sendo rodado, apenas passando o mouse sobre o item minimizado. - Aero Shake Área de trabalho bagunçada? Muitas janelas abertas? Basta selecionar a janela deseja, clicar na barra de títulos e sacudir. Todas as outras janelas serão minimizadas automaticamente. - Jumplist Esse novo recurso permite a criação de listas de atalhos para acesso mais dinâmico aos documentos, sites e programas usados com mais frequência. Além da atualização automática, é possível fixar os atalhos favoritos, para que não sejam trocados. 47

48 Windows 7 - Planos de fundo A cada versão do Windows, a Microsoft prepara novas imagens para papéis de parede, com o Windows 7 não poderia ser diferente. E ainda há uma novidade, o novo sistema operacional permite a configuração de apresentação de slides para planos de fundo, trocando as imagens automaticamente. - Alternância de Tarefas A barra de alternância de tarefas do Windows 7 foi reformulada e agora é interativa. Permite a fixação de ícones em determinado local, a reorganização de ícones para facilitar o acesso e também a visualização de miniaturas na própria barra. - Grupos Domésticos Para facilitar o compartilhamento de arquivos e impressoras na rede doméstica, a Microsoft criou o recurso dos grupos domésticos. Uma vez criado o grupo, torna-se muito mais ágil e simples o compartilhamento de músicas, vídeos, documentos e fotos entre computadores. Permite também a proteção por senhas e o controle do conteúdo compartilhado. - Gadgets Diferentemente do Windows Vista, que prendia as gadgets na barra lateral do sistema. O Windows 7 permite que o usuário redimensione, arraste e deixe as gadgets onde quiser, não dependendo de grades determinadas. - Gerenciador de Jogos O gerenciador de jogos do Windows 7 permite a conexão com feeds de atualizações e novas aplicações da Microsoft, registra vitórias, derrotas e outras estatísticas. O novo sistema operacional conta ainda com a volta de três jogos online do Windows XP, Damas, Espadas e Gamão, todos reformulados e redesenhados. - Windows Media Center O novo Windows Media Center tem compatibilidade com mais formatos de áudio e vídeo, além do suporte a TVs online de várias qualidades, incluindo HD. Também conta com um serviço de busca mais dinâmico nas bibliotecas locais, o TurboScroll. - Windows Backup Além do já conhecido Ponto de Restauração, o Windows 7 vem também com o Windows Backup, que permite a restauração de documentos e arquivos pessoais, não somente os programas e configurações. - Windows Touch - Uma das inovações mais esperadas do novo OS da Microsoft, a compatibilidade total com a tecnologia do toque na tela, o que inclui o acesso a pastas, redimensionamento de janelas e a interação com aplicativos. 48

49 Windows 7 - Redes sem fio Os usuários do Windows Vista sofriam com a interface pouco intuitiva do assistente para conexão de redes sem fio. No Windows 7 isso acabou, o sistema simples permite o acesso e a conexão às redes com poucos cliques. - Tablet Para quem não gosta de teclado e mouse, o Windows 7 vem com muito mais compatibilidade com a tecnologia Tablet. Conta com reconhecimento de manuscrito e de fórmulas matemáticas, digitalizando-as. - Modo XP Para compatibilidade com programas corporativos de pequenas e médias empresas, o novo sistema operacional conta com suporte ao modo Windows XP, que pode ser baixado no site da Microsoft. - Windows Defender Livre-se de spywares, malwares, adwares e outras pragas virtuais com o Windows Defender do Windows 7, agora mais limpo e mais simples de ser configurado e usado. - Windows Firewall Para proteção contra crackers e programas mal-intencionados, o Firewall do Windows. Agora com configuração de perfis alternáveis, muito útil para uso da rede em ambientes variados, como shoppings com Wi-Fi pública ou conexões residências. - Notas Autoadesivas As notas autoadesivas servem para colar lembretes na área de trabalho. Podem ser digitadas ou manuscritas, caso o computador possua Tablet ou tela sensível ao toque. - Central de Ações Chega de balões de alerta do Windows atrapalhando os aplicativos. O Windows 7 conta com a central de ações, recurso configurável que permite a escolha do que pode ou não pode interferir no sistema durante as aplicações. - Novo Paint e nova Calculadora O Paint e a Calculadora do Windows 7 foram todos reformulados. No Paint novas paletas de ferramentas, novos pincéis e novas formas pré-definidas e na Calculadora os novos modos de exibição, padrão, científica, programador e estatística. - Flip 3D Flip 3D é um feature padrão do Windows Vista que ficou muito funcional também no Windows 7. No Windows 7 ele ficou com realismo para cada janela e melhorou no reconhecimento de screens atualizadas. 49

50 Windows 7 - Novo menu Iniciar - Comando de voz (inglês) - Leitura nativa de Blu-Ray e HD DVD - Conceito de Bibliotecas (Libraries), como no Windows Media Player, integrado ao Windows Explorer - Arquitetura modular, como no Windows Server Faixas (ribbons) nos programas incluídos com o Windows (Paint e WordPad, por exemplo), como no Office Aceleradores no Internet Explorer 8 - Aperfeiçoamento no uso da placa de vídeo e memória RAM - UAC personalizável - Melhor desempenho - Gerenciador de Credenciais - Boot otimizado e suporte a boot de VHDs (HDs Virtuais) - Instalação do sistema em VHDs Gadgets Os Gadgets colocam informação e diversão, como notícias, fotos, jogos e as fases da Lua diretamente na sua área de trabalho. No Windows Vista, os gadgets foram agrupados na Barra Lateral. O Windows 7 os liberta na tela, onde é possível movê-los e redimensioná-los como você preferir. Arraste um gadget para perto da borda da tela ou outro gadget e observe como ele se ajusta direitinho no lugar, para um visual melhor. Janelas abertas no caminho dos seus gadgets? Use o Peek para que eles reapareçam instantaneamente. 50

51 MS Word

52 MS Word 2007 Microsoft Office Word 2007 O Microsoft Office Word 2007 ajuda-o a produzir documentos com aparência profissional oferecendo um conjunto abrangente de ferramentas para criação e formatação do seu documento no novo interface de usuário Microsoft Office Fluent. Ótimos recursos de revisão, comentário e comparação ajudam a receber e gerenciar as sugestões dos colegas. A integração de dados avançada garante que os documentos permaneçam conectados às fontes importantes de informações comerciais. Tela Inicial Guias Réguas Grupos Barra de Status Modos de visualização do texto Zoom Apresentando a nova interface O Office Word 2007 está com um novo visual: a nova interface de usuário Office Fluent, que substitui menus, barras de ferramentas e a maioria dos painéis de tarefas das versões anteriores do Word por um mecanismo único simples e fácil de explorar. A nova Interface de usuário Office Fluent foi projetada para ajudar você a ser mais produtivo no Word, encontrar mais facilmente os recursos adequados para diversas tarefas, descobrir novas funcionalidades e ser mais eficiente. 52

53 MS Word 2007 Interface de usuário Office Fluent A principal substituição para menus e barras de ferramentas no Office Word 2007 é a faixa de opções, um componente da interface de usuário Office Fluent. Projetada para facilitar a navegação, a faixa de opções consiste em guias que são organizadas em torno de cenários ou objetos específicos. Os controles em cada guia são organizados mais detalhadamente em diversos grupos. A faixa de opções da Office Fluent pode hospedar conteúdo mais detalhado do que os menus e as barras de ferramentas, incluindo conteúdo de botões, galerias e caixas de diálogo. 1 - As guias são projetadas para serem orientadas a tarefas. 2 - Os grupos dentro de cada guia dividem uma tarefa em subtarefas. 3 - Os botões de comando em cada grupo executam um comando ou exibem um menu de comandos. Guias que aparecem apenas quando você precisa delas Além do conjunto de guias padrão que você vê na faixa de opções sempre que inicia o Office Word 2007, existem dois outros tipos de guias, que são exibidas na interface somente quando são úteis para o tipo de tarefa que você está realizando no momento. Ferramentas contextuais: As ferramentas contextuais permitem que você trabalhe com um objeto selecionado na página, como uma tabela, uma imagem ou um desenho. Quando você clica no objeto, o conjunto pertinente de guias contextuais aparece com uma cor de ênfase, próximo às guias padrão. 1 - Selecione um item no documento. 2 - O nome das ferramentas contextuais aparece com uma cor de ênfase e as guias contextuais aparecem próximas ao conjunto padrão de guias. 3 - As guias contextuais fornecem controles para trabalhar com o item selecionado. 53

54 MS Word 2007 Guias do programa: As guias do programa substituem o conjunto padrão de guias quando você alterna para determinados modos de criação ou de exibição, inclusive visualizar impressão. Menus, barras de ferramentas e outros elementos familiares Além de guias, grupos e comandos, o Office Word 2007 usa outros elementos que também oferecem formas para que você conclua suas tarefas. Os elementos a seguir são mais parecidos com os menus e as barras de ferramentas que você já conhece das versões anteriores do Word. Botão do Microsoft Office - Este botão está situado no canto superior esquerdo da janela do Word e abre o menu mostrado aqui. Barra de Ferramentas de Acesso Rápido A barra de ferramentas de acesso rápido está localizada, por padrão, na parte superior da janela do Word e fornece acesso rápido às ferramentas que você usa com frequência. É possível personalizar a barra de ferramentas de acesso Rápido adicionando comandos a ela. 54

55 MS Word 2007 Iniciadores de caixas de diálogo Os iniciadores de caixa de diálogo são pequenos ícones que aparecem em alguns grupos. Clicar em um iniciador de caixa de diálogo abre uma caixa de diálogo ou um painel de tarefas relacionado, fornecendo mais opções relacionadas a esse grupo. Adicionando comandos à Barra de Ferramentas de Acesso Rápido Alguns comandos do Word 2003 só estão disponíveis no Office Word 2007 na lista de todos os comandos, na caixa de diálogo Opções do Word. Para usar esses comandos no Office Word 2007, primeiro você os adiciona à barra de ferramentas de acesso rápido, da seguinte forma: 1. Clique no Botão Microsoft Office e clique em Opções do Word. 2. Na lista à esquerda, clique em Personalizar. 3. Na caixa de listagem suspensa Escolher comandos em, clique em Todos os Comandos. 4. Na caixa Personalizar Barra de Ferramentas de Acesso Rápido, selecione Para todos os documentos (padrão) ou um documento específico. 5. Clique no comando que deseja adicionar e clique em Adicionar. OBS : Repita o procedimento para cada comando que você deseje adicionar. 6. Clique nos botões de seta Mover para Cima e Mover para Baixo para organizar os comandos na ordem que você deseja que eles apareçam na barra de ferramentas de acesso rápido. 7. Clique em OK. Novas localizações de comandos conhecidos Para encontrar a localização dos comandos de menu e de barra de ferramentas no Office Word 2007, abra a pasta de trabalho de mapeamento da faixa de opções do Word. Há 55

56 MS Word 2007 instruções na primeira guia da pasta de trabalho fornecendo dicas de personalização, localização e impressão de dados. Usar o Word 2007 para abrir documentos criados em versões mais antigas do Word Ao abrir um documento no Microsoft Office Word 2007 criado no Microsoft Office Word 2003, no Word 2002 ou no Word 2000, o Modo de compatibilidade é ativado e você vê Modo de compatibilidade na barra de título da janela do documento. O modo de compatibilidade garante que nenhum recurso novo ou aperfeiçoado no Office Word 2007 esteja disponível quando estiver trabalhando com um documento, de modo que as pessoas que estiverem usando versões mais antigas do Word tenham recursos de edição completos. É possível trabalhar no modo de compatibilidade ou converter seu documento para o formato de arquivo do Office Word A conversão do documento permite que você acesse os recursos novos e aperfeiçoados no Office Word No entanto, as pessoas que usam versões mais antigas do Word podem ter dificuldades ou ser impedidas de editar determinadas partes do documento criado usando recursos novos ou aperfeiçoados no Office Word OBS: O menu Arquivo foi substituído pelo Botão Microsoft Office. Digitação Uma das maneiras simples de você conhecer os recursos do Word 2007 é digitando um texto, vamos digitar o texto abaixo e em seguida iremos aplicar esses recursos. Viver é Show Fantástico Você pode ter defeitos, viver ansioso, chorar e ficar irritado algumas vezes, mas não se esqueça de que sua vida é o maior tesouro do mundo. Lembre-se sempre de que ser feliz não é ter um céu sempre azul, caminhos sem obstáculos, trabalhos sem fadigas, relacionamentos sem decepções. Ser feliz É encontrar força no perdão, esperança nas batalhas, segurança no palco do medo, amor mesmo nos desencontros. Ser feliz Não é apenas valorizar o sorriso a alegria, mas também refletir sobre a tristeza. Não é apenas comemorar as vitórias, mas aprender lições nos fracassos. Não é apenas alegrar-se como os aplausos, mas encontrar alegria na escuridão. Ser feliz É reconhecer que vale a pena viver a vida, apesar de todos os desafios, incompreensões nos períodos de crise basta saber aproveitar. Ser feliz Não é uma sorte do destino, mas uma conquista de quem sabe viajar para dentro do seu eu interior. Ser feliz É deixar de ser vítima ou réu nos problemas, é se tornar o autor da própria história. Ser feliz É atravessar desertos, ser capaz de encontrar um oásis escondido em sua alma. É agradecer a cada manhã pela vida. Ser feliz É não ter medo dos próprios sentimentos e saber falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir um... "Não". Ser Feliz É saber receber com segurança uma crítica, mesmo que seja injusta. É beijar os filhos, é ter momentos poéticos com os amigos, mesmo que eles nos magoem. É deixar viver a criança que cada um tem dentro de si. Ser feliz É saber admitir quando errou e dizer "Eu errei". É ser o primeiro a dizer "Me perdoe É ter sensibilidade para expressar "O que você tem mais de profundo no coração". É ter capacidade de dizer sem medo "Eu te amo". 56

57 MS Word 2007 Faça da sua vida um canteiro de oportunidades. Que nas suas primaveras você seja amante da alegria. Que nos seus invernos você seja amigo da sabedoria. E finalmente Quando você desviar do caminho, comece tudo de novo. Pois assim você terá cada vez mais amor pela vida e descobrirá que ser feliz não é ter uma vida perfeita. Mas saber usar suas lágrimas para irrigar a tolerância. Saber usar suas perdas para polir a paciência. Saber usar suas falhas para construir a serenidade. Saber usar os obstáculos para abrir as janelas da sabedoria. Não desista nunca de si mesmo. Não esqueça nunca as pessoas que te amam. Não desista nunca de quem te ama. Não desista nunca de ser feliz, pois... VIVER É UM SHOW FANTÁSTICO! Salvando o documento Definição: salvar um documento significa guardá-lo em algum lugar no computador para quando você quiser utilizá-lo novamente é só abri-lo que tudo o que você fez estará lá intacto do jeito que você deixou. 1º Salvando clique em e escolha Salvar como (CTRL+B) Usado para escolher o local onde será salvo o arquivo Usado para escolher o tipo de arquivo Usado para escolher o tipo de arquivo 2º Nesta tela é que você define onde será salvo, o nome desse arquivo e também o tipo, depois clique em salvar Obs. Diferença entre salvar e salvar como Salvar como: é usado sempre que o documento for salvo pela primeira vez, mesmo se for clicado em salvar aparecerá à tela do salvar como. Salvar: É usado quando o documento já esta salvo e você o abre para fazer alguma alteração, nesse caso usa-se o salvar. 57

58 Criar uma nova pasta ao salvar um arquivo MS Word Faça o seguinte nesses programas do Microsoft Office System 2007: Clique no Botão do Microsoft Office e, em seguida, clique em Salvar Como. 2. Na caixa Salvar em, selecione a pasta na qual deseja criar a nova pasta. 3. Clique em Criar Nova Pasta. 4. Na caixa de diálogo Nova Pasta, digite um nome para a nova pasta e clique em OK. Movimentação em um Documento É necessário saber como se movimentar através do texto de forma ágil, por duas razões principais: para que se possa editar o texto e para visualizar o documento em suas diversas páginas. No que diz respeito à edição, o ponto de inserção indica onde a próxima ação acontecerá. Ao clicar em qualquer parte do texto na tela, o ponto de inserção aparecerá naquela posição. É possível, também, mover o ponto de inserção por intermédio das setas do teclado e das teclas de navegação, como apresentado na tabela abaixo: Movimentação Tecla Um caractere para a esquerda Um caractere para a direita Uma linha para cima Uma linha para baixo Uma palavra para a esquerda Uma palavra para a direita Até o final da linha Até o início da linha Um parágrafo para cima Um parágrafo para baixo Uma janela para baixo Uma janela para cima Até o final do documento Até o início do documento F5 CTRL + CTRL + END HOME CTRL + CTRL + PGDN PGUP CTRL + END CTRL + HOME Abre a caixa de diálogo Ir Para 58

59 MS Word 2007 Ortografia e Gramática Definição: a verificação de ortografia permite a correção de erros ortográficos e de palavras digitadas erradas, existe o erro que aparece com um risco verde em baixo da palavra significando que aquela palavra tem erro ortográfico, ou seja, excesso de espaço, conjugação do verbo errado, erro de crase, etc. Existe também outro erro quando a palavra aparece com um risco vermelho este tipo de erro aparece quando a palavra digitada não existe no dicionário do Word. 1º forma: Corrigindo os erros: Existem duas formas de se corrigir erros ortográficos. Clique com o botão direito sobre o erro verde. Olha que beleza o Word acusou o erro, esta mostrando que existe excesso de espaço entre as palavras em questão para corrigi-la clique sobre a opção que lhe é mostrada que é verificar o excesso de espaço entre as palavras que o erro é corrigido automaticamente. Clique com o botão direito sobre o erro vermelho O Word mostra várias opções que ele encontrou em seu dicionário basta escolher a correta e clicar em cima, no nosso caso a primeira opção é a correta, clique-a, caso nenhuma das opções que o Word mostrar fosse a correta clique na opção Ignorar que o Word não corrigirá a palavra em questão se em seu texto tiver 10 palavras Ex: ortografio caso você queira ignorar este erro, ou seja, mantê-lo não precisa ignorar um por um, clique na opção Ignorar tudo que todas as palavras ortografio serão ignoradas. 2º Forma: é usar o Corretor ortográfico 1º Aba Revisão ou (F7) 59

60 MS Word 2007 Observe a tela abaixo: o Word acusou excesso de espaço entre as duas palavras caso esteja correto, clique no botão Ignorar uma vez caso esteja errado escolha a sugestão do corretor que é Verifique o excesso de espaço entre as palavras clique no botão Alterar no nosso caso o excesso de espaço está errado, clique em Alterar. Próximo erro: O Word acusou outro erro e mostra várias opções para que você escolha, procure a palavra que é correta e clique em Alterar, no nosso caso a correta é a primeira que ele mostra selecione-a e clique em Alterar Localizar texto Você pode procurar cada ocorrência de uma palavra ou frase específica rapidamente. 1. Na guia Início, no grupo Edição, clique em Localizar. 2. Na caixa Localizar, digite o texto que deseja pesquisar. 3. Siga um destes procedimentos: Localizar e substituir texto É possível substituir automaticamente uma palavra ou frase por outra, por exemplo, é possível substituir Futebol por Vôlei. Obs. O texto de substituição usará a mesma capitalização que o texto que está substituindo. Por exemplo, se você pesquisar por TCC e substituí-lo por Também conhecido como, o resultado será TAMBÉM CONHECIDO COMO. 1. Na guia Início, no grupo Edição, clique em Substituir. 2. Clique na guia Substituir. 3. Na caixa Localizar, digite o texto que deseja pesquisar. 4. Na caixa Substituir por, digite o texto de substituição. 5. Siga um destes procedimentos: 60

61 MS Word 2007 Para localizar a próxima ocorrência do texto, clique em Localizar próximo. Para substituir uma ocorrência no texto, clique em Substituir. Após clicar em Substituir, o Office Word 2007 moverá para a próxima ocorrência do texto. Para substituir todas as ocorrências do texto, clique em Substituir tudo Contar as palavras enquanto digita Quando você digita em um documento, o Office Word 2007 automaticamente conta o número de páginas e palavras e os exibe na barra de status, na parte inferior do espaço de trabalho. Contar as palavras em uma seleção ou em seleções Você pode contar o número de palavras em uma seleção ou em seleções, em vez de contar todas as palavras de um documento. As seleções não precisam estar lado a lado para que sejam contadas. Selecione o texto que deseja contar. A barra de status exibe o número de palavras da seleção. Por exemplo, 100/1.440 significa que a seção possui 100 das palavras do documento. DICA: Para selecionar partes do texto que não estejam lado a lado, selecione a primeira seção e, em seguida, mantenha a tecla CTRL pressionada até selecionar outras seções. Incluir notas de rodapé e notas de fim na contagem de palavras 1. Na guia Revisão, no grupo Revisão de Texto, clique em Contar Palavras. 2. Na caixa de diálogo Contar Palavras, marque a caixa de seleção Incluir caixas de texto, notas de rodapé e notas de fim. Contar as palavras em uma caixa de texto Selecione o texto da caixa de texto. A barra de status exibe o número de palavras da caixa de texto. Por exemplo, 100/1.440 significa que a caixa de texto possui 100 das palavras do documento. 61

62 MS Word 2007 Para contar as palavras em várias caixas de texto, pressione e mantenha pressionada a tecla CTRL enquanto seleciona os textos de todas as caixas que deseja contar. O recurso contar palavras adiciona automaticamente o número total de palavras selecionadas nas caixas de texto. Saindo do Word Agora vamos aprender a sair do Word, existem algumas maneiras para fazermos isso, observe: 1ª Clique opção Fechar. 2ª Usando o botão Fechar da barra de título ou as teclas de atalho ALT + F4. Clique aqui para sair do Word Se em algum documento aberto foi feita alguma alteração e você fechá-lo, o Word 2007 exibirá uma janela perguntando se você deseja salvar as alterações no documento, vejamos a tela abaixo: Abrir um arquivo 1. Clique no Botão do Microsoft Office e, em seguida, clique em Abrir. Atalho do teclado para exibir a caixa de diálogo Abrir, pressione CTRL+A. 62

63 MS Word Na lista Examinar, clique na pasta, na unidade ou em um local na internet contendo o arquivo que você deseja abrir. 3. Na lista de pastas, localize e abra a pasta que contém o arquivo. Obs. Por padrão, os arquivos exibidos na caixa de diálogo Abrir são apenas os arquivos criados pelo programa que está sendo usado. Por exemplo, se estiver usando o Microsoft Office Excel, você não verá os arquivos criados com o Microsoft Office Word, a menos que clique em Todos os Arquivos na caixa Arquivos do tipo. 4. Clique no arquivo e, em seguida, clique em Abrir. Criar um novo arquivo 1. Clique no Botão Microsoft Office e, em seguida, clique em Novo ou CTRL+O 2. Em Modelos, você vê as opções que pode usar para criar: Um documento em branco, uma pasta de trabalho ou uma apresentação. Um documento, uma pasta de trabalho ou uma apresentação a partir de um modelo. Um novo documento, pasta de trabalho ou apresentação a partir de um arquivo existente. 3. Se estiver conectado à internet, também poderá ver modelos disponíveis pelo Microsoft Office Online. 2º Escolha Documento em Branco e Criar Trabalhar com textos selecionados Alguns recursos disponíveis no Word 2007 requerem uma área previamente selecionada, alguns como: Mudar tamanho e tipo da fonte, aplicar estilo de negrito, itálico e sublinhado bem como fazer cópia de blocos de textos dentre outros precisamos primeiro 63

64 MS Word 2007 selecionar uma área para utilizar esses recursos. Existe uma de maneira de fazermos a seleção, através do teclado e por meio do Mouse. Veja abaixo essas formas de seleção: Selecionando textos usando o teclado: Tecla Resultado Shift + Shift + Shift + Shift + CTRL + T Seleciona a partir do cursor para a direita. Seleciona a partir do cursor para a esquerda. Seleciona a partir do cursor até as próximas linhas. Seleciona a partir do cursor até as linhas anteriores. Seleciona todo o texto. Selecionando textos usando o mouse: Para selecionar: Procedimento: Qualquer quantidade de texto Uma palavra Um elemento gráfico Uma linha de texto Várias linhas de texto Uma frase Um parágrafo Vários parágrafos Arraste sobre o texto. Clique duas vezes na palavra. Clique no elemento gráfico. Mova o ponteiro para a esquerda da linha até que ele assuma a forma de uma seta para a direita e clique. Mova o ponteiro para a esquerda das linhas até que ele assuma a forma de uma seta para a direita e arraste para cima ou para baixo. Mantenha pressionada a tecla CTRL e clique em qualquer lugar da frase. Mova o ponteiro para a esquerda do parágrafo até que ele assuma a forma de uma seta para a direita e clique duas vezes. Você também pode clicar três vezes em qualquer lugar do parágrafo. Mova o ponteiro para a esquerda dos parágrafos até que ele assuma a forma de uma seta para a direita, clique duas vezes e arraste para cima ou para baixo. 64

65 MS Word 2007 Um bloco de texto grande Um documento inteiro Um bloco de texto vertical (exceto dentro de uma célula de tabela) Clique no início da seleção, role até o fim da seção, mantenha pressionada a tecla SHIFT e clique. Mova o ponteiro para a esquerda de qualquer texto do documento até que ele assuma a forma de uma seta para a direita e clique três vezes. Mantenha pressionada a tecla ALT e arraste. Copiar, Recortar e Colar. Copiando texto Definição: Quando é necessário utilizar um determinado texto em outro documento não é necessário digitar tudo novamente, faça o seguinte. 1º selecione parte do texto a ser copiado 2º Na Aba Início clique sobre Copiar ou (CTRL+C) Recortar texto Definição: Recortar um texto é o ato de se transferir de um lugar para outro, sendo diferente do copiar que copia o texto e mantém o texto no lugar, enquanto que o recortar arranca-o daquele lugar onde está para outro que você escolher. 1º selecione o texto a ser recortado 2º na Aba Início clique sobre Recortar ou (CTRL+X) Colar o texto Definição: Colar significa pegar o texto que foi copiado ou recortado e colocá-lo em outro lugar. 1º Após ter copiado ou recortado o texto nos exemplos anteriores 2º Na Aba Início clique em Colar ou (CTRL+V) 65

66 MS Word 2007 Desfazer ou (CTRL+Z) Definição: Desfaz uma ação, supomos que você tenha digitado uma linha por engano é só clicar no botão desfazer que ele vai desfazendo a digitação. A opção desfazer é localizado no topo da tela. Refazer ou (CTRL+Y) Definição: supõe-se que você tenha digitado dez linhas e a apagou por engano nove linhas, você não tem que digitar as nove linhas tudo de novo. A opção refazer digitação esta localizada no topo da tela. Desfazer Refazer Mudando a aparência do texto - Formatando Vamos aplicar tipos de efeitos especiais no texto, como mudar o tipo e tamanho da fonte dos caracteres e também como formatar parágrafos do texto. Com exceção dos estilos negrito, itálico e sublinhado, que podem ser ativados através do grupo fonte, todos os outros efeitos de caracteres são obtidos através do teclado ou, então, através de uma caixa de diálogo. A próxima tabela mostra os efeitos disponíveis e a combinação de teclas necessária para ativar o efeito. Essas combinações são do tipo liga-e-desliga, ou seja, devem ser pressionadas para ativar o efeito e pressionadas novamente para desativá-lo. Caracteres Efeito Combinação de Teclas Negrito Itálico Sublinhado Simples Ctrl+N Ctrl+I Ctrl+S Efeitos de Negrito, Itálico, Sublinhado. Na guia Início no grupo Fonte encontramos vários botões para aplicação desses efeitos, os mesmos são identificados pela letra do nome do próprio efeito, ou seja, N de Negrito, I de Itálico e S de Sublinhado. 66

67 MS Word 2007 Para aplicarmos estes efeitos temos que selecionar a área e dar um novo efeito desejado. Além desses recursos encontramos no grupo Fonte uma série de botões para edição como: Tachado: A letra tachada fica com um risco no meio dela. Cor da fonte: É utilizada quando se deseja alterar a cor do texto ou de uma palavra. Tipo da fonte ou (CTRL+SHIFT+F): Permite ao usuário a mudança do estilo da letra. Tamanho da fonte ou (CTRL+SHIFT+P): Tamanho da fonte permite que a letra seja aumentada ou diminuída. Aumentar Fonte ou (CTRL+SHIFT+>): Aqui é outro modo de se aumentar a letra. Reduzir Fonte ou (CTRL+SHIFT+<): Outro modo de se diminuir o tamanho da letra. Primeira letra da sentença em maiúscula: Faz com que a primeira letra do parágrafo selecionado fique em maiúscula. Minúscula: Faz com que todo texto selecionado fique em minúscula. Maiúsculas: Faz com que todo texto selecionado fique em maiúscula. Colocar cada palavra em maiúscula: Faz com que toda inicial das palavras passem para maiúscula Para utilizar estes recursos de forma diferente você pode utilizar o botão iniciador da caixa de diálogo que é presente em muitos grupos do Word 2007, neste caso localize o do grupo Fonte. Ao clicar no iniciador aparecerá esta janela: Selecione um estilo Escolha aqui o tipo de fonte Escolha aqui o tamanho da fonte Marque as caixinhas para obter efeitos diferentes Aqui você tem uma pré-visualização do seu texto. 67

68 MS Word 2007 Estilo Aplicar um estilo a uma seleção de texto no Microsoft Office Word 2007 é tão fácil quanto clicar em um botão na Galeria de Estilos Rápidos. 1. Selecione o texto para o qual deseja aplicar um estilo. Por exemplo, é possível selecionar o texto que deseja transformar em um título. Se quiser alterar o estilo de um parágrafo inteiro, clique em qualquer lugar no parágrafo. 2. Na guia Início, no grupo Estilos, clique no estilo que deseja. Se não vir o estilo que deseja, clique no botão Mais para ampliar a galeria Estilos Rápidos. Observação: É possível ver como o texto selecionado irá aparentar com um estilo específico colocando seu ponteiro sobre o estilo que deseja visualizar. Cópia de Formatos Você pode copiar o formato de uma palavra ou região do texto para outra palavra ou região. Para copiar os formatos, primeiro selecione o texto que já possui os efeitos e depois clique sobre a ferramenta Pincel ( ), que se encontra no grupo Área de Transferência na Guia Início. Em seguida arraste o ponteiro do mouse sobre a região para qual deseja copiar o formato. Alinhamento de Parágrafos A forma mais prática de alinharmos os parágrafos de um texto é através dos botões de alinhamento que se encontram no grupo Parágrafo na guia Início. Para aplicar o recurso é preciso que o cursor esteja no parágrafo que ganhará o alinhamento. Alinhar à esquerda: Faz com que o alinhamento do texto fique à esquerda. Centralizar: Faz com que o texto digitado fique no centro da página. Alinhar à direita: Faz com que o texto fique alinhado a sua direita. Justificar: Alinha a margem direita e esquerda, adicionando espaços extras entre as palavras conforme o necessário Também podemos encontrar outros recursos no grupo Parágrafo como: 68

69 MS Word 2007 Aumentar Recuo: Cria um espaço entre a margem esquerda e o parágrafo é o mesmo que apertar a tecla TAB; Diminuir Recuo: Diminui o espaço entre o seu parágrafo e a margem esquerda é o mesmo que apertar o BACKSPACE; Espaçamento entre as linhas: Espaçamento é um espaço dado entre uma linha e outra. Formatar Parágrafo Para formatar parágrafos no Word 2007 você terá que localizar o botão iniciador da caixa de diálogo que é presente em muitos grupos do Word 2007, neste caso localize o do grupo Parágrafo. Abaixo a janela para formatação de parágrafos. Selecione aqui o alinhamento Aqui você aumenta e diminui os recuos a partir das margens. Recuo da 1ª linha Escolha aqui o espaçamento entre linhas Pré-visualização do texto 69

70 MS Word 2007 Recuos utilizando a régua Observe que a régua apresenta uma escala em centímetros e que existem quatro marcadores sobre ela, através desses marcadores podemos alterar os recuos dos parágrafos, para isso, precisamos arrastar os marcadores sobre a régua para que o parágrafo receba os recuos. Recuo da 1ª linha Recuo Deslocado e Recuo à Esquerda Recuo à Direita Formatar texto usando a Minibarra de Ferramentas A minibarra de ferramentas aparece automaticamente quando você seleciona o texto e quando você clicar com o botão direito do mouse no texto. 1. Selecione o texto que você deseja formatar. 2. Mova o ponteiro do mouse para a minibarra de ferramentas e faça as alterações desejadas na formatação. Configurar página Antes de imprimir os arquivos, devemos configurar a página, para que os dados contidos no seu documento fiquem acomodados na folha a ser impressa. O tamanho de papel mais usado é o A4, com margem de 3,0cm para o lado esquerdo da página, 2,0cm para os lados superiores e inferiores e 2,5cm para a margem direita. Essas medidas são adotadas pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). Definem margens, origem e tamanho de papel, orientação de página e outras opções de layout para o arquivo ativo. Para exibir a caixa de diálogo: clique na guia Layout da Página em seguida localize o grupo Configurar Página lá você encontrará este entre outras opções se destacam: 70

71 MS Word 2007 Margens: Selecionar os tamanhos de margem do documento inteiro ou da seção atual. Orientação: Alternar as páginas entre os layouts retrato e paisagem. Tamanho: Escolher um tamanho de papel para seção atual. Para utilizar mais recursos da configuração de página do Word 2007 basta clicar no botão iniciador da caixa de diálogo do grupo Parágrafo. Altere as margens do papel aqui Escolha aqui o tamanho do papel Mude a orientação da página aqui 71

72 MS Word 2007 Atividade Word 1 1) Digite o texto que será entregue pelo Professor exatamente como ele se apresenta. 2) Faça a correção ortográfica clicando com o mouse sobre as indicações em vermelho. 3) Salve o arquivo com o nome de exercício 1 (seu nome), em seguida, feche este arquivo e o Word. 4) Volte a carregar o Word e abra o arquivo que você acabou de digitar. 5) Através do teclado, movimenta-se pelo documento. 6) Localize uma palavra no texto. 7) Através da opção Substituir na guia Início, encontre uma palavra e substitua-a por outra. 8) Escolha dez palavras do texto e aplique recursos de negrito, itálico, sublinhado, fonte, tamanho e cor. 9) Escolha uma palavra que possua um ou mais recursos do item anterior, e verifique a formatação aplicada à palavra com as teclas Shift+F1 e, logo após, copie o formato para alguma outra palavra sem formato. 10) Copie o primeiro parágrafo para o final do texto através dos botões Copiar e Colar na guia Início. 11) Use o botão Desfazer para desfazer a ação da questão anterior. 12) Verifique as quatro formas de alinhamento aplicadas em todo o documento. 13) Recue a primeira linha em 1,5 cm de todos os parágrafos, e acrescente espaçamento duplo entre as linhas. 14) Com relação à configuração da página, mude a margem inferior e superior para 1,0 cm, às margens esquerda e direita para 1,2 o tamanho do papel para A5. 72

73 MS Word 2007 Adicionar marcadores ou numeração a uma lista 1. Selecione os itens aos quais deseja adicionar marcadores ou numeração. 2. Na guia Início, no grupo Parágrafo, clique em Marcadores ou Numeração. Obs. Você pode encontrar diferentes estilos de marcadores e formatos de numeração clicando na seta ao lado de Marcadores ou Numeração na guia Início, no grupo Parágrafo. Criar uma lista numerada ou com marcadores Você pode adicionar com rapidez, marcadores ou números a linhas de texto existentes, ou o Word pode automaticamente criar listas à medida que você digita. Por padrão, se você iniciar um parágrafo com um asterisco ou um número 1., o Word reconhece que você está tentando iniciar uma lista numerada ou com marcadores. Listas: um ou vários níveis Crie uma lista de apenas um nível ou uma lista de vários níveis para mostrar listas em uma lista. Ao criar uma lista numerada ou com marcadores, você pode seguir um destes procedimentos: Formate marcadores ou números de maneira diferente daquela usada no texto de uma lista. Por exemplo, clique em um número ou altere a cor do número para a lista inteira, sem alterar o texto da lista. Clicando em Definir novo marcador no final da lista. Usar imagens ou símbolos: Crie uma lista com marcadores de imagens para tornar um documento ou a uma página da Web visualmente mais interessante. Digitar uma lista numerada ou com marcadores 1. Digite * (asterisco) para iniciar uma lista com marcadores ou 1. para iniciar uma lista numerada e pressione BACKSPACE ou TAB. 73

74 MS Word Digite o texto desejado. 3. Pressione ENTER para adicionar o próximo item da lista. O Word insere automaticamente o próximo marcador ou número. 4. Para terminar a lista, pressione ENTER duas vezes ou pressione BACKSPACE para excluir o último marcador ou número da lista. Transformar uma lista de um nível em uma lista de vários níveis 1. Clique em um item que você deseja mover para um nível diferente. 2. Na guia Início, no grupo Parágrafo, clique na seta ao lado de Marcadores ou Numeração, clique em Alterar Nível da Lista e, em seguida, clique no nível desejado. Escolher um estilo de lista de vários níveis na galeria Você pode aplicar um estilo da galeria a uma lista de vários níveis. 1. Clique em um item na lista. 2. Na guia Início, no grupo Parágrafo, clique na seta ao lado de Lista de Vários Níveis. 3. Clique no estilo de lista de vários níveis desejado. Aplicar um tema de documento Você pode alterar o tema do documento que é aplicado por padrão nos programas do Office, como Word, Excel e PowerPoint, selecionando outro tema de documento predefinido ou personalizado. Temas de documentos aplicados afetam imediatamente os estilos que podem ser usados no documento. Siga um destes procedimentos: Para aplicar um tema de documento predefinido, clique no tema do documento que deseja usar em Interno. Obs.: Personalizado estará disponível apenas se você criou um ou mais temas de documento personalizados. 74

75 MS Word 2007 Inserir cabeçalhos e rodapés Os cabeçalhos e rodapés são áreas situadas nas margens superior, inferior e lateral de cada página de um documento. Você pode inserir ou alterar textos ou gráficos em cabeçalhos e rodapés. Por exemplo, é possível adicionar números de página, a hora e a data, uma logomarca de empresa, o título do documento ou o nome do arquivo ou do autor. Se você deseja alterar um cabeçalho ou rodapé que tenha inserido, a guia Cabeçalhos e Rodapés, em Ferramentas de Cabeçalho e Rodapé, fornece mais opções de cabeçalho e rodapé. Inserir ou alterar os cabeçalhos ou rodapés Você pode inserir cabeçalhos ou rodapés criados previamente no documento e alterar facilmente os designs dos mesmos. Ou é possível criar seu próprio cabeçalho ou rodapé com a logomarca da empresa e uma aparência personalizada, e salvá-lo na galeria. Inserir o mesmo cabeçalho e rodapé em todo o documento 1. Na guia Inserir, no grupo Cabeçalho e Rodapé, clique em Cabeçalho ou Rodapé. 2. Clique no design de cabeçalho e rodapé que deseja. O cabeçalho ou rodapé é inserido em todas as páginas do documento. Alterar cabeçalhos ou rodapés 1. Na guia Inserir, no grupo Cabeçalho e Rodapé, clique em Cabeçalho ou Rodapé. 2. Clique em um design de cabeçalho ou rodapé na galeria. O design do cabeçalho ou rodapé é alterado em todo o documento. 75

76 MS Word 2007 Remover o cabeçalho ou rodapé da primeira página 1. Na guia Layout da Página, clique no inicializador de caixa de diálogo de Configurar Página e, em seguida, clique na guia Layout. 2. Marque a caixa de seleção Primeira página diferente em Cabeçalhos e rodapés. Os cabeçalhos e rodapés são removidos da primeira página do documento. Alterar o conteúdo de um cabeçalho ou rodapé 1. Na guia Inserir, no grupo Cabeçalho e Rodapé, clique em Cabeçalho ou Rodapé. 2. Faça alterações no cabeçalho ou rodapé selecionando o texto e revisando-o ou usando as opções da minibarra de ferramentas para formatar o texto. Por exemplo, é possível alterar a fonte, aplicar formato negrito ou aplicar uma cor de fonte diferente. DICA: No modo de exibição de Layout de Impressão, você pode alternar rapidamente entre o cabeçalho ou rodapé e o texto do documento. Basta clicar duas vezes no cabeçalho ou rodapé esmaecido ou no texto do documento esmaecido. Remover os cabeçalhos ou rodapés 1. Clique em qualquer lugar no documento. 2. Na guia Inserir, no grupo Cabeçalho e Rodapé, clique em Cabeçalho ou Rodapé. 3. Clique em Remover Cabeçalho ou Remover Rodapé. Os cabeçalhos ou rodapés são removidos de todo o documento. Bordas e Sombreamento Encontramos na guia início no grupo Parágrafo recursos extras para melhorar ainda mais a aparência do nosso documento. Como por exemplo, o botão Bordas: 1. Clique na seta ao lado do botão Bordas; 2. Escolha a última opção chamada Bordas e Sombreamento. 3. Na caixa de diálogo você encontrará três guias: Bordas, Bordas da Página e Sombreamento. 76

77 MS Word 2007 Exemplo: Visualizar uma página antes da impressão Clique no Botão Microsoft Office, aponte para a seta ao lado de Imprimir e, em seguida, clique em Visualizar Impressão. Clique nos botões da barra de ferramentas ou na faixa de opções para visualizar a página ou fazer alterações antes da impressão. No OneNote, na caixa de diálogo Visualizar Impressão e Configurações, selecione as opções desejadas antes de imprimir. Veja o exemplo abaixo: 77

78 MS Word 2007 Imprimir um arquivo Clique no Botão Microsoft Office e, em seguida, clique em Imprimir. Atalho do teclado Para exibir a caixa de diálogo Imprimir, pressione CTRL+P. AutoCorreção O recurso AutoCorreção, que fazia parte do Microsoft Office 2003, não está incluído no Microsoft Office System 2007, mas é possível adicionar o comando AutoCorreção à barra de ferramentas de acesso rápido. Adicionar o comando AutoCorreção à Barra de Ferramentas de Acesso Rápido do Word Se quiser usar o recurso AutoCorreção no Word, é possível adicionar o comando à barra de ferramentas de acesso rápido. 1. Clique no Botão do Microsoft Office e, em seguida, clique em Opções do Word. 2. Clique em Personalizar. 3. Na caixa de diálogo Opções do Word, na lista Escolher comandos, clique em Todos os Comandos. 4. Na lista de comandos na categoria selecionada, clique em AutoCorreção e, em seguida, clique em Adicionar e OK 78

79 MS Word 2007 Você pode escolher as preferências para controlar o modo em que o Word 2007 corrige automaticamente o texto, à medida que é digitado. Digite aqui entradas de texto para serem substituídos Digite aqui o texto que ficará no lugar do texto a ser substituído Texto em Colunas Organizar o texto em colunas é um artifício utilizado para facilitar a leitura de textos e é utilizado em jornais revistas, etc. O que facilita nas linhas curtas é para que o cérebro processe mais rapidamente as informações contidas nas linhas. Para utilizar o recurso de colunas vá até a guia Layout da Página e em seguida no grupo Configurar Página. 79

80 MS Word 2007 Clicando no botão Colunas você encontrará algumas predefinições, mas se desejar mais opções clique no botão Mais colunas que se encontra no final das opções. Inserir Número de Página Numerar página significa numerá-las seqüencialmente. Para aplicar este recurso siga estes procedimentos. 1. Clique na guia inserir e localize o botão Número de Página no grupo Cabeçalho e Rodapé. Temos as seguintes opções: Início da Página: a numeração ficará no início da Página Fim da Página: Será colocada a numeração no fim da página Para remover basta clicar na opção Remover Números de Página 80

81 MS Word 2007 Inserir Imagem Acrescente imagens em seu documento. Observação: antes de inserir as figuras, posicione o cursor no local desejado do seu documento. Para adicionar imagens ao seu documento basta clicar na guia Inserir e em seguida no grupo Ilustrações, clique no botão imagem, quando aparecer a janela de busca localize a imagem e clique em inserir. O Word 2007 tem uma característica muito interessante, por exemplo, ao selecionar uma imagem no documento surgirá uma guia diferente chamada de Ferramentas de Imagem nela você vai encontrar recursos de disposição, cor, forma e etc. Inserir Clip-art O Office tem uma coleção de ilustrações, apresentadas em publicações especiais e periódicas, com ampla variedade de temas e de técnicas, estas ilustrações são chamadas de Clip-art para inserir um clip-art no documento basta clicar na guia Inserir e em seguida no grupo Ilustrações, clique no botão Clip-art. Ao clicar no botão clip-art surgirá um painel a direita que será usado para inserir a figura. Digite qual tipo de figura você procura em seguida clique no botão ir para que o Office faça a procura. Para inserir estas figuras de forma simples no documento basta clicar em cima de uma delas segurar e arrastar para o documento. As mesmas configurações aplicadas nas imagens podem ser aplicadas nos clip-arts. 81

82 MS Word 2007 Letra Capitular É o primeiro caractere de um parágrafo, de maior tamanho que os demais, é envolvido por texto longo de toda sua altura, posicione o cursor no início do parágrafo que deseja aplicar a letra capitular e vá para guia Inserir escolha o grupo Texto lá você encontrará a opção letra capitular. Para aplicar basta escolher uma destas opções abaixo para retirar clique na opção nenhum. Clicando no botão Opções de Letra Capitular aparecerá esta janela abaixo que te dará ainda mais opções para formatação da letra. Inserir um caractere especial 1. Clique no local que deseja inserir o caractere especial. 2. Na guia Inserir,no grupo Símbolos, clique em Símbolo e, em seguida, clique em Mais Símbolos. 3. Clique na guia Caracteres especiais. 4. Clique no caractere que deseja inserir e clique em Inserir. 5. Clique em Fechar. Tabelas Uma tabela é formada por linhas e colunas, cujo ponto de encontro ou intersecção formarão as células, que poderão ser preenchidas com texto e elementos gráficos. Você poderá usar tabelas para alinhar números em colunas e, em seguida, classificá-los e realizar operações com eles. As tabelas também poderão ser usadas para organizar texto e elementos gráficos. Você tem várias opções de se criar uma tabela. Ex.: 1. Clique na guia Inserir, Tabela Você pode arrastar o ponteiro do mouse sobre estes quadrados até definir a quantidade de linhas e colunas ou então pode clicar no botão inserir tabela e definir o número de linhas e colunas através das caixas e depois confirmando em Ok. 82

83 MS Word 2007 Vamos criar uma tabela com 9 linhas e 6 colunas usando as formas de criação acima. Resultado: Após inserir a tabela podemos fazer algumas modificações, ao clicar dentro da tabela surgirão duas guias para modificar sua aparência são as guias Design e Layout localizadas em Ferramentas de Tabela. Design Layout Inserir Linhas e Colunas Para inserir Linhas e Colunas basta clicar na guia Layout em Ferramentas de Tabela em seguida no grupo Linhas e Colunas lá você encontrará os seguintes botões: 83

84 MS Word 2007 Excluindo linhas e colunas Para excluir linhas e colunas basta clicar na guia Layout em Ferramentas de Tabela em seguida no grupo Linhas e Colunas lá você encontrará o botão Excluir. Clicando nele você terá estas opções: Utilizando estes conhecimentos vamos criar uma tabela. Tabela de Preços ITEM MARCA PREÇO QTDE. TOTAL Calça Jeans Colcci 400, ,00 Camisa Triton 300, ,00 Bermuda Cavalera 500, ,00 Cinto Gucci 800, ,00 Óculos Roberto Cavali 1, ,00 Sandália Prada 800, ,00 Classificando Coluna Depois de criarmos uma tabela e digitarmos os dados nela, podemos organizar qualquer coluna da mesma, definindo se a classificação é crescente ou decrescente. Vamos organizar nossa tabela pela coluna ITEM, clique em qualquer lugar da tabela. Note que vai aparecer a guia Ferramentas de Tabela, clique em layout e em seguida no botão Classificar no grupo Dados. 84

85 MS Word 2007 Wordart Wordart insere um texto decorativo no documento geralmente usado em capas ou em palavras de grande destaque. 1º Clique em e escolha o modelo e clique em cima. 2º Abrirá janela com caixa de texto onde você deverá digitar uma palavra e aperte OK. Ex: Selecionando o Wordart Para que você formate o seu wordart é necessário selecioná-lo, para fazê-lo clique em cima, irá aparecer um quadrado pontilhado em volta, quando um texto feito com o wordart é selecionado aparece uma aba chamada formatar é nessa aba que ocorre a formatação do seu texto. Ex.: Editando texto No exemplo acima criamos um wordart escrito Seu texto aqui agora trocaremos esse texto por Aprendendo sobre Wordart para fazê-lo. 1º clique em cima do texto Seu texto aqui para selecioná-lo 2º Vai aparecer um quadrado pontilhado em volta 3º Vá à aba formatar que vai ser a última que aparece no topo da tela 4º Escolha Editar Texto 5º vai aparecer mesma tela da anterior digite Aprendendo sobre Wordart e aperte ok 85

86 MS Word 2007 Espaçamento do Wordart Aumenta o espaço entre uma letra e outra. 1º Selecione a Palavra que você digitou 2º Na aba formatar Espaçamento 3º Escolha Muito Afastado Igualar altura Deixa todas as letras com a mesma altura 1º Selecione a Palavra que você digitou 2º Na Aba formatar Igualar Altura Texto Vertical do Wordart Desenha o texto verticalmente com as letras empilhadas uma em cima da outra. 1º Selecione a Palavra que você digitou 2º Na aba formatar texto vertical do Wordart Alinhar texto do Wordart Especificando como devem ser alinhadas as linhas individuais de uma wordart com várias linhas. 1º Selecione-a; 2º Na Aba Formatar/Alinhar Texto. Efeito sombra 1º Na aba formatar Efeito sombra escolha um estilo de sombra Deslocando a sombra O Word dá possibilidade de poder movimentar a sombra pra direita, esquerda, a cima e abaixo. 1º Aba Formatar/ Deslocar Sombra 2º clique nas setas ao lado para movimentar a sombra 86

87 MS Word 2007 Efeitos 3D Coloca efeito 3D sobre o texto feito no wordart. 1º Aba Formatar 2º Escolha um efeito 3D Alinhando o Wordart Aqui você escolhe como o wordart vai ficar atrás do texto, na frente, próximo, etc. Para o exemplo coloque o seu wordart atrás do texto. Alterar forma do wordart Escolhe a forma do seu wordart 87

88 Cor do Wordart: Muda a cor do wordart MS Word 2007 Contorno da Forma: Coloca um contorno em volta do texto do wordart Alinhar: alinha o wordart em qualquer posição da tela Girar: gira ou inverte o objeto selecionado Trabalhando com Formas Básicas A versão 2007 do Word veio com uma vasta grade de opções para trabalhar com desenhos e formas básicas, vamos aprender como inserir e editar formas prontas como círculo, retângulos, setas, linhas, símbolos de fluxograma e textos explicativos. 1 Clique na guia inserir e em seguida no botão formas como abaixo; Neste botão você pode desenhar além de formas básicas, setas, caixas de texto, fluxogramas, textos explicativos entre outros. Vamos explorar um pouco estes botões de desenho, para desenhar basta clicar em cima da forma desejada, levar o ponteiro do mouse para o local onde será desenhada a figura, clicar segurar e arrastar até que a forma fique no tamanho adequado. Editando as Formas Básicas Ao selecionar o item que foi desenhado surgirá uma guia diferente se for uma forma aparecerá à guia Ferramentas de Desenho se for uma caixa de texto aparecerá à guia Ferramentas de Caixa de texto que podem ser usadas na mudança de aparência do item desenhado. 88

89 MS Word 2007 Ferramentas de Desenho Ferramentas de Caixa de texto São faixas de opções muito parecidas, mas usadas para fins diferentes. Mostrar ou ocultar as réguas horizontais e verticais Para mostrar ou ocultar as réguas horizontais e verticais, clique em Exibir Régua na parte superior da barra de rolagem vertical. OBSERVAÇÃO A régua vertical não aparecerá se estiver desativada. Para ativar a régua vertical, faça o seguinte: 1. Clique no Botão do Microsoft Office e, em seguida, clique em Opções do Word. 2. Clique em Avançado. 3. Em Exibir, marque a caixa de seleção Mostrar régua Vertical (no modo de exibição Layout de Impressão) 89

90 MS Word 2007 Atividade Word 2 1) Abra um novo arquivo que se encontra na sua pasta (seu nome). 2) Acrescente a todos os parágrafos numeração e, após ver o resultado, acrescente marcadores. Ao concluir, remova os marcadores. 3) Insira no cabeçalho o texto: Amor combina com liberdade e centralize-o, logo após, acrescente no rodapé canto esquerdo, data, e no canto direito, o número de página. 4) Através do botão Zoom, visualize o texto em 50%, 100%, Duas páginas e 75%. 5) Coloque o texto em duas colunas com linha entre colunas. 6) Insira uma imagem no seu documento, depois coloque a imagem atrás do texto. 7) Invente um título para o texto, e aplique efeitos especiais disponíveis na ferramenta WordArt. 8) Acrescente letra capitular ao primeiro parágrafo do texto. 90

91 MS Excel

92 MS Excel 2007 O que há de novo no Microsoft Office Excel 2007 O Microsoft Office Excel 2007 veio recheado de novidades, a começar pela sua nova interface de utilizador orientada para os resultados, o Microsoft Office Excel 2007 disponibiliza poderosas ferramentas que podem ser utilizadas para analisar, partilhar e gerir dados com facilidade. Iniciando o Excel 2007 Para utilizarmos qualquer programa o primeiro passo é saber como iniciá-lo e conhecer a sua interface, ou seja, o significado e a função dos diferentes elementos que aparecem na tela. Para iniciar o Excel 2007, basta acionar o botão do Menu Iniciar, localize todos os programas, vá até a pasta Microsoft Office e selecione Microsoft Excel Tela Inicial INTRODUÇÃO O Excel é a planilha eletrônica mais famosa e utilizada no mundo que possui recursos incríveis e fascinantes capazes de facilitar a criação e o gerenciamento de planilhas, cálculos, listas, e até mesmo de pequenos bancos de dados. Ele também pode funcionar como uma poderosa calculadora oferecendo uma enorme variedade de funções e fórmulas. O Excel possui várias versões sendo que a mais recente é a versão Devido esta ser ainda uma versão bem recente, um número relativamente pequeno de livros e apostilas tem sido escrito a seu respeito. Sendo assim, esta apostila vem oferecer aos usuários do Excel 92

93 MS Excel o conhecimento necessário para dominar as ferramentas e recursos da mais nova versão da planilha eletrônica mais famosa do mundo: o Excel. Usar a Faixa de Opções Ao iniciar alguns programas pela primeira vez no 2007 Microsoft Office system, é possível que você fique surpreso com a aparência. Os menus e as barras de ferramentas de alguns programas foram substituídos pela Faixa de Opções. Guias Grupos A faixa de opções foi criada para ajudá-lo a localizar rapidamente os comandos necessários para executar uma tarefa. Os comandos são organizados em grupos lógicos, reunidos em guias. Cada guia está relacionada a um tipo de atividade como gravação ou disposição de uma página. Para diminuir a desorganização, algumas guias são exibidas somente quando necessário. Por exemplo, a guia Ferramentas de Imagem somente é exibida quando uma imagem é selecionada. Planilha Eletrônica A planilha eletrônica é um grupo de colunas e linhas, cuja intersecção denominamos de células. Cada célula possui um endereço único ou referência. Por exemplo, a referência da célula da coluna A com a linha 1 é A1. Mais linhas e colunas e outros limites novos Para permitir que você explore quantidades maciças de dados nas planilhas, o Office Excel 2007 oferece suporte a 1 milhão de linhas e 16 mil colunas por planilha. Especificamente, a grade do Office Excel 2007 é de linhas por colunas, o que significa 1.500% de linhas e 6.300% de colunas a mais em relação ao Microsoft Office Excel Para aqueles que são curiosos, as colunas agora terminam em XFD, e não em IV. Em vez de 4 mil tipos de formatação, você agora pode usar um número ilimitado na mesma pasta de trabalho, e o número de referências de célula por célula aumentou de 8 mil para o valor limitado pela memória disponível. Para aprimorar o desempenho do Excel, o gerenciamento de memória aumentou de 1 GB de memória, no Microsoft Office Excel 2003, para 2 GB, no Office Excel Você também poderá efetuar cálculos de forma mais rápida em planilhas grandes com várias fórmulas, pois o Office Excel 2007 oferece suporte a vários processadores e grupos de chips multithread. O Office Excel 2007 também oferece suporte a até 16 milhões de cores. 93

94 MS Excel 2007 Pastas de trabalho No Excel 2003 cada pasta de trabalho podia conter 255 planilhas, hoje o Excel 2007 é limitado pela memória disponível e pelos recursos do sistema (o padrão é 3 planilhas) que podem diferir uma das outras, ou seja, em uma pasta de trabalho, podem existir várias planilhas com dados diferentes. Toda vez que abrirmos fecharmos ou salvarmos um arquivo, estaremos executando estas operações em uma pasta de trabalho. Ctrl PageDow; avançar de uma planilha para outra (exemplo: de Plan1 para Plan2). Ctrl PgUp; Para retornar a planilha anterior (exemplo de Plan3 para Plan2). Movimentação na planilha Para selecionar uma célula da planilha ou torná-la ativa, basta movimentar o retângulo de seleção desejada. A movimentação poderá ser feita através do mouse ou teclado. Quando a movimentação entre células é realizada pelo Tab, o cursor desloca-se uma célula à direita e pelo Shift Tab uma célula à esquerda; Pressionando-se a tecla Enter, movemos o cursor para a próxima linha; As teclas de seta posicionam o cursor de acordo com a direção da seta. Tecla Posição do Cursor Seta Célula para direita Seta Célula para esquerda Seta Seta Célula para cima Célula para baixo Ctrl Primeira coluna da linha atual Ctrl Page Up Page Down Ctrl Home Primeira linha da coluna atual Tela para cima Tela para baixo Célula A1 Tipos de Entrada de Dados O Excel aceita quatro tipos de dados: Textos, Números, Fórmulas e Funções. Textos: São interpretados como textos toda a informação que se inicia com uma letra ficando alinhados à esquerda. Utilizamos o texto em títulos e definições. Números: São interpretados como números todo dado precedido pelos seguintes caracteres: menos, abre e fecha parênteses, / $ %. Utilizamos os números para cálculos. Os valores numéricos sempre são alinhados à direita e podem assumir vários formatos como: número fixo de casas decimais, percentual, entre outros. Fórmulas: São compostas por números, operadores matemáticos, referências de células etc. 94

95 MS Excel 2007 Função: É um grupo de código, identificado por um nome, que pode ser chamado de um outro local do programa. Entrando com textos e números Digitar o texto na célula selecionada, confirmando com a tecla Enter. Se o texto for maior que a largura da célula, se expandirá para as células laterais até encontrar uma célula preenchida. Essa expansão ocorre em nível de tela, apresentado em cima da célula vazia. Podemos colocar até caracteres em uma célula. Digitar o número na célula selecionada e pressionar a tecla Enter. Nas células que tiverem o formato de número padrão geral, o Excel exibirá os números como inteiros (789), frações decimais (7,89) ou em notação científica (7.89E+08) caso o número seja maior que a largura da célula. Se o número estiver formatado, a célula será preenchida com cerquilhas (###) indicando que a largura é insuficiente. Corrigindo erros na entrada de dados Durante a digitação dos dados podemos usar as teclas de edição como: Backspace, Delete, Insert, entre outras, que permitem corrigir ou redigitar os dados. Há também a tecla Esc que possibilita cancelar uma entrada de dados antes que ela seja confirmada através da tecla Enter. Para corrigir uma entrada já digitada devemos proceder da seguinte forma: Posicionar o cursor na célula a ser corrigida; Pressionar a tecla de função F2 que habilitará a alteração dos dados contidos na célula (o cursor estará posicionado após o último caractere). Após realizar as devidas correções, tecle Enter para confirmar. Digite a planilha abaixo: 95

96 MS Excel 2007 Salvando a planilha Definição: salvar um documento significa guardá-lo em algum lugar no computador para quando você quiser utilizá-lo novamente é só abri-lo que tudo o que você fez estará lá intacto do jeito que você deixou. 1º Salvando clique em e escolha Salvar como (CTRL+B) Usado para escolher o local onde será salvo o arquivo Digite aqui um nome aqui para seu documento Depois clique no botão salvar 2º Nesta tela é que você define onde será salvo, o nome desse arquivo e também o tipo, depois clique em salvar. Obs. Diferença entre salvar e salvar como Salvar como: é usado sempre que o documento for salvo pela primeira vez, mesmo se for clicado em salvar aparecerá à tela do salvar como. Salvar: É usado quando o documento já está salvo e você o abre para fazer alguma alteração, nesse caso usa-se o salvar. Entradas de Fórmulas e AutoSoma Exemplo de uma fórmula =(b5-c5)*d5. De acordo com esta fórmula, o valor contido na célula B5 será subtraído do valor contido na célula C5 e depois o resultado será multiplicado pelo valor contido na célula D5. O resultado final será apresentado na célula E5. 96

97 MS Excel 2007 Barra de fórmulas Célula ativa com entrada de fórmula em andamento. Usando AutoSoma Após obtermos o lucro de cada peça, vamos agora calcular o total de lucro obtido, poderemos ter este resultado usando a seguinte fórmula: =e5+e6+e7+e8. Só que existe uma maneira prática e fácil de uma somatória de valores contínuos, recurso este que você aplicará através do botão AutoSoma na barra de ferramentas padrão. Para somar automaticamente valores de uma determinada coluna, posicione o cursor uma linha abaixo da sequência de valores e clique no botão AutoSoma. O botão AutoSoma fica localizado na guia Início no grupo Edição 97

98 MS Excel 2007 Saindo do Excel Agora vamos aprender a sair do Excel, existem algumas maneiras para fazermos isso, observe: 1ª Clique opção Fechar. 2ª Usando o botão Fechar da barra de título ou as teclas de atalho ALT + F4. Clique aqui para sair do Excel Se em algum documento aberto foi feito alguma alteração e você fechá-lo, o Excel 2007 exibirá uma janela perguntando se você deseja salvar as alterações no documento, vejamos a tela abaixo: Abrir um arquivo 1. Clique no Botão do Microsoft Office e, em seguida, clique em Abrir. Atalho do teclado para exibir a caixa de diálogo Abrir, pressione CTRL+A. 98

99 MS Excel Na lista Examinar, clique na pasta, na unidade ou em um local na internet contendo o arquivo que você deseja abrir. 3. Na lista de pastas, localize e abra a pasta que contém o arquivo. Obs. Por padrão, os arquivos exibidos na caixa de diálogo Abrir são apenas os arquivos criados pelo programa que está sendo usado. Por exemplo, se estiver usando o Microsoft Office Excel, você não verá os arquivos criados com o Microsoft Office Word, a menos que clique em Todos os Arquivos na caixa Arquivos do tipo. 4. Clique no arquivo e, em seguida, clique em Abrir. Formatando a Fonte e os Números Aprendemos como selecionar as células, vamos agora aplicar alguns recursos obtidos através da barra de formatação em relação à fonte e números. Os botões estão disponíveis na guia início no grupo Fonte. É preciso ter uma região selecionada para aplicarmos os recursos. Como exemplo vamos trabalhar os recursos de fonte, tamanho de fonte, os estilos de Negrito, itálico e sublinhado. Clique e escolha um tipo de fonte Clique e escolha um tamanho de fonte Negrito Itálico Sublinhado Veja a figura abaixo: A entrada de texto nas células tem sempre um alinhamento à esquerda e os números um alinhamento à direita, mas poderemos alterar os seus alinhamentos, através dos botões de alinhamento que se encontram na guia início no grupo Alinhamento, são eles: 99

100 MS Excel 2007 Alinhar no meio Alinhar em baixo direita Alinhar em cima Alinhar a esquerda Centraliza r Alinhar a direita Usamos o botão Mesclar e Centralizar para títulos e outros casos quando for necessário. Célula Mesclada e Centralizada Para formatação de números, vamos encontrar alguns botões na guia início no grupo Número, que servem para acrescentarmos separador de milhares, estilo moeda, estilo porcentagem, etc. Formato de número de contabilização Estilo de Porcentagem Aumentar casas decimais Diminuir casas decimais Separador de milhares 100

101 MS Excel 2007 Números com separador de milhares Números com Estilo de Moeda Números com Estilo de Porcentagem Temos ainda outros recursos disponíveis no grupo Fonte para acrescentar ainda mais a sua formatação, são eles: mudar a cor da fonte e da célula, bordas, aumentar e diminuir recuos de células. Cor da Fonte Borda s Cor de Preenchimento O Excel oferece uma ampla variedade de bordas (inferior, esquerda, direita, superior e inferior dupla, externas, todas as bordas, etc) que são utilizadas para deixar as planilhas com uma estética mais bem delineada. Para colocar borda selecione toda a planilha: Vá até o grupo fonte e clique no botão bordas, clique na seta ao lado direito do mesmo e escolha a borda desejada. Abaixo temos a planilha com alguns recursos aplicados: 101

102 MS Excel 2007 Alterando a largura das colunas Em uma planilha, todas as colunas são definidas com uma largura padrão que poderá ser alterada. As linhas ajustam-se automaticamente para acomodar um texto com retorno automático ou a maior fonte inserida na linha. Mas em alguns casos teremos a necessidade de aumentar a largura da coluna, para que as informações sejam mais bem exibidas. Pode ocorrer em alguns casos de uma célula conter um valor numérico e exibir este caractere (##), isto quer dizer que a célula é pequena para exibir o número, aí surge à necessidade de aumentar a largura da célula. Para aumentarmos a largura da coluna, posicione o ponteiro do mouse na linha divisória das colunas, o ponteiro se transformará em uma seta bi-direcional, depois é só arrastar. Veja o exemplo abaixo: Também podemos alterar a largura da coluna através do grupo Célula no botão formatar. Posicionar o cursor na coluna a ser alterada; Acesse o grupo Célula e clique em Formatar, escolha a opção Largura da Coluna. Digite a largura desejada para a coluna e confirme com a tecla Enter. 102

103 MS Excel 2007 Observações: Caso queira ajustar a largura mínima necessária, para exibir o conteúdo das células selecionadas, acione o grupo Célula e clique em Formatar escolha a opção AutoAjuste da Largura da Coluna ou AutoAjuste da Altura da Linha. Para retornar a coluna ao tamanho original, acesse a opção Largura Padrão. Alterando a altura das linhas De acordo com a fonte utilizada, o Excel ajusta automaticamente a altura da linha. Entretanto, podemos aumentá-la para destacar itens importantes da planilha como, por exemplo, totais, subtotais etc. Procedimentos: Posicionar o cursor na linha a ser alterada; Acesse o grupo Célula e clique em Formatar, escolha a opção Altura da Linha. Digite a altura desejada para a coluna e confirme com a tecla Enter. Inserindo linhas e colunas Posicionar o cursor na célula onde será inserida a linha ou a coluna. Acesse o grupo Célula e clique em Inserir, escolha a opção Inserir Linha da Planilha para inserir uma linha ou Inserir Coluna da Planilha para inserir uma coluna. Outra forma bem prática de inserir uma linha ou coluna é através do botão direito do mouse. 103

104 MS Excel 2007 Linha: Clicando com o botão direito do mouse em cima de uma linha e escolhendo a opção inserir aparecerá uma nova linha no local selecionado. Coluna: Clicando com o botão direito do mouse em cima de uma coluna e escolhendo a opção inserir aparecerá uma nova coluna no local selecionado. Veja abaixo: Linha Coluna Excluindo linhas e colunas Posicionar o cursor na célula onde será excluída a linha ou coluna. Acesse o grupo Célula e clique em Excluir, escolha a opção Excluir Linha da Planilha para excluir uma linha ou Excluir Coluna da Planilha para excluir uma coluna. Outra forma bem prática de excluir uma linha ou coluna é através do botão direito do mouse. Linha: Clicando com o botão direito do mouse em cima de uma linha e escolhendo a opção excluir a linha selecionada sumirá. Coluna: Clicando com o botão direito do mouse em cima de uma coluna e escolhendo a opção excluir a coluna selecionada sumirá. Gráfico 104

105 MS Excel 2007 Esta ferramenta vai nos auxiliar na criação de gráficos, devemos entrar com algumas informações na criação do gráfico em seguida o assistente vai criar o gráfico com as nossas respostas. 1 - O primeiro passo é selecionar as células que contêm os dados que você deseja usar no gráfico. 2 - Na guia Inserir, no grupo Gráficos, siga um destes procedimentos: Clique no tipo de gráfico e, em seguida, clique no subtipo de gráfico que deseja usar. Para visualizar todos os tipos de gráficos disponíveis, clique em um tipo de gráfico, clique em Todos os Tipos de Gráficos para exibir a caixa de diálogo Inserir Gráfico, clique nas setas para rolar pelos tipos e subtipos de gráficos disponíveis e, em seguida, clique na opção que deseja usar. Mover o gráfico 4 - Por padrão, o gráfico é colocado na planilha como um gráfico incorporado. Para colocálo em uma planilha de gráfico separada, altere a sua localização fazendo o seguinte: Clique no gráfico incorporado para selecioná-lo. Isso exibe as Ferramentas de Gráfico, adicionando as guias Design, Layout e Formatar Na guia Design, no grupo Local, clique em Mover Gráfico Em Escolha o local para onde o gráfico deve ser posicionado, execute um dos seguintes procedimentos: Para exibir o gráfico na planilha de gráfico, clique em Nova planilha. Dica: Se você quiser substituir o nome sugerido para o gráfico, você pode digitar um novo nome na caixa Nova planilha. 105

106 MS Excel 2007 Para exibir o gráfico como um gráfico incorporado em uma planilha, clique em Objeto e, em seguida, clique em uma planilha na caixa Objeto em. 5 - O Excel atribuirá automaticamente um nome ao gráfico, como Gráfico1 se este for o primeiro gráfico criado em uma planilha. Para alterar esse nome, faça o seguinte: Clique no gráfico Na guia Layout, no grupo Propriedades, clique na caixa de texto Nome do Gráfico Digite um novo nome Pressione ENTER. Se um gráfico não for mais necessário, será possível excluí-lo. Clique no gráfico para selecioná-lo e pressione DELETE. Alterar o layout ou o estilo de um gráfico Depois de criar um gráfico, é possível alterar instantaneamente a sua aparência. Em vez de adicionar ou alterar manualmente os elementos ou a formatação do gráfico, é possível aplicar rapidamente um layout e um estilo predefinidos ao gráfico. O Excel fornece uma variedade de layouts e estilos úteis e predefinidos (ou layouts e estilos rápidos) que você pode selecionar, mas é possível personalizar um layout ou estilo conforme necessário, alterando manualmente o layout e o formato de elementos individuais. Aplicar um layout de gráfico predefinido 1 - Clique no gráfico que você deseja formatar usando um layout de gráfico predefinido. Dica: Isso exibe as Ferramentas de Gráfico, adicionando as guias Design, Layout e Formatar. 2 - Na guia Design, no grupo Layouts de Gráfico, clique no layout de gráfico que deseja usar. Observação: Quando o tamanho da janela do Excel for reduzido, os layouts de gráfico estarão disponíveis na galeria Layout Rápido no grupo Layouts de Gráfico. Aplicar um estilo de gráfico predefinido 1 - Clique no gráfico que você deseja formatar usando um estilo de gráfico predefinido. 2 - Na guia Design, no grupo Estilos de Gráfico, clique no estilo de gráfico a ser usado. 106

107 MS Excel 2007 Adicionar um título de gráfico 1 - Clique no gráfico ao qual você deseja adicionar um título. 2 - Na guia Layout, no grupo Rótulos, clique em Título do Gráfico. 3 - Clique em Título de Sobreposição Centralizado ou Acima do Gráfico. 4 - Na caixa de texto Título do Gráfico exibida no gráfico, digite o texto desejado. 5 - Para formatar o texto, selecione-o e clique nas opções de formatação desejadas na Minibarra de ferramentas. Adicionar rótulos de dados 1 - Em um gráfico, siga um destes procedimentos: Para adicionar um rótulo de dados a todos os pontos de dados de todas as séries de dados, clique na área do gráfico (área de gráfico: o gráfico inteiro e todos os seus elementos.). Para adicionar um rótulo de dados a todos os pontos de dados de uma série de dados, clique em qualquer local da série de dados que você deseja rotular. Para adicionar um rótulo de dados a um único ponto de dados em uma série de dados, clique na série de dados que contém o ponto de dados que você deseja rotular e clique nesse ponto. Isso exibe as Ferramentas de Gráfico, adicionando as guias Design, Layout e Formatar. 2 - Na guia Layout, no grupo Rótulos, clique em Rótulos de Dados e, em seguida, clique na opção de exibição desejada. 107

108 MS Excel 2007 Observação: Dependendo do tipo de gráfico usado, opções de rótulo de dados diferentes estarão disponíveis. Mostrar ou ocultar uma legenda Quando você cria um gráfico, uma legenda (legenda: uma caixa que identifica os padrões ou cores atribuídos às séries de dados ou categorias de um gráfico) é exibida, mas é possível ocultá-la ou modificar o seu local em seguida. 1 - Clique no gráfico em que você deseja mostrar ou ocultar uma legenda. 2 - Na guia Layout, no grupo Rótulos, clique em Legenda. Siga um destes procedimentos: Para ocultar a legenda, clique em Nenhum. Dica: Para remover rapidamente uma legenda ou uma entrada de legenda de um gráfico, selecione-a e pressione DELETE. Você também pode clicar com o botão direito na legenda ou na entrada de legenda e clicar em Excluir. Para exibir uma legenda, clique na opção de exibição desejada. Para ver opções adicionais, clique em Mais Opções de Legenda e selecione a opção de exibição desejada. Dica: Por padrão, uma legenda não fica sobreposta ao gráfico. Se houver restrições de espaço, será possível reduzir o tamanho do gráfico desmarcando a caixa de opção Mostrar a legenda sem sobrepor o gráfico. Copiando e movendo faixa de células Copiando células Uma das formas de copiar o conteúdo de uma ou mais células, é usando os botões de Copiar e Colar, ou usando as teclas de atalho Ctrl+C (copiar) e Ctrl+V (colar). Clique na célula desejada e clique em colar. 108

109 MS Excel 2007 Movendo Células Uma das formas de mover o conteúdo de uma ou mais células, é usando os botões de Recortar e Colar, ou usando as teclas de atalho Ctrl+X (copiar) e Ctrl+V (colar). Clique na célula desejada e clique em colar. Seleciona as células que deseja recortar e clique em copiar Usando funções para cálculos: A função é uma fórmula especial pré-definida que executa operações com valores. Pode ser usada isoladamente, ou como componente de fórmulas maiores. Seu uso simplifica e reduz o número de fórmulas das planilhas, especialmente as que executam cálculos complexos. Os valores fornecidos a uma função para execução de operações são chamados argumentos. Nos próximos tópicos conheceremos as funções mais utilizadas. Função Soma: como o próprio nome já diz, a função dela é somar as células indicadas. =soma(célula inicial : célula final) Função Média: ela calcula a média aritmética das células do intervalo, ou seja, soma todos os números contidos no intervalo e divide o resultado pelo número de parcelas. =MÉDIA (célula inicial:célula final) Função Mínimo: ela procura o menor valor no intervalo de células. =MÍNIMO(célula inicial:célula final) 109

110 MS Excel 2007 Função Máximo: esta função tem como objetivo procurar o maior valor no intervalo das células. =MÁXIMO(célula inicial:célula final) Função Arred: arredonda um número decimal até uma quantidade de dígitos especificados. =arred(num,num_dígitos) Função DIAS360: retorna o número de dias entre duas datas com base em um ano de 360 dias. Função HOJE: retorna a data atual. Função INT: arredonda um número para baixo, até o inteiro mais próximo. Função MOD: retorna o resto da divisão após o número ter sido dividido por um divisor. Função MULT: multiplica todos os fornecidos e retorna o resultado. 110

111 MS Excel 2007 Função SE: retorna um valor se teste_lógico avaliar como Verdadeiro, e um outro valor se teste_lógico avaliar como Falso. Auditoria O Excel 2007 possui um recurso chamado auditoria, o qual é utilizado na detecção de erros em fórmulas. Quando você está fazendo cálculos simples, as chances de você errar na fórmula são muito pequenas. Agora, quando você está fazendo fórmulas mais complexas, que envolvem vários conjuntos de dados, a probabilidade de você fazer uma fórmula incorretamente aumenta. Esse recurso do Excel nos auxilia justamente nesses casos, identificando e descrevendo os erros. Quando você fizer uma fórmula que o Excel considere errada, será exibido um código de erro. Ao lado do código de erro terá um botão que possui uma série de opções relacionadas com o erro localizado. Seguem abaixo os erros mais comuns que podem ocorrer: #####: esse erro indica que o tamanho da coluna não é suficiente para exibir seu valor. #VALOR!: esse erro indica que a fórmula possui um tipo errado de argumento. #NOME?: esse erro indica que a fórmula possui um texto que o Excel 2007 não reconhece. #REF!: esse erro indica que na fórmula existe a referência para uma célula que não existe. #DIV/0!: esse erro indique que a fórmula está tentando dividir um valor por 0. Com essa ferramenta você pode ainda exibir os precedentes e dependentes de uma fórmula. Ao utilizar esse recurso algumas setas são exibidas na planilha, as quais nos ajudam a identificar se as fórmulas estão corretas. Para utilizar-mos auditoria vamos para a guia fórmulas no grupo Auditoria de Fórmulas. Auto Cálculo Este recurso é muito útil e fácil de ser utilizado. Para verificar rapidamente um total basta selecionar a faixa de célula que deseja somar que a resposta aparecerá na Área de Auto Cálculo, localizada na Barra de Status. Se desejar obter outra forma cálculo, como por exemplo, valor mínimo, médio, etc, dê um clique com o botão direito sobre a área de Auto Cálculo e escolha a opção. 111

112 MS Excel 2007 Formatos Pré-definidos O Excel oferece diversos formatos previamente criados que podem ser aplicados de acordo com a necessidade, ou seja, parcialmente ou integralmente. Procedimentos: Selecione a região a ser formatada; Vá até o grupo Estilo que fica na guia Início; Selecione Formatar como tabela e escolha o tipo; No Grupo Estilo podemos encontrar também as opções Estilos de Célula e Formatação Condicional. Formatando células O grupo Células contém o botão Formatar que permite uma série de formatações especiais que são agrupadas em guias. A aplicação destes recursos requer uma região previamente selecionada. A guia Número: A guia alinhamento: 112

113 MS Excel 2007 Criar uma nova Planilha Vamos criar uma nova planilha para continuarmos nossos estudos, clique no botão Novo da barra de Ferramentas e digite a planilha abaixo: Vamos utilizar os recursos de formatação que aprendemos antes de aplicarmos na nossa planilha e em seguida utilizar as funções necessárias para concluirmos nossa planilha. No final nossa planilha ficará assim: Obs: Utilize a função SE para obter o resultado se o aluno foi aprovado ou reprovado. Os nomes dos alunos aprovados terão de aparecer na cor azul e os reprovados na cor vermelha e para aplicarmos este recurso na coluna resultado temos que aprender a utilizar o recurso de Formatação Condicional. 113

114 MS Excel 2007 Formatação Condicional No Office de 2007, pode utilizar formatações condicionais para anotar visualmente os seus dados, para apresentações ou análise. Para detectar exceções e identificar tendências, pode implementar e gerir várias regras de formatação condicional que aplicam uma formatação visual avançada, sob a forma de gradação de cores, barras de dados e conjuntos de ícones, a dados que correspondem às regras. Os formatos condicionais também são fáceis de aplicar, com apenas alguns cliques pode visualizar relações entre dados, que pode utilizar para aprofundar uma análise. Para aplicar uma formatação condicional temos que antes selecionar o espaço que será inserido o efeito, em seguida vá até o botão Formatação Condicional no grupo Estilo que fica localizado na guia Início. Ao clicar no botão Formatação Condicional aparecerá várias opções, vamos usar o botão Realçar Regras das Células e em seguida escolha a opção desejada, vamos escolher É igual a... Será exibida essa janela: E é nela que faremos a aplicação do efeito. Configurando e imprimindo planilhas Antes de imprimir a planilha, é necessário definir alguns parâmetros, configurando a página para impressão. 114

115 MS Excel 2007 Na guia Layout da Página podemos mudar a orientação do papel, mudar as margens, inserir cabeçalho e rodapé, definir o tamanho do papel entre outros. Caso esteja visualizando uma planilha, basta clicar sobre o botão Configurar Página. Se não estiver no modo de visualização utilize o botão de inicialização do conjunto Configurar página e surgirá a tela abaixo: Definindo as margens Além de configurar a página, precisamos definir as margens para impressão. Procedimentos: Com a janela acima aberta Alternar para a guia Margens; Definir o tamanho das margens superior, inferior, esquerda e direita; Determinar a distância entre a borda do papel e o cabeçalho e rodapé; Selecionar uma das opções centralizar a impressão na folha: Horizontal ou Vertical; 115

116 MS Excel 2007 Cabeçalho e Rodapé Permite que você digite um cabeçalho e rodapé de forma personalizada ou, escolher um pré definido. Cabeçalho e rodapé é um texto que se repete em todas as páginas do seu documento, geralmente colocamos elementos gráficos, logotipo da empresa, número da página, etc. Veja quadro abaixo: Visualizar impressão É altamente recomendável antes da impressão de qualquer documento visualizar a impressão, para termos uma idéia de como a planilha irá se comportar dentro do papel depois de impresso. Poderemos obter estes recursos através do Botão Office >> Imprimir >> Visualização de Impressão. 116

117 MS Excel 2007 Imprimindo Após definir a configuração de página, execute os passos a seguir para realizar a impressão da planilha. Procedimentos: Pode se escolher a opção Imprimir através do Atalho: Ctrl + P; Definir as opções desejadas (número da página a ser impresso, número de cópias etc) e finalizar com o botão OK. Recursos Automáticos Auto Preenchimento Este recurso de auto preenchimento expande vários tipos de seqüências, o Excel pode preencher automaticamente diversos tipos de seqüências. DATA Seleção Inicial Seqüência expandida 7:00 8:00, 9:00, 10:00 Segunda-feira Jan Jan, Abr 01-Jan, 01-Mar Terça-feira, Quarta-feira Fev, Mar, Abr Jul, Out, Abr 01-Mai, 01-Jul, 01-Set 1998, , 2001,

118 MS Excel 2007 Jan-00, Mar-00 Mai-00, Jul-00, Set-00 LINEAR 1,2 3,4,5 1,3 5,7,9 2,4 6,8,10 5,10 15,20,25 50,45 40,35,30 OUTRAS SEQUÊNCIAS Tri1 Tri2, Tri3, Tri4 1º Período 2º Período, 3º Período Produto 1 Produto 2, Produto 3 Auto Conclusão Você já deve ter notado que quando digitamos as primeiras letras de uma palavra dentro da célula, o Excel pode completar a palavra com base na que você digitou naquela coluna. Veja exemplo ao lado: Quando pressionamos a primeira letra da função S, o Excel completa automaticamente. 118

119 MS Excel 2007 Atividade Excel Digite a planilha entregue pelo professor. 2. Formate a planilha conforme o modelo. 3. Calcule o custo de cada produto. 4. Calcule o total geral da compra. 5. Encontre o maior preço dos produtos, utilizando a função MÁXIMO. 6. Encontre o menor preço dos produtos, utilizando a função MÍNIMO. 7. Encontre média de preço dos produtos, utilizando a função MÉDIA. 8. Crie um gráfico tipo pizza, utilizando as colunas Descrição do Produto e Total. 9. Aplique Cabeçalho e Rodapé na planilha. No cabeçalho, na seção central Seu Nome, no rodapé, na seção direita Data, na seção esquerda FUNFFEC. 10. Configure a página da sua planilha conforme é pedido: a. Mude o tamanho do papel para A5. b. Mude as margens SUP e INF para 1cm e as margens DIR e ESQ para 1cm. c. Centralize sua planilha na página. d. Mude a orientação da página para paisagem. 119

120 MS PowerPoint 2007 ANOTAÇÕES 120

121 MS PowerPoint

122 MS PowerPoint 2007 Microsoft Office PowerPoint 2007 O Microsoft Office PowerPoint 2007 permite criar apresentações dinâmicas de grande impacto, integrando simultaneamente o fluxo de trabalho e formas de partilhar informações facilmente. Desde a interface de utilizador Microsoft Office Fluent às novas capacidades de gráficos e de formatação, o Office PowerPoint 2007 coloca o controle em suas mãos para criar apresentações com um ótimo aspecto. Iniciando o PowerPoint 2007 Para utilizarmos qualquer programa o primeiro passo é saber como iniciá-lo e conhecer a sua interface, ou seja, o significado e a função dos diferentes elementos que aparecem na tela. Para iniciar o PowerPoint 2007, basta acionar o botão do Menu Iniciar, localize todos os programas, vá até a pasta Microsoft Office e selecione Microsoft Office PowerPoint Tela inicial 122

123 MS PowerPoint 2007 Apresentando a nova interface A interface de utilizador Office Fluent no Office PowerPoint 2007 torna a criação, apresentação e partilha de apresentações uma experiência mais fácil e intuitiva. Dispõe agora de todas as funcionalidades e capacidades avançadas do PowerPoint numa área de trabalho simplificada e sem obstáculos que minimiza a distração e ajuda a obter os resultados pretendidos de forma mais rápida e fácil. Introdução ao PowerPoint O PowerPoint é um programa destinado à criação e exibição de apresentações. Através de ferramentas, você poderá criar apresentações de forma simples e rápida. Estas apresentações poderão usar recursos de multimídia, como: som, imagem, movimento, animação, todos combinados para que você consiga uma apresentação interativa e eficaz. Encontraremos também outros recursos, como o Assistente para Viagem (que auxiliará na compactação das apresentações, tornado-as facilmente portáteis e permitirá que apresente essa apresentação em uma máquina que não possua o Power Point instalado) e a possibilidade de criar páginas para a internet e transmitir apresentações pela web. Elementos da tela do PowerPoint Botão do Microsoft Office Ele substitui o menu Arquivo (versões anteriores) e está localizado no canto superior esquerdo do programa. Ao clicar no Botão do Microsoft Office, serão exibidos comandos básicos: Novo, Abrir, Salvar, Salvar Como, Imprimir, Preparar, Enviar, Publicar e Fechar. Barra de Ferramentas de Acesso Rápido A Barra de Ferramentas de Acesso Rápido está localizada, por padrão, na parte superior da janela do Word e fornece acesso rápido às ferramentas que você usa com freqüência. É possível personalizar a Barra de Ferramentas de Acesso Rápido adicionando comandos a ela. Barra de Título Exibe o nome do programa (Microsoft PowerPoint) e, também exibe o nome do documento ativo. 123

124 MS PowerPoint 2007 Faixa de Opções A Faixa de Opções é usada para localizar rapidamente os comandos necessários para executar uma tarefa. Os comandos são organizados em grupos lógicos, reunidos em guias. Cada guia está relacionada a um tipo de atividade como gravação ou disposição de uma página. Para diminuir a desorganização, algumas guias são exibidas somente quando necessário. Por exemplo, a guia Ferramentas de Imagem somente é exibida quando uma imagem é selecionada. 1) Guias 2) Os grupos em cada guia dividem a tarefa em subtarefas. 3) Os botões de comando em cada grupo executam um comando ou exibem um menu de comandos. Painel de Anotações Nele é possível digitar as anotações que se deseja incluir em um slide. Barra de Status Exibe várias informações úteis na confecção dos slides, entre elas: o número de slides; tema e idioma. Nivel de Zoom Clicar para ajustar o nível de zoom. Criando uma apresentação com Modelo O PowerPoint disponibiliza uma série de modelos instalados para que você possa utilizar para fazer uma apresentação. Para criar uma apresentação usando um Modelo siga os seguintes passos. 1 Clique no Botão Office e depois em Novo, surgirá uma janela como esta abaixo: 124

125 MS PowerPoint Clique na opção Modelos Instalados, ao clicar nesta opção selecione um dos modelos e clique em criar. Pronto agora é só preencher com os seus dados. Além de Modelos Instalados podemos também criar apresentações de outra forma como: Em Branco e Recentes Temas Instalados Meus Modelos Novo Documento com Base em documento existente Criar uma apresentação usando Slides em Branco Vá até o Botão Office e clique em Novo: Marque a opção Em Branco e Recentes e clique em criar. Adicionar corpo de Texto ou Título Clique dentro de um espaço reservado de texto e digite ou cole o texto. Vamos preencher os espaços abaixo: 125

126 MS PowerPoint 2007 Observação: Se o texto exceder o tamanho do espaço reservado, o Microsoft PowerPoint reduz o tamanho da fonte e o espaçamento de linhas em incrementos à medida que você digita, para que o texto se ajuste. Inserir novo slide Para inserir um novo slide acionar a guia Início e clicar no botão Novo Slide. Depois clicar no layout desejado. 126

127 MS PowerPoint 2007 Excluir slide Para excluir um slide basta selecioná-lo e para selecionar um slide, basta clicar em um Slide no painel à esquerda. Depois basta clicar no botão Excluir, localizado na guia Início. Formatar Texto Para alterar um texto, é necessário primeiro selecioná-lo. Para selecionar um texto ou palavra, basta clicar com o botão esquerdo sobre o ponto em que se deseja iniciar a seleção e manter o botão pressionado, arrastar o mouse até o ponto desejado e soltar o botão esquerdo. Ou clicar com o botão esquerdo sobre a linha da caixa onde o texto foi digitado para selecionar o texto por completo Com o texto selecionado basta clicar nos botões para fazer as alterações desejadas: 1 Fonte: Altera o tipo de fonte 2 Tamanho da fonte: Altera o tamanho da fonte 3 Negrito: Aplica negrito ao texto selecionado. Também pode ser acionado através do comando Ctrl+N. 4 Itálico: Aplica Itálico ao texto selecionado. Também pode ser acionado através do comando Ctrl+I. 5 Sublinhado: Sublinha o texto selecionado. Também pode ser acionado através do comando Ctrl+S. 6 Tachado: Desenha uma linha no meio do texto selecionado. 7 Sombra de Texto: Adiciona uma sombra atrás do texto selecionado para destacá-lo no slide. 8 Espaçamento entre Caracteres: Ajusta o espaçamento entre caracteres. 127

128 MS PowerPoint Maiúsculas e Minúsculas: Altera todo o texto selecionado para MAIÚSCULAS, minúsculas, ou outros usos comuns de maiúsculas/minúsculas. 10 Cor da Fonte: Altera a cor da fonte. 11 Alinhar Texto a Esquerda: Alinha o texto à esquerda. Também pode ser acionado através do comando Ctrl+Q. 12 Centralizar: Centraliza o texto. Também pode ser acionado através do comando Ctrl+E. 13 Alinhar Texto a Direita: Alinha o texto à direita. Também pode ser acionado através do comando Ctrl+G. 14 Justificar: Alinha o texto às margens esquerda e direita, adicionando espaço extra entre as palavras conforme o necessário, promovendo uma aparência organizada nas laterais esquerda e direita da página. 15 Colunas: Divide o texto em duas ou mais colunas. Aplicando um Design em um Slide Para aplicar um design temos que selecionar um slide para selecionar um slide, basta clicar em um Slide no painel à esquerda. Quando o slide estiver selecionado clique na guia Design, surgirá os botões abaixo: Criar Apresentação Após vermos alguns recursos de formatação de slides vamos digitar os seguintes Slides para podermos utilizar ainda mais recursos que o PowerPoint disponibiliza. 1 Abra o PowerPoint Vá até o botão Layout que fica na guia Início no conjunto Slide e escolha em Branco. 3 Para digitar o conteúdo nos slides vamos utilizar caixas de texto que se encontram na guia Inserir no conjunto Texto. 4 Clique sobre o botão caixa de texto em seguida, clique segure e arraste com o botão esquerdo do mouse até definir o tamanho quando estiver no tamanho adequado solte o botão esquerdo do mouse. 128

129 MS PowerPoint 2007 Digite os Seguintes Slides Slide 1 - Primavera Slide 2 - Primavera é quando, num pedacinho da Terra, as flores se abrem, o sol fica mais forte e a vida fica mais alegre. Slide 3 - Quando, num canto da Terra, se faz primavera, nos outros cantos se faz verão, inverno e outono. Slide 4 - Das quatro estações, a primavera é a mais bonita, porque colore a terra, perfuma o ar e contagia os corações sensíveis com sua alegria. Slide 5 - A primavera é uma boa época para renovar o espírito, assim como as flores se renovam. Slide 6 - E de colher os frutos e semear a terra. Semear a terra sempre, pois isso significa mantê-la sempre fértil. E de terra fértil, sempre brota a vida. Slide 7 - Bom seria se a primavera acontecesse o tempo todo, em todos os corações humanos... florescendo, enfim, na forma de atos, palavras e pensamentos, sempre positivos... Slide 8 - Se cada ser vivente fosse como uma flor, bela, pura e cheirosa, toda a Terra viveria uma eterna primavera... Depende de cada um, fazer do próprio coração, a terra... Semeá-lo e cuidá-lo, para cultivar o espírito da primavera, todo o tempo... Em qualquer estação... Salvando um Trabalho Para guardar um trabalho feito basta clicar no botão (Salvar), ou acionar a opção Salvar no Botão Office. Ambas opções levarão o usuário à caixa de diálogo Salvar, na qual será necessário apenas nomear o arquivo trabalhado (dar um nome), e clicar em OK. Escolha aqui o local onde o arquivo será salvo Digite aqui um nome para seu arquivo Clique aqui no botão SALVAR 129

130 MS PowerPoint 2007 Abrindo um Trabalho Para Abrir um trabalho no PowerPoint clique no Botão Office e acione o comando Abrir. A opção levará você até uma caixa de diálogo parecida com Salvar, só que agora você irá clicar no nome respectivo ao do seu arquivo e em seguida em OK. Alterar Plano de Fundo Para alterar o plano de fundo de um slide, basta clicar com o botão direito do mouse sobre ele, e em seguida clicar em Formatar Plano de Fundo. 130

131 MS PowerPoint 2007 Depois escolher entre as opções clicar Aplicar a tudo para aplicar a mudança a todos os slides, se for alterar apenas o slide atual clicar em fechar. Trabalhando com Preenchimentos Sem dúvida, a melhor parte do Microsoft PowerPoint é a sua parte de preenchimentos. Após ter criado seu slide você poderá preenchê-lo de várias maneiras, com diversas cores e estilos. Conheça abaixo os vários estilos de preenchimentos disponíveis para você: Preenchimento Sólido Se você deseja fazer um preenchimento simples basta escolher uma cor no botão Cor e se desejar regule a transparência de acordo com o trabalho. Preenchimento Gradiente Com o preenchimento gradiente você terá a oportunidade de utilizar em seu trabalho belos efeitos gráficos, com a mistura de várias cores. Observe os detalhes abaixo: 131

132 Preenchimento com Imagem ou Textura MS PowerPoint 2007 O preenchimento com imagem ou texturiza permite que você aplique imagens como plano de fundo ou também aplicar texturas que imitam com perfeição várias superfícies como mármore, madeira e papel amassado. Veja abaixo: Em Imagem pode ser feitas aplicações de efeitos na imagem ou na textura como: Brilho, Contraste entre outros. Classificando Slides e preparando para apresentação Após montados os SLIDES e organizado a seqüência da apresentação, o usuário poderá trabalhar a classificação de SLIDES, que é a definição de como cada SLIDE aparecerá na tela quando o mesmo for apresentado. Nos tópicos que seguirão abaixo, mostraremos cada passo destas configurações, afim de que a sua apresentação possa ser bem estimulante visualmente. Modo de exibição dos Slides Para que os SLIDES possam ser melhor visualizados, fazendo com que a configuração de cada um seja melhor aproveitada, clique na guia Exibição, para definir a classificação de slides. Após clicar em classificação de Slides, você verá todos os slides de seu documento de uma forma melhor. Então chegou a hora de configurar cada um para que eles aparecem 132

133 MS PowerPoint 2007 na tela da maneira que o usuário quiser, dentro dos padrões oferecidos pelo PowerPoint às apresentações. Apresentando os Slides Ao chegar neste tópico, o usuário terá passado pelos tópicos mais complicados, bastando agora somente saber como fazer para que a sua apresentação apareça na tela de seu computador, mais especificamente no monitor de vídeo. Veja abaixo como fazer para acionar a apresentação na tela. 1º Pode-se acionar a apresentação no botão Apresentação de Slides, que está presente na guia Exibição no conjunto Modos de Exibição de Apresentação. 2º Aciona-se também a apresentação através do botão F5 Efeitos de Transição de Slides Cada slide pode ser configurado separadamente de forma que o mesmo se apresente na tela de um modo diferente. O primeiro poderia, por exemplo, se abrir de uma forma, o segundo de outra e assim sucessivamente. Essa passagem de um slide para o outro é chamada de TRANSIÇÃO (passagem). Para configurar a transição vá até a guia Animações que será exibida estas opções. O Conjunto transição de slides engloba todas as funções da caixa efeitos de transição e incorpora também outros recursos como: configuração de tempo automático para slide, sons, etc. Para chegar até esta função basta selecionar o slide desejado, e clicar no botão que se encontra na barra de formatos (isso quando o documento estiver no modo de classificação de slides). 133

134 MS PowerPoint 2007 Personalizar Animação Você já sabe que cada slide pode ser configurado para aparecer na tela de diversas formas; com tempos automáticos, com cores diversas, etc. Mas o PowerPoint ainda guarda mais alguns segredos para o usuário: é a personalização da animação. Os objetos que compõe o slide podem ser configurados para aparecerem em movimentos desejados e oferecidos pelo programa, e também podem ter sons e outros efeitos. Antes de trabalhar com esta opção deverá ser selecionado no slide o objeto que receberá a animação, que pode ser um desenho, um texto, enfim qualquer objeto do slide, e logo após clicando no Botão Animação Personalizada, entenda ao lado os efeitos que podem ser aplicados ao objeto: Surgirá este painel que fica posicionado a direita do vídeo como na tela abaixo: Configurando a Apresentação Após ter configurado os slides com suas devidas transições e tempos automáticos entre os intervalos, se houver, o usuário deverá agora configurar a apresentação em si, ou seja, como os slides serão apresentados com relação à seqüência; se vão ser apresentados continuamente, (sem parar no caso da transição ter sido definida como automática), ou se a apresentação será comandada através do teclado. Para configurar a apresentação basta clicar na guia Apresentação de Slides no botão Configurar Apresentação no conjunto Configurar e o usuário terá à disposição, várias opções que vão trabalhar a parte da apresentação em si. Observe abaixo a caixa de diálogo Configurar apresentação : 134

135 MS PowerPoint 2007 Nos casos em que a apresentação se der de forma automática, ou seja, o usuário não deseja que os slides avancem sozinhos, você poderá controlá-los através do teclado do seu computador. Para que a transição deixe de ser automática é só não definir nenhum intervalo no botão transição de slides, visto no tópico anterior, Botão transição de slides. Observe abaixo como movimentar a sua seqüência de slides com o uso do teclado: As Principais Ferramentas de Edição Para trabalhar com o PowerPoint não é necessário muito conhecimento por parte do usuário. Basta apenas que se conheça as suas principais ferramentas de edição usadas para construir todo o Slide, desde preenchimentos especiais a figuras, e assim você estará pronto para criar belos trabalhos gráficos. A principal parte visível do PowerPoint, (mais importante) de fácil acesso e rápido manuseio, é a guia inserir. Na guia inserir podemos visualizar muitos objetos, entre eles: 135

136 MS PowerPoint 2007 Tabela: Insere ou traça uma tabela no documento. Imagem: Insere uma imagem de um arquivo. Clip-art: Insere clip-art no documento, incluindo desenhos, filmes, sons ou fotos de catálogo para ilustrar um conceito específico. Álbum de Fotografias: Cria ou edita uma apresentação com base em uma série de imagens. Formas: Insere formas prontas, como retângulo e círculos, setas, linhas, símbolos de fluxograma e textos explicativos. SmartArt: Insere um elemento gráfico SmartArt para comunicar informações visualmente. Gráfico: Insere um gráfico para comparar dados. Hiperlink: Cria um link para uma página da Web, uma imagem, um endereço de ou um programa. Ação: Adiciona uma ação ao objeto selecionado para especificar o que deve acontecer quando você clicar nele ou passar o mouse sobre ele. Caixa de Texto: Insere uma caixa de texto no documento ou adiciona texto à forma selecionada. Cabeçalho e Rodapé: Edita o cabeçalho ou rodapé de um documento. Wordart: Insere um texto decorativo no documento. Data e Hora: Insere data ou hora atual no documento atual. Número do Slide: Insere o número do slide. Símbolo: Insere caracteres que não constam do teclado, como símbolos de copyright, símbolos de marca registrada, marcas de parágrafo e caracteres Unicode. Objeto: Insere um objeto incorporado. Filme: Insere um filme na apresentação. Som: Insere um Clipe de som ou uma música no slide. Construindo Formas Geométricas Para construir formas geométricas basta primeiramente saber que tipo de forma se deseja construir. Todos os tipos de forma geométrica podem ser construídos no PowerPoint. Para isso basta utilizar a guia Inserir como vimos no tópico anterior. Ao clicar sobre o botão correspondente, ao da forma que se deseja fazer, o seu mouse se transformará em uma pequena cruz (+). Sendo assim, a única coisa que se resta fazer é pressionar o seu mouse e arrastá-lo. Quando isso acontecer, você vai notar que uma figura estará se abrindo em sua folha. Basta, portanto soltá-lo no ponto desejado, e sua forma estará pronta. 136

137 MS PowerPoint 2007 Se desejar redimensionar o seu objeto, basta pressionar o mouse sobres às alças do mesmo e arrastar para os lados desejados. (Alças são pequenos quadradinhos que ficam em torno do objeto selecionado; isso se aplica também às figuras) Adicionar Cabeçalhos e Rodapés Na guia Inserir clique em Cabeçalho e rodapé e aparecerá a seguinte janela Para adicionar uma data e hora atualizadas automaticamente, clique em Data e hora, clique em Atualizar automaticamente e selecione um formato de data e hora. Ou, para adicionar uma data e hora fixas, clique em Determinada(s) e digite uma data e hora. Para adicionar um número, clique em Número do slide. Para adicionar texto de rodapé, clique em Rodapé e digite o texto. Para adicionar as informações ao slide atual ou aos slides selecionados, clique em Aplicar. Para adicionar as informações a todos os slides da apresentação, clique em Aplicar a todos. 137

138 MS PowerPoint 2007 Observações Se você não desejar que as informações apareçam no slide do título, marque a caixa de seleção Não exibir no slide de título. Se você estiver usando vários modelos de design e, portanto, possuir vários slides mestres na apresentação, ao selecionar Aplicar a todos na caixa de diálogo Cabeçalho e rodapé, as configurações se aplicarão a todos os designs da apresentação. Inserindo Imagem Para trabalhar com figuras no Power Point é simples. Você poderá obtê-las da seguinte maneira. Utilize a guia Inserir, escolha a opção Imagem do arquivo. Quando você escolhe esta opção uma caixa de diálogo é apresentada, como a figura abaixo: Após escolher a pasta que se encontra as imagens, selecione a imagem a ser inserida e clicar em OK. Adicionar Wordart 1. Na guia Inserir, clique em WordArt. 2. Clique no efeito de WordArt desejado e, em seguida, clique em OK. 3. Na Caixa de texto da WordArt, digite o texto desejado. Pode se fazer alterações na Wordart através da Guia Formatar que surge quando a Caixa de texto da Wordart. 138

139 MS PowerPoint 2007 Inserir uma tabela Uma tabela é formada por linhas e colunas, cujo ponto de encontro ou intersecção formará as células, que poderão ser preenchidas com texto e elementos gráficos. Você poderá usar tabelas para alinhar números em colunas e, em seguida, classificá-los e realizar operações com eles. As tabelas também poderão ser usadas para organizar texto e elementos gráficos. Você tem varias opções de se criar uma tabela. Ex. 2. Clique na guia Inserir, Tabela Você pode arrastar o ponteiro do mouse sobre estes quadrados até definir a quantidade de linhas e colunas ou então pode clicar no botão inserir tabela e definir o número de linhas e colunas através das caixas e depois confirmando em Ok. Vamos criar uma tabela com 6 linhas e 6 colunas usando as formas de criação acima. Resultado: 139

140 MS PowerPoint 2007 Após inserir a tabela podemos fazer algumas modificações, ao clicar dentro da tabela surgirá duas guias para modificar sua aparência são as guias Design e Layout localizadas em Ferramentas de Tabela. Adicionar um Som Para evitar possíveis problemas com vínculos, recomenda-se copiar os sons para a mesma pasta onde se encontra a sua apresentação antes de adicioná-los. 1. Clique no slide ao qual você deseja adicionar um som. 2. Na guia Inserir, no grupo Clipes de Mídia, clique na seta abaixo de Som. 3. Siga um destes procedimentos: Clique em Som do Arquivo, localize a pasta que contém o arquivo, e clique duas vezes no arquivo que deseja adicionar. Clique em Som do Media Gallery, role até encontrar o clipe desejado no painel de tarefas do Clip-art, e clique sobre ele para que seja adicionado ao slide. Dica Você pode ter uma prévia do clipe antes de adicioná-lo à sua apresentação. No painel de tarefas do Clip-art, na caixa Resultados, que exibe os clipes disponíveis, mova o ponteiro do seu mouse por sobre a miniatura do clipe. Clique na seta que aparece, e em seguida clique em Visualizar/Propriedades. Adicionar um Filme Para evitar possíveis problemas com os vínculos, é uma boa idéia copiar os filmes na mesma pasta da sua apresentação antes de adicionar os filmes à sua apresentação. 1. No modo de exibição Normal, clique no slide ao qual você deseja adicionar um filme ou arquivo de GIF animado. 2. Na guia Inserir, no grupo Clipes de Mídia, clique na seta abaixo de Filme. Siga um destes procedimentos: Clique em Filme do Arquivo, localize a pasta que contém o arquivo, e clique duas vezes no arquivo que deseja adicionar. Clique em Filme do Media Gallery, role para encontrar o clipe que deseja no painel de tarefas (painel de tarefas: uma janela dentro de um aplicativo do Office que fornece os comandos mais usados. Seu local e tamanho pequeno permitem que você use esses 140

141 MS PowerPoint 2007 comandos enquanto ainda estiver trabalhando com seus arquivos.) do Clip-art, e clique sobre ele para adicioná-lo ao slide. Dica Você pode visualizar um clipe antes de adicioná-lo à sua apresentação. No painel de tarefas do Clip-art, na caixa Resultados, que mostra os clipes disponíveis, mova o ponteiro do seu mouse sobre as miniaturas dos clipes, clique na seta que aparece e, em seguida, clique em Visualização/Propriedades. Hiperlink No Microsoft PowerPoint, um hiperlink é a conexão de um slide com outro slide, com uma apresentação personalizada, com uma página da Web ou com um arquivo. O hiperlink pode ser um texto ou um objeto como uma figura, gráfico, forma ou WordArt. Um botão de ação consiste em um botão já existente que você pode inserir na sua apresentação e para o qual pode definir hiperlinks. 1. Selecione o texto ou objeto que deve representar o hiperlink. 2. Clique em Inserir hiperlink. 3. Em Vincular a, clique em Colocar neste documento. Na lista, selecione o slide para o qual deseja ir. Botões de Ação Os botões de ação são elementos de tela que avançam os slides na apresentação criando um efeito de beleza e sincronismo entre um slide e outro, além de dar uma aparência profissional ao trabalho. Os botões de ação são usados quando o usuário deseja avançar os slides manualmente sem usar o teclado, utilizando para isso o mouse. Abaixo você tem um exemplo do que é um botão de ação: O botão avançar quando inserido no slide, avança o slide para o próximo ao clique do mouse. 141

142 MS PowerPoint 2007 Para trabalhar com os botões de ação você poderá ir até o Botão Formas na guia Inserir e escolha a opção Botões de Ação escolha um dos botões e aplique no slide definindo o tamanho desejado. Após inserir o botão de ação desejado o usuário notará que aparecerá uma caixa de diálogo como a que é apresentada no modelo abaixo (configurar ação): Hiperlink ligação entre um e outro. Aqui o usuário escolherá onde será feito o link, ou seja, a ligação no botão de ação. Existem várias opções ( primeiro slide, último slide, etc.) Impressão No Microsoft Office PowerPoint 2007, é possível criar e imprimir slides, folhetos e anotações. É possível imprimir sua apresentação no modo de exibição de Estrutura de Tópicos, de maneira colorida, em preto e branco ou em escala de cinza. Imprimir slides 1. Clicar no Botão Microsoft Office, clicar na seta ao lado de Imprimir e, em seguida, clicar em Visualizar impressão. 2. No grupo Configurar página, da lista Imprimir, selecionar Slides. 3. Clicar em Opções, apontar para Cor/escala de cinza e, em seguida, clicar em uma das opções: 142

143 MS PowerPoint 2007 Cor: Se estiver usando uma impressora colorida, essa opção realizará a impressão em cores. Cor (em impressora preto-e-branco): Se estiver usando uma impressora preto-e-branco, essa opção realizará a impressão em escala de cinza. Escala de cinza: Essa opção imprime imagens em tons de cinza que variam entre o preto e o branco. Os preenchimentos de plano de fundo são impressos como branco para que o texto fique mais legível. (Às vezes a escala de cinza é bastante semelhante à Preto-ebranco puro). Preto-e-branco puro: Essa opção imprime o folheto sem preenchimentos em cinza. 4. Clicar em Imprimir. Para alterar as opções de impressão, siga estas etapas: 1. Na guia Estrutura, no grupo Configurar página, clicar em Configurar página. 2. Na lista Slides dimensionados para, clicar no tamanho de papel desejado para impressão. Se clicar em Personalizado, digitar ou selecionar as dimensões do papel nas caixas Largura e Altura. Para imprimir em transparências, clicar em Transparência. 3. Para definir a orientação da página para os slides, em Orientação, na caixa Slides, clicar em Paisagem ou Retrato. Criar e imprimir folhetos Você pode imprimir as apresentações na forma de folhetos, com até nove slides em uma página, que podem ser utilizados pelo público para acompanhar a apresentação ou para referência futura. O folheto com três slides por página possui espaços entre as linhas para anotações. 143

144 MS PowerPoint 2007 Você pode selecionar um layout para os folhetos em visualização de impressão (um modo de exibição de um documento da maneira como ele aparecerá ao ser impresso). 144

O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft.

O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft. Introdução ao Microsoft Windows 7 O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft. Visualmente o Windows 7 possui uma interface muito intuitiva, facilitando a experiência individual do

Leia mais

Para existência de um sistema de informação, fazem-se necessários três componentes, são eles:

Para existência de um sistema de informação, fazem-se necessários três componentes, são eles: RESUMO Um sistema de informação é composto de três componentes, Hardware, Software e Peopleware. Para quantificar a memória do equipamento é utilizado um sistema de medida, ou seja, o byte, que significa

Leia mais

O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft.

O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft. Introdução ao Microsoft Windows 7 O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft. Visualmente o Windows 7 possui uma interface muito intuitiva, facilitando a experiência individual do

Leia mais

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares SENAI São Lourenço do Oeste Introdução à Informática Adinan Southier Soares Informações Gerais Objetivos: Introduzir os conceitos básicos da Informática e instruir os alunos com ferramentas computacionais

Leia mais

Tecnologia da Informação

Tecnologia da Informação Tecnologia da Informação Componentes Sistema Informação Hardware - Computadores - Periféricos Software - Sistemas Operacionais - Aplicativos - Suítes Peopleware - Analistas - Programadores - Digitadores

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 2 Windows Vista Professora: Cintia Caetano AMBIENTE WINDOWS O Microsoft Windows é um sistema operacional que possui aparência e apresentação aperfeiçoadas para que o trabalho

Leia mais

Informática Aplicada

Informática Aplicada Informática Aplicada SO Windows Aula 3 Prof. Walteno Martins Parreira Jr www.waltenomartins.com.br waltenomartins@yahoo.com 2014 APRESENTAÇÃO Todo computador precisa de um sistema operacional. O Windows

Leia mais

Conceitos Básicos sobre Sistema de Computação

Conceitos Básicos sobre Sistema de Computação Conceitos Básicos sobre Sistema de Computação INFORMÁTICA -É Ciência que estuda o tratamento automático da informação. COMPUTADOR Equipamento Eletrônico capaz de ordenar, calcular, testar, pesquisar e

Leia mais

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação Informática Aplicada Revisão para a Avaliação 1) Sobre o sistema operacional Windows 7, marque verdadeira ou falsa para cada afirmação: a) Por meio do recurso Windows Update é possível manter o sistema

Leia mais

Professor: Macêdo Firmino Introdução ao Windows 7

Professor: Macêdo Firmino Introdução ao Windows 7 Professor: Macêdo Firmino Introdução ao Windows 7 O hardware não consegue executar qualquer ação sem receber instrução. Essas instruções são chamadas de software ou programas de computador. O software

Leia mais

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Iniciando o Windows XP...2 Desligar o computador...3 Área de trabalho...3

Leia mais

Prof. Orlando Rocha. Qual o nosso contexto atual?

Prof. Orlando Rocha. Qual o nosso contexto atual? 1 Qual o nosso contexto atual? Atualmente, vivemos em uma sociedade que é movida pela moeda informação! No nosso dia-a-dia, somos bombardeados por inúmeras palavras que na maioria das vezes é do idioma

Leia mais

Princípios de Internet e Termos mais Utilizados. Internet

Princípios de Internet e Termos mais Utilizados. Internet Princípios de Internet e Termos mais Utilizados Internet A Comunicação é a melhor palavra para descrever a Internet. São serviços e facilidades que, para algumas pessoas, é o lugar onde elas encontram

Leia mais

Trabalho 01 Conceitos básicos de Microinformática

Trabalho 01 Conceitos básicos de Microinformática Trabalho 01 Conceitos básicos de Microinformática Disciplina: Informática. Professor: Denis Henrique Caixeta. Valor: 4 pontos Visto no caderno 1) Quais são as características dos primeiros computadores?

Leia mais

Informática. Tipos de Computadores CONHECENDO O COMPUTADOR E SEUS PERIFÉRICOS

Informática. Tipos de Computadores CONHECENDO O COMPUTADOR E SEUS PERIFÉRICOS CONHECENDO O COMPUTADOR E SEUS PERIFÉRICOS A Informática não é um bicho de sete cabeças. Ou é até que conheçamos e desvendemos este bicho. Tudo o que é desconhecido para nós sempre nos parece algo difícil

Leia mais

BITS E BYTES COMO O COMPUTADOR ENTENDE AS COISAS

BITS E BYTES COMO O COMPUTADOR ENTENDE AS COISAS BITS E BYTES COMO O COMPUTADOR ENTENDE AS COISAS Toda informação inserida no computador passa pelo Microprocessador e é jogada na memória RAM para ser utilizada enquanto seu micro trabalha. Essa informação

Leia mais

Microinformática. Perguntas:

Microinformática. Perguntas: Microinformática UNICERP Disciplina: Informática Prof. Denis Henrique Caixeta Perguntas: Como foi a evolução da computação? Qual a função do computador? O que é Hardware? O que é Software? BIT, Byte, etc

Leia mais

b) Estabilizador de tensão, fonte no-break, Sistema Operacional, memória principal e memória

b) Estabilizador de tensão, fonte no-break, Sistema Operacional, memória principal e memória CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA SISUTEC DISCIPLINA: INTRODUÇÃO A COMPUTAÇÃO PROF.: RAFAEL PINHEIRO DE SOUSA ALUNO: Exercício 1. Assinale a opção que não corresponde a uma atividade realizada em uma Unidade

Leia mais

Projeto solidário para o ensino de Informática Básica

Projeto solidário para o ensino de Informática Básica Projeto solidário para o ensino de Informática Básica Parte 2 Sistema Operacional MS-Windows XP Créditos de desenvolvimento deste material: Revisão: Prof. MSc. Wagner Siqueira Cavalcante Um Sistema Operacional

Leia mais

COMPUTADORES PC. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br 24/11/2009 CRONOGRAMA INFORMÁTICA - BANRISUL EDITAL

COMPUTADORES PC. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br 24/11/2009 CRONOGRAMA INFORMÁTICA - BANRISUL EDITAL CRONOGRAMA INFORMÁTICA - BANRISUL Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br AULAS 1 E 2 CONCEITOS BÁSICOS/HARDWARE AULA 3 SISTEMA OPERACIONAL WINDOWS AULA 4 EXCEL AULA 5 WORD AULA 6 CALC E WRITER AULAS

Leia mais

Power Point. Autor: Paula Pedone

Power Point. Autor: Paula Pedone Power Point Autor: Paula Pedone INTRODUÇÃO O POWER POINT é um editor de apresentações, pertencente ao Pacote Office da Microsoft. Suas principais características são: criação de apresentações através da

Leia mais

Sumário. Capítulo I Introdução à Informática... 13. Capítulo II Hardware... 23. INFORMATICA 29jun.indd 7 22/07/2014 15:18:01

Sumário. Capítulo I Introdução à Informática... 13. Capítulo II Hardware... 23. INFORMATICA 29jun.indd 7 22/07/2014 15:18:01 Sumário Capítulo I Introdução à Informática... 13 1. Conceitos Básicos... 13 2. Hardware... 15 3. Software... 15 4. Peopleware... 16 5. Os Profissionais de Informática:... 16 6. Linguagem de Computador

Leia mais

sobre Hardware Conceitos básicos b Hardware = é o equipamento.

sobre Hardware Conceitos básicos b Hardware = é o equipamento. Conceitos básicos b sobre Hardware O primeiro componente de um sistema de computação é o HARDWARE(Ferragem), que corresponde à parte material, aos componentes físicos do sistema; é o computador propriamente

Leia mais

Informática. Rodrigo Schaeffer

Informática. Rodrigo Schaeffer Informática Rodrigo Schaeffer PREFEITURA DE PORTO ALEGRE- INFORMÁTICA Conceitos básicos de Word 2007; formatar, salvar e visualizar arquivos e documentos; alinhar, configurar página e abrir arquivos; copiar,

Leia mais

Conceitos básicos sobre TIC

Conceitos básicos sobre TIC Conceitos básicos sobre TIC Origem da palavra Informática Informação + Automática Informática Significado: Tratamento ou processamento da informação utilizando meios automáticos, nomeadamente o computador.

Leia mais

QUESTÕES COMENTADAS PROVAS DE INFORMÁTICA BANCO DO BRASIL

QUESTÕES COMENTADAS PROVAS DE INFORMÁTICA BANCO DO BRASIL QUESTÕES COMENTADAS PROVAS DE INFORMÁTICA BANCO DO BRASIL BANCO DO BRASIL (Aplicação: 07/10/2001) CARGO: ESCRITURÁRIO 1 C 2 C ::::... QUESTÃO 33...:::: Outro modo de realizar a mesma operação com sucesso

Leia mais

MÓDULO - I Manual Prático Microsoft Excel 2007

MÓDULO - I Manual Prático Microsoft Excel 2007 MÓDULO - I Manual Prático Microsoft Excel 2007 MÓDULO - I APRESENTAÇÃO... 1 AMBIENTE DE TRABALHO... 2 A folha de cálculo... 2 O ambiente de trabalho do Excel... 3 Faixas de Opções do Excel... 4 - Guia

Leia mais

Introdução. à Informática. Wilson A. Cangussu Junior. Escola Técnica Centro Paula Souza Professor:

Introdução. à Informática. Wilson A. Cangussu Junior. Escola Técnica Centro Paula Souza Professor: Introdução à Informática Escola Técnica Centro Paula Souza Professor: Wilson A. Cangussu Junior Vantagens do computador Facilidade de armazenamento e recuperação da informação; Racionalização da rotina,

Leia mais

Plano de Aula - Windows 8 - cód.5235 24 Horas/Aula

Plano de Aula - Windows 8 - cód.5235 24 Horas/Aula Plano de Aula - Windows 8 - cód.5235 24 Horas/Aula Aula 1 Capítulo 1 - Introdução ao Windows 8 Aula 2 1 - Introdução ao Windows 8 1.1. Novidades da Versão...21 1.2. Tela de Bloqueio...21 1.2.1. Personalizar

Leia mais

Universidade Federal de Pelotas Conjunto Agrotécnico Visconde da Graça CAVG Disciplina: Informática Apresentação Gráfica

Universidade Federal de Pelotas Conjunto Agrotécnico Visconde da Graça CAVG Disciplina: Informática Apresentação Gráfica Apresentação Gráfica Microsoft Office Power Point 1 Sumário 1. MICROSOFT POWER POINT... 4 1.1. INICIANDO O MICROSOFT POWER POINT... 4 2. CONHECENDO A INTERFACE DO POWER POINT... 5 2.1. O DOCUMENTO DO POWER

Leia mais

AULA 2. Informática Básica. Gustavo Leitão. gustavo.leitao@ifrn.edu.br. Disciplina: Professor: Email:

AULA 2. Informática Básica. Gustavo Leitão. gustavo.leitao@ifrn.edu.br. Disciplina: Professor: Email: AULA 2 Disciplina: Informática Básica Professor: Gustavo Leitão Email: gustavo.leitao@ifrn.edu.br Índice Continuação aula anterior... Memória Barramento Unidades de armazenamento Periféricos Interfaces

Leia mais

Conceitos Básicos de Informática. Antônio Maurício Medeiros Alves

Conceitos Básicos de Informática. Antônio Maurício Medeiros Alves Conceitos Básicos de Informática Antônio Maurício Medeiros Alves Objetivo do Material Esse material tem como objetivo apresentar alguns conceitos básicos de informática, para que os alunos possam se familiarizar

Leia mais

frozza@ifc-camboriu.edu.brcamboriu.edu.br

frozza@ifc-camboriu.edu.brcamboriu.edu.br Informática Básica Conceitos Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. frozza@ifc-camboriu.edu.brcamboriu.edu.br Conceitos INFOR MÁTICA Informática INFOR MAÇÃO AUTO MÁTICA Processo de tratamento da informação

Leia mais

Ficha Técnica. Pré-requisitos: não há pré-requisitos. O aluno inicia o curso de Windows 8 com uma introdução à informática.

Ficha Técnica. Pré-requisitos: não há pré-requisitos. O aluno inicia o curso de Windows 8 com uma introdução à informática. Windows 8 O Windows está presente na maior parte dos computadores, seja para uso pessoal ou profissional. Quem vai começar a usar um computador precisa saber trabalhar bem com ele. O Windows 8 é o Sistema

Leia mais

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Informática - Básico Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Índice Apresentação...06 Quais são as características do Windows?...07 Instalando o Windows...08 Aspectos Básicos...09 O que há na tela do Windows...10

Leia mais

Aula 02 Software e Operações Básicas. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/

Aula 02 Software e Operações Básicas. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/ Aula 02 Software e Operações Básicas Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/ Revisando Como um computador funciona: Entrada (Dados) Processamento (Análise dos Dados)

Leia mais

Tecnologia da Informação. Prof Odilon Zappe Jr

Tecnologia da Informação. Prof Odilon Zappe Jr Tecnologia da Informação Prof Odilon Zappe Jr Conceitos básicos de informática O que é informática? Informática pode ser considerada como significando informação automática, ou seja, a utilização de métodos

Leia mais

ÁREA DE TRABALHO. Área de Trabalho ou Desktop Na Área de trabalho encontramos os seguintes itens: Atalhos Barra de tarefas Botão iniciar

ÁREA DE TRABALHO. Área de Trabalho ou Desktop Na Área de trabalho encontramos os seguintes itens: Atalhos Barra de tarefas Botão iniciar WINDOWS XP Wagner de Oliveira ENTRANDO NO SISTEMA Quando um computador em que trabalham vários utilizadores é ligado, é necessário fazer login, mediante a escolha do nome de utilizador e a introdução da

Leia mais

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO O que é a Informática? A palavra Informática tem origem na junção das palavras: INFORMAÇÃO + AUTOMÁTICA = INFORMÁTICA...e significa, portanto, o tratamento da informação

Leia mais

APOSTILA INFORMÁTICA EMPRESARIAL

APOSTILA INFORMÁTICA EMPRESARIAL APOSTILA INFORMÁTICA EMPRESARIAL Apostila Active Brasil de Informática Empresarial Daniel de Menezes Gularte Omar Queiroz A livre distribuição dessa cópia está proibida, sendo de material exclusivo do

Leia mais

PROGRAMA ANALÍTICO DE DISCIPLINA CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO INTEGRADOS, CONCOMITANTES E SUBSEQUENTES CÓDIGO:

PROGRAMA ANALÍTICO DE DISCIPLINA CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO INTEGRADOS, CONCOMITANTES E SUBSEQUENTES CÓDIGO: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS PROGRAMA ANALÍTICO DE DISCIPLINA CURSOS TÉCNICOS

Leia mais

SAMUEL SEAP 01-04-2015 INFORMÁTICA. Rua Lúcio José Filho, 27 Parque Anchieta Tel: 3012-8339

SAMUEL SEAP 01-04-2015 INFORMÁTICA. Rua Lúcio José Filho, 27 Parque Anchieta Tel: 3012-8339 SEAP 01-04-2015 SAMUEL INFORMÁTICA Microsoft Windows 7 O Windows 7 é um sistema operacional que trás uma melhor performance não apenas em recursos sistêmicos como também nos atrai pelo seu belo visual

Leia mais

Informática para Banca IADES. Hardware e Software

Informática para Banca IADES. Hardware e Software Informática para Banca IADES Conceitos Básicos e Modos de Utilização de Tecnologias, Ferramentas, Aplicativos e Procedimentos Associados ao Uso de Informática no Ambiente de Escritório. 1 Computador É

Leia mais

Informática para Concursos 1 leitejuniorbr@yahoo.com.br

Informática para Concursos 1 leitejuniorbr@yahoo.com.br QUESTÕES TRE / TJ FCC 2007 CARGO: TÉCNICO JUDICIÁRIO ÁREA QUESTÃO 11 -. Com relação a hardware, é correto afirmar que: (A) Computadores com placas-mãe alimentadas por fontes ATX suportam o uso do comando

Leia mais

INTRODUÇÃO. Não é exagero afirmar que é o sistema operacional o programa mais importante do computador, sem ele seu equipamento não funciona.

INTRODUÇÃO. Não é exagero afirmar que é o sistema operacional o programa mais importante do computador, sem ele seu equipamento não funciona. INTRODUÇÃO O Microsoft Windows XP é um sistema operacional de interface gráfica multifunções, isso significa que podemos trabalhar com vários programas de forma simultânea. Por ex: poderíamos escutar um

Leia mais

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA. Microsoft Windows XP

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA. Microsoft Windows XP CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA Microsoft Windows XP William S. Rodrigues APRESENTAÇÃO WINDOWS XP PROFISSIONAL O Windows XP, desenvolvido pela Microsoft, é o Sistema Operacional mais conhecido e utilizado

Leia mais

CAPÍTULO IV Sistema Operacional Microsoft Windows XP

CAPÍTULO IV Sistema Operacional Microsoft Windows XP CAPÍTULO IV Sistema Operacional Microsoft Windows XP Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais são programas que como o próprio nome diz tem a função de colocar o computador em operação. O sistema Operacional

Leia mais

Hardware 2. O Gabinete. Unidades Derivadas do BYTE. 1 KB = Kilobyte = 1024B = 2 10 B. 1 MB = Megabyte = 1024KB = 2 20 B

Hardware 2. O Gabinete. Unidades Derivadas do BYTE. 1 KB = Kilobyte = 1024B = 2 10 B. 1 MB = Megabyte = 1024KB = 2 20 B 1 2 MODULO II - HARDWARE AULA 01 OBiteoByte Byte 3 Definições: Bit é a menor unidade de informação que circula dentro do sistema computacional. Byte é a representação de oito bits. 4 Aplicações: Byte 1

Leia mais

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS E CARGA HORÁRIA DE CADA MÓDULO

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS E CARGA HORÁRIA DE CADA MÓDULO Ministério da Educação SETEC Instituto Federal do Rio de Janeiro Campus Rio de Janeiro CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS E CARGA HORÁRIA DE CADA MÓDULO 1. MÓDULO DE INICIAÇÃO 20 HORAS/AULA: através do qual o servidor

Leia mais

Desafio 1 INFORMÁTICA PARA O TRT

Desafio 1 INFORMÁTICA PARA O TRT Desafio 1 INFORMÁTICA PARA O TRT Queridos alunos, vencem o desafio os 3 primeiros alunos a enviar as respostas corretas para o meu e-mail, mas tem que acertar todas... ;-) Vou começar a responder os e-mails

Leia mais

16/09/2012. Agenda. Introdução. Introdução. Introdução. Introdução. Curso Conexão Noções de Informática. Aula 1 Arquitetura de Computadores (Hardware)

16/09/2012. Agenda. Introdução. Introdução. Introdução. Introdução. Curso Conexão Noções de Informática. Aula 1 Arquitetura de Computadores (Hardware) Curso Conexão Noções de Informática Aula 1 Arquitetura de Computadores (Hardware) Agenda ; Arquitetura do Computador; ; ; Dispositivos de Entrada e Saída; Tipos de Barramentos; Unidades de Medidas. Email:

Leia mais

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação Informática Aplicada Revisão para a Avaliação 1) É necessário criar várias cópias de documentos importantes em locais diferentes. Esses locais podem ser pastas no HD interno ou HD externo, ou então em

Leia mais

COMPUTADORES PC. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br CRONOGRAMA INFORMÁTICA. AULAS 1 e 2 COMPUTADORES PC AULA 3 MS WINDOWS

COMPUTADORES PC. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br CRONOGRAMA INFORMÁTICA. AULAS 1 e 2 COMPUTADORES PC AULA 3 MS WINDOWS CRONOGRAMA AULAS 1 e 2 COMPUTADORES PC AULA 3 MS WINDOWS INFORMÁTICA Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br AULA 4 EDITORES DE TEXTO AULA 5 PLANILHAS DE CÁLCULO AULA 6 INTERNET O COMPUTADOR, INDEPENDENTE

Leia mais

MODULO II - HARDWARE

MODULO II - HARDWARE MODULO II - HARDWARE AULA 01 O Bit e o Byte Definições: Bit é a menor unidade de informação que circula dentro do sistema computacional. Byte é a representação de oito bits. Aplicações: Byte 1 0 1 0 0

Leia mais

Prof. Alexsander. www.profalexsander.com.br/wp

Prof. Alexsander. www.profalexsander.com.br/wp * Prof. Alexsander www.profalexsander.com.br/wp VERSÕES DO WINDOWS 7 Foram desenvolvidas muitas versões do Windows 7 para que atendam às diversas características de plataformas computacionais e necessidades

Leia mais

15/08/2013 DIREITO DA. Professor: Luis Guilherme Magalhães (62) 9607-2031 INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA

15/08/2013 DIREITO DA. Professor: Luis Guilherme Magalhães (62) 9607-2031 INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA DIREITO DA INFORMÁTICA Professor: Luis Guilherme Magalhães (62) 9607-2031 INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA 1 CONCEITOS BÁSICOS Informática infor + mática. É o tratamento da informação de forma automática Dado

Leia mais

8/9/2010 WINDOWS. Breve Histórico. Profa. Leda G. F. Bueno. Seu desenvolvimento iniciou-se em 1981

8/9/2010 WINDOWS. Breve Histórico. Profa. Leda G. F. Bueno. Seu desenvolvimento iniciou-se em 1981 Conceitos Básicos e Gerenciamento de Arquivos WINDOWS EXPLORER Profa. Leda G. F. Bueno WINDOWS Sistema operacional criado pela Microsoft Corporation Característica Principal características o uso de janelas

Leia mais

Princípios de Informática

Princípios de Informática Princípios de Informática Aula 1 Introdução à Informática Universidade Federal de Santa Maria Colégio Agrícola de Frederico Westphalen Curso Técnico em Alimentos Prof. Bruno B. Boniati www.cafw.ufsm.br/~bruno

Leia mais

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA LEIAME Apresentação Nenhuma informação do TUTORIAL DO MICRO- SOFT OFFICE POWER POINT 2003 poderá ser copiada, movida ou modificada sem autorização prévia e escrita do Programador Roberto Oliveira Cunha.

Leia mais

INFORMÁTICA 01. 02. 03. 04. 05.

INFORMÁTICA 01. 02. 03. 04. 05. INFORMÁTICA 01. Na Internet, os dois protocolos envolvidos no envio e recebimento de e-mail são: a) SMTP e POP b) WWW e HTTP c) SMTP e WWW d) FTP e WWW e) POP e FTP 02. O componente do Windows que é necessário

Leia mais

EXERCÍCIOS SIMULADO ELABORADO PELO PROFESSOR ANDRÉ ALENCAR

EXERCÍCIOS SIMULADO ELABORADO PELO PROFESSOR ANDRÉ ALENCAR EXERCÍCIOS SIMULADO ELABORADO PELO PROFESSOR ANDRÉ ALENCAR Com base no Windows XP, na figura ao lado, julgue os itens que se seguem: 01- É possível afirmar que ao se clicar em O que mais devo saber sobre

Leia mais

O Computador e seus Componentes Referência: Aula 2

O Computador e seus Componentes Referência: Aula 2 INFORMÁTICA E COMPUTAÇÃO CMP 1060 Conceitos Básicos B sobre Informática O Computador e seus Componentes Referência: Aula 2 CONCEITOS BÁSICOS B : Informática - infor + mática. É o tratamento da informação

Leia mais

Microsoft Power Point - Manual de Apoio

Microsoft Power Point - Manual de Apoio Microsoft Power Point - Manual de Apoio Pág. 1 de 26 Apresentação e introdução O ambiente de trabalho do Power Point. Abrir, guardar e iniciar apresentações. Obter ajuda enquanto trabalha. Principais barras

Leia mais

EMENTA DO CURSO INFORMÁTICA BÁSICA

EMENTA DO CURSO INFORMÁTICA BÁSICA EMENTA DO CURSO INFORMÁTICA BÁSICA OBJETIVO A informática está presente em praticamente todos os setores da vida moderna. Atualmente ter o conhecimento básico de como utilizar um computador é fundamental.

Leia mais

INTRODUÇÃO AO WINDOWS

INTRODUÇÃO AO WINDOWS INTRODUÇÃO AO WINDOWS Paulo José De Fazzio Júnior 1 Noções de Windows INICIANDO O WINDOWS...3 ÍCONES...4 BARRA DE TAREFAS...5 BOTÃO...5 ÁREA DE NOTIFICAÇÃO...5 BOTÃO INICIAR...6 INICIANDO PROGRAMAS...7

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft PowerPoint 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Encontre o que você precisa Clique

Leia mais

WINDOWS EXPLORER Pro r f. f. R o R be b rt r o t A n A d n r d a r de d

WINDOWS EXPLORER Pro r f. f. R o R be b rt r o t A n A d n r d a r de d WINDOWS EXPLORER Prof. Roberto Andrade Roteiro desta aula 1. OqueéoWindowsExplorer 2. Acionamento do Windows Explorer 3. Entendendo Unidades, Pastas e Arquivos 4. Ambiente gráfico(janela, Barras e Botões)

Leia mais

Informática :: Presencial

Informática :: Presencial MAPA DO PORTAL (HT T P: //WWW. PORT AL DAINDUST RIA. COM. B R/CNI/MAPADOSIT E /) SITES DO SISTEMA INDÚSTRIA (HT T P: //WWW. PORT AL DAINDUST RIA. COM. B R/CANAIS/) CONT AT O (HT T P: //WWW. PORT AL DAINDUST

Leia mais

O computador. Sistema Operacional

O computador. Sistema Operacional O computador O computador é uma máquina desenvolvida para facilitar a vida do ser humano, principalmente nos trabalhos do dia-a-dia. É composto basicamente por duas partes o hardware e o software. Uma

Leia mais

Lista de Exercícios Introdução à Informática

Lista de Exercícios Introdução à Informática Lista de Exercícios Introdução à Informática Histórico e Evolução da Computação 1. Cite alguns problemas que o uso de válvulas provocava nos computadores de 1ª geração. 2. O que diferencia os computadores

Leia mais

Apostilas OBJETIVA Escrevente Técnico Judiciário TJ Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo - Concurso Público 2015. Índice

Apostilas OBJETIVA Escrevente Técnico Judiciário TJ Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo - Concurso Público 2015. Índice Índice Caderno 2 PG. MS-Excel 2010: estrutura básica das planilhas, conceitos de células, linhas, colunas, pastas e gráficos, elaboração de tabelas e gráficos, uso de fórmulas, funções e macros, impressão,

Leia mais

Operador de Computador (Mulheres Mil) Informática I (12h)

Operador de Computador (Mulheres Mil) Informática I (12h) Operador de Computador (Mulheres Mil) Informática I (12h) Noções de Informática Conceitos: Informática Ciência que estuda o tratamento racional e automático de informação armazenamento, análise, organização

Leia mais

Universidade Federal de Santa Maria UFSM Centro de Tecnologia CT. Power Point. Básico

Universidade Federal de Santa Maria UFSM Centro de Tecnologia CT. Power Point. Básico Universidade Federal de Santa Maria UFSM Centro de Tecnologia CT Power Point Básico Santa Maria, julho de 2006 O Power Point é um aplicativo do Microsoft Office direcionado à criação de apresentações.

Leia mais

Informática básica Telecentro/Infocentro Acessa-SP

Informática básica Telecentro/Infocentro Acessa-SP Informática básica Telecentro/Infocentro Acessa-SP Aula de hoje: Periférico de entrada/saída, memória, vírus, Windows, barra tarefas. Prof: Lucas Aureo Guidastre Memória A memória RAM é um componente essencial

Leia mais

APOSTILA BÁSICA COMO UTILIZAR A LOUSA DIGITAL E O SOFTWARE SMART NOTEBOOK

APOSTILA BÁSICA COMO UTILIZAR A LOUSA DIGITAL E O SOFTWARE SMART NOTEBOOK APOSTILA BÁSICA COMO UTILIZAR A LOUSA DIGITAL E O SOFTWARE SMART NOTEBOOK 1 SÚMARIO ASSUNTO PÁGINA Componentes da Lousa... 03 Função Básica... 04 Função Bandeja de Canetas... 05 Calibrando a Lousa... 06

Leia mais

05/02/2014 O QUE É UM COMPUTADOR? O QUE É UM COMPUTADOR? O QUE É UM COMPUTADOR? PENSAR EM INFORMÁTICA É PENSAR EM:

05/02/2014 O QUE É UM COMPUTADOR? O QUE É UM COMPUTADOR? O QUE É UM COMPUTADOR? PENSAR EM INFORMÁTICA É PENSAR EM: Apple I - 1976 1982 O Homem do ano Apple II - 1977 IBM PC - 1981 O QUE É UM COMPUTADOR? É uma máquina que tem a capacidade de realizar o PROCESSAMENTO de dados. É um dispositivo físico que recebe dados

Leia mais

O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft.

O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft. WINDOWS O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft. Área de Trabalho Ligada a máquina e concluída a etapa de inicialização, aparecerá uma tela, cujo plano de fundo

Leia mais

PROJETO INFORMÁTICA NA ESCOLA

PROJETO INFORMÁTICA NA ESCOLA EE Odilon Leite Ferraz PROJETO INFORMÁTICA NA ESCOLA AULA 1 APRESENTAÇÃO E INICIAÇÃO COM WINDOWS VISTA APRESENTAÇÃO E INICIAÇÃO COM WINDOWS VISTA Apresentação dos Estagiários Apresentação do Programa Acessa

Leia mais

Sumário O Computador... 3 Desligando o computador... 5 Cuidados com o computador... 5 O Windows e as janelas... 6 O que é o Windows?...

Sumário O Computador... 3 Desligando o computador... 5 Cuidados com o computador... 5 O Windows e as janelas... 6 O que é o Windows?... 1 Sumário O Computador... 3 Desligando o computador... 5 Cuidados com o computador... 5 O Windows e as janelas... 6 O que é o Windows?... 6 Usando os programas... 7 Partes da janela:... 7 Fechando as janelas...

Leia mais

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA

CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA CURSO BÁSICO DE INFORMÁTICA Introdução a microinformática William S. Rodrigues HARDWARE BÁSICO O hardware é a parte física do computador. Em complemento ao hardware, o software é a parte lógica, ou seja,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS INCUBADORA DE EMPREENDIMENTOS SOLIDÁRIOS PROJETO TELECENTROS COMUNITÁRIOS SOFTWARE DE APRESENTAÇÃO POWER POINT IMPRESS PREZI

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Se ainda tiver dúvidas entre em contato com a equipe de atendimento: Por telefone: 0800 642 3090 Por e-mail atendimento@oisolucoespraempresas.com.br Introdução... 3 1. O que é o programa Oi Backup Empresarial?...

Leia mais

MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware. Professor: Renato B. dos Santos

MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware. Professor: Renato B. dos Santos MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware Professor: Renato B. dos Santos 1 O computador é composto, basicamente, por duas partes:» Hardware» Parte física do computador» Elementos concretos» Ex.: memória, teclado,

Leia mais

I - A COMUNICAÇÃO (INTERFACE) COM O USUÁRIO:

I - A COMUNICAÇÃO (INTERFACE) COM O USUÁRIO: I - A COMUNICAÇÃO (INTERFACE) COM O USUÁRIO: Os dispositivos de comunicação com o usuário explicados a seguir servem para dar entrada nos dados, obter os resultados e interagir com os programas do computador.

Leia mais

Informática. Prof. André Backes

Informática. Prof. André Backes Prof. André Backes Informática Informática é informação automática Informática pressupõe o uso de computadores eletrônicos no trato da informação Cabe a informática a tarefa de coletar, tratar e disseminar

Leia mais

Aplicativos Informatizados da Administração. Hardware A evolução e o impacto dos computadores nas áreas de negócios.

Aplicativos Informatizados da Administração. Hardware A evolução e o impacto dos computadores nas áreas de negócios. Aplicativos Informatizados da Administração Hardware A evolução e o impacto dos computadores nas áreas de negócios. Habilidades, Competências e Bases Tecnológicas Bases tecnológicas: Fundamentos de equipamentos

Leia mais

Microsoft PowerPoint 2003

Microsoft PowerPoint 2003 Página 1 de 36 Índice Conteúdo Nº de página Introdução 3 Área de Trabalho 5 Criando uma nova apresentação 7 Guardar Apresentação 8 Inserir Diapositivos 10 Fechar Apresentação 12 Abrindo Documentos 13 Configurar

Leia mais

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424 Digitalização Este capítulo inclui: Digitalização básica na página 4-2 Instalando o driver de digitalização na página 4-4 Ajustando as opções de digitalização na página 4-5 Recuperando imagens na página

Leia mais

Noções de Hardware. André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com)

Noções de Hardware. André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Hardware André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Gerações de hardware Tipos de computadores Partes do Microcomputador Periféricos Armazenamento de

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação I

Administração de Sistemas de Informação I Administração de Sistemas de Informação I Prof. Farinha Aula 02 Hardware e Software Sistemas de Informação Baseados no Computador - CBIS PROCEDIMENTOS PESSOAS HARDWARE SOFTWARE BANCO DE DADOS TELECOMUNICAÇÕES

Leia mais

EMENTA DO CURSO INFORMÁTICA BÁSICA

EMENTA DO CURSO INFORMÁTICA BÁSICA EMENTA DO CURSO INFORMÁTICA BÁSICA OBJETIVO No curso Informática Básica o participante vai aprender: os recursos básicos do Sistema Operacional Windows XP, a utilizar o editor de texto Word e trabalhar

Leia mais

Apostila Curso Inclusão Digital na Terceira Idade Módulo Avançado Unicruz 2015/1. João David G. Prevedello

Apostila Curso Inclusão Digital na Terceira Idade Módulo Avançado Unicruz 2015/1. João David G. Prevedello Apostila Curso Inclusão Digital na Terceira Idade Módulo Avançado Unicruz 2015/1 João David G. Prevedello Básico Teclado e Mouse Um teclado tem mais de 100 teclas, existem de várias cores, formatos, cabos,

Leia mais

PLANO DE AULA. IPD introdução a processamento de dados Componentes do computador, gabinete, memórias RAM e ROM, periféricos de entrada e saída.

PLANO DE AULA. IPD introdução a processamento de dados Componentes do computador, gabinete, memórias RAM e ROM, periféricos de entrada e saída. 1 AULA 01. CURSO: INFORMÁTICA BÁSICA - MATUTINO Sensibilização e contextualização do programa IPD introdução a processamento de dados Componentes do computador, gabinete, memórias RAM e ROM, periféricos

Leia mais

Programação de Computadores

Programação de Computadores Programação de Computadores Computadores: Ferramentas para a Era da Informação Material Didático do Livro: Introdução à Informática Capron,, H. L. e Johnson, J. A Pearson Education Componentes de um Sistema

Leia mais

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO O que é a Informática? A palavra Informática tem origem na junção das palavras: INFORMAÇÃO + AUTOMÁTICA = INFORMÁTICA...e significa, portanto, o tratamento da informação

Leia mais

Prof. Arthur Salgado

Prof. Arthur Salgado Prof. Arthur Salgado O que é um sistema operacional? Conjunto de programas de sistemas situados entre os softwares aplicativos e o hardware Estabelece uma interface com o usuário Executa e oferece recursos

Leia mais

DESCRITIVO DE CURSO. Profissionais que trabalham em escritórios e comunidade em geral. A Carga Horária Total do curso será de 160 horas/aula.

DESCRITIVO DE CURSO. Profissionais que trabalham em escritórios e comunidade em geral. A Carga Horária Total do curso será de 160 horas/aula. DESCRITIVO DE CURSO NOME DO CURSO: OPERADOR DE MICROCOMPUTADOR CBO 4121-10 (A, B, C, E, Y e Z) MODALIDADE: QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL BÁSICA Área: Tecnologia da Informação Nº 013 Atualização: Outubro de

Leia mais

Informática Básica. Microsoft Word XP, 2003 e 2007

Informática Básica. Microsoft Word XP, 2003 e 2007 Informática Básica Microsoft Word XP, 2003 e 2007 Introdução O editor de textos Microsoft Word oferece um conjunto de recursos bastante completo, cobrindo todas as etapas de preparação, formatação e impressão

Leia mais

Introdução Microsoft PowerPoint 2013 apresentações Office PowerPoint 2013 Microsoft PowerPoint 2013 textos planilhas Excel Word

Introdução Microsoft PowerPoint 2013 apresentações Office PowerPoint 2013 Microsoft PowerPoint 2013 textos planilhas Excel Word PowerPoint 2013 Sumário Introdução... 1 Iniciando o PowerPoint 2013... 2 Criando Nova Apresentação... 10 Inserindo Novo Slide... 13 Formatando Slides... 15 Inserindo Imagem e Clip-art... 16 Inserindo Formas...

Leia mais