PROCESSO DE SELEÇÃO DA DEMANDA HABITACIONAL

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROCESSO DE SELEÇÃO DA DEMANDA HABITACIONAL"

Transcrição

1 PROCESSO DE SELEÇÃO DA DEMANDA HABITACIONAL NOVO CADASTRO DA HABITAÇÃO MARÇO/2012

2 Origem: Essa ação corporativa teve origem na necessidade de adequação da gestão dos processos habitacionais da CODHAB aos compromissos do Governo do DF para a viabilização de 100 mil moradias para a população de baixa renda.

3 PROCESSO DE SELEÇÃO DA DEMANDA HABITACIONAL O QUE É O PROJETO: Esse projeto pode ser caracterizado como a mudança fundamental do conceito de atendimento e habilitação dos candidatos aos programas habitacionais do Governo do Distrito Federal.

4 PROCESSO DE SELEÇÃO DA DEMANDA HABITACIONAL COMO ERA ANTES: Antes o cidadão comparecia à CODHAB para fazer a inscrição no programa habitacional, entregar documentos, cumprir exigências documentais posteriores, revalidar documentos, ver andamento de processo, etc. com inúmeros comparecimentos ao Núcleo de Atendimento da Companhia.

5 PROCESSO DE SELEÇÃO DA DEMANDA HABITACIONAL COMO É AGORA: O cidadão pode fazer a sua inscrição ou recadastramento para os programas habitacionais pela internet, sem atropelos, filas, perda de tempo e outros contratempos, podendo, também, acompanhar a sua pontuação e classificação na lista geral.

6 O Processo de Habilitação ficou muito mais simples e ágil, com o comparecimento do cidadão ao Núcleo de Atendimento uma única vez para comprovar os dados cadastrais informados por ocasião da sua inscrição nos Programas Habitacionais.

7 PROCESSO DE SELEÇÃO DA DEMANDA HABITACIONAL LOCAL DE INTERVENÇÃO: Brasília - DF

8 IDENTIFICAÇÃO DO GRUPO ALVO: O atendimento destina-se exclusivamente aos candidatos que se inscreveram para participar da Política Habitacional do Distrito Federal, através dos diversos programas de interesse social, por intermédio do Novo Cadastro da Habitação para o Distrito Federal.

9 PRAZO DE EXECUÇÃO: O prazo para execução e cumprimento dessa ação é contínuo e tem o objetivo final de eliminar o deficit habitacional para a população de baixa renda no DF, quantificada em torno de 100 mil moradias.

10 DIMENSIONAMENTO DO DESAFIO: A CODHAB teve a percepção do tamanho do desafio a ser enfrentado, ao comparar os dados de atendimento ao público e fornecimento de moradias em anos anteriores, com as metas desafiadoras propostas no Plano de Governo do Governador Agnelo Queiroz.

11 DADOS COMPARATIVOS: ANO ATENDIMENTO AO PUBLICO HABILITAÇÕES REALIZADAS * * Estimativa de atendimentos

12 ESTRATÉGIA ADOTADA: A CODHAB constatou a necessidade de investir e modernizar os seus processos internos, com ênfase nos processos automatizados, capacitar a sua equipe de analistas e uma completa readequação física do Núcleo de Atendimento, além de promover a descentralização dos pontos de atendimento para agilizar o Processo de Habilitação dos candidatos.

13 EQUIPE TÉCNICA ENVOLVIDA NO PROJETO: Diretoria Imobiliária; Coordenação de Informática; Núcleo de Atendimento ao Público; Procuradoria Jurídica.

14 PAPEL DOS PARCEIROS ENVOLVIDOS NO PROJETO Além dos técnicos das diversas áreas internas da CODHAB, tivemos parceiros externos de fundamental importância na elaboração e execução do Processo, dentre os quais destacamos a Secretaria de Habitação pela aprovação da estratégia e da fundamentação legal e da Secretaria de Justiça, pela parceria na descentralização do atendimento aos cidadãos, em especial os Postos do Na Hora e no atendimento aos portadores de deficiência física.

15 RESULTADOS ATINGIDOS Cadastramento de candidatos via internet: agilidade e descentralização no atendimento, em comparação com os eventos no passado. Agilidade na execução do Processo de Seleção e Habilitação da Demanda (objeto da inscrição). Divulgação dos dados com fidelidade e transparência, com ênfase na divulgação da classificação dos candidatos aos programas habitacionais, com possibilidade de

16 HABILITAÇÃO DOS CANDIDATOS: Agilidade no processo de habilitação e redução do número de comparecimentos à área de Atendimento ao Público da CODHAB, reduzida a uma única vez. SEGURANÇA DOS PROCESSOS INTERNOS: Redução drástica da circulação interna de documentos físicos, com ênfase nos processos informatizados.

17 LIÇÕES APRENDIDAS: A aquisição da casa própria constitui-se numa das maiores necessidades ou desejo dos cidadãos. Dar segurança e conforto à sua família é a motivação que embala os objetivos às vezes de uma vida inteira. Estar sintonizados com esses desejos e objetivos é a razão principal da existência da Companhia e o rumo para todas as nossas ações e energias.

18 PROJETO DE MONITORAMENTO: A mudança para esse novo conceito de atendimento prevê monitoramento contínuo por parte da equipe de analistas, através da verificação aleatória de Processos de Habilitação, de acordo com os filtros e percentuais definidos pela Diretoria da CODHAB.

19 NOVO CADASTRO DA HABITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO DE DEMANDA HABITACIONAL

20 NOVO CADASTRO DA HABITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO DE DEMANDA HABITACIONAL

21 ANTERIOR 1. Inscrição 2. Pontuação 3. Pré-seleção 4. Seleção 5. Convocação 6. Entrega de Documentos 7. Formalização de Processo 8. Pesquisa Cadastral 9. Análise 10. Distribuição 11. Atualização do sistema 12. Arquivamento NOVO CADASTRO DA HABITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO DE DEMANDA HABITACIONAL ATUAL 1. Cadastramento/Recadastramento 2. Classificação 3. Comprovação de dados 4. Manifestação de Interesse 5. Indicação da demanda 6. Titularização

22 NOVO CADASTRO DA HABITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO DE DEMANDA HABITACIONAL 1 - Cadastramento/Recadastramento: Inscrição voluntária ou atualização de dados dos interessados em participar de Programa Habitacional de Interesse Social do DF, por meio da internet, no Novo Cadastro da Habitação com base no Decreto /2011. Evento com periodicidade anual.

23 NOVO CADASTRO DA HABITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO DE DEMANDA HABITACIONAL - CADASTRO

24 2 - Classificação: NOVO CADASTRO DA HABITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO DE DEMANDA HABITACIONAL Consiste na atribuição de pontos para os candidatos inscritos com base nos dados declarados no Cadastramento /Recadastramento. A classificação será feita na ordem decrescente da pontuação calculada com base no Decreto /2011 e terá vigência até 30/junho do ano subsequente conforme Decreto /2011.

25 Essa classificação será desconsiderada quando os dados informados no momento da Inscrição não forem confirmados na fase de Comprovação de Dados, podendo o candidato ser reclassificado, com base na nova pontuação, ou em casos de não cumprimento dos critérios estabelecidos na Política Habitacional, ser desclassificado.

26 NOVO CADASTRO DA HABITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO DE DEMANDA HABITACIONAL 3 - Comprovação de dados: Consiste no chamamento dos candidatos inscritos no Novo Cadastro da Habitação, constantes da Relação de Inscrições Individuais (RII), para apresentarem as certidões cartorárias e documentação comprobatória dos dados declarados por ocasião do cadastramento ou recadastramento. Com base nos dados comprovados, a pontuação que deu origem à Classificação será recalculada, para confirmação. Havendo divergência, o candidato será reposicionado na RII, para fins de prosseguir no processo.

27 Os dados comprovados terão prazo de validade de até 12 meses, contados a partir da data de comprovação, podendo ser prorrogados por igual período, a critério da CODHAB. A documentação será armazenada na CODHAB, em meio físico ou digital, com autuação de processo individualizado.

28 NOVO CADASTRO DA HABITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO DE DEMANDA HABITACIONAL Os candidatos comparecerão a um dos pontos de atendimento da CODHAB, para a comprovação dos dados informados por ocasião da inscrição ou recadastramento. Os candidatos que não comparecerem, em até 45 dias, para comprovação de dados serão considerados como desistentes do processo de Seleção de Demanda.

29 As convocações são feitas por intermédio do Diário Oficial do Distrito Federal e site Morar Bem, podendo ser emitida ainda uma correspondência individual, com prazo pré-definido para o agendamento do atendimento. É condição indispensável para os candidatos serem considerados Habilitados atender os critérios da Lei 3.877/2006.

30 NOVO CADASTRO DA HABITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO DE DEMANDA HABITACIONAL - COMPROVAÇÃO

31 PROCESSO DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO DA DEMANDA HABITACIONAL 4 - Manifestação de Interesse: Com base nas ofertas de unidades imobiliárias, os candidatos com dados comprovados serão chamados para fazerem opção pelos empreendimentos ou projetos, vinculando o perfil socio-econômico com o preço dos imóveis ofertados. Quantidade de opções: Cada candidato poderá fazer opção por até 03 (três) empreendimentos, dentre os projetos vinculados ao seu perfil socio-econômico. O chamamento será feito pelo DODF e por correspondência direta ao candidato.

32 As opções do candidato serão feitas via internet, no site com possibilidade de alteração até o processamento definitivo da seleção.

33 5 -Indicação da demanda: NOVO CADASTRO DA HABITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO DE DEMANDA HABITACIONAL Os candidatos Habilitados serão indicados para aquisição de unidade habitacional no empreendimento ou projeto para o qual tenha sido selecionado. A demanda indicada será apresentada pelo empreendedor ao agente financeiro, para fins de análise de crédito e contratação do financiamento. Havendo necessidade de complementação da demanda selecionada, os novos candidatos também serão selecionados com base nas opções feitas por ocasião da Manifestação de Interesse.

34 Candidatos desistentes ou que não lograrem aprovação na análise de crédito junto ao agente financeiro retornam automaticamente para a Relação de Inscrições Individuais, para novas opções por empreendimentos ou projetos em oferta ou a serem ofertados.

35 PROCESSO DE SELEÇÃO DA DEMANDA HABITACIONAL 6 Titularização: Os candidatos que formalizarem contratos de financiamento junto ao agente financeiro terão seus dados na CODHAB atualizados, para fins de registro das informações do imóvel adquirido e mudança da situação processual para CANDIDATO ATENDIDO.

36 PROCESSO DE SELEÇÃO DA DEMANDA HABITACIONAL FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: 1. Aprovação do novo Processo de Seleção de Demanda Habitacional, por meio da SÚMULA DIMOB/CODHAB-05/ Revogação da Resolução de Diretoria nº 15, de , que publicou o Manual de Procedimentos e Habilitação de Programas Habitacionais de Interesse Social. 3. Consolidação da nova Resolução da CODHAB nº 86/2011, que publicou o Regulamento dos Critérios e Procedimentos para Habilitação de Candidatos Convocados pelos Programas Habitacionais.

37 4. Aprovação da alteração dos Artigos 7º e 8º do Decreto /2011, para regulamentar a fase de Comprovação de Dados e o consequente reposicionamento na Relação de Inscrições Individuais RII, de candidatos com dados não comprovados.

PROCESSO DE SELEÇÃO DA DEMANDA HABITACIONAL

PROCESSO DE SELEÇÃO DA DEMANDA HABITACIONAL PROCESSO DE SELEÇÃO DA DEMANDA HABITACIONAL NOVO CADASTRO DA HABITAÇÃO MAIO/2012 Necessidade de adequação da gestão de processos da CODHAB para: Atingir meta de eliminar o deficit habitacional do DF ofertando

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÊMIO MULHERES QUE FAZEM A DIFERENÇA

REGULAMENTO DO PRÊMIO MULHERES QUE FAZEM A DIFERENÇA REGULAMENTO DO PRÊMIO MULHERES QUE FAZEM A DIFERENÇA O Prêmio Mulheres que Fazem a Diferença é uma realização do Núcleo Multissetorial da Mulher Empresária da Associação Comercial e Industrial de Florianópolis

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 088/2015. Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 088/2015. Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 088/2015 Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE A Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários do Brasil UNISOL, entidade sem fins econômicos, com sede

Leia mais

EDITAL Nº 39 DE 25 DE AGOSTO DE 2015 AUXÍLIO MORADIA PARA O SEGUNDO SEMESTRE DE

EDITAL Nº 39 DE 25 DE AGOSTO DE 2015 AUXÍLIO MORADIA PARA O SEGUNDO SEMESTRE DE Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Erechim EDITAL Nº 39 DE 25 DE AGOSTO DE 2015 AUXÍLIO

Leia mais

RESOLUÇÃO/CAD N 006 DE 12 DE SETEMBRO DE 2014

RESOLUÇÃO/CAD N 006 DE 12 DE SETEMBRO DE 2014 CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DA COMPANHIA DE HABITAÇÃO DE LONDRINA RESOLUÇÃO/CAD N 006 DE 12 DE SETEMBRO DE 2014 Súmula: Regulamenta as condições para inscrição, seleção e enquadramento em Programas Habitacionais,

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA Nº 2, DE 26 DE JANEIRO DE 2010

PORTARIA NORMATIVA Nº 2, DE 26 DE JANEIRO DE 2010 Edição Número 18 de 27/01/2010 Ministério da Educação Gabinete do Ministro PORTARIA NORMATIVA Nº 2, DE 26 DE JANEIRO DE 2010 Institui e regulamenta o Sistema de Seleção Unificada, sistema informatizado

Leia mais

EDITAL PROEX 028/2012

EDITAL PROEX 028/2012 EDITAL PROEX 028/2012 A Pró-Reitora de Extensão da Universidade Estadual de Londrina, considerando a seleção de projetos para o Programa de Extensão Universitária Universidade Sem Fronteiras, conforme

Leia mais

EDITAL PARA ADMISSÃO DE CONSULTORES. Apoio:

EDITAL PARA ADMISSÃO DE CONSULTORES. Apoio: EDITAL PARA ADMISSÃO DE CONSULTORES Apoio: Recife, 2012 Sumário 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. OBJETIVOS... 3 3. PUBLICO ALVO... 3 4. OBRIGAÇÕES DOS CONSULTORES... 3 5. PROCEDIMENTOS INTERNOS PARA CREDENCIAMENTO

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO NORTE- UNINORTE LAUREATE Programa Incubadora Uninorte Empreende EDITAL Nº 01/2015 PRÉ-INCUBAÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO NORTE- UNINORTE LAUREATE Programa Incubadora Uninorte Empreende EDITAL Nº 01/2015 PRÉ-INCUBAÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO DO NORTE- UNINORTE LAUREATE Programa Incubadora Uninorte Empreende EDITAL Nº 01/2015 PRÉ-INCUBAÇÃO A Incubadora Uninorte Empreende, incubadora de empresas do Centro Universitário do

Leia mais

Poderão ser aceitos no programa os candidatos que obtiverem nota superior ou igual a 8 (oito), seguindo a distribuição indicada acima.

Poderão ser aceitos no programa os candidatos que obtiverem nota superior ou igual a 8 (oito), seguindo a distribuição indicada acima. INSTITUTO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DE COMPUTAÇÃO - UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO DEPARTAMENTO DE ESTATÍSTICA - UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AOS PROCESSOS SELETIVOS nº

Leia mais

CONCURSO VESTIBULAR FUVEST 2015 Matrícula Informe nº 10/2015-30.01.2015 LISTA DE CONVOCADOS

CONCURSO VESTIBULAR FUVEST 2015 Matrícula Informe nº 10/2015-30.01.2015 LISTA DE CONVOCADOS CONCURSO VESTIBULAR FUVEST 2015 Matrícula Informe nº 10/2015-30.01.2015 LISTA DE CONVOCADOS A lista dos candidatos convocados pela 1ª Chamada do Concurso Vestibular FUVEST 2015 está disponível no site

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO. INGRESSO DE DISCENTES NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO 2010 2º semestre EDITAL N 64 / 2010

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO. INGRESSO DE DISCENTES NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO 2010 2º semestre EDITAL N 64 / 2010 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UNIRIO PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO - PROGRAD UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO INGRESSO DE DISCENTES NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO 2010

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO 2. OBJETIVO E FOCO TEMÁTICO INSCRIÇÕES 14º DIA DO VOLUNTARIADO 2015.

1. APRESENTAÇÃO 2. OBJETIVO E FOCO TEMÁTICO INSCRIÇÕES 14º DIA DO VOLUNTARIADO 2015. REV.: 03 Pág.: 1 de 6 A Manaus Ambiental torna público que estão abertas as inscrições para a seleção de Instituições e Projetos Sociais para o 14º Dia do Voluntariado. A empresa realizará o processo de

Leia mais

Edital nº 05 / 2015. ATIVIDADES DE EXTENSÃO E PESQUISA Programa POLOS de Cidadania

Edital nº 05 / 2015. ATIVIDADES DE EXTENSÃO E PESQUISA Programa POLOS de Cidadania Edital nº 05 / 2015 ATIVIDADES DE EXTENSÃO E PESQUISA Programa POLOS de Cidadania O Programa Polos de Cidadania da Faculdade de Direito da UFMG faz saber que até 16 de junho de 2015 receberá inscrições

Leia mais

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS INSTITUTO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DE COMPUTAÇÃO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AOS PROCESSOS SELETIVOS nº. 016/2015 PROGRAMA DE CIÊNCIAS DE COMPUTAÇÃO E MATEMÁTICA COMPUTACIONAL

Leia mais

INCUBADORA RINETEC. Regulamento da Chamada para ingresso de idéias inovadoras na incubadora RINETEC. Edital 001 2014

INCUBADORA RINETEC. Regulamento da Chamada para ingresso de idéias inovadoras na incubadora RINETEC. Edital 001 2014 INCUBADORA RINETEC Regulamento da Chamada para ingresso de idéias inovadoras na incubadora RINETEC Edital 001 2014 1. APRESENTAÇÃO 1.1 Este edital estabelece formas, condições e critérios para que a Associação

Leia mais

Considerando a apreciação e aprovação prévia da presente adequação pelo Comitê Jurídico do Conselho Curador da Fundação Padre Anchieta;

Considerando a apreciação e aprovação prévia da presente adequação pelo Comitê Jurídico do Conselho Curador da Fundação Padre Anchieta; A FUNDAÇÃO PADRE ANCHIETA CENTRO PAULISTA DE RÁDIO E TV EDUCATIVAS, pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, com o objetivo de sempre aprimorar o cumprimento de suas finalidades, nos termos

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO MEU SONHO MEU NEGÓCIO 1. APRESENTAÇÃO. alternativa de autoemprego e geração de renda para sobreviver.

REGULAMENTO CONCURSO MEU SONHO MEU NEGÓCIO 1. APRESENTAÇÃO. alternativa de autoemprego e geração de renda para sobreviver. CONCURSO MEU SONHO MEU NEGÓCIO PROJETO DE INCENTIVO AO PEQUENO NEGÓCIO 7ª EDIÇÃO, 2015 Realização: SEBRAE/SC e RICTV Record REGULAMENTO 1. APRESENTAÇÃO O concurso MEU SONHO MEU NEGÓCIO é um projeto realizado

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA PRÓ-REITORIA DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS E INTERNACIONAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA PRÓ-REITORIA DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS E INTERNACIONAIS EDITAL 05/2015-PROINT/UNILA Abertura das inscrições para o Programa de Mobilidade Internacional Unila para o segundo semestre letivo de 2015. 1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1 A Pró-Reitoria de Relações

Leia mais

Produtos Bancários CAIXA

Produtos Bancários CAIXA Produtos Bancários CAIXA Item 1- Programa Minha Casa Minha Vida Programa do Governo Federal, lançado em abril de 2009. Gerido pelo Ministério das Cidades e operacionalizado pela CAIXA. Produtos Bancários

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO Nº 001/2014 NORMAS PARA SELEÇAO DE CANDIDATOS INSCRITOS NO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA.

EDITAL DE SELEÇÃO Nº 001/2014 NORMAS PARA SELEÇAO DE CANDIDATOS INSCRITOS NO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA. EDITAL DE SELEÇÃO Nº 001/2014 NORMAS PARA SELEÇAO DE CANDIDATOS INSCRITOS NO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA. A PREFEITURA MUNICIPAL DE SORRISO, por meio da SECRETARIA MUNICIPAL DA CIDADE no uso de suas

Leia mais

Programa de Aprendizagem em Consultoria Acadêmica - CONSAC. Processo de Seleção de Empresas. EDITAL nº 2/2015

Programa de Aprendizagem em Consultoria Acadêmica - CONSAC. Processo de Seleção de Empresas. EDITAL nº 2/2015 Programa de Aprendizagem em Consultoria Acadêmica - CONSAC Processo de Seleção de Empresas EDITAL nº 2/2015 Brasília, 20 de Novembro de 2015 Apresentação É com satisfação que a Projetos Consultoria Integrada,

Leia mais

ESTADO DO PARÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE REDENÇÃO CNPJ: 04.144.168/0001-21 GABINETE DO PREFEITO EDITAL Nº 001/2015 - PMCMV - JARDIM PRIMAVERA

ESTADO DO PARÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE REDENÇÃO CNPJ: 04.144.168/0001-21 GABINETE DO PREFEITO EDITAL Nº 001/2015 - PMCMV - JARDIM PRIMAVERA EDITAL Nº 001/2015 - PMCMV - JARDIM PRIMAVERA O MUNICIPIO DE REDENÇÃO torna público que realizará cadastro e seleção de famílias para o PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA no âmbito do PROGRAMA NACIONAL DE

Leia mais

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX OUTROS. CAC-Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte da SRF - e-cac

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX OUTROS. CAC-Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte da SRF - e-cac VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX OUTROS Orientador Empresarial CAC-Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte da SRF - e-cac INSTRUÇÃO NORMATIVA SRF nº 580/2005

Leia mais

EDITAL INSCRIÇÃO PARA O PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA Nº 01 /SEMUP-DEPTº HABITAÇÃO/2013

EDITAL INSCRIÇÃO PARA O PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA Nº 01 /SEMUP-DEPTº HABITAÇÃO/2013 EDITAL INSCRIÇÃO PARA O PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA Nº 01 /SEMUP-DEPTº HABITAÇÃO/2013 A PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAJUBÁ-MG torna público que realizará INSCRIÇÃO PARA PRÉ- SELEÇÃO DE FAMILIAS PARA O

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Edital 01/2015 Serviço de Inclusão Produtiva

PROCESSO SELETIVO Edital 01/2015 Serviço de Inclusão Produtiva PROCESSO SELETIVO Edital 01/2015 Serviço de Inclusão Produtiva A Casa de Acolhimento e Orientação à Crianças e Adolescentes (CAOCA), em parceria com a Secretaria de Assistência Social de Vitória (Semas),

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO E CADASTRO DE RESERVA

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO E CADASTRO DE RESERVA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO E CADASTRO DE RESERVA O Diretor da do Futuro, no uso de suas atribuições legais e regimentais, em conformidade com a Lei nº 11.788, de 25 de setembro de 2008,

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 050/2015. Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE

CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 050/2015. Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE CHAMADA PÚBLICA SIMPLIFICADA nº 050/2015 Convênio PMSP/TERMO DE CONVÊNIO nº 025/2014/SDTE A Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários do Brasil UNISOL, entidade sem fins econômicos, com sede

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição e matrícula

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 001/2015

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 001/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 001/2015 CONVÊNIO Nº: 812779/2014 - SDH/PR PROCESSO LICITATÓRIO Nº: 004/2015 OBJETO: Contratação de 01(um)apoio administrativo A Associação Fábrica Cultural, entidade

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB Recredenciada pelo Decreto Estadual N 9.996, de 02.05.2006 EDITAL Nº 158 /2015

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB Recredenciada pelo Decreto Estadual N 9.996, de 02.05.2006 EDITAL Nº 158 /2015 UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB Recredenciada pelo Decreto Estadual N 9.996, de 02.05.2006 EDITAL Nº 158 /2015 CONVOCAÇÃO DE DISCENTES HABILITADOS AO PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL,

Leia mais

EDITAL n.º 04, de 10/11/2014.

EDITAL n.º 04, de 10/11/2014. EDITAL n.º 04, de 10/11/2014. A ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE SAPOPEMBA, município de São Paulo atendendo o disposto no 3.º do Artigo 62 do Regimento Comum das Escolas Técnicas Estaduais do Centro Estadual

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PARA 1ª MOSTRA DE PROJETOS DO EMPRENDE LITORAL

EDITAL DE CHAMAMENTO PARA 1ª MOSTRA DE PROJETOS DO EMPRENDE LITORAL EDITAL DE CHAMAMENTO PARA 1ª MOSTRA DE PROJETOS DO EMPRENDE LITORAL A DINÂMICA CONSULTORIA, com a oportunidade do 2º EMPREENDE LITORAL, convida todos os interessados, a participarem da 1ª MOSTRA DE PROJETOS

Leia mais

DECRETO ESTADUAL nº 52.052, de 13 de agosto de 2007

DECRETO ESTADUAL nº 52.052, de 13 de agosto de 2007 2009 DECRETO ESTADUAL nº 52.052, de 13 de agosto de 2007 Institui, no âmbito da Secretaria de Estado da Habitação Programa Estadual de Regularização de Núcleos Habitacionais Cidade Legal Comitê de Regularização

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE MONITORES DE OFICINAS DE INCLUSÃO SOCIAL, ECONOMICA E DIGITAL.

PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE MONITORES DE OFICINAS DE INCLUSÃO SOCIAL, ECONOMICA E DIGITAL. PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE MONITORES DE OFICINAS DE INCLUSÃO SOCIAL, ECONOMICA E DIGITAL. INTRODUCÃO A Prefeitura Municipal de Registro, através do FUNSSOL - Fundo Solidário de Desenvolvimento

Leia mais

Como funciona a aquisição de moradia pela COHAB Curitiba?

Como funciona a aquisição de moradia pela COHAB Curitiba? Como funciona a aquisição de moradia pela COHAB Curitiba? Os interessados em adquirir um imóvel pela COHAB Curitiba devem efetuar inscrição nas agências de atendimento da Companhia e aguardar a classificação

Leia mais

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS INSTITUTO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DE COMPUTAÇÃO - UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO DEPARTAMENTO DE ESTATÍSTICA - UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AOS PROCESSOS SELETIVOS nº

Leia mais

EDITAL Nº 002/2014. 3.2. Todos os cadastrados serão analisados seguindo os critérios determinados e elencados no Item 4.

EDITAL Nº 002/2014. 3.2. Todos os cadastrados serão analisados seguindo os critérios determinados e elencados no Item 4. EDITAL Nº 002/2014 CHAMAMENTO PÚBLICO PARA CADASTRO DE ARTISTAS E PROFISSIONAIS DE ARTE E CULTURA DE MOGI DAS CRUZES E REGIÃO PARA FOMENTO À CULTURA MUNICIPAL O município de Mogi das Cruzes, por intermédio

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM LÍNGUA PORTUGUESA - TURMA 2015 PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM LÍNGUA PORTUGUESA - TURMA 2015 PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UERJ CENTRO EDUCAÇÃO E HUMANIDADES INSTITUTO DE LETRAS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM LÍNGUA PORTUGUESA EDITAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM LÍNGUA PORTUGUESA - TURMA

Leia mais

1 Da Inscrição e Participação:

1 Da Inscrição e Participação: PROCESSO SELETIVO FAUF Nº 003/2013 CONTRATAÇÃO DE PESSOAL PARA O PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO: EDUCAÇÃO INTEGRAL NA REGIÃO DAS VERTENTES E PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DOCÊNCIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL - PROJETOS

Leia mais

EDITAL N.º 083/15 DE 24 DE ABRIL DE 2015

EDITAL N.º 083/15 DE 24 DE ABRIL DE 2015 EDITAL N.º 083/15 DE 24 DE ABRIL DE 2015 CHAMAMENTO PÚBLICO O Município de Não-Me-Toque, através da Secretaria Municipal de Habitação, em consonância com o Edital de Seleção Nº 001/2014, a Lei N.º 4.489/2014

Leia mais

PROGRAMA FORTALECER Edital de Projetos REGULAMENTO

PROGRAMA FORTALECER Edital de Projetos REGULAMENTO PROGRAMA FORTALECER Edital de Projetos REGULAMENTO Sumário 1. O EDITAL... 2 1.1. Natureza e objetivos... 2 1.2. Princípios orientadores... 2 1.3. Foco temático do edital... 2 2. QUEM PODE PARTICIPAR...

Leia mais

EDITAL Nº 15/2015 DIRGRAD PROGRAMA DE DUPLA DIPLOMAÇÃO EM ZOOTECNIA UTFPR CÂMPUS DOIS VIZINHOS E INSTITUTO POLITÉCNICO DE BRAGANÇA PORTUGAL

EDITAL Nº 15/2015 DIRGRAD PROGRAMA DE DUPLA DIPLOMAÇÃO EM ZOOTECNIA UTFPR CÂMPUS DOIS VIZINHOS E INSTITUTO POLITÉCNICO DE BRAGANÇA PORTUGAL PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ EDITAL Nº 15/2015 DIRGRAD PROGRAMA DE DUPLA DIPLOMAÇÃO EM ZOOTECNIA UTFPR CÂMPUS DOIS VIZINHOS E INSTITUTO POLITÉCNICO DE BRAGANÇA PORTUGAL A Diretora de Graduação

Leia mais

AVISO DE SELEÇÃO Nº 04/2014

AVISO DE SELEÇÃO Nº 04/2014 AVISO DE SELEÇÃO Nº 04/2014 1. CARGO: Gerente de Engenharia e Logística. 2. LOTAÇÃO: SENAI/CE - Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial. 3. DESCRIÇÃO SINTÉTICA: Gerir, planejar, organizar, controlar

Leia mais

EDITAL Nº 06/2012 DISPÕE SOBRE O PROCESSO SELETIVO PARA BOLSAS DE ESTUDO NA ESCOLA SUPERIOR DE GESTÃO COMERCIAL E MARKETING ESIC.

EDITAL Nº 06/2012 DISPÕE SOBRE O PROCESSO SELETIVO PARA BOLSAS DE ESTUDO NA ESCOLA SUPERIOR DE GESTÃO COMERCIAL E MARKETING ESIC. EDITAL Nº 06/2012 DISPÕE SOBRE O PROCESSO SELETIVO PARA BOLSAS DE ESTUDO NA ESCOLA SUPERIOR DE GESTÃO COMERCIAL E MARKETING ESIC. A Escola Superior de Gestão Comercial e Marketing ESIC, mantido pela Associação

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

EDITAL COMPLEMENTAR MNPEF-UFRJ N O 01/2014 PROCESSO SELETIVO DE INGRESSO NO CURSO DE MESTRADO NACIONAL PROFISSIONAL EM ENSINO DE FÍSICA POLO UFRJ

EDITAL COMPLEMENTAR MNPEF-UFRJ N O 01/2014 PROCESSO SELETIVO DE INGRESSO NO CURSO DE MESTRADO NACIONAL PROFISSIONAL EM ENSINO DE FÍSICA POLO UFRJ Universidade Federal do Rio de Janeiro Centro de Ciências Matemáticas e da Natureza Instituto de Física Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física EDITAL COMPLEMENTAR MNPEF-UFRJ N O 01/2014 PROCESSO

Leia mais

3. DA SELEÇÃO E DOS CRITÉRIOS: 3.1. A seleção será operacionalizada pela Comissão Coordenadora de Programa do PPG-MATEMÁTICA.

3. DA SELEÇÃO E DOS CRITÉRIOS: 3.1. A seleção será operacionalizada pela Comissão Coordenadora de Programa do PPG-MATEMÁTICA. INSTITUTO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DE COMPUTAÇÃO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO No 034/2015 PROGRAMA DE MATEMÁTICA DOUTORADO E DOUTORADO DIRETO A Presidente

Leia mais

SOBRESP - Faculdade de Ciências da Saúde Edital 001/2015 PROCESSO SELETIVO

SOBRESP - Faculdade de Ciências da Saúde Edital 001/2015 PROCESSO SELETIVO SOBRESP - Faculdade de Ciências da Saúde Edital 001/2015 PROCESSO SELETIVO A Direção da SOBRESP - Faculdade de Ciências da Saúde torna públicas as normas a seguir, que regem o Processo Seletivo Vestibular

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SUMARÉ

PREFEITURA MUNICIPAL DE SUMARÉ PREFEITURA MUNICIPAL DE SUMARÉ SECRETARIA MUNICIPAL DE HABITAÇÃO REGULAMENTO PARA INSCRIÇÃO PARA PRÉ-SELEÇÃO DO PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA PMCMV FAIXA I Sumaré, 07 de maio de 2014. A Prefeitura da

Leia mais

ANÁLISE DOS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO NO BRASIL CHAMADA PÚBLICA REGULAMENTO

ANÁLISE DOS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO NO BRASIL CHAMADA PÚBLICA REGULAMENTO ANÁLISE DOS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO NO BRASIL CHAMADA PÚBLICA REGULAMENTO O PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO (PNUD), EM PARCERIA COM A SECRETARIA-GERAL DA PRESIDÊNCIA DA

Leia mais

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES ESTADO DE SANTA CATARINA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 007/2013/SES O SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso das atribuições e com base na Lei Complementar nº 260 de 22/01/2004, regulamentada

Leia mais

Capacifar Saúde Pública 1ª Turma Centro-Oeste

Capacifar Saúde Pública 1ª Turma Centro-Oeste Capacifar Saúde Pública 1ª Turma Centro-Oeste DO OBJETIVO Prover os profissionais farmacêuticos de informações, competências e habilidades, tendo em vista o exercício de suas atribuições no âmbito da Saúde

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA POR PRODUTO PESSOA FÍSICA

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA POR PRODUTO PESSOA FÍSICA Ministério das Relações Exteriores Comitê Nacional de Organização Rio+20 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA POR PRODUTO PESSOA FÍSICA EDITAL Nº 011/2011 CONTRATAÇÃO

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ-UESPI PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, ASSUNTOS ESTUDANTIS E COMUNITÁRIOS PREX EDITAL Nº 001/2015

GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ-UESPI PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, ASSUNTOS ESTUDANTIS E COMUNITÁRIOS PREX EDITAL Nº 001/2015 EDITAL Nº 001/2015 A Universidade Estadual do Piauí - UESPI, através da Pró-Reitoria de Extensão, Assuntos Estudantis e Comunitários PREX, torna público o presente Edital que define o Processo de Seleção

Leia mais

SELEÇÃO PARA ESTAGIÁRIOS

SELEÇÃO PARA ESTAGIÁRIOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS SELEÇÃO PARA ESTAGIÁRIOS NÍVEL SUPERIOR REALIZAÇÃO: Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas U F S C a r EDITAL Nº 011/2012 O Pró-Reitor de Gestão de Pessoas da Universidade

Leia mais

1. A SPECTOS GERAIS 1.1 APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS

1. A SPECTOS GERAIS 1.1 APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS C A P Í T U L O I - C A D A S T R O D E P A R T I C I P A N T E S E I N V E S T I D O R E S 1. A SPECTOS GERAIS A CBLC administra dois sistemas de cadastro: o Sistema de Cadastro de Participantes e o Sistema

Leia mais

SELEÇÃO PARA ESTAGIÁRIOS

SELEÇÃO PARA ESTAGIÁRIOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS SELEÇÃO PARA ESTAGIÁRIOS NÍVEL SUPERIOR REALIZAÇÃO: SECRETARIA GERAL DE RECURSOS HUMANOS U F S C a r EDITAL Nº 011/2010 O Secretário Geral de Recursos Humanos da Universidade

Leia mais

CAPÍTULO II DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO

CAPÍTULO II DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO DIRETORIA DE ASSISTÊNCIA E INTEGRAÇÃO ESTUDANTIL EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA PROGRAMA DE ACESSO A CURSOS DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS EDITAL N 04 /2014/PROEX

Leia mais

Saúde Indígena Convênios SPDM-MS/SESAI. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 026 / 2012 DSEI Guamá- Tocantins

Saúde Indígena Convênios SPDM-MS/SESAI. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 026 / 2012 DSEI Guamá- Tocantins PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 026 / 2012 DSEI Guamá- Tocantins A SPDM Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina, entidade sem fins lucrativos, inscrita no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica

Leia mais

Edição Número 214 de 06/11/2012. Ministério da Educação Gabinete do Ministro PORTARIA NORMATIVA Nº 21, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2012

Edição Número 214 de 06/11/2012. Ministério da Educação Gabinete do Ministro PORTARIA NORMATIVA Nº 21, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2012 Edição Número 214 de 06/11/2012 Ministério da Educação Gabinete do Ministro PORTARIA NORMATIVA Nº 21, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2012 Dispõe sobre o Sistema de Seleção Unificada - Sisu. O MINISTRO DE ESTADO DA

Leia mais

Edital de Seleção de Bolsistas para o Projeto Vale do Jequitinhonha 2012. Edital de 07 outubro de 2011.

Edital de Seleção de Bolsistas para o Projeto Vale do Jequitinhonha 2012. Edital de 07 outubro de 2011. Edital de Seleção de Bolsistas para o Projeto Vale do Jequitinhonha 2012. Edital de 07 outubro de 2011. ADVJ Associação de Desenvolvimento do Vale do Jequitinhonha - abre edital para seleção de bolsistas

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE INDAIAL - SC ESTADO DE SANTA CATARINA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 001/2012/FMS/PMI

PREFEITURA MUNICIPAL DE INDAIAL - SC ESTADO DE SANTA CATARINA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 001/2012/FMS/PMI PREFEITURA MUNICIPAL DE INDAIAL - SC ESTADO DE SANTA CATARINA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 001/2012/FMS/PMI CONSIDERANDO que o Concurso Público realizado pelo Município de Indaial, visando

Leia mais

M a n u a l d o S i s u 2 0 1 4 P á g i n a 1

M a n u a l d o S i s u 2 0 1 4 P á g i n a 1 M a n u a l d o S i s u 2 0 1 4 P á g i n a 1 O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) consiste num ambiente virtual criado e gerenciado pelo Ministério da Educação desde 2010. Funciona com um processo seletivo

Leia mais

MANUAL DE NORMAS E CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDO DO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA EM ECONOMIA E GESTÃO DE EMPRESAS PECEGE

MANUAL DE NORMAS E CRITÉRIOS PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDO DO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA EM ECONOMIA E GESTÃO DE EMPRESAS PECEGE Universidade de São Paulo Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Departamento de Economia, Administração e Sociologia Programa de Educação Continuada em Economia e Gestão de Empresas MANUAL DE

Leia mais

Saúde Indígena Convênios SPDM-MS/SESAI. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 041 / 2013 DSEI Litoral Sul.

Saúde Indígena Convênios SPDM-MS/SESAI. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 041 / 2013 DSEI Litoral Sul. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 041 / 2013 DSEI Litoral Sul. A SPDM Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina, entidade sem fins lucrativos, inscrita no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica

Leia mais

Secretaria Especial de Saúde Indígena - SESAI

Secretaria Especial de Saúde Indígena - SESAI EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 01/ 2014 CASA DE SAUDE DO INDIO DO DF/CASAI/DF PROCESSO SELETIVO DE PROFISSIONAIS DE SAÚDE E EDUCAÇÃO NO ÂMBITO DA SAÚDE INDÍGENA PERÍODO DE INSCRIÇÃO DE 27/06/2014 A 02/07/2014

Leia mais

Governo do Estado do Ceará Secretaria do Planejamento e Gestão SEPLAG Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará - IPECE

Governo do Estado do Ceará Secretaria do Planejamento e Gestão SEPLAG Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará - IPECE Governo do Estado do Ceará Secretaria do Planejamento e Gestão SEPLAG Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará - IPECE TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE ESPECIALISTA EM LICITAÇÕES PARA O

Leia mais

FAQ EDITAL PROVAB - JANEIRO 2014

FAQ EDITAL PROVAB - JANEIRO 2014 FAQ EDITAL PROVAB - JANEIRO 2014 1. O que é o Provab e qual o perfil de profissional que costuma se inscrever no programa? O Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica (Provab) é uma iniciativa

Leia mais

Ações de Adaptação de Comunidades e seus Ecossistemas aos Eventos Climáticos

Ações de Adaptação de Comunidades e seus Ecossistemas aos Eventos Climáticos PROCESSO SELETIVO 2011 Ações de Adaptação de Comunidades e seus Ecossistemas aos Eventos Climáticos REGULAMENTO Prezado Gestor, Criado em 2006, o Instituto HSBC Solidariedade é responsável por gerenciar

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FORMAÇÃO PARA CAPACITAÇÃO DE CAPITAL HUMANO EM LÍNGUA INGLESA DO PORTO DIGITAL

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FORMAÇÃO PARA CAPACITAÇÃO DE CAPITAL HUMANO EM LÍNGUA INGLESA DO PORTO DIGITAL REGULAMENTO DO PROGRAMA DE FORMAÇÃO PARA CAPACITAÇÃO DE CAPITAL HUMANO EM LÍNGUA INGLESA DO PORTO DIGITAL 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de

Leia mais

PROGRAMA DE PATROCÍNIO DA COSERN

PROGRAMA DE PATROCÍNIO DA COSERN PROGRAMA DE PATROCÍNIO DA COSERN Resumo das diretrizes e critérios da COSERN/ Grupo Neoenergia para patrocínios a projetos socioculturais e ambientais. Guia Básico do Proponente 1 Índice Introdução 2 1.

Leia mais

Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina Saúde Indígena Convênios SPDM-MS/SESAI

Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina Saúde Indígena Convênios SPDM-MS/SESAI PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 032/ 2015 DSEI ALTAMIRA CADASTRO DE RESERVA A SPDM Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina, entidade sem fins lucrativos, inscrita no Cadastro Nacional

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA Nº 10/2014, REFERENTE AO CONVÊNIO SICONV Nº 794450/2013

TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA Nº 10/2014, REFERENTE AO CONVÊNIO SICONV Nº 794450/2013 TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA Nº 10/2014, REFERENTE AO CONVÊNIO SICONV Nº 794450/2013 O Instituto Tribos Jovens, associação civil sem fins lucrativos, com sede em Porto Seguro/BA, na Rua Saldanha

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS DA FDV CURSO DE GRADUAÇÃO DE DIREITO

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS DA FDV CURSO DE GRADUAÇÃO DE DIREITO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS DA FDV CURSO DE GRADUAÇÃO DE DIREITO [Em vigor para os ingressos a partir de 2009/02] Aprovado pelo Conselho Acadêmico em 06 de agosto de 2009 APRESENTAÇÃO

Leia mais

2. QUEM PODE PARTICIPAR

2. QUEM PODE PARTICIPAR EDITAL 1. Edital Instituto Walmart 1.1. Este edital é uma iniciativa do Instituto Walmart com o objetivo de identificar, reconhecer e estimular o desenvolvimento de projetos por organizações da sociedade

Leia mais

Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina. Saúde Indígena Convênios SPDM-MS/SESAI

Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina. Saúde Indígena Convênios SPDM-MS/SESAI PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 112/ 2013 DSEI Kayapó Mato Grosso A SPDM Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina, entidade sem fins lucrativos, inscrita no Cadastro Nacional de Pessoa

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NA SEGUNDA FASE DO CURSO DE FORMAÇÃO PARA CERTIFICAÇÃO DE CAPITAL HUMANO EM LÍNGUA INGLESA

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NA SEGUNDA FASE DO CURSO DE FORMAÇÃO PARA CERTIFICAÇÃO DE CAPITAL HUMANO EM LÍNGUA INGLESA REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NA SEGUNDA FASE DO CURSO DE FORMAÇÃO PARA CERTIFICAÇÃO DE CAPITAL HUMANO EM LÍNGUA INGLESA 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CAMPUS DE SOUSA NÚCLEO DE ESTUDOS EM AGRICULTURA ECOLÓGICA DO SERTÃO PARAIBANO

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CAMPUS DE SOUSA NÚCLEO DE ESTUDOS EM AGRICULTURA ECOLÓGICA DO SERTÃO PARAIBANO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CAMPUS DE SOUSA NÚCLEO DE ESTUDOS EM AGRICULTURA ECOLÓGICA DO SERTÃO PARAIBANO COORDENAÇÃO DOS NÚCLEOS DE EXTENSÃO E PESQUISA EM DESENVOLVIMENTO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MIRACATU Praça da bandeira, 10 - Centro - Miracatu SP Cep 11850-000 Telefone: (13) 3847-7000 / Fax: (13) 3847-1522

PREFEITURA MUNICIPAL DE MIRACATU Praça da bandeira, 10 - Centro - Miracatu SP Cep 11850-000 Telefone: (13) 3847-7000 / Fax: (13) 3847-1522 Processo Seletivo Simplificado Edital de Abertura nº 002/2014 O Município de Miracatu, Estado de São Paulo, por intermédio do Fundo Social de Solidariedade de Miracatu, realizará o Processo Seletivo Simplificado,

Leia mais

APRESENTAÇÃO. O presente manual tem por finalidade principal orientar técnicos sociais dos

APRESENTAÇÃO. O presente manual tem por finalidade principal orientar técnicos sociais dos APRESENTAÇÃO O presente manual tem por finalidade principal orientar técnicos sociais dos municípios no processo de seleção de demanda, na elaboração e na execução do Projeto de Trabalho Social - PTS junto

Leia mais

Edital nº 006/2014 PROAE

Edital nº 006/2014 PROAE Edital nº 006/2014 PROAE A Pró-Reitora de Assuntos Estudantis da Universidade Regional do Cariri URCA, de acordo com as atribuições que lhe confere o Regimento Geral e, com base no Provimento nº 31/2014

Leia mais

SECRETARIA DE SAÚDE MUNICIPAL DE SAÚDE ASSOCIAÇÃO PIRIPIRIENSE DE ENSINO SUPERIOR CHRISTUS FACULDADE DO PIAUÍ - CHRISFAPI

SECRETARIA DE SAÚDE MUNICIPAL DE SAÚDE ASSOCIAÇÃO PIRIPIRIENSE DE ENSINO SUPERIOR CHRISTUS FACULDADE DO PIAUÍ - CHRISFAPI SECRETARIA DE SAÚDE MUNICIPAL DE SAÚDE ASSOCIAÇÃO PIRIPIRIENSE DE ENSINO SUPERIOR CHRISTUS FACULDADE DO PIAUÍ - CHRISFAPI EDITAL DE SELEÇÃO DE ESTUDANTES BOLSISTAS DO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO PELO TRABALHO

Leia mais

EDITAL PARA ADMISSÃO DE EMPREENDIMENTOS INCUBADOS. Apoio:

EDITAL PARA ADMISSÃO DE EMPREENDIMENTOS INCUBADOS. Apoio: EDITAL PARA ADMISSÃO DE EMPREENDIMENTOS INCUBADOS Apoio: Recife, 2015 Sumário 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. OBJETIVOS... 3 3. PUBLICO ALVO... 3 4. ATORES... 3 5. ESPAÇO FÍSICO... 4 6. SERVIÇOS OFERECIDOS...

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE AÇÕES INOVADORAS

REGULAMENTO DO CONCURSO DE AÇÕES INOVADORAS REGULAMENTO DO CONCURSO DE AÇÕES INOVADORAS A Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio do Governo de Alagoas torna público o VI CONCURSO DE AÇÕES INOVADORAS NA GESTÃO DO PODER EXECUTIVO

Leia mais

EDITAL Nº 003/2015 DA. PROCESSO SELETIVO PARA MONITORES DO PROJETO DE EXTENSÃO ATÉ QUANDO ESPERAR : Juventude, Educação e Cidadania.

EDITAL Nº 003/2015 DA. PROCESSO SELETIVO PARA MONITORES DO PROJETO DE EXTENSÃO ATÉ QUANDO ESPERAR : Juventude, Educação e Cidadania. - FAMETRO DIREÇÃO ACADÊMICA PROGRAMA DE EXTENSÃO E RESPONSABILIDADE SOCIAL CURSO DE GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL EDITAL Nº 003/2015 DA PROCESSO SELETIVO PARA MONITORES DO PROJETO DE EXTENSÃO ATÉ QUANDO

Leia mais

PROUNI. Desde 2007, o Prouni - e sua articulação com o FIES - é uma das ações integrantes do Plano de Desenvolvimento da Educação PDE.

PROUNI. Desde 2007, o Prouni - e sua articulação com o FIES - é uma das ações integrantes do Plano de Desenvolvimento da Educação PDE. PROUNI O Programa O Prouni - Programa Universidade para Todos tem como finalidade a concessão de bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições

Leia mais

EDITAL INSCRIÇÃO PARA O PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA Nº 01 /2012

EDITAL INSCRIÇÃO PARA O PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA Nº 01 /2012 EDITAL INSCRIÇÃO PARA O PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA Nº 01 /2012 A PREFEITURA MUNICIPAL DE INHUMAS torna público que realizará INSCRIÇÃO PARA PRÉ-SELEÇÃO DE FAMILIAS PARA O PROGRAMA MINHA CASA MINHA

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

SELEÇÃO PARA TUTORES PRESENCIAIS

SELEÇÃO PARA TUTORES PRESENCIAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO UFPE COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - CEAD CENTRO DE EDUCAÇÃO / DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR E PLANEJAMENTO EDUCACIONAL DAEPE/CE SELEÇÃO PARA TUTORES PRESENCIAIS

Leia mais

PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL. Edital n 001/2015, de 1º de junho de 2015

PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL. Edital n 001/2015, de 1º de junho de 2015 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ COORDENAÇÃO DE ASSUNTOS ESTUDANTIS - CAMPUS CANINDÉ PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL Edital n 001/2015, de 1º de

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE LINHARES SECRETARIA DE EDUCAÇÃO EDITAL Nº 011/2014

PREFEITURA MUNICIPAL DE LINHARES SECRETARIA DE EDUCAÇÃO EDITAL Nº 011/2014 PREFEITURA MUNICIPAL DE LINHARES SECRETARIA DE EDUCAÇÃO EDITAL Nº 011/2014 Processo de seleção e admissão de professores e pedagogos em regime de designação temporária, para o exercício da função de regência

Leia mais

Edital n 49/2011 PROEN

Edital n 49/2011 PROEN Edital n 49/2011 PROEN Seleção Simplificada para Tutor a Distância O Pró-Reitor de Ensino da Universidade Federal do Maranhão, em exercício e o Núcleo de Educação à Distância, no uso de suas atribuições,

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2015

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2015 EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2015 1. DO OBJETO 1.1. O presente edital tem por objeto realizar uma chamada pública nacional para seleção de projetos que contribuam para o empoderamento das mulheres

Leia mais

Instituto de Assessoria para o Desenvolvimento Humano - IADH TERMO DE REFERÊNCIA. Processo Seletivo Simplificado

Instituto de Assessoria para o Desenvolvimento Humano - IADH TERMO DE REFERÊNCIA. Processo Seletivo Simplificado Instituto de Assessoria para o Desenvolvimento Humano - IADH TERMO DE REFERÊNCIA Processo Seletivo Simplificado Processo Administrativo nº: 00/05, de 5/0/05 Processo Seletivo Simplificado nº: 00/05, de

Leia mais

Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina Saúde Indígena Convênios SPDM-MS/SESAI

Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina Saúde Indígena Convênios SPDM-MS/SESAI PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 035/2015 DSEI CUIABÁ CADASTRO DE RESERVA A SPDM Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina, entidade sem fins lucrativos, inscrita no Cadastro Nacional de

Leia mais

PROCESSO SELETIVO RESIDÊNCIA MÉDICA / LAGES

PROCESSO SELETIVO RESIDÊNCIA MÉDICA / LAGES PROCESSO SELETIVO RESIDÊNCIA MÉDICA / LAGES Hospital Nossa Senhora dos Prazeres Clinitrauma - Ortopedia e Traumatologia de Lages SC Secretaria Municipal de Saúde Programa de Residência Médica em Ortopedia

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 2015.2A ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS- GRADUAÇÃO 2015.2A EDITAL Nº 08

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 2015.2A ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS- GRADUAÇÃO 2015.2A EDITAL Nº 08 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA OS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO 2015.2A ADMISSÃO PARA OS CURSOS DE PÓS- GRADUAÇÃO 2015.2A EDITAL Nº 08 TERESINA, 2015 Edital nº 02 - Admissão de alunos para os cursos de Pós-Graduação

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSISTA DE EXTENSÃO Nº 003/2015

EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSISTA DE EXTENSÃO Nº 003/2015 Universidade Federal de Juiz de Fora Diretoria de Gerenciamento de Projetos EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSISTA DE EXTENSÃO Nº 003/2015 PROJETO DE EXTENSÃO: Gerenciamento de Projetos Desenvolvimento Sustentável

Leia mais