MANUAL MAPX-OP

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL MAPX-OP057-2014"

Transcrição

1 MANUAL MANUAL DE LEIAUTES Serviço Processamento Nota Fiscal Paulista OBJETIVO: Este documento tem como objetivo descrever os leiautes das transferências utilizadas pelos Participantes no Serviço de Processamento da Nota Fiscal Paulista - e as validações realizadas nos referidos arquivos. AUTOR DO DOCUMENTO: ÁREA: Sistemas TI CONTATO: Atendimento Clientes O responsável deve ser contatado nos casos de: Dúvidas sobre as informações tratadas neste documento; Falhas ou vulnerabilidades encontradas no processo; Necessidade de adequação identificada internamente, ou apresentada por auditoria, por órgão regulador, ou por cliente.

2 2 /23 CIP Manual de Leiautes e Arquivos Nota Fiscal Paulista Versão Data:

3 3 /23 Prefácio Este documento tem como objetivo descrever os leiautes das transferências utilizadas pelos Participantes no Serviço de Nota Fiscal Paulista e as validações realizadas nos referidos arquivos.

4 4 /23 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO OBJETIVO SERVIÇOS E EVENTOS NOMENCLATURA E FORMATO DOS ARQUIVOS NOMENCLATURA E FORMATO DE ARQUIVO PARTICIONAMENTO DE ARQUIVO PROCESSO DE VALIDAÇÃO CODIFICAÇÃO DO CONTEÚDO TRADUÇÃO DOS ARQUIVOS DETALHAMENTO DO ARQUIVO CNAB Header de Arquivo Header de Lote Registro Segmento A Registro Segmento B Trailer de Lote Trailer de Arquivo ARQUIVO PRO (DE PROTOCOLO DE RECEBIMENTO): ARQUIVO ERR (DE RETORNO DE ERRO): CONSISTÊNCIAS DO ARQUIVO DICIONÁRIO DE CAMPOS DICIONÁRIO DE TIPOS DE ERRO CONTROLE DO DOCUMENTO... 21

5 5 /23 1. INTRODUÇÃO 1.1 Objetivo Este documento tem como objetivo descrever os leiautes das transferências utilizadas pelos Participantes no Serviço de Nota Fiscal Paulista e as validações realizadas nos referidos arquivos. 1.2 Serviços e Eventos Segue abaixo o modelo de funcionamento do processamento da Nota Fiscal Paulista: Descrição dos arquivos: ANFP001 SEFAZ informa a CIP movimentações relativas aos créditos a serem efetuados nas contas de contribuintes segregados por IF participante do serviço de Nota Fiscal Paulista. Para cada arquivo recebido com sucesso, a CIP enviará um arquivo de protocolo PRO e para cada arquivo recebido com erro físico, será enviado um arquivo de erro ERR. ANFP002 * A CIP envia aos Participantes aderentes ao serviço da Nota Fiscal Paulista o arquivo com movimentações de credito a serem efetuados pela IF em questão. Este arquivo será traduzido

6 6 /23 para os padrões de leiaute de pagamento á fornecedor dos bancos aderentes ao produto Nota Fiscal Paulista. ANFP003 * Participante retorna a CIP as inconsistências relativas ao arquivo de credito recebido. Este arquivo será traduzido para os padrões de leiaute de retorno de pagamento á fornecedor da SEFAZ. Para cada arquivo recebido com sucesso, a CIP enviará um arquivo de protocolo PRO e para cada arquivo recebido com erro físico, será enviado um arquivo de erro ERR. ANFP004 - CIP envia a SEFAZ o arquivo traduzido contendo as inconsistências recebidas segregadas por IF. ANFP005 * Participante envia a CIP arquivo de confirmação de crédito. Este arquivo será traduzido para os padrões de leiaute de retorno de pagamento á fornecedor da SEFAZ. Para cada arquivo recebido com sucesso, a CIP enviará um arquivo de protocolo PRO e para cada arquivo recebido com erro físico, será enviado um arquivo de erro ERR. ANFP006 CIP envia a SEFAZ os arquivos traduzidos de confirmação de credito. ANFP007 ** Participante (Banco do Brasil) envia a CIP arquivo de conciliação financeira, contendo o extrato da movimentação da conta da SEFAZ. Para cada arquivo recebido com sucesso, a CIP enviará um arquivo de protocolo PRO e para cada arquivo recebido com erro físico, será enviado um arquivo de erro ERR. ANFP008 ** CIP envia a SEFAZ os arquivos de Conciliação financeira. ANFP009 - Participante (Banco do Brasil) envia a CIP arquivo de extemporâneos, contendo os repasses de créditos que não foram efetuados pelas IFs não conveniadas ao SCC. Para cada arquivo recebido com sucesso, a CIP enviará um arquivo de protocolo PRO e para cada arquivo recebido com erro físico, será enviado um arquivo de erro ERR. ANFP010 - CIP envia a SEFAZ arquivo de extemporâneos recebido do Banco do Brasil. Legenda: * Os leiautes destes arquivos não estarão especificados neste documento por ser de propriedade individual de cada banco. ** Os leiautes destes arquivos não estarão especificados neste arquivo por ser de propriedade do Banco do Brasil. Obs: Cada serviço deve ser habilitado para o Participante do Serviço Nota Fiscal Paulista. Participantes que enviem arquivos não habilitados receberão um arquivo ERR.

7 7 /23 2. NOMENCLATURA E FORMATO DOS ARQUIVOS 2.1 Nomenclatura e formato de arquivo Os nomes dos arquivos serão compostos por informações relativas ao seu conteúdo, os quais serão separados por underline. Qualquer arquivo que o Participante enviar para a CIP, deverá ser composto pelo nome padrão do arquivo, ISPB da Instituição emissora, Data da Referência e Sequência gerada pelo participante: <Nome do Arquivo>_<NSA SEFAZ>_<CNPJ Base do Emissor>_<CNPJ Base do Destinatário>_<DataRef>_<Seq> Onde: Nome do Arquivo: nome do arquivo, composto por 7 letras. Ex: ANFP001; NSA SEFAZ: código identificador interno da SEFAZ, composto de 6 posições; CNPJ Base do Emissor: identificador do emissor do arquivo, composto pelos 8 primeiros números do CNPJ; CNPJ Base do Destinatário: identificador do destinatário do arquivo, composto pelos 8 primeiros números do CNPJ; DataRef: data de referência para o processamento pela CIP. Deve estar no formato AAAAMMDD; Seq: identifica o número do arquivo e deve ser único na data, não havendo obrigatoriedade de sequência crescente. Composto por 5 posições numéricas. Exemplo: Um Participante pode adotar o critério que todos os arquivos por ela gerados, seguem um mesmo sequenciador. Neste caso, o primeiro arquivo pode ser número 10 e o seguinte ser número 16. Os formatos dos arquivos trafegados entre CIP e SEFAZ serão do padrão CNAB 240 posicional. A CIP fará a tradução entre os arquivos da SEFAZ (CNAB 240) para cada banco aderente ao processo NFP, exceto Banco do Brasil neste caso os arquivos serão apenas repassados. Os formatos dos arquivos PRO e ERR enviado pela CIP deverá ser do formato XML, já estabelecido do framework STD (Sistema de transporte de dados). 2.2 Particionamento de arquivo Os arquivos trafegados serão limitados à quantidade de registros e não poderá haver quebra de blocos de informações, isto é, caso não seja possível concluir todo bloco de informações no mesmo arquivo, este deve ser totalmente desconsiderado e enviado em outro arquivo. O serviço não controlará o sequencial dos arquivos recebidos; os arquivos serão encaminhados ao destinatário assim que o recebimento estiver concluído, independente da sua sequência.

8 8 / Processo de validação 1. Após receber o arquivo, a CIP efetua validações de dados básicos referentes ao nome e a segurança do arquivo. Se a validação for efetivada com sucesso será retornado um arquivo de protocolo para o emissor do arquivo, sendo que este arquivo terá o mesmo nome do arquivo emitido pela Instituição Financeira com o sufixo PRO (ver item 2.4); Exemplo: ANFP001_ _ _ ANFP001_ _ _ _PRO Se a validação não for efetivada com sucesso é retornado um arquivo de erro para a Instituição emissora do arquivo, sendo que este arquivo terá o mesmo nome do arquivo emitido pela Instituição Financeira com o sufixo ERR (ver item 2.5); Exemplo: ANFP001_ _ _ ANFP001_ _ _ _ERR 2. Se não for possível abri-lo por questões de criptografia ou caso o arquivo enviado esteja em um formato desconhecido, a CIP retornará um arquivo ERR-Erro genérico. Neste caso, será devolvido apenas o <BCARQ> com o campo <NomArq> indicando o código de erro (ver item 2.5). Exemplo: Arquivo enviado: ANFP001_ _ _ _00039 Arquivo devolvido: ANFP001_ _ _ _00039_ERR 3. Para arquivos enviados para a CIP que tenham o mesmo nome, somente o primeiro arquivo será processado. Os demais serão rejeitados por erro de duplicidade 4. O conteúdo do arquivo não é criticado pela CIP. 2.4 Codificação do Conteúdo Para o serviço Nota Fiscal Paulista, a codificação do conteúdo do arquivo será em UTF-8, conforme definido no Manual Dimensão de TI Aplicação - Versão 1.4., de propriedade da FEBRABAN. 2.5 Tradução dos arquivos A análise do de/para dos arquivos será realizada de forma individual para cada participante e respeitando as regras descritas nos manuais de leiaute dos arquivos de pagamento a fornecedor, enviado pelos participantes a CIP. No entanto, algumas regras de mapeamento dos campos serão seguidas para todas as traduções:

9 9 /23 1. Os campos que seguirem o mesmo formato, posições e informação, apenas uma transposição do conteúdo do campo será feito. 2. Quando houver uma regra especifica de um banco, será formatado o valor do campo de acordo com a regra descrita. 3. Não serão tratados caracteres especiais, letras maiúsculas ou minúsculas. Os valores de campos alfanuméricos apenas serão repassados na tradução dos arquivos. 2.6 Detalhamento do Arquivo CNAB240 Estrutura do arquivo O arquivo segue a estrutura padrão do CNAB240: Header de arquivo {Registro =0} Header de Lote {Registro =1} Segmento A {Registro =3} Segmento B {Registro =3} Trailer de Lote {Registro = 5} Trailer de Arquivo {Registro =9} Nome do arquivo Remessa ANFP001_<NSA SEFAZ>_<CNPJ Base do Emissor>_<CNPJ Base do Destinatário>_<DataRef>_<Seq> Remetente: SEFAZ Destinatário: CIP com tradução para arquivo dos bancos Nome do arquivo Retorno ANFP003_<CNPJ Base do Emissor>_<CNPJ Base do Destinatário>_<DataRef>_<Seq> Remetente: Participantes Destinatário: CIP com tradução para arquivo da SEFAZ Tipo do arquivo Posicional Campos Numéricos (Num) = Sempre à direita e preenchidos com zeros à esquerda. Campos Alfanuméricos (Alfa) = Sempre à esquerda e preenchidos com brancos à direita.

10 10 / Header de Arquivo Número 1 Campo Código do Banco na Compensação Posição Nº De Até dígitos Nº decimal Formato Num Especificação CNAB SEFAZ Numero do banco 2 Lote de Serviço Num 0000 fixo para header de arquivo Tipo de Registro Uso Exclusivo FEBRABAN / CNAB Tipo de Inscrição da Empresa Número de Inscrição da Empresa Código do Convênio no Banco Agência Mantenedora da Conta Dígito Verificador da Agência Número da Conta Corrente Dígito Verificador da Conta Dígito Verificador da Ag/Conta Nome da Empresa Num AlfaN Num AlfaN Num Num 0 fixo para header de arquivo Brancos 2 fixo para CGC/CNPJ Preencher com o CNPJ da SEFAZ Preencher com o código do convênio assinado com a IF identificada pelo campo Código do Banco na Compensação Código da agência da SEFAZ na IF AlfaN Dígito verificador da agência mencionada no campo anterior Num Número da conta corrente da SEFAZ na IF AlfaN AlfaN Dígito verificador da conta mencionada no campo anterior Brancos AlfaN Razão social da SEFAZ 14 Nome do Banco AlfaN Nome do banco Uso Exclusivo FEBRABAN / CNAB Código Remessa / Retorno AlfaN Num Brancos 1 - Remessa 2- Retorno

11 11 / Data de Geração do Arquivo Hora de Geração do Arquivo Número Sequencial do Arquivo No da Versão do Layout do Arquivo Densidade de Gravação do Arquivo Para Uso Reservado do Banco Para Uso Reservado da Empresa Uso Exclusivo FEBRABAN / CNAB Num Num Num Num Num AlfaN AlfaN AlfaN DDMMAAAA HHMMSS Numero sequencial do arquivo Numero da versão do leiaute do arquivo. Zeros Brancos Brancos Brancos Header de Lote Número Campo Posição De Até Nº dígitos Nº decimal Formato Especificação CNAB SEFAZ 01.1 Código do Banco na Compensação Num Numero do banco 02.1 Lote de Serviço Num Lote de serviço 03.1 Tipo de Registro Num 04.1 Tipo da Operação Alfa C= Credito 05.1 Tipo do Serviço Num 06.1 Forma de Lançamento Num 07.1 Nº da Versão do Layout do Lote Num 08.1 Uso Exclusivo da FEBRABAN/CNAB Alfa Brancos Fixo 1 para header de lote 98 - Fixo para pagamentos diversos 1 - para credito CC 5 - para poupança 3 Doc e TED (apenas para leiaute do Banco do Brasil). Poderá ser preenchido com zeros

12 12 / Tipo de Inscrição da Empresa Num 2 fixo para CGC/CNPJ 10.1 Número de Inscrição da Empresa Num Preencher com o CNPJ da SEFAZ 11.1 Código do Convênio no Banco Alfa 12.1 Agência Mantenedora da Conta Num 13.1 Dígito Verificador da Agência Alfa 14.1 Número da Conta Corrente Num 15.1 Dígito Verificador da Conta ea Preencher com o código do convênio assinado com a IF identificada pelo campo Código do Banco na Compensação Código da agência da SEFAZ na IF Dígito verificador da agência mencionada no campo anterior. Número da conta corrente da SEFAZ na IF Dígito verificador da conta mencionada no campo anterior 16.1 Dígito Verificador da Ag/Conta Alfa Preencher com brancos 17.1 Nome da Empresa Alfa Razão social da SEFAZ 18.1 Informação Alfa Preencher com brancos 19.1 Nome da Rua, Av, Pça, Etc Alfa 20.1 Número do Local Num Numero 21.1 Casa, Apto, Sala, Etc Alfa Brancos 22.1 Nome da Cidade Alfa Cidade Rua, Av, pça (endereço da sefaz) 23.1 CEP Num Cep da Sefaz 24.1 Complemento do CEP Alfa Brancos 25.1 Sigla do Estado Alfa Estado da cidade 26.1 Indicativo da Forma de Pagamento do Serviço Num Brancos 27.1 Uso Exclusivo FEBRABAN/CNAB Alfa Brancos 28.1 Códigos das Ocorrências p/ Retorno Alfa Código do retorno * Registro Segmento A Número 01.3A Campo Código do Banco na Compensação Posição Nº dígitos De Até Nº decimal Formato Num Numero do banco Especificação - CNAB 240 -SEFAZ

13 13 / A Lote de Serviço Num Código de lote 03.3A Tipo de Registro Num Fixo A 05.3A Nº Sequencial do Registro no Lote Código de Segmento do Reg. Detalhe Num Alfa Fixo A Numero do lote - Será iniciado em A Tipo de Movimento Num Preencher com zeros 07.3A Código da Instrução p/ Movimento Num Preencher com zeros 08.3A 09.3A 10.3A 11.3A 12.3A 13.3A 14.3A Código da Câmara Centralizadora Código do Banco do Favorecido Ag. Mantenedora da Cta do Favor. Dígito Verificador da Agência Número da Conta Corrente Dígito Verificador da Conta Dígito Verificador da AG/Conta Num Preencher com Num Código do banco do favorecido Num Agência do favorecido Alfa Dígito da agência do favorecido Num Número da conta do favorecido Alfa Dígito da conta do favorecido Alfa Digito verificador da agencia/conta 15.3A Nome do Favorecido Alfa Nome do favorecido 16.3A Nº do Docum. Atribuído p/ Empresa Alfa 17.3A Data do Pagamento Num DDMMAAAA 18.3A Tipo da Moeda Alfa Fixo BRL Numero atribuído pela Empresa pagadora 19.3A Quantidade da Moeda Num 20.3A Valor do Pagamento Num Valor do pagamento 21.3A 22.3A 23.3A Nº do Docum. Atribuído pelo Banco Data Real da Efetivação Pagto Valor Real da Efetivação do Pagto Alfa Num DDMMAAAA * Zeros Numero atribuído pelo Banco no retorno * Num Valor do pagamento realizado *

14 14 / A Outras Informações Vide formatação em G031 para identificação de Deposito Judicial e Pgto.Salários de servidores pelo SIAPE Alfa Brancos 25.3A Compl. Tipo Serviço Alfa Brancos 26.3A 27.3A 28.3A Codigo finalidade da TED Complemento de finalidade pagto. Uso Exclusivo FEBRABAN/CNAB Alfa Brancos Alfa Brancos Alfa Brancos 29.3A Aviso ao Favorecido Num Preencher com zero - não emite 29.3A Códigos das Ocorrências p/ Retorno Alfa Código de Retorno * Registro Segmento B Número Campo Posição De Até Nº dígitos Nº decimal Formato Especificação - CNAB SEFAZ 01.3B Código do Banco na Compensação Num Numero do banco 02.3B Lote de Serviço Num Código de lote 03.3B Tipo do Registro Num Fixo B Nº Seqüencial do Registro no Lote Num Numero do lote 05.3B Código de Segmento do Reg. Detalhe Alfa Fixo B 06.3B Uso Exclusivo FEBRABAN/CNAB Alfa Brancos 07.3B Tipo de Inscrição do Favorecido Num 08.3B Nº de Inscrição do Favorecido Num 09.3B Nome da Rua, Av, Pça, Etc Alfa Brancos 10.3B Nº do Local Num Brancos 11.3B Casa, Apto, Etc Alfa Brancos 12.3B Bairro Alfa Brancos Código do tipo de inscrição Numero de inscrição do favorecido

15 15 / B Nome da Cidade Alfa Brancos 14.3B CEP Num Brancos 15.3B Complemento do CEP Alfa Brancos 16.3B Sigla do Estado Alfa Brancos 17.3B Data do Vencimento (Nominal) Num Brancos 18.3B Valor do Documento (Nominal) Num Brancos 19.3B Valor do Abatimento Num Brancos 20.3B Valor do Desconto Num Brancos 21.3B Valor da Mora Num Brancos 22.3B Valor da Multa Num Brancos 23.3B Código/Documento do Favorecido Alfa 24.3B Aviso ao Favorecido Num Brancos Brancos 25.3B Num Uso Exclusivo para o SIAPE Brancos 26.3B Código ISPB Num Brancos Trailer de Lote Número 01.5 Campo Código do Banco na Compensação Posição De Até Nº dígitos Nº decimal Formato Especificação CNAB SEFAZ Num Numero do banco 02.5 Lote de Serviço Num Código de lote 03.5 Tipo de Registro Num Uso Exclusivo FEBRABAN/CNAB Quantidade de Registros do Lote 5 fixo para trailer de lote Alfa Preencher com brancos Num Total de registros do lote 06.5 Somatória dos Valores Num Somatório dos valores 07.5 Somatória de Quantidade de Moedas Num Preencher com Zeros 08.5 Número Aviso de Débito Num Zeros 09.5 Uso Exclusivo FEBRABAN/CNAB Alfa Brancos

16 16 / Códigos das Ocorrências para Retorno Alfa Código de retorno * Trailer de Arquivo Posição Número Campo De Até Nº dígitos Nº decimal Formato Especificação CNAB240 - SEFAZ 01.9 Código do Banco na Compensação Num Numero do banco 02.9 Lote de Serviço Num Fixo Tipo de Registro Num Fixo Uso Exclusivo FEBRABAN/CNAB Quantidade de Lotes do Arquivo Quantidade de Registros do Arquivo Qtde de Contas p/ Conc. (Lotes) Uso Exclusivo FEBRABAN/CNAB Alfa Brancos Num Num Num Zeros Alfa Brancos Quantidade dos registros tipo 1 Quantidade dos registros tipo 0,1,3,5 e 9 Legenda: Campo com *serão utilizados somente no retorno. 2.7 Arquivo PRO (de protocolo de recebimento): Para cada arquivo recebido com sucesso, o sistema ira enviar um arquivo de protocolo de recebimento. Nome do arquivo: <Nome do arquivo de envio >_PRO Tipo de arquivo: XML Descrição: Estrutura para os arquivos PRO

17 17 /23 Emissor: CIP Destinatário: Participante Tag Nome do Campo Mult. <ANFPDOC > <BCARQ> <NomArq> Nome do Arquivo [1..1] <NumCtrlEmis> Número Controle do Emissor [1..1] <ISPBEmissor> CNPJ Base Emissor [1..1] <ISPBSolicitante> CNPJ Base do Solicitante [1..1] <ISPBDestinatario> CNPJ Base Destinatário [1..1] <DtHrArq> Data Hora do Arquivo [1..1] <DtRef> Data de Referência [1..1] </BCARQ> </ANFPDOC> Exemplo: <ANFPDOC > <BCARQ> <NomArq>ACPO001_ _ _ _001</NomArq> <NumCtrlEmis> </NumCtrlEmis> <ISPBEmissor> </ISPBEmissor> <ISPBSolicitante> </ISPBSolicitante> <ISPBDestinatario> </ISPBDestinatario> <DtHrArq> :31:36</DtHrArq> <DtRef> </DtRef> </BCARQ> </ANFPDOC> 2.8 Arquivo ERR (de retorno de erro): Os arquivos ERR são enviados para o participante emissor abertos (decriptografados e sem compressão), contendo o código de erro informado na tag<nomarq>. Nome do arquivo: <Nome do arquivo de envio >_ERR Tipo de arquivo: o XML Descrição: Estrutura para os arquivos ERR Emissor: CIP Destinatário: Participante Tag Nome do Campo Mult.

18 18 /23 <ANFPDOC> <BCARQ> <NomArq> Nome do Arquivo [1..1] </BCARQ> </ANFPDOC> Exemplo: <ANFPDOC> <BCARQ> <NomArq CodErro= EGEN0001 >ANFP001_ _ _ _001_ERR</NomArq> </BCARQ> </ANFPDOC> 2.9 Consistências do arquivo Consistências físicas serão realizadas no arquivo. Abaixo esta a lista de consistências que será realizada nos arquivos e no item 5 a relação dos códigos de erros emitidos em cada caso: 1. Nome do arquivo fora do padrão 2. Arquivo maior que o tamanho limite 3. Tipo de arquivo não permitido para o Participante 4. Emissor não participante / não identificado 5. Destinatário não participante / não identificado 6. Data do arquivo diferente da data de referência do sistema 7. (Nome do) Arquivo duplicado 8. Arquivo recebido fora da grade horária 9. Problema com a certificação do arquivo 10. Problema com a descompactação do arquivo 11. Problema com a formatação do arquivo (Tradução)

19 19 /23 3. DICIONÁRIO DE CAMPOS Nome do Campo Tag Tipo Descrição Nome do Arquivo <NomArq> Nome Nome do Arquivo Número de Controle do Emissor <NumCtrlEmis> NuOp Número único da operação Número do ISPB do Emissor <ISPBEmissor> CNPJBase Número do CNPJ base do emissor. Número do ISPB do Destinatário <ISPBDestinatario> CNPJBase Número do CNPJ base do destinatário. Data e hora do Arquivo <DtHrArq> DataHora Data e hora do arquivo Data de Referência do Arquivo <DtRef> Data Data de referência 4. DICIONÁRIO DE TIPOS Tipo Formato Tam Tam Exp Reg Descrição Min. Máx. CNPJBase Alfanumérico 8 8 Primeiras 8 posições do CNPJ CNPJBase Data Alfanumérico Formato AAAA-MM-DD Data DataHora Numérico Formato AAAA-MM-DDTHH:MM:SS DataHora Nome Alfanumérico Nome Nome NuOp Alfanúmerico Número Número único de operação no Cadastro 5. DE ERRO Domínio Descrição ESTD9999 ESTD0003 ESTD0004 ESTD0005 ESTD0006 ESTD0007 ESTD0008 ESTD0009 ESTD0010 ESTD0011 ESTD0012 Erro não identificado Tamanho do arquivo excedeu o limite permitido Emissor não é participante ou está inativo Destinatário não é participante ou está inativo Data de Referência inválida Participante emissor sem adesão a funcionalidade Participante destinatário sem adesão a funcionalidade Participante destinatário sem certificado ou certificado inativo Arquivo repetido ISPB do Emissor inválido no nome do arquivo ISPB do Destinatário inválido no nome do arquivo

20 20 /23 ESTD0025 ESTD0026 ESTD0027 Tamanho de Arquivo inválido Conteúdo do arquivo não e formato GZIP Processamento cancelado devido a falta de Configuração de um dos participantes Emissor/Destinatário ESTD0028 ESTD0029 ESTD0030 Participante Originador não passou pelos testes de conectividade Participante Destinatário não passou pelos testes de conectividade Formato do arquivo não identificado ESTD0031 Tamanho do arquivo sem o cabeçalho de segurança deve ser múltiplo de 8. ESTD0032 ESTD0033 ESTD0034 ESTD0035 ESTD0036 ESTD9999 Reprocessamento Terminado manualmente Reprocessamento Terminado automaticamente Erro de conversão de layout Serviço Inexistente Serviço de Saída, não pode ser informado na entrada Erro não identificado Domínio EGEN0005 EGEN0007 EGEN0009 EGEN0017 EGEN0030 EGEN0033 EGEN0036 EGEN0037 EGEN0032 EGEN0050 EGEN1009 EGEN1017 EGEN0153 EGEN1104 EGEN9901 EGEN9902 EGEN9903 Descrição ISPB Emissor Inválido ISPB Emissor Não Autorizado para a Fila Requerida ISPB Destinatário não confere com destino Campo obrigatório ausente Nome do Arquivo Inválido Tipo de Transmissão inválida Domínio de sistema Inválido. Formato inválido do arquivo zip Recepção de Arquivo Fora do Horário Erro de Processamento Data do movimento inválida Certificado inválido ISPB do Emissor incompatível com ISPB informado Chave de Segurança Inválida Tamanho do Cabeçalho de Segurança Zerado ou Incompatível c/os Possíveis Versão Inválida ou Incompatível com o Tamanho e/ou Conexão Algoritmo da Chave do Destinatário Inválido ou Divergente do Certificado

21 21 /23 EGEN9904 EGEN9905 EGEN9906 EGEN9907 EGEN9908 EGEN9909 EGEN9910 EGEN9911 EGEN9912 EGEN9913 EGEN9914 EGEN9915 EGEN9916 EGEN9917 Algoritmo Simétrico Inválido Algoritmo da Chave de Assinatura Inválido ou Divergente do Certificado Algoritmo de "Hash" Não Corresponde aos Indicados Código da AC do Certificado do Destinatário Inválido Número de Série do Certificado Destino Inválido (Não Foi Emitido pela AC) Código da AC do Certificado de Assinatura Inválido Número Série do Certificado de Assinatura Inválido (Não Foi Emitido p/ac) Assinatura da Mensagem Inválida ou com Erro Certificado Não é do Emissor da Mensagem (Titular da Fila no MQ) Erro na Extração da Chave Simétrica Erro Gerado pelo Algoritmo Simétrico Tamanho da Mensagem não Múltiplo de 8 Bytes Certificado usado Não Está Ativado Certificado usado está revogado, vencido ou excluído pela Instituição EGEN9918 Erro Genérico da Camada de Segurança EGEN9919 Indicação de Uso Específico Inválida ou Incompatível EGEN9920 Certificado não encontrado 6. CONTROLE DO DOCUMENTO 6.1 ATUALIZAÇÃO Versão Rev Emissão Motivo/ Descrição Área Aprovação Elaboração Inicial Sistemas TI CICLO DE REVISÃO Próxima Revisão Periódica Este documento será revisto e atualizado se necessário quando: Sistemas TI Houver solicitação de atendimento, a correção, ou adição de informações; Existir a necessidade de atender requisitos legais, boas práticas ou recomendações de auditoria; Existir mudança na organização que tenha impacto relevante na atividade abordada neste documento; Conforme prazo de revisão programado no item 6.1 ATUALIZAÇÃO deste documento.

22 22 / GUARDA E RETENÇÃO As versões deste documento deverão ser armazenadas pela área de Segurança e Compliance por até 5 anos após o vencimento de seu prazo de validade, necessitando ser destruído (apagado) pela área responsável, a qual deverá registrar formalmente o cumprimento deste procedimento de descarte. 6.4 CLASSIFICAÇÃO DA SEGURANÇA Este documento é de livre acesso para consulta e só há garantias da integridade de seu conteúdo quando obtido diretamente no local estabelecido no item anterior. A CIP, como proprietária do documento, possui todos os direitos de elaboração, alteração, reprodução e distribuição em caráter exclusivo. A CIP não se responsabiliza por versões desatualizadas, modificadas por qualquer circunstância ou provenientes de outras fontes que não a fonte oficial designada para fornecer este material.

23 23 /23 São Paulo, 30 de junho de CIP

MANUAL MAPX-OP016-2009

MANUAL MAPX-OP016-2009 MANUAL MANUAL DE Público CIP - 2010 OBJETIVO: Este documento tem como objetivo descrever os leiautes dos arquivos utilizados no DDA e as validações realizadas nos campos. A estrutura dos arquivos e o padrão

Leia mais

CONVÊNIO DE CHEQUE. Intercâmbio Eletrônico de Arquivos. Layout de Arquivos CNAB240 Remessa Versão 04.2 Retorno Versão 07.1

CONVÊNIO DE CHEQUE. Intercâmbio Eletrônico de Arquivos. Layout de Arquivos CNAB240 Remessa Versão 04.2 Retorno Versão 07.1 CONVÊNIO DE CHEQUE Intercâmbio Eletrônico de Arquivos Layout de Arquivos CNAB240 Remessa Versão 04.2 Retorno Versão 07.1 Índice 1. Noções Básicas... 3 1.1 Apresentação... 3 2. Informações Técnicas... 4

Leia mais

Particularidades BB. Leiaute CNAB 240. julho / 2011

Particularidades BB. Leiaute CNAB 240. julho / 2011 Particularidades BB Leiaute CNAB 240 julho / 2011 Sumário Assunto página Últimas Alterações 3 Header de Arquivo 5 Header de Lote 6 Segmento P 8 Segmento Q 11 Segmento R 13 Segmento S 15 Segmento Y-01 16

Leia mais

SISPAG Sistema de Contas a Pagar Itaú Intercâmbio Eletrônico de Arquivos Layout de Arquivos CNAB Versão 060

SISPAG Sistema de Contas a Pagar Itaú Intercâmbio Eletrônico de Arquivos Layout de Arquivos CNAB Versão 060 Page 1 of 7 SISPAG Sistema de Contas a Pagar Itaú Intercâmbio Eletrônico de Arquivos Layout de Arquivos CNAB Versão 060 Versão Março / 2003 Page 2 of 7 REGISTRO HEADER DE TAMANHO DO REGISTRO = 240 Bytes

Leia mais

Cash Management Folha de Pagamento

Cash Management Folha de Pagamento Cash Management Folha de Pagamento Layout de Arquivo Padrão CNAB 240 Padrão 240 Folha de Pagamento Versão Atualizada Composição do Arquivo Header do arquivo (registro tipo 0) Header do lote (registro tipo

Leia mais

Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas

Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas Padrão FEBRABAN 240 Posições Versão 08.7 21/09/2012 Um sistema financeiro saudável, ético e eficiente é condição essencial para o desenvolvimento econômico,

Leia mais

PAGAMENTOS ELETRÔNICOS FORNECEDORES BANCO MERCANTIL DO BRASIL, S. A.

PAGAMENTOS ELETRÔNICOS FORNECEDORES BANCO MERCANTIL DO BRASIL, S. A. PAGAMENTOS ELETRÔNICOS FORNECEDORES BANCO MERCANTIL DO BRASIL, S. A. Leiaute para troca de informações eletrônicas Padrão CNAB 240 bytes - FEBRABAN Abril de 2014. 1 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. DADOS

Leia mais

Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas

Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas Padrão FEBRABAN 240 Posições Versão 08.4 01/09/2009 Um sistema financeiro saudável, ético e eficiente é condição essencial para o desenvolvimento econômico,

Leia mais

CONVÊNIO DE CHEQUE. Intercâmbio Eletrônico de Arquivos. Layout de Arquivos CNAB240 Remessa Versão 04.2

CONVÊNIO DE CHEQUE. Intercâmbio Eletrônico de Arquivos. Layout de Arquivos CNAB240 Remessa Versão 04.2 CONVÊNIO DE CHEQUE Intercâmbio Eletrônico de Arquivos Layout de Arquivos CNAB240 Remessa Versão 04.2 Índice 1. Noções Básicas... 3 1.1 Apresentação... 3 2. Informações Técnicas... 4 2.1 Convênio de Cheques...

Leia mais

Parcerias Negociais. CSH300 Remessa CSH310 Retorno. Versão 1.2

Parcerias Negociais. CSH300 Remessa CSH310 Retorno. Versão 1.2 Parcerias Negociais CSH300 Remessa CSH310 Retorno Versão 1.2 12/03/2014 1 - Introdução Este manual apresenta o padrão para troca de arquivos entre Empresas e o Banco para confirmação de informações na

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DE PAGAMENTOS CNAB 240 FEBRABAN

MANUAL DE INSTRUÇÕES DE PAGAMENTOS CNAB 240 FEBRABAN MANUAL DE INSTRUÇÕES DE PAGAMENTOS CNAB 240 FEBRABAN Versão 01 Agosto/2014 SUMÁRIO 1 Objetivo... 3 2 Público-Alvo/Aplicabilidade... 3 3 Glossário/Definições... 3 4 PAGAMENTOS... 3 4.1 Introdução... 3 4.2

Leia mais

EXTRATO DE CONTA PARA CONCILIAÇÃO BANCÁRIA

EXTRATO DE CONTA PARA CONCILIAÇÃO BANCÁRIA MANUAL TÉCNICO Padrão Febraban 240 Versão 3.2 Fevereiro/2010 PUBLIC ÍNDICE ASSUNTO PÁGINA Apresentação 02 Características Gerais do Arquivo 03 Lote de Serviço/Produto 04 Extrato de Conta para Conciliação

Leia mais

SISDEB SISTEMA de DÉBITO ELETRÔNICO ITAÚ

SISDEB SISTEMA de DÉBITO ELETRÔNICO ITAÚ SISDEB SISTEMA de DÉBITO ELETRÔNICO ITAÚ Intercâmbio Eletrônico de Arquivos Layout de Arquivos CNAB150 Versão 4.0 Índice 1. Noções Básicas...3 1.1 Apresentação...3 1.2 Sistema de Débito Eletrônico Itaú...3

Leia mais

Intercâmbio de informações entre bancos e empresas

Intercâmbio de informações entre bancos e empresas Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas Padrão FEBRABAN 240 Posições Versão 08.1 15/08/2005 1 Índice 1.0 Introdução...05 1.1 Apresentação do Documento...06 1.2 Fluxo Geral de Informações...10

Leia mais

SISPAG Sistema de Contas a Pagar Itaú

SISPAG Sistema de Contas a Pagar Itaú SISPAG Sistema de Contas a Pagar Itaú Intercâmbio Eletrônico de Arquivos Layout de Arquivos CNAB240 Versão 8 Índice 1. Noções Básicas... 3 1.1 Apresentação... 3 2. Informações Técnicas... 5 2.1 Meios de

Leia mais

3.2.1 - Descrição do Processo

3.2.1 - Descrição do Processo 3.2 - Cobrança 3.2.1 - Descrição do Processo Objetivo O produto Cobrança Bancária tem por objetivo fornecer aos clientes dos bancos, os meios para racionalizar o processo de contas a receber. O banco atua

Leia mais

MANUAL PARA EMPRESAS CONVENIADAS PAGAMENTOS - CNAB 240 FEBRABAN Versão: 01 Banco Cooperativo Sicredi S.A. Área de Cobrança e Pagamentos 10/10/2013

MANUAL PARA EMPRESAS CONVENIADAS PAGAMENTOS - CNAB 240 FEBRABAN Versão: 01 Banco Cooperativo Sicredi S.A. Área de Cobrança e Pagamentos 10/10/2013 MANUAL PARA EMPRESAS CONVENIADAS PAGAMENTOS CNAB 240 FEBRABAN < Uso Interno e Externo > Página 1 1 APRESENTAÇÃO Bem-vindo ao Manual para Empresas Conveniadas PAGAMENTOS - CNAB 240 FEBRABAN. O manual tem

Leia mais

MANUAL PARA EMPRESAS ASSOCIADAS PAGAMENTOS - CNAB 240 FEBRABAN Versão: 01.1 Banco Cooperativo Sicredi S.A. Área de Cobrança e Pagamentos 07/05/2014

MANUAL PARA EMPRESAS ASSOCIADAS PAGAMENTOS - CNAB 240 FEBRABAN Versão: 01.1 Banco Cooperativo Sicredi S.A. Área de Cobrança e Pagamentos 07/05/2014 PAGAMENTOS PAG. FORNECEDORES E FOLHA DE PAGAMENTO CNAB 240 FEBRABAN Classificação da Informação: Uso Irrestrito Página 1 1 APRESENTAÇÃO Bem-vindo ao Manual para Empresas Conveniadas PAGAMENTOS - CNAB 240

Leia mais

Banco Safra S.A. Tradição Secular de Segurança

Banco Safra S.A. Tradição Secular de Segurança Banco Safra S.A. Tradição Secular de Segurança MANUAL DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS CARTÃO DE PAGAMENTO PRODUTO 710 LAYOUT PADRÃO SAFRA 400 Versão: Dezembro 2008 Central de Atendimento a Clientes Telefones

Leia mais

Cheque Legal. Janeiro 2012. Cheque Legal. Resolução 3.972 artigo 9 º / BACEN 23.01.2012

Cheque Legal. Janeiro 2012. Cheque Legal. Resolução 3.972 artigo 9 º / BACEN 23.01.2012 Cheque Legal Resolução 3.972 artigo 9 º / BACEN 23.01.2012 Agenda Abertura O que é Cheque Legal? Fluxo de negócio Leiaute da tela de consulta Aspectos técnicos Cronograma Processo de adesão Plano homologatório

Leia mais

SISPAG - SISTEMA DE CONTAS A PAGAR ITAÚ

SISPAG - SISTEMA DE CONTAS A PAGAR ITAÚ SISPAG - SISTEMA DE CONTAS A PAGAR ITAÚ Intercâmbio Eletrônico de Arquivos Layout de Arquivos CNAB - Versão 080 Índice 1. Noções Básicas... 3 2. Informações Técnicas... 6 2.1 Intercâmbio de Informações...

Leia mais

Leiaute dos Arquivos para Envio Consolidado das Informações de Transferências Internacionais em Reais

Leiaute dos Arquivos para Envio Consolidado das Informações de Transferências Internacionais em Reais Leiaute dos Arquivos para Envio Versão deste documento: 1.0 Índice Índice 2 1. Descrição 3 2. Transição 4 3. Informações Gerais sobre os Arquivos 5 3.1 Linguagem 5 3.2 Campos e Tipos 5 3.3 Domínios 5 3.4

Leia mais

Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas

Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas Padrão FEBRABAN 240 Posições Versão 08.7 21/09/2012 Um sistema financeiro saudável, ético e eficiente é condição essencial para o desenvolvimento econômico,

Leia mais

SISTEMA DE DÉBITO ELETRÔNICO ITAÚ Intercâmbio Eletrônico de Arquivos. Layout de Arquivos CNAB VERSÃO 4.0

SISTEMA DE DÉBITO ELETRÔNICO ITAÚ Intercâmbio Eletrônico de Arquivos. Layout de Arquivos CNAB VERSÃO 4.0 SISTEMA DE DÉBITO ELETRÔNICO ITAÚ Intercâmbio Eletrônico de Arquivos Layout de Arquivos CNAB VERSÃO 4.0 Índice 1. Noções Básicas... 3 1.1 Apresentação... 4 1.2 Sistema de Débito Eletrônico Itaú... 4 2.

Leia mais

Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas

Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas Padrão FEBRABAN 240 Posições Versão 08.4 01/09/2009 1 Índice 1.0 Introdução...05 1.1 Apresentação do Documento...06 1.2 Fluxo Geral de Informações...10

Leia mais

Leiaute do Arquivo Padrão FEBRABAN 240 - SIACC

Leiaute do Arquivo Padrão FEBRABAN 240 - SIACC Grau de sigilo #PÚBLICO DESCRIÇÃO DOS REGISTROS DO ARQUIVO REMESSA Descrição do Registro HEADER de Arquivo - 0 Campo De Até Picture Conteúdo 0.01 001 003 9(003) Código do Banco 0.02 004 007 9(004) Lote

Leia mais

EXTRATO DE CONTA CORRENTE

EXTRATO DE CONTA CORRENTE EXTRATO DE CONTA CORRENTE Intercâmbio Eletrônico de Arquivos Layout de Arquivos CNAB240 Versão 5.0 Índice 1. Noções Básicas... 3 1.1 Apresentação... 3 2. Informações Técnicas... 4 2.1 Meios de intercâmbio...

Leia mais

Soluções em Recebimentos. Manual Técnico

Soluções em Recebimentos. Manual Técnico Soluções em Recebimentos CNAB400/CBR641 Manual Técnico Layout de Arquivo Remessa para convênios na faixa numérica entre 000.001 a 999.999 (Convênios de até 6 posições) Orientações Técnicas Versão Set/09

Leia mais

Soluções em Recebimentos. Cobrança BB. Manual Técnico

Soluções em Recebimentos. Cobrança BB. Manual Técnico Soluções em Recebimentos Cobrança BB Layout de Arquivo Remessa CNAB400 Manual Técnico Orientações Técnicas CONVÊNIOS COM NÚMERAÇÃO ACIMA DE 1.000.000 Versão Abril 2012 1. Apresentação CONCEITO: Arquivo

Leia mais

EXTRATO DE CONTA CORRENTE + APLIC AUT

EXTRATO DE CONTA CORRENTE + APLIC AUT EXTRATO DE CONTA CORRENTE + APLIC AUT Intercâmbio Eletrônico de Arquivos Layout de Arquivos CNAB240 Versão 5.0 Índice 1. Noções Básicas... 3 1.1 Apresentação... 3 2. Informações Técnicas... 4 2.1 Meios

Leia mais

Câmara Interbancária de Pagamentos SELTEC Sistema Eletrônico de Liquidação de Títulos em Cartório

Câmara Interbancária de Pagamentos SELTEC Sistema Eletrônico de Liquidação de Títulos em Cartório Minuta - Manual de Leiautes de Mensagens e Arquivos do SELTEC CÂMARA INTERBANCÁRIA DE PAGAMENTOS - CIP Leiautes de Mensagens do SELTEC Versão 09.06 Data atualização: 08.05.2009 PREFÁCIO O documento de

Leia mais

Soluções em Recebimentos. Manual Técnico

Soluções em Recebimentos. Manual Técnico Soluções em Recebimentos CNAB400/CBR643 Manual Técnico Layout de Arquivo Retorno para convênios na faixa numérica entre 1.000.000 a 9.999.999 (Convênios de 7 posições) Orientações Técnicas Versão Jan/2014

Leia mais

5. Web Services Informações Adicionais

5. Web Services Informações Adicionais 5. Web Services Informações Adicionais 5.1 Regras de validação As regras de validação aplicadas nos Web Service estão agrupadas da seguinte forma: Grupo Aplicação A Validação do Certificado Digital utilizada

Leia mais

MANUAL PARA CEDENTES DO SICREDI COBRANÇA PADRÃO 240 POSIÇÕES

MANUAL PARA CEDENTES DO SICREDI COBRANÇA PADRÃO 240 POSIÇÕES MANUAL PARA CEDENTES DO SICREDI COBRANÇA PADRÃO 240 POSIÇÕES Abril 2007 1 MENU 1 Apresentação 5 2 Público-alvo do manual 6 3 Manual para cedentes do SICREDI Cobrança padrão 240 posições 7 3.1 Introdução

Leia mais

Leiaute do Arquivo Padrão FEBRABAN 150 - SIACC

Leiaute do Arquivo Padrão FEBRABAN 150 - SIACC Arquivo com registros de 150 bytes próprios do sistema SIACC DESCRIÇÃO DOS REGISTROS DO ARQUIVO DESCRIÇÃO DO REGISTRO "A" - HEADER - DÉBITO AUTOMÁTICO E FOLHA DE PAGAMENTO Obrigatório em todos os arquivos

Leia mais

COBRANÇA BANRISUL. Leiaute CNAB 240 Posições Padrão Febraban. Unidade de Atendimento e Serviços Banco do Estado do Rio Grande do Sul S/A

COBRANÇA BANRISUL. Leiaute CNAB 240 Posições Padrão Febraban. Unidade de Atendimento e Serviços Banco do Estado do Rio Grande do Sul S/A COBRANÇA BANRISUL Leiaute CNAB 240 Posições Padrão Febraban Unidade de Atendimento e Serviços Banco do Estado do Rio Grande do Sul S/A SUMÁRIO 1 COMPOSIÇÃO DOS ARQUIVOS... 3 1.1 ARQUIVO REMESSA... 3 1.2

Leia mais

UNICOM / SEFAZ-MS / Jan. 2015 - Versão 1.00

UNICOM / SEFAZ-MS / Jan. 2015 - Versão 1.00 UNICOM / SEFAZ-MS / Jan. 2015 - Versão 1.00 Manual para Emissão da Carta de Correção eletrônica (CT-e) Este Manual tem como finalidade a apresentação do procedimento operacional de uma Carta de Correção

Leia mais

DDA DÉBITO DIRETO AUTORIZADO

DDA DÉBITO DIRETO AUTORIZADO DDA DÉBITO DIRETO AUTORIZADO Intercâmbio Eletrônico de Arquivos Layout de Arquivos CNAB240 Índice 1. Noções Básicas...3 1.1 Apresentação...3 1.2 DDA Débito Direto Autorizado...3 2. Informações Técnicas...4

Leia mais

Instruções Gerais para os arquivos encaminhados para cadastramento e atualização do código de integração dos cooperados.

Instruções Gerais para os arquivos encaminhados para cadastramento e atualização do código de integração dos cooperados. Instruções Gerais para os arquivos encaminhados para cadastramento e atualização do código de integração dos cooperados. VERSÃO ALTERAÇÃO 34 - Inclui informação sobre horário para tratamento de devolução

Leia mais

Sistema de Comunicação com Clientes Versão 1.0

Sistema de Comunicação com Clientes Versão 1.0 Sistema de Comunicação com Clientes Versão 1.0 Índice: 1 - Introdução...3 2 - Especificações de Gravação/Transmissão dos Arquivos...3 2.1. Características gerais do arquivo-remessa e retorno...3 2.2. Composição

Leia mais

Banco Safra S.A Tradição Secular de Segurança

Banco Safra S.A Tradição Secular de Segurança Banco Safra S.A Tradição Secular de Segurança MANUAL DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS PAGAMENTO A FORNECEDOR PRODUTO 701 LAYOUT PADRÃO SAFRA 400 Versão: Setembro 2014 Central de Suporte Pessoa Jurídica Grande

Leia mais

Manual de Integração Web Service. Prefeitura Municipal de Valparaíso de Goiás/GO

Manual de Integração Web Service. Prefeitura Municipal de Valparaíso de Goiás/GO Manual de Integração Web Service Prefeitura Municipal de Valparaíso de Goiás/GO 1. INTRODUÇÃO Este manual tem como objetivo apresentar as especificações e critérios técnicos necessários para utilização

Leia mais

Parcerias Negociais. CSH240 Remessa CSH250 Retorno. Versão 1.8

Parcerias Negociais. CSH240 Remessa CSH250 Retorno. Versão 1.8 Parcerias Negociais CSH240 Remessa CSH250 Retorno Versão 1.8 12/03/2014 1 - Introdução Este manual apresenta o padrão para troca de arquivos entre Empresas e o Banco para publicação de informações na solução

Leia mais

COBRANÇA ELETRÔNICA. Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas. Padrão FEBRABAN/CNAB SIGCB 240 Posições SETEMBRO/2007

COBRANÇA ELETRÔNICA. Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas. Padrão FEBRABAN/CNAB SIGCB 240 Posições SETEMBRO/2007 COBRANÇA ELETRÔNICA Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas Padrão FEBRABAN/CNAB SIGCB 240 Posições SETEMBRO/2007 67.118 v006 micro 1 INDICE 1.0 Introdução... 03 1.1 Apresentação do Documento...

Leia mais

CARTÃO DE CRÉDITO BANRISUL

CARTÃO DE CRÉDITO BANRISUL 1 CARTÃO DE CRÉDITO BANRISUL Layout Para Arquivo de Cobrança de Parcelas de Cartão de Crédito Sistema BDL Carteira de Letras Troca de Informações Via Arquivo Magnético Unidade Atendimento e Serviços Unidade

Leia mais

Transferência Eletrônica de Dados TED

Transferência Eletrônica de Dados TED Transferência Eletrônica de Dados TED Fevereiro/2002 Notas fiscais LAY-OUT PADRÃO SAFRA Banco Safra S.A Tradição Secular de Segurança Central de Atendimento a Clientes Telefones (0xx11) 3175-8248 Fax (0xx11)

Leia mais

EXTRATO DE CONTA CORRENTE Intercâmbio Eletrônico de Arquivos (Conta Corrente e Aplic Aut Mais CDB) Layout de Arquivos Versão CNAB 08.

EXTRATO DE CONTA CORRENTE Intercâmbio Eletrônico de Arquivos (Conta Corrente e Aplic Aut Mais CDB) Layout de Arquivos Versão CNAB 08. EXTRATO DE CONTA CORRENTE Intercâmbio Eletrônico de Arquivos (Conta Corrente e Aplic Aut Mais CDB) Layout de Arquivos Versão CNAB 08.5 Índice 1 Noções Básicas... 3 1.1 Apresentação... 4 2 Informações Técnicas...

Leia mais

Folha Pagamento Salário - Padrão 150 FEBRABAN

Folha Pagamento Salário - Padrão 150 FEBRABAN Arquivo com registros de 150 bytes próprios do sistema SICOV DESCRIÇÃO DOS REGISTROS DO ARQUIVO scrição do Registro "A" - HEADER Obrigatório em todos os arquivos A.01 1 1 X(01) Código do registro = "A"

Leia mais

Banco Safra S.A. Tradição Secular de Segurança MANUAL DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS. Desconto e Cessão de Crédito

Banco Safra S.A. Tradição Secular de Segurança MANUAL DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS. Desconto e Cessão de Crédito Banco Safra S.A. Tradição Secular de Segurança MANUAL DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS Desconto e Cessão de Crédito Versão: Maio/2014 Central de Suporte Pessoa Jurídica Grande São Paulo: (11) 3175-8248 - Fax

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica de Serviços

Nota Fiscal Eletrônica de Serviços Nota Fiscal Eletrônica de Serviços Arquivo de Envio de RPS em Lote - Instruções e Layout - Versão 1.0 Manual de Envio de RPS em Lote Instruções e Layout 1. Recibo Provisório de Serviços RPS O RPS é o documento

Leia mais

Anexo I. HSBC Technology and Services. Layout Técnico dos arquivos Remessa e Retorno CNAB 240. Date: 05/11/2010 Version: 1.2

Anexo I. HSBC Technology and Services. Layout Técnico dos arquivos Remessa e Retorno CNAB 240. Date: 05/11/2010 Version: 1.2 HSBC Technology and Services Anexo I Layout Técnico dos arquivos Remessa e Retorno CNAB 240 Date: 05/11/2010 Version: 1.2 About HSBC Technology and Services HSBC Technology and Services (HTS) is a pivotal

Leia mais

COBRANÇA REGISTRADA / OPERAÇÕES DE DESCONTO

COBRANÇA REGISTRADA / OPERAÇÕES DE DESCONTO COBRANÇA REGISTRADA / OPERAÇÕES DE DESCONTO MANUAL TÉCNICO VOLUME VI ARQUIVO REMESSA/ RETORNO PADRÃO FEBRABAN / CNAB 240 HSBC TÍTULOS EM CARTEIRA DE COBRANÇA / OPERAÇÕES DE DESCONTO Versão: SETEMBRO /

Leia mais

Layout Padrão Febraban 240 posições V08.4 http://www.febraban.org.br. 3.5 - Vendor

Layout Padrão Febraban 240 posições V08.4 http://www.febraban.org.br. 3.5 - Vendor 3.5 - Vendor 89 3.5.1 - Descrição do Processo Objetivo O produto Vendor tem por objetivo disponibilizar, aos clientes (Vendedores) do Banco, os meios de viabilizar o processo de financiamento de suas vendas,

Leia mais

MANUAL MAPX-OP038-2012

MANUAL MAPX-OP038-2012 MANUAL MANUAL DE OPERAÇÕES CHEQUE LEGAL OBJETIVO: O Manual de Operações é parte integrante dos Documentos Correlatos a CHEQUE LEGAL e tem como objetivo descrever: (i) os requisitos técnicos e operacionais

Leia mais

SISTEMA DE NF-e Arquivo de Envio de RPS em Lote - Instruções e Layout

SISTEMA DE NF-e Arquivo de Envio de RPS em Lote - Instruções e Layout SISTEMA DE NF-e Arquivo de Envio de em Lote - Instruções e Layout Versão 2.3 Envio de em Lote Instruções e Layout Versão do Manual: 2.3 pág. 2 ÍNDICE Manual de Envio de em Lote Instruções e Layout 1. INTRODUÇÃO...

Leia mais

MANUAL DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS

MANUAL DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS MANUAL DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS COBRANÇA PRODUTO 001 LAYOUT PADRÃO SAFRA 400 Versão: Dezembro/ 2009 Central de Suporte Pessoa Jurídica Grande São Paulo: (11) 3175-8248 - Fax (11) 3175-7918 Demais Localidades:

Leia mais

ÍNDICE. Classificação: Uso interno e externo Página 2

ÍNDICE. Classificação: Uso interno e externo Página 2 ÍNDICE 1 Objetivo:... 5 2 Orientações Iniciais... 5 2.1 Fluxo do atendimento... 5 3 Espécies de Documentos que poderão ser utilizadas:... 8 4 Carnês com emissão pelo Sicredi... 8 5 Nosso número Sicredi...

Leia mais

ARQUIVOS REMESSA - RETORNO PADRÃO FEBRABAN 240 PARA O HSBC

ARQUIVOS REMESSA - RETORNO PADRÃO FEBRABAN 240 PARA O HSBC CUSTÓDIA DE CHEQUES ARQUIVOS REMESSA - RETORNO PADRÃO FEBRABAN 240 PARA O HSBC Dezembro / 2011 HSBC Bank Brasil S.A. Banco Múltiplo PUBLIC Índice 1.0 Introdução... 03 1.1 Apresentação do Documento... 04

Leia mais

R P A Convênio Débito Automático

R P A Convênio Débito Automático R P A Convênio Débito Automático MANUAL DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PADRÃO FEBRABAN/CNAB Versão 4.8 Dezembro/2013 HSBC Bank Brasil S.A. Banco Múltiplo PUBLIC ÍNDICE Item Assunto Página 1 INTRODUÇÃO. 02

Leia mais

Folha Pagamento Salário - Padrão 150 FEBRABAN

Folha Pagamento Salário - Padrão 150 FEBRABAN Arquivo com registros de 150 bytes próprios do sistema SICOV DESCRIÇÃO DOS REGISTROS DO ARQUIVO scrição do Registro "A" - HEADER Obrigatório em todos os arquivos A.01 1 1 X(01) Código do registro = "A"

Leia mais

GUIA RÁPIDO MANIFESTO DO DESTINATÁRIO

GUIA RÁPIDO MANIFESTO DO DESTINATÁRIO GUIA RÁPIDO MANIFESTO DO DESTINATÁRIO RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado

Leia mais

MANUAL PARA EMPRESAS CONVENIADAS PAGAMENTOS - CNAB 240 FEBRABAN Versão: 00 Banco Cooperativo Sicredi S.A. Área de Cobrança e Pagamentos 27/07/2011

MANUAL PARA EMPRESAS CONVENIADAS PAGAMENTOS - CNAB 240 FEBRABAN Versão: 00 Banco Cooperativo Sicredi S.A. Área de Cobrança e Pagamentos 27/07/2011 MANUAL PARA EMPRESAS CONVENIADAS PAGAMENTOS CNAB 240 FEBRABAN < Uso Interno e Externo > Página 1 1 APRESENTAÇÃO Bem-vindo ao Manual para Empresas Conveniadas PAGAMENTOS - CNAB 240 FEBRABAN. O manual tem

Leia mais

Número. Preenchimento

Número. Preenchimento Num. de casas Identificador Observação Referência Nome do campo Descrição Formato Obrigatório decimais do Mínimo Máximo Definição do registro 10 1 TipoReg Tipo de registro Numérico Sim 2 0 Fixo 2 2 Preencher

Leia mais

COBRANÇA BANCÁRIA. Intercâmbio Eletrônico de Arquivos. Layout de Arquivos CNAB 400

COBRANÇA BANCÁRIA. Intercâmbio Eletrônico de Arquivos. Layout de Arquivos CNAB 400 COBRANÇA BANCÁRIA Intercâmbio Eletrônico de Arquivos Layout de Arquivos CNAB 400 Índice 1. Noções Básicas...32 1.1 Apresentação... 3 1.2 Cobrança Itaú... 3 2. Informações Técnicas... 4 2.1 Meios de intercâmbio...

Leia mais

Manual de Integração Web Service. Prefeitura de Ituiutaba/MG

Manual de Integração Web Service. Prefeitura de Ituiutaba/MG Manual de Integração Web Service Prefeitura de Ituiutaba/MG 1. INTRODUÇÃO Este manual tem como objetivo apresentar as especificações e critérios técnicos necessários para utilização do Web Service disponibilizado

Leia mais

Infisc. Nota Fiscal de Serviço Eletrônica NFS-e MANUAL DE CONECTIVIDADE DE SISTEMAS Formato XML para processamento de NFSe

Infisc. Nota Fiscal de Serviço Eletrônica NFS-e MANUAL DE CONECTIVIDADE DE SISTEMAS Formato XML para processamento de NFSe Nota Fiscal de Serviço Eletrônica MANUAL DE CONECTIVIDADE DE SISTEMAS Formato para processamento de NFSe Este manual destina-se a orientar o Prestador de Serviços na geração e uso dos arquivos para tratamento

Leia mais

Catálogo de Serviços do SFN

Catálogo de Serviços do SFN do SFN Volume I Versão 4.05 Brasília, 12 de dezembro de 2014. Este catálogo foi publicado pelo Comitê Gestor da Comunicação Eletrônica de Dados no Âmbito do SFN, conforme competência expressa na Circular

Leia mais

Projeto Nota Fiscal Eletrônica

Projeto Nota Fiscal Eletrônica Projeto Fiscal Eletrônica Técnica 2014/003 Evento da Fiscal Eletrônica Evento Prévio de Emissão em Contingência (EPEC) da NFC-e Versão 1.00 Maio de 2014 01. Resumo Esta Técnica apresenta a especificação

Leia mais

Nota Técnica 2015/001

Nota Técnica 2015/001 Projeto Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais Divulga alterações no layout do MDFe, regras de validação, alterações nos DAMDFE e novo Web Service Consulta Não Encerrados Outubro 2014 Pág 1 / 16 1

Leia mais

Soluções em Pagamentos BB PGTO DE GUIA GRU. Manual Técnico

Soluções em Pagamentos BB PGTO DE GUIA GRU. Manual Técnico Soluções em Pagamentos BB PGTO DE GUIA GRU Layout de Arquivo Remessa Manual Técnico Orientações Técnicas Versão Fevereiro/2014 Estrutura do Arquivo 2.1 - Composição do Arquivo O Arquivo de troca de informações

Leia mais

Anexo 1 - Resolução nº 188 1157/2013 - Quinta-feira, 31 de Janeiro de 2013 Tribunal Superior do Trabalho 1

Anexo 1 - Resolução nº 188 1157/2013 - Quinta-feira, 31 de Janeiro de 2013 Tribunal Superior do Trabalho 1 1 - Resolução nº 188 1157/2013 - Quinta-feira, 31 de Janeiro de 2013 Tribunal Superior do Trabalho 1 TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO ÓRGÃO ESPECIAL ANEXO I Guia depósito judicial Acolhimento do depósito

Leia mais

Manual de Integração Web Service

Manual de Integração Web Service Manual de Integração Web Service Prefeitura de São Simão/MG 1. INTRODUÇÃO Este manual tem como objetivo apresentar as especificações e critérios técnicos necessários para utilização do Web Service disponibilizado

Leia mais

Copyright 2004/2014 - VLC

Copyright 2004/2014 - VLC Escrituração Fiscal Manual do Usuário Versão 7.2 Copyright 2004/2014 - VLC As informações contidas neste manual são de propriedade da VLC Soluções Empresariais Ltda., e não poderão ser usadas, reproduzidas

Leia mais

Changelog 31/05/2011

Changelog 31/05/2011 Versão 2.0.006 Changelog 31/05/2011 RESUMO Página 1/10 Emissão de NFe - Nota Fiscal Eletrônica (modelo 55); Emissão de Nota Fiscal Via Única modelo 21; Emissão de Nota Fiscal Via Única modelo 22; Pool

Leia mais

LAYOUT TÉCNICO DEPÓSITO IDENTIFICADO TVD TRANSFERÊNCIA DE VALORES E DADOS

LAYOUT TÉCNICO DEPÓSITO IDENTIFICADO TVD TRANSFERÊNCIA DE VALORES E DADOS LAYOUT TÉCNICO DEPÓSITO IDENTIFICADO TVD TRANSFERÊNCIA DE VALORES E DADOS Layout Técnico do Arquivo Retorno Diário (Batch) Fórmula de Cálculo da Identificação do Depositante Versão: Abril/2008 HSBC Bank

Leia mais

COBRANÇA REGISTRADA MANUAL TÉCNICO MÓDULO VII LAYOUT DE ARQUIVOS PADRÃO FEBRABAN / CNAB 240

COBRANÇA REGISTRADA MANUAL TÉCNICO MÓDULO VII LAYOUT DE ARQUIVOS PADRÃO FEBRABAN / CNAB 240 COBRANÇA REGISTRADA MANUAL TÉCNICO MÓDULO VII LAYOUT DE ARQUIVOS PADRÃO FEBRABAN / CNAB 240 TÍTULOS EM CARTEIRA DE COBRANÇA INTERFACE COM O SOFTWARE SAP R/3 Versão: AGOSTO / 2012 HSBC Bank Brasil S.A.

Leia mais

CARTA-CIRCULAR N 3010. Documento normativo revogado pela Carta-Circular 3.040, de 30/08/2002, a partir de 09/09/2002.

CARTA-CIRCULAR N 3010. Documento normativo revogado pela Carta-Circular 3.040, de 30/08/2002, a partir de 09/09/2002. CARTA-CIRCULAR N 3010 Documento normativo revogado pela Carta-Circular 3.040, de 30/08/2002, a partir de 09/09/2002. Esclarece procedimentos para operação de participante em regime de contingência no âmbito

Leia mais

Sistema TO Captura Offline Cancelamento Eletrônico

Sistema TO Captura Offline Cancelamento Eletrônico Sistema TO Captura Offline Cancelamento Eletrônico Especificação Técnica Layouts estamos todos ligados 01 02 Conceitos/Regras 4 1.1 Gerais 4 1.2 Cancelamento 4 Tipos de Registros 5 03 04 05 Códigos de

Leia mais

Alteração de dados cadastrais de Participantes no PASEP 1) PARTICIPANTES - ALTERAÇÕES CADASTRAIS BATCH

Alteração de dados cadastrais de Participantes no PASEP 1) PARTICIPANTES - ALTERAÇÕES CADASTRAIS BATCH Alteração de dados cadastrais de Participantes no PASEP 1) PARTICIPANTES - ALTERAÇÕES CADASTRAIS BATCH A partir de 01.07.2003 os arquivos para alteração de participantes no PASEP terão novo formato devido

Leia mais

Manual do usuário SIACC CAIXA Programado 1

Manual do usuário SIACC CAIXA Programado 1 Manual do usuário SIACC CAIXA Programado 1 Índice ACESSO AO SISTEMA CAIXA PROGRAMADO PELA PRIMEIRA VEZ... 6 CONFIGURAÇÕES NECESSÁRIAS PARA ACESSAR O SISTEMA... 6 TELA DE ACESSO AO SISTEMA CAIXA PROGRAMADO...

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO MANUAL PARA CONVERSÃO DE RECIBOS PROVISÓRIOS DE SERVIÇO EM NF-E

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO MANUAL PARA CONVERSÃO DE RECIBOS PROVISÓRIOS DE SERVIÇO EM NF-E PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO MANUAL PARA CONVERSÃO DE RECIBOS PROVISÓRIOS DE SERVIÇO EM NF-E (Modelo IV) 1 Introdução Este manual apresenta e detalha os procedimentos para a realização do processo

Leia mais

ÍNDICE. Classificação: Uso interno e externo Página 2

ÍNDICE. Classificação: Uso interno e externo Página 2 ÍNDICE 1 Objetivo:... 5 2 Orientações Iniciais... 5 2.1 Fluxo do atendimento... 5 3 Espécies de Documentos que poderão ser utilizadas:... 8 4 Carnês com emissão pelo Sicredi... 8 5 Nosso número Sicredi...

Leia mais

MANUAL DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS

MANUAL DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS MANUAL DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS PAGAMENTO A FORNECEDOR PRODUTO 701 LAYOUT PADRÃO SAFRA 400 Versão: Dezembro/ 2009 Central de Suporte Pessoa Jurídica Grande São Paulo: (11) 3175-8248 - Fax (11) 3175-7918

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE MARINGÁ. NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e) WEB SERVICE APRESENTAÇÃO 2 SERVIÇOS DISPONÍVEIS 3

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE MARINGÁ. NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e) WEB SERVICE APRESENTAÇÃO 2 SERVIÇOS DISPONÍVEIS 3 ÍNDICE APRESENTAÇÃO 2 SERVIÇOS DISPONÍVEIS 3 Enviar Lote de RPS Síncrono 3 Geração de NFS-e 3 Cancelamento de NFS-e 3 Substituição de NFS-e 4 Consulta de NFS-e por RPS 4 Consulta de NFS-e Serviços Prestados

Leia mais

Web Service de Distribuição de DF-e de Interesse dos Atores do MDF-e (PF ou PJ)

Web Service de Distribuição de DF-e de Interesse dos Atores do MDF-e (PF ou PJ) Projeto Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais Web Service de Distribuição de DF-e de Interesse dos Atores do MDF-e (PF ou PJ) Versão 1.00 Maio 2015 Índice 1. Resumo... 3 2. Web Service MDFeDistribuicaoDFe...

Leia mais

Manual Técnico de Utilização do Web Service de Administração do Código de Segurança do Contribuinte - CSC

Manual Técnico de Utilização do Web Service de Administração do Código de Segurança do Contribuinte - CSC Projeto Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica Manual Técnico de Utilização do Web Service de Administração do Código de Segurança do Contribuinte - CSC Versão 1.00 19 de Agosto de 2014 Página 1/9 Controle

Leia mais

Projeto de Modernização do Sistema Câmbio Orientação Técnica. Versão 1.0.1

Projeto de Modernização do Sistema Câmbio Orientação Técnica. Versão 1.0.1 Orientação Técnica Versão 1.0.1 Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 30/09/2010 1.0.0 Versão inicial. Bacen 03/02/2011 1.0.1 Atualização do item 2.2 Utilização do PSTA para troca de mensagens

Leia mais

SISTEMA DE NFS-e. Manual de Exportação de NFS-e Instruções e Layout. Versão: 2.1

SISTEMA DE NFS-e. Manual de Exportação de NFS-e Instruções e Layout. Versão: 2.1 SISTEMA DE NFS-e Instruções e Layout Versão: 2.1 Para baixar a versão mais atualizada deste documento, acesse o link: http://nfse.manaus.am.gov.br 10/10/2007 Página 1 de 12 Índice 1 Introdução... 3 2 Especificações...

Leia mais

WORKSHOP CARTA CORREÇÃO ELETRONICA

WORKSHOP CARTA CORREÇÃO ELETRONICA WORKSHOP CARTA CORREÇÃO ELETRONICA Sistema JAD NOTA FISCAL ELETRÔNICA OBJETIVO: O objetivo deste WORKSHOP é apresentar a nova ferramenta do Sistema JAD, conforme o Ajuste Sinief 10 de 30/09/2011, que altera

Leia mais

Manual para Cedentes com Sistema Próprio e utilização do Correspondente Bradesco Impressão Local

Manual para Cedentes com Sistema Próprio e utilização do Correspondente Bradesco Impressão Local Manual para Cedentes com Sistema Próprio e utilização do Correspondente Bradesco Impressão Local Cobrança Com Registro Com a cobrança registrada o usuário deverá enviar ao banco um registro dos documentos

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e) WEB SERVICE APRESENTAÇÃO 2 SERVIÇOS DISPONÍVEIS 3

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e) WEB SERVICE APRESENTAÇÃO 2 SERVIÇOS DISPONÍVEIS 3 PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMAÇARI NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ÍNDICE APRESENTAÇÃO 2 SERVIÇOS DISPONÍVEIS 3 Enviar Lote de RPS Síncrono 3 Geração de NFS-e 3 Cancelamento de NFS-e 3 Substituição de NFS-e Consulta

Leia mais

Sumário INTRODUÇÃO... 3 O QUE É CNAB?... 3 QUAL O OBJETIVO DO CNAB?... 3 QUAIS BANCOS E CARTEIRAS O EMPRESÁRIO ERP NOS FORNECE?...

Sumário INTRODUÇÃO... 3 O QUE É CNAB?... 3 QUAL O OBJETIVO DO CNAB?... 3 QUAIS BANCOS E CARTEIRAS O EMPRESÁRIO ERP NOS FORNECE?... Sumário INTRODUÇÃO... 3 O QUE É CNAB?... 3 QUAL O OBJETIVO DO CNAB?... 3 QUAIS BANCOS E CARTEIRAS O EMPRESÁRIO ERP NOS FORNECE?... 4 COMO CONFIGURAR O CNAB... 5 CADASTRO DE BANCOS... 5 PARAMETROS DO CNAB...

Leia mais

DF-e Manager 2.6 Manual de integração manifestação do destinatário Fevereiro de 2016

DF-e Manager 2.6 Manual de integração manifestação do destinatário Fevereiro de 2016 DF-e Manager 2.6 Manual de integração manifestação do destinatário Fevereiro de 2016 Copyright 2015 Synchro Solução Fiscal Brasil Conteúdo 1. Introdução... 1 2. Conceitos da manifestação do destinatário...

Leia mais

Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas

Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas - Intercâmbio de Informações entre Bancos e Empresas Padrão FEBRABAN 240 Posições 17/04/2013 - PROJETOS E CONSULTORIA LTDA. Tópicos do Documento 1.0 Introdução 2.0 Estrutura do Arquivo 3.0 Cobrança 4.0

Leia mais

Sistema TO Captura Offline

Sistema TO Captura Offline Especificação Técnica Layouts estamos todos ligados 1 2 Conceitos/Regras 5 1.1 Gerais 5 1.2 Venda 5 Tipos de Registros 6 3 4 5 6 Códigos de Transações 6 3.1 Vendas 6 Estrutura Lógica dos Tipos de Registros

Leia mais

COBRANÇA NÃO REGISTRADA

COBRANÇA NÃO REGISTRADA COBRANÇA NÃO REGISTRADA LAYOUT TÉCNICO - VOLUME II ARQUIVO DE DEVEDORES PADRÃO CNAB 80 Y2K Versão: Abril/2008 PUBLIC COBRANÇA NÃO REGISTRADA ARQUIVO DE DEVEDORES ÍNDICE Item Assunto Página 1 - CARACTERÍSTICAS

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR

AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR MINISTÉRIO DA SAÚDE 1 AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR RESOLUÇÃO - RDC Nº 3, DE 20 DE JANEIRO DE 2000 (*) Aprova normas de fornecimento de informações para cadastros de beneficiários. A Diretoria

Leia mais

MANUAL MAPX-OPxxx-2011

MANUAL MAPX-OPxxx-2011 MANUAL MANUAL DE OPERAÇÕES CHEQUE LEGAL OBJETIVO: O Manual de Operações é parte integrante dos Documentos Correlatos a CHEQUE LEGAL e tem como objetivo descrever: (i) os requisitos técnicos e operacionais

Leia mais