Manual do Aparelho. Display multifuncional e sistema de avaliação AX 360. Mode/Enter

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual do Aparelho. Display multifuncional e sistema de avaliação AX 360. Mode/Enter"

Transcrição

1 Manual do Aparelho Display multifuncional e sistema de avaliação AX 360 Mode/Enter Set

2 Instruções de Segurança Estas instruções são parte do aparelho. Elas contêm informações e ilustrações sobre o correto manuseio do aparelho e devem ser lidas antes da instalação ou do seu uso. Siga as instruções de operação. A não-observância das instruções, operação que não estiver de acordo com o uso conforme recomendado abaixo, instalação ou manuseio incorretos poderão prejudicar a segurança de pessoas e do equipamento. O aparelho deve ser instalado, ligado e colocado em operação por um eletricista qualificado. Desligue o aparelho externamente antes de manuseá-lo. Desligue também quaisquer circuitos independentes de carga da saída fornecidos. A fonte externa de 24V DC precisa ser gerada e fornecida conforme as regulamentações de segurança para voltagem extra baixa (SELV), uma vez que essa voltagem é fornecida sem maiores medidas perto dos elementos operacionais e de terminais para suprimento dos sensores conectados. A fiação de todo os sinais relativos ao circuito SELV do aparelho também precisa atender aos critérios SELV (segurança de voltagem extra baixa, segurança de separação galvânica de outros circuitos). Se 24V DC for comutado com saídas livres de potencial, elas correspondem somente aos critérios ELV. Em caso de mau funcionamento do aparelho ou dúvidas, por favor entre em contato com o fabricante. PÁGINA 2

3 Índice DISPLAY DIGITAL AX Função e características página 3 2. Dados técnicos página 4 3. Dimensões e montagem página 4 4. Ligação elétrica Ligação de terminal página 5 Saídas do transistor Optoacoplador (apenas DX2012) página 5 Escolha de entrada (jumper) página 6 5. Função dos botões de programação página 6 Inserções numéricas e sinais página 7 Armazenamento de inserções página 7 Display do status de comutação das saídas página 8 Retorno às configurações de fábrica página 8 Função time-out página 8 Travamento dos botões página 8 6. Configurações básicas página 9 Modo de operação, brilho do mostrador, travamento dos botões página 9 Função de troca e histerese das saídas (apenas DX2012) página Parâmetros de operação Modo simples (operação canal único, apenas A) página 12 Modo duplo (operação canal duplo, A e B) página 13 Modos combinados página 15 A u B Modo soma (A + B) A B Operação diferencial (A B) A d B Modo divisão (A B) A m B Modo multiplicação (A x B) 8. Exemplos de ajuste página Configuração padrão de fábrica página Manutenção, reparo e descarte página Funções e características O display multifuncional AX 360 é um dispositivo universal para a indicação e avaliação de quantidades físicas derivadas de sinais-padrão análogicos. A função do dispositivo é variável dentro de uma grande faixa de valores devido ao ajuste de diferentes parâmetros e pode, assim, ser adaptado à aplicação individual. A corrente análogica e/ou os sinais de voltagem das duas entradas podem ser graduados independentemente uma da outra e mostrados individualmente ou combinados. Isto, por exemplo, permite a configuração como uma leitura da al de pressão diferencial ou indicação de porcentagem (veja o exemplo de ajuste na página 16). PÁGINA 3

4 2. Dados técnicos Número do pedido DX2011 DX2012 Tensão operacional AC 115/230 V AC (± 12.5%) Tensão operacional DC 24 V DC ( V) Consumo de Corrente 110 ma (18 V); 90 ma (24 V); 80 ma (30 V) (sem pick-up de pulso) Consumo de Energia Energia auxiliar para sensores 7.5 VA 24 V DC; ±15%; 150 ma Entradas Análogicas 2 (0/ ma or V) Pré-ajuste de fábrica para ambas entradas 0/ ma cada entrada selecionável por jumper Carga (entrada de corrente/volt. 100 Ω/ 30 k Ω Resolução 13 bits (+ sinal) Precisão ± 0.1% / ± 1 dígito Troca de saída 2 optoacopladores, pnp Faixa de voltagem V DC Carga max. de corrente por saída max. 150 ma Display Temperatura de Operação Temperatura de Armazenamento LEDs de 7 segmentos, laranja, de alta eficiência 15 mm, 6 dígit C C Proteção invólucro/terminais IP 65 (painel frontal) / IP 20 EMC radiação: EN / imunidade: EN Material da Carcaça Peso Conexão Conformidade CE Noryl UL94-V g 10 terminais de parafuso de até 1.5 mm² (fonte DC e sinais) 4 terminais de parafuso de até 2.5 mm² (fonte AC) de acordo com as normas EMC 89/336/CEE e LV 3. Dimensões e montagem Modo/Enter Set 135 Monte a unidade com 2 parafusos no painel de controle (91 x 44 mm). PÁGINA 4

5 4. Ligação elétrica Conexão de Terminal Desconecte a instalação antes de conectar o aparelho Nota sobre o aterramento GND: Neste caso todos os potenciais de referência digitais e analógicos estão aterrados. O aterramento em duplicidade no caso de fonte DC deve ser evitado (p. ex.: se o polo negativo da tensão de alimentação já tenha sido aterrado externamente) A conexão PE está conectada ao terra do aparelho internamente. Todavia isso não é necessário para a segurança ou para EMC. Passando através de sinais de corrente: O GND das entradas análogica A/B (terminal 5) está eletricamente ligado ao (GND) da fonte DC. Portanto, passar sinais de corrente através de várias unidades, só é possível com uma fonte AC ou quando forem usadas fontes DC separadas. Saídas do transistor do Optoacoplador (apenas DX2012) 8 COM + ( V DC) Pré-ajustado 2 Pré-ajustado 1 33 Ω 33 Ω 9 10 OUT 1 (max. 150 ma) OUT 2(max. 150 ma) Quando cargas indutivas forem alteradas, é recomendado um damping externo adicional da bobina por meio de um diodo. PÁGINA 5

6 Escolha da entrada (jumper) Ambas entradas foram configuradas em fábrica como entradas (0/ ma). Para possibilitar o uso de uma ou de ambas as entradas como entrada de voltagem, os jumpers devem ser reposicionados. Para fazer isso, remova as fitas do terminal do parafuso da traseira do aparelho. Pressione uma das duas abas de travamento para dentro usando uma chave de fendas e remova a traseira do aparelho. Remova o PCB da caixa. aba de travamento pré-ajuste de fábrica A=corrente, B=corrente A = Strom, B = Strom B [V] B [ma] A [ma] A [V] aba do terminal de parafuso = Jumper inserido A [ma] B [ma] A = corrente, B = voltagem A = voltagem, B = corrente A = voltagem, B = voltagem B [V] B [ma] B [V] B [ma] B [V] B [ma] A [ma] A [V] A [ma] A [V] A [ma] A [V] A [ma] B [ma] A [ma] B [ma] A [ma] B [ma] Depois de reposicionar os jumpers, insira cuidadosamente o PCB no lugar. Deve-se ter cuidado para não aplicar muita força para evitar danificar os parafusos de fixação que se encaixam no painel frontal. PÁGINA 6

7 5. Função dos botões de programação O aparelho é operado e os parâmetros são justados através de 2 botões frontais. O botão Mode/Enter rola os pontos individuais do menu e serve para armazenar uma seleção ou um valor numérico. Com o botão Set um ponto do menu é selecionado, a respectiva seleção é feita ou um valor numérico é inserido. Inserções numéricas e sinais Para insersões numéricas a primeira dezena pulsa primeiro. Aperte o botão Set brevemente para alterar a próxima dezena. set Pressionando continuamente o botão Set Set, o valor numérico da dezena pulsante se altera (varredura cíclica 0, 1, 2,... 9, 0, 1, 2, etc.). set Quando o botão Set é liberado o último valor numérico mostrado é mantido e a próxima dezena mais alta pulsa. set A 2 1. Dezena mais alta 2. Dezena mais baixa 3. Sinal Mostrar "0" corresponde ao positivo (+). 4. Valores numéricos 3 4 Quando a dezena maior for ajustada, a dezena mais baixa pulsa novamente. A dezena mais alta referente ao sinal somente muda entre "0" (positivo) "-" (negativo). O "0" para valores positivos não é mostrado durante a operação. Armazenando valores Para armazenar um dado numérico ou uma seleção,o botão Mode/Enter dever ser pressionado ao mesmo tempo que o aparelho mudar para o próximo ponto do menu. Se o aparelho deve voltar da rotina de programação para o modo de operação, o botão Mode/Enter deve ser pressionado por no mínimo 3s. Mode/Enter PÁGINA 7

8 Display do status de comutação das saídas (apenas DX2012) Pressione o botão Mode/Enter durante a operação. Uma das seguintes mensagens é mostrada por aproximadamente 2s. Saída de comutação 1 e 2 bloqueadas Saída de comutação 1 e 2 selecionadas Saída de comutação 1 selecionada (Saída de comutação 2 bloqueada) Saída de comutação 2 selecionada (Saída de comutação 1 bloqueada) Nota: Um ponto decimal ajustado continua a ser mostrado e não é significante. Retorno às configurações de fábrica Pressione o botão Mode/Enter e ligue a fonte do aparelho ao mesmo tempo (veja ajustes de fábrica na página 17). Função time-out Se durante a programação nenhum botão for pressionado por mais de 10s, o aparelho muda para um nível de menu mais alto ou volta para o modo de operação. Inserções que não tenham sido confirmadas com o botão Mode/Enter não são consideradas. Mode/Enter Travamento dos botões Os botões de programação são destravados ou travados no menu básico m com o de ponto do menu Código. Se o acesso fora negado o mostrador in indicará cada vez que um botão for pressionado. Dados podem - - ser inseridos se a sequência de botões Mode/Enter - Set - Mode/Enter - Set - Mode/Enter - Set for pressionada dentro de 10s. Caso set contrário, o aparelho set volta automaticamente set para a leitura normal. PÁGINA 8

9 6. Ajustes básicos DISPLAY DIGITAL AX 360 O menu básico inclui seleção do modo de operação (modo simples, modo duplo, modos combinados) ajuste de brilho do display travamento dos botões de operação função de alteração e histerese das saídas (apenas DX2012). Ativação do menu básico Pressione os botões Mode/Enter e Set ao mesmo tempo por aproximadamente 3s. set Menu básico Ponto do menu Seleção Mode Modo de Operação Single Operação de um canal (apenas entrada A) Dual Operação de canal duplo (entrada A e B separadamente) A u B Modo de soma (entrada A + entrada B) A - B Modo diferencial (entrada A entrada B) A d B: Modo de divisão (relação A : B) A m B: Modo de Multiplicação (produto A x B) Bright Mostra o brilho [%] , 40, 60, 80 ou 100 Code no ALL PFrEE Travamento dos botões Botões sempre destravados Botões travados para todas as funções Botões travados para todas as funções exceto os dados pré-ajustados Pres1 e Pres 2 (só DX2012) Ajustes adicionais básicos (veja a página seguinte) Função de troca e histerese das saídas (apenas DX2012) = erro PÁGINA 9

10 Função de troca das saídas (somente DX2012) Char 1 Características saída 1 GE Maior/Igual Saída 1 fica estaticamente HIGH (ALTA) se o valor mostrado antecede valor 1 LE Menor/Igual A saída 1 fica estaticamente HIGH (ALTA) se o valor mostrado antecede valor 1 GE LE Para monitoramento min/máx: A saída 1 fica estaticamente HIGH (ALTA) se o valor anteriormente mostrado > antecede o valor 1 Maior/Igual (pulso temporário, 300ms) Saída 1 fica dinamicamente HIGH (ALTA) se o valor mostrado valor antecede o valor 1 Menor/Igual (pulso temporário, 300ms) Saída 1 fica dinamicamente HIGH (ALTA) se o valor mostrado valor antecede o valor 1 Para monitoramento min./máx: Saída 1 só fica dinamicamente HIGH (ALTA) se o valor previamente mostrado > antecede o valor 1 Char 2 Características Saída 2 Conexão entre o valor mostrado e o status de comutação das saídas Modo simples O valor mostrado A é efetivo para as saídas 1 e 2. Modo duplo O valor mostrado A é efetivo para a saída 1, o valor B é efetivo para a saída 2. Modos combinados (A+B,...) O valor combinado mostrado é efetivo para as saídas 1 e 2. Os valores pré-ajustados (pontos de comutação) das saídas são a- justados no início dos parâmetros de operação (veja próximas páginas.. GE Maior/Igual Saída 2 fica estaticamente HIGH (ALTA) se o valor mostrado antecede o valor 2 LE GE LE Menor/Igual Saída 2 imediatamente fica estaticamente HIGH se o valor mostrado antecede o valor 2 Maior/Igual (pulso temporário, 300 ms) Saída 2 fica dinamicamente HIGH se o valor mostrado antecede o valor 2 Menor/Igual (pulso temporário, 300 ms) Saída 2 imediatamente fica dinamicamente HIGH se o valor mostra valor 2 pré-ajustado 1 2 Saída comuta estaticamente se o valor mostrado antecede 1-2 *) 1 2 Saída comuta dinamicamente se o valor mostrado antecede 1-2 *) *) Serve para gerar um "pré-sinal" em intervalos constantes para um sinal principal. O ponto de comutaçã da saída 2 automaticamente muda cada vez que o pré-ajustado 1 é alterado. = padrão PÁGINA 10

11 Histerese das saídas (apenas DX2012) Ponto do menu Seleção Hist. 1 Histerese saída 1 Determina a histerese alterável para o ponto de comutação ajustado saída 1. A histerese só é efetiva em conexão com as características de comutação GE e LE. A direção de operação da histerese depende das características da comutação. GE = pré-ajustado histerese LE = pré-ajustado + histerese Princípio: histerese GE préajustado préajustado histerese LE Os ajustes do ponto decimal são mantidos. Pré-ajuste = HYSt 2 Histerese saída 2 Como acima, para a saída 2. PÁGINA 11

12 7. Parâmetros de Operação Os parâmetros de operação são selecionados apertando-se o botão por 3s. O display mostra só parâmetros que são relevantes para o modo de operação previamente selecionado (modo simples, modo duplo, modos combinados A...B) são indicados. Modo simples (avaliação e indicação de entrada A) Mode/Enter PreSelection Valores pré-ajustados1/2 (apenas DX2012) Ponto de comutação padrão 1 = Ponto de comutação padrão 2 = 5000 Input A Configuração da entrada A in U Voltagem ±10 V in i 0 Corrente ma in i 4 Corrente ma Start A Referência mostrada valores A "Start" O valor numérico que deve ser indicado para um sinal de entrada de 0 V, 0 ma ou 4 ma (sem considerar o ponto decimal) Padrão = End A Dpoint A Referência mostrada valor A "End" O valor numérico que deve ser indicado para um sinal de entrada de 10 V ou 20 ma (sem considerar o ponto decimal) Erro = 1000 Ponto decimal A Ajusta o ponto decimal à posição mostrada para o valor mostrado A Padrão = Filter A Número dos ciclos do valor Para evitar flutuações de exibição para sinais instáveis de entrada A Padrão = OFF (filtro OFF) = padrão PÁGINA 12

13 Modo duplo (avaliação e exibição das entradas A e B) Set Neste modo de operação o botão Set é usado para alterar entre os valores A e B set mostrados. Se a entrada A for mostrada, a linha horizontal superior é mostrada na dezena mais alta. Se a entrada B for mostrada, a linha horizontal inferior é mostrada (exemplo: = A, _8600 = B) _ 8600 A sequencia do menu é a mesma que no modo simples. Depois dos parâmetros para a entrada A os mesmos pontos do menu são mostrados para a entrada B PreSelection Valores pré-ajustados 1/2 (apenas DX2012) Ponto de comutação padrão 1 = Ponto de comutação padrão 2 = 5000 Input A in U in i 0 in i 4 Configuração da entrada A Voltagem ±10 V Corrente ma Corrente ma Start A Referência mostrada valores A "Start" O valor numérico que deve ser indicado para um sinal de entrada de 0 V, 0 ma ou 4 ma (sem considerar the ponto decimal) Padrão = End A Referência mostrada valor A "End" O valor numérico que deve ser indicado para um sinal de entrada de 10 V ou 20 ma (sem considerar ponto decimal) Padrão = 1000 Dponto A Ponto decimal A Ajusta o ponto decimal para a posição a ser mostrada para o valor A mostrado Padrão = Filter A Número dos ciclos de valor médio Para evitar flutuações de exibição para sinais instáveis de entrada A Padrão = OFF (filtro OFF) Para parâmetros B Veja a próxima página. = padrão PÁGINA 13

14 Modo duplo (Continuação) Input B in U in i 0 in i 4 Configuração da entrada B Voltagem ±10 V Corrente ma Corrente ma Start B Referência mostrada valores B "Start" O valor numérico que deve ser indicado para um sinal de entrada de 0 V, 0 ma ou 4 ma (sem considerar o ponto decimal) Padrão = End B Referência mostrada valor B "End" O valor numérico que deve ser indicado para um sinal de entrada de 10 V, ou 20 ma (sem considerar o ponto decimal) Padrão = 1000 Dponto B Ponto decimal B Ajusta o ponto decimal para a posição mostrada para o valor B mostrado Padrão = (sem ponto decimal) Filter B Número dos ciclos de valor médio Para evitar mostrar flutuações para sinais de entrada B instáveis Padrão = OFF (filtro OFF) = padrão PÁGINA 14

15 Modos combinados A+B, A-B, A:B e AxB Para estes modos de operação o botão Set pode ser usado para alterar entre os valores individuais A e B, assim como o valor combinado AB. Se a entrada A for mostrada, a linha horizontal superior é exibida na dezena mais alta. Se a entrada B for indicada, a linha horizontal inferior é exibida. O valor combinado «AB» será mostrado sem a linha horizontal. Exemplo: = entrada A, 8600 = entrada B, = combinação (A+B). Para ajustar os parâmetros o mesmo menu e os pontos de seleção como o "modo duplo" estão disponíveis. Quatro parâmetros adicionais no final da sequência do menu permitem a reescala e conversão para unidades de fácil utilização. O valor combinado mostrado «AB» é o seguinte: Combinaçao dos valores (A+B), (A-B), (A:B) ou (AxB) m_fac d_fac P_Fac Valor combinado mostrado PreSelection Valores pré-ajustados 1/2 (só DX2012) Ponto de comutação padrão 1 = Ponto de comutação padrão 2 = 5000 Input A in U in i 0 in i 4 Configuração da entrada A Voltagem ±10 V Corrente ma Corrente ma Além de sequência de parâmetros como com "modo duplo" e os parâmetros seguintes para reescalar/converter m_fac d_fac P_Fac Dponto Fator proporcional O resultado da combinação «AB» é multiplicado com este fator. Padrão = 1000 Fator recíproco O resultado da combinação «AB» é dividido por este fator. Padrão = 1000 Aditivo constante Este valor é somado ao ou subtraído do resultado da combinação «AB». Padrão = 0 Ponto decimal Ajusta ponto decimal para o resultado da combinação «AB». Erro = (sem ponto decimal) PÁGINA 15

16 8. Exemplo de Ajuste Tarefa Em um sistema o desvio em porcentagem entre um valor medido e o valor de referência deve ser determinado e indicado Para um desvio em porcentagem 20% saída 1 deve comutar (HIGH estático). Para um desvio em porcentagem 40% saída 2 deve comutar (HIGH estático). Aplicação Valor análogico A Quantidade variável ( ex.. pressão, temperatura etc.) Valor análogico B Quantidade de referência (ex. pressão, temperatura etc.) (ambos ma) Ajustes básicos Seleção ou valor Modo modo de operação A d B (relação A : B) Char 1 características saída 1 LE (HIGH estático se valor combinado mostrado antecede o valor 1) Char 2 características saída 2 GE (HIGH estático se valor combinado mostrado antecede o valor 2) Parâmetros de operação Seleção ou valor PreS 1 valor pré-ajustado saída 1 20 (ponto de comutação p/ um valor combinado mostrado) PreS 2 valor pré-ajustado saída 2 40 (ponto de comutação p/ um valor combinado mostrado) input A configuração entrada A in i 4 (corrente ma) input B configuração entrada B in i 4 (corrente ma) m_fac fator proporcional 100 (fator de conversão "%") d_fac fator recíproco 1 (fator de divisão) P_Fac aditivo constante 100 (fator de conversão para exibição em porcentagem) Os parâmetros acima resultam nos seguintes valores mostrados: A : B (m_fac) (d_fac) (P_Fac) -100 Valor combinado mostrado % % A : B (m_fac) (d_fac) (P_Fac) -100 Valor combinado mostrado % % Nota sobre o "aditivo constante" P_Fac: Se os valores mostrados A e B são "0" no exemplo, o valor combinado mostrado é PÁGINA 16

17 9. Configuração padrão de fábrica Descrição Texto Mostrador Valor mim. Valor Max. Erro Menu básico mais... Modo de operação (simples) Brilho (100%) Travamento dos Botões (NO) Características Saída DX2012 Características Histerese Histerese Entrada modo A ( ma) Parâmetros entrada A Inicio ponto A Fim ponto A Ponto decimal A ( ) Valor médio A (2 ciclos) Entrada modo B ( ma) Parâmetros entrada B Início ponto B Fim ponto B Ponto decimal B (nada) Valor médio B (OFF) Modos combinados (A+B, etc.) Fator proporcional Fator Recíproco Aditivo constante Ponto decimal (nada) Ponto de comutação DX2012 Valor pré-ajustado Valor pré-ajustado PÁGINA 17

18 MOSTRADOR DIGITAL AX Manutenção, reparo e descarte O Mostrador digital não necessita de manutenção e só pode ser reparado pelo fabricante. O aparelho deve ser descartado de acordo com as regulamentações ambientais do país. PÁGINA 18

Instruções de Operação. Sistema de avaliação para sensores de fluxo VS3000

Instruções de Operação. Sistema de avaliação para sensores de fluxo VS3000 Instruções de Operação Sistema de avaliação para sensores de fluxo VS3000 Conteúdo Instruções de segurança... pág. 03 Função e características... pág. 04 Montagem... pág. 04 Conexão elétrica... pág. 05

Leia mais

INDICADOR DIGITAL PANANTEC ATMI

INDICADOR DIGITAL PANANTEC ATMI INDICADOR DIGITAL PANANTEC ATMI MANUAL DE REFERÊNCIA PANANTEC ATMII COMÉRCIIO E SERVIIÇO LTDA Rua Apuanã, 31 - Jd. Jaçanã cep: 02318-050 São Paulo / SP Brasil Fone: (11) 2243-6194 / 2243-6192 Fax: (11)

Leia mais

www.comatreleco.com.br R:Benjamim Constant, 56 Tel:(11) 2311-5682 contato@comatreleco.com.br

www.comatreleco.com.br R:Benjamim Constant, 56 Tel:(11) 2311-5682 contato@comatreleco.com.br Monitoramento de motores monofásico/trifásico MRU, MRI, MRM 1 Características Tensão de Alimentação UC12-48V ou UC110-240V Contato Reversível Entradas de medição separadas galvanicamente da alimentação

Leia mais

Manual do Indicador Digital Mod. IT versão: (Janeiro 2006)

Manual do Indicador Digital Mod. IT versão: (Janeiro 2006) Manual do Indicador Digital Mod. IT versão: (Janeiro 2006) Este manual contém informações para instalação e operação do Indicador Digital Mod.IT. Siga corretamente as instruções para garantir perfeito

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Modelo: VPJ5.6C V Í DEO PORTEIRO COLORIDO COM CONTROLE DE ACESSO. Especificações sujeitas à mudanças sem aviso prévio

MANUAL DO USUÁRIO. Modelo: VPJ5.6C V Í DEO PORTEIRO COLORIDO COM CONTROLE DE ACESSO. Especificações sujeitas à mudanças sem aviso prévio V Í DEO PORTEIRO COLORIDO COM CONTROLE DE ACESSO Parabéns por adquirir um produto com a qualidade COP! Para mais informações sobre nossa empresa e produtos, Visite o site: www.copbr.com.br Especificações

Leia mais

3.1.6 Entradas digitais Quantidade: 8. Tipo: NPN / PNP conforme configuração, dividida em 2 grupos de 4 entradas. Impedância de entrada: 8.8KΩ.

3.1.6 Entradas digitais Quantidade: 8. Tipo: NPN / PNP conforme configuração, dividida em 2 grupos de 4 entradas. Impedância de entrada: 8.8KΩ. 8 Tecla Cancelar. Utilizado para retorno de nível de programação. 9 Tecla Enter. Utilizado para acessar programação. Obs.: Todas as teclas podem ser utilizadas no diagrama Ladder. 3. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

Leia mais

3. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

3. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS 3. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS 3.2 CARACTERÍSTICAS DE SOFTWARE 1. CARACTERÍSTICAS O CLG535R é um controlador programável que integra os principais recursos empregados em uma automação industrial. Dispõe integrado

Leia mais

CONTROLADOR DE TEMPERATURA DIGITAL MICROPROCESSADO XMT-904L

CONTROLADOR DE TEMPERATURA DIGITAL MICROPROCESSADO XMT-904L CONTROLADOR DE TEMPERATURA DIGITAL MICROPROCESSADO XMT-94L 1-CARACTERISTICAS PRINCIPAIS Alimentação 1 ~24Vca. 2 Display LED de alto brilho de 4 dígitos cada. Multi-entrada : Termopar, termoresistência,

Leia mais

Manual Técnico Módulo Ponte H Dupla

Manual Técnico Módulo Ponte H Dupla Manual Técnico Módulo Ponte H Dupla Introdução Módulo de Ponte H dupla para controlar dois motores DC ou um motor de passo bipolar. Com este módulo é possível controlar o sentido de rotação de motores

Leia mais

Leandro N.Alem 1351/53 -(1871)- Dock Sud Buenos Aires - Argentina T.E.:4201-5316 / 4222-9821 FAX:4222-9821 Web:www.ingecozs.com MANUAL DE OPERAÇÃO

Leandro N.Alem 1351/53 -(1871)- Dock Sud Buenos Aires - Argentina T.E.:4201-5316 / 4222-9821 FAX:4222-9821 Web:www.ingecozs.com MANUAL DE OPERAÇÃO Leandro N.Alem 1351/53 -(1871)- Dock Sud Buenos Aires - Argentina T.E.:4201-5316 / 4222-9821 FAX:4222-9821 Web:www.ingecozs.com MANUAL DE OPERAÇÃO ÍNDICE Especificações... 3 INSTALAÇÃO... 3 Operação...

Leia mais

CINEMA SB100 alto-falante de barra de som com energia própria

CINEMA SB100 alto-falante de barra de som com energia própria CINEMA SB100 alto-falante de barra de som com energia própria Manual de consulta rápida Obrigado por escolher este produto da JBL O alto-falante de barra de som energizado JBL Cinema SB100 é um sistema

Leia mais

Experimento 2 Gerador de funções e osciloscópio

Experimento 2 Gerador de funções e osciloscópio Experimento 2 Gerador de funções e osciloscópio 1. OBJETIVO O objetivo desta aula é introduzir e preparar o estudante para o uso de dois instrumentos muito importantes no curso: o gerador de funções e

Leia mais

Temporizador NT240. TEMPORIZADOR PROGRAMÁVEL - MANUAL DE INSTRUÇÕES V2.0x A INTRODUÇÃO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SAÍDAS DO TEMPORIZADOR

Temporizador NT240. TEMPORIZADOR PROGRAMÁVEL - MANUAL DE INSTRUÇÕES V2.0x A INTRODUÇÃO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SAÍDAS DO TEMPORIZADOR TEMPORIZADOR PROGRAMÁVEL - MANUAL DE INSTRUÇÕES V2.0x A INTRODUÇÃO O temporizador programável tem como função básica monitorar o tempo e acionar sua saída de acordo com programação previamente realizada

Leia mais

Comutador USB KVM Comutador USB KVM com áudio, 2 portas Comutador USB KVM com áudio, 4 portas Manual

Comutador USB KVM Comutador USB KVM com áudio, 2 portas Comutador USB KVM com áudio, 4 portas Manual Comutador USB KVM Comutador USB KVM com áudio, 2 portas Comutador USB KVM com áudio, 4 portas Manual DS-11403 (2 portas) DS-12402 (4 portas) NOTA Este equipamento foi testado e está em conformidade com

Leia mais

Controle de acesso FINGER

Controle de acesso FINGER Controle de acesso FINGER MANUAL DE INSTRUÇÕES Sobre esse Guia Esse guia fornece somente instruções de instalação. Para obter informações sobre instruções de uso, favor ler o Manual do usuário.. ÍNDICE

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES Indicador Microprocessado - IT-IND-2S-LC INFORMAÇÕES DO PRODUTO. Versão: 1.xx / Rev. 03

MANUAL DE INSTRUÇÕES Indicador Microprocessado - IT-IND-2S-LC INFORMAÇÕES DO PRODUTO. Versão: 1.xx / Rev. 03 1 Introdução: Os indicadores possuem uma entrada analógica configurável por software, que permite a conexão de diverstos tipos de sensores de temperatura e outras grandezas elétricas sem a necessidade

Leia mais

INDICADOR DE VELOCIDADE / TACÔMETRO DIGITAL modelo UW1200

INDICADOR DE VELOCIDADE / TACÔMETRO DIGITAL modelo UW1200 B17 7000 002 REV. 6 06/11 1/8 12.00 48 x 96 mm INDICADOR DE VELOCIDADE / TACÔMETRO DIGITAL modelo UW1200 Manual de Instruções (Junho/2011) Manual de Instruções - UW1200 1 / 8 ÍNDICE 1 - DESCRIÇÃO GERAL...

Leia mais

Boletim Técnico Agosto / 2011

Boletim Técnico Agosto / 2011 Página 01/08 TÍTULO: INFORMATIVO DO NOVO CONTROLE REMOTO COM FIO PARA UNIDADES SPLITÃO 2 ESTÁGIOS SUMÁRIO Esta publicação visa informar o novo controle remoto com fio para as Unidades da Linha Splitão

Leia mais

1.3 Conectando a rede de alimentação das válvulas solenóides

1.3 Conectando a rede de alimentação das válvulas solenóides 1.3 Conectando a rede de alimentação das válvulas solenóides CONTROLE DE FLUSHING AUTOMÁTICO LCF 12 Modo Periódico e Horário www.lubing.com.br (19) 3583-6929 DESCALVADO SP 1. Instalação O equipamento deve

Leia mais

Epson SureColor F6070 Manual de instalação

Epson SureColor F6070 Manual de instalação Epson SureColor F6070 Manual de instalação 2 Remoção da embalagem e montagem da impressora Leia todas estas instruções antes de usar a sua impressora. Também siga todos os alertas e instruções indicados

Leia mais

MANUAL DE PROGRAMAÇÃO E INSTALAÇÃO DO KIT KCO0081

MANUAL DE PROGRAMAÇÃO E INSTALAÇÃO DO KIT KCO0081 BT RVT 46 i Setembro / 214 Página 1/8 TÍTULO: INFORMATIVO DO MANUAL DE PROGRAMAÇÃO E INSTALAÇÃO DO KIT KCO81 PARA A FAMÍLIA SPLITÃO SÉRIE EiV (INVERTER) ESTE BOLETIM TÉCNICO CANCELA E SUBSTITUI O BT RVT

Leia mais

Controlador de Segurança para chamas de Gás

Controlador de Segurança para chamas de Gás Controlador de Segurança para chamas de Gás Para queimadores de gás atmosféricos de 2 estágios: Detecção de chamas: - Sonda de Ionização - Detector de Infra-vermelho IRD 1020 - Sensor de chamas Ultravioleta

Leia mais

UMG 96S-Instrumento de medição universal com montagem embutida UMG 96S

UMG 96S-Instrumento de medição universal com montagem embutida UMG 96S UMG 96S UMG 96S-Instrumento de medição universal com montagem embutida Os instrumentos de medição universal com montagem embutida da família de produto UMG 96S foram principalmente concebidos para utilização

Leia mais

QUASAR LIGHT. Apresentação, Instalação, Operação & Instruções de Programação

QUASAR LIGHT. Apresentação, Instalação, Operação & Instruções de Programação Os micro-sinalizadores de LED de alta intensidade QuasarLight dispõe da mais alta tecnologia que permite criar micro-sinalizadores em tamanho reduzido em um ampla variedade de formas, disponíveis nos modelos

Leia mais

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado CCM44. Versão 0.xx / Rev.

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado CCM44. Versão 0.xx / Rev. Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais Manual de Instruções Controlador Digital Microprocessado CCM44 Versão 0.xx / Rev. 03 Índice Ítem Página 1. Introdução... 02 2. Características...

Leia mais

Instalação do Sistema de Cabos para Distribuição de Dados

Instalação do Sistema de Cabos para Distribuição de Dados Instalação do Sistema de Cabos para Distribuição de Dados Visão geral O Sistema de Cabos de Distribuição de Dados proporciona um sistema de conexão de alta densidade entre racks para equipamentos de telecomunicação

Leia mais

Manual do instalador Box Input Rev. 0.01.000. Figura 01 Apresentação do Box Input.

Manual do instalador Box Input Rev. 0.01.000. Figura 01 Apresentação do Box Input. Pág. 1/10 Apresentação Equipamento para detecção de acionamentos e monitoração de sensores. Comunicação com outros dispositivos por rede CAN. Possui seis entradas digitais optoacopladas com indicação de

Leia mais

Sistemas indicadores e transmissores de PRESSÃO DIFERENCIAL PARA SALAS LIMPAS MODELO VEC-PP-LED

Sistemas indicadores e transmissores de PRESSÃO DIFERENCIAL PARA SALAS LIMPAS MODELO VEC-PP-LED INTERNO INSTRUMENTO PARA EMBUTIR Sistemas indicadores e transmissores de PRESSÃO DIFERENCIAL PARA SALAS LIMPAS MODELO VEC-PP-LED Aplicação : Especialmente em salas limpas, pois podem ser embutidas em paredes

Leia mais

CONTROLE DE ACESSO Modelo PP-360/N

CONTROLE DE ACESSO Modelo PP-360/N CONTROLE DE ACESSO Modelo PP-360/N Imagem Ilustrativa Características: 1. Leitura de 125 khz do cartão de proximidade com o EM chip acoplado internamente para o modelo padrão. 2. Os parâmetros do sistema

Leia mais

Manual Técnico. Gabinete 45 CMPC. para notebooks educacionais

Manual Técnico. Gabinete 45 CMPC. para notebooks educacionais Manual Técnico Gabinete 45 CMPC para notebooks educacionais 01 Sobre o produto Armazenamento transporte e carga: - 45 Notebooks Educacionais + Notebook do professor Segurança: - Totalmente fabricado em

Leia mais

Duplo Indicador de Temperatura com Alarme T204i/2T0-AL HNI Cód. 90.506.0082

Duplo Indicador de Temperatura com Alarme T204i/2T0-AL HNI Cód. 90.506.0082 MANUAL DE OPERAÇÃO Duplo Indicador de Temperatura com Alarme T204i/2T0-AL HNI Cód. 90.506.0082 Programa Executivo: T204AP_2T0AL Modelos: 220VAC, 127VAC e 24VAC. 40.000.0181 Rev. A maio 2011. ÍNDICE 1.

Leia mais

Modo Execução. Modo Parametrizacão

Modo Execução. Modo Parametrizacão 1/7 Introdução O HM206 é um indicador para operar com comunicações RS485. O HM206 pode operar como escravo (slave) de rede fornecendo os dados ou operando comandado por outros sistemas ou como mestre (master)

Leia mais

Indicador Digital Processos MODO DE USO. Dados Técnicos Conexões elétricas Utilização do teclado Dimensional. ABB Automação.

Indicador Digital Processos MODO DE USO. Dados Técnicos Conexões elétricas Utilização do teclado Dimensional. ABB Automação. Indicador Digital Processos MODO DE USO Dados Técnicos Conexões elétricas Utilização do teclado Dimensional ABB Automação Hartmann & Braun Dados Técnicos (NRB5180) Entrada -mvdc: -Vdc -madc Alimentação

Leia mais

Instruções de Instalação em Rack

Instruções de Instalação em Rack Instruções de Instalação em Rack Releia a documentação fornecida com seu gabinete de rack, para obter informações sobre cabeamento e segurança. Ao instalar seu servidor em um gabinete de rack, considere

Leia mais

MANUAL SUSPENSÃO MECÂNICA SENSOR DE ÂNGULO

MANUAL SUSPENSÃO MECÂNICA SENSOR DE ÂNGULO 2015 MANUAL SUSPENSÃO MECÂNICA SENSOR DE ÂNGULO SUSPENSÃO MECÂNICA SENSOR DE ÂNGULO Passo 1: O primeiro passo é determinar qual versão do Sensor de Ângulo foi incluído no seu kit. Existe uma versão Direita

Leia mais

Instruções de Instalação do Rack

Instruções de Instalação do Rack Instruções de Instalação do Rack Revise a documentação fornecida com o gabinete do rack para obter informações de segurança e cabeamento. Antes de instalar o servidor em um gabinete do rack, revise as

Leia mais

Dinamômetro Digital Modelos 475040 e 475044. Manual do Usuário

Dinamômetro Digital Modelos 475040 e 475044. Manual do Usuário Dinamômetro Digital Modelos 475040 e 475044 Manual do Usuário Introdução Parabéns pela sua compra do Dinamômetro Digital Extech. Esse medidor profissional, com os devidos cuidados oferecerá muitos anos

Leia mais

ST 160 ST 160 0 # Manual de Referência e Instalação

ST 160 ST 160 0 # Manual de Referência e Instalação ST 160 ST 160 1 2 3 4 5 6 7 8 9 0 # Manual de Referência e Instalação Descrições 1 1 2 3 4 5 6 7 8 9 0 # 3 2 Número Descrição 1 Indicador de modo 2 Antena 3 Matriz do Teclado 4 Parafuso Especificações

Leia mais

REDE CABEADA CFTV MANUAL DO USUÁRIO

REDE CABEADA CFTV MANUAL DO USUÁRIO REDE CABEADA CFTV MANUAL DO USUÁRIO Sumário Página 4: Quadro completo Disjuntores Transformador isolador Protetor elétrico Fonte primária VT CFTV Funcionalidades Baterias Página 6: Ponto de distribuição

Leia mais

OPT-700 - CONVERSOR SERIAL PARA FIBRA ÓPTICA

OPT-700 - CONVERSOR SERIAL PARA FIBRA ÓPTICA MANUAL DO USUÁRIO OPT-700 - CONVERSOR SERIAL PARA FIBRA ÓPTICA JUL / 05 OPT-700 VERSÃO 1 TM FOUNDATION O P T 7 0 0 M P smar www.smar.com.br Especificações e informações estão sujeitas a modificações sem

Leia mais

Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro. Manual do Usuário Versão 3.9f

Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro. Manual do Usuário Versão 3.9f Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro Manual do Usuário Versão 3.9f 2 ÍNDICE PÁG. 1 APRESENTAÇÃO...03 2 DESCRIÇÃO DO EQUIPAMENTO...04 2.1 ROTINA INICIAL DE AVALIAÇÃO DA REDE ELÉTRICA...04 2.2 TROCA DE

Leia mais

EXPERIMENTO 1: MEDIDAS ELÉTRICAS

EXPERIMENTO 1: MEDIDAS ELÉTRICAS EXPERIMENTO 1: MEDIDAS ELÉTRICAS 1.1 OBJETIVOS Familiarização com instrumentos de medidas e circuitos elétricos. Utilização do multímetro nas funções: voltímetro, amperímetro e ohmímetro. Avaliação dos

Leia mais

GA-2 Dispositivo de Alarme de Separador de Massa Lubrificante com dois sensores Instruções de instalação e funcionamento

GA-2 Dispositivo de Alarme de Separador de Massa Lubrificante com dois sensores Instruções de instalação e funcionamento Labkotec Oy Myllyhaantie 6 FI-33960 PIRKKALA FINLAND Tel: + 358 29 006 260 Fax: + 358 29 006 1260 19.1.2015 Internet: www.labkotec.fi 1/12 GA-2 Dispositivo de Alarme de Separador de Massa Lubrificante

Leia mais

R O B Ó T I C A. Sensor Smart. Ultrassom. Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 1.0 REVISÃO 1211.13. www.robouno.com.br

R O B Ó T I C A. Sensor Smart. Ultrassom. Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 1.0 REVISÃO 1211.13. www.robouno.com.br R O B Ó T I C A Sensor Smart Ultrassom Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 1.0 REVISÃO 1211.13 Sensor Smart Ultrassom 1. Introdução Os sensores de ultrassom ou ultrassônicos são sensores que detectam

Leia mais

Relé de proteção do diferencial 865

Relé de proteção do diferencial 865 Relé de proteção do diferencial 865 Para a proteção do diferencial de motores, transformadores e geradores Boletim 865, Série A Guia de especificações Sumário Página de descrição da seção 1.0 Características

Leia mais

Módulo FGM721. Controlador P7C - HI Tecnologia

Módulo FGM721. Controlador P7C - HI Tecnologia Automação Industrial Módulo Controlador P7C - HI Tecnologia 7C O conteúdo deste documento é parte do Manual do Usuário do controlador P7C da HI tecnologia (PMU10700100). A lista de verbetes consta na versão

Leia mais

MULTIMETRO DIGITAL Série DMK20 DMK50

MULTIMETRO DIGITAL Série DMK20 DMK50 MULTIMETRO DIGITAL Série DMK20 DMK50 MANUAL TÉCNICO DE INSTALAÇÃO Manual DMK20 DMK50 rev01-04 1 / 1 8/10/2004 1. INTRODUÇÃO Dimensões compactas 96x96 mm 4 displays a LED Simplicidade na instalação e programação

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES MANUAL DE INSTRUÇÕES ASPIRADOR DE PÓ 800 W COM CABO TELESCÓPICO Equipamento somente para uso doméstico. Obrigado por escolher um produto com a marca Tramontina. Por favor, leia o Manual de Instruções por

Leia mais

INTERLOCK. INTERTRAVAMENTO Para Portões Automáticos Fechaduras Magnéticas e Elétricas. Manual de instalação e configuração

INTERLOCK. INTERTRAVAMENTO Para Portões Automáticos Fechaduras Magnéticas e Elétricas. Manual de instalação e configuração INTERLOCK INTERTRAVAMENTO Para Portões Automáticos Fechaduras Magnéticas e Elétricas Manual de instalação e configuração 2 INTERLOCK Intertravamento de Portões MOREY Índice 1. Instalação do módulo INTERLOCK...

Leia mais

NUNCA UTILIZE OS PARAFUSOS OU ARRUELAS DOS DISPOSITIVOS DE SEGURANÇA DO VEÍCULO PARA A INSTALAÇÃO.

NUNCA UTILIZE OS PARAFUSOS OU ARRUELAS DOS DISPOSITIVOS DE SEGURANÇA DO VEÍCULO PARA A INSTALAÇÃO. Manual de Instalação/Conexão PORTUGUÊS ADVERTÊNCIA A instalação exige conhecimento especializado. Não instale o monitor sozinho. Consulte um revendedor que possua este tipo de conhecimento especializado

Leia mais

Contador Digital Up/Down

Contador Digital Up/Down MANUAL DE OPERAÇÃO Contador Digital Up/Down C100D HNI Cód. 90.506.1010 Programa Executivo: C100D HNI v.1.0 Modelos: 220VAC, 127VAC, 24VAC e 12VDC e 24VDC 40-000-0129 Rev. A fevereiro 2008. ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO:...

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES INDICADOR DIGITAL IDP204

MANUAL DE INSTRUÇÕES INDICADOR DIGITAL IDP204 MANUAL DE INSTRUÇÕES INDICADOR DIGITAL IDP204 VERSÃO WEB JUNHO/2008 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Display : Led vermelho de alto brilho (13 mm). Teclado : 4 teclas ( Menu,Entra,Sobe e Desce ) Configuração:

Leia mais

P á g i n a 2. Avisos Importantes

P á g i n a 2. Avisos Importantes P á g i n a 1 P á g i n a 2 Avisos Importantes Todas as instruções contidas neste manual devem ser seguidas, caso contrário o produto perderá a garantia. Faça primeiro as conexões dos cabos de alimentação

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MULTÍMETRO DIGITAL MODELO MD-1600

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MULTÍMETRO DIGITAL MODELO MD-1600 MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MULTÍMETRO DIGITAL MODELO MD-1600 Leia atentamente as instruções contidas neste manual antes de iniciar o uso do instrumento ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...3 2. REGRAS DE SEGURANÇA...3

Leia mais

FONTE DE ALIMENTAÇÃO CHAVEADA CWF24-01

FONTE DE ALIMENTAÇÃO CHAVEADA CWF24-01 FONTE DE ALIMENTAÇÃO CHAVEADA (Input: 85 ~ 264 Vac / 120 ~ 370 Vdc) (Output: 24 Vdc / 1 A) CWF24-01 Fonte de Alimentação Chaveada Manual do usuário MAN-PT-DE-CWF24-01-01.00_14 Introdução Obrigado por

Leia mais

Instruções de Instalação do Rack

Instruções de Instalação do Rack Instruções de Instalação do Rack Revise a documentação fornecida com o gabinete do rack para obter informações de segurança e cabeamento. Antes de instalar o servidor em um gabinete do rack, revise as

Leia mais

Laboratório de Física Experimental I

Laboratório de Física Experimental I Laboratório de Física Experimental I Centro Universitário de Vila Velha Multímetro e Fonte DC Laboratório de Física Prof. Rudson R. Alves 2012 2/10 Sumário Multímetro Minipa ET-1001...3 TERMINAIS (1)...3

Leia mais

Fontes de Alimentação

Fontes de Alimentação Fontes de Alimentação MÓDULO DA FONTE DE ALIMENTAÇÃO AC Código de Pedido: PS-AC-R (Fonte de Alimentação 90 a 260 Vac Redundante) Descrição Esta Fonte de Alimentação Redundante trabalha independente ou

Leia mais

EM398x-R1 UPS 600-1000-1600VA

EM398x-R1 UPS 600-1000-1600VA EM398x-R1 UPS 600-1000-1600VA EM398X-R1 - UPS 600-1000-1600VA 2 PORTUGUÊS Índice 1.0 Introdução... 2 1.1 Funções e funcionalidades... 2 1.2 Conteúdo da embalagem... 3 1.3 Ligar a UPS... 3 2.0 Software

Leia mais

Gerenciamento Contínuo de Vácuo Função Peça Presente Função Expulsar Peça. Construção leve e compacta. Ajuste digital para leitura de vácuo

Gerenciamento Contínuo de Vácuo Função Peça Presente Função Expulsar Peça. Construção leve e compacta. Ajuste digital para leitura de vácuo SaveAir Gerador e Gerenciador de Vácuo Gerenciamento Contínuo de Vácuo Função Peça Presente Função Expulsar Peça Construção leve e compacta Ajuste digital para leitura de vácuo Função Peça Presente garante

Leia mais

MANUAL. - Leia cuidadosamente este manual antes de ligar o Driver. - A Neoyama Automação se reserva no direito de fazer alterações sem aviso prévio.

MANUAL. - Leia cuidadosamente este manual antes de ligar o Driver. - A Neoyama Automação se reserva no direito de fazer alterações sem aviso prévio. 1 P/N: AKDMP16-4.2A DRIVER PARA MOTOR DE PASSO MANUAL ATENÇÃO: - Leia cuidadosamente este manual antes de ligar o Driver. - A Neoyama Automação se reserva no direito de fazer alterações sem aviso prévio.

Leia mais

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Contador Digital Microprocessado K204. Versão 1.XX / Rev.

Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais. Manual de Instruções Contador Digital Microprocessado K204. Versão 1.XX / Rev. Medição, Controle e Monitoramento de Processos Industriais Manual de Instruções Contador Digital Microprocessado K204 Versão 1.XX / Rev. 1 Índice Item Página 1. Introdução...02 2. Características...02

Leia mais

DSS H.264 DVR. Guia de instalação rápida V1.0.2

DSS H.264 DVR. Guia de instalação rápida V1.0.2 DSS H.264 DVR Guia de instalação rápida V1.0.2 1. Instalação de Disco Rígido Aviso! Recomendamos para instalar com segurança utilizar HDD SATA. Certifique-se de que a energia não esteja desligada antes

Leia mais

DD60. Bateria Digital. Manual do proprietário

DD60. Bateria Digital. Manual do proprietário DD60 Bateria Digital Manual do proprietário 1 Informações para sua segurança CUIDADO As funções normais deste produto podem ser perturbadas por interferência de fortes Campos Magnéticos. Caso isto ocorra,

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MULTÍMETRO DIGITAL MODELO MD-1000

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MULTÍMETRO DIGITAL MODELO MD-1000 MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MULTÍMETRO DIGITAL MODELO MD-1000 Leia atentamente as instruções contidas neste manual antes de iniciar o uso do instrumento =1= ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. REGRAS DE SEGURANÇA...

Leia mais

Sumário. Capítulo 2 COMPONENTES... 5

Sumário. Capítulo 2 COMPONENTES... 5 Sumário Capítulo 1 INTRODUÇÃO... 3 1.1 Apresentação... 3 1.2 Sobre este manual... 3 1.3 Instruções de segurança... 3 1.4 Instruções de instalação... 4 1.4.1 Fixação... 4 1.4.2 Ventilação... 4 1.4.3 Proteção

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Temporizador Automático / Relógio Programador de Horário Para Acionamento Automático de Sirenes e Outros Equipamentos Código: AFKITPROG 2 O REGISTRADOR ELETRÔNICO DE PONTO REP O Relógio Acionador Automático

Leia mais

CENTRAL DE ALARME DE incêndio MODELO NGSG101. Versão 1.03, Agosto 2006 ERP:30303964

CENTRAL DE ALARME DE incêndio MODELO NGSG101. Versão 1.03, Agosto 2006 ERP:30303964 1 CENTRALNGSG101.DOC CENTRAL DE ALARME DE incêndio MODELO NGSG101 Manual de Instalação e de Operação INDICE 1. Generalidades 2. Especificações técnicas 3. Estrutura e configuração 3.1 Aspecto exterior

Leia mais

Série Mobrey MCU900 Controlador compatível com 4 20 ma + HART

Série Mobrey MCU900 Controlador compatível com 4 20 ma + HART IP2030-PT-BR/QS, Rev AA Série Mobrey MCU900 Controlador compatível com 4 20 ma + HART Guia de início rápido de instalação ADVERTÊNCIA Podem ocorrer mortes ou ferimentos graves se estas instruções de instalação

Leia mais

Controller. D e s c r i ç ã o G e r a l. C a r a c t e r í s t i c a s e B e n e f í c i o s

Controller. D e s c r i ç ã o G e r a l. C a r a c t e r í s t i c a s e B e n e f í c i o s Controller Vibraswitch Monitor Eletrônico VIBRASWITCH 563A D e s c r i ç ã o G e r a l O modelo Robertshaw 563A Vibraswitch Monitor Eletrônico é um microprocessador de sistema de controle baseado em supervisão

Leia mais

Menu de Programação e Operação - Amperímetro Digital - Família GC 2009 Microcontrolado.

Menu de Programação e Operação - Amperímetro Digital - Família GC 2009 Microcontrolado. Operação - Amperímetro Digital - Família GC 2009 Microcontrolado. Com dois reles independentes para controle ou alarme, contatos reversíveis tipo SPDT e Sinal de Saída para Retransmissão da Amperagem medida

Leia mais

Fechadura de códigos por Impressão Digital. Manual de instalação e utilização

Fechadura de códigos por Impressão Digital. Manual de instalação e utilização Fechadura de códigos por Impressão Digital Manual de instalação e utilização CARACTERÍSTICAS SUMÁRIO CARACTERÍSTICAS ---------------------------------------------------------------------- P2 COMPONENTES,

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO F 19

GUIA DE INSTALAÇÃO F 19 GUIA DE INSTALAÇÃO F 19 1. Instalação do equipamento (1)Cole o modelo de montagem na (2) Remova o parafuso na parte (3) Tire a placa traseira. parede, Faça os furos de acordo inferior do dispositivo com

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Renz Multimedidor MGG-92 ÍNDICE 1.0 INTRODUÇÃO 3 1.1 Aplicação 2.0 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS 2.1 Mecânicas 2.2 Elétricas 2.3 Grandezas Elétricas medidas e/ou calculadas 3.0

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DA ESTAÇÃO DE SOLDA SMD MODELO DK-960D

MANUAL DE INSTRUÇÕES DA ESTAÇÃO DE SOLDA SMD MODELO DK-960D DEKEL MANUAL DE INSTRUÇÕES DA ESTAÇÃO DE SOLDA SMD MODELO DK-960D Leia atentamente as instruções contidas neste manual antes de iniciar o uso do instrumento ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 1 2. REGRAS DE SEGURANÇA...

Leia mais

Manual Placa DMX 4 pixels RGB

Manual Placa DMX 4 pixels RGB Manual Placa DMX 4 pixels RGB 2012 Lumikit Sistemas para Iluminação rev.2 16/10/2015 Lumikit Sistemas para Iluminação www.lumikit.com.br 1 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONEXÕES DA PLACA... 4 3. DIMENSÕES

Leia mais

Manual de Instalação & Programação. Preparar a porta conforme instruções adicionais (incluídas) antes de

Manual de Instalação & Programação. Preparar a porta conforme instruções adicionais (incluídas) antes de Manual de Instalação & Programação Para iniciar Preparar a porta conforme instruções adicionais (incluídas) antes de instalar a unidade. IMPORTANTE: Leia todas as instruções antes de iniciar a instalação.

Leia mais

RUGOSÍMETRO DE SUPERFÍCIE ITRPSD-100

RUGOSÍMETRO DE SUPERFÍCIE ITRPSD-100 RUGOSÍMETRO DE SUPERFÍCIE ITRPSD-100 1. Introdução Geral O rugosímetro de superfície TIME TR100/TR101 é uma nova geração de produto desenvolvido por TIME Group Inc. Tem como características uma maior

Leia mais

Termostatos Digitais para Fancoil Série T6000

Termostatos Digitais para Fancoil Série T6000 Instruções de Instalações Data de Publicação Série T2000 1º de Julho de 2003 Termostatos Digitais para Fancoil Série T6000 Aplicação IMPORTANTE: Utilize o Termostato Digital para Fancoils da Série T6000

Leia mais

Indicador de pesagem. WT3000-I-Plus. Manual Técnico. Versão 03. Soluções Globais em Sistemas de Pesagem

Indicador de pesagem. WT3000-I-Plus. Manual Técnico. Versão 03. Soluções Globais em Sistemas de Pesagem Indicador de pesagem Manual Técnico Versão 03 Soluções Globais em Sistemas de Pesagem Obrigado por escolher a WEIGHTECH! Agora, além de adquirir um equipamento de excelente qualidade, você contará com

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO ST240

MANUAL DE INSTALAÇÃO ST240 MANUAL DE INSTALAÇÃO ST240 SUMÁRIO Descrição do Rastreador ST-240... 03 Descrição das entradas e saídas... 03 Led indicador GPS - Vermelho... 04 Led indicador GPRS - Azul... 04 Dicas de instalação... 05

Leia mais

UMG 104-Mais do que um simples Multímetro UMG 104

UMG 104-Mais do que um simples Multímetro UMG 104 UMG 104 UMG 104-Mais do que um ples Multímetro O UMG 104 equipado com um DSP de 500 MHz (processador de sinal digital) é um analisador de tensão muito rápido e potente. A varredura contínua dos 8 canais

Leia mais

V6 Características. A função de compensação de escorregamento permite uma operação estável mesmo com flutação de carga.

V6 Características. A função de compensação de escorregamento permite uma operação estável mesmo com flutação de carga. IBD# D-F-2-H-KSN-BR V6 Características Alta Performance [Alto torque de partida com 150% ou mais] Com um sistema simplificado de controle vetorial e função de controle de torque automático oferece uma

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES BALANÇA DIGITAL ED-1035

MANUAL DE INSTRUÇÕES BALANÇA DIGITAL ED-1035 MANUAL DE INSTRUÇÕES BALANÇA DIGITAL ED-1035 PREZADO CLIENTE A fim de obter o melhor desempenho de seu produto, por favor, leia este manual de instruções cuidadosamente antes de começar a usá-lo, e mantê-lo

Leia mais

IPR 8000. Porteiro residencial MANUAL DO USUÁRIO

IPR 8000. Porteiro residencial MANUAL DO USUÁRIO IPR 8000 Porteiro residencial MANUAL DO USUÁRIO Porteiro residencial Modelo IPR 8000 Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e a segurança Intelbras-Maxcom. O porteiro residencial

Leia mais

MESA DMX 512 MANUAL DE OPERAÇÃO

MESA DMX 512 MANUAL DE OPERAÇÃO MESA DMX 512 MANUAL DE OPERAÇÃO 1 - INSTRUÇÕES INICIAIS IMPORTANTE LEIA COM ATENÇÃO!. Certifique-se de que a voltagem no equipamento é compatível com a tensão da rede elétrica. Este equipamento foi desenvolvido

Leia mais

MANUAL DO USUARIO DIMMER ENERGY L.E.D Página 1 de 11 DCP ILUMINAÇÃO LTDA. DIMMER L.E.D DIMMER DMX PARA ILUMINAÇÃO. Manual do Usuário Versão 1

MANUAL DO USUARIO DIMMER ENERGY L.E.D Página 1 de 11 DCP ILUMINAÇÃO LTDA. DIMMER L.E.D DIMMER DMX PARA ILUMINAÇÃO. Manual do Usuário Versão 1 Página 1 de 11 DCP ILUMINAÇÃO LTDA. DIMMER L.E.D DIMMER DMX PARA ILUMINAÇÃO Manual do Usuário Versão 1 Página 2 de 11 Índice 1. INTRODUÇÃO...2 2. DESCRIÇÃO...2 3. POSICIONAMENTO/MEDIDAS/INDICADORES...3/4

Leia mais

INDICADOR MULTI-PONTOS TM-2100CS

INDICADOR MULTI-PONTOS TM-2100CS INDICADOR MULTI-PONTOS TM-2100CS Introdução Obrigado por ter escolhido nosso INDICADOR MULTI-PONTOS TM-2100CS. Para garantir o uso correto e eficiente do TM-2100CS, leia este manual completo e atentamente

Leia mais

ANUNCIADOR DE ALARME AL-2003

ANUNCIADOR DE ALARME AL-2003 AL-2003 Manual do usuário Anunciador de Alarme MAN-PT-DE-AL2003 Rev.: 1.00-12 Introdução Obrigado por ter escolhido nosso AL-2003. Para garantir o uso correto e eficiente do AL-2003, leia este manual

Leia mais

AC1024 AC1424 / AC2524 AC1212 / AC2512 AC5012 / AC0848

AC1024 AC1424 / AC2524 AC1212 / AC2512 AC5012 / AC0848 Carregador de Baterias Manual do Usuário Modelo: Top Gear AC1024 AC1424 / AC2524 AC1212 / AC2512 AC5012 / AC0848 INSTRUÇÃO PARA INSTALAÇÃO E USO Aviso: A não observação destas informações, poderá causar

Leia mais

Office Pro 850. Manual do utilizador User s Manual. www.mygrowing.com

Office Pro 850. Manual do utilizador User s Manual. www.mygrowing.com Office Pro 850 Manual do utilizador User s Manual www.mygrowing.com 1 Segurança e Precauções de utilização - Conservar estas instruções - este manual contém instruções importantes que devem ser seguidas

Leia mais

CONTROLADOR DIGITAL Multi-Loop. smar

CONTROLADOR DIGITAL Multi-Loop. smar CONTROLADOR DIGITAL Multi-Loop 5 INTRODUÇÃO O CD600 é um poderoso controlador digital de processos, capaz de controlar simultaneamente até malhas de controle, com até 8 blocos PID e mais de 20 blocos de

Leia mais

Segurança do usuário. Segurança elétrica. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424

Segurança do usuário. Segurança elétrica. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424 Segurança do usuário Seu sistema e os suprimentos recomendados foram projetados e testados para atender a exigências de segurança rígidas. A atenção às seguintes informações garantirá uma operação contínua

Leia mais

Medidores de nível de combustível LLS 20160 е LLS-AF 20310

Medidores de nível de combustível LLS 20160 е LLS-AF 20310 Medidores de nível de combustível LLS 20160 е LLS-AF 20310 Conteúdo 1 INTRODUÇÃO... 3 2 DESCRIÇÃO E OPERAÇÃO... 4 2.1 USO DO PRODUTO... 4 2.2 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS... 4 2.2.1 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

Leia mais

IMAGE MIRAGE IMAGE. porta retrato digital manual do usuário

IMAGE MIRAGE IMAGE. porta retrato digital manual do usuário MIRAGE IMAGE porta retrato digital manual do usuário Índice IMAGE 1. Introdução 2 2. Precauções importantes de segurança 3 3. Visão Geral do Aparelho 5 4. Opção de Cartão de Memória 7 5. Reproduzir Arquivo

Leia mais

IMAGE MIRAGE IMAGE. porta retrato digital manual do usuário. mirage photo_pt.indd 1 29/11/2010 15:56:48

IMAGE MIRAGE IMAGE. porta retrato digital manual do usuário. mirage photo_pt.indd 1 29/11/2010 15:56:48 MIRAGE IMAGE porta retrato digital manual do usuário mirage photo_pt.indd 1 29/11/2010 15:56:48 Índice IMAGE 1. Introdução 2 2. Precauções importantes de segurança 3 3. Visão Geral do Aparelho 5 4. Opção

Leia mais

F-L2000 SÉRIE DE AÇO INOXIDÁVEL SISTEMA DE CONTROLE DE ACESSO POR PROXIMIDADE MANUAL DE INSTALAÇÃO

F-L2000 SÉRIE DE AÇO INOXIDÁVEL SISTEMA DE CONTROLE DE ACESSO POR PROXIMIDADE MANUAL DE INSTALAÇÃO F-L2000 SÉRIE DE AÇO INOXIDÁVEL SISTEMA DE CONTROLE DE ACESSO POR PROXIMIDADE MANUAL DE INSTALAÇÃO CONTEÚDO Característica Especiais...1 Painel Frontal e Tipos de Cartão...2 Procedimentos de Instalação...3

Leia mais

Visão geral do painel de controle

Visão geral do painel de controle Visão geral do painel de controle DCP-8112DN, DCP-8152DN e DCP-8157DN possuem as mesmas teclas. A ilustração é baseada no DCP-8157DN. 1 2 3 4 Contraste:- + Qualid. :Auto Ampl/Red :100% Bandeja :MU>B1 Sleep

Leia mais