Thermo Fisher Scientific A Empresa

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Thermo Fisher Scientific A Empresa"

Transcrição

1 The world leader in serving science Thermo Fisher Scientific A Empresa Domingos Zuccherelli Neto Gerente de Negócios para América do Sul Divisão Informática Thermo Fisher Scientific

2 Esta Apresentação Cobrirá: Visão Geral da Empresa Alguns de Nossos Clientes Nossa Estratégia de TI Visão Geral de Produtos Modelo de Negócios 2

3 The world leader in serving science Visão Geral da Empresa

4 Líder Mundial em Tecnologias para Laboratórios A Thermo Fisher é a líder global na fabricação e fornecimento de Instrumentos, Equipamentos, Consumíveis, Software e Soluções de Alta Tecnologia para TODOS os tipos de Laboratórios Dimensão Capacidades Estabilidade USD 10 bilhões em faturamento anual funcionários clientes Presença em 150 países Portfólio completo de produtos Tecnologia de classe mundial Alcance comercial global Empresa listada na S&P 500 Governança corporativa (SOx) 150 anos servindo nossos clientes 4

5 A Organização Pesquisa e desenvolvimento Instrumentos analíticos, equipamentos e software Aplicações industriais Canal de distribuição Consumíveis e reagentes Serviços globais 5

6 Presença da Thermo Fisher em Laboratórios On-line (Planta) Off-line (Laboratório) Process Mass Specs Medidores de Fluxo Analisadores de Elementos Analisadores de Espectroscopia Espectrometria de Massa Espectroscopia Molecular Análise Elementar Cromatografia Eletroquímica Software para Instrumentos LIMS Ferramentas Analíticas (bancos de dados) Instrumentação de Processo / Ambiental Serviços de Laboratório / Suporte ao Produto A Thermo Fisher Scientific Divisão Informatics Integra os universos Off-line e On-line 6

7 Thermo Scientific Informatics Divisão Informatics 28+ anos = estabilidade de longo-prazo Soluções LIMS 350+ funcionários Parceiros Atividades complementares Investimentos USD 80 milhões em recentes aquisições USD 12 milhões/ano em P&D. Liderança de mercado em soluções LIMS Fonte: ARC Report

8 The world leader in serving science Alguns de Nossos Clientes

9 Alguns de Nossos Clientes clientes licenças ativas diariamente instrumentos conectados interfaces com sistemas em operação 9

10 The world leader in serving science Nossa Estratégia de TI

11 Nossa Estratégia de TI: Integrações Integrando instrumentos e sistemas: Instrumentos Conectando instrumentos e equipamentos no laboratório Conectando o laboratório a sistemas de Manufatura e Financeiros da empresa Informática de Laboratório Provendo um Sistema Integrado de Negócios Sistemas Corporativos 11

12 Nossa Estratégia de TI: Connects Connects: Alavancando os dados do Laboratório Na Gestão Corporativa 12

13 Nossa Estratégia de TI: Conhecimento Transformando dados em conhecimento: A matéria-prima é apropriada? O produto final adere às especificações? As emissões ambientais estão dentro dos limites? Onde estão os gargalos no laboratório? Condições de saúde e segurança do trabalho estão sendo atendidas? Dados Informação Conhecimento LC IR Minutes Wavenumber (cm-1) NMR MS Parts Per Million Mass (m/z) 13

14 The world leader in serving science Visão Geral de Produtos

15 Aplicações LIMS LIMS para Produção e P&D Líder de mercado Mínimos processos manuais Compatibilidade com ISO Melhoria em qualidade de dados Gestão de recursos e consumíveis Dashboard executivo Multi-planta Configurável e completo Web-enabled Tecnologia.NET Bancos de dados Oracle, SQL Server 15

16 Gestão de Dados de Cromatógrafos Sistema de Gerenciamento de Cromatógrafos Interface única Virtualmente qualquer cromatógrafo Integração direta com LIMS 16

17 Integração de Instrumentos e Sistemas Dados do laboratório integrados com Sistemas Corporativos e de Produção Outros Documentação Workforce Legados PIMS / MES Honeywell Yokogawa Osisoft - AspenTech ERP SAP Oracle Network LIMS Network GRAMS Espectroscopia UV-IR Thermo FTIR Varian MS Bruker NMS Agilent etc. etc. Atlas Cromatografia GC Thermo GPC Varian SimDis Waters LC Agilent etc. etc. Integration Manager Instrumentos de Bancada Ponto de fulgor Hertzog Viscosidade Brookfield Densidade etc. etc. 17

18 Reconhecimento Pelos Analistas, Mídia e Parceiros 18

19 The world leader in serving science Modelo de Negócios

20 Modelo de Negócios Modelo Direto Licenciamento de software Suporte de software Consultoria (implementação, treinamento, customização) Benefícios ao Cliente Custos competitivos (aquisição, propriedade) Garantia de continuidade Qualidade e satisfação Estratégia de menor custo Parceiros Extensão e continuidade da estratégia Thermo Fisher Thermo Fisher Scientific Software / Consultoria Escritório Local / Regional Cliente Parceiro 20

21 Conclusão Estamos ativamente trabalhando nos seus maiores desafios Mais novidades estão por vir Obrigado! 21

22 Renato Marino Diretor- Brasil

23 Quem é a INTERFUSÃO? Interfusão: é uma empresa com mais de 25 anos comercial e serviços Mercados: Mineração; Cimento; Metais; Petroquímica; Farmacêutica; Parceiros: Scaw Metals (Moly Cop); desde 1992 ThermoFisher: desde 1995 Cheminova e Shenyang: desde1999 Thermo Informatics (LIMS): desde 2006

24 Unidade de Negócios LIMS Interfusão (Fernando Serviços) Interfusão (Renato Diretor) Interfusão (Equipe Serviço & Suporte) Interfusão (Ricardo Sales Manager) Labchrom (Marcos Vendas MG) Interfusão (Rogério Vendas RJ)

25 Projetos LIMS Interfusão

26 Estrutura Serviços Implementação de Software Instalar e configurar os Softwares da Thermo Scientific Serviços de Consultoria Project Management Business & Systems analysis Serviços de Validação Validação de Software & Consultoria Regulatória Completa Validação do ciclo de vida de suporte Serviço de Treinamento Treinamento Padrão Treinamento Customizado Suporte Helpdesk service (em implantação para o Brasil)

27 Consultoria Mapeamento do Laboratório Requerimentos Workflows Interface com Instrumentos Relatórios Interface com outros sistemas (SAP, PI etc) Análise do ROI Melhoria de processos Diminuição do tempo Maior capacidade de trabalho Melhor qualidade Cálculo do retorno do Investimento Demonstrações

28 Tela Principal SampleManager

29 Vista general de Amostras a analisar

30 The world leader in serving science Thermo Fisher Scientific Laboratory Software Solutions Kevin Smith

31 Agenda Informatics Overview 2008 Performance 2009 Market Outlook Strategic Overview 2

32 The world leader in serving science 2008 Performance August 2009

33 Industry Analysts ARC confirm Thermo Fisher s #1 ARC Advisory Group confirm ThermoFisher Scientific is the leading supplier of Lab Information Management Systems 2008 Laboratory Information Management Systems Worldwide Outlook Market analysis and forecast through 2013 Full market share details are copyright ARC Please contact John Kuenzler ) for further details 4

34 Frost and Sullivan confirm the only Tier 1 Vendor Frost & Sullivan s 2008 North American Competitive Strategy Leadership Award 5

35 Winners of Scientific Computing Reader s Choice Awards More awards than any other informatics vendor The only vendor to win and offer a comprehensive end-to-end informatics offering LIMS, CDS, Bioinformatics and Spectroscopy Software Bioinformatics Software Spectroscopy Software LIMS CDS 6

36 2008 Microsoft Life Science Award AstraZeneca were building a centralized biochemical screening facility Handling 150,000 samples/year from 80 global customers Over 50 different assays They needed an informatics platform to improve productivity They chose a Thermo Scientific Informatics solution running on a Microsoft platform Significantly improved the management of compounds, reagents and the team s workflow all in a single, discreet software solution. Reduced turnaround from 1 month to 7 days Achieved 180% productivity increase 7

37 2009 Microsoft Life Science Award! Hunt Research Centre in Norway Tracking biological samples from three of the largest health studies ever performed Security (patient privacy) and performance (real time data analysis) were critical They chose a Thermo Scientific Informatics solution running on a Microsoft platform! Productivity, throughput and accuracy have all increased Data transmitted securely and dependably to the health network Scientists get their answers faster! 8

38 The world leader in serving science Strategic Overview August 2009

39 The Evolution of the Laboratory The Future Strategic Investment 1. Make faster, more informed decisions 1990-Today Strategic Investment 1. Global harmonization & standardization 2. Communication & collaboration 3. Enterprise insight 4. Competitive advantage Improve Lab Productivity 1. Eliminate manual processes 2. Preconfigured solutions with test-methods for specified industry 2. Automate & centralize lab 10

40 What s Next Some Highlights Web Access Suite to provide a fully web enabled solution Expanded portfolio of products for our customers Support for standards such as ISO 17025, 14000, 9000 Key Partnerships to enable & accelerate more complete solutions Compliant Document Management Electronic Laboratory Notebook Reporting enhancements and Business Intelligence capabilities CONNECTS 11

41 Thermo Scientific Web Access Suite Ability to completely web-enable all our products Server-based solution with near-zero-footprint clients Same features and functions, look and feel Provides instant access to Thermo Scientific applications From any device or platform Secure corporate network Desktop Client Database Application Server LAN, WAN or Internet Web Client Citrix Client 12

42 Introducing Thermo Scientific Connects Leverage Your Laboratory Data for Enterprise Insights Integrating the lab into the enterprise 13

43 ELN and DMS are Key to Thermo Scientific Connects Electronic Lab Notebook and Document Management System Most comprehensive portfolio of laboratory Informatics LIMS, CDS, DMS and now ELN from a single supplier ~ 20% of laboratory data is structured that is, captured, stored and retrievable in software applications such as LIMS and CDS The other 80% of data is unstructured the ELN will access unstructured data from research and reference information and make it available to scientists in real-time and the DMS will manage these documents in a controlled way 14

44 Why provide an ELN solution? Our customers are asking for an ELN 33%* of all LIMS owners are in the market for an ELN ELN benefits* : 36%: ELNs have tools to help me be more productive 15%: it eliminated all paperwork 13%: it helped to better organize my data 10%: gave me more time to spend on science Similar customers with the similar challenges Share the same vision of integrating the lab for faster, more informed business decisions and facilitating collaboration Same approach: purpose-built, flexible,.net *Atrium Research report of a study of over 600 scientists and managers in R&D 15

45 ELN: Drive Experimental Process Enterprise deployment Support both regulated and nonregulated research environments Ease of compliance Automated and integrated data capture Reduced data transcription and omission errors Improve IP security Minimal customization 16

46 Document Management Need Web-based solution enabling internal and external collaboration Open & Extensible enabling easy deployment and immediate ROI Easy-to-use combined solution with immediate productivity gains Office SharePoint based Regulatory Document Management Quality, Compliance & Process Solutions Universal PKI Digital Signatures SolutionMicrosoft Extranet Collaboration generation web - based technology Cost Effective & easy to use Easy to deploy Broad Market Acceptance Open & Extensible BenefitsLatest PKI Digital Signatures Auditing & Controls Digital Signatures Life Cycle Mgmt Review/Publish Visual Workflows Regulatory & Clinical EDM Quality Management Marketing Management Compliant Electronic Document Management Contracts Management Content Management & Collaboration (Microsoft Office SharePoint Server 2007) Research & Discovery Pre-Clinical Clinical Manufacturing Sales & Marketing 17

47 Controlled Document Management Document signing from the right click menu 18

48 Informatics in the Enterprise Bringing it all Together 19

49 Ultimate Goal - Integrated End to End Workflows Received Raw Materials Scales Optical Emission XRF Weighing Mixing Smelting Gas Analysis Casting Quality Control Rolling and Finishing Thickness measurement Laboratory Information Management Systems Perform Release Test Manufactured Products 20

50 In Closing We are actively working on your biggest challenges More to come OBRIGADO 21

51 The world leader in serving science Using Your LIMS to Support Ed Ingalls Director of Services Informatics, Thermo Fisher Scientific

52 This Talk Introduction to the standard Relevant clauses Mapping to LIMS functionality Conclusion 2

53 ISO Background Replaces ISO Guide 25 and EN internationally The above Standards date from 1980 s and early 1990 s and it was recognised that they were outdated Less prescriptive than earlier standards Greater responsibility on labs to define the requirement according to fitness for purpose Much of the thinking comes from the ISO 9000 Series of Standards Testing laboratories that comply with this International Standard may therefore also operate in accordance with ISO 9001 or ISO if they are developing new methods 9002 if they are using standardized (ASTM etc) methods Think of ISO17025 as ISO9000 plus the specific requirements of running a good laboratory 3

54 Structure of ISO Two main sections Section 4 management requirements Document Control Supplier management Review of Requests, Tenders and Contracts Corrective actions Records Section 5 technical requirements Qualification of operators, instruments, methods Control of data Reporting Numerous notes pay attention to these!!! Comprehensive bibliography of related standards ISO Accuracy of measurement methods ISO Quality Management ISO for development and supply of software ISO QA requirements for measuring equipment Get copies of any relevant ones 4

55 Requirements of ISO (1) Requirements which will be most involved with LIMS are in sections: 4.4 Review of requests and contracts 4.6 Purchasing services and supplies 4.8 Complaints 4.9 Control of non-conforming testing 4.10 Corrective action 4.11 Preventive action 4.12 Records Training and authorization of personnel Validation of methods 5.5 Instrument calibration records 5.9 Assuring the quality of test results 5.10 Reporting results 5

56 4.4 Review of Requests and Contracts The aim is to ensure mutual understanding, between laboratory and client, at all stages of the work regarding: client requirements Including when results are required! the tests to be performed performance characteristics Likely to involve more formalised records of relevant discussions with clients If properly executed, this section can be of great benefit to labs clients should have little cause for complaints! 6

57 Example - do we have capacity to do the work? b) the laboratory has the capability and resources to meet the requirements Loading report 7

58 4.6 Purchasing Services and Supplies The laboratory shall use only such services and supplies that are of the quality needed to sustain confidence in the results of tests and/or calibrations Track approved suppliers LIMS stock control for standards, reagents etc 8

59 4.6 Purchasing Services and Supplies Don t forget the LIMS and other critical software! ISO (see bibliography) Think of ISO17025 as ISO9000 plus the specific requirements of running a good laboratory ISO is ISO 9000 plus the specific requirements of developing software Sometimes referred to as TickIT If in doubt, be sure to check the software supplier scope statement! 9

60 4.8 Complaints 4.8 Complaints When something unexpected happens, need to plan and track actions through to closure. LIMS Incident Management Generated manually or automatically Templates for type of incident defines required actions Each action completed, reviewed and closed Report of all actions to close an incident Also used for 4.9 Control of non-conforming testing 4.10 Corrective action (fixing the issue and avoiding recurrence) 10

61 Incident Management (generated manually or automatically) 11

62 4.11 Preventative Action potential sources of non conformances shall be identified LIMS SQC/AQC Charts Control charts can identify results that indicate analytical process heading out of control, even though results today still in spec AQC Worksheets specifically check the analytical method See and 5.9 Also used for Method Validation 5.9 Assuring the Quality of Test Results 12

63 4.12 Records Keep general and technical records. Prevent unauthorized access Who can do what? Audit trails who actually did what and when (required for patents too) LIMS Security controls 13

64 5.2.5 Training and authorization of personnel The management shall authorize specific personnel LIMS Operator Approval controls access to instruments and methods. 14

65 5.4.5 Validation of methods Validation is the confirmation by examination and the provision of objective evidence that the particular requirements of a specific intended use are fulfilled. The strongest part of the standard - Validation was not mentioned in earlier versions Now clear that the primary responsibility to decide on fitness for purpose lies with the lab. 15

66 5.4.5 Validation of methods Process of validation identify the purpose of the test review method performance data review the data confirm fitness for purpose LIMS AQC Worksheets Initialization checks, Calibration checks, interference checks, matrix spike, matrix spike duplicates, duplicates, controls, surrogates Also used for 4.11 Preventive action 5.9 Assuring the Quality of Test Results 16

67 LIMS AQC Worksheets 17

68 5.9 Assuring the Quality of Test Results Note that the Standard is not prescriptive it is the responsibility of labs to plan and review appropriate quality control measures New requirement to record data in such a way that trends are detectable and, where practicable, apply statistical techniques to the reviewing of results LIMS SQC, AQC Worksheets (as for 5.4.5) 18

69 Realistic Benefits to Analysts Speedier recording of results Less counter checking for transcription errors Automation of tedious tasks 19

70 Realistic Benefits to Supervisors Less time looking for data Improved sample management Improved use of resources 20

71 Realistic Benefits to Management Timely information from data Better decision support Information facilitating lab management 21

72 Recommendations Take a logical and pragmatic approach what makes sense for you? It is your lab and hence your quality system You don t need to qualify everything Map your requirements on to LIMS functions Balance risks and get management and worker buy-in Present a united front to the auditors Have evidence of decisions taken regarding implementation Document, document, document 22

73 Acknowledgements Trevor De Silva Scimcon Scimcon is a scientific information & knowledge management consultancy centered on laboratories. Its consultants provide frontline experience in four critical areas: Knowledge management strategy IS strategy development Successful IS projects Accreditation with minimum constraints 23

74 The world leader in serving science Software para Laboratório Retorno Sobre Investimento Domingos Zuccherelli Neto Gerente de Negócios para América do Sul Divisão Informática Thermo Fisher Scientific

75 Esta Apresentação Cobrirá Definição de LIMS Propósitos e Benefícios do LIMS Áreas Funcionais de um LIMS Exemplos de Retorno Sobre Investimentos Conclusão 2

76 The world leader in serving science Definição de LIMS

77 O Que É LIMS? Laboratory Information Management System É um sistema de banco de dados para manutenção de registros precisos de trabalhos desenvolvidos no ambiente do laboratório 4

78 The world leader in serving science Propósitos e Benefícios do LIMS

79 Considerações Sobre Investir (ou Não) em LIMS Fazer nada e ficar como está (anotações manuais, Excel etc.) e perder tempo e dinheiro O que os concorrentes estão fazendo e por que? Todos estão fazendo isso e eu tenho que fazer também Manipulação de dados Economia de tempos e custos custo total de propriedade (TCO) Relatórios pesadelo de dados Integração relacionados a TI e negócios Conectar com clientes e fornecedores e trocar dados online Manter o foco em valores essenciais concentração exclusiva no trabalho Regulamentações FDA, ISO etc. 6

80 Qual É o Propósito de um LIMS? Maximizar valores a partir das operações do laboratório Melhorar a eficiência do laboratório Apoiar compatibilização com regulamentações e padrões de qualidade Reduzir o tempo gasto com: Localização de amostras Entrada e revisão de dados Cálculo de resultados Produção de relatórios Comunicação com os clientes do laboratório 7

81 Compatibilização com Regulamentações e Padrões Apoio ao laboratório na compatibilização com: Padrões de qualidade tais como ISO 9000 e ISO Padrões regulatórios tais como GxP, FDA 21 CFR Parte 11 Padrões ambientais tais como ISO É igualmente importante se o seu laboratório produz dados que são: Usados para confirmar se um produto está dentro das especificações Usados para confirmar a segurança de um produto Submetidos para uma corte de justiça (laboratórios forenses, proteção de patentes) 8

82 The world leader in serving science Áreas Funcionais de um LIMS

83 Algumas Áreas Funcionais de um LIMS Gestão do ambiente do laboratório Informação sobre pessoal, instrumentos, procedimentos analíticos, tipos de amostras, clientes, produtos, outros sistemas de TI Processamento (ciclo de vida) de amostras Registro do progresso de amostras pelo laboratório Gestão de resultados Entrada de resultados, comparação com especificações, e autorização dos resultados de testes analíticos Relatórios Geração de relatórios ou certificados de análises baseada nas informações correntemente constantes no banco de dados 10

84 Registro da Amostra 11

85 Recebimento da Amostra no Laboratório 12

86 Assinalamento de Testes 13

87 Entrada de Resultados 14

88 Verificação de Especificações 15

89 Relatórios 16

90 Interfaceando com Sistemas Externos Dados do laboratório integrados com Sistemas Corporativos e de Produção 17

91 Outras Funcionalidades Apoiar Produtividade Código de barras Integração com instrumentos Rastreamento de localização Planejamento de trabalho/recursos Gerenciamento por exceção (incidentes etc.) Arquitetura técnica e impacto na sobrecarga administrativa de TI Apoiar Compatibilização Segurança Aprovação do operador Calibração e manutenção de instrumentos (incluindo AQC) SQC (estatísticas) Assinaturas eletrônicas Qualificação do fornecedor 18

92 The world leader in serving science Exemplos de Retorno Sobre Investimentos

93 Exemplos de ROI no Laboratório Economias de pessoal em homens/dia por ano Homens-Dia por Ano Economia Real (USD) Introdução de código de barras para recebimento de anostras 2 minutos por amostra 272 $40,800 Transcrição de GC para planilhas 4 horas por planta por dia 440 $66,000 Acesso online para a produção (evitar chamados ao laboratório) Coleta mensal de informações de relatórios de gestão Repositório central para dados corporativos voltados a pesquisas de clientes Atualizando sistema de faturamento com dados de amostra, liberação de lotes Verificação automatizada de resultados de laboratório 20 minutos por planta por dia 4 homens-dia por planta por mês 18 $2, $7, pesquisas por dia 15 $2, minutos por amostra 1248 $187, minutos por analista por dia 330 $49,500 $355,650 20

94 Outros Exemplos de Benefícios Retorno Sobre Investimento com o LIMS Thermo Fisher BP: Benefício em melhorias de verificação de especificações. Economias de aproximadamente USD 2 milhões por ano Statoil: Integração com operações economizaram USD 800 mil por ano no controle de operações de blending. Integração com sistema financeiro economizou mais USD 180 mil em redução de custos de transporte Bristol Myers Squibb: Estimativas de uma planta, apenas, indicam que em 2 anos o LIMS traria economias de USD 1 milhão Petrobras: Satisfação dos clientes do laboratório aumentaram de 68% para 99% após a implementação do LIMSLaboratory customer satisfaction increased from 68% to 99% after implementing LIMS Fonte: Apresentações feitas no Encontro de Grupos de Usuários de

95 The world leader in serving science Conclusão

96 Conclusão LIMS pode trazer múltiplos benefícios para seus negócios Eficiência do laboratório / reduções de custos Compatibilização mais fácil / melhorada com padrões de qualidade (ISO etc.) Maior satisfação dos clientes Então, é só planejar ações e colocá-las em marcha... 23

Project Management Activities

Project Management Activities Id Name Duração Início Término Predecessoras 1 Project Management Activities 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 2 Plan the Project 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 3 Define the work 15 dias Sex 05/10/12

Leia mais

Microsoft. Driving Better Business Performance. André Amaral aamaral@microsoft.com

Microsoft. Driving Better Business Performance. André Amaral aamaral@microsoft.com Microsoft Driving Better Business Performance André Amaral aamaral@microsoft.com Business Intelligence Improving business insight A broad category of applications and technologies for gathering, storing,

Leia mais

CMDB no ITIL v3. Miguel Mira da Silva. mms@ist.utl.pt 919.671.425

CMDB no ITIL v3. Miguel Mira da Silva. mms@ist.utl.pt 919.671.425 CMDB no ITIL v3 Miguel Mira da Silva mms@ist.utl.pt 919.671.425 1 CMDB v2 Configuration Management IT components and the services provided with them are known as CI (Configuration Items) Hardware, software,

Leia mais

ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações

ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações Raquel Silva 02 Outubro 2014 ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 PUBLICAÇÃO DIS: - Draft International Standard

Leia mais

Otimização geral de processos (OEE) Fabian Prehn Campinas Setembro 2014

Otimização geral de processos (OEE) Fabian Prehn Campinas Setembro 2014 Otimização geral de processos (OEE) Fabian Prehn Campinas Setembro 2014 Agenda Agenda Futuro da produção farmacêutica Future of pharmaceutical production Compressão como principal ponto no processo de

Leia mais

Introdução e Benefícios do LIMS. Renato Marino Interfusão Diretor de Negócios

Introdução e Benefícios do LIMS. Renato Marino Interfusão Diretor de Negócios Introdução e Benefícios do LIMS Renato Marino Interfusão Diretor de Negócios O que é LIMS? Laboratory Information Management System Um sistema de banco de dados para manter um preciso histórico do trabalho

Leia mais

DATA: 06/05/2015 AUDITÓRIO: ESTRATÉGIA E GESTÃO TEMA: INFORMAÇÕES NÃO FALTAM: O QUE FAZER COM ELAS? PALESTRANTE: FERNANDO LEMOS

DATA: 06/05/2015 AUDITÓRIO: ESTRATÉGIA E GESTÃO TEMA: INFORMAÇÕES NÃO FALTAM: O QUE FAZER COM ELAS? PALESTRANTE: FERNANDO LEMOS DATA: 06/05/2015 AUDITÓRIO: ESTRATÉGIA E GESTÃO TEMA: INFORMAÇÕES NÃO FALTAM: O QUE FAZER COM ELAS? PALESTRANTE: FERNANDO LEMOS Copyright 2014 Oracle and/or its affiliates. All rights reserved. Inovando

Leia mais

OVERVIEW DO EAMS. Enterprise Architecture Management System 2.0

OVERVIEW DO EAMS. Enterprise Architecture Management System 2.0 OVERVIEW DO EAMS Enterprise Architecture Management System 2.0 NETWORKS @arqcorp_br #eamsrio http://arquiteturacorporativa.wordpress.com/ WE MANAGE KNOWLEDGE, WITH YOU Arquitetura Empresarial Repositório

Leia mais

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas)

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Professional activities/tasks Design and produce complex ICT systems by integrating

Leia mais

Tecnologia da Informação em Saúde. Consulado Americano no Brasil. Altino Ribeiro Leitão Gerente-geral de Informação e Sistemas 17 de Setembro de 2014

Tecnologia da Informação em Saúde. Consulado Americano no Brasil. Altino Ribeiro Leitão Gerente-geral de Informação e Sistemas 17 de Setembro de 2014 Tecnologia da Informação em Saúde Consulado Americano no Brasil Altino Ribeiro Leitão Gerente-geral de Informação e Sistemas 17 de Setembro de 2014 Missão Institucional da ANS Promover a defesa do interesse

Leia mais

SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata:

SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata: SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata: Vaga: Estagiário Área Jurídica Área: Legal Department O Departamento Jurídico é uma área dinâmica que possui

Leia mais

Revista Inteligência Competitiva Daniela Ramos Teixeira

Revista Inteligência Competitiva Daniela Ramos Teixeira 15 INTELIGÊNCIA DE MERCADO: TRANSFORMANDO AS OLIMPÍADAS EM NEGÓCIOS 1 RESUMO Um dos grandes desafios das organizações hoje é a aplicabilidade assertiva das técnicas de análise e métodos utilizados em Inteligência

Leia mais

Criando diferenciais competitivos e minimizando riscos com uma boa. Claudio Yamashita Country Manager Intralinks Brasil

Criando diferenciais competitivos e minimizando riscos com uma boa. Claudio Yamashita Country Manager Intralinks Brasil Criando diferenciais competitivos e Informação minimizando riscos com uma boa Governança da Claudio Yamashita Country Manager Intralinks Brasil PESQUISA GLOBAL DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO 2014 - EY Pensando

Leia mais

A sua Organização já está preparada para o novo Código dos Contratos Públicos (CCP, DL 18/2008)?

<Insert Picture Here> A sua Organização já está preparada para o novo Código dos Contratos Públicos (CCP, DL 18/2008)? A sua Organização já está preparada para o novo Código dos Contratos Públicos (CCP, DL 18/2008)? Sessão Aberta Homero Silveira - Sector Público e Saúde Contratação Pública agenda

Leia mais

Transformação dos negócios de distribuição e os desafios do setor

Transformação dos negócios de distribuição e os desafios do setor Transformação dos negócios de distribuição e os desafios do setor Geraldo Guimarães Jr Diretor para Indústria de Utilities SAP para Utilities Liderança Global no Setor Maior Provedor de Soluções e Aplicações

Leia mais

Comparação das normas ISO 9001 e ISO 20000

Comparação das normas ISO 9001 e ISO 20000 Comparação das normas ISO 9001 e ISO 20000 1 Whoi am RESUME OF THE PRESENTER Coordenador de processos de Certificação na APCER Auditor ISO 9001 / ISO 27001 / ISO 20000 / SA 8000 Assessor Qweb e IQNET 9004

Leia mais

Gerenciando a Cadeia de Suprimentos (Managing the Supply Chain) A Experiência Cargill ( Cargill s Experience)

Gerenciando a Cadeia de Suprimentos (Managing the Supply Chain) A Experiência Cargill ( Cargill s Experience) Gerenciando a Cadeia de Suprimentos (Managing the Supply Chain) A Experiência Cargill ( Cargill s Experience) 1 Jose de Ribamar, Ger Qualidade e Food Safety Cargill Amidos e Adoçantes América do Sul jose_ribamar@cargill.com

Leia mais

Cloud Computing. Provendo valor ao negócio através da Gerência de Serviços Automatizada. Gerson Sakamoto gsakamoto@br.ibm.com

Cloud Computing. Provendo valor ao negócio através da Gerência de Serviços Automatizada. Gerson Sakamoto gsakamoto@br.ibm.com Cloud Computing Provendo valor ao negócio através da Gerência de Serviços Automatizada Gerson Sakamoto gsakamoto@br.ibm.com 1 Definição de Computação em Nuvem Computação em Nuvem é um novo modelo de aquisição

Leia mais

SAP Cloud for Analytics. Alexandre Ribeiro

SAP Cloud for Analytics. Alexandre Ribeiro SAP Cloud for Analytics Alexandre Ribeiro Meu nome é Alexandre Ribeiro Presales Specialist SAP Brasil 2 3 Por que o Dados Analítico na Nuvem? Nos próximos 2 Anos 36% Já migrou ou irá migrar para BI na

Leia mais

egovernment The Endless Frontier

egovernment The Endless Frontier CENTRO DE GESTÃO DA REDE INFORMÁTICA DO GOVERNO (Management Center for the Electronic Government Network) egovernment The Endless Frontier Alexandre Caldas 29 th June 2010 Summary VISION AND LEADERSHIP

Leia mais

A solução para Gestão de RH com ênfase em Logística de Pessoas, Treinamento e Expatriados

A solução para Gestão de RH com ênfase em Logística de Pessoas, Treinamento e Expatriados A solução para Gestão de RH com ênfase em Logística de Pessoas, Treinamento e Expatriados The solution to HR management with an emphasis on Logistics People, Training and Expatriates folder_drake_2013_pg_individual.indd

Leia mais

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO NBR ISO/IEC 27002: 2005 (antiga NBR ISO/IEC 17799) NBR ISO/IEC 27002:2005 (Antiga NBR ISO/IEC 17799); 27002:2013. Metodologias e Melhores Práticas em SI CobiT; Prof. Me. Marcel

Leia mais

Neutron Reference Measurements to Petroleum Industry

Neutron Reference Measurements to Petroleum Industry LABORATÓRIO NACIONAL DE METROLOGIA DAS RADIAÇÕES IONIZANTES IRD- Instituto de Radioproteção e Dosimetria Neutron Reference Measurements to Petroleum Industry Karla C. de Souza Patrão, Evaldo S. da Fonseca,

Leia mais

A Cloud Computing Architecture for Large Scale Video Data Processing

A Cloud Computing Architecture for Large Scale Video Data Processing Marcello de Lima Azambuja A Cloud Computing Architecture for Large Scale Video Data Processing Dissertação de Mestrado Dissertation presented to the Postgraduate Program in Informatics of the Departamento

Leia mais

Digital Cartographic Generalization for Database of Cadastral Maps

Digital Cartographic Generalization for Database of Cadastral Maps Mariane Alves Dal Santo marianedalsanto@udesc.br Francisco Henrique de Oliveira chicoliver@yahoo.com.br Carlos Loch cloch@ecv.ufsc.br Laboratório de Geoprocessamento GeoLab Universidade do Estado de Santa

Leia mais

Tese / Thesis Work Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java

Tese / Thesis Work Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java Licenciatura em Engenharia Informática Degree in Computer Science Engineering Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java Performance analysis of large distributed

Leia mais

inlux Desvende o seu IT

inlux Desvende o seu IT inlux Desvende o seu IT Luís Ganhão Sales Consultant Manager Ask not what your Country can do for you Ask what you can do for your Country John F. Kennedy, Washington, 20 de Janeiro

Leia mais

BRIGHAM AND EHRHARDT PDF

BRIGHAM AND EHRHARDT PDF BRIGHAM AND EHRHARDT PDF ==> Download: BRIGHAM AND EHRHARDT PDF BRIGHAM AND EHRHARDT PDF - Are you searching for Brigham And Ehrhardt Books? Now, you will be happy that at this time Brigham And Ehrhardt

Leia mais

// gaiato private label

// gaiato private label // gaiato private label // a empresa // the company A Calçado Gaiato é uma empresa prestadora de serviços no setor de calçado, criada em 2000 por Luís Pinto Oliveira e Mário Pinto Oliveira, sócios-fundadores

Leia mais

2012 State of the Industry Survey

2012 State of the Industry Survey 2012 State of the Industry Survey Contact Information Por favor, preencha suas informações de contato (* indicates required information) Nome * Título * Title Razão Social completa da Empresa/Organização

Leia mais

EPLNA_2012. Ciclo de Garantia da Qualidade Analítica: tendências e etapas fundamentais para a fornecer resultados confiáveis

EPLNA_2012. Ciclo de Garantia da Qualidade Analítica: tendências e etapas fundamentais para a fornecer resultados confiáveis Ciclo de Garantia da Qualidade Analítica: tendências e etapas fundamentais para a fornecer resultados confiáveis Prof. Dr. Igor Renato Bertoni Olivares Top 02 in analytical chemistry Impact Factor - 6,6

Leia mais

EVERYTHING YOU NEED TO MANAGE YOUR PROJECTS

EVERYTHING YOU NEED TO MANAGE YOUR PROJECTS EVERYTHING YOU NEED TO MANAGE YOUR PROJECTS elo Engineering Logistics Software Copyright - All rights reserved - DC2 Solutions Developed by A solução ELO foi desenhada para gerenciar todas as atividades

Leia mais

User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing

User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing User interface evaluation experiences: A brief comparison between usability and communicability testing Kern, Bryan; B.S.; The State University of New York at Oswego kern@oswego.edu Tavares, Tatiana; PhD;

Leia mais

João Matias. Managing Director Oracle Portugal

João Matias. Managing Director Oracle Portugal João Matias Managing Director Oracle Portugal Pontos de Partida. Para onde Vamos? Evolução. Estratégia. Desafios. A vida começa aos quarenta... Evolução O passado recente dos ambientes de IT Best of Breed

Leia mais

luis.calado@microsoft.com

luis.calado@microsoft.com luis.calado@microsoft.com Software O melhor dos dois mundos Controlo sobre o utilizador Opções de implementação para as TI + Serviços Alargar a plataforma e as ferramentas para a nuvem Experiência em

Leia mais

QUEM SOMOS WHO WE ARE

QUEM SOMOS WHO WE ARE QUEM SOMOS A 5PM Consulting é uma empresa de consultoria que atua nos segmentos industrial, construção civil e obras de infraestrutura, fornecendo planejamento, gerenciamento e Follow Up dos empreendimentos.

Leia mais

Presentation: MegaVoz Contact Center Tool

Presentation: MegaVoz Contact Center Tool Presentation: MegaVoz Contact Center Tool MegaVoz MegaVoz Solution: Automatic tool for contact phone management Contact Center strategy support; Advanced Resources technology (Computer Telephony Integration);

Leia mais

Evolução do Outsourcing IT: Real ICT A evolução do IT Outsourcing é baseada em soluções end to end flexíveis e com um único SLA orientado ao negócio. Rui Franco Chief Sales & Support Officer T-Systems

Leia mais

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012 Universidade do Minho Escola de Engenharia UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13 11 de outubro 2012 1 2 2 courses offered in the first semestre: Métodos de Investigação em Engenharia

Leia mais

Definição do Modelo de Processo

Definição do Modelo de Processo Definição do Modelo de Processo 1. Introdução 1.1. Finalidade Mapear práticas sugeridas (i) pelo Padrão para Gestão de Portfólio do PMI, (ii) pelo Modelo de Referência do MPS.BR e (iii) pela Norma ISO/IEC

Leia mais

COMUNICADO. O Governo do Amazonas não contraiu nenhum tipo de obrigação quanto à aquisição de todos os produtos na Ata de Registro de Preços.

COMUNICADO. O Governo do Amazonas não contraiu nenhum tipo de obrigação quanto à aquisição de todos os produtos na Ata de Registro de Preços. COMUNICADO A Apresentação a seguir trata do contrato Select que foi assinado entre o Governo do Amazonas e a Microsoft para aquisição de licenças com preço reduzido para Governos; O Governo do Amazonas

Leia mais

www.slippers4hotel.com

www.slippers4hotel.com www.slippers4hotel.com SLIPPERS4HOTEL é uma marca inovadora, criada para marcar a diferença no fornecimento de chinelos. Acima de tudo, pretendemos a satisfação dos nossos clientes, pelo que temos grande

Leia mais

hdd enclosure caixa externa para disco rígido

hdd enclosure caixa externa para disco rígido hdd enclosure caixa externa para disco rígido USER S GUIDE SPECIFICATONS HDD Support: SATA 2.5 Material: Aluminium and plastics Input connections: SATA HDD Output connections: USB 3.0 (up to 5.0Gbps)

Leia mais

Fidelize seus clientes e incremente seus resultados SAP Cloud for Services

Fidelize seus clientes e incremente seus resultados SAP Cloud for Services Fidelize seus clientes e incremente seus resultados SAP Cloud for Services Paulo Felix Gerente de Vendas via Parceiros, Customer Engagement & Commerce SAP Brasil O MUNDO DO ATENDIMENTO AO CLIENTE MUDOU

Leia mais

IBM MobileFirst: Identificando e Capturando novas oportunidades de negócio

IBM MobileFirst: Identificando e Capturando novas oportunidades de negócio IBM MobileFirst: Identificando e Capturando novas oportunidades de negócio Eduardo Macedo Curro Gerente de Soluções de Mobilidade 2014 IBM Corporation 1 Quais são as principais tendências do mercado de

Leia mais

Desenvolvimento Ágil 1

Desenvolvimento Ágil 1 Desenvolvimento Ágil 1 Just-in-Time Custo = Espaço + Publicidade + Pessoal De que forma poderiamos bater a concorrência se um destes factores fosse zero? 2 Just-in-time Inventory is waste. Custo de armazenamento

Leia mais

Participatory Map of Rio de Janeiro

Participatory Map of Rio de Janeiro Leandro Gomes Souza Geographer Luiz Roberto Arueira da Silva Director of City Information Pereira Passos Institute - City of Rio de Janeiro About us Pereira Passos Institute (IPP) is Rio de Janeiro municipal

Leia mais

Enterprise Content Management [ECM] Impulsionando o Poder da Informação

Enterprise Content Management [ECM] Impulsionando o Poder da Informação Enterprise Content Management [ECM] Impulsionando o Poder da Informação O SoftExpert ECM Suite provê as tecnologias utilizadas para criar, capturar, gerenciar, armazenar, preservar e distribuir todos os

Leia mais

Microsoft Nosso Comprometimento Mais de 9 bilhões em P&D/ano

Microsoft Nosso Comprometimento Mais de 9 bilhões em P&D/ano Microsoft Nosso Comprometimento Mais de 9 bilhões em P&D/ano Windows e Web Dynamics Comunicação e Produtividade Servidores Infraestrutura Empresarial Busca e Anúncios Mobilidade Entretenimento e TV PRODUTIVIDADE

Leia mais

Microsoft Nosso Comprometimento Mais de 9 bilhões em P&D/ano

Microsoft Nosso Comprometimento Mais de 9 bilhões em P&D/ano Microsoft Nosso Comprometimento Mais de 9 bilhões em P&D/ano Windows e Web Dynamics Comunicação e Produtividade Servidores Infraestrutura Empresarial Busca e Anúncios Mobilidade Entretenimento e TV Microsoft

Leia mais

Fábrica Digital - Como a Tecnologia da Informação suporta a Inovação. Daniel Bio SAP Brasil

Fábrica Digital - Como a Tecnologia da Informação suporta a Inovação. Daniel Bio SAP Brasil Fábrica Digital - Como a Tecnologia da Informação suporta a Inovação Daniel Bio SAP Brasil Atuação e presença em +120 países, 37 idiomas Cerca de 54.000 funcionários 7 Centros Globais de Suporte, oferecendo

Leia mais

Geração automática de suíte de teste para GUI a partir de Rede de Petri

Geração automática de suíte de teste para GUI a partir de Rede de Petri Raquel Jauffret Guilhon Geração automática de suíte de teste para GUI a partir de Rede de Petri Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre pelo

Leia mais

Searching for Employees Precisa-se de Empregados

Searching for Employees Precisa-se de Empregados ALIENS BAR 1 Searching for Employees Precisa-se de Empregados We need someone who can prepare drinks and cocktails for Aliens travelling from all the places in our Gallaxy. Necessitamos de alguém que possa

Leia mais

A Aviação no Comércio Europeu de Licenças de Emissão Especificidades para pequenos emissores

A Aviação no Comércio Europeu de Licenças de Emissão Especificidades para pequenos emissores A Aviação no Comércio Europeu de Licenças de Emissão Especificidades para pequenos emissores Departamento de Alterações Climáticas, Ar e Ruído (DACAR) Divisão de Poluição Atmosférica e Alterações Climáticas

Leia mais

DMZ na Integração TI x TA, para o PI System. Pedro Henrique Moura Costa - TSA

DMZ na Integração TI x TA, para o PI System. Pedro Henrique Moura Costa - TSA DMZ na Integração TI x TA, para o PI System Presented by Eduardo Teixeira Pedro Henrique Moura Costa - TSA Copyright 2014-15 OSIsoft, LLC. TSA Engenharia Mais de 600 projetos executados - 30% - Turn-key

Leia mais

Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment

Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment Analysis, development and monitoring of business processes in Corporate environment SAFIRA is an IT consulting boutique known for transforming the way organizations do business, or fulfil their missions,

Leia mais

Garantindo a produtividade dos usuários e o máximo uso de aplicações SAP

Garantindo a produtividade dos usuários e o máximo uso de aplicações SAP SAP Forum 2013 Garantindo a produtividade dos usuários e o máximo uso de aplicações SAP Versão 5.0 / Março 2013 Siemens Ltda. 2010 2013. / Todos os direitos reservados. SAP UEM by Knoa Case Siemens A Siemens

Leia mais

SPICE e ISO 15504. Jorge H C Fernandes 2004

SPICE e ISO 15504. Jorge H C Fernandes 2004 SPICE e ISO 15504 Jorge H C Fernandes 2004 SPICE: Um Framework para a Avaliação Integrada de Processos de Software [SPICE 1] Process Identifies changes to Is examined by Process Assessment Identifies capability

Leia mais

IT Governance e ISO/IEC 20000. Susana Velez

IT Governance e ISO/IEC 20000. Susana Velez IT Governance e ISO/IEC 20000 Susana Velez Desafios de TI Manter TI disponível Entregar valor aos clientes Gerir os custos de TI Gerir a complexidade Alinhar TI com o negócio Garantir conformidade com

Leia mais

CALENDÁRIO DE FORMAÇÃO MICROSOFT > 2º Semestre 2010

CALENDÁRIO DE FORMAÇÃO MICROSOFT > 2º Semestre 2010 CURSOS IT PROFESSIONAL Horas Dias Jul Ago Set Out Nov Dez Exame Certificação Valor Microsoft Windows XP M2261 - Supporting Users Running the MS Windows XP OS 21 3 5 7 1..3 70-271 MCP+MCDST 1 800 USD M2262

Leia mais

Implementando soluções com o SharePoint 2007, Windows Workflow Foundation e InfoPath 2007 (e pouca codificação) Adriano Gomes Microsoft Brasil

Implementando soluções com o SharePoint 2007, Windows Workflow Foundation e InfoPath 2007 (e pouca codificação) Adriano Gomes Microsoft Brasil Implementando soluções com o SharePoint 2007, Windows Workflow Foundation e InfoPath 2007 (e pouca codificação) Adriano Gomes Microsoft Brasil 01. 02. 03. 04. Infopath Infopath Mais Integrado Workflow

Leia mais

Garantindo a Segurança de Acesso no PI System

Garantindo a Segurança de Acesso no PI System Garantindo a Segurança de Acesso no PI System Presented by Eduardo Teixeira Pedro Henrique Moura Costa - TSA Copyr i g h t 2 0 1 4-1 5 O S Is o f t, L L C. Necessidades do projeto Implantação da solução

Leia mais

Gestão de Projetos CMMI e outros modelos de referência

Gestão de Projetos CMMI e outros modelos de referência Gestão de Projetos CMMI e outros modelos de referência Autora: Ivanise M. Gomes IO SEPG Manager Mercosur General Motors do Brasil, IS&S Agenda Ø Introdução Ø Visão Estratégica Ø Malcolm Baldrige Ø ISO

Leia mais

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho Título: Direção e Taxa (Velocidade) de Acumulação de Capacidades Tecnológicas: Evidências de uma Pequena Amostra de Empresas de Software no Rio de Janeiro, 2004 Autor(a): Eduardo Coelho da Paz Miranda

Leia mais

Case Ativas eflex Enhanced

Case Ativas eflex Enhanced Case Ativas eflex Enhanced Raphael Pereira Gerente de Segurança da Informação Vantagens do modelo de licenciamento Symantec 1 Tópicos da Apresentação Overview Institucional ATIVAS Infra-estrutura de TI

Leia mais

Sourcing Travel Management Services. Patrocinado por

Sourcing Travel Management Services. Patrocinado por Sourcing Travel Management Services Patrocinado por February 2009 Components Moderator: Ricardo Mandarino Santander, Brasil Panelists: Robert Suquet DuPont, América Latina Paulo Lima TSA, Brasil Federico

Leia mais

Microsoft Services Provider License Program

Microsoft Services Provider License Program Microsoft Services Provider License Program Agenda Programa SPLA Service Provider License Agreement O que é um Fornecedor de Serviços? O que são Serviços de Software? O que é o SPLA? O SPLA é a oferta

Leia mais

Glossário BiSL. Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 -

Glossário BiSL. Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 - Glossário BiSL Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 - 1. Glossário de Terminologia Terminologia em Inglês Terminologia em Português BiSL processes Processos de BiSL Business data management

Leia mais

MES resposta em tempo real às mudanças do mercado. Indústrias Farmacêutica e de Ciências da Vida. siemens.com/pharma

MES resposta em tempo real às mudanças do mercado. Indústrias Farmacêutica e de Ciências da Vida. siemens.com/pharma MES resposta em tempo real às mudanças do mercado Indústrias Farmacêutica e de Ciências da Vida siemens.com/pharma A indústria de ciências da vida se prepara para enfrentar desafios A indústria de ciências

Leia mais

COMO APLICAR AS NOVAS TECNOLOGIAS DE INTERFACE E INTEGRAÇÃO DENTRO DO AMBIENTE DE AUTOMAÇÃO 1

COMO APLICAR AS NOVAS TECNOLOGIAS DE INTERFACE E INTEGRAÇÃO DENTRO DO AMBIENTE DE AUTOMAÇÃO 1 COMO APLICAR AS NOVAS TECNOLOGIAS DE INTERFACE E INTEGRAÇÃO DENTRO DO AMBIENTE DE AUTOMAÇÃO 1 Wilson Laizo Filho 2 Antônio César de Araújo Freitas 3 Ludmila Rodrigues Fernandes 4 Eduardo do Carmo Silva

Leia mais

Oracle e Mercado de TI UNIVEM. André Faria Gerente de Alianças e Canais

Oracle e Mercado de TI UNIVEM. André Faria Gerente de Alianças e Canais Oracle e Mercado de TI UNIVEM André Faria Gerente de Alianças e Canais Agenda A Oracle O Mercado de TI e o Mercado de Trabalho O Programa Oracle Academy Oracle Corporation Maior empresa de software empresarial

Leia mais

USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 USPTO No. 15143095 WORK PLAN FOR IMPLEMENTATION OF THE UNITED STATES PATENT AND

Leia mais

Turn the lead weight of data into a golden opportunity: manage it, unlock it and extract value from it

Turn the lead weight of data into a golden opportunity: manage it, unlock it and extract value from it Data - Temenos https://www.temenos.com/en/solutions/technology/data/ 1 of 2 2016-03-30 16:36 Data Turn the lead weight of data into a golden opportunity: manage it, unlock it and extract value from it

Leia mais

Gerência de Portfólio de Projetos com IBM Rational Portfolio Manager

Gerência de Portfólio de Projetos com IBM Rational Portfolio Manager Gerência de Portfólio de Projetos com IBM Rational Portfolio Manager Sumário Sumário O problema O desafio IBM Rational Portfolio Manager O problema Cenário atual 84% das organizações ou não montam o business

Leia mais

Introduction to Network Design and Planning

Introduction to Network Design and Planning Introduction to Network Design and Planning Joao.Neves@fe.up.pt 1 In the Beginning... The project of a Network was the result of the inspiration of a guru or an "artist" (after all was considered an art...)

Leia mais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais BEM VINDO AO MUNDO RANGEL WELCOME TO RANGEL WORLD Toda uma organização ao seu serviço! Constituídos em 1980 por Eduardo Rangel, rapidamente marcámos

Leia mais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais BEM VINDO AO MUNDO RANGEL WELCOME TO RANGEL WORLD Atividade Aduaneira Customs Broker Transporte Marítimo Sea Freight ESPANHA SPAIN Transporte Aéreo Air Freight Expresso Internacional FedEx International

Leia mais

Alcance Adapte-se a mundança. Nome, Título

Alcance Adapte-se a mundança. Nome, Título Alcance Adapte-se a mundança Nome, Título Foco no Consumidor Conectada Modernização Força de Trabalho Entusiastas Visionários Pragmáticos Conservadores Séticos Diferenciação Start-ups e CSVs Corporações

Leia mais

Soluções em nuvem da SAP Suportando cenários híbridos para o seu negócio. Frederico De Marchi Especialista de Soluções OnDemand

Soluções em nuvem da SAP Suportando cenários híbridos para o seu negócio. Frederico De Marchi Especialista de Soluções OnDemand Soluções em nuvem da SAP Suportando cenários híbridos para o seu negócio Frederico De Marchi Especialista de Soluções OnDemand SAP Inovação com velocidade Aplications Cloud Database & Technology Analytics

Leia mais

AGENDA DE TREINAMENTO Maio a Agosto/ 2013. Joinville/ Jaraguá do Sul

AGENDA DE TREINAMENTO Maio a Agosto/ 2013. Joinville/ Jaraguá do Sul AGENDA DE TREINAMENTO Maio a Agosto/ 2013 Training Overview SAP01 SAP Overview SAPTEC Fundamentals of SAP NetWeaver Application Server Conhec. MS Office e Internet Conhec. Tecn. da Informação 3 ECC6.0

Leia mais

Requisitos de Ferramentas de Gestão de Projetos de Desenvolvimento de Software

Requisitos de Ferramentas de Gestão de Projetos de Desenvolvimento de Software Requisitos de Ferramentas de Gestão de Projetos de Desenvolvimento de Software Keyla Guimarães Macharet Brasil 1 1 Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) CEP

Leia mais

Slide do Prof. Silvio Meira. http://www.innosight.com/documents/diprimer.pdf

Slide do Prof. Silvio Meira. http://www.innosight.com/documents/diprimer.pdf Slide do Prof. Silvio Meira http://www.innosight.com/documents/diprimer.pdf Slide do Prof. Silvio Meira http://www.innosight.com/documents/diprimer.pdf Slide do Prof. Silvio Meira Slide do Prof. Silvio

Leia mais

Cloud para o Brasil Cloud Services

Cloud para o Brasil Cloud Services Cloud para o Brasil Como as ofertas da Capgemini endereçam os principais pontos levantados pela pesquisa exclusiva We orchestrate your Cloud Services Current Market Situation with Cloud 2 Current Market

Leia mais

Aplicativo para ITIL - Conectando os processos ITIL com o CMDB. Guilherme Azevedo EMC Ionix. Copyright 2009 EMC Corporation. All rights reserved.

Aplicativo para ITIL - Conectando os processos ITIL com o CMDB. Guilherme Azevedo EMC Ionix. Copyright 2009 EMC Corporation. All rights reserved. Aplicativo para ITIL - Conectando os processos ITIL com o CMDB Guilherme Azevedo EMC Ionix 1 ITIL V3 - Abordagem do ciclo de vida do serviço Estratégia do Serviço Gerenciamento de Serviços como uma ferramenta

Leia mais

MIT Portugal Program Engineering systems in action

MIT Portugal Program Engineering systems in action MIT Portugal Program Engineering systems in action Paulo Ferrão, MPP Director in Portugal Engineering Systems: Achievements and Challenges MIT, June 15-17, 2009 Our knowledge-creation model An Engineering

Leia mais

Faça você mesmo: Do Projeto 3D às Ferramentas de Fabricação Digital

Faça você mesmo: Do Projeto 3D às Ferramentas de Fabricação Digital Faça você mesmo: Do Projeto 3D às Ferramentas de Fabricação Digital Raul Arozi Moraes Technical Specialist AUBR-63 Inovação e Colaboração Móvel Sobre a Autodesk +10 milhões usuários em mais de 800,000

Leia mais

Symantec & Jogos Olímpicos Rio 2016. Julho de 2015

Symantec & Jogos Olímpicos Rio 2016. Julho de 2015 Symantec & Jogos Olímpicos Rio 2016 Julho de 2015 JOGOS OLÍMPICOS 5-21 de agosto 10.500 ATLETAS DE PAÍSES 45.000 204 VOLUNTÁRIOS 25.100 PROFISSIONAIS DE MÍDIA CREDENCIADOS 6.700 INTEGRANTES DAS DELEGAÇÕES

Leia mais

Pensar o futuro. Acreditação dos Serviços de Anatomia Patológica.

Pensar o futuro. Acreditação dos Serviços de Anatomia Patológica. Pensar o futuro. Acreditação dos Serviços de Anatomia Patológica. INSA-PNAEQ/Labquality Oy/Ordem dos Médicos Rui Manuel Santos Silva Farmacêutico Analista Clínico Consultor A GARANTIA DA QUALIDADE É UM

Leia mais

Integrando pessoas ao negócio através de um portal colaborativo. ROGÉRIO INOMATA inomata@br.ibm.com Portal Sales Leader, IBM América Latina

Integrando pessoas ao negócio através de um portal colaborativo. ROGÉRIO INOMATA inomata@br.ibm.com Portal Sales Leader, IBM América Latina Integrando pessoas ao negócio através de um portal colaborativo ROGÉRIO INOMATA inomata@br.ibm.com Portal Sales Leader, IBM América Latina Por quê? INOVAÇÃO Então O que é um portal mesmo? MS Office & Windows

Leia mais

Software product lines. Paulo Borba Informatics Center Federal University of Pernambuco

Software product lines. Paulo Borba Informatics Center Federal University of Pernambuco Software product lines Paulo Borba Informatics Center Federal University of Pernambuco Software product lines basic concepts Paulo Borba Informatics Center Federal University of Pernambuco Um produto www.usm.maine.edu

Leia mais

DevOps. Carlos Eduardo Buzeto (@_buzeto) IT Specialist IBM Software, Rational Agosto 2013. Accelerating Product and Service Innovation

DevOps. Carlos Eduardo Buzeto (@_buzeto) IT Specialist IBM Software, Rational Agosto 2013. Accelerating Product and Service Innovation DevOps Carlos Eduardo Buzeto (@_buzeto) IT Specialist IBM Software, Rational Agosto 2013 1 O desenvolvedor O mundo mágico de operações Como o desenvolvedor vê operações Como operações vê uma nova release

Leia mais

PROJECTO ÂNCORA QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO NO SECTOR DAS TICE. Qualificação e Certificação em Gestão de Serviços de TI

PROJECTO ÂNCORA QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO NO SECTOR DAS TICE. Qualificação e Certificação em Gestão de Serviços de TI Pólo de Competitividade das Tecnologias de Informação, Comunicação e Electrónica TICE.PT PROJECTO ÂNCORA QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO NO SECTOR DAS TICE Qualificação e Certificação em Gestão de Serviços

Leia mais

Diogo Assunção HP C&I Lead Solution Consultant - Healthcare. Gestão Integrada do Processo Clínico

Diogo Assunção HP C&I Lead Solution Consultant - Healthcare. Gestão Integrada do Processo Clínico Diogo Assunção HP C&I Lead Solution Consultant - Healthcare Gestão Integrada do Processo Clínico A HP na Saúde O que a HP faz Technology for better business outcomes A nossa proposta de valor Fornecer

Leia mais

The Brazil United States Consumer Product Safety Conference Brazil United States Joint Press Statement June 10, 2011 Rio de Janeiro, Brazil Common Interests Ensuring a high level of consumer product safety

Leia mais

C l a s s S e r v i c e P r o v i d e r

C l a s s S e r v i c e P r o v i d e r G l o b a l C l a s s S e r v i c e P r o v i d e r Microsoft Mobile BI v.0.0.1 de 05/11/2015 Projetos Digitais 1 G l o b a l C l a s s S e r v i c e P r o v i d e r 1993: fundada como Integradora de Sistemas

Leia mais

Implementando SAP Hana Live na Nuvem com RDS Inovação e Agilidade de Informações em Tempo Real Dr. Rogério Dutra, PMP. www.cloudimagination.

Implementando SAP Hana Live na Nuvem com RDS Inovação e Agilidade de Informações em Tempo Real Dr. Rogério Dutra, PMP. www.cloudimagination. Implementando SAP Hana Live na Nuvem com RDS Inovação e Agilidade de Informações em Tempo Real Dr. Rogério Dutra, PMP Apresentação Institucional Bulk Commodities Value Chain Institucional Hidrovias do

Leia mais

Company Presentation COMPANY

Company Presentation COMPANY COMPANY ATRIA is a integrator of systems of Automation enclosing the most diverse segments of market. We count on the excellency technique and more than 15 years experience of our team in the Industrial

Leia mais

Enterprise Europe - Portugal

Enterprise Europe - Portugal Enterprise Europe - Portugal Oportunidades de Cooperação Internacional Agência de Inovação Bibiana Dantas Lisboa, 5-Jun-2012 Enterprise Europe Portugal Jun 2012 2 A União Europeia é um mercado de oportunidades!

Leia mais

SMARTPLANT ENTERPRISE FOR OWNER OPERATORS

SMARTPLANT ENTERPRISE FOR OWNER OPERATORS SMARTPLANT ENTERPRISE FOR OWNER OPERATORS ALAVANCANDO A BASE DE PROJETOS DE ENGENHARIA DURANTE TODO O CICLO DE VIDA DA PLANTA BUSINESS CASE OWNER OPERATORS se deparam, atualmente, com uma incrível demanda

Leia mais

GIS technology for distribution networks Tecnologia GIS para redes de distribuição Ricardo Pinheiro

GIS technology for distribution networks Tecnologia GIS para redes de distribuição Ricardo Pinheiro GIS technology for distribution networks Tecnologia GIS para redes de distribuição Ricardo Pinheiro Gerenciamento de dados de rede de distribuição de energia com tecnologia GIS Ricardo Tiago Pinheiro Executivo

Leia mais