Paulo Mota (versão 1.2)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Paulo Mota (versão 1.2)"

Transcrição

1 Paulo Mota (versão 1.2) 2007

2 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação 2 ÍNDICE 1. Aceder à aplicação SIIE Importar dados Dados gerais dos elementos Dados gerais do agrupamento Elementos Dados Gerais Adicionar elemento Alterar ficha individual Reactivar um associado inactivo Cargos Actividades Adicionar uma actividade Visualizar as noites de campo Listar actividades Relação de actividades Progresso Agrupamento Dados Gerais Secção financeira Inventário Reuniões Assinatura voluntária da revista Flor-de-lis Núcleo Dados Gerais Secção Financeira Inventário Acções de formação Censos Carregar os dados Imprimir Lista nominal dos segurados Censos anuais Quadro de Dirigentes e Equipas de Animação Inventário Mapas Financeiros Pedido de cartões de filiado Caderno eleitoral Verificar censos Validação dos dados... 40

3 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação 3 1. ACEDER À APLICAÇÃO SIIE No endereço ir ao menu Sítios do CNE e premir opção SIIE Seleccionar Carregar aqui para realizar a respectiva autenticação Introduzir UTILIZADOR 1 e PASSWORD. Premir botão LOGIN. 1 O Utilizador é o NIN do Agrupamento/Junta. Este decompõe-se, tal como nos associados, em 5 blocos sendo o primeiro, de dois dígitos, relativo ao ano (00), o segundo e terceiro, também, de dois dígitos cada, os códigos da região e do núcleo, o quarto, o número do agrupamento (quatro dígitos), e o quinto de três dígitos corresponde ao número de ordem (000).

4 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação 4 2. IMPORTAR DADOS 2.1. Dados gerais dos elementos Nos menus Listagens, Prontas a Importar e Elementos seleccionar Dados Gerais Na janela seguinte seleccionar EXPORTAR PARA EXCEL Guardar ficheiro No destino pretendido, manter o nome do ficheiro SIIE.XLS.

5 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação 5 Depois de introduzir/copiar os dados obrigatórios no ficheiro gerado (SIIE.XLS) guardar como ficheiro do EXCEL 2. Nota: este procedimento é importante sob pena de dar erro na importação dos dados. Nos menus Geral/Elementos/Dados Gerais premir atalho Importar Excel 2 Na aplicação EXCEL, no menu FICHEIRO seleccionar GUARDAR COMO Optar, no tipo de ficheiro, pelo Livro do Microsoft Office Excel (*.xls). De imediato, a aplicação, através de uma janela, confirma se pretendemos gravar sobre um ficheiro existente ao que se deverá consentir.

6 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação 6 Seleccionar ficheiro SIIE.XLS Premir botão Inserir/Actualizar. Nota: no caso da importação apresentar uma janela de erro tentar corrigi-los no ficheiro do Excel SIIE.XLS e repetir, novamente, os passos relativos à importação Dados gerais do agrupamento O processo de importação é o mesmo que o utilizado no ponto anterior.

7 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação 7 3. ELEMENTOS 3.1. Dados Gerais Adicionar elemento Para adicionar um associado não dirigente ir aos menus Geral/Elementos/Dados Gerais premir Novo registo e preencher a ficha seguinte.

8 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação 8 O preenchimento de uma ficha para um dirigente investido ou de regresso ao activo exige um processo administrativo diferente. Deverão ser preenchidos, primeiro, os impressos MAF e enviados para a Junta Central via Juntas de Núcleo e Regional para nomeação em Ordem de Serviço Nacional. Só, então, os dirigentes, que, no SIIE, têm a categoria de CIL s (Caminheiro em Insígnia de Ligação) ou CD (Candidato a Dirigente) serão nomeados dirigentes e na aplicação assumirão título de dirigentes. O regresso ao activo de um dirigente deverá ser incluído no SIIE como CD e só após nomeação em Ordem de Serviço Nacional assume, no SIIE, a categoria de dirigente. A saída do activo do dirigente é feita por via do impresso MAF e enviada à Junta de Núcleo que remeterá à Junta Regional e esta por sua vez à Junta Central. À semelhança das situações anteriores, é a Junta Central que abate, no SIIE, o dirigente. Alteração de campos Após efectuar alterações aos campos do quadro anterior é necessário premir o botão Alterar e depois o botão Guardar Preenchimento automático do Campo NIN Para preencher automaticamente do campo NIN premir o botão assinalado. Nota: o número atribuído respeitará o ano em que se estiver a introduzir os dados. Por exemplo, se o ano civil for 2007 automaticamente o programa gera o seguinte NIN xxxx001 pelo que se recomenda apenas utilizar aquele botão quando for um elemento admitido naquele ano. Caso contrário atribuir manualmente o número.

9 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação 9 Não esquecer a composição dos campos do NIN: AA RR NN AAAA OOO em que AA Ano de admissão pela primeira vez no movimento (dois números); RR Código da região escutista (dois números). Nos Açores o código é 01; NN Código do núcleo escutista (dois números). No caso de S. Miguel o código é 04; AAAA N.º do agrupamento sendo que até 999 os números são precedidos de 0 (quatro números); OOO Número de ordem (três números) no movimento no ano de admissão. Importa referir que o número é atribuído definitivamente àquele associado mesmo que saia do activo e regresse anos depois noutro agrupamento. Só há alteração ao cartão quando o caminheiro faz a sua promessa de dirigente passando de associado para dirigente. Neste caso o número mantém mas o cartão tem a indicação de dirigente Alterar ficha individual Nos menus Geral e Elementos seleccionar Dados Gerais. Premir duas vezes no nome do escuteiro pretendido.

10 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação 10 Alterar os campos a rectificar e Guardar (botão Guardar ) Reactivar um associado inactivo Nos menus GERAL, ELEMENTOS seleccionar DADOS GERAIS premir FILTRO seguido de LIMPAR FILTRO.

11 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação 11 O ecrã seguinte indica a listagem do agrupamento contendo os elementos no activo, inactivo e transferidos. O passo seguinte é alterar na ficha individual o campo SITUAÇÃO (ver ponto Alterar ficha individual) Cargos Para listar os cargos no agrupamento premir menus Geral, Elementos e seleccionar Cargos.

12 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação Actividades Adicionar uma actividade Nos menus Geral, Agrupamentos e Actividades seleccionar Edição actividades Premir sobre o número do agrupamento. Preencher os campos actividade, data início, data fim, grupo, local, tipo, secção e número de participantes.

13 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação 13 Quando concluído o preenchimento dos campos premir NOVO. De seguida, premir Elementos e seleccionar os participantes. No final Guardar e Fechar.

14 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação Visualizar as noites de campo Nos menus Geral, Elementos e Actividades seleccionar Noites de Campo Listar actividades Nos menus Geral, Agrupamentos e Actividades seleccionar Listagem actividades

15 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação Relação de actividades Esta opção permite visualizar os elementos que participaram por actividade. Nos menus Geral, Elementos e Actividades seleccionar Actividades. Se pretendermos ordenar por actividade premir coluna com o mesmo nome. Premir uma vez ordena por ordem ascendente e duas vezes por ordem descendente. Nota: A aplicação SIIE só considera noites de campo as adquiridas em acampamentos.

16 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação Progresso Se pretender adicionar informações sobre o progresso escutista premir Progresso nos menus Geral e Elementos. No caso do associado ser Noviço ou Aspirante basta preencher o campo Admitido a e premir Alterar para que automaticamente os campos Etapa adesão ao movimento e Etapa de adesão à secção sejam preenchidos com a data da admissão. O preenchimento do campo Promessa de implica o preenchimento do campo Etapa de Bronze.

17 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação AGRUPAMENTO 4.1. Dados Gerais Nos menus Geral e Agrupamentos seleccionar Dados gerais. Premir duas vezes na linha de identificação do agrupamento.

18 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação 18 Após preenchimento dos campos do separador Dados completar os restantes nos outros separadores Secção financeira Para a edição da Secção Financeira premir menus Geral, Agrupamentos, Secção Financeira e seleccionar Edição secção financeira. Clicar sobre o número do agrupamento duas vezes e preencher os dados relativos às contas bancárias. No final premir botão NOVO.

19 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação 19 Na eventualidade de existir outra conta bancária preencher os novos dados e premir botão NOVO. Preencher automaticamente todos os movimentos financeiros do agrupamento e premir NOVO no final de cada movimento. Em caso de erro, seleccionar a linha errada e premir Alterar.

20 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação 20 Não esquecer de preencher os dados relativos ao Saldos do ano anterior (última opção do tipo de movimento). Preencher os separadores relativo a Dívidas. e Numerário (valores em depósitos à ordem, a prazo e em caixa, à data de 30 de Setembro).

21 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação Inventário É utilizado, como exemplo, o Núcleo. Contudo, nos agrupamentos o processo é o mesmo utilizar o menu Agrupamentos. Duplo clique na coluna do núcleo/agrupamento Preencher os campos obrigatórios do bem a inventariar e premir Novo. No caso do agrupamento não possuir bens preencher como indicado.

22 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação Reuniões Para editar reuniões, premir menus Geral, Agrupamentos e Reuniões e escolher Edição de reuniões. Premir duas vezes linha com indicação do Agrupamento Os dados constantes do ecrã seguinte reflectem a situação anual. Indicar nos campos das datas o início (01-10-xxxx) e final (30-09-xxxx) do ano escutista. Após o preenchimento dos dados relativos a um determinado tipo de reunião premir NOVO. Depois de lançadas todas as reuniões do Agrupamento preencher as reuniões da secção.

23 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação 23

24 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação Assinatura voluntária da revista Flor-de-lis Nos menus Geral, Agrupamento, Flor-de-lis voluntárias premir Edição Flor-de-lis. Premir duas vezes na linha assinalada Depois de preencher os campos obrigatórios (não esquecer os dados completos relativos ao endereço e código postal) premir Novo.

25 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação NÚCLEO 5.1. Dados Gerais Nos menus Geral, Núcleos seleccionar Dados gerais. Preencher os campos do separador Dados Definir o valor da quota de núcleo. Com o objectivo de criar um histórico, aconselha-se a manter os valores dos anos anteriores.

26 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação Secção Financeira Verificar os procedimentos adoptados, no ponto respectivo, no capítulo dos agrupamentos Inventário Verificar os procedimentos adoptados, no ponto respectivo, no capítulo dos agrupamentos Acções de formação Nos menus Geral, Núcleos, Acções de formação seleccionar Edição Premir duas vezes no número do Núcleo (coluna Núc.)

27 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação 27 Depois de introduzidos os dados premir Novo.

28 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação CENSOS 6.1. Carregar os dados Abrir os menus Censos, Agrupamento, Carregar dados e seleccionar Elementos. Depois, seleccionar Opção e premir botão Carregar dados. Nota: todas as opções têm de ser carregadas sob pena de não aparecerem nos censos. Sempre que uma opção é carregada é gerada a seguinte janela. No final premir Fechar

29 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação 29 Repetir os mesmos passos para os dados indicados na coluna do Carregar dados 6.2. Imprimir Lista nominal dos segurados Abrir menus Censos, Agrupamento e Elementos. No quadro seguinte premir botão Imprimir.

30 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação 30 Sistema de Progresso e Escuteiros com deficiência Os procedimentos são os mesmos utilizados na Lista nominal de segurados.

31 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação Censos anuais Abrir menus Censos, Agrupamento, Censo anual e Total a liquidar. Nota: as opções indicadas no menu Censos anual geram, sempre, o ficheiro reproduzido na imagem seguinte.

32 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação Quadro de Dirigentes e Equipas de Animação Abrir menus Censos, Agrupamento, Dir e Eq. de animação. No passo seguinte premir botão Impresso O ficheiro resultante da impressão é o que se reproduz no quadro seguinte.

33 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação Inventário Abrir menus Censos, Agrupamento, Inventário. Imprimir

34 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação Mapas Financeiros Abrir menus Censos, Agrupamento, Património e Imobilizado. Imprimir

35 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação 35

36 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação 36

37 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação Pedido de cartões de filiado Abrir menus Censos, Agrupamento e cartão identificação. Premir o botão Imprimir

38 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação Caderno eleitoral Abrir menus Censos, Agrupamento e caderno eleitoral. Seleccionar e imprimir, primeiro, dirigentes e, depois, os caminheiros.

39 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação Verificar censos Abrir menus Censos, Agrupamento e Verificar/Entregar Censos. Premir 2007 e os campos ano e agrupamento preenchem-se automaticamente. De seguida premir botão Verificar. A aplicação gera uma janela indicando os erros ou que não apresentam erros. Nota: Nos Núcleos a verificação dos censos segue os mesmos procedimentos.

40 C.N.E. Núcleo de S. Miguel Departamento de Formação Validação dos dados Abrir menus Censos, Agrupamento, Verificar/Entregar Censos. Este passo não existe nos Agrupamentos. Depois de seleccionar o agrupamento. activar as opções AGR e NÚC e premir Entregar.

Proposta sobre o Sistema Integrado de

Proposta sobre o Sistema Integrado de 1/5 Proposta sobre o Sistema Integrado de Informações Escutistas - SIIE (Junta Central) Proposta de resolução sobre o Sistema Integrado de Informação Escutista O Conselho Nacional Plenário: Considerando

Leia mais

CORPO NACIONAL DE ESCUTAS Escutismo Católico Português Departamento Nacional de Informática MANUAL DO SISTEMA INTEGRADO DE INFORMAÇÃO ESCUTISTA

CORPO NACIONAL DE ESCUTAS Escutismo Católico Português Departamento Nacional de Informática MANUAL DO SISTEMA INTEGRADO DE INFORMAÇÃO ESCUTISTA CORPO NACIONAL DE ESCUTAS Escutismo Católico Português Departamento Nacional de Informática MANUAL DO SISTEMA INTEGRADO DE INFORMAÇÃO ESCUTISTA Lisboa, Abril de 2007 INDÍCE 0 INTRODUÇÃO 0.1 Objectivos

Leia mais

WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET

WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET MANUAL DO UTILIZADOR WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET 1. 2. PÁGINA INICIAL... 3 CARACTERÍSTICAS... 3 2.1. 2.2. APRESENTAÇÃO E ESPECIFICAÇÕES... 3 TUTORIAIS... 4 3. DOWNLOADS... 5 3.1. 3.2. ENCOMENDAS (NOVOS

Leia mais

Referências de tarefas de comunicação do Sametime

Referências de tarefas de comunicação do Sametime Referências de tarefas de comunicação do Sametime ii Referências de tarefas de comunicação do Sametime Índice Referências de tarefas de comunicação do Sametime............ 1 iii iv Referências de tarefas

Leia mais

1. Lançamento em Contas Bancárias Liquidação de Clientes

1. Lançamento em Contas Bancárias Liquidação de Clientes Título: MÓDULO DE GESTÃO DE BANCOS & CONTROLO LETRAS Pag.: 1 Módulo Gestão Contas Bancárias O módulo Gestão de Contas Bancárias, tem como principal objectivo, permitir ao utilizador saber num exacto momento,

Leia mais

Manual de Administração Intranet BNI

Manual de Administração Intranet BNI Manual de Administração Intranet BNI Fevereiro - 2010 Índice 1. Apresentação... 3 2. Conceitos... 5 3. Funcionamento base da intranet... 7 3.1. Autenticação...8 3.2. Entrada na intranet...8 3.3. O ecrã

Leia mais

Software-Global 1/11

Software-Global 1/11 Não esquecer que a senha do Administrador é ADMIN Botões do programa: Acesso ao Programa: O Acesso ao programa deve ser feito através do utilizador ADMINISTRADOR, que tem todas as permissões para gerir

Leia mais

MANUAL DE ACESSO AO GeADAP

MANUAL DE ACESSO AO GeADAP MANUAL DE ACESSO AO GeADAP OBJETIVO DO MANUAL O objectivo deste manual é explicar como pode um utilizador aceder ao GeADAP. 1 ENDEREÇOS DE ACESSO AO GeADAP 1.1. Serviços da Administração Central Os utilizadores

Leia mais

Guia de Utilização. Acesso Universal

Guia de Utilização. Acesso Universal Guia de Utilização Índice PREÂMBULO...3 ACESSO À PLATAFORMA...3 ÁREA DE TRABALHO...4 APRESENTAR PROPOSTAS...9 RECEPÇÃO DE ADJUDICAÇÃO...18 PARAMETRIZAÇÃO DA EMPRESA...19 Acesso universal Proibida a reprodução.

Leia mais

PRIMAVERA EXPRESS: Funcionalidades do Produto

PRIMAVERA EXPRESS: Funcionalidades do Produto PRIMAVERA EXPRESS: Funcionalidades do Produto Como efetuo a mudança de ano do Ponto de Venda? No Programa Express aceda a Tabelas Pontos de Venda Postos de Venda abrir o separador Movimentos Caixa e: -

Leia mais

Manual de utilizador CRM

Manual de utilizador CRM Manual de utilizador CRM Formulário de Login Personalizado de acordo com a sua empresa mantendo a sua imagem corporativa. Utilizador: Admin Password: 123 1 Formulário Principal Este formulário está dividido

Leia mais

Facturação Guia do Utilizador

Facturação Guia do Utilizador Facturação Guia do Utilizador Facturação Como se utiliza 2 1 Como se utiliza Todas as opções do sistema estão acessíveis através do menu: ou do menu: O Menu caracteriza-se pelas seguintes funcionalidades:

Leia mais

GESTÃO DE STOCKS. Para gerir o seu stock deve realizar 4 passos essenciais:

GESTÃO DE STOCKS. Para gerir o seu stock deve realizar 4 passos essenciais: GESTÃO DE STOCKS Para gerir o seu stock deve realizar 4 passos essenciais: 1. Garantir que têm os artigos todos criados no Sublime 2. Fazer a contagem de todos os artigos que estão a uso, em expositores

Leia mais

APOIO AO BENEFICIÁRIO - FEDER - - MAIS CENTRO - GUIA DE SUBMISSÃO ELECTRÓNICA DOS PEDIDOS DE PAGAMENTO

APOIO AO BENEFICIÁRIO - FEDER - - MAIS CENTRO - GUIA DE SUBMISSÃO ELECTRÓNICA DOS PEDIDOS DE PAGAMENTO APOIO AO BENEFICIÁRIO - FEDER - - MAIS CENTRO - GUIA DE SUBMISSÃO ELECTRÓNICA DOS PEDIDOS DE PAGAMENTO GUIA DE PREENCHIMENTO: - SUBMISSÃO ELECTRÓNICA DOS PEDIDOS DE PAGAMENTO - SUBMISSÃO DE CHECK-LIST

Leia mais

Manual de Utilizador Aplicação Cliente Web Versão 1.0.00

Manual de Utilizador Aplicação Cliente Web Versão 1.0.00 Manual de Utilizador Aplicação Cliente Web Versão 1.0.00 Edição 1 Agosto 2011 Elaborado por: GSI Revisto e Aprovado por: COM/ MKT Este manual é propriedade exclusiva da empresa pelo que é proibida a sua

Leia mais

ZSRest/ZSPos. Manual de Stocks. BackOffice

ZSRest/ZSPos. Manual de Stocks. BackOffice BackOffice 1 1. Índice 2. Introdução... 3 3. Iniciar o ZSRest/ZSPos FrontOffice... 4 4. Produto... 5 Activar gestão de stocks... 5 5. Armazém... 7 a) Adicionar Armazém... 8 b) Modificar Armazém... 8 c)

Leia mais

ZSRest. Manual de Configuração. Serviço de Entregas. V2011-Certificado

ZSRest. Manual de Configuração. Serviço de Entregas. V2011-Certificado Manual de Configuração Serviço de Entregas V2011-Certificado 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Configuração... 3 4. Funcionamento Frontoffice... 4 a) Pedido normal... 4 b) Pedido baseado noutras encomendas...

Leia mais

Novas funcionalidades do Snc2010. e melhoramentos em relação ao Poc2005. Versão 7.0

Novas funcionalidades do Snc2010. e melhoramentos em relação ao Poc2005. Versão 7.0 Novas funcionalidades do Snc2010 e melhoramentos em relação ao Poc2005 Versão 7.0 1. Sistema de Normalização Contabilística: 1.1 Tabela de equivalências do POC para o SNC. 1.2 Conversão automática do plano

Leia mais

Ministério Público. Guia de Consulta Rápida

Ministério Público. Guia de Consulta Rápida Ministério Público Ministério Público Guia de Consulta Rápida Versão 3 (Outubro de 2009) - 1 - ÍNDICE 1. ACEDER AO CITIUS MINISTÉRIO PÚBLICO... 4 2. BARRA DE TAREFAS:... 4 3. CONFIGURAR O PERFIL DO UTILIZADOR...

Leia mais

Aleph 18.01 Manual de utilização do módulo de circulação e empréstimos

Aleph 18.01 Manual de utilização do módulo de circulação e empréstimos Aleph 18.01 Manual de utilização do módulo de circulação e empréstimos Elaborado por: Amélia Janeiro e Ana Cosmelli SDUL 2008 Índice Apresentação... 3 1. Gestão de leitores... 5 1.1 Pesquisa de leitores...

Leia mais

Registo como Agente. De seguida, terá de editar a sua informação de agente, carregando em Profile e, de seguida, em Edit.

Registo como Agente. De seguida, terá de editar a sua informação de agente, carregando em Profile e, de seguida, em Edit. Manual de Agentes Indíce Registo como Agente... 3 Condições e Preços... 4 Criação de utilizadores... 7 Listagem de Clientes... 8 Criar cartão de Agente AirMenu... 9 Formulários... 10 Importação de Menus

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Gestão de Stocks Local. v2011

ZS Rest. Manual Avançado. Gestão de Stocks Local. v2011 Manual Avançado Gestão de Stocks Local v2011 1 1. Índice 2. Introdução... 3 3. Iniciar o ZSRest FrontOffice... 4 4. Produto... 5 b) Activar gestão de stocks... 5 i. Opção: Faz gestão de stocks... 5 ii.

Leia mais

FAQ s para os Administradores do Sistema

FAQ s para os Administradores do Sistema FAQ s para os Administradores do Sistema Este documento disponibiliza FAQ s sobre vários temas. Clique sobre o tema que lhe interessa para aceder às respetivas FAQ s. FAQ s sobre a credenciação do Administrador

Leia mais

GIGrecibos. Sistema de Emissão de Recibos de Donativos. Para Igrejas. Produzido e distribuído por: VIBISinfor Rua Nova, 10 7490-250 MORA

GIGrecibos. Sistema de Emissão de Recibos de Donativos. Para Igrejas. Produzido e distribuído por: VIBISinfor Rua Nova, 10 7490-250 MORA wgig GIGrecibos Sistema de Emissão de Recibos de Donativos Para Igrejas Produzido e distribuído por: VIBISinfor Rua Nova, 10 7490-250 MORA tel: 266403273 www.vibis.com 1 Conteúdo wgig... 1 Avisos legais...

Leia mais

LeYa Educação Digital

LeYa Educação Digital Índice 1. Conhecer o 20 Aula Digital... 4 2. Registo no 20 Aula Digital... 5 3. Autenticação... 6 4. Página de entrada... 7 4.1. Pesquisar um projeto... 7 4.2. Favoritos... 7 4.3. Aceder a um projeto...

Leia mais

Manual de Utilizador Documentos de Transporte. TOConline. Suporte. Página - 1

Manual de Utilizador Documentos de Transporte. TOConline. Suporte. Página - 1 TOConline Suporte Página - 1 Documentos de Transporte Manual de Utilizador Página - 2 Índice Criação de um documento de transporte... 4 Definições de empresa- Criação de moradas adicionais... 9 Comunicação

Leia mais

Manual de Access 2007

Manual de Access 2007 Manual de Access 2007 Índice Introdução... 4 Melhor que um conjunto de listas... 5 Amizades com relações... 6 A Estrutura de uma Base de Dados... 8 Ambiente do Microsoft Access 2007... 9 Separadores do

Leia mais

TRABALHADORES INDEPENDENTES SEGURANÇA SOCIAL DIRETA

TRABALHADORES INDEPENDENTES SEGURANÇA SOCIAL DIRETA TRABALHADORES INDEPENDENTES SEGURANÇA SOCIAL DIRETA PASSO-A-PASSO PARA SOLICITAR PEDIDO DE ALTERAÇÃO DE ESCALÃO ATRAVÉS DA SEGURANÇA SOCIAL DIRETA Aceda à Segurança Social Direta, em https:///consultas/ssdirecta/

Leia mais

Guia do Signatário SAP DocuSign

Guia do Signatário SAP DocuSign Guia do Signatário SAP DocuSign Índice 1. Guia do Signatário SAP DocuSign... 2 2. Receber uma notificação por e-mail... 2 3. Assinar o documento... 3 4. Outras opções... 4 4.1 Terminar mais tarde... 4

Leia mais

Folha de Cálculo Introdução à Folha de Cálculo

Folha de Cálculo Introdução à Folha de Cálculo Introdução à Folha de Cálculo O Excel é uma folha de cálculo capaz de guardar dados, executar cálculos e gerar gráficos. Introdução à Folha de Cálculo Uma folha de cálculo, por exemplo o Excel, permite

Leia mais

Manual do utilizador. Animal RFID Integrator. Universidade de Évora Escola de Ciências e Tecnologia

Manual do utilizador. Animal RFID Integrator. Universidade de Évora Escola de Ciências e Tecnologia Manual do utilizador Animal RFID Integrator Universidade de Évora Escola de Ciências e Tecnologia RESUMO Aplicação para recolha de informação no campo. O Animal RFID Integrator é um interface que permite

Leia mais

Manual de Utilizador de Clínicas. www.softwhere.com.pt

Manual de Utilizador de Clínicas. www.softwhere.com.pt Manual de Utilizador de Clínicas www.softwhere.com.pt Formulário de login de Clínicas Utilizador : Administrador Password: 123 Formulário Principal do Software de Clínicas Este formulário lista todos os

Leia mais

O SAFT 2013. 1) Faturação simplificada

O SAFT 2013. 1) Faturação simplificada O SAFT 2013 1) Faturação simplificada Existe agora uma série com descrição FS. Esta série foi adicionada automaticamente com a versão 2.4.3.0 do SoftManagement, para que, possa ser utilizada em atividades

Leia mais

Relatório SHST - 2003

Relatório SHST - 2003 Relatório da Actividade dos Serviços de Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho Relatório SHST - 2003 Programa de Validação e Encriptação Manual de Operação Versão 1.1 DEEP Departamento de Estudos, Estatística

Leia mais

Instituto Politécnico de Tomar. Manual da Área de Secretariados

Instituto Politécnico de Tomar. Manual da Área de Secretariados Instituto Politécnico de Tomar Manual da Área de Secretariados Última actualização: 13 de Outubro de 2004 Índice Como aceder a Área de Secretariados...2 O que posso efectuar na Área de Secretariado (Acções)...4

Leia mais

SIBA SISTEMA DE INFORMAÇÃO DE BOLETINS DE ALOJAMENTO MANUAL DE UTILIZADOR

SIBA SISTEMA DE INFORMAÇÃO DE BOLETINS DE ALOJAMENTO MANUAL DE UTILIZADOR SIBA SISTEMA DE INFORMAÇÃO DE BOLETINS DE ALOJAMENTO MANUAL DE UTILIZADOR VERSÃO DATA DESCRIÇÃO AUTOR 1.0 24-10-2008 VERSÃO INICAL LÍDIA AGOSTINHO 1.1 20-11-2008 ACTUALIZAÇÃO DE ECRANS LÍDIA AGOSTINHO

Leia mais

Manual de Procedimentos. Câmaras Municipais

Manual de Procedimentos. Câmaras Municipais Manual de Procedimentos Câmaras Municipais índice PÁGINA INICIAL... 4 1. Acesso à área reservada... 4 2. Recuperar senha de acesso... 4 3. Lembrar palavra-passe... 5 4. Consulta de legislação relacionada

Leia mais

I. COMO FAZER O REGISTO NA PLATAFORMA MOODLE 3 II. COMO ACEDER (ENTRAR) NO MOODLE DA ESCOLA 1

I. COMO FAZER O REGISTO NA PLATAFORMA MOODLE 3 II. COMO ACEDER (ENTRAR) NO MOODLE DA ESCOLA 1 Novembro.2010 Índice I. COMO FAZER O REGISTO NA PLATAFORMA MOODLE 3 II. COMO ACEDER (ENTRAR) NO MOODLE DA ESCOLA 1 III. COMO INSERIR MATERIAL PEDAGÓGICO (ANEXAR FICHEIROS) 1 IV. CRIAR UM GLOSSÁRIO 5 V.

Leia mais

5 - Se o documento estiver completo, com os campos totalmente inseridos e com o aspecto que pretende, poderá guardá-lo.

5 - Se o documento estiver completo, com os campos totalmente inseridos e com o aspecto que pretende, poderá guardá-lo. Impressão em série de cartas de formulário e mailings em grande número Intercalação de correio Base de Dados em Excel Comece por planear o aspecto da sua página final - é uma carta, uma página de etiquetas

Leia mais

Plataforma de Benefícios Públicos Acesso externo

Plataforma de Benefícios Públicos Acesso externo Índice 1. Acesso à Plataforma... 2 2. Consulta dos Programas de Beneficios Públicos em Curso... 3 3. Entrar na Plataforma... 4 4. Consultar/Entregar Documentos... 5 5. Consultar... 7 6. Entregar Comprovativos

Leia mais

Sistema Tratamento Informação Lavandarias

Sistema Tratamento Informação Lavandarias Sistema Tratamento Informação Lavandarias www.software-global.info 1 Programa de Lavandarias IMPORTANTE: Ter atenção que: 1-Nos talões não é permitido modificar a ficha e alterar ou adicionar talões no

Leia mais

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores CGA Directa Manual do Utilizador Acesso, Adesão e Lista de Subscritores Versão 1.00 de 10 de Março de 2008 Índice Pág. Introdução 3 Capítulo 1 Capítulo 2 Capítulo 3 Acesso Acesso 4 Adesão Adesão 5 2.1

Leia mais

Manual de Colaboração

Manual de Colaboração Manual de Colaboração 2 Introdução O zerozero.pt permite aos seus colaboradores a introdução de resultados e datas de jogos de diversas competições. Depois da óptima experiência desenvolvida com a nossa

Leia mais

Transição de POC para SNC

Transição de POC para SNC Transição de POC para SNC A Grelha de Transição surge no âmbito da entrada em vigor, no ano de 2010, do Sistema de Normalização Contabilística (SNC). O SNC vem promover a melhoria na contabilidade nacional,

Leia mais

PAINEL DE ADMINISTRADOR

PAINEL DE ADMINISTRADOR PAINEL DE ADMINISTRADOR IMPORTANTE: O Painel de administrador APENAS deverá ser utilizado pelo responsável do sistema. são: Nesta aplicação, poderá configurar todo o sistema de facturação. As opções do

Leia mais

Deverá utilizar este procedimento, na qualidade de primeiro avaliador de avaliado(s) pertencente(s) à carreira especial de enfermagem.

Deverá utilizar este procedimento, na qualidade de primeiro avaliador de avaliado(s) pertencente(s) à carreira especial de enfermagem. Carreira Enfermagem Objetivo Deverá utilizar este procedimento, na qualidade de primeiro avaliador de avaliado(s) pertencente(s) à carreira especial de enfermagem. Pré-requisitos Aceder ao Sistema com

Leia mais

WINCODE SOFTWARE E CONTABILIDADE S.A. MyEnsino Manual da Área Reservada de Professores

WINCODE SOFTWARE E CONTABILIDADE S.A. MyEnsino Manual da Área Reservada de Professores MyEnsino Manual da Área Reservada de Professores ENTRADA: Abrir o browser de internet e digitar um dos seguintes endereços: Para aceder à área reservada de alunos: http://myescola.exemplo.pt Para aceder

Leia mais

Guia de Acesso/Apresentação de Pedidos de Apoio Sistema de Informação RURAL

Guia de Acesso/Apresentação de Pedidos de Apoio Sistema de Informação RURAL Guia de Acesso/Apresentação de Pedidos de Apoio Sistema de Informação RURAL Índice 1. Introdução...3 2. Home Page...3 3. Pedido de Senha...4 3.1 Proponente...5 3.2 Técnico Qualificado...5 3.3 Proponente/Técnico

Leia mais

Manual utilização. Dezembro 2011. Instituto Politécnico de Viseu

Manual utilização. Dezembro 2011. Instituto Politécnico de Viseu Manual utilização Dezembro 2011 Instituto Politécnico de Viseu 1 Índice Zona pública... 3 Envio da ideia de negócio... 3 Inscrição nas Oficinas E... 4 Zona privada... 5 Administração... 5 Gestão de utilizadores...

Leia mais

Copyright 2008 GrupoPIE Portugal, S.A.

Copyright 2008 GrupoPIE Portugal, S.A. WinREST Sensor Log A Restauração do Séc. XXI WinREST Sensor Log Copyright 2008 GrupoPIE Portugal, S.A. 2 WinREST Sensor Log Índice Índice Pag. 1. WinREST Sensor Log...5 1.1. Instalação (aplicação ou serviço)...6

Leia mais

Manual do Utilizador. Impressoras de Rede / Sistemas Operativos Windows. Versão 1.3, Novembro de 2013

Manual do Utilizador. Impressoras de Rede / Sistemas Operativos Windows. Versão 1.3, Novembro de 2013 Manual do Utilizador Impressoras de Rede / Sistemas Operativos Windows Versão 1.3, Novembro de 2013 Quaisquer duvidas podem ser esclarecidas através do email: si@esmae-ipp.pt Serviços de Informática, ESMAE

Leia mais

Oficina de Construção de Páginas Web

Oficina de Construção de Páginas Web COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1 Oficina de Construção de Páginas Web Criação e Publicação Guião Páginas WWW com o editor do Microsoft Office Word 2003 1. Introdução. 2. Abrir uma página Web. 3. Guardar

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS

MANUAL DE PROCEDIMENTOS 1ª FASE: PRÉ-REGISTO DE UNIDADES HOTELEIRAS (WWW.SEF.PT, opção Boletins de Alojamento /Pré-Registo de Unidades Hoteleiras) - Caso não tenham o Código de Actividade Económica presente, poderão aceder aos

Leia mais

PONTO DE CONTATO ELETRÓNICO COM OS TRIBUNAIS ARBITRAIS

PONTO DE CONTATO ELETRÓNICO COM OS TRIBUNAIS ARBITRAIS PONTO DE CONTATO ELETRÓNICO COM OS TRIBUNAIS ARBITRAIS MANUAL DE UTILIZADOR INFARMED - Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, I.P. Parque de Saúde de Lisboa - Avenida do Brasil, 53 1749-004

Leia mais

SRCT Sistema de Gestão de Receitas e Cobrança de Taxas

SRCT Sistema de Gestão de Receitas e Cobrança de Taxas 01-01-2006 SRCT Sistema de Gestão de Receitas e Cobrança de Taxas Rev 1.0 1 INDICE 1 Indice... 2 2 Introdução... 3 2.1 Acesso ao sistema... 3 3 Login... 4 3.1 Primeiro Login... 4 4 Gestão de Declarações...

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Menus. v2011 - Certificado

ZS Rest. Manual Avançado. Menus. v2011 - Certificado Manual Avançado Menus v2011 - Certificado 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Iniciar o ZSRest... 3 4. Menus... 4 b) Novo Produto:... 5 i. Separador Geral.... 5 ii. Separador Preços e Impostos... 7 iii.

Leia mais

Manual SRCT - v.ps.2 UTILIZADORES. Apoio à gestão das Declarações de Vendas dos Produtos de Saúde. Contacto: taxa.04@infarmed.

Manual SRCT - v.ps.2 UTILIZADORES. Apoio à gestão das Declarações de Vendas dos Produtos de Saúde. Contacto: taxa.04@infarmed. Manual SRCT - v.ps.2 UTILIZADORES Apoio à gestão das Declarações de Vendas dos Produtos de Saúde Contacto: taxa.04@infarmed.pt 2008/Setembro NOTAS EXPLICATIVAS 1. As Declaração de Vendas a que se referem

Leia mais

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Acesso para cadastramento da empresa 2 Caso já tenha se

Leia mais

Aplicação da Qualidade. Manual do Utilizador. Versão 1 2006-05-30

Aplicação da Qualidade. Manual do Utilizador. Versão 1 2006-05-30 Aplicação da Qualidade Versão 1 2006-05-30 Índice 1. Introdução 2. Acesso à Aplicação 3. Menu principal 3.1. Processo 3.1.1. Registo da Ocorrência - Fase 1 3.1.2. Análise das Causas - Fase 2 3.1.3. Acção

Leia mais

Manual do aplicativo GESTÃO DE FICHEIROS 2003

Manual do aplicativo GESTÃO DE FICHEIROS 2003 Manual do aplicativo GESTÃO DE FICHEIROS 2003 ÍNDICE Pág. I. Instalação do Software 2 II. Selecção de Empresas / Manutenção de Empresas 5 III. Criação da Base de Dados (Clientes, Fornecedores e Pessoal)

Leia mais

DOCUMENTO DE APOIO À APLICAÇÃO

DOCUMENTO DE APOIO À APLICAÇÃO DOCUMENTO DE APOIO À APLICAÇÃO CHEQUE PRINT Versão 1.0 de 01-01-2010 Um produto da empresa World Solutions Unip. Lda. Telefone +351 22 9720375 E-Mail: INTRODUÇÃO Este documento tem como finalidade servir

Leia mais

Ajuda do site www.maxone.biz ( Março 2006)

Ajuda do site www.maxone.biz ( Março 2006) Ajuda do site www.maxone.biz ( Março 2006) Este documento tem como objectivo ajudar os nossos clientes a trabalhar com o nosso site. Se necessitar de alguma ajuda extra não hesite em contactar-nos. Apesar

Leia mais

Universidade Federal de Mato Grosso. Secretaria de Tecnologias da Informação e Comunicação. SISCOFRE Sistema de Controle de Frequência MANUAL

Universidade Federal de Mato Grosso. Secretaria de Tecnologias da Informação e Comunicação. SISCOFRE Sistema de Controle de Frequência MANUAL Universidade Federal de Mato Grosso Secretaria de Tecnologias da Informação e Comunicação SISCOFRE Sistema de Controle de Frequência MANUAL Versão 2.1 2013 Cuiabá MT Sumário Usuários do SISCOFRE... 3 Fases

Leia mais

Manual GMI-Gabinete de Manutenção Informática

Manual GMI-Gabinete de Manutenção Informática Manual de utilização Inventários Inventários Manual GMI-Gabinete de Manutenção Informática Rua Rui de Pina, 1B 2805-241 Almada Tel. 21 274 34 41 * Fax. 21 274 34 43 Geral: geral@gmi.mail.pt Assistência:

Leia mais

Gestão de Estágios e Projectos de Investigação Manual de Utilizador - Aluno

Gestão de Estágios e Projectos de Investigação Manual de Utilizador - Aluno Gestão de Estágios e Projectos de Investigação Manual de Utilizador - Aluno GESTÃO DE ESTÁGIOS E PROJECTOS DE INVESTIGAÇÃO MANUAL DE UTILIZADOR - ALUNO Passaremos a demonstrar quais os passos a dar para

Leia mais

Guia Utilizador do Serviço WebEDI da

Guia Utilizador do Serviço WebEDI da Guia Utilizador do Serviço WebEDI da Índice Activar conta WebEDI... 1 Aceder ao serviço WebEDI... 2 Recuperar dados de acesso... 3 WebEDI... 4 Editar dados do utilizador... 5 Consultar dados da Empresa...

Leia mais

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo Conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e comunique com o exterior; Windows: sistema operativo mais utilizado nos

Leia mais

Índice. Manual do programa Manage and Repair

Índice. Manual do programa Manage and Repair Manual do programa Manage and Repair Índice 1 Menu Ficheiro... 3 1.1 Entrar como... 3 1.2 Opções do utilizador... 3 2 Administração... 5 2.1 Opções do Programa... 5 2.1.1 Gerais (1)... 5 2.1.2 Gerais (2)...

Leia mais

A VISTA BACKSTAGE PRINCIPAIS OPÇÕES NO ECRÃ DE ACESSO

A VISTA BACKSTAGE PRINCIPAIS OPÇÕES NO ECRÃ DE ACESSO DOMINE A 110% ACCESS 2010 A VISTA BACKSTAGE Assim que é activado o Access, é visualizado o ecrã principal de acesso na nova vista Backstage. Após aceder ao Access 2010, no canto superior esquerdo do Friso,

Leia mais

Sistema da Comissão Nacional de Residência Médica

Sistema da Comissão Nacional de Residência Médica Sistema da Comissão Nacional de Residência Médica APRESENTAÇÃO: Este Manual apresenta as telas que são utilizadas para a navegação no Sistema de Comissão Nacional de Residência Médica. Neste manual estão

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO DO M3

MANUAL DO USUÁRIO DO M3 MANUAL DO USUÁRIO DO M3 1 CADASTROS 1.1 Clientes Abre uma tela de busca na qual o usuário poderá localizar o cadastro dos clientes da empresa. Preencha o campo de busca com o nome, ou parte do nome, e

Leia mais

Internet Update de PaintManager TM. Manual de registo do utilizador

Internet Update de PaintManager TM. Manual de registo do utilizador Internet Update de PaintManager TM Manual de registo do utilizador ÍNDICE O que é o registo CTS? 3 Como é realizado o pedido de registo? 3 Opção 1: Se o número de registo CTS for conhecido 3 Passo 1: 3

Leia mais

Relatório SHST - 2003

Relatório SHST - 2003 Relatório da Actividade dos Serviços de Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho Relatório SHST - 2003 Programa de Recolha da Informação Manual de Operação Versão 1.0 DEEP Departamento de Estudos, Estatística

Leia mais

Sistema de Certificação de Competências TIC

Sistema de Certificação de Competências TIC Sistema de Certificação de Competências TIC Portal das Escolas Manual de Utilizador INDICE 1 Introdução... 5 1.1 Sistema de formação e certificação de competências TIC...6 1.1.1 Processo de certificação

Leia mais

A BDAP Passo a Passo. www.bdap.min-financas.pt

A BDAP Passo a Passo. www.bdap.min-financas.pt A BDAP Passo a Passo www.bdap.min-financas.pt Versão 1 BDAP passo a passo A BDAP Base de Dados dos Recursos Humanos da Administração Pública - é um repositório de informação sobre os Recursos Humanos da

Leia mais

Guia de utilização. Acesso Universal

Guia de utilização. Acesso Universal Guia de utilização Março de 2009 Índice Preâmbulo... 3 Acesso à Plataforma... 4 Área de Trabalho... 5 Apresentar Propostas... 12 Classificar Documentos... 20 Submeter a Proposta... 21 Solicitação de Esclarecimentos/Comunicações...

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR

MANUAL DO UTILIZADOR MANUAL DO UTILIZADOR SISTEMA DE INFORMAÇÃO FORMAÇÃO CONTÍNUA (Art.21.º do Decreto-Lei n.º22/2014, de 11 de fevereiro) 6 de julho de 2015 Índice 1. ENQUADRAMENTO... 5 1.1 Objetivo... 5 1.2 Contactos Úteis...

Leia mais

Manual Gestix Guia do Utilizador. Gestix.com

Manual Gestix Guia do Utilizador. Gestix.com Manual Gestix Guia do Utilizador Gestix.com Copyright Este documento é Copyright 2008 Westix TI Lda. Todos os direitos reservados. Todas as marcas registadas referidas neste Manual são propriedade dos

Leia mais

Outlook 2003. Nivel 1. Rui Camacho

Outlook 2003. Nivel 1. Rui Camacho Outlook 2003 Nivel 1 Objectivos gerais Enviar e Responder a mensagens de correio electrónico, e gestão de contactos, marcação de compromissos e trabalhar com notas. Objectivos específicos Começar a trabalhar

Leia mais

Free Edition Manual do Utilizador

Free Edition Manual do Utilizador Free Edition Manual do Utilizador Global Id - Creative Thinkers 20 Índice Manual do Utilizador 02 Acerca do CC Free 03 Instalação 04 Visão Geral 05 Clientes 05 Clientes 05 Clientes 05 Ver/Alterar Dados

Leia mais

ZSRest. Manual Profissional. Comandos Rádio X64. V2011-Certificado

ZSRest. Manual Profissional. Comandos Rádio X64. V2011-Certificado Manual Profissional Comandos Rádio X64 V2011-Certificado 1 1. Índice 2. INTRODUÇÃO... 2 3. Configuração inicial... 3 4. Configurações X64... 5 a) Definições Gerais... 5 b) Documentos e Periféricos... 8

Leia mais

Mapas. Visualização de informação geográfica; Consulta e edição (mediante permissões) de informação geográfica;

Mapas. Visualização de informação geográfica; Consulta e edição (mediante permissões) de informação geográfica; Mapas Destinado especialmente aos Utilizadores do GEOPORTAL, nele são descritas e explicadas as diferentes funcionalidades existentes no FrontOffice (GEOPORTAL). O GEOPORTAL é baseado em tecnologia Web,

Leia mais

1. Ambiente de Trabalho

1. Ambiente de Trabalho 1 Ambiente de Trabalho 1. Ambiente de Trabalho Ao nível do ambiente de trabalho, depois de o Excel 2007 ter introduzido novos componentes (e.g., Botão Office e Friso) e eliminado alguns dos componentes

Leia mais

Comunicação de Dados de Autenticação e Credenciais de Acesso para Resposta ao Inquérito

Comunicação de Dados de Autenticação e Credenciais de Acesso para Resposta ao Inquérito Mais informação Acesso ao Sistema de Transferência Electrónica de dados de Inquéritos (STEDI). Onde se acede ao sistema de entrega de Inquéritos? Deverá aceder ao sistema através do site do GEP www.gep.mtss.gov.pt

Leia mais

POSTOUCH. Manual Software

POSTOUCH. Manual Software POSTOUCH Manual Software Introdução Introdução POS TOUCH é uma solução direcionada a pequenos postos de venda, que tem necessidade de criação de muitos talões de uma forma linear e rápida. A solução implementa

Leia mais

Manual de utilização da aplicação web Gestão de Delegados de Informação Médica

Manual de utilização da aplicação web Gestão de Delegados de Informação Médica Manual de utilização da aplicação web Gestão de Delegados de Informação Médica 1.1 Pedido de Login de Novas Entidades. Este ecrã irá proporcionar à entidade a realização do pedido de login. Para proceder

Leia mais

Ministério das Finanças Instituto de Informática. Departamento de Sistemas de Informação

Ministério das Finanças Instituto de Informática. Departamento de Sistemas de Informação Ministério das Finanças Instituto de Informática Departamento de Sistemas de Informação Assiduidade para Calendários Específicos Junho 2010 Versão 6.0-2010 SUMÁRIO 1 OBJECTIVO 4 2 ECRÃ ELIMINADO 4 3 NOVOS

Leia mais

Tutorial Administrativo (Backoffice)

Tutorial Administrativo (Backoffice) Manual - Software ENTRANDO NO SISTEMA BACKOFFICE Para entrar no sitema Backoffice, digite no seu navegador de internet o seguinte endereço: http://pesquisa.webbyapp.com/ Entre com o login e senha. Caso

Leia mais

Complemento ao Manual de Utilizador Plataforma de Estágios TIC

Complemento ao Manual de Utilizador Plataforma de Estágios TIC Complemento ao Manual de Utilizador Plataforma de Estágios TIC Direccionado para as escolas www.estagiostic.gov.pt Índice 1. Objectivo da Plataforma... 2 2. Acesso restrito... 2 3. Perfis... 2 3.1. O administrador...

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Ementas : Email e SMS. v2011

ZS Rest. Manual Avançado. Ementas : Email e SMS. v2011 Manual Avançado Ementas : Email e SMS v2011 1. Índice 2. INTRODUÇÃO... 2 3. INICIAR O ZSRest FrontOffice... 3 1 4. CONFIGURAÇÃO INICIAL... 4 b) Configurar E-Mail... 4 c) Configurar SMS... 5 i. Configurar

Leia mais

EAmb V.1 ESPOSENDE AMBIENTE. GestProcessos Online. Manual do Utilizador

EAmb V.1 ESPOSENDE AMBIENTE. GestProcessos Online. Manual do Utilizador EAmb V.1 ESPOSENDE AMBIENTE GestProcessos Online Manual do Utilizador GestProcessos Online GABINETE DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EAmb Esposende Ambiente, EEM Rua da Ribeira 4740-245 - Esposende

Leia mais

Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária)

Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária) Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária) /curriculum Julho de 2008 Versão 1.1 1 Introdução O objectivo deste guia é auxiliar o utilizador da Plataforma

Leia mais

Eletron-DS Pedido Eletrônico 1

Eletron-DS Pedido Eletrônico 1 1 2 Eletron-DS Julho / 2010 3 Índice Sistema... 4 Menu Digitar Pedido... 6 Menu Consultar Pedidos... 9 Menu Conexão Fornecedor... 10 4 Sistema Pré-requesitos: - Windows Vista ou Superior; - Acesso a Internet.

Leia mais

Manual do utilizador. Aplicação de agente

Manual do utilizador. Aplicação de agente Manual do utilizador Aplicação de agente Versão 8.0 - Otubro 2010 Aviso legal: A Alcatel, a Lucent, a Alcatel-Lucent e o logótipo Alcatel-Lucent são marcas comerciais da Alcatel-Lucent. Todas as outras

Leia mais

Recomendações gerais para o preenchimento do Formulário de Candidatura

Recomendações gerais para o preenchimento do Formulário de Candidatura Recomendações gerais para o preenchimento do Formulário de Candidatura ANTES do preenchimento da candidatura: o que precisa saber/fazer? Consultar as Normas do Programa e as Perguntas mais Frequentes disponíveis

Leia mais

Sistema de Pré-Postagem

Sistema de Pré-Postagem Sistema de Pré-Postagem A ferramenta de Pré-Postagem foi criada com o intuito de ajudar nossos clientes a efetuar suas postagens de maneira mais rápida e eficiente. Para as postagens que forem efetuadas

Leia mais

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA.

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL DO VTWEB CLIENT CADASTROS /PEDIDOS E PROCEDIMENTOS Resumo Esse manual tem como o seu objetivo principal a orientação de uso do

Leia mais

SClínico - SAPE - Autor: Eloy Boo ULSAM - USF LETHES Ponte de Lima

SClínico - SAPE - Autor: Eloy Boo ULSAM - USF LETHES Ponte de Lima - Autor: Eloy Boo ULSAM - USF LETHES Ponte de Lima SClínico SAPE Agradecimentos: À enfermeira Cármen Cunha, pela sua grande paciência, disponibilidade e ajuda. Índice geral 1. Introdução... 3 2. Iniciar

Leia mais

Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária)

Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária) Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária) http://curriculum.degois.pt Março de 2012 Versão 1.5 1 Introdução O objectivo deste guia é auxiliar o utilizador

Leia mais

Extracto on Line Aplicação Local Guia do Utilizador

Extracto on Line Aplicação Local Guia do Utilizador Extracto on Line Aplicação Local Guia do Utilizador Índice 1. Sobre o Guia... 4 1.1 Objectivo... 4 1.2 Utilização do Guia... 4 1.3 Acrónimos e Abreviações... 4 2. Introdução ao Extracto on Line Aplicação

Leia mais