RENASCIMENTO x BARROCO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RENASCIMENTO x BARROCO"

Transcrição

1 RENASCIMENTO x BARROCO Palestrina J.S. Bach

2 PERÍODO - Fins do século XIV até o século XVI - Início do século XVII até meados do século XVIII (1600 a 1750, com a morte de J. S. Bach)

3 ORIGEM DO NOME Trouxe um grande desenvolvimento às letras, ciências, cultura e artes, propondo uma nova visão e perspectiva de mundo. Inspirou-se nos valores e ideais da antiguidade clássica (Grécia e Roma). O termo era usado para definir forma irregular, grotesco ou estranho. Há quem diga que veio do termo espanhol berruga (verruga) e outros, ainda, dizem que é de origem portuguesa, significando pérola ou joia de formato irregular.

4 CARACTERÍSTICAS DO PERÍODO - Otimismo - Naturalismo - Individualismo - Humanismo - Antropocentrismo Reforçou os ideais renascentistas. Foi um período que confirmou, enfatizou o período anterior.

5 CARACTERÍTICAS DA MÚSICA - Polifonia - ValorizaÇão da música vocal. - Formas e estruturas simples. - Busca de variedades temáticas. - Resgate do uso dos instrumentos. - Atmosfera otimista e alegre. - Música secular e religiosa ainda um pouco misturadas. - Música com adornos e arabescos. - Desenvolvimento da música instrumental. - Ênfase ao solista na música vocal ou instrumental. - Nasce o conceito de melodia acompanhada. - Músicas, em sua maioria, de caráter dramático e repletas de fortes contrastes. - Nasce a ópera. - Divisão clara entre música religiosa e secular. - Uso do baixo contínuo. - Forma tre. - Virtuosismo. Órgão

6 O ARTISTA NA SOCIEDADE Marginalizado e ainda sem independência financeira. Contudo, tinha uma certa autonomia para criar, embora tivesse muitos vínculos com a igreja e setores detentores de poder. Já podia assinar suas obras. Já era visto como profissional. Muitos eram contratados por alguns setores sociais e viviam somente de música, sendo bastante reconhecidos. Virginal

7 FUNÇÃO E USOS DA MÚSICA Servia como forma de entretenimento, conhecimento e manifestação de ideias. Ganhou um nível mais elevado de reconhecimento, passando a ser tratada e usada como manifestação artística, além dos usos anteriores.

8 TEMAS ABORDADOS O homem e seu cotidiano, valores e ideais. Continuou valorizando o antropocentrismo, focando os sentimentos do homem.

9 INSTRUMENTOS Alaúde, viola da gamba, viola de braccio, virginal, espineta, clavicórdio, flautas doces e instrumentos de percussão. - Valorizou o uso do violino, do cravo e do órgão.

10 GRUPOS INSTRUMENTAIS Uso de pequenos grupos instrumentais, como grupos de câmara, de forma polifônica. Deu valor à música em conjunto, em pequenos e grandes grupos. Nasce a orquestra. Orquestra barroca

11 COMPOSITORES - Joaquin des Prés - Orlando di Lasso - Palestrina - Victória - W. Byrd - Monteverdi - Claudio Monteverdi - Johann Sebastian Bach - Joseph Haendel Corelli - Girolamo Frescobaldi - Antonio Vivaldi - Domenico Scarlatti - Lully - Couperin - Purcell - Rameau Monteverdi

12 FORMAS MUSICAIS - Missa - Moteto - Madrigal - Orquestra de câmara - Concerto - Concerto grosso - Ópera - Cantata - Oratório Moteto

13 PAPEL DA MULHER Atuou, principalmente, como espectadora mas, no final do período, já podia ser musicista. Ganhou papéis importantes como musicista, principalmente como cantora, na ópera.

14 TROVADORES e CASTRATI Os trovadores estavam no seu apogeu, executando música secular e levando notícias aos mais variados lugares. Os castrati continuaram seu legado iniciado na Idade Média. Trovadores e castrati perdem importância. Estes últimos, muito em vista da participação da mulher como musicista.

15 TEORIA MUSICAL Deu continuidade aos conhecimentos trazidos da Idade Média, onde já era muito explorada. Embora mais simples, já investia nos arranjos polifônicos. Ganhou maior complexidade, elaboração e técnica. Exigia mais conhecimento e estudo por parte de seu executante.

16 DIVULGAÇÃO DA MÚSICA Grandes bailes, eventos públicos, festas, cerimônias e principalmente pela imprensa, que trouxe mais democracia à arte da música. Idem ao Renascimento, com o adendo do uso dos teatros e através da profissionalização dos músicos. Prensa de Gutemberg

17 LOCAIS DE APRENTAÇÃO DA MÚSICA - Principalmente nas igrejas. - Residências burguesas. - Ambientes públicos. - Palácios. - Principalmente nos teatros. - Igrejas. - Residências burguesas. - Ambientes públicos. - Palácios. Teatro barroco

18 USO DO CANTO Foi muito explorado, principalmente em coro e em várias vozes, com e sem o acompanhamento instrumental. Assim como no Renascimento, continuou sendo explorado, mas com a ênfase ao uso de solistas.

19 Espineta e alaúde

20 Flautas doces, saltério, viola da gamba e cromornos

HISTÓRIA DA MÚSICA OCIDENTAL

HISTÓRIA DA MÚSICA OCIDENTAL HISTÓRIA DA MÚSICA OCIDENTAL A Música Barroca A palavra barroco vem da língua portuguesa e significa "pérola irregular". Foi adotada internacionalmente para caracterizar o estilo ornamentado e pomposo

Leia mais

A música surgiu com os sons

A música surgiu com os sons Dó A música surgiu com os sons da natureza, já que seus elementos formais - som e ritmo - fazem parte do Universo e, particularmente da estrutura humana O homem pré-histórico deve ter percebido os sons

Leia mais

História da Música Ocidental

História da Música Ocidental História da Música Ocidental A Música na Idade Média e no Renascimento Música medieval é o nome dado à música típica do período da Idade Média. Essas práticas musicais aconteceram há quase 1500 anos atrás.

Leia mais

BARROCO O que foi? O barroco foi uma manifestação que caracterizava-se pelo movimento, dramatismo e exagero. Uma época de conflitos espirituais e religiosos, o estilo barroco traduz a tentativa angustiante

Leia mais

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA ARTES. Aula 8.2 Conteúdo. Música

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA ARTES. Aula 8.2 Conteúdo. Música Aula 8.2 Conteúdo Música 1 Habilidades: Conhecer a origem da Música, seus principais elementos formadores, e a sua importância na sociedade. 2 Música Origem: Pré-história (marcava o ritmo com as mãos e

Leia mais

Arte cartaz, banner e filipeta

Arte cartaz, banner e filipeta Arte cartaz, banner e filipeta Site da Prefeitura de Cordeiro Data: 08/10/10 Últimas Notícias Todas as Notícias O Barroco Europeu em Cordeiro Uma apresentação para marcar época A Orquestra Barroca da UNIRIO

Leia mais

EXERCÍCIOS SOBRE RENASCIMENTO

EXERCÍCIOS SOBRE RENASCIMENTO EXERCÍCIOS SOBRE RENASCIMENTO TEXTO O termo Renascimento é comumente aplicado à civilização européia que se desenvolveu entre 1300 e 1650. Além de reviver a antiga cultura greco-romana, ocorreram nesse

Leia mais

Descobrir. Reconhecer. Divulgar. Valorizar. Perenizar. O conhecimento da música. A verdadeira música Brasileira.

Descobrir. Reconhecer. Divulgar. Valorizar. Perenizar. O conhecimento da música. A verdadeira música Brasileira. Descobrir. Reconhecer. Divulgar. Valorizar. Perenizar. O conhecimento da música. A verdadeira música Brasileira. Sinfonieta dos Devotos de Nossa Senhora dos Prazeres Direção do Maestro Marcelo Antunes

Leia mais

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS PROFESSOR II MÚSICA

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS PROFESSOR II MÚSICA 17 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS PROFESSOR II MÚSICA QUESTÃO 21 As produções musicais assimilam intensa contribuição de diferentes povos. Assinale a afirmativa INCORRETA: a) O órgão é egípcio. b)

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n 35/ 2009 Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso de Graduação em Música, Modalidade

Leia mais

M úsica com Hist ória

M úsica com Hist ória M úsica com Hist ória Sumário Nota prév ia 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 Nota Prévia Introdução Pré-História Período Romano Presença Muçulmana Idade Média Cristã e Idade Moderna Barroco Clássico Romântico

Leia mais

25 Gêneros Musicais: Vocais e Instrumentais - Conteúdo

25 Gêneros Musicais: Vocais e Instrumentais - Conteúdo Introdução Gêneros Vocais Organum Moteto Madrigal Ópera Lied Gêneros Instrumentais Suíte Concerto Sonata Sinfonia 2 Introdução Como vimos na Unidade 09 Formas Simples: Unária e Binária, certas formas musicais

Leia mais

Óperas. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda

Óperas. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda s Objetivos O objetivo da aula não é rediscutir a História da Música já por demais debatido, mas sim registrar o surgimento da Ópera, colocando-a em perspectiva. Através de uma visão atual, procura-se

Leia mais

CURSO DE MÚSICA - BACHARELADO

CURSO DE MÚSICA - BACHARELADO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO UFPE CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO - CAC CURSO DE MÚSICA - BACHARELADO Coordenador do Curso: Prof. Rinaldo de Melo Fonseca IDENTIFICAÇÃO DO CURSO 1. Denominação dos Cursos:

Leia mais

Ciclo de Concertos. Espaço Cultural Pyndorama. Caderno especial. com o histórico. das atividades

Ciclo de Concertos. Espaço Cultural Pyndorama. Caderno especial. com o histórico. das atividades Ciclo de Concertos Espaço Cultural Pyndorama Caderno especial com o histórico das atividades Edição 2008 1 O Ciclo de Concertos Musicais do Espaço Cultural Pyndorama é uma iniciativa da Cia. Antropofágica

Leia mais

Conteúdos Específicos Professor Ensino Superior - Licenciatura Plena ou Bacharelado - Habilidades Artístico Culturais - Música

Conteúdos Específicos Professor Ensino Superior - Licenciatura Plena ou Bacharelado - Habilidades Artístico Culturais - Música Conteúdos Específicos Professor Ensino Superior - Licenciatura Plena ou Bacharelado - Habilidades Artístico Culturais - Música 31) Em sua primeira fase, a música religiosa era essencialmente vocal, não

Leia mais

SIMULADO 4 JORNAL EXTRA ESCOLAS TÉCNICAS HISTÓRIA

SIMULADO 4 JORNAL EXTRA ESCOLAS TÉCNICAS HISTÓRIA SIMULADO 4 JORNAL EXTRA ESCOLAS TÉCNICAS HISTÓRIA QUESTÃO 01 De uma forma inteiramente inédita, os humanistas, entre os séculos XV e XVI, criaram uma nova forma de entender a realidade. Magia e ciência,

Leia mais

Música, Artes Visuais, Dança e Teatro

Música, Artes Visuais, Dança e Teatro Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro IFTM Campus Ituiutaba Curso Técnico em Informática Integrado ao 3 ano do Ensino Médio Disciplina: Artes Música, Artes Visuais, Dança

Leia mais

Caderno de Prova 2 PR04. Artes Música. ( ) prova de questões Objetivas. Professor de

Caderno de Prova 2 PR04. Artes Música. ( ) prova de questões Objetivas. Professor de Prefeitura Municipal de Florianópolis Secretaria Municipal de Educação Edital n o 001/2009 Caderno de Prova 2 PR04 ( ) prova de questões Objetivas Professor de Artes Música Dia: 8 de novembro de 2009 Horário:

Leia mais

Unidade III Conceitos sobre Era Medieval e Feudalismo. Aula 12.1 Conteúdo: Renascimento na Europa.

Unidade III Conceitos sobre Era Medieval e Feudalismo. Aula 12.1 Conteúdo: Renascimento na Europa. Unidade III Conceitos sobre Era Medieval e Feudalismo. Aula 12.1 Conteúdo: Renascimento na Europa. Habilidade: Identificar os elementos que caracterizaram as transformações sociais e científicas na Europa

Leia mais

Renascimento Cultural

Renascimento Cultural Renascimento Cultural Séculos XIV ao XVII Prof. Dieikson de Carvalho Renascimento Cultural Contexto histórico Transição da Idade Média para Idade Moderna. Século XIV ao XVII. Resultado do Renascimento

Leia mais

CLUBE DE MÚSICA Agrupamento Vertical de Escolas de Briteiros Ano Letivo 2014/2015

CLUBE DE MÚSICA Agrupamento Vertical de Escolas de Briteiros Ano Letivo 2014/2015 CLUBE DE MÚSICA 1. JUSTIFICAÇÃO DO PROJETO: O Projeto do Clube de Música nasce da necessidade de se desenvolver com os alunos atividades diferenciadas que não podem ser devidamente exploradas e aprofundadas

Leia mais

RENASCIMENTO E HUMANISMO Profª Erô Cirqueira

RENASCIMENTO E HUMANISMO Profª Erô Cirqueira RENASCIMENTO E HUMANISMO Profª Erô Cirqueira Definição: Movimento científico e científico ocorrido na Europa durante a transição entre as idades Média e Moderna. Fatores: A expansão marítima e o renascimento

Leia mais

S.R. DA EDUCAÇÃO E CULTURA. Portaria n.º 83/2004 de 21 de Outubro de 2004

S.R. DA EDUCAÇÃO E CULTURA. Portaria n.º 83/2004 de 21 de Outubro de 2004 S.R. DA EDUCAÇÃO E CULTURA Portaria n.º 83/2004 de 21 de Outubro de 2004 Ao abrigo do regime jurídico da educação extra-escolar, criado pelo Decreto Legislativo Regional 13/2002/A, de 12 de Abril, e regulamentado

Leia mais

A pintura de natureza-morta (com temática de arranjos de frutas, legumes e utensílios domésticos) surgiu como um gênero mais simplório, no início do

A pintura de natureza-morta (com temática de arranjos de frutas, legumes e utensílios domésticos) surgiu como um gênero mais simplório, no início do A pintura de natureza-morta (com temática de arranjos de frutas, legumes e utensílios domésticos) surgiu como um gênero mais simplório, no início do Barroco, derivado das pinturas que representavam cenas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º MU096- CANTO 1A OBRIG 0 60 60 2.0 Fórmula: MU055 MU055- PERCEPCAO RITMICA MU271- CANTO CORAL 1 OBRIG 0 30 30 1.0 Fórmula: MU096 MU096- CANTO 1A PRÁTICA DA POLIFONIA VOCAL A DUAS E TRÊS VOZES.

Leia mais

Provas de Habilidades Específicas em Música Composição e Licenciatura

Provas de Habilidades Específicas em Música Composição e Licenciatura Provas de Habilidades Específicas em Música Composição e Licenciatura Percepção Ditado Melódico 1: Reconhecimento de notas erradas na partitura (duração da questão 01min 30s). 1. Ouviremos a seguir um

Leia mais

ALEIJADINHO. Espanha, Holanda, Bélgica e França. Na Europa, perdura até meados do século

ALEIJADINHO. Espanha, Holanda, Bélgica e França. Na Europa, perdura até meados do século ALEIJADINHO Escultor, entalhador e arquiteto mineiro (1730-1814). Antônio Francisco Lisboa nasce em Vila Rica, atual Ouro Preto, filho de um mestre-de-obras português e de uma escrava. Seguindo os passos

Leia mais

CURSO BÁSICO DE MÚSICA PROGRAMA DE CRAVO 1º GRAU

CURSO BÁSICO DE MÚSICA PROGRAMA DE CRAVO 1º GRAU 1º GRAU Desenvolver o tato, o sentido rítmico e melódico e a audição interior. Desenvolver a capacidade de coordenação motora para a aprendizagem da técnica do instrumento. Desenvolver a execução correta

Leia mais

ACORDEÃO. Admissão/aferição ao 2º grau/6º ano de escolaridade

ACORDEÃO. Admissão/aferição ao 2º grau/6º ano de escolaridade ACORDEÃO Admissão/aferição ao 2º grau/6º ano de escolaridade 1. Uma escala maior na extensão de uma oitava, de livre escolha; Respetivo arpejo sobre o acorde perfeito maior no estado fundamental. 2. Dois

Leia mais

Fundação das Artes comemora 44 anos

Fundação das Artes comemora 44 anos Fundação das Artes comemora 44 anos Para comemorar 44 anos de dedicação à prática, ensino e fomento à arte, a Fundação das Artes abre as portas para receber os seus alunos, professores e o público em geral

Leia mais

JOHANN SEBASTIAN BACH

JOHANN SEBASTIAN BACH JOHANN SEBASTIAN BACH 1 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS Johann Sebastian Bach nasceu em Eisenach no dia 21 de março de 1685 e faleceu em Leipzig no dia 28 de julho de 1750. Foi compositor, cantor, cravista,

Leia mais

PROGRAMAÇÃO CULTURAL CONCERTO DE ABERTURA Dia 14 Orquestra Sinfônica Heliópolis (SP) Regente: Edilson Ventureli 20h30 Cine Theatro Central CONCERTOS

PROGRAMAÇÃO CULTURAL CONCERTO DE ABERTURA Dia 14 Orquestra Sinfônica Heliópolis (SP) Regente: Edilson Ventureli 20h30 Cine Theatro Central CONCERTOS PROGRAMAÇÃO CULTURAL CONCERTO DE ABERTURA Dia 14 Orquestra Sinfônica Heliópolis (SP) Regente: Edilson Ventureli CONCERTOS Dia 15 Orquestra Barroca do Festival com instrumentos de época (MG) Regente: Luis

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO N. o 203 3-9-1998 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-B 4595 mento. Pelo Ministro Adjunto, Fausto de Sousa Correia, Secretário de Estado da Administração Pública e da Modernização Administrativa. A Ministra da

Leia mais

3ª IGREJA BATISTA DO PLANO PILOTO

3ª IGREJA BATISTA DO PLANO PILOTO Biografia: Eduardo Dias Carvalho é Bacharel em Composição UnB Bacharel em Regência - UnB, Licenciado em Educação Musical - UnB Pós- graduado em Regência Coral UnB Regência de Corais Coral da 3ª IGREJA

Leia mais

ANÁLISE DA DEFICIÊNCIA: UMA PERSPECTIVA HISTÓRICA

ANÁLISE DA DEFICIÊNCIA: UMA PERSPECTIVA HISTÓRICA ANÁLISE DA DEFICIÊNCIA: UMA PERSPECTIVA HISTÓRICA Supervisor de Ensino Juarez B. de Oliveira Olhar Histórico As limitações do olhar histórico: Fontes; Silenciamento; Objeto de análise/sujeito histórico

Leia mais

PANORAMA GERAL. da Antiguidade ao Século XX

PANORAMA GERAL. da Antiguidade ao Século XX PANORAMA GERAL da Antiguidade ao Século XX ANTIGUIDADE Principais povos musicais: gregos, judeus, romanos, egípcios e bizantinos. Características da música da antiguidade: Monofônica ou heterofônica Associada

Leia mais

XVII CONCURSO OSPA PARA JOVENS SOLISTAS, REGENTES E COMPOSITORES REGULAMENTO

XVII CONCURSO OSPA PARA JOVENS SOLISTAS, REGENTES E COMPOSITORES REGULAMENTO XVII CONCURSO OSPA PARA JOVENS SOLISTAS, REGENTES E COMPOSITORES 1 DO OBJETIVO REGULAMENTO O XVII CONCURSO OSPA PARA JOVENS SOLISTAS, REGENTES E COMPOSITORES, promovido pela FOSPA - Fundação Orquestra

Leia mais

Música no Barroco (séc. XVII-XVIII)

Música no Barroco (séc. XVII-XVIII) Música no Barroco (séc. XVII-XVIII) Um pouca da História da Música Religiosa Barroca No séc. XVII a Renascença vai gradualmente evoluindo para a arte Barroca. Praticamente, a composição de Música Religiosa

Leia mais

Itália berço do Renascimento

Itália berço do Renascimento RENASCIMENTO CULTURAL XIV e XVI Itália berço do Renascimento How does Late Linha Gothic art create do the tempo bridge between Byzantine and Renaissance art? Bizantino Virgin and Child Gótico Virgin and

Leia mais

Neoclassicismo. Segundo a leitura acima analise os itens e marque uma ÚNICA alternativa:

Neoclassicismo. Segundo a leitura acima analise os itens e marque uma ÚNICA alternativa: Neoclassicismo Questão 01 De acordo com a tendência neoclássica, uma obra de arte só seria perfeitamente bela na medida em que imitasse não as formas da natureza, mas as que os artistas clássicos gregos

Leia mais

COMPOSIÇÃO Duração Total (03h00:00)

COMPOSIÇÃO Duração Total (03h00:00) PROVA DE APTIDÃO MÚSICA COMPOSIÇÃO Duração Total (03h00:00) 1. ANÁLISE COMPARATIVA (01:00:00) Ouça atentamente os três trechos musicais a serem reproduzidos durante o exame 1.1 Esboce uma representação

Leia mais

O RENASCIMENTO FOI UM MOVIMENTO CULTURAL, OCORRIDO NO INÍCIO DA IDADE MODERNA E QUE FEZ RENASCER A CULTURA GRECO-ROMANA

O RENASCIMENTO FOI UM MOVIMENTO CULTURAL, OCORRIDO NO INÍCIO DA IDADE MODERNA E QUE FEZ RENASCER A CULTURA GRECO-ROMANA O RENASCIMENTO FOI UM MOVIMENTO CULTURAL, OCORRIDO NO INÍCIO DA IDADE MODERNA E QUE FEZ RENASCER A CULTURA GRECO-ROMANA IDADE ANTIGA CULTURA GRECO-ROMANA ANTROPOCÊNTRICA ANTROPO = Homem CÊNTRICA = centro

Leia mais

Sugestão de Atividade / História / 6ª Série (7º Ano)

Sugestão de Atividade / História / 6ª Série (7º Ano) Sugestão de Atividade / História / 6ª Série (7º Ano) COMPONENTE CURRICULAR: História SÉRIE/ANO: 6ª SÉRIE (7º Ano) INTERDISCIPLINARIDADE: Artes CONTEÚDO: Renascimento Cultural Eixo Temático I de Artes:

Leia mais

A ESCRITA BARROCA E CLÁSSICA PARA TECLADO

A ESCRITA BARROCA E CLÁSSICA PARA TECLADO A ESCRITA BARROCA E CLÁSSICA PARA TECLADO Cândida Borges O texto a seguir apresenta uma comparação entre a escrita para teclado no período Barroco e a do período Clássico, focalizando compositores, gêneros,

Leia mais

Música no Renascimento (séc. XV- XVII)

Música no Renascimento (séc. XV- XVII) Música no Renascimento (séc. XV- XVII) Um pouca da História da Música Religiosa Renascentista No séc. XV a Ars Nova vai gradualmente evoluindo para a arte da Renascença, já não só na Música Religiosa mas

Leia mais

Música Profana. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda

Música Profana. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda Música Profana Objetivos O objetivo da aula não é rediscutir a História da Música já por demais debatido, mas sim registrar o surgimento da música profana, não religiosa, colocando-a em perspectiva. Através

Leia mais

Dependendo da época e do lugar em que vive o compositor, da sua intenção com a música, dos instrumentos. Muitos tipos de música...

Dependendo da época e do lugar em que vive o compositor, da sua intenção com a música, dos instrumentos. Muitos tipos de música... Muitos tipos de música... B.B. King, guitarrista e cantor de blues. Dependendo da época e do lugar em que vive o compositor, da sua intenção com a música, dos instrumentos musicais que tem à disposição,

Leia mais

Estrutura Curricular do curso Música - Bacharelado com Habilitação em Instrumento ou Canto

Estrutura Curricular do curso Música - Bacharelado com Habilitação em Instrumento ou Canto Estrutura Curricular do curso Música - Bacharelado com Habilitação em Instrumento ou Canto 1º período Canto Coral A 36 Canto I 54 Consciência Corporal em Performance Musical I 36 Contraponto I 36 Fisiologia

Leia mais

Colégio Policial Militar Feliciano Nunes Pires

Colégio Policial Militar Feliciano Nunes Pires Colégio Policial Militar Feliciano Nunes Pires Professor: Claudia S. N. Vieira Disciplina: LPO Série: 1ª Tema da aula: O Trovadorismo Objetivo da aula: Trabalhar as principais características do estilo

Leia mais

Escola para Formação de Artistas Artes Visuais Dança Música Teatro

Escola para Formação de Artistas Artes Visuais Dança Música Teatro Fundação das Artes Escola para Formação de Artistas Artes Visuais Dança Música Teatro Inscrições Abertas Turmas 2013 Primeiro Semestre Cursos Livres e Técnicos A Fundação das Artes é uma Escola de Artes

Leia mais

ATO PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL DOS PODERES DO ESTADO MINAS GERAIS EM 12/11/2014

ATO PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL DOS PODERES DO ESTADO MINAS GERAIS EM 12/11/2014 ATO PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL DOS PODERES DO ESTADO MINAS GERAIS EM 12/11/2014 GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS FUNDAÇÃO CLÓVIS SALGADO RERRATIFICAÇÃO DE EDITAL PARA O CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO

Leia mais

A Dança é a arte de mexer o corpo, através de uma cadência de movimentos e ritmos, criando uma harmonia própria. Não é somente através do som de uma

A Dança é a arte de mexer o corpo, através de uma cadência de movimentos e ritmos, criando uma harmonia própria. Não é somente através do som de uma Dança Desde 1982, no dia 29 de abril, comemora-se o dia internacional da dança, instituído pela UNESCO em homenagem ao criador do balé moderno, Jean- Georges Noverre. A Dança é a arte de mexer o corpo,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS FUNDAÇÃO CLÓVIS SALGADO

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS FUNDAÇÃO CLÓVIS SALGADO GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS FUNDAÇÃO CLÓVIS SALGADO RERRATIFICAÇÃO DE EDITAL PARA O CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DAS CARREIRAS DE PROFESSOR DE ARTE E ANALISTA DE GESTÃO ARTÍSTICA, DO

Leia mais

Fomento a Projetos Culturais nas Áreas de Música e de Artes Cênicas

Fomento a Projetos Culturais nas Áreas de Música e de Artes Cênicas Programa 0166 Música e Artes Cênicas Objetivo Aumentar a produção e a difusão da música e das artes cênicas. Público Alvo Sociedade em geral Ações Orçamentárias Indicador(es) Número de Ações 7 Taxa de

Leia mais

ATO PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL DOS PODERES DO ESTADO MINAS GERAIS EM 12/11/2014

ATO PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL DOS PODERES DO ESTADO MINAS GERAIS EM 12/11/2014 ATO PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL DOS PODERES DO ESTADO MINAS GERAIS EM 12/11/2014 GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS FUNDAÇÃO CLÓVIS SALGADO RERRATIFICAÇÃO DE EDITAL PARA O CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO

Leia mais

CURSO DE BACHARELADO EM MÚSICA OPÇÃO: PIANO / VIOLINO / VIOLA / VIOLÃO / VIOLONCELO

CURSO DE BACHARELADO EM MÚSICA OPÇÃO: PIANO / VIOLINO / VIOLA / VIOLÃO / VIOLONCELO CURSO DE BACHARELADO EM MÚSICA OPÇÃO: PIANO / VIOLINO / VIOLA / VIOLÃO / VIOLONCELO AUTORIZAÇÃO: Resolução nº 31/93 CONSUNI e Resolução nº 374/2005 CONSUNI RECONHECIMENTO: Decreto Estadual nº 1495/2000

Leia mais

BACHARELADO EM MÚSICA COM HABILITAÇÃO EM COMPOSIÇÃO

BACHARELADO EM MÚSICA COM HABILITAÇÃO EM COMPOSIÇÃO BACHARELADO EM MÚSICA COM HABILITAÇÃO EM COMPOSIÇÃO O curso de Composição Musical, no Departamento de Música da ECA/USP, é desenvolvido ao longo de seis anos. É um curso que procura ser abrangente o bastante

Leia mais

Um dia quando dizia a missa, veio-lhe à ideia um tema para uma música. Sem dizer nada interrompeu a missa e dirigiu-se à sacristia e anotou num

Um dia quando dizia a missa, veio-lhe à ideia um tema para uma música. Sem dizer nada interrompeu a missa e dirigiu-se à sacristia e anotou num BACH Nasceu a 21 de Março de 1685, em Eisenach. Dedicou grande parte da sua vida à composição e estudo do órgão. Era tímido e inclinado ao recolhimento. Teve dois irmãos. Hoje é considerado o primeiro

Leia mais

FUVEST - VESTIBULAR 2012 PROVA DE APTIDÃO EM MÚSICA

FUVEST - VESTIBULAR 2012 PROVA DE APTIDÃO EM MÚSICA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE COMUNICAÇÕES E ARTES DEPARTAMENTO DE MÚSICA FUVEST - VESTIBULAR 2012 PROVA DE APTIDÃO EM MÚSICA Curso: ( ) Licenciatura ( ) Canto ( ) Instrumento ( ) Regência ( ) Composição

Leia mais

Os instrumentos musicais são classificados conforme o material de que são confeccionados e a forma como o som é produzido.

Os instrumentos musicais são classificados conforme o material de que são confeccionados e a forma como o som é produzido. Instrumentos Musicais O homem primitivo começou a construir instrumentos musicais para tentar imitar os sons da natureza. Os primeiros instrumentos de que se têm notícia são aqueles feitos de ossos de

Leia mais

Prof.: Thiago Oliveira

Prof.: Thiago Oliveira Prof.: Thiago Oliveira O Renascimento foi um conjunto de transformações (Sociais, Econômicas, Políticas, Religiosas, Científicas e Artísticas) ocorridas na Europa a partir do Séc. XI, tendo seu auge durante

Leia mais

FICHAS DE ENTREGA DO PROGRAMA PARA PROVA DE ACESSO AO 6º GRAU

FICHAS DE ENTREGA DO PROGRAMA PARA PROVA DE ACESSO AO 6º GRAU FICHAS DE ENTREGA DO PROGRAMA PARA PROVA DE ACESSO AO 6º GRAU Acordeão Alaúde Clarinete Contrabaixo Cravo Fagote Flauta de Bisel Flauta Transversal Guitarra Portuguesa Harpa Oboé Órgão Percussão Piano

Leia mais

Leitura: Avondano e Scarlatti a importação dos músicos italianos para a corte portuguesa Sonatas de Domenico Scarlatti: Essercizi per Clavicembalo

Leitura: Avondano e Scarlatti a importação dos músicos italianos para a corte portuguesa Sonatas de Domenico Scarlatti: Essercizi per Clavicembalo ALINHAMENTO Introdução Leitura: Avondano e Scarlatti a importação dos músicos italianos para a corte portuguesa Sonatas de Domenico Scarlatti: Essercizi per Clavicembalo Leitura: Scarlatti, pai e filho

Leia mais

O FESTIVAL INTERNACIONAL DE INVERNO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA E SUAS AÇÕES MUSICAIS

O FESTIVAL INTERNACIONAL DE INVERNO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA E SUAS AÇÕES MUSICAIS O FESTIVAL INTERNACIONAL DE INVERNO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA E SUAS AÇÕES MUSICAIS Área temática: cultura Vera Lucia Portinho Vianna (Coordenadora da Ação de Extensão) Vera Lucia Portinho

Leia mais

ANEXO 4 CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS DAS PROVAS DE AFERIÇÃO E EXAMES DOS DIFERENTES INSTRUMENTOS PARA O ENSINO ESPECIALIZADO DE MÚSICA

ANEXO 4 CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS DAS PROVAS DE AFERIÇÃO E EXAMES DOS DIFERENTES INSTRUMENTOS PARA O ENSINO ESPECIALIZADO DE MÚSICA ANEXO 4 CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS DAS PROVAS DE AFERIÇÃO E EXAMES DOS DIFERENTES INSTRUMENTOS PARA O ENSINO ESPECIALIZADO DE MÚSICA 1 GRUPO DE SOPROS A- Conteúdos programáticos das Provas de Aferição 1.

Leia mais

www.portaledumusicalcp2.mus.br

www.portaledumusicalcp2.mus.br Apostila de Educação Musical 1ª Série Ensino Médio www.portaledumusicalcp2.mus.br O QUE É MÚSICA? A música (do grego μουσική τέχνη - musiké téchne, a arte das musas) constituise basicamente de uma sucessão

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM MÚSICA

CURSO DE LICENCIATURA EM MÚSICA CURSO DE LICENCIATURA EM MÚSICA DESCRIÇÃO Número de Fases: 08 Número de disciplinas obrigatórias: 38 Número de créditos obrigatórios: 152 Carga horária total das disciplinas obrigatórias: 2.280 horas Mínimo

Leia mais

2) Quais são as harmonias grafadas e como o executante deve interpretá-las?

2) Quais são as harmonias grafadas e como o executante deve interpretá-las? Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC Centro de Artes CEART Departamento de Música Laboratório de Ensino da Área de Fundamentos da Linguagem Musical Introdução a História do Baixo Contínuo por

Leia mais

PROVA ESCRITA DE EDUCAÇÃO MUSICAL. PRIMEIRA PARTE - QUESTÕES DISCURSIVAS (70 pontos)

PROVA ESCRITA DE EDUCAÇÃO MUSICAL. PRIMEIRA PARTE - QUESTÕES DISCURSIVAS (70 pontos) COLÉGIO PEDRO II DIRETORIA GERAL SECRETARIA DE ENSINO CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSORES DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO = 2002 = PRIMEIRA PARTE - QUESTÕES DISCURSIVAS (70 pontos) 1) Escreva uma notação rítmica

Leia mais

Idade Média. Barroco RENASCIMENTO. Prof. Vinicius Rodrigues

Idade Média. Barroco RENASCIMENTO. Prof. Vinicius Rodrigues Idade Média, RENASCIMENTO Barroco e Prof. Vinicius Rodrigues LITERATURA MEDIEVAL Alta Idade Média TROVADORISMO (Século XI-XIV) Novelas de Cavalaria (PROSA) - O herói-cavaleiro carrega os ideias da Igreja

Leia mais

Madrigálico. Canto Renascentista

Madrigálico. Canto Renascentista Canto Renascentista Madrigálico Proponente e Produtora: Viviane Godoy Alves Lima Tel:(11)99862-4227 Organização Musical: Alberto Cecconi prod.cecconi@gmail.com M adrigálico de caráter madrigalista, que

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DO PROJETO EDUCATIVO. Concerto encenado em classe de conjunto: estudo sobre perceções e aprendizagens

PROGRAMAÇÃO DO PROJETO EDUCATIVO. Concerto encenado em classe de conjunto: estudo sobre perceções e aprendizagens PROGRAMAÇÃO DO PROJETO EDUCATIVO Concerto encenado em classe de conjunto: estudo sobre perceções e aprendizagens Ana Estevens, nº 120138001 Trabalho realizado na Unidade Curricular de Processos de Experimentação

Leia mais

A MÚSICA EM PORTUGAL NA PRIMEIRA METADE DO SÉCULO XVIII* Por José Bettencourt da Câmara (Universidade de Évora)

A MÚSICA EM PORTUGAL NA PRIMEIRA METADE DO SÉCULO XVIII* Por José Bettencourt da Câmara (Universidade de Évora) A MÚSICA EM PORTUGAL NA PRIMEIRA METADE DO SÉCULO XVIII* Por José Bettencourt da Câmara (Universidade de Évora) Uma boa parte do conjunto das fontes musicais manuscritas que no território português chegaram

Leia mais

PRÁTICA INSTRUMENTAL AO PIANO

PRÁTICA INSTRUMENTAL AO PIANO PRÁTICA INSTRUMENTAL AO PIANO OBJECTIVOS GERAIS Desenvolver competências técnicas e artísticas através do estudo de um repertório diversificado. Trabalhar a compreensão do texto musical de modo a favorecer

Leia mais

APROVADO PELA LEI FEDERAL DE INCENTIVO À CULTURA LEI ROUANET

APROVADO PELA LEI FEDERAL DE INCENTIVO À CULTURA LEI ROUANET APROVADO PELA LEI FEDERAL DE INCENTIVO À CULTURA LEI ROUANET Projeto de Implantação e Desenvolvimento da Orquestra Filarmônica de São Roque, que inclui Cursos de instrumentos de orquestra e Curso de Luteria.

Leia mais

O uso de máscaras frente às necessidades

O uso de máscaras frente às necessidades Máscaras Os textos apresentados falam sobre a presença das máscaras em diversos contextos e épocas, seja para assumir um caráter religioso, artístico ou social. Tendo como base tais textos e seus conhecimentos

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANSELMO DE ANDRADE DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES ENSINO BÁSICO 2º CICLO PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANSELMO DE ANDRADE DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES ENSINO BÁSICO 2º CICLO PLANIFICAÇÃO ANUAL Domínios e Subdomínios Desenvolvimento da Capacidade de Expressão e Comunicação: Interpretação e Comunicação INDICADORES O aluno canta controlando a emissão vocal em termos de afinação e respiração. O

Leia mais

PLANEJAMENTO EM EDUCAÇÃO MUSICAL

PLANEJAMENTO EM EDUCAÇÃO MUSICAL UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE ARTES DEPARTAMENTO DE MÚSICA Metodologia da Educação Musical Profª Viviane Beineke PLANEJAMENTO EM EDUCAÇÃO MUSICAL - exemplo de planejamento para a 2ª

Leia mais

História da Arte - Linha do Tempo

História da Arte - Linha do Tempo História da Arte - Linha do Tempo PRÉ- HISTÓRIA (1000000 A 3600 a.c.) Primeiras manifestações artísticas. Pinturas e gravuras encontradas nas paredes das cavernas. Sangue de animais, saliva, fragmentos

Leia mais

Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo de Referência da Rede Estadual de Educação de GOIÁs. História Oficina de História

Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo de Referência da Rede Estadual de Educação de GOIÁs. História Oficina de História Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo de Referência da Rede Estadual de Educação de GOIÁs História Oficina de História 2 Caro professor, Este guia foi desenvolvido para ser uma ferramenta

Leia mais

ESCOLA MUNICIPAL DE MÚSICA

ESCOLA MUNICIPAL DE MÚSICA ESCOLA MUNICIPAL DE MÚSICA A Secretaria Municipal de Cultura, por intermédio do Departamento do Teatro Municipal, faz saber que estarão abertas inscrições para seleção de novos alunos que deverão cursar

Leia mais

Você quer se formar em Música?

Você quer se formar em Música? Você quer se formar em Música? Faça um dos cursos de Graduação em Música oferecidos pela Escola de Música e Artes Cênicas da Universidade Federal de Goiás (EMAC/UFG)! 1) Quais são os Cursos Superiores

Leia mais

Educação Matemática. Prof. Andréa Cardoso 2013/2

Educação Matemática. Prof. Andréa Cardoso 2013/2 Educação Matemática Prof. Andréa Cardoso 2013/2 UNIDADE I Educação Matemática e Ensino Vozes isoladas alertam sobre os perigos da neglicência aos conhecimentos matemáticos. Fala do franciscano Roger Bacon

Leia mais

REGÊNCIA CORAL E CANTO CORAL

REGÊNCIA CORAL E CANTO CORAL PROCESSO SELETIVO DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL 2014 REGÊNCIA CORAL E CANTO CORAL EDITAL N.º 1- UFPA de 13/01/2014 30 de março de 2014 Nome: N.º de Inscrição: BOLETIM DE QUESTÕES LEIA COM MUITA ATENÇÃO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n 34/ 2009 Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso de Graduação em Música, Modalidade

Leia mais

INFORMAÇÕES DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO (PPC)

INFORMAÇÕES DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO (PPC) 1 INFORMAÇÕES DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO (PPC) Curso: Música, Bacharelado - Habilitação em Composição Campus: Cuiabá Docente da habilitação: Prof. Dr. Roberto Pinto Victorio Ato interno de criação

Leia mais

REGULAMENTO 1º CONCURSO DE COMPOSIÇÃO ERUDITA GRAMADO IN CONCERT

REGULAMENTO 1º CONCURSO DE COMPOSIÇÃO ERUDITA GRAMADO IN CONCERT REGULAMENTO 1º CONCURSO DE COMPOSIÇÃO ERUDITA GRAMADO IN CONCERT A Organização do 2º Gramado In Concert torna público o presente Edital que regulamenta o 1º Concurso de Composição Erudita Gramado In Concert.

Leia mais

Características perceptuais do som.

Características perceptuais do som. Características perceptuais do som. O som é produzido por corpos quando colocados em vibração. Essa vibração se transfere no ar de molécula a molécula até alcançar nossos ouvidos. As principais características

Leia mais

História da Cultura e das Artes Ano letivo: 2012/2013 BARROCO: MÚSICA INSTRUMENTAL SONATA, SUITE, FUGA, CONCERTO

História da Cultura e das Artes Ano letivo: 2012/2013 BARROCO: MÚSICA INSTRUMENTAL SONATA, SUITE, FUGA, CONCERTO BARROCO: MÚSICA INSTRUMENTAL SONATA, SUITE, FUGA, CONCERTO Índice 1) Música instrumental no período barroco... 2 1.1 Sonata... 2 1.2 Suite... 3 1.3 Fuga... 4 1.4 Concerto... 5 1 1) Música instrumental

Leia mais

COMPOSIÇÃO COMO RECURSO NO PROCESSO ENSINO / APRENDIZAGEM MUSICAL

COMPOSIÇÃO COMO RECURSO NO PROCESSO ENSINO / APRENDIZAGEM MUSICAL 389 COMPOSIÇÃO COMO RECURSO NO PROCESSO ENSINO / APRENDIZAGEM MUSICAL Ruth de Sousa Ferreira Silva Mestranda em Artes pela Universidade Federal de Uberlândia Introdução Este relato de experiência tem como

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SARZEDO Estado de Minas Gerais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SARZEDO Estado de Minas Gerais ANEXO I ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS Violino Viola em violino ou na modalidade violino ou na modalidade Licenciatura em em viola ou na modalidade viola ou na ministrar aulas de violino e avaliar o aprendizado

Leia mais

Índice... I. Índice de Quadros... V. Índice das Figuras... VII. Abreviaturas de obras de referência citadas...ix. Abreviaturas...X

Índice... I. Índice de Quadros... V. Índice das Figuras... VII. Abreviaturas de obras de referência citadas...ix. Abreviaturas...X ÍNDICE Índice... I Índice de Quadros... V Índice das Figuras... VII Abreviaturas de obras de referência citadas...ix Abreviaturas...X Siglas de Arquivos, Bibliotecas e Fundos... XII Agradecimentos... 1

Leia mais

Aula 23- Renascimento cultural

Aula 23- Renascimento cultural FB MED, M3, 3 ANO e ANUAL. Aula 23- Renascimento cultural DeOlhoNoEnem H1 - Interpretar historicamente e/ou geograficamente fontes documentais acerca de aspectos da cultura. H3 - Associar as manifestações

Leia mais

Prova de História da Música e Teoria Áreas de Execução e Composição (180 min.) Primeira parte (20 pontos)

Prova de História da Música e Teoria Áreas de Execução e Composição (180 min.) Primeira parte (20 pontos) GABARITO Prova de História da Música e Teoria Áreas de Execução e Composição (180 min.) Primeira parte (20 pontos) 1. Segundo Platão e Aristóteles, a música teria o poder de afetar a vontade, o caráter

Leia mais

Programação Geral. Música Regional Brasileira. A música do Brasil - Seg/Dom 6h.

Programação Geral. Música Regional Brasileira. A música do Brasil - Seg/Dom 6h. Programação Geral Música Regional Brasileira A música do Brasil - Seg/Dom 6h. Programa destinado a divulgar a música típica das regiões do Brasil. Toca os grandes mestres da música nordestina e mostra

Leia mais

HISTÓRIA DA MÚSICA BRASILEIRA

HISTÓRIA DA MÚSICA BRASILEIRA HISTÓRIA DA MÚSICA BRASILEIRA A Formação da música brasileira A música do Brasil se formou a partir da mistura de elementos europeus, africanos e indígenas, trazidos respectivamente por colonizadores portugueses,

Leia mais

CONTEÚDO E HABILIDADES ARTES REVISÃO. Aula 6.1 Conteúdo: Revisão da Unidade II

CONTEÚDO E HABILIDADES ARTES REVISÃO. Aula 6.1 Conteúdo: Revisão da Unidade II Aula 6.1 Conteúdo: Revisão da Unidade II 1 Habilidades: Revisar os Conteúdos da Unidade II para realizar avaliação II. 2 Revisão 1 Barroco: expressão, do português homônimo, tem o sentido pérola imperfeita,

Leia mais

Concerto celebrativo do Centenário da República Banda da Armada

Concerto celebrativo do Centenário da República Banda da Armada Concerto celebrativo do Centenário da República Banda da Armada 23 de Outubro, 21h30, Sala Principal, M6 Entrada gratuita Sobre a Banda da Armada Segundo fontes históricas, já na primeira metade do século

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n 57/ 2009 Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso Superior em Regência de Bandas

Leia mais