TERMO DE REFERÊNCIA. DIT/GIC TR_NOV_SOLUCÃO_INTERNET_010414v2 1/83

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TERMO DE REFERÊNCIA. DIT/GIC TR_NOV_SOLUCÃO_INTERNET_010414v2 1/83"

Transcrição

1 TERMO DE REFERÊNCIA DIT/GIC TR_NOV_SOLUCÃO_INTERNET_010414v2 1/83

2 1. DESCRIÇÃO CONTRATAÇÃO SOLUÇÃO DE CONEXÃO DA PRODAM MUNICIPAL DE SÃO PAULO PMSP À INTERNET COM LINKS REDUNDANTES. A FIM DE GARANTIR A DISPONIBILIDADE DE CONEXÃO DA PMSP À INTERNET E DOS MUNÍCIPES AOS SERVIÇOS PRESTADOS POR ELA, ESSES ACESSOS SERÃO CONTRATADOS EM 02 LOTES PARA OS SERVIÇOS DE LINK INTERNET, CONTEMPLANDO, ASSIM, O CONTINGENCIAMENTO DE OPERADORAS DE TELECOMUNICAÇÕES. E UM LOTE ESPECíFICO DE AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA O FUNCIONALMENTO DESTA SOLUÇÃO. 1. CONDIÇÕES GERAIS DE PARTICIPAÇÃO 1.1. A licitante entende, e concorda que as quantidades especificadas para cada item do objeto foram baseadas em aproximações e previsões de futuros projetos com o objetivo de não reduzir a flexibilidade na possível execução destes futuros projetos, e que podem não se concretizar em efetiva encomenda do equipamento por parte da CONTRATANTE em quaisquer quantidades, não caracterizando, portanto, promessa de consumo futuro Com referencia ao lote 3 deverá estar presente no envelope de habilitação da licitante, documentação comprovando: Que a licitante é o fabricante, ou distribuidor autorizado no Brasil do fabricante dos equipamentos ofertados Que a licitante está autorizada pelo fabricante a prestar serviços de manutenção nos equipamentos, sem prejuízo para a garantia destes Declaração de que possui aparelhamento técnico adequado para a execução do objeto, discriminando as suas instalações, apresentando a relação do pessoal técnico especializado incumbido da execução dos serviços, com a indicação da qualificação profissional dos principais membros da sua equipe técnica Apresentar atestado de capacidade técnica (A.C.T) expedido por pessoa jurídica de direito público ou privado que comprove que a LICITANTE tenha fornecido produtos compatíveis em características e quantidades com os objetos de maior relevância deste Termo de Referência 1.3. Com referencia ao lote 3 deverá estar presente no envelope com a proposta técnica da licitante, documentação comprovando: Catálogos dos equipamentos ofertados, inclusive acessórios Certificados de Homologação emitidos pela ANATEL, referentes aos equipamentos de comunicação de dados ofertados, conforme determina a Resolução nº. 242 da ANATEL, de 30 de novembro de Catálogos e certificados de homologação ANATEL faltantes serão objeto de pedido de diligência, e deverão ser fornecidos em no máximo 2 dias úteis. DIT/GIC TR_NOV_SOLUCÃO_INTERNET_010414v2 2/83

3 Deverão ser ofertados todos os softwares requisitados em CD/DVD originais, com suas respectivas licenças de uso originais ou poderão estar disponiveis na internet com a descrição URL de download dos softwares. 2. DEFINIÇÕES E ABREVIATURAS G ou 10GbE: 10-gigabit ethernet, sem distinção entre meios de transmissão ópticos ou metálicos GBE, 1GbE, GBE, GbE: gigabit ethernet, sem distinção entre meios de transmissão ópticos ou metálicos /7/356: dito do serviço disponível a todas as horas do dia, todos os dias da semana, todos os dias do ano, inclusive feriados bps: bits por segundo combo (porta): porta com função dupla, podendo assumir personalidade modular SFP ou personalidade fixa 1000BASE-T, que não podem ser utilizadas simultaneamente. Mecanicamente é composta por uma porta com uma entrada fixa para conector RJ45, e uma entrada para módulo SFP FE (porta): porta fast-ethernet. No caso de porta modular, utiliza módulo SFP apropriado para fast-ethernet 100Mbps, que não deve ser confundido com os módulos SFP apropriados para gigabit-ethernet FEC (G.709): Forward Error Correction, algoritmo de correção de erros de transmissão, conforme definido no padrão ITU-T G FIB: Forwarding Information Base: tabela de busca rápida de baixíssima latência, utilizada pelo plano de dados para encaminhar pacotes Gbps: gigabits por segundo (bilhões de bits por segundo), também denotado Gbit/s GiB: gibibytes: Unidade IEC utilizada para expressar quantidade de memória em sistemas computacionais baseados em arquitetura binária. Equivale a exatamente bytes ou 2 30 bytes. Muitas vezes confundido com "gigabyte" IPv4, IPv6: Protocolo Internet (IP) versão 4 ou versão 6, conforme definido pela IETF L2: equipamento de comutação de pacotes IPv4 e IPv6, sem capacidade de roteamento IPv4 e IPv L3: equipamento de comutação de pacotes IPv4 e IPv6, com capacidade de roteamento IPv4 e IPv line-rate: mesmo que wire-speed Metro-ethernet: equipamento com suporte a funções estendidas de ethernet OAM (EFM e CFM), roteamento e transporte de pacotes próprio para operar como camada de transporte ou borda em rede metropolitana de serviços convergidos Mbps: milhões de bits por segundo, também denotado Mbit/s Mpps: milhões de pacotes por segundo non-blocking: é dito do equipamento ou módulo cuja arquitetura interna e capacidade de comutação, roteamento, e encaminhamento de pacotes garante que não haverá contenção DIT/GIC TR_NOV_SOLUCÃO_INTERNET_010414v2 3/83

4 de recursos internos mesmo com todas as portas operando em sua capacidade máxima efetiva. Neste edital, esta definição é estendida para aplicar-se a todas as operações do plano de dados, inclusive mas não limitado a: roteamento, classificação, modificação, e encaminhamento de pacotes OAM: funcionalidades específicas para apoio das atividades de Operação, Administração e Gerenciamento oversubscription: e dito do componente (módulo, cartão de interface, chassis, matriz de comutação, etc) que não é capaz de operar com todas as suas portas funcionando em máxima capacidade ao mesmo tempo em determinadas situações, por limitações de largura de banda dos canais de comunicação. Por exemplo um módulo com 2 interfaces 100-gigabit-ethernet cuja conexão com o resto do chassis seja menor que 200Gbit/s em cada direção (total: 400Gbit/s), ou cujas conexões internas entre as portas sejam menores que 100Gbit/s em cada direção (total: 200Gbit/s), opera em modo de oversubscrition pps: pacotes por segundo RIB: Routing Information Base: Tabela de roteamento, contendo rotas ativas e inativas, utilizada pelo plano de controle (routing engine) wire-speed: é dito do equipamento onde a velocidade máxima efetiva de todas as portas é igual à máxima velocidade teórica das mesmas. 3. DA ENTREGA DO OBJETO 3.1. A entrega do objeto deverá ser realizada em até 75 dias corridos para os LOTE 1 e 2, em até 60 dias corridos para LOTE 3, sempre contados a partir da assinatura de cada Instrumento Contratual No caso do lote 3: A documentação de entrega de equipamentos, inclusive notas fiscais, deve fazer referência ao nome do modelo do equipamento utilizado pelo fabricante, nome do fabricante e modelo (part number) do equipamento em questão Não serão aceitas descrições genéricas em notas fiscais Acessórios ou opcionais que sejam adicionados ao equipamento base para adequálo ao exigido por esse edital devem ser referenciados separadamente, no mesmo formato. Em particular, todos os módulos componentes de um sistema tipo chassi ou modular devem ser referenciados separadamente A CONTRATADA deverá fornecer à CONTRATANTE tabela de referência que permita facilmente identificar todos os componentes/módulos/equipamentos/acessórios e seus números de modelo (partnumbers) referenciado nas notas fiscais, para cada item do objeto. 4. Instalação 4.1. A instalação dos lotes deverá ser realizada em até 75 dias corridos para o LOTE 1 e em até 75 dias para LOTE 2, contados a partir da assinatura de cada Instrumento Contratual. DIT/GIC TR_NOV_SOLUCÃO_INTERNET_010414v2 4/83

5 4.2. A instalação e configuração do lote 3 deverá ser realizada em até 30 dias após o recebimento dos equipamentos A CONTRATADA deverá prover a mão de obra necessária para toda configuração dos equipamentos ofertados no lote 3 para atender as necessidades da CONTRATANTE A CONTRATADA deverá fornecer todo o suporte técnico, mão de obra, software e hardware necessários para configuração dos equipamentos ofertados no lote 3 para atender as necessidades da CONTRATANTE O acesso a informações de gestão dos equipamentos será de responsabilidade da Prodam-SP, a CONTRATADA para o lote 3 será responsável por: Configuração dos equipamentos ofertados no lote 3 atendendo a solicitação dos núcleos de engenharia de telecomunicações, suporte a telecomunicações e segurança da informação da PRODAM Substituição de componentes de hardware que apresentarem defeito, desde que fornecidos pela CONTRATADA, e que comprovadamente não seja devido ao uso indevido ou dano de responsabilidade imputável à Prodam-SP, tais como falhas de proteção elétrica no ambiente, falhas mecânicas (quedas, impactos, etc.), de controle de umidade e temperatura Correção de falhas de software ou sistema operacional dos elementos fornecidos, uma vez comprovado não ser devido a erros de configuração de responsabilidade da Prodam-SP ou ainda, caso seja comprovado formalmente pelo fabricante que são devidos a problemas intrínsecos do software (bug) ou versão disponibilizada Atualizações de softwares ou correções (patches) dos elementos componentes da solução, mediante requisição da contratante, ou desde que comprovadamente documentado pelo fabricante tratar-se de correções indispensáveis para a manutenção do nível de serviço prestado ou correção de bug O Acordo Operacional poderá ser revisado entre a PRODAM-SP e a CONTRATADA quando houver comum acordo sobre tal necessidade. DIT/GIC TR_NOV_SOLUCÃO_INTERNET_010414v2 5/83

6 5. DA GARANTIA 5.1. Os equipamentos do lote 3 deverão ser ofertados com as referentes garantias conforme quadro abaixo: ITENS Quantidade Lote Garantia Roteador de borda IP 5Gbps (escalável para >36Gbps), 20Mpps, 10 portas 1GbE modulares, 1 porta 10GbE modular meses Módulo 10GbE óptico 10GBASE-SR, 850nm meses Módulo SFP 1000BASE-T 10/100/1000, RJ meses QOS 10 Gbps meses SWITCH DATA CORE meses Mini Gbic Transceiver SR do tipo SFP meses Cordão óptico tipo LC/SC 10m, meses FIREWALL 10 Gbps meses IDS/IPS 5 Gbps meses Firewall de Gerenciamento meses 6. Suporte técnico 6.1. A CONTRATADA deverá fornecer, durante a vigência do contrato, atendimento, suporte técnico, garantia para os serviços contratados O prazo para a resolução dos chamados técnicos é de 4 (quatro) horas O início do atendimento não poderá ultrapassar o prazo de 02 (duas) horas corridas, após a abertura do chamado A CONTRATA também deverá fornecer uma lista de recorrência (scalation list), da qual constará todos os níveis hierárquicos da empresa para a resolução do chamado Através do serviço de suporte técnico deverá ser possível realizar a abertura, acompanhamento e fechamento de chamados técnicos, relacionados com indisponibilidade e desempenho dos serviços de conectividade IP-Dedicado, configuração dos equipamentos, gerência e segurança Os serviços de registro de chamadas e de suporte técnico deverão estar disponível 24 (vinte e quatro) horas por dia, 07 (sete) dias por semana, todos os dias do ano A solução dos problemas dos serviços e o restabelecimento dos serviços deverão obedecer a taxa mensal de nível de serviço (SLA) de 99,5% Dever ser disponibilizada à PRODAM ferramenta para visualização on-line, via WEB, do tráfego de entrada e saída, 24 horas por dia, 7 dias por semana Em caso de falha/inoperância de qualquer componente instalado, detectado pela CONTRATADA, é obrigação da mesma abrir chamado técnico imediatamente após a constatação do problema, e informar à PRODAM sobre a abertura do chamado e prazo para normalização A CONTRATADA deverá designar profissionais plenamente capacitados para prestar suporte técnico à PRODAM. DIT/GIC TR_NOV_SOLUCÃO_INTERNET_010414v2 6/83

7 6.11. A CONTRATADA deverá disponibilizar uma Central de Atendimento com número 0800 e um endereço eletrônico Internet ( ), pelo qual os técnicos da CONTRATANTE farão solicitações durante a vigência do contrato, para atendimento, suporte técnico, garantia, registros de ocorrências e as solicitações de reparo, bem como para acompanhamento da solução dos problemas Durante o atendimento, o Service Desk (ou central de atendimento equivalente) da CONTRATADA deverá informar o número de protocolo, por meio do qual serão gerenciados os SLAs de cada tipo de solicitação. 7. TREINAMENTO (LOTE 3) 7.1. A CONTRATADA deverá prever treinamento no mínimo para 10 (dez) empregados da PRODAM-SP (divididos em até 2 (duas) turmas de 5 (cinco) empregados, agendadas em datas distintas, a critério da Prodam). Este deverá ser ministrado dentro do município de São Paulo com acesso adequado por meios de transporte público e/ou privado. Caso contrário, a CONTRATADA será responsável pelo transporte, refeições e hospedagem pelo tempo que durar o treinamento Os treinamentos não serão realizados em qualquer dependência da CONTRATANTE Os treinamentos deverão ser reconhecidos como oficiais pelos fabricantes dos equipamentos (constando em listas de cursos), com emissão de certificado de participação e possuir no mínimo 16 horas por módulo, incluindo teoria e prática em laboratório aprovado pelo fabricante, em datas e horários definidos em conjunto. Entende-se por módulo, cada equipamento ofertado no lote 3, ou seja,, firewall, IPS, filtro de conteúdo, QoS, Switch, Roteador, etc Após a assinatura do instrumento contratual será elaborado um cronograma para a realização dos treinamentos, de comum acordo entre as partes. 8. DOS LOTES A fim de garantir a disponibilidade de conexão da PMSP e PRODAM-SP à internet e portanto o acesso dos munícipes aos serviços eletrônicos via Internet prestados por elas, o serviço de conexão à Internet será contratado em 2 (dois) lotes distintos (lote 1 e lote 2), fornecidos por empresas diversas com estrutura de conexão à Internet independentes entre si, contemplando assim o contingenciamento de operadoras de Telecomunicações. As licitante poderão ofertar propostas para os dois lotes, sendo que a vencedora do lote 1 não poderá ser a vencedora do lote 2. Caso isso ocorra, a proposta para o lote 2 será recusada Lote Contratação de Empresa para Prestação de Serviços de Telecomunicações, DIT/GIC TR_NOV_SOLUCÃO_INTERNET_010414v2 7/83

8 Comunicação de Dados, por meio de conexão IP dedicado a internet para a PRODAM-SP, por 36 meses, prorrogáveis conforme legislação vigente, através de sistemas completos e integrados que atenda plenamente aos requisitos O lote prevê a instalação de um link com capacidade de 1 (um) Gbps (Gigabit por segundo), na unidade Barra Funda. ITENS Quantidade Lote LINK Internet 1 Gbps IP DEDICADO A solução prevê a instalação de um link com capacidade de 1 (um) Gbps (Gigabit por segundo) simétrica, através de enlace de comunicações gigabit ethernet simétrico, com redundância A banda nominal será de 1 Gbps (um gigabit por segundo) A CONTRATADA deverá possuir Termo de Autorização da ANATEL para a prestação do serviço objeto deste edital Deverão as licitantes, anexar cópia autenticada do Termo de Autorização da ANATEL para a prestação do serviço objeto deste edital, à documentação da proposta técnica Lote O lote prevê a instalação de um link com capacidade de 1 (um) Gbps (Gigabit por segundo), na unidade Barra Funda. ITENS Quantidade Lote LINK Internet 1 Gbps IP DEDICADO A vencedora do lote 1 não poderá ser a vencedora do lote 2, caso isso ocorra sua proposta será recusada Contratação de Empresa para Prestação de Serviços de Telecomunicações, Comunicação de Dados, por meio de conexão IP dedicado a internet para a PRODAM-SP, por 36 meses, prorrogáveis conforme legislação vigente, através de sistemas completos e integrados que atenda plenamente aos requisitos DAS RESTRIÇÕES TÉCNICAS No interesse de garantir a completa independência da conexão da CONTRATANTE à Internet em âmbito nacional e internacional, serão desclassificadas do objeto, e tão somente para este lote: Quaisquer empresas que pertençam ao mesmo grupo econômico que a empresa licitante vencedora do lote 1 e 2 do objeto, ou que desta sejam DIT/GIC TR_NOV_SOLUCÃO_INTERNET_010414v2 8/83

9 8.7. Lote 3 controladoras ou que por esta sejam controladas, conforme definido pela resolução nº 101 de 04/02/1999 da ANATEL Que possuam estrutura de rede em comum com a vencedora dos lotes 1 e 2 do objeto É considerada estrutura de rede em comum inclusive aquela disponibilizada através de EILD, aluguel, subcontratação, ou quaisquer outros dispositivos similares No caso específico de estrutura de rede restrita a enlaces de conexão internacional, será admitida estrutura de rede em comum com a da empresa licitante vencedora dos lotes 1 e 2 do objeto, desde que esta estrutura em comum não compreenda mais que metade da capacidade de conexão internacional de qualquer uma das duas empresas As CONTRATADAS deverão possuir Termo de Autorização da ANATEL para a prestação do serviço objeto deste edital Deverão as licitantes, anexar cópia autenticada do Termo de Autorização da ANATEL para a prestação do serviço objeto deste edital, à documentação da proposta técnica Contratação de Empresa para a aquisição de equipamentos com serviço de configuração e instalação na unidade PRODAM-SP A CONTRATADA deverá instalar e configurar os seguintes equipamentos na unidade PRODAM da Barra Funda: ITENS Quantidade Lote Roteador de borda IP 5Gbps (escalável para >36Gbps), 20Mpps, 10 portas 1GbE modulares, 1 porta 10GbE modular 3 3 Módulo 10GbE óptico 10GBASE-SR, 850nm 3 3 Módulo SFP 1000BASE-T 10/100/1000, RJ QOS 10 Gbps 2 3 SWITCH DATA CORE 2 3 Mini Gbic Transceiver SR do tipo SFP+ 8 3 Cordão óptico tipo LC/SC 10 Mts, 8 3 FIREWALL 10 Gbps 2 3 IDS/IPS 5 Gbps 2 3 Firewall de Gerenciamento 1 3 DIT/GIC TR_NOV_SOLUCÃO_INTERNET_010414v2 9/83

10 A solução deverá ser fornecida conforme ilustra a topologia conceitual da figura 1, de forma a atender as necessidades da CONTRATANTE. LOTE 1 E 2 9. LINK 1 Gbps. FIGURA 1 Topologia Logica Anexo I 9.1. As CONTRATADAS vencedora do LOTE 1 e 2, respectivamente, deverá instalar, manter e configurar o LINK 1 Gbps IP DEDICADO no seguinte endereço: 9.2. Unidade PRODAM localizada no edifício Los Angeles, condomínio Agua Branca, Av. Francisco Matarazzo, nº 1500, Barra Funda, São Paulo/SP A CONTRATADAS deverão fornecer um (1) acesso dedicado (ativo), conectando o site na unidade Prodam diretamente à Internet AS CONTRATADAS deverão ser diretamente autorizada pela ANATEL (Agência Nacional de Telecomunicações) a prover este tipo de serviço A Prodam usará sua licença de AS (Autonomous System) durante o contrato vigente. Assim, a CONTRATADA fornecerá todo o suporte técnico e mão de obra para configurar os equipamentos de sua propriedade para atender as necessidades da CONTRATANTE DIT/GIC TR_NOV_SOLUCÃO_INTERNET_010414v2 10/83

11 na configuração do AS O acesso deverá prever a utilização de IPs pertencentes à PRODAM e de Autonomous System (AS). Para tanto, todos os serviços de suporte e configuração dos equipamentos de sua propriedade deverão estar inclusos neste fornecimento A solução prevê a instalação de um enlace de telecomunicações com capacidade de 1 (um) Gbps (Gigabit por segundo), simétrico. O enlace de comunicações entre contratante e contratada deverá ser óptico, e utilizar caminhos redundantes de fibra óptica até a abordagem da edificação O equipamento de terminação da contratada deverá disponibilizar o serviço de acesso à Internet à contratante através de duas portas gigabit ethernet, padrão 1000BASE-T, sendo um para o roteador principal da contratante, e o outro para o roteador secundário da contratante. Também é possível a utilização pela contratada de dois equipamentos de terminação independentes, cada um deles com uma porta gigabit ethernet padrão 1000BASE-T, para conexão dos equipamentos da contratante A CONTRATADA deverá fornecer link de acesso à internet, com banda garantida (sem compartilhamento de banda) de 1 Gbps através da conectividade IP, sem limites na quantidade de transferência de dados, simétrico (1 gigabit por segundo upstream e 1 gigabit por segundo downstream) A CONTRATADA deverá possuir estrutura de rede e ASN próprios A CONTRATADA deverá possuir pelo menos duas saídas internacionais próprias, ou contrato de trânsito diretamente com pelo menos dois provedores de backbone internacional A capacidade agregada das saídas internacionais próprias, ou dos contratos de trânsito com provedores de backbone internacional, não pode ser inferior à 20Gbit/s (20x109 bits por segundo) A CONTRATADA deverá possuir conectividade nacional com servidores DNS Raiz localizados no Brasil (f.root-servers.net, i.root-servers.net, j.root-servers.net, l.rootservers.net, etc), e servidores DNS raiz da hierarquia brasileira localizados no Brasil (a.dns.br, b.dns.br, c.dns.br), preferencialmente através de conexão direta ou através de ponto de troca de tráfego nacional com os datacenters/redes que hospedam estes servidores A CONTRATADA deverá possuir conexões diretas em território nacional com as PMS (Poder de Mercado Significativo), através de ponto de troca de tráfego (PTT) em território nacional ou interconexão em território nacional A rede interna da CONTRATADA deverá prever redundância de rotas e equipamentos, de modo que eventuais falhas em equipamentos e linhas de dados não afetem a disponibilidade do serviço Todos os equipamentos instalados deverão ser capazes de suportar a velocidade máxima solicitada de 1 (um) Gbps sem a necessidade de qualquer tipo de adição ou substituição de hardware, software ou licenças. DIT/GIC TR_NOV_SOLUCÃO_INTERNET_010414v2 11/83

12 9.17. A CONTRATADA (lote 1 e 2) fornecerá em comodato todos os equipamentos, acessórios e serviços necessários à instalação e manutenção dos serviços A CONTRATADA deverá fornecer todo o suporte técnico, mão de obra, software e hardware que se fizerem necessários para configurar os equipamentos de sua propriedade para atender as necessidades da CONTRATANTE A CONTRATADA deverá ser diretamente autorizada pela ANATEL (Agência Nacional de Telecomunicações) a prover serviços de telecomunicações. A proposta comercial deverá descrever a tecnologia a ser utilizada para provimento do serviço e como tecnicamente será assegurada e garantida a taxa de nível de serviço (SLA) solicitada Os links a serem contratados deverão ter 100% da velocidade e garantia de banda O link devera contemplar o fornecimento de roteador, com manutenção e gerenciamento de falhas tanto do roteador quanto do link A empresa poderá efetuar vistoria técnica no local onde será instalado o link O agendamento da vistoria técnica poderá ser efetuado junto ao Departamento de XXXXXXXXX, pelo telefone (11) xxxxxxxx A licitante deverá realizar vistoria na localidade de instalação do enlace de telecomunicações Para fins de julgamento o valor total do serviço será composto do valor mensal da prestação de serviços multiplicado por 12 meses somado custo de instalação Os serviços deverão ser prestados com total segurança, sigilo e inviolabilidade dos dados, não podendo ser sujeito a inspeção, analise de qualquer espécie do trafego destinado a equipamentos no Brasil exceto em caso de solicitação judicial Da Instalação LINK 1Gbps Os custos de instalação deverão ser detalhados, se houverem, e compor o valor da primeira medição da prestação dos serviços O canal de comunicação deverá ter como meio físico de transmissão: cabos de fibra-óptica em configuração redundante (caminho de proteção ou anel), utilizando rotas alternativas geograficamente distintas, do ponto de instalação na CONTRATANTE até ponto de presença da CONTRATADA ( dupla abordagem ) Será exigida a comprovação por parte da CONTRATADA da utilização de dupla abordagem O serviço deverá ser disponibilizado na CONTRATANTE através de duas interfaces gigabit-ethernet 1000BASE-T, através conector 8P8C (também conhecido como RJ45), segundo os padrões IEEE O enlace de comunicação deverá ser simétrico, isto é, a largura de banda de rede efetivamente disponível para uso pela CONTRATANTE deve ser igual em ambas as direções A CONTRATADA será responsável por fornecer, instalar, e manter em DIT/GIC TR_NOV_SOLUCÃO_INTERNET_010414v2 12/83

13 todo o meio físico e equipamentos necessários para o perfeito funcionamento dos serviços objeto deste edital Todos os equipamentos instalados pela CONTRATADA nas dependências da CONTRATANTE deverão: Devem ser adequados para a instalação em rack padrão de datacenter, 19 com furação universal À CONTRATADA será disponibilizada duas linhas de alimentação independentes (possivelmente de fases diferentes) de 115V a 127V em corrente alternada para conexão de seus equipamentos O prazo para instalação, disponibilização do serviço e funcionamento por parte da CONTRATADA será de 60 dias O prazo de instalação deverá ser declarado na proposta técnica Em 5 (cinco) dias úteis após a assinatura do contrato, a empresa deverá agendar com a Gerencia de Telecomunicações reunião de início de implantação. Nesta reunião deverão ser apresentados: Gerente de conta da CONTRATADA Responsável por parte da CONTRATANTE Breve descritivo da tecnologia a ser utilizada, observando as exigências do edital para os serviços de IP dedicado Número de telefone 0800 e site da Internet para abertura dos chamados técnicos Endereços de da CONTRATANTE para onde a CONTRATADA deverá encaminhar os relatórios e demais informes previstos A empresa deverá instalar os equipamentos nos locais indicados, conforme a necessidade, fazendo as devidas adequações físicas, atendendo ao endereço contratado Será utilizado como protocolo roteável o IP nas suas versões IPv4 e IPv6, e protocolo de comunicação TCP/IP, UDP/IP, SCTP/IP, bem como quaisquer outros protocolos baseados em IPv4 e IPv Os equipamentos deverão ser disponibilizados configurados e as configurações deverão ser acompanhadas pelos técnicos do núcleo de suporte da PRODAM, sendo fornecido pela CONTRATADA um relatório final com a configuração A CONTRATADA deverá prover mecanismos de visualização on-line das configurações e de monitoração de tráfego dos roteadores (entrante e saínte) ou equipamentos de terminação da rede WAN instalados na rede proposta atendendo estas funções O serviço ofertado devera estar disponível, 24 horas por dia, 07 dias da semana, por ano (24x7x365) com taxa mensal de nível de serviço (SLA) de 99,5% Todas as janelas para manutenção programada deverão ser acordados DIT/GIC TR_NOV_SOLUCÃO_INTERNET_010414v2 13/83

14 entre as partes com antecedência mínima de 7 dias, exceto em eventos extraordinários será acordado com prioridade entre a CONTRATADA e CONTRATANTE Todos os equipamentos deverão ser acomodados em racks de 19 (de fornecimento da CONTRATADA) A CONTRATADA deverá prover meios para comprovação da banda máxima CONTRATADA O acesso deverá utilizar meio físico totalmente independente Ao receber uma ordem de serviço a CONTRATADA deverá executá-ia e informar à PRODAM no prazo máximo de 12 horas a sua conclusão e efetivação A cada visita técnica realizada, a CONTRATADA deverá emitir um relatório de execução das atividades, relacionando os serviços executados e a lista de equipamentos que eventualmente sejam instalados, substituídos ou retirados O ingresso de pessoas não pertencentes ao corpo técnico da CONTRATADA nas dependências da PRODAM deverá ser comunicado via ou fax, com antecedência Pessoas pertencentes ou não ao corpo técnico da CONTRATADA que ingressarem nas dependências da PRODAM para a realização de serviços de manutenção, configuração, instalação ou reuniões de acompanhamento, deverão portar crachá de identificação e se anunciarem previamente na Recepção As interrupções programadas para manutenção preventivas, deverão ser efetuadas nos fins de semana e feriados, entre 00:00 e 06:00 horas, devendo ser programadas e comunicadas com antecedência mínima de 02 dias úteis a PRODAM, para que a interrupção não incida na apuração da taxa de nível de serviço mensal Eventuais trocas ou substituição de equipamentos serão de responsabilidade da CONTRATADA, sem ônus para a PRODAM Todo equipamento da CONTRATADA deverá ser acompanhado de Nota Fiscal de Remessa tanto para ingresso como para retirada das dependências da PRODAM DAS CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS GERAIS SOBRE O SERVIÇO O serviço deve suportar a comunicação de dados IP versão 4 (IPv4) e IP versão 6 (IPv6), dedicado, com suporte a todas as aplicações IP (incluindo TCP/IP, UDP/IP, dentre outras), em conformidade com todos os padrões e recomendações relevantes da IETF (Internet Engineering Task Force) O serviço deverá ser fornecido com largura de banda de rede mínima de 1Gbit/s (um bilhão de bits por segundo) em cada direção. DIT/GIC TR_NOV_SOLUCÃO_INTERNET_010414v2 14/83

15 A largura de banda de rede deverá ser simétrica e independente entre as duas direções O serviço deverá transportar, em toda a rede da contratada, pacotes IPv4 e IPv6 com 1500 bytes sem exigir a fragmentação dos mesmos na camada IPv4 ou IPv A este tamanho de 1500 bytes, deverão ser acrescidos o tamanho necessário para frame ethernet em modo IEEE 802.1Q (VLAN) e transmissão do mesmo, portanto o tamanho máximo de quadro imposto pelos equipamentos da contratada deverá ser maior que 1542 bytes Em hipótese alguma o serviço prestado pela contratada deverá impor restrições à contratante que impliquem na necessidade da mesma reduzir o MTU para menos de 1500 bytes, portanto o tamanho máximo de quadro real imposto pelos equipamentos da contratada deverá ser maior que 1542 bytes acrescido do espaço em bytes necessários para outros encapsulamentos que a mesma utilize em sua rede (por exemplo, MPLS, IEEE 802.1ad Q-in-Q) O serviço deverá ser fornecido inicialmente com suporte a BGP4 fullrouting ativado O serviço deve incluir a capacidade técnica de, mediante solicitação da CONTRATANTE, realizar a negação de tráfego de dados IPv4 e IPv6 não desejado, destinado a endereços IP e redes da CONTRATANTE, implementado através de firewall com o objetivo de evitar os danos causados por ataques DoS e DDoS (denial of service, e distributed denial of service) O tráfego descartado não será tarifado pela CONTRATADA, e o descarte deverá ser efetuado de forma que o mesmo não prejudique a banda de rede disponível para a CONTRATANTE O filtro deverá possuir, no mínimo, a capacidade de classificação de tráfego de uma ACL estendida, ou seja, endereços fonte e destino, protocolo e portas É desejável que o filtro seja capaz de prevenir ataques específicos em nível de aplicação, para aplicações Web e VoIP É de responsabilidade da CONTRATADA apenas a negação de tráfego de dados na direção de entrada do ponto de vista da CONTRATANTE (ou seja, tráfego fluindo da CONTRATADA para a CONTRATANTE) A CONTRATADA deverá ativar ou desativar o filtro mediante solicitação da CONTRATANTE, em período não superior a 2 horas da abertura de chamado, ou se for o caso, de requisição de colocação do filtro pela CONTRATANTE através de sistema da CONTRATADA específico para este fim A CONTRATADA deverá disponibilizar à CONTRATANTE também a possibilidade de negação de tráfego DESTINADO À CONTRATANTE DIT/GIC TR_NOV_SOLUCÃO_INTERNET_010414v2 15/83

16 através de uso de uma community BGP de blackhole/sinkhole (buraco negro/vertedouro) em anúncio BGP da CONTRATANTE, ou através de conexão com servidor específico de rotas blackhole no backbone Prefixos BGP da CONTRATANTE que sejam anunciados com a community de blackhole/sinkhole (ou, se for este o caso, que sejam anunciados pela CONTRATANTE ao servidor de rotas de blackhole/sinkhole da CONTRATADA) deverão ter todo o tráfego a eles destinado, descartado pela CONTRATADA O tráfego descartado através de blackhole não será tarifado pela CONTRATADA, e o descarte deverá ser efetuado de forma que o mesmo não prejudique a banda de rede disponível para a CONTRATANTE Deverão ser aceitos para o efeito de blackhole, em IPv4: prefixos com tamanho /24 e /32, sendo desejado que também sejam aceitos prefixos com tamanhos entre /24 e /32 (por exemplo: /25, /28) Deverão ser aceitos para o efeito de blackhole, em IPv6: prefixos com tamanhos entre /32 (inclusive) e /64 (inclusive), bem como prefixo com tamanho /128 (por exemplo: /32, /48, /56, /64, /128) A contratada deverá permitir, para efeitos de engenharia de tráfego, que a contratante controle como a contratada irá anunciar os prefixos BGP enviados pela contratante, admitindo no mínimo as seguintes possibilidades: O prefixo será anunciado pela contratada apenas para outros AS nacionais O prefixo será anunciado pela contratada apenas para outros AS internacionais O prefixo será anunciado pela contratada para outros AS, independente de nacionalidade (padrão) O prefixo será anunciado pela contratada apenas para seus clientes Deve obrigatoriamente implementar e disponibilizar para a contratada as communities NO_EXPORT, NO_ADVERTISE, NO_EXPORT_SUBCONFED, definidas no RFC Este controle deverá ser realizado através de communities BGP nos anúncios da contratante A contratada deverá permitir à contratante, através de community BGP específica ou de abertura de chamado técnico urgente, restringir o anúncio de determinados prefixos da contratante para peers ou provedores de trânsito específicos da contratada. Para diminuição dos custos operacionais de ambas as partes, é desejado que seja utilizado o mecanismo de communities BGP A contratada deverá prover facilidade de marcação de communities nas rotas que anunciar à contratante, para efeitos de engenharia de tráfego, DIT/GIC TR_NOV_SOLUCÃO_INTERNET_010414v2 16/83

17 que evidencie: Se a rota é de um cliente de trânsito da contratada Se a rota é internacional Se a rota é nacional Não será aceito, em hipótese alguma, que a contratada ou provedor de trânsito da mesma anuncie rotas que causem o direcionamento de tráfego com origem nacional destinado à contratada, ou com origem da contratada com destino nacional, para enlaces internacionais. Neste caso, a contratada deverá corrigir imediatamente a situação, e tempestivamente interagir com seus provedores de trânsito caso não seja a originadora do problema de roteamento. Recomenda-se que a contratada disponibilize à contratante mecanismo para supressão de anúncios seletivamente para cada provedor de trânsito da contratada através de communities BGP, pois assim atenderá automaticamente de forma imediata e tempestiva esta exigência, contanto que a supressão de anúncios seletiva funcione TOPOLOGIA LOGICA DO SERVIÇO A CONTRATADA deverá entregar o serviço utilizando um ou dois roteadores BGP full-route, para dois roteadores da CONTRATANTE, através de no mínimo duas portas gigabit-ethernet (uma porta gigabitethernet para cada roteador da CONTRATANTE) Cada um dos dois roteadores da CONTRATANTE possuirá uma sessão ebgp IPv4 e uma sessão ebgp IPv6 com cada um (máximo dois) dos roteadores da CONTRATADA Todos os roteadores devem estar diretamente conectados do ponto de vista da rede IPv4 e IPv6, não sendo admitido o uso de BGP multihop Os roteadores da CONTRATANTE operarão em modo VRRP, portanto, existirá um terceiro roteador: o "roteador virtual" da CONTRATANTE, que será utilizado apenas como NEXT_HOP para o tráfego As sessões ebgp serão mantidas entre os IPs fixos dos roteadores da CONTRATANTE. A CONTRATANTE anunciará como NEXT_HOP o IP do roteador virtual. No caso de falha do roteador ativo da CONTRATANTE, o(s) roteador(es) da CONTRATADA observarão a mudança de MAC do IP do roteador virtual, e a eventual queda de uma das sessões ebgp As faixas de IP "WAN" a serem fornecidas pela CONTRATADA deverão comportar no mínimo 6 roteadores, uma vez que serão necessários três endereços IP para a CONTRATANTE, e pelo menos um endereço IP para o roteador da CONTRATADA PROTEÇÃO CONTRA NEGAÇÃO DE SERVIÇO CAUSADA POR ROUTE-FLAP DAMPING A CONTRATADA está devidamente informada que observará de forma DIT/GIC TR_NOV_SOLUCÃO_INTERNET_010414v2 17/83

18 altamente amplificada quaisquer eventos BGP de prefixos originados pela CONTRATANTE, devido a existência de múltiplas sessões BGP entre a CONTRATANTE e a CONTRATADA bem como entre a CONTRATANTE e outros provedores de trânsito e peers, inclusive em PTTs. Esta amplificação pode causar a ativação indevida do mecanismo de proteção conhecido como "ROUTE-FLAP DAMPING", descrito pelo RFC2439, caso a CONTRATADA utilize este mecanismo em sua rede A CONTRATADA deve considerar os parâmetros recomendados pelo documento RIPE-580 publicado pela RIPE/NCC (http://www.ripe.net/ripe/docs/ripe-580/) para evitar prejudicar o serviço prestado a seus clientes por ativação indevida do mecanismo de route-flap damping O serviço prestado pela CONTRATADA será CONSIDERADO INDISPONÍVEL DURANTE TODO O PERÍODO DE TEMPO EM QUE ROTAS DA CONTRATANTE ESTIVEREM SOB EFEITO DE ROUTE DAMPING NA REDE DA CONTRATADA, e será contabilizado desta forma para o aferimento de SLA/acordo de nível de serviço, faturamento, e possível aplicações de multas DISPONIBILIDADE e DESEMPENHO A disponibilidade mensal do serviço deverá ser de no mínimo 99,5% Os LINKs, hardware, software e serviços fornecidos pela CONTRATADA deverão estar disponíveis 24 horas por dia, 7 dias por semana, todos os dias do ano, inclusive feriados e datas comemorativas de qualquer espécie As interrupções programadas para manutenções preventivas ou por necessidades da CONTRATADA, deverão ser efetuadas aos domingos, segundas-feiras, ou dias úteis que seguem a feriados nacionais, entre 00:00 e 06:00 horas, desde que comunicadas a PRODAM-SP com antecedência de 5 (cinco) dias úteis. DIT/GIC TR_NOV_SOLUCÃO_INTERNET_010414v2 18/83

19 9.27. DOS ACORDOS DE NÍVEL DE SERVIÇO Os acordos de nível de serviço são os mesmos para os protocolos IPv4 e IPv O serviço deverá ter disponibilidade de no mínimo 99,5% no mês, ou seja, poderá estar indisponível apenas 0,5% no mês O serviço será considerado indisponível enquanto houver a violação de quaisquer das exigências de níveis mínimos de serviço previstas neste edital Não será tarifado pela CONTRATADA, o serviço indisponível que exceder o limite de 0,5% no mês Não incorrerá a CONTRATADA em multas por indisponibilidade de serviço se a mesma não exceder o limite de indisponibilidade de 0,5% no mês Será utilizado o mês corrido do calendário oficial brasileiro Poderá a CONTRATADA requisitar à CONTRATANTE período justificado de indisponibilidade do serviço ( indisponibilidade programada ), que não será considerado para o cálculo de disponibilidade do serviço no mês O pedido de indisponibilidade programada deverá ser feito por escrito, através de correspondência protocolada à CONTRATANTE, com antecedência Deverá constar no pedido os motivos técnicos para a indisponibilidade do serviço, bem como informações precisas sobre a indisponibilidade Será permitido pela CONTRATANTE apenas um período de indisponibilidade programada a cada três meses A CONTRATANTE poderá recusar a indisponibilidade programada em determinada data, e neste caso a CONTRATADA deverá propor uma data diferente para a indisponibilidade programada Largura de Banda Será considerada a largura de banda do enlace, a taxa efetiva de transmissão de dados, medida em bits por segundo (bit/s), e especificada em milhões de bits por segundo (Mbit/s) A largura de banda CONTRATADA deverá estar disponível integralmente no enlace de comunicação, em ambas as direções (upload/download) Para medição da largura de banda efetivamente disponível no enlace, será considerado o tráfego observado nas interfaces ethernet, o que inclui o frame ethernet % da largura de banda CONTRATADA deverá estar disponível, de forma agregada, na rede interna da CONTRATADA. DIT/GIC TR_NOV_SOLUCÃO_INTERNET_010414v2 19/83

20 Para medição da largura de banda disponível na rede, será considerado apenas o tamanho do pacote IPv4 e/ou IPv6, não estando incluído nenhuma espécie de overhead, como por exemplo o causado por encapsulamentos ethernet, SDH, MPLS, etc Perda de pacotes A perda de pacotes não poderá ser superior a: ,5% (meio por cento) no enlace entre a CONTRATANTE e CONTRATADA % (um por cento) entre a CONTRATANTE, e quaisquer pontos da rede interna da CONTRATADA (este limite já inclui a perda no enlace entre a CONTRATANTE e CONTRATADA) ,5% (um e meio por cento) entre a CONTRATANTE, e o roteador imediatamente após enlaces de conexão internacional e com outros provedores (este limite já inclui a perda no enlace entre a CONTRATANTE e CONTRATADA, e a perda na rede interna da CONTRATADA) A perda de pacotes será medida a fim-a-fim, incluindo o caminho de retorno do pacote ICMP/ICMPv6 (round-trip) utilizando pacotes pequenos Serão utilizadas janelas de 5 minutos para medir a perda de pacotes, com no mínimo 60 amostras por janela Não será considerado perda de pacotes, a causada por volume de tráfego que exceda a largura de banda de rede CONTRATADA, no enlace de comunicação de dados entre a CONTRATANTE e a CONTRATADA Não será considerado perda de pacotes, o pacote explicitamente descartado para evitar um ataque DoS ou DDoS Latência As latências oferecidas pelo serviço não poderão exceder: Nos enlaces de comunicação entre a CONTRATANTE e CONTRATADA: máximo 10ms, média 5ms Dentro da rede da CONTRATADA, e até as bordas nacionais da rede da CONTRADATA: máximo 25ms, média 15ms Até servidor DNS raiz global, DNS raiz brasileira (f.root-servers.net/i.rootservers.net/j.root-servers.net/l.root-servers.net, *.dns.br) e NTP (*.ntp.br) do NIC.br: máximo 50ms, média 25ms Para provedores nacionais com os quais a CONTRATADA possua conexão direta ou através de ponto de troca de tráfego, para a rede RNP e para a rede ANSP: máximo 100ms, média 50ms Para a PRODESP (AS 28637), máximo 100ms, média 50ms. DIT/GIC TR_NOV_SOLUCÃO_INTERNET_010414v2 20/83

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S.A. TELEBRÁS Vinculada ao Ministério das Comunicações

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S.A. TELEBRÁS Vinculada ao Ministério das Comunicações ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PREGÃO Nº XX/2011 PROVIMENTO DE ENLACE E TRANSITO INTERNET 1 Objeto Contratação de empresas ou consórcio de empresas, para instalação de enlace de conexão bidirecional entre

Leia mais

terá a capacidade inicial de 32Mb, com possibilidade de expansão mínima de até 128Mb.

terá a capacidade inicial de 32Mb, com possibilidade de expansão mínima de até 128Mb. MEMORIAL DESCRITIVO Objeto 1.1 O objeto do presente Termo de Referência (TR) é a contratação de empresa, ou consórcio de empresas, para o provimento de serviço de acesso à rede Internet no município SANTO

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO A presente licitação tem como objeto a contratação de empresa, especializada e devidamente autorizada pela ANATEL - Agência Nacional de Telecomunicações, prestadora

Leia mais

ANEXO 5 AO CONTRATO DE INTERCONEXÃO DE REDES CLASSE V ENTRE SAMM E XXX NºXXX

ANEXO 5 AO CONTRATO DE INTERCONEXÃO DE REDES CLASSE V ENTRE SAMM E XXX NºXXX ANEXO 5 AO CONTRATO DE INTERCONEXÃO DE REDES CLASSE V ENTRE SAMM E XXX NºXXX PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS, PROCEDIMENTOS DE TESTES E PARÂMETROS DE QUALIDADE 1. PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS 1.1 As Partes observarão

Leia mais

Termo de Referência. Lote 01 Telefonia Fixa

Termo de Referência. Lote 01 Telefonia Fixa Termo de Referência Contratação de serviços de Telefonia Fixa Comutada para acesso a ligações telefônicas de caráter Local, Longa Distância Nacional e Longa Distância Internacional, através de Linha(s)

Leia mais

RESPOSTA AO PEDIDO DE ESCLARECIMENTOS Nº 01/2015

RESPOSTA AO PEDIDO DE ESCLARECIMENTOS Nº 01/2015 Serviço Social do Comércio Departamento Regional Minas Gerais Processo nº 11999/14 Folha nº Informações e/ou despachos RESPOSTA AO PEDIDO DE ESCLARECIMENTOS Nº 01/2015 Licitação: Pregão Eletrônico 0053/2015.

Leia mais

ESCLARECIMENTO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 023/2015-EMAP. O edital especifica em seu item 11.1.13.3, transcrito abaixo:

ESCLARECIMENTO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 023/2015-EMAP. O edital especifica em seu item 11.1.13.3, transcrito abaixo: ESCLARECIMENTO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 023/2015-EMAP O Pregoeiro da Empresa Maranhense de Administração Portuária - EMAP, em razão de solicitação da empresa TELEMAR NORTE LESTE S.A, torna público aos interessados,

Leia mais

ANEXO II PROJETO BÁSICO - INTERNET

ANEXO II PROJETO BÁSICO - INTERNET 1. Objetivo 1.1. Contratação de serviços para fornecimento de uma solução de conexão IP Internet Protocol que suporte aplicações TCP/IP e disponibilize a PRODEB acesso a rede mundial de computadores Internet,

Leia mais

INTERNET Edital de Licitação. Anexo I Termo de Referência PREGÃO CONJUNTO Nº. 39/2007 PROCESSO N 14761/2007

INTERNET Edital de Licitação. Anexo I Termo de Referência PREGÃO CONJUNTO Nº. 39/2007 PROCESSO N 14761/2007 INTERNET Edital de Licitação Anexo I Termo de Referência PREGÃO CONJUNTO Nº. 39/2007 PROCESSO N 14761/2007 Anexo I - página 1 Índice 1. OBJETIVO... 3 2. VISÃO GERAL DO ESCOPO DO SERVIÇO... 3 3. ENDEREÇOS

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE Aquisição de Solução de Criptografia para Backbone da Rede da Dataprev ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE 1.1 Cada appliance deverá ser instalado em rack de 19 (dezenove) polegadas

Leia mais

HP Network Core Implementation

HP Network Core Implementation HP Network Core Implementation Dados técnicos O serviço HP Network Core Implementation tem como objetivo, através de uma análise técnica no ambiente de rede local, realizar a implementação de uma proposta

Leia mais

ANEXO III DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA

ANEXO III DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA CONCORRÊNCIA DIRAT/CPLIC 001/2007 1 ANEXO III DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA ESTABELECE, RESPONSABILIDADES DIVERSAS, TIPOS E HORÁRIO DE COBERTURA DE SUPORTE, E DEMAIS RESPONSABILIDADES DA CONTRATADA RELATIVAS

Leia mais

Por ser uma funcionalidade comum a diversos switches de mercado, sugerimos adicionar os seguintes requisitos:

Por ser uma funcionalidade comum a diversos switches de mercado, sugerimos adicionar os seguintes requisitos: ((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 10/2014 (PERGUNTAS E RESPOSTAS) A ATA REGISTRO PREÇOS FUTURA E EVENTUAL AQUISIÇÃO SWITCH ÓPTICA E SWITCH BORDA A ADMINISTRAÇÃO DIRETA E INDIRETA DO MUNICÍPIO SÃO PAULO

Leia mais

Oferta Pública de Interconexão. Classe V

Oferta Pública de Interconexão. Classe V SAMM - Sociedade de Atividades em Multimídia Ltda. Oferta Pública de Interconexão Classe V Oferta Pública de Interconexão de Redes OPI apresentada ao mercado nos termos do Regulamento Geral de Interconexão

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES. 2.6. Possibilidade de prover serviço de hospedagem para DNS secundário.

ESPECIFICAÇÕES. 2.6. Possibilidade de prover serviço de hospedagem para DNS secundário. 1 1. OBJETO ESPECIFICAÇÕES Contratação de serviços de telecomunicações para implementação, operação e manutenção de um circuito de acesso, síncrono, dedicado à Internet, na velocidade de 6Mbps, com disponibilidade

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. implantação e conectividade da rede de dados da EBSERH. 3 Módulo e cabo stack para switch de borda 12

TERMO DE REFERÊNCIA. implantação e conectividade da rede de dados da EBSERH. 3 Módulo e cabo stack para switch de borda 12 TERMO DE REFERÊNCIA I DEFINIÇÃO DO OBJETO O presente Projeto Básico tem por objeto a aquisição de equipamentos para implantação e conectividade da rede de dados da EBSERH. ITEM DESCRIÇÃO QUANTIDADE 1 Switch

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL N. 23/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

PREGÃO PRESENCIAL N. 23/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO 1 PREGÃO PRESENCIAL N. 23/2013 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA Objeto PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INTERNET BANDA LARGA ATRAVÉS DE EMPRESA ESPECIALIZADA NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LINK DE INTERNET VIA REDE

Leia mais

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S.A. TELEBRÁS

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S.A. TELEBRÁS PÁG. 1 DE 13 PRÁTICA DE SERVIÇO DE BANDA LARGA REQUISITOS MÍNIMOS PARA OS PRESTADORES DE SERVIÇO DO PROGRAMA NACIONAL DE BANDA LARGA - PNBL Sumário 1.OBJETIVO... 2 2.CAMPO DE APLICAÇÃO... 2 3.DEFINIÇÕES...

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA ASSESSORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA ASSESSORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Termo de Referência Pág 1 1. OBJETO 1.1. Contratação de empresa para prestação de serviços especializados de Data Center e hospedagem de web sites (hosting) em servidores dedicados e gerenciados, por um

Leia mais

Switch com mínimo de 24 portas 10/100Mbps (Ethernet/Fast- Ethernet) ou velocidade superior em conectores RJ45 - POE

Switch com mínimo de 24 portas 10/100Mbps (Ethernet/Fast- Ethernet) ou velocidade superior em conectores RJ45 - POE Switch com mínimo de 24 portas 10/100Mbps (Ethernet/Fast- Ethernet) ou velocidade superior em conectores RJ45 - POE Especificações Técnicas Mínimas: 1. O equipamento deve ter gabinete único para montagem

Leia mais

((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 03/2009 (PERGUNTAS) AQUISIÇÃO DE SWITCH DE DISTRIBUIÇÃO DE 192 PORTAS

((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 03/2009 (PERGUNTAS) AQUISIÇÃO DE SWITCH DE DISTRIBUIÇÃO DE 192 PORTAS ((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 03/2009 (PERGUNTAS) AQUISIÇÃO DE SWITCH DE DISTRIBUIÇÃO DE 192 PORTAS ((TEXTO)) Aos 15 (quinze) dias do mês de junho de dois mil e nove, às 14:00 hs, na sede da Empresa

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (alterado em decorrência da impugnação e questionamentos ao Edital)

TERMO DE REFERÊNCIA (alterado em decorrência da impugnação e questionamentos ao Edital) TERMO DE REFERÊNCIA (alterado em decorrência da impugnação e questionamentos ao Edital) 1 OBJETO 1.1 Registro de Preços para a contratação de serviço de acesso à Internet dedicado com roteamento do protocolo

Leia mais

Esclarecimentos no Pregão 19/2014 (prestação de serviços de telecomunicação de acesso dedicado à Internet):

Esclarecimentos no Pregão 19/2014 (prestação de serviços de telecomunicação de acesso dedicado à Internet): Esclarecimentos no Pregão 19/2014 (prestação de serviços de telecomunicação de acesso dedicado à Internet): PEDIDO DE ESCLARECIMENTOS 4 (OI) E RESPOSTAS: TRT- TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 3ª REGIÃO, EM

Leia mais

Perguntas e Respostas

Perguntas e Respostas Gerenciamento do Tráfego de Internet Edital de Licitação PREGÃO PRESENCIAL Nº 34/2010 Processo SAP nº 4180/2010 Perguntas e Respostas Página 1 /15 Pergunta n o 1: Os dispositivos de filtro de conteúdo

Leia mais

JULGAMENTO DO PEDIDO

JULGAMENTO DO PEDIDO JULGAMENTO DO PEDIDO Feito: Impugnação dos termos do Edital Referência: Edital e anexos do Pregão Presencial nº 11/2014 Objeto: Contratação de empresa especializada para fornecimento de links para acesso

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO 1.1 Contratação de empresa para prestação de serviços especializados de Data Center e hospedagem de web sites (hosting) em servidores dedicados e gerenciados, disponibilizada

Leia mais

HP Router Basic Implementation

HP Router Basic Implementation HP Router Basic Implementation Dados técnicos O HP Router Basic Implementation tem como objetivo, baseado na entrevista para coleta de informações junto a equipe designada pelo cliente, realizar a instalação

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE PASSOS

CÂMARA MUNICIPAL DE PASSOS PR/OI/1-HNJXVY/2014 CÂMARA MUNICIPAL DE PASSOS Pregão Presencial N.º 001/2014 LOTE Contratação de empresa especializada para prestação de serviços de telecomunicação de acesso dedicado à internet. Abertura:

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS DE SUPORTE TÉCNICO EM SISTEMA DE COLABORAÇÃO ZIMBRA 1. OBJETO

TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS DE SUPORTE TÉCNICO EM SISTEMA DE COLABORAÇÃO ZIMBRA 1. OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS DE SUPORTE TÉCNICO EM SISTEMA DE COLABORAÇÃO ZIMBRA 1. OBJETO 1.1. Prestação de serviços de suporte técnico em sistema de colaboração ZIMBRA. 2. DESCRIÇÃO GERAL DOS SERVIÇOS

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE PASSOS

CÂMARA MUNICIPAL DE PASSOS PR/OI/1-HNJXVY/2014 CÂMARA MUNICIPAL DE PASSOS Pregão Presencial N.º 001/2014 LOTE Contratação de empresa especializada para prestação de serviços de telecomunicação de acesso dedicado à internet. Abertura:

Leia mais

4. DAS ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS

4. DAS ESPECIFICAÇÕES DOS SERVIÇOS TERMO DE REFERÊNCIA DEFINIÇÕES GERAIS CDC: para fins deste Termo de Referência, a Companhia Docas do Ceará será denominada simplesmente de CDC. CODTEI : para fins deste Termo de Referência, a Coordenadoria

Leia mais

HP Router Advanced Implementation

HP Router Advanced Implementation HP Router Advanced Implementation Dados técnicos O HP Router Advanced Implementation tem como objetivo, baseado na entrevista para coleta de informações junto ao Cliente e na análise dos equipamentos existente,

Leia mais

SWITCH DE BORDA CAMADA 2 24 PORTAS GIGABIT RJ-45 SEM POE E 2 PORTAS 10 GIGABITS PARA FIBRA. Subitem Característica Especificação Exigência

SWITCH DE BORDA CAMADA 2 24 PORTAS GIGABIT RJ-45 SEM POE E 2 PORTAS 10 GIGABITS PARA FIBRA. Subitem Característica Especificação Exigência SWITCH DE BORDA CAMADA 2 24 PORTAS GIGABIT RJ-45 SEM POE E 2 PORTAS 10 GIGABITS PARA FIBRA Subitem Característica Especificação Exigência CONEXÕES DESEMPENHO 1.1 Portas RJ-45 1.2 Portas GBIC 1.3 Autoconfiguraçã

Leia mais

ANEXO XII PADRÃO DE CONTRATAÇÃO DE LINKS DE DADOS DO TIPO LPCDSLDD ADOTADO NO ÂMBITO DA PCRJ

ANEXO XII PADRÃO DE CONTRATAÇÃO DE LINKS DE DADOS DO TIPO LPCDSLDD ADOTADO NO ÂMBITO DA PCRJ PADRÃO DE CONTRATAÇÃO DE LINKS DE DADOS DO TIPO LPCDSLDD ADOTADO NO ÂMBITO DA PCRJ 1. Objetivo - Finalidade Objetivo: Especificar/descrever e detalhar a contratação de prestação de Serviços de Rede de

Leia mais

ANEXO I NÍVEIS MÍNIMOS DE SERVIÇO EXIGIDOS (NMSE) PARA CONTRATO DE APOIO

ANEXO I NÍVEIS MÍNIMOS DE SERVIÇO EXIGIDOS (NMSE) PARA CONTRATO DE APOIO ANEXO I NÍVEIS MÍNIMOS DE SERVIÇO EXIGIDOS (NMSE) PARA CONTRATO DE APOIO 1. Introdução 1.1. Descrição do serviço Este documento disciplina a cessão de uso permanente da solução de software para Gestão

Leia mais

Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4

Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4 Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4 Switch Fast Ethernet com as seguintes configurações mínimas: capacidade de operação em camada 2 do modelo OSI; 24 (vinte e quatro) portas

Leia mais

VIDEOCONFERÊNCIA Edital de Licitação Anexo I Termo de Referência

VIDEOCONFERÊNCIA Edital de Licitação Anexo I Termo de Referência VIDEOCONFERÊNCIA Edital de Licitação Anexo I Termo de Referência Pregão Conjunto nº 27/2007 VIDEOCONFERÊNCIA ANEXO I Termo de Referência Índice 1. Objetivo...3 2. Requisitos técnicos e funcionais...3 2.1.

Leia mais

PROJETO BÁSICO. Contratação de Link de Internet para TERRACAP DISUP/CODIN

PROJETO BÁSICO. Contratação de Link de Internet para TERRACAP DISUP/CODIN PROJETO BÁSICO Contratação de Link de Internet para TERRACAP DISUP/CODIN 1 PROJETO LINK DE INTERNET 1. OBJETIVO: Contratação de empresa para a prestação de serviço de fornecimento de conectividade IP Internet

Leia mais

Há dois tipos de configurações bidirecionais usados na comunicação em uma rede Ethernet:

Há dois tipos de configurações bidirecionais usados na comunicação em uma rede Ethernet: Comunicação em uma rede Ethernet A comunicação em uma rede local comutada ocorre de três formas: unicast, broadcast e multicast: -Unicast: Comunicação na qual um quadro é enviado de um host e endereçado

Leia mais

Termo de Referência. de solução de gerenciamento de ambiente de nuvem e licenças de software virtualizador,

Termo de Referência. de solução de gerenciamento de ambiente de nuvem e licenças de software virtualizador, Termo de Referência Aquisição de solução de gerenciamento de ambiente de nuvem e licenças de software virtualizador, para utilização nos Centros de Processamento do Rio de Janeiro, Distrito Federal e São

Leia mais

ITEM QUESTIONAMENTO DECISÃO JUSTIFICATIVA. Qual o motivo da solicitação desta licença? Ela é compatível / necessária para o serviço?

ITEM QUESTIONAMENTO DECISÃO JUSTIFICATIVA. Qual o motivo da solicitação desta licença? Ela é compatível / necessária para o serviço? EMPRESA 1 ITEM QUESTIONAMENTO DECISÃO JUSTIFICATIVA 5.2 Apresentar o termo de autorização expedido pela Anatel para prestação de serviço de rede de transportes de telecomunicações SRTT e para prestação

Leia mais

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito - Switch na Camada 2: Comutação www.labcisco.com.br ::: shbbrito@labcisco.com.br Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Introdução A conexão entre duas portas de entrada e saída, bem como a transferência de

Leia mais

Resposta: A Velocidade inicial é 512K. Os links abaixo serão automaticamente migrados.

Resposta: A Velocidade inicial é 512K. Os links abaixo serão automaticamente migrados. Questionamentos Item 2.6: É citado que os acessos terão capacidade de transmissão de 512 Kbps até 10 Gbps, porém na previsão de novos acessos existem diversos pontos com velocidade de 256 Kbps; Resposta:

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 009/2012

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 009/2012 Anexo I TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 009/2012 1 DO OBJETO 1.1 - Fornecimento de solução avançada de backup desduplicado, com serviços de assistência técnica e capacitação, visando a integração

Leia mais

PTTMetro. Interconexão de Sistemas Autônomos (AS) 15 Agosto 2010. Equipe de Engenharia PTTMetro

PTTMetro. Interconexão de Sistemas Autônomos (AS) 15 Agosto 2010. Equipe de Engenharia PTTMetro <eng@ptt.br> PTTMetro Interconexão de Sistemas Autônomos (AS) 15 Agosto 2010 Equipe de Engenharia PTTMetro 1 Sobre o CGI.br Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) Criado em maio de 1995 Pela Portaria

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS

MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS 1 REQUISITOS OBRIGATÓRIOS 1.1 ASPECTOS GERAIS 1.1.1 DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA a. Deverá ser entregue pela CONTRATADA a Documentação Técnica (DT) de toda a solução a ser implementada no ambiente da CONTRATANTE,

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULOS SWITCHES CISCO 4510 e 3750

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULOS SWITCHES CISCO 4510 e 3750 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULOS SWITCHES CISCO 4510 e 3750 AGOSTO/2013 DIRETORIA DE INFRAESTRUTURA E TECNOLOGIA GERÊNCIA DE TELECOMUNICAÇÕES OBJETO Ata de registro de Preço para aquisição de módulos de conexão

Leia mais

Política de Roteamento BGP. Diretoria Adjunta de Engenharia e Operações

Política de Roteamento BGP. Diretoria Adjunta de Engenharia e Operações Política de Roteamento BGP Diretoria Adjunta de Engenharia e Operações Data 17/07/2013 Política de Roteamento BGP Diretoria Adjunta de Engenharia e Operações 2 Sumário 1. Objetivo... 4 2. Definições...

Leia mais

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA 1.UNIDADE REQUISITANTE: ETICE 2. DO OBJETO: ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA 2.1. Registro de preços para futuras e eventuais aquisições de EQUIPAMENTOS DE REDE CORPORATIVOS ( SWITCHS e ACESSÓRIOS), todos

Leia mais

ABRANGÊNCIA: atendimento a no mínimo 60% dos municípios 853 mineiros conforme padrões Anatel

ABRANGÊNCIA: atendimento a no mínimo 60% dos municípios 853 mineiros conforme padrões Anatel Comentários MINUTA TERMO DE REFERENCIA Lote 9A ABRANGÊNCIA: atendimento a no mínimo 60% dos municípios 853 mineiros conforme padrões Anatel Resposta: Fica mantido o texto da minuta do TR. 2.2 O provimento

Leia mais

United Nations Development Programme International Policy Centre for Inclusive Growth Poverty Practice, Bureau for Development Policy

United Nations Development Programme International Policy Centre for Inclusive Growth Poverty Practice, Bureau for Development Policy Termo de Referência Contratação de serviços de Telefonia Fixa Comutada para acesso a ligações telefônicas de caráter Local, Longa Distância Nacional e Longa Distância Internacional, através de Linha(s)

Leia mais

Projeto Básico - Prestação de Serviços

Projeto Básico - Prestação de Serviços Diretoria de Tecnologia Gerência de Fornecimento de TI Projeto Básico - Prestação de Serviços 1. Objeto: 1.1 Contratação de empresa para prestação de serviços especializados de escuta de gravações e monitoração

Leia mais

Brasília, 19/09/2013. A Rede Nacional do Ministério Público Federal Ref.: Projeto Básico e Especificações Técnicas

Brasília, 19/09/2013. A Rede Nacional do Ministério Público Federal Ref.: Projeto Básico e Especificações Técnicas Brasília, 19/09/2013. A Rede Nacional do Ministério Público Federal Ref.: Projeto Básico e Especificações Técnicas Prezados, A Telemar Norte Leste S/A, pessoa jurídica de direito privado, prestadora de

Leia mais

Termo de Referência. (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300.

Termo de Referência. (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300. Termo de Referência Expansão da solução s de armazenamento (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300. Termo de Referência Expansão da solução de armazenamento do

Leia mais

PTTMetro Informações e Destaques

PTTMetro Informações e Destaques PTTMetro Informações e Destaques 3 o PTT Forum 3 Dez 2009 Antonio Galvao de Rezende Filho Eduardo Ascenço Reis Milton Kaoru Kashiwakura 3o PTT Forum

Leia mais

DESCRITIVO DO SERVIÇO VPN IP (ANEXO ÀS CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS)

DESCRITIVO DO SERVIÇO VPN IP (ANEXO ÀS CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS) 1. DESCRIÇÃO DESCRITIVO DO SERVIÇO VPN IP (ANEXO ÀS CONDIÇÕES GERAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS) 1.1 O serviço VPN IP (Rede Virtual Privada) é utilizado para interconexão de Redes Locais entre a matriz e

Leia mais

Serviço HP Foundation Care Exchange

Serviço HP Foundation Care Exchange Informações técnicas Serviço HP Foundation Care Exchange HP Services Visão geral do serviço O serviço HP Foundation Care Exchange é composto de serviços remotos de hardware e software que lhe permitem

Leia mais

PRÁTICA REQUISITOS MÍNIMOS PARA AS EMPRESAS PRESTADORAS DE SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES PARTICIPANTES DO PROGRAMA NACIONAL DE BANDA LARGA - PNBL

PRÁTICA REQUISITOS MÍNIMOS PARA AS EMPRESAS PRESTADORAS DE SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES PARTICIPANTES DO PROGRAMA NACIONAL DE BANDA LARGA - PNBL PÁG. 1 DE 8 PRÁTICA REQUISITOS MÍNIMOS PARA AS EMPRESAS PRESTADORAS DE SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES PARTICIPANTES DO PROGRAMA NACIONAL DE BANDA LARGA - PNBL ITEM SUMÁRIO PÁG. 1. OBJETIVO... 2 2. CAMPO

Leia mais

Termo de Referência. Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Diretoria de Infra-Estrutura de TIC DIT

Termo de Referência. Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Diretoria de Infra-Estrutura de TIC DIT Termo de Referência Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Termo de Referência Aquisição de Servidores Tipo 1A-1B para camada de Banco de Dados / Alta Disponibilidade RQ DEPI nº 11/2009

Leia mais

Técnico em Redes de Computadores. Equipamentos e Acessórios

Técnico em Redes de Computadores. Equipamentos e Acessórios Técnico em Redes de Computadores Equipamentos e Acessórios Componentes de uma Rede Uma rede é um sistema composto de um arranjo de componentes: Cabeamento Hardware Software Cabeamento Componentes de uma

Leia mais

AGENTE PROFISSIONAL - ANALISTA DE REDES

AGENTE PROFISSIONAL - ANALISTA DE REDES Página 1 CONHECIMENTO ESPECÍFICO 01. Suponha um usuário acessando a Internet por meio de um enlace de 256K bps. O tempo mínimo necessário para transferir um arquivo de 1M byte é da ordem de A) 4 segundos.

Leia mais

ANEXO AO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MASTER TERMOS E CONDIÇÕES ADICIONAIS PARA SERVIÇOS DE TRÂNSITO INTERNET

ANEXO AO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MASTER TERMOS E CONDIÇÕES ADICIONAIS PARA SERVIÇOS DE TRÂNSITO INTERNET ANEXO AO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS MASTER TERMOS E CONDIÇÕES ADICIONAIS PARA SERVIÇOS DE TRÂNSITO INTERNET O presente Anexo prevê os termos aplicáveis aos serviços, bem como o acordo sobre nível

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO. Pregão nº 17/2015. Processo PRO nº 12053/2015 e SC 019234 PERGUNTAS E RESPOSTAS. Primeira Emissão: 02/06/2015

EDITAL DE LICITAÇÃO. Pregão nº 17/2015. Processo PRO nº 12053/2015 e SC 019234 PERGUNTAS E RESPOSTAS. Primeira Emissão: 02/06/2015 EDITAL DE LICITAÇÃO Pregão nº 17/2015 Processo PRO nº 12053/2015 e SC 019234 PERGUNTAS E RESPOSTAS Primeira Emissão: 02/06/2015 Pergunta n 01: Declara o Edital 9. DO PAGAMENTO 9.1. O pagamento dar-se-á

Leia mais

NORMA DE SEGURANÇA PARA A UNIFAPNET

NORMA DE SEGURANÇA PARA A UNIFAPNET NORMA DE SEGURANÇA PARA A UNIFAPNET 1. Objetivo As Normas de Segurança para a UNIFAPnet têm o objetivo de fornecer um conjunto de Regras e Recomendações aos administradores de rede e usuários, visando

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA TERMO DE REFERÊNCIA Registro de Preços para prestação de serviço de atualização de licenças de uso do produto Citrix Xenapp, aquisição de novas licenças, subscrição e suporte ao software Citrix e suporte

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO NÚCLEO DE LICITAÇÃO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO NÚCLEO DE LICITAÇÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO NÚCLEO DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 14/2013 ESCLARECIMENTOS AOS QUESTIONAMENTOS FORMULADOS POR LICITANTES INTERESSADOS Questionamento

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DE FITOTECA AUTOMATIZADA Substituição dos Silos Robóticos Storagetek 9310

ESPECIFICAÇÃO DE FITOTECA AUTOMATIZADA Substituição dos Silos Robóticos Storagetek 9310 Especificação Técnica 1. A Solução de Fitoteca ofertada deverá ser composta por produtos de Hardware e Software obrigatoriamente em linha de produção do fabricante, não sendo aceito nenhum item fora de

Leia mais

PROJETO BÁSICO. Contratação de Link de Internet para TERRACAP DISUP/CODIN

PROJETO BÁSICO. Contratação de Link de Internet para TERRACAP DISUP/CODIN PROJETO BÁSICO Contratação de Link de Internet para TERRACAP DISUP/CODIN 1 PROJETO LINK INTERNET 1. Objetivo: Contratação de empresa para a prestação de serviço de fornecimento de conectividade IP Internet

Leia mais

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo ANEXO VII PREGÃO PRESENCIAL Nº. 033/2015 Termo de Referência 1. OBJETO Renovação de licenças de Solução Corporativa do Antivírus Avast, com serviço de suporte técnico e atualização de versão, manutenção

Leia mais

1 de 6 25/08/2015 10:22

1 de 6 25/08/2015 10:22 1 de 6 25/08/2015 10:22 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria Executiva Subsecretaria de Planejamento e Orçamento Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano Termo de Adjudicação

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Prestação de Serviços de suporte técnico para a Ferramenta de Scanner de Vulnerabilidades de Aplicações Web Acunetix

TERMO DE REFERÊNCIA Prestação de Serviços de suporte técnico para a Ferramenta de Scanner de Vulnerabilidades de Aplicações Web Acunetix TERMO DE REFERÊNCIA Prestação de Serviços de suporte técnico para a Ferramenta de Scanner de Vulnerabilidades de Aplicações Web Acunetix, e, atualização de novas versões e das vulnerabilidades detectáveis.

Leia mais

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 45/2014 ESCLARECIMENTO N. 2

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 45/2014 ESCLARECIMENTO N. 2 MENSAGEM Assunto: Esclarecimento Referência: Pregão Eletrônico n. 45/2014 Data: 06/3/2015 Objeto: Registro de Preços para fornecimento de equipamentos, componentes de solução de rede local, incluindo instalação

Leia mais

Aula 03 Regras de Segmentação e Switches

Aula 03 Regras de Segmentação e Switches Disciplina: Dispositivos de Rede II Professor: Jéferson Mendonça de Limas 4º Semestre Aula 03 Regras de Segmentação e Switches 2014/1 19/08/14 1 2de 38 Domínio de Colisão Os domínios de colisão são os

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 021/2012

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 021/2012 Anexo I TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 021/2012 1 DO OBJETO 1.1 Prestação de serviços visando à atualização tecnológica da infraestrutura de firewall para suportar a INFOVIA RJ 2.0, mantendo

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 010/2013. 1.1.1 - A garantia de renovação das licenças deverá ser de 36 (trinta e seis) meses.

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 010/2013. 1.1.1 - A garantia de renovação das licenças deverá ser de 36 (trinta e seis) meses. Anexo I 1 DO OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 010/2013 1.1 Prestação de serviços de renovação, para atualização de 32 (trinta e duas) licenças, do software de virtualização VMware vsphere

Leia mais

Questionamento 5 Quais os documentos devem ser entregues pelo fornecedor da solução?

Questionamento 5 Quais os documentos devem ser entregues pelo fornecedor da solução? DEFINIÇÕES E RESPOSTAS ÀS SUGESTÕES APRESENTADAS PELAS EMPRESAS PARTICIPANTES DA CONSULTA PÚBLICA REALIZADA NO DIA 09/08/2010, VISANDO DISCUSSÃO DA MINUTA DO EDITAL - PARA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA

Leia mais

RELAÇÃO DE ITENS - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 00008/2015-001 SRP

RELAÇÃO DE ITENS - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 00008/2015-001 SRP 26430 - INST.FED.DE EDUC.,CIENC.E TEC.S.PERNAMBUCANO 158149 - INST.FED.EDUC.CIENC.E TEC.SERTãO PERNAMBUCANO RELAÇÃO DE ITENS - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 00008/2015-001 SRP 1 - Itens da Licitação 1 - EQUIPAMENTO

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Switch Tipo 1: Switch fast-ethernet 24 portas FE 100BASE-TX, 2 portas 1GbE 1000BASE-T, 2 portas 1GbE SFP;

TERMO DE REFERÊNCIA. Switch Tipo 1: Switch fast-ethernet 24 portas FE 100BASE-TX, 2 portas 1GbE 1000BASE-T, 2 portas 1GbE SFP; TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO Fornecimento de Switches, Módulos transceiver e Cordões Óticos. LOTE 1 Item Descrição 1.1 Switch Tipo 1: Switch fast-ethernet 24 portas FE 100BASE-TX, 2 portas 1GbE 1000BASE-T,

Leia mais

CEP 2 100 99010-640 0 (XX) 54 3316 4500 0 (XX)

CEP 2 100 99010-640 0 (XX) 54 3316 4500 0 (XX) ANEXO 2 INFORMAÇÕES GERAIS VISTORIA 1. É obrigatória a visita ao hospital, para que a empresa faça uma vistoria prévia das condições, instalações, capacidade dos equipamentos, migração do software e da

Leia mais

PTTMetro. 11 Jan 2010

PTTMetro. 11 Jan 2010 PTTMetro 11 Jan 2010 Antonio Galvao de Rezende Filho Eduardo Ascenço Reis Milton Kaoru Kashiwakura PTTMetro http://ptt.br/ Apresentação 1 Sobre o CGI.br

Leia mais

TERMO DE USO DE SERVIÇO DE VALOR ADICIONADO (SVA)

TERMO DE USO DE SERVIÇO DE VALOR ADICIONADO (SVA) TERMO DE USO DE SERVIÇO DE VALOR ADICIONADO (SVA) Código do Serviço: 3005001 Nome do Serviço: Data de Publicação: 30/04/2013 Entrada em Vigor: SAN AUTENTICAÇÃO 01/06/2013 Versão: 1.0000 Status: Publicado

Leia mais

Termo de Referência Manutenção Preventiva e Corretiva de Equipamentos Ativos de Rede de Dados do Palácio da Cidade

Termo de Referência Manutenção Preventiva e Corretiva de Equipamentos Ativos de Rede de Dados do Palácio da Cidade PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO Empresa Municipal de Informática S.A. - IplanRio Termo de Referência Manutenção Preventiva e Corretiva de Equipamentos Ativos de Rede de Dados do Palácio da Cidade

Leia mais

ANEXO I-a ARQUITETURA DA REDE INFOSUS II

ANEXO I-a ARQUITETURA DA REDE INFOSUS II ANEXO I-a ARQUITETURA DA REDE INFOSUS II 1. Descrição da rede INFOSUS II A Rede INFOSUS II, Infovia Integrada do Sistema Único de Saúde (SUS), consistirá em infra-estrutura de telecomunicações, a ser utilizada

Leia mais

Serviço HP StoreEasy 1000/3000 and X1000/3000 Network Storage Solution Installation and Startup

Serviço HP StoreEasy 1000/3000 and X1000/3000 Network Storage Solution Installation and Startup Serviço HP StoreEasy 1000/3000 and X1000/3000 Network Storage Solution Installation and Startup HP Technology Services O serviço HP StoreEasy 1000/3000 and X1000/3000 Network Storage Solution fornece a

Leia mais

Serviço HP IMC EAD Implementation

Serviço HP IMC EAD Implementation Serviço HP IMC EAD Implementation Dados técnicos O serviço HP IMC EAD Implementation tem o objetivo de fornecer a personalização do módulo Endpoint Admission Defense de acordo com as necessidades do Cliente

Leia mais

Termo de Referência. Serviço de envio de mensagens SMS Short Message Service para dispositivos móveis, pelo período de 24 meses.

Termo de Referência. Serviço de envio de mensagens SMS Short Message Service para dispositivos móveis, pelo período de 24 meses. Termo de Referência Serviço de envio de mensagens SMS Short Message Service para dispositivos móveis, pelo período de 24 meses. Termo de Referência [OBJETO] 1 Termo de Referência Serviço de envio de mensagens

Leia mais

Gerenciamento de Redes de Computadores. Resolução de Problemas

Gerenciamento de Redes de Computadores. Resolução de Problemas Resolução de Problemas É preciso que o tempo médio entre as falhas sejam o menor possível. É preciso que o tempo médio de resolução de um problema seja o menor possível Qualquer manutenção na rede tem

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2013/023 ESCLARECIMENTOS

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2013/023 ESCLARECIMENTOS Esclarecimento I PERGUNTA 1: PREGÃO ELETRÔNICO Nº 2013/023 ESCLARECIMENTOS 7.5.3. documentação técnica do fabricante dos componentes cotados, incluindo partes de manuais e catálogos, que comprovem o atendimento

Leia mais

REDE DE COMPUTADORES

REDE DE COMPUTADORES SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL REDE DE COMPUTADORES Tecnologias de Rede Arquitetura Prof. Airton Ribeiro de Sousa E-mail: airton.ribeiros@gmail.com 1 A arquitetura de redes tem como função

Leia mais

DEPARTAMENTO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS Coordenadoria de Apoio Logístico Departamento de Apoio Operacional TERMO DE REFERÊNCIA

DEPARTAMENTO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS Coordenadoria de Apoio Logístico Departamento de Apoio Operacional TERMO DE REFERÊNCIA Processo n.º E-04/. /2012. Contratação de empresa para fornecimento e instalação de sistema de gerenciamento de tráfego para elevadores do prédio da SEFAZ, localizado na Avenida Presidente Vargas, 670

Leia mais

Às EMPRESAS CADASTRADAS E INTERESSADAS NO PREGÃO ELETRÔNICO 006/2010 ATT: Sr. Representante legal.

Às EMPRESAS CADASTRADAS E INTERESSADAS NO PREGÃO ELETRÔNICO 006/2010 ATT: Sr. Representante legal. Em Fortaleza, aos 30 de março de 2010. Ofício 056/2010/CPL/PGJ Às EMPRESAS CADASTRADAS E INTERESSADAS NO PREGÃO ELETRÔNICO 006/2010 ATT: Sr. Representante legal. ASSUNTO: RESPOSTA IMPUGNAÇÃO TELEMAR NORTE

Leia mais

PROJETO BÁSICO. Serviço de Comunicação Multimídia

PROJETO BÁSICO. Serviço de Comunicação Multimídia PROJETO BÁSICO Serviço de Comunicação Multimídia xxxxxxxxxx, xx de xxxxx de 2009 PROJETO BÁSICO (De acordo com a Res. n 272 da Anatel - SCM, de 9 de agosto de 2001, Anexo II) O B J E T O SOLICITAÇÃO DE

Leia mais

A EMPRESA. A Future Technology é uma divisão da Do Carmo voltada para o mercado de soluções em tecnologia.

A EMPRESA. A Future Technology é uma divisão da Do Carmo voltada para o mercado de soluções em tecnologia. A EMPRESA A Future Technology é uma divisão da Do Carmo voltada para o mercado de soluções em tecnologia. A experiência da Future Technology nas diversas áreas de TI disponibiliza aos mercados público

Leia mais

Switch de Borda - 48 portas de 1 Gbps

Switch de Borda - 48 portas de 1 Gbps CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA Switch de Borda - 48 portas de 1 Gbps Especificações Técnicas Característica/Configurações/Requisitos mínimos: Descrição do Material Switch

Leia mais

1. LICENCIAMENTO 2. SUPORTE TÉCNICO

1. LICENCIAMENTO 2. SUPORTE TÉCNICO 1. LICENCIAMENTO 1.1. Todos os componentes da solução devem estar licenciados em nome da CONTRATANTE pelo período de 36 (trinta e seis) meses; 1.2. A solução deve prover suporte técnico 8 (oito) horas

Leia mais

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I Folha: 0001 001 111586 Nobreak Senoidal de Dupla Conversão de no mínimo 3.0 KVa 1. Todos os equipamentos deverão ser novos de primeiro uso e estar na linha de produção atual do fabricante; 2. A garantia

Leia mais

A Camada de Rede. A Camada de Rede

A Camada de Rede. A Camada de Rede Revisão Parte 5 2011 Modelo de Referência TCP/IP Camada de Aplicação Camada de Transporte Camada de Rede Camada de Enlace de Dados Camada de Física Funções Principais 1. Prestar serviços à Camada de Transporte.

Leia mais

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo ANEXO VII PREGÃO PRESENCIAL Nº. 035/2013 TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO A presente licitação tem por objetivo a contratação de pessoa jurídica para prestação de serviços, de forma contínua, ao da 2ª

Leia mais

Formação para Sistemas Autônomos. Boas Práticas BGP. Formação para Sistemas Autônomos

Formação para Sistemas Autônomos. Boas Práticas BGP. Formação para Sistemas Autônomos Boas Práticas BGP Licença de uso do material Esta apresentação está disponível sob a licença Creative Commons Atribuição Não a Obras Derivadas (by-nd) http://creativecommons.org/licenses/by-nd/3.0/br/legalcode

Leia mais