Manual de funcionamento Esteira transportadora

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual de funcionamento Esteira transportadora"

Transcrição

1 Manual de funcionamento Esteira transportadora

2 Sumário 1. DESCRIÇÃO DO SISTEMA ITENS DO SISTEMA PLACA DE COMANDO Sinalizador Botão pulsador Chave comutadora ESTEIRA TRANSPORTADORA POR MOTOR DE PASSO Ligação do motor de passo Conectando o motor de passo ao painel Utilizando o driver para motor de passo ESTEIRA TRANSPORTADORA POR MOTOR CC Ligação do motor cc ATUADOR PNEUMÁTICO Esquema de ligação pneumático Acionamento das válvulas solenoides SENSOR FIM DE CURSO Funcionamento SENSOR FOTOELÉTRICO Montagem Esquema elétrico Funcionamento ROLETE Funcionamento PÉS DE APOIO Pé de apoio baixo Pé de apoio médio Pé de apoio alto Seleção BLOCO COM TAG DE IDENTIFICAÇÃO RFID Funcionamento SENSOR RFID Funcionamento Software Esquema de ligação dos bornes

3 1. Descrição do sistema Esteira transportadora flexível, permite o reposicionamento de itens como sensores e atuadores, além de permitir a transferência entre esteiras em diferentes posições (linear, em L e em T ). Possui 2 painéis que fazem a interface dos sensores, motores e atuadores. Alimentação: bivolt (127/220V) 2

4 2. Itens do sistema 2.1. Placa de comando Sinalizador: 5 Botão pulsador: 1 Chave comutadora: Sinalizador Os sinalizadores devem ser alimentados por uma fonte de 24Vcc sendo X1 o terminal positivo e X2 o terminal negativo Botão pulsador Botão pulsador simples com 1NA. Suporta carga de até 3A Chave comutadora Chave comutadora fixa com 1NA+ 1NF. Suporta carga de até 3A. 3

5 2.2. Esteira transportadora por motor de passo Quantidade: Ligação do motor de passo O motor de passo possui 8 fios, que pode ter ligação em paralela (menos torque e mais velocidade) ou em série (menos velocidade e mais torque). Ambas as ligações resultam em 4 conexões, sendo elas A+, A-, B+ e B-, conforme figura abaixo: 4

6 Conectando o motor de passo ao painel O motor é ligado ao painel nos bornes A+, A-, B+ e B-. Esses bornes são ligados diretamente no driver para motor de passo. O driver precisa ser alimentado com uma tensão de 24V conforme esquema abaixo: Obs.: O motor de passo possui 8 cabos que ligados (série ou paralelo) formam apenas 4 conexões A+, A-, B+ e B- conforme esquema na página anterior Utilizando o driver para motor de passo O drive para motor de passo possui um conector D25 que está totalmente disponível nos bornes do painel. Neste manual será demonstrado apenas o funcionamento simples, para outras funções do driver, acessar o manual online (em inglês) no endereço: 5

7 Com o esquema abaixo é possível selecionar o sentido de rotação do motor e acionar o mesmo. A chave comutadora 1 liga/desliga o motor de passo. A chave comutadora 2 muda o sentido de direção. Obs.: Essas entradas são acionadas com 5Vdc, para utilização em 24Vdc é necessário utilizar resistores de 2200 ohm de 1/4 watt, conforme esquema. 6

8 2.3. Esteira transportadora por motor cc Quantidade Ligação do motor cc. O motor cc possui dois fios que devem ser alimentados por uma fonte 24Vcc. Para inverter o sentido de giro, basta inverter as polaridades de ligação (trocar os cabos). Segue um exemplo de esquema de ligação: 7

9 2.4. Atuador pneumático Quantidade: Esquema de ligação pneumático Obs.: Mangueira (tipo 6) não inclusa Acionamento das válvulas solenoides. As válvulas solenoide são alimentadas por 24Vcc. Segue um exemplo de esquema de ligação: 8

10 2.5. Sensor fim de curso Quantidade: Funcionamento O sensor fim de curso mecânico fecha os contatos 13/14 ao ser acionado. A corrente máxima desse dispositivo é 3A. Segue exemplo de esquema de ligação: 9

11 2.6. Sensor fotoelétrico Quantidade: 12 pares (sensor + espelho) Montagem O sensor fotoelétrico reflexivo deve ser montado juntamente com o espelho, sendo que ambos devem estar alinhados um de frente ao outro Esquema elétrico Os sensores fotoelétricos estão ligados juntamente com relés de interface conforme esquema elétrico abaixo: O contato NA do relé está disponível por bornes e suporta corrente máxima de 3A. A lâmpada no esquema elétrico é apenas uma simulação de função. 10

12 Funcionamento Para o funcionamento do sistema é necessário alimentar com 24Vcc o sensor ( bornes 24V e 0V ) e a interface do sensor, sendo esta apenas com o polo negativo ( borne (-)A2 ), conforme esquema abaixo: O contato NA 13/14 é acionado assim que for interrompido o feixe de luz entre o sensor fotoelétrico e o espelho. Este contato suporta até 3A. O esquema acima mostra o mesmo energizando um sinalizador. 11

13 2.7. Rolete Quantidade: Funcionamento O rolete permite a transferência dos produtos (blocos) entre as esteiras. Segue exemplo de utilização: 12

14 2.8. Pés de apoio Pé de apoio baixo Quantidade: Pé de apoio médio Quantidade: Pé de apoio alto Quantidade: Seleção A montagem é de acordo com o layout de funcionamento desejado. 13

15 2.9. Bloco com tag de identificação RFID Quantidade: Funcionamento Os blocos possuem uma tag que é identificada pelo sensor RFID. Esses blocos simulam o produto a ser transportado pelas esteiras. 14

16 2.10. Sensor RFID Quantidade: Funcionamento O sensor é formado por duas partes, a antena (scanner) que lê as Tags inclusas nos blocos e a caixa de conexão (CDB620) faz a interface de comunicação. A antena é conectada diretamente à caixa de conexão, pelo conector scanner. A comunicação com o PC é feita pelo conector AUX Interface, sendo uma conexão serial RS232 (cabo e conversor não inclusos). Os bornes 1 a 44 da caixa de conexão estão disponíveis em bornes banana no painel Software O software pode ser baixado pelo link: https://mysick.com/partnerportal/productcatalog/datasheet.aspx?productid=

17 Esquema de ligação dos bornes Bornes de alimentação A alimentação geral do sensor RFID (antena e caixa de conexões) é feita pelos bornes 1 e 2 conforme ligação abaixo. Os bornes 3 e 4 são para alimentação de uma segunda caixa de conexões. Bornes Shield O bornes shield são para referencial elétrico (GND) entre os equipamentos interligados. Todos os bornes são conectados entre si, sendo necessário apenas um com a referencia Terra. 16

18 Bornes de entrada digital para sensores Bornes de entrada digital para CLP 17

19 Bornes de saída digital Os bornes de saída digital são 4 ao total (Res 1 e 2; Out 1 e 2). Todos fornecem sinal 24Vcc e suportam carga de 100mA. Bornes CAN Esses bornes são utilizados para comunicação com outras caixas de conexões. 18

Programa Ladder para Esteiras Transportadoras Automação Semestre 01/2015

Programa Ladder para Esteiras Transportadoras Automação Semestre 01/2015 Programa Ladder para Esteiras Automação Semestre 01/2015 Engenharia de Controle e Automação Programa Ladder Esteiras Descrição de funcionamento: O sistema é ligado e desligado pelo botão de comando de

Leia mais

DESCRIÇÃO DO FUNCIONAMENTO Basicamente o ANTRON II-s recebe sinais provenientes da atuação de contatos elétricos externos, associados a equipamentos

DESCRIÇÃO DO FUNCIONAMENTO Basicamente o ANTRON II-s recebe sinais provenientes da atuação de contatos elétricos externos, associados a equipamentos DESCRIÇÃO DO FUNCIONAMENTO Basicamente o ANTRON II-s recebe sinais provenientes da atuação de contatos elétricos externos, associados a equipamentos ou sistemas que se queiram supervisionar, via contatos

Leia mais

Módulo WCM200. Controlador WSI250 - HI Tecnologia

Módulo WCM200. Controlador WSI250 - HI Tecnologia Automação Industrial Módulo Controlador WSI250 - HI Tecnologia W i re l e s s S i g n a l I n t e r fa c e O conteúdo deste documento é parte do Manual do Usuário do controlador WSI250 da HI tecnologia

Leia mais

Manual Placa DMX 10 pixels RGB

Manual Placa DMX 10 pixels RGB Manual Placa DMX 10 pixels RGB 2011 Lumikit Sistemas para Iluminação rev.0 26/08/2011 Lumikit Sistemas para Iluminação www.lumikit.com.br 1 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONEXÕES DA PLACA... 4 3. DIMENSÕES

Leia mais

Manual Técnico Módulo Ponte H Dupla

Manual Técnico Módulo Ponte H Dupla Manual Técnico Módulo Ponte H Dupla Introdução Módulo de Ponte H dupla para controlar dois motores DC ou um motor de passo bipolar. Com este módulo é possível controlar o sentido de rotação de motores

Leia mais

Na Placa de Comando estão montados os circuitos para partida direta, partida direta com reversão e partida estrelatriângulo;

Na Placa de Comando estão montados os circuitos para partida direta, partida direta com reversão e partida estrelatriângulo; 1) BANCADA PRINCIPAL MODELO POL-110 Fabricada em estrutura de alumínio, constituída por dois postos de trabalho que servirão de base para utilização de qualquer um dos kits didáticos a serem adquiridos.

Leia mais

Unidade Remota CANopen RUW-04. Guia de Instalação, Configuração e Operação. Idioma: Português. Documento: 10002081798 / 00

Unidade Remota CANopen RUW-04. Guia de Instalação, Configuração e Operação. Idioma: Português. Documento: 10002081798 / 00 Motors Automation Energy Transmission & Distribution Coatings Unidade Remota CANopen RUW-04 Guia de Instalação, Configuração e Operação Idioma: Português Documento: 10002081798 / 00 ÍNDICE 1 INSTRUÇÕES

Leia mais

Manual DataMax (Instalação)

Manual DataMax (Instalação) DataQuest Manual (Instalação) Configuração geral do sistema Este manual se destina a orientar o instalador do sistema quanto às ligações e configurações da placa DMH-1. O sistema utiliza como controladores

Leia mais

Bancada Didática para CLP SIEMENS (LOGO!) - XC123 -

Bancada Didática para CLP SIEMENS (LOGO!) - XC123 - T e c n o l o g i a Bancada Didática para CLP SIEMENS (LOGO!) - XC123 - Os melhores e mais modernos MÓDULOS DIDÁTICOS para um ensino tecnológico de qualidade. Bancada Didática para CLP SIEMENS (LOGO!)

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO F 19

GUIA DE INSTALAÇÃO F 19 GUIA DE INSTALAÇÃO F 19 1. Instalação do equipamento (1)Cole o modelo de montagem na (2) Remova o parafuso na parte (3) Tire a placa traseira. parede, Faça os furos de acordo inferior do dispositivo com

Leia mais

Motores I Automação I Energia I Transmissão & Distribuição I Tintas. Unidade Remota CANopen RUW-01. Guia de Instalação, Configuração e Operação

Motores I Automação I Energia I Transmissão & Distribuição I Tintas. Unidade Remota CANopen RUW-01. Guia de Instalação, Configuração e Operação Motores I Automação I Energia I Transmissão & Distribuição I Tintas Unidade Remota ANopen RUW-01 Guia de Instalação, onfiguração e Operação ÍNE 1 INSTRUÇÕES DE SEGURANÇA...4 2 INFORMAÇÕES GERAIS...4 3

Leia mais

Profª Danielle Casillo

Profª Danielle Casillo UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Automação e Controle Aula 07 Linguagem Ladder Profª Danielle Casillo A LINGUAGEM LADDER Foi a primeira que surgiu para programação

Leia mais

Leitor ATG25A-CT (Cabo Preto)

Leitor ATG25A-CT (Cabo Preto) Leitor ATG25A-CT (Cabo Preto) Esse leitor é para ser usado conectado à uma controladora através das interfaces Wiegand, Abatrack, RS232 ou RS485. Ao colocar-se o tag ativo dentro do seu limite de leitura,

Leia mais

Manual do Leitor ATG-Basic

Manual do Leitor ATG-Basic Manual do Leitor ATG-Basic O leitor ATG-Basic foi desenvolvido para uso em controle de acesso veicular. Esse leitor é para ser usado conectado à uma controladora através das interfaces Wiegand, Abatrack,

Leia mais

CENTRAL DE ALARME DE INCÊNDIO MULTIPLEX Série AIM48 (Final)

CENTRAL DE ALARME DE INCÊNDIO MULTIPLEX Série AIM48 (Final) 1 - INTRODUÇÃO: CENTRAL DE ALARME DE INCÊNDIO MULTIPLEX Série AIM48 (Final) Trata-se de uma sistema de alarme de incêndio para utilização onde há somente acionadores manuais e sirenes convencionais, não

Leia mais

Autor: Luís Fernando Patsko Nível: Intermediário Criação: 22/02/2006 Última versão: 18/12/2006. PdP. Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos

Autor: Luís Fernando Patsko Nível: Intermediário Criação: 22/02/2006 Última versão: 18/12/2006. PdP. Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos TUTORIAL Montagem da Ponte H Autor: Luís Fernando Patsko Nível: Intermediário Criação: 22/02/2006 Última versão: 18/12/2006 PdP Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos http://www.maxwellbohr.com.br contato@maxwellbohr.com.br

Leia mais

Série 83400 Regulador eletrônico de pressão diferencial

Série 83400 Regulador eletrônico de pressão diferencial 83400 Regulador eletrônico de pressão diferencial Identifica a pressão diferencial requerida para atuar em filtros com pó Boa interferência de imunidade tal como na Diretiva EMC Usando operação dot matrix

Leia mais

INTRODUÇÃO À AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

INTRODUÇÃO À AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL INTRODUÇÃO À AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL Treinamento Branqs Automação, 2007 Elaboração: Kauê Leonardo Gomes Ventura Lopes Aprovação: Fernando José Cesilio Branquinho Branqs Automação Ltda. Rua do Comércio, nº

Leia mais

Manual de Instalação. GPRS Universal

Manual de Instalação. GPRS Universal Manual de Instalação GPRS Universal INTRODUÇÃO O módulo GPRS Universal Pináculo é um conversor de comunicação que se conecta a qualquer painel de alarme monitorado que utilize o protocolo de comunicação

Leia mais

Easy Lab. Manual do usuário Revisão 1.2 01/11/14. www.dma.ind.br. DMA Electronics 1

Easy Lab. Manual do usuário Revisão 1.2 01/11/14. www.dma.ind.br. DMA Electronics 1 Easy Lab Manual do usuário Revisão 1.2 01/11/14 www.dma.ind.br DMA Electronics 1 A DMA ELECTRONICS projeta e fabrica sistemas para aquisição e registro de dados com conexão a um computador do tipo PC.

Leia mais

Manual do instalador Box Input Rev. 0.01.000. Figura 01 Apresentação do Box Input.

Manual do instalador Box Input Rev. 0.01.000. Figura 01 Apresentação do Box Input. Pág. 1/10 Apresentação Equipamento para detecção de acionamentos e monitoração de sensores. Comunicação com outros dispositivos por rede CAN. Possui seis entradas digitais optoacopladas com indicação de

Leia mais

Manual Placa DMX 4 pixels RGB

Manual Placa DMX 4 pixels RGB Manual Placa DMX 4 pixels RGB 2012 Lumikit Sistemas para Iluminação rev.2 16/10/2015 Lumikit Sistemas para Iluminação www.lumikit.com.br 1 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONEXÕES DA PLACA... 4 3. DIMENSÕES

Leia mais

Manual de Instalação, Configuração e Uso

Manual de Instalação, Configuração e Uso Manual de Instalação, Configuração e Uso Classic RDM8-AC RDM8-DC 127 V e 220 V 2008 Índice 1 Manual de Utilização... 2 1.1 Apresentação do Painel e identificação das teclas... 2 1.2 Modos de operação do

Leia mais

Máx Unid Padrão. Mín 1 / 0.1 0/0 0/0 0/0 0/0 100 / 6.9 100 / 6.9 100 / 6.9 999 150.0 / 302 5.0/9 2 -50.0 / -58 0.1/1 1 / 0.

Máx Unid Padrão. Mín 1 / 0.1 0/0 0/0 0/0 0/0 100 / 6.9 100 / 6.9 100 / 6.9 999 150.0 / 302 5.0/9 2 -50.0 / -58 0.1/1 1 / 0. PCT6 plus CONTROLADOR DIGITAL DE PRESSÃO PARA CENTRAIS DE REFRIGERAÇÃO Ver. PCT6VT74. DESCRIÇÃO O PCT6 plus é um controlador de pressão para ser utilizado em centrais de refrigeração que necessitem de

Leia mais

Controle remoto por Bluetooth

Controle remoto por Bluetooth Controle remoto por Bluetooth Introdução Esse tutorial tem como objetivo, facilitar a montagem do controle e drive de potência voltado a modalidades que necessitam de controle remoto, seja robô sumo de

Leia mais

MANUAL. - Leia cuidadosamente este manual antes de ligar o Driver. - A Neoyama Automação se reserva no direito de fazer alterações sem aviso prévio.

MANUAL. - Leia cuidadosamente este manual antes de ligar o Driver. - A Neoyama Automação se reserva no direito de fazer alterações sem aviso prévio. 1 P/N: AKDMP16-4.2A DRIVER PARA MOTOR DE PASSO MANUAL ATENÇÃO: - Leia cuidadosamente este manual antes de ligar o Driver. - A Neoyama Automação se reserva no direito de fazer alterações sem aviso prévio.

Leia mais

Versão 1.02. Manual. Neocontrol Soluções em Automação LTDA www.neoc.com.br

Versão 1.02. Manual. Neocontrol Soluções em Automação LTDA www.neoc.com.br Versão 1.02 Manual Neocontrol Soluções em Automação LTDA www.neoc.com.br Índice 1. Descrição do Equipamento... 3 2. Princípio de Funcionamento... 4 2.1 Operação... 4 2.2 Configuração de Cenas... 4 2.2.1

Leia mais

Didática Bosch Rexroth

Didática Bosch Rexroth Didática Bosch Rexroth 2 Introdução A Divisão Service da Bosch Rexroth oferece ao mercado a sua linha didática. Sempre preocupada com a qualificação técnica do profissional brasileiro, oferece à indústria

Leia mais

Microterminais 16 e 44 Teclas RS 485

Microterminais 16 e 44 Teclas RS 485 Microterminais 16 e 44 Teclas RS 485 Gradual Tecnologia Ltda. Manual do Usuário Fev./2003 Índice Apresentação 3 Especificação Técnica 3 Características Elétricas: 3 Características Mecânicas: 4 Instalação

Leia mais

Descrição dos pinos do Módulo Driver Motor com Dupla Ponte-H - L298N:

Descrição dos pinos do Módulo Driver Motor com Dupla Ponte-H - L298N: O MÓDULO DRIVER MOTOR COM DUPLA PONTEH - L298N é baseado no chip L298N com dupla Ponte- H, podendo controlar a velocidade e o sentido de giro de até dois motores de 3-30V DC ou um motor de passo com 2

Leia mais

AC-4000. Guia de Instalação. Terminal de Identificação Biométrico. www.virdi.com.br. AC-4000 Terminal de Identificação Biométrico

AC-4000. Guia de Instalação. Terminal de Identificação Biométrico. www.virdi.com.br. AC-4000 Terminal de Identificação Biométrico AC-4000 Terminal de Identificação Biométrico www.virdi.com.br AC-4000 Terminal de Identificação Biométrico Guia de Instalação e-mail: sales@virdi.com.br - Tel.: +55 11 4368-3800 - www.virdi.com.br Av.

Leia mais

Descrição do Produto. Dados para Compra. Itens Integrantes. Código do Produto

Descrição do Produto. Dados para Compra. Itens Integrantes. Código do Produto Descrição do Produto A Série Energy da Altus traz uma solução confiável para um dos pontos mais críticos em uma aplicação industrial: o fornecimento de alimentação para todos os dispositivos do sistema

Leia mais

ANUNCIADOR DE ALARME AL-2003

ANUNCIADOR DE ALARME AL-2003 AL-2003 Manual do usuário Anunciador de Alarme MAN-PT-DE-AL2003 Rev.: 1.00-12 Introdução Obrigado por ter escolhido nosso AL-2003. Para garantir o uso correto e eficiente do AL-2003, leia este manual

Leia mais

Datasheet Componentes Eletrônicos

Datasheet Componentes Eletrônicos Datasheet Componentes Eletrônicos Caixa de Pilhas... 2 LED (mini lâmpada)... 2 Conector INT... 3 HUB... 3 Sensor de Luz... 4 Circuito Relé... 4 Circuito Buzz... 5 Sensor de Ímã... 6 Ponte H com Relés...

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA GUARDIAN

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA GUARDIAN MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA GUARDIAN FUNCIONAMENTO DO SISTEMA GUARDIAN. A central de alarmes Guardian realiza o monitoramento continuo de três entradas de alarmes, fornecendo três saídas de alarmes distintas,

Leia mais

- Leia cuidadosamente este manual antes de ligar o Driver. - A Neoyama Automação se reserva no direito de fazer alterações sem aviso prévio.

- Leia cuidadosamente este manual antes de ligar o Driver. - A Neoyama Automação se reserva no direito de fazer alterações sem aviso prévio. Easy Servo Driver MANUAL Atenção: - Leia cuidadosamente este manual antes de ligar o Driver. - A Neoyama Automação se reserva no direito de fazer alterações sem aviso prévio. Sumário 1. LEGENDA DE PART-NUMBER...

Leia mais

SUPLEMENTO Nº 03. 1. Com referência ao Pregão Eletrônico PE.GCM.A.00175.2013, informamos que este Suplemento visa alterar:

SUPLEMENTO Nº 03. 1. Com referência ao Pregão Eletrônico PE.GCM.A.00175.2013, informamos que este Suplemento visa alterar: PE.GCM.A.0075.203 /6 SUPLEMENTO Nº 03. Com referência ao Pregão Eletrônico PE.GCM.A.0075.203, informamos que este Suplemento visa alterar:.. Edital, Seção V, Anexo II, Formulário 02 Acessórios e Ferramentas

Leia mais

PRODUTOS SERIADOS. ME30 infobox

PRODUTOS SERIADOS. ME30 infobox PRODUTOS SERIADOS ME30 infobox SISTEMA DE PROCESSAMENTO DE SINAIS Adquirir, processar e visualizar de 8 a 40 alarmes ou indicadores de estado Funções de alarme configuráveis Anunciadores com possibilidade

Leia mais

Manutenção Elétrica. Entre os elementos de processamento de sinais podemos citar:

Manutenção Elétrica. Entre os elementos de processamento de sinais podemos citar: Manutenção Elétrica Elementos de Processamento de Sinais Os componentes de processamento de sinais elétricos são aqueles que analisam as informações emitidas ao circuito pelos elementos de entrada, combinando-as

Leia mais

LINEAR-HCS RUA SÃO JORGE, 267 - TELEFONE: 6823-8800 Revisado em 24/10/2006 SÃO CAETANO DO SUL - SP - CEP: 09530-250 www.linear-hcs.com.

LINEAR-HCS RUA SÃO JORGE, 267 - TELEFONE: 6823-8800 Revisado em 24/10/2006 SÃO CAETANO DO SUL - SP - CEP: 09530-250 www.linear-hcs.com. LINEAR-HCS RUA SÃO JORGE, 267 - TELEFONE: 6823-8800 Revisado em 24/10/2006 SÃO CAETANO DO SUL - SP - CEP: 09530-250 www.linear-hcs.com.br CENTRAL ELETRÔNICA TRIFÁSICA DE CONTROLE DE PORTÃO rev2 CARACTERÍSTICAS

Leia mais

e Catálogo de Componentes Pneumáticos e Elétricos www.festo.com.br

e Catálogo de Componentes Pneumáticos e Elétricos www.festo.com.br Painel Simulador Painel Simulador de Pneumática de Pneumática e Eletropneumática e Catálogo de Componentes Pneumáticos e Elétricos www.festo.com.br Festo Didactic Presente desde 1974 no Brasil, a Festo

Leia mais

MANUAL. Leia cuidadosamente este manual antes de ligar o Driver. A Neoyama Automação se reserva no direito de fazer alterações sem aviso prévio.

MANUAL. Leia cuidadosamente este manual antes de ligar o Driver. A Neoyama Automação se reserva no direito de fazer alterações sem aviso prévio. 1 P/N: AKDMP5-1.7A DRIVER PARA MOTOR DE PASSO MANUAL ATENÇÃO Leia cuidadosamente este manual antes de ligar o Driver. A Neoyama Automação se reserva no direito de fazer alterações sem aviso prévio. 2 SUMÁRIO

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Engenharia Departamento de Engenharia Eletrônica Laboratório de Informática Industrial

Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Engenharia Departamento de Engenharia Eletrônica Laboratório de Informática Industrial Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Engenharia Departamento de Engenharia Eletrônica Laboratório de Informática Industrial 1 2 a AULA Controlador Lógico Programável: Características de software.

Leia mais

TÍTULO: EMBALADORA DE TABULEIROS DE DAMAS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: ENGENHARIAS E TECNOLOGIAS SUBÁREA: ENGENHARIAS

TÍTULO: EMBALADORA DE TABULEIROS DE DAMAS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: ENGENHARIAS E TECNOLOGIAS SUBÁREA: ENGENHARIAS Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: EMBALADORA DE TABULEIROS DE DAMAS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: ENGENHARIAS E TECNOLOGIAS SUBÁREA:

Leia mais

Microcontrolador Modelix 3.6

Microcontrolador Modelix 3.6 Curso de Robótica 1 Curso de Robótica Introdução à robótica O desenvolvimento da robótica surgiu da necessidade de se aperfeiçoar processos de fabricação, no sentido de melhorar a qualidade dos produtos.

Leia mais

Automação Industrial Parte 2

Automação Industrial Parte 2 Automação Industrial Parte 2 Prof. Ms. Getúlio Teruo Tateoki http://www.getulio.eng.br/meusalunos/autind.html Perspectiva Histórica Os primeiros sistemas de controle foram desenvolvidos durante a Revolução

Leia mais

MANUAL DRIVE PARA MOTOR DE PASSO MODELO AKDMP5-3.5A

MANUAL DRIVE PARA MOTOR DE PASSO MODELO AKDMP5-3.5A MANUAL DRIVE PARA MOTOR DE PASSO MODELO AKDMP5-3.5A V01R12 Atenção: - Leia cuidadosamente este manual antes de ligar o Driver. - A Akiyama Tecnologia se reserva no direito de fazer alterações sem aviso

Leia mais

PLANILHA DE PROPOSTA

PLANILHA DE PROPOSTA 0001 012186 INVERSOR DE FREQUENCIA 144 AMPERES / 220 VCA Inversor de freqüência para aplicação em motor elétrico trifásico com corrente nominal de serviço 140A, tensão nominal 220V, temperatura de funcionamento

Leia mais

HXM 500. Módulo de Expansão Híbrido para as famílias ZAP900/ZAP91X. Apresentação. Diagrama esquemático. Dados Técnicos

HXM 500. Módulo de Expansão Híbrido para as famílias ZAP900/ZAP91X. Apresentação. Diagrama esquemático. Dados Técnicos Módulo de Expansão Híbrido para as famílias ZAP900/ZAP91X Apresentação O módulo HXM500 é uma placa de expansão híbrida desenvolvida para as famílias de controladores ZAP900 e ZAP91X. Disponibiliza 17 pontos

Leia mais

Módulo FGM721. Controlador P7C - HI Tecnologia

Módulo FGM721. Controlador P7C - HI Tecnologia Automação Industrial Módulo Controlador P7C - HI Tecnologia 7C O conteúdo deste documento é parte do Manual do Usuário do controlador P7C da HI tecnologia (PMU10700100). A lista de verbetes consta na versão

Leia mais

Av. Francisco Andrade Ribeiro 543 - Bloco 13 - Centro Santa Rita do Sapucaí- MG CEP: 37.540-000 Tel: (35) 3471-0895

Av. Francisco Andrade Ribeiro 543 - Bloco 13 - Centro Santa Rita do Sapucaí- MG CEP: 37.540-000 Tel: (35) 3471-0895 Grupo Giga Av. Francisco Andrade Ribeiro 543 - Bloco 13 - Centro Santa Rita do Sapucaí- MG CEP: 37.540-000 Tel: (35) 3471-0895 http:// Manual do Usuário NibProx Prime Função Comando 4-2 (Habilitar / desabilitar

Leia mais

Instruções para Implementadores

Instruções para Implementadores Volvo Truck Corporation Curitiba, Brazil Instruções para Implementadores Data Grupo Edição Pág. 8.2011 95 01 1( 6 ) Eletricidade Instalação de sistemas de rastreamento/monitoramento não instalados/desenvolvidos

Leia mais

BOTÃO DE TOQUE POR PROXIMIDADE

BOTÃO DE TOQUE POR PROXIMIDADE BOTÃO DE TOQUE POR PROXIMIDADE MANUAL DE INSTALAÇÃO ATENÇÃO! LEIA TODAS AS INSTRUÇÕES DO MANUAL ANTES DE INSTALAR E OPERAR ESTE EQUIPAMENTO Parabéns, você adquiriu um produto com o selo Qualidade Máxima

Leia mais

EESC-USP LABORATÓRIO DE CONVERSÃO ELETROMECÂNICA DE ENERGIA

EESC-USP LABORATÓRIO DE CONVERSÃO ELETROMECÂNICA DE ENERGIA LABORATÓRIO DE CONVERSÃO ELETROMECÂNICA DE ENERGIA Professores: Eduardo Nobuhiro Asada Luís Fernando Costa Alberto Colaborador: Elmer Pablo Tito Cari LABORATÓRIO N 9: MAQUINA SÍNCRONA: (ângulo de carga,

Leia mais

Programação de CLPs por 1. Diagramas de Contato

Programação de CLPs por 1. Diagramas de Contato Programação de CLPs por Diagramas de Contato 1. Diagramas de Contato 2. Um CLP Genérico 3. Instruções de Entrada e Saída 4. Instruções Booleanas 5. Circuitos de Intertravamento 6. Detecção de Borda 7.

Leia mais

GPRS Universal. Manual do Instalador. C209994 - Rev 0

GPRS Universal. Manual do Instalador. C209994 - Rev 0 GPRS Universal Manual do Instalador C209994 - Rev 0 » Introdução: Antes da instalação deste produto, recomendamos a leitura deste manual, que contém todas as informações necessárias para a correta instalação

Leia mais

2. DISPOSITIVOS DE COMANDO E CHAVES DE PARTIDA

2. DISPOSITIVOS DE COMANDO E CHAVES DE PARTIDA 2. DISPOSITIVOS DE COMANDO E CHAVES DE PARTIDA A instalação de máquinas diversas requer uma grande gama de dispositivos que possibilitem o perfeito funcionamento, de preferência o mais automatizado possível,

Leia mais

Manual. Controle de motores via Bluetooth. William Trevine

Manual. Controle de motores via Bluetooth. William Trevine A Manual Controle de motores via Bluetooth 1 William Trevine Sumário 1 Introdução... 4 2 Características... 5 3 Instalação... 6 3.1 Alimentação... 7 3.2 Motores... 8 3.3 Liga e desliga... 9 3.4 Saídas

Leia mais

Bancada Didática para CLP SIEMENS S7-1200 com Inversor - XC124 -

Bancada Didática para CLP SIEMENS S7-1200 com Inversor - XC124 - T e c n o l o g i a Bancada Didática para CLP SIEMENS S7-1200 com Inversor - XC124 - Os melhores e mais modernos MÓDULOS DIDÁTICOS para um ensino tecnológico de qualidade. Bancada Didática para CLP SIEMENS

Leia mais

Controle de Acesso. Erika Araujo Analista de Sistemas

Controle de Acesso. Erika Araujo Analista de Sistemas Controle de Acesso Erika Araujo Analista de Sistemas VIDEO INSTITUCIONAL 9 Lojas em Minas 17 anos Treinamento Controle de Acesso Prédios Treinamento Controle de Acesso 7 Condomínios - Controle fluxo de

Leia mais

Manual da Placa de Interface e Acionamento. SnowFlakes 4S

Manual da Placa de Interface e Acionamento. SnowFlakes 4S Manual da Placa de Interface e Acionamento SnowFlakes 4S Introdução O SnowFlakes é uma placa eletrônica Open Source desenvolvida com o controlador programável Tibbo AKTEM-203, vendido no e-commerce do

Leia mais

Indicador Digital Processos MODO DE USO. Dados Técnicos Conexões elétricas Utilização do teclado Dimensional. ABB Automação.

Indicador Digital Processos MODO DE USO. Dados Técnicos Conexões elétricas Utilização do teclado Dimensional. ABB Automação. Indicador Digital Processos MODO DE USO Dados Técnicos Conexões elétricas Utilização do teclado Dimensional ABB Automação Hartmann & Braun Dados Técnicos (NRB5180) Entrada -mvdc: -Vdc -madc Alimentação

Leia mais

CONVERSOR SERIAL PARA REDE TCP/IP DS100B

CONVERSOR SERIAL PARA REDE TCP/IP DS100B CONVERSOR SERIAL PARA REDE TCP/IP DS100B MANUAL DE INSTRUÇÕES Rev.03 Sumário: 1. CARACTERÍSTICAS 2 2. INSTALAÇÃO DO CONVERSOR 2 ALIMENTAÇÃO DS100 COM CENTRAL DE ALARME... 3 ALIMENTAÇÃO DS100 COM PAINEL

Leia mais

Características... 3. Identificando a placa... 3. Esquema de ligação... 3. Parâmetros programados no painel de alarme... 4

Características... 3. Identificando a placa... 3. Esquema de ligação... 3. Parâmetros programados no painel de alarme... 4 P18640 - Rev. 0 Índice Características... 3 Identificando a placa... 3 Esquema de ligação... 3 Parâmetros programados no painel de alarme... 4 Instalação do software programador... 4 Instalação do cabo

Leia mais

Fundamentos de Automação. Controladores

Fundamentos de Automação. Controladores Ministério da educação - MEC Secretaria de Educação Profissional e Técnica SETEC Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Rio Grande Fundamentos de Automação Controladores

Leia mais

Fig. 2.2 - Painel do multímetro com a função ohmímetro em destaque.

Fig. 2.2 - Painel do multímetro com a função ohmímetro em destaque. 2 MULTÍMETRO 2.1 - Objetivos Aprender a manusear o multímetro na realização de medidas de tensões e correntes elétricas, contínuas e alternadas, bem como medir resistências elétricas. 2.2 - Introdução

Leia mais

Composição do MDK-Prog e MDK-Prog Plus

Composição do MDK-Prog e MDK-Prog Plus A Modelix Robotics está lançando no mercado brasileiro dois kits de Robótica aplicada, ideal para quem deseja iniciar o aprendizado de programação de robôs e eletrônica, usando o Software Modelix System

Leia mais

Produtos de Baixa Tensão. Produtos de segurança Linha Safety

Produtos de Baixa Tensão. Produtos de segurança Linha Safety Produtos de Baixa Tensão Produtos de segurança Linha Safety Linha Safety PLUTO - CLP de segurança Simplifica os sistemas de proteção de seu sistema, garantindo o mais alto nível de segurança, categoria

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Engenharia

Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Engenharia 1 Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Engenharia Departamento de Engenharia Eletrônica Laboratório de Informática Industrial 3ª AULA - Programação Convencional de CLP - Parte I Objetivos: Analisar

Leia mais

Manual; Módulo de Alarme com Sirene Piezo Elétrica Dedicada; Dois Transmissores com Bateria; Chicote de Potência.

Manual; Módulo de Alarme com Sirene Piezo Elétrica Dedicada; Dois Transmissores com Bateria; Chicote de Potência. COMPOSIÇÃO DO SISTEMA DE ALARME Manual; Módulo de Alarme com Sirene Piezo Elétrica Dedicada; Dois Transmissores com Bateria; Chicote de Potência. INFORMAÇÕES AO PROPRIETÁRIO 1. OPERAÇÕES BÁSICAS DO ALARME

Leia mais

Catálogo Técnico 2013

Catálogo Técnico 2013 Catálogo Técnico 203 Tudo o que se espera em material elétrico Identificação Esquema de ligação Interruptor imples - 0A/250V~ 2 FAE Permite comandar uma o u m a i s l â m p a d a s exclusivamente de um

Leia mais

MANUAL TÉCNICO POTENZA ANALÓGICA. Rev. 0

MANUAL TÉCNICO POTENZA ANALÓGICA. Rev. 0 Rev. 0 MANUAL TÉCNICO POTENZA ANALÓGICA ÍNDICE INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA Instruções importantes de segurança...3 Características técnicas...4 Ferramentas necessárias para instalação...5 Instalação

Leia mais

(21) 4063-9798 (11) 4063-1877 (21) 8831-6621 Skype: cerne-tec MSN: cerne-tec@hotmail.com www.cerne-tec.com.br

(21) 4063-9798 (11) 4063-1877 (21) 8831-6621 Skype: cerne-tec MSN: cerne-tec@hotmail.com www.cerne-tec.com.br (21) 4063-9798 (11) 4063-1877 (21) 8831-6621 Skype: cerne-tec MSN: cerne-tec@hotmail.com www.cerne-tec.com.br Manual do Usuário Placa CLPIC Índice 1. Introdução... 03 2. Chapeado da Placa... 04 3. Conector

Leia mais

CONJUNTO DIDÁTICO PARA ESTUDO DE MÁQUINAS ELÉTRICAS OPENLAB

CONJUNTO DIDÁTICO PARA ESTUDO DE MÁQUINAS ELÉTRICAS OPENLAB CONJUNTO DIDÁTICO PARA ESTUDO DE MÁQUINAS ELÉTRICAS OPENLAB Este sistema é formado pelos seguintes elementos, compatíveis entre si e especialmente projetados para o estudo de máquinas elétricas. Código

Leia mais

Leitor MaxProx-Lista-PC

Leitor MaxProx-Lista-PC Leitor MaxProx-Lista-PC O leitor de cartões de proximidade MaxProx-Lista-PC é destinado aos Integradores de Controle de Acesso. Ele foi especialmente projetado para controle de acesso, para ser usado Stand

Leia mais

Controlador Automatizador CAP-1

Controlador Automatizador CAP-1 Controlador Automatizador CAP-1 Guia de Referência 1 Sumá rio 1 Introdução... 3 2 Especificações Técnicas... 3 2.1 Itens Inclusos... 4 3 Controle Remoto... 4 3.1 Funcionalidades das Teclas... 4 4 Conexões...

Leia mais

1.3 Conectando a rede de alimentação das válvulas solenóides

1.3 Conectando a rede de alimentação das válvulas solenóides 1.3 Conectando a rede de alimentação das válvulas solenóides CONTROLE DE FLUSHING AUTOMÁTICO LCF 12 Modo Periódico e Horário www.lubing.com.br (19) 3583-6929 DESCALVADO SP 1. Instalação O equipamento deve

Leia mais

CCL. Manual de Instruções. CHAVE DE NÍVEL Tipo Condutiva TECNOFLUID

CCL. Manual de Instruções. CHAVE DE NÍVEL Tipo Condutiva TECNOFLUID Português CCL CHAVE DE NÍVEL Tipo Condutiva Manual de Instruções Leia este manual atentamente antes de iniciar a operação do seu aparelho. Guarde-o para futuras consultas. Anote o modelo e número de série

Leia mais

ÍNDICE anual de instruções e operações.............................3

ÍNDICE anual de instruções e operações.............................3 GÊNESY PASSIVO R04 ÍNDICE Manual de instruções e operações...3 Características Técnicas:... 3 Conhecendo o Sensor:... 4 Instalação:... 4 Efetuando a Conexão:... 4 Terminais de Conexão:... 4 Ajustando a

Leia mais

1 contato NA Montagem em trilho 35 mm Largura do módulo 17.5 mm. 3000 1000 fluorescente com reator eletrônico W 1000 350 CFL W 600 300 LED 230 V W

1 contato NA Montagem em trilho 35 mm Largura do módulo 17.5 mm. 3000 1000 fluorescente com reator eletrônico W 1000 350 CFL W 600 300 LED 230 V W Série - Relé de impulso eletrônico e modular monoestável 10-16 A SÉRIE Características.81.91.81 - Relé de impulso eletrônico silencioso Montagem em trilho 35 mm - 1 contato.91 - Relé de impulso eletrônico

Leia mais

2014 Lumikit Sistemas para Iluminação

2014 Lumikit Sistemas para Iluminação Manual Placa DMX 16 pixels RGB 2014 Lumikit Sistemas para Iluminação rev.2 16/10/2015 Lumikit Sistemas para Iluminação www.lumikit.com.br 1 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONEXÕES DA PLACA... 3 3. DIMENSÕES

Leia mais

RECEPTOR - MULTIFUNÇÃO 076-RECMULTIFUNC-RV10

RECEPTOR - MULTIFUNÇÃO 076-RECMULTIFUNC-RV10 LINEAR-HCS http://www.linear-hcs.com.br/ RUA SÃO JORGE, 267 - TELEFONE: 2823-8800 SÃO CAETANO DO SUL - SP - CEP: 09530-250 Atualizado em 16/11/2009 RECEPTOR - MULTIFUNÇÃO 076-RECMULTIFUNC-RV10 1.CARACTERÍSTICAS:

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES Indicador Microprocessado - IT-IND-2S-LC INFORMAÇÕES DO PRODUTO. Versão: 1.xx / Rev. 03

MANUAL DE INSTRUÇÕES Indicador Microprocessado - IT-IND-2S-LC INFORMAÇÕES DO PRODUTO. Versão: 1.xx / Rev. 03 1 Introdução: Os indicadores possuem uma entrada analógica configurável por software, que permite a conexão de diverstos tipos de sensores de temperatura e outras grandezas elétricas sem a necessidade

Leia mais

Manual do instalador Box Output AC Rev. 0.01.000. Figura 01 Apresentação do Box Output AC.

Manual do instalador Box Output AC Rev. 0.01.000. Figura 01 Apresentação do Box Output AC. Pág. 1/10 Apresentação Equipamento para acionamento de cargas em corrente alternada 110/220V. Comunicação com outros dispositivos por rede CAN. 6 entradas digitais para acionamento local ou remoto. 6 entradas/saídas

Leia mais

Texto Teórico 04: Multímetro e Fonte de Alimentação CC.

Texto Teórico 04: Multímetro e Fonte de Alimentação CC. Texto Teórico 04: Multímetro e Fonte de Alimentação CC. I - MULTÍMETRO O multímetro, também denominado multiteste, é um equipamento versátil, capaz de desempenhar 3 funções básicas distintas, selecionadas

Leia mais

http://www.nibtec.com.br Manual do Usuário NibProx Light

http://www.nibtec.com.br Manual do Usuário NibProx Light http:// Manual do Usuário NibProx Light INTRODUÇÃO Independente do porte de sua empresa, residência ou condomínio, os controladores de acesso NibAccess atendem na medida certa. Compactos e com design arrojado,

Leia mais

OCUPAÇÃO 19 DESCRITIVO TÉCNICO. Data de Aprovação:18/12/2003 Data de Revisão: Dezembro de 2005

OCUPAÇÃO 19 DESCRITIVO TÉCNICO. Data de Aprovação:18/12/2003 Data de Revisão: Dezembro de 2005 DESCRITIVO TÉCNICO OCUPAÇÃO 19 Data de Aprovação:18/12/2003 Data de Revisão: Dezembro de 2005 A Comissão de Diretores do SENAI Coordenadora das Olimpíadas do Conhecimento determina, de acordo com as normas

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO SOFTWARE DE CONFIGURAÇÃO S501 CONNECT Versão 1.0.1 / Revisão 1 MANUAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO CONTEMP IND. COM. E SERVIÇOS LTDA. Al. Araguaia, 204 - CEP 09560-580 S. Caetano do Sul - SP - Brasil Fone:

Leia mais

AUC1. Circuitos Eletrohidráulicos e Eletropneumáticos. Parte III 14/02/2015 1

AUC1. Circuitos Eletrohidráulicos e Eletropneumáticos. Parte III 14/02/2015 1 AUC1 Circuitos Eletrohidráulicos e Eletropneumáticos Parte III 14/02/2015 1 Atuadores 14/02/2015 2 Atuador Pneumático Os atuadores pneumáticos, assim como os atuadores hidráulicos, são componentes que

Leia mais

Módulo de Conversão RS232/RS485

Módulo de Conversão RS232/RS485 Descrição do Produto O módulo de comunicação é um conversor bidirecional RS232/RS485 ou RS232/RS422 da Série FBs. Pode ser utilizado como interface com outros modelos de controladores ou aplicações, sendo

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO TETROS AUTO

MANUAL DE INSTALAÇÃO TETROS AUTO MANUAL DE INSTALAÇÃO TETROS AUTO N de Homologação: 1703-09-2791 Versão 1.00 Manual de Instalação TETROS AUTO 2 Índice Página 1. Introdução... 3 2. Especificações técnicas... 4 3. Conhecendo o equipamento...

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO ST240

MANUAL DE INSTALAÇÃO ST240 MANUAL DE INSTALAÇÃO ST240 SUMÁRIO Descrição do Rastreador ST-240... 03 Descrição das entradas e saídas... 03 Led indicador GPS - Vermelho... 04 Led indicador GPRS - Azul... 04 Dicas de instalação... 05

Leia mais

MANUAL CONVERSOR ETHERNET SERIAL

MANUAL CONVERSOR ETHERNET SERIAL MANUAL CONVERSOR ETHERNET SERIAL Versão 1.0 Dezembro 2011 Infinium Automação Industrial Ltda Telefone: (45) 3038-3239 Site: email: contato@infiniumautomacao.com.br 1. APRESENTAÇÃO O equipamento foi projetado

Leia mais

Controle de Posição em um Eixo Roscado

Controle de Posição em um Eixo Roscado Controle de Posição em um Eixo Roscado Prof. Dr.-Ing. Walter Lindolfo Weingaertner wlw@emc.ufsc.br UFSC Artur Schütz Ferreira artur_schutz@hotmail.com UFSC Allan Oliveira da Silva aos@labmetro.ufsc.br

Leia mais

ITSCAM ITSLUX/SUPERLUX GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA

ITSCAM ITSLUX/SUPERLUX GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA ITSCAM ITSLUX/SUPERLUX GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA Versão 2.0 Julho 2013 linhas 300 a 411 GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA - ITSCAM-ITSLUX/SUPERLUX Para a instalação rápida da ITSCAM-ITSLUX/SUPERLUX, devem-se seguir

Leia mais

46.52 46.61. 2 reversíveis, 8 A Plug-in/terminais a solda. 2 reversíveis 8/15 250/440 2000 350 0.37. AgNi

46.52 46.61. 2 reversíveis, 8 A Plug-in/terminais a solda. 2 reversíveis 8/15 250/440 2000 350 0.37. AgNi Série - Mini relé industrial 8-16 SÉRIE Características.52.61 1 ou 2 contatos.52-2 contatos reversíveis 8.61-1 contato reversível 16 Montado diretamente em base ou via conectores Faston Bobinas em C ou

Leia mais

Notas de Aplicação. Utilizando ZAP500 com. Encoders. HI Tecnologia. Documento de acesso publico / corporativo

Notas de Aplicação. Utilizando ZAP500 com. Encoders. HI Tecnologia. Documento de acesso publico / corporativo Notas de Aplicação Utilizando ZAP500 com Encoders HI Tecnologia Documento de acesso publico / corporativo ENA.00015 Versão 1.01 dezembro-2013 HI Tecnologia Utilizando ZAP500 com Encoders Apresentação Esta

Leia mais

Mód. 32 SD Relé NA - "Check Before Operate"

Mód. 32 SD Relé NA - Check Before Operate 1. Descrição do Produto O módulo AL-3202 é uma interface de saída digital, de 32 pontos, a relé, microprocessada, cuja principal característica é implementar a operação com "check before operate", sendo

Leia mais

CENTRO TECNOLÓGICO ESTADUAL PAROBÉ CURSO DE ELETRÔNICA

CENTRO TECNOLÓGICO ESTADUAL PAROBÉ CURSO DE ELETRÔNICA CENTRO TECNOLÓGO ESTADUAL PAROBÉ CURSO DE ELETRÔNA LABORATÓRIO DE ELETRÔNA ANALÓGA I Prática: 6 Assunto: Transistor Bipolar 1 Objetivos: Testar as junções e identificar o tipo de um transistor com o multímetro.

Leia mais