Manual do Usuário. Novo Internet Banking Governo - IBG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual do Usuário. Novo Internet Banking Governo - IBG"

Transcrição

1 Manual do Usuário Novo Internet Banking Governo - IBG Versão V - Abril 2013

2 Sumário 2. Visão Geral do Sistema Operações disponíveis no novo IBG Perfis disponíveis Definições, acrônimos e abreviações Interface do Sistema Estrutura de Menus Saldos e Extratos Pagamentos Administração Investimentos Ordens Bancárias Outras Página inicial Funções do IBG Realizando o primeiro acesso Acessando o novo IBG Saldos e extratos Consultando saldo de conta corrente Consultando saldo de conta através da opção Selecionar outra conta Consultando Extrato dos últimos lançamentos Consultando extrato dos últimos lançamentos através da opção Selecionar outra conta Consultando extrato por período Consultando Extrato por período através da opção Selecionar outra conta Pagamentos Registrando pagamentos de boleto de cobrança Registrando pagamento de contas de consumo Registrando pagamentos de DARF Simples Registrando pagamentos de DARF preto Registrando pagamentos de GPS Guia da Previdência Social Registrando pagamentos de DAE (código de barras) Registrando pagamentos de DAM Registrando pagamentos de FGTS Transferência entre contas correntes... 35

3 5.1. Registrando uma transferência entre contas correntes Registrando uma transferência TED Administração Operador Cadastrando Operador Cadastrando Operador que já consta na base do IBG Alterando operador Desativando operador Ativando operador Transação Configurando o número de assinaturas por transação Consultando os usuários que pode acessar e assinar as transações Consultando a lista de transações Executando transações Financeiras Cancelando transações financeiras Auditoria Consultando registros de Auditoria Investimentos Fundos de Investimentos Consultando saldo de Fundos de Investimentos Consultando extrato por período de Fundos de Investimentos Consultando extrato por últimos lançamentos de Fundos de Investimentos Registrando uma Aplicação de Fundos de Investimentos Registrando uma transação de Resgate de Fundos de Investimentos CDB/GOV Consultando o saldo de uma conta de CDB/GOV Consultando Extrato de CDB/GOV Consultando Extrato de CDB/GOV por últimos lançamentos Registrando uma aplicação em CDB/GOV Registrando uma transação de Resgate de CDB/GOV Ordens Bancárias Registrando Ordens Bancárias para serem utilizadas em pagamentos no IBG Consultando relação de OB Criando Vínculo entre Pagamento/OB Gerenciando vínculo de Pagamento/OB

4 Editando um vínculo Excluindo um vínculo Assinando vínculo de Pagamento/OB Cancelando Ordem Bancária Cancelamento de OB utilizando o filtro de pesquisa Todas da UG Cancelamento utilizando o filtro de pesquisa Todas da UG Cancelamento de registro de pagamento Outras Troca de senha Troca de frase secreta Reemissão de Comprovante

5 2. Visão Geral do Sistema O novo IBG, além de fornecer todas as funcionalidades presentes no antigo, também possibilita o cadastro, alteração, desativação, ativação e gerenciamento de contas de usuários com perfil operador, pelo usuário associado ao perfil máster. Permite realizar pagamentos de Guia de Recolhimento de FGTS, DAM e a transação de TED. Além de permitir a consulta de extrato em um período maior que os últimos 60 dias. Outra novidade é a possibilidade de alterar a conta da sessão, bastando para isso selecionar a opção Selecionar outra conta na tela principal do sistema e realizar operações de pagamento utilizando mais de uma OB. O tempo da sessão no novo IBG é de 2 horas. Para encerrar uma sessão basta clicar no link Encerrar Sessão, disponível na parte inferior de todas as telas do sistema. 5

6 2.1. Operações disponíveis no novo IBG Reemissão de comprovante; Troca de Senha Troca de Frase Secreta Saldo de Conta Corrente Extrato de Conta Corrente (Por período e por últimos lançamentos) Pagamento de Conta de Consumo Pagamento de Boleto de Cobrança Pagamento de DARF Simples Pagamento de DARF Preto Pagamento de GPS Pagamento de DAE Código de Barras Pagamento de DAM Pagamento de FGTS Transferência de Conta Corrente para Conta Corrente Transferência TED Saldo de Fundos de Investimento Extrato de Fundos de Investimento (Por período e por últimos lançamentos) Aplicação de Fundos de Investimento Resgate de Fundos de Investimentos Caixa Postal Saldo de CDB/GOV Extrato de CDB/GOV (Por período e por últimos lançamentos) Aplicação de CDB/GOV Resgate de CDB/GOV Consulta Relação de Ordem Bancária Registro de Ordem Bancária Cancelamento de Ordem Bancária Cancelamento de Registro de Pagamento Vinculação de Ordem Bancaria/Pagamento Edição da Vinculação de Ordem Bancaria/Pagamento Assinar Vinculo Cadastrar/Alterar Usuário (Operador) Ativar/Desativar Usuário (Operador) Gerenciar Usuário (Operador) Configuração de Assinaturas por Transação Consulta de Assinaturas de Transações Transações Auditoria 6

7 2.1. Perfis disponíveis Master: Possui acesso pleno a todas as transações financeiras e administrativas do órgão, ou seja, todas as transações listadas no item 2.1 Operador: Possui acesso às operações de consulta (saldo e extrato), pagamentos e Ordens Bancárias, com exceção do cancelamento de OB e de registro de pagamento Definições, acrônimos e abreviações Transação Assinar transação Executar a transação Vínculo Envolve as operações de Transferência entre contas correntes, aplicação e resgate de fundos de investimentos e aplicação e resgate de CDB/GOV Fornecer a senha de acesso ao IBG para executar uma transação Fornecer a senha de acesso ao IBG para uma transação Associação entre um ou mais pagamentos com uma ou mais ordens bancárias, utilizadas para realizar o pagamento Assinar vínculo Executa o pagamento, gerando o comprovante e mudando o status da OB no SIAFEM Master Operador OB Data de validade do acesso Perfil que permite acessar todas as operações disponíveis no IBG Perfil que acessa todas as transações, com exceção das Transações, gerenciar operador e auditoria Ordem bancária Prazo que o usuário pode acessar os dados de determinado órgão no IBG. Ao final desse prazo, a renovação pode ser feita pelo máster, se o usuário for operador. Se for máster, deve ser solicitada ao Banpará 7

8 3. Interface do Sistema 3.1. Estrutura de Menus Após a autenticação do usuário, será exibida a tela principal, conforme Figura 4, com os seguintes itens de Menus: Saldo e Extratos Pagamentos Transferências Administração Investimentos Ordens Bancárias Outras Página Inicial Saldos e Extratos No item de menu Saldos e Extratos estão disponíveis as seguintes opções: Saldos Permite exibir saldo de conta corrente da conta de sessão Extratos dos últimos lançamentos Permite exibir uma lista de todos os últimos lançamentos da conta de sessão Extrato por período Permite exibir uma lista dos lançamentos no período determinado da conta de sessão Pagamentos No item de menu Pagamentos estão disponíveis as seguintes opções: Boleto de cobrança Permite registrar pagamentos de boletos de cobrança Contas de consumo Permite registrar pagamentos de contas de consumo DARF simples Permite registrar pagamentos de DARF simples DARF preto Permite registrar pagamentos de DARF preto GPS Permite registrar pagamentos de GPS DAE (código de barras) Permite registrar pagamentos de DAE DAM Permite registrar pagamentos de DAM FGTS Permite registrar pagamentos de FGTS Administração Operador Cadastrar 8

9 Permite cadastrar um novo operador Alterar Permite alterar um operador previamente cadastrado Desativar Permite desativar um operador cadastrado Ativar Permite ativar um operador previamente desativado Transação Configuração de Assinaturas por transação Permite modificar a quantidade de assinaturas necessárias para a execução de uma transação Consultar assinaturas Permite visualizar quais usuários podem realizar as transações Consultar transações Permite visualizar as transações (pendentes, executadas, aguardando assinaturas, excluídas) Gerenciamento de contas/transações Gerencia as contas permitidas para as transações de transferência entre contas, TED, fundos de investimentos e CDB. Auditoria Permite visualizar todas as operações efetuadas por cada um dos operadores em determinado período Investimentos Fundos de Investimentos Saldo Permite visualizar o saldo de um fundo de investimento Extrato por período Permite visualizar o extrato de aplicação de determinado período Extrato por últimos lançamentos Permite visualizar o extrato de aplicação do mês corrente Aplicação Permite registrar uma aplicação um fundo de investimento Resgate Permite registrar uma operação de resgate de fundos de investimentos CDB/GOV Saldo Permite visualizar saldo de aplicação de CDB/GOV Extrato por período Permite visualizar extrato por período de movimentação de CDB/GOV Extrato por últimos lançamentos Permite visualizar o extrato de aplicação do mês corrente de CDB/GOV Aplicação Permite registrar uma aplicação em CDB/GOV Resgate Permite registrar uma operação de resgate de CDB/GOV, de uma conta CDB/GOV para uma conta corrente 9

10 Ordens Bancárias Registrar OB Permite registrar uma ou mais ordens bancárias para serem utilizadas para pagamentos no IBG Consultar relação de OB Permite consultar a relação de Ordens Bancárias de um órgão em determinada data Criar vínculo de pagamento/ob Permite vincular um ou mais pagamentos a uma ou mais ordens bancárias Gerenciar vínculo de pagamento/ob Permite editar, excluir ou assinar o vínculo de Pagamento(s) Consultar vínculo Permite consultar os vínculos registrados, de modo que ao escolher um vínculo, possa registrar a assinatura (fornecer a senha) Cancelar OB Permite o cancelamento de uma OB vinculada ao órgão Cancelar Registro de Pagamento Permite a exclusão de um registro de pagamento Outras Troca de senha Permite trocar a senha do usuário da sessão Troca de frase secreta Permite trocar a frase secreta do usuário da sessão Caixa Postal Permite o operador visualizar as suas mensagens privadas Reemissão de comprovante Permite reemitir um comprovante de uma operação previamente efetuada Página inicial 4. Funções do IBG 4.1. Realizando o primeiro acesso. Para acessar o sistema, o usuário deverá abrir um navegador (Internet Explorer ou Mozilla Firefox), digitar o endereço web do sistema e pressionar a teclar ENTER. Será exibida a tela de login, mostrada na Figura 1. 10

11 Figura 1. Tela de login O usuário clica na opção Fazer o 1º acesso. É exibida a tela em que são solicitados o CPF e a senha inicial do usuário, conforme Figura 2. Figura 2. Primeiro acesso O usuário fornece o CPF e a senha inicial o clica no botão Continuar. É exibida a tela em que são solicitados o RG e a data de nascimento, cadastrados previamente, conforme Figura 3. 11

12 Figura 3. Primeiro acesso validação de dados de cadastro O usuário fornece o RG e a data de nascimento e clica no botão Continuar. É exibida a tela para o usuário cadastrar sua nova senha e a frase secreta, conforme Figura 4. Figura 4. Cadastro de nova senha e frase secreta O usuário fornece a frase secreta, confirma a frase secreta, fornece a nova senha da Internet e confirma a nova senha da internet e clica em Continuar. É exibida a tela, informando que o cadastro de usuário do primeiro aceso foi realizado com sucesso e o usuário pode acessar o sistema, através do botão Acessar o IBG, conforme Figura 5. 12

13 Figura 5. Primeiro acesso realizado com sucesso Ao clicar no botão Acessar o IBG, a tela de login do IBG é exibida, conforme Figura Acessando o novo IBG Para acessar o sistema, o usuário deverá abrir um navegador (Internet Explorer ou Mozila Firefox), digitar o endereço web do sistema e pressionar a teclar ENTER. Será exibida a tela de login, mostrada na Figura 6. Figura 6 Tela de login O usuário informa o CPF, a senha e a frase secreta e clica em Continuar. Na página inicial é possível selecionar o órgão e a conta que deseja-se trabalhar, conforme figura 7. 13

14 Figura 7. Seleção do órgão É exibida a relação dos órgãos aos quais o usuário está vinculado: Figura 8. Lista de órgãos vinculados ao usuário O usuário seleciona o órgão que deseja acessar. Em seguida, é possível selecionar a conta do órgão no botão Selecionar Conta (Figura 9). 14

15 Figura 9. Lista de contas vinculadas ao usuário. Após a seleção da conta, é exibida a tela inicial, conforme Figura 10. A conta pode ser alterada a qualquer momento, bastando para isso, clicar no botão Selecionar conta. Figura 10. Tela principal do IBG 15

16 4.3. Saldos e extratos Consultando saldo de conta corrente É necessário acessar Saldo e Extratos >> Saldo. É exibido o saldo detalhado da conta da sessão, conforme Figura 11. Figura 11. Tela de saldo detalhado Consultando saldo de conta através da opção Selecionar conta Para consultar o saldo de outra conta, é necessário clicar no botão Selecionar conta. Será exibida a relação das contas do órgão, para o usuário selecionar a conta que deseja consultar o saldo, conforme Figura

17 Figura 12. Selecionar outra conta O usuário seleciona a conta e clica no botão Selecionar Conta. Será exibido o saldo resumido da conta selecionada no passo anterior, conforme Figura

18 Figura 13. Saldo resumido da conta selecionada através da opção Selecionar outra conta Consultando Extrato dos últimos lançamentos É necessário acessar Saldo e Extratos >> Extrato dos últimos lançamentos. Será exibida a página contendo o extrato dos últimos lançamentos (mês atual) da conta da sessão, conforme Figura

19 Figura 14. Extrato dos últimos lançamentos Consultando extrato dos últimos lançamentos através da opção Selecionar outra conta Se o usuário estiver visualizando a página contendo o Extrato dos últimos lançamentos, Figura 13, e clicar no botão Selecionar outra conta, a página contendo a relação de contas do órgão é exibida, conforme Figura

20 Figura 15. Selecionar outra conta O usuário seleciona a conta que deseja consultar o extrato e clica no botão Selecionar conta. A página contendo o extrato dos últimos lançamentos da conta selecionada no passo anterior é exibida, conforme Figura

21 Figura 16. Extrato dos últimos lançamentos obtidos a partir da opção Selecionar conta Consultando extrato por período É necessário acessar Saldo e Extratos>> Extrato por período. Será exibida a tela, conforme Figura 17, solicitando o período da pesquisa. Figura 17. Tela de definição do período do extrato 21

22 O usuário fornece a data inicial e a data final e clica em Continuar. A página contendo o extrato dos lançamentos do período selecionado é exibida, como mostra a Figura 18. Figura 18. Tela do extrato do período Consultando Extrato por período através da opção Selecionar conta Se o usuário estiver visualizando a página que contém extrato por período, conforme Figura 17 e quiser consultar o extrato de determinado período de outra conta, basta clicar no botão Selecionar conta. Será exibida a página contendo a relação de contas do órgão, conforme Figura 19. O período não pode ser superior a um mês. 22

23 Figura 19. Tela de seleção de conta Após a seleção da conta, será solicitado o período da consulta, conforme Figura 17. Após fornecer o período, será exibido o extrato, conforme Figura

24 Figura 20. Extrato do período selecionado a partir da opção Selecionar outra conta Pagamentos Registrando pagamentos de boleto de cobrança É necessário acessar Pagamentos>>Boletos de Cobrança. É exibida a tela em que é solicitado o código de barras do boleto, Figura 21. Figura 21. Fornecendo dados de pagamento de boleto O usuário fornece o código de barras e, se desejar, fornece uma descrição para o pagamento e, em seguida clica em Continuar. Em seguida, é solicitada a senha e, para confirmar o registro do pagamento, deve-se clicar no botão Confirmar, conforme figura

25 Figura 22. Informações de pagamento do boleto É exibida a tela com as informações do pagamento e solicitada a senha do usuário para confirmar o registro. O usuário fornece a senha clica no botão Confirmar, Figura 22. Figura 23. Pagamento de boleto registrado no IBG A tela confirmando o registro do boleto é exibida, Figura 23. Aguarda-se a vinculação a uma ou mais ordens bancárias para confirmar a transação. Nessa tela ainda há a possibilidade de registrar mais boletos. Se o usuário selecionar o botão Novo pagamento, repete-se o processo de registro de pagamento de boleto. Além disso, é possível fazer a vinculação do pagamento registrado a uma ou mais ordens bancárias bastando para isso, clicar no botão Vincular a Ordem Bancária, suguem-se os passos descritos no item 9.3. Criando Vínculo entre Pagamento/OB. 25

26 Registrando pagamento de contas de consumo É necessário acessar Pagamentos>>Contas de Consumo. É exibida a tela em que é solicitado o código de barras da conta de consumo, Figura 24. Figura 24. Fornecendo informações de pagamento de conta de consumo O usuário fornece o código de barras e, se desejar, fornece uma descrição para o pagamento e, em seguida clica em Continuar, conforme Figura 24. Figura 25. Informações de pagamento de conta de consumo É exibida a tela com as informações do pagamento e solicitada a senha do usuário. O usuário fornece a senha clica no botão Confirmar, Figura 25. Figura 26. Pagamento de conta de consumo registrado no IBG 26

27 A tela confirmando o registro do pagamento de conta de consumo é exibida, Figura 26. Aguarda-se a vinculação a uma ou mais ordens bancárias para confirmar a transação. Nessa tela ainda há a possibilidade de registrar mais contas de consumo. Se o usuário selecionar o botão Novo pagamento, repete-se o processo de registro de pagamento de boleto. Além disso, é possível fazer a vinculação do pagamento registrado a uma ou mais ordens bancárias bastando para isso, clicar no botão Vincular a Ordem Bancária, suguem-se os passos descritos no item 9.3. Criando Vínculo entre Pagamento/OB Registrando pagamentos de DARF Simples É necessário acessar Pagamentos>>DARF simples. É exibida a tela em que são solicitados os dados do pagamento (Data da apuração; CNPJ; Código da Receita; Valor da Receita; Percentual; Valor principal; Multa; Juros; Valor total; Descrição), conforme Figura 27. A descrição é opcional. Figura 27. Fornecendo dados de pagamento de DARF simples O usuário fornece os dados solicitados, e clica em Continuar. Figura 28. Confirmação de pagamento de DARF simples É exibida a tela com as informações do pagamento e solicitada a senha do usuário. O usuário fornece a senha clica no botão Confirmar, Figura 28. Figura 29. Pagamento de DARF simples registrado no IBG 27

28 A tela confirmando o registro do pagamento de DARF simples é exibida, Figura 29. Aguarda-se a vinculação a uma ou mais ordens bancárias para confirmar a transação. Nessa tela ainda há a possibilidade de registrar mais DARF s simples. Se o usuário selecionar o botão Novo pagamento, repete-se o processo de registro de pagamento. Além disso, é possível fazer a vinculação do pagamento registrado a uma ou mais ordens bancárias bastando para isso, clicar no botão Vincular a Ordem Bancária, seguem-se os passos descritos no item 9.3. Criando Vínculo entre Pagamento/OB Registrando pagamentos de DARF preto É necessário acessar Pagamentos>>DARF preto. É exibida a tela em que são solicitados os dados do pagamento (Data da apuração; CNPJ/CPJ; Código da Receita; Referência; Data do vencimento; Valor principal; Multa; Juros; Valor total; Descrição), conforme Figura 30. A descrição é opcional. Figura 30. Fornecendo dados de pagamento de DARF preto 28

29 O usuário fornece os dados solicitados, e, se desejar, fornece uma descrição para o pagamento de DARF preto e, em seguida, clica em Continuar, Figura 30. Figura 31. Confirmação de pagamento de DARF preto É exibida a tela com as informações do pagamento e solicitada a senha do usuário. O usuário fornece a senha clica no botão Confirmar, Figura 31. Figura 32. Pagamento de DARF preto registrado no IBG A tela confirmando o registro do pagamento de DARF preto é exibida, Figura 32. Aguarda-se a vinculação a uma ou mais ordens bancárias para confirmar a transação. Nessa tela ainda há a possibilidade de registrar mais DARF s pretos. Se o usuário selecionar o botão Novo pagamento, repete-se o processo de registro de pagamento de boleto. Além disso, é possível fazer a vinculação do pagamento registrado a uma ou mais ordens bancárias bastando para isso, clicar no botão Vincular a Ordem Bancária, suguem-se os passos descritos no item 9.3. Criando Vínculo entre Pagamento/OB. 29

30 Registrando pagamentos de GPS Guia da Previdência Social É necessário acessar Pagamentos>>GPS. A tela em que são solicitados os dados do pagamento (Código do pagamento; Competência; Identificador; Valor do INSS; Valor de Outras Entidades; Valor do ATM/Multa e Juros; Valor total e Descrição). A descrição é opcional, Figura 33. Figura 33. Fornecendo dados de pagamento de GPS O usuário fornece os dados solicitados e clica no botão Continuar, Figura 33. Figura 34. Confirmação de pagamento de GPS 30

31 É exibida a tela com as informações do pagamento e solicitada a senha do usuário. O usuário fornece a senha clica no botão Confirmar, Figura 34. Figura 35. Pagamento de GPS registrado no IBG A tela confirmando o registro do pagamento de GPS é exibida, Figura 35. Aguarda-se a vinculação a uma ou mais ordens bancárias para confirmar a transação. Nessa tela ainda há a possibilidade de registrar guias de GPS. Se o usuário selecionar o botão Novo pagamento, repete-se o processo de registro de pagamento de boleto. Além disso, é possível fazer a vinculação do pagamento registrado a uma ou mais ordens bancárias bastando para isso, clicar no botão Vincular a Ordem Bancária, suguem-se os passos descritos no item 9.3. Criando Vínculo entre Pagamento/OB. 31

32 Registrando pagamentos de DAE (código de barras) É necessário acessar Pagamentos>>DAE (código de barras). É exibida a tela em que é solicitado o código de barras referente ao pagamento, conforme Figura 36. Figura 36. Fornecendo informações de pagamento de DAE O usuário fornece o código de barras correspondente ao pagamento e, se desejar, fornece uma descrição. Em seguida, clica em Confirmar, Figura 36. Figura 37. Confirmação de dados de pagamento de DAE É exibida a tela com as informações do pagamento e solicitada a senha do usuário. O usuário fornece a senha clica no botão Confirmar, Figura 37. Figura 38. Pagamento de DAE registrado no IBG 32

33 A tela confirmando o registro do pagamento de DAE é exibida, Figura 38. Aguarda-se a vinculação a uma ou mais ordens bancárias para confirmar a transação. Nessa tela ainda há a possibilidade de registrar mais DAEs. Se o usuário selecionar o botão Novo pagamento, repete-se o processo de registro de pagamento de boleto. Além disso, é possível fazer a vinculação do pagamento registrado a uma ou mais ordens bancárias bastando para isso, clicar no botão Vincular a Ordem Bancária, suguem-se os passos descritos no item 9.3. Criando Vínculo entre Pagamento/OB Registrando pagamentos de DAM É necessário acessar Pagamentos>>DAM. É exibida a tela em que é solicitado o código de barras referente ao pagamento, conforme Figura 39. Figura 39. Confirmação de dados de pagamento de DAM O usuário fornece o código de barras correspondente ao pagamento e, se desejar, fornece uma descrição. Em seguida, clica em Confirmar, Figura 39. Figura 40. Confirmação de dados de pagamento de DAM É exibida a tela com as informações do pagamento e solicitada a senha do usuário. O usuário fornece a senha clica no botão Confirmar, Figura

34 Figura 41. Confirmação de dados de pagamento de DAM A tela confirmando o registro do pagamento de DAM é exibida, Figura 41. Aguarda-se a vinculação a uma ou mais ordens bancárias para confirmar a transação. Nessa tela ainda há a possibilidade de registrar outro pagamento de DAM. Se o usuário selecionar o botão Novo pagamento, repete-se o processo de registro de pagamento. Além disso, é possível fazer a vinculação do pagamento registrado a uma ou mais ordens bancárias bastando para isso, clicar no botão Vincular a Ordem Bancária, suguem-se os passos descritos no item 9.3. Criando Vínculo entre Pagamento/OB Registrando pagamentos de FGTS É necessário acessar Pagamentos>>FGTS. Será exibida a tela em que é solicitado o código de barras referente ao pagamento e a descrição, conforme Figura 42. Figura 42. Fornecendo dados de pagamento de FGTS O usuário fornece o código de barras correspondente ao pagamento e, se desejar, fornece uma descrição. Em seguida, clica em Confirmar, Figura

35 Figura 43. Confirmação de dados de pagamento de FGTS É exibida a tela com as informações do pagamento e solicitada a senha do usuário. O usuário fornece a senha clica no botão Confirmar, Figura 43. Figura 44. Pagamento de FGTS registrado no IBG A tela confirmando o registro do pagamento de FGTS é exibida, Figura 43. Aguarda-se a vinculação a uma ou mais ordens bancárias para confirmar a transação. Nessa tela ainda há a possibilidade de registrar guia de recolhimento de FGTS. Se o usuário selecionar o botão Novo pagamento, repete-se o processo de registro de pagamento de boleto. Além disso, é possível fazer a vinculação do pagamento registrado a uma ou mais ordens bancárias bastando para isso, clicar no botão Vincular a Ordem Bancária, suguem-se os passos descritos no item 9.3. Criando Vínculo entre Pagamento/OB. 5. Transferência entre contas correntes 5.1. Registrando uma transferência entre contas correntes É necessário selecionar a opção Transferência >> De conta corrente para conta corrente. 35

36 Figura 45. Nenhuma conta vinculada a essa transação Caso a imagem acima seja exibida, é necessário acessar o menu Administração >> Transação >> Gerenciamento de Contas/Transações Financeiras, conforme Figura 46. Figura 46. Acessando menu Gerenciamento de Contas/Transações Financeiras Em seguida deve-se selecionar as contas que serão utilizadas para a transação selecionada na coluna do lado direito, conforme Figura

37 Figura 47. Gerenciamento de Contas/Transações Financeiras Após selecionar as contas e a transação clicar em Confirmar, figura 48. Figura 48. Selecionando Contas/Transações Financeiras 37

38 Figura 49. Tela para confirmar a operação Figura 50. Tela de confirmação Após o gerenciamento das contas/transações será possível acessar o menu Transferências de conta corrente para corrente e visualizar as contas permitidas. Primeiramente seleciona-se a conta origem para a transferência. 38

39 Figura 51. Contas com permissão de transferência de conta corrente para conta corrente Em seguida seleciona-se a conta destino e é solicitado fornecer o valor da transferência e opcionalmente a descrição, figura 52. Figura 52. Seleção de conta corrente para transferência 39

40 Figura 53. Dados da transferência Após fornecer os dados solicitados, e clicar em Continuar, é exibido o resumo da transação e o sistema solicita que seja fornecida a senha do usuário, Figura 54. Entre as informações constam informações sobre o número de assinaturas (efetuadas/necessárias), o autor e a data em que foi registrada a transferência, além do valor, contas de origem e destino e descrição, se foi preenchida anteriormente. O usuário fornece a senha e clica em Confirmar. 40

41 Figura 54. Inserir senha para confirmar operação Figura 55. Transação registrada com sucesso Para assinar a tranação é necessário clicar no botão Assinar transações e assiná-la conforme figura 56. O sistema registra assinatura e exibe o status da transação Aguardando assinatura. 41

42 Figura 56. Transação com assinatura pendente 5.2. Registrando uma transferência TED É necessário selecionar a opção Transferência >> TED. Figura 57. Nenhuma conta vinculada a essa transação Caso a imagem acima seja exibida, é necessário acessar o menu Administração >> Transação >> Gerenciamento de Contas/Transações Financeiras 42

43 Figura 58. Acessando menu Gerenciamento de Contas/Transações Financeiras Em seguida deve-se selecionar as contas que serão utilizadas para a transação selecionada na coluna do lado direito, conforme Figura 59. Figura 59. Selecionando Contas/Transações Financeiras Clicar em Confirmar. 43

44 Figura 60. Tela para confirmar a operação Figura 61. Tela de confirmação Após o gerenciamento das contas/transações será possível acessar o menu TED e visualizar as contas permitidas. Figura 62. Acessando menu TED 44

45 Figura 63. Contas com permissão de TED Após selecionar a conta, serão exibidos os dados para realizar a TED. Figura 64. Tela de transferência TED 45

46 Após fornecer os dados solicitados, e clicar em Continuar, é exibido o resumo da transação e o sistema solicita que seja fornecida a senha do usuário, Figura 65. Entre as informações constam informações sobre o número de assinaturas (efetuadas/necessárias), o autor e a data em que foi registrada a transferência, além do valor, contas de origem e destino e descrição, se foi preenchida anteriormente. Figura 65. Dados da transferência TED O usuário fornece a senha e clica em Confirmar. O sistema registra assinatura e exibe o status da transação Aguardando assinaturas. 6. Administração 6.1. Operador Cadastrando Operador É necessário que o usuário, associado ao perfil master, acesse a opção Administração>>Operador>>Cadastrar. 46

47 Figura 66. Acessando menu Cadastrar operador É necessário selecionar um órgão para cadastrar o operador, figura 68. Figura 67. Selecionar órgão para cadastrar operador Figura 68. Selecionando órgão É exibida a tela, conforme Figura 69, solicitando que o usuário forneça um CPF para cadastro. 47

48 Figura 69. CPF para cadastro de operador Figura 70. Inserir dados para cadastrar operador Após inserir dados, clicar em confirmar. 48

49 Figura 71. Dados inseridos. Figura 72. Perfil para o operador. 49

50 Figura 73. Permissões do usuário cadastrado. Em seguida, é necessário selecionar as contas que o usuário operador terá acesso. Para isso, deve-se selecionar as contas da coluna esquerda e clicar no botão > para que seja habilitada ao usuário. Na coluna direita serão exibidas as contas permitidas ao operador. Caso queira selecionar todas as contas da coluna esquerda, deve-se clicar no botão >>. Para retirar a permissão de uma conta deve-se clicar no botão < ou << caso queira desabilitar todas as contas, figura

51 Figura 74. Gerenciando contas que o operador terá acesso. Figura 75. Contas de UG/Contas selecionadas para o operador. 51

52 Figura 76. Todas as permissões do operador. Figura 77. Usuário cadastrado com sucesso Cadastrando Operador que já consta na base do IBG Se o CPF do usuário a ser cadastrado em determinado órgão já constar na base do IBG. Após fornecer o CPF, é exibida a tela com os dados cadastrais do usuário, Figura

53 Figura 78. Dados cadastrais de um usuário já cadastrado em outro órgão A partir desse ponto, o cadastro prossegue a partir da seleção do perfil, Figura 72, seguindo até a Figura Alterando operador É necessário acessar Administração>>Operador>>Alterar. Usuário seleciona um dos operadores que deseja editar os dados e clica em Editar. É exibida a relação de usuários operadores vinculados ao órgão, Figura 79. Figura 79. Relação de usuários operadores vinculados ao órgão É exibida a tela com os dados pessoais do usuário, permitindo a edição, Figura 80. A partir de então se segue o fluxo do item Cadastrando Operador. Os dados cadastrais não podem ser alterados. 53

54 Figura 80. Dados cadastrais de usuário operador a ser alterado. Figura 81. Gerenciando contas do operador. 54

55 Figura 82. Gerenciando contas do operador. Figura 83. Gerenciando contas do operador. 55

56 Figura 84. Permissões do operador. Figura 85. Usuário editado com sucesso Desativando operador É necessário acessar Administração>>Operador>>Desativar. É exibida a página contendo a lista de usuários ativos, conforme Figura

57 Figura 86. Bloqueando um ou mais usuários operadores O usuário seleciona um ou mais usuários e clica no botão Bloquear Selecionados. É exibida a tela, confirmando a desativação, conforme Figura 87. Figura 87. Confirmação de bloqueio de usuários operadores. O usuário pode bloquear mais operadores, clicando no botão Bloquear mais operadores Ativando operador É necessário acessar Administração>>Operador>>Ativar. É exibida a relação com os usuários bloqueados, conforme Figura

58 Figura 88. Lista de usuários operadores bloqueados O usuário seleciona o(s) operador(es) que deseja desbloquear o acesso e clica em Desbloquear Selecionados, conforme Figura 89. Figura 89. Desbloqueando usuários operadores A tela que indica o sucesso na operação de ativação é exibida, conforme Figura

59 Figura 90. Tela de sucesso em caso de desbloqueio Usuário pode ativar mais operadores, clicando no botão Desbloquear mais operadores Transação Configurando o número de assinaturas por transação É necessário acessar a Administração>>Transação>>Configuração de Assinaturas por Transação. É exibida a lista de transações que necessitam configuração de assinaturas, exibindo a Quantidade Permitida (mínima, configurada pelo Banpará) não editável e Quantidade de assinaturas, onde o órgão, se desejar, configurará o número maior de assinaturas necessárias para executar determinada transação, Figura 91. Figura 91. Configurando número de assinaturas por transação 59

60 O usuário fornece os dados, alterando o número de assinaturas necessárias para executar determinada transação e clica em Salvar. É exibida a tela indicando o sucesso da alteração, conforme Figura 92. Figura 92. Configuração de assinaturas por transação realizada com sucesso Consultando os usuários que pode acessar e assinar as transações É necessário acessar Administração>>Transações>>Consultar Assinaturas. É exibida a relação das transações e os usuários associados a cada transação, de acordo com o perfil associado a cada usuário, conforme Figura 93. Figura 93. Relação dos usuários associados às transações 60

61 Consultando a lista de transações É necessário acessar a opção Administração>>Transação>> Consultar Transações. É exibida a relação das transações, classificadas de acordo com a opção selecionada em Exibir, Figura 94. Opções de pesquisa disponíveis: Assinadas por mim; Não assinadas por mim; Canceladas; Executadas; Pendentes. O usuário também pode acessar as transações pendentes, clicando em Você tem 2 transações pendentes. Na tela principal do IBG. Figura 94. Lista de transações financeiras Para visualizar os dados da transação, é necessário clicar no botão Visualizar na linha correspondente à transação. A tela contendo os detalhes da transação é exibida, conforme Figura 95. Figura 95. Detalhes da transação financeira 61

62 Executando transações Financeiras É necessário acessar a opção Administração>>Transação>> Consultar Transações. É exibida a relação das transações, classificadas de acordo com a opção selecionada em Exibir. Opções de pesquisa disponíveis: Assinadas por mim; Não assinadas por mim; Canceladas; Executadas; Pendentes. Por padrão, são exibidas as transação Não assinadas por mim, conforme Figura 94. O usuário seleciona a transação que deseja executar, entre as listadas na Figura 94, e clica em Assinar na linha corresponde à transação. É exibida a tela em que são exibidos os detalhes da transação, bem como o número assinaturas (necessárias e efetuadas) e é solicitada a senha do usuário para executar a transação. O usuário verifica as informações, fornece a senha e clica em Confirmar, conforme Figura 95. A tela indicando que a transação foi executada é exibida, conforme Figura 96. Figura 96. Transação executada com sucesso 62

63 O usuário seleciona o botão Emitir comprovante. É exibida a tela com os dados do comprovante, conforme Figura 97. Figura 97. Comprovante da transação - Aplicação de Fundos de Investimento Cancelando transações financeiras É necessário acessar a opção Administração>>Transação>> Consultar Transações. É exibida a relação das transações, classificadas de acordo com a opção selecionada em Exibir, Figura 98. Podem ser canceladas as transações classificadas como Pendentes, Assinadas por mim ou Não assinadas por mim. Figura 98. Lista de transações financeiras É exibida a tela contendo a relação das transações e é solicitada a senha da internet do usuário para confirmar o cancelamento, Figura

64 Figura 99. Detalhes da transação a ser cancelada. O usuário fornece a senha da Internet e clica no botão Confirmar. É exibida a tela com o resumo da transação e o status da transação é alterado para Cancelada, conforme Figura 100. Figura 100. Detalhes da Transação cancelada 64

65 6.3. Auditoria Consultando registros de Auditoria É necessário acessar Administração>>Auditoria. É exibida a tela, informando o órgão e solicitando que sejam fornecidos (Data inicial, data final, usuário e transações), Figura 101. O usuário fornece os dados solicitados e clica em Consultar. São exibidas as transações realizadas pelos usuários do órgão no período selecionado. Figura 101. Consultando registros de auditoria O período máximo de consulta é de um mês. Para obter detalhes da operação realizada, basta clicar no botão Mais detalhes. 7. Investimentos 7.1. Fundos de Investimentos Consultando saldo de Fundos de Investimentos É necessário acessar Investimentos>>Fundos de Investimentos>>saldo. Figura 102. Acessando menu Saldo de fundos de investimentos É solicitada a seleção do órgão e conta é exibida, conforme Figura

66 Figura 103. Solicitação de seleção de órgão e conta. Figura 104. Contas que podem ser consultadas o saldo de fundos de investimentos. 66

67 Figura 105. Seleção do Tipo de Fundo O usuário seleciona o tipo de Fundo e em seguida, clica em Continuar. O saldo do fundo selecionado no passo anterior é exibido, conforme Figura 106. Figura 106. Saldo de Fundos de investimentos Consultando extrato por período de Fundos de Investimentos É necessário acessar Investimentos>>Fundos de Investimentos>>Extrato por período. É exibida a tela em que o usuário deve selecionar o Tipo de Fundo e informar a data inicial e a data final para pesquisa, conforme Figura 108. Figura

68 Figura 108. Seleção do tipo de fundo O usuário fornece os dados solicitados no passo anterior e clica em Continuar. É exibida a tela, contendo o extrato do Fundo de Investimentos, conta e período selecionados, conforme Figura 78. Figura 109. Extrato de Fundos de Investimento Consultando extrato por últimos lançamentos de Fundos de Investimentos É necessário acessar Investimentos>>Fundos de Investimentos>>Extrato por últimos lançamentos. É exibida a tela em que o usuário deve selecionar o Tipo de Fundo e informar a data inicial e a data final para pesquisa, conforme Figura

69 Figura 110. Acessando menu Extrato por últimos lançamentos de Fundos de Investimentos Figura 111. Seleção do tipo de fundo O usuário fornece os dados solicitados no passo anterior e clica em Continuar. É exibida a tela, contendo o extrato do Fundo de Investimentos, conta e movimentação do mês corrente, conforme Figura 112. Figura 112. Extrato de Fundos de Investimento 69

70 Registrando uma Aplicação de Fundos de Investimentos É necessário acessar Investimentos>>Fundos de Investimentos>>Aplicação. Figura 113. Acessando menu Aplicação de fundos de investimentos Caso a imagem abaixo seja exibida, é necessário acessar o menu Administração >> Transação >> Gerenciamento de Contas/Transações Financeiras, conforme figura 115. Figura 114. Nenhuma conta vinculada a essa transação Figura 115. Acessando menu Gerenciamento de Contas/Transações Financeiras Em seguida deve-se selecionar as contas que serão utilizadas para a transação selecionada na coluna do lado direito, conforme figura

71 Figura 116. Selecionando Contas/Transações Financeiras Clicar em Confirmar. Figura 117. Tela para confirmar a operação 71

72 Figura 118. Tela de confirmação Após o gerenciamento das contas/transações será possível acessar o menu Aplicação em Fundos de Investimentos e visualizar as contas permitidas. Figura 119. Contas com permissão de Aplicação em Fundos de investimentos 72

73 Figura 120. Fornecendo dados de aplicação de Fundos de Investimentos O usuário fornece os dados e clica em Continuar. É exibida a tela com os dados da aplicação e é solicitada a senha do usuário para confirmar o registro, Figura 121. Figura 121. Confirmação de dados de aplicação em Fundo de Investimento 73

74 A aplicação de fundo de investimento é registrada, Figura 122. Para assinar a transação deve-se clicar em Assinar transações. Figura 122. Registro de aplicação em fundos de investimentos Figura 123. Transação pendente de assinatura Após clicar em Assinar, é solicitada a senha do usuário, figura

75 Figura 124. Solicitação de senha do usuário Figura 125. Registro de assinatura em aplicação de fundo de investimento 75

76 Registrando uma transação de Resgate de Fundos de Investimentos É necessário acessar a opção Investimentos>>Fundos de Investimentos>>Resgate. É exibida a tela em que são solicitados: Conta corrente de destino do resgate, o fundo de investimento do qual será realizado o resgate e o valor e a descrição, Figura 84. A descrição é opcional. Figura 126. Acessando menu Resgate de fundos de investimentos Figura 127. Nenhuma conta vinculada a essa transação Caso a imagem acima seja exibida, é necessário acessar o menu Administração >> Transação >> Gerenciamento de Contas/Transações Financeiras. Em seguida deve-se selecionar as contas que serão utilizadas para a transação selecionada na coluna do lado direito, conforme Figura

77 Figura Selecionando Contas/Transações Financeiras Clicar em Confirmar. Figura 129. Tela para confirmar a operação 77

78 Figura 130. Tela de confirmação Neste momento é possível acessar o menu Fundos de investimentos >> Resgate e visualizar as contas com permissão para esta transação, figura 132. Figura 131. Acessando menu Resgate de Fundos de investimentos Figura 132. Contas com permissão de resgate de Fundos de investimentos 78

79 Figura 133. Dados para realizar o resgate Figura 134. Solicitação de senha para registrar resgate Para assinar a transação deve-se clicar no botão Assinar transações, conforme figura

80 Figura 135. Transação registrada com sucesso. Figura 136. Assinatura da transação 80

81 Figura 137. Fornecendo dados de resgate de fundo de investimento. O usuário seleciona a conta, o fundo e o valor a ser resgatado e, se desejar, digita uma descrição para a transação e clica em Continuar. Figura 138. Confirmando dados de resgate de fundo de investimento 81

82 É exibida a tela com os dados do resgate e é solicitada a senha o usuário para confirmar o registro. O usuário fornece a senha e clica em Confirmar, Figura 137. O resgate de fundo de investimento é registrado, conforme Figura 138. Aguarda-se a assinatura de outros usuários para execução da transação CDB/GOV Consultando o saldo de uma conta de CDB/GOV É necessário acessar a opção Investimentos>>CDB/GOV>>Saldo. Figura 139 Figura 140. Nenhuma conta vinculada a essa transação Caso a imagem acima seja exibida, é necessário acessar o menu Administração >> Transação >> Gerenciamento de Contas/Transações Financeiras. 82

83 Figura 141. Acessando menu Gerenciamento de Contas/Transações Financeiras Em seguida deve-se selecionar as contas que serão utilizadas para a transação selecionada na coluna do lado direito, conforme Figura 142. Clicar em Confirmar. Figura 142. Selecionando Contas/Transações Financeiras Figura 143. Tela de confirmação 83

84 Em seguida é necessário acessar novamente o menu CDB/GOV >> Saldo. Figura 144. Contas com permissão de CDB GOV Será exiba a tela em que são listadas as contas de CDB/GOV do órgão para que seja selecionada uma conta. O usuário seleciona uma conta. É exibida a tela com o saldo detalhado de CDB/GOV da conta selecionada, conforme Figura 146. Figura 145. Contas com permissão de CDB GOV 84

85 Figura 146. Saldo de CDB/GOV Consultando Extrato de CDB/GOV É necessário acessar a opção Investimentos>>CDB/GOV>>Extrato por período. Figura 147. Acessando menu Extrato por período CDB GOV É exibida a tela em que são solicitados o período e a conta de CDB/GOV para pesquisa, conforme Figura 148. Figura 148 Período de pesquisa e conta de CDB/GOV para consultar extrato. 85

86 O usuário fornece o período (data inicial/data final) e seleciona uma conta de CDB/GOV do órgão e clica em Continuar. O extrato da conta CDB/GOV, no período selecionado, é exibido, como mostra a Figura 149. Nota. A data inicial não pode ser inferior ao primeiro dia do mês anterior ao mês em que está acontecendo a consulta. Figura 149. Extrato dos lançamentos do período na conta de CDB/GOV Consultando Extrato de CDB/GOV por últimos lançamentos É necessário acessar a opção Investimentos>>CDB/GOV>>Extrato por últimos lançamentos. Figura 150. Acessando menu Extrato por últimos lançamentos CDB GOV É exibida a tela em que é solicitada a conta de CDB/GOV para pesquisa, conforme Figura

87 Figura 151. Conta de CDB/GOV para consultar extrato. O usuário seleciona uma conta de CDB/GOV do órgão e clica em Continuar. O extrato da conta CDB/GOV, do mês corrente, é exibido, como mostra a Figura 152. Figura 152. Extrato dos lançamentos do mês corrente da conta de CDB/GOV 87

88 Registrando uma aplicação em CDB/GOV É necessário acessar Investimento>>CDB/GOV>>Aplicação. É exibida a tela para que sejam selecionados a conta corrente de origem, a conta CDB/GOV de destino, valor e a descrição, conforme Figura 92. A descrição é opcional. Figura 153. Acessando menu CDB/GOV >> Aplicação Figura 154. Contas com permissão de CDB GOV 88

89 Figura 155. Dados para registrar aplicação Figura 156. Dados para registrar aplicação 89

90 Figura 157. Fornecendo dados de aplicação em CDB/GOV O usuário fornece os dados solicitados e clica em Continuar. É exibida a tela com os dados da aplicação de CDB/GOV e é solicitada a senha do usuário para confirmar o registro. O usuário fornece a senha e clica em Confirmar, Figura 158. Figura 158. Confirmando dados de aplicação de CDB/GOV 90

91 A aplicação de CDB/GOV e registrada, Figura 159. Aguarda-se assinatura de outros usuários para a execução da transação. Figura 159. Registro de assinatura em aplicação de CDB/GOV Registrando uma transação de Resgate de CDB/GOV É necessário selecionar a opção Investimentos>>CDB/GOV>>Resgate. Será exibida a tela, solicitando que seja selecionada a agência/conta de CDB/GOV, agência/a conta Corrente de destino e o valor do resgate e descrição, conforme Figura 95. A descrição é opcional. Figura 160. Acessando menu Resgate de CDB/GOV 91

92 Figura 161. Nenhuma conta vinculada a essa transação Caso a imagem acima seja exibida, é necessário acessar o menu Administração >> Transação >> Gerenciamento de Contas/Transações Financeiras. Figura 162. Acessando menu Gerenciamento de Contas/Transações Financeiras Em seguida deve-se selecionar as contas que serão utilizadas para a transação selecionada na coluna do lado direito, conforme Figura 163. Figura 163. Selecionando Contas/Transações Financeiras 92

93 Clicar em Confirmar. Figura 164. Tela de confirmação Após o gerenciamento das contas/transações será possível acessar o menu Resgate de CDB/GOV e visualizar as contas permitidas. Figura 165. Acessando menu Resgate de CDB/GOV Figura 166. Contas com permissão de resgate de CDB/GOV 93

94 Figura 167. Fornecendo dados de resgate de CDB/GOV O usuário fornece os dados os dados do resgate e clica em Continuar. É exibida a tela contendo os dados de resgate de CDB/GOV e é solicitada a senha do usuário para confirmar o registro. O usuário fornece a senha e clica em Confirmar, Figura 168. Figura 168. Confirmação de dados de resgate de CDB/GOV O resgate de CDB/GOV é registrado, conforme Figura 169. Aguarda-se a assinatura de outros usuários para a execução da transação. 94

95 8. Ordens Bancárias Figura 169. Registro de assinatura em resgate de CDB/GOV 8.1. Registrando Ordens Bancárias para serem utilizadas em pagamentos no IBG É necessário acessar Ordens Bancárias>>Registrar OB. Serão exibidas as OB s pertencentes ao órgão, com as seguintes características: Tipo 13 (Pagamento caixa) e com status Liberada, Figura

96 Figura 170. Relação de Ordens Bancárias liberadas O usuário seleciona uma ou mais OB s e clica em Confirmar. É exibido o resumo da(s) OB (s) selecionada(s) no passo anterior, além da mensagem, informando que a OB foi registrada com sucesso, na linha correspondente a cada OB, conforme Figura 171. Figura 171. Registro de OB 8.2. Consultando relação de OB É necessário acessar Ordens Bancárias>>Consultar Relação de OB. É exibida a tela em que são solicitados os filtros da pesquisa: Data, Status OB e Tipo de OB, Figura

97 Figura 173. Acessando menu Consultar relação de OB Figura 174. Consulta relação de OB O usuário fornece uma Data ou número da OB, e opcionalmente seleciona um Status OB e um Tipo de OB entre as opções disponíveis. Em seguida, são exibidos os dados da OB, de acordo com as opções selecionadas no passo anterior, conforme Figura

98 Figura 175. Relação de OB de acordo com o tipo e status 8.3. Criando Vínculo entre Pagamento/OB É necessário acessar a opção Ordens Bancárias>>Criar Vínculo de Pagamento/OB. É exibida a tela em que o usuário deve fornecer um Nome para o vínculo, selecionar o tipo de pagamento: Boletos de cobrança, Contas de consumo, DARF preto, GPS, DAE (código de barras) ou FGTS, conforme Figura 176. Figura 176. Criando vínculo de pagamento/ob O usuário fornece os dados solicitados e clica em Continuar. É exibida a tela para seleção dos pagamentos registrados (pertencentes ao tipo selecionado no passo anterior) e OB s que poderão ser associados ao pagamento, Figura

99 Figura 177. Seleção de pagamentos e OB que serão vinculados. O usuário seleciona o(s) pagamentos e OB(s) que serão vinculados e clica em Confirmar. É exibida a tela, indicando os pagamentos e OB(s) selecionados no passo anterior, conforme Figura 178. Figura 178. Pagamentos e Ordens bancárias vinculadas O usuário clica em Confirmar É exibida uma advertência, informando que a soma do valor dos pagamentos é diferente da soma do valor das OB s, conforme Figura 178. Nessa tela há as seguintes opções: Voltar, Cancelar e Confirmar. Se o usuário selecionar a opção Voltar, retorna-se à tela, conforme Figura 177. Se a opção selecionada for Cancelar, a criação do vínculo entre pagamentos e OB s é cancelada. 99

100 Figura 179. Alerta sobre as diferenças entre o valor do(s) pagamento(s) e da(s) OB(s). Se o usuário selecionar a opção Confirmar, é exibida a tela indicando que o vínculo foi criado, conforme Figura 180. Figura 180. Vínculo criado com sucesso. O usuário pode clicar em Assinar Vínculo para executar a transação. 100

101 8.4. Gerenciando vínculo de Pagamento/OB É necessário acessar Ordens Bancárias>>Gerenciar vínculo de Pagamento/OB. A tela contendo os vínculos existentes é exibida, conforme Figura 181. Figura 181. Lista de vínculos registrados Nos detalhes do Vínculo há as seguintes informações: nome, tipo de pagamento, data da criação, quantidade de pagamentos, valor dos pagamentos, quantidade de OBs, valor das OB s, quantidade de assinaturas (obtidas/necessárias). O usuário clica em Detalhar na linha correspondente ao Vínculo que deseja consultar. A tela com os detalhes do vínculo, ou seja, a relação dos pagamentos e OB s associadas é exibida, conforme Figura 182. Abaixo da relação de Pagamentos e OB s há as seguintes opções: Voltar, Editar, Excluir e Assinar. Se o usuário selecionar a opção Voltar, é exibida a tela, conforme Figura

102 Figura 182. Detalhes de um vínculo entre pagamentos/ob Editando um vínculo Na tela de gerenciamento, Figura 182, o usuário clicar em Editar, é exibida a tela que permite a edição do vínculo, conforme Figura 183. Figura 183. Editando um vínculo entre pagamento/ob O usuário mantém ou edita o nome do vínculo e, em seguida, clica em Confirmar. É exibida a tela conforme Figura 182, onde é possível incluir ou excluir tanto pagamentos quanto OB s. Os pagamentos e OB s que fazem parte do vínculo são exibidos selecionados. O usuário seleciona os pagamentos e OB s que deseja incluir ou excluir e clica em Confirmar. Em seguida, é exibida a tela com a relação de pagamentos e OB s 102

103 selecionados anteriormente. O usuário clica em Confirmar. É exibida a tela de advertência, se a soma do valor dos pagamentos for diferente da soma do valor das OB s. Caso contrário, é exibida a tela de confirmação da alteração do vínculo Excluindo um vínculo Se na tela de gerenciamento, Figura 182, o usuário selecionar a opção Excluir. É exibida a tela de confirmação da exclusão, conforme Figura 184. Figura 184. Confirmação de exclusão do vínculo O usuário clica em Confirmar. É exibida a tela indicando que o vínculo foi excluído, conforme Figura 185. Tanto os pagamentos quanto as OB s associadas ao vínculo são liberadas, mas ficam registrados no sistema. Aguardam para serem associados a novos pagamentos e OB s. Figura 185. Vínculo excluído 103

104 8.5. Assinando vínculo de Pagamento/OB É necessário acessar Ordens Bancárias>>Consultar vínculo. A tela contendo os vínculos existentes é exibida, conforme Figura 186. Figura 186. Relação de vínculos aguardando assinatura O usuário clica em Assinar na linha correspondente ao vínculo que deseja assinar. É exibida a tela, conforme Figura 187, se o usuário selecionar um vínculo cujo o valor da soma dos pagamentos for diferente do valor da soma das OB s. Figura 187. Detalhe de um vínculo que não pode ser executado 104

105 Se na relação de vínculos, o usuário selecionar um vínculo cujo valor da soma dos pagamentos é igual ao valor da soma da OB s, é exibida a tela, conforme Figura 188. Figura 188. Assinatura do vínculo O usuário clica em Confirmar. É exibida a tela em que é solicitada a senha do usuário para a execução do vínculo, conforme Figura 189. Figura 189. Confirmando a execução do vínculo 105

106 O usuário fornece a senha e clica em Confirmar. É exibida a tela de confirmação da execução do pagamento, com o resumo do vínculo executado (Nome do vínculo, transação do vínculo, situação, assinaturas recebidas e assinaturas necessárias). Além de apresentar informações como o usuário responsável por alterar a situação e os pagamentos e OB s envolvidos. Figura 190. Vínculo executado O pagamento foi realizado. A OB muda o status para Paga. O comprovante pode ser obtido acessando Outras>>Reemissão de comprovante 106

107 8.6. Cancelando Ordem Bancária É necessário acessar Ordens Bancárias>>Cancelar OB. Será exibida a tela com as opções de pesquisa: Todas da UG ou Número da OB, conforme Figura Cancelamento de OB utilizando o filtro de pesquisa Todas da UG Figura 191. Pesquisa de ordem bancária para cancelamento O usuário seleciona a opção de pesquisa Todas da UG. É exibida a tela com relação das OB s da UG com status Liberada, Figura 192. Figura 192. Relação de OB com status liberada que podem ser canceladas 107

108 O usuário clica em Cancelar na linha correspondente à OB que deseja cancelar. É exibida a tela com os dados da OB, conforme Figura 193. Figura 193. Dados da OB a ser cancelada É exibida a tela de confirmação, conforme Figura 194. Figura 194. Confirmação do cancelamento da OB O usuário clica em Finalizar e a OB é cancelada. 108

109 Cancelamento utilizando o filtro de número de OB Se na tela o usuário selecionar a opção Número da OB. É exibida a tela na qual é solicitado o número da OB, conforme Figura 195. Figura 195. Pesquisa pelo número da OB O usuário fornece o número da OB e clica em Confirmar. É exibida conforme Figura 196. Figura 196. Dados da OB selecionada 109

110 O usuário clica em Cancelar. É exibida a tela com os dados da OB a ser cancelada, conforme Figura 197. Figura 197. Dados da OB a ser cancelada filtro de pesquisa Por OB O usuário clica em Cancelar OB. É exibida a tela de confirmação, conforme Figura 198. Figura 198. Confirmação do cancelamento OB filtro por OB O usuário clica em Finalizar e a OB é cancelada. 110

111 8.7. Cancelamento de registro de pagamento É necessário acessar Ordens Bancárias>> Cancelamento de registro de pagamento. Será exibida a tela com os registros de pagamentos, conforme Figura 199. Figura 199. Registros de pagamentos O usuário clica em Cancelar no registro de pagamento que deseja apagar do sistema e em seguida no botão Confirmar, conforme imagem

112 Figura 200. Dados do registro de pagamento a ser cancelado É exibida a tela de confirmação, conforme Figura 201, e o registro de pagamento foi excluído com sucesso. Figura 201. Confirmação do cancelamento do registro de pagamento 112

113 9. Outras 9.1. Troca de senha É necessário acessar Outras>>Troca de senha. É exibida a tela em que são solicitados senha atual, frase secreta atual, nova senha e confirmação da nova senha, Figura 202. Figura 202. Tela de troca de senha O usuário fornece a senha atual, a frase secreta atual, a nova senha e confirma a nova senha e, em seguida, clica em Continuar. A tela de confirmação de troca de senha é exibida, Figura 203. Figura 203. Tela de confirmação da alteração da senha Se o usuário estiver com senha expirada, ao tentar acessar o sistema, será direcionado para tela de troca de senha Troca de frase secreta É necessário acessar Outras>>Troca de frase secreta. É exibida a tela em que são solicitadas senha atual, frase secreta atual, nova senha e confirmação da nova senha, Figura

114 Figura 204. Tela de troca da frase secreta O usuário fornece a senha atual, frase secreta atual, nova frase secreta e confirma nova frase secreta e clica em Continuar. É exibida a tela de confirmação de troca de frase, conforme Figura 205. Figura 205. Tela de confirmação da troca da frase secreta 114

115 9.3. Reemissão de Comprovante É necessário acessar Outras>>Reemissão de comprovante. É exibida com a lista das transações. O usuário seleciona aquela que deseja reemitir o comprovante e clica em Consultar, Figura 206. Figura 206. Lista de transações São listadas todas as transações dos últimos 6 meses selecionadas pelo usuário, conforme Figura 207. Figura 207. Relação dos comprovantes disponíveis da transação selecionada na Figura

Novo Internet Banking Governo - Perguntas Mais Frequentes

Novo Internet Banking Governo - Perguntas Mais Frequentes Novo Internet Banking Governo - Perguntas Mais Frequentes 1. O órgão no qual trabalho ainda não tem acesso ao Internet Banking Governo e não participamos de treinamento sobre o uso do serviço. Como devemos

Leia mais

Manual NetBank PAN. Título da apresentação

Manual NetBank PAN. Título da apresentação Manual NetBank PAN Título da apresentação Sumário Sumário 1. Acesso ao NetBank Pan p. 04 2. Tela principal e funcionalidades p. 05 3. Opções de Conta Corrente p. 06 4. Extrato de Conta-Corrente p. 07 5.

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

Sicoobnet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.3

Sicoobnet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.3 Sicoobnet Empresarial Manual do Versão. Manual do Data: /07/00 Histórico Data Versão Descrição Autor 04/0/008.0 Criação do Manual Ileana Karla 0//008. Revisão Luiz Filipe Barbosa /07/00. Atualização Márcia

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. 1. Descrição Geral Este manual descreve as operações disponíveis no módulo VTWEB Client, cuja finalidade é gerenciar cadastros de funcionários, realização de pedidos e controle financeiro dos pedidos.

Leia mais

- Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus.

- Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus. - Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus. Ou digite www.simpo.com.br/protocolo/login.php, para ir diretamente

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE TRIBUTAÇÃO M A N U A L D A NOTA FISCAL AVULSA ÍNDICE 1. Acesso ao Portal do Sistema...6 2. Requerimento de Acesso para os novos usuários...6 2.1 Tipo

Leia mais

CADASTRO DE USUÁRIO PORTAL WEB

CADASTRO DE USUÁRIO PORTAL WEB CADASTRO DE USUÁRIO PORTAL WEB SUMÁRIO 1. ACESSANDO PELA PÁGINA DEFAULT... 3 2. ACESSANDO PELA PÁGINA DE LOGIN... 3 3. ACESSANDO PELO MENU PRINCIPAL... 4 3.1. EFETUAR CADASTRO... 5 3.2. ALTERAR CADASTRO...

Leia mais

Manual do Usuário DENATRAN

Manual do Usuário DENATRAN Manual do Usuário DENATRAN Confidencial Portal SISCSV - 2007 Página 1 Índice Analítico 1. INTRODUÇÃO 5 2. ACESSANDO O SISCSV 2.0 6 2.1 Configurando o Bloqueador de Pop-Ups 6 3. AUTENTICAÇÃO DO USUÁRIO

Leia mais

SicoobNet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.0

SicoobNet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.0 SicoobNet Empresarial Manual do Versão 1.0 Manual do Data: 04/0/2008 Histórico Data Versão Descrição Autor 04/0/2008 1.0 Criação do Manual Ileana Karla GECOQ Gerência de Controle e Qualidade Página: 2/122

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE INTRODUÇÃO O portal do Afrafep Saúde é um sistema WEB integrado ao sistema HEALTH*Tools. O site consiste em uma área onde os Usuários e a Rede Credenciada,

Leia mais

Domínio Registro. Teclas de atalho para ajudar na utilização do Sistema e cadastros em todos dos Módulos. Menu Controle

Domínio Registro. Teclas de atalho para ajudar na utilização do Sistema e cadastros em todos dos Módulos. Menu Controle Domínio Registro O Domínio Registro foi desenvolvido para gerenciar todos os processos referentes à abertura e fechamento de empresas, permite a confecção de contratos, alterações e distratos sociais,

Leia mais

Portal nddcargo 4.1.5.0 Manual de Utilização Call Center Visão Administrador

Portal nddcargo 4.1.5.0 Manual de Utilização Call Center Visão Administrador Portal nddcargo 4.1.5.0 Manual de Utilização Call Center Visão Administrador Histórico de alterações Data Versão Autor Descrição 23/11/2012 1 Criação do documento. 2 1. Introdução... 4 2. Funcionalidades

Leia mais

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios Portal Sindical Manual Operacional Empresas/Escritórios Acesso ao Portal Inicialmente, para conseguir acesso ao Portal Sindical, nos controles administrativos, é necessário acessar a página principal da

Leia mais

Sicoobnet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.5

Sicoobnet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.5 Sicoobnet Empresarial Manual do Versão.5 Manual do Data: 04/0/0 Histórico Data Versão Descrição Autor 04/0/008.0 Criação do Manual Ileana Karla 0//008. Revisão Luiz Filipe Barbosa /07/00. Atualização Márcia

Leia mais

MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento

MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento SEBRAE-GO 1 Sumário Introdução... 3 1) Acesso ao Sistema... 4 1.1. LOGIN... 4 1.2. ALTERAR SENHA... 7 1.3. RECUPERAR SENHA...

Leia mais

GERENCIADOR DE CONTEÚDO

GERENCIADOR DE CONTEÚDO 1/1313 MANUAL DO USUÁRIO GERENCIADOR DE CONTEÚDO CRISTAL 2/13 ÍNDICE 1. OBJETIVO......3 2. OPERAÇÃO DOS MÓDULOS......3 2.1 GERENCIADOR DE CONTEÚDO......3 2.2 ADMINISTRAÇÃO......4 Perfil de Acesso:... 4

Leia mais

CADASTRAMENTO DE EMPRESAS PERGUNTAS FREQUENTES

CADASTRAMENTO DE EMPRESAS PERGUNTAS FREQUENTES CADASTRAMENTO DE EMPRESAS PERGUNTAS FREQUENTES 1 Quais são os sujeitos que devem ser cadastrados e o que cada um representa no cadastro da empresa?...2 2 Como fazer para cadastrar uma empresa?...3 3 Cliquei

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

Sistema de Registro de Contratos e Financiamentos

Sistema de Registro de Contratos e Financiamentos Sistema de Registro de Contratos e Financiamentos Manual de Utilização Financeiras Versão 1.2 Manual de utilização do software para os usuários do Sistema de Registro de Contratos e Financiamentos, com

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: ADMINISTRATIVO VERSÃO 1.0 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 08/01/2013 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 3 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO...

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS NETPAN CDC VEÍCULOS LOJISTA ÍNDICE 1. ACESSO AO SISTEMA... 3 1.1. ABERTURA DO INTERNET EXPLORER...3 1.2. ACESSO AO NETPAN...3 1.2.1. Tela Inicial...4 1.2.2. Digitando o Nome

Leia mais

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário Smart Laudos 1.9 A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos Manual do Usuário Conteúdo 1. O que é o Smart Laudos?... 3 2. Características... 3 3. Instalação... 3 4. Menu do Sistema... 4 5. Configurando

Leia mais

Sistema de Controle de Cheques GOLD

Sistema de Controle de Cheques GOLD Sistema de Controle de Cheques GOLD Cheques GOLD é um sistema para controlar cheques de clientes, terceiros ou emitidos. Não há limitações quanto as funcionalidades do programa, porém pode ser testado

Leia mais

KalumaFin. Manual do Usuário

KalumaFin. Manual do Usuário KalumaFin Manual do Usuário Sumário 1. DICIONÁRIO... 4 1.1 ÍCONES... Erro! Indicador não definido. 1.2 DEFINIÇÕES... 5 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 7 3. ACESSAR O SISTEMA... 8 4. PRINCIPAL... 9 4.1 MENU

Leia mais

Manual Laboratório. ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014

Manual Laboratório. ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014 2014 Manual Laboratório ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014 Sumário Acesso ao Sistema... 2 Menu Cadastros... 4 Cadastro de usuários... 4 Inclusão de Novo Usuário... 5 Alteração de usuários...

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Sistema Nota Fiscal Eletrônica. Sil Tecnologia LTDA

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Sistema Nota Fiscal Eletrônica. Sil Tecnologia LTDA Sistema Nota Fiscal Eletrônica Sil Tecnologia LTDA SUMÁRIO INTRODUÇÃO 4 1. CONHECENDO OS COMANDOS DO SISTEMA 5 1.1 Tela Inicial do Sistema 5 1.2 Navegador de registros 6 1.3 Filtro de Registros 6 2. TELA

Leia mais

MANUAL ESCOLA FLEX. Revisado em 09/07/2008. Sistema Flex www.sistemaflex.com

MANUAL ESCOLA FLEX. Revisado em 09/07/2008. Sistema Flex www.sistemaflex.com MANUAL ESCOLA FLEX Revisado em 09/07/2008 Sistema Flex www.sistemaflex.com Índice Manual Escola Flex Índice... 2 Tela de Abertura (Splash Screen)... 3 Login... 4 Seleção de Empresas... 5 Tela Principal...

Leia mais

MANUAL DO PROGRAMA CSPSNet

MANUAL DO PROGRAMA CSPSNet MANUAL DO PROGRAMA CSPSNet Qualquer dúvida entre em contato: (33)32795093 01 USUÁRIO/CSPSNet O sistema CSPSNet está configurado para funcionar corretamente nos seguintes browsers: Internet Explorer 8.0,

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA A Serveloja soluções empresariais é uma empresa de tecnologia, especialista em consultoria, serviços financeiros e softwares. Disponibilizamos diversas soluções de cobranças

Leia mais

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA.

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL DO VTWEB CLIENT CADASTROS /PEDIDOS E PROCEDIMENTOS Resumo Esse manual tem como o seu objetivo principal a orientação de uso do

Leia mais

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE SUPORTE À GESTÃO DO SISTEMA DE TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS DA UNIÃO Portal dos Convênios

Leia mais

4.Pago alguma tarifa para utilizar o Internet Banking?

4.Pago alguma tarifa para utilizar o Internet Banking? INTERNET BANKING PESSOA FÍSICA - Perguntas Mais Frequentes 1.Tenho uma Conta Corrente no Banpará e gostaria de ter acesso ao serviço de Internet Banking para realizar consultas, pagamentos e transferências.

Leia mais

Manual do Usuário Central de Agendamento. Versão 1.1

Manual do Usuário Central de Agendamento. Versão 1.1 Manual do Usuário Central de Agendamento Versão 1.1 Maio, 2014 Central de Agendamento Manual de utilização Tribunal de Justiça do Estado da Bahia Setor: Coordenação de Sistemas - COSIS Histórico de Revisões

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PEDIDO DE USO DE ECF MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PEDIDO DE USO DE ECF MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PEDIDO DE USO DE ECF MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0 Belém Agosto - 2013 1 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Identificação Acesso ao Sistema... 4 3. Painel

Leia mais

Poder Judiciário e órgãos da Administração Pública

Poder Judiciário e órgãos da Administração Pública Poder Judiciário e órgãos da Administração Pública A Central Nacional de Indisponibilidade é um sistema que integra ordens judiciais e administrativas sobre indisponibilidade de bens. Para acessar a Central

Leia mais

Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA

Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA Manual de Utilização Perfil Beneficiário 1. 2. Objetivo do Manual... 2 Siglas e Abreviações... 2 3. Perfil do Usuário... 2 4. Descrição Geral do Sistema...

Leia mais

SIGA Sistema de Gestão de Almoxarifado

SIGA Sistema de Gestão de Almoxarifado SIGA Sistema de Gestão de Almoxarifado Como acessar O acesso ao Sistema se faz através da página da SEPLAG Clicando no Link destacado Clicar no Link destacado e será exibida a tela de login do Guardião.

Leia mais

Manual de Utilização Chat Intercâmbio

Manual de Utilização Chat Intercâmbio Manual de Utilização Chat Intercâmbio 1 INDICE 1 Chat Intercâmbio... 6 1.1 Glossário de Termos Utilizados.... 6 1.2 Definições de uma Sala de Chat... 7 1.3 Como Acessar o Chat Intercâmbio... 8 1.4 Pré-requisitos

Leia mais

CADASTRAMENTO DE EMPRESAS NA ANVISA PERGUNTAS FREQUENTES

CADASTRAMENTO DE EMPRESAS NA ANVISA PERGUNTAS FREQUENTES CADASTRAMENTO DE EMPRESAS NA ANVISA PERGUNTAS FREQUENTES Quais são os sujeitos que devem ser cadastrados e o que cada um representa no cadastro da empresa?...2 Como fazer para cadastrar uma empresa?...3

Leia mais

Manual para cadastro de associado na Central de Atendimento ao Associado

Manual para cadastro de associado na Central de Atendimento ao Associado Manual para cadastro de associado na Central de Atendimento ao Associado Cadastro de associado e emissão de boletos na Central de Atendimento On-line Objetivo Orientar o associado sobre o cadastro inicial

Leia mais

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo em sua oficina. O sistema foi desenvolvido para ser utilizado

Leia mais

TUTORIAL UTILIZAÇÃO DE FUNCIONALIDADES AUDITOR FISCAL

TUTORIAL UTILIZAÇÃO DE FUNCIONALIDADES AUDITOR FISCAL TUTORIAL UTILIZAÇÃO DE FUNCIONALIDADES AUDITOR FISCAL VERSÃO DO SISTEMA 3.0/2015 VERSÃO DO DOCUMENTO 1.0 Índice 1. OBJETIVO GERAL... 2 2. ACESSO AO SISTEMA AUDITOR FISCAL... 3 3. SISTEMA AUDITOR FISCAL

Leia mais

Manual do sistema SMARsa Web

Manual do sistema SMARsa Web Manual do sistema SMARsa Web Módulo Gestão de atividades RS/OS Requisição de serviço/ordem de serviço 1 Sumário INTRODUÇÃO...3 OBJETIVO...3 Bem-vindo ao sistema SMARsa WEB: Módulo gestão de atividades...4

Leia mais

Manual Do Usuário ClinicaBR

Manual Do Usuário ClinicaBR Manual Do Usuário ClinicaBR SUMÁRIO 1 Introdução... 01 2 ClinicaBR... 01 3 Como se cadastrar... 01 4 Versão experimental... 02 5 Requisitos mínimos p/ utilização... 03 6 Perfis de acesso... 03 6.1 Usuário

Leia mais

Manual do usuário. v1.0

Manual do usuário. v1.0 Manual do usuário v1.0 1 Iniciando com o Vivo Gestão 1. como fazer login a. 1º acesso b. como recuperar a senha c. escolher uma conta ou grupo (hierarquia de contas) 2. como consultar... de uma linha a.

Leia mais

Fazer um cálculo no produto RD Equipamentos e Agronegócio.

Fazer um cálculo no produto RD Equipamentos e Agronegócio. Fazer um cálculo no produto RD Equipamentos e Agronegócio. 1) Logar no Kit Médias Empresas Clicar no ícone Tókio Marine Empresarial, que abrirá a tela de login, veja abaixo. Caso seja o primeiro acesso

Leia mais

Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira

Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira Manual do Usuário Página1 Sumário 1 Configurações Recomendadas... 4 2 Objetivos... 4 3 Acesso ao Sistema... 5 3.1. Acessar 6 3.2. Primeiro

Leia mais

Cartilha do Gestor de Frota do Órgão / Entidade

Cartilha do Gestor de Frota do Órgão / Entidade Cartilha do Gestor de Frota do Órgão / Entidade SGTA Sistema de Gestão Total de Abastecimento do Governo do Estado de Minas Gerais REV DATA ALTERAÇÃO CRIAÇÃO REVISÃO APROVAÇÃO 01 13/01/14 Versão inicial

Leia mais

SuperStore Sistema para Automação de Óticas

SuperStore Sistema para Automação de Óticas SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Administrador) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 ACESSANDO O SISTEMA PELA

Leia mais

VEXPRESSCRM. Manual do Usuário. Automação da força de vendas. MR Consultoria e Assessoria em Informática Desenvolvimento de Sistemas WEB Versão 2.

VEXPRESSCRM. Manual do Usuário. Automação da força de vendas. MR Consultoria e Assessoria em Informática Desenvolvimento de Sistemas WEB Versão 2. 1 Manual do Usuário VEXPRESSCRM Automação da força de vendas MR Consultoria e Assessoria em Informática Desenvolvimento de Sistemas WEB Versão 2.0 2 Acesso Para acessar o sistema VEXPRESS-CRM é necessário

Leia mais

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO MANUAL VTWEB CLIENT URBANO A marca do melhor atendimento. Conteúdo... 2 1. Descrição... 3 2. Cadastro no sistema... 3 2.1. Pessoa Jurídica... 3 2.2. Pessoa Física... 5 2.3. Concluir o cadastro... 6 3.

Leia mais

Funcionalidade da Aba Pesquisador

Funcionalidade da Aba Pesquisador Funcionalidade da Aba Pesquisador Versão 1.0 1 Versão Autor Data Descrição 1.0 Equipe suporte 07/11/2013 Criação do Plataforma Brasil documento *Atenção! Para sugestões, no intuito de aprimorar os manuais

Leia mais

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ÍNDICE INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ACESSO ÀS FERRAMENTAS 9 FUNÇÕES 12 MENSAGENS 14 CAMPOS OBRIGATÓRIOS

Leia mais

Manual do Módulo SAC

Manual do Módulo SAC 1 Manual do Módulo SAC Índice ÍNDICE 1 OBJETIVO 4 INICIO 4 SAC 7 ASSOCIADO 9 COBRANÇA 10 CUSTO MÉDICO 10 ATENDIMENTOS 11 GUIAS 12 CREDENCIADO 13 LIVRETO 14 BUSCA POR RECURSO 15 CORPO CLÍNICO 16 MENU ARQUIVO

Leia mais

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Versão 8.1A-13 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas

Leia mais

SUMÁRIO. Faculdade Católica do Tocantins www.catolica-to.edu.br

SUMÁRIO. Faculdade Católica do Tocantins www.catolica-to.edu.br MANUAL DO PORTAL ACADÊMICO Passo a passo do Portal Acadêmico www.catolica-to.edu.br - suporterm@catolica-to.edu.br SUMÁRIO Objetivo Manual do Portal Acadêmico... 03 Navegadores... 03 Endereço Eletrônico

Leia mais

O Tesouro Direto é um programa de venda de títulos públicos a pessoas físicas desenvolvido pelo Tesouro Nacional, em parceria com a BM&FBOVESPA.

O Tesouro Direto é um programa de venda de títulos públicos a pessoas físicas desenvolvido pelo Tesouro Nacional, em parceria com a BM&FBOVESPA. 1 Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Tesouro Direto... 4 3. Compra de títulos... 5 4. Venda de títulos... 12 5. Consultas... 19 5.1 Extrato... 19 5.2 Cestas de compra... 20 5.3 Cestas de venda... 21

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS NETPAN CDC VEÍCULOS CONTATO COMERCIAL ÍNDICE 1. ACESSO AO SISTEMA... 3 1.1. ABERTURA DO INTERNET EXPLORER...3 1.2. ACESSO AO NETPAN...3 1.2.1. Tela Inicial...4 1.2.2. Digitando

Leia mais

Manual NFSe - Prestadores e Tomadores de Serviço

Manual NFSe - Prestadores e Tomadores de Serviço VALPARAÍSO DE GOIÁS quarta-feira, 28 de outubro de 2014 Manual NFSe - Prestadores e Tomadores de Serviço ÍNDICE Legislação Cadastrando A Senha Eletrônica Acessando O Sistema De Nfs- E Pela Primeira Vez

Leia mais

Manual de Utilização. Obter Acesso aos Sistemas Educação. Projeto: Obter Acesso Versão Doc.: <1.0> Data de criação: 15/10/2010

Manual de Utilização. Obter Acesso aos Sistemas Educação. <Versão: 1.0> Projeto: Obter Acesso Versão Doc.: <1.0> Data de criação: 15/10/2010 Obter Acesso aos Sistemas Educação Manual de Utilização Página 1/9 Conteúdo 1. Introdução... 3 1.1 Objetivo... 3 1.2 Escopo... 3 1.3 Acesso... 3 1.4 Requisitos básicos... 3 2. Interface de

Leia mais

MENUS TELA INICIAL. Movimento de Ferramentaria. Alternar entre casas do grupo. Cadastro de Ferramentas. Não Implementado. Cadastro de Funcionários

MENUS TELA INICIAL. Movimento de Ferramentaria. Alternar entre casas do grupo. Cadastro de Ferramentas. Não Implementado. Cadastro de Funcionários FERRAMENTARIA TELA INICIAL Ao autenticar no sistema com usuário e senha cadastrados é apresentada a seguinte tela ao lado esquerdo, sendo essa tela a página inicial do sistema de Ferramentaria. MENUS TELA

Leia mais

CADASTRO DE INSTITUIÇÕES E USUÁRIOS - NOTIVISA PERGUNTAS FREQUENTES

CADASTRO DE INSTITUIÇÕES E USUÁRIOS - NOTIVISA PERGUNTAS FREQUENTES CADASTRO DE INSTITUIÇÕES E USUÁRIOS - NOTIVISA PERGUNTAS FREQUENTES 01. Como cadastrar uma... 2 02. Quem é o Responsável Legal de uma... 2 03. Como associar o Responsável Legal a uma... 2 04. Como Desassociar

Leia mais

Sistema Integrado de Automação Módulo TECHMANAGER Versão 1.0.0.77 (serial)

Sistema Integrado de Automação Módulo TECHMANAGER Versão 1.0.0.77 (serial) SOLUÇÕES EM TECNOLOGIA Sistema Integrado de Automação Módulo TECHMANAGER Versão 1.0.0.77 (serial) Manual de Usuário TECHNEXT (2012) 1 de 28 SOLUÇÕES EM TECNOLOGIA Página Sumário 1. Sobre o Techmanager...

Leia mais

SISDEX SISTEMA DE CONTROLE DE DOCUMENTOS EXPEDIDOS

SISDEX SISTEMA DE CONTROLE DE DOCUMENTOS EXPEDIDOS - MDA - SPOA - CGMI SISDEX SISTEMA DE CONTROLE DE DOCUMENTOS EXPEDIDOS MANUAL DO USUÁRIO Pesquisa no Sistema BRASÍLIA, AGOSTO DE 2007 Versão 1.0 SISDEX SISTEMA DE CONTROLE DE DOCUMENTOS EXPEDIDOS MANUAL

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA DE CARGA HORÁRIA ESPECIAL Professor

MANUAL DO SISTEMA DE CARGA HORÁRIA ESPECIAL Professor MANUAL DO SISTEMA DE CARGA HORÁRIA ESPECIAL Professor SUMÁRIO Introdução... 2 Como acessar o sistema - PROFESSOR... 3 Primeira visita a página... 4 Atualizando o cadastro... 9 Imprimindo o comprovante...

Leia mais

Cartilha do Gestor de Frota de Unidade / Base Operacional

Cartilha do Gestor de Frota de Unidade / Base Operacional Cartilha do Gestor de Frota de Unidade / Base Operacional SGTA Sistema de Gestão Total de Abastecimento do Governo do Estado de Minas Gerais REV DATA ALTERAÇÃO CRIAÇÃO REVISÃO APROVAÇÃO 01 13/01/14 Versão

Leia mais

Catálogo Online das Bibliotecas da ULBRA - Liber. Guia do Usuário

Catálogo Online das Bibliotecas da ULBRA - Liber. Guia do Usuário Catálogo Online das Bibliotecas da ULBRA - Liber Guia do Usuário Ji-Paraná 2015 1 LIBER é o sistema de informatização das Bibliotecas da ULBRA. O Catálogo On-line oferece além da pesquisa ao acervo das

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA SISTEMA IMASUL DE REGISTROS E INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MEIO AMBIENTE MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA Manual Operacional para uso exclusivo do módulo do Sistema Estadual de

Leia mais

Sistema de Eventos - Usuário

Sistema de Eventos - Usuário 2013 Sistema de Eventos - Usuário Coordenação de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 06/06/2013 Sumário 1- Sistema de eventos... 3 1.1 Eventos... 3 1.2 Eventos que participo... 4 1.3 Trabalhos...

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Guia de orientações e conceitos para manipulação da plataforma Miraklon. VERSÃO 1.0 12.02.2014. Vigência 12.02.

MANUAL DO USUÁRIO. Guia de orientações e conceitos para manipulação da plataforma Miraklon. VERSÃO 1.0 12.02.2014. Vigência 12.02. MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0 12.02.2014 Vigência 12.02.2014 Guia de orientações e conceitos para manipulação da plataforma Miraklon. SUMÁRIO 1. CONFIGURAÇÕES... 3 1.1 - Dados Gerais... 3 1.2 Formulários...

Leia mais

Extrato Financeiro Manual de Usuário 02/05/2012 FAPESP

Extrato Financeiro Manual de Usuário 02/05/2012 FAPESP Extrato Financeiro Manual de Usuário FAPESP Conteúdo Introdução... 3 Acesso ao formulário para geração do extrato... 3 Como gerar o extrato financeiro... 5 Conteúdo do extrato... 9 Anexo I Dúvidas / problemas

Leia mais

Manual do sistema Versão 1.0

Manual do sistema Versão 1.0 SIACON SISTEMA INTEGRADO DE CONVÊNIO Manual do sistema Versão 1.0 1. Introdução O SIACON é um sistema de convênio-empresa, baseado na plataforma de internet, aonde os funcionários de empresas conveniadas

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: PROPOSTAS VERSÃO 1.1 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 10/11/2011 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 07/01/2013 1.1 Atualização do

Leia mais

MANUAL DO WEBSIGOM ÍNDICE

MANUAL DO WEBSIGOM ÍNDICE MANUAL DO WEBSIGOM ÍNDICE 1. Procedimentos de utilização pela empresa cliente... 01 2. Funcionalidades do WebSigom... 02 2.1. Cadastro... 03 2.2. Inserir um novo usuário... 03 2.3. Consultar os dados de

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Caixa Visão Geral Sumário 1 CONCEITO... 3 2 REQUISITOS... 4 3 CONFIGURAÇÕES... 4 3.1 Permissões... 4 3.2 Incluir Ponto de Venda (PDV)... 5 3.3 Vincular Conta e Empresa...

Leia mais

Manual de liberação de Guias on-line para o Prestador Credenciado

Manual de liberação de Guias on-line para o Prestador Credenciado Manual de liberação de Guias on-line para o Prestador Credenciado 1 SUMÁRIO 1. Objetivo... 3 2. Acesso ao Sistema... 3 3. Descrição das Funcionalidades Menu Guias Liberação On-line.... 4 3.1 Liberação

Leia mais

Manual do Usuário CFCWeb BA

Manual do Usuário CFCWeb BA ÍNDICE Acesso ao sistema... 2 Tela Principal... 3 Cadastro de Candidatos... 5 Agenda Teórico... 6 Agenda Prático... 7 Consulta Agendamentos do Candidato por Serviço... 9 Cadastro de Grade Horária... 10

Leia mais

Acesso ao Localidade. LOCALIDADE Sistema de Cadastro Localidade. Acesso ao Sistema de Cadastro Localidade

Acesso ao Localidade. LOCALIDADE Sistema de Cadastro Localidade. Acesso ao Sistema de Cadastro Localidade Acesso ao Localidade Acesso ao O endereço do sistema é: www.saude.gov.br/localidade Quem pode acessar o Sistema de Cadastro de Localidade? Somente profissionais que foram cadastrados no CSPUWEB terão acesso

Leia mais

Consultório Online. Manual de Utilização do Módulo Operacional. índice. Guias consulta / SADT (Solicitação, Execução com Guia e Autogerada): 4

Consultório Online. Manual de Utilização do Módulo Operacional. índice. Guias consulta / SADT (Solicitação, Execução com Guia e Autogerada): 4 índice Passo 1: Visão geral 3 Passo 2: Como acessar o Consultório Online? 3 Passo 3: Recursos disponíveis 4 Guias consulta / SADT (Solicitação, Execução com Guia e Autogerada): 4 Pesquisa de histórico

Leia mais

PRINCIPAIS NOVIDADES VERSÃO 8.85/1.1.66

PRINCIPAIS NOVIDADES VERSÃO 8.85/1.1.66 PRINCIPAIS NOVIDADES VERSÃO 8.85/1.1.66 Sumário 1. Nota Fiscal Eletrônica São Paulo... 3 2. Motivo da baixa... 9 3. Contrato Endereço para cobrança... 12 4. Vistoria... 13 5. Contas a pagar Controle de

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado de Roraima. AGIS Gerenciamento Eletrônico de Documentos

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado de Roraima. AGIS Gerenciamento Eletrônico de Documentos AGIS Gerenciamento Eletrônico de Documentos 1 SUMÁRIO 1. Definições 3 1.1 Apresentação 3 1.2 Disposição do Sistema 3 2. Acessando o Sistema 4 2.1 Procedimento para regularizar o primeiro acesso 4 2.2 Procedimento

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO, CADASTROS E OPERAÇÃO DA XNFC-e

MANUAL DE INSTALAÇÃO, CADASTROS E OPERAÇÃO DA XNFC-e MANUAL DE INSTALAÇÃO, CADASTROS E OPERAÇÃO DA XNFC-e SUMÁRIO 1. INSTALAÇÃO 2. CADASTROS 2.1. CADASTRO DE USUÁRIO 2.2. CADASTRO DE MODALIDADE 2.3. CADASTRO DE PRODUTO 3. OPERAÇÃO 3.1. VENDA 3.2. CANCELAMENTO

Leia mais

EMPRESAS RANDON MANUAL DE ACESSO PORTAL DE FORNECEDOR QUALIDADE

EMPRESAS RANDON MANUAL DE ACESSO PORTAL DE FORNECEDOR QUALIDADE EMPRESAS RANDON MANUAL DE ACESSO PORTAL DE FORNECEDOR QUALIDADE 1 Índice 1. Solicitando acesso ao Portal de Fornecedor...3 2. Configurando o acesso ao Portal de Fornecedor...4 3. Acessando o Portal de

Leia mais

Gestão de Ativos. Manual do Usuário. Treinamento Fase 1 (TRN 01)

Gestão de Ativos. Manual do Usuário. Treinamento Fase 1 (TRN 01) Gestão de Ativos Manual do Usuário Treinamento Fase 1 (TRN 01) Índice 1. Introdução... 3 2. Movimentações de Ativos... 4 2.1. Monitoração... 4 2.1.1. Monitor de Movimentação de Ativos...4 2.2. Transações...15

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA DE CARGA HORÁRIA ESPECIAL Diretor

MANUAL DO SISTEMA DE CARGA HORÁRIA ESPECIAL Diretor MANUAL DO SISTEMA DE CARGA HORÁRIA ESPECIAL Diretor SUMÁRIO Introdução... 2 Como acessar o sistema - DIRETOR... 3 Seleção de CHE Regular - DIRETOR... 4 Seleção de CHE Profissionalizante - DIRETOR... 7

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO PARÁ Secretaria de Informática MANUAL. Sistema de Depósito Judicial

PODER JUDICIÁRIO DO PARÁ Secretaria de Informática MANUAL. Sistema de Depósito Judicial PODER JUDICIÁRIO DO PARÁ Secretaria de Informática MANUAL Sistema de Depósito Judicial Sistema desenvolvido pela Secretária de Informática- TJE/PA Belém/PA Agosto de 2012 SUMÁRIO: 1- Apresentação... 3

Leia mais

Sistema de Devolução Web

Sistema de Devolução Web Manual Sistema de Devolução Web Usuário Cliente ÍNDICE Sumário 1. Prazos...3 2. Solicitação de Devolução... 4 3. Autorização de Devolução... 4 4. Coleta de Mercadoria... 4 5. Acompanhamento da Devolução...

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA INSCRIÇÃO AO CONCURSO TJMMG

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA INSCRIÇÃO AO CONCURSO TJMMG Leia com bastante atenção cada item abaixo para facilitar o seu cadastramento e não perder o prazo de inscrição. ITEM 1: Caso já possua o cadastro juntamente ao Centro de Integração Empresa Escola de Minas

Leia mais

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider

Ferramenta: Spider-CL. Manual do Usuário. Versão da Ferramenta: 1.1. www.ufpa.br/spider Ferramenta: Spider-CL Manual do Usuário Versão da Ferramenta: 1.1 www.ufpa.br/spider Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 14/07/2009 1.0 15/07/2009 1.1 16/07/2009 1.2 20/05/2010 1.3 Preenchimento

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB 0 Sumário Introdução... 2 Funcionalidades... 2 Requisitos Necessários... 2 Faturamento Web... 3 Faturamento Simplificado... 4 Faturamento Detalhado... 9 Faturamento

Leia mais

Especificações de Casos de Uso UC04 Cadastro de Funcionários

Especificações de Casos de Uso UC04 Cadastro de Funcionários Especificações de Casos de Uso UC04 Cadastro de Funcionários Sistema Gerenciador de Locadora Documento de Caso de Uso UC04 Versão 1.1 Responsável: Gustavo Teles UC04 Cadastro de Funcionários Página 1 de

Leia mais

CADASTRO DE INSTITUIÇÕES E ACESSO AO SISTEMA CANAIS PERGUNTAS FREQUENTES

CADASTRO DE INSTITUIÇÕES E ACESSO AO SISTEMA CANAIS PERGUNTAS FREQUENTES Agência Nacional de Vigilância Sanitária CADASTRO DE INSTITUIÇÕES E ACESSO AO SISTEMA CANAIS PERGUNTAS FREQUENTES Brasília, 27 de setembro de 2011 www.anvisa.gov.br Página 1 de 8 CADASTRO DE INSTITUIÇÕES

Leia mais

Manual do Aplicativo - Rastreamento Veicular

Manual do Aplicativo - Rastreamento Veicular Manual do Aplicativo - Rastreamento Veicular Sumário Apresentação... 2 Instalação do Aplicativo... 2 Localizando o aplicativo no smartphone... 5 Inserindo o link da aplicação... 6 Acessando o sistema...

Leia mais

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL. CERBERUS Manual do sistema Versão 1.0

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL. CERBERUS Manual do sistema Versão 1.0 CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL CERBERUS Manual do sistema HISTÓRICO DA REVISÃO Data Versão Descrição Autor 07/08/2014 1.0 Criação do documento Antonio Rogério da Costa Silva LISTA DE FIGURAS

Leia mais

Roteiro de acesso ao Autorizador do Plan-Assiste para autorização de procedimentos.

Roteiro de acesso ao Autorizador do Plan-Assiste para autorização de procedimentos. 1 - PRIMEIRO ACESSO AO AUTORIZADOR Tutorial Autorizador WEB Roteiro de acesso ao Autorizador do Plan-Assiste para autorização de procedimentos. 1.1. Acessar o endereço http://assiste.mpu.gov.br/autorizadorweb;

Leia mais

MANUAL DE USO NA INTERNET PESSOA JURÍDICA

MANUAL DE USO NA INTERNET PESSOA JURÍDICA MANUAL DE USO NA INTERNET PESSOA JURÍDICA APRESENTAÇÃO 1.Bem-vindo ao SICREDI Total Internet! É sempre bom poder contar com o SICREDI do seu lado. Melhor ainda quando o SICREDI está onde você mais precisa:

Leia mais

INSTALAÇÃO DO SISTEMA CONTROLGÁS

INSTALAÇÃO DO SISTEMA CONTROLGÁS INSTALAÇÃO DO SISTEMA CONTROLGÁS 1) Clique duas vezes no arquivo ControlGasSetup.exe. Será exibida a tela de boas vindas do instalador: 2) Clique em avançar e aparecerá a tela a seguir: Manual de Instalação

Leia mais

Lembre-se que, seu Código de Acesso a Internet deverá ser alterado a cada 60 dias por motivos de segurança

Lembre-se que, seu Código de Acesso a Internet deverá ser alterado a cada 60 dias por motivos de segurança ANTES DE FAZER LOGIN MENU PRINCIPAL Entrar no Loyal Bank Fazendo login com Internet Código de Acesso 1. Digite sua identificação do cliente no Campo de identificação do cliente. (Sua identificação do cliente

Leia mais