Preçário BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 23-jul-2015

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Preçário BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 23-jul-2015"

Transcrição

1 Preçário BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 23-jul-2015 Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 12-ago-2015 O Preçário completo do Banco Comercial Português, S.A., contém o Folheto de Comissões e Despesas (que incorpora os valores máximos de todas as comissões bem como o valor indicativo das principais despesas) e o Folheto de Taxas de Juro (que contém informação relativa às taxas de juro representativas). O Preçário pode ser consultado nos balcões e locais de atendimento ao público Banco Comercial Português, S.A., e em millenniumbcp.pt. O Folheto de Comissões e Despesas pode ainda ser consultado no Portal do Cliente Bancário, em Preçário elaborado em cumprimento do disposto no Aviso n.º 8/2009, de 12 de Outubro. A informação sobre as condições de realização das operações de crédito é prestada ao abrigo do Decreto-Lei n.º 220/94, de 23 de Agosto.

2 Entrada em vigor: 12-ago-2015 FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 CONTAS DE DEPÓSITO Depósitos à ordem Depósitos à ordem Depósitos a prazo Depósitos a prazo 18 OPERAÇÕES DE CRÉDITO 20 OPERAÇÕES DE CRÉDITO Crédito à habitação e contratos conexos Linhas de crédito e contas correntes Crédito pessoal Descobertos bancários Crédito automóvel Cartões de crédito Linhas de crédito e contas correntes Outros créditos Descobertos bancários Cartões de crédito Outros créditos a particulares Consulte a PARTE I. FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS

3 Entrada em vigor: 12-ago CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Depósitos à ordem Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) Regime Fiscal Conta Cliente de Solicitador: O titular é o Solicitador; montante mínimo de abertura: N.A. Conta Cliente de Solicitador < ,000% a ,0625% IRS em vigor - 28% (nos Açores IRS 22,4%) Períodicidade mensal. Pagamento mínimo: 2,50 > ,125% Nota (2) Arredondamento da taxa de juro: na Cálculo de juros: os juros são calculados diariamente sobre o saldo. A base de cálculo dos juros é de actual/360. Taxas de descoberto bancário: Consulte Subsecção Descobertos bancários Depósitos a prazo Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) Regime Fiscal Depósitos a taxa fixa Depósito Millennium: Depósito a prazo em Euros, por um prazo de 92 ou 183 dias, automaticamente renovável por idêntico período. Pagamento de juros no vencimento. Mínimo de constituição/ manutenção: Máximo do depósito: Permite reforços pontuais a partir de até 30 de setembro de Remuneração determinada d em função do saldo do depósito apurado em 30 de setembro de Depósito Aniversário: Depósito a prazo em Euros, por um prazo de 93 dias, automaticamente renovável por idêntico período à taxa do depósito a prazo standard. Pagamento de juros no vencimento. Mínimo de constituição/ manutenção: Máximo do depósito: Não permite reforços. Só é possível constituir este depósito (1 por conta de depósito à ordem) durante 15 dias de calendário, tomando como referência a data de aniversário do 1º titular da conta à ordem. Exclusivo para 1º titular de conta de depósitos à ordem designada de "Conta Prestige". Depósito 1 e 5 Anos Não Mobilizável: Depósito a prazo em Euros, por um prazo de 365 ou 1825 dias e pagamento de juros no final de cada período de contagem de juros (365 dias). Não permite reforços nem renovações. Mínimo de constituição: Máximo de constituição: Depósito Portugal Crescente: Depósito a prazo em Euros ou Dólares Americanos (USD), por um prazo de 1080 dias, automaticamente renovável por idêntico período. Pagamento anual de juros. Mínimo de constituição/ manutenção: 5.000, USD Máximo do depósito: , USD Não permite reforços. Depósito Estrela: Depósito a prazo em euros, pelo prazo de 183 dias, automáticamente renovável. Pagamento de juros no vencimento. Mínimo de constituição/manutenção: ou múltiplos de Montante máximo do depósito: Não admite reforços. Depósito Millennium 2 Anos: Depósito a prazo em Euros, por um prazo de 2 anos (720 dias), automaticamente renovável por idêntico período. Pagamento semestral de juros. Mínimo de constituição/ manutenção: Máximo do depósito: Depósito Já: Depósito a prazo em Euros, por um prazo de 183 dias e pagamento de juros no dia útil seguinte à data-valor de constituição. Não permite reforços nem renovações. Mínimo de constituição/ manutenção: Máximo de constituição: Depósito a Prazo Standard: Depósito a prazo em Euros, USD (Dólar Americano), CAD (Dólar Canadiano), GBP (Libra Estrelina), AUD (Dólar Australiano), CHF (Franco Suíço), JPY (Iene Japonês), NOK (Coroa Norueguesa), SEK (Coroa Sueca), ZAR (Rand África do Sul) e DKK (Coroa Dinamarquesa), por um prazo de 2 a 1825 dias e pagamento de juros no final do prazo contratado. Não permite reforços. Montante mínimo de constituição/manutenção: 500, USD 500, CAD 600, GBP 250, AUD 650, CHF 600, JPY , NOK 3.000, SEK 3.500, ZAR 3.000, DKK Depósito a Prazo Especial: Depósito a prazo em Euros, AUD (Dólares Australianos), CHF (Francos Suíços), GBP (Libras esterlinas), NOK (Coroas Norueguesas), SEK (Coroas Suecas), USD (Dólares Americanos), ZAR (Rands da África do Sul) ou CAD (Dólares Canadianos) por um prazo de 2 a 1825 dias, e pagamento de juros no final do prazo contratado. Não permite reforços. Mínimo de constituição/ manutenção: 5.000, AUD 5.000, CHF 5.000, GBP 5.000, NOK 5.000, SEK 5.000, USD 5.000, ZAR ou CAD Depósito Especial Mais: Depósito a prazo em Euros, AUD (Dólares Australianos), CHF (Francos Suíços), GBP (Libras esterlinas), NOK (Coroas Norueguesas), SEK (Coroas Suecas), USD (Dólares Americanos), ZAR (Rands da África do Sul) e CAD (Dólares Canadianos), por um prazo de 2 a 1825 dias, com pagamento de juros no final do prazo contratado. Não permite reforços. Mínimo de constituição/ manutenção: , USD , CAD , AUD , GBP , NOK , SEK , CHF , ZAR BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, SA 17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) - Pág. 1/11

4 Entrada em vigor: 12-ago CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Depósitos a prazo (cont.) Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) Regime Fiscal Depósito Renda Mensal 6 M: Depósito a prazo em Euros por um prazo de 186 dias e pagamento de juros mensal. Não permite reforços nem renovações.mínimo de constituição/ manutenção: Máximo de constituição: Depósito Renda Mensal 12 M: Depósito a prazo em Euros por um prazo de 360 dias e pagamento de juros mensal. Não permite reforços nem renovações.mínimo de constituição/ manutenção: Máximo de constituição: Depósito Renda Trimestral 6 M: Depósito a prazo em Euros por um prazo de 184 dias e pagamento de juros trimestral. Não permite reforços nem renovações.mínimo de constituição/ manutenção: Máximo de constituição: Depósito Renda Trimestral 12 M: Depósito a prazo em Euros por um prazo de 360 dias e pagamento de juros trimestral. Não permite reforços nem renovações.mínimo de constituição/ manutenção: Máximo de constituição: Depósito Net Millennium Flexível: Depósito a prazo em Euros, por um prazo de 15 a 360 dias, automaticamente renovável por idêntico prazo. Pagamento de juros no final do prazo contratado. Não permite reforços. Montante mínimo de constituição/manutenção: 250. Montante máximo do depósito: Disponível apenas em Exclusivo para Clientes Particulares e ENI's. Depósito Prestige TOP: Depósito a prazo em Euros, por um prazo de 183 dias, automaticamente renovável. Pagamento de juros no vencimento. Não permite reforços. Mínimo de constituição/ manutenção: Máximo de constituição e do depósito: Apenas é possível a constituição de um Depósito Prestige TOP por cliente e por conta de depósito à ordem. Depósito Prestige UP: Depósito a prazo em Euros, por um prazo de 183 dias, automaticamente renovável. Pagamento de juros no vencimento. Não permite reforços. Mínimo de constituição/ manutenção: Máximo de constituição e do depósito: Apenas é possível a constituição de um Depósito Prestige UP por cliente e por conta de depósito à ordem. DP Private Particulares: Aplicação Financeira em Euros (EUR), Dólares Australianos (AUD), Dólares Canadianos (CAD), Francos Suiços (CHF), Libras Esterlinas (GBP), Dólares Americanos (USD), Randes Sul-Africanos (ZAR), por prazo de 3 a 366 dias. Permite renovações. Sem mínimo de constituição. Depósito Renda Mensal Private Banking: Aplicação a prazo a 360 dias, juros mensais. Este depósito não permite reforços, não é renovável automaticamente e permite liquidações totais e parciais, com uma penalização de 100% sobre os juros. Depósito Renda Constante: Aplicação Financeira em Euros (EUR) e Dólares Americanos (USD) exclusivo da Rede Private Banking, entre 360 e 1800 dias, com pagamento de juros mensal, trimestral, semestral ou anual, de acordo com a preferência do Cliente. Depósito Millennium 92 dias 183 dias De a 7.499,99 0,100% 0,150% De 7500a ,99 0,150% 0,200% De a ,99 0,200% 0,300% De a ,99 0,300% 0,400% De a Depósito Aniversário Depósito 1 e 5 anos Não Mobilizável Depósito Estrela > > > ,400% 93 dias 0,750% 0,500% 365 dias 1825 dias 1,000% 1,250% Depósito Portugal Crescente 1º ano 2º ano 3º ano De /USD a /USD ,99 0,400% 0,600% 0,800% De /USD a /USD ,600% 0,800% 1,300% 0,100% 0,200% 0,300% 0,400% > ,000% TANB do depósito inicial e eventuais reforços determinada de acordo com o saldo apurado em 30 de setembro de Depósito automaticamente renovável à TANB mínima de 0,0001%. É permitida a mobilização antecipada, total ou parcial, a qualquer momento da vigência do depósito a prazo, com penalização de 100% sobre os juros contados sobre o montante mobilizado no respetivo prazo. É permitida a mobilização antecipada, total ou parcial, a qualquer momento da vigência do depósito a prazo, com penalização de 100% aplicada aos juros contados sobre o montante mobilizado. Não é permitida mobilização antecipada, parcial ou total, do montante aplicado durante a vigência do depósito a prazo. IRS em vigor - TANB média: 1º escalão 0,60%; 2º escalão 28% (nos 0,90%. Depósito automaticamente renovável Açores IRS à TANB mínima de 0,0001%. 22,4%) É permitida a mobilização antecipada, parcial ou total, a qualquer momento da vigência do depósito a prazo, com penalização de 100% aplicada aos juros contados sobre o montante mobilizado no respetivo período em curso. Remuneração por tranches, sendo a taxa de juro (TANB) progressivamente aplicada por parcelas até ao limite superior de cada tranche, até perfazer o montante total do depósito. A TANB média é de 0,4675% considerando que o montante depositado é o limite superior do último escalão ( ).Depósito automaticamente renovável à TANB mínima de 0,0001%. É permitida a mobilização antecipada, total ou parcial, a qualquer momento da vigência do depósito a prazo, com penalização de 100% aplicada aos juros contados sobre o montante mobilizado. BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, SA 17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) - Pág. 2/11

5 Entrada em vigor: 12-ago CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Depósitos a prazo (cont.) Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) Depósito Millennium 2 Anos De a 7.499,99 De a ,99 De a ,99 1º ano 0,050% 0,100% 0,150% 2º ano 0,150% 0,200% 0,250% De a ,99 0,200% 0,350% De a ,250% 0,400% Depósito Já 183 dias a ,250% Regime Fiscal TANB média: 1º escalão 0,100%; 2º escalão 0,150%; 3º escalão 0,200%; 4º escalão 0,275%, 5º escalão: 0,325%. Depósito automaticamente renovável à TANB mínima de 0,0001%. É permitida a mobilização antecipada, parcial ou total, a qualquer momento da vigência do depósito a prazo, com penalização de 100% aplicada aos juros contados sobre o montante mobilizado no respetivo período em curso (período de 180 dias). Não é permitida mobilização antecipada, parcial ou total, do montante aplicado durante a vigência do depósito a prazo. Depósito a Prazo Standard 2 a 183 dias 184 a 1825 dias Euros Depósito a Prazo Standard USD, CAD, GBP, AUD, NOK, ZAR e DKK CHF,JPY e SEK Depósito a Prazo Especial Euro Depósito a Prazo Especial AUD, CAD, GBP, NOK, ZAR e USD CHF e SEK Depósito Especial Mais AUD, CAD,GBP, NOK, ZAR e USD CHF e SEK Depósito Especial Mais Euro 2 a 91 dias 2 a 91 dias 0,0500% 0,1000% dias Min.:0,0001% Min.:0,0000% 92 a a a 1825 dias dias dias Taxa mín.: 0,01% dias Min.:0,0001% Min.:0,0000% dias Min.:0,0001% Min.:0,0000% 92 a 182 dias 183 a 366 dias Taxa mín.: 0,01% 367 a 1825 dias IRS em vigor - 28% (nos Açores IRS 22,4%) É permitida a mobilização antecipada, total ou parcial, a qualquer momento da vigência do depósito a prazo, com penalização de 100% aplicada aos juros contados sobre o montante desmobilizado no respetivo período em curso. BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, SA 17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) - Pág. 3/11

6 Entrada em vigor: 12-ago CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Depósitos a prazo (cont.) Depósito Renda Mensal 6 M A partir de Depósito Renda Mensal 12 M Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) 0,1000% 360 dias A partir de Taxa mín.: 0,01% Depósito Renda Trimestral 6 M A partir de Depósito Renda Trimestral 12 M A partir de Depósito Net Millennium Flexível de 250 a 7.499,99 de 15 a 92 dias 186 dias Taxa mín.: 0,01% 184 dias Taxa mín.: 0,01% 360 dias Taxa mín.: 0,01% de 93 a 183 dias 0,1000% de 184 a 273 dias 0,1000% de 274 a 360 dias 0,1000% Regime Fiscal Não é permitida mobilização antecipada, parcial ou total, do montante aplicado durante a vigência do depósito a prazo. Depósito automaticamente renovável por idêntico prazo à taxa de juro em vigor para o Depósito a Prazo Standard. de a ,99 0,1000% 0,1000% de a ,99 0,1000% 0,1000% 0,1000% 0,2000% 0,2000% 0,3000% de a ,99 0,2000% 0,3000% 0,4000% 0,5000% de a ,3000% 0,4000% 0,5000% 0,6000% Depósito Prestige TOP 183 dias Euro 0,0100% 0100% Depósito Prestige UP 183 dias IRS em vigor - 28% (nos Açores IRS 22,4%) É permitida a mobilização antecipada, parcial ou total, com penalização de 100% sobre os juros contados sobre o montante desmobilizado no respectivo período e ainda não pagos. Depósito automaticamente renovável por idêntico prazo à taxa de juro em vigor para o Depósito a Prazo Standard. É permitida a mobilização antecipada, parcial ou total, com penalização de 100% aplicada aos juros contados sobre o montante mobilizado no respectivo prazo. Depósito automaticamente renovável por idêntico prazo à taxa de juro em vigor para o Depósito a Prazo Standard. Euro 0,0100% É permitida a mobilização antecipada, parcial ou total, com penalização de 100% aplicada aos juros contados sobre o montante mobilizado no respectivo prazo. DP Private Particulares Euros - EUR 0,1875% Dólares Americanos - USD 0,0625% Randes Sul-Africanos - ZAR 4,5000% Libras Inglesas - GBP 0,1000% Dólares Canadianos - CAD 0,8750% Francos Suíços - CHF 0,0100% Dólares Australianos - AUD 1,0000% Permite liquidações parciais e totais a qualquer momento. Em caso de mobilização antecipada, a penalização a aplicar depende do prazo decorrido e incide sobre os juros do montante liquidado antecipadamente a receber. Tempo decorrido Penalização De 0% a 25% 100% De 25% a 50% 50% De 50% a 75% 20% De 75% a 100% 5% Notas (1) e (2) BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, SA 17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) - Pág. 4/11

7 Entrada em vigor: 12-ago CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Depósitos a prazo (cont.) Depósito Renda Mensal Private Banking - Euros Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) 0,1875% Regime Fiscal Permite liquidações parciais e totais a qualquer momento com penalização total de juros desde o último juro pago. Nota (2) Depósito Renda Constante Private Banking Euros - EUR 0,1875% Dólares Americanos - USD 0,0625% Permite liquidações parciais e totais desde que decorridos 50% do prazo global da operação. Enquanto não decorrer esse IRS em vigor - período o depósito não é mobilizável.em 28% (nos caso de mobilização antecipada, ocorrerá a Açores IRS penalização sobre os juros do capital 22,4%) mobilizado, no período de contagem que estiver a decorrer, de acordo com a seguinte grelha: Tempo decorrido Penalização De 0% a 25% 100% De 25% a 50% 50% De 50% a 75% 20% De 75% a 100% 5% Notas (1) e (2) Nota (2) Arredondamento da taxa de juro: na Cálculo de juros: os juros são calculados diariamente sobre o saldo. A base de cálculo dos juros é de actual/360. Taxas mínimas; o produto permite a negociação casuística de taxas BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, SA 17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) - Pág. 5/11

8 Entrada em vigor: 12-ago CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Depósitos a prazo (cont.) Regime Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) Fiscal Depósitos a taxa fixa Poupança Duodécimos: Depósito a prazo em euros, pelo prazo de 360 dias, automáticamente renovável por identico prazo. Mínimo de constituição/manutenção: 50 ou múltiplos de 50. Montante máximo de constituição: 250. Montante máximo do depósito: Reforços: entregas programadas e/ou entregas eventuais, com o mínimo de 50 ou múltiplos de 50 e o máximo de 250 por mês (mês civil). Remuneração determinada em função do saldo apurado no dia útil anterior à data de vencimento do depósito, por tranches (sendo a taxa progressivamente aplicada por parcelas de montante até ao limite superior de cada tranche, até perfazer o montante total do depósito). Disponível apenas em Poupança Objetivo: Depósito a prazo em euros, pelo prazo de 360 dias, automáticamente renovável por identico prazo. Mínimo de constituição/manutenção: 100. Montante máximo do depósito: Reforços: entregas programadas e/ou entregas eventuais a partir de 10, remuneradas à taxa de juro que estiver em vigor à data do reforço, para este mesmo depósito. Disponível apenas em Poupança Valor Portugal: Depósito a prazo em euros, pelo prazo de 360 dias, automáticamente renovável por identico prazo. Mínimo de constituição/manutenção: Montante máximo de constituição: Reforços: entregas programadas e/ou entregas eventuais, com o mínimo de 250, remuneradas à taxa de juro que estiver em vigor à data do reforço, para este mesmo depósito. Poupança Mais Portugal: Depósito a prazo em euros, pelo prazo de 360 dias, automáticamente renovável por 30 dias à taxa do depósito a prazo standard. Pagamento mensal de juros (a cada 30 dias). Mínimo de constituição/manutenção: 100. Montante máximo de constituição: Montante máximo do depósito: Entregas programadas e/ou eventuais com o mínimo de 100 e o máximo de por mês (período de 30 dias). Poupança GO: Depósito a prazo em euros, pelo prazo de 360 dias, automáticamente renovável por 90 dias à taxa do depósito a prazo standard. Pagamento trimestral de juros (a cada 90 dias). Mínimo de constituição/manutenção: 25. Montante máximo de constituição: Montante máximo do depósito: Reforços trimestrais com o mínimo de 25 e o máximo acumulado de entregas de Apenas é possível a constituição de uma Poupança GO por cliente e por conta de depósito à ordem. Poupança Frequente: Depósito a prazo em euros, pelo prazo de 360 dias, automáticamente renovável por 90 dias à taxa do depósito a prazo standard. Pagamento trimestral de juros (a cada 90 dias). Mínimo de constituição/manutenção: 25. Montante máximo de constituição: Montante máximo do depósito: Reforços trimestrais com o mínimo de 25 e o máximo acumulado de entregas de Apenas é possível a constituição de uma poupança frequente por cliente e por conta de depósito à ordem. Poupança Reforço: Depósito a prazo em euros, pelo prazo de 360 dias, automáticamente renovável por 30 dias à taxa do depósito a prazo standard. Pagamento mensal de juros (a cada 30 dias). Mínimo de constituição/manutenção: 25. Montante máximo de constituição: Montante máximo do depósito: Entregas programadas e/ou eventuais com o mínimo de 25 e o máximo de por mês (período de 30 dias). Poupança Ordenado: Depósito a prazo em euros, pelo prazo de 30 dias, automáticamente renovável por idêntico prazo. Pagamento mensal de juros (a cada 30 dias). Mínimo de constituição/manutenção: 25. Montante máximo de constituição: Montante máximo do depósito: Entregas programadas e/ou eventuais com o mínimo de 25 e o máximo de por mês (período de 30 dias). Poupança Reforço Prestige: Depósito a prazo em euros, pelo prazo de 360 dias, automáticamente renovável por 30 dias à taxa do depósito a prazo standard. Pagamento mensal de juros (a cada 30 dias). Mínimo de constituição/manutenção: 100. Montante máximo de constituição: Montante máximo do depósito: Entregas programadas e/ou eventuais com o mínimo de 100 e o máximo de por mês (período de 30 dias). Depósito exclusivo para clientes titulares de conta de depósitos à ordem designada "Conta Prestige". Poupança Ordenado Prestige: Depósito a prazo em euros, pelo prazo de 360 dias, automáticamente renovável por 30 dias à taxa do depósito a prazo standard. Pagamento mensal de juros (a cada 30 dias). Mínimo de constituição/manutenção: 100. Montante máximo de constituição: Montante máximo do depósito: Entregas programadas e/ou eventuais com o mínimo de 100 e o máximo de por mês (período de 30 dias). Depósito exclusivo para clientes titulares de conta de depósitos à ordem designada "Conta Prestige". Conta Poupança Emigrante: Aplicação financeira em Euros, USD (Dólar Americano), CAD (Dólar Canadiano), GBP (Libra Estrelina), AUD (Dólar Australiano), CHF (Franco Suíço), JPY (Iene Japonês), NOK (Coroa Norueguesa), SEK (Coroa Sueca), ZAR (Rand África do Sul) e DKK (Coroa Dinamarquesa), por um prazo de 30, 91, 181 ou 366 dias, automaticamente renovável. Esta poupança destina-se exclusivamente a Clientes Emigrantes e só pode ser alimentada com fundos provenientes do exterior. Para aplicações em Euros, prémio de permanência de 0,125% por semestre, até ao máximo acumulado de 0,5% (4 semestres), a incidir sobre a taxa de juro em vigor na data de renovação. Para aplicações em Euros constituídas por 366 dias, incide uma bonificação de 0,25% ao ano, até ao máximo acumulado de 0,5% (2 anos). Montante mínimo de constituição/manutenção: 250, USD 500, CAD 600, GBP 250, AUD 650, CHF 600, JPY , NOK 3.000, SEK 3.500, ZAR 3.000, DKK Reforços: entregas programadas com o mínimo de 50 e eventuais com o mínimo de 100. Montante mínimo de reforço nas restantes moedas: USD 50, CAD 60, GBP 25, AUD 65, CHF 60, DKK 280, JPY 5.000, NOK 300, SEK 350, ZAR 300. Conta Poupança Habitação: A Conta Poupança Habitação é uma aplicação regulamentada pelo Dec. Lei 27/2001, de 3 de Fevereiro, constituída pelo prazo de 366 dias, automaticamente renovável. Mínimo de constituição: 50. Reforços: Entregas Programadas com mín. de 25 (mensal, trimestral, semestral e anual), entregas Eventuais com mín. de 50. Conta Poupança Reformado: Aplicação financeira em Euros, pelo prazo de 181 ou 366 dias, exclusivamente destinada a Clientes em situação de reforma (velhice ou invalidez), que tenham uma reforma ou pensão mensal que não exceda, no momento da constituição, um montante igual a 3 vezes o ordenado mínimo nacional. Mínimo de constituição/manutenção: 250. Reforços: Entregas programadas com mín. de 50 (mensal, trimestral, semestral ou anual), entregas eventuais com mín. de 100. BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, SA 17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) - Pág. 6/11

9 Entrada em vigor: 12-ago CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Depósitos a prazo (cont.) Regime Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) Fiscal Conta Poupança Aforro: Depósito a prazo em euros, pelo prazo de 180 dias, automáticamente renovável (máximo de 29 renovações). Pagamento semestral de juros. Mínimo de constituição/manutenção: 25. Montante máximo do depósito: Reforços pontuais ou programados com o mínimo de 25. Poupança Prémio (fora de comercialização): Depósito a prazo em euros, pelo prazo de 360 dias, automáticamente renovável (máximo de 9 renovações). Prazo máximo do depósito: 3600 dias (10 anos). Pagamento anual de juros. Mínimo de constituição/manutenção: 10. Montante máximo do depósito: Reforços pontuais ou programados com o mínimo de 10 (o montante da constituição acrescido do reforço não pode exceder o montante máximo do depósito: ). Poupança Duodécimos 50 0,5000% > ,7500% > ,0000% > ,0000% Poupança Objetivo 0,5000% Remuneração determinada em função do saldo apurado no dia útil anterior à data de vencimento do depósito, por tranches (sendo a taxa progressivamente aplicada por parcelas de montante até ao limite superior de cada tranche, até perfazer o montante total do depósito). A TANB média é de 0,95% considerando que o montante depositado é o limite superior do último escalão ( 3.000). Depósito automaticamente renovável por idêntico prazo à taxa de juro em vigor para o Depósito a Prazo Standard. É permitida a mobilização antecipada, parcial ou total, a qualquer momento da vigência do depósito a prazo, com penalização de 100% aplicada aos juros contados sobre o montante mobilizado. IRS em vigor - 28% (nos Açores IRS 22,4%) Depósito automaticamente renovável por idêntico prazo à taxa de juro em vigor para o Depósito a Prazo Standard. É permitida a mobilização antecipada, parcial ou total, a qualquer momento da vigência do depósito a prazo, com penalização de 100% aplicada aos juros contados sobre o montante mobilizado. Poupança Valor Portugal 360 dias Renovação 0,6000% 0,3000% É permitida a mobilização antecipada, parcial ou total, a qualquer momento da vigência do depósito a prazo, com penalização de 100% sobre os juros contados sobre o montante mobilizado no respectivo período de contagem de juros em curso. BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, SA 17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) - Pág. 7/11

10 Entrada em vigor: 12-ago CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Depósitos a prazo (cont.) Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) Regime Fiscal Poupança Mais Portugal Mín.: 0,1000% Máx.: 0,1500% Aplica-se a taxa máxima sempre que, no período de contagem de juros (30 dias) anterior, houver um aumento do saldo da poupança com um mínimo de 100, excluindo o efeito da capitalização de juros. Caso contrário aplica-se a taxa mínima. É permitida a mobilização antecipada, total ou parcial, a qualquer momento da vigência do depósito a prazo, com penalização de 100% sobre os juros contados sobre o montante mobilizado no respectivo período em curso (período de 30 dias). Poupança GO Poupança Frequente Mín.: 0,1000% Máx.: 0,1500% Mín.: 0,1000% Máx.: 0,1500% IRS em vigor - 28% (nos Açores IRS 22,4%) Aplica-se a taxa máxima sempre que, no período de contagem de juros (90 dias) anterior, o Cliente adira e mantenha a Solução Millennium GO! TOP, Millennium GO! UP ou Millennium GO!. Caso contrário aplica-se a taxa mínima. É permitida a mobilização antecipada, total ou parcial, a qualquer momento da vigência do depósito a prazo, com penalização de 100% sobre os juros contados sobre o montante mobilizado no respectivo período em curso (período de 90 dias). Aplica-se a taxa máxima sempre que, no período de contagem de juros (90 dias) anterior, o Cliente adira e mantenha a Solução Cliente Frequente. Caso contrário aplica-se a taxa mínima. É permitida a mobilização antecipada, total ou parcial, a qualquer momento da vigência do depósito a prazo, com penalização de 100% sobre os juros contados sobre o montante mobilizado no respectivo período em curso (período de 90 dias). Poupança Reforço Mín.: 0,1000% Máx.: 0,1500% Aplica-se a taxa máxima sempre que, no período de contagem de juros (30 dias) anterior, houver um aumento do saldo da poupança com um mínimo de 25 excluindo o efeito da capitalização de juros. Caso contrário aplica-se a taxa mínima. É permitida a mobilização antecipada, total ou parcial, a qualquer momento da vigência do depósito a prazo, com penalização de 100% sobre os juros contados sobre o montante mobilizado no respectivo período em curso (30 dias). BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, SA 17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) - Pág. 8/11

11 Entrada em vigor: 12-ago CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Depósitos a prazo (cont.) Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) Regime Fiscal Poupança Ordenado Mín.: 0,1000% Máx.: 0,1500% IRS em vigor - 28% (nos Açores IRS 22,4%) Aplica-se a taxa máxima sempre que, no período de contagem de juros (30 dias) anterior, o Cliente receber o vencimento ou a reforma/pensão na conta de depósitos à ordem associada ao depósito, por transferência bancária codificada com código SALA ou PENS, respetivamente. Caso contrário aplica-se a taxa mínima. A partir da 12ª renovação, é aplicada a taxa de juro em vigor para os depósitos a prazo standard. É permitida a mobilização antecipada, total ou parcial, a qualquer momento da vigência do depósito a prazo, com penalização de 100% sobre os juros contados sobre o montante mobilizado no respectivo período em curso (30 dias). Poupança Reforço Prestige Mín.: 0,1000% Máx.: 0,2500% Aplica-se a taxa máxima sempre que, no período de contagem de juros (30 dias) anterior, houver um aumento do saldo da poupança com um mínimo de 100, excluindo o efeito da capitalização de juros.caso contrário aplica-se a taxa mínima. É permitida a mobilização antecipada, total ou parcial, a qualquer momento da vigência do depósito a prazo, com penalização de 100% sobre os juros contados sobre o montante mobilizado no respectivo período em curso (30 dias). BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, SA 17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) - Pág. 9/11

12 Entrada em vigor: 12-ago CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Depósitos a prazo (cont.) Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) Regime Fiscal Poupança Ordenado Prestige Mín.: 0,1000% Máx.: 0,2500% Aplica-se a taxa máxima sempre que, no período de contagem de juros (30 dias) anterior, o Cliente receber o vencimento ou a reforma/pensão na conta de depósitos à ordem associada ao depósito, por transferência bancária codificada com código SALA ou PENS, respetivamente. Caso contrário aplica-se a taxa mínima. É permitida a mobilização antecipada, total ou parcial, a qualquer momento da vigência do depósito a prazo, com penalização de 100% sobre os juros contados sobre o montante mobilizado no respectivo período em curso (30 dias). É permitida a mobilização antecipada, total Conta Poupança Emigrante - Euros ou parcial, a qualquer momento da vigência 30 dias 91 dias 181 dias 366 dias do depósito a prazo, sendo a penalização IRS em vigor - aplicável de acordo com o prazo decorrido, 28% (nos sobre os juros a receber. Açores IRS 0,1000% 0,2000% 22,4%) Tempo decorrido Penalização De 0% a 25% 100% De 25% a 50% 50% Conta Poupança Emigrante - De 50% a 75% 20% USD, CAD, GBP, AUD, NOK, ZAR e Min.:0,0001% De 75% a 100% 5% DKK CHF, JPY e SEK Min.:0,0000% Conta Poupança Habitação 0,2000% Com penalização para os outros fins não previstos nas alíneas a), b) e c) do n.º 1 do art.º 5 do Dec. Lei 27/2001 ou quando não for respeitado o prazo mínimo contratual de 1 ano de imobilização. Depende do prazo decorrido e incide sobre os juros a receber: Tempo decorrido Penalização De 0% a 25% 100% De 25% a 50% 50% De 50% a 75% 20% De 75% a 100% 5% BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, SA 17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) - Pág. 10/11

13 Entrada em vigor: 12-ago CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Depósitos a prazo (cont.) Taxa Anual Nominal Bruta (TANB) Regime Fiscal Conta Poupança Reformado 181 dias 366 dias 0,2000% 0,2000% É permitida a mobilização antecipada, total ou parcial, a qualquer momento da vigência do depósito a prazo, sendo a penalização aplicável de acordo com o prazo decorrido, sobre os juros a receber. Tempo decorrido Penalização De 0% a 25% 100% De 25% a 50% 50% De 50% a 75% 20% De 75% a 100% 5% Conta Poupança Aforro 1º semestre (180 dias) 0,1500% 2º semestre (180 dias) 0,4000% IRS em vigor - Ao 3º e restantes semestres é aplicada a 28% (nos taxa em vigor à data para o Depósito a Prazo Açores IRS Standard. 22,4%) É permitida a mobilização antecipada, parcial ou total, a qualquer momento da vigência do depósito a prazo, com penalização de 100% sobre os juros contados sobre o montante desmobilizado no respectivo período de contagem de juros em curso. Poupança Prémio Renovação 10 a 7.499,99 0,1250% a ,99 0,1875% 25000a ,99 0,2500% ,3750% É permitida a mobilização antecipada, total ou parcial, a qualquer momento da vigência do depósito a prazo, com penalização de 100% sobre os juros contados sobre o montante mobilizado. Arredondamento da taxa de juro: na Cálculo de juros: os juros são calculados diariamente sobre o saldo. A base de cálculo dos juros é de actual/360. BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, SA 17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) - Pág. 11/11

14 18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Crédito à habitação e contratos conexos Empréstimos a taxa variável Taxa Anual Nominal (TAN) Taxa Anual Efectiva (TAE) Prestação Indexada; Prestação Mínima; Crédito Não Residentes; Euribor 6 meses + Spread 1,750% a 4,250% 4,882% Prazo máximo de 40 anos (Crédito Não Residentes - 30 anos) Vide (1a) e (7) Crédito Hipotecário Crédito Deficientes Construção / Obras - Utilizações Progressivas Empréstimos a taxa fixa Crédito Habitação Taxa Fixa (3, 5 e 10 anos) Crédito Hipotecário Taxa Fixa (3, 5 e 10 anos) Euribor 6 meses + Spread 3,750% a 6,250% 0,032% 0,596% Euribor 6 meses + Spread 2,750% a 5,250% 6,960% 5,052% (2,050% a 5,850%) 5,095% (4,050% a 7,850%) 7,197% Prazo máximo de 40 anos Vide (2) e (7) Prazo máximo de 35 anos Vide (3) e (7) Prazo máximo de 40 anos Vide (4) e (7) Prazo máximo Crédito Habitação 40 anos (Crédito Não Residentes - 30 anos) Vide (7) e (8) Prazo máximo de 40 anos Vide (7) e (9) Crédito Sinal 8,000% 8,331% Operações de taxa variável Leasing Imobiliário Euribor a 6 meses + Spread 4,500% a 20,000% 10,700% Prazo máximo de 1 ano Vide (5) e (7) Prazo até 120 meses Vide (6) e (7) Nota Geral As taxas apresentadas são representativas. Arredondamento da taxa de juro: à milésima, quando a 4ª casa decimal é igual ou superior a cinco, o arredondamento é feito por excesso, quando a 4ª casa decimal é inferior a cinco, o arredondamento é feito por defeito. Base de cálculo de juros: 30 / 360 dias. As TAE são calculadas com todos os encargos incluídos, nomeadamente seguros obrigatórios (de acordo com o Decreto-Lei nº 220/94). Nota (1a) TAE calculada com base numa TAN de 4,299%, para o Produto Prestação Indexada com base na Euribor 6 meses de julho de ,049% - e spread de 4,250%, para um empréstimo padrão de Euros a 30 anos, para 1 titular com 30 anos de idade e rácio financiamento/garantia de 80%. Os spreads apresentados são definidos mediante o risco do Cliente, e as características dos produtos, para uma relação financiamento garantia inferior ou igual a 80%. Nota (2) TAE calculada com base numa TAN de 6,299%, para o Produto Crédito Complementar Prestação Indexada com base na Euribor 6 meses de julho de ,049% - e spread de 6,250%, para um empréstimo padrão de Euros a 30 anos, para 1 titular com 30 anos de idade e rácio financiamento/garantia de 80%. Os spreads apresentados são definidos mediante o risco do Cliente, e as características dos produtos, para uma relação financiamento garantia inferior ou igual a 80%. Nota (3) TAE calculada com base numa TAN de 0,032%, para o Produto Crédito Deficientes, para um empréstimo padrão de Euros a 30 anos, para 1 titular com 30 anos de idade e rácio financiamento/garantia de 80%. A taxa de juro a cargo do Cliente é 65% da taxa de refinanciamento do Banco Central Europeu. Para efeitos contratuais e de registo é considerada uma taxa nominal de 6%. Nota (4) TAE calculada com base numa TAN de 4,299%, para o Produto Prestação Indexada com base na Euribor 6 meses de julho de ,049% - e spread de 4,250%, para um empréstimo padrão de Euros a 30 anos, para 1 titular com 30 anos de idade e rácio financiamento/garantia de 80%. Os spreads apresentados são definidos mediante o risco do Cliente, e as características dos produtos, para uma relação financiamento garantia inferior ou igual a 80%. Durante o período de construção ou obras (utilizações progressivas) o spread é acrescido em 1% e há lugar apenas ao pagamento de juros. Nota (5) Nota (6) TAE calculada com base numa TAN de 8,000%, para o Produto Crédito Sinal para um empréstimo padrão de Euros, pelo prazo de 1 ano, para 1 titular com 30 anos de idade. Empréstimo com pagamento só de juros. TAE calculada com base numa TAN de 9,424% (média da Euribor a 6 meses de julho de ,049% - e spread de 9,375%), para um crédito de Euros a 120 meses, entrada inicial de 20% e valor residual de 2%, LTV 80%. BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, SA 18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) - Pág. 1/11

15 18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Nota (7) Nota (8) Nota (9) Regime fiscal aplicável: Contratos de leasing imobiliário: isenção de IVA sobre o valor das rendas e comissões salvo se solicitada a renúncia à isenção do imposto. Empréstimos que se destinem a Habitação Própria Permanente e Secundária independentemente da finalidade e do Regime de Crédito: Isenção do Imposto do Selo sobre os Juros. Crédito Complementar simultâneo ou posterior ao Crédito Habitação: Imposto do Selo s/ Juros (Art.º da TGIS) atualmente 4%. TAE calculada com base numa TAN de 4,850% para o Produto Taxa Fixa a 5 anos e numa TAN de 4,299% para o prazo remanescente do empréstimo ( Euribor 6 meses de julho de ,049% - e spread de 4,250%), para um empréstimo padrão de Euros a 30 anos, para 1 titular com 30 anos de idade e rácio financiamento/garantia de 80%. As taxas apresentadas são definidas mediante o risco do Cliente, e as características dos produtos, para uma relação financiamento garantia inferior ou igual a 80%. No crédito complementar simultâneo ao Crédito Habitação, o spread é acrescido de 2% face ao spread da operação de aquisição. O valor da taxa de juro nominal fixa aplicável ao contrato durante o período de fixação de taxa, resulta da soma de uma parcela base determinada pelo Millennium bcp mensalmente, e em vigor no momento da celebração do contrato de crédito, e do spread de 4,250%. TAE calculada com base numa TAN de 6,850% para o Produto C. HipotecárioTaxa Fixa a 5 anos e numa TAN de 6,299% para o prazo remanescente do empréstimo ( Euribor 6 meses de julho de ,049% - e spread de 6,250%), para um empréstimo padrão de Euros a 30 anos, para 1 titular com 30 anos de idade e rácio financiamento/garantia de 80%. As taxas apresentadas são definidas mediante o risco do Cliente, e as características dos produtos, para uma relação financiamento garantia inferior ou igual a 80%. O valor da taxa de juro nominal fixa aplicável ao contrato durante o período de fixação de taxa, resulta da soma de uma parcela base determinada pelo Millennium bcp mensalmente, e em vigor no momento da celebração do contrato de crédito, e do spread de 6,250%. BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, SA 18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) - Pág. 2/11

16 18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Crédito pessoal Empréstimos a taxa variável Crédito M Exclusive Crédito M Consolidação Taxa Indexada Empréstimos a taxa fixa Crédito M Total Taxa Anual Nominal (TAN) Euribor a 6 meses + spread de 4,500% a 10,000% Euribor a 6 meses + spread 11,500% a 12,000% 7,900% a 11,500% Crédito M Suave 7,900% a 11,500% Taxa Anual Efectiva Global (TAEG) 12,1% 14,0% 13,7% 13,7% Crédito M Exclusive 6,500% a 11,500% 12,0% Crédito M Leve 12,000% a 13,000% 14,9% Crédito M Consolidação Taxa Fixa 11,500% a 13,000% 15,1% Crédito M Express 7,500% a 10,500% 14,5% Crédito M Express Exclusive 6,500% a 10,500% 14,5% Crédito M Samsung Galaxy 12,000% 14,6% Prazo máximo de 8 anos Vide Prazo máximo de 8 anos Vide Nota (2) Prazo máximo de 8 anos Vide Nota (3) Prazo máximo de 8 anos Vide Nota (4) Prazo máximo de 8 anos Vide Nota (5) Prazo máximo de 5 anos Vide Nota (6) Prazo máximo de 8 anos Vide Nota (7) Prazo máximo de 6 meses Vide Nota (8) Prazo máximo de 6 meses Vide Nota (9) Prazo máximo de 17 meses Vide Nota (10) Nota Geral As taxas apresentadas são representativas. As TAEG são calculadas com todos os encargos incluídos (de acordo com o Decreto-Lei nº 133/2009 e Instrução 11/2009 do Banco de Portugal), nomeadamente comissão de dossier (quando aplicável), comissão de processamento de prestação (quando aplicável), Imposto do Selo pela utilização do crédito e sobre os juros e comissões. Arredondamento da taxa de juro: arredondamento à milésima, sendo tal arredondamento feito por excesso quando a quarta casa decimal for igual ou superior a 5 e por defeito, quando a quarta casa decimal for inferior a cinco. Base de cálculo de juros: 30 / 360 dias. Regime fiscal aplicável: Imposto do Selo s/ Juros (Art.º da TGIS) actualmente 4%. Nota (2) Nota (3) Nota (4) Nota (5) Nota (6) Nota (7) Nota (8) Nota (9) Nota (10) TAEG calculada com base numa TAN de 10,049% - Euribor a 6 meses (média aritmética simples das cotações diárias do mês anterior ao periodo de contagem de juros, que para este exemplo foi o mês de julho de ,049% - com arredondamento à milésima mais próxima, na base de 360) + spread de 10,000%, para um crédito de Euros a 84 meses. TAEG calculada com base numa TAN de 12,049% - Euribor a 6 meses (média aritmética simples das cotações diárias do mês anterior ao periodo de contagem de juros, que para este exemplo foi o mês de julho de ,049% - com arredondamento à milésima mais próxima, na base de 360) + spread de 12,000%, para um crédito de Euros a 84 meses. TAEG calculada com base numa TAN de 10,000% no primeiro ano e de 11,500% nos restantes, para um crédito de a 84 meses. TAEG calculada com base numa TAN de 10,000% no primeiro ano e de 11,500% nos restantes, para um crédito de a 84 meses, com uma redução da prestação de 20% por 12 meses. TAEG calculada com base numa TAN de 10,000% (taxa representativa), para um crédito de a 84 meses. Obriga a penhor de aplicação financeira. TAEG calculada com base numa TAN de 13,000%, para um crédito de a 60 meses. TAEG calculada com base numa TAN de 13,000%, para um crédito de a 84 meses. TAEG calculada com base numa TAN de 10,500%, para um crédito de a 6 meses. TAEG calculada com base numa TAN de 10,500%, para um crédito de a 6 meses. Obriga a penhor de aplicação financeira. TAEG calculada com base numa TAN de 12,000%, para um crédito de 599,90 a 17 meses. BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, SA 18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) - Pág. 3/11

17 18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Crédito pessoal (cont.) Operações de taxa variável Leasing Equipamento Taxa Anual Nominal (TAN) Euribor a 6 meses + Spread 4,500% Taxa Anual Efectiva Global (TAEG) 5,3% Outras Prazos até 60 meses Nota 1 Nota Geral As taxas apresentadas são representativas. As TAEG são calculadas com todos os encargos incluídos (de acordo com o Decreto-Lei nº 133/2009 e Instrução 11/2009 do Banco de Portugal), nomeadamente comissão de dossier (quando aplicável), comissão de processamento de prestação (quando aplicável), Imposto do Selo pela utilização do crédito e sobre os juros e comissões. Arredondamento da taxa de juro: à milésima, quando a 4ª casa decimal é igual ou superior a cinco, o arredondamento é feito por excesso, quando a 4ª casa decimal é inferior a cinco, o arredondamento é feito por defeito. Base de cálculo de juros: 30 / 360 dias. Regime fiscal aplicável nos contratos de leasing equipamento: incide IVA à taxa legal em vigor sobre o valor das rendas e comissões. Nota 1 TAEG calculada com base numa TAN de 4,549% (média da euribor a 6 meses base 360 de julho de 2015 de 0,049% e spread de 4,500%), para um crédito de Euros a 60 meses, entrada inicial de 20% e valor residual de 2% Crédito automóvel Taxa Anual Nominal (TAN) Operações de taxa variável viaturas novas Euribor a 6 meses + Leasing Automóvel Spread 3,600% a 5,100% Euribor a 6 meses + Crediauto Spread 7,000% a 8,500% Taxa Anual Efectiva Global (TAEG) 6,3% 10,2% Prazos até 84 meses Vide (1a) e (2) Prazos até 84 meses Vide (1b) e (2) Nota Geral As taxas apresentadas são representativas. As TAEG são calculadas com todos os encargos incluídos (de acordo com o Decreto-Lei nº 133/2009 e Instrução 11/2009 do Banco de Portugal), nomeadamente comissão de dossier (quando aplicável), comissão de processamento de prestação (quando aplicável), Imposto do Selo pela utilização do crédito e sobre os juros e comissões. Base de cálculo de juros: 30 / 360 dias. Arredondamento da taxa de juro: à milésima, quando a 4ª casa decimal é igual ou superior a cinco, o arredondamento é feito por excesso, quando a 4ª casa decimal é inferior a cinco, o arredondamento é feito por defeito. Nota (1a) Nota (1b) Nota (2) TAEG calculada com base numa TAN de 5,149% (média da euribor a 6 meses base 360 de julho de 2015 de 0,049% e spread de 5,100%), para um crédito de Euros a 60 meses, entrada inicial de 10% e valor residual de 2%. TAEG calculada com base numa TAN de 8,549% (média da euribor a 6 meses base 360 de julho de 2015 de 0,049% e spread de 8,500%, para um crédito de Euros a 60 meses, entrada inicial de 10%. Regime fiscal aplicável nos contratos de leasing automóvel: incide IVA à taxa legal em vigor sobre o valor das rendas e comissões. Regime fiscal aplicável nos contratos de crediauto: Imposto do Selo s/ Juros (Art.º da TGIS) actualmente 4% BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, SA 18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) - Pág. 4/11

18 18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Linhas de crédito e contas correntes Empréstimos a taxa variável 1. Conta Corrente Taxa Anual Nominal (TAN) Euribor a 6 meses + Spread 9,000% a 12,000% Taxa Anual Efectiva Global (TAEG) 16,3% Outras Prazo até 1 ano renovável Nota 1 Nota Geral As taxas apresentadas são representativas. As TAEG são calculadas com todos os encargos incluídos (de acordo com o Decreto-Lei nº 133/2009 e Instrução 11/2009 do Banco de Portugal), nomeadamente comissão de organização, Imposto do Selo pela utilização do crédito e sobre os juros e comissões. Arredondamento da taxa de juro: à milésima. Quando a 4ª casa decimal é igual ou superior a 5, o arredondamento é feito por excesso; quando a 4ª casa decimal é inferior a 5, o arredondamento é feito por defeito. Base de cálculo de juros: Atual / 360 dias. Regime fiscal aplicável: Acresce Imposto do Selo de 4% sobre os juros (Artº da TGIS); Acresce Imposto do Selo sobre a utilização do crédito: 0,07% (Art.º da TGIS) s/ a média mensal do crédito utilizado. Nota 1 TAEG calculada com base numa TAN de 11,049% - Euribor a 6 meses (o indexante resulta da média aritmética simples das cotações diárias do mês anterior a cada período de contagem de juros, com arredondamento à milésima mais próxima, que para este exemplo foi o mês de julho de ,049% - na base 360) e spread de 11,000% (taxa representativa), para uma Conta Corrente Caucionada com um limite de , totalmente utilizada. BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, SA 18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) - Pág. 5/11

19 18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Descobertos bancários Taxa Anual Nominal (TAN) Descoberto bancário associado a contas de depósito Facilidade de Descoberto/Descoberto Autorizado Conta Ordenado/ Conta Acordo Comercial Empresa/ Conta Standard Prestige 16,000% Taxa Anual Efectiva Global (TAEG) 18,0% Pagamento mínimo: 0,01 Nota (1a) Conta 18-23/ Conta Sénior/ Conta Millennium/ Conta Cartão/ Conta Emigrante/ Conta Herança Indivisa/ Conta Millenniumbcp Microcrédito/ Conta Recheio Particulares/ Conta U/ Conta Massa Insolvente 16,000% 18,9% Pagamento mínimo: 10,00 Nota (1a) Conta Prestige 16,000% 18,0% Pagamento mínimo: 0,01 Nota (1a) Conta Standard Private Banking 15,000% 16,8% Sem pagamento mínimo Nota (1a) Descoberto Contratado Euribor a 6 meses + Spread 9,000% a 12,000% 17,9% Prazo até 1 ano, renovável Nota (1b) Taxa Anual Nominal (TAN) Taxa Anual Efectiva (TAE) Ultrapassagem de crédito/ Descoberto Não Autorizado Conta 18-23/ Conta Sénior/ Conta Millennium/ Conta Cartão/ Conta Emigrante/ Conta Herança Indivisa/ Conta Millenniumbcp Microcrédito/ Conta Recheio Particulares/ Conta U/ Conta Standard Prestige/ Conta Massa Insolvente/ Conta Clientes - Advogado/ Conta Clientes - Mediador de Seguros/ Conta Prestige/ Conta Cliente de Solicitador/ Conta Ordenado/ Conta Acordo Comercial Empresa. 19,000% n.a. Pagamento mínimo: 0,01 Nota (4) Conta Standard Private Banking 15,000% n.a. Sem pagamento mínimo Nota Geral As taxas apresentadas são representativas. Nota (1a) TAEG calculada com base na TAN apresentada, com reembolso mensal. As TAEG são calculadas com todos os encargos incluídos, nomeadamente seguros obrigatórios (de acordo com o Decreto-Lei nº 133/2009 e Instrução 11/2009 do Banco de Portugal). Nota (1b) Nota (2) Nota (3) Nota (4) TAEG calculada com base numa TAN de 11,049% - Euribor a 6 meses (o indexante resulta da média aritmética simples das cotações diárias do mês anterior a cada período de contagem de juros, com arredondamento à milésima mais próxima, que para este exemplo foi o mês de julho de ,049% - na base 360) e spread de 11,000% (taxa representativa), para um Descoberto Contratado com um limite de , totalmente utilizado. Comissões por descoberto bancário: consultar Secção 2.5. Descobertos bancários Cálculo de juros: saldo devedor diário x Taxa de Juro/ 360 (Calculados diariamente sobre o saldo valor de final de dia. O débito ocorre no final do mês. A base de cálculo dos juros é de actual/360. Não há arredondamento da taxa de juro.) Regime fiscal aplicável: Imposto do Selo art % calculado sobre os juros Há ainda lugar ao débito do I.S. (art ) de 0,04% referente ao descoberto bancário, calculado sobre a média mensal obtida através da soma dos saldos em dívida apurados diariamente durante o mês e divididos por 30, não indicado. A denominação adoptada no Millenniumbcp é de "Juros Devedores" Conta 18-23, Conta Sénior, Conta Millennium, Conta Emigrante, Conta Standard Prestige, Conta Prestige: para contas de depósito à ordem em moeda diferente de Euros o pagamento mínimo de juros devedores corresponde ao valor equivalente na respectiva moeda. BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, SA 18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) - Pág. 6/11

20 18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) Cartões de crédito Taxa Anual Nominal (TAN) Taxa Anual Efectiva Global (TAEG) Millennium bcp GO! (a) 22,500% 22,4% (1a) Millennium bcp GO! (b) 19,200% 18,9% (1b) Millennium bcp Classic: MasterCard e Visa (a) 24,500% 24,5% (1a) Millennium bcp Classic: MasterCard e Visa (b) 14,800% 16,0% (1b) Gémeo Millennium bcp Classic (a) MasterCard e Visa + American Express 24,500% 24,5% (1a) Gémeo Millennium bcp Classic (b) MasterCard e Visa + American Express Gémeo Millennium bcp Gold (a) MasterCard e Visa + American Express Gémeo Millennium bcp Gold (b) MasterCard e Visa + American Express Prestige Security: MasterCard e Visa (a) Prestige Security (Programa Prestige) (b) MasterCard e Visa Visa Gold Private Banking (a) Visa Gold Private Banking (b) 14,800% 16,0% (1b) 24,500% 24,5% (1a) 13,100% 17,3% (1b) 23,900% 23,8% (1a) 14,600% 19,0% (1b) 19,900% 19,7% (1a) 13,000% 19,0% (1b) Blue da American Express (a) 22,500% 22,4% (1a) Blue da American Express (b) 19,200% 18,9% (1b) American Express Green (a) 24,000% 23,9% (1a) American Express Green (b) 15,500% 19,0% (1b) American Express Gold (a) 24,000% 23,9% (1a) American Express Gold (b) 15,900% 19,0% (1b) American Express Prestige Black (a) 24,000% 23,9% (1a) American Express Prestige Black (b) 14,600% 19,0% (1b) American Express Platinum (a) 24,000% 23,9% (1a) American Express Platinum (b) 15,500% 19,0% (1b) TAP Platinum American Express (a) 24,000% 23,9% (1a) TAP Platinum American Express (b) 12,800% 19,0% (1b) Gémeo TAP Classic (a) Visa + American Express 24,000% 23,9% (1a) Gémeo TAP Classic (b) Visa + American Express 13,300% 19,0% (1b) Gémeo TAP Gold (a) Visa + American Express 24,000% 23,9% (1a) Gémeo TAP Gold (b) Visa + American Express 15,700% 19,0% (1b) Ordem dos Advogados (a) American Express 24,000% 23,9% (1a) Ordem dos Advogados (b) American Express 15,500% 19,0% (1b) Ordem dos Engenheiros (a) American Express 24,000% 23,9% (1a) Ordem dos Engenheiros (b) American Express 15,500% 19,0% (1b) BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, SA 18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) - Pág. 7/11

Taxa Anual Nominal (TAN) Euribor 6 meses + Spread 1,750% a 4,250% Euribor 6 meses + Spread 3,750% a 6,250% 0,032% 0,596% Euribor 6 meses +

Taxa Anual Nominal (TAN) Euribor 6 meses + Spread 1,750% a 4,250% Euribor 6 meses + Spread 3,750% a 6,250% 0,032% 0,596% Euribor 6 meses + 18.1. Crédito à habitação e contratos conexos Empréstimos a taxa variável Taxa Anual Efectiva (TAE) Prestação Indexada; Prestação Mínima; Crédito Não Residentes; Spread 1,750% a 4,250% 4,939% Prazo máximo

Leia mais

Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO - EUROPA, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor:

Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO - EUROPA, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO - EUROPA, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 1-jul-15 O Preçário completo do Banco Privado Atlântico Europa, S.A., contém o Folheto

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 01-DEZ-2014 FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros s 17. CONTAS DE DEPÓSITO 19. CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. Depósitos à ordem 19.1. Depósitos à ordem 17.2. Depósitos a prazo

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 01-DEZ-2014 FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros s 17. CONTAS DE DEPÓSITO 19. CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. Depósitos à ordem 19.1. Depósitos à ordem 17.2. Depósitos a prazo

Leia mais

Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL

Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL Instituição de Crédito com sede em território nacional, de acordo com o previsto no Geral das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras Consulte o FOLHETO

Leia mais

Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL

Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL Instituição de Crédito com sede em território nacional, de acordo com o previsto no Geral das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras Consulte o FOLHETO

Leia mais

Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL

Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL Instituição de Crédito com sede em território nacional, de acordo com o previsto no Geral das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras Consulte o FOLHETO

Leia mais

Preçário. Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas de Crédito Agrícola Mútuo

Preçário. Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas de Crédito Agrícola Mútuo Preçário CAIXA CENTRAL - CAIXA CENTRAL DE CRÉDITO AGRICOLA MÚTUO, CRL E CAIXAS DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO DO SISTEMA INTEGRADO DO CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas

Leia mais

Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL

Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL Preçário CAIXA ECONÓMICA MONTEPIO GERAL Instituição de Crédito com sede em território nacional, de acordo com o previsto no Geral das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras Consulte o FOLHETO

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. Depósitos à ordem 19.1. Depósitos à ordem 17.2. Depósitos a prazo 19.2. Depósitos a prazo

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. Depósitos à Ordem 19.1. Depósitos à Ordem 17.2. Depósitos a Prazo 19.2. Depósitos a Prazo

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. Depósitos à ordem 19.1. Depósitos à ordem 17.2. Depósitos a prazo 19.2. Depósitos a prazo

Leia mais

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE)

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) 18.1. Crédito à habitação e contratos conexos Empréstimos a taxa variável Taxa Anual Efectiva (TAE) Crédito Habitação - Residentes (Aquisição, Construção, Obras e Transferências RG) Spread 3,60% a 5,95%

Leia mais

Preçário DEUTSCHE BANK AG, SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário DEUTSCHE BANK AG, SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário DEUTSCHE BANK AG, SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do Deutsche Bank AG, Sucursal em Portugal,

Leia mais

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Entrada em vigor: 01-outubro-2015

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Entrada em vigor: 01-outubro-2015 Preçário BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 01-outubro-2015 O Preçário completo do NOVO BANCO, S.A., contém o Folheto de Comissões e

Leia mais

ST. GALLER KANTONALBANK AG - SUCURSAL EM PORTUGAL

ST. GALLER KANTONALBANK AG - SUCURSAL EM PORTUGAL FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 CONTAS DE DEPÓSITO 17.2. Depósitos a prazo 19.2. Depósitos a prazo 18 OPERAÇÕES DE CRÉDITO 20 OPERAÇÕES DE CRÉDITO

Leia mais

HYPOSWISS PRIVATE BANK GENEVE, SA - SUCURSAL EM PORTUGAL

HYPOSWISS PRIVATE BANK GENEVE, SA - SUCURSAL EM PORTUGAL FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 CONTAS DE DEPÓSITO 17.2. Depósitos a prazo 19.2. Depósitos a prazo 18 OPERAÇÕES DE CRÉDITO 20 OPERAÇÕES DE CRÉDITO

Leia mais

Preçário IBERCAJA BANCO, S.A. - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 11-06-2015

Preçário IBERCAJA BANCO, S.A. - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 11-06-2015 Preçário IBERCAJA BANCO, S.A. - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 11-06-2015 Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo

Leia mais

4,567% 35, Arrendamento: 20 anos). Ver Nota (1) Crédito Habitação Regime Deficientes Civis - 0,739% 5,641%

4,567% 35, Arrendamento: 20 anos). Ver Nota (1) Crédito Habitação Regime Deficientes Civis - 0,739% 5,641% 18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (CLIENTES PARTICULARES) FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 7setembro2015 18.1. Crédito à Habitação e Contratos Conexos [18.1.20150923.08] Empréstimos em Taxa Variável Crédito

Leia mais

Preçário BANQUE PRIVEE ESPIRITO SANTO, SA - SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS

Preçário BANQUE PRIVEE ESPIRITO SANTO, SA - SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS Preçário BANQUE PRIVEE ESPIRITO SANTO, SA - SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 01-Set-2014 O Preçário completo

Leia mais

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Entrada em vigor: 17-agosto-2015

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Entrada em vigor: 17-agosto-2015 Preçário BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 17-agosto-2015 O Preçário completo do NOVO BANCO DOS AÇORES, contém o Folheto de Comissões

Leia mais

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE)

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) 18.1. Crédito à habitação e contratos conexos Empréstimos a taxa variável Taxa Anual Efectiva (TAE) Crédito Habitação (Aquisição, Construção, Obras e Transferências RG) Euribor 3M ou 6M + Spread 2,50%

Leia mais

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE)

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) 18.1. Crédito à habitação e contratos conexos Taxa Anual Efectiva (TAE) Empréstimos a taxa variável Crédito Habitação (Aquisição, Construção, Obras e Transferências RG) Euribor 6M + Spread 1,75% a 4,60%

Leia mais

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Entrada em vigor: 17-agosto-2015

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Entrada em vigor: 17-agosto-2015 Preçário BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 17-agosto-2015 O Preçário completo do NOVO BANCO, S.A., contém o Folheto de Comissões e

Leia mais

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE)

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) 18.1. Crédito à habitação e contratos conexos CH e associados Taxa Indexada - Euribor 12m Multiopções associados Taxa Indexada - Euribor 12m Euribor 12m + Spread 1,95% a 5,80% Euribor 12m + Spread 2,95%

Leia mais

BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. 1. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) Entrada em vigor: 21-out-2015 (ÍNDICE) 1.1. Depósitos à ordem

BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. 1. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) Entrada em vigor: 21-out-2015 (ÍNDICE) 1.1. Depósitos à ordem 1.1. Depósitos à ordem Comissões Euros (Mín/Máx) Valor Anual Imposto 1ª Conta: O único titular é o menor que deverá ter entre 0 e 13 anos de idade; montante mínimo de abertura: 50 (ou equivalente noutra

Leia mais

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Entrada em vigor: 01-fevereiro-2016

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Entrada em vigor: 01-fevereiro-2016 Preçário BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 01-fevereiro-2016 O Preçário completo do NOVO BANCO DOS AÇORES, contém o Folheto de Comissões

Leia mais

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do BANCO PRIMUS, SA, contém o Folheto de e Despesas (que incorpora

Leia mais

Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO. Instituição Financeira Bancária TABELA DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 8 de Janeiro 2015

Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO. Instituição Financeira Bancária TABELA DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 8 de Janeiro 2015 Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO Instituição Financeira Bancária TABELA DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 8 de Janeiro 2015 O Preçário pode ser consultado nos balcões e locais de atendimento ao

Leia mais

BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. 20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE) Entrada em vigor: 06-jan-2016

BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. 20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE) Entrada em vigor: 06-jan-2016 20.1. Linhas de crédito e contas correntes Taxa Anual Nominal (TAN) Empréstimos a taxa variável (as contas correntes incluem as Contas Correntes com Gestão de Cheques e as Contas Correntes Hipotecárias).

Leia mais

Preçário. Banco Português de Gestão, S.A. Instituição Bancária FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 17-jul-2015

Preçário. Banco Português de Gestão, S.A. Instituição Bancária FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 17-jul-2015 Preçário Banco Português de Gestão, S.A. Instituição Bancária FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário pode ser consultado nos balcões e locais de atendimento ao público do Banco Português de Gestão

Leia mais

Preçário. Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas de Crédito Agrícola Mútuo

Preçário. Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas de Crédito Agrícola Mútuo Preçário CAIXA CENTRAL - CAIXA CENTRAL DE CRÉDITO AGRICOLA MÚTUO, CRL E CAIXAS DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO DO SISTEMA INTEGRADO DO CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas

Leia mais

Preçário BANCO DO BRASIL AG - SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO DO BRASIL AG - SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO DO BRASIL AG - SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do Banco do Brasil AG Sucursal em Portugal,

Leia mais

Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO. Instituição Financeira Bancária TABELA DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 2 de Outubro 2015

Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO. Instituição Financeira Bancária TABELA DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 2 de Outubro 2015 Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO Instituição Financeira Bancária TABELA DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 2 de Outubro 2015 O Preçário pode ser consultado nos balcões e locais de atendimento ao

Leia mais

Preçário. Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas de Crédito Agrícola Mútuo

Preçário. Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas de Crédito Agrícola Mútuo Preçário CAIXA CENTRAL - CAIXA CENTRAL DE CRÉDITO AGRICOLA MÚTUO, CRL E CAIXAS DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO DO SISTEMA INTEGRADO DO CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas

Leia mais

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do BANCO PRIMUS, SA, contém o Folheto de e Despesas (que incorpora

Leia mais

Preçário. Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas de Crédito Agrícola Mútuo

Preçário. Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas de Crédito Agrícola Mútuo Preçário CAIXA CENTRAL - CAIXA CENTRAL DE CRÉDITO AGRICOLA MÚTUO, CRL E CAIXAS DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO DO SISTEMA INTEGRADO DO CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO Caixa Central de Crédito Agricola Mútuo e Caixas

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. Depósitos à ordem 19.1. Depósitos à ordem 17.2. Depósitos a prazo 18 OPERAÇÕES DE CRÉDITO

Leia mais

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do BANCO PRIMUS, SA, contém o Folheto de Comissões e Despesas

Leia mais

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor do Folheto de e Despesas: 01-set-2015 Data de Entrada em vigor do

Leia mais

17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE)

17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) 17.1. Depósitos à ordem Contas de Depósitos à Ordem Produtos em comercialização - Conta Standard - Maxi-Conta Superior a 0 euros Até 2.500,00 Euros De 2.500,00 Euros a 5.000,00 Euros De 5.000,00 Euros

Leia mais

19. CONTAS DE DEPÓSITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE)

19. CONTAS DE DEPÓSITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE) 19.1. Depósitos à ordem Contas de Depósitos à Ordem Conta Clássica Até 14.960,00 0,000% Superior a 14.960,00 0,000% Conta Gestão Tesouraria Banif Rendimento >= 2.500 Conta Condomínio 0,500% Superior a

Leia mais

Preçário DEUTSCHE BANK AG, SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário DEUTSCHE BANK AG, SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário DEUTSCHE BANK AG, SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do Deutsche Bank AG, Sucursal em Portugal,

Leia mais

Preçário. Banco BAI Europa, S.A. Instituição de Crédito com sede em Portugal. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário. Banco BAI Europa, S.A. Instituição de Crédito com sede em Portugal. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário Banco BAI Europa, S.A. Instituição de Crédito com sede em Portugal Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 01-Jun-2015 O Preçário completo do Banco BAI Europa, S.A.contém

Leia mais

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) - FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 07-Setembro-2015 20.1. Linhas de Crédito e Contas Correntes

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) - FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 07-Setembro-2015 20.1. Linhas de Crédito e Contas Correntes 20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) - FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 07-Setembro-2015 20.1. Linhas de Crédito e Contas Correntes [20.1.20150902.12] Empréstimos a taxa variável Taxa Anual

Leia mais

Preçário BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 22-dez-2015

Preçário BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 22-dez-2015 Preçário BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 22-dez-2015 Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 03-fev-2016

Leia mais

Com a domiciliação de um ordenado superior a 350 /mês passa a ter a possibilidade de aceder a:

Com a domiciliação de um ordenado superior a 350 /mês passa a ter a possibilidade de aceder a: O seu contacto no Millennium bcp: Sucursal: EVORA MURALHA Nome: Luís Rosado Telefone: 266009530 Para si que tem o seu Ordenado no Millennium bcp! S.Ser.Trab.Camara Municipal Evora e o Millennium bcp prepararam

Leia mais

17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE)

17. CONTAS DE DEPÓSITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) 17.1. Depósitos à ordem Contas de Depósitos à Ordem Conta Clássica Superior a 0 euros 0,000% Conta Excellence De 5.000,00 até 24.999,99 0,150% De 25.000,00 até 49.999,99 0,250% Superior a 50.000,00 0,500%

Leia mais

São condições para colaboradores de empresas aderentes e que merecem partilhar as conquistas da sua empresa.

São condições para colaboradores de empresas aderentes e que merecem partilhar as conquistas da sua empresa. São condições para colaboradores de empresas aderentes e que merecem partilhar as conquistas da sua empresa. Com a domiciliação de um ordenado superior a 350 /mês passa a ter acesso a um vasto conjunto

Leia mais

Tabela de Taxas de Juro. Anexo II. Instituição Financeira Bancaria com Sede em Território Nacional. Entrada em vigor: 26 de Outubro de 2015

Tabela de Taxas de Juro. Anexo II. Instituição Financeira Bancaria com Sede em Território Nacional. Entrada em vigor: 26 de Outubro de 2015 Anexo II Instituição Financeira Bancaria com Sede em Território Nacional Entrada em vigor: 26 de Outubro de 2015 Preçário pode ser consultado nas Agências e locais de atendimento ao público do Banco Keve

Leia mais

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE)

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE) 20.1. Linhas de crédito e contas correntes Empréstimos a taxa variável Conta Corrente Caucionada Conta Corrente Caucionada IVA Advance Conta Gestão de Tesouraria Linha Banif FEI PME Euribor 1M, 3M, 6M,

Leia mais

Preçário UNION DE CREDITOS INMOBILIARIOS, S.A., EFC - SUCURSAL EM PORTUGAL

Preçário UNION DE CREDITOS INMOBILIARIOS, S.A., EFC - SUCURSAL EM PORTUGAL Preçário UNION DE CREDITOS INMOBILIARIOS, S.A., EFC - SUCURSAL EM INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO COM SEDE EM ESTADO-MEMBRO DA UNIÃO EUROPEIA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO

Leia mais

Preçário BANIF - BANCO DE INVESTIMENTO, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANIF - BANCO DE INVESTIMENTO, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANIF BANCO DE INVESTIMENTO, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do Banif Banco de Investimento, SA contém o Folheto

Leia mais

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO PRIMUS, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor do Folheto de e Despesas: 20-abr-2015 Data de Entrada em vigor do

Leia mais

Preçário BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 01-out-2015

Preçário BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 01-out-2015 Preçário BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 06-out-2015 O Preçário completo do Banco

Leia mais

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES)

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 18.1. Crédito à habitação e contratos conexos Empréstimos a taxa variável Taxa anual efetiva (TAE) CH Taxa Indexada - Euribor 12M Euribor 12 m + spread 1,95% a 5,8% 2,998% 13 a 480 meses Máximo: 80% da

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Entrada em vigor: 01 - nov - 2015 Clientes Particulares Outros clientes 18 OPERAÇÕES DE CRÉDITO 20 OPERAÇÕES DE CRÉDITO 18.1. Crédito à habitação e contratos conexos 20.1. Linhas

Leia mais

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE)

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE) 20.1. Linhas de crédito e contas correntes Empréstimos a taxa variável Conta Corrente Caucionada Conta Corrente Caucionada Conta Gestão de Tesouraria Linhas de Crédito Protocoladas Protocolo Turismo de

Leia mais

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE)

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE) 20.1. Linhas de crédito e contas correntes Empréstimos a taxa variável Conta Corrente Caucionada Conta Corrente Caucionada IVA Advance Conta Gestão de Tesouraria Linha Banif FEI PME SMC Linhas de Crédito

Leia mais

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES)

18. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) 18.1. Crédito à habitação e contratos conexos Empréstimos a taxa variável Taxa anual nominal (TAN) Taxa anual efetiva (TAE) CH Taxa Indexada - Euribor 12M Euribor 12 m + spread 1,95% a 5,8% 2,998% 13 a

Leia mais

Preçário INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 11-09-2014

Preçário INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 11-09-2014 Preçário INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 11-09-2014 Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 03-08-2015 O Preçário

Leia mais

O Preçário das Operações BNI pode ser consultado nos Balcões e Locais de Atendimento ao público do Banco de Negócios Internacional ou em www.bni.

O Preçário das Operações BNI pode ser consultado nos Balcões e Locais de Atendimento ao público do Banco de Negócios Internacional ou em www.bni. Instituição Financeira Bancária Preçário das Operações ANEXO II Tabela de Taxas de Juro DATA DE ENTRADA EM VIGOR: 01 de Outubro de 2015 O Preçário das Operações BNI pode ser consultado nos Balcões e Locais

Leia mais

Ficha de Informação Normalizada para Depósitos Depósitos à Ordem

Ficha de Informação Normalizada para Depósitos Depósitos à Ordem Designação Condições de Acesso Modalidade Meios de Movimentação Conta Completa Clientes Particulares, maiores de 18 anos, que sejam trabalhadores por conta de outrem e que aceitem domiciliar ou transferir,

Leia mais

Preçário BBVA LEASIMO - SOCIEDADE DE LOCACAO FINANCEIRA, SA SOCIEDADES DE LOCAÇÃO FINANCEIRA

Preçário BBVA LEASIMO - SOCIEDADE DE LOCACAO FINANCEIRA, SA SOCIEDADES DE LOCAÇÃO FINANCEIRA Preçário BBVA LEASIMO - SOCIEDADE DE LOCACAO FINANCEIRA, SA SOCIEDADES DE LOCAÇÃO FINANCEIRA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor do Folheto

Leia mais

Nota de Informação Preçários das instituições de crédito passam a ter novas regras

Nota de Informação Preçários das instituições de crédito passam a ter novas regras Nota de Informação Preçários das instituições de crédito passam a ter novas regras O Banco de Portugal acaba de publicar novas regras para os Preçários, que vêm reforçar e harmonizar a informação sobre

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. Depósitos à Ordem 19.1. Depósitos à Ordem 17.2. Depósitos a Prazo 19.2. Depósitos a Prazo

Leia mais

Preçário BANCO BIC, SA

Preçário BANCO BIC, SA Preçário BANCO BIC, SA Bancos ANEXO II Consulte o Índice de TAXAS DE JURO Consulte o Índice de TABELA DE COMISSÕES E DESPESAS Informação Complementar DATA DE ENTRADA EM VIGOR: 10/11/2014 O Preçário pode

Leia mais

Preçário BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 25-ago-2015

Preçário BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 25-ago-2015 Preçário BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 25ago2015 Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 12ago2015 O

Leia mais

Preçário FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 23-10-2013 FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-07-2014

Preçário FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS. Data de Entrada em vigor: 23-10-2013 FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-07-2014 Preçário FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 23-10-2013 FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 01-07-2014 O Preçário completo da Orey Financial, Instituição Financeira

Leia mais

Preçário BANCO INVEST, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-Jun-16

Preçário BANCO INVEST, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-Jun-16 Preçário BANCO INVEST, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 01Jun16 O Preçário completo do Banco Invest, contém o Folheto de Comissões

Leia mais

É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado.

É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. de Cooperação Barclays at Work Índice 4. Crédito Habitação 5. Leasing 6. Seguros IV. Check List V. Contactos I. O Barclays no Mundo Grupo Financeiro

Leia mais

Preçário BANIF GO IFIC, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANIF GO IFIC, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANIF GO IFIC, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 01-Out-2011 O Preçário completo BANIF

Leia mais

FOLHETO DE TAXAS DE JURO

FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 17 CONTAS DE DEPÓSITO 19 CONTAS DE DEPÓSITO 17.1. Depósitos à ordem 19.1. Depósitos à ordem 17.2. Depósitos a prazo 19.2. Depósitos a prazo

Leia mais

BANCO CREDIBOM, SA Entrada em vigor: 01-07-2013 FOLHETO DE TAXAS DE JURO

BANCO CREDIBOM, SA Entrada em vigor: 01-07-2013 FOLHETO DE TAXAS DE JURO FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 18 OPERAÇÕES DE CRÉDITO 20 OPERAÇÕES DE CRÉDITO 18.1. Crédito à habitação e contratos conexos 20.1. Linhas de crédito e contas correntes 18.2.

Leia mais

Preçário BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 02-jan-2015

Preçário BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 02-jan-2015 Preçário BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do Banco Comercial Português, S.A., contém

Leia mais

Preçário FINIBANCO ANGOLA SA

Preçário FINIBANCO ANGOLA SA Preçário FINIBANCO ANGOLA SA Instituição Financeira Bancaria com sede em território nacional, de acordo com o previsto na Lei das Instituições Financeiras Anexo I Tabela de comissões e despesas Data de

Leia mais

Glossário de Crédito Habitação do NOVO BANCO

Glossário de Crédito Habitação do NOVO BANCO Glossário de Crédito Habitação do NOVO BANCO Tipo de Propriedade 1ª Habitação Residência habitual do agregado familiar (habitação própria permanente). 2ª Habitação Residência não habitual do agregado familiar

Leia mais

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-set-2015

Preçário BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-set-2015 Preçário BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 01-set-2015 O Preçário completo do Banif Mais, contém o Folheto de Comissões e Despesas

Leia mais

Preçário BBVA, INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO, SA. Instituição Financeira de Crédito

Preçário BBVA, INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO, SA. Instituição Financeira de Crédito Preçário BBVA, INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO, SA Instituição Financeira de Crédito Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do(a) BBVA,

Leia mais

Preçário CAIXA ECONÓMICA SOCIAL CAIXAS ECONÓMICAS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 01-DEZ-2015

Preçário CAIXA ECONÓMICA SOCIAL CAIXAS ECONÓMICAS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 01-DEZ-2015 Preçário CAIXA ECONÓMICA SOCIAL CAIXAS ECONÓMICAS Consulte o FOLHETO E COMISSÕES E ESPESAS ata de Entrada em vigor: 01-EZ-2015 Consulte o FOLHETO E TAXAS E JURO ata de Entrada em vigor: 16-OUT-2015 O Preçário

Leia mais

Preçário DE LAGE LANDEN INTERNATIONAL, B.V. - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL

Preçário DE LAGE LANDEN INTERNATIONAL, B.V. - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL Preçário DE LAGE LANDEN INTERNATIONAL, B.V. - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 19-Jan-2015 O Preçário

Leia mais

Preçário BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 01-out-2015

Preçário BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 01-out-2015 Preçário BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. BANCOS Consulte o FOLHETO E COMISSÕES E ESPESAS ata de Consulte o FOLHETO E TAXAS E JURO ata de O Preçário completo do Banco Comercial Português, S.A., contém o

Leia mais

O Preçário pode ser ainda consultado no Portal do Consumidor de Produtos e Serviços Financeiros www.bna.ao

O Preçário pode ser ainda consultado no Portal do Consumidor de Produtos e Serviços Financeiros www.bna.ao Instituição Financeira Bancaria com Sede em Território Nacional O Preçário pode ser consultado nas Agências e locais de atendimento ao público do Banco Keve e em www.bancokeve.ao O Preçário pode ser ainda

Leia mais

Excelência Proximidade Profissionalismo. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. ORDEM DOS ENGENHEIROS Oferta 1 º Trimestre 2013

Excelência Proximidade Profissionalismo. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. ORDEM DOS ENGENHEIROS Oferta 1 º Trimestre 2013 Oferta de Cooperação Barclays at Work Excelência Proximidade Profissionalismo É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado 300 Anos de Experiência 50 Milhões de Clientes 60 Países ORDEM DOS ENGENHEIROS

Leia mais

Preçário BBVA, INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO, SA. Instituição Financeira de Crédito

Preçário BBVA, INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO, SA. Instituição Financeira de Crédito Preçário BBVA, INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE CRÉDITO, SA Instituição Financeira de Crédito Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do(a) BBVA,

Leia mais

Ficha de Informação Normalizada para Depósitos Depósitos à ordem

Ficha de Informação Normalizada para Depósitos Depósitos à ordem Designação Condições de Acesso Modalidade Meios de Movimentação Conta Negócio Clientes Empresa e Empresários em Nome Individual. Depósito à Ordem remunerado, que possibilita o acesso a um limite de crédito

Leia mais

O Preçário pode ser ainda consultado no Portal do Consumidor de Produtos e Serviços Financeiros www.bna.ao

O Preçário pode ser ainda consultado no Portal do Consumidor de Produtos e Serviços Financeiros www.bna.ao Instituição Financeira Bancaria com Sede em Território Nacional O Preçário pode ser consultado nas Agências e locais de atendimento ao público do Banco Keve e em www.bancokeve.ao O Preçário pode ser ainda

Leia mais

Preçário BANCO DE CAJA ESPANA DE INVERSIONES, SALAMANCA Y SORIA, SA - SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS

Preçário BANCO DE CAJA ESPANA DE INVERSIONES, SALAMANCA Y SORIA, SA - SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS Preçário BANCO DE CAJA ESPANA DE INVERSIONES, SALAMANCA Y SORIA, SA - SUCURSAL EM PORTUGAL BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor:

Leia mais

Condições actuais do Protocolo para Colaboradores

Condições actuais do Protocolo para Colaboradores Direcção de Parcerias Comerciais Protocolos Condições actuais do Protocolo para Colaboradores Novembro de 2009 Conta Ordenado BPI Isenção das principais despesas do dia-a-dia: Isenção das despesas de manutenção

Leia mais

Tabela de Taxas de Juro

Tabela de Taxas de Juro Preçário Banco Angolano de Investimentos, S.A. (Instituição Financeira Bancária) ANEXO II Tabela de Taxas de Juro DATA DE ENTRADA EM VIGOR: 26 DE MARÇO DE 2015 O Preçário pode ser consultado nos balcões

Leia mais

Preçário BMW BANK GMBH, SUCURSAL PORTUGUESA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BMW BANK GMBH, SUCURSAL PORTUGUESA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BMW BANK GMBH, SUCURSAL PORTUGUESA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor do Folheto de Comissões e Despesas: 09-Nov-2015

Leia mais

ÁREA DE FORMAÇÃO: CONTRAIR CRÉDITO CUSTO DO CRÉDITO

ÁREA DE FORMAÇÃO: CONTRAIR CRÉDITO CUSTO DO CRÉDITO ÁREA DE FORMAÇÃO: CONTRAIR CRÉDITO CUSTO DO CRÉDITO Índice Componentes do custo do crédito Taxa de juro Comissões Despesas Seguros Medidas agregadas do custo do crédito: TAE e TAEG Taxas máximas no crédito

Leia mais

Excelência Proximidade Profissionalismo. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. 300 Anos de Experiência. 50 Milhões de Clientes

Excelência Proximidade Profissionalismo. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. 300 Anos de Experiência. 50 Milhões de Clientes Oferta de Cooperação Barclays at Work 1 / 7 Excelência Proximidade Profissionalismo É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado 300 Anos de Experiência 50 Milhões de Clientes 60 Países Spliu

Leia mais