Iniciar o Data Adapter Configuration Wizard. Toolbox Data Duplo clique em OleDbDataAdapter. Botão next na caixa de diálogo

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Iniciar o Data Adapter Configuration Wizard. Toolbox Data Duplo clique em OleDbDataAdapter. Botão next na caixa de diálogo"

Transcrição

1 Iniciar o Data Adapter Configuration Wizard Toolbox Data Duplo clique em OleDbDataAdapter Botão next na caixa de diálogo Se carregar em Cancel, o wizard é cancelado e podemos depois definir as propriedades do data adapter na janela de propriedades e podemos criar os outros objectos ADO.NET utilizando os componentes do separador Data da toolbox. Carregar no botão new connection para criar uma nova ligação ou seleccionar uma ligação previamente definida.

2 No separador Fornecedor escolher Carregar no botão seguinte No separador Ligação preencher as caixas de texto:

3 Carregar no botão OK.

4 Carregar no botão next Seleccionar a opção Use SQL statements e pressionar o botão next

5 Escrever a instrução select ou pressionar o botão query builder Ex (botão query builder): Seleccionar Aluno pressionar o botão Add e depois o botão Close

6 Seleccionar All collumns. Note-se que se a instrução de select não incluir a CP da tabela e se for necessária para realizar operações de UPDATE e DELETE, o wizard adiciona essa coluna à instrução de SELECT. Note-se ainda que as consultas têm um efeito significativo sobre a performance das aplicações cliente/servidor. Assim, quantas mais colunas e registos sejam devolvidos pela consulta, mais tráfico será gerado na rede Pressionar botão OK

7 Pressionar botão next Se não for permitida a alteração de dados, então podemos pressionar o botão advanced options e devemos desseleccionar a caixa de verificação Generate Insert, Update and Delete statments, para que essas instruções não sejam geradas. Se deixarmos a primeira opção seleccionada, podemos utilizar a segunda opção para providenciar uma gestão optimista da concorrência. A gestão optimista da concorrência aplica-se a operações de update ou delete. Assim, se esta opção estiver activada, o wizard adiciona código às instruções de Update e de Delete para comparar os dados que vão ser actualizados ou apagados com os valores originais da bd. Se os dados foram alterados, a operação de Update ou Delete é recusada e é gerada uma excepção de concorrência. Desta forma, um utilizador não pode efectuar alterações a registos que tenham sido alterados por outro utilizador. Por isso, utiliza-se quase sempre este tipo de gestão da concorrência em aplicações multi-utilizador. Por outras palavras, a utilização de uma gestão optimista da concorrência determina se o programa faz, ou não, uma verificação para ter a garantia que os registos que são actualizados ou eliminados não foram alterados por outro utilizador desde que foram devolvidos. Assim, se esta opção não estiver seleccionada, os registos podem ser actualizados e removidos quer tenham, ou não, sido alterados por outro utilizador. Podemos ainda utilizar a terceira opção para determinar se o dataset irá ser actualizado após cada operação de insert ou update. Note-se que estas opções estão todas activadas por defeito. Quando esta opção é seleccionada, o wizard gera dois comandos de Select adicionais. Um vem depois da instrução de Insert que é utilizada para adicionar um

8 novo registo à bd, e devolve o novo registo para o dataset. Isto é útil se adicionarmos registos a uma tabela que contenha uma CP gerada automaticamente, colunas com valores predefinidos ou colunas cujos valores sejam calculados a partir de outras colunas. Dessa forma, os dados que são gerados pela bd para essas colunas estão disponíveis no dataset. Do mesmo modo, o wizard adiciona uma instrução de Select após a instrução de Update que é utilizada para actualizar um registo, para que qualquer valor que seja calculado pela bd esteja também disponível no dataset. Por outras palavras, esta opção determina se o dataset é, ou não, actualizado após uma instrução de insert ou update. Se esta opção estiver seleccionada, é executado um comando de select que devolve o registo afectado após cada instrução de insert ou update. Note-se que se os valores gerados pela bd não forem utilizados pela nossa aplicação, não é necessário actualizar o dataset com esta informação. Portanto, nesta caixa é possível definir as operações relacionadas com a geração de comandos de Insert, Update e Delete que irão ser utilizadas para actualizar a base de dados. Pressionar o botão OK

9 O wizard, baseando-se na instrução de SELECT utilizada, gerou as instruções de SELECT, INSERT, UPDATE e DELETE que podem ser utilizadas para actualizar a base de dados quando o DataSet sofrer alterações. Note-se que também foram gerados table mappings para serem utilizados pelo objecto Data Adapter para mapear os dados da base de dados para uma tabela do dataset (por defeito, mesmo nome da tabela e das colunas). Pressionar o botão Finish A título de exemplo, e para podermos visualizar a connection string totalmente, escolher include password. Note-se que os objectos gerados pelo wizard têm um nome genérico. Contudo, é possível alterar o nome desses objectos na janela de propriedades. Essas alterações reflectem-se também, de forma automática, em todas as propriedades de objectos relacionados.

10 Quando é concluída a configuração, o wizard cria os objectos OleDbDataAdapter1 e OleDBConnection1 e ilustra-os na secção de component designer. Para visualizarmos as suas propriedades, basta seleccionar esses objectos e recorrer à janela de propriedades. O wizard também gera os objectos command que irão ser utilizados para executar os comandos de Select, Insert, Update e Delete na base de dados. Podemos aceder a estes objectos através das propriedades do Data Adapter ou através da list box da janela de propriedades. Podemos ainda utilizar os links da janela de propriedades para trabalhar com o Data Adapter (por exemplo, configurar o Data Adapter ou gerar um DataSet).

11 Para criar o Dataset Para aceder à caixa de diálogo que permite criar um dataset podemos simplesmente pressionar o link Generate Dataset que está na janela de propriedades do Data Adapter ou podemos seleccionar o objecto Data Adapter e depois aceder ao menu data e escolher o comando Generate Dataset. Para criar um novo dataset seleccionamos a opção NEW e introduzimos o nome para a classe dataset que irá ser criada. Adicionalmente, é também gerado um ficheiro Dataset Schema, que descreve a estrutura do Dataset. Depois escolhemos as tabelas que queremos incluir no dataset. Dado que cada data adapter define uma tabela e que podemos ter vários data adapters, vamos poder associar ao dataset a criar tantas tabelas quantos data adapters tivermos. Para criar uma instância da classe dataset, podemos seleccionar a opção Add this dataset to the designer. Se não seleccionarmos esta opção, podemos criar uma instância da classe dataset através de código ou utilizando o componente Dataset da toolbox. Por defeito, o objecto dataset gerado tem o mesmo nome que o da classe, a partir da qual foi criado, acrescido de um número. Por exemplo, se a clase tiver o nome dsvendedor, o objecto irá ter o nome davendedor1. Se criarmos outro objecto dataset a partir desta mesma classe, esse objecto irá ter o nome dsvendedor2. Podemos também alterar um dataset já existente. Para tal, se já foram definidos vários datasets, podemos seleccionar a opção Existing e escolher o dataset que pretendemos alterar na list box associada. Depois, podemos adicionar ou eliminar tabelas do dataset. Note-se, contudo, que a classe dataset anteriormente criada irá ser alterada, mas o objecto dataset que foi criado a partir dessa classe não é alterado. Assim, é necessário criar um novo objecto dataset.

12 Utilizar um objecto datagrid para visualizar os dados Preencher as propriedades DataSource e DataMember do objecto DataGrid da seguinte forma: DataSource DsAlunos1 DataMember - Aluno Colocar o seguinte código: Public Class Form1 Inherits System.Windows.Forms.Form Private Sub Form1_Load(ByVal sender As System.Object, ByVal e As System.EventArgs) Handles MyBase.Load OleDbDataAdapter1.Fill(DsAlunos1) End Sub End Class

Tarefa Orientada 2 Aplic. Manutenção de Produtos - DataGridView

Tarefa Orientada 2 Aplic. Manutenção de Produtos - DataGridView Tarefa Orientada 2 Aplic. Manutenção de Produtos - DataGridView Objectivos: Criação de fonte de dados (Data Source) a partir de base de dados. Utilização de um controlo DataGridView para visualizar dados.

Leia mais

Tarefa Orientada 5 Aplic. Manutenção de Facturas de Clientes

Tarefa Orientada 5 Aplic. Manutenção de Facturas de Clientes Tarefa Orientada 5 Aplic. Manutenção de Facturas de Clientes Objectivos: Aplicação Manutenção de Facturas de Clientes Utilização de uma fonte de dados. Formulários Master/Detail. Adicionar consultas a

Leia mais

Aplicação ReadWriteData

Aplicação ReadWriteData Aplicação ReadWriteData Aplicação com 1 página, que mostra num controlo DataGrid uma tabela de uma base de dados. O controlo DataGrid permite editar os valores mostrados nas células, e efectuar as correspondentes

Leia mais

INTRODUÇÃO AO MODELO ADO.NET (DESCONECTADO)

INTRODUÇÃO AO MODELO ADO.NET (DESCONECTADO) INTRODUÇÃO AO MODELO ADONET (DESCONECTADO) O modelo ADONET (Activex Data Objects NET) consiste num conjunto de classes definidas pela NET framework (localizadas no namespace SystemData) que pode ser utilizado

Leia mais

Reconhecer alguns dos objectos VBA Automatizar bases de dados recorrendo à programação VBA e scripts SQL

Reconhecer alguns dos objectos VBA Automatizar bases de dados recorrendo à programação VBA e scripts SQL OBJECTIVOS Reconhecer alguns dos objectos VBA Automatizar bases de dados recorrendo à programação VBA e scripts SQL O objecto DOCMD Este objecto permite o acesso a todas as operações sobre todos os objectos

Leia mais

MANUAL DO EXCEL. Um campo é um espaço que contém determinada informação (ex: Nome do cliente X, Telefone do Sr. Y)

MANUAL DO EXCEL. Um campo é um espaço que contém determinada informação (ex: Nome do cliente X, Telefone do Sr. Y) MANUAL DO EXCEL BASE DE DADOS DEFINIÇÃO DE BASES DE DADOS Uma base de dados é um conjunto de informações, organizada segundo regras definidas à qual se pode aceder para extrair, actualizar, acrescentar

Leia mais

EXPORTAR E IMPORTAR ASSINATURA DIGITAL

EXPORTAR E IMPORTAR ASSINATURA DIGITAL EXPORTAR E IMPORTAR ASSINATURA DIGITAL Este documento destina-se a guiá-lo(a) através dos vários procedimentos necessários para que efectue uma cópia de segurança do Certificado Digital para depois a exportar

Leia mais

Redes de Computadores. Trabalho de Laboratório Nº8

Redes de Computadores. Trabalho de Laboratório Nº8 Redes de Computadores Curso de Eng. Informática Curso de Eng. de Electrónica e Computadores Trabalho de Laboratório Nº8 Configuração e utilização do FTP 2004/2005 1 Objectivo Configuração de um servidor

Leia mais

Tarefa Orientada 15 Manipulação de dados

Tarefa Orientada 15 Manipulação de dados Tarefa Orientada 15 Manipulação de dados Objectivos: Criação de tabelas teste Comando INSERT INTO Inserção de dados Comando INSERT Actualização de dados Comando UPDATE Eliminação de dados Comando DELETE

Leia mais

Catálogo Nacional de Compras Públicas. Manual de Fornecedores

Catálogo Nacional de Compras Públicas. Manual de Fornecedores 10 de Julho de 2009 Índice 1. Introdução... 3 1.1. Objectivo... 3 2. Fornecedor... 4 2.1. AQs/CPAs... 4 2.2. Contratos... 4 2.3. Grupos AQ/CPA... 5 3. Carregamento e Actualização do Catálogo... 7 3.1.

Leia mais

LEITOR DE CARTÕES (Cédulas Profissionais)

LEITOR DE CARTÕES (Cédulas Profissionais) LEITOR DE CARTÕES (Cédulas Profissionais) COMO INSTALAR OS DRIVERS DO LEITOR DE CARTÕES Abra o Portal da Ordem dos Advogados Clique no link Área Reservada que se encontra na barra vertical do lado esquerdo

Leia mais

Conselho Geral da Ordem Dos Advogados Departamento Informático. Índice:

Conselho Geral da Ordem Dos Advogados Departamento Informático. Índice: Nota Introdutória: Este documento destina-se a guiá-lo(a) através dos vários procedimentos necessários para efectuar uma Cópia de Segurança do seu Certificado Digital. A exportação do seu certificado digital

Leia mais

Configuração de uma VPN para acesso ao IMS

Configuração de uma VPN para acesso ao IMS Configuração de uma VPN para acesso ao IMS Autor: Serviços de Informática Data: 27 de Setembro de 2007 Objectivo: Criação de um documento com os vários passos para a configuração de uma VPN Pré Requisitos:

Leia mais

Transição de POC para SNC

Transição de POC para SNC Transição de POC para SNC A Grelha de Transição surge no âmbito da entrada em vigor, no ano de 2010, do Sistema de Normalização Contabilística (SNC). O SNC vem promover a melhoria na contabilidade nacional,

Leia mais

Manual de Administração Intranet BNI

Manual de Administração Intranet BNI Manual de Administração Intranet BNI Fevereiro - 2010 Índice 1. Apresentação... 3 2. Conceitos... 5 3. Funcionamento base da intranet... 7 3.1. Autenticação...8 3.2. Entrada na intranet...8 3.3. O ecrã

Leia mais

Tarefa Orientada 3 Aplic. Manutenção de Produtos Text Box

Tarefa Orientada 3 Aplic. Manutenção de Produtos Text Box Tarefa Orientada 3 Aplic. Manutenção de Produtos Text Box Objectivos: Utilização de uma fonte de dados. Criação de controlos Text Box ligados a uma fonte de dados. Criação de classes. Se uma tabela contém

Leia mais

[Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Estudantes da ESTG]

[Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Estudantes da ESTG] [Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Estudantes da ESTG] Unidade De Administração de Sistemas Serviços Informáticos Instituto Politécnico de Leiria 10-07-2009 Controlo do Documento Autor

Leia mais

Editor Eclipse para Programas F

Editor Eclipse para Programas F Editor Eclipse para Programas F Guia de instalação e utilização Instalação no Windows (XP/Vista) Comece por descarregar a aplicação de instalação setupcp2008.exe do endereço http://www.math.ist.utl.pt/~jabr/cp/

Leia mais

Tarefa Orientada 6 Edição de Dados

Tarefa Orientada 6 Edição de Dados Tarefa Orientada 6 Edição de Dados Objectivos: Inserção de dados. Alteração de dados. Eliminação de dados. Definição de Listas de Pesquisa (Lookup Lists) O Sistema de Gestão de Bases de Dados MS Access

Leia mais

Microsoft Access. No Access, existem vários tipos de objectos: Tabelas. Consultas. Formulários Relatórios Macros Módulos

Microsoft Access. No Access, existem vários tipos de objectos: Tabelas. Consultas. Formulários Relatórios Macros Módulos É um SGBD do tipo relacional para a utilização em windows. Ao abrirmos o Access, podemos efectuar várias operações: abrir uma base de dados existente, ou então criar uma nova base de dados. Se criarmos

Leia mais

Ficha prática nº 7. SGBD Microsoft Access e SQL Server

Ficha prática nº 7. SGBD Microsoft Access e SQL Server Instituto Superior Politécnico de Viseu Escola Superior de Tecnologia Departamento de Informática Ficha prática nº 7 SGBD Microsoft Access e SQL Server Objectivo: Criação de uma aplicação em arquitectura

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Direcção de Sistemas de Informação

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Direcção de Sistemas de Informação LDAP UCP- Lisboa O que é o LDAP? O LDAP - Lightweight Directory Access Protocol - é um protocolo que os programas de Email utilizam para procurar contactos num servidor. Resumindo, é um Address Book centralizado.

Leia mais

COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1

COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1 COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1 Oficina do Correio Para saber mais sobre Correio electrónico 1. Dicas para melhor gerir e organizar o Correio Electrónico utilizando o Outlook Express Criar Pastas Escrever

Leia mais

Computação Móvel 2007/2008

Computação Móvel 2007/2008 Computação Móvel 2007/2008 Tutorial 2 Criação de uma nova publicação de base de dados no SQL Server 2005 Standard Edition / Enterprise Edition / Developer Edition No computador cliente: 1. Estabelecer

Leia mais

Acronis Servidor de Licença. Manual do Utilizador

Acronis Servidor de Licença. Manual do Utilizador Acronis Servidor de Licença Manual do Utilizador ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1 Descrição geral... 3 1.2 Política de licenças... 3 2. SISTEMAS OPERATIVOS SUPORTADOS... 4 3. INSTALAR O SERVIDOR DE LICENÇA

Leia mais

Instruções de acesso à Base Hermes

Instruções de acesso à Base Hermes Instruções de acesso à Base Hermes Inscreva nas caixinhas respectivas as credenciais de acesso à Base Hermes que lhe foram enviadas por email aquando da activação da sua subscrição e clique em Entrar.

Leia mais

Guia rápido do utilizador

Guia rápido do utilizador Guia rápido do utilizador Índice Relatório de roubo 3 Criar um novo relatório de roubo 4 Fornecer detalhes do relatório de roubo Secção 1. Especificar o computador 5 Fornecer detalhes do relatório de roubo

Leia mais

Aleph 18.01 Manual de utilização do módulo de circulação e empréstimos

Aleph 18.01 Manual de utilização do módulo de circulação e empréstimos Aleph 18.01 Manual de utilização do módulo de circulação e empréstimos Elaborado por: Amélia Janeiro e Ana Cosmelli SDUL 2008 Índice Apresentação... 3 1. Gestão de leitores... 5 1.1 Pesquisa de leitores...

Leia mais

Manipulação de Células, linhas e Colunas

Manipulação de Células, linhas e Colunas Manipulação de Células, linhas e Colunas Seleccionar células Uma vez introduzidos os dados numa folha de cálculo, podemos querer efectuar alterações em relação a esses dados, como, por exemplo: apagar,

Leia mais

Manual de Importação do WebMail para o Exchange

Manual de Importação do WebMail para o Exchange Este documento irá ajudá-lo na importação das pastas existentes no Webmail para o novo servidor de correio electrónico (Exchange). A partir do momento em que o novo sistema comece a funcionar, os e-mails

Leia mais

Tutorial. Sincronização e backup de arquivos na Internet (nuvem) Elaborado por: Miguel Marques (Professor de TIC)

Tutorial. Sincronização e backup de arquivos na Internet (nuvem) Elaborado por: Miguel Marques (Professor de TIC) Tutorial Sincronização e backup de arquivos na Internet (nuvem) Elaborado por: Miguel Marques (Professor de TIC) Índice Introdução... 3 O programa... 3 Página www.dropbox.com... 6 Separador "Files"...

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Ementas : Email e SMS. v2011

ZS Rest. Manual Avançado. Ementas : Email e SMS. v2011 Manual Avançado Ementas : Email e SMS v2011 1. Índice 2. INTRODUÇÃO... 2 3. INICIAR O ZSRest FrontOffice... 3 1 4. CONFIGURAÇÃO INICIAL... 4 b) Configurar E-Mail... 4 c) Configurar SMS... 5 i. Configurar

Leia mais

Manual de Gestão de Entregas

Manual de Gestão de Entregas Manual de Gestão de Entregas Índice 1. Acesso à Plataforma... 3 1.1. Certificado de Autenticação... 3 1.2. Autenticação perante a Plataforma... 6 2. Responsáveis pela Entrega... 7 3. Estado de Encomendas...

Leia mais

Ministério das Finanças Instituto de Informática. Departamento de Sistemas de Informação

Ministério das Finanças Instituto de Informática. Departamento de Sistemas de Informação Ministério das Finanças Instituto de Informática Departamento de Sistemas de Informação Assiduidade para Calendários Específicos Junho 2010 Versão 6.0-2010 SUMÁRIO 1 OBJECTIVO 4 2 ECRÃ ELIMINADO 4 3 NOVOS

Leia mais

Administração da disciplina

Administração da disciplina Administração da disciplina Agrupamento Vertical de Escolas de Tarouca Documento disponível em: http://avetar.no-ip.org 1.Acesso e utilização da plataforma:. Seleccione a opção Entrar, que se encontra

Leia mais

ZS Rest. Manual Profissional. BackOffice Mapa de Mesas. v2011

ZS Rest. Manual Profissional. BackOffice Mapa de Mesas. v2011 Manual Profissional BackOffice Mapa de Mesas v2011 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Iniciar ZSRest Backoffice... 3 4. Confirmar desenho de mesas... 4 b) Activar mapa de mesas... 4 c) Zonas... 4 5. Desenhar

Leia mais

[Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Estudantes da ESTM]

[Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Estudantes da ESTM] [Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Estudantes da ESTM] Unidade De Administração de Sistemas Serviços Informáticos Instituto Politécnico de Leiria 17-09-2009 Controlo do Documento Autor

Leia mais

Instruções de acesso à Base Atneia

Instruções de acesso à Base Atneia Instruções de acesso à Base Atneia Inscreva nas caixinhas respectivas as credenciais de acesso à Base Atneia que lhe foram enviadas por email aquando da activação da sua subscrição e clique em Entrar.

Leia mais

1. Estilos 1. 2. Índices 7

1. Estilos 1. 2. Índices 7 Carlos Maia Índice 1. Estilos 1 1.1. Considerações gerais 1 1.2. Aplicar estilos 1 1.3. Modificar estilos 2 1.4. Criar um novo estilo 3 1.5. Cópia de estilos 5 1.6. Retirar todos os estilos presentes num

Leia mais

Bases de Dados. Lab 1: Introdução ao ambiente

Bases de Dados. Lab 1: Introdução ao ambiente Departamento de Engenharia Informática 2010/2011 Bases de Dados Lab 1: Introdução ao ambiente 1º semestre O ficheiro bank.sql contém um conjunto de instruções SQL para criar a base de dados de exemplo

Leia mais

Índice 1 INTRODUÇÃO...2 2 PESQUISA DE ENTIDADES...8 3 CRIAÇÃO DE ENTIDADES...12 4 DEPENDÊNCIAS...17 5 BANCOS, SEGURADORAS E CONSERVATÓRIAS...

Índice 1 INTRODUÇÃO...2 2 PESQUISA DE ENTIDADES...8 3 CRIAÇÃO DE ENTIDADES...12 4 DEPENDÊNCIAS...17 5 BANCOS, SEGURADORAS E CONSERVATÓRIAS... Índice 1 INTRODUÇÃO...2 1.1 JANELA ÚNICA DE ENTIDADES...3 1.2 PERMISSÕES POR UTILIZADOR...4 1.3 RESTRIÇÕES À VISUALIZAÇÃO/MANIPULAÇÃO...6 2 PESQUISA DE ENTIDADES...8 2.1 CRITÉRIOS DE PESQUISA...8 2.2 LISTA

Leia mais

Os elementos básicos do Word

Os elementos básicos do Word Os elementos básicos do Word 1 Barra de Menus: Permite aceder aos diferentes menus. Barra de ferramentas-padrão As ferramentas de acesso a Ficheiros: Ficheiro novo, Abertura de um documento existente e

Leia mais

VERTENTE GESTÃO GLOBAL DE FICHEIROS E ADC S

VERTENTE GESTÃO GLOBAL DE FICHEIROS E ADC S VERTENTE GESTÃO GLOBAL DE FICHEIROS E ADC S PROCEDIMENTOS INICIAIS Opção Utilitários/Selecção de Empresas Em primeiro lugar deverá seleccionar e parametrizar quais as Empresas que irão utilizar o aplicativo.

Leia mais

Esta fase só se configura uma única vez.

Esta fase só se configura uma única vez. Fase 0 Esta fase só se configura uma única vez. É necessário iniciar o serviço de configuração automática com fios para tal devem ser realizados os seguintes passos: No VISTA Começar por carregar em Painel

Leia mais

Criar uma aplicação JPA2 com EclipseLink e H2

Criar uma aplicação JPA2 com EclipseLink e H2 Criar uma aplicação JPA2 com EclipseLink e H2 1) Criar uma aplicação Java no NetBeans. File > New Project > Java, Java Application > Project name: JPA2 Finish. 2) Acrescentar ao Projeto NetBeans a biblioteca

Leia mais

Tarefa Orientada 17 Listas de dados

Tarefa Orientada 17 Listas de dados Tarefa Orientada 17 Listas de dados Estudo prático da folha de cálculo Excel - Gestão de listas como base de dados. Conceitos teóricos Lista Série de linhas da folha de cálculo que contém dados relacionados,

Leia mais

- O MySQL para além da sua utilização em modo linha de comandos, também pode ser utilizado através de ferramentas gráficas.

- O MySQL para além da sua utilização em modo linha de comandos, também pode ser utilizado através de ferramentas gráficas. Objetivo: Utilização das ferramentas gráficas do MySQL Instalação das ferramentas gráficas do MySQL: - O MySQL para além da sua utilização em modo linha de comandos, também pode ser utilizado através de

Leia mais

[Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Funcionários da ESTG]

[Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Funcionários da ESTG] [Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Funcionários da ESTG] Unidade De Administração de Sistemas Serviços Informáticos Instituto Politécnico de Leiria 09-06-2010 Controlo do Documento Autor

Leia mais

Instruções de utilização do portal Web da Visteon

Instruções de utilização do portal Web da Visteon FORD MOTOR COMPANY LIMITED Issued by European Warranty Operations Ford Customer Service Division Instruções de utilização do portal Web da Visteon 1. Entrar Na janela de endereço no seu browser da internet,

Leia mais

ZSRest e ZSPos Multiposto

ZSRest e ZSPos Multiposto ZSRest e ZSPos Multiposto 1 2 Este manual serve para o ajudar na configuração multiposto do ZSRest e ZSPos. Após a Instalação do ZSRest e ZSPos, é necessário configurar uma porta estática no SQL Server.

Leia mais

Manual de utilizador CRM

Manual de utilizador CRM Manual de utilizador CRM Formulário de Login Personalizado de acordo com a sua empresa mantendo a sua imagem corporativa. Utilizador: Admin Password: 123 1 Formulário Principal Este formulário está dividido

Leia mais

Tarefa Orientada 12 Junção Externa, Auto-Junção e União

Tarefa Orientada 12 Junção Externa, Auto-Junção e União Tarefa Orientada 12 Junção Externa, Auto-Junção e União Objectivos: Junção externa (Outer JOIN) Junção externa à esquerda (LEFT Outer JOIN) Junção externa à direita (RIGHT Outer JOIN) Junção externa completa

Leia mais

Google Sites. A g r u p a m e n t o C a m p o A b e r t o 2 0 1 0 / 2 0 1 1

Google Sites. A g r u p a m e n t o C a m p o A b e r t o 2 0 1 0 / 2 0 1 1 Google Sites A g r u p a m e n t o C a m p o A b e r t o 2 0 1 0 / 2 0 1 1 1. Google Sites A Google veio anunciar que, para melhorar as funcionalidades centrais do Grupos Google, como listas de discussão

Leia mais

Autenticação 802.1x. Configuração SSID eduroam, em Windows XP

Autenticação 802.1x. Configuração SSID eduroam, em Windows XP Autenticação 802.1x ISCAC Configuração SSID eduroam, em Windows XP Requisitos Hardware Placa de rede wireless que preencha as normas Wi-Fi 802.11b e/ou 802.11g. Software - Apresentamos a configuração para

Leia mais

Instalação e Manutenção de Microcomputadores (COI)

Instalação e Manutenção de Microcomputadores (COI) Instalação e Manutenção de Microcomputadores (COI) 4. Montagem do Computador Disco rígido limpeza; Disco rígido verificação de erros (modo gráfico); Disco rígido verificação de erros (linha de comandos;

Leia mais

GeoMafra SIG Municipal

GeoMafra SIG Municipal GeoMafra SIG Municipal Nova versão do site GeoMafra Toda a informação municipal... à distância de um clique! O projecto GeoMafra constitui uma ferramenta de trabalho que visa melhorar e homogeneizar a

Leia mais

EXCEL TABELAS DINÂMICAS

EXCEL TABELAS DINÂMICAS Informática II Gestão Comercial e da Produção EXCEL TABELAS DINÂMICAS (TÓPICOS ABORDADOS NAS AULAS DE INFORMÁTICA II) Curso de Gestão Comercial e da Produção Ano Lectivo 2002/2003 Por: Cristina Wanzeller

Leia mais

Instruções para instalação do SecureW2 em Windows Mobile 5.0 e 2003

Instruções para instalação do SecureW2 em Windows Mobile 5.0 e 2003 Campus de Gualtar 4710-057 Braga P Serviço de Comunicações Instruções para instalação do SecureW2 em Windows Mobile 5.0 e 2003 Requisitos: Ter instalado o ActiveSync da Microsoft no computador pessoal

Leia mais

Instituto Politécnico de Tomar. Manual da Área de Secretariados

Instituto Politécnico de Tomar. Manual da Área de Secretariados Instituto Politécnico de Tomar Manual da Área de Secretariados Última actualização: 13 de Outubro de 2004 Índice Como aceder a Área de Secretariados...2 O que posso efectuar na Área de Secretariado (Acções)...4

Leia mais

INSTALAÇÃO DO SAGE 2008 NO WINDOWS XP

INSTALAÇÃO DO SAGE 2008 NO WINDOWS XP INSTALAÇÃO DO SAGE 2008 NO WINDOWS XP Inserir o cd de instalação do programa e executar a opção Next ERP Clicar em instalar Alguns instantes depois aparecerá a mensagem: o Sage Next utiliza o Microsoft

Leia mais

Manual de Access 2007

Manual de Access 2007 Manual de Access 2007 Índice Introdução... 4 Melhor que um conjunto de listas... 5 Amizades com relações... 6 A Estrutura de uma Base de Dados... 8 Ambiente do Microsoft Access 2007... 9 Separadores do

Leia mais

5 - Se o documento estiver completo, com os campos totalmente inseridos e com o aspecto que pretende, poderá guardá-lo.

5 - Se o documento estiver completo, com os campos totalmente inseridos e com o aspecto que pretende, poderá guardá-lo. Impressão em série de cartas de formulário e mailings em grande número Intercalação de correio Base de Dados em Excel Comece por planear o aspecto da sua página final - é uma carta, uma página de etiquetas

Leia mais

MANUAL DE CONSULTA RÁPIDA DO NOKIA MODEM OPTIONS. Copyright 2003 Nokia. Todos os direitos reservados 9356515 Issue 1

MANUAL DE CONSULTA RÁPIDA DO NOKIA MODEM OPTIONS. Copyright 2003 Nokia. Todos os direitos reservados 9356515 Issue 1 MANUAL DE CONSULTA RÁPIDA DO NOKIA MODEM OPTIONS Copyright 2003 Nokia. Todos os direitos reservados 9356515 Issue 1 Índice 1. INTRODUÇÃO...1 2. INSTALAR O NOKIA MODEM OPTIONS...1 3. LIGAR O NOKIA 6600

Leia mais

Manual de Utilizador Documentos de Transporte. TOConline. Suporte. Página - 1

Manual de Utilizador Documentos de Transporte. TOConline. Suporte. Página - 1 TOConline Suporte Página - 1 Documentos de Transporte Manual de Utilizador Página - 2 Índice Criação de um documento de transporte... 4 Definições de empresa- Criação de moradas adicionais... 9 Comunicação

Leia mais

Ministério Público. Guia de Consulta Rápida

Ministério Público. Guia de Consulta Rápida Ministério Público Ministério Público Guia de Consulta Rápida Versão 3 (Outubro de 2009) - 1 - ÍNDICE 1. ACEDER AO CITIUS MINISTÉRIO PÚBLICO... 4 2. BARRA DE TAREFAS:... 4 3. CONFIGURAR O PERFIL DO UTILIZADOR...

Leia mais

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo Conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e comunique com o exterior; Windows: sistema operativo mais utilizado nos

Leia mais

manual instalação e configuração v13 1

manual instalação e configuração v13 1 manual instalação e configuração v13 1 Conteúdo Introdução... 3 Conteúdo do DVD:... 3 Instalação e configuração do ERP... 4 Instalação do ERP... 4 Configuração do ERP... 6 Como actualização de versão...

Leia mais

Inserindo Dados no Banco de Dados Paradox.

Inserindo Dados no Banco de Dados Paradox. Inserindo Dados no Banco de Dados Paradox. - Construção do Banco de Dados: Para podermos inserir algo em um banco precisaremos de um Banco de Dados, para isto iremos montar um utilizando o Programa Database

Leia mais

Internet e Email no Akropole. Internet e Email no Akropole

Internet e Email no Akropole. Internet e Email no Akropole Internet e Email no Akropole Internet e Email no Akropole O Akropole tira proveito da ligação à internet, podendo efectuar várias operações de maior valia, com ou sem intervenção directa do utilizador.

Leia mais

DSS 08/09. Camada de Dados - JDBC. Aula 1. António Nestor Ribeiro /António Ramires Fernandes/ José Creissac Campos {anr,arf,jfc}@di.uminho.

DSS 08/09. Camada de Dados - JDBC. Aula 1. António Nestor Ribeiro /António Ramires Fernandes/ José Creissac Campos {anr,arf,jfc}@di.uminho. Universidade do Minho Departamento de Informática Camada de Dados - JDBC Aula 1 António Nestor Ribeiro /António Ramires Fernandes/ José Creissac Campos {anr,arf,jfc}@di.uminho.pt 2 Camada de Dados A camada

Leia mais

Tarefa Orientada 20 Cursores

Tarefa Orientada 20 Cursores Tarefa Orientada 20 Cursores Objectivos: Declarar cursores Utilizar cursores Utilizar funções do sistema para trabalhar com cursores Actualizar dados através de cursores Um cursor é um objecto da base

Leia mais

ClassPad Add-In Installer

ClassPad Add-In Installer Para a ClassPad 300/ClassPad 300 PLUS Po ClassPad Add-In Installer Manual de Instruções http://world.casio.com/edu/ http://classpad.net/ ClassPad Add-In Installer O ClassPad Add-In Installer permite-lhe

Leia mais

No final desta sessão o formando deverá ser capaz de aceder ao Word e iniciar um novo documento.

No final desta sessão o formando deverá ser capaz de aceder ao Word e iniciar um novo documento. Sessão nº 2 Iniciar um novo documento Objectivos: No final desta sessão o formando deverá ser capaz de aceder ao Word e iniciar um novo documento. Iniciar um novo documento Ao iniciar-se o Word, este apresenta

Leia mais

Guia de início rápido BlackBerry Enterprise 4.0 para Microsoft Exchange. Versão 1.0

Guia de início rápido BlackBerry Enterprise 4.0 para Microsoft Exchange. Versão 1.0 Guia de início rápido BlackBerry Enterprise 4.0 para Microsoft Exchange Versão 1.0 Vodafone Portugal 2005 Índice 1 Introdução à solução BlackBerry 3 2 Gestão e activação de utilizadores 3 2.1 Adicionar

Leia mais

Manual do PDFCreator Versão 1

Manual do PDFCreator Versão 1 Manual do PDFCreator Versão 1 O PDFCreator é um software livre que permite criar documentos em formato PDF a partir outras aplicações. Centro de Formação de Penalva e Azurara www.cfpa.pt 2006 Índice Índice...

Leia mais

ZSRest/ZSPos. Manual de Stocks. BackOffice

ZSRest/ZSPos. Manual de Stocks. BackOffice BackOffice 1 1. Índice 2. Introdução... 3 3. Iniciar o ZSRest/ZSPos FrontOffice... 4 4. Produto... 5 Activar gestão de stocks... 5 5. Armazém... 7 a) Adicionar Armazém... 8 b) Modificar Armazém... 8 c)

Leia mais

A interface IDataSource retorna dados em formato tabular e disponibiliza apenas dois métodos: GetView e GetViewNames. O primeiro,

A interface IDataSource retorna dados em formato tabular e disponibiliza apenas dois métodos: GetView e GetViewNames. O primeiro, 3 1CONTROLOS DATA SOURCE A plataforma ASP.NET disponibiliza um conjunto de controlos, designados de data source, que são capazes de fornecer dados que podem ser consumidos por outros, designados por data

Leia mais

Conselho Geral da Ordem Dos Advogados Departamento Informático. Índice:

Conselho Geral da Ordem Dos Advogados Departamento Informático. Índice: Nota Introdutória: Este documento irá guiá-lo(a) através dos procedimentos necessários para obtenção correcta do seu Certificado Digital. Por favor consulte o índice de modo a encontrar, de uma forma mais

Leia mais

Analysis Services. Manual Básico

Analysis Services. Manual Básico Analysis Services Manual Básico Construindo um Banco de Dados OLAP... 2 Criando a origem de dados... 3 Definindo as dimensões... 5 Níveis de dimensão e membros... 8 Construindo o cubo... 11 Tabela de fatos...12

Leia mais

Manual do Nero ControlCenter

Manual do Nero ControlCenter Manual do Nero ControlCenter Nero AG Informações sobre direitos de autor e marcas O manual do Nero ControlCenter e todo o seu conteúdo estão protegidos pelos direitos de autor e são propriedade da Nero

Leia mais

Software-Global 1/11

Software-Global 1/11 Não esquecer que a senha do Administrador é ADMIN Botões do programa: Acesso ao Programa: O Acesso ao programa deve ser feito através do utilizador ADMINISTRADOR, que tem todas as permissões para gerir

Leia mais

P S I 2. º A N O F 5 M E S T R E / D E T A L H E E P E S Q U I S A. Criar uma relação mestre-detalhe. Pesquisa de informação

P S I 2. º A N O F 5 M E S T R E / D E T A L H E E P E S Q U I S A. Criar uma relação mestre-detalhe. Pesquisa de informação P S I 2. º A N O F 5 M E S T R E / D E T A L H E E P E S Q U I S A Módulo 18 Ferramentas de Desenvolvimento de Páginas Web Criar uma relação mestre-detalhe 1. Cria uma cópia da página «listaferram.php»

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Instalação em Rede. v2011

ZS Rest. Manual Avançado. Instalação em Rede. v2011 Manual Avançado Instalação em Rede v2011 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Hardware... 3 b) Servidor:... 3 c) Rede:... 3 d) Pontos de Venda... 4 4. SQL Server... 5 e) Configurar porta estática:... 5 5.

Leia mais

Menus do Norton Ghost

Menus do Norton Ghost Menus do Norton Ghost O Norton Ghost é formado por 3 Opções: *Ghost Basic *Ghost Advanced *Ghost Utilities 9 Ghost Basic Tem as operações básicas do software. Este menu é constituído por 3 opções: Backup

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA WebShare Serviço de partilha de ficheiros via WebDAV versão: 2.0.3 Nelson Rodrigues Direcção de Sistemas de Informação 28-10-2010 ÍNDICE: Introdução... 3 Requisitos...

Leia mais

Tarefa Orientada 19 Triggers

Tarefa Orientada 19 Triggers Tarefa Orientada 19 Triggers Objectivos: Criar triggers AFTER Criar triggers INSTEAD OF Exemplos de utilização Os triggers são um tipo especial de procedimento que são invocados, ou activados, de forma

Leia mais

Iniciando o MySQL Query Brower

Iniciando o MySQL Query Brower MySQL Query Brower O MySQL Query Browser é uma ferramenta gráfica fornecida pela MySQL AB para criar, executar e otimizar solicitações SQL em um ambiente gráfico. Assim como o MySQL Administrator foi criado

Leia mais

PRIMAVERA EXPRESS: Funcionalidades do Produto

PRIMAVERA EXPRESS: Funcionalidades do Produto PRIMAVERA EXPRESS: Funcionalidades do Produto Como efetuo a mudança de ano do Ponto de Venda? No Programa Express aceda a Tabelas Pontos de Venda Postos de Venda abrir o separador Movimentos Caixa e: -

Leia mais

WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET

WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET MANUAL DO UTILIZADOR WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET 1. 2. PÁGINA INICIAL... 3 CARACTERÍSTICAS... 3 2.1. 2.2. APRESENTAÇÃO E ESPECIFICAÇÕES... 3 TUTORIAIS... 4 3. DOWNLOADS... 5 3.1. 3.2. ENCOMENDAS (NOVOS

Leia mais

ÍNDICE. Acesso para agências...3. Organização por pastas...4. Download das facturas a partir do site...5. Pesquisa de facturas...8

ÍNDICE. Acesso para agências...3. Organização por pastas...4. Download das facturas a partir do site...5. Pesquisa de facturas...8 2 ÍNDICE Acesso para agências...3 Organização por pastas...4 Download das facturas a partir do site...5 Pesquisa de facturas...8 Configurar notificações por email...11 3 Bem-vindo ao manual de uso do novo

Leia mais

O SAFT 2013. 1) Faturação simplificada

O SAFT 2013. 1) Faturação simplificada O SAFT 2013 1) Faturação simplificada Existe agora uma série com descrição FS. Esta série foi adicionada automaticamente com a versão 2.4.3.0 do SoftManagement, para que, possa ser utilizada em atividades

Leia mais

Criação de Páginas Web - MS Word 2000

Criação de Páginas Web - MS Word 2000 Gestão Comercial e da Produção Informática I 2003/04 Ficha de Trabalho N.º 9 Criação de Páginas Web - MS Word 2000 1. Criação de uma página Web (HTML): Escreva o seu texto e introduza as imagens pretendidas

Leia mais

MANUAL DE CONSULTA RÁPIDA DO MODEM OPTIONS FOR NOKIA 7650. Copyright 2002 Nokia. Todos os direitos reservados 9354493 Issue 2

MANUAL DE CONSULTA RÁPIDA DO MODEM OPTIONS FOR NOKIA 7650. Copyright 2002 Nokia. Todos os direitos reservados 9354493 Issue 2 MANUAL DE CONSULTA RÁPIDA DO MODEM OPTIONS FOR NOKIA 7650 Copyright 2002 Nokia. Todos os direitos reservados 9354493 Issue 2 Índice 1. INTRODUÇÃO...1 2. INSTALAR O MODEM OPTIONS FOR NOKIA 7650...1 3. SELECCIONAR

Leia mais

Instalação de Certificados Digitais recebidos via email e sua Exportação

Instalação de Certificados Digitais recebidos via email e sua Exportação Instalação de Certificados Digitais recebidos via email e sua Exportação Instalação de Certificados Digitais recebidos via email e sua Exportação Instalação de Certificados Digitais recebidos via email

Leia mais

USB PARA CONVERSOR EM SÉRIE

USB PARA CONVERSOR EM SÉRIE USB PARA CONVERSOR EM SÉRIE Manual de Instalação Rápida Windows 7 DA-70159 Passo 1: Passo 2: Introduzir o CD deste produto na entrada CD-ROM Ligar o dispositivo à porta USB extra do seu PC. Se existir

Leia mais

Manual utilização. Dezembro 2011. Instituto Politécnico de Viseu

Manual utilização. Dezembro 2011. Instituto Politécnico de Viseu Manual utilização Dezembro 2011 Instituto Politécnico de Viseu 1 Índice Zona pública... 3 Envio da ideia de negócio... 3 Inscrição nas Oficinas E... 4 Zona privada... 5 Administração... 5 Gestão de utilizadores...

Leia mais

RIQASNet. Instruções de utilização. Introdução. Registo para o RIQASNet

RIQASNet. Instruções de utilização. Introdução. Registo para o RIQASNet RIQASNet Instruções de utilização Introdução O RIQASNet é um sistema de entrada de dados utilizando a internet que permite aos utilizadores enviarem os resultados e alterações de método para o RIQAS, e

Leia mais

Printer Driver. Antes de utilizar o controlador da impressora, certifique-se de que lê o ficheiro Readme. Antes de utilizar o software 4-539-577-71(1)

Printer Driver. Antes de utilizar o controlador da impressora, certifique-se de que lê o ficheiro Readme. Antes de utilizar o software 4-539-577-71(1) 4-539-577-71(1) Printer Driver Guia de instalação Este manual descreve a instalação dos controladores da impressora para o Windows 8, Windows 7, Windows Vista, Windows XP e. Antes de utilizar o software

Leia mais

1. Lançamento em Contas Bancárias Liquidação de Clientes

1. Lançamento em Contas Bancárias Liquidação de Clientes Título: MÓDULO DE GESTÃO DE BANCOS & CONTROLO LETRAS Pag.: 1 Módulo Gestão Contas Bancárias O módulo Gestão de Contas Bancárias, tem como principal objectivo, permitir ao utilizador saber num exacto momento,

Leia mais