5 - PARAMETROS 5A - RECEITA ARRECADADA X INDICE DE PRECOS MES ARRECADADO VARIACAO VARIACAO REESTIMATIVA 2005 REAL DE PRECO 2006

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "5 - PARAMETROS 5A - RECEITA ARRECADADA X INDICE DE PRECOS MES ARRECADADO VARIACAO VARIACAO REESTIMATIVA 2005 REAL DE PRECO 2006"

Transcrição

1 GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E COORDENACAO GERAL SUPERINTENDENCIA DE POLITICAS PUBLICAS METODOLOGIA DA RECEITA - MR EXERCICIO: 2007/ IDENTIFICACAO DO ORGAO E UNIDADE ORGAO: SECRETARIA DE ESTADO DE CIENCIA E TECNOLOGIA UNIDADE: FUNDACAO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO 2 - ESPECIFICACAO DA RECEITA NATUREZA: RECURSOS DIRETAMENTE ARRECADADOS NATUREZA: RECURSOS DIRETAMENTE ARRECADADOS FONTE: RECURSOS DIRETAMENTE ARRECADADOS PELOS ORGAOS DA ADMINI STRACAO INDIRETA 3 - CARACTERIZACAO DA RECEITA 4 - EVOLUCAO DA RECEITA BALANCO RS 0, REESTIMADO RS 3.658, BALANCO RS 0, PREVISAO RS 3.787, BALANCO RS 0, PREVISAO RS 3.903, ORCAMENTO RS 0, PREVISAO RS 4.036, PARAMETROS 5A - MES ARRECADADO VARIACAO VARIACAO REESTIMATIVA 2005 REAL DE PRECO 2006 JAN 0,00 1,0000 1,0072,00 FEV 0,00 1,0000 1,0113,00 MAR 99,23 1,0000 1, ,70 ABR 76,26 1,0000 1, ,66 MAI 495,51 1,0000 1, ,41 JUN 980,87 1,0000 1, ,96 JUL 810,10 1,0000 1, ,21 AGO 0,00 1,0000 1,0351,00 SET 124,22 1,0000 1, ,81 OUT 313,02 1,0000 1, ,25 NOV 453,55 1,0000 1, ,73 DEZ 196,53 1,0000 1, ,25 TOTAL 3.658, REAL DE PRECO 2007 JAN 0,00 1,0000 1,0035,00 FEV 0,00 1,0000 1,0083,00 MAR 100,70 1,0000 1, ,95

2 ABR 77,66 1,0000 1, ,02 MAI 506,41 1,0000 1, ,61 JUN 1.006,96 1,0000 1, ,16 JUL 835,21 1,0000 1, ,52 AGO 0,00 1,0000 1,0411,00 SET 128,81 1,0000 1, ,40 OUT 325,25 1,0000 1, ,14 NOV 472,73 1,0000 1, ,17 DEZ 205,25 1,0000 1, ,92 TOTAL 3.787, REAL DE PRECO 2008 JAN 0,00 1,0000 1,0031,00 FEV 0,00 1,0000 1,0072,00 MAR 101,95 1,0000 1, ,05 ABR 79,02 1,0000 1, ,22 MAI 518,61 1,0000 1, ,50 JUN 1.037,16 1,0000 1, ,12 JUL 864,52 1,0000 1, ,88 AGO 0,00 1,0000 1,0356,00 SET 134,40 1,0000 1, ,45 OUT 340,14 1,0000 1, ,64 NOV 496,17 1,0000 1, ,45 DEZ 215,92 1,0000 1, ,63 TOTAL 3.903, REAL DE PRECO 2009 JAN 0,00 1,0000 1,0034,00 FEV 0,00 1,0000 1,0079,00 MAR 103,05 1,0000 1, ,27 ABR 80,22 1,0000 1, ,57 MAI 529,50 1,0000 1, ,78 JUN 1.064,12 1,0000 1, ,76 JUL 890,88 1,0000 1, ,99 AGO 0,00 1,0000 1,0396,00 SET 139,45 1,0000 1, ,25 OUT 353,64 1,0000 1, ,20 NOV 517,45 1,0000 1, ,13 DEZ 225,63 1,0000 1, ,91 TOTAL 4.036, JUSTIFICATIVA TECNICA DA VARIACAO REAL 7 - LEGISLACAO BASICA 7A - LEGISLACAO DA RECEITA 7B - LEGISLACAO DO ORGAO LEI COMPLEMENTAR 030/93. RESOLUCOES DO CONSELHO CURADOR. ESTATUTO DA IES.

3 8 - RESPONSABILIDADE TECNICA RESPONSAVEL TECNICO RESPONSAVEL PELA UNIDADE NOME: NOME: TELEFONE: TELEFONE: DATA : DE DE DATA : DE DE

4 GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E COORDENACAO GERAL SUPERINTENDENCIA DE POLITICAS PUBLICAS METODOLOGIA DA RECEITA - MR EXERCICIO: 2007/ IDENTIFICACAO DO ORGAO E UNIDADE ORGAO: SECRETARIA DE ESTADO DE CIENCIA E TECNOLOGIA UNIDADE: FUNDACAO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO 2 - ESPECIFICACAO DA RECEITA NATUREZA: SERVICOS DE INSCRICAO EM SEMINARIOS, VESTIBULARES E OUT ROS EVENTOS NATUREZA: SERVICOS DE INSCRICAO EM CONCURSOS VESTIBULARES FONTE: RECURSOS DIRETAMENTE ARRECADADOS PELOS ORGAOS DA ADMINISTRACAO INDIRETA 3 - CARACTERIZACAO DA RECEITA RECURSOS ORIUNDOS DA ARRECADACAO DE TAXAS PARA CONCURSO VESTIBULAR E CONCURSOS PUBLICOS. 4 - EVOLUCAO DA RECEITA BALANCO RS , REESTIMADO RS , BALANCO RS , PREVISAO RS , BALANCO RS , PREVISAO RS , ORCAMENTO RS 0, PREVISAO RS , PARAMETROS 5A - MES ARRECADADO VARIACAO VARIACAO REESTIMATIVA 2005 REAL DE PRECO 2006 JAN 0,00 1,5000 1,0072,00 FEV 0,00 1,5000 1,0113,00 MAR 0,00 1,5000 1,0149,00 ABR 0,00 1,5000 1,0184,00 MAI ,11 1,5000 1, ,28 JUN 221,80 1,5000 1, ,54 JUL 0,00 1,5000 1,0310,00 AGO 0,00 1,5000 1,0351,00 SET 0,00 1,5000 1,0370,00 OUT 0,00 1,5000 1,0391,00 NOV ,18 1,5000 1, ,70 DEZ 434,49 1,5000 1, ,67 TOTAL ,19

5 2006 REAL DE PRECO 2007 JAN 0,00 1,5000 1,0035,00 FEV 0,00 1,5000 1,0083,00 MAR 0,00 1,5000 1,0125,00 ABR 0,00 1,5000 1,0176,00 MAI ,28 1,5000 1, ,13 JUN 341,54 1,5000 1, ,67 JUL 0,00 1,5000 1,0351,00 AGO 0,00 1,5000 1,0411,00 SET 0,00 1,5000 1,0434,00 OUT 0,00 1,5000 1,0458,00 NOV ,70 1,5000 1, ,62 DEZ 680,67 1,5000 1, ,09 TOTAL , REAL DE PRECO 2008 JAN 0,00 1,5000 1,5000,00 FEV 0,00 1,5000 1,5000,00 MAR 0,00 1,5000 1,5000,00 ABR 0,00 1,5000 1,5000,00 MAI ,13 1,5000 1, ,54 JUN 527,67 1,5000 1, ,25 JUL 0,00 1,5000 1,5000,00 AGO 0,00 1,5000 1,5000,00 SET 0,00 1,5000 1,5000,00 OUT 0,00 1,5000 1,5000,00 NOV ,62 1,5000 1, ,14 DEZ 1.074,09 1,5000 1, ,70 TOTAL , REAL DE PRECO 2009 JAN 0,00 1,5000 1,0034,00 FEV 0,00 1,5000 1,0079,00 MAR 0,00 1,5000 1,0119,00 ABR 0,00 1,5000 1,0169,00 MAI ,54 1,5000 1, ,27 JUN 1.187,25 1,5000 1, ,16 JUL 0,00 1,5000 1,0338,00 AGO 0,00 1,5000 1,0396,00 SET 0,00 1,5000 1,0416,00 OUT 0,00 1,5000 1,0440,00 NOV ,14 1,5000 1, ,26 DEZ 2.416,70 1,5000 1, ,30 TOTAL , JUSTIFICATIVA TECNICA DA VARIACAO REAL PROJECAO DE IMPLEMENTACAO DE NOVOS CURSOS E AUMENTO DA DEMANDA PELO ENSINO SUPERIOR

6 7 - LEGISLACAO BASICA 7A - LEGISLACAO DA RECEITA 7B - LEGISLACAO DO ORGAO LEI COMPLEMENTAR 030/93. RESOLUCOES DO CONSELHO CURADOR. ESTATUTO DA IES. 8 - RESPONSABILIDADE TECNICA RESPONSAVEL TECNICO RESPONSAVEL PELA UNIDADE NOME: ELISANGELA MARIA DO NASCIMENTO OME: ELISANGELA MARIA DO NASCIMENTO TELEFONE: TELEFONE: DATA : DE DE DATA : DE DE

7 GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E COORDENACAO GERAL SUPERINTENDENCIA DE POLITICAS PUBLICAS METODOLOGIA DA RECEITA - MR EXERCICIO: 2007/ IDENTIFICACAO DO ORGAO E UNIDADE ORGAO: SECRETARIA DE ESTADO DE CIENCIA E TECNOLOGIA UNIDADE: FUNDACAO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO 2 - ESPECIFICACAO DA RECEITA NATUREZA: SERVICOS EDUCACIONAIS NATUREZA: SERVICOS EDUCACIONAIS FONTE: RECURSOS DIRETAMENTE ARRECADADOS PELOS ORGAOS DA ADMINI STRACAO INDIRETA 3 - CARACTERIZACAO DA RECEITA RECURSOS ORIUNDOS DE ARRECADACAO DE TAXAS. 4 - EVOLUCAO DA RECEITA BALANCO RS , REESTIMADO RS , BALANCO RS , PREVISAO RS , BALANCO RS , PREVISAO RS , ORCAMENTO RS , PREVISAO RS , PARAMETROS 5A - MES ARRECADADO VARIACAO VARIACAO REESTIMATIVA 2005 REAL DE PRECO 2006 JAN 929,28 1,5000 1, ,95 FEV ,86 1,5000 1, ,95 MAR ,91 1,5000 1, ,45 ABR ,10 1,5000 1, ,66 MAI ,16 1,5000 1, ,55 JUN ,02 1,5000 1, ,18 JUL 0,00 1,5000 1,0310,00 AGO 0,00 1,5000 1,0351,00 SET 0,00 1,5000 1,0370,00 OUT 0,00 1,5000 1,0391,00 NOV ,81 1,5000 1, ,68 DEZ ,56 1,5000 1, ,20 TOTAL ,62

8 2006 REAL DE PRECO 2007 JAN 1.403,95 1,5000 1, ,29 FEV ,95 1,5000 1, ,27 MAR ,45 1,5000 1, ,08 ABR ,66 1,5000 1, ,54 MAI ,55 1,5000 1, ,91 JUN ,18 1,5000 1, ,06 JUL 0,00 1,5000 1,0351,00 AGO 0,00 1,5000 1,0411,00 SET 0,00 1,5000 1,0434,00 OUT 0,00 1,5000 1,0458,00 NOV ,68 1,5000 1, ,00 DEZ ,20 1,5000 1, ,30 TOTAL , REAL DE PRECO 2008 JAN 2.113,29 1,5000 1, ,90 FEV ,27 1,5000 1, ,60 MAR ,08 1,5000 1, ,43 ABR ,54 1,5000 1, ,21 MAI ,91 1,5000 1, ,04 JUN ,06 1,5000 1, ,88 JUL 0,00 1,5000 1,5000,00 AGO 0,00 1,5000 1,5000,00 SET 0,00 1,5000 1,5000,00 OUT 0,00 1,5000 1,5000,00 NOV ,00 1,5000 1, ,75 DEZ ,30 1,5000 1, ,42 TOTAL , REAL DE PRECO 2009 JAN 4.754,90 1,5000 1, ,59 FEV ,60 1,5000 1, ,31 MAR ,43 1,5000 1, ,82 ABR ,21 1,5000 1, ,63 MAI ,04 1,5000 1, ,78 JUN ,88 1,5000 1, ,98 JUL 0,00 1,5000 1,0338,00 AGO 0,00 1,5000 1,0396,00 SET 0,00 1,5000 1,0416,00 OUT 0,00 1,5000 1,0440,00 NOV ,75 1,5000 1, ,45 DEZ ,42 1,5000 1, ,38 TOTAL , JUSTIFICATIVA TECNICA DA VARIACAO REAL PREVISAO DE RECURSOS ORIUNDO DE TAXAS DE SERVICOS PRESTADOS PELA IES.

9 7 - LEGISLACAO BASICA 7A - LEGISLACAO DA RECEITA 7B - LEGISLACAO DO ORGAO LEI COMPLEMENTAR 030/93. RESOLUCOES DO CONSELHO CURADOR. ESTATUTO DA IES. 8 - RESPONSABILIDADE TECNICA RESPONSAVEL TECNICO RESPONSAVEL PELA UNIDADE NOME: ELISANGELA MARIA DO NASCIMENTO NOME: VITERICO JABUR MALUF TELEFONE: TELEFONE: DATA : DE DE DATA : DE DE

10 GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E COORDENACAO GERAL SUPERINTENDENCIA DE POLITICAS PUBLICAS METODOLOGIA DA RECEITA - MR EXERCICIO: 2007/ IDENTIFICACAO DO ORGAO E UNIDADE ORGAO: SECRETARIA DE ESTADO DE CIENCIA E TECNOLOGIA UNIDADE: FUNDACAO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO 2 - ESPECIFICACAO DA RECEITA NATUREZA: CONVENIOS COM ORGAOS FEDERAIS - ADMINISTRACAO INDIRETA NATUREZA: CONVENIOS COM ORGAOS FEDERAIS - ADMINISTRACAO INDIRETA FONTE: CARACTERIZACAO DA RECEITA 4 - EVOLUCAO DA RECEITA BALANCO RS 0, REESTIMADO RS 4.753, BALANCO RS 0, PREVISAO RS 4.867, BALANCO RS 0, PREVISAO RS 4.970, ORCAMENTO RS 0, PREVISAO RS 5.085, PARAMETROS 5A - MES ARRECADADO VARIACAO VARIACAO REESTIMATIVA 2005 REAL DE PRECO 2006 JAN 0,00 1,0000 1,0072,00 FEV 0,00 1,0000 1,0113,00 MAR 0,00 1,0000 1,0149,00 ABR 0,00 1,0000 1,0184,00 MAI 4.651,00 1,0000 1, ,32 JUN 0,00 1,0000 1,0266,00 JUL 0,00 1,0000 1,0310,00 AGO 0,00 1,0000 1,0351,00 SET 0,00 1,0000 1,0370,00 OUT 0,00 1,0000 1,0391,00 NOV 0,00 1,0000 1,0423,00 DEZ 0,00 1,0000 1,0444,00 TOTAL 4.753,32

11 2006 REAL DE PRECO 2007 JAN 0,00 1,0000 1,0035,00 FEV 0,00 1,0000 1,0083,00 MAR 0,00 1,0000 1,0125,00 ABR 0,00 1,0000 1,0176,00 MAI 4.753,32 1,0000 1, ,87 JUN 0,00 1,0000 1,0300,00 JUL 0,00 1,0000 1,0351,00 AGO 0,00 1,0000 1,0411,00 SET 0,00 1,0000 1,0434,00 OUT 0,00 1,0000 1,0458,00 NOV 0,00 1,0000 1,0496,00 DEZ 0,00 1,0000 1,0520,00 TOTAL 4.867, REAL DE PRECO 2008 JAN 0,00 1,0000 1,0031,00 FEV 0,00 1,0000 1,0072,00 MAR 0,00 1,0000 1,0108,00 ABR 0,00 1,0000 1,0153,00 MAI 4.867,87 1,0000 1, ,09 JUN 0,00 1,0000 1,0260,00 JUL 0,00 1,0000 1,0305,00 AGO 0,00 1,0000 1,0356,00 SET 0,00 1,0000 1,0376,00 OUT 0,00 1,0000 1,0397,00 NOV 0,00 1,0000 1,0429,00 DEZ 0,00 1,0000 1,0450,00 TOTAL 4.970, REAL DE PRECO 2009 JAN 0,00 1,0000 1,0034,00 FEV 0,00 1,0000 1,0079,00 MAR 0,00 1,0000 1,0119,00 ABR 0,00 1,0000 1,0169,00 MAI 4.970,09 1,0000 1, ,39 JUN 0,00 1,0000 1,0288,00 JUL 0,00 1,0000 1,0338,00 AGO 0,00 1,0000 1,0396,00 SET 0,00 1,0000 1,0416,00 OUT 0,00 1,0000 1,0440,00 NOV 0,00 1,0000 1,0477,00 DEZ 0,00 1,0000 1,0500,00 TOTAL 5.085, JUSTIFICATIVA TECNICA DA VARIACAO REAL

12 7 - LEGISLACAO BASICA 7A - LEGISLACAO DA RECEITA 7B - LEGISLACAO DO ORGAO LEI COMPLEMENTAR 030/93. RESOLUCOES DO CONSELHO CURADOR. ESTATUTO DA IES. 8 - RESPONSABILIDADE TECNICA RESPONSAVEL TECNICO RESPONSAVEL PELA UNIDADE NOME: NOME: TELEFONE: TELEFONE: DATA : DE DE DATA : DE DE

13 GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E COORDENACAO GERAL SUPERINTENDENCIA DE POLITICAS PUBLICAS METODOLOGIA DA RECEITA - MR EXERCICIO: 2007/ IDENTIFICACAO DO ORGAO E UNIDADE ORGAO: SECRETARIA DE ESTADO DE CIENCIA E TECNOLOGIA UNIDADE: FUNDACAO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO 2 - ESPECIFICACAO DA RECEITA NATUREZA: RECURSOS DIRETAMENTE ARRECADADOS NATUREZA: RECURSOS DIRETAMENTE ARRECADADOS FONTE: RECURSOS DIRETAMENTE ARRECADADOS PELOS ORGAOS DA ADMINI STRACAO INDIRETA 3 - CARACTERIZACAO DA RECEITA RECEITAS ORIUNDAS DE ARRECADACAO COM DEVOLUCAO DE PRESTACAO DE CONTAS E OUTRAS RESTITUICOES. 4 - EVOLUCAO DA RECEITA BALANCO RS , REESTIMADO RS 3.983, BALANCO RS , PREVISAO RS 4.159, BALANCO RS 3.869, PREVISAO RS 4.242, ORCAMENTO RS , PREVISAO RS 4.446, PARAMETROS 5A - MES ARRECADADO VARIACAO VARIACAO REESTIMATIVA 2005 REAL DE PRECO 2006 JAN 0,00 1,0000 1,0072,00 FEV 800,00 1,0000 1, ,04 MAR 0,11 1,0000 1,0149,11 ABR 0,00 1,0000 1,0184,00 MAI 0,00 1,0000 1,0220,00 JUN 755,25 1,0000 1, ,33 JUL 0,00 1,0000 1,0310,00 AGO 0,00 1,0000 1,0351,00 SET 2.313,89 1,0000 1, ,50 OUT 0,00 1,0000 1,0391,00 NOV 0,00 1,0000 1,0423,00 DEZ 0,00 1,0000 1,0444,00 TOTAL 3.983,98

14 2006 REAL DE PRECO 2007 JAN 0,00 1,0100 1,0035,00 FEV 809,04 1,0100 1, ,91 MAR 0,11 1,0100 1,0125,11 ABR 0,00 1,0100 1,0176,00 MAI 0,00 1,0100 1,0241,00 JUN 775,33 1,0100 1, ,57 JUL 0,00 1,0100 1,0351,00 AGO 0,00 1,0100 1,0411,00 SET 2.399,50 1,0100 1, ,67 OUT 0,00 1,0100 1,0458,00 NOV 0,00 1,0100 1,0496,00 DEZ 0,00 1,0100 1,0520,00 TOTAL 4.159, REAL DE PRECO 2008 JAN 0,00 1,0100 1,0100,00 FEV 823,91 1,0100 1, ,47 MAR 0,11 1,0100 1,0100,11 ABR 0,00 1,0100 1,0100,00 MAI 0,00 1,0100 1,0100,00 JUN 806,57 1,0100 1, ,78 JUL 0,00 1,0100 1,0100,00 AGO 0,00 1,0100 1,0100,00 SET 2.528,67 1,0100 1, ,49 OUT 0,00 1,0100 1,0100,00 NOV 0,00 1,0100 1,0100,00 DEZ 0,00 1,0100 1,0100,00 TOTAL 4.242, REAL DE PRECO 2009 JAN 0,00 1,0150 1,0034,00 FEV 840,47 1,0150 1, ,81 MAR 0,11 1,0150 1,0119,11 ABR 0,00 1,0150 1,0169,00 MAI 0,00 1,0150 1,0232,00 JUN 822,78 1,0150 1, ,17 JUL 0,00 1,0150 1,0338,00 AGO 0,00 1,0150 1,0396,00 SET 2.579,49 1,0150 1, ,09 OUT 0,00 1,0150 1,0440,00 NOV 0,00 1,0150 1,0477,00 DEZ 0,00 1,0150 1,0500,00 TOTAL 4.446, JUSTIFICATIVA TECNICA DA VARIACAO REAL PROJECAO DE INDENIZACOES E RESTITUICOES.

15 7 - LEGISLACAO BASICA 7A - LEGISLACAO DA RECEITA 7B - LEGISLACAO DO ORGAO LEI COMPLEMENTAR 030/93. RESOLUCOES DO CONSELHO CURADOR. ESTATUTO DA IES. 8 - RESPONSABILIDADE TECNICA RESPONSAVEL TECNICO RESPONSAVEL PELA UNIDADE NOME: ELISANGELA MARIA DO NASCIMENTO NOME: VITERICO JABUR MALUF TELEFONE: TELEFONE: DATA : DE DE DATA : DE DE

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES Página 1 de 28 Atualização: da poupança jun/81 1 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00 26.708,00-0,000% - 26.708,00 26.708,00 26.708,00 jul/81 2 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 1.72.380,00 0,00 0,00 0,00 361.00,00 22,96 22,96 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl Acum 14 set/11 15

Leia mais

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+ CALENDÁRIO, 2015 7 A JAN. 0 QUARTA -1-0.0018 7022.5 3750.3 1 QUINTA 0 +0.0009 7023.5 3751.3 2 SEXTA 1 +0.0037 7024.5 3752.3 3 SÁBADO 2 +0.0064 7025.5 3753.3 4 DOMINGO 3 +0.0091 7026.5 3754.3 5 SEGUNDA

Leia mais

Data Moeda Valor Vista Descrição Taxa US$ 07-Jul-00 Real 0,5816 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,81 14-Jul-00 Real 0,5938 Sem frete - PIS/COFINS

Data Moeda Valor Vista Descrição Taxa US$ 07-Jul-00 Real 0,5816 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,81 14-Jul-00 Real 0,5938 Sem frete - PIS/COFINS Data Moeda Valor Vista Descrição Taxa US$ 07-Jul-00 Real 0,5816 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,81 14-Jul-00 Real 0,5938 Sem frete - PIS/COFINS (3,65%) NPR 1,8 21-Jul-00 Real 0,6493 Sem frete - PIS/COFINS

Leia mais

TABELA PRÁTICA PARA CÁLCULO DOS JUROS DE MORA ICMS ANEXA AO COMUNICADO DA-87/12

TABELA PRÁTICA PARA CÁLCULO DOS JUROS DE MORA ICMS ANEXA AO COMUNICADO DA-87/12 JANEIRO 2,8451 2,7133 2,4903 2,3303 2,1669 1,9859 1,7813 1,6288 1,4527 1,3148 1,1940 1,0684 FEVEREIRO 2,8351 2,6895 2,4758 2,3201 2,1544 1,9676 1,7705 1,6166 1,4412 1,3048 1,1840 1,0584 MARÇO 2,8251 2,6562

Leia mais

Safra 2016/2017. Safra 2015/2016

Safra 2016/2017. Safra 2015/2016 Valores de ATR e Preço da Tonelada de Cana-de-açúcar - Consecana do Estado do Paraná Safra 2016/2017 Mar/16 0,6048 0,6048 0,6048 66,04 73,77 Abr 0,6232 0,6232 0,5927 64,72 72,29 Mai 0,5585 0,5878 0,5868

Leia mais

Série 34 E 35 Relatório de Acompanhamento do CRI 31-jan-14

Série 34 E 35 Relatório de Acompanhamento do CRI 31-jan-14 31-jan-14 a - Juros 6.691.919,50 a - Juros 1.672.979,81 b - Amortização 3.757.333,97 b - Amortização 939.333,65 a - Saldo atual dos CRI Seniors (984.936.461,48) b - Saldo atual dos CRI Junior (246.234.105,79)

Leia mais

Nome do Condomínio. Demonstrativo Financeiro

Nome do Condomínio. Demonstrativo Financeiro Mês: Janeiro 1.5 - Mês: Fevereiro 1.5 - Mês: Março 1.5 - Mês: Abril 1.5 - Mês: Maio 1.5 - Mês: Junho 1.5 - Mês: Julho 1.5 - Mês: Agosto 1.5 - Mês: Setembro 1.5 - Mês: Outubro 1.5 - Mês: Novembro 1.5 -

Leia mais

RECALL SMITHS LISTA DOS PRODUTOS ENVOLVIDOS, IMPORTADOS AO BRASIL PELA CIRÚRGICA FERNANDES, COM INFORMAÇÕES SOBRE PRODUTOS VENDIDOS E EM ESTOQUE

RECALL SMITHS LISTA DOS PRODUTOS ENVOLVIDOS, IMPORTADOS AO BRASIL PELA CIRÚRGICA FERNANDES, COM INFORMAÇÕES SOBRE PRODUTOS VENDIDOS E EM ESTOQUE DOCUMENTO 2 LISTA DOS PRODUTOS ENVOLVIDOS, IMPORTADOS AO BRASIL PELA CIRÚRGICA FERNANDES, COM INFORMAÇÕES SOBRE PRODUTOS VENDIDOS E EM ESTOQUE 100.105.025 644425 10 10 fev/05 fev/10 9660 10/10/2005 13/10/2005

Leia mais

Vênus Em Aquário 25 Dez 1939. Vênus Em Peixes 18 Jan 1940. Vênus Em Áries 12 Fev 1940. Vênus Em Touro 8 Mar 1940. Vênus Em Gêmeos 4 Abr 1940

Vênus Em Aquário 25 Dez 1939. Vênus Em Peixes 18 Jan 1940. Vênus Em Áries 12 Fev 1940. Vênus Em Touro 8 Mar 1940. Vênus Em Gêmeos 4 Abr 1940 Vênus Em Aquário 25 Dez 1939 Vênus Em Peixes 18 Jan 1940 Vênus Em Áries 12 Fev 1940 Vênus Em Touro 8 Mar 1940 Vênus Em Gêmeos 4 Abr 1940 Vênus Em Câncer 6 Maio 1940 Vênus Em Gêmeos 5 Jul 1940 Vênus Em

Leia mais

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA EXECUÇÃO FINANCEIRA

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DA EXECUÇÃO FINANCEIRA CONTRATO 07/2013 EXERCÍCIO 2013 jan/13 fev/13 mar/13 abr/13 mai/13 jun/13 jul/13 ago/13 set/13 out/13 nov/13 dez/13 Número da Nota Fiscal emitida - - - - - - 92 99 110 121/133-157 - - Depósitos realizados

Leia mais

ANEXO II PROPOSTA DE PROJETO DE EXTENSÃO

ANEXO II PROPOSTA DE PROJETO DE EXTENSÃO 1 Identificação 1.1 Título da Proposta ANEXO II PROPOSTA DE PROJETO DE EXTENSÃO 1.2 Origem campus Avançado Patrocínio campus Paracatu campus Uberlândia campus Ituiutaba campus Uberaba 1.3 Coordenação Docente

Leia mais

Calendário Pós-graduação 2014 - Educação Infantil

Calendário Pós-graduação 2014 - Educação Infantil Calendário Pós-graduação 2014 - Educação Infantil Disciplina Data Início Data fim Atividade acadêmica ENTRADA 1 10/03/2014 20/12/2014 17/03/2014 24/03/2014 Gestão criativa e inovadora nas instituições

Leia mais

Valores de ATR e Preço da Tonelada de Cana-de-açúcar - Consecana do Estado de São Paulo

Valores de ATR e Preço da Tonelada de Cana-de-açúcar - Consecana do Estado de São Paulo Valores de ATR e Preço da Tonelada de Cana-de-açúcar - Consecana do Estado de São Paulo Safra 2015/2016 Mensal Acumulado Cana Campo (1) Cana Esteira (2) R$/Kg ATR R$/Kg ATR R$/Ton. R$/Ton. Abr/15 0,4909

Leia mais

OPERAÇÕES DE FRETE/2011

OPERAÇÕES DE FRETE/2011 JAN (lta) 213.840 213.840 48.693,90 213.840 213.840 48.693,90 FEV 48.300 48.300 4.859,10 91.839 91.839 8.767,52 722.756 722.756 45.937,39 MAR 862.895 862.895 59.564,01 142.600 142.600 12.482,77 290.232

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MODALIDADE A DISTÂNCIA CRONOGRAMA ACADÊMICO 2011 MBA EM ADMINISTRAÇÃO E MARKETING TURMAS 2011

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU MODALIDADE A DISTÂNCIA CRONOGRAMA ACADÊMICO 2011 MBA EM ADMINISTRAÇÃO E MARKETING TURMAS 2011 2 3 4 5 6 7 8 9 0 2 3 4 5 6 7 8 9 20 22 Aula Data Evento 7/0 a 22/0 Período para solicitação de provas de 2ª chamada 23 24 25 26 27 28 29 26/jan Entrada de novos alunos + AVA (OFERTA JANEIRO 20) 30 3 3/0

Leia mais

Extrato de Unidade. Período de 01/01/1901 até 22/06/2015 2542 COND.JULHO/2007(50%) 162,00 4073 FUNDO DE RESERVA 18,00 2542 COND.

Extrato de Unidade. Período de 01/01/1901 até 22/06/2015 2542 COND.JULHO/2007(50%) 162,00 4073 FUNDO DE RESERVA 18,00 2542 COND. 13975867 20/07/2007 033508 13991044 02/08/2007 034027 13998459 02/09/2007 034534 14014148 20/09/2007 034969 14031362 08/10/2007 035487 14049982 02/11/2007 036071 14065498 02/12/2007 036420 14083661 02/01/2008

Leia mais

ESTADO DO TOCANTINS CAMARA MUNICIPAL DE SAO VALERIO CAMARA MUNICIPAL DE SAO VALERIO RELATÓRIO DE GESTÃO FISCAL DEMONSTRATIVO DA DESPESA DE PESSOAL

ESTADO DO TOCANTINS CAMARA MUNICIPAL DE SAO VALERIO CAMARA MUNICIPAL DE SAO VALERIO RELATÓRIO DE GESTÃO FISCAL DEMONSTRATIVO DA DESPESA DE PESSOAL LRF, Artigo 55, inciso I, alínea "a" - Anexo I JANEIRO/2013 FEV/2012 a JAN/2013 DESPESA BRUTA COM PESSOAL (I) 22.609,19 Pessoal Ativo 22.609,19 TOTAL DA DESPESA COM PESSOAL PARA FINS DE APURACAO DO LIMITE

Leia mais

ADVOCACIA GERAL DA UNIAO Procuradoria Geral da Uniao Departamento de Calculos e Pericias - DECAP ( NECAP NO ESTADO DO

ADVOCACIA GERAL DA UNIAO Procuradoria Geral da Uniao Departamento de Calculos e Pericias - DECAP ( NECAP NO ESTADO DO FICHA FINANCEIRA REFERENTE A 2002 JAN FEV MAR ABR MAI JUN 00182 ADIANT.GRATIF.NATALINA - APOS. R 1 82118 GRAT.DES.TEC.ADM.L10404/GDATA R 1 142,12 142,12 142,12 142,12 142,12 142,12 63,00 63,00 63,00 70,00

Leia mais

Grupos Disponíveis Para Venda - 25/05/2015 10:58:48

Grupos Disponíveis Para Venda - 25/05/2015 10:58:48 25/05/2015 10:59:09 Página 1 Grupo: 000894 Prazo: 084 Prazo Restante: 062 Assembleia Atual: 023 11/06/2015 Vencimento: 08/06/2015 Participantes: 600 Cotas Vagas: 000 Característica: 1 SORTEIO - 1 SORTEIO

Leia mais

Atualização de $ 602,77 de Abr-2006 para Mai-2011 pelo índice INPC. Valor atualizado: $ 784,48

Atualização de $ 602,77 de Abr-2006 para Mai-2011 pelo índice INPC. Valor atualizado: $ 784,48 CONTINUO de $ 602,77 de 2006 para Mai-2011 pelo índice INPC. Valor atualizado: $ 784,48 06=0,12%; Mai-06=0,13%; Jun-06=-0,07%; Jul-06=0,11%; Ago-06=-0,02%; Set- 06=0,43%; Nov-06=0,42%; Dez-06=0,62%; Jan-07=0,49%;

Leia mais

Tabela 5.76 - Dez maiores ocorrências mensais registradas no PROCON Juiz de Fora, 2008

Tabela 5.76 - Dez maiores ocorrências mensais registradas no PROCON Juiz de Fora, 2008 Janeiro Fevereiro Telefonia celular 370 13,50 Telefonia celular 372 14,50 Cartão de crédito 334 12,19 316 12,31 294 10,73 Cartão de crédito 281 10,95 Banco comercial 230 8,39 Banco comercial 199 7,76 expansão,/compra

Leia mais

Instituto de desenvolvimento educacional de Angola IDEIA SECRETARIA ACADÊMICA

Instituto de desenvolvimento educacional de Angola IDEIA SECRETARIA ACADÊMICA Instituto de desenvolvimento educacional de Angola IDEIA SECRETARIA ACADÊMICA Curso de Especialização MBA Gestão Estratégica em Tecnologia da Informação ANO MÊS CRONOGRAMA Dia Data Disciplina ch seg 07/09/15

Leia mais

Alturas mensais de precipitação (mm)

Alturas mensais de precipitação (mm) Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos AGUASPARANÁ - Instituto das Águas do Paraná Sistema de Informações Hidrológicas - SIH Alturas mensais de precipitação (mm) Estação: Município: Tipo: Altitude:

Leia mais

Calendário Pós-graduação 2014 - MBA em Gestão de Projetos

Calendário Pós-graduação 2014 - MBA em Gestão de Projetos Calendário Pós-graduação 2014 - MBA em Gestão de Projetos Disciplina Data Início Data fim Atividade acadêmica ENTRADA 1 10/03/2014 20/12/2014 17/03/2014 24/03/2014 Análise de Cenários Econômicos (Disciplina

Leia mais

200 180 Indice (abr/2004=100) 160 140 120 100 80 dez/97 jun/98 dez/98 jun/99 dez/99 jun/00 dez/00 jun/01 dez/01 jun/02 dez/02 jun/03 dez/03 jun/04 dez/04 jun/05 dez/05 jun/06 dez/06 jun/07 dez/07 Faturamento

Leia mais

Políticas para a Primeira Infância e os Planos Municipais de Educação

Políticas para a Primeira Infância e os Planos Municipais de Educação Encontro COPEDUC Políticas para a Primeira Infância e os Planos Municipais de Educação Porto Alegre/RS 18 de março de 2015 Planejando a Próxima Década EMENDA CONSTITUCIONAL 59/2009 Artigo 214 Plano Nacional

Leia mais

Mapa Estratégico de Minas Gerais

Mapa Estratégico de Minas Gerais Mapa Estratégico de Minas Gerais ORGANIZAÇÃO DAS ÁREAS DE RESULTADO => Desafios setoriais Desdobrados em: => Objetivos Estratégicos Traduzidos em: => Resultados Finalísticos: Indicadores e Metas Materializados

Leia mais

Distribuição de Renda

Distribuição de Renda Distribuição de Renda Renda Per Capita do Trabalho Principais Regiões Metropolitanas 15 a 60 anos de idade Inclui zeros www.fgv.br/cps/ms Índice de Gini Desigualdade Níveis Renda domiciliar per capita

Leia mais

PESQUISA MENSAL DO COMERCIO VAREJISTA DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - MARÇO 2016 -

PESQUISA MENSAL DO COMERCIO VAREJISTA DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - MARÇO 2016 - PESQUISA MENSAL DO COMERCIO VAREJISTA DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - MARÇO 2016 - Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico Coordenação de Campo: Roberto Guerra SUMÁRIO

Leia mais

10.000.000,00 9.154.690,15 9.000.000,00 8.000.000,00 7.195.564,56

10.000.000,00 9.154.690,15 9.000.000,00 8.000.000,00 7.195.564,56 10.000.000,00 9.154.690,15 9.000.000,00 8.543.230,16 8.000.000,00 7.195.564,56 7.000.000,00 6.000.000,00 5.000.000,00 4.000.000,00 3.000.000,00 2.000.000,00 1.000.000,00 0,00 1.959.125,59 1.347.665,60

Leia mais

Mérito Desenvolvimento Imobiliário I FII. Fundo de Investimento Imobiliário

Mérito Desenvolvimento Imobiliário I FII. Fundo de Investimento Imobiliário 03 09 10 11 13 15 16 18 20 22 24 26 28 29 31 33 02 1. Imobiliário I 03 1. Imobiliário I 04 1. Imobiliário I 05 1. Imobiliário I 06 1. Imobiliário I 07 1. Imobiliário I 1. LANÇAMENTO 2. OBRAS 3. CONCLUÍDO

Leia mais

Gestor(a): Desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira

Gestor(a): Desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira Gestor(a): Desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira Meta Meta 2 de 29 Meta 2 de 21 Meta 2 de 212 Meta 2 de 213 Descrição Identificar os processos judiciais mais antigos e adotar medidas concretas

Leia mais

SP-C.01 ANEXO C INFRAESTRUTURA AEROPORTUÁRIA. Matriz de Responsabilidades São Paulo São Paulo SÃO PAULO SÃO PAULO. Governo Federal (Infraero)

SP-C.01 ANEXO C INFRAESTRUTURA AEROPORTUÁRIA. Matriz de Responsabilidades São Paulo São Paulo SÃO PAULO SÃO PAULO. Governo Federal (Infraero) Matriz de s SÃO PAULO SÃO PAULO ANEXO C INFRAESTRUTURA AEROPORTUÁRIA Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos Governador André Franco Montoro Total dos Projetos: R$ 1.219,4 milhões Construção do

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE COORDENADORIA DE RECURSOS HUMANOS. Observatório de Recursos Humanos em Saúde SETEMBRO / 2015

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE COORDENADORIA DE RECURSOS HUMANOS. Observatório de Recursos Humanos em Saúde SETEMBRO / 2015 1 SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE COORDENADORIA DE RECURSOS HUMANOS Indicadores de Recursos Humanos- SES/SP Observatório de Recursos Humanos em Saúde SETEMBRO / 2015 Equipe Técnica: Adriana R. L. Carro -

Leia mais

Série 108 Relatório de Acompanhamento do CRI 31-jan-15

Série 108 Relatório de Acompanhamento do CRI 31-jan-15 31-jan-15 a - Saldo atual dos CRI Seniors (37.502.102,11) c - Saldo devedor total da carteira, encargos e valores a processar 37.502.133,30 f - Excedente / (Falta) 1.034,16 28-fev-15 a - Saldo atual dos

Leia mais

PESQUISA MENSAL DO COMERCIO VAREJISTA DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - JULHO

PESQUISA MENSAL DO COMERCIO VAREJISTA DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - JULHO PESQUISA MENSAL DO COMERCIO VAREJISTA DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - JULHO 2014 - Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico Coordenação de Campo: Roberto Guerra SUMÁRIO

Leia mais

MODELO DE PROJETO DE PESQUISA

MODELO DE PROJETO DE PESQUISA IDENTIFICAÇÃO DO PESQUISADOR Nome do pesquisador responsável MODELO DE PROJETO DE PESQUISA Instituição Titulação Departamento CPF Endereço Telefone Fax E-Mail EQUIPE COLABORADORA Nome Departamento Titulação

Leia mais

Associação de Ensino Superior da Amazônia - AESA Faculdade de Ciências Humanas, Exatas e Letras de Rondônia - FARO

Associação de Ensino Superior da Amazônia - AESA Faculdade de Ciências Humanas, Exatas e Letras de Rondônia - FARO Coordenação de Pesquisa e Extensão. Título do Projeto de pesquisa/ Iniciação Cientifica. Coordenador do projeto: Curso de: Instruções para Preenchimento do Formulário. PESQUISA Caracterização e Objetivos:

Leia mais

RECEBIMENTOS EM ATRASO

RECEBIMENTOS EM ATRASO Página: 1 RECEBIMENTOS EM ATRASO Recibo Unidade: Histórico Valor Total 14107481 46645165 46543815 46653454 46322894 46334708 46653377 46657430 46512906 46652358 46652273 46649795 46415955 46645056 46640429

Leia mais

PROJETO DE EXTENSÃO. 1. TÍTULO: A educação além dos portões da escola. 2. ÁREA DE CONHECIMENTO A QUAL A ATIVIDADE ESTÁ DIRETAMENTE LIGADA Educação.

PROJETO DE EXTENSÃO. 1. TÍTULO: A educação além dos portões da escola. 2. ÁREA DE CONHECIMENTO A QUAL A ATIVIDADE ESTÁ DIRETAMENTE LIGADA Educação. INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO SANT ANA Rua Pinheiro Machado, n 189 Centro Ponta Grossa - PR CEP 84.010-310 Fone (0**42) 224-0301 www.interponta.com.br/santana PROJETO DE EXTENSÃO 1. TÍTULO: A educação

Leia mais

EIXO 4 PLANEJAMENTO E GESTÃO ORÇAMENTÁRIA E FINANCEIRA

EIXO 4 PLANEJAMENTO E GESTÃO ORÇAMENTÁRIA E FINANCEIRA EIXO 4 PLANEJAMENTO E GESTÃO ORÇAMENTÁRIA E FINANCEIRA D 4.10 Aspectos fiscais: receita e necessidade de financiamento do governo central (20h) (Aula 1: Receita Pública) Professor: José Paulo de A. Mascarenhas

Leia mais

Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira

Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira Esclarecimentos quanto aos benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social INSS, como também quanto ao montante das receitas previdenciárias. Núcleo Trabalho, Previdência e Assistência Social

Leia mais

e a definição dos procedimentos. Sistema informatizado adequado à metodologia utilizada. Manual de procedimentos elaborado/atualizado.

e a definição dos procedimentos. Sistema informatizado adequado à metodologia utilizada. Manual de procedimentos elaborado/atualizado. ANEXO I CRONOGRAMA DE AÇÕES PARA IMPLEMENT AÇÃO DA CONT ABILIDADE APLICADA AO SET OR PÚBLICO PORTARIA STN n.º 753, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2012 I - Reconhecimento,

Leia mais

Projeto Acalanto Natal jan/15

Projeto Acalanto Natal jan/15 jan/15 SALDO INICIAL: 5.388,79 Saldo inicial BB 5.388,79 Sócios Contribuintes 50,00 Despesas Gerais 2.316,00 Pagamento OI VELOX 184,00 Despesas com Tarifa Bancária 49,00 SALDO FINAL: 2.889,79 Saldo Final

Leia mais

Cronograma. T2Ti ERP. T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM CNPJ: 10.793.118/0001-78 Projeto T2Ti ERP. Atualizado em 20/11/2010

Cronograma. T2Ti ERP. T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM CNPJ: 10.793.118/0001-78 Projeto T2Ti ERP. Atualizado em 20/11/2010 Cronograma T2Ti ERP Atualizado em 20/11/2010 Cronograma Fizemos uma alteração no cronograma para contemplar a parte de requisitos separada da arte de implementação com os devidos responsáveis. Estamos

Leia mais

EXPLICAÇÕES DA SEÇÃO B 1 B

EXPLICAÇÕES DA SEÇÃO B 1 B EXPLICAÇÕES DA SEÇÃO B 1 B Os instantes do nascer, passagem meridiana e ocaso dos planetas ( exceto Plutão ), Sol e Lua são apresentados para seis cidades brasileiras : Longitude ( W ) Latitude ( S ) o

Leia mais

COMUNICADO SDG Nº 02/2013

COMUNICADO SDG Nº 02/2013 COMUNICADO SDG Nº 02/2013 O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo divulga aos órgãos jurisdicionados da área municipal o calendário de obrigações para 2013 necessárias ao atendimento das exigências

Leia mais

Tarumã SP., 26 de Fevereiro de 2013. MEMO nº 04/2013. Assunto: CALENDÁRIO DE OBRIGAÇÕES PARA 2013. Prezados Senhores,

Tarumã SP., 26 de Fevereiro de 2013. MEMO nº 04/2013. Assunto: CALENDÁRIO DE OBRIGAÇÕES PARA 2013. Prezados Senhores, Aos clientes VISÃO CONSULTORIA Tarumã SP., 26 de Fevereiro de 2013. MEMO nº 04/2013 Assunto: CALENDÁRIO DE OBRIGAÇÕES PARA 2013 Prezados Senhores, COMUNICADO SDG Nº 02/2013 O Tribunal de Contas do Estado

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNIEVANGÉLICA - 2015/2016. Projeto de Pesquisa do Coordenador e Subprojeto do Discente

PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNIEVANGÉLICA - 2015/2016. Projeto de Pesquisa do Coordenador e Subprojeto do Discente PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNIEVANGÉLICA - 20/20 Projeto de Pesquisa do Coordenador e Subprojeto do Discente Projeto de Pesquisa NOME DO COORDENADOR EM CAIXA ALTA INFORMAÇÕES GERAIS

Leia mais

INFORME CONJUNTURAL. Comportamento do Emprego Fevereiro de 2015 - Brasil. Subseção Dieese Força Sindical. Elaboração: 19/03/2015

INFORME CONJUNTURAL. Comportamento do Emprego Fevereiro de 2015 - Brasil. Subseção Dieese Força Sindical. Elaboração: 19/03/2015 INFORME CONJUNTURAL Comportamento do Emprego Fevereiro de 2015 - Brasil Subseção Dieese Força Sindical Elaboração: 19/03/2015 Segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados

Leia mais

MBA em Marketing e Vendas

MBA em Marketing e Vendas MBA em Marketing e Vendas Legenda: Aulas ao vivo Avaliações Desafio Profissional Feriados Importantes MBA EM MARKETING E VENDAS Turma 2013-1 Aulas ao vivo: Sexta-Feira INFORMAÇÕES GERAIS IMPORTANTES 1-

Leia mais

JUSTIFICATIVA Sistema Nacional de SAN (Sisan), descentralizado, intersetorial, participativo, como espaço para ação política de promoção e garantia

JUSTIFICATIVA Sistema Nacional de SAN (Sisan), descentralizado, intersetorial, participativo, como espaço para ação política de promoção e garantia Universidade Federal da Bahia Escola de Nutrição Núcleo de Pesquisa em Nutrição e Politicas Publica Instituto de saúde coletiva Programa de pós-graduação em saúde coletiva DESENVOLVIMENTO E APLICAÇÃO DE

Leia mais

LEYA BIKES CARTA- CONVITE LICITAÇÃO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE CONSULTORIA

LEYA BIKES CARTA- CONVITE LICITAÇÃO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE CONSULTORIA LEYA BIKES CARTA- CONVITE LICITAÇÃO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE CONSULTORIA 1. OBJETO 1.1. A LEYA BIKES S.A realizará licitação para a prestação dos serviços de Consultoria em Comunicação, levando em conta

Leia mais

MBA em Marketing e Vendas

MBA em Marketing e Vendas MBA em Marketing e Vendas Legenda: Aulas ao vivo Avaliações Feriados Importantes MBA EM MARKETING E VENDAS Desafio Profissional INFORMAÇÕES GERAIS IMPORTANTES - Os temas e Professores específicos de cada

Leia mais

EVOLUÇÃO SALARIAL. Categoria: Sindipetro RJ. Petroleiros do Rio de Janeiro. Deflatores: IPCA-IBGE INPC-IBGE. julho de 2012

EVOLUÇÃO SALARIAL. Categoria: Sindipetro RJ. Petroleiros do Rio de Janeiro. Deflatores: IPCA-IBGE INPC-IBGE. julho de 2012 EVOLUÇÃO SALARIAL Categoria: Petroleiros do Rio de Janeiro Deflatores: IPCA-IBGE INPC-IBGE julho de 2012 Este trabalho contém o estudo sobre o comportamento dos salários desde 01-setembro-2011 até 31-agosto-2012

Leia mais

Revendo Procedimentos. Melanie Aparecida Luiz Vieira Gerente da Unidade de Arrecadação e Cobrança E-mail: melanie@joinville.sc.gov.

Revendo Procedimentos. Melanie Aparecida Luiz Vieira Gerente da Unidade de Arrecadação e Cobrança E-mail: melanie@joinville.sc.gov. Revendo Procedimentos e Evitando Sonegação Melanie Aparecida Luiz Vieira Gerente da Unidade de Arrecadação e Cobrança E-mail: melanie@joinville.sc.gov.br Fone: (47) 3431-3148 3148 / 3431-31553155 Agradecimentos

Leia mais

https://govconta.caixa.gov.br/sigov/extrato/conta_individual/consultar.do 13/06/2014 350

https://govconta.caixa.gov.br/sigov/extrato/conta_individual/consultar.do 13/06/2014 350 Extratos CONSULTAS UTILITÁRIOS Conta Vinculada: / / 4030/006/00000049-7 Conta Referência: 4030/006/00000049-7 - Período: de: até: ou mês: Janeiro ano: 2013 Data Mov Nr. Doc. Histórico Valor (R$) Saldo

Leia mais

Pós-Graduação em Formação de Gerentes Pós-Graduação em Gestão de Pessoas. COMUNICADO Nº 06, de 11 de abril de 2014

Pós-Graduação em Formação de Gerentes Pós-Graduação em Gestão de Pessoas. COMUNICADO Nº 06, de 11 de abril de 2014 Estado de Goiás Secretaria de Gestão e Planejamento Superintendência da Escola de Governo Henrique Santillo Pós-Graduação em Formação de Gerentes Pós-Graduação em Gestão de Pessoas COMUNICADO Nº 06, de

Leia mais

INSTITUTO FACES DO BRASIL - PLANO DE AÇÃO 2006 DESAFIO 1: CONTRIBUIR PARA A CONSTRUCAO DO SISTEMA PÚBLICO DE CJES NO BRASIL

INSTITUTO FACES DO BRASIL - PLANO DE AÇÃO 2006 DESAFIO 1: CONTRIBUIR PARA A CONSTRUCAO DO SISTEMA PÚBLICO DE CJES NO BRASIL DESAFIO 1: CONTRIBUIR PARA A CONSTRUCAO DO SISTEMA PÚBLICO DE CJES NO BRASIL Faces protocolou no Conselho Nac. de Ecosol e demais órgãos competentes, a nova versão dos P&C's, e, o documento Sistema de

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA APLICADA MESTRADO EM QUÍMICA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA APLICADA MESTRADO EM QUÍMICA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA APLICADA MESTRADO EM QUÍMICA ESTRUTURA DO EXAME DE QUALIFICAÇÃO E DA DISSERTAÇÃO PONTA

Leia mais

Perspectivas para de dezembro de 2006 DEPECON/FIESP

Perspectivas para de dezembro de 2006 DEPECON/FIESP Perspectivas para 2007 13 de dezembro de 2006 DEPECON/FIESP Crescimento Econômico em 2005 = +2,3% CENÁRIOS O desempenho da economia em 2005 dependerá da política econômica a ser adotada. A) Redução de

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE TAXAS DE JUROS / 2012 EMPRÉSTIMO PESSOAL E CHEQUE ESPECIAL

RELATÓRIO ANUAL DE TAXAS DE JUROS / 2012 EMPRÉSTIMO PESSOAL E CHEQUE ESPECIAL ANÁLISE COMPARATIVA RELATÓRIO ANUAL DE TAXAS DE JUROS / 2012 EMPRÉSTIMO PESSOAL E CHEQUE ESPECIAL O levantamento anual envolveu sete instituições financeiras: Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica

Leia mais

Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento

Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento Agosto de 2008 Apresentado por Fernando Chacon Diretor de Marketing do Banco Itaú Indicadores de Mercado 2 Mercado de Cartões 2008 Indicadores de

Leia mais

CNC - Divisão Econômica Rio de janeiro Outubro/2013

CNC - Divisão Econômica Rio de janeiro Outubro/2013 CNC - Divisão Econômica Rio de janeiro Outubro/2013 PEIC Síntese dos Resultados Síntese dos Resultados Total de Endividados Dívidas ou Contas em Atrasos Não Terão Condições de Pagar out/12 59,2% 20,5%

Leia mais

Calendário Acadêmico 2015 AULAS SFÉRIAS

Calendário Acadêmico 2015 AULAS SFÉRIAS Calendário Acadêmico 2015 AULAS O SFÉRIAS Universidade do Estado do Rio de Janeiro Sub-Reitoria de Graduação SR-1 FERIADOS 2015 01/01 4ª feira Confraternização Universal 20/01 3 a feira São Sebastião 17/02

Leia mais

Os serviços, objetos desse termo de referência, deverão ser desenvolvidos em 03 (três) etapas, conforme descrição a seguir:

Os serviços, objetos desse termo de referência, deverão ser desenvolvidos em 03 (três) etapas, conforme descrição a seguir: Termo de Referência 1. Objeto Contratação de empresa especializada em gestão de saúde para execução de atividades visando a reestruturação do modelo de atenção à saúde, objetivando diagnosticar novas proposituras

Leia mais

EMPREGO E SALÁRIO DE SERVIÇOS DE SALVADOR (BA) - AGOSTO

EMPREGO E SALÁRIO DE SERVIÇOS DE SALVADOR (BA) - AGOSTO EMPREGO E SALÁRIO DE SERVIÇOS DE SALVADOR (BA) - AGOSTO 2010 - Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico AD HOC Revisão Técnica: José Varela Donato SUMÁRIO 1. RESULTADOS SINTÉTICOS

Leia mais

PROGRAMA DE FORMAÇÃO. Calendário Geral de Cursos

PROGRAMA DE FORMAÇÃO. Calendário Geral de Cursos PROGRAMA DE FORMAÇÃO 2013 Calendário Geral de Cursos FORMAÇÕES REGULARES 12 Concurso Público da Função Pública 20 horas 18 22 11 15 14 19 9 14 13 Elaboração de Projectos 60 horas 15 3 12 30 14 Gestão de

Leia mais

MBA em Controladoria

MBA em Controladoria MBA em Controladoria Legenda: Aulas ao vivo Avaliações Desafio Profissional Feriados Importantes MBA EM CONTROLADORIA INFORMAÇÕES GERAIS IMPORTANTES - Os temas e Professores específicos de cada aula estão

Leia mais

Planejamento Financeiro. Aula 6. Contextualização. Orçamento. Organização da Aula. Instrumentalização. Profa. Claudia Abramczuk

Planejamento Financeiro. Aula 6. Contextualização. Orçamento. Organização da Aula. Instrumentalização. Profa. Claudia Abramczuk Planejamento Financeiro Aula 6 Contextualização Profa. Claudia Abramczuk Orçamento Ferramenta para o sucesso empresarial Tomada de decisão Exposição de hipóteses Sistema de autorização, meio de planejamento,

Leia mais

Integração entre PCP e Gestão de Custos: Curvas de Agregação de Recursos

Integração entre PCP e Gestão de Custos: Curvas de Agregação de Recursos Integração entre PCP e Gestão de Custos: Curvas de Agregação de Recursos Carlos T. Formoso Apresentação Técnica de planejamento e controle de obras: Reúne dados de orçamento e planejamento Utiliza dados

Leia mais

PRESTAÇÃO DE CONTAS AGOSTO/15

PRESTAÇÃO DE CONTAS AGOSTO/15 PRESTAÇÃO DE CONTAS AGOSTO/15 INDICE RELATÓRIO DE ATIVIDADES ATENDIMENTO P.A. ADULTO & PEDIATRIA INTERNAÇÕES PRESTAÇÃO DE CONTAS FINANCEIRO RECEBIMENTOS DESPESAS ESTUDOS PRÉ ABERTURA DA SANTA CASA AÇÕES

Leia mais

Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas Administrativas e Contábeis de Minas Gerais

Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas Administrativas e Contábeis de Minas Gerais PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM BELO HORIZONTE: TRANSAÇÕES IMOBILIÁRIAS Setembro de APRESENTAÇÃO DA PESQUISA Esta pesquisa é realizada pela Fundação IPEAD/UFMG com o apoio da Prefeitura Municipal de

Leia mais

CNC - Divisão Econômica Rio de janeiro

CNC - Divisão Econômica Rio de janeiro CNC - Divisão Econômica Rio de janeiro PEIC Síntese dos Resultados Síntese dos Resultados Total de Endividados Dívidas ou Contas em Atrasos Não Terão Condições de Pagar mar/10 63,0% 27,3% 8,7% fev/11 65,3%

Leia mais

INFORME CONJUNTURAL. Comportamento do Emprego - Ano de 2014 - Brasil. Subseção Dieese Força Sindical. Elaboração: 23/01/15

INFORME CONJUNTURAL. Comportamento do Emprego - Ano de 2014 - Brasil. Subseção Dieese Força Sindical. Elaboração: 23/01/15 INFORME CONJUNTURAL Comportamento do Emprego - Ano de 2014 - Brasil Subseção Dieese Força Sindical Elaboração: 23/01/15 Segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged),

Leia mais

O tecido empresarial da Região Autónoma da Madeira: Caracterização Evolução Crescimento empresarial MADEIRA Funchal, 10 de Novembro de 2011

O tecido empresarial da Região Autónoma da Madeira: Caracterização Evolução Crescimento empresarial MADEIRA Funchal, 10 de Novembro de 2011 O tecido empresarial da Região Autónoma da Madeira: Caracterização Evolução Crescimento empresarial MADEIRA 2011 Funchal, 10 de Novembro de 2011 BUSINESS PLAN Financial Analysis Agenda O tecido empresarial

Leia mais

Balanço do Tesouro Direto - Fevereiro 2013

Balanço do Tesouro Direto - Fevereiro 2013 Balanço do Tesouro Direto - Fevereiro 2013 1. Vendas e Resgates Em fevereiro, o montante financeiro vendido no Tesouro Direto foi de R$ 236,1 hões, valor 63% inferior ao mês anterior e 18% menor que o

Leia mais

Orçamento de Financiamento dos Recursos do Projecto

Orçamento de Financiamento dos Recursos do Projecto Jun-09 Jul-09 Ago-09 Set-09 Out-09 Nov-09 Dez-09 Jan-10 Fev-10 Mar-10 Abr-10 Mai-10 Jun-10 Ajudas de Custo TS nível 6 Ajudas de Custo TS nível 3 Advogado 0,00 2500,00 Portátil 1 + Office 1500,00 Portátil

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EDITAL No 01/2011 PROCESSO DE SELEÇÃO PARA PÓS-GRADUAÇÕES LATO SENSU

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EDITAL No 01/2011 PROCESSO DE SELEÇÃO PARA PÓS-GRADUAÇÕES LATO SENSU UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS - UNEAL Transformada em Universidade pela Lei n 6.785, de 28 de dezembro de 2006 Rua Governador Luiz Cavalcante, S/N - Alto Cruzeiro - Arapiraca - Alagoas - CEP.: 57312-000

Leia mais

Metodologia Científica PROJETO DE PESQUISA

Metodologia Científica PROJETO DE PESQUISA Metodologia Científica PROJETO DE PESQUISA Curso: Especialização em Redes Convergentes e Tecnologia de Voz sobre Ip Disciplina:Metodologia Científica Profa. : Kátia Lopes Silva FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS

Leia mais

CALENDÁRIO COMUM DE LANÇAMENTO DE CONCURSOS

CALENDÁRIO COMUM DE LANÇAMENTO DE CONCURSOS 1 DOMÍNIO COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO PORTUGAL 2020 CALENDÁRIO COMUM DE LANÇAMENTO DE CONCURSOS março 2015 / março 2016 SISTEMAS DE INCENTIVOS MODERNIZAÇÃO E CAPACITAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Leia mais

COMUNICADO SDG Nº 02/2013

COMUNICADO SDG Nº 02/2013 COMUNICADO SDG Nº 02/2013 O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo divulga aos órgãos jurisdicionados da área municipal o calendário de obrigações para 2013 necessárias ao atendimento das exigências

Leia mais

Dados Estatísticos Portabilidades. Setembro/2013

Dados Estatísticos Portabilidades. Setembro/2013 Dados Estatísticos Portabilidades Setembro/2013 Índice Termos Técnicos Utilizados... 3 Dados Quantitativos Evolução Mensal do Número de Portabilidades Cadastradas... 13 Apresentação de Resultados Tabela

Leia mais

Antonio Tadeu de Miranda Alves. Euni Vieira e Silva. Wilson de Freitas Muniz. XIV OLIMPÍADA de MATEMÁTICA I OLIMPÍADA DE HISTÓRIA

Antonio Tadeu de Miranda Alves. Euni Vieira e Silva. Wilson de Freitas Muniz. XIV OLIMPÍADA de MATEMÁTICA I OLIMPÍADA DE HISTÓRIA Antonio Tadeu de Miranda Alves Euni Vieira e Silva Wilson de Freitas Muniz XIV OLIMPÍADA de MATEMÁTICA e I OLIMPÍADA DE HISTÓRIA - Lorena Ano 2012 XIV OLIMPÍADA de MATEMÁTICA e I OLIMPÍADA DE HISTÓRIA

Leia mais

MBA em Controladoria

MBA em Controladoria MBA em Controladoria Legenda: Aulas ao vivo Avaliações Desafio Profissional Feriados Importantes MBA EM CONTROLADORIA INFORMAÇÕES GERAIS IMPORTANTES 1- Os temas e Professores específicos de cada aula estão

Leia mais

INFORME CONJUNTURAL. Comportamento do Emprego 1º semestre de 2015 - Brasil. Dieese. Subseção Força Sindical. Elaboração: 21/07/2015

INFORME CONJUNTURAL. Comportamento do Emprego 1º semestre de 2015 - Brasil. Dieese. Subseção Força Sindical. Elaboração: 21/07/2015 INFORME CONJUNTURAL Comportamento do Emprego 1º semestre de 2015 - Brasil Dieese. Subseção Força Sindical Elaboração: 21/07/2015 De acordo com os dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados

Leia mais

ANJOS DA ENFERMAGEM: EDUCAÇÃO E SAÚDE ATRAVÉS DO LÚDICO

ANJOS DA ENFERMAGEM: EDUCAÇÃO E SAÚDE ATRAVÉS DO LÚDICO 1 IDENTIFICAÇÃO Título: ANJOS DA ENFERMAGEM: EDUCAÇÃO E SAÚDE ATRAVÉS DO LÚDICO Data de realização: Local de realização: IESUR Horário: será definido conforme cronograma Carga horária: definido conforme

Leia mais

Promoção da competitividade e desenvolvimento da economia brasileira

Promoção da competitividade e desenvolvimento da economia brasileira Objetivo Promoção da competitividade e desenvolvimento da economia brasileira Fim das barreiras à entrada Estímulo à expansão dos investimentos do setor privado Modernização da infraestrutura e da gestão

Leia mais

Relatório anual de acompanhamento das ações executadas com os recursos da cobrança pelo uso de recursos hídricos na Bacia Hidrográfica do Rio Doce

Relatório anual de acompanhamento das ações executadas com os recursos da cobrança pelo uso de recursos hídricos na Bacia Hidrográfica do Rio Doce Relatório anual de acompanhamento das ações executadas com os recursos da cobrança pelo uso de recursos hídricos na Bacia Hidrográfica do Rio Doce CBH MANHUAÇU RELATÓRIO DE GESTÃO DO EXERCÍCIO DE 2013

Leia mais

CNC - Divisão Econômica Rio de janeiro

CNC - Divisão Econômica Rio de janeiro CNC - Divisão Econômica Rio de janeiro PEIC Síntese dos Resultados Síntese dos Resultados Total de Endividados Dívidas ou Contas em Atrasos Não Terão Condições de Pagar Mai/11 64,2% 24,4% 8,6% Abr/12 56,8%

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL COM FOCO NAS PROBLEMÁTICAS AMBIENTAIS LOCAIS EXTREMA-MG

EDUCAÇÃO AMBIENTAL COM FOCO NAS PROBLEMÁTICAS AMBIENTAIS LOCAIS EXTREMA-MG EDUCAÇÃO AMBIENTAL COM FOCO NAS PROBLEMÁTICAS AMBIENTAIS LOCAIS EXTREMA-MG MUNICIPÍO DE EXTREMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM EXTREMA DESDE 1997 NO INÍCIO Aplicado em um período do ano ATUALMENTE Durante ano

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO ANEXO I. PROJETO DE CURTA DURAÇÃO 1. IDENTIFICAÇÃO 1.1 Título do

Leia mais

TRANSPARÊNCIA NO ATENDIMENTO

TRANSPARÊNCIA NO ATENDIMENTO TRANSPARÊNCIA NO ATENDIMENTO Dados sobre o Atendimento ao Contribuinte na Receita Federal Julho/2013 Brasília Presidente da República Federativa do Brasil Dilma Rousseff Ministro da Fazenda Guido Mantega

Leia mais

Índice de Prevenção de Acidentes Laborais IPAL

Índice de Prevenção de Acidentes Laborais IPAL Índice de Prevenção de Acidentes Laborais IPAL Autor: Vinicius Silva Neves Ampla Energia e Serviços S.A. RESUMO O Índice de Prevenção de Acidentes Laborais IPAL, é um indicador de prevenção de acidentes

Leia mais

Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento

Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento Janeiro de 2008 Apresentado por Fernando Chacon Diretor de Marketing de Cartões do Banco Itaú 1 Mercado de Cartões Faturamento anual: R$ bilhões

Leia mais

Cenário Econômico para 2014

Cenário Econômico para 2014 Cenário Econômico para 2014 Silvia Matos 18 de Novembro de 2013 Novembro de 2013 Cenário Externo As incertezas com relação ao cenário externo em 2014 são muito elevadas Do ponto de vista de crescimento,

Leia mais

Absenteísmo dos Trabalhadores da Secretaria Municipal de Saúde de Bauru/SP - Aspectos e fatores relacionados

Absenteísmo dos Trabalhadores da Secretaria Municipal de Saúde de Bauru/SP - Aspectos e fatores relacionados CURSO DE ATUALIZAÇÃO Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde Absenteísmo dos Trabalhadores da Secretaria Municipal de Saúde de Bauru/SP - Aspectos e fatores relacionados SUELI

Leia mais

Relatório da Pesquisa Conjuntural

Relatório da Pesquisa Conjuntural -8,1% -0,4% 4, 7,8% 8,9% 9,3% 8,2% 6,6% 6,7% 6, 4,9% 3,9% I Resultado Nacional O de abril, elaborado com base nos dados das empresas associadas ao Sindipeças, registrou queda de 0,4% no faturamento real

Leia mais