Escola Secundária Eça de Queiroz

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Escola Secundária Eça de Queiroz"

Transcrição

1 Escola Secundária Eça de Queiroz Curso de Instalação e Manutenção de Sistemas Informáticos Certificação digital de serviço universal Home Banking e ética na sua utilização. Autor: Daniel Filipe Inácio Formador: Tomás Lima Turma: EFA S13 Lisboa 15 de Julho de

2 Índice geral Índice de geral...2 Introdução...3 O que são plataformas Home Banking?...3 Autenticação...3 Certificados Digitais...4 Ética na utilização do serviço HomeBanking e alguns exemplos de ataques a este serviço...5 Recomendações...5 Resumo...6 Conclusão...6 2

3 Introdução Neste trabalho irei falar de alguns serviços/protocolos necessários para o funcionamento da autenticação digital de acesso às plataformas Home Banking. O que são plataformas Home Banking? São páginas Web, criadas e associadas directamente a um banco especifico como por exemplo: Santander Totta, Barclays Bank, Millénnium Bcp, Banco Espírito Santo (B.E.S)., etc... Estas páginas permitem que o cliente utilizando a Internet, possa aceder em qualquer lugar às suas contas bancárias e fazer quase todo o tipo de operações que regularmente se efectuam num balcão. Poderá fazer consultas de extractos de contas, consulta de movimentos, transferências bancárias, pagamentos de serviços, bem como outras operações, exceptuando levantamento de dinheiro e depósito de cheques. Este serviço requer um exigente método de segurança, pois como se trata de assuntos relacionados com dinheiro acaba por ser um serviço que é fortemente alvo de ataques provenientes de indevidos com más intenções a tentar frequentemente aceder a estas plataformas com fim de conseguirem decifrar códigos de autenticação e assim conseguirem roubar dinheiro. Um bom esquema de segurança é necessário no home banking para diminuir a chance de fraudes.. Cada cliente que queira usufruir deste tipo de serviço terá que solicitar os códigos de acesso no seu próprio balcão e depois activá los para que possa aceder normalmente. Esta autenticação como já foi dito, é necessária para que pessoas não autorizadas não possam entrar em contas de clientes. Autenticação Este tipo de plataformas é composta por vários serviços/protocolos de rede que se dá o nome de SERVIDORES. De seguida falo de alguns dos servidores necessários para o funcionamento da Home Banking e a sua autenticação. Servidor HTTP é o serviço que permite alojar as páginas onde o cliente necessita aceder. Servidor BASE DE DADOS (DB) é o serviço que permite depositar todos os dados referentes aos cientes e todas as informações bancárias necessárias para o funcionamento destas plataformas, bem como os dados de autenticação. Servidor FTP É um servidor que permite o alojamento e a transferência de dados. No caso do serviço HomeBanking, é necessário para que os utilizadores possam fazer os downloads das várias informações que pretendem consultar. Servidor de E MAIL é um serviço onde se pode criar contas de , para que o banco possa trocar mensagens com o cliente 3

4 Certificados Digitais O certificado digital é um documento electrónico que contém informações sobre o seu portador, como: o nome, o endereço, um número de serie, a data de expiração, uma cópia da senha pública do seu portador, o nome da autoridade certificadora que o emitiu, a assinatura digital do cliente e outras informações pessoais conforme necessário. A assinatura do certificado por uma autoridade certificadora é necessária para que o destinatário possa verificar se o certificado é verdadeiro. Certificados digitais são usados em transacções electrónicas seguras. Isto é, utilizado em diversas páginas web de comércio electrónico, bancos e outros sites que precisam de criptografia das informações que se trocam na rede. O certificado digital estabelece um canal seguro entre o navegador e a página que ele deseja aceder. Quando o cliente acede à página, deverá aceitar o certificado e caso assim o faça, o utilizador irá fazer um download do certificado para o computador do cliente. Desta forma é possível que o cliente tenha a certeza que se está a ligar à pagina que realmente deseja e não com uma página fictícia, embora a maioria das pessoas não dê a devida atenção ao aceitar os certificados das páginas que visita. No caso da criptografia de chaves públicas, o servidor DB serve como um repositório de certificados de chave pública dos usuários, onde certificado possui a chaves públicas do usuário e é assinado digitalmente com a chave privada da Autoridade Certificadora responsável, como por exemplo: Código de acesso (chave privada da Autoridade Certificadora responsável) Código pessoal (chaves públicas do usuário) O cliente ao digitar as chaves solicitadas o sistema de autenticação consulta o servidor DB para se certificar que as chaves estão correctas e pertencem ao cliente certo. 4

5 Ética na utilização do serviço HomeBanking e alguns exemplos de ataques a este serviço. Tal como já referi os bancos e estas plataformas estão constantemente a serem alvo de ataque, A CGD (Caixa Geral de Depósitos) está a avisar todos os seus clientes para um ataque de phishing dirigido aos utilizadores do serviço de homebanking. O ataque é realizado através de um fraudulento que tenta dirigir os utilizadores a um site falso, levando os a utilizar a sua password e username ou código de acesso e código pessoal No caso da CGD já anteriormente emitiu um alerta semelhante dada a extensão do ataque, O mesmo aconteceu também com o Millénnium BCP, alvo igualmente de um ataque de phishing A tentativa de fraude agora em curso é mais uma vez classificada de fraca. Dada a diferença no tipo de comunicação e os erros ortográficos incluídos neste tipo de s, é difícil um cliente de serviços de homebanking ser levado a seguir o link e introduzir os seus dados. É recomenda porém que os clientes apliquem sempre as regras básicas para a utilização segura dos serviços de internet banking, não abrindo mensagens de correio electrónico de origem duvidosa e não utilizar computadores públicos para aceder ao homebanking. Recomendações Como recomendações a seguir deverá verificar regularmente as contas pessoais e o registo das horas e datas dos últimos acessos. A verificação do certificado digital é importante para se assegurar que está a aceder ao Internet banking (já anteriormente referido) e o encerramento da sessão através da opção "Sair/log out" quando termina a utilização do serviço. Esta acção é crucial para evitar distracções e alguém com más intenções possa visualizar ou mexer em informações privadas. A maior parte dos bancos que fornecem o serviço HomeBanking, já possuem mais uma forma de segurança quando necessitamos fazer transferências ou outro tipo de movimentação financeiros, o cartão MATRIZ. O cartão Matriz é formado por várias colunas e parcelas, onde cada célula é 5

6 composta por 3 dígitos, como pode ver na seguinte figura no catão matriz do banco Espírito Santo (BES): Os ataques de phishing também têm como alvo estes cartões matriz. Em s ou páginas duvidosas são igualmente pedidos os 64 dígitos quem compõem o cartão. Resumo Os ataques de phishing são cada vez mais frequentes em todo o mundo, sobretudo dirigidos a estes serviços de banca pela Internet. O objectivo dos crakers é obter os códigos de acesso de utilizadores que serão depois utilizados para movimentar o dinheiro das suas contas. Conclusão Os servidores que suportam estes serviços estão igualmente sujeitos a ataques furtivos dos crackers. A fim de conseguirem aceder aos dados necessários e conseguirem roubar dinheiro em grande escala. Portanto é necessário que as entidades bancárias que controlam estes serviços estejam sempre a vigiar e À procura de novas formas de ataques, para que se consiga desenvolver ferramentas fazendo com que os intrusos não consigam prejudicar o serviço HomeBankink e os utilizadores continuem a confiar nestes serviços. Daniel Inácio (S13) 6

7 Índice Remissivo A autenticação 3, 4, 5 B BASE DE DADOS 3 C canal 5 Certificados 5 cópia 5 D DB 3, 5 documento 5 download 5 E electrónico 5, 6 E MAIL 4 Ética 6 F fraudes 3 funcionamento 3 I informações 3, 5, 6 P página 5 páginas 3, 5, 7 plataformas 3, 6 protocolos 3 R referentes 3 S serviço 1, 3, 4, 6 serviços 3, 6, 7 Servidor 3, 4 SERVIDORES 3 U utilização 6 W Web 3 H Home Banking 1, 3 7

Consulte a área Bancos Aderentes para saber em detalhe todas as informações relativas aos bancos aderentes.

Consulte a área Bancos Aderentes para saber em detalhe todas as informações relativas aos bancos aderentes. SERVIÇO MB Way O que é o MB Way? O MB Way é a primeira solução interbancária que permite fazer compras e transferências imediatas através de smartphone ou tablet. Basta aderir ao serviço num MULTIBANCO,

Leia mais

Segurança no Computador

Segurança no Computador Segurança no Computador Segurança na Internet: Módulo 1 (CC Entre Mar E Serra), 2008 Segurança na Internet, CC Entre Mar E Serra 1 Segurança no Computador Um computador (ou sistema computacional) é dito

Leia mais

MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA CARTÕES BANCÁRIOS

MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA CARTÕES BANCÁRIOS MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA CARTÕES BANCÁRIOS Manual de Boas Práticas para Cartões Bancários 2014 2 Índice 1. Introdução 2. PIN 3. O Cartão 4. Usar o Cartão nos POS 5. Tentativas de Burla 6. Usar o Cartão

Leia mais

A segurança da sua informação e do computador é fundamental e depende muito de si.

A segurança da sua informação e do computador é fundamental e depende muito de si. Proteja o seu PC A segurança da sua informação e do computador é fundamental e depende muito de si. O que deve fazer? Manter o antivírus actualizado Não manter o antivírus actualizado é quase o mesmo que

Leia mais

Prefeitura do Campus USP de Pirassununga Seção Técnica de Informática

Prefeitura do Campus USP de Pirassununga Seção Técnica de Informática CARTILHA DE INFORMÁTICA SEÇÃO TÉCNICA DE INFORMÁTICA PUSP-P Nº 002 - SETEMBRO/2014 TEMA: GOLPES POR EMAIL "NA DÚVIDA NÃO CLIQUE" RELEMBRANDO: Na cartilha nº 001 lançada em Julho de 2014 escrevemos dicas

Leia mais

PHISHING. Informática Jurídica Licenciatura em Direito. Braga 2005. Docente: José Manuel E. Valença

PHISHING. Informática Jurídica Licenciatura em Direito. Braga 2005. Docente: José Manuel E. Valença Informática Jurídica Licenciatura em Direito PHISHING Docente: José Manuel E. Valença Realizado por: Ana Ferreira nº34875 Alexandra Cruz nº31618 Michelle Pinto nº31702 Braga 2005 Resumo O tema da segurança

Leia mais

Certificado Digital e-cpf

Certificado Digital e-cpf Certificado Digital e-cpf Parabéns! Ao ter em mãos esse manual, significa que você adquiriu um certificado digital AC Link. Manual do Usuário 1 Índice Apresentação... 03 O que é um Certificado Digital?...

Leia mais

Mecanismos de Autenticação dos Emails

Mecanismos de Autenticação dos Emails Mecanismos de Autenticação dos Emails De uma forma generalizada, pode-se identificar os seguintes problemas relacionados com a autenticidade dos emails: Envio de mensagens não solicitadas (spam), que pode

Leia mais

Conselho Geral da Ordem Dos Advogados Departamento Informático. Índice:

Conselho Geral da Ordem Dos Advogados Departamento Informático. Índice: Nota Introdutória: Este documento irá guiá-lo(a) através dos procedimentos necessários para obtenção correcta do seu Certificado Digital. Por favor consulte o índice de modo a encontrar, de uma forma mais

Leia mais

PAGAMENTOS NA INTERNET COM CARTÕES BOAS PRÁTICAS

PAGAMENTOS NA INTERNET COM CARTÕES BOAS PRÁTICAS Antes de realizar pagamentos na Internet, leia cuidadosamente as Condições Gerais de Utilização do Cartão que pretende utilizar. Caso persistam dúvidas, ou se necessitar de mais informação sobre os cuidados

Leia mais

Segurança em Internet Banking.

Segurança em Internet Banking. <Nome> <Instituição> <e-mail> Segurança em Internet Banking Agenda Internet Banking Riscos principais Cuidados a serem tomados Créditos Internet Banking (1/4) Permite: realizar ações disponíveis nas agências

Leia mais

Comunicação de Dados de Autenticação e Credenciais de Acesso para Resposta ao Inquérito

Comunicação de Dados de Autenticação e Credenciais de Acesso para Resposta ao Inquérito Mais informação Acesso ao Sistema de Transferência Electrónica de dados de Inquéritos (STEDI). Onde se acede ao sistema de entrega de Inquéritos? Deverá aceder ao sistema através do site do GEP www.gep.mtss.gov.pt

Leia mais

Manual do usuário Certificado Digital e-cpf. Parabéns! Ao ter em mãos este manual, significa que você adquiriu um Certificado Digital DOCCLOUD

Manual do usuário Certificado Digital e-cpf. Parabéns! Ao ter em mãos este manual, significa que você adquiriu um Certificado Digital DOCCLOUD Manual do usuário Certificado Digital e-cpf Parabéns! Ao ter em mãos este manual, significa que você adquiriu um Certificado Digital DOCCLOUD Índice Apresentação 03 O que é um Certificado Digital? 04 Instalando

Leia mais

Portal Internet Empresas GUIA DA PRIMEIRA UTILIZAÇÃO

Portal Internet Empresas GUIA DA PRIMEIRA UTILIZAÇÃO Portal Internet Empresas GUIA DA PRIMEIRA UTILIZAÇÃO Linha de Apoio ao Utilizador AVISO Os conteúdos apresentados aqui são apenas para informação, sendo revelado ao destinatário como uma ferramenta auxiliar,

Leia mais

Certificado Digital e-cpf

Certificado Digital e-cpf Página1 Certificado Digital e-cpf Manual do Usuário Página2 Índice Apresentação... 03 O que é um Certificado Digital?... 03 Instalando o Certificado... 04 Conteúdo do Certificado... 07 Utilização, guarda

Leia mais

Manual de Migração. Como aceder às suas contas através do novo site do Millennium bim V02

Manual de Migração. Como aceder às suas contas através do novo site do Millennium bim V02 Manual de Migração Como aceder às suas contas através do novo site do Millennium bim V02 Processo de migração ao novo site Conceito Migração é o processo pelo qual todos os utilizadores actuais do Internet

Leia mais

Segurança da Informação Prof. Jeferson Cordini jmcordini@hotmail.com

Segurança da Informação Prof. Jeferson Cordini jmcordini@hotmail.com Segurança da Informação Prof. Jeferson Cordini jmcordini@hotmail.com Segurança da Informação Segurança da Informação está relacionada com proteção de um conjunto de dados, no sentido de preservar o valor

Leia mais

Canal Direto. O banco no sistema da sua empresa!

Canal Direto. O banco no sistema da sua empresa! Canal Direto O banco no sistema da sua empresa! ÍNDICE 1. CARACTERIZAÇÃO DO SERVIÇO PÁG. 3 2. FUNCIONALIDADES ATUALMENTE DISPONÍVEIS PÁG. 4 3. VANTAGENS PÁG. 5 4. CUSTOS PÁG. 6 5. ADESÃO PÁG. 7 6. SUBSCRIÇÃO

Leia mais

Processo de Pagamento de solicitações de ingressos para o Público Geral para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014

Processo de Pagamento de solicitações de ingressos para o Público Geral para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 1. Quais são os meios de pagamento aceitos? Nas Fases de Vendas nº 1 e nº 2, é possível realizar pagamentos para compra de Ingressos pelos seguintes meios: - Cartão de pagamento - VISA - Outros cartões

Leia mais

CERTIFICADO DIGITAL ARMAZENADO NO COMPUTADOR (A1) Manual do Usuário

CERTIFICADO DIGITAL ARMAZENADO NO COMPUTADOR (A1) Manual do Usuário Certificação Digital CERTIFICADO DIGITAL ARMAZENADO NO COMPUTADOR (A1) Manual do Usuário Guia CD-17 Público Índice 1. Pré-requisitos para a geração do certificado digital A1... 3 2. Glossário... 4 3. Configurando

Leia mais

Conselho Geral da Ordem Dos Advogados Departamento Informático

Conselho Geral da Ordem Dos Advogados Departamento Informático Nota Introdutória: Este documento destina-se a guiá-lo(a) através dos vários procedimentos necessários para configurar a sua caixa de correio da Ordem dos Advogados, no programa Microsoft Outlook 2003,

Leia mais

Ricardo Campos [ h t t p : / / w w w. c c c. i p t. p t / ~ r i c a r d o ] Segurança em Redes. Segurança em Redes

Ricardo Campos [ h t t p : / / w w w. c c c. i p t. p t / ~ r i c a r d o ] Segurança em Redes. Segurança em Redes Autoria Esta apresentação foi desenvolvida por Ricardo Campos, docente do Instituto Politécnico de Tomar. Encontra-se disponível na página web do autor no link Publications ao abrigo da seguinte licença:

Leia mais

MANUAL DE ACESSO AO GeADAP

MANUAL DE ACESSO AO GeADAP MANUAL DE ACESSO AO GeADAP OBJETIVO DO MANUAL O objectivo deste manual é explicar como pode um utilizador aceder ao GeADAP. 1 ENDEREÇOS DE ACESSO AO GeADAP 1.1. Serviços da Administração Central Os utilizadores

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP (CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS) TUTORIAL DE USO DO WEBMAIL - UFG

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP (CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS) TUTORIAL DE USO DO WEBMAIL - UFG UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP (CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS) TUTORIAL DE USO DO WEBMAIL - UFG Página 1 de 26 Sumário Introdução...3 Layout do Webmail...4 Zimbra: Nível Intermediário...5 Fazer

Leia mais

Norton Internet Security

Norton Internet Security Norton Internet Security Norton Internet Security Este CD contém o software Norton Internet Security, concebido para proteger a sua privacidade e segurança, enquanto está ligado à Internet. Também contém

Leia mais

Adesão ao Serviço MB WAY

Adesão ao Serviço MB WAY Adesão ao Serviço MB WAY 1) Objecto Pelo presente contrato, o Banco Santander Totta SA obriga-se a prestar ao Utilizador o Serviço MB WAY, nas condições e termos regulados nas cláusulas seguintes, e o

Leia mais

Conselho Geral da Ordem Dos Advogados Departamento Informático

Conselho Geral da Ordem Dos Advogados Departamento Informático Nota Introdutória: Este documento destina-se a guiá-lo(a) através dos vários procedimentos necessários para configurar a sua caixa de correio da Ordem dos Advogados, no programa Microsoft Outlook 2007,

Leia mais

Configuração do cliente de e-mail Outlook 2010 para usuários DAC

Configuração do cliente de e-mail Outlook 2010 para usuários DAC Configuração do cliente de e-mail Outlook 2010 para usuários DAC A. Configurando a autoridade certificadora ICPEdu no Outlook Os certificados utilizados nos serviços de e-mail pop, imap e smtp da DAC foram

Leia mais

Como alterar a sua password de acesso à Área Reservada e da conta de correio

Como alterar a sua password de acesso à Área Reservada e da conta de correio Como alterar a sua password de acesso à Área Reservada e da conta de correio Abra o Portal da Ordem dos Advogados Clique no menu Ferramentas Seleccione Contas Clique no botão Adicionar Seleccione Correio

Leia mais

Instruções para aceder ao correio electrónico via web

Instruções para aceder ao correio electrónico via web Caro utilizador(a) Tendo por objectivo a melhoria constante das soluções disponibilizadas a toda a comunidade do Instituto Politécnico de Santarém, tanto ao nível de serviços de rede como sistema de informação.

Leia mais

SERVIÇ OS DO PEDIDO ONLINE DA PROPRIEDADE INTELECTUAL

SERVIÇ OS DO PEDIDO ONLINE DA PROPRIEDADE INTELECTUAL SERVIÇ OS DO PEDIDO ONLINE DA PROPRIEDADE INTELECTUAL Manual de Utilização Direcção dos Serviços de Economia do Governo da RAEM Novembro de 2014 SERVIÇ OS DO PEDIDO ONLINE DA PROPRIEDADE INTELECTUAL Manual

Leia mais

MAIL DINÂMICO O QUE É? . É UM MÓDULO DO SIGARRA QUE PRETENDE FACILITAR A COMUNICAÇÃO

MAIL DINÂMICO O QUE É? . É UM MÓDULO DO SIGARRA QUE PRETENDE FACILITAR A COMUNICAÇÃO MAIL DINÂMICO O QUE É?. É UM MÓDULO DO SIGARRA QUE PRETENDE FACILITAR A COMUNICAÇÃO. PERMITE O ENVIO DE MENSAGENS DE CORREIO ELECTRÓNICO PARA UM OU PARA VÁRIOS DESTINATÁRIOS EM SIMULTÂNEO. FUNCIONA DE

Leia mais

Extracto on Line Aplicação Local Guia do Utilizador

Extracto on Line Aplicação Local Guia do Utilizador Extracto on Line Aplicação Local Guia do Utilizador Índice 1. Sobre o Guia... 4 1.1 Objectivo... 4 1.2 Utilização do Guia... 4 1.3 Acrónimos e Abreviações... 4 2. Introdução ao Extracto on Line Aplicação

Leia mais

Certificado Digital A1

Certificado Digital A1 Certificado Digital A1 Geração Todos os direitos reservados. Imprensa Oficial do Estado S.A. - 2012 Página 1 de 41 Pré-requisitos para a geração Dispositivos de Certificação Digital Para que o processo

Leia mais

Tutorial sobre Phishing

Tutorial sobre Phishing Tutorial sobre Phishing Data: 2006-08-15 O que é o Phishing? Phishing é um tipo de fraude electrónica que tem se desenvolvido muito nos últimos anos, visto que a Internet a cada dia que passa tem mais

Leia mais

A PARO QUIA WEB. Inscrições Online PAROQUIANO

A PARO QUIA WEB. Inscrições Online PAROQUIANO A PARO QUIA WEB Inscrições Online PAROQUIANO Manual do processo de Inscrições Online nomeadamente de: Baptismo, Processo de Casamentos e inscrições na Catequese. Índice Introdução... 2 Registo... 3 Registo

Leia mais

Internet Update de PaintManager TM. Manual de registo do utilizador

Internet Update de PaintManager TM. Manual de registo do utilizador Internet Update de PaintManager TM Manual de registo do utilizador ÍNDICE O que é o registo CTS? 3 Como é realizado o pedido de registo? 3 Opção 1: Se o número de registo CTS for conhecido 3 Passo 1: 3

Leia mais

Tecnologias de Informação

Tecnologias de Informação : a) Conceito b) Equipamentos c) Aplicações Criptografia, Redes de Computadores e Internet Recordar: TI; Hardware; Software; Redes de computadores; Computadores e redes de computadores ligados (Internet).

Leia mais

Plataforma. Manual de Utilização Acesso ao Procedimento Fornecedor. Electrónica BizGov

Plataforma. Manual de Utilização Acesso ao Procedimento Fornecedor. Electrónica BizGov Plataforma Manual de Utilização Acesso ao Procedimento Fornecedor Electrónica BizGov 2010 Índice 1 Solicitar acesso ao procedimento 2 Anexar comprovativo de Pagamento de Peças Procedimentais 3 Aceitar

Leia mais

Certidão Online Manual do Usuário

Certidão Online Manual do Usuário JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Certidão Online Manual do Usuário Versão 3.1 Lista de Tópicos - Navegação Rápida CADASTRANDO O USUÁRIO... 3 ACESSANDO O SISTEMA... 5 CERTIDAO SIMPLIFICADA NADA

Leia mais

fonte: http://www.nit10.com.br/dicas_tutoriais_ver.php?id=68&pg=0

fonte: http://www.nit10.com.br/dicas_tutoriais_ver.php?id=68&pg=0 Entenda o que é um certificado digital SSL (OPENSSL) fonte: http://www.nit10.com.br/dicas_tutoriais_ver.php?id=68&pg=0 1. O que é "Certificado Digital"? É um documento criptografado que contém informações

Leia mais

Guia de Apoio ao Fornecedor. Introdução:

Guia de Apoio ao Fornecedor. Introdução: Guia de Apoio ao Fornecedor Introdução: A Feira Viva, EEM ao abrigo do Código dos Contratos Públicos adquiriu o acesso a uma plataforma electrónica, construlink, para elaboração dos procedimentos necessários

Leia mais

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores CGA Directa Manual do Utilizador Acesso, Adesão e Lista de Subscritores Versão 1.00 de 10 de Março de 2008 Índice Pág. Introdução 3 Capítulo 1 Capítulo 2 Capítulo 3 Acesso Acesso 4 Adesão Adesão 5 2.1

Leia mais

compras online com Segurança

compras online com Segurança 12 Dicas para realizar compras online com Segurança As compras online chegaram no mercado há muito tempo e, pelo visto, para ficar. Com elas também despertaram os desejos dos cibercriminosos de se apropriarem

Leia mais

MATRÍCULA ELECTRÓNICA. Manual do Utilizador

MATRÍCULA ELECTRÓNICA. Manual do Utilizador MATRÍCULA ELECTRÓNICA Manual do Utilizador ÍNDICE 1 PREÂMBULO... 2 2 UTILIZAÇÃO PELOS ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO... 3 2.1 Matrícula Electrónica - Acesso através do Portal das Escolas... 3 2.2 Registo de

Leia mais

PROJ. Nº 528362 LLP-1-2012-1-NL-ERASMUS-ECUE

PROJ. Nº 528362 LLP-1-2012-1-NL-ERASMUS-ECUE REDIVE GUIA LMS PROJ. Nº 528362 LLP-1-2012-1-NL-ERASMUS-ECUE Projecto financiado com o apoio da Comissão Europeia. A informação contida nesta publicação vincula exclusivamente o autor, não sendo a Comissão

Leia mais

Configuração do cliente de e-mail Windows Live Mail para usuários DAC

Configuração do cliente de e-mail Windows Live Mail para usuários DAC Configuração do cliente de e-mail Windows Live Mail para usuários DAC A. Configurando a autoridade certificadora ICPEdu no Windows Live Mail Os certificados utilizados nos serviços de e-mail pop, imap

Leia mais

Conselho Geral da Ordem Dos Advogados Departamento Informático

Conselho Geral da Ordem Dos Advogados Departamento Informático NOTA INTRODUTÓRIA: Este documento destina-se a guiá-lo(a) através dos vários procedimentos necessários para configurar a sua caixa de correio da Ordem dos Advogados, no programa Outlook Express, bem como

Leia mais

Manual para inserir documentos no sistema Projudi

Manual para inserir documentos no sistema Projudi TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE INFORMÁTICA Manual para inserir documentos no sistema Projudi O Projudi só aceita o envio de arquivos assinados, existem três formas de realizar a assinatura

Leia mais

COMISSÃO DA CARTEIRA PROFISSIONAL DE JORNALISTA

COMISSÃO DA CARTEIRA PROFISSIONAL DE JORNALISTA COMISSÃO DA CARTEIRA PROFISSIONAL DE JORNALISTA Manual para requisição de títulos profissionais e actos a eles associados (emissões, revalidações,...) por via electrónica www.ccpj.pt Com a entrada em funcionamento

Leia mais

http://cartilha.cert.br/

http://cartilha.cert.br/ http://cartilha.cert.br/ Via Internet Banking você pode realizar as mesmas ações disponíveis nas agências bancárias, sem enfrentar filas ou ficar restrito aos horários de atendimento Realizar transações

Leia mais

Termos de Uso. 1. Elegibilidade aos serviços HIPERCONTAS. 2. Serviços HIPERCONTAS. 3. Propriedade Intelectual

Termos de Uso. 1. Elegibilidade aos serviços HIPERCONTAS. 2. Serviços HIPERCONTAS. 3. Propriedade Intelectual Termos de Uso HIPERCONTAS LTDA ME. com sede na cidade de Paranavaí - PR, inscrita no CNPJ/MF sob o número 12.619.242/0001-47, entitulada apenas como HIPERCONTAS, a PESSOA FISICA ou JURIDICA identificada

Leia mais

Manual de Autenticação na Plataforma

Manual de Autenticação na Plataforma Manual de Autenticação na Plataforma Índice 1. Autenticação na Plataforma... 3 1.1 Autenticação Via Certificado... 3 1.2 Autenticação Via Cartão de Cidadão... 3 2. Autenticação Via Certificado... 4 2.1

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES

PERGUNTAS FREQUENTES PERGUNTAS FREQUENTES SERVIÇO MB WAY O que é o MB WAY? O MB WAY é a primeira solução interbancária que permite fazer compras e transferências imediatas através de smartphone ou tablet. Basta aderir ao serviço

Leia mais

Certificados Digitais

Certificados Digitais Guia de utilização Janeiro 2009 Índice Índice...1 Preâmbulo...2 Acesso à Plataforma Vortal...3 Solicitar...4 Instalação do Certificado Digital...8 Exportação do Certificado de cliente... 16 Anexos... 23

Leia mais

Manual de Navegação. Para conhecer melhor a estrutura do novo site. www.millenniubim.co.mz V02

Manual de Navegação. Para conhecer melhor a estrutura do novo site. www.millenniubim.co.mz V02 Manual de Navegação Para conhecer melhor a estrutura do novo site www.millenniubim.co.mz V02 Índice 1 Nova Estrutura do Site 03 1.1 Informacional 03 1.2 Transaccional 2 Área Informacional 04 2.1 Homepage

Leia mais

PATRONAGE - ADMINISTRAÇÃO DE BOLSAS E AUXÍLIOS FAPEMA FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO DO MARANHÃO Rua

PATRONAGE - ADMINISTRAÇÃO DE BOLSAS E AUXÍLIOS FAPEMA FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO DO MARANHÃO Rua 1 Sumário INTRODUÇÃO... 3 1 COMO ACESSAR O PATRONAGE... 4 2 INFORMAÇÕES SOBRE O PROJETO... 5 3 PRESTAÇÃO DE CONTAS... 8 3.1 Execução do projeto... 8 3.2 Autorização de recursos (remanejamento de recurso,

Leia mais

Serviços de Certificação Pública para Indivíduos GUIA DO USUÁRIO

Serviços de Certificação Pública para Indivíduos GUIA DO USUÁRIO Serviços de Certificação Pública para Indivíduos GUIA DO USUÁRIO Associação das Províncias pela JPKI (JPKI: Infraestrutura de Chaves Públicas Japonesa) (Revisado em outubro de 2008) Sobre a Associação

Leia mais

Prof. Jefferson Costa www.jeffersoncosta.com.br

Prof. Jefferson Costa www.jeffersoncosta.com.br Prof. Jefferson Costa www.jeffersoncosta.com.br Preservação da: confidencialidade: Garantia de que o acesso à informação seja obtido somente por pessoas autorizadas. integridade: Salvaguarda da exatidão

Leia mais

A sua segurança e a garantia de uma excelência de serviço é a nossa prioridade.

A sua segurança e a garantia de uma excelência de serviço é a nossa prioridade. A sua segurança e a garantia de uma excelência de serviço é a nossa prioridade. Conheça os principais procedimentos de segurança adotados pelo Montepio: Nunca solicita a introdução conjunta do Código PIN

Leia mais

Segurança e Sistemas Eletrônicos de Pagamentos" Prof. Msc. Adolfo Colares

Segurança e Sistemas Eletrônicos de Pagamentos Prof. Msc. Adolfo Colares Segurança e Sistemas Eletrônicos de Pagamentos" Prof. Msc. Adolfo Colares 1 Objetivos" n Descrever sistemas de pagamento para e- commerce " n Identificar os requisitos de segurança para pagamentos eletrônicos

Leia mais

Tecnologias da Informação e Comunicação: Internet

Tecnologias da Informação e Comunicação: Internet Tecnologias da Informação e Comunicação UNIDADE 3 Tecnologias da Informação e Comunicação: Internet Aula nº 2º Período Escola EB 2,3 de Taíde Ano lectivo 2009/2010 SUMÁRIO Serviços básicos da internet

Leia mais

Guia de Acesso/Apresentação de Pedidos de Apoio Sistema de Informação RURAL

Guia de Acesso/Apresentação de Pedidos de Apoio Sistema de Informação RURAL Guia de Acesso/Apresentação de Pedidos de Apoio Sistema de Informação RURAL Índice 1. Introdução...3 2. Home Page...3 3. Pedido de Senha...4 3.1 Proponente...5 3.2 Técnico Qualificado...5 3.3 Proponente/Técnico

Leia mais

MANUAL UTILIZADOR SERVIÇO FTP

MANUAL UTILIZADOR SERVIÇO FTP Edição: 1.0 Data: 07/08/15 Pág.: 1/10 O sistema de FTP é um serviço de transmissão de ficheiros bilateral, disponibilizado pela Monoquadros para os seus parceiros de negócio, com vista á fácil e rápida

Leia mais

Trabalho sobre o Facebook. De Sistemas Formador Tomás Lima

Trabalho sobre o Facebook. De Sistemas Formador Tomás Lima Trabalho sobre o Facebook De Sistemas Formador Tomás Lima Formando Marco Silva S - 13 Índice Facebook... 3 Porque todas essas perguntas para criar um perfil?... 3 O Facebook fornece várias maneiras de

Leia mais

Certificado Digital A1

Certificado Digital A1 Abril/ Certificado Digital A1 Geração Página 1 de 32 Abril/ Pré requisitos para a geração Dispositivos de Certificação Digital Para que o processo de instalação tenha sucesso, é necessário obedecer aos

Leia mais

Mostrar área de trabalho.scf. Manual do Produto EDI.

Mostrar área de trabalho.scf. Manual do Produto EDI. Mostrar área de trabalho.scf Manual do Produto EDI. ÍNDICE MANUAL DO PRODUTO EDI....3 1. O QUE É O EDI?...3 1.1. VANTAGENS... 3 1.2. FUNCIONAMENTO... 3 1.3. CONFIGURAÇÃO NECESSÁRIA... 3 2. UTILIZANDO O

Leia mais

Data de Aplicação 2/04/2009

Data de Aplicação 2/04/2009 FICHA TÉCNICA Exercício nº 9 Data de Aplicação 2/04/2009 NOME DO EXERCÍCIO Instalação de Software Base DESTINATÁRIOS Duração Pré Requisitos Recursos / Equipamentos Orientações Pedagógicas OBJECTIVOS Resultado

Leia mais

NAVEGAR EM SEGURANÇA NA INTERNET DIREITOS E DEVERES

NAVEGAR EM SEGURANÇA NA INTERNET DIREITOS E DEVERES ESCOLA SECUNDÁRIA DE AROUCA CURSO OPERADOR DE INFORMÁTICA (2) Educação e Formação de Adultos NAVEGAR EM SEGURANÇA NA INTERNET DIREITOS E DEVERES 1º PERÍODO Sara Matias ICORLI 2008/2009 Sumário Fraudes

Leia mais

BlackBerry Internet Service. Versão: 4.5.1. Manual do Utilizador

BlackBerry Internet Service. Versão: 4.5.1. Manual do Utilizador BlackBerry Internet Service Versão: 4.5.1 Manual do Utilizador Publicado: 2014-01-09 SWD-20140109134740230 Conteúdos 1 Como começar... 7 Acerca dos planos de serviço de mensagens para o BlackBerry Internet

Leia mais

Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR

Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR 1 Índice: 01- Acesso ao WEBMAIL 02- Enviar uma mensagem 03- Anexar um arquivo em uma mensagem 04- Ler/Abrir uma mensagem 05- Responder uma mensagem

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS E TERMOS DE UTILIZAÇÃO

CONDIÇÕES GERAIS E TERMOS DE UTILIZAÇÃO CONDIÇÕES GERAIS E TERMOS DE UTILIZAÇÃO AVISO AO UTILIZADOR Leia cuidadosamente este contrato. O acesso e uso desta plataforma implica, da sua parte uma aceitação expressa e sem reservas de todos os termos

Leia mais

Netiqueta (ou Netiquette)

Netiqueta (ou Netiquette) Netiqueta (ou Netiquette) Conjunto de atitudes e normas recomendadas (não impostas) para que todos os utilizadores possam comunicar através da Internet de um forma cordial e agradável. Evite a utilização

Leia mais

Certificado Digital A1. Instalação

Certificado Digital A1. Instalação Instalação Todos os direitos reservados. Imprensa Oficial do Estado S.A. 2010 Pré Requisitos para a instalação Dispositivos de Certificação Digital Para que o processo de instalação tenha sucesso, é necessário

Leia mais

Instalação de Certificados Digitais recebidos via email e sua Exportação

Instalação de Certificados Digitais recebidos via email e sua Exportação Instalação de Certificados Digitais recebidos via email e sua Exportação Instalação de Certificados Digitais recebidos via email e sua Exportação Instalação de Certificados Digitais recebidos via email

Leia mais

Tencologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: WEB I Conteúdo: Segurança da Informação Aula 02

Tencologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: WEB I Conteúdo: Segurança da Informação Aula 02 Tencologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: WEB I Conteúdo: Segurança da Informação Aula 02 Agenda 1. Segurança da Informação 1.1.Introdução 1.2.Conceitos 1.3.Ameaças a Segurança da

Leia mais

Configuração do Outlook para o servidor da SET

Configuração do Outlook para o servidor da SET Configuração do Outlook para o servidor da SET Selecione Ferramentas + Contas... no seu Outlook Express. Clique no botão Adicionar + Email, para acrescentar uma nova conta, ou no botão Propriedades para

Leia mais

Procedimento de Acesso VPN

Procedimento de Acesso VPN Procedimento de Acesso Departamento de Tecnologia e Infraestrutura 2014 Este procedimento tem por objetivo definir as configurações básicas para acessar a rede corporativa do Esporte Clube Pinheiros via.

Leia mais

Grande conjunto de informação que existe em todo o Mundo alojada em centenas de milhares de computadores chamados servidores Web.

Grande conjunto de informação que existe em todo o Mundo alojada em centenas de milhares de computadores chamados servidores Web. 1. Complete a tabela. Designação Descrição Rede mundial de computadores ligados entre si através de linhas telefónicas comuns, linhas de comunicação privadas, satélites e outros serviços de telecomunicação.

Leia mais

Verificação em duas etapas.

Verificação em duas etapas. <Nome> <Instituição> <e-mail> Verificação em duas etapas Agenda Senhas Verificação em duas etapas Principais tipos e cuidados a serem tomados Outros cuidados Créditos Senhas (1/4) Servem para autenticar

Leia mais

Transações Monetárias na Internet

Transações Monetárias na Internet Comércio Eletrônico Faculdade de Tecnologia SENAC Curso Superior de Análise e Desenvolvimento de Sistemas Unidade Curricular: Comércio Eletrônico Edécio Fernando Iepsen (edecio@terra.com.br) Transações

Leia mais

Script de Configuração dos E-mails @SEE (Webmail /Outlook Express)

Script de Configuração dos E-mails @SEE (Webmail /Outlook Express) Script de Configuração dos E-mails @SEE (Webmail /Outlook Express) A Secretaria de Estado da Educação está disponibilizando uma nova ferramenta para acesso ao e-mail @see. Essa nova ferramenta permitirá

Leia mais

WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET

WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET MANUAL DO UTILIZADOR WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET 1. 2. PÁGINA INICIAL... 3 CARACTERÍSTICAS... 3 2.1. 2.2. APRESENTAÇÃO E ESPECIFICAÇÕES... 3 TUTORIAIS... 4 3. DOWNLOADS... 5 3.1. 3.2. ENCOMENDAS (NOVOS

Leia mais

Registo do utilizador no Portal IFAP. - Manual do Utilizador -

Registo do utilizador no Portal IFAP. - Manual do Utilizador - Registo do utilizador no Portal IFAP - Manual do Utilizador - Registo do beneficiário no Portal IFAP Manual do Utilizador 1. Introdução... 2 2. Pressupostos... 2 3. Informação necessária para o registo

Leia mais

Certificados Digitais

Certificados Digitais Guia de utilização Outubro 2008 Índice Índice...1 Preâmbulo...2 Acesso à Plataforma Vortal...3 Solicitar...4 Instalação do Certificado Digital...8 Anexos... 19 Configuração do Internet Explorer Versão

Leia mais

Conselho Geral da Ordem Dos Advogados Departamento Informático

Conselho Geral da Ordem Dos Advogados Departamento Informático NOTA INTRODUTÓRIA: Este documento destina-se a guiá-lo(a) através dos vários procedimentos necessários para configurar a sua caixa de correio da Ordem dos Advogados, no programa Microsoft Outlook 2013,

Leia mais

Criação de empresas on-line. A sua iniciativa, esteja onde estiver

Criação de empresas on-line. A sua iniciativa, esteja onde estiver Criação de empresas on-line A sua iniciativa, esteja onde estiver 30-06-2006 O projecto empresa on-line A Empresa na Hora já permitiu a constituição de sociedades comerciais de forma mais rápida, mais

Leia mais

Plataforma de Benefícios Públicos Acesso externo

Plataforma de Benefícios Públicos Acesso externo Índice 1. Acesso à Plataforma... 2 2. Consulta dos Programas de Beneficios Públicos em Curso... 3 3. Entrar na Plataforma... 4 4. Consultar/Entregar Documentos... 5 5. Consultar... 7 6. Entregar Comprovativos

Leia mais

Qual a importância da Segurança da Informação para nós? Quais são as características básicas de uma informação segura?

Qual a importância da Segurança da Informação para nós? Quais são as características básicas de uma informação segura? Qual a importância da Segurança da Informação para nós? No nosso dia-a-dia todos nós estamos vulneráveis a novas ameaças. Em contrapartida, procuramos sempre usar alguns recursos para diminuir essa vulnerabilidade,

Leia mais

icq http://www.uarte.mct.pt sobre o programa... ... pag.. 8 e 9 obter o programa... instalar o programa... Registar o icq... menus...

icq http://www.uarte.mct.pt sobre o programa... ... pag.. 8 e 9 obter o programa... instalar o programa... Registar o icq... menus... icq 1 http://www.uarte.mct. sobre o programa...... pag.. 2 obter o programa...... pag.. 3 e 4 instalar o programa...... pag.. 5 Registar o icq...... pag.. 6 e 7 menus...... pag.. 8 entrar num canal e conversar......

Leia mais

Internet ou Net. É uma rede mundial de computadores ligados entre si através s de linhas telefónicas comuns.

Internet ou Net. É uma rede mundial de computadores ligados entre si através s de linhas telefónicas comuns. Internet Internet ou Net É uma rede mundial de computadores ligados entre si através s de linhas telefónicas comuns. Como Comunicam os computadores Os computadores comunicam entre si utilizando uma linguagem

Leia mais

Manual de Utilizador Externo Arquivo Digital. Santos, Tânia 2007. Última actualização: 25-06-2007

Manual de Utilizador Externo Arquivo Digital. Santos, Tânia 2007. Última actualização: 25-06-2007 Manual de Utilizador externo Arquivo Digital Santos, Tânia 2007 SIBUL Sistema Integrado de Bibliotecas da Universidade de Lisboa Última actualização: 25-06-2007 1 Introdução...3 O que é o Arquivo Digital

Leia mais

Blinde seu caminho contra as ameaças digitais. Manual do Produto. Página 1

Blinde seu caminho contra as ameaças digitais. Manual do Produto. Página 1 ] Blinde seu caminho contra as ameaças digitais Manual do Produto Página 1 O Logon Blindado é um produto desenvolvido em conjunto com especialistas em segurança da informação para proteger os clientes

Leia mais

MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS

MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS GLOSSÁRIO... 2 INTRODUÇÃO... 3 Objectivo... 3 DEFINIÇÕES... 3 Certificado de um medicamento

Leia mais

Manual de Registo de Certificados no. Microsoft Windows

Manual de Registo de Certificados no. Microsoft Windows Manual de Registo de Certificados no Microsoft Windows Manual de Registo de Certificados no Microsoft Windows Página 2 de 12 CONTROLO DOCUMENTAL REGISTO DE MODIFICAÇÕES Versão Data Motivo da Modificação

Leia mais

e-nota E Módulo de Entrega da Nota

e-nota E Módulo de Entrega da Nota Página1 e-nota E Módulo de Entrega da Nota Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. Safeweb e-nota E... 03 2. O que é XML... 04 3. Acesso e-nota E... 05 4. Gerenciamento

Leia mais

Procedimento de Acesso VPN

Procedimento de Acesso VPN Procedimento de Acesso Departamento de Tecnologia e Infraestrutura Este procedimento tem por objetivo definir as configurações básicas para acessar a rede corporativa do Esporte Clube Pinheiros via. Esporte

Leia mais

5. Bases de dados: as questões de segurança, de criptografia e de proteção de dados

5. Bases de dados: as questões de segurança, de criptografia e de proteção de dados 5. Bases de dados: as questões de segurança, de criptografia e de proteção de dados A proteção jurídica das bases de dados em Portugal é regulada pelo Decreto-Lei n.º 122/2000, de 4 de Julho, que transpõe

Leia mais