Natura Day. Boas Vindas. Roberto Pedote Vice-presidente de Finanças, RI e Jurídico 1

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Natura Day. Boas Vindas. Roberto Pedote Vice-presidente de Finanças, RI e Jurídico 1"

Transcrição

1 Natura Day Boas Vindas Roberto Pedote Vice-presidente de Finanças, RI e Jurídico 1 09/NOVEMBRO/2012

2 agenda Início Tema Apresentador 8:30 Café da Manhã e Inscrição dos Participantes 9:00 Boas Vindas - Agenda Roberto Pedote 9:10 Proposta de Valor & Foco Estratégico Alessandro Carlucci 9:30 Brasil: Mercado & Crescimento da Produtividade José Vicente 9:50 Operações Internacionais: Evolução da Estratégia José Vicente 10:10 Estratégia Logística João Paulo Ferreira 10:30 Perguntas e Respostas 11:10 Intervalo 11:40 Evolução de TI Agenor Leão 12:00 Programa de Eficiência Roberto Pedote 12:15 Desenvolvimento de Liderança & Sustentabilidade Marcelo Cardoso 12:35 Biosphera Alessandro Carlucci 12:55 Perguntas e Respostas 13:35 Almoço com Gerentes de Relacionamento 2

3 comitê executivo Alessandro Carlucci Diretor Presidente Natura desde 1989, atuando nas diretorias de Vendas Brasil e Internacionais e Vice- Presidencia de Negócios Presidente da World Federation of Direct Selling Administração de Empresas pela FGV, Kellog-Northwestern, de Chicago José Vicente Marino Vice Presidente Executivo Natura desde 2008 Mestrado e Graduação em Administração de Empresas pela FGV, MBA em Varejo (USP) Experiência: Presidente da divisão de higiene pessoal e consumo da J&J no Brasil Roberto Pedote Vice Presidente de Finanças, RI e Jurídico Natura desde 2008 Administração Pública pela FGV, Direito pela USP, MBA Universidade de Michigan Experiência de 16 anos na Unilever (Brasil, Inglaterra e América Latina), Nokia no Brasil João Paulo Ferreira Vice Presidente de Operações e Logística Natura desde 2009 Engenharia (USP), MBA Universidade de Michigan Experiência de 20 anos na Unilever, com funções locais, regionais e globais. Vice Presidente de Supply Chain 3 Marcelo Cardoso Vice Presidente de Desenvolvimento Organizacional e Sustentabilidade Natura desde 2008 Administração de Empresas MBA em Varejo (USP), Kellog- Northwestern, Chicago Experiência: Atuação na GP Investimentos (HopiHari, Playcenter, Método Engenharia), Presidente Regional DBM Agenor Leão de Almeida Junior Vice Presidente de TI e Meios Digitais Natura desde Junho/2012 Processamento Dados (Universidade Federal da Bahia) MBAs FGV, FEA e IESE- Universidad de Navarra Experiência: 13 anos na Vivo, liderando grandes projetos como a integração tecnológica das empresas que deram origem a Vivo

4 Natura Day Proposta de Valor & Foco Estratégico Alessandro Carlucci Diretor-presidente 4 09/NOVEMBRO/2012

5 nossa essência 5

6 razão de ser NOSSA RAZÃO DE SER É CRIAR E COMERCIALIZAR PRODUTOS E SERVIÇOS QUE PROMOVAM O BEM- ESTAR/ESTAR BEM BEM-ESTAR é a relação harmoniosa, agradável do indivíduo consigo mesmo, com seu corpo ESTAR BEM é a relação empática, bem-sucedida, prazerosa do indivíduo com o outro, com a natureza da qual faz parte, com o todo 6

7 crenças A vida é um encadeamento de relações. Nada no universo existe por si só, tudo é interdependente. Acreditamos que a percepção da importância das relações é o fundamento da grande revolução humana na valorização da paz, da solidariedade e da vida em todas as suas manifestações. A busca permanente do aperfeiçoamento é o que promove o desenvolvimento dos indivíduos, das organizações e da sociedade. O compromisso com a verdade é o caminho para a qualidade das relações. Quanto maior a diversidade das partes, maior a riqueza e a vitalidade do todo. A busca da beleza, legítimo anseio de todo ser humano, deve estar liberta de preconceitos e manipulações. A empresa, organismo vivo, é um dinâmico conjunto de relações. Seu valor e sua longevidade estão ligados à sua capacidade de contribuir para a evolução da sociedade e seu desenvolvimento sustentável. 7

8 visão A Natura, por seu comportamento empresarial, pela qualidade das relações que estabelece e por seus produtos e serviços, será uma marca de expressão mundial, identificada com a comunidade das pessoas que se comprometem com a construção de um mundo melhor através da melhor relação consigo mesmas, com o outro, com a natureza da qual fazem parte, com o todo. bem estar / estar bem 8

9 proposta de valor econômico _Forte geração de caixa _Crescimento e rentabilidade _Pagamento consistente de dividendos COMPORTAMENTO EMPRESARIAL CANAL PRODUTO triple bottom line social _Geração de valor para a consultora _Repartição de benefícios com comunidades extrativistas 9 essência marca ambiental _Carbono neutro _Utilização de refil _Extração sustentável _Uso de materiais recicláveis e reciclados

10 onde chegamos de 2007 para 2011 CRESCEMOS O CANAL NO BRASIL ACELERADAMENTE 630mil CNs 1,2MM CNs ESTAMOS PRESENTES EM MAIS LARES BRASILEIROS 38% 62% AMPLIAMOS A PREFERÊNCIA DA MARCA NO BRASIL 42% 47% AUMENTAMOS NOSSO MARKET SHARE NO BRASIL 22% 24% CRESCIMENTO ROBUSTO DA RECEITA NO BRASIL 4,1bi 6,9bi 10

11 onde chegamos de 2007 para 2011 DOBRAMOS A PARTICIPAÇÃO DAS OPERAÇÕES INTERNACIONAIS 4,7% 9,0% CRESCIMENTO ROBUSTO DA RECEITA DAS OPERAÇÕES INTERNACIONAIS DOBRAMOS O EBITDA CONSOLIDADO, MANTENDO ALTO PATAMAR DE MARGEM EBITDA 186MM 702MM 637MM 1.425MM NOVO PATAMAR DE INVESTIMENTOS (CAPEX) 124MM 346MM INOVAÇÃO COMO VETOR DE CRESCIMENTO 56,8% 64,8% 11

12 foco estratégico _ampliar a liderança no Brasil: Produtividade da CN1 e do CF2; _crescimento acelerado e com rentabilidade na América Latina se tornando um player relevante; _conectar e aprofundar as relações da rede por meio do Biosphera. _excelência em serviços como um diferenciador; _intensificação do programa de eficiência; _transformação da nossa plataforma tecnológica para um direcionador de negócio; _aceleração da atração e desenvolvimento de liderança e aquisição das novas competências CN = Consultora Natura 2 CF = Cliente Final

13 Natura Day Brasil: Mercado & Produtividade José Vicente Marino Vice-presidente Executivo 13 09/NOVEMBRO/2012

14 crescimento Brasil agenda retrospectiva mercado e Natura oportunidades de crescimento mercado e consumidor em transformação a Natura e seus vetores de crescimento 14

15 CFT cresce acima do ritmo mundial e o Brasil está entre os 3 primeiros do ranking, alavancado por expansão da renda e alto consumo per capita Renda Disponível Bruta (R$ Bilhões nominais, IBGE) Crescimento histórico 1997 a 2011 (Por país em P.P.P.,Euromonitor) CAGR : 11,7% O tamanho da circunferência representa o Volume de Negócios do país em

16 Natura expande liderança no mercado CFT e nos último 5 anos expande significativamente o faturamento Concorrência Brasil (Euromonitor) 14,5 Receita Líquida Brasil (R$Milhões) 13,4 10,4 10,2 9,1 8,8 8,3 7,2 8, ,0 5,9 5, Natura Unilever Avon P&G Boticário L'Oréal 16

17 Natura expande liderança no mercado CFT com importantes realizações entre 2007 e 2011 rede com mais de 1,2 milhão de CNs; criamos e implantamos o modelo CNO; somos a marca preferida, de 42% a 47%; ampliamos nossa presença nos lares brasileiros, de 39% a 62%; aumentamos os investimentos publicitários em 22,6% (2011 vs.2009); mantemos um alto índice de inovação, cerca de 65%; lançamos mais de 550 produtos; itens vendidos anuais em 410 milhões em 2011; mais de 17 milhões de pedidos em

18 inovação como foco da nossa criação de valor Índice de Inovação (% da receita de produtos lançados nos últimos 24 meses) 56,8% 68,8% 67,3% 65,7% 64,8% 67,3% Número de produtos lançados P&D % Receita Líquida 2,9% 2,8% 2,6% 2,8% 2,7% 2,6% M12 18

19 principais lançamentos 19

20 Natura segue ampliando sua presença nos lares brasileiros Evolução da Penetração1 Natura (Painel de Consumo Domiciliar, Kantar) 39,3 47,4 52,0 57,2 62,1 Abr.07- Mar.08 Abr.08.- Mar.09 Abr.09- Mar.10 Abr.10- Mar.11 Abr.11- Mar % dos lares que compraram ao menos um produto Natura nos últimos12 meses.

21 e oportunidades são identificadas para impulsionar este crescimento, ampliando a cesta Natura e alavancando o consumo por lar Penetração por categoria (2011, %) Market Natura 99,5 92,7 91,3 91,1 99,9 75,2 63,8 61,8 26,5 13,5 13,2 Sabonete Shampoo Pós- Shampoo 24,5 29,1 28,7 4,4 17,7 8,0 Deo Rosto Corpo Óleos Fragrância ProtetorMaquiagem Total Solar 32,5 21,2 3,6 36,5 11,2 Tamanho da cesta % dos lares que compraram ao menos um produto Natura nos últimos12 meses % categorias compradas 50,1% 52,3% 8,0% 8,6% 14,6% 25,0% 9,6% 10,3% 17,2% 24,9% 61,8% 10,2% 11,3% 17,5% 24,8% >5 categorias 4 categorias 3 categorias 2 categorias 21 Fonte: Kantar WorldPanel, 43,9% ,0% ,2% categorias

22 transformação socioeconômica e tecnológica influenciam comportamento do consumidor e ambiente de negócios AMBIENTE DE NEGÓCIOS EM TRANSFORMAÇÃO _ crescimento vigoroso do CFT no Brasil expansão de renda e novos entrantes _ diversidade de oferta (produto e informação) e serviços _ dinâmica de canais em processo de convergência _ conectividade INFLUÊNCIA DO COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR _ aumento de repertório, mais informações _ sofisticação do comportamento de compra _ valorização da experiência, saúde/bem estar e conveniência _ consumidor integrante do processo de desenvolvimento do produto DESAFIOS PARA O CRESCIMENTO 22

23 Natura ampliará sua liderança tendo a diferenciação como macro estratégia sermos mais nós mesmos para sermos melhores _aumento da produtividade CN; _elevar o valor do relacionamento em nossa forma de fazer negócios com o serviço sendo um diferencial competitivo; _inovação de conceitos, produtos e modelo comercial; _investimentos em marketing direcionados nas escolhas estratégicas do negócio. 23

24 histórico da produtividade CN Necessidade de maior investimento em Marketing Problemas de execução Início do MAIS Natura e ajustes na Força de Vendas 5.8% 0.7% 3.4% 2.2% 1.4% -1.5% -3.7% -0.6% -5.7% -2.6% -8.0% -10.0% 1T07 2T07 3T07 4T07 1T08 2T08 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 4T09 1T10 2T10 3T10 4T10 1T11 2T11 3T11 4T11 1T12 2T12 3T12 24 Crescimento acelerado de canal, impactando a produtividade média Natura Nota: Produtividade a preços de varejo = (receita bruta Brasil / número de consultoras média) / lucro da consultora Recuperação do nível de serviços e eficiência mercadológica

25 pilares do programa de produtividade Excelência em Serviços Ajustes na Gestão da Força de Vendas Inovação de Produtos (White Spaces e Price Points) Cross Category (comunicação, relacionamento e promoções) 25

26 status programa de produtividade C Próximos _White Space Spray Corporal Tododia passos: _Novos White Spaces; _Promoções C _Programa MAIS Natura _Gestão da Força de Vendas: CNO e Gerentes de Relacionamento C _White Space Perfume UNA 2013 Cross-Category _Contínua evolução do Nível de Serviços Evolução do Nível de Serviços 26 C = Ciclo de Vendas

27 27 filmes

28 Natura Day Operações Internacionais: Evolução da Estratégia José Vicente Marino Vice-presidente Executivo 28 09/NOVEMBRO/2012

29 nos últimos 5 anos, aumentamos 3,5x o faturamento na LatAm Nossos negócios na América Latina se reafirmam como uma plataforma de negócios relevante, lucrativa e capaz de expressar os valores da empresa nessa região. Resultados Operações Internacionais (Latam e França) Participação (% Receita Líquida Consolidada) 5,9% ,9% ,2% ,0% ,3% 9M12 Receita Líquida (R$, MM, nominal) 212,7 292,6 372,1 503,8 504,4 EBITDA (R$, MM, nominal) (82,2) (77,4) (78,4) (51,1) (21,6) 29

30 crescimento LatAm agenda momento atual vetores de crescimento desafios de mercado 30

31 crescer aceleradamente com lucratividade Momento atual: 10,3 _Estratégia de atuação adaptada à realidade local _Equipe consolidada México VD: 30,9% Peru VD:41,1% Colômbia VD:35,1% 3,5 1,9 França VD: 0,3% 17.3 _Aderência da Venda Direta _Marca em ascensão _Produtos aspiracionais e de alta aceitação Chile VD: 18,8% 2,6 4,4 Argentina VD: 27,4% Internacional Consultoras Natura (CNs): (3 trimestre-2012, final do período) 31 Total CF&T Market, US$ bilhões Fonte: Euromonitor 2011

32 amplia o market share nas Operações Internacionais 13,4 14,5 Brasil 2,1 4,0 0,1 1,0 Operações em Consolidação (Argentina, Chile e Peru) Operações em Implantação (México e Colombia) Fonte: Euromonitor,

33 mercado & concorrência o mercado CFT TOTAL na LatAm apresenta desafios específicos por país... Per Chi Col Arg Mex Total Bra Fra Tamanho do Mercado CFT (US$MM) CAGR (%,moeda local) 8,3% 9,6% 6,2% 23,7% 7,5% 10,0% 12,2% 0,8% % Venda Direta no Mercado CFT 41,1% 18,8% 35,1% 27,4% 30,9% 30,3% 28,6% 0,3% Principais Players Top 3 Categorías _Belcorp _Unilever _Avon _Unilever _P&G _P&G _Natura _L'Oréal _Unique-Yanbal _P&G _Belcorp _Avon _Colgate _Unilever _Unilever _LouisVuitton _P&G _L'Oréal _Colgate _L'Oréal _Unilever _Avon _Avon _P&G _Cabelo _Cabelo _Perfumaria _Cabelo _Cabelo _Cabelo _Cabelo _Rosto _Perfumaria _Perfumaria _Cabelo _Perfumaria _Perfumaria _Perfumaria _Perfumaria _Perfumaria _Maquiagem _Desodorante _Maquiagem _Desodorante _Rosto _Maquiagem _Desodorante _Cabelo 33 Fonte: Euromonitor - Mercado Beauty and Personal Care Total 2011,

34 ser uma das marcas líderes nos países em que atuamos através dos seguintes vetores de crescimento _Crescimento de canal _Modelo CNO: Chile, Peru e Colômbia _Rede de Relações Sustentáveis: México _Melhora contínua do nível de serviços _Construção da marca _Comportamento Empresarial 34

35 a consolidação do modelo do México e CNO permitirá que o canal siga crescendo a um ritmo acelerado Número de Consultoras (milhares, fim do período) YoY 27,3% YoY 42,1% YoY 27,0% YoY 43,3% YoY 20, YoY 19,2% M11 9M12 Operações em Consolidação (Argentina, Chile e Peru) Operações em Implantação (Colômbia e México) 35 Nota: Consultoras no período, não considera França

36 seguir construindo a marca Natura _estamos entre as três marcas preferidas na Argentina e Peru % 14% % 22% _no México e na Colômbia ampliamos significativamente nosso conhecimento de marca % 47% % 60% 36

37 melhorar continuamente os níveis de serviço Avanços: processo de planejamento _novas políticas de estoques; _implantação do Six Sigma para gestão de projetos; _melhoras no processo de descontinuidade de produtos. produção local (% RL) Argentina = 30% (perfumaria, corpo e maquiagem) Colômbia = 5% (sabonete, perfumaria e corpo) México = 2% (cabelos) Conquistas: _Redução de 60% das perdas; _Redução de 40% da cobertura de estoques. 37

38 comportamento empresarial Monitor empresarial de Reputación Corporativa (Merco Chile) 4ª empresa com melhor reputação, avaliada por ONGs; 3ª empresa com melhor reputação no setor de cosméticos e higiene e cuidado pessoal. Ranking Marcas Más Prestigiosas (Prensa Económica Argentina) Premios de Belleza Glamour (Editorial Condenast Mexico) Ouro na categoria Cosméticos da Pack Andina (Andina Pack) Atuamos nos países junto às câmaras de venda direta e outras associações relevantes no mercado. 38

39 modelo Rede de Relações Sustentáveis É o novo modelo comercial do México adaptado a cultura local, dissemina e gera desenvolvimento individual e coletivo por meio das crenças, valores e essência de Natura, ampliando o crescimento e gerando transformação social. Proposta de valor focada no crescimento acelerado e na mobilização da força de vendas para: 39 _a construção da marca; _plano de carreira autônoma multinível; _compromisso com a sustentabilidade; _melhora da experiência de compra do cliente final.

40 Natura Day Evolução da estratégia logística João Paulo Ferreira Vice-presidente de Operações e Logística 40 09/NOVEMBRO/2012

41 direcionadores de valores de operações e logística Operações e Logística materializam diariamente a essência Natura em produtos e serviços e devem ser fonte de criação de valor e vantagem competitiva _qualidade dos relacionamentos (de CF/CN a fornecedores) _redução do impacto ambiental _promoção de transformação social _crescimento agressivo e global _inovação 41 _lucratividade

42 operações & logística visão 2015 _Alto Nível de Serviço _Ágil _Confiável _Flexível _Resiliente _600 MM unidades _20+ MM pedidos _1,5 MM POD1 42 1pontos de entrega

43 novo patamar de serviços Nos últimos três anos fizemos o maior investimento de nossa história em infraestrutura. _Revisão completa da cadeia de Fornecedores _Expansão da rede de produção própria e terceirizada _Modernização e capacitação de sistemas transacionais _Soluções de gestão integrada da Cadeia de Abastecimento 43 Ampliamos nossa capacidade de distribuição, com ganhos de eficiência e reduzindo significativamente o tempo de entrega dos produtos.

44 novo patamar manufatura Cajamar Eco parque (2013) 46% 26% 30% Produtividade Volume manufatura operações internacionais 25% Atendimento Plano 30% Master Plan Cajamar (2014) 3% 8%

45 nova rede logística Permite 93% dos pedidos entregues em 48h 2010 Abertura do CD1 Uberlândia Abertura do CD Castanhal Duplicação do CD Canoas 2011 Abertura do CD São José dos Pinhais - PR Abertura Novo CD Matias Abertura Novo CD Jaboatão Duplicação do CD Simões 2012 Estabilização e Otimização 45 1Centros de Distribuição CD Castanhal CD Simões Filho CD Uberlandia CD SP CD+hub Jaboatão CD Curitiba CD Canoas 2013 CD Matias Barbosa Novo CDSP Abertura Novo CD NE 2014 Abertura Novo HUB SP Abertura Novo CD N Abertura Novo HUB NE Op. Internacionais Todos CDs expandidos x Capacidade Início novo ciclo em 2013

46 evolução no nível de serviço entregas no prazo (%pedidos) entregas D2 (%pedidos) 96% 28,5% 35,3% 30,9% 34,2% 85% 21,1% 3,0% 74% jan/11 mar mai jul set nov jan/12 mar mai jul set duração ciclo CN (dias) 9,8 6,4 4,3 46

47 evolução no nível de serviço serviço perfeito (% Pedidos) co 2 (kg CO2/ kg prod. Faturado) ) 0,68 73% 70% 56% 0,56 0,53 0,47 45% 0,46 0,44 0,43 ago out dez fev abr jun ago Jan/ 12 fev mar abr mai jun Jul ago set Índice de Não Atendimento (INA)

48 próximas fronteiras conexão e Intimidade com CNs e CFs cadastro, pedidos 10x, PODs 20x excelência em serviços prazos, fulfillment rate, comunicação e atendimento, falhas em ppm sustentabilidade Biodiversidade Brasileira, Eco Eficiência, logística reversa cadeias globais novas plataformas de TI 48

49 Natura Day Evolução de TI Agenor Leão Vice-presidente de Tecnologia da Informação e Meios Digitais 49 09/NOVEMBRO/2012

50 história da TI Natura em ciclos até suporte profissionalização estruturação Organização por cliente interno Equipe Interna e body-shop Baixa Maturidade da Organização Organização por processo de negócio Outsourcing total das aplicações Média Evolução na Maturidade da Organização Organização orientada ao suporte do negócio, atendendo a necessidades pontuais através de sistemas Implementação de uma governança profissional associada ao outsourcing full de aplicações Ações estruturais de construção de sistemas transacionais e infraestrutura visando eliminação de legados e estabilidade 48% 60% 17MM 50 Volume de Pedidos Processados/Ano 31% % % 2011 Web CAN

51 e como estamos construindo a TI da Natura para os próximos anos? _organização do relacionamento por parceiro de negócio e torres de aplicação _novo modelo de relacionamento com parceiros de tecnologia e novas formas de desenvolvimento de software _alta maturidade de processos, incorporando governança e indicadores de desempenho de TI Diferencial competitivo Habilitador de vantagem competitiva significativa através da transformação do negócio pela utilização diferenciada da tecnologia da informação 51

52 direcionadores para a construção da estratégia 52

53 a estratégia de TI da Natura Viabilizar formas de relacionamento individualizadas, num ambiente multidispositivo (priorizando o mobile) e segmentado, alinhado às ambições de relacionamento, gerando relevância e diferenciação. Desenvolver uma arquitetura de sistemas flexível e adaptável de forma ágil, que possa incorporar colaboração externa e simplificar os desenvolvimentos futuros. Promover Inovação disruptiva cada vez mais integrada com o ambiente Natura. Habilitar a organização para suas ambições através de uma infraestrutura de TI, robusta e escalável, com flexibilidade, agilidade e abertura. Proporcionar eficiência nos processos da Natura através de soluções tecnológicas adequadas. Nova Organização de TI e Meios Digitais 53

54 a estratégia de TI da Natura Viabilizar _Redes Sociais; formas de relacionamento _Novos sites baseados em individualizadas, personalização e gestão num de conteúdo ambiente multidispositivo diferenciado; _Ferramentas (priorizando o digitais mobile) para e as segmentado, CNs; alinhado às _Aplicativos ambições de Móveis; relacionamento, gerando _CRM; relevância e _Interação, comunicação, diferenciação. aprendizado e colaboração. _Desenvolver uma arquitetura arquitetura orientada a serviços de sistemas (SOA); flexível e adaptável _Métodos de ágeis forma de ágil, que desenvolvimento; possa incorporar colaboração _APIs para colaboração externa e simplificar externa. os desenvolvimentos futuros. Promover Inovação disruptiva cada vez mais integrada com o ambiente Natura. Habilitar _ Cloud Computing a organização para consolidação, suas ambições virtualização através de - cloud umaprivada infraestrutura como de caminho; TI, robusta e escalável, _ Monitoração com de flexibilidade, serviços; agilidade e abertura. _ Indicadores de desempenho/disponibilida de dos serviços de TI - SLAs - com negócio; _ Capacitação de infraestrutura/data center. Proporcionar _ Automatização eficiência de nos processos; processos da Natura _Comunicação através IP; de _ soluções Mobilidade tecnológicas do posto de trabalho, adequadas. Home office; _Business Intelligence. _ Nova estrutura organizacional, processos e governança _ Service management Nova Organização de TI e Meios Digitais _ Novo modelo de sourcing de serviços _ Ganhos efetivos de produtividade e custo da atividade de TI 54

55 A...e transformação é implementada de através TI se reflete de cinco em cada uma das plataformas dimensões corporativas da qualidade que da devem relação sustentar em diferentes o crescimento graus do de negócio maturidade... Natura Valor Conhecendo Gerenciando Conectando Aprofundando e Enriquecendo Agilizando e Diferenciando Habilitando relacionamentos através de diversos canais com a velocidade e consistência necessárias Criando a inteligência necessária para aprofundar e personalizar a relação, aumentando a conexão de forma relevante e consistente Capacitando a empresa para expandir-se de forma rápida plug and play, criando serviços padronizados e reaproveitáveis que permitam que novos negócios, canais e soluções de parceiros externos sejam rapidamente acoplados Gerenciando as relações de forma mais eficiente, automatizando os processos chave da cadeia de valor e provendo indicadores de desempenho para acompanhamento do negócio Capturando, armazenando e atualizando corretamente os dados referentes às diversas relações relevantes para a Natura Maturidade 55

56 A...e transformação é implementada de através TI se reflete de cinco em cada uma das plataformas dimensões corporativas da qualidade que da devem relação sustentar em diferentes o crescimento graus do de negócio maturidade... Natura Valor Conectando Aprofundando e Enriquecendo Agilizando e Diferenciando Plataforma de Relacionamento Gerenciando Plataforma Analítica (Business Intelligence e CRM Analitico) Conhecendo Plataforma de Serviços (Arquitetura corporativa e governança SOA) Plataforma Transacional Plataforma de Cadastro (Gestão da Informação) Maturidade 56

57 plano de investimentos TI como importante viabilizador transversal da estratégia Dobramos o desembolso total em TI Planejamos seguir investindo em capacitação, nova arquitetura de TI, Biosphera e CRM Desembolsos de TI (R$MM) % Cresc. no período +97% +70% 57

58 Natura Day Programa Eficiência Roberto Pedote Vice-presidente de Finanças e Jurídico 58 09/NOVEMBRO/2012

59 estratégia de investimentos Maior eficiência na utilização dos recursos de forma transversal e ampla na empresa (em todas as linhas do DRE ) Aumento na intensidade dos investimentos: _competitividade de investimentos em Marketing e Inovação no Brasil _evolução da arquitetura de TI e Bisophera _novas competências (CRM, meios digitais, etc.) 59

60 maior eficiência na utilização de recursos Orçamento Matricial disciplina orçamentária, com implantação de várias iniciativas e monitoramento por pacotes e entidades Logística e Compras implantação da descentralização do modelo logístico e revisão estratégica da cadeia de suprimentos, baseado no triple-bottom line Mapa de Perdas identificação das perdas por processo e atuação nas causas raízes. Carteira Projetos ESTRUTURANTES OTIMIZAÇÃO 60 _líder e recurso dedicado _disciplina e metodologia de execução _acompanhamento nos fóruns de gestão _TI como alavancador da eficiência

61 evolução do programa de eficiência Etapa 1 _grandes projetos estruturantes de logística e CMV _orçamento matricial e gestão de perdas: melhoria de gestão de gastos e disciplina/visibilidade orçamentária _formação da Central de Serviços Compartilhados: primeiro passo de centralização de serviços transacionais 61

62 62 central de serviços compartilhados Implantação em 2010, focada em ganho de eficiência na centralização de atividades operacionais Hoje com 218 colaboradores: Administração de Pessoal, Fiscal, Financeiro Contábil, Serviços Comerciais, Cadastro, Gestão Patrimonial e Gestão de Espaços. Benefícios: _Ganho de eficiência pela internalização de terceiros, implantação de novos sistemas de suporte, redesenho e centralização de processos internos; _Liberar tempo e energia da área interna e da força de vendas, possibilitando maior foco na qualidade das relações com CNOs e CNs; _Criar oportunidade d e desenvolvimento e carreira para os colaboradores do grupo operacional, menor aprendiz, terceira idade, primeiro emprego, e portadores de deficiência através da priorização na contratação desses profissionais.

63 conquistas do programa de eficiência Etapa 1 _Inflação Natura abaixo da inflação de mercado; _ Aumento da margem bruta _Eficiências no custos de logística; _Redução de 20% com despesas com pesquisa de mercado; _Redução de 30% do número de viagens; _48% das viagens foram negociadas a preços mais competitivos; _Aumento de mais de 40% do volume de videoconferências; _Redução de 40% do ticket médio de telefonia móvel; 63 _Critérios mais claros para contratação de consultorias; _Melhora na necessidade de capital de giro por redução cobertura de estoque, aumento do prazo de pagamento e recuperação de impostos.

64 evolução do programa de eficiência Etapa 2 _continuidade na gestão de gastos e disciplina orçamentária _foco na melhoria dos processos, simplificação e automação; _intervenções específicas em atividades (quick wins mais claros) onde temos grandes concentração de dinheiro e/ou complexidade: revista, eventos, perdas de cobrança, etc; _segunda onda de expansão da CSC / backoffice 64

65 resultados consolidados Receita Líquida (R$ Milhões) CAGR = 14,8% EBITDA e Margem (R$ Milhões, % Receita Líquida) CAGR = 18,9% Lucro Líquido e Margem (R$ Milhões, % Receita Líquida) CAGR = 10,2% +8,9 % +13,4 % +14,0 % +13,5 % +11,7 % +11,8% 65

66 resultados operações em consolidação1 Receita líquida (R$ Milhões) CAGR = 23,8% EBITDA e Margem (R$ Milhões, %) +36,1 % em moeda local +27,2 % em moeda local operações em implementação2 Receita líquida (R$ Milhões) EBITDA e Margem (R$ Milhões, %) CAGR = 49,8% +55,6 % em moeda local +35,9 % em moeda local 66 1 Argentina, Chile e Peru. 2 Colômbia e México

67 resultados consolidados Capex (R$ Milhões) Dividendos e Payout (R$ Milhões, % Lucro Líquido) 67

68 Natura Day Sustentabilidade Marcelo Cardoso 68 Vice-presidente de Desenvolvimento Organizacional e Sustentabilidade 09/NOVEMBRO/2012

69 gestão da sustentabilidade Engajamento Stakeholders Matriz de Materialidade Análise interna e externa 1. DEFINIR E PLANEJAR Planejamento PEN Planejamento de Processos (PEP) Comunicação de Resultados (GRI) DEFINIR E COMUNICAR PLANEJAR DEFINIR E MONITORAR PLANEJAR Orçamento Socioambiental Participação nos Resultados (PLR) EDUCAR DEFINIR E DESENVOLVER PLANEJAR Avaliação de Performance (PGD) Planejamento de Processos (PEP) 69

70 proposta de valor diferenciada Gerar valor para todos os públicos, transformando desafios socioambientais em oportunidades de negócios, a partir da comunidade do bem estar bem. modelo de gestão sustentável essência 70 resultados TBL

71 pilares do programa amazônia ciência, tecnologia e inovação cadeias produtivas da sociobiodiversidade fortalecimento institucional 71

72 resultados esperados Natura _aumentar para 30% o consumo de insumos produtivos na região (R$ MM) _geração de valor local por meio de negócios sustentáveis _ famílias agroextrativistas _movimentar recursos da Natura na região em cerca de R$ 1 bilhão

73 resultados sustentabilidade Riqueza distribuída entre as Comunidades Fornecedoras (R$ milhares ) +57% +15% Arrecadação Crer Pra Ver (R$ milhões ) +168% -16% ,7 10,0 8,4 8,2 # 09 # 10 # 11 9M12 # 09 # 10 # 11 9M12 73

74 resultados sustentabilidade Emissões Relativas (kg CO2e / kg produto faturado) -7,3% -5,3% 3,55 3,30 3,12 2,96 # 09 # 10 # 11 6M12 74

75 Natura Day Liderança Marcelo Cardoso Vice-presidente de Desenvolvimento Organizacional e Sustentabilidade 75 09/NOVEMBRO/2012

76 nosso foco em desenvolvimento das pessoas vem apresentando avanços importantes na liderança _pela robustez e maturidade atingidas no processo de definição do pipeline de liderança; _pela aceleração de carreira de lideres de alto potencial; _pela educação - Cosmos: 222 gestores formados em 2011 e 148 que se formarão em 2012; _pela aquisição de novas competências contratação de profissionais com competências em meios digitais, parcerias e alianças, CRM. 76

77 Dissemina e desenvolve conhecimentos prioritários para a sustentação do papel de gestão. Atuam na Escola renomados profissionais nacionais e internacionais. Agrega pessoas com interesse comum para estudar e desenvolver temas relacionados ao negócio da Natura. Oficina Escola Comunidade de Interesses Confraria Atividades educacionais em torno de um tema de interesse comum, gerando conhecimento coletivo. 77 Espaço, preponderantemente virtual, que explora a conectividade, estimula o intercâmbio e a atualização de conhecimentos, formando uma rede social de interesses.

78 nossos investimentos em liderança continuarão fortes com atenção para os próximos anos em: _acelerar o preenchimento do pipeline de sucessão; _intensificar os programas de portas de entrada para formação de liderança futura; _ampliar os programas de educação dos líderes no negócio Natura, com investimentos de R$ 9,7 milhões em 2011 _contratar profissionais que agreguem novas competências necessárias à realizar nossa estratégia. 78

79 Natura Day Alessandro Carlucci Diretor-presidente 79 09/NOVEMBRO/2012

80 oportunidade Num mundo cada vez mais conectado digitalmente, onde o tratamento personalizado para o consumidor ganha relevância, continuamos acreditando que a venda direta tem uma grande oportunidade de continuada expansão. 80

81 ECOSSISTEMA DO BEM ESTAR BEM CLIENTE PROMOVER RELAÇÕES DE QUALIDADE. CONECTAR A REDE 81 VIABILIZADORES LOGÍSTICA + MEIOS DE PAGAMENTO + COMUNICAÇÃO + CRM + GESTÃO DE CANAIS

82 objetivo Biosphera Inovação do modelo de venda-direta _Tecnologias digitais e redes sociais _Melhor experiência de compra _Aumento da capacidade de geração de negócios _Inclusão digital e social 82

83 estrutura do projeto Estruturamos o desenvolvimento e a implantação do Biosphera como um protótipo e em fases, começando em 2012 com: _plataforma digital _entrega direta para o Consumidor Final _mais opções de meios de pagamento 83

84 relevância estratégica do projeto _Report ao CEO; _35 colaboradores alocados; _4 diretores; _2 VPs envolvidos. 84

85 espaço na rede Natura 85

86 86

terceiro trimestre de 2005

terceiro trimestre de 2005 apresentação institucional terceiro trimestre de 2005 1 1panorama da empresa 2 panorama da empresa Empresa de cosméticos, fragrâncias e higiene pessoal com receita bruta de R$2,5 bilhões no 2004 (9M05:

Leia mais

O Papel Fundamental do RH na Gestão da Empresa. Natura Alessandra da Costa Maio de 2011

O Papel Fundamental do RH na Gestão da Empresa. Natura Alessandra da Costa Maio de 2011 O Papel Fundamental do RH na Gestão da Empresa Natura Alessandra da Costa Maio de 2011 Agenda Contexto de Mercado Case Natura Perguntas Contexto Externo (1/3) Pesquisa Panorama Empresarial Brasil 2011,

Leia mais

apresentação transporte sustentável Natura

apresentação transporte sustentável Natura apresentação transporte sustentável Natura NOVEMBRO / 2014 perfil natura a natura hoje É lider no mercado de cosméticos no Brasil há mais de 9 anos. A 10ª Empresa Mais Inovadora do Mundo (Forbes) A 6ª

Leia mais

Destaques do trimestre

Destaques do trimestre Resultados 3T12 Destaques do trimestre 1 Empresa integrada é líder no índice de satisfação do cliente 2 Líder indiscutível nos segmentos de maior receita com foco na geração de valor 3 Melhora sequencial

Leia mais

Telefônica Brasil Estratégia Segmentada para Maximizar Geração de Valor. Novembro de 2013.

Telefônica Brasil Estratégia Segmentada para Maximizar Geração de Valor. Novembro de 2013. Telefônica Brasil Estratégia Segmentada para Maximizar Geração de Valor Novembro de 2013. Continuamos evoluindo em nosso esforço de integração... Espaço TI Atenção ao Cliente Contratos Unificação e renegociação

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Março de 205 Sumário A VIA VAREJO EM RESUMO B POSICIONAMENTO DA VIA VAREJO C DESTAQUES DO 4T4 2 Sumário A VIA VAREJO EM RESUMO B POSICIONAMENTO DA VIA VAREJO C DESTAQUES DO 4T4

Leia mais

INI 2008. São Paulo SETEMBRO 2008

INI 2008. São Paulo SETEMBRO 2008 INI 2008 São Paulo SETEMBRO 2008 1 v i s ã o g e r a l 2 visão geral» Receita receita bruta de R$ 4,3 bilhões (2007)» Mercado Alvo CF&T fragâncias, maquiagem, cuidados com a pele e higiene pessoal» 22,1%

Leia mais

Natura s Day 2010. Finanças. Roberto Pedote Vice Presidente de Finanças, TI e Jurídico

Natura s Day 2010. Finanças. Roberto Pedote Vice Presidente de Finanças, TI e Jurídico Natura s Day 2010 Finanças Roberto Pedote Vice Presidente de Finanças, TI e Jurídico Agenda Agenda do Dia Proposta de Valor Cadeia de Processos Resultados 2 Agenda do Dia 3 Agenda Início Duração Tema Resp.

Leia mais

Resultados 3T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro de 2014.

Resultados 3T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro de 2014. Resultados 3T14_ Novembro de 2014. Disclaimer Esta apresentação pode conter declarações baseadas em estimativas a respeito dos prospectos e objetivos futuros de crescimento da base de assinantes, um detalhamento

Leia mais

INOVAÇÃO como DIFERENCIAL ESTRATÉGICO

INOVAÇÃO como DIFERENCIAL ESTRATÉGICO INOVAÇÃO como DIFERENCIAL ESTRATÉGICO Março/2010 A empresa A Empresa nasceu em março de 1977, como uma farmácia de manipulação, no centro de Curitiba. Durante seus 32 anos, evoluiu por diferentes cenários,

Leia mais

Resultados 4T13_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Fevereiro, 2014.

Resultados 4T13_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Fevereiro, 2014. Resultados 4T13_ Fevereiro, 2014. Destaques do 4T13 e ano de 2013 DESTAQUES Móvel Fixo Operacional Sustentando o crescimento superior em adições de pós-pago resultando em uma maior adoção de dados e crescimento

Leia mais

boas práticas técnicas e gerenciais departamento de patentes

boas práticas técnicas e gerenciais departamento de patentes boas práticas técnicas e gerenciais departamento de patentes XXXIII Congresso Internacional da Propriedade Intelectual - ABPI Rio de Janeiro, agosto/ 2013 Mercado de HPPC Setor de Venda Direta a natura

Leia mais

Estar Mais Próximo do Cliente. Divulgação dos Resultados 4T14

Estar Mais Próximo do Cliente. Divulgação dos Resultados 4T14 Estar Mais Próximo do Cliente Divulgação dos Resultados 4T14 CONQUISTAS DO ANO DE 2014 Anúncio Aumento de Capital R$ 2,38 Bi Divulgação 1T14 +30% RB Lançamento Marketplace Americanas.com Conclusão Aumento

Leia mais

Reunião Pública. Gilsomar Maia Diretor de Finanças Corporativas

Reunião Pública. Gilsomar Maia Diretor de Finanças Corporativas Reunião Pública Gilsomar Maia Diretor de Finanças Corporativas Receita Bruta (R$ Milhões) e Margem EBITDA (%) ¹ Visão Geral da Companhia - Trajetória História Fundação Fortalecimento DNA Liderança 1.557

Leia mais

Reunião Apimec RIO 05 de Dezembro de 2013 s

Reunião Apimec RIO 05 de Dezembro de 2013 s Reunião Apimec RIO 05 de Dezembro de 2013 s 1 Provedora de soluções completas para automação comercial nas verticais de Varejo, Lojas, Restaurantes e Hotéis; R$ 400 milhões ROL; 22% EBITDA; 51.568.270

Leia mais

ENTREVISTA EXCLUSIVA COM O PALESTRANTE

ENTREVISTA EXCLUSIVA COM O PALESTRANTE 20-21 Maio de 2013 Tivoli São Paulo Mofarrej São Paulo, Brasil ENTREVISTA EXCLUSIVA COM O PALESTRANTE Fernando Cotrim Supply Chain Director, Rio 2016 Perguntas: Quais são os desafios de gerenciar o Supply

Leia mais

MAIS AGILIDADE, CONTROLE E RENTABILIDADE NA SUA CONSTRUTORA E INCORPORADORA.

MAIS AGILIDADE, CONTROLE E RENTABILIDADE NA SUA CONSTRUTORA E INCORPORADORA. MAIS AGILIDADE, CONTROLE E RENTABILIDADE NA SUA CONSTRUTORA E INCORPORADORA. SANKHYA. A nova geração de ERP Inteligente. Atuando no mercado brasileiro desde 1989 e alicerçada pelos seus valores e princípios,

Leia mais

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 PROSPERE NA NOVA ECONOMIA A SPEKTRUM SUPORTA A EXECUÇÃO DA SUA ESTRATÉGIA Para as empresas que buscam crescimento

Leia mais

UNICAMP Fórum de Inovação. Natura Campus Inovação aberta. Sonia Tuccori. Gestão de Parcerias & Inovação Tecnológica

UNICAMP Fórum de Inovação. Natura Campus Inovação aberta. Sonia Tuccori. Gestão de Parcerias & Inovação Tecnológica UNICAMP Fórum de Inovação Natura Campus Inovação aberta Sonia Tuccori Gestão de Parcerias & Inovação Tecnológica agenda Natura história e estratégia de negócios Inovação em produtos e estratégia tecnológica

Leia mais

As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012

As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012 As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012 Universo TOTVS Fundada em 1983 6ª maior empresa de software (ERP) do mundo Líder em Software no Brasil e

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T05

Apresentação de Resultados 3T05 Apresentação de Resultados 3T05 Destaques Crescimento do Lucro Líquido foi de 316% no Terceiro Trimestre Crescimento da Receita no 3T05 A receita bruta foi maior em 71% (3T05x3T04) e 63% (9M05x9M04) Base

Leia mais

NATURA S DAY Cajamar Dez09

NATURA S DAY Cajamar Dez09 NATURA S DAY Cajamar Dez09 Bem estar bem Natura Proposta de Valor Diferenciada canal produtos marca comportamento empresarial Entrega de Triple Bottom Line Cadeia de Processos Próximo Anos Diferencial

Leia mais

SOFTWARE DE GESTÃO PARA BENS DURÁVEIS MANUFATURA LEVE, SUSTENTÁVEL E AUTOMATIZADA

SOFTWARE DE GESTÃO PARA BENS DURÁVEIS MANUFATURA LEVE, SUSTENTÁVEL E AUTOMATIZADA SOFTWARE DE GESTÃO PARA BENS DURÁVEIS MANUFATURA LEVE, SUSTENTÁVEL E AUTOMATIZADA HOJE FALAREMOS SOBRE 1. INTRODUÇÃO 2. COMO FUNCIONA: MACROPROCESSO E DETALHAMENTOS 3. OFERTAS PADRÃO TOTVS 4. FATOS 1.

Leia mais

Apresentação Corporativa. Novembro de 2010

Apresentação Corporativa. Novembro de 2010 Apresentação Corporativa Novembro de 2010 Estácio: Breve Histórico Crescimento orgânico Consolidação para liderança nacional IPO Companhia listada Turn around e preparação para o crescimento futuro # de

Leia mais

Apresentação de Resultados 4T11. 1º de Março de 2012

Apresentação de Resultados 4T11. 1º de Março de 2012 Apresentação de Resultados 4T11 1º de Março de 2012 Contax Visão Geral GRUPO CONTAX Operação em 4 países: Brasil, Colômbia, Argentina e Peru Líder na América Latina em serviços de relacionamento com consumidores

Leia mais

Expomoney São Paulo. Setembro de 2012

Expomoney São Paulo. Setembro de 2012 Expomoney São Paulo Setembro de 2012 Contax Visão Geral Contact Center Brasil Resultados Financeiros Contax Visão Geral GRUPO CONTAX Principais serviços: Atendimento, Cobrança, Televendas, Retenção, Trade

Leia mais

CRM - gestão eficiente do relacionamento com os clientes

CRM - gestão eficiente do relacionamento com os clientes CRM - gestão eficiente do relacionamento com os clientes Mais que implantação, o desafio é mudar a cultura da empresa para documentar todas as interações com o cliente e transformar essas informações em

Leia mais

TELECONFERÊNCIA DOS RESULTADOS 4T11 & 2011

TELECONFERÊNCIA DOS RESULTADOS 4T11 & 2011 TELECONFERÊNCIA DOS RESULTADOS 4T11 & 2011 1 Ressalvas Sobre Declarações Futuras Esta apresentação contém informações futuras. Tais informações não são fatos históricos, mas refletem as metas e expectativas

Leia mais

Plano de Sustentabilidade da Unilever

Plano de Sustentabilidade da Unilever Unilever Plano de Sustentabilidade da Unilever Eixo temático Governança Principal objetivo da prática Para a Unilever, o crescimento sustentável e lucrativo requer os mais altos padrões de comportamento

Leia mais

Agenda. Visão Geral e Estratégica do Magazine Luiza. Mesa Redonda com os Diretores do Magazine Luiza. Visitas à loja da Lapa e ao CD de Louveira

Agenda. Visão Geral e Estratégica do Magazine Luiza. Mesa Redonda com os Diretores do Magazine Luiza. Visitas à loja da Lapa e ao CD de Louveira Magazine Luiza Day 23 de Novembro de 2012 Agenda Visão Geral e Estratégica do Magazine Luiza Intervalo Mesa Redonda com os Diretores do Magazine Luiza Almoço Visitas à loja da Lapa e ao CD de Louveira

Leia mais

APRESENTAÇÃO APIMEC RELAÇÕES COM INVESTIDORES

APRESENTAÇÃO APIMEC RELAÇÕES COM INVESTIDORES APRESENTAÇÃO APIMEC RELAÇÕES COM INVESTIDORES Dezembro, 2010 ESTÁCIO: BREVE HISTÓRICO Crescimento orgânico N de estudantes (mil) Crescimento anual Consolidação para a liderança nacional 2005 2007: transformação

Leia mais

Apresentação Corporativa 2015

Apresentação Corporativa 2015 Apresentação Corporativa 2015 Agenda Visão Geral da Indústria de Seguros Evolução do Mercado Segurador Ambiente Competitivo Fatores Chave de Crescimento e Rentabilidade Quem Somos Nossos Negócios Estratégia

Leia mais

Resultados 1T15_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Maio, 2015.

Resultados 1T15_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Maio, 2015. Resultados _ Relações com Investidores Maio, 2015. Disclaimer Esta apresentação pode conter declarações baseadas em estimativas a respeito dos prospectos e objetivos futuros de crescimento da base de assinantes,

Leia mais

RESULTADOS 4T11 E 2011 Grupo Pão de Açúcar e Viavarejo (Globex)

RESULTADOS 4T11 E 2011 Grupo Pão de Açúcar e Viavarejo (Globex) RESULTADOS 4T11 E 2011 Grupo Pão de Açúcar e Viavarejo (Globex) 17 de fevereiro de 2012 GRUPO PÃO DE AÇÚCAR - RESULTADOS 4T11 E 2011 Enéas Pestana, Presidente do Grupo Pão de Açúcar 2 Evolução operacional

Leia mais

Apresentação Institucional. Abril/ 2013

Apresentação Institucional. Abril/ 2013 Apresentação Institucional Abril/ 2013 Sobre a TOTVS Sobre a TOTVS 6ª maior empresa de software do mundo Mais de 10.000 Participantes diretos / indiretos Atuação em três linhas de negócio: Abrangência

Leia mais

CICLO DE PALESTRAS. Desafios de Supply Chain e Logística. Impacto da Logística nos Resultados do Negócio: O caso Visanet

CICLO DE PALESTRAS. Desafios de Supply Chain e Logística. Impacto da Logística nos Resultados do Negócio: O caso Visanet CICLO DE PALESTRAS Desafios de Supply Chain e Logística Impacto da Logística nos Resultados do Negócio: O caso Visanet AGENDA Breve Apresentação Sergio R. Bio Palestra Inicial Marco Aurélio Ferrari Comentários

Leia mais

GESTÃO CORPORATIVA - DGE

GESTÃO CORPORATIVA - DGE GESTÃO CORPORATIVA Heleni de Mello Fonseca Diretoria de Gestão Empresarial - DGE Apresentador: Lauro Sérgio Vasconcelos David Belo Horizonte, 29 de maio de 2006 1 AGENDA Direcionamento Estratégico Iniciativas

Leia mais

Soluções em Tecnologia e Sistemas para Gestão de Negócios

Soluções em Tecnologia e Sistemas para Gestão de Negócios Soluções em Tecnologia e Sistemas para Gestão de Negócios Criamos informação e conhecimento, através de nossa suíte de soluções em Tecnologia e Sistemas para Gestão de Negócios, ajudando as pessoas a tomarem

Leia mais

BIENAL DOS NEGÓCIOS DA AGRICULTURA 2009. Gilberto Girardi

BIENAL DOS NEGÓCIOS DA AGRICULTURA 2009. Gilberto Girardi BIENAL DOS NEGÓCIOS DA AGRICULTURA 2009 Gilberto Girardi 1 Simplesmente TOTVS 2 A empresa TOTVS Mercado Portfólio completo de Soluções em Gestão Empresarial Grandes ERP Medias Verticais tech_solutions.jpg

Leia mais

Soluções em Tecnologia da Informação

Soluções em Tecnologia da Informação Soluções em Tecnologia da Informação Curitiba Paraná Salvador Bahia A DTS Sistemas é uma empresa familiar de Tecnologia da Informação, fundada em 1995, especializada no desenvolvimento de soluções empresariais.

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL 3T12. Apresentação Corporativa. Outubro de 2012

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL 3T12. Apresentação Corporativa. Outubro de 2012 APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL 3T12 Apresentação Corporativa Outubro de 2012 Contax Visão Geral Contax - Produtos e Serviços Contax - Core Business Resultados Financeiros Contax Visão Geral GRUPO CONTAX Principais

Leia mais

APIMEC 2014 - RJ. 12 de Dezembro de 2014

APIMEC 2014 - RJ. 12 de Dezembro de 2014 1 APIMEC 2014 - RJ 12 de Dezembro de 2014 Quem somos? 2 Liderança no Brasil Governança Corporativa Solução Completa: hardware + software serviços Amplo Knowhow do varejo e soluções Fiscais Ampla Base de

Leia mais

Fatores de Sucesso. Carlos Raimar Schoeninger Diretor de Estratégia e RI. Seminário sobre Telecomunicações APIMEC Rio. Telefônica Vivo 27.09.

Fatores de Sucesso. Carlos Raimar Schoeninger Diretor de Estratégia e RI. Seminário sobre Telecomunicações APIMEC Rio. Telefônica Vivo 27.09. Fatores de Sucesso Carlos Raimar Schoeninger Diretor de Estratégia e RI Seminário sobre Telecomunicações APIMEC Rio Telefônica Vivo 27.09.2012 Conteúdo 01 Vivo: uma história de sucesso 02 Desempenho da

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL. Maio, 2014

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL. Maio, 2014 APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL Maio, 2014 AVISO O material que segue contém informações gerais sobre as atividades da TOTVS a partir da data da apresentação, em Maio de 2014. A informação é dada de forma resumida

Leia mais

Histórico de sucesso. Crescimento consistente através de diversos ciclos econômicos... 7x Ebitda. Consolidação da liderança no mercado brasileiro

Histórico de sucesso. Crescimento consistente através de diversos ciclos econômicos... 7x Ebitda. Consolidação da liderança no mercado brasileiro Realização: Apoio: Nota importante Algumas afirmações nesta apresentação podem ser projeções ou afirmações sobre expectativas futuras. Tais afirmações estão sujeitas a riscos conhecidos e desconhecidos

Leia mais

Posicionando-se para o futuro da computação em nuvem no Brasil

Posicionando-se para o futuro da computação em nuvem no Brasil Posicionando-se para o futuro da computação em nuvem no Brasil A parceria estratégica global estabelecida entre a Capgemini e a EMC acelera o desenvolvimento e o fornecimento de soluções de última geração

Leia mais

Visão Geral da Marisa

Visão Geral da Marisa Junho 2012 Visão Geral da Marisa 63 anos de história Produtos e serviços financeiros Foco na classe C Maior varejista de moda feminina e íntima do Brasil Lojas multiformato Top of mind Presença em todo

Leia mais

Introdução. Este roteiro tem a pretensão de servir como facilitador na construção de um plano de negócios compreensível e realista

Introdução. Este roteiro tem a pretensão de servir como facilitador na construção de um plano de negócios compreensível e realista 1 Introdução Empreender significa determinar um caminho para perseguir, ou qualquer caminho servirá. Uma vez no caminho, o sucesso dáse pela combinação entre visão, paixão e disciplina na execução. Já

Leia mais

ESTRATÉGIA DE FIDELIZAÇÃO

ESTRATÉGIA DE FIDELIZAÇÃO ESTRATÉGIA DE FIDELIZAÇÃO PLANEJAMENTO, SEGMENTAÇÃO E AÇÕES DE PROMOÇÃO CASO ABIHPEC EIXOS ESTRATÉGICOS DO PROJETO DE (Resultado do Workshop out 2008) Objetivos Relacionados: 11 - AUMENTAR A DECLARAÇÃO

Leia mais

Nova Pontocom ANEFAC

Nova Pontocom ANEFAC Nova Pontocom ANEFAC Quem somos Uma empresa brasileira, focada em comércio eletrônico, nascida a partir da associação dos dois maiores grupos do varejo nacional. 2 3 Estruturada em cinco unidades de negócios

Leia mais

MBA Gestão da Tecnologia de Informação

MBA Gestão da Tecnologia de Informação MBA Gestão da Tecnologia de Informação Informações: Dias e horários das aulas: Segundas e Terças-feiras das 18h00 às 22h00 aulas semanais; Sábados das 08h00 às 12h00 aulas quinzenais. Carga horária: 600

Leia mais

Acelere o valor da computação em nuvem com a IBM

Acelere o valor da computação em nuvem com a IBM Acelere o valor da computação em nuvem com a IBM Obtenha soluções em nuvem comprovadas para as suas prioridades mais urgentes Destaques da solução Saiba sobre os benefícios mais comuns de implementações

Leia mais

Como alcançar os objetivos estratégicos de sua organização

Como alcançar os objetivos estratégicos de sua organização Como alcançar os objetivos estratégicos de sua organização 15 DE MAIO DE 2014 Hotel Staybridge - Sao Paulo PATROCÍNIO GOLD PATROCÍNIO BRONZE APOIO REALIZAÇÃO Desafios para a Implementação por Processos

Leia mais

O futuro da área de finanças Uma visão a ser compartilhada. CFO Program

O futuro da área de finanças Uma visão a ser compartilhada. CFO Program O futuro da área de finanças Uma visão a ser compartilhada CFO Program O futuro da área de finanças Temos o orgulho de compartilhar com vocês nossa visão de como será a área de finanças no futuro. Esta

Leia mais

Uma visão abrangente dos negócios. Solução para superar barreiras e otimizar recursos na sua empresa

Uma visão abrangente dos negócios. Solução para superar barreiras e otimizar recursos na sua empresa Uma visão abrangente dos negócios Solução para superar barreiras e otimizar recursos na sua empresa Negócios sem barreiras O fenômeno da globalização tornou o mercado mais interconectado e rico em oportunidades.

Leia mais

CASOS DE SUCESSO ATIVOS INTANGÍVEIS

CASOS DE SUCESSO ATIVOS INTANGÍVEIS CASOS DE SUCESSO ATIVOS INTANGÍVEIS XIV REPICT SET 2011 Passiflora alata razão de ser nossa razão de ser é criar e comercializar produtos e serviços que promovam o bem estar / estar bem visão a Natura,

Leia mais

Planejamento Econômico-Financeiro

Planejamento Econômico-Financeiro Planejamento Econômico-Financeiro São Paulo, Junho de 2011 Esse documento é de autoria da E Cunha Consultoria. A reprodução deste documento é permitida desde que citadas as fontes e a autoria do estudo.

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015

PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015 PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015 Líderes : Autores do Futuro Ser líder de um movimento de transformação organizacional é um projeto pessoal. Cada um de nós pode escolher ser... Espectador,

Leia mais

Visão Geral da Companhia

Visão Geral da Companhia Visão Geral da Companhia Sobre a CSU UMA HISTÓRIA DE SUCESSO 1992: Fundação da CSU. Atualmente, empresa líder no mercado brasileiro de prestação de serviços de alta tecnologia voltados ao consumo, relacionamento

Leia mais

agility made possible

agility made possible RESUMO DA SOLUÇÃO DO PARCEIRO Soluções de garantia do serviço da CA Technologies você está ajudando seus clientes a desenvolver soluções de gerenciamento da TI para garantir a qualidade do serviço e a

Leia mais

Unilever Brazil Sustentabilidade Cada Gesto Conta

Unilever Brazil Sustentabilidade Cada Gesto Conta Unilever Brazil Sustentabilidade Cada Gesto Conta 01/06/2011 A Visão da Unilever Trabalhamos para criar um futuro melhor todos os dias. Ajudamos as pessoas a se sentirem bem, bonitas e a aproveitarem mais

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL FEV-ABR, 2014

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL FEV-ABR, 2014 APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL FEV-ABR, 2014 AVISO O material que segue contém informações gerais sobre as atividades da TOTVS a partir da data da apresentação, em Janeiro de 2014. A informação é dada de forma

Leia mais

Programas de Transformação de TI em Seguradoras Carlos Figueiredo Fabio Pereira

Programas de Transformação de TI em Seguradoras Carlos Figueiredo Fabio Pereira Programas de Transformação de TI em Seguradoras Carlos Figueiredo Fabio Pereira Programas de transformação de TI em Seguradoras: Tendências e Desafios Tech Trends 2015 Exponenciais Principais problemas

Leia mais

Ricardo Paulino Gerente de Processos e Estratégia

Ricardo Paulino Gerente de Processos e Estratégia Ricardo Paulino Gerente de Processos e Estratégia Agenda Sobre a Ferrettigroup Brasil O Escritório de Processos Estratégia Adotada Operacionalização do Escritório de Processos Cenário Atual Próximos Desafios

Leia mais

Adapte. Envolva. Capacite.

Adapte. Envolva. Capacite. Adapte. Envolva. Capacite. Ganhe produtividade em um Ambiente de trabalho digital #DigitalMeetsWork Os benefícios de um ambiente de trabalho digital têm impacto na competitividade do negócio. Empresas

Leia mais

Empresa do Grupo como foco soluções completas em gestão de ambientes de TI, desenvolvimento de software e inteligência de CRM,

Empresa do Grupo como foco soluções completas em gestão de ambientes de TI, desenvolvimento de software e inteligência de CRM, A todo! Portfólio Clientes Empresa do Grupo, tendo como foco soluções completas em gestão de ambientes de TI, desenvolvimento de software e inteligência de CRM, Uma das 10 maiores empresas de TI do Brasil

Leia mais

Divulgação de Resultados do 2T10. 4 de agosto de 2010

Divulgação de Resultados do 2T10. 4 de agosto de 2010 Divulgação de Resultados do 4 de agosto de 2010 Aviso Importante Esse material pode conter previsões de eventos futuros.tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia, e envolve

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Tecnologia da Informação

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Tecnologia da Informação Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Tecnologia da Informação Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Tecnologia da Informação tem por fornecer conhecimento

Leia mais

MBA em Marketing Coordenação Acadêmica:

MBA em Marketing Coordenação Acadêmica: MBA em Marketing Coordenação Acadêmica: Prof Luis Carlos Sá, M.Sc. REFERÊNCIA PARA SUA CARREIRA. REFERÊNCIA PARA SUA VIDA. SOBRE O MBA EM MARKETING Líder nacional destacado, presente nas mais importantes

Leia mais

PAEX Parceiros para a Excelência

PAEX Parceiros para a Excelência PAEX Parceiros para a Excelência Estabelecer parcerias por melhores resultados: uma prática comum na natureza e nas empresas que querem se desenvolver. CONHECA A FDC Alianças Internacionais: Uma Escola

Leia mais

Press Release 2T15 12/08/2015

Press Release 2T15 12/08/2015 Press Release 2T15 12/08/2015 Sumário 1. Destaques do período... 4 2. Sumário de resultados... 5 3. Receita bruta... 6 3.1 Produtos de bancassurance... 6 3.1.1 Vida... 7 3.1.2 Habitacional... 7 3.1.3 Prestamista...

Leia mais

Pesquisa FEBRABAN de Tecnologia Bancária 2013 O Setor Bancário em Números

Pesquisa FEBRABAN de Tecnologia Bancária 2013 O Setor Bancário em Números Pesquisa FEBRABAN de Tecnologia Bancária 2013 O Setor Bancário em Números Um sistema financeiro saudável, ético e eficiente é condição essencial para o desenvolvimento econômico, social e sustentável do

Leia mais

Você está fornecendo valor a seus clientes para ajudálos a superar a Paralisação virtual e acelerar a maturidade virtual?

Você está fornecendo valor a seus clientes para ajudálos a superar a Paralisação virtual e acelerar a maturidade virtual? RESUMO DO PARCEIRO: CA VIRTUAL FOUNDATION SUITE Você está fornecendo valor a seus clientes para ajudálos a superar a Paralisação virtual e acelerar a maturidade virtual? O CA Virtual Foundation Suite permite

Leia mais

clientes milhões relatórios mil linhas detalhados +de +de +de +de recuperados em negociações gerenciadas por mês por mês

clientes milhões relatórios mil linhas detalhados +de +de +de +de recuperados em negociações gerenciadas por mês por mês A TeleGestão, especialista em gestão de telecomunicações, dedica-se há mais de 20 anos ao desafio de adequar recursos de telefonia ao perfil corporativo de diversos setores. As soluções da TeleGestão,

Leia mais

6º Congresso ANBIMA de Fundos de Investimento. Paulo Oliveira

6º Congresso ANBIMA de Fundos de Investimento. Paulo Oliveira 6º Congresso ANBIMA de Fundos de Investimento Paulo Oliveira A aspiração é tornar o Brasil um polo de uma rede regional interconectada, com conexões globais otimizadas Modelo relacional atual Estrutura

Leia mais

TRIAD SYSTEMS DESTAQUES. Desenvolvimento para Dispositivos Móveis. Metodologia Ágil. Expertise em. Fábrica de Testes Mobile.

TRIAD SYSTEMS DESTAQUES. Desenvolvimento para Dispositivos Móveis. Metodologia Ágil. Expertise em. Fábrica de Testes Mobile. Expertise em Metodologia Ágil Desenvolvimento para Dispositivos Móveis Fábrica de Testes Mobile Aderência a Cloud e Big Data DESTAQUES TRIAD SYSTEMS Nós somos a TRIAD SYSTEMS, uma empresa de TI, 100% brasileira,

Leia mais

BR Week 2012. Soluções para a melhoria do atendimento ao cliente no varejo Case Leroy Merlin / Sonda IT

BR Week 2012. Soluções para a melhoria do atendimento ao cliente no varejo Case Leroy Merlin / Sonda IT 1 BR Week 2012 Soluções para a melhoria do atendimento ao cliente no varejo Case Leroy Merlin / Sonda IT Agenda 3 Sonda IT VISÃO EXECUTIVA Um parceiro regional México Panama Costa Rica Colômbia Fundada

Leia mais

Trade Marketing Estratégico ou Tático. Tania Zahar Miné

Trade Marketing Estratégico ou Tático. Tania Zahar Miné Trade Marketing Estratégico ou Tático Tania Zahar Miné Agenda Mercado - Farmácias Trade Marketing Consumidor e shopper Desafios e oportunidades Farma Mercado Farmácias Números do setor Canal em crescimento

Leia mais

Sustentabilidade, uma bandeira de atendimento!

Sustentabilidade, uma bandeira de atendimento! Sustentabilidade, uma bandeira de atendimento! A Natura 41 ANOS (set/10) Empresa de cosméticos, fragrâncias e higiene pessoal Venda direta 6.000 colaboradores Cerca de 1 milhão de consultores em 2010 Capital

Leia mais

O Supply Chain Evoluiu?

O Supply Chain Evoluiu? O Supply Chain Evoluiu? Apresentação - 24º Simpósio de Supply Chain & Logística 0 A percepção de estagnação do Supply Chain influenciada pela volatilidade do ambiente econômico nos motivou a entender sua

Leia mais

Sistemas de Informações

Sistemas de Informações Sistemas de Informações Prof. Marco Pozam- mpozam@gmail.com A U L A 0 5 Ementa da disciplina Sistemas de Informações Gerenciais: Conceitos e Operacionalização. Suporte ao processo decisório. ERP Sistemas

Leia mais

Apresentação para Investidores. Março, 2009

Apresentação para Investidores. Março, 2009 Apresentação para Investidores Março, 2009 1 Filosofia Gerdau VISÃO Ser uma empresa siderúrgica global, entre as mais rentáveis do setor. MISSÃO O Grupo Gerdau é uma empresa com foco em siderurgia, que

Leia mais

Ricardo Setubal Diretor de Relações com Investidores

Ricardo Setubal Diretor de Relações com Investidores Ricardo Setubal Diretor de Relações com Investidores Agenda Perfil da Empresa Investimentos Estratégicos Ações Desenvolvidas no Período Desempenho das Áreas Informações Financeiras Consolidadas Governança

Leia mais

Gestão por Processos como opção estratégica que alicerça o crescimento internacional

Gestão por Processos como opção estratégica que alicerça o crescimento internacional Gestão por como opção estratégica que alicerça o crescimento internacional Ester Umeki Gerente Sistemas de Gestão Internacional São Paulo, 1 de Fevereiro de 2012 ESSÊNCIA NATURA NATURA TODODIA AMÓ MAMÃE

Leia mais

Apresentação da Empresa

Apresentação da Empresa Apresentação da Empresa Somos uma empresa especializada em desenvolver e implementar soluções de alto impacto na gestão e competitividade empresarial. Nossa missão é agregar valor aos negócios de nossos

Leia mais

Janeiro 2009. ELO Group www.elogroup.com.br Página 2

Janeiro 2009. ELO Group www.elogroup.com.br Página 2 de um Escritório - O Escritório como mecanismo para gerar excelência operacional, aumentar a visibilidade gerencial e fomentar a inovação - Introdução...2 Visão Geral dos Papéis Estratégicos... 3 Papel

Leia mais

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011 Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011 São Paulo, 22 de março de 2012 - Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3), uma das maiores redes varejistas com foco em bens duráveis

Leia mais

Crescimento de 11,2% na. Receita Líquida. Controladora R$ 2,2 bi. +11,2% Consolidado R$ 4,0 bi. +10,5% Crescimento de 18,5% no EBITDA

Crescimento de 11,2% na. Receita Líquida. Controladora R$ 2,2 bi. +11,2% Consolidado R$ 4,0 bi. +10,5% Crescimento de 18,5% no EBITDA Resultados 3T15 GMV Receita Líquida Crescimento SSS GMV alcançou R$ 4,9 bilhões Crescimento de 11,2% na Receita Líquida Receita Líquida mesmas lojas de 9% no Trimestre Controladora R$ 2,2 bi. +11,2% Consolidado

Leia mais

Business Intelligence

Business Intelligence 1/ 24 Business Intelligence Felipe Ferreira 1 Nossa empresa Jornal O Globo Jornais Populares Parcerias Grupo Folha Grupo Estado 2 1 Fundada em 1925 3100 funcionários 2 Parques Gráficos e SP Globo: 220

Leia mais

SOLUÇÕES DE TECNOLOGIA PARA O SEGMENTO DE SAÚDE

SOLUÇÕES DE TECNOLOGIA PARA O SEGMENTO DE SAÚDE SOLUÇÕES DE TECNOLOGIA PARA O SEGMENTO DE A gestão eficiente é o coração do seu negócio e garante a saúde da sua empresa. > www.totvs.com/saude 0800 70 98 100 3 Conceitos TOTVS Ser essencial é atender

Leia mais

Medial Saúde 12 th Annual Latin American Conference Acapulco Mexico 15 a 18 de janeiro de 2008

Medial Saúde 12 th Annual Latin American Conference Acapulco Mexico 15 a 18 de janeiro de 2008 Medial Saúde 12 th Annual Latin American Conference Acapulco Mexico 15 a 18 de janeiro de 2008 Disclaimer Este comunicado contém considerações referentes às perspectivas do negócio e estimativas de resultados

Leia mais

I. AMBIENTE DE MERCADO II. RESULTADOS III. NOVOS PROJETOS UTVM IV. NOVOS PROJETOS UF

I. AMBIENTE DE MERCADO II. RESULTADOS III. NOVOS PROJETOS UTVM IV. NOVOS PROJETOS UF 1 I. AMBIENTE DE MERCADO II. RESULTADOS III. NOVOS PROJETOS UTVM IV. NOVOS PROJETOS UF 2 Crédito ainda em Expansão, mas Desacelerando 30,7% Crescimento do Crédito 15,1% 20,6% 18,8% 16,4% 14,7% 11,7% 2008

Leia mais

Marcelo José de Sousa, diretor de logística da TGestiona, fala sobre e-commerce

Marcelo José de Sousa, diretor de logística da TGestiona, fala sobre e-commerce 21 de Julho de 2009 Marcelo José de Sousa, diretor de logística da TGestiona, fala sobre e-commerce A Internet, já há algum tempo, é parte integrante da vida de muitas pessoas, que passam horas conectadas

Leia mais

Nova Pontocom Day. 30 de março de 2011

Nova Pontocom Day. 30 de março de 2011 Nova Pontocom Day 30 de março de 2011 Que empresa é essa que...... com menos de R$ 30 milhões de aporte de capital cresceu quase 10x em dois anos? Em 2008 Em 2010 R$ 290 mi R$ 2,4 bi R$ 2,7 bi 2 Muito

Leia mais

Novos formatos para a venda direta

Novos formatos para a venda direta Canais Novos formatos para a venda direta A tecnologia é aliada da consultora para ganhar agilidade, aprofundar o relacionamento e ampliar as vendas Imagem da campanha de lançamento do Você Conect@ para

Leia mais

Alinhamento entre Estratégia e Processos

Alinhamento entre Estratégia e Processos Fabíola Azevedo Grijó Superintendente Estratégia e Governança São Paulo, 05/06/13 Alinhamento entre Estratégia e Processos Agenda Seguros Unimed Modelo de Gestão Integrada Kaplan & Norton Sistema de Gestão

Leia mais

Uma nova cultura em processos e projetos

Uma nova cultura em processos e projetos Uma nova cultura em processos e projetos 10 KPMG Business Magazine Mercado caminha para a maturidade, com uma maior percepção dos benefícios da gestão por processos para atender aos objetivos estratégicos

Leia mais

Práticas de Home Office na Ticket Brasil. Arnaldo Moral Gerente de RH

Práticas de Home Office na Ticket Brasil. Arnaldo Moral Gerente de RH Práticas de Home Office na Ticket Brasil Arnaldo Moral Gerente de RH Perfil Edenred Market Share Líder nos principais segmentos de atuação 41 países Sendo 59% de volume em países emergentes + 6.000 Colaboradores

Leia mais