Relatório de Autoavaliação Institucional

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Relatório de Autoavaliação Institucional"

Transcrição

1 Relatório de Autoavaliação Institucional 2013 FACULDADE SEAMA Mantenedora: Sociedade Educacional da Amazônia LTDA Macapá Fevereiro de 2014

2 FACULDADE SEAMA Corpo Dirigente: Diretora Geral Aline Búrigo Gestão Acadêmica Jacinéa Guedes Coordenação Acadêmica Ruimarisa Pena Martins Gestor Administrativo Risolene do Socorro Batista Ferreira Secretário de Alunos Alessandro Marinos Caracterização da IES Instituição Privada: Sociedade Civil, com fins lucrativos. Estado: Amapá Município-sede: Macapá Mantenedora: Sociedade Educacional da Amazônia LTDA. 2

3 Comissão Própria de Avaliação Presidente Ruimarisa Monteiro Pena Martins Vice Presidente Aylla Monise Ferreira da Silva Representante do Corpo Docente Juvanete Amoras Távora Representante do Corpo Técnico-administrativo Alanne dos Reis Brito de Sena Representante do Corpo Discente Maria de Nazaré Alves de Oliveira Representante da Sociedade Civil Oliseth Sarmento Correa Suplentes Jorge Afonso Neves Anaice da Silva (Suplente do Corpo Docente) Elivelton Rodrigues Monteiro (Suplente do Corpo Discente) Ato de Designação da CPA: Portaria 25 de Novembro de Período de Mandato da CPA: 01 (um) ano, podendo ser renovado nos termos do Regulamento Interno da CPA. 3

4 RESUMO O Relatório de Autoavaliação Institucional da Faculdade SEAMA pretende apresentar de forma clara e objetiva todas as ações desenvolvidas por esta IES no exercício de 2013, as avaliações externas e transcorridas e os impactos destas na gestão e na comunidade acadêmica. Construído de forma democrática, este Relatório representa a intensão e a aplicação de uma gestão participativa e atenta a todos os seus públicos. O mesmo foi escrito com o envolvimento de todos os membros que compõem a Comissão Própria de Avaliação CPA, composta por representantes de todos os segmentos da comunidade acadêmica. Esse documento inicia-se com a apresentação das realizações concretizadas pela IES, considerando as dez Dimensões positivadas no art. 3º da Lei /2004. São apresentadas as ações realizadas em cada uma das dimensões, os objetivos vinculados a elas, assim como potencialidades e fragilidades encontradas. Em relação às fragilidades e potencialidades, destaca-se a execução de projetos em todos os cursos como uma potencialidade e como fragilidade, o número reduzido de professores Doutores devido a uma carência própria do Estado. Também se evidencia a forma como os objetivos do PDI são compartilhados e perseguidos pela IES. Neste Relatório é possível ainda observar o resultado da pesquisa sociocultural dos alunos e de satisfação que serve de diagnóstico e norte para ações focadas neste perfil de alunado. No ano de 2013, a IES passou por processos de avaliação externa com visitas in loco para Renovação de Reconhecimento dos cursos de Fisioterapia e Nutrição. Os resultados foram satisfatórios, pois o curso de Fisioterapia e Nutrição obtiveram nota 3 (a IES aguarda a publicação das portarias). Ainda em 2013, houve divulgação do resultado ENADE 2012, o IGC da IES recebeu conceito 2, configurado pelo desempenho dos alunos nos cursos de Psicologia (conceito ENADE 3), Comunicação: Jornalismo (conceito ENADE 3), Direito (conceito ENADE 2) e Comunicação- Publicidade e Propaganda (conceito ENADE 2). Diante desse resultado, os cursos de Psicologia e Jornalismo conseguiram CPCs satisfatórios e consequentemente foi publicada a Portaria de Renovação de Reconhecimento dos cursos (Portaria nº 705 de 18 de dezembro de 2013). No entanto, a Faculdade Seama, precisou firmar protocolo de compromisso junto ao Ministério de Educação no ano de 2014 para o prazo de 180 dias apresentando os Planos de Melhorias para os cursos de Direito e Publicidade e Propaganda que tiveram CPCs insatisfatórios (2). Além disso, ainda em 2014 alguns desafios se apresentam como a visita para Renovação de Reconhecimento do Curso de Redes de Computadores e também para o recredenciamento da IES. Mostramos ainda um quadro que fornece uma proposta de avaliação continuada para 2014, composta por ações sugeridas pela CPA e por desafios ainda não sanados na gestão de 2013, que permanecem sendo perseguidos em

5 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 2. DESENVOLVIMENTO 2.1. DIMENSÃO 1 PDI E ADITAMENTO 2.2. DIMENSÃO 2 ENSINO PESQUISA E EXTENSÃO 2.3. DIMENSÃO 3 RESPONSABILIDADE SOCIAL 2.4. DIMENSÃO 4 COMUNICAÇÃO COM A SOCIEDADE 2.5. DIMENSÃO 5 AS POLÍTICAS DE PESSOAL, DE CARREIRAS DO CORPO DOCENTE E CORPO TÉCNICO-ADMINISTRATIVO, SEU APERFEIÇOAMENTO, SEU DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL E SUAS CONDIÇÕES DE TRABALHO DIMENSÃO 6 ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DA INSTITUIÇÃO 2.7. DIMENSÃO 7 INFRAESTRUTURA GERAL, LABORATÓRIOS ESPECÍFICOS, BIBLIOTECA, ACESSIBILIDADE DIMENSÃO 8 PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO 2.9. DIMENSÃO 9 POLÍTICAS DE ATENDIMENTO AOS DISCENTES DIMENSÃO 10 SUSTENTABILIDADE FINANCEIRA 3. IMPACTO DA AUTOAVALIAÇÃO NA GESTÃO 4. PROPOSTA DE AVALIAÇÃO CONTINUADA PARA CONSIDERAÇÕES FINAIS 6. ANEXOS 5

6 1. INTRODUÇÃO A Faculdade SEAMA é uma Instituição de Ensino Superior (IES) Privada, credenciada pelo MEC por meio da Portaria 2.152, de dezembro de 2000, com limite territorial de atuação no município de Macapá, localizada na Av. José Tupinambá de Almeida, 1223, Jesus de Nazaré, CEP , mantida pela SOCIEDADE EDUCACIONAL DA AMAZÔNIA LTDA., inscrita no CNPJ/MF sob o nº / , sociedade empresária limitada, com sede e foro no município de Macapá, no estado do Amapá. Caracteriza-se por ser um estabelecimento isolado particular de ensino superior, de pesquisa e de prestação de serviços à comunidade, regendo-se pela Legislação Federal vigente, por seu Regimento e demais normatizações. Traz como MISSÃO prestar serviços educacionais com eficiência, promovendo a formação de um profissional competente, criativo e crítico orientado por valores éticos e humanísticos, a fim de contribuir para a melhoria da qualidade de vida comunitária, do desenvolvimento científico e tecnológico do Amapá e da Amazônia. A Faculdade SEAMA iniciou sua oferta de cursos de graduação no ano de 2001, com ingressos no curso de Bacharelado em Turismo e Comunicação Social. Fundada em 04 de outubro de 1998, a Faculdade SEAMA, idealizava trazer para o Amapá, uma instituição diferenciada, comprometida com a qualidade de ensino e de instalações, a fim de ofertar cursos inéditos no Estado. Foram autorizados e reconhecidos quatorze cursos de graduação na SEAMA, todos obtendo conceito satisfatório perante o MEC, sem diligência: Nutrição, Comunicação Social (Jornalismo, Publicidade e Propaganda e em Relações Públicas), Biomedicina, Psicologia, Enfermagem, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Turismo, Sistemas de Informação, Direito, Tecnologia em Redes de Computadores e Tecnologia em Informática Educativa. Hoje os cursos de Relações Públicas, Fonoaudiologia, Turismo e Tecnologia em Informática Educativa estão em extinção, pois com o passar dos anos, houve uma redução gradativa na procura por estes cursos. Como resultado dos esforços em buscar e manter a qualidade, a Faculdade SEAMA obteve sua segunda nota 4, na visita da Comissão do MEC para o recredenciamento da IES, em maio de Ressalta-se que, neste momento, a instituição aguarda a visita do MEC para novo recredenciamento. No ano de 2013, a IES passou por processos de avaliação externa com visitas in loco para Renovação de Reconhecimento dos cursos de Fisioterapia e Nutrição. Os resultados 6

7 Tecnológico em Redes de Computadores foram satisfatórios, pois o curso de Fisioterapia e Nutrição obtiveram nota 3 (a IES aguarda a publicação das portarias). Ainda em 2013, houve divulgação do resultado ENADE 2012, o IGC da IES recebeu conceito 2, configurado pelo desempenho dos alunos nos cursos de Psicologia (conceito ENADE 3), Comunicação: Jornalismo (conceito ENADE 3), Direito (conceito ENADE 2) e Comunicação- Publicidade e Propaganda (conceito ENADE 2). Diante desse resultado, os cursos de Psicologia e Jornalismo conseguiram CPCs satisfatórios e consequentemente foi publicada a Portaria de Renovação de Reconhecimento dos cursos (Portaria nº 705 de 18 de dezembro de 2013). No entanto, a Faculdade Seama, precisou firmar protocolo de compromisso junto ao Ministério de Educação no ano de 2014 para o prazo de 180 dias apresentando os Planos de Melhorias para os cursos de Direito e Publicidade e Propaganda que tiveram CPCs insatisfatórios (2). Além disso, ainda em 2014 alguns desafios se apresentam como a visita para Renovação de Reconhecimento do Curso de Redes de Computadores e também para o recredenciamento da IES. Neste sentido, a Faculdade SEAMA, preocupada em melhorar seus padrões de qualidade de ensino, propõe através dos planos de melhorias redimensionar e executar as ações que visam à melhoria dos CPCs dos Cursos, dos resultados do ENADE e, consequentemente, do IGC da IES. O quadro a seguir apresenta a situação atual dos cursos, conforme as Avaliações Externas. Curso Autorização Reconhecimento Indicadores Status Renovação reconhecimento Portaria DOU Portaria DOU CC CPC Enade Portaria DOU N do Processo Satus Atual (2012) /09/2002 (SETEC) 08/11/ Em Em análise 126 (2012) (2011) (2011) atividade Bacharelado em Sistemas de Informação Bacharelado em Biomedicina Bacharelado em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda Bacharelado em Comunicação Social - Jornalismo Bacharelado em Psicologia Bacharelado em Nutrição Bacharelado em Fisioterapia Bacharelado em Enfermagem Bacharelado em Direito /06/ /09/ (2011) /12/ /08/2010 Sem índice /07/ /09/ (2005) 4 (2012) /02/ /09/ (2005) 4 (2012) /05/ /03/ (2010) /12/ /09/ (2011) /12/ /09/ (2009) /11/ /08/ (2011) /12/ /09/ (2009) 3 (2011) 3 (2010) 2 (2009) 2 (2009) 0 (2009) 2 (2010) 2 (2010) 3 (2010) 3 (2009) 2 (2011) 2 (2010) 2 (2009) 2 (2009) SC (2009) 2 (2010) 2 (2010) 2 (2010) 3 (2009) Em atividade Em atividade Em atividade Em atividade Em atividade Em atividade Em atividade Em atividade Em atividade 29 28/03/ Reconhecido 1 09/01/ Reconhecido Em análise /12/ Reconhecido /12/ Reconhecido Em análise Em análise 1 09/01/ Reconhecido Em análise 7

8 Bacharelado em Turismo Bacharelado em Fonoaudiologia Bacharelado em Farmácia Bacharelado em Biomedicina - Análises Clínicas Bacharelado em Comunicação Social Bacharelado em Comunicação Social - Relações Públicas /12/ /09/ (2005) /12/ /08/ (2011) SC 2 (2009) (2009) SC 0 (2007) Em extinção Em extinção /12/2009 Em extinção /12/ Solicitado (2009) (2007) (2007) (Oficio n 15 de 2012/DG) para o MEC a Extinção /02/ /09/2005 Sem índice /06/ /09/ (2006) Sem índice 0 (2009) Sem índice 2 (2009) do curso Solicitado (Oficio n 15 de 2012/DG) para o MEC a Extinção do curso Solicitado (Oficio n 15 de 2012/DG) para o MEC o status de Em Extinção do curso Com a inserção da Instituição no Grupo Estácio em abril de 2012, a Faculdade SEAMA apresenta como novo diferencial na qualidade do ensino, o material didático gratuito para os docentes e discentes. Em relação a este aspecto, é importante salientar que, as parcerias com editoras, demonstram a preocupação da instituição com o processo ensino e aprendizagem. Além disso, dentre as Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) utilizadas no contexto relacionado ao processo ensino-aprendizagem, podemos destacar algumas TICs, como por exemplo, o Sistema de Informações Acadêmicas (SIA), de caráter administrativo, no qual o aluno tem acesso aos seus processos acadêmicos, ao atendimento virtual, à consulta de notas, datas de prova, requerimentos, além de outras opções. Aos alunos é disponibilizada uma gama de serviços que os auxiliam no dia-a-dia acadêmico. Também há alguns aspectos relacionados diretamente à gestão acadêmico-administrativa do curso que são disponibilizados para o aluno, facilitando assim a obtenção de informações sobre a progressão na(s) disciplina(s) oferecidas no curso. Nesse caso, o aluno pode visualizar claramente as disciplinas já cursadas e as em andamento, bem como tempo de acesso, tempo de permanência por tópico de conteúdo etc. Convém destacar dentro deste mesmo contexto, o Sistema Webaula, onde além do ambiente da sala de aula, são apresentadas ferramentas pedagógicas da estrutura curricular, como, por exemplo, ensino, planos de aula, atividades estruturadas, exercícios de reforço de aprendizagem, mapas conceituais. Vale destacar, 8

9 também, que além do acervo bibliográfico constante da biblioteca tradicional, há a Biblioteca Virtual que apresenta títulos de diferentes áreas do conhecimento, além das de domínio público. Esta ferramenta pedagógica cria oportunidade de acesso a textos científicos, de pesquisa on-line, de complementar leitura de textos impressos, possibilitando, inclusive, anotações e postagem de comentários críticos. É importante ressaltar que as TICs constituem na verdade, um complemento representativo do Sistema de Informações para o cumprimento do Projeto Pedagógico do Curso, contribuindo, assim, para favorecer nos alunos o desenvolvimento da autonomia nos estudos e da investigação científica. Durante toda sua trajetória, a SEAMA expandiu sua atuação não só na oferta de cursos de graduação, mas também na oferta de cursos de pós-graduação lato sensu, o que ocorreu a partir do ano de 2005 e conta com uma equipe específica, visando cuidar tanto da parte acadêmica, quanto da parte comercial. Outro aspecto relevante é a implantação do Programa de Bolsas de Iniciação Científica PIC SEAMA, que desde 2004 tem selecionado alunos para participar dos projetos de pesquisa juntamente com os docentes da SEAMA que submetem seus projetos para aprovação. Realiza em destaque o Colóquio de Iniciação Científica, desde 2009, e no ano de 2005, também implantou o CEP Comitê de Ética em Pesquisa, o primeiro do Estado. Além Este breve histórico demonstra o crescimento da Faculdade SEAMA, não só nas atividades de ensino, mas também nas atividades de pesquisa e da extensão. Tal expansão foi muito além daquela projetada pela Instituição em seus documentos oficiais. A Faculdade SEAMA, no ano de 2012, através do Conselho Superior- CONSUS, com a adoção ao novo ensino aprovou as alterações e reformulações dos projetos pedagógicos dos cursos de graduação bacharelado e tecnológico, garantindo o atendimento aos indicadores e aos dispositivos legais dos instrumentos de avaliação da educação superior/inep e DCNs dos cursos. Para isso foi realizada a elaboração de Aditamento ao PDI explicitando a revisão dos Projetos Pedagógicos dos Cursos e do novo sistema de avaliação do processo de ensinoaprendizagem. Cabe ressaltar que a Faculdade SEAMA formou comissão de estudo e elaboração do novo PDI para implantação da vigência 2015 a A comissão tem o objetivo de estudar, propor alterações e sistematizar o novo documento que entrará em vigência no ano de Para colocar em prática as diretrizes estabelecidas no Plano de Desenvolvimento Institucional - PDI e nos Projetos Pedagógicos dos Cursos PPCs, a Instituição conta com 203 colaboradores, 86 funcionários do corpo técnico-administrativo, 4 aprendizes, 7 estagiários e 106 docentes. Oferece uma estrutura física compatível às necessidades de 9

10 formação de nossos acadêmicos, conta com as Clínicas de Psicologia, Fisioterapia e Análises Clínicas e o Núcleo de Práticas Jurídicas. Neste cenário, registrou em dezembro de 2013, um total de 2817 alunos matriculados, sendo 2614 de graduação e 203 alunos de pós-graduação. A IES, sempre preocupada e atenta à qualidade dos serviços que oferece à comunidade local e regional, e entendendo que um dos fatores preponderantes para isso é a qualidade do seu corpo docente, dentre outras medidas, criou e implantou o Núcleo de Integração Pedagógica e Excelência de Ensino (NIPEE), instância institucional responsável pela formulação, execução e avaliação das políticas, programas e ações concernentes à formação permanente do corpo docente da Instituição. Uma das preocupações e estudos de destaque do NIPEE tem sido a reformulação do PFD Programa de Formação Docente, que além de oferecer um conjunto de oficinas de caráter didático-pedagógico, realiza acompanhamento em sala de aula das atividades de ensino-aprendizagem com orientações a posteriori para os docentes auxiliando desta forma na melhoria da qualidade de ensino ofertado pela IES. Com a integração da IES ao Grupo Estácio, os docentes têm ainda a possibilidade de participar do PIQ Programa de Incentivo à Qualidade Docente que congrega diferentes ações dentre as quais destacamos aquelas voltadas para o aprimoramento acadêmico, na perspectiva da formação continuada, e as voltadas para a titulação acadêmica. E, entre os vários projetos de responsabilidade social e cultural que a SEAMA mantém, destaca-se o projeto SEAMA COMUNIDADE, programa de caráter permanente que oferece cursos gratuitos à população menos favorecida social e economicamente, colaborando com projetos sociais da comunidade na qual a IES está inserida. Além das ações sociais da IES, existem as ações sociais dos cursos de Graduação junto à comunidade em geral. Estas iniciativas permitem o efetivo estabelecimento da relação entre a teoria e a prática pautado por um processo de ensino- aprendizagem baseado em princípios e diretrizes institucionalizadas e, por conseguinte, consolidadas na Faculdade SEAMA. No esporte, a Faculdade SEAMA incentiva a prática de esporte dentro e fora da IES, com o acompanhamento do Projeto de Extensão e Ação Social: Caminhos do Lazer e Esporte: onde a IES ofertou no ano de 2013, dezoito bolsas integrais para alunos dos cursos de graduação, que realizaram atividades esportivas através de modalidades como: Futsal e Tae-kwon-do, ligados a campeonatos e suas Federações. E ainda disponibilizou nos finais de semana a quadra da IES, para a prática de atividades esportivas com times internos de funcionários e alunos para competições de futsal, com o objetivo de integrar a comunidade acadêmica. 10

11 A SEAMA surge no cenário amapaense e regional buscando assegurar em sua atuação o compromisso social e político com o ensino de graduação, com evidente destaque para os cursos das áreas da saúde, mas não descuidando das demais áreas em que atua. Neste sentido, os pressupostos que orientam a missão acadêmica da SEAMA estão pautados no crescimento crítico do indivíduo dentro de princípios sociais, éticos, solidários e justos. Aliando-se às políticas públicas de educação e de saúde e, efetivamente, adequando-se às realidades políticas, sociais e econômicas da região amazônica. Em 2013 os cursos de Publicidade e Propaganda, Biomedicina, Nutrição e Sistemas de Informação foram estrelados na avaliação de cursos superiores, realizada pelo Guia do Estudante - GE. Acredita-se que este caminho de sucesso e reconhecimento da sociedade, tem uma das suas razões na autoavaliação. Desta forma, afirmamos que o processo de autoavaliação praticado na SEAMA superestima a avaliação reflexiva e crítica de suas políticas, com base nos resultados avaliativos obtidos. Permite ao acadêmico a oportunidade de externar seu grau de satisfação com relação à IES, sem falar que não apenas o planejamento e a execução deste processo, como a própria construção do Relatório Final, se dão de forma coletiva, pois contam com a participação de representantes docentes, discentes, corpo técnico-administrativo e da comunidade, definindo-se assim como instrumento extremamente democrático. É nesta perspectiva que a CPA visa diagnosticar, de forma permanente, a IES, com o objetivo de ser instrumento capaz de fornecer subsídios, em suas dimensões política, acadêmica e administrativa, para o autoconhecimento institucional e o aprimoramento da qualidade da gestão, do Ensino, das atividades de Pesquisa e Extensão, e para as revisões necessárias do PDI. Desta forma, e em atendimento à Portaria 821/09-MEC que determina a entrega do Relatório Final Anual, a CPA apresenta a seguir os resultados da Avaliação Interna segundo a visão dos acadêmicos, os resultados das Avaliações Externas, as ações realizadas pelas coordenações de curso onde estão descritas as fragilidades e potencialidades; o impacto da autoavaliação na gestão, ou seja, a forma prática de utilização das informações constantes nos Relatórios na tomada de decisão e uma proposta de avaliação continuada para

12 2. DESENVOLVIMENTO 2.1. DIMENSÃO 1 PDI E ADITAMENTO Considerando o Sistema de Avaliação da Educação Superior (SINAES), criado pela Lei n , de 14 de abril de 2004, formado por três componentes principais - a avaliação das instituições, dos cursos e do desempenho dos estudantes, que giram em torno das dez dimensões, a Faculdade SEAMA designou, através de Portaria da Direção uma Comissão de Acompanhamento do Plano de Melhorias, trabalhando todas as 10 Dimensões do SINAES. Desta forma, o Termo de Cumprimento do TSD da Faculdade SEAMA veio para atender as medidas destinadas a manter e aperfeiçoar a qualidade da IES. Foram definidas ações que tinham como objetivo o alcance da missão, valores, finalidades e os objetivos institucionais. Objetivos do Projeto Fortalecer o ensino junto aos professores; Jornada Acadêmica Ações Realizadas Resultados alcançados Fragilidades Potencialidades - Adesão dos professores Planejar com os docentes as atividades interdisciplinares articuladas ao PDI e PPI. - Encontros Pedagógicos - Projetos de Extensão - Não conhecimento dos docentes sobre o PDI e PPI. - Disponibilidade para integração das atividades acadêmicas. Acompanhar as ações do Plano de Melhorias da IES Criação de Comissão de Acompanhamento do Plano de Melhorias. - Falta de disponibilidade dos membros para a atividade. 12

13 Atualizar o PDI Elaboração de Aditamento ao PDI explicitando a revisão dos Projetos Pedagógicos dos Cursos e do novo sistema de avaliação do processo de ensino-aprendizagem. Alterar o Sistema de Avaliação Resolução do Conselho Superior, anexada ao Regimento, indicando a alteração quanto ao sistema de avaliação. Essa Resolução ficará anexada ao Regimento, até a alteração do próprio Regimento, com aprovação do CONSUS. - Dificuldade na aceitação do sistema de avaliação por parte de alguns acadêmicos; - Implantação do sistema de avaliação. Alterar o Regimento e o nome da IES Solicitação de alteração regimental e de alteração do nome da IES como aditamento ao ato de Recredenciamento da Faculdade SEAMA. ( Oficio N 29/2013). - Ainda não foi aprovado Elaborar o novo PDI da IES A Faculdade SEAMA formou comissão de estudo e elaboração do novo PDI para implantação da vigência 2015 a A comissão tem o objetivo de estudar, propor alterações e sistematizar o novo documento que entrará em vigência no ano de Em funcionamento 13

14 Promover a melhoria contínua do processo de Autoavaliação. Compartilhar e reforçar de forma sistemática os objetivos institucionais com os colaboradores. Atender às demandas locais de formação continuada por meio da oferta de cursos de pós-graduação. Gestão dos resultados da Avaliação de CPA por meio da Comissão Própria de Avaliação - CPA Reuniões Gerais mensais com troca de informações relevantes e apresentação de realizações do mês anterior e metas para o mês seguinte. Cursos: MBA Gestão Estratégica, Administração e Segurança em Redes de Computadores ASRC- 01B, MBA em Gerenciamento de Projetos, Metodologia do Ensino Superior, Direito Público: Constitucional, Administrativo e Tributário. - Dificuldades no preenchimento dos questionários on line devido a internet no Estado ser lenta. Pouca adesão docente. - Limitada disponibilidade no Estado do Amapá de docentes com elevada titulação para ministrar pós-graduação. - Formação de cultura de avaliação. - Planejamento administrativo financeiro para atender as demandas da CPA. - Compartilhamento dos resultados da CPA com todo o corpo de colaboradores da IES. - Adesão do corpo técnicoadministrativo; - Melhoria na comunicação interna. - Transparência da Gestão. - Apesar da limitação a IES oferece corpo docente com titulação strictu senso em mais de 80%. Manter a coerência entre os objetivos do PDI, a proposta do PPI e as políticas direcionadas, ao ensino, à pesquisa e à extensão na IES. Atender às propostas dos Termos de Saneamento dos cursos de Saúde, em consonância com o PPI. Atividades de Ensino, pesquisa e extensão são realizadas de acordo com as diretrizes da IES Reuniões sistemáticas com NDE, corpo docente e CPA. Programa de Formação Docente. Oferta de cursos de nivelamento para melhoria do desempenho dos alunos. - Número reduzido de docentes com projetos de pesquisa - Valorização do corpo docente e discente das atividades de extensão. - Oportunidade de desenvolvimento técnico e humano de forma gratuita a alunos e docentes. 14

15 2.2. DIMENSÃO 2 ENSINO PESQUISA E EXTENSÃO Nesse tópico estaremos apresentando as atividades de Ensino, pesquisa e extensão planejadas e/ou realizadas por cada curso da Faculdade Seama no ano de CURSO: REDES DE COMPUTADORES Objetivos do Projeto Ações Realizadas Resultados alcançados Fragilidades Potencialidades Realizar capacitação sobre Projeto não realizado - Não houve o mínimo de desenvolvimento de dispositivos inscrições de alunos. móveis Realizar capacitação sobre Eletricidade Projeto não realizado - Não houve o mínimo de inscrições de alunos Projeti Atividade interdisciplinar baseado em uma problemática. Publicação de artigo Ação realizada com foco em tecnologia e a saúde do Estado do Amapá. Publicação de um pôster de um aluno de redes em um evento local. O artigo foi baseado em uma solução de problema do MP-AP - Baixa adesão dos acadêmicos. -Interdisciplinaridade na solução dos problemas apresentados. - Trabalho destinado a realidade do Amapá. - Baixa adesão de alunos em - O trabalho do aluno publicado publicação de artigos. foi o único que representou a IES no evento. 15

16 GRÁFICO 2: Nível de satisfação dos acadêmicos em relação ao ENSINO PESQUISA E EXTENSAO Curso Redes de Computadores 16

17 Objetivos do Projeto Debater o Código de Ética da Profissão Discutir a formação em psicologia; Discutir as principais resoluções do CRP; Discutir a regulamentação da profissão do psicólogo; Discutir o papel do psicólogo fiscal dentro do CRP. CURSO: PSICOLOGIA Resultados alcançados Ações Realizadas Fragilidades Potencialidades SEMINÁRIO: CRP e Formação O objetivo do evento era alcançar Foi um debate bastante Profissional: um compromisso ético mais de 80% do corpo discente esclarecedor e participativo, pois do curso, mas não foi possível os acadêmicos puderam alcançar este percentual. compreender a atual discussão do Conselho Federal de Psicologia CFP quanto ao posicionamento diante de líderes religiosos que estão se posicionando na mídia em relação a cura de homossexuais. Posicionamento que vai de encontro a Resolução 01/99 do CFP. Além disto, foi possível esclarecer os limites éticos da atuação profissional, tendo em vista que em muitas vezes o profissional se depara com situações delicadas e difíceis na sua prática profissional. 17

18 Realizar atividade avaliativa Projeto de Extensão: Ensaios e Insights II Não conseguimos premiação - Integração acadêmica; interdisciplinar entre os componentes nesta edição para os primeiros - Interdisciplinaridade entre os curriculares das matrizes 2007 e 212. colocados. componentes curriculares; Discutir temáticas específicas sob - Estimulação da criatividade dos diferentes olhares; acadêmicos; Inter relacionar teoria e prática; - Momento de aprendizado Despertar a criatividade nos diferenciado; acadêmicos; - Desenvolvimento da habilidade em falar em público; - Maior envolvimento dos acadêmicos e professores. Incentivar os acadêmicos do curso a produzirem artigos científicos oriundos dos Trabalhos de Conclusão de Curso - TCC Integrar os acadêmicos e docentes do curso; Comemorar o Dia do Psicólogo Aprovação do artigo O espectro perverso Apenas um artigo foi aceito para na sociedade narcísica na revista publicação. asephallus Rio de Janeiro, V. 08 Nº 16 Mai Out/ O artigo servirá de incentivo para os próximos acadêmicos, tendo em vista que essa cultura de artigo científico está sendo fomentada na IES em I Sarau de Psicologia Falta adesão dos acadêmicos - Envolvimento dos que participaram - Repercussão entre os acadêmicos expandinda para as redes sociais. 18

19 Nivelar os conhecimentos dos acadêmicos sobre disciplinas básicas. Realização de dois módulos específicos abrangendo as áreas de língua portuguesa e informática: com os seguintes cursos: linguagem, produção textual e informática A oferta de vagas é pequena em função da disponibilidade de Professores para ministrarem as oficinas. Existe uma procura significativa por parte dos acadêmicos que buscam aprimorar seus conhecimentos. Básica. 19

20 GRÁFICO 3: Nível de satisfação dos acadêmicos em relação ao ENSINO PESQUISA E EXTENSAO Psicologia 20

21 Objetivos do Projeto Realizar Treinamento e Capacitação Sobre Desenvolvimento de Aplicativos para Dispositivos Móveis PROJETI Trabalho que envolve disciplinas específicas do curso e é realizado todo semestre um trabalho interdisciplinar baseado em uma problemática. Publicação de artigo CURSO: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Resultados alcançados Ações Realizadas Fragilidades Potencialidades Projeto não realizado Não houve o mínimo de inscrições de alunos Realização do PROJETI com foco em A cerca de 80% dos alunos problemas da saúde no que tange a tecnologia participaram das atividades do no Estado do Amapá. PROJETI. Pesquisa realizada em loco no Ministério Poucos alunos buscam publicar Público do Amapá e apresentada no Colóquio artigos ou realizar pesquisas. de Iniciação Científica da Seama, e no Seminário de Pesquisa da Estácio. Título do Artigo: Business Intelligence como Instrumento de Apoio a Tomada de Decisão ao Ministério Público do Estado do Amapá. Envolvimento dos alunos em grupo e realizando a interdisciplinaridade entre as disciplinas técnicas e integração com o curso de Redes de Computadores. O trabalho do aluno publicado foi escolhido como o melhor trabalho da região norte na área de TI. 21

22 GRÁFICO 4: Nível de satisfação dos acadêmicos em relação ao ENSINO PESQUISA EXTENSAO Curso Sistema da Informação 22

23 Objetivos do Projeto - Promover integração entre os discentes e os professores do cursos de Comunicação PP e Jornalismo; -Estimular no aluno um lado observador e explorador do seu entorno e das possibilidades - Fortalecer a relação com a comunidade por meio da inserção no bairro Perpétuo Socorro, bem como do que pode surgir daí. CURSO: COMUNICAÇÃO SOCIAL (JORNALISMO E PUBLICIDADE E PROPAGANDA) Ações Realizadas Trote cultural aos discentes calouros Atividade cultural no Bairro Perpétuo Socorro Macapá (AP). Fragilidades Resultados alcançados Potencialidades - Aproximação muito bem aceita pela comunidade envolvida; - Abertura para desenvolver futuros projetos. - Envolvimento de docentes e discentes em pesquisa, exploração e difusão da cultura existente em um dos mais tradicionais bairros do Município. - Valorizar o Egresso do Curso de Publicidade e Propaganda. Fortalecer a relação com o mercado. - Evento para homenagear os Publicitários; - Aproximar os acadêmicos do mercado de trabalho; - Proporcionar integração entre profissionais e estudantes; - Tornar o curso mais visível nas mídias sociais (atualmente, o maior meio de divulgação). II Bastidores de Publicidade e Propaganda - Troca de experiências; - Oportunidade de Estágios dos convidados (donos de agências, assessores de empresas) para com os alunos; - Mostrar como cada vez mais o que se faz é Comunicação Integrada. - Visibilidade nas mídias sociais. 23

24 - Valorizar o Egresso do Curso de Jornalismo. - Fortalecer a relação com o mercado. - Evento para homenagear os Jornalistas; - Valorização ao egresso do Curso de Jornalismo; - Aproximar os acadêmicos do mercado de trabalho; - Proporcionar integração entre profissionais e estudantes; - Tornar o curso mais visível nas mídias sociais (atualmente, o maior meio de divulgação). - Ampliar os horizontes críticos e teóricos do público alvo, para que assim expressem, com uma visão ampla, seus conhecimentos adquiridos em seu curso de graduação. - evento multiáreas; - Promover o debate de temas explorados pelo cinema; - Difundir a cultura da 7ª arte. IV Bastidores de Jornalismo. - Troca de experiências; - Oportunidade de Estágios dos convidados (radialistas, blogueiros, jornalistas de impresso, assessores de empresas) para com os alunos; - Visibilidade nas mídias sociais. II Circuito de Cinema Situação de infraestrutura do Salão de Atos (sucateamento de equipamentos que prejudicaram a exibição dos filmes); - Integração com outros cursos da IES; - Difusão do cinema nacional. - Fazer com que os acadêmicos dos cursos de comunicação atuem de forma cooperativa para a solução de uma situação problema, utilizando os conhecimentos acumulados ao longo do curso, bem como estimular o pensamento crítico, a visão estratégica e a socialização das habilidades individuais. VI BANHO DE COMUNICAÇÃO Homoafetividade e Comunicação - Prática interdisciplinar com integração das turmas de diferentes semestres e habilitações. - Promoção de discussão sobre tema atual, sem preconceitos e/ou analogias. - Precariedades dos laboratórios de Comunicação que limitaram a produção planejada. - Integração dos docentes e discentes. - Momento de balanço do ano letivo e confraternização pela realização dos trabalhos com bom conteúdo e em tão pouco tempo de planejamento e produção. 24

25 - Tornar o curso mais atrativo aos discentes; - Otimizar o que já se tem feito no curso; - Proporcionar um curso mais compatível com as exigências do mercado nacional. - Reuniões de NDE e com o colegiado do Curso para montar estratégias de melhor e mais adequado planejamento do Curso e, logo, alcance de mercado. - Nem todos os docentes se envolvem nesse processo. - Crescimento do Curso. - Maior envolvimento dos docentes, mais especificamente do NDE, nas questões relativas à Gestão do Curso. 25

26 Gráfico 5: Nível de satisfação dos acadêmicos em relação ao ENSINO PESQUISA EXTENSAO (Publicidade e Propaganda) 26

27 Gráfico 6: Nível de satisfação dos acadêmicos em relação ao ENSINO PESQUISA EXTENSAO (Jornalismo) 27

28 Objetivos do Projeto Aumentar a participação do colegiado no curso CURSO: FISIOTERAPIA Ações Realizadas Realização de convocações mais periódicas e aumento do envio de informações pertinentes ao curso, a fim de deixar o docente mais próximo da realidade do curso. Fragilidades Resultados alcançados Baixo resultado na adesão dos professores. Adequação do NDE Reformulação do NDE O partilhamento de membro muitas vezes dificulta o comprometimento do professor Integração das disciplinas Adequação do projeto de atividade Dificuldade de interação entre integrada, com participação de mais os professores, principalmente professores nos semestres, além de com relação ao envio e ajuste integração de disciplinas entre os das notas semestres, a exemplo do 4º e 8º semestre que realizaram uma ação em conjunto de atendimento avaliação de pacientes na Clínica escola. Estimulação a produção científica Vinculação de trabalhos avaliativos do Semestre ao colóquio de iniciação científica, onde os alunos deveriam submeter trabalhos como forma avaliação parcial. Potencialidades Apesar do baixo resultado, as ações de alguma forma surtiram efeito onde os docentes se tornaram mais ativos nas reuniões e mais cientes de seus deveres Maior proximidade e cumplicidade dos membros, com a oportunidade de maiores discussões Maior integração das disciplinas com grande avanço na interdisciplinaridade que os aluno pode vivenciar. Qualidade de alguns trabalhos O curso Teve uma excelente participação, com grande salto no número de inscritos e participantes. Congresso de fisioterapia Não Realizado Concentração da organização na coordenação de curso, e baixa participação dos docentes Melhor programação para

29 Nivelamento acadêmico para o ENADE 2013 Realizado uma série de cursos em contra turno com objetivo de relembrar e revisar assuntos importantes que por vezes poderiam ser esquecidos pelos alunos. Abordagem a disciplinas específicas e gerais. Baixa participação dos alunos Melhor nota da II oficina ENADE 29

30 Gráfico 7: Nível de satisfação em relação ao ENSINO PESQUISA E EXTENSAO Curso de Fisioterapia 30

31 Objetivos do Projeto - Proporcionar o intercâmbio entre profissionais e estudantes da área biomédica; - Atualizar os acadêmicos do curso de biomedicina nas diversas áreas de habilitação da biomedicina; Reunir a sociedade biomédica do Estado do Amapá. Nivelar os conhecimentos dos acadêmicos sobre disciplinas básicas. CURSO: BIOMEDICINA Ações Realizadas Apresentação de trabalhos científicos em forma de Banner; Palestras de assuntos relacionados com o crescimento científico e novas metodologias. Realização de dois módulos específicos abrangendo as áreas de língua portuguesa e informática: com os seguintes cursos: linguagem, produção textual e informática Básica. Fragilidades Resultados alcançados A oferta de vagas é pequena em função da disponibilidade de Professores para ministrarem as oficinas. Potencialidades Participação em massa dos acadêmicos de biomedicina na construção de trabalhos científicos. Existe uma procura significativa por parte dos acadêmicos que buscam aprimorar seus conhecimentos. 31

32 Gráfico 8 : Nível de satisfação em relação ao ENSINO PESQUISA EXTENSAO Curso de Biomedicina ENSINO PESQUISA EXTENSAO 32

33 CURSO: NUTRIÇÃO Objetivos do Projeto - Proporcionar aos acadêmicos a atualização de conhecimento na área das Ciências Nutricionais, aliado a data comemorativa do Dia do Nutricionista. Ações Realizadas - JORNADA DE NUTRIÇÃO ALUSIVA AO DIA DO NUTRICIONISTA - Oficina e Palestras Fragilidades Resultados alcançados Potencialidades Divulgação a comunidade - Motivação de alunos e docentes - Atualizar os acadêmicos relacionando temas envolvendo nutrição em saúde. -Sensibilizar os acadêmicos para participarem do ENADE Circuito de Palestras:Tópicos atuais em Nutrição e Saúde: Trabalhos voltados a comunidade acadêmica realizados pelos alunos - Oficinas de nivelamento com assuntos específicos do curso. - oficina para o ENADE. - Adoção de 03 alunos por cada docente para sensibilizá-los para a participação no ENADE. Desempenho insatisfatório nas oficinas. - Implementação de vivências - Acadêmico sentindo-se responsável pelo seu desempenho. - Material confeccionado pelos professores - Possibilitar ao aluno visão interdisciplinar do curso, visando a relação teoria-prática. - Fomentar a pesquisa e a atualização dos saberes. Ação integrada do Curso no Dia Mundial da Alimentação: Trabalhos educativos e pesquisa realizada pelos alunos orientados pelos docentes. II Congresso de Ciências Nutricionais e da Saúde do Estado do Amapá - Participação de 100% dos alunos ao ENADE Aplicação prática do conteúdo desenvolvido em sala de aula. Parcerias institucionais 33

34 Gráfico 9: Nível de satisfação em relação ao ENSINO PESQUISA E EXTENSAO Curso de Nutrição 34

35 Objetivos do Projeto Ações Realizadas CURSO: DIREITO Fragilidades Resultados alcançados Potencialidades - Estimular o raciocínio interdisciplinar dos acadêmicos diante de situações reais e complexas; - Incentivar a pesquisa das Ciências Jurídicas. - Compreender a aplicabilidade entre as fontes do Direito e as disciplinas ministradas em sala. Trabalho Interdisciplinar: - Realizar uma análise interdisciplinar das disciplinas do 4º semestre do curso e Direito sobre a tragédia da Boate KISS - Caso Santa Maria/RS. - O grupo discente aprende a importância de estabelecer constantemente a relação entre a prática e os conhecimentos adquiridos nas diversas disciplinas cursadas ao longo do Curso de Direito. - Dificuldades de orientação pelos docentes, justificados pela falta de disponibilidade de carga horária; - Falta de interesse por parte de determinados acadêmicos; Este projeto evidenciou o Ensino e a Pesquisa, pois estimulou a leitura para a realização dos trabalhos. - Os acadêmicos leram e pesquisaram sobre o tema e subtemas, aliando a estes, os conceitos e teorias jurídicas para fundamentar cada caso, exatamente como deverão se portar ao exercer a carreira jurídica. - A realização do ciclo do ensino-aprendizagem envolvendo leitura, pesquisa, produção e apresentação perante os demais grupos. - A oportunidade de treinar a manifestação da fala em público, o que é extremamente importante para os acadêmicos do Curso de Direito. 35

36 - Potencializar ações de Responsabilidade Social, contribuindo para a formação do Operador do Direito-cidadão, tendo como objetivo sensibilizar os acadêmicos do Curso de Direito para os serviços prestados à população carente. - Difundir informações jurídicas nos Bairros; - Divulgar os trabalhos gratuitos que o Curso de Direito exerce no Núcleo de Prática Jurídica NPJ, dando maior visibilidade ao curso e às possibilidades de sua contribuição quanto à Responsabilidade Social e Cidadania da Faculdade. Núcleo de Prática Jurídica NPJ / Ações em Escolas Públicas e Praças: - Foram realizados atendimentos jurídicos gratuitos pelos acadêmicos voluntários com acompanhamento de professores do curso. - Além destes atendimentos, também realizaram encaminhamentos da população carente ao NPJ para ingresso de ações judiciais. - Pouca procura por parte dos acadêmicos voluntários para as inscrições; - Falta de alguns acadêmicos voluntários inscritos na data da ação; - Falta de parceria com órgão do Poder Judiciário, o que certamente daria maior visibilidade e credibilidade à ação; - Pouca divulgação do evento por parte das escolas envolvidas no projeto. - Dificuldades com transporte dos acadêmicos voluntários até o local da ação. - Esta experiência viabiliza ao grupo discente o atendimento prático jurídico real. - Além da proximidade com a prática jurídica, nossos acadêmicos conhecem já na graduação a realidade social da população carente local. - Formação mais humanitária.; - Benefício à população carente que se torna conhecedora dos direitos e deveres mínimos inerentes aos cidadãos brasileiros. - Outro fator positivo aos discentes e docentes envolvidos voluntariamente, é a emissão de certificados para integralização das Atividades Complementares, bem como melhorias para seus currículos Lattes. 36

37 - Preparar os acadêmicos para enfrentarem o plenário de júri com segurança, argumentação lógica, técnica de argumentação e conhecimento da nova Lei que regulamenta o Tribunal do Júri. Júri Simulado - Participação de 400 acadêmicos; Etapa conhecimento : aulas/palestras com professor da disciplina e profissionais da área a fim de propiciar aos partícipes do grupo uma visão teórica crítica acerca do sistema de decisão popular. O objetivo aqui é fornecer o instrumental teórico necessário para a elaboração de uma análise consciente e racional do caso a ser julgado. Etapa discussão : promover o debate e a discussão entre os estudantes já com base no caso concreto a ser julgado ao final. Grupo dividido em dois subgrupos, Defesa e Acusação, para buscar as fundamentações e o consentimento coletivo sobre seu papel no julgamento. Etapa prática : julgamento. Após o aparato teórico e a construção coletiva acerca do tema, os grupos Defesa e Acusação ficam frente a frente, perante o juiz e os jurados, defendendo suas teses e buscando efetivá-las. - Falta de apoio institucional no que se refere à divulgação do evento. - Cria no âmbito da IES, espaço plural e multidisciplinar de ensino, pesquisa e extensão em torno da temática; - Visa analisar criticamente as teorias e métodos empregados no Tribunal do Júri; - Produz conhecimento teórico e empírico, a partir das experiências dos participantes, diante de sua atuação profissional na área; - Reconhece a importância da análise transversal e interdisciplinar em torno do Tribunal do Júri; - Desenvolve instrumentos de defesa oral a partir do conhecimento científico; - Analisa de forma crítica a legislação vigente; - Faz com que os acadêmicos conheçam tópicos específicos e relevantes de várias áreas do conhecimento envolvidos. - Foram viabilizados certificados com horas de Atividades Complementares. 37

38 - Criar um ciclo de palestras na Faculdade Estácio Seama, que traga sempre assuntos jurídicos atuais, interessantes e de grande importância ao conhecimento acadêmico, de forma que auxilie na sua formação profissional. - Preparar os acadêmicos para enfrentar debates, sobretudo no plenário do júri, a partir de depoimentos e ensinamentos de profissionais da área. Desta forma, os futuros operadores jurídicos terão a oportunidade de aprender técnicas de argumentação e, assim, obter mais conhecimento sobre as matérias que serão explanadas. I Encontro JUS- - Palestra com autoridades competentes que prepararam os acadêmicos para o Júri Simulado. - O evento garante aos acadêmicos, o contato com o mundo jurídico, para que a sua versatilidade e dinâmica seja compreendida e, consequentemente, debatida, por meio de temas hodiernos e que se sobressaem no cenário do Direito nacional. - A proposta, ademais, contribui veementemente para a formação extraclasse do aluno. 38

39 - Fomentar a vivência acadêmica: Disponibilizar um espaço para apresentação de resultados dos trabalhos desenvolvidos pelos concluintes do Curso de Direito, e principalmente, para a reflexão e discussão coletiva sobre a ótica diferencial dos objetos de pesquisa. Este projeto contempla paralelamente a análise dos problemas, das teorias, como também das suas metodologias de trabalho. Monografias Jurídicas TCC: Houve a abertura do evento, em seguida foram apresentados trabalhos científicos dos concluintes do Curso de Direito de Cada apresentador teve 20 minutos para defender o seu TCC para uma banca examinadora composta por 3 professores que fizeram as considerações sobre o trabalho. As apresentações são obrigatórias aos formandos. Falta de adesão máxima esperada por parte dos acadêmicos para assistirem às apresentações e, consequentemente, tornarem-se conhecedores dos diversos assuntos jurídicos estudados e defendidos nos TCCs dos concluintes. - Paralelamente, agrega a possibilidade de contribuir ao processo de formação e desenvolvimento do histórico acadêmico dos nossos discentes, abordando a diversidade dos olhares científicos no contexto da produção científica; estimulando à iniciação da pesquisa científica e fomentando pesquisa durante o curso em formação. - Favorecendo assim, o despertar pela prática e pesquisa jurídica. - Foram viabilizados certificados com horas de Atividades Complementares que visam a integralização da matriz curricular para os discentes que foram assistir as apresentações. 39

40 - Criar um ciclo de palestras na Faculdade Estácio Seama, que traga bastante conhecimento acerca das condutas adotadas quando do julgamento dos crimes de competência do Tribunal do Júri, o famoso Júri Popular, assim, sendo interessante e de grande importância ao conhecimento acadêmico, de forma que auxilie na sua formação profissional, bem como capacidade na realização do Júri Simulado alhures mencionado, mediante depoimentos e ensinamentos dos profissionais da área, a fim de garantir que os acadêmicos realizem discussão de forma e competente no plenário. Encontro JUSIM - Através de palestras com autoridades competentes, buscou-se garantir aos acadêmicos do 8º semestre de Direito da Faculdade Estácio/SEAMA, contato com o mundo jurídico, especialmente no tocante ao procedimento do Tribunal do Júri, para que consigam compreender os procedimentos, de modo a fazer um JÚRI SIMULADO competente para o público que irá assistir, bem como autoridades e magistrado presente. - Alguns acadêmicos não aderiram ao projeto por questões relacionadas à disponibilidade e ao tempo, já que, à tarde, temos alunos que trabalham ou realizam estágios em órgãos do Poder Judiciário. - os futuros operadores jurídicos também tiveram a oportunidade de aprender técnicas de argumentação e, assim, obter mais conhecimento sobre as matérias que foram explanadas para a simulação do Júri. Debater e discutir assuntos de Conselho Nacional de Justiça-CNJ. Realização de palestras e encontros com acadêmicos do 7º e 8º semestre do curso de Direito junto com autoridades e demais acadêmicos da área. A falta de divulgação interna e externa de forma satisfatória ainda é um problema a ser resolvido Os acadêmicos aprimoram seus conhecimentos assistindo a palestras e mesas redondas junto com autoridades competentes. 40

41 Gráfico 10: Nível de satisfação em relação ao ENSINO PESQUISA E EXTENSAO Curso de Direito 41

42 CURSO: ENFERMAGEM CURSO: ENFERMAGEM Objetivos do Projeto - Coletar dados acerca dos valores de pressão arterial, índice de massa corpórea, IMC, e glicemia capilar de discentes e funcionários - Utilizar os dados coletados para promover ações de educação e saúde dos envolvidos, promovendo a prevenção e combate de doença arterial. Ações Realizadas PROJETO SÊMIO Fragilidades Resultados alcançados -Número de alunos relativamente grande para um bom acompanhamento da ação; - Espaço escolhido pequeno para comportar discentes e clientes; - falta de importância dado por alguns alunos e clientes. Potencialidades - Tabulação de dados para proporcionar pensamento crítico-reflexivo pelos alunos a respeito dos indicadores de saúde e possíveis intervenções; -Exercício das práticas para o melhor resultado das práticas semiológicas. - Resgatar a história da enfermagem nas personagens de Florence Nightingale e Anna Nery. - Enfatizar a história bem como apresentar aos convidados o símbolo da enfermagem em mãos. - Produzir um cenário com característica de imagem do início do século. PROJETO CONSTRUINDO UM SABER.- A relação interpessoal ainda é um grande obstáculo nas relações acadêmicas. As acadêmicas se envolveram plenamente na execução da atividade e possibilitou a participação da turma, o fortalecimento da ralação interpessoal bem como a construção do saber coletivamente, troca de saberes e experiências 42

43 - Desenvolver uma ação educativa do curso de enfermagem para atenção e promoção da saúde com os funcionários da FUNASA. - Possibilitar aos estudantes envolvidos ampliar a visão crítica frente a realidade da saúde, proporcionando assim uma atenção transdisciplinar ofertando serviços voltados para qualidade de vida aos clientes que ali trabalham e assim potencializar suas práticas acadêmicas em saúde voltadas para um compromisso social. PROJETO FUNASA -Falta de tempo para dar continuidade em uma segunda etapa das vacinas por não ter tempo no calendário acadêmico; -Falta de cumprimento no horário estabelecido para execução do projeto; -Espaço inapropriado para fazer vacina. Os acadêmicos se envolveram plenamente na execução da atividade e possibilitaram o fortalecimento da ralação interpessoal bem como a construção do saber; Participação de quase a totalidade dos funcionários da instituição; Preocupação com a sua saúde visto que a FUNASA trabalha com prevenção de doenças; Feito 113 doses de vacinas na faixa etária de 15 anos há mais de 60 anos com calendário vacinal em atraso. 43

44 - Formar acadêmicos com capacidade técnica que possa representar o elo principal de contato entre o cliente e discente tornando estes porta- voz das instituições representadas; - Praticar uma assistência sistematizada voltada a realmente atender o paciente segundo suas necessidades através de protocolos de linha de cuidado integral fortalecendo a atenção primária de saúde; - Melhorar os indicadores de saúde da região, diminuindo o índice de morbimortalidade da população; - Integralizar as ações de ensino e pesquisa no âmbito da atenção primária á saúde do município de Macapá com instituição pública e privada. - Contribuir a todos os profissionais da saúde que envolvidos no cotidiano do cuidado aos clientes portadores de lesões de pele possa prestar um excelente cuidado a portadores de ostomia com princípios humanizados evidenciando impacto na prática diária da equipe multiprofissional. PROJETO CONSULTÓRIO CLÍNICO MINI- CURSOS: FERIDAS, OSTOMIA. -Demora na resposta por questões de tramitação interna do projeto dentro da prefeitura da cidade. -Falta de compromisso dos acadêmicos na Adesão ao curso proposto com muito carinho. -Diminuição dos indicadores epidemiológicos; -Contribuir com atenção básica; -Oportunizar a teoria/ prática em campo dos acadêmicos; -Ter conseguido parceria com o Município para trabalharmos para um bem comum e fortalecimento dos objetivos; -Desenvolvimento de um curso mais humanitário próximo da comunidade e com compromisso social; -Contribuir para o complemento de fragilidades percebidas pelos docentes em sala de aula e campo de estágio. 44

45 - Formar acadêmicos com capacidade técnica que possa representar o elo principal de contato entre o cliente e discente tornando estes porta- voz da instituição representada; - Praticar uma assistência sistematizada voltada a realmente atender o paciente segundo suas necessidades, habilitando o acadêmico a reconhecer distúrbios ventilatórios e hemodinâmico para atuar com precisão em urgência e emergência; - Capacitar os discentes para que possam interpretar exames; e que ele sirva de auxílio no diagnóstico para uma sistematização da assistência de enfermagem com qualidade; MINI-CURSO:GASOMETRIA ARTERIAL,VENTILAÇÃO MECÂNICA, REANIMAÇÃO CARDIO PULMONAR E ESCALA DE SERVIÇOS -Falta de adesão dos discentes e compromisso com o projeto divulgado antecipadamente; -Tempo insuficiente para assuntos muito complexo deixando a desejar no complemento do assunto; - Envolvimento dos discentes nas dinâmicas realizadas; - Dificuldade de adesão dos docentes em ministrar o curso -Perceber que o tempo em sala não é o suficiente para desenvolver a contento e minunciosamente de terminados assuntos para complemento da ementa e satisfação de um bom preparo acadêmico, formando assim profissionais realmente competentes e preparados. Qualificar discentes para construir escala de trabalho tendo como base dimensionamento de pessoal e leis trabalhistas dentro dos preceitos éticos e legais. 45

46 - Sensibilizar através da Contribuir para que os novos egressos poesia O MENESTREL sintam-se a vontade para uma melhor prática educacional; Tentar sensibilizar através da poesia o espírito de grupo humanizador para que se possam desenvolver cuidados com o outro. ACOLHIMENTO DOS NOVOS EGRESSOS COM O POEMA DE WILLIAN SKASPEARE -Timidez do discente; -Importância não observada pelos novos egressos; -Gasto pessoal para fazer a -Proporcionar aos alunos como eles são importantes neste novo processo -Capacidade de alunos de uma turma treinar para uma grande apresentação e ter apresentação. dado certo -Conseguir fazer e ganhar aplausos momento importante para o grupo 46

47 Gráfico 11: Nível de satisfação em relação ao ENSINO PESQUISA E EXTENSAO Curso de Enfermagem 47

48 Gráfico 12: Nível de satisfação dos acadêmicos com relação ao ENSINO da IES O gráfico mostra que (40,3%) dos acadêmicos estão satisfeitos com o ensino ofertado, (29,5%) estão com satisfação regular e (30,2%) demonstram insatisfação. Verifica-se que os cursos com maior índice de satisfação são os cursos de Jornalismo (72,22%) e Biomedicina (64,85%). Os cursos que apresentam menor índice de satisfação são os cursos de Publicidade e Propaganda (17,64%) e Direito (23,19%). 48

49 PÓS GRADUAÇÃO Os cursos de Pós Graduação Latu Senso têm por finalidade a especialização profissional, destinando-se aos graduados em cursos de ensino superior. São regidos pela Resolução CNE/CES nº1, de 8 de Julho de 2007, do Conselho Nacional d Educação. Também são consideradas as diretrizes estabelecidas pelo Decreto nº 5.622, de 19 de Dezembro de A Seama oferece cursos de Pós-graduação Lato sensu e MBA nas áreas de Direito, Gestão, Humanas, Saúde e Tecnologia, ministrados por especialistas, mestres e doutores com vasta experiência profissional e domínio acadêmico na área de conhecimento. As turmas são presenciais e aos sábados com frequência quinzenal. A carga horária mínima é de 360 horas, não incluído o tempo de estudo individual ou em grupo, sem assistência docente e o tempo destinado à elaboração do trabalho de conclusão de curso (TCC). Para os cursos de MBA é exigido o artigo e para especialização a monografia. A pós-graduação da Seama é voltada para a prática e atualidade, capacitando de forma efetiva a pessoa a crescer na medida em que ela usa de fato o que aprende, busca ser compatível com a vida das pessoas, trazendo sempre assuntos atualizados, com conhecimento prático e aplicável, buscando sempre um formato que seja compatível com as questões da atualidade no que se refere a investimento de tempo e recursos financeiros; Um dos pontos fortes da metodologia de ensino é a inovação e a busca de referências para boas práticas, dessa forma é estabelecida uma comunicação que oportuniza um suporte operacional para todas as IES. As coordenações de cursos são alimentadas constantemente com informações de ações, que pelo bom resultado, são tomadas como referência possibilitando assim que todos possam compartilhar de seus resultados. MBA da Seama preza por ensino de excelência e, tem por finalidade, a especialização de profissionais, é o curso de Especialização que visa a formação de executivos em diversas disciplinas voltadas para áreas de negócio, com foco no desenvolvimento prático. Os cursos de Especialização, buscam o aprimoramento acadêmico e profissional do aluno que pretende obter um diferencial na sua formação e valorizar seu currículo. 49

50 A Seama valoriza o diálogo entre a Pós Graduação e a Graduação pois entende que é na Pós Graduação que o aluno busca sua especialização e o sucesso em sua carreira, assim as ofertas de curso são reflexos de diálogos entre coordenadores buscando oportunizar o aprimoramento profissional de seus egressos e do público em geral. A IES também promove a Avaliação Institucional a cada semestre além das avaliações do corpo docente a cada conclusão de disciplina, essa avaliação permite a constante melhoria na oferta dos serviços. Nas campanhas para captação, a Seama oferece desconto para egressos e ainda para funcionário, conveniados ou sindicalizados de instituições parceiras. Cursos de Pós graduação ofertados e finalizados em 2013 Curso de Especialização Lato Senso Acadêmicos Acadêmicos Data Data Nº início Nº final Início Conclusão MBA Gestão Estratégica /03/12 16/03/2013 Administração e Segurança em Redes de Computadores ASRC- 01B /04/12 26/04/2013 MBA em Gerenciamento de Projetos /08/12 05/10/13 Metodologia do Ensino Superior /02/ /10/13 Direito Público: Constitucional, Administrativo e Tributário 24-05/10/2013 Em curso PESQUISA 50

51 O Programa de Iniciação Científica PIC é modalidade de apoio ao desenvolvimento da iniciação científica com recursos da Instituição e/ou de outras agências de fomento, destinado a estudantes da graduação na condição de auxiliares de pesquisa junto a projetos de pesquisa aprovados pela Instituição através dos Programas Institucionais de Apoio à Pesquisa de Demanda Induzida e/ou Espontânea. São objetivos do Programa de Iniciação Científica: I. Iniciar os estudantes na aprendizagem pela pesquisa enquanto instrumento de produção do conhecimento e de formação intelectual e para a cidadania; II. Possibilitar aos estudantes a prática da indissociabilidade entre a pesquisa e a formação teórica e profissional; III. Incentivar estudantes potencialmente vocacionados para a pesquisa a participarem de atividades de iniciação científica que levem à aprendizagem de métodos e de técnicas de pesquisa, bem como ao desenvolvimento do pensamento investigativo, científico e criativo; IV. Possibilitar aos professores o engajamento de estudantes em linhas, grupos e em projetos de pesquisa induzidos institucionalmente; V. Preparar estudantes para a formação pós-graduada e continuada. A faculdade Seama desenvolve um Programa de Iniciação Científica, conhecido por PIC, suas atividades tiveram início no ano de 2005 e se mantém ativo até o presente momento. Foram destinadas 30 horas/aula para serem divididas entre todas as pesquisas submetidas no semestre e O Programa de Iniciação de Científica da Faculdade Seama é um programa voltado para o desenvolvimento do pensamento científico e da iniciação à pesquisa de estudantes de graduação da Faculdade sob a orientação de um supervisor. As vagas são oferecidas duas vezes ao ano, o programa tem duração de 6 meses, podendo ser prorrogado por mais 6 meses. No ano de 2013, tivemos uma participação de 16 acadêmicos, bolsistas voluntários que realizaram as pesquisas mediante certificação de horas. Os resultados dessas pesquisas são apresentados em um evento institucional chamado Colóquio de Iniciação Científica, no ano de 2013 foi realizado o XIII Colóquio de Iniciação Científica: As ciências na contemporaneidade: transformações cotidianas. X Concurso de Artigos Científicos e VI Mostra Científica, que no ano de 2013 teve números expressivos contando com 487 alunos inscritos, com 127 trabalhos (envolvendo 336 alunos e 27 docentes) na Mostra Científica e 11 trabalhos (envolvendo 19 alunos e 9 docentes) no Concurso de Artigos. 51

52 Projetos do PIC Programa de Iniciação Científica aprovados para execução em Nº Título Orientador Acadêmicos Bolsistas Curso 1 Avaliação citogenética de células da mucosa oral em indivíduos expostos a minérios no município de Santana-AP Moacir de Azevedo Bentes Monteiro Neto Eloisa da Costa Bezerra Biomedicina 2 Relação entre os sintomas osteomusculares e a qualidade vocal de professores da faculdade Estácio Seama 3 Estudo da qualidade da água de poços amazonas na comunidade Jardim de Deus-I no município de Santana-Amapá (Brasil) no ano de Análise da água em áreas de ressaca das Zonas norte (Lago do Pacoval) e sul (Chico Dias) do município de Macapá-AP 5 Estudo da resposta sorológica aos marcadores de contato vacinal contra hepatite B em acadêmicos dos cursos de saúde da Faculdade Estácio Seama na cidade de Macapá-AP no ano de Cognições: metas e estratégias de socialização em cuidadores de crianças autistas 7 Melhoria da qualidade de serviços utilizando business inteligente: um estudo de caso no âmbito do Ministério Público do Amapá Michelle Ferreira Guimarães Dagoberto José da Silva Júnior Anne Caroline Pariz Bitencourt Alves Aldo José de Oliveira Barbosa Filho Fisioterapia Biomedicina Juvanete Amoras Távora Everton Pantoja Vale Biomedicina Francis Christian da Silva Pereira Luane da Silva Carvalho Biomedicina Irani Lauer Lellis Adolfo Colares Fabíola Maria Guedes Baia Iarima de Castro Pinheiro da Silva Psicologia Sistemas de Informações Projetos do PIC Programa de Iniciação Científica aprovados para execução em

53 Nº Título do projeto Orientador Acadêmico bolsista Curso 1 Estudo da qualidade da água de poços amazonas na Dagoberto José da Silva Júnior Aldo José de Oliveira Biomedicina comunidade Jardim de Deus-I no município de Santana-Amapá (Brasil) no ano de 2013 Barbosa Filho 2 Análise da água em áreas de ressaca das Zonas norte Juvanete Amoras Távora Everton Pantoja Vale Biomedicina (Lago do Pacoval) e sul (Chico Dias) do município de Macapá-AP 3 Cognições: metas e estratégias de socialização em Marcilio Lira de Souza Filho Luane da Silva Carvalho Psicologia cuidadores de crianças autistas 4 Estudo dos aspectos epidemiológicos e hematológicos de mulheres gestantes atendidas no laboratório do Centro Clínico da Faculdade Estácio Seama em Macapá AP. 5 Vinculação de informação em comunidades ribeirinhas do Amapá: mídias alternativas a favor da interação e difusão de conteúdos. 6 Estudo comparativo entre Kinesio Taping e Spiral Taping em trabalhadores com lombalgia 7 Atividade Genotóxica e antigenotóxica do extrato da Licaniamacrophylla em camundongos SWISS. 8 Análise da sensibilidade de pacientes diabéticos que realizam hemodiálise. 9 Estratégias diferenciadas de ensino para alunos com altas habilidades: quais as possibilidades? Claude Porcy Danyelle Marques Freire da Silva Iarima de Castro Pinheiro da Silva Mayana Katyucia Lacerda Lobato Biomedicina Jornalismo Fabricio Oliveira Costa Joaquim Amoras Amanajás Neto Fisioterapia Moacir de Azevedo Bentes Adrielle Lopes de Sousa Biomedicina Monteiro Neto Raquel de Mello Viridiane Silva Souza Fisioterapia Adriana Barbosa Ribeiro Deize da Silva Pinheiro Psicologia A coordenação de pesquisa realizou em a atualização de cadastro junto ao CADI (Cadastro de Informações Institucionais, na plataforma lattes, pois a faculdade estava desatualizada desde 2008, com esse cadastro a instituição estará apta a concorrer a bolsas para projetos de pesquisa financiadas junto ao CNPq, Governo federal, Ministério da ciência, tecnologia e inovação, possibilitando um incentivo maior aos docentes pesquisadores da IES. 53

54 A faculdade Seama possui Comitê de ética em pesquisa com Seres Humanos e conta com o auxilio de 11 integrantes, destes 10 são docentes da Instituição e 01 é representante da comunidade, as reuniões ocorrem mensalmente. Quanto a participação no V Seminário de pesquisa da Estácio, no ano de 2013, foram apresentados quatro trabalhos da nossa Instituição: Trabalho apresentado Orientador Acadêmicos Curso Business inteligente como instrumento de apoio a tomada Adolfo Colares Ruan Gabriel Araújo Ferreira Sistemas de Informações de decisão ao Ministério Público do estado do Amapá. Avaliação da satisfação dos pacientes atendidos em uma clínica escola de Fisioterapia na cidade de Macapá-AP Paula Maria Baraúna Adriely Aranha de Freitas Jonatas Viana de Siqueira Fisioterapia Abordagem multidisciplinar na epidermólise bolhosa. Paula Maria Sacid Caderard Sá Feio Fisioterapia Baraúna Avaliação citogenética de células da mucosa oral em Moacir de Eloisa da Costa Bezerra Biomedicina indivíduos expostos a minérios no município de Santana- Azevedo Bentes AP Monteiro Neto Inclusive o trabalho Business inteligente como instrumento de apoio a tomada de decisão ao Ministério Público do estado do Amapá foi selecionado como o melhor trabalho da Região Norte do centro de conhecimento TI. Esse mesmo trabalho foi o primeiro lugar no Concurso de Artigos do Colóquio e foi premiado com a viagem e hospedagem ao Rio de Janeiro para participar do evento V Seminário de pesquisa da Estácio. 54

55 Dentre as principais ações desenvolvidas foi a divulgação e incentivo com os professores e com os acadêmicos nas salas de aula possibilitando um aumento no número de Projetos de Iniciação Científica, que em 2012 foram desenvolvidos 13 projetos e em 2013 aumentou para 16 projetos. Objetivos Ações realizadas Resultados alcançados Fragilidades Potencialidades Potencializar o Concessão de horas/aula aos docentes Incentivar um número maior de Aumento da adesão docente em 03 Programa de pesquisadores e certificação aos bolsistas discentes projetos em relação ao ano anterior Iniciação Científica voluntários Realizar eventos Promoção do Colóquio de iniciação Envolvimento com um maior Adesão intensa dos acadêmicos, para divulgação Científica número de docentes tanto na participação quanto científica organização do evento. Estimular a Realização de visitas nas salas de aula pesquisa científica enfatizando a importância da pesquisa Incentivar Concessão de hospedagem e passagem ao acadêmicos a primeiro colocado no Colóquio 2013 participação em eventos científicos As inscrições ocorreram na Adesão docente significativa época de provas ( AV2) Apenas um trabalho beneficiado O primeiro colocado ainda ganhou prêmio de melhor trabalho da região norte 55

56 Gráfico 13: Nível de satisfação dos acadêmicos com relação à PESQUISA da IES Ao avaliarmos a realidade de cada curso, podemos verificar a situação da IES no que concerne ao Ensino, pesquisa e extensão. No gráfico abaixo, podemos notar a necessidade de implementação de ações que venham a fomentar o desenvolvimento da pesquisa dentro da IES. Dentre os acadêmicos (37,1 %) apresentam insatisfação e (30,3%) apresentam resultado regular, sendo que somente (32,6%) estão satisfeitos. Em 2012 foram apresentados 12 projetos e em 2013, 16 projetos. Porém, a IES tem investido nos Projetos de Iniciação Científica, o que provavelmente se observará alteração em

57 2.3. DIMENSÃO 3 RESPONSABILIDADE SOCIAL Objetivos do Projeto -Aproximar a comunidade acadêmica dos problemas sociais; - Promover melhor qualidade de vida no que diz respeito à saúde, educação, entretenimento e sustentabilidade de renda; - Contribuir na capacitação para o mercado de trabalho de membros da comunidade - Possibilitar a relação teoria/prática no ambiente acadêmico. AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL Ações Realizadas O Projeto Seama Comunidade é o guarda chuva de todas as ações de Responsabilidade Social da IES. Os parceiros em potencial do Programa são: SEBRAE, SENAC, SESI, SENAI e Sociedade Civil Organizada. Além da participação direta de docentes e discentes dos cursos de graduação da Faculdade SEAMA. Realizou atendimentos nas áreas de saúde, cidadania, educação, lazer/esporte e cultura. Todo Trabalho ofertado é voluntário e gratuito. Resultados alcançados Fragilidades Potencialidades - Custo operacional. - Em julho de 2013 atendeu Controle dos atendimentos pessoas com cursos dentro da realizados. Instituição. - Divulgação da Seama para a população. - Parcerias com órgãos públicos e privados. 57

58 - Participar de ações sociais que visam O projeto Ação Global é uma iniciativa do A IES não possui uma política de A Ação Global se configurou o fortalecimento de parceria SESI-Ap e TV Amapá, em consonância com o benefícios aos professores que como uma grande oportunidade Institucional. Evento Nacional. participam dessas ações, e muitos para os acadêmicos - não possuem disponibilidade em desenvolverem o aprendizado função de exercer outras funções acadêmico de dentro da sala de aula na teoria e na prática Mostrar as atividades interdisciplinares O projeto Dia do Ensino Responsável é uma A IES não possui uma política de O projeto já atingiu inúmeras desenvolvidas no dia-a-dia dentro da iniciativa da Associação Brasileira de benefícios aos professores que comunidades/bairros de instituição para a comunidade em geral Mantenedoras das Instituições de Ensino participam dessas ações, e muitos Macapá com um atendimento Superior Particular - ABEMS não possuem disponibilidade em aproximado de pessoas. função de exercer outras funções Todos os anos a Faculdade ganha o Selo de Instituição Socialmente Responsável. Fortalecer ações de valorização ao profissional das diferentes áreas. Realização de Jornadas acadêmicas, sobre Comunicação, Comunicação Política e Alternativa. Falta de envolvimento dos acadêmicos na produção de trabalhos a serem apresentados e discutidos no Evento. Mostra a preocupação da faculdade em valorizar os profissionais que forma, proporcionando capacitação e conhecimento além sala de aula. 58

59 Prestar apoio psicológico e atendimento Ação Social às vítimas de incêndio Não houve divulgação desta Iniciativa dos docentes e de enfermagem às vítimas do incêndio ação. discentes; do Bairro Perpétuo Socorro ocorrido na O alcance da ação; cidade Macapá. O desenvolvimento do lado Arrecadar alimentos, roupas e produtos humanitário e responsabilidade de higiene, entre outros. social dos acadêmicos; Discutir a atualização dos temas de importância nas mais diversas áreas de atuação do nutricionista. Foram realizadas palestras e apresentação de trabalhos que visam a orientação e conscientização da comunidade com relação as boas prática de saúde através da alimentação. Os acadêmicos só se inserem em projetos como esses por comprometimento com a disciplina, a ação voluntária é fragilizada. Oportunizar aos acadêmicos a interação com os problemas sociais através dos hábitos alimentares da comunidade. Comemorar com programação informativa e mostrar as possibilidades da profissão dos cursos de graduação da Faculdade Programação informativa sobre as possibilidades da profissão de relações públicas com realização de palestras e debates específicos para a comunidade. Os acadêmicos só se inserem em projetos como esses por comprometimento com a disciplina, a ação voluntária é fragilizada. Mostra a preocupação da faculdade em valorizar os profissionais que forma, proporcionando capacitação e conhecimento além sala de aula. 59

60 Fortalecer parcerias entre as instituições do ensino superior e a sociedade para a formação acadêmica cidadã e permitir troca de experiências. Foram realizadas ações sociais nas Unidades de atendimento do Tribunal de Justiça do Amapá, com a participação de todos os cursos de graduação da Faculdade, na realização de serviços de teste de glicemia, vacinação, ginástica laboral, avaliação nutricional, Não se possui uma política de benefícios aos professores que participam dessas ações, e muitos não possuem disponibilidade em função de exercer outras funções. O Projeto é todo financiado pelo Tribunal, todo material de consumo e logística é de responsabilidade dos Coordenadores do da parceria do Projeto do Tribunal. atendimento psicológico e aferição de pressão arterial, além de orientações sobre hipertensão, e DSTs. Recepcionar de forma integrada e humanizada os calouros baseada na realização de ações sociais voluntárias. Contemplou a execução de atividades de ordem ambiental e reciclagem. No primeiro semestre e no segundo semestre de 2013 o foco foi a área de acessibilidade educacional, de transporte e social Percebe-se a falta de participação e pouco interesse dos calouros na execução das atividades A possibilidade dos acadêmicos em desenvolverem ações em benefício do homem, e agregar valores sociais e culturais para serem desenvolvidos futuramente. Discutir as temáticas pertinentes ao conjunto da sociedade moderna com os acadêmicos do curso de graduação Apresentação de filmes e discussão sobre a abordagem cênica e representação social da morte. Observa-se que os demais cursos da Faculdade ainda não se proporem no fortalecimento, suas ações são individuais e não coletivas. Projeto muito aceito no meio acadêmico e pela área da saúde. Houve muita procura pela sociedade externa. 60

61 Realizar atendimento na área da saúde aos colaboradores de Instituições Públicas e privadas Foram realizadas de ações sociais nas, com a participação de todos os cursos de graduação da Faculdade, na realização de serviços de teste de glicemia, vacinação, ginástica laboral, avaliação nutricional, atendimento psicológico Não se possui uma política de benefícios aos professores que participam dessas ações, e muitos não possuem disponibilidade em função de exercer outras funções. O Projeto fortalece parcerias com Instituições públicas e privadas dentro da sociedade Amapaense. e aferição de pressão arterial, além de orientações sobre hipertensão, e DSTs. Promover a integração entre todos os cursos da SEAMA com atividades integradas/planejadas e sincronizadas. Foram realizadas ações sociais em locais previamente definidos para atender a população em geral, com a participação de todos os cursos de graduação da Faculdade, na realização de serviços de teste de glicemia, Não se possui uma política de benefícios aos professores que participam dessas ações, e muitos não possuem disponibilidade em função de exercer outras funções. A sociedade de forma em geral tem a oportunidade de conhecer os cursos de graduação da Faculdade em um único espaço. vacinação, ginástica laboral, avaliação nutricional, atendimento psicológico e aferição de pressão arterial, além de orientações sobre hipertensão, e DSTs. Foram realizadas palestras e capacitação aos colaboradores da SEAMA. 61

62 Criar um grupo de profissionais para interagir no atendimento Psicológico junto a comunidade Foram realizadas ações preventivas com a participação de acadêmicos do curso de Psicologia com supervisão de professores em vários setores sociais da comunidade amapaense. Existe pouca adesão de professores e alunos na execução dessas atividades, muitos não possuem tempo disponível em função de exercerem outras atividades externas. Possibilita aos acadêmicos desenvolverem ações em benefício do homem, e agregar valores sociais e culturais para serem desenvolvidos futuramente. Fortalecer parcerias Institucionais voltadas a juventude Foram realizados atendimentos aos peões de prevenção e reabilitação aos peões participantes da Expofeira do Amapá. Geralmente esses tipos de projetos possuem uma demanda externa que não constam no planejamento do curso. Proporcionado aos acadêmicos do curso de Fisioterapia em desenvolverem ações em benefício do homem, e agregar valores sociais e culturais para serem desenvolvidos futuramente. - Proporcionar uma maior socialização da comunidade acadêmica. - Proporcionar a interação da Seama com a comunidade em geral Festa Junina: Trata-se de um evento aberto, que possibilita aos acadêmicos a realização de atividades que valorizem o folclore brasileiro, com a venda de iguarias típicas da época, com o objetivo de arrecadarem recursos para suas formaturas e adesão aos projetos sociais da SEAMA como o Programa Seama Comunidade.. Pouca participação do corpo acadêmico nos festejos e organização do evento A Festa Junina é tradiação no Estado do Amapá sendo muito esperada a todo ano. 62

63 Contemplar as propostas da Instituição como gente ensinando gente e o despertar dos interesses pelas ações sociais, particularmente em contribuir para o desenvolvimento do humanismo O Evento proporcionou aos participantes (discentes) um momento de reflexão e participação ativa com os alunos professores e colaboradores em geral da Escola Estadual Maria Virugulino, assim como, inter-relacioná- Os acadêmicos inserem-se em projetos como esses por comprometimento com as disciplinas acadêmicas, a ação voluntária é fragilizada. Oportunizando assim, aos alunos do curso, o processo de formação e desenvolvimento das habilidades multiplicadoras, abordando a diversidade da para a construção de um profissional los as questões sobre acessibilidade, questões linguagem científica/popular no promissor. ambientais e saúde pública como um interesse contexto da educação ambiental coletivo. e saúde. Realizar de doação de equipamentos O Projeto oportunizará a inclusão digital de A dificuldade de encontrar Projetos como esse sobressalentes comunidades carentes através da doação de Instituições que se encontram oportunizam a comunidade computadores a instituições filantrópicas na quites com suas obrigações beneficiada melhoria da cidade de Macapá-AP. Ao total serão Cadastrais no Ministério da Fa O qualidade de vida e beneficiadas cerca de pessoas. Projeto oportunizará a inclusão complemento na renda familiar. digital de comunidades carentes através da doação de computadores a instituições filantrópicas na cidade de Macapá-AP. Ao total serão beneficiadas cerca de pessoas. 63

64 Objetivos do Projeto Criar um espaço de acolhimento, no qual foram desenvolvidas atividades de cunho terapêutico, recreativo, lúdico. Realizar escuta psicoterapêutica de pessoas que estavam vivenciando crises existenciais. CURSO: PSICOLOGIA Ações Realizadas Ação do Dia da Criança Ação aos servidores do Tribunal de Justiça do Amapá - TJAP Fragilidades Resultados alcançados - Não houve apoio institucional para o desenvolvimento da mesma, todos os recursos utilizados foram fornecidos pelos próprios acadêmicos. - Falta de divulgação da IES, já que se tratava de uma ação institucional. Potencialidades Os acadêmicos desenvolveram as atividades e estavam bastante comprometidos com as propostas por eles lançadas. A atividade aconteceu na clínica de Psicologia e, isto foi muito positivo, pois os acadêmicos tiveram a oportunidade de aproveitar o espaço para além das atividades clínicas psicoterapêuticas. Todas as crianças que participaram da ação se envolveram com as atividades. 64

65 Objetivos do Projeto Oferecer a comunidade serviços tecnológicos com baixo custo. - Divulgar junto aos alunos de escolas públicas informações sobre segurança na Internet CURSO: REDES DE COMPUTADORES Ações Realizadas Trabalho que envolveu os cursos de Redes de Computadores e Sistema de Informação, onde os alunos realizaram diversos serviços no valor de R$ 1,0 para a comunidade. Foi realizada palestra sobre segurança na Internet para uma escola pública do ensino médio Resultados alcançados Fragilidades Potencialidades Baixa divulgação do Projeto. Atendimento a comunidade externa e interna da IES. Baixa adesão da Escola definida Participação dos acadêmicos para a ação. em eventos sociais. Objetivos do Projeto Realizar Treinamento e Capacitação Sobre Desenvolvimento de Aplicativos para Dispositivos Móveis Trabalho de serviços de 1 real CURSO: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Resultados alcançados Ações Realizadas Fragilidades Potencialidades Projeto não realizado Não houve o mínimo de inscrições de alunos Trabalho que envolveu os cursos de Redes de Da mais publicidade a eventos Computadores e Sistema de Informação, onde com esse. os alunos realizaram diversos serviços a valor de 1 real para a comunidade. Atendimento a comunidade externa e interna da IES. 65

66 Palestra sobre segurança na Internet 2 alunos realizaram uma palestra sobre Poucos alunos da escola Participação dos alunos em segurança na Internet para uma escola pública participaram da palestra. eventos sociais. do ensino médio 66

67 Objetivos do Projeto Coletar dados acerca dos valores de pressão arterial, índice de massa corpórea, IMC, e glicemia capilar de discentes e funcionários. Utilizar os dados coletados para promover ações de educação e saúde dos envolvidos, promovendo a prevenção e combate de doença arterial. CURSO: ENFERMAGEM Resultados alcançados Ações Realizadas Fragilidades Potencialidades -Número de alunos relativamente grande para um bom acompanhamento da ação; - Espaço escolhido pequeno para comportar discentes e clientes; PROJETO SÊMIO - falta de importância dado por alguns alunos e clientes. - Tabulação de dados para proporcionar pensamento crítico-reflexivo pelos alunos a respeito dos indicadores de saúde e possíveis intervenções; -Exercício das práticas para o melhor resultado das práticas semiológicas. 67

68 Resgatar a história da enfermagem nas.- personagens de Florence Nightingale e Anna Nery. As acadêmicas se envolveram Enfatizar a história bem como apresentar aos convidados o símbolo da enfermagem em mãos. PROJETO CONSTRUINDO UM SABER A relação interpessoal ainda é um grande obstáculo nas relações acadêmicas. plenamente na execução da atividade e possibilitou a participação da turma, o fortalecimento da ralação Produzir um cenário com característica interpessoal bem como a de imagem do início do século. construção do saber coletivamente, troca de saberes e experiências 68

69 Desenvolver uma ação educativa do -Falta de tempo para dar Os acadêmicos se envolveram curso de enfermagem para atenção e continuidade em uma segunda plenamente na execução da promoção da saúde com os etapa das vacinas por não ter atividade e possibilitaram o funcionários da FUNASA. tempo no calendário acadêmico; fortalecimento da ralação interpessoal bem como a Possibilitar aos estudantes envolvidos -Falta de cumprimento no horário construção do saber; ampliar a visão crítica frente a estabelecido para execução do Participação de quase a realidade da saúde, proporcionando PROJETO FUNASA projeto; totalidade dos funcionários da assim uma atenção transdisciplinar instituição; ofertando serviços voltados para -Espaço inapropriado para fazer Preocupação com a sua saúde qualidade de vida aos clientes que ali vacina. visto que a FUNASA trabalha trabalham e assim potencializar suas com prevenção de doenças; práticas acadêmicas em saúde voltadas Feito 113 doses de vacinas na para um compromisso social. faixa etária de 15 anos há mais de 60 anos com calendário vacinal em atraso. 69

70 Formar acadêmicos com capacidade técnica que possa representar o elo -Diminuição dos indicadores principal de contato entre o cliente e epidemiológicos; discente tornando estes porta- voz das -Contribuir com atenção básica; instituições representadas; -Oportunizar a teoria/ prática em campo dos acadêmicos; Praticar uma assistência sistematizada -Ter conseguido parceria com o voltada a realmente atender o paciente -Demora na resposta por Município para trabalharmos segundo suas necessidades através de questões de tramitação interna do para um bem comum e protocolos de linha de cuidado integral PROJETO CONSULTÓRIO CLÍNICO projeto dentro da prefeitura da fortalecimento dos objetivos; fortalecendo a atenção primária de cidade. -Desenvolvimento de um curso saúde; mais humanitário próximo da comunidade e com Melhorar os indicadores de saúde da compromisso social; região, diminuindo o índice de morbimortalidade da população; Integralizar as ações de ensino e pesquisa no âmbito da atenção primária á saúde do município de Macapá com instituição pública e privada. 70

71 Contribuir a todos os profissionais da saúde que envolvidos no cotidiano do cuidado aos clientes portadores de lesões de pele possa prestar um excelente cuidado a portadores de ostomia com princípios humanizados evidenciando impacto na prática diária da equipe multiprofissional. MINI- CURSOS: FERIDAS, OSTOMIA. -Falta de compromisso dos acadêmicos na Adesão ao curso proposto com muito carinho. -Contribuir para o complemento de fragilidades percebidas pelos docentes em sala de aula e campo de estágio. 71

72 Formar acadêmicos com capacidade técnica que possa representar o elo principal de contato entre o cliente e discente tornando estes porta- voz da -Falta de adesão dos discentes e instituição representada; compromisso com o projeto divulgado antecipadamente; -Perceber que o tempo em sala Praticar uma assistência sistematizada não é o suficiente para voltada a realmente atender o paciente -Tempo insuficiente para desenvolver a contento e segundo suas necessidades, habilitando assuntos muito complexo minunciosamente de o acadêmico a reconhecer distúrbios deixando a desejar no terminados assuntos para ventilatórios e hemodinâmico para MINI-CURSO:GASOMETRIA complemento do assunto; complemento da ementa e atuar com precisão em urgência e ARTERIAL,VENTILAÇÃO MECÂNICA, satisfação de um bom preparo emergência; REANIMAÇÃO CARDIO PULMONAR E - Envolvimento dos discentes nas acadêmico, formando assim ESCALA DE SERVIÇOS dinâmicas realizadas; profissionais realmente Capacitar os discentes para que possam competentes e preparados. interpretar exames; e que ele sirva de - Dificuldade de adesão dos auxílio no diagnóstico para uma docentes em ministrar o curso sistematização da assistência de enfermagem com qualidade; Qualificar discentes para construir escala de trabalho tendo como base dimensionamento de pessoal e leis trabalhistas dentro dos preceitos éticos e legais. 72

73 - Trabalhar a temática sustentabilidade.-ter que desenvolver o -Instigar o acadêmico a ter e acessibilidade como forma de compromisso sobre uma desde a base compromisso sensibilizar o novo egresso com as temperatura absurda e a imprensa social para formação de questões sociais; TROTE ACADÊMICO não dar atenção devida. excelência deste aluno. - Mobilizar a comunidade quanto as questões sociais de forma educativa e construtiva para sociedade e acadêmicos. - Proporcionar relação teoria- prática; -Importância não dada as ações - Transmitir a mensagem e - Diminuir os indicadores da atenção pelos diretores da escola perceber que objetivo foi básica; AÇÕES NAS ESCOLAS -Dificuldade de espaço físico atingido através de ações tão - Melhorar os indicadores -Dificuldade de liberação dos simples; epidemiológicos e possíveis alunos para ação e -Perceber a interação dos intervenções acompanhamento dos professores acadêmicos ao desenvolver o deixando os alunos livres. trabalho - Melhorar os indicadores de saúde - Início da ação fora do horário - Atender a quase todos os nesta população específica; proposto; funcionários deste setor; - Promover a saúde do trabalhador AÇÃO NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA -Adesão em grande procura dos ofertando conhecimento através de -Falta de compromisso dos serviços pelos funcionários; orientações, controle de pressão artéria, alunos. -oportunidade prática dos glicemia capilar e vacinação. acadêmicos. 73

74 - Melhorar o desempenho do discente em argumentar artigos e ter uma leitura crítica nas áreas da Fisiopatologia e Doenças do Metabolismo; - Consolidar as práticas interdisciplinares SEMINÁRIO INTERDISCIPLINAR Dificuldade de dados sobre as referidas patologias estudadas; - Falta de comprometimento no desenvolvimento do trabalho; Possibilidade de leitura crítica e bem argumentada sobre artigos científicos publicados nas áreas de fisiopatologia e doenças do metabolismo, bem como a sua relevância nos cuidados de Enfermagem. Desde o início de sua criação, a Faculdade SEAMA realiza ações que tem como objetivo atender a dois níveis: o público interno e ao público externo. O público interno relaciona-se com os trabalhadores e, a todas as partes afetadas pela IES e que, podem influenciar no alcance de seus resultados. O nível externo são as consequências das ações da Seama sobre o meio ambiente, os seus parceiros de negócio e o meio em que está inserida. Entendendo a importância social das ações acadêmicas e impactos das atividades científicas, técnicas e culturais, para o desenvolvimento regional e nacional a Responsabilidade Social da Faculdade SEAMA une forças entre seu corpo docente e administrativo em a ações desenvolvidas contam com a participação de docentes dos cursos de graduação da IES. Essas ações envolvem os alunos em atividades de compromisso social, cuja repercussão traz benefícios para a formação humana de todos os envolvidos e impactos pela ação. A Faculdade SEAMA tem participado levando seus acadêmicos e professores até espaços públicos com vários tipos de atendimento à comunidade externa consolidando nos acadêmicos o sentindo de responsabilidade social coletiva em prol da cidadania, do desenvolvimento e da defesa dos interesses de sua comunidade, além de dar visibilidade ao setor de ensino superior particular. As principais ações são voltadas ao 74

75 atendimento e parceria com Instituições públicas e privadas cujo objetivo é proporcionar a comunidade acadêmica experiências norteadoras ao desenvolvimento humano. As Ações promovidas são voltadas ao desenvolvimento da democracia, promoção da cidadania, de atenção a setores sociais excluídos, políticas de ação afirmativa etc. A IES possui, ainda, o programa de bolsa PROUNI, destinado àqueles alunos economicamente necessitados, egressos de escolas públicas e que demonstrem interesse em adentrar no ensino superior. Além disso dispõe do Financiamento FIES e Política de Bolsas que facilitam o acesso ao Ensino Superior. 75

76 2.4. DIMENSÃO 4 COMUNICAÇÃO COM A SOCIEDADE Objetivos do Projeto Estabelecer canal de escuta e fala com acadêmicos Ações Realizadas - Café com a Diretora Essas ações garantem um melhor entendimento das necessidades diretas do corpo discente, bem como suas perspectivas em relação ao rumo trilhado pela Instituição. Resultados alcançados Fragilidades Potencialidades A falta de compromisso de alguns representantes de turmas com relação a importância de sua função. - Os Projetos se aprimoram a cada ano e consolidam a responsabilidade da Faculdade com as lideranças das turmas dos cursos de graduação. - Os encontros favorecem a interação entre os acadêmicos, a direção e o corpo técnico acadêmico. -Encontro Geral de Representantes de Turma da Faculdade Estácio Seama: Apresentação dos dados da Comissão própria de avaliação, enfocando a importância da participação dos acadêmicos no preenchimento dos formulários durante a coleta de dados da CPA, para o desenvolvimento da comunidade interna Seama, e fazer com que os representantes de turma compreendam a importância do papel que eles exercem, pois são multiplicadores das inúmeras informações institucionais, transmitidas pelo professor, coordenador e/ou Diretores da Faculdade. 76

77 Comunicar através de material impresso as atividades da IES e favorecer a comunicação com seus diferentes públicos. Ser referência quanto às informações. Disponibilizar documentos para os estudantes Disponibilização do resumo PDI e PPI na página da CPA, no site institucional. Disponibilização, na íntegra, do PDI e PPI na Biblioteca da IES. Incentivar e manter a fidelização do egresso e seu relacionamento com a instituição de ensino. Divulgar na mídia local as atividades realizadas pelos acadêmicos Favorecer o acesso da comunidade ao trabalho desenvolvido por meio da Seama O Boletim SEAMA é um periódico semestral distribuído de forma gratuita a toda comunidade acadêmica. Traz informações a cerca da instituição, calendário, eventos acadêmicos e assuntos relevantes e de interesse da comunidade. A SEAMA mantém um portal na internet (http://portal.seama.edu.br) este é atualizado diariamente dispõem de informações referentes à instituição, documentos e informações sobre os cursos de graduação e pós-graduação. Disponibilização dos documentos oficiais (PDI, Regimento) da IES na Biblioteca. O portal do Egresso, canal de relacionamento com o egresso. Divulga informações sobre mercado de trabalho, eventos institucionais, vagas de emprego e cadastro para os egressos. A SEAMA possui parceria com os principais veículos de comunicação do Estado com o intuito de informar suas ações institucionais. Ações Sociais, Eventos dos cursos, artigos de acadêmicos e professores, informações sobre mercado de trabalho para atuação do profissional dos cursos da SEAMA. Demora na confecção A velocidade da internet no Estado dificulta o acesso ao site. - É entregue, pessoalmente, aos acadêmicos através dos coordenadores de curso. - Material de ótima qualidade e com informações de todas as áreas, atendendo demandas dos alunos. É um canal completo de informações permite uma visão panorâmica da IES. Seja para um estudante quanto para comunidade local. O aluno interessado pode buscar os documentos na Biblioteca. É uma referencia para a comunidade interna e externa sobre onde obter informações a cerca da Seama. 77

78 Priorizar a comunicação como forma de potencializar a missão da IES e sua execução. Interagir de forma instantânea com o acadêmico e comunidade e disponibilizar notícias com rapidez. Criação de uma área de Comunicação composta por profissionais técnicos. Perfil oficial nas redes sociais twitter e facebook são atualizadas diariamente notícias, informes, fotos, dicas e curiosidades linkados ao site da IES. Funcionário atento e respondendo ao aluno. A equipe faz um filtro dos tweets e encaminhar para aos devidos interessados dando retorno aos internautas. Assim consegue-se difundir informações e filtrar oportunidades. Melhoria da comunicação interna e externa. Valorização e auto-estima dos profissionais que visualizam melhor a realização de seu próprio trabalho. Reconhecimento da comunidade onde atua, visto o n crescente de solicitações de ações externas, pela comunidade. É um ótimo canal compartilhamento de comunicação. Difundir informações e filtrar oportunidades. Comunicação efetiva com o quadro de colaboradores e equipe docente Integração e interação de seus funcionários. A intranet é de uso exclusivo dos colaboradores, o espaço é alimentado diariamente com notícias, envolve todas as áreas que compõe a IES. Nela são divulgadas informações institucionais, acadêmicas, links para acesso ao Ambiente Virtual do Professor (AVP), contra-cheque, serviços de utilidade pública, links com parceiros (Bancos, ministério da Educação, etc...) canal aberto com o funcionário para troca de informações. Lentidão da internet para fazer download de manuais. Funciona como uma central de informações e documentos para funcionários. Além disso, permite acesso a rede social do colaborador. 78

79 Oficializar informações e apresenta-las de forma pública aos públicos de interesse. Difundir informações internas, interação entre os colaboradores de forma ágil. A IES possui murais distribuídos em todos os pavimentos de seus prédios e setores, neles são divulgadas informações relevantes acerca da IES, dos seus cursos, eventos internos e externos. Reuniões Gerais mensais com troca de informações relevantes e apresentação de realizações do mês anterior e metas para o mês seguinte. Falta de atenção para publicações. Pouca adesão docente. Forma pública de informar os acontecimentos. Sistemática da proposta; Boa adesão do corpo técnico-administrativo; Melhoria na comunicação interna. Receber as sugestões e/ou críticas e reclamações da comunidade acadêmica, compreendendo alunos, professores, funcionários e a comunidade externa, sobre o atendimento, instalações e serviços oferecidos na instituição. Rede social interna que permite compartilhar informações essenciais para o desempenho das atividades exercidas pelo colaborador. A Ouvidoria atua personalizada presencial e por meio do canal virtual. É isenta, assegurando o sigilo absoluto como forma de preservar a identidade do manifestante. O setor funciona diariamente, de segunda à sextafeira, das 14:00 às 22h. Pouca procura pelo serviço. Oportunidade de maior divulgação do serviço. Oferecer um serviço de escuta e registro de insatisfações, servindo como referência para intervenções. Fórum dos Representantes- Reunião semestral com apresentação dos resultados da CPA e canal de acolhida das falas dos acadêmicos. 79

80 Agilizar a difusão de informações Reuniões Gerais de funcionários, mensais. Envio de com comunicados oficiais sempre que necessário. Os s são organizados por grupos, professores, acadêmicos, e funcionários administrativos da IES. Contém informações importantes, como portarias, normatizações, convocações para reuniões e eventos da IES. Alguns docentes preferem usar seu pessoal, dificultando a comunicação com eles. Abrangência e rapidez na socialização de informações. A Faculdade Seama possui uma política de comunicação institucional, com o objetivo de nortear e integrar os projetos, programas e ações. Para isso passou a organizar e gerenciar estratégias e meios para a definição e consolidação de sua comunicação interna e com a sociedade em geral introduzindo diferentes meios de comunicação como ferramentas para a comunicação eficiente da IES. As estratégias e os meios utilizados são gerenciados por meio do setor de comunicação que visa promover o fortalecimento da imagem pública externa da Faculdade SEAMA, divulgando, de forma contextualizada, a trajetória histórica da Instituição, seus cursos, programas institucionais e projeto de desenvolvimento. A comunicação flui por meio de informes e jornais impressos na Instituição, gráficas terceirizadas, notícias veiculadas em murais, s, painéis, outdoor, revistas, jornais, informativos internos, reuniões gerais, rádio, TV e demais órgãos de comunicação de massa, visitas a empresas e instituições de ensino médio, políticas de marketing, além da Internet por meio de redes sociais e o portal oficial da IES. O portal oficial da IES prima pelo cumprimento da missão institucional da Faculdade Seama, desta forma busca dar acesso às informações pertinentes a unidade aliando valores e missão da unidade. São publicadas informações de natureza acadêmica, administrativa e financeira sobre a Instituição, especialmente sobre os cursos e as condições em que são oferecidos. As informações podem ser acessadas no endereço eletrônico portalseama.edu.br 80

81 Diariamente, temos a troca de informações através de , info, atualização do site e redes sociais, publicações na intranet, troca de informações através telefones, call, videoconferência, reuniões e outras atividades com o intuito de alinhar o que está acontecendo na unidade. Além disso, nossos colaboradores possuem reuniões periódicas com seus gestores responsáveis e deixá-los atualizados sobre as atividades da IES. E uma vez ao mês todos os colaboradores participam de uma reunião geral com a diretoria geral para feedback aos colaboradores. Já os acadêmicos têm canal aberto com os coordenadores, além de fórum de representantes e meios de comunicação como jornal impresso da Faculdade Seama, site e redes sociais. Os perfis nas redes Facebook e Twitter são atualizados pelo menos três vezes ao dia e de acordo com a necessidade com mais freqüência para que nosso acadêmico esteja sempre antenado com as atividades de sua IES. 81

82 2.5. DIMENSÃO 5 AS POLÍTICAS DE PESSOAL, DE CARREIRAS DO CORPO DOCENTE E CORPO TÉCNICO-ADMINISTRATIVO, SEU APERFEIÇOAMENTO, SEU DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL E SUAS CONDIÇÕES DE TRABALHO. Objetivos do Projeto Desenvolver, capacitar e integrar o reconhecimento dos docentes que se destacaram por sua prática. - Valorizar o docente visando a qualidade dos serviços e melhoria do clima organizacional. Ações Realizadas Participação de oito docentes no PIQ Fórum evento nacional que reuniu docentes de todas as unidades que integram o grupo Estácio. Piq Mérito: Recebimento por dois professores de Bolsa de Mestrado Aprovação de dois docentes no Mestrado Saúde da Família ofertado pela Estácio. Custeio com passagem, hospedagem de professor do curso de Sistema de Informações para participar de evento fora do Estado. Fragilidades Resultados alcançados - Existência de mais 06 docentes que não foram contemplados com bolsa para mestrado. -Baixo apoio financeiro aos professores para participarem de eventos científicos. Potencialidades - Troca de experiência entre docentes de todo o Grupo Estácio. - Contribuição para a elevação do clima organizacional. - Aumento futuro de professores com stricto senso. - Contribuição para a elevação do clima organizacional. - Investimento nos docentes do Estado do Amapá. - Reconhecimento pelo trabalho desenvolvido pelo professor. - Contribuição para melhoria do clima organizacional. 82

83 -Oportunizar, fidelizar e fortalecer a equipe de colaboradores; -Promover satisfação e bom clima interno -Realização de processo seletivo semestral para docentes, através da publicação de edital. -Desconto e/ou isenção no pagamento de serviços prestados pelos Centros Clínicos da IES para o colaborador e seus dependentes; -Ambiente de descanso para colaboradores, com espaço para refeição. -Política de feedback e autoavaliação. -Reuniões mensais informativas -Comemoração mensal dos aniversariantes do mês - Homenagens em datas especiais- Dia das mães, pais, professores, etc. -Falta de mão de obra disponível e/ou qualificada no Estado do Amapá; -Não implantação do Plano de Cargos, Salários e Carreira Docente. -Política de Recrutamento e seleção dos colaboradores composta por equipe técnica qualificada; - O funcionamento da Meritocracia dentro da IES. - Desenvolver colaborações no intuito de prevenir acidentes de trabalho. Curso de Prevenção de Acidentes do Trabalho - CIPA. - Faltou dinamismo nas aulas teóricas. - Conteúdo utilizado nas aulas estava desatualizado. - Treinamento prático interativo. - Participação de colaboradores que não são da CIPA Colaboradores aptos para lidarem com situações de acidente na instituição. - Capacitar colaboradores para a nova dinâmica de atendimento que visa organizar os processos e melhor atender o aluno. Atendimento Agendado - Pouco tempo. -Faltou o momento prático do treinamento, uma vez que, a ferramenta ainda não estava - Ajudou os colaboradores a desempenharem a prática de atendimento agendado com mais agilidade e facilidade. disponível na unidade. - Capacitar o colaborador para o período de renovação de matrícula. Renovação Antecipada/ Renovação - Estabeleceu um padrão para o atendimento sobre os procedimentos adotados. 83

84 - Ampliar e disseminar informações sobre os procedimentos do Fies e do PROUNI. - Promover o desenvolvimento profissional dos colaboradores, com estímulo de autodesenvolvimento e fortalecimento de competências. - Capacitar para implantar o sistema nas unidades. - Expor resultados, falar de melhorias e novidades na área comercial. - Capacitar acerca das políticas e legislação do ensino superior. Fies/ PROUNI - Numero maior de colaboradores capacitados para prestarem informações aos alunos. Portfólio de treinamento - Disponibiliza vários cursos de capacitação on-line para todos os colaboradores. Treinamento do PERGAMUM - Bibliotecária de licença maternidade. - Colaborador responsável não Workshop de Comerciais PCG: Políticas e Legislação do Ensino Superior pode participar ativamente do treinamento por não ser o bibliotecário. Quadro de colaboradores docentes e sua titulação, no ano de Titulação N % Especialista Mestre Facilidade para manusear o novo sistema. - Pessoas capacitadas para ministrar o treinamento. - Propagação do treinamento para demais colaboradores da biblioteca. - Amostra das melhores práticas das unidades do Brasil para captação. - Conhecer a realidade de outros estados. Possibilitou ampliar o conhecimento referente a Legislação Educacional, Cultura Organizacional (Missão, Visão e Valores), desenvolver habilidades que possibilitam ser um líder como "Agente de Comunicação e Transformação". 84

85 Doutor 04 4 Total Regime de N % Trabalho Horista Parcial Integral Total DIMENSÃO 6 ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DA INSTITUIÇÃO A gestão democrática educacional, também conhecida como gestão participativa, indica que as instituições educacionais atuais vêm assumindo uma postura inovadora frente a essa recente perspectiva de administração. Nesse modelo de gestão, a comunidade participa ativamente do cotidiano acadêmico, e cabe ao gestor facilitar a aproximação da comunidade junto aos trabalhos pedagógicos, compartilhando suas metas e oportunizando que todos dêem sugestões nas propostas educacionais. O envolvimento dos acadêmicos, professores, colaboradores técnico-administrativos e comunidade externa na rotina escolar, ao contrário do que se pensa, não demanda que os mesmos detenham conhecimentos pedagógicos específicos, mas sim que contribuam no desenvolvimento de práticas de incentivo, oportunizando uma aproximação entre a IES e todos os envolvidos, garantindo bons resultados nessa parceria de sucesso. Assim, para que a Faculdade Seama conquiste uma educação digna de excelência, é necessário o envolvimento da sociedade (professores, alunos, funcionários, gestores, etc.) neste modelo de gestão democrática, que visa assegurar um ensino de qualidade e acessível a todos. 85

86 Para tanto, a Lei das Diretrizes e Bases da Educação, nº 9.394/96, objetivando assegurar esta gestão democrática, estabelece em seu Art. 12 que as Instituições de Ensino têm como incumbência, dentre outras, articular-se com as famílias e a comunidade, criando processos de integração da sociedade com a escola. Por fim, pode-se perceber que o atual modelo de gestão participativa da Faculdade SEAMA gera benefícios em todos os âmbitos relacionados, tanto para a população quanto à comunidade escolar, além de garantir a relação de respeito e confiança com a Instituição, promovendo sua valorização junto à sociedade. Assim, os programas e projetos desenvolvidos na área do ensino têm trazido como princípio alguns elementos importantes, quais sejam: preocupação com a melhoria da qualidade da educação, com foco na eficiência; ênfase nos aspectos pedagógicos da organização escolar; implementação de políticas de descentralização do poder, proporcionando maior autonomia para as IES; envolvimento da comunidade nos assuntos escolares, principalmente no controle da gestão escolar; apoio às reformas curriculares e estratégias para capacitação de professores; entre outros. Objetivos do Projeto - Promover o acolhimento dos de professores e acadêmicos a cada novo semestre. - Promover ações tendo a comunidade acadêmica participando da organização. Ações Realizadas - Projeto Boas Vindas : apresentação da IES aos alunos calouros, com atividades de responsabilidade social, conhecimento da estrutura da IES, quadro docente etc. - Festa Junina, Colóquio de Iniciação Científica, Dia E Fragilidades Resultados alcançados - Estruturação de diversas atividades acadêmicas para ocorrerem ao mesmo tempo. Potencialidades - Motivação dos alunos para o inicio da vida acadêmica. - Participação efetiva dos alunos na organização dos eventos. 86

87 Alteração do Sistema de informações, (RM para Alteração do Sistema de - Dispêndio de energia com - Excelente sistema de SIA) passando por migração dos dados. Informações com migração de correção de inconsistências de informações, visto que integra todos os dados acadêmicos e migração; acadêmico e financeiro, sendo o financeiros para o SAI (Sistema - Envolvimento de tempo para mesmo sistema utilizado pelo de Informações Acadêmicas) aprendizado no novo ambiente de corpo funcional, discentes e trabalho; docente. - Ambiente amigável, que engloba toda a vida acadêmica do aluno e ainda os recursos oferecidos, como biblioteca virtual; ambiente de estágio emprego, etc. Integração física e organizacional das áreas de Reformulação do espaço físico - Demora na entrega dos espaços - Reorganização dos papeis do trabalho afins, no acadêmico. acadêmico e dos papeis da área demandado improvisação dos grupo de trabalho e novas acadêmica: coordenação de espaços; ferramentas a partir da cursos, coordenação acadêmica migração do SIA (Nipee, sala dos professores, -Melhora no fluxo de espaço para professores TI/TP, comunicação e efetividade das Sala do Regulatório). ações -Maior conforto no ambiente de trabalho, gerando maior satisfação; 87

88 Implantação da GDA (Gestão do Desempenho - Implementação de agenda -Aculturamento de disciplina -Compartilhamento de Acadêmico) sistema de reuniões acadêmicas. semanal de reuniões entre equipe para responder as pendências problemas e decisões; com pauta e ata de necessárias e definidas em -Agilidade da comunicação e acompanhamento de pendências reunião; resolução de pendências - Melhora no clima interno Integração física e organizacional das áreas de Reformulação do espaço físico - Demora na entrega dos espaços - Reorganização dos papeis do trabalho afins, na Gerencia administrativa. administrativo e dos papeis de demandado improvisação dos grupo de trabalho; cada funcionário em suas espaços; - Melhora no fluxo de atividades: RH, compras, comunicação e efetividade das financeiro, negociação, ações; infraestrutura; -Maior conforto no ambiente de trabalho, gerando maior satisfação; Implantação da GDO (Gestão do Desempenho - Implementação de agenda -Aculturamento de disciplina -Compartilhamento de Operacional)- sistema de reuniões administrativas. semanal de reuniões entre equipe para responder as pendências problemas e decisões; com pauta e ata de necessárias e definidas em -Agilidade da comunicação e acompanhamento de pendências reunião; resolução de pendências - Melhora no clima interno Reformulação dos papeis da equipe de Atendimento, Implementação de atendimentos - Necessária divulgação dos - Melhor qualidade no com organização de espaços. específicos para a área: espaços de atendimentos atendimento prestado atendentes específicos para -Maior conforto para os alunos Prouni, Fies, negociação, material didático e Ouvidoria 88

89 Implantação da GDO (Gestão do Desempenho - Implementação de agenda Operacional)- sistema de reuniões administrativas semanal de reuniões entre equipe com Gestor de Unidade e Acadêmico. com pauta e ata de acompanhamento de pendências Estabelecer Planos de Ação com método e Implantação de metodologia de acompanhamento efetivo. trabalhado com Planos de Ação (PA): Plano de Ação de clima, visando melhorar o clima na unidade; Plano de Ação de Receitas, visando melhorar a performance da unidade em sua arrecadação; Programa de Excelência em Gestão -PEG Adesão ao Programa de Excelência de Gestão -Aculturamento de disciplina para responder as pendências necessárias e definidas em reunião; -Aculturamento de disciplina para acompanhar o PA e responder as pendências necessárias e definidas no prazo; - Falta de domínio no programa - Necessidade de treinamentos - Adesão parcial da equipe ao programa -Compartilhamento de problemas e decisões; -Agilidade da comunicação e resolução de pendências - Melhora no clima interno e na integração entre área acadêmica e administrativa - Utilização de metodologia para elaborar ações; - Melhora na qualidade e efetividade dos resultados planejados e alcançados; - Ferramentas de gestão que permite maior controle do trabalho realizado que impacta positivamente o aluno; 89

90 Implantação do Plano de Diretrizes Orçamentárias. Implantação efetiva de um orçamento econômico-financeiro, que permita melhor planejamento dos investimentos da Ies. - Definição de orçamento prévio baseado em perspectiva de receita demandando controle dos gastos; - Definição prévia de orçamento conforme previsão de receita permitindo planejar e executar; -Possibilidade de inovar os laboratórios e muitas demandas de infraestrutura; Plano de Cargos e Salários administrativo e Plano de Carreira Docente Projeto Eu faço ENADE Revisão do Plano de Cargos e Salários administrativo e Plano de Carreira Docente Ampliação do Projeto Eu faço Enade, com envolvimento de toda equipe gestora, visando sensibilizar o aluno para este momento de fundamental importância - Não conclusão da proposta - Revisão da proposta atual para maior satisfação do grupo de colaboradores -Parcial participação de toda - Melhoria nas ações de equipe sensibilização; - Maior adesão discente à proposta ENADE 90

91 -Reunião Geral, ocorrida mensalmente, entre Diretores e colaboradores, objetivando o compartilhamento de informações institucionais. -Investimentos em marketing e relacionamento, assim como oferecimento de treinamentos e campanhas internas de atender bem -Reuniões ordinárias com os órgãos que compõem a estrutura da IES, como Colegiado, Conselho Superior, Coordenações, Núcleos Docentes Estruturantes, etc, que garantem o envolvimento no processo decisório de todas as instâncias que compõem o cenário institucional - Possibilitar a participação da comunidade acadêmica no processo decisório da IES. - Implementar mecanismos democráticos, legítimos e transparentes de avaliação interna e externa - Melhorar a comunicação entre os atores envolvidos no processo ensino-aprendizagem, garantindo o estreitamento de relações interpessoais. Reuniões mensais de Gestão Acadêmica e Operacional - Adesão baixa dos docentes nas reuniões gerais; -Cumprimento das finalidades e objetivos estabelecidos no regimento elaborado pelos conselhos deliberativos. -Maior agilidade nas soluções de problemas. -Transparência na gestão. Aperfeiçoamento das atividades acadêmicas e da função social da Instituição A comunicação eficaz garante comprometimento da equipe e gera a segurança aos liderados. O líder tem o dever de promover uma comunicação clara e formal, com a transmissão de informações precisas, de forma a evitar mensagens distorcidas. Envio permanente de s informativos, chamados INFORMATIVOS, visando também o compartilhamento de informações gerais, juntamente com a realização das reuniões mensais. Fórum de Representantes - Reuniões semestrais com representantes de turmas, a fim integrá-los na gestão e apresentar os resultados de CPA Ambiente propício a conversações, através de reuniões ordinárias; Dirigentes com visão voltada à criação e disseminação da gestão democrática e participativa; Acadêmicos possuem fácil acesso aos dirigente e bom entendimento das atividades executadas pelos setores; Promover ações tendo a comunidade acadêmica participando da organização. Festa Junina, Colóquio de Iniciação Científica, Dia E Participação efetiva dos alunos na organização dos eventos. 91

92 Informar a comunidade os resultados obtidos pela IES. Promover apresentações de trabalhos científicos e projetos desenvolvidos no ambiente educacional, expondo a produção dos alunos para a comunidade externa. Reuniões com alunos e professores, banner s etc. Colóquio de Iniciação Científica Compartilhamento dos méritos com todos os envolvidos. Motivação dos acadêmicos e professores; Compartilhamento do resultado das atividades com a comunidade DIMENSÃO 7 INFRAESTRUTURA GERAL, LABORATÓRIOS ESPECÍFICOS, BIBLIOTECA, ACESSIBILIDADE. Objetivos do Projeto Laboratório de arquitetura e infraestrutura de redes CURSO: REDES DE COMPUTADORES Ações Realizadas Restruturação e compra de equipamentos para o laboratório de redes. Fragilidades Resultados alcançados Pouco uso ainda por parte dos professores Potencialidades Contribuição para a formação profissional prática dos alunos. 92

93 Adequação do acervo bibliográfico Realizado a compra e adequação de todo acervo bibliográfico do curso. Alunos poucos leem os livros da biblioteca. Possibilita a oportunidade de engradecer a leitura e conhecimento dos alunos por meio dos livros. Gráfico 14: Nível de satisfação do acadêmico em relação à infraestrutura Curso de Redes Objetivos do Projeto CURSO: PSICOLOGIA Ações Realizadas Fragilidades Resultados alcançados Potencialidades 93

94 Realizar aulas práticas dos componentes curriculares: métodos de observação do comportamento; técnicas de exames e demais disciplinas que necessitam de observação unilateral. Implantação do Laboratório de Observação do Comportamento - LOB - O sistema de áudio apresentou problema no decorrer do semestre; - Os móveis do laboratório não foram todos instalados. - O espaço físico do laboratório ficou excelente; Gráfico 15: Nível de satisfação do acadêmico em relação à infraestrutura Curso de Psicologia Objetivos do Projeto CURSO: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Resultados alcançados Ações Realizadas Fragilidades Potencialidades 94

95 Adequação do acervo bibliográfico Realizado a compra e adequação de todo acervo bibliográfico do curso. Alunos poucos leem os livros da biblioteca. Possibilita a oportunidade de engradecer a leitura e conhecimento dos alunos por meio dos livros. Gráfico 16: Nível de satisfação do acadêmico em relação à infraestrutura Curso de Sistema de Informação Objetivos do Projeto CURSO: ENFERMAGEM Ações Realizadas Fragilidades Resultados alcançados Potencialidades 95

96 - Atualizar o Laboratório de Anatomia, microbiologia e semiologia. Atualização de Laboratórios: aquisição de Simuladores, Aparelho de Eletrocardiograma, Biombos, cadeira de roda, Microscópio e peças anatômicas. - Demora na entrega do material solicitado. - Demora nas adaptações físicas para atender a realidade do curso, como por exemplo, a construção de pia no laboratório de semiologia. - Possibilita a aprendizagem do aluno. - Possibilita a relação teoria e prática no curso. Gráfico 17: Nível de satisfação do acadêmico em relação à infraestrutura Curso de Enfermagem Objetivos do Projeto Ações Realizadas CURSO: NUTRIÇÃO Fragilidades Resultados alcançados Potencialidades 96

97 Adaptação do Laboratório de Técnicas Dietéticas Aquisição de Material: batedeira planetária, despolpadeira de frutas, fritadeiras, liquidificadores, forno industrial e fogão industrial. - Demora na entrega do material e adaptações de infraestrutura, por exemplo, a colocação de pia na entrada do laboratório. - Possibilita a aprendizagem do aluno. - Possibilita a relação teoria e prática no curso. - Motivação do aluno para aprender. Gráfico 18: Nível de satisfação do acadêmico em relação à infraestrutura Curso de Nutrição Objetivos do Projeto CURSO: BIOMEDICINA Ações Realizadas Fragilidades Resultados alcançados Potencialidades 97

98 Atualizar o Laboratório de Hematologia. Ampliação e reforma do laboratório de Parasitologia Aquisição do aparelho ELISA para os exames sorológicos - Demora na entrega do material. - Falta de manutenção nos equipamentos em decorrência de empresa especializada para realizar o serviço. - Até o momento, muitos dos materiais solicitados não foram recebidos. - O tamanho do laboratório não comporta a quantidade de alunos por turmas. - Não foi realizada a manutenção do telhado. - Não foi realizada a manutenção do microscópio/óptico. - Possibilita a aprendizagem do aluno. - Possibilita a relação teoria e prática no curso. - Motivação do aluno para aprender. Gráfico 19: Nível de satisfação do acadêmico em relação à infraestrutura Curso de Biomedicina 98

99 CURSO: FISIOTERAPIA 99

100 Objetivos do Projeto Adaptar o Laboratório de Fisioterapia Ações Realizadas Aquisição de aparelho de ultrassom, neurodim, macas, divã, mini academia etc. Fragilidades Resultados alcançados Potencialidades - Demora na entrega do material. Possibilita a aprendizagem do aluno. - Possibilita a relação teoria e prática no curso. - Motivação do aluno para aprender. Gráfico 20: Nível de satisfação do acadêmico em relação à infraestrutura Curso de Fisioterapia CURSO: DIREITO 100

101 Objetivos do Projeto Adaptação do Núcleo de Práticas Juridicas. Ações Realizadas Reforma e adaptação do NPJ Resultados alcançados Fragilidades Potencialidades Melhoria na qualidade do atendimento. Gráfico 21: Nível de satisfação do acadêmico em relação à infraestrutura Curso de Direito CURSO: COMUNICAÇÃO 101

102 Objetivos do Projeto Atualizar os laboratórios de TV, Rádio, Fotografias e a Agência Escola Seamacom. Implantação do laboratório de Macintosh Ações Realizadas Aquisição de três máquinas de Macintosh, tendo sido distribuídas entre Rádio, Tv e Fotografia. Composição completa do laboratório com 20 máquinas para uso discente e 01 para uso do professor. Resultados alcançados Fragilidades Potencialidades - Sucateamento generalizado dos laboratórios. - Infraestrutura não atende as demandas do curso. - Considerando o atraso na - Possibilitar aos alunos o composição do laboratório, os conhecimento e uso de alunos do semestre não programas específicos da fizeram uso do mesmo. área de produção gráfica e editoração eletrônica. - Relação teoria prática. Gráfico 22: Nível de satisfação do acadêmico em relação à infra estrutura Curso de Comunicação 102

103 Gráfico 23: Nível de satisfação do acadêmico em relação à Infraestrutura da IES 103

104 Pelo gráfico, podemos verificar que a biblioteca tem o reconhecimento dos acadêmicos em mais de 50%. Os cursos de Nutrição (76,9%) e Fisioterapia (73,1%) tiveram maior aceitabilidade, o que pode ser consequência dos Planos de Melhorias para os cursos. O curso de Direito (30,69%) com menor aceitabilidade. Para atender ao público, a biblioteca possui títulos e exemplares incluindo monografias e livros. Em 2013, foram adquiridos para a Biblioteca: Cursos da saúde: 112 Títulos com 445 Exemplares; Cursos de Tecnologia: 42 Títulos com 239 Exemplares; Curso de Comunicação: 29 Títulos com 304 exemplares; Administração e Psicologia: 53 Títulos com 357 exemplares; Curso de Direito: 49 Títulos com 292 Exemplares. Além disso, foi incorporado ao patrimônio da Biblioteca: 05 Leitores de código de barras; 05 Leitores biométricos; 05 Mini teclados e 04 Computadores. 104

105 Vale destacar, que além do acervo bibliográfico constante da biblioteca tradicional, há a Biblioteca Virtual que apresenta títulos de diferentes áreas do conhecimento, além das de domínio público. Esta ferramenta pedagógica cria oportunidade de acesso a textos científicos, de pesquisa on-line, de complementar leitura de textos impressos, possibilitando, inclusive, anotações e postagem de comentários críticos. A Base de Dados de Periódicos a EBSCO's fornece aos usuários da biblioteca, uma abrangente e completa lista online dos títulos a que eles têm acesso. Os usuários podem rapidamente localizar a acessar os periódicos de seu interesse. Usuários podem fazer a busca de periódicos por palavra chave ou visualizar a lista em ordem alfabética por título ou por assunto. E para acessar essas novas ferramentas (EBSCO) é necessário que os usuários alunos e professores estejam logados no Portal da Estacio (Portal do Aluno e Portal Docente). Dentre as Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) utilizadas no contexto relacionados ao processo ensino-aprendizagem, existem vários recursos didáticos capazes de tornar realidade o projeto pedagógico dos cursos. Assim, podemos destacar algumas TICs, como por exemplo: o Sistema de Informações Acadêmicas (SIA), de caráter administrativo, no qual o aluno tem acesso ao seus processos acadêmicos, ao atendimento virtual, à consulta de notas, datas de prova, requerimentos, além de outras opções. Aos alunos é disponibilizada uma gama de serviços que os auxiliam no dia-a-dia acadêmico. Também há alguns aspectos relacionados diretamente à gestão acadêmico-administrativa do curso que são disponibilizados para o aluno, facilitando assim a obtenção de informações sobre a progressão na(s) disciplina(s) oferecidas no curso. Nesse caso, o aluno pode visualizar claramente as disciplinas já cursadas e as em andamento, bem como tempo de acesso, tempo de permanência por tópico de conteúdo etc. Convém destacar dentro deste mesmo contexto, o Sistema Webaula, onde além do ambiente da sala de aula, são apresentadas ferramentas pedagógicas da estrutura curricular, como, por exemplo, ensino, planos de aula, atividades estruturadas, exercícios de reforço de aprendizagem, mapas conceituais. Por meio deste Sistema é possível criar um chat através de fórum, onde o aluno pode interagir com o professor, para tirar dúvidas, e com seus colegas para discutir assuntos pertinentes à aula, tornando-se uma ferramenta valiosa para a aprendizagem ser efetivada. 105

106 No ambiente da sala de aula, alunos e professor também interagem utilizando objetos de aprendizagem e recursos de multimídia. É importante ressaltar que as TICs constituem na verdade, um complemento representativo do Sistema de Informações para o cumprimento do Projeto Pedagógico do Curso, contribuindo, assim, para favorecer nos alunos o desenvolvimento da autonomia nos estudos e da investigação científica, entre outros. No que diz respeito à percepção dos acadêmicos com os laboratórios específicos, verifica-se que (38,1%) demonstra estar insatisfeito com a estrutura desses laboratórios, (33,6) com satisfação regular e somente (28,6%) estar satisfeito. O curso que demonstra maior índice de insatisfação é o curso de Direito (43%) seguido pelo curso de Redes de Computadores (38,1%). Os cursos que apresentam maior índice de satisfação com os laboratórios específicos são os cursos de Nutrição (76,9%), Fisioterapia (62,8%) e Biomedicina (53,4%). Quanto ao nível de satisfação dos acadêmicos com a estrutura geral da Faculdade Seama, pode-se observar que (31,7%) estão insatisfeitos, (26,7%) apresentam satisfação regular e (41,6%) estão satisfeitos com a estrutura física da unidade. Os acadêmicos que apresentam o maior índice de insatisfação estão no curso de Redes de Computadores (33,3%) e os que apresentam maior satisfação estão nos cursos de Sistema de Informação (78,3%), Fisioterapia (69,2%) e Biomedicina (61,3%). Apesar do baixo índice de satisfação dos acadêmicos com a infraestrutura da IES, em 2013 ocorreram grandes investimentos voltados para manutenção, adaptação e reforma dos espaços físicos. Em busca de melhorar a qualidade no atendimento, foram criados o Office Administrativo e o Office Acadêmico. Estes espaços agruparam todos os atendimentos em uma única área, ou seja, todos os serviços relacionados ao administrativo e financeiro da IES foram concentrados no Office Administrativo e, no Office Acadêmico, foram agrupadas as coordenações dos cursos, a sala dos professores e a Direção Acadêmica, com o acompanhamento psicopedagógico ao aluno. O funcionamento desses espaços dinamizou o atendimento. O redimensionamento das instalações físicas ocorreu conforme a seguir: Adequação do espaço da lanchonete e oferta de novos produtos de alimentação: para produção das refeições na IES, aos alunos, docentes e colaboradores que pela demanda pessoal de atividades, não conseguem retornar para casa no horário do contra turno. 106

107 Readequação da sala de professores TI e TP: proporcionando espaço para as atividades de orientação de TCC, iniciação cientifica orientação de monitoria, e atendimento aos alunos. Readequação dos espaços de laboratórios de ensino: com reestruturação dos seus espaços físicos em consonância com os seus respectivos projetos pedagógicos. Aquisição de equipamentos diversos para o curso de Nutrição: forno, material de uso diário louças e outros utensílios. Tecnólogo em Redes de Computadores e Sistemas de Informação: aquisição de 100 computadores - distribuídos 75 computadores para os Laboratórios de Informática. Reestruturação do Núcleo de Práticas Jurídicas, com pintura e organização do atual espaço com mais conforto ao atendimento de alunos, docentes/advogados e público em geral. Aquisição de: carteiras ergonômicas, quadro branco para pincel, quadro mural, central de ar tipo K7 (nível mínimo de ruído importadas, btus). Ampliação do acervo, através da aquisição de novos livros, de acordo com as indicações bibliográficas constantes nos PPCs, com investimento de aproximadamente de R$ ,89 (duzentos e dois mil e quarenta e quatro reais e oitenta e nove centavos), a partir do segundo semestre de 2012 ao ano de 2013). Aquisição de 11 projetores, como forma de dinamizar e valorizar a apresentação das aulas teórico/prática, apresentação e defesa de projetos na área de iniciação cientifica, entre alunos e docentes. Pode-se dizer que hoje A Faculdade SEAMA dispõe de espaços físicos adequados para o número de usuários e o desenvolvimento das atividades de ensino, sejam teóricas ou práticas, e à integração de todos os setores. As instalações acadêmicas são compostas por: Gestão Pedagógica. Núcleo Pedagógico de Excelência ao Ensino (Coordenações), Sala da CPA, recepção das coordenações, Sala dos Docentes (com espaço para descanso, consulta, internet, espaço para reunião e planejamento das aulas), além dos espaços no térreo da Secretaria Geral, Sala de Matricula, Biblioteca, lanchonete e área de convivência. 107

108 2.8. DIMENSÃO 8 PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO Objetivos do Projeto Dar conhecimento da avaliação institucional a toda a comunidade acadêmica, bem como das melhorias implantadas. Ações Realizadas - Divulgação do processo de avaliação, dos resultados e das ações de melhorias realizadas através do site, boletins, s e reuniões institucionais. - Realizou fórum de representantes discentes como forma de divulgação dos resultados obtidos na avaliação interna de CPA. Resultados alcançados Fragilidades Potencialidades Falta de interesse dos alunos em conhecer o relatório. Acompanhar o cumprimento do TS da faculdade. Dar conhecimento do TS da Faculdade. Constituiu a comissão de acompanhamento do Plano de Melhorias para cumprimento as ações do Termo de Saneamento da Faculdade SEAMA Apresentou o Termo de Saneamento da Faculdade SEAMA, ao CONSUS, setores e coordenações de cursos. Disponibilidade dos membros para as reuniões. Sensibilização para a execução do que foi planejado. 108

109 Renovação dos membros da CPA Reunião com as lideranças da IES para indicação e escolha dos novos membros. Mudança de alguns membros da CPA - Presidente: Ruimarisa Monteiro Pena-Presidente - Vice-Presidente: Aylla Monise Ferreira da Silva - Representante Docente Juvanete Amoras Távora - Suplente Docente Jorge Afonso Neves Anaice da Silva - Representante Técnico Administrativo: Alanne dos Reis Brito Sena. - Representante Discente: Maria de Nazaré Alves de Oliveira - Suplente Discente Elivelton Rodrigues Monteiro - Representante da Sociedade Civil: Oliseth Sarmento Corrêa Analisar criticamente os relatórios de avaliação externa recebidas pela IES (Enade e renovação de reconhecimento). Comparar fragilidades e potencialidades apontadas por comissões externas, àquelas encontradas nos relatórios internos. Reuniões da CPA previamente ao recebimento das comissões externas e após o recebimento dos relatórios. Participação da CPA na construção dos planos de melhorias dos cursos e da IES. CPC 2 em Fisioterapia, Nutrição e Redes de computadores. IGC da IES 2 Não participação efetiva dos membros da CPA na discussão dos planos de melhorias dos cursos e IES. Utilização dos relatórios da CPA na construção dos planos de melhorias dos cursos e da IES. 109

110 -Incentivar o aluno a participar do ENADE com responsabilidade; - Envolver od docentes nas ações do ENADE. Intensificar a utilização dos resultados da CPA como ferramenta de gestão, melhorando as fragilidades da IES. Fortaleceu as ações do Projeto de Extensão e Ação Social: UM PASSO EM DIREÇÃO AO SUCESSO PROFISSIONAL, através de encontros com docentes, coordenadores e alunos na Campanha ENADE, EU VALORIZO O MEU DIPLOMA!, com o objetivo de envolver docentes, alunos e colaboradores da SEAMA, nas ações de sensibilização junto aos alunos para melhor desempenho nas edições do Enade. Incentivando o aluno a participar do Enade de forma responsável e comprometida com o processo de avaliação e sua formação profissional. Reuniões com a gestão da unidade, equipe acadêmica, colaboradores administrativos e discentes. -Envolvimento dos acadêmicos para que percebam a importância dos ENADE e participem das atividades. - Disponibilidade de horário dos alunos para participarem de atividades fora de sala de aula. Coesão entre acadêmicos, professores e demais participantes do Projeto. Participação de todos. Elaboração de metas conjuntas. 110

111 2.9. DIMENSÃO 9 POLÍTICAS DE ATENDIMENTO AOS DISCENTES Objetivos do Projeto - Garantir atendimento individualizado e personalizado aos acadêmicos. - Oportunizar a inserção dos alunos no mercado de trabalho, efetuando um acompanhamento eficaz, nas Empresas e/ou Órgãos, dentro e fora do Estado. Ações Realizadas - Implantação do atendimento agendado junto às coordenações de cursos. -Captação de vagas de estágios e empregos, ofertados pelo mercado; -Divulgação as vagas ofertadas de estágios e/ou empregos, no mercado; -Triagem nos currículos, encaminhados pelos alunos e/ou egressos, candidatos à vagas ofertadas no mercado; -Parcerias efetuadas com Empresas e/ou Órgãos, de acordo com a nova Lei Federal de Estágio /08, de 25 de setembro de 2008, que trata das relações de estágios. Fragilidades Resultados alcançados Dificuldade em realizar pelo agendamento on line. Potencialidades - Os acadêmicos agendam para falar com os coordenadores com o atendente do Office Acadêmico. 111

112 Estabelecer relacionamento com Egresso, proporcionando oportunidades e desenvolvimento continuado. Programa Acompanhamento do Egresso - PAE foi criado por entender que este se constitui num instrumento que possibilita uma continuada avaliação da Instituição, através do desempenho dos egressos. Trata-se de um importante passo no sentido de incorporar ao processo de ensino-aprendizagem elementos da realidade externa à Faculdade SEAMA, que apenas o diplomado está em condições de oferecer, já que é ele quem experimenta pessoalmente as consequências dos aspectos positivos e negativos vivenciados durante sua graduação. - Captação desses egressos para as Pós-graduação da Faculdade Seama. - As atividades relativas ao Programa de acompanhamento de egressos são desenvolvidas a partir de Cronograma Geral de Atividades elaborado anualmente, fazendo parte do Calendário Acadêmico da Instituição -Atividades extensionistas (como proponente de cursos de extensão, palestrante/conferencista em eventos acadêmico e científico, e como colaborador em atividades de responsabilidade social); -Apresentação aos graduandos de trabalhos que vem desenvolvendo, através de Fóruns, Workshops, Oficinas, Ciclo de Palestras, Semanas de Curso, Seminários e outras formas de divulgação; -Atividades no Programa de Qualidade de Vida nas Organizações com objetivo de encorajar e apoiar hábitos e estilos de vida que promovam saúde e bem estar, com prestação de serviços nas áreas de Nutrição, Fisioterapia e Psicologia. -Workshop das Profissões nas Escolas de Ensino Médio 112

113 Gráfico 24: Nível de satisfação do acadêmico de Biomedicina em relação ao atendimento 113

114 Gráfico 25: Nível de satisfação do acadêmico de Direito em relação a atendimento: 114

115 Gráfico 26: Nível de satisfação do acadêmico de Enfermagem em relação a atendimento 115

116 Gráfico 27: Nível de satisfação do acadêmico de Fisioterapia em relação a atendimento 116

117 Gráfico 28: Nível de satisfação do acadêmico de Jornalismo em relação a atendimento 117

118 Gráfico 29: Nível de satisfação do acadêmico de Nutrição em relação a atendimento 118

119 Gráfico 30: Nível de satisfação do acadêmico de Psicologia em relação a atendimento 119

120 Gráfico 31: Nível de satisfação do acadêmico de Publicidade em relação a atendimento 120

121 Gráfico 32: Nível de satisfação do acadêmico de Redes de Computadores em relação a atendimento 121

122 Gráfico 33: Nível de satisfação do acadêmico de Sistemas de Informações em relação a atendimento 122

123 Gráfico 34: Nível de satisfação GERAL do acadêmico em relação ao atendimento na IES Conforme o Gráfico, (39,1%) demonstra estar muito satisfeito com o atendimento da IES, (26,2%) demonstra satisfação regular e (34,7%) demonstra estar insatisfeito. O maior índice de satisfação com os canais de atendimento pode ser verificado nos cursos de Jornalismo (20%) e Sistemas de Informações (17,65%) enquanto que o maio índice de insatisfação se encontra nos cursos de Fisioterapia (29,27%), Psicologia 25%), Redes (25%) e Sistemas (25%). O atendimento por também não atende um índice alto de satisfação. Com relação ao atendimento telefônico, os cursos apresentam resultados próximos a 25% de satisfação. 123

124 No que se refere à satisfação com o atendimento prestado pela administração do campus, verifica-se que os cursos de Jornalismo (40%) e o curso de Nutrição (38,10%) apresentam o maior índice de satisfação enquanto que os cursos de Psicologia (17,24%), Direito (17,98%) e Sistemas (17,65%) apresentam o maior índice de insatisfação. É importante observar que no curso Direito existe um equilíbrio no percentual de alunos muito satisfeitos (17,98%) e insatisfeitos (17,98%), mediado por (17,98%) de satisfeitos e de (30,34%) com satisfação regular. Quanto ao nível de satisfação com os serviços prestados pela Secretaria dos Alunos, observa-se que os maiores índices de satisfação estão nos cursos de Redes (53,85%) e Sistemas (52,94%), bem como o maior índice de insatisfação também está no curso de Redes (23,08%). No que concerne à satisfação dos alunos com os coordenadores de seus cursos, verifica-se que o maior índice de satisfação está no curso de Jornalismo (55%), seguido pelo curso de Biomedicina (52,31%), Redes (44,44%), Sistemas (40,51%), Enfermagem (39,26%), Fisioterapia (36,13%), Nutrição (23,53%), Psicologia (30,67%), Publicidade (21,05%) e Direito (18,01%). O maior índice de insatisfação com a coordenação de curso, encontra-se nos cursos de Nutrição (35,29%), Direito (29,84%) e Psicologia (20,0). 124

125 2.10. DIMENSÃO 10 SUSTENTABILIDADE FINANCEIRA Objetivos do Projeto Realizar até Dezembro de 2013 Receita líquida que garanta a sustentabilidade da Instituição. Adequação dos Laboratórios de todos os Cursos conforme Book Nacional. Ações Realizadas Acompanhamento da Receita semanal; Mapeamento das necessidades de investimento e controle das despesas a serem realizadas; Acompanhamento da base alunos com a finalidade de garantir espaço físico adequado ao Aprendizado dos acadêmicos. Reunião com Coordenadores de Curso para avaliar necessidade de substituição e Aquisição de novos Equipamentos para os Laboratórios. Solicitação de Novos equipamentos conforme disponibilidade orçamentária Resultados alcançados Fragilidades Potencialidades Inadimplência elevada; Ferramentas utilizadas pela Empresa que disponibilizam relatórios diários e semanais, facilitando o acompanhamento dos números. Falta de conhecimento dos Ofertar serviço de qualidade, equipamentos a serem utilizados possibilitando ao acadêmico pelo curso. espaço adequado para as aulas Desconhecimento do Book práticas nos laboratórios. Nacional proposto pela Empresa. Investimento em Laboratórios dos Aquisição de Equipamentos, Pintura e reforma Carência de Empresa com Mão Ofertar serviço de qualidade, cursos de Psicologia, Nutrição, de laboratórios com investimentos. de Obra Especializada no Estado; possibilitando ao acadêmico Fisioterapia, Biomedicina espaço adequado para as aulas Comunicação, Redes, Sistemas e Logística de Transporte inviável práticas nos laboratórios. Direito para o Estado, atrasando a entrega de Equipamentos; 125

126 Garantir manutenção Preventiva e Pintura, aquisição de quadros brancos e Logística de Transporte inviável Propiciar espaço adequado para corretiva, bem como investimento em Projetores, Carteiras e Manutenção de para o Estado, atrasando a o aprendizado, garantindo a salas de aula. elevadores; entrega de Equipamentos; satisfação dos alunos e colaboradores da Instituição; Investimento de Infraestrutura e Reforma e ampliação das Salas: Gestão Proximidade e Sinergia entre os equipamentos da área Administrativa Administrativa e Financeira, Direção, Sala de colaboradores e acadêmicos Reunião, Professores, Coordenadores, Núcleo Pedagógico, Sala de convivência. No tocante ao suporte orçamentário e financeiro, responsável pela sustentabilidade econômica da IES, deve-se considerar que a Faculdade SEAMA, no ano de 2012, passou a integrar o Grupo Estácio. Desta forma integrou-se ao fluxo financeiro e orçamentário único da Estácio Participações, tendo suas operações suportadas pelo fluxo de caixa geral do holding do Grupo Estácio. Observa-se que o orçamento anual é elaborado pela IES com ampla participação dos responsáveis pelos setores, a partir das metas previstas no PDI e do levantamento de necessidades oriundo dos resultados das avaliações internas e externas e das expectativas da comunidade acadêmica. O orçamento é depois encaminhado à mantenedora para aprovação, a partir da qual, cabe aos gestores sua execução, através de Planos de Ação, com prestação de contas regular à mantenedora. Assim, a Faculdade SEAMA vem revendo seu processo de expansão, contando com um plano de reformulação de seus currículos servidos de uma gama de recursos pedagógicos que requerem que se observem, também, as novas demandas da sociedade brasileira. 126

127 A Faculdade SEAMA, a partir da integração ao Grupo Estácio, realizou investimentos nas áreas de ensino, pesquisa e extensão dos seus cursos de graduação, através de ações como: Restruturação dos espaços físicos aos acadêmicos, como: salas de aulas com acesso a internet WI-FI, laboratórios de ensino e biblioteca. Na Biblioteca da IES foram adquiridos novos títulos no total do investido no valor de R$ (em menos de dois anos da aquisição da Faculdade Seama). Novos equipamentos dos laboratórios de saúde. Restruturação dos offices acadêmicos e administrativos, permitindo melhores e maiores espaços de atendimento ao aluno, professores e comunidade em geral. Investimento financeiro nos seus projetos de Iniciação cientifica-extensão e ações de responsabilidade social, assegurando ao professor/orientador, carga horária remunerada para orientação e ainda custeando os orçamentos dos projetos e ações sociais. Eventos acadêmicos institucionais: Colóquio de Iniciação Cientifica, SEAMA-Comunidade, CONFISA (Congressos Amapaense de Fisioterapia), Jornadas e eventos acadêmicos dos seus 10 cursos de graduação, permitindo ao aluno experiências de troca do conhecimento extra ao espaço da sala de aula. Promoção e investimentos na formação dos funcionários técnico- administrativos, disponibilizando bolsas de estudo integral. Investimento na qualidade de vida dos colaboradores técnico-administrativos, permitindo a vinculação destes aos planos de saúde médico e odontológico conveniados da IES (Unimed e Amil-Medial). Investimentos estes que estão evidenciados nos anexos referentes às dimensões: 2, 3, 7 e 9 do Termo de Cumprimento ao Termo de Saneamento de Deficiências da SEAMA

128 3. IMPACTO DA AUTOAVALIAÇÃO NA GESTÃO A autoavaliação institucional é essencial para um diagnóstico seguro da percepção da maioria dos colaboradores e discentes sobre os diversos aspectos da Instituição, sendo assim possível direcionar de forma assertiva as ações prioritárias para as melhorias na Instituição. A Comissão Própria de Avaliação (CPA) da Faculdade SEAMA acompanha direta ou indiretamente os planejamentos, execuções e redirecionamentos necessários à melhoria dos serviços prestados. A Faculdade SEAMA adota a premissa básica da administração, conhecida por PDCA, que institui que a gestão deve planejar, executar, avaliar e corrigir as falhas. Todas as atividades da Instituição são planejadas previamente, sempre alinhadas ao PDI. O planejamento acadêmico semestral acontece primariamente no semestre que o antecede, através de reuniões que envolvem a direção acadêmica, núcleo pedagógico, coordenadores de curso e docentes. No início de cada semestre acontecem as semanas pedagógicas, onde os docentes, liderados pelos coordenadores constroem seus planos de ensino coletivamente, objetivando a construção de práticas pedagógicas interdisciplinares. Após a primeira avaliação do semestre, acontecem as reuniões para discutir o desempenho discente e as metodologias de ensino utilizadas. Este momento é essencial para identificar falhas e fazer os ajustes e acompanhamentos necessários. Paralelo a isso há um planejamento administrativo que sustenta as necessidades acadêmicas. Além disso, o PDI é rediscutido a cada quatro anos. As avaliações externas também servem de guia para redirecionamento dos planejamentos e atividades da Instituição. No ano de 2013, a IES passou por processos de avaliação externa com visitas in loco para Renovação de Reconhecimento dos cursos de Fisioterapia e Nutrição. Os resultados foram satisfatórios, pois o curso de Fisioterapia e Nutrição obtiveram nota 3 (a IES aguarda a publicação das portarias). Ainda em 2013, houve divulgação do resultado ENADE 2012, o IGC da IES recebeu conceito 2, configurado pelo desempenho dos alunos nos cursos de Psicologia (conceito ENADE 3), Comunicação: Jornalismo (conceito ENADE 3), Direito (conceito ENADE 2) e Comunicação- Publicidade e Propaganda (conceito ENADE 2). Diante desse resultado, os cursos de Psicologia e Jornalismo conseguiram CPCs satisfatórios e consequentemente foi publicada a Portaria de Renovação de Reconhecimento dos cursos (Portaria nº 705 de 18 de dezembro de 2013). No entanto, a Faculdade Seama, precisou firmar protocolo de compromisso junto ao Ministério de Educação no ano de 2014 para o prazo de 180 dias apresentando os Planos de Melhorias para os cursos de Direito e Publicidade e Propaganda que tiveram CPCs insatisfatórios (2). Os insumos do CPC e o relatório do ENADE 2012 foram disponibilizados, no final de 2013, e utilizados para diagnóstico das fragilidades e proposição de melhorias para esses cursos. A principal fragilidade detectada em ambos os cursos foi o desempenho dos concluintes nas provas do ENADE e, a partir desta constatação, foi iniciado um processo de análise, discussão e deliberação do Plano de Melhorias, entre os membros do NDE, Coordenadores de Curso, Direção Acadêmica, Direção Geral e membros da CPA. No ciclo de avaliação ENADE 2012 os alunos participantes demonstraram, segundo análise do relatório, pontos de fragilidade que refletem no desempenho insatisfatório quanto ao componente de formação geral e especifico considerando a Faculdade 128

129 SEAMA em relação a outras IES do Brasil. No entanto os números dão diretrizes do trabalho a ser desenvolvido pela Faculdade SEAMA no Curso de Bacharelado em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda e Dreito para as ações de melhoria para a qualidade do ensino. O Relatório Enade 2012, através das respostas no questionário do estudante, mostra que apesar do conceito ainda insatisfatório do desempenho dos estudantes, há uma evolução quanto à dimensão da organização didática pedagógica em ambos os curso: os alunos percebem que os conteúdos das diferentes disciplinas são integrados e contribui para a preparação do exercício profissional. Quanto ao corpo docente: responderam que os professores possuem disponibilidade para o atendimento fora do período de aula e demonstram domínio do conteúdo das disciplinas que ministram, representando uma evolução ascendente de avaliação no curso. Na dimensão de Infraestrutura: as instalações de salas de aulas são avaliadas como satisfatórias, mas a Instituição vem investindo em melhorias de infraestrutura para o curso de Comunicação Social Publicidade e Propaganda no sentido de melhorias ao curso como: laboratórios específicos ao curso, salas de aula e acesso a rede WiFi. Estes planos serão executados em 2014 e abrangem os seguintes pontos: fortalecer o plano de capacitação docente com o incentivo a qualificação externa (Pós Graduação Stricto Sensu); acompanhar o desenvolvimento do trabalho docente utilizando o Núcleo de Integração Pedagógica NIPEE; agregar ao plano de capacitação docente encontros pedagógicos periódicos de capacitação; incentivar a participação dos docentes no Programa de Incentivo a Qualificação Docente (PIQ); a intensificação de cursos de nivelamento, estímulo à pesquisa e de ações para inserção no mercado de trabalho. A sensibilização da equipe acadêmica sobre a importância do ENADE também vem sendo amplamente trabalhada para que todos entendam e se envolvam no processo. A SEAMA realizou em 2013 as ações planejadas para o Termo de Saneamento de Deficiência para a IES, dentre elas destacamos: a SEAMA disponibilizou o relatório de avaliação institucional CPA-2012 na Biblioteca da IES para dar conhecimento à comunidade acadêmica dos pontos avaliados na avaliação interna, bem como as melhorias implantadas; realizou fórum de representantes discentes como forma de divulgação dos resultados obtidos na avaliação interna de CPA; Constituiu a comissão de acompanhamento do Plano de Melhorias para cumprimento as ações do Termo de Saneamento da Faculdade SEAMA; reeditou a portaria da CPA- Faculdade SEAMA, com a inclusão de novos membros; Fortaleceu as ações do Projeto de Extensão e Ação Social: UM PASSO EM DIREÇÃO AO SUCESSO PROFISSIONAL, através de encontros com docentes, coordenadores e alunos na Campanha ENADE EU VALORIZO MEU DIPLOMA!, com o objetivo de envolver docentes, alunos e colaboradores da SEAMA, nas ações de sensibilização junto aos alunos para melhor desempenho nas edições do Enade. Incentivando o aluno a participar do Enade de forma responsável e comprometida com o processo de avaliação e sua formação profissional; e todas as ações elencadas foram articuladas através do trabalho desenvolvido pela CPA, a qual constituiu as comissões de acompanhamento ao Termo de Cumprimento TSD-Seama, Comissão de Elaboração do novo PDI e comissão ao plano de melhorias do curso Tecnólogo em Redes de computadores. 129

130 Tendo em vista a necessidade do acompanhamento e revisão dos dados avaliativos internos e externos, propondo ações de melhorias previstas no TSD-Seama e relatório interno de CPA Os resultados da CPA são apresentados a todos os atores institucionais através de reuniões e ambientes virtuais. A cada relatório produzido, ocorrem três grandes reuniões: uma com os colaboradores, uma com os docentes e outra com os discentes, representados pelos líderes e vice-líderes de cada turma. Neste momento, são explicitadas as 10 dimensões e como elas refletem no público-alvo. Na reunião com docentes, estes recebem os resultados referentes à sua atuação pedagógica, e são orientados pelos seus Coordenadores no sentido de se aprimorarem nos quesitos que foram frágeis, tecendo comentários de como poderão desenvolver melhor o seu fazer pedagógico nas aulas seguintes. Na reunião com colaboradores, cada setor recebe os resultados referentes à sua atuação profissional, e o Gestor de cada setor faz uma explanação sobre o que precisar ser aperfeiçoado ou até mesmo modificado, e enaltece as ações positivas, para que sejam potencializadas. É neste momento que os colaboradores pontuam a necessidade de um treinamento e/ou de novos equipamentos. Paralelamente os membros da CPA apresentam os resultados da avaliação institucional aos gestores da unidade com as sugestões de melhorias. Estes são discutidos e deliberados de acordo com a viabilidade. Com o processo de Avaliação Institucional, a Faculdade Seama visa alcançar melhorias e excelência nos serviços prestados. E, partir do olhar de todos os envolvidos no processo, consegue a cada ano traçar novas estratégias e pratica-las. Não ao acaso, os membros da comissão própria de avaliação são cobrados por alunos, professores e colaboradores administrativos por resultados visíveis e consistentes. Com a avaliação do ano de 2013, são notáveis e descritíveis os alcances, pois, a Gestão da Instituição buscou criticamente avaliar os resultados e partir deles, organizou mudanças significativas, necessárias e devidas. Ressalta-se que, o olhar diferenciado da gestão junto a comissão, resultou nas seguintes melhorias: Construção e Integração dos Centros Clínicos Criação do Office Acadêmico. Laboratórios: Novo Laboratório de Análise do comportamento para Psicologia Laboratório de Macintoshi Comunicação Social Laboratório de Psicomotricidade Fisioterapia Novos Equipamentos para Técnica Dietética e Avaliação Nutricional Nutrição Aquisição de novos equipamentos para Laboratórios de Enfermagem Aquisição de novos Microscópios para Laboratórios de Biomedicina Aquisição de 125 novos computadores para laboratórios de tecnologia Reforma das salas de aula (2º, 3º e 4º andares) Aquisição de 11 equipamentos de Data Show Aquisição de mais acervos Bibliográficos 130

131 Implantação do Espaço E3 (Estágios e Empregos) que através de parcerias com empresas, ampliará os campos de estágios dos nossos acadêmicos, bem como, ajudará a inserir no mercado de trabalho os nossos egressos. Implantação do atendimento agendado (Sala de Matrícula e Secretaria). 131

132 4. PROPOSTA DE AVALIAÇÃO CONTINUADA PARA 2014 Objetivos (*) Fortalecer o PIC Programa de Iniciação Científica. Garantir a redução do déficit linguístico, cognitivo e literário dos alunos. Ações Previstas Intensificar a divulgação dos editais semestrais para alunos participantes e professores orientadores, que estabelecerão carga-horária, remuneração (no caso dos docentes) e metodologia de aplicação. Permanecer com o oferecimento das turmas de nivelamento em Língua Portuguesa e Produção de Textos, etc. Melhorar a captação docente, visando atender as necessidades de titulação docentes, exigidas pelo MEC; Criar estratégias de retenção docente, devido a crescente perda de docentes titulados para vagas no setor público/ concursos. Divulgação do Edital de Processo Seletivo a nível nacional, visando ampliar a captação destes profissionais com titulação Stricto Sensu. Revisar política salarial e fomentar a participação dos docentes nos programas de capacitação visando aumentar a motivação diante da Instituição. - Fortalecer o plano de capacitação docente com o incentivo a qualificação externa Pós Graduação Stricto Sensu. - Incentivar a participação dos docentes no PIQ: programa de incentivo a qualificação docente; - Agregar ao plano de capacitação docente encontros pedagógicos periódicos de capacitação Atualizar Plano de Cargos e Salários. Melhorar a agilidade do atendimento e diminuir os prazos de respostas dos requerimentos. Fortalecer o setor de Estágio e Empregos. Propor e aprovar Plano de Cargos e Salários. Fortalecer o atendimento agendado, na área de secretaria, coordenação de curso e estabelecer metas para devolução de requerimentos. Oferecer e divulgar os serviços disponíveis no site, permitindo economia de tempo por parte do aluno. Estimular a utilização do serviço de ouvidora. Implantar o Espaço E3 para a divulgação de vagas e preparação para o mercado de trabalho, por meio de palestras, oficinas de construção de currículos. Fortalecer a comunicação com os discentes no que se refere às autoavaliações e avaliações externas. Investimentos em novas tecnologias para agilizar e dinamizar os processos na instituição. Divulgar de forma mais assertiva os resultados da avaliação de CPA e os retornos da gestão às solicitações dos envolvidos. Fortalecer campanhas Enade, para melhor compreensão do aluno nos processos de avaliação externa. Consolidação da Biblioteca virtual, a partir da melhoria do acesso à internet, por meio de link exclusivo e aquisição de novos equipamentos de TI. Substituir e melhorar a disponibilização dos equipamentos e laboratórios específicos. Continuar com a implantação de novas estratégias para diminuição da inadimplência. Atualizar equipamentos dos laboratórios dos cursos de Direito e Comunicação. Realizar atendimento especializado visando orientar para sustentabilidade financeira dos alunos 132

133 133

134 5. CONSIDERAÇÕES FINAIS A autoavaliação realizada na Faculdade SEAMA tem se configurado como uma prática positiva disseminada em toda a comunidade acadêmica, visto que tanto alunos como professores e corpo técnico administrativo já esperam os resultados e as medidas a partir deles adotadas. Nesse contexto, a gestão da IES é peça fundamental que convalida os resultados por meio de decisões que visam à melhoria de todos os setores da Faculdade em busca da excelência dos serviços oferecidos à sociedade. A realização pelos alunos de avaliação com responsabilidade é uma busca constante da gestão da unidade, evitando que o aluno utilize esse instrumento como forma de vingança contra professores e a própria Instituição. Diante disso, a CPA vem sempre que possível estreitando as relações com a comunidade acadêmica, não só a partir da aplicação da avaliação, mas também realizando o acompanhamento das demandas oriundas desses relatórios. Divulgar o resultado da avaliação, apontando o que mudou em termos de estrutura e gestão faz parte da rotina da gestão da unidade e da CPA, quer seja em pequenos encontros, quer sejam nos grandes encontros como as reuniões mensais com todos os colaboradores e as reuniões nos fóruns discentes. O processo de autoavaliação vem se aprimorando, porém a CPA enfrenta dificuldades, principalmente no preenchimento da pesquisa. Isso se deve a velocidade da internet no Estado ser muito lenta, o que demora no preenchimento levando o aluno a desistir de fazê-lo. Outra dificuldade esta na participação efetiva de professores e demais funcionários na sensibilização do acadêmico para participação da pesquisa. Dentre os avanços em 2013, está a formação da nova comissão, que demonstra maior habilidade para trabalho conjunto, bem como a renovação na comissão permitiu melhorias na gestão da mesma, ao mesmo tempo em que ocorreu maior aproximação da gestão, vindo a participar mais efetivamente da elaboração dos Planos de Melhorias e estabelecimento de prioridades. Dentre as prioridades definidas estão as campanhas de fortalecimento do ENADE, a implantação do atendimento agendado na secretaria e o estabelecimento de prazos para a devolução dos requerimentos, a divulgação dos serviços da unidade no site, a atualização dos equipamentos dos laboratórios dos cursos de Saúde, Comunicação e Tecnologia, o que era antes palco de reclamação dos alunos. Muitas ações ainda devem ser foco de atenção para 2014, como a divulgação do funcionamento da Ouvidoria, uma vez que muitos alunos ainda não fazem uso, a revisão da política salarial com posterior implantação do Plano de cargos e salários dos docentes. De forma geral, pode-se dizer que a autoavaliação da IES tem contribuído para uma gestão de qualidade, transparente, responsável, focada no aluno, preocupada em atender sua missão de prestar serviços educacionais com eficiência, promovendo a formação de um profissional competente, criativo e crítico orientado por valores éticos e humanísticos, a fim de contribuir para a melhoria da qualidade de vida comunitária, do desenvolvimento científico e tecnológico do Amapá e da Amazônia. 134

135 135

136 6. ANEXOS FACULDADE SEAMA IES: código 1591 TERMO DE CUMPRIMENTO DO TSD TERMO DE SANEAMENTO DAS DEFICIÊNCIAS Corpo Dirigente: Diretora Aline Búrigo Diretora Acadêmica Jacinea de Almeida Guedes Gestor Administrativo Financeiro Risolene do Socorro Batista Ferreira Caracterização da IES Instituição Privada: Sociedade Civil, com fins lucrativos. Estado: Amapá Município-sede: Macapá Mantenedora: SOCIEDADE EDUCACIONAL DA AMAZÔNIA LTDA. I Introdução A INSTITUIÇÃO SEAMA: A Faculdade SEAMA, atendendo à Portaria Normativa nº 40, de 12 de dezembro de 2007(MEC), à Medida Cautelar, através do Despacho n 197/2012, Nota Técnica Nº /DISUP/SERES-MEC, de 21 de dezembro de 2012, cumpre apresentar o Termo de Cumprimento ao Termo de Saneamento de Deficiências N 15/2012 para cumprimento do Protocolo de Compromisso referente às medidas de saneamento necessárias para abertura do processo de Recredenciamento da Faculdade SEAMA. A Faculdade SEAMA atua como uma Instituição de Ensino Superior em diferentes áreas do conhecimento, tais como: comunicação, saúde, tecnologia e direito. É mantida pela SOCIEDADE EDUCACIONAL DA AMAZÔNIA LTDA, inscrita no CNPJ / e localizada à Avenida Vereador José Tupinambá de Almeida, nº 1223, bairro Jesus de Nazaré, na cidade de Macapá, CEP: telefone: (96) e Home Page: A Faculdade SEAMA é uma Instituição de Ensino Superior Particular, credenciada pelo MEC por meio da Portaria nº 2.151, de dezembro de 2000, com sede e foro na cidade de Macapá. A Faculdade 136

137 traz como missão Prestar serviços educacionais com eficiência, para promover a formação de um profissional competente, criativo e crítico orientado por valores éticos e humanísticos, a fim de contribuir para a melhoria da qualidade de vida comunitária, do desenvolvimento científico e tecnológico do Amapá e da Amazônia. Em abril de 2012, a Faculdade SEAMA foi adquirida pelo Grupo Estácio, passando a compor este renomado grupo educacional. Durante toda a sua trajetória, a Faculdade SEAMA expandiu sua atuação não só na oferta de cursos de graduação, mas também na oferta de cursos de pós-graduação lato sensu, o que ocorreu a partir do ano de Outro aspecto relevante é a implantação do Programa de Bolsas de Iniciação Científica PIC SEAMA que, desde 2004, tem selecionado alunos para participar dos projetos de pesquisa, juntamente com os docentes da SEAMA que submetem seus projetos para aprovação. Realiza, em destaque, o Colóquio de Iniciação Científica, desde 2009, o CONFISA (Congresso de Fisioterapia do Amapá) e no ano de 2005, também implantou o CEP Comitê de Ética em Pesquisa, o primeiro do Estado, demonstrando o crescimento da Faculdade SEAMA, não só nas atividades de Ensino, mas também nas atividades de Pesquisa e de Extensão. E, entre os vários projetos de responsabilidade social e cultural que a SEAMA mantém, destaca-se o projeto SEAMA COMUNIDADE, programa de caráter permanente que oferece cursos gratuitos à população menos favorecida social e economicamente, colaborando com projetos sociais da comunidade na qual a IES está inserida. Além das ações sociais da IES, existem as ações sociais dos cursos de Graduação junto à comunidade em geral. Estas iniciativas permitem o efetivo estabelecimento da relação entre a teoria e a prática pautado por um processo de ensino- aprendizagem baseado em princípios e diretrizes institucionalizadas e, por conseguinte, consolidadas na Faculdade SEAMA. Resultado dos esforços em buscar e manter a qualidade, a Faculdade SEAMA, para o processo de recredenciamento da IES, em maio de 2011, recebeu a comissão de avaliação in loco, a qual, na sua avaliação atribuiu as 10 Dimensões do SINAES os seguintes conceito: Dimensão 1: A missão e o Plano de Desenvolvimento Institucional PDI conceito (3). Dimensão 2: A política para o ensino (graduação e pósgraduação), a pesquisa, a extensão e as respectivas normas de operacionalização, incluídos os procedimentos para estímulo à produção acadêmica, as bolsas de pesquisa, de monitoria e demais modalidades, conceito (4). Dimensão 3: A responsabilidade social da instituição, considerada especialmente no que se refere à sua contribuição em relação à inclusão social, ao desenvolvimento econômico e social, à defesa do meio ambiente, da memória cultural, da produção artística e do patrimônio cultural, conceito (4). Dimensão 4: A comunicação com a sociedade, conceito (3). Dimensão 5: As políticas de pessoal, de carreiras do corpo docente e corpo técnico-administrativo, seu aperfeiçoamento, desenvolvimento profissional e suas condições de trabalho, conceito (3).Dimensão 6: Organização e gestão da instituição, especialmente o funcionamento e representatividade dos colegiados, sua independência e autonomia na relação com a mantenedora, e a participação dos segmentos da comunidade universitária nos processos decisórios, conceito (3). Dimensão 7: Infraestrutura física, especialmente a de ensino e de pesquisa, biblioteca, recursos de informação e comunicação, conceito (4). 137

138 Dimensão 8: Planejamento e avaliação, especialmente em relação aos processos, resultados e eficácia da auto avaliação institucional, conceito (3).Dimensão 10: Sustentabilidade financeira, tendo em vista o significado social da continuidade dos compromissos na oferta da educação superior, conceito 3, refletindo assim na avaliação final atribuída ao conceito 4 para a Faculdade SEAMA. A IES também passou por processos de avaliação externa com visitas in loco para Renovação de Reconhecimento dos Cursos de Bacharelado em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Os resultados foram satisfatórios, o curso de Jornalismo obteve conceito 4 (Portaria nº 45, de 14 de fevereiro de 2013) e o curso de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda também recebeu conceito 4 (Portaria 523 de 15/10/2013). No ano de 2013, a Instituição continuou recebendo comissões de avaliação externa para os Cursos de Fisioterapia e Nutrição (resultado obtido nas duas avaliações com o conceito 3). No entanto, para o mesmo ano de 2013, com a divulgação do resultado ENADE 2012, o IGC da IES recebeu conceito 2, configurado pelo desempenho dos alunos nos cursos de Psicologia (conceito ENADE 3), Comunicação: Jornalismo (conceito ENADE 3), Comunicação Social Publicidade e Propaganda (2) e Direito (conceito ENADE 2). A Faculdade SEAMA apresenta seus resultados de IGC nos anos de 2009, 2011 e 2012 mostrando sua evolução ao processo de avaliação externa INEP/MEC. 138

139 Ano Código da IES IES Sigla Índice Geral de Cursos da Instituição - IGC 2009 (Triênio 2007, 2008 e 2009). UF (Sede) Município (Sede) Organização Acadêmica Dependência Administrativa Nº de cursos que fizeram Enade nos últimos três anos Nº de cursos com CPC nos últimos três anos G - Conceito médio da Graduação M - Conceito médio do Mestrado D - Conceito médio do Doutorado Porcentag em de graduand os no total da IES (em termos de graduand o equivalent e) - α FACULDADE SEAMA SEAMA AP Macapá Faculdade PRIVADA ,8055 1,0000 Índice Geral de Cursos da Instituição - IGC 2011 P Último ano avaliado no Enade Código_da _IES IES Sigla UF_Sede Município_ Sede Categoria_ Administr ativa Organizaç ão_acadê mica Número_C ursos_trê s_anos Número_C ursos_cp C_três_an os Conceito_ médio_gra duação Conceito_ médio_me strado Conceito_ médio_do utorado Proporção _graduand os_equival ente Proporção _mestran IGC_contín dos_equiv uo alente FACULDADE SEAMA AP Macapá Privada Faculdade ,8755 0,0000 0,0000 1,0000 0,0000 1, Índice Geral de Cursos da Instituição 2012 IGC_Faixa Último ano avaliado no Enade Código da IES Categoria Nome da IESigla da IES Administ rativa Organiza ção Acadêmi ca Número de Cursos avaliados no triênio Número de Cursos com CPC no triênio α (Proporç ão de Graduan dos) Conceito médio da Graduaçã o β (Proporç ão de Mestran dos - Equivale nte) Conceito Médio do Mestrad o Conceito Médio do doutorad o IGC (Contínu o) FACULDADE SEAMA Privada Faculdade ,0000 1,8545 0,0000 0,0000 0,0000 1,85 2 Fonte: INEP. Planilhas. IGC/ e 2012 IGC (faixa) 139

140 A Faculdade SEAMA, diante dos resultados do Relatório ENADE e da divulgação do IGC 2012, tem clareza do papel assumido frente ao desenvolvimento de competências técnico-profissionais de seus alunos, bem como a função de promover, através de um ensino superior de qualidade, a igualdade de oportunidades com responsabilidade e compromisso social para com a população da Região Amazônica onde está inserida. Neste sentido, vem apresentar o seu Termo de Cumprimento ao Termo de Saneamento de Deficiências da Faculdade SEAMA. Concepção da Faculdade SEAMA A Faculdade SEAMA, em seu projeto pedagógico vocacionou-se em atuar como instituição com o compromisso social e politico com o ensino de graduação, e evidente destaque para os cursos das áreas da saúde, mas não descuidando das demais áreas em que atua. Neste sentido, os pressupostos que orientam a missão acadêmica da SEAMA estão pautados no crescimento crítico do indivíduo dentro de princípios sociais, éticos, solidários e justos. Aliando-se às políticas públicas de educação e de saúde e, efetivamente, adequando-se às realidades políticas, sociais e econômicas da região amazônica. Para a consolidação e execução dos seus princípios filosóficos a Faculdade SEAMA propõem-se as seguintes finalidades e objetivos: I- Atuar na formação e diplomação de profissionais eticamente responsáveis e profissionais tecnicamente competentes nas diferentes áreas de conhecimento, preparando-os para a inserção no mundo do trabalho e da pesquisa, e para a participação ativa no desenvolvimento nacional e local, e em específico, da região amazônica; II- Estimular a criação cultural, o desenvolvimento do espírito científico e do pensamento criativo e crítico-reflexivo; III- Promover o Ensino, a Pesquisa e a Investigação Científica, por meio de Cursos de Graduação, Sequenciais, Pós-Graduação e Extensão, bem como outras modalidades educacionais em todos os ramos do saber, tendo em vista o desenvolvimento das ciências, da tecnologia e a criação e a difusão da cultura; IV- Promover o intercâmbio e a cooperação científica e técnica com outras instituições; V- Preservar e fomentar a democracia e a ética propondo-as como alternativa de 140

141 leitura do sentido da existência humana; VI- Promover a formação globalizada da pessoa como partícipe social, aguçando o desejo permanente de aperfeiçoamento cultural e profissional; VII- Educar para o desenvolvimento sustentável e preservação da natureza contribuindo para a elevação da qualidade de vida da população regional; VIII- Interagir com diversos segmentos da sociedade por meio de estudos, projetos, pesquisas, extensões e serviços com vistas à solução de problemas regionais embasados nos valores étnicos, ecológicos e artísticos, em consonância com os anseios e tradições dos povos da região amazônica; IX- Colaborar na promoção e conquista da qualidade de vida da comunidade acadêmica e regional como condição para o melhor exercício da cidadania, desenvolvendo ações de inclusão e responsabilidade social; X- Estimular a cultura empreendedora com o objetivo do desenvolvimento econômico-social da região e do país; XI- Disseminar a tolerância, o diálogo e a aceitação das diferenças. Da apresentação do TSD Considerando o Sistema de Avaliação da Educação Superior (SINAES) criado pela Lei n , de 14 de abril de 2004, formado por três componentes principais - a avaliação das instituições, dos cursos e do desempenho dos estudantes, que giram em torno das dez dimensões, a Faculdade SEAMA designou uma Comissão de Acompanhamento do Plano de Melhorias (Anexo VIII. 3 portaria) trabalhando todas as 10 Dimensões do SINAES. Desta forma, o Termo de Cumprimento do TSD apresenta-se por Dimensão nas quais estão inseridas as ações definidas pelo MEC, quando couber. Dos compromissos das medidas destinadas a manter e aperfeiçoar a qualidade da IES DIMENSÃO 1 Missão e PDI Ação 3: A IES deverá reestruturar e implementar de forma suficiente o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) de modo a garantir os órgãos e os sistemas de administração/gestão adequados ao funcionamento dos cursos e das demais ações existentes, e à efetiva implantação das ações e dos cursos previstos. 141

142 Ações Realizadas: A Faculdade SEAMA, após processo de integração ao Grupo Estácio, realizou aditamento ao seu Regimento Interno, quanto ao regime didático-acadêmico, devido à adoção da prática de ensino e do sistema de avaliação do processo ensino e aprendizagem. (Anexo 1: Regimento Interno e Anexo 2: Ata do CONSUS-Seama). A Faculdade SEAMA, no ano de 2012, através do Conselho Superior- CONSUS, com a adoção ao ensino aprovou as alterações e reformulações dos projetos pedagógicos dos cursos de graduação bacharelado e tecnológico, garantindo o atendimento aos indicadores e aos dispositivos legais dos instrumentos de avaliação da educação superior/inep e DCNs dos cursos. (Anexo: 2- Ata CONSUS). A Faculdade SEAMA, através do Oficio N 029/2013-Estácio SEAMA ao Oficio n 2111/2013-CGFPRDIREG/SERES/MEC encaminhado em 13/08/2013, solicitou a alteração regimental e a alteração do nome da IES como aditamento ao ato de Recredenciamento da Faculdade SEAMA. (Anexo 3: Oficio N 29/2013). A Faculdade SEAMA formou comissão de estudo e elaboração do novo PDI para implantação da vigência 2015 a 2019 (Anexo: 4). A comissão tem o objetivo de estudar, propor alterações e sistematizar o novo documento que entrará em vigência no ano de DIMENSÃO 2 Políticas para o ensino, a pesquisa e a extensão. AÇÃO 4 : A IES deverá realizar atividades nos cursos de graduação e cursos sequenciais (quando for o caso), na modalidade presencial, que garantam o atendimento aos referenciais mínimos de qualidade desses cursos. AÇÃO 5: A IES deverá implementar pesquisa e iniciação científica, com participação de número significativo de professores e estudantes. 142

143 AÇÃO 6: A IES deverá implementar atividades de extensão que possuam relevância acadêmica, científica e social no entorno institucional, e a sua vinculação com a formação acadêmica do aluno. Ações Realizadas: A Faculdade SEAMA realizou, no ano de 2013, através dos cursos de Psicologia, Sistemas de Informação e Fisioterapia, três projetos interdisciplinares (Anexo: 5), conforme descritos a seguir: CURSO DE PSICOLOGIA: * Ensaios e Insights II, com o objetivo de mostrar uma temática específica da Psicologia em diferentes disciplinas, através de uma abordagem interdisciplinar. O Projeto envolveu 08 docentes e 188 alunos, com as seguintes temáticas, entre outras: - Refletindo sobre TDAH: Medicalização do Comportamento; - Meta escola; - Musicoterapia; - Medicalização no Luto: O filho que não teve sobre a medicalização do luto perinatal ; - Psicologia e o Apoio ao Desenvolvimento Infantil; - O Uso necessário e abusivo de medicações no tratamento de depressão na modernidade; - A Medicação e a beleza: o uso de drogas anfetaminicas; - Os Efeitos colaterais do abuso de anfetaminas em adolescentes; - Menino Arteiro? Calma! Medicalização ou desenvolvimento? * PROJETI - Administração Pública - Saúde. Objetivo: promover e integrar os conteúdos curriculares à prática de diferentes disciplinas, na busca da resolução de um problema a ser aplicado e solucionado a partir do trabalho em equipe, com indicação de um cenário real proposto para o futuro profissional (aluno do curso) de Sistemas de Informação. O Projeto envolveu 7 docentes e 100 alunos, com a temática: A área de Saúde do estado do Amapá: controle de medicamentos utilizados pelas unidades de saúde, controle de prontuário médicos e de pacientes e regulação (marcação de consultas médicas e exames). Anexo:5 143

144 CURSO DE FISIOTERAPIA: Atividades Interdisciplinares na Fisioterapia: Objetivo: estimular a participação dos alunos do curso de Fisioterapia no atendimento fisioterapêutico, através de práticas interdisciplinares. O projeto contou com a participação de 07 docentes e 99 alunos. Anexo:5 Foram desenvolvidas, no ano de 2013, ações de fortalecimento para a realização do ENADE na área da saúde, através do Projeto de Extensão e Ação Social: Um Passo em Direção ao Sucesso Profissional, com o objetivo de sensibilizar o aluno para a importância da realização do ENADE, compromisso e responsabilidade na hora de fazer a prova e para as consequências do resultado insatisfatório ou satisfatório da avaliação, para os alunos, curso e a IES. O Projeto (Anexo 5- Relação de participante e Anexo 5.1. Fotos) contou com a participação dos alunos dos cursos de: Biomedicina, Enfermagem, Fisioterapia e Nutrição, no total de 124 alunos, 18 docentes, quatro técnicos administrativos da SEAMA entre: pedagoga, psicóloga, auxiliares de atendimento e o setor de comunicação da IES, com um total de 150 envolvidos. A Faculdade SEAMA, no ano de 2013, através da Coordenação de Pesquisa, abriu edital (Anexo 5. Relatório do PIC- Coordenação de Pesquisa e editais) para inscrição de projetos de iniciação cientifica, calendário e , onde contou com a aprovação de 14 dos projetos abaixo relacionados e a participação de 14 docentes/orientadores e 23 alunos da graduação, disponibilizando 30 horas aos docentes proponentes dos Projetos e de 12 a 20 horas de Atividades Complementares aos alunos participantes Avaliação citogenética de células da mucosa oral em indivíduos expostos a minérios no município de Santana-AP. 2. Relação entre os sintomas osteomusculares e a qualidade vocal de professores da faculdade Estácio SEAMA. 3. Estudo da qualidade da água de poços amazonas na comunidade Jardim de Deus-I no município de Santana-Amapá (Brasil) no ano de (O projeto continuou com a sua execução por todo o ano de 2013). 144

145 Análise da água em áreas de ressaca das Zonas norte (Lago do Pacoval) e sul (Chico Dias) do município de Macapá-AP. (O projeto continuou com a sua execução por todo o ano de 2013). 5. Estudo da resposta sorológica aos marcadores de contato vacinal contra hepatite B em acadêmicos dos cursos de saúde da Faculdade Estácio SEAMA na cidade de Macapá-AP no ano de Cognições: metas e estratégias de socialização em cuidadores de crianças autista. (O projeto continuou com a sua execução por todo o ano de 2013). 7. Melhoria da qualidade de serviços utilizando business inteligente: um estudo de caso no âmbito do Ministério Público do Amapá. 8. Caracterização da ocorrência de fungos em ambiente hospitalar da rede pública do município de Macapá 1. Estudo dos aspectos epidemiológicos e hematológicos de mulheres gestantes atendidas no laboratório do Centro Clínico da Faculdade SEAMA, em Macapá AP. 2. Vinculação de informação em comunidades ribeirinhas do Amapá: mídias alternativas a favor da interação e difusão de conteúdos. 3. Estudo comparativo entre Kinesio Taping e Spiral Taping em trabalhadores com lombalgia. 4. Atividade Genotóxica e antigenotóxica do extrato da Licaniamacrophylla em camundongos SWISS. 5. Análise da sensibilidade de pacientes diabéticos que realizam hemodiálise. 6. Estratégias diferenciadas de ensino para alunos com altas habilidades: quais as possibilidades? A Faculdade SEAMA realizou ainda, no ano de 2013, 12 (doze) Projetos de Extensão e Ação Social, (Anexo 5) com o objetivo de realizar atividades relacionando teoria e prática da área de conhecimento dos cursos de graduação, bem como, disponibilizar a divulgação dos trabalhos acadêmicos à comunidade em geral. 1. XIII Colóquio de Iniciação Cientifica da SEAMA, (Anexos: 5 e 5.2) contou com a inscrição de 487 participantes, e trabalhos nas áreas de: 145

146 a) Mostra Cientifica: 127 trabalhos inscritos com a participação de 336 alunos e 27 docentes; b) Concurso de Artigos: 11 trabalhos inscritos, com a participação de 19 alunos e 9 docentes. c) Minicursos: com a participação de 203 alunos e 13 docentes. 2. Concurso Pérolas Funcionais-Gastronomia de Jovens Talentos - objetivo do projeto: difundir a importância de alimentos funcionais, valor nutricional e valorizar a descoberta de novos talentos no setor nutricional e gastronômico. (Anexo 5. 3). 3. Projeto Sêmio: projeto do curso de bacharelado em Enfermagem, em parceria do curso de bacharelado de Nutrição. O Projeto, através dos seus participantes (dois docentes do curso de Enfermagem e Nutrição e aproximadamente 84 alunos), realizou coletas de dados sobre IMC, pressão arterial e glicemia capilar na comunidade acadêmica, no sentido de promover ações de educação e saúde para promoção de uma vida saudável. (Anexo 5.3). 4. Projeto Grãos: Simbolismo e Saúde - objetivo do projeto: caracterização e simbolismo dos principais grãos da alimentação humana e sua representação diante de fatores sociais e nutricionais, ligado as disciplina de: História e Antropologia da Nutrição. O projeto contou com a coordenação de uma docente, 23 alunos auxiliares/ monitores do projeto e a orientação de aproximadamente 350 pessoas. (Anexo: 5.3) 5. Projeto Boas Vindas-Educação e Sustentabilidade Social: promoveu a troca de experiências e interação entre alunos calouros dos cursos de graduação e a sociedade macapaense, realizando ações de sustentabilidade social, através de trabalhos como campanhas educativas e coleta de lixo nos bairros ao entorno da Faculdade Seama. As ações desenvolvidas permitiram a análise por parte dos alunos e professores quanto aos aspectos: ambiental, social, econômico, politico e cultural do município de Macapá-AP. O projeto contou com a participação de 18 docentes, 332 alunos e aproximadamente atendimentos. (Anexo: 5.3) 6. Projeto: Educação Econômica - um diálogo envolvendo a Psicologia Econômica - objetivo do projeto foi mostrar as escolas parceiras, o papel de formação na educação do pensamento econômico de seus alunos ao pleno desenvolvimento de sua preparação ao exercício da cidadania. O Projeto contou com a participação de 01 docente e 33 alunos do curso de Psicologia para atendimento com palestras e orientações a 47 alunos de escolas no entorno da Faculdade SEAMA. Anexo Projeto de Extensão na FUNASA: realizou uma ação educativa de promoção à saúde e qualidade de vida dos funcionários da FUNASA-AP, envolvendo os alunos na realização de atividades práticas de intervenção e orientação com a supervisão dos 146

147 docentes do Curso de Enfermagem. O projeto contou com 01 docente e 02 discentes do curso junto aos 42 funcionários da FUNASA. Anexo Construindo um Saber em Homenagem a Semana da Enfermagem: objetivo: contribuir para a formação do aluno do curso de Enfermagem como cidadão, resgatando a história da Enfermagem em prol da responsabilidade social coletiva. O projeto contou com a participação de 01 docente e 07 discentes do curso de Enfermagem. Anexo Projeto Bastidores da Publicidade e Comunicação: para comemorar o dia do Publicitário, com o objetivo de discutir as especialidades da área publicitária, por meio de painel com publicitários atuantes em Macapá. O Projeto contou com 147 alunos participantes, dois docentes e três convidados externos. Anexo Projeto Curso de Desenvolvimento em Dispositivos Móveis com Androide: proporcionar conhecimentos, conceitos fundamentais do Androide, para desenvolver aplicativos capazes de armazenar informações, transmitir dados pela internet, consumir dados de webservices, interagir com a câmera do dispositivo, interagir com o GPS e prover diversos outros recursos. Participantes: 02 docentes e aproximadamente 21 alunos. Anexo Projeto Curso de Cabeamento Estruturado e Tecnologias Ópticas em Redes de Computadores - objetivo: transmitir conceitos aos alunos relacionados à como manusear equipamentos e realizar procedimentos de cabeamento estruturado e tecnologias ópticas. Participantes: 02 docentes e 22 alunos. Anexo Projeto Piraruca: Psicologia, Corporeidade e Movimento - objetivo: ampliar o espectro da aprendizagem, valorizando a dimensão artística também como fonte de produção de conhecimento e de criação de estratégias para o enfrentamento dos dramas humanos. Participantes do projeto 01 docente e 8 alunos. Anexo 5.4 Dimensão 3 Responsabilidade Social Ações Realizadas: A Faculdade SEAMA realizou, em 2013, a edição do Projeto SEAMA COMUNIDADE (Anexo: 6 ), com o objetivo de fazer a prestação de serviços à comunidade, estreitando a relação Faculdade e sociedade amapaense diante dos problemas sociais, possibilitando ainda a capacitação do cidadão por meio de ações que beneficiam a população em geral. Foram disponibilizadas 300 vagas com inscrição gratuita em cursos e oficinas à população, ministrados por 28 palestrantes, entre alunos dos cursos de graduação da SEAMA, voluntários 147

148 e a Universidade Federal do Amapá, supervisionados por 04 docentes no projeto e 01 colaborador técnico da SEAMA. Dentre os cursos, elencamos: revisão de anato-fisiologia do corpo humano; noções básicas de primeiros socorros na parada cardiorrespiratória; saúde, higiene e segurança no trabalho; introdução à química analítica; oficina de fotografia; excelência no atendimento; avaliação do uso correto de antimicrobianos, curso básico de inglês; cuidados para infância e primeiros socorros e informática básica. Na verdade, o Projeto SEAMA COMUNIDADE funciona como projeto guarda-chuva, estendendo-se com ações e atividades da IES e dos cursos de graduação por todo o ano de 2013, envolvendo mais de 1.000, com objetivo de prestar serviços, realização de ações educativas e atendimento a comunidade em geral entre elas destacamos: - Dia da Responsabilidade Social do Ensino Superior Particular - Ensino Responsável Anexo: 6 : realização de ações sociais em locais previamente definidos para atender à população em geral, com a participação de todos os cursos de graduação da Faculdade, na prestação de serviços e atendimentos a uma instituição pública, escolhida este ano: A Escola E. Raimunda Virgolina, localizada em área periférica do bairro das Pedrinhas que atende em média 1568 jovens alunos do Ensino Médio de baixa renda. As atividades elencadas a seguir foram oferecidas aos alunos, pais e funcionários da escola e totalizaram a participação de 13 docentes da SEAMA, 303 alunos da graduação e atendimentos com as seguintes ações: Enfermagem: vacinação (TT, HB, FA e H1N1), aferição de pressão arterial e orientações sobre hipertensão-cuidados com a saúde. Oficina: Saúde-Higiene corporal e bucal. Nutrição: Avaliação e orientação nutricional e orientações sobre educação e saúde. Tecnólogo em Redes de Computadores e Sistema de Informações: oficinas sobre perigo na web e bullinng na web Fisioterapia: ginástica laboral e alongamento. Curso de Comunicação Social Publicidade e Propaganda e Jornalismo: Workshop de inclusão em comunicação. Biomedicina: teste de glicemia capilar e orientações sobre saúde: doenças sexualmente transmissíveis. - Projeto Empreendedorismo Social como Fator de Sustentabilidade: mostrar aos acadêmicos dos cursos de Biomedicina e Tecnólogos em Rede de Computadores, os problemas de sustentabilidade planetária, promovendo ações que beneficiem a comunidade em geral com a melhoria das condições de vida no que diz respeito à 148

149 saúde, educação, entretenimento e sustentabilidade e renda. A ação envolveu atividades como: aferição de PA, teste glicêmico, massagem relaxante, entrega de preservativos; comercialização e chocolates caseiros, venda de pequenos livros sobre doenças silenciosas, teste de colesterol e venda de lanches saudáveis. Alguns serviços foram oferecidos ao preço de R$ 1,00 (como forma de contribuir para ações dos alunos dos cursos: formatura e outros eventos). A ação envolveu três docentes do curso de biomedicina e 30 alunos, com a prestação de 376 atendimentos ao público. Anexo: 6 - No Curso de Tecnólogo em Redes de Computadores: foram oferecidos serviços como: orientações sobre limpezas de computadores, instalação de antivírus, configuração de pen drive, instalação de programas e aplicativos android, instalação e programas básico, remoção de vírus em dispositivos androide; treinamento para a produção de suporte para net e notebooks, aplicação de vacinas em pen drive, remoção de vírus de net e notebooks. Envolvidos na ação três docentes, 31 acadêmicos do curso e 695 atendimentos. Anexo: 6 - Ação de informação e doação para catadores de resíduos sólidos no lixão - Km-09 de Santana-AP - promover ação de educação sobre princípios básicos dos cuidados com a higiene pessoal e seus respectivos reflexos sobre a saúde individual e coletiva dos catadores de resíduo no lixão do Km-09, levando o aluno dos cursos de graduação da Faculdade SEAMA à reflexão sobre os problemas sociais e realidade dessa categoria; e sua importância para o contexto da educação ambiental e saúde. A ação contou com a participação de 01 docente e 46 alunos do curso de Biomedicina. Anexo: 6 - Dia Mundial de Doação de Leite Humano: sensibilizar a população macapaense sobre a importância da amamentação e necessidade de doação de leite humano; recebendo doações de frascos para coleta de leite humano e captando doadoras de leite humano para o Banco de Leite do Amapá-Localizado na Maternidade Mãe Luzia. A ação envolveu 04 docentes e 37 alunos do curso de Enfermagem. Anexo: A Ação Global-2013, em parceria com o SESI/AP e o Centro de Análises Clinica da SEAMA, ofereceu atendimento às camadas mais pobres da população macapaense com a prestação de serviços como: 300 coletas de PCCU no Centro SEAMA. Participantes da ação: docentes dos cursos de Enfermagem e Fisioterapia e 45 alunos para atendimento. O Publico alvo da ação foram mulheres da comunidade do bairro Mar abaixo I; II e III atendidas e residentes próximas a Escola E. Milton Balieiro. Anexo: Dimensão 4 149

150 Comunicação com a sociedade Ações Realizadas: A Comunicação com a comunidade acadêmica, no ano de 2013, da Faculdade SEAMA, foi realizada através de uma estrutura de canais de atendimento que utilizam diversos mecanismos de aproximação, acolhimento de questões e resposta entre elas podemos destacar: (a) Portal Estácio (Anexo 7.3), Portal do Aluno (Anexo 7. 1),Portal do Professor (Anexo 7.2), (d) Campus Virtual (Anexo VII.1), (e) Secretaria Virtual (Anexo 7.1), (Fale Conosco, (g) Call Center. (Anexo 7). Outros canais de comunicação: - Boletim SEAMA: periódico bimestral distribuído de forma gratuita a toda comunidade acadêmica com informações acerca da Instituição, calendário e eventos acadêmicos e assuntos relevantes e de interesse da comunidade. Anexos: 8 a Portal na Internet: foram disponibilizadas informações referentes à Instituição, resumos dos PPC dos cursos de graduação com as informações sobre: currículo, matriz, sistemática de avaliação, tempo de integralização e valores conforme orientação da Portaria Normativa N Foram disponibilizados documentos da Faculdade SEAMA (PDI, Regimento e relatório de avaliação institucional 2012-CPA-SEAMA) na Biblioteca, para divulgação à comunidade acadêmica das ações de melhorias dentro da IES e para os cursos nos últimos semestres. Anexo: 10 Campus Virtual e Secretaria Virtual: disponibilidade de serviços aos alunos de forma dinâmica, interativa e ágil. Anexo: O portal do Egresso (www.seama.edu.br) Divulgação das informações sobre mercado de trabalho, eventos institucionais, vagas de emprego e cadastro para os egressos. Anexo: 10 Os funcionários dispõem, ainda, da Intranet onde são veiculadas notícias e disponibilizados Serviços: institucional, aberturas de chamados, comunicação interna ao Grupo Estácio e a outras Faculdades do Grupo, Conecta (rede social interna) e demandas internas administrativas de gestão da Faculdade SEAMA. Anexo: 7.3 Ouvidoria: canal de acesso e comunicação de alunos, docentes e colaboradores as demandas institucionais e pessoais de solicitação, reclamação ou sugestões, atua como ponto focal dos instrumentos acima elencados, desenvolvendo atendimento direto à comunidade acadêmica e à sociedade, e fornecendo aos gestores elementos para revisão de processos e ações. Anexo: 9-Relatório da Ouvidoria ano

151 Dimensão 5 Políticas de pessoal, as carreiras do corpo docente e técnico-administrativo. AÇÃO 7: A IES deverá comprovar a composição de seu corpo docente na forma a seguir especificada: Faculdades - o corpo docente da IES deverá ter, no mínimo, formação de pósgraduação lato sensu e experiência profissional e acadêmica adequadas às políticas constantes nos documentos oficiais da IES. AÇÃO 8: A IES deverá demonstrar a implementação das seguintes condições institucionais para os docentes: Faculdades - Políticas de capacitação e de acompanhamento do trabalho docente; Plano de Carreira Docente difundido na comunidade Acadêmica. Ações Realizadas: A carreira do magistério superior da Faculdade SEAMA está disposta em documento específico Quadro de Carreira e Plano de Carreira Docente e Técnico Administrativo da Seama (Anexo 11 e 12), e apresenta como aspectos importantes questões referentes ao regime de trabalho, ao acesso e à promoção dos docentes na carreira de magistério. Estes aspectos são claros em seus objetivos, procurando usar mecanismos adequados para o alcance das finalidades previstas e para o acompanhamento e avaliação sistemática dos esforços desenvolvidos. A seleção de professores se dá por critérios de titulação. A substituição de professores do quadro se acontece pelos mesmos critérios da seleção estabelecidos no Quadro de Carreira e Edital de Seleção publicado pela Instituição. A Faculdade SEAMA, desde seu início vem primando pela adequação da formação docente, resguardando a questão da titulação necessária para a atuação no Ensino de Graduação, que é a titulação mínima de especialista. Atualmente, o corpo docente da Instituição é composto por professores, entre Doutores, mestres e de especialistas, tendo preferência na contratação dos professores com titulação Stricto Senso, desde que apresentem, assim como os especialistas, diante de banca avaliativa, perfil para o desempenho do ofício docente. A IES lida com pouco volume de titulados em nível stricto sensu, vez que no Estado do Amapá a presença de profissionais com tal titulação é exígua, conforme se 151

152 observa nos dados a seguir, do Painel Lattes do CNPQ, disponível em Quadro docente da Faculdade SEAMA Docente - Titulação Quantitativo % Especialistas Mestres Doutores 04 4 Total % Docente - Regime de Trabalho Quantitativo % Horista Tempo Parcial Tempo Integral Total % 152

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Grupo Nobre de Ensino Ltda. UF: BA ASSUNTO: Recredenciamento da Faculdade Nobre de Feira de Santana, a ser instalada

Leia mais

NORMATIZAÇÃO E REGULAÇÃO DOS DOCUMENTOS OFICIAIS DAS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR LASSALISTA CURSOS DE GRADUAÇÃO

NORMATIZAÇÃO E REGULAÇÃO DOS DOCUMENTOS OFICIAIS DAS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR LASSALISTA CURSOS DE GRADUAÇÃO NORMATIZAÇÃO E REGULAÇÃO DOS DOCUMENTOS OFICIAIS DAS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR LASSALISTA CURSOS DE GRADUAÇÃO PROVÍNCIA LA SALLE BRASIL - CHILE APRESENTAÇÃO O Setor de Educação Superior da Província

Leia mais

FACULDADE SETE LAGOAS - FACSETE COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO / CPA RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DA CPA NO ANO DE 2013

FACULDADE SETE LAGOAS - FACSETE COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO / CPA RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DA CPA NO ANO DE 2013 FACULDADE SETE LAGOAS - FACSETE COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO / CPA RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DA CPA NO ANO DE 2013 Sete Lagoas Março de 2014 Sumário 1. DADOS DA INSTITUIÇÃO... 4 1.1. Composição da Comissão

Leia mais

crítica na resolução de questões, a rejeitar simplificações e buscar efetivamente informações novas por meio da pesquisa, desde o primeiro período do

crítica na resolução de questões, a rejeitar simplificações e buscar efetivamente informações novas por meio da pesquisa, desde o primeiro período do Dimensão 2 As políticas para o ensino, a pesquisa, a pós-graduação, a extensão e as respectivas normas de operacionalização, incluídos os procedimentos para estímulo à produção acadêmica, as bolsas de

Leia mais

2º RELATÓRIO PARCIAL DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL

2º RELATÓRIO PARCIAL DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2º RELATÓRIO PARCIAL DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL - CPA Mantenedora: Fundação Presidente Antônio Carlos Mantida: Faculdade Presidente Antônio Carlos de Araguari

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: Faculdades Nordeste S/A UF: CE ASSUNTO: Recredenciamento da Faculdade Nordeste, com sede no Município de Fortaleza,

Leia mais

Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES/INEP Coordenação-Geral de Avaliação de Cursos de Graduação e IES

Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES/INEP Coordenação-Geral de Avaliação de Cursos de Graduação e IES Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES/INEP Coordenação-Geral de Avaliação de Cursos de Graduação e IES EDUCAÇÃO SUPERIOR BRASILEIRA ALGUNS INDICADORES¹ 2.314 IES 245 públicas (10,6%) e 2.069

Leia mais

DIMENSÃO 1 A MISSÃO E O PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL

DIMENSÃO 1 A MISSÃO E O PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL Faculdade Educacional da Lapa 1 FAEL RESULTADOS - AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2012 O referido informativo apresenta uma súmula dos resultados da autoavaliação institucional, realizada no ano de 2012, seguindo

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: Associação Brasileira de Educação Familiar e Social UF: BA ASSUNTO: Recredenciamento da Faculdade Social da Bahia

Leia mais

Presidência da República Federativa do Brasil Ministério da Educação Secretaria Executiva Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais

Presidência da República Federativa do Brasil Ministério da Educação Secretaria Executiva Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Presidência da República Federativa do Brasil Ministério da Educação Secretaria Executiva Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira INEP Diretoria de Avaliação da Educação

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: Associação Escola Superior de Propaganda e Marketing UF: SP ASSUNTO: Recredenciamento da Escola Superior de Propaganda

Leia mais

2.1 Dimensão 2 - A política para o ensino, a pesquisa e a extensão

2.1 Dimensão 2 - A política para o ensino, a pesquisa e a extensão 2.1 Dimensão 2 - A política para o ensino, a pesquisa e a extensão As políticas para o ensino, a pesquisa, a pós-graduação, a extensão e as respectivas normas de operacionalização, incluídos os procedimentos

Leia mais

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação presencial e a distância

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação presencial e a distância MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep Diretoria de Avaliação da Educação Superior Daes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior Sinaes

Leia mais

FESURV UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2009-2010

FESURV UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2009-2010 FESURV UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2009-2010 1 Fragilidade resultado inferior a 50% Ponto a ser melhorado 50% e 59,9% Potencialidade igual ou

Leia mais

Relatório de Autoavaliação

Relatório de Autoavaliação Relatório de Autoavaliação O CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO ESTÁCIO UNIRADIAL é uma Instituição Privada de Ensino Superior com fins lucrativos, situada no Município de São Paulo, Estado

Leia mais

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014 A CPA (Comissão Própria De Avaliação) apresentou ao MEC, em março de 2015, o relatório da avaliação realizada no ano de 2014. A avaliação institucional, realizada anualmente, aborda as dimensões definidas

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: Associação de Ensino Superior de Ibaiti UF: PR ASSUNTO: Recredenciamento da Faculdade de Educação, Administração

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO INTRODUÇÃO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO (PPC) Articulação com o Plano de Desenvolvimento Institucional PDI Projeto Político Pedagógico Indissociabilidade entre ensino, pesquisa

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO FACULDADE UNIÃO

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO FACULDADE UNIÃO COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO FACULDADE UNIÃO A avaliação institucional tem sido objeto de discussões na Faculdade Educacional de Ponta Grossa - Faculdade União e sempre foi reconhecida como um instrumento

Leia mais

FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE CONSELHEIRO LAFAIETE

FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE CONSELHEIRO LAFAIETE 1 FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE CONSELHEIRO LAFAIETE RELATÓRIO PARCIAL DA AUTO-AVALIAÇÃO (Síntese dos resultados) COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL - CPA Mantenedora: Fundação Presidente

Leia mais

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação presencial e a distância

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação presencial e a distância MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior Sinaes

Leia mais

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação em Direito (presencial e a distância)

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação em Direito (presencial e a distância) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior Sinaes

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: Cruzada Maranata de Evangelização UF: BA ASSUNTO: Recredenciamento da Faculdade Batista Brasileira, com sede no

Leia mais

Atribuições dos Coordenadores do Curso de Graduação em Direito: a) Coordenador do Curso de Graduação em Direito:

Atribuições dos Coordenadores do Curso de Graduação em Direito: a) Coordenador do Curso de Graduação em Direito: 306 Atribuições dos Coordenadores do Curso de Graduação em Direito: a) Coordenador do Curso de Graduação em Direito: 1. conhecer do Estatuto da Instituição e do Regimento do Curso; 2. apresentar, por escrito,

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira INEP Diretoria de Avaliação da Educação Superior - DAES SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR

Leia mais

PLANO DE AÇÃO 2012 Resolução COP Nº. 114/2011 de 08/12/2011

PLANO DE AÇÃO 2012 Resolução COP Nº. 114/2011 de 08/12/2011 PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL De acordo com o Decreto 5.773/2006 PERÍODO - 2012-2015 Resolução COP Nº 113/2011, de 08/12/2011 PLANO DE AÇÃO 2012 Resolução COP Nº. 114/2011 de 08/12/2011 Lucas

Leia mais

MINI STÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINI STRO P ORTARIA Nº 808, DE 18 DE JUNHO DE 2010

MINI STÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINI STRO P ORTARIA Nº 808, DE 18 DE JUNHO DE 2010 MINI STÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINI STRO P ORTARIA Nº 808, DE 18 DE JUNHO DE 2010 Aprova o instrumento de avaliação para reconhecimento de Cursos Pedagogia, no âmbito do Sistema Nacional de Avaliação

Leia mais

O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO

O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO Portaria nº 808, de 8 de junho de 00. Aprova o instrumento de avaliação para reconhecimento de Cursos Pedagogia, no âmbito do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior - SINAES. O MINISTRO DE

Leia mais

ANEXO III. Cronograma detalhado do PROAVI

ANEXO III. Cronograma detalhado do PROAVI ANEXO III Cronograma detalhado do PROAVI 65 PROGRAMA DE AUTO-AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL DA PUC-CAMPINAS CRONOGRAMA COMPLEMENTAR DETALHANDO AS ATIVIDADES E AS AÇÕES DE DIVULGAÇÃO COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO

Leia mais

O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso da atribuição que lhe confere o artigo 14 da Lei no 10.861, de 14 de abril de 2004, resolve:

O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso da atribuição que lhe confere o artigo 14 da Lei no 10.861, de 14 de abril de 2004, resolve: >PORTARIA Nº 2.051, DE 9 DE JULHO DE 2004 Regulamenta os procedimentos de avaliação do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), instituído na Lei no 10.861, de 14 de abril de 2004.

Leia mais

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2011 2012 FACULDADE DE FISIOTERAPIA

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2011 2012 FACULDADE DE FISIOTERAPIA UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2011 2012 FACULDADE DE FISIOTERAPIA 1 Dimensão 2 - Acadêmico avaliando professor POTENC. PTO. A MELHOR. FRAGIL. 1

Leia mais

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2011 2012 FACULDADE DE ENFERMAGEM

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2011 2012 FACULDADE DE ENFERMAGEM UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2011 2012 FACULDADE DE ENFERMAGEM 1 Dimensão 2 - Acadêmico avaliando professor 1 - O professor comparece com regularidade

Leia mais

FACULDADE GLOBAL DE UMUARAMA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL DA FACULDADE GLOBAL DE UMUARAMA FGU / UNIESP RELATÓRIO FINAL 2012/2013

FACULDADE GLOBAL DE UMUARAMA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL DA FACULDADE GLOBAL DE UMUARAMA FGU / UNIESP RELATÓRIO FINAL 2012/2013 FACULDADE GLOBAL DE UMUARAMA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL DA FACULDADE GLOBAL DE UMUARAMA FGU / UNIESP RELATÓRIO FINAL 2012/2013 UMUARAMA, DEZEMBRO, 2012 RELATÓRIO DE AUTO-AVALIAÇÃO I DADOS DA INSTITUIÇÃO Nome/

Leia mais

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2011 2012 FACULDADE DE PSICOLOGIA

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2011 2012 FACULDADE DE PSICOLOGIA UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2011 2012 FACULDADE DE PSICOLOGIA 1 Dimensão 2 - Acadêmico avaliando professor POTENC. PTO. A MELHOR. FRAGIL. 1 -

Leia mais

CHECK-LIST PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO

CHECK-LIST PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO CHECK-LIST PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO Com a finalidade de otimizar o processo de elaboração e avaliação dos Projetos Pedagógicos do Cursos (PPC), sugere-se que os itens a seguir sejam

Leia mais

Padrões de Qualidade para os Cursos de Graduação em Direito

Padrões de Qualidade para os Cursos de Graduação em Direito MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR COORDENAÇÃO DAS COMISSÕES DE ESPECIALISTAS DE ENSINO COMISSÃO DE ESPECIALISTAS DE ENSINO DE DIREITO APRESENTAÇÃO: Padrões de Qualidade para os Cursos

Leia mais

FACULDADE DE ENGENHARIA DE MINAS GERAIS FEAMIG PLANO DE MELHORIAS ACADÊMICAS

FACULDADE DE ENGENHARIA DE MINAS GERAIS FEAMIG PLANO DE MELHORIAS ACADÊMICAS FACULDADE DE ENGENHARIA DE MINAS GERAIS FEAMIG PLANO DE MELHORIAS ACADÊMICAS Fevereiro 2011 PLANO DE MELHORIAS ACADÊMICAS DA FEAMIG Introdução Desde o final do ano de 2007 e o início de 2008, a FEAMIG

Leia mais

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2011 2012 FACULDADE DE SECRETARIADO EXECUTIVO BILÍNGUE

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2011 2012 FACULDADE DE SECRETARIADO EXECUTIVO BILÍNGUE UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO 2011 2012 FACULDADE DE SECRETARIADO EXECUTIVO BILÍNGUE 1 Dimensão 2 - Acadêmico avaliando professor 1 - O professor

Leia mais

PONTOS FRACOS E PONTOS FORTES E PROPOSTA PARA SOLUCIONAR E/OU MINIMIZAR

PONTOS FRACOS E PONTOS FORTES E PROPOSTA PARA SOLUCIONAR E/OU MINIMIZAR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO COORDENADORIA DE ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL SÍNTESE DE RELATORIO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL E DE AVALIAÇÃO EXTERNA PONTOS FRACOS E PONTOS FORTES E PROPOSTA

Leia mais

Plano de Ação da CPA

Plano de Ação da CPA Centro Universitário do Estado do Pará - CESUPA Plano de Ação da CPA Ano 2014 CPA/CESUPA 2014 C o m i s s ã o P r ó p r i a d e A v a l i a ç ã o C P A / C E S U P A APRESENTAÇÃO O plano de ações da CPA

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 0/5/2012, Seção 1, Pág.. Portaria n 712, publicada no D.O.U. de 0/5/2012, Seção 1, Pág. 2. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

Leia mais

D I R E I T O SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR SINAES AUTORIZAÇÃO

D I R E I T O SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR SINAES AUTORIZAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Superior Sesu Departamento de Supervisão da Educação Superior - Desup Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep Diretoria

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação a Distância SEED Departamento de Regulação e Supervisão da Educação a Distância Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep

Leia mais

CURSO DE DIREITO REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES

CURSO DE DIREITO REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE DIREITO REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES 2 DA FINALIDADE E DO OBJETIVO Art. 1º. As Atividades Complementares do Curso de Direito da Faculdade Unida de Suzano serão regidas por este Regulamento.

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS IPITANGA FACIIP UNIDADE BAIANA DE ENSINO PESQUISA E EXTENSÃO - UNIBAHIA PERÍODO 2015/2017. Lauro de Freitas - Bahia

FACULDADES INTEGRADAS IPITANGA FACIIP UNIDADE BAIANA DE ENSINO PESQUISA E EXTENSÃO - UNIBAHIA PERÍODO 2015/2017. Lauro de Freitas - Bahia FACULDADES INTEGRADAS IPITANGA FACIIP UNIDADE BAIANA DE ENSINO PESQUISA E ETENSÃO - UNIBAHIA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO - CPA PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE AUTOAVALIAÇÃO PERÍODO 2015/2017 Lauro de Freitas

Leia mais

Representante da Sociedade Civil Organizada Calixto Nunes da França. Representante Discente Artur da Costa Júnior

Representante da Sociedade Civil Organizada Calixto Nunes da França. Representante Discente Artur da Costa Júnior I DADOS DA INSTITUIÇÃO Nome: Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte Código da IES INEP: 1547 Caracterização da IES: Instituição Privada Sem Fins Lucrativos Estado: Ceará Cidade: Juazeiro do Norte Composição

Leia mais

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação Bacharelados, Licenciaturas e Cursos Superiores de Tecnologia (presencial e a distância)

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação Bacharelados, Licenciaturas e Cursos Superiores de Tecnologia (presencial e a distância) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior Sinaes

Leia mais

RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO DA

RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO DA RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO DA FACULDADE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DE ALTA FLORESTA FACTFLOR 2010/2011 1 COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACTFLOR DIRETOR DA FACTFLOR Prof. Dr. JOSÉ ANTÔNIO TOBIAS VICE-DIRETORA

Leia mais

REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE ENFERMAGEM

REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE ENFERMAGEM ENFERMAGEM REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE ENFERMAGEM CAPÍTULO I DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES E SUAS FINALIDADES Art. 1º. As atividades complementares, no âmbito do Curso de Enfermagem,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação a Distância SEED Departamento de Regulação e Supervisão da Educação a Distância - Dresead Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira

Leia mais

Regulamenta a validação e registro das Atividades Complementares dos cursos de Graduação das Faculdades Projeção.

Regulamenta a validação e registro das Atividades Complementares dos cursos de Graduação das Faculdades Projeção. RESOLUÇÃO Nº 01/2011 Regulamenta a validação e registro das Atividades Complementares dos cursos de Graduação das Faculdades Projeção. O Conselho Superior da Faculdade Projeção, com base nas suas competências

Leia mais

Planejamento CPA Metropolitana 2013

Planejamento CPA Metropolitana 2013 Planejamento CPA Metropolitana 2013 1 Planejamento CPA Metropolitana Ano 2013 Denominada Comissão Própria de Avaliação, a CPA foi criada pela Legislação de Ensino Superior do MEC pela Lei 10.861 de 10

Leia mais

INTRODUÇÃO OBJETIVOS GERAIS E ESPECÍFICOS

INTRODUÇÃO OBJETIVOS GERAIS E ESPECÍFICOS INTRODUÇÃO Com base no Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais - REHUF, destinado à reestruturação e revitalização dos hospitais das universidades federais, integrados

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS BAMBUÍ

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS BAMBUÍ INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS BAMBUÍ RELATÓRIO DO QUESTIONÁRIO APLICADO AO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO II SEMESTRE/2014 COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO (CPA)

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DO IFPR CÂMPUS CAMPO LARGO DESDOBRAMENTO DAS DIRETRIZES E OBJETIVOS ESTRATÉGICOS PARA O CÂMPUS DOCUMENTO FINAL

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DO IFPR CÂMPUS CAMPO LARGO DESDOBRAMENTO DAS DIRETRIZES E OBJETIVOS ESTRATÉGICOS PARA O CÂMPUS DOCUMENTO FINAL PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DO IFPR CÂMPUS CAMPO LARGO DESDOBRAMENTO DAS DIRETRIZES E OBJETIVOS ESTRATÉGICOS PARA O CÂMPUS DOCUMENTO FINAL EIXO: ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E INOVAÇÃO Objetivos Específicos

Leia mais

INFORMAÇÕES DO PPC Perfil do Egresso

INFORMAÇÕES DO PPC Perfil do Egresso INFORMAÇÕES DO PPC Perfil do Egresso O Curso Superior de Tecnologia em Secretariado visa formar profissionais com competência técnica, comunicação interpessoal, postura ética, visão holística, espírito

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: Escola de Enfermagem Nova Esperança Ltda. UF: PB ASSUNTO: Recredenciamento da Faculdade de Enfermagem Nova Esperança,

Leia mais

Ministério da Educação

Ministério da Educação Página 1 de 25 Ministério da Educação Nº 1229 - Segunda feira, 21 de junho de 2010 Gabinete do Ministro - Portaria nº 807, de 18 de junho de 2010 Gabinete do Ministro - Portaria nº 808, de 18 de junho

Leia mais

PROJETO DA CPA 1 DADOS DA INSTITUIÇÃO. Nome: Faculdade São Salvador Código: 2581 Caracterização: Instituição privada com fins lucrativos

PROJETO DA CPA 1 DADOS DA INSTITUIÇÃO. Nome: Faculdade São Salvador Código: 2581 Caracterização: Instituição privada com fins lucrativos PROJETO DA CPA Em atendimento ao que dispõe a Lei 10.861, de 14 de abril de 2004 que institui a obrigatoriedade da Avaliação Institucional e por entender a importância do SINAES para o desenvolvimento

Leia mais

AVALIAÇÃO TRIMESTRAL DE METAS PDI- 2011/2015

AVALIAÇÃO TRIMESTRAL DE METAS PDI- 2011/2015 AVALIAÇÃO TRIMESTRAL DE METAS PDI- 2011/2015 METAS AÇÕES PRAZOS Expansão do número de vagas do curso de Engenharia de Produção. SITUAÇÃO MARÇO DE 2015 AVALIAÇÃO PROCEDIDA EM 12.03.2015 CPA E DIRETORIA

Leia mais

SEMINÁRIO DE GRADUAÇÃO ENADE 2015

SEMINÁRIO DE GRADUAÇÃO ENADE 2015 SEMINÁRIO DE GRADUAÇÃO ENADE 2015 ROTEIRO SINAES Princípios e concepções Os Ciclos Avaliativos do Enade e os Indicadores de Qualidade Enade 2015 PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DO SINAES Responsabilidade : responsabilidade

Leia mais

2. Disseminar o conhecimento gerado no Instituto Federal do Amazonas.

2. Disseminar o conhecimento gerado no Instituto Federal do Amazonas. Extensão ETENSÃO A implementação da politica de Extensão, no Instituto Federal do Amazonas reafirma a missão deste Instituto e seu comprometimento com o desenvolvimento local e regional promovendo a integração

Leia mais

Reitor Prof. Dr. Reinaldo Centoducatte. Vice-Reitora Profª. Drª. Ethel Leonor Noia Maciel

Reitor Prof. Dr. Reinaldo Centoducatte. Vice-Reitora Profª. Drª. Ethel Leonor Noia Maciel Reitor Prof. Dr. Reinaldo Centoducatte Vice-Reitora Profª. Drª. Ethel Leonor Noia Maciel PROGRAMA DE AUTOAVALIAÇÃO DE CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Pró-Reitoria de Graduação

Leia mais

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação em Medicina

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação em Medicina MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior Sinaes

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 28/7/2009, Seção 1, Pág. 53. Portaria n 760, publicada no D.O.U. de 28/7/2009, Seção 1, Pág. 53. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 24/8/2009, Seção 1, Pág. 16. Portaria n 816, publicada no D.O.U. de 24/8/2009, Seção 1, Pág. 16. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO DE EGRESSOS - PAE

PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO DE EGRESSOS - PAE CENTRO DE ENSINO ATENAS MARANHENSE FACULDADE ATENAS MARANHESE DIREÇÃO ACADÊMICA CPA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO PROGRAMA DE ACOMPANHAMENTO DE EGRESSOS - PAE SÃO LUIS MA 2009 DIRETORIA ACADÊMICA Diretor

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Instituto Doctum de Educação e Tecnologia Ltda. UF: MG ASSUNTO: Credenciamento da Faculdade de Ciências Gerenciais

Leia mais

Direito. 592 Nível (Bacharelado, Turno. Carga Horária Licenciatura) Bacharelado Noturno 3774 Horas 201111874 24-08-2011

Direito. 592 Nível (Bacharelado, Turno. Carga Horária Licenciatura) Bacharelado Noturno 3774 Horas 201111874 24-08-2011 Curso Direito Código INEP Código UFLA 592 Nível (Bacharelado, Turno Carga Horária Licenciatura) Bacharelado Noturno 3774 Horas Processo e-mec- Tipo Autorização Número Data 201111874 24-08-2011 Despacho

Leia mais

Ações de Melhorias. Consolidação da identidade da instituição e, consequentemente, de seus projetos acadêmicos. Dimensão 1:

Ações de Melhorias. Consolidação da identidade da instituição e, consequentemente, de seus projetos acadêmicos. Dimensão 1: Ações de Melhorias DIMENSÃO Dimensão 1: A Missão e o Plano de Desenvolvimento Institucional AÇÕES DE MELHORIA Consolidação da identidade da instituição e, consequentemente, de seus projetos acadêmicos.

Leia mais

Padrões de Competências para o Cargo de Coordenador Pedagógico

Padrões de Competências para o Cargo de Coordenador Pedagógico Padrões de Competências para o Cargo de Coordenador Pedagógico O Coordenador Pedagógico é o profissional que, na Escola, possui o importante papel de desenvolver e articular ações pedagógicas que viabilizem

Leia mais

COORDENADORA: Profa. Herica Maria Castro dos Santos Paixão. Mestre em Letras (Literatura, Artes e Cultura Regional)

COORDENADORA: Profa. Herica Maria Castro dos Santos Paixão. Mestre em Letras (Literatura, Artes e Cultura Regional) COORDENADORA: Profa. Herica Maria Castro dos Santos Paixão Mestre em Letras (Literatura, Artes e Cultura Regional) Universidade Federal de Roraima UFRR Brasil Especialista em Alfabetização (Prática Reflexiva

Leia mais

UMA PROPOSTA DISCENTE DE AVALIAÇÃO SOBRE A FORMAÇÃO DE ENGENHEIROS NA UFJF. Elisângela Cristina dos Santos

UMA PROPOSTA DISCENTE DE AVALIAÇÃO SOBRE A FORMAÇÃO DE ENGENHEIROS NA UFJF. Elisângela Cristina dos Santos UMA PROPOSTA DISCENTE DE AVALIAÇÃO SOBRE A FORMAÇÃO DE ENGENHEIROS NA UFJF Elisângela Cristina dos Santos Rua Aladim Silva, 128 Bairro: Retiro, Juiz de Fora / MG - CEP: 36072-560 annaeorei@yahoo.com.br

Leia mais

Síntese do plano de atuação da CPA- ciclo avaliativo 2008/2010

Síntese do plano de atuação da CPA- ciclo avaliativo 2008/2010 Síntese do plano de atuação da CPA- ciclo avaliativo 2008/2010 O trabalho da CPA/PUCSP de avaliação institucional está regulamentado pela Lei federal nº 10.861/04 (que institui o SINAES), artigo 11 e pelo

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Serviço Nacional de Aprendizagem UF: BA Departamento Regional da Bahia SENAI-DR/BA ASSUNTO: Recredenciamento da

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO I FÓRUM DE GRADUAÇÃO DA UEG CENÁRIOS DA GRADUAÇÃO: DESAFIOS PARA A UEG CARTA DA GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO I FÓRUM DE GRADUAÇÃO DA UEG CENÁRIOS DA GRADUAÇÃO: DESAFIOS PARA A UEG CARTA DA GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO I FÓRUM DE GRADUAÇÃO DA UEG CENÁRIOS DA GRADUAÇÃO: DESAFIOS PARA A UEG CARTA DA GRADUAÇÃO Diretores de Unidades Universitárias, coordenadores pedagógicos

Leia mais

REGIMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR VALE DO IGUAÇU DO COLEGIADO DE CURSO

REGIMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR VALE DO IGUAÇU DO COLEGIADO DE CURSO REGIMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR VALE DO IGUAÇU DO COLEGIADO DE CURSO Art. 1º O colegiado de curso é órgão consultivo da Coordenação de Curso, destinado a subsidiar a

Leia mais

Instrumento de Avaliação de Cursos Superiores de Pedagogia

Instrumento de Avaliação de Cursos Superiores de Pedagogia MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira INEP Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior -

Leia mais

RESULTADO DE ENQUETE APLICADA PELO PORTAL

RESULTADO DE ENQUETE APLICADA PELO PORTAL 01/11/2012 10:31:12 1 Código Nome da Enquete D. Inicio D. Fim 597 Outras Dimensões - 4º ano A 08/10/12 31/10/12 1-1. 1ª Dimensão Planejamento Institucional: Você acessa as normas institucionais (Regimento,

Leia mais

DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR

DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional DIRETRIZES CURRICULARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UTFPR APROVADO PELA RESOLUÇÃO

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA DA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA 2014/01 a 2014/02 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 1. Análise dos resultados

Leia mais

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação presencial e a distância

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação presencial e a distância MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep Diretoria de Avaliação da Educação Superior Daes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior Sinaes

Leia mais

Informativo Comissão Própria de Avaliação URI Erechim

Informativo Comissão Própria de Avaliação URI Erechim Informativo Comissão Própria de Avaliação URI Erechim 7ª edição março 2015 Avaliação Institucional: um ato de consolidação para as universidades! Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE PEDAGOGIADA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE PEDAGOGIADA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE PEDAGOGIADA CPA DA FACULDADE ARAGUAIA 2013/01 a 2013/02 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 1. Diagnóstico geral

Leia mais

PARECER HOMOLOGADO(*)

PARECER HOMOLOGADO(*) PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 18/07/2006. Portaria MEC nº 1.319, publicada no Diário Oficial da União de 18/07/2006. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação presencial e a distância

Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação presencial e a distância MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Inep Diretoria de Avaliação da Educação Superior Daes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior Sinaes

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 14/5/2011, Seção 1, Pág.147. Portaria n 545, publicada no D.O.U. de 14/5/2012, Seção 1, Pág.147. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

PROGRAMA DE APOIO E APERFEIÇOAMENTO PEDAGÓGICO AO DOCENTE

PROGRAMA DE APOIO E APERFEIÇOAMENTO PEDAGÓGICO AO DOCENTE PROGRAMA DE APOIO E APERFEIÇOAMENTO PEDAGÓGICO AO DOCENTE DA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS DE GUARANTÂ DO NORTE - MT 2011 Apresentação Articulado com o novo Plano de Desenvolvimento Institucional (2011-2015)

Leia mais

Elaboração: Comissão Própria de Avaliação CPA. Parâmetros: Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior SINAES

Elaboração: Comissão Própria de Avaliação CPA. Parâmetros: Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior SINAES Faculdade de Sorocaba AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Elaboração: Comissão Própria de Avaliação CPA Parâmetros: Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior SINAES Sorocaba Dezembro 2014 1 Faculdade

Leia mais

Faculdade de Direito Promove Comissão Própria de Avaliação PROJETO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL

Faculdade de Direito Promove Comissão Própria de Avaliação PROJETO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Faculdade de Direito Promove Comissão Própria de Avaliação PROJETO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Abril de 2012 Página 1 de 11 Sumário Introdução 3 Justificativa 5 Objetivos 6 Metodologia 7 Dimensões de

Leia mais

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DE FUNCIONÁRIOS - PDF ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR - EMENTAS

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DE FUNCIONÁRIOS - PDF ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR - EMENTAS MÓDULO 1: GESTÃO ACADÊMICA DE IES Educação Superior no Brasil: cenários e tendências Conceitos e concepções de universidade; aspectos históricos da educação superior no Brasil; a reforma da educação superior

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO PROFISSIONAL EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA EM SAÚDE REGIMENTO INTERNO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO PROFISSIONAL EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA EM SAÚDE REGIMENTO INTERNO UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO PROFISSIONAL EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA EM SAÚDE REGIMENTO INTERNO I DOS OBJETIVOS E DA ESTRUTURAÇÃO GERAL DO MESTRADO Art.

Leia mais