Centro Universitário da FEI. 2ª Edição revista e ampliada

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Centro Universitário da FEI. 2ª Edição revista e ampliada"

Transcrição

1

2 Centro Universitário da FEI 2ª Edição revista e ampliada Biblioteca Pe. Aldemar Moreira, S.J. 2007

3 Centro Universitário da Fundação Educacional Inaciana Pe. Sabóia de Medeiros. Manual para apresentação formal de trabalhos acadêmicos / Centro Universitário da Fundação Educacional Inaciana Pe. Sabóia de Medeiros ; supervisão de Ednice G. Teixeira Rezende ; colaboração de Alessandra Atti... [et al.] ; revisão de Ayrton Novazzi. 2. ed. rev. ampl. São Bernardo do Campo, p. : il. ISBN: Trabalhos acadêmicos Normalização. I. Rezende, Ednice G. Teixeira, sup. II. Atti, Alessandra, colab. III. Novazzi, Ayrton, rev. IV. Título. CDU CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL INACIANA PE. SABÓIA DE MEDEIROS Reitor: Marcio Rillo Vice-reitor de Ensino e Pesquisa: Fábio do Prado Vice-reitora de Extensão e Atividades Comunitárias: Rivana B. F. Marino BIBLIOTECA PE. ALDEMAR MOREIRA, S.J. Coordenação: Ednice G. Teixeira Rezende Bibliotecárias: Alessandra Atti Denise Pinheiro Guimarães da Silva Edna Mariana da Silva Cardoso Madelene Marinho e Silva Patrícia Fernanda Braghin Simone Cadengue da Silva 2 Revisão: Ayrton Novazzi

4 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 7 PREFÁCIO DA SEGUNDA EDIÇÃO ASPECTOS NORMATIVOS E TIPOGRÁFICOS Formato Fonte Paginação Margens Parágrafos Espacejamento Título Siglas Equações e fórmulas Alíneas Ilustrações Tabelas Notas de rodapé ESTRUTURA DO TRABALHO Elementos pré-textuais Capa Lombada Folha de rosto Ficha catalográfica Folha de aprovação Dedicatória Agradecimentos Epígrafe Resumo Listas Sumário Elementos textuais Introdução Desenvolvimento Conclusão Elementos pós-textuais Referências Glossário Apêndices Anexos Índices

5 3 CITAÇÃO Sistema de chamada de citação autor-data Tipos de citação Citação direta Citação indireta Regras gerais de apresentação Citação com mais de três linhas Citação de um autor Citação de até três autores Citação de mais de três autores Citação de entidade Citação de documento eletrônico on-line Citação sem autoria conhecida Citação de autores com o mesmo sobrenome Citação do mesmo autor com mais de um trabalho publicado no mesmo ano Citação de citação Citação de informação verbal REFERÊNCIAS Transcrição dos elementos Regras gerais Autores Título e subtítulo Edição Local Editora Data Número de páginas ou folhas Série e coleção Notas Modelos de referências Livro Livro no todo - impresso Livro no todo - on-line Capítulo de livro com a mesma autoria do livro - impresso Capítulo de livro com autoria diferente do livro - impresso Tese, dissertação e monografia Tese, dissertação e monografia no todo - impresso Tese, dissertação e monografia no todo - on-line Capítulo de tese, dissertação e monografia - impresso Capítulo de tese, dissertação e monografia - on-line Evento Documento global de evento - impresso Documento global de evento - CD-ROM ou disquete

6 Documento global de evento - on-line Trabalho apresentado em evento - impresso Trabalho apresentado em evento - CD-ROM ou disquete Trabalho apresentado em evento - on-line Periódico Periódico no todo - impresso Periódico no todo - CD-ROM ou disquete Periódico no todo - on-line Artigo de periódico - impresso Artigo de periódico - CD-ROM ou disquete Artigo de periódico - on-line Artigo de jornal - impresso Artigo de jornal - on-line Documento jurídico Jurisprudência Jurisprudência - impresso Jurisprudência - CD-ROM ou disquete Jurisprudência - on-line Legislação Legislação - impresso Legislação - CD-ROM ou disquete Legislação - on-line Doutrina Doutrina - impresso Doutrina - on-line Imagem e movimento (filme, videocassete, DVD, etc.) Documento iconográfico Documento iconográfico - impresso Documento iconográfico - CD-ROM ou disquete Documento iconográfico - on-line Documento sonoro Documento sonoro no todo Documento sonoro em parte Documento de acesso exclusivo em meio eletrônico Documento em CD-ROM e disquete Documento em disco rígido Documento em Documento em site CONSIDERAÇÕES FINAIS APÊNDICE DIREITOS AUTORAIS REFERÊNCIAS

7 6

8 APRESENTAÇÃO Este manual foi elaborado pela Biblioteca Pe. Aldemar Moreira, S. J., para facilitar e favorecer a apresentação formal dos trabalhos acadêmicos realizados no Centro Universitário da FEI. Trabalho árduo, mas que, graças à aceitação e com a colaboração dos professores e alunos, hoje chega ao seu ápice. São muitas as publicações que tratam deste assunto, mas optamos por produzir algo que realmente atendesse às necessidades no que concerne ao desenvolvimento dos trabalhos de conclusão de curso de nossos graduandos e pós-graduandos, e a eles dedicamos esta obra. Trabalhos de conclusão de curso pressupõem a utilização das normas NBR 6023:2002, NBR 6024:2003, NBR 6027:2003, NBR 6028:2003, NBR 6032:1989, NBR 6034:1989, NBR 10520:2002, NBR 14724:2002 e ainda as Normas para Apresentação Tabular do IBGE e o Código de Catalogação Anglo-Americano - AACR2. Entretanto, sabemos da complexidade e das múltiplas interpretações que tais normas podem suscitar, principalmente as NBRs da Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT, órgão responsável pela normalização técnica do País. Assim, reunimos todas estas exigências em uma única publicação e procuramos apresentá-las em uma linguagem acessível aos nossos alunos. Vale ressaltar que a consulta a esta obra não dispensa as orientações do professororientador, pois não objetivamos tratar aqui de questões metodológicas nem tampouco das questões ontológicas e epistemológicas. Seu conteúdo está distribuído em quatro capítulos. O primeiro traz algumas informações gerais quanto às formas de apresentação, necessárias para dar início à digitação dos trabalhos, enfoca a apresentação de figuras, gráficos e tabelas e também notas de rodapé. O segundo capítulo pretende mostrar a estrutura do trabalho, seus elementos prétextuais, textuais e pós-textuais e a ordem de apresentação destes elementos através de exemplos. O terceiro e quarto capítulos contêm uma síntese da NBR Informação e documentação - Citações em documentos - Apresentação e da NBR Informação e documentação - Referências - Elaboração. Em suma, procuramos apresentar uma nova proposta que irá valorizar os trabalhos de conclusão de curso, pois um trabalho científico, embora consistente pelo seu conteúdo, pode cair no esquecimento se não apresentado numa moldura adequada, que facilite a comunicação e a compreensão e ressalte a qualidade do texto. (MÜLLER; CORNELSEN, 2003). 7

9 8

10 PREFÁCIO DA SEGUNDA EDIÇÃO Esta obra cobre uma lacuna que existia no Centro Universitário da FEI. Os docentes e discentes buscavam nos livros de metodologia científica os padrões a serem seguidos na apresentação de trabalhos acadêmicos, que invariavelmente os remetiam à leitura das normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas ABNT, de interpretação nem sempre fácil. A equipe de bibliotecárias da Biblioteca Pe. Aldemar Moreira, S.J. realizou uma pesquisa nas normas técnicas vigentes e publicou em 2004 a primeira edição deste manual, que teve aplicação imediata, com excelentes resultados. Tendo em vista a revisão de algumas normas da ABNT e a coletânea de informações solicitadas pelos leitores, esta segunda edição do Manual para Apresentação Formal de Trabalhos Acadêmicos apresenta algumas mudanças em relação à primeira. Sempre fiel ao propósito de ser uma obra de consulta eminentemente prática e de imediata utilidade, ela se distingue pela objetividade, didática, clareza e precisão de linguagem. Os leitores encontrarão subsídios para os aspectos normativos e tipográficos, a estruturação do trabalho, com detalhamento dos elementos pré-textuais, textuais e pós-textuais, com exemplos de fácil interpretação. Esta obra representa o esforço das autoras em colaborar para o desenvolvimento das atividades de pesquisa acadêmica no Centro Universitário da FEI, o que conseguiram com pleno sucesso. Finalmente, foi com muita alegria e destacada honra que prefaciamos este trabalho, de grande relevância para o crescimento e valorização da pesquisa acadêmica em nossa Instituição. Prof. M.Sc. Flávio Roberto Paulon 9

11 10

12 1 ASPECTOS NORMATIVOS E TIPOGRÁFICOS As regras de apresentação seguem as normas NBR 6024: Informação e documentação - Numeração progressiva das seções de um documento escrito - Apresentação, NBR 10520: Informação e documentação - Citações em documentos - Apresentação, NBR 14724: Informação e documentação - Trabalhos acadêmicos - Apresentação e Norma de Apresentação Tabular (IBGE). 1.1 Formato Papel na cor branca, formato A4 (210x297mm), digitado na cor preta, exceto as ilustrações. 1.2 Fonte Utilizar fonte Times New Roman, tamanho 12 para texto e 10 para citações de mais de três linhas, notas de rodapé, paginação e legenda das ilustrações e tabelas. Estilo Fonte / tamanho Alinhamento Espacejamento Formato especial Texto TÍTULO 1 seção primária Título 2 seção secundária Título 3 seção terciária e demais divisões Legendas e fonte Citações de mais de 3 linhas Notas de rodapé Times New Roman / 12 Times New Roman / 12 Times New Roman / 12 Times New Roman / 12 Times New Roman / 10 Times New Roman / 10 Times New Roman / 10 Justificado 1.5 Justificado 1.5 Primeira linha com recuo de 1,25 cm Maiúscula em negrito Justificado 1.5 Primeira letra deve ser maiúscula e em negrito Justificado 1.5 Primeira letra deve ser maiúscula e sem negrito Centralizado Simples Ver exemplos de tabelas e figuras Justificado Simples Recuo de 4 cm a partir da margem esquerda Justificado Simples _ Referências Times New Roman / 12 Esquerda Simples na referência, deixando um espaço duplo simples entre uma referência e outra _ 11

13 1.3 Paginação Todas as folhas do trabalho, a partir da folha de rosto, devem ser contadas mas não numeradas. A numeração é colocada a partir da primeira folha textual do trabalho. Os números são impressos no canto superior direito em algarismos arábicos. Obs: A partir do estabelecimento da norma NBR 14724:2002 de trabalhos acadêmicos, a paginação em números romanos minúsculos não é mais utilizada. CAPA FOLHA DE ROSTO FOLHA DE APROVAÇÃO AGRADECIMENTOS 7 r RESUMO ABSTRACT SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO CORPO DO TEXTO REFERÊNCIAS APÊNDICE ANEXO 12

14 1.4 Margens Superior e esquerda de, inferior e direita de. 13

15 1.5 Parágrafos A primeira linha do parágrafo deve ter um recuo de 1,25 cm a partir da margem esquerda. 1.6 Espacejamento O trabalho deve ser digitado com espaço 1,5. Utilizar espaço simples para: citações de mais de três linhas, resumo, abstract, notas de rodapé, referências, legendas de ilustrações e tabelas, natureza do trabalho, nome da instituição. O espacejamento que precede e que sucede os títulos deve ser com dois espaços 1, Título Os títulos com indicativo numérico de seção devem ser alinhados à margem esquerda. Os títulos sem indicativo numérico são centralizados: agradecimento, resumo, abstract, listas, sumário, referências, glossário, apêndices e anexos. A folha de aprovação, dedicatória e epígrafe são seções sem título e sem indicativo numérico. 1.8 Siglas Devem ser colocadas por extenso a primeira vez que aparecer no texto. Nas próximas vezes devese usar apenas as siglas. Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). 1.9 Equações e fórmulas Aparecem destacadas no texto, numeradas com algarismos arábicos entre parênteses, alinhados à direita, de modo a facilitar sua leitura. Na seqüência normal do texto, é permitido o uso de uma entrelinha maior que comporte seus elementos (expoentes, índices e outros). Quando fragmentadas em mais de uma linha por falta de espaço, devem ser interrompidas antes do sinal de igualdade ou depois dos sinais de adição, subtração, multiplicação e divisão. x + y = z...(1) (x + y ) / 5 = n...(2) 1.10 Alíneas Se houver necessidade de enumerar diversos assuntos dentro de uma seção, deve-se utilizar alíneas ordenadas alfabeticamente por letras minúsculas seguidas de parênteses com margem de 1,25 cm. O texto anterior às alíneas termina com dois pontos; inicia-se a alínea por letra minúscula e termina-se com ponto e vírgula; exceto a última alínea que deverá terminar em ponto. 14

16 Observação: Alguns aspectos importantes devem ser levados em conta no desenvolvimento de um texto: a) nunca utilize marcadores no texto, utilize sempre alíneas para enumerar os assuntos; b) texto anterior às alíneas termina com dois pontos; c) inicia-se a alínea por letra minúscula e termina com ponto e vírgula, exceto a última alínea que deverá terminar em ponto Ilustrações As ilustrações são apresentadas no texto na forma de desenhos, esquemas, fluxogramas, fotografias, gráficos, mapas, organogramas, plantas, quadros, retratos, etc. Sua identificação deve aparecer na parte inferior, seguida de seu número de ordem de ocorrência no texto, em algarismos arábicos, em tamanho 10, o mais próximo possível do trecho a que se refere. Exemplos: Figura 1 Gráfico geográfico Fonte: Autor adaptado de Távora, 2003, p. 4 Figura 2 Buquê de flores Fonte: Salvador, 2006, p. 2 Indicar a fonte quando a figura for extraída de um documento, informando o autor, ano e número de página. Para ilustrações adaptadas, colocar a expressão entre aspas adaptado de seguido do autor, ano e número da página. Para ilustrações criadas pelo autor, colocar na fonte a expressão autor Tabelas As tabelas apresentam informações tratadas estatisticamente. Sua identificação aparece na parte superior, em tamanho 10, precedida da palavra Tabela, seguida do número em algarismos arábicos. Na parte inferior indica-se a fonte dos dados e/ou explicações sobre seu conteúdo em tamanho 10. Quando houver transformação de dados numéricos obtidos na fonte, identifique o responsável pela operação em nota geral. Fonte: Fundação Instituto Brasileiro de Geografia Estatística, Nota: Dados Trabalhados pelo autor. 15

17 Tabela 2 - Atitudes perante os direitos civis de acordo com a classe social RESULTADOS CLASSE CLASSE MÉDIA FAVORÁVEIS AOS TRABALHADORA DIREITOS CIVIS N % N % ALTO BAIXO TOTAL Fonte: MARCONI ; LAKATOS, Quando uma tabela ocupar mais de uma página, não será delimitada na parte inferior, repetindo-se o cabeçalho e o título na página seguinte. Cada página deve ter uma das seguintes indicações: continua (na primeira), continuação (nas demais) e conclusão (na última). A indicação de fonte e notas, devem aparecer na página de conclusão da tabela Notas de rodapé As notas de rodapé são utilizadas para esclarecer ou fornecer informações adicionais ao texto, sem comprometer a lógica da leitura. Usando fonte tamanho 10, elas devem ser apresentadas no final da página, com um filete de a partir da margem esquerda. Devem figurar na margem inferior da página onde ocorre a sua indicação. A indicação deve ser feita no final da frase, após o ponto final, por algarismos arábicos, seqüenciais, em sobrescrito. 2 A INDÚSTRIA PETROQUÍMICA A grande arrancada mmm mmm mm mm mmm mm mm mmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm mmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm mmmmmmmmmmmmmnmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm mmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm mmmmmmmmnmmmmmmmmmm. Simultaneamente ao projeto nnnnnnnnnn nnnnnn nnnnnn nnnnn nnnnn Pólo Petroquímico Paulista Com início das operações bbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb bbbbbbbbbbbbbbb. 1 Projeto Indústria Petroquímica 16

18 2 ESTRUTURA DO TRABALHO A estrutura do trabalho acadêmico está dividida em pré-textuais, textuais e pós-textuais e obedece à seguinte ordem de elementos: PRÉ-TEXTUAIS TEXTUAIS PÓS-TEXTUAIS Capa (obrigatório) Introdução Referências (obrigatório) Folha de Rosto (obrigatório) Desenvolvimento Glossário (opcional) Ficha catalográfica (obrigatório) Conclusão Apêndices (opcional) Folha de aprovação (obrigatório) Dedicatória (opcional) Agradecimentos (opcional) Epígrafe (opcional) Resumo em português (obrigatório) Resumo em inglês (obrigatório) Listas (opcional) Sumário (obrigatório) Anexos (opcional) Índice (opcional) 2.1 Elementos pré-textuais São elementos que precedem a introdução Capa É a proteção externa do trabalho. As informações descritas devem obedecer à seguinte ordem: Nome da Instituição em maiúsculas. Nome do(s) aluno(s) em maiúsculas. Título do trabalho em maiúsculas e negritadas; subtítulo, se houver, em minúsculas. Local apenas com as iniciais em maiúsculas. Ano da entrega. A fonte utilizada para descrição dos elementos citados acima deve ser Times New Roman, tamanho 12. Os trabalhos devem ser encadernados na cor preta (monografias) e na cor azul-marinho (dissertações e teses), com letras douradas, obedecendo aos padrões mencionados. 17

19 ALBERTO OLIVEIRA A PESQUISA CIENTÍFICA: PLANEJAMENTO E APLICAÇÕES CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FEI ALBERTO OLIVEIRA A PESQUISA CIENTÍFICA: planejamento e aplicações São Bernardo do Campo Lombada Lombada: lado externo do livro onde fica a costura, elemento opcional, recomendado nas dissertações de mestrado, onde as informações devem ser impressas, confor me a NBR 12225:2004. Deve conter nome do autor, título do trabalho e elementos alfanuméricos de identificação (quando o trabalho possuir mais de um volume). A expressão deve ser longitudinalmente e legível, do alto para o pé da lombada. Esta forma possibilita a leitura quando o trabalho está no sentido horizontal, com a face voltada para cima. CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FEI ALBERTO OLIVEIRA A PESQUISA CIENTÍFICA: planejamento e aplicações São Bernardo do Campo

20 2.1.3 Folha de rosto De acordo com a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), a folha de rosto contém os elementos essenciais à identificação da obra: Nome do(s) aluno(s) em maiúsculas. Título do trabalho em maiúsculas e negritadas; subtítulo, se houver, em minúsculas. Local apenas com as iniciais em maiúsculas. Ano da entrega, em espaço simples e tamanho 12. Exemplos: ALBERTO OLIVEIRA A PESQUISA CIENTÍFICA: planejamento e aplicações Trabalho de Conclusão de Curso, apresentado ao Centro Universitário da FEI, como parte dos requisitos necessários para obtenção do título de Bacharel em Administração de Negócios, orientado pelo Prof. Francisco Motta. São Bernardo do Campo 2006 LUÍS FERNANDO DEMARI MODELO DE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO UTILIZANDO A FORMATAÇÃO PROPOSTA Dissertação de Mestrado apresentada ao Centro Universitário da FEI para obtenção do título de Mestre em Engenharia Elétrica, orientado pelo Prof. Dr. Reinaldo A. C. Bianchi São Bernardo do Campo

21 Ficha catalográfica No verso da folha de rosto deve figurar a ficha catalográfica do trabalho medindo 7,5 x 12,5cm, elaborada pela Biblioteca de acordo com o Código de Catalogação-Anglo Americano - 2. ed. - AACR2. O autor deve informar os dados do seu trabalho conforme o modelo abaixo, através do site da Biblioteca: biblioteca entrar no link ficha SBC (para os alunos de São Bernardo do Campo) ou ficha SP (para os alunos de São Paulo) e preencher os campos do formulário. É pedido um prazo mínimo de 2 (dois) dias para receber a ficha catalográfica pronta. Oliveira, Alberto A pesquisa científica: planejamento e aplicações. / Alberto de Oliveira. - São Paulo, f. : il. Trabalho de Conclusão de Curso - Centro Universitário da FEI. Orientador: Prof. Dr. Francisco Motta 1. Pesquisa Científica. 2. Método Científico. I. Motta, Francisco, orient. II. Título. CDU Folha de aprovação Elemento obrigatório, caso haja banca examinadora. Deve conter nome do autor do trabalho, título e subtítulo (se houver), natureza, objetivo, nome da instituição a que é submetido, área de concentração, data de aprovação, nome, titulação e assinatura dos componentes da banca examinadora e instituição a que pertence. Alberto Oliveira A pesquisa científica: planejamento e aplicações Trabalho de Conclusão de Curso - Centro Universitário da FEI Comissão julgadora Orientador e Presidente Examinador (1) Examinador (2) São Bernardo do Campo Data de aprovação 20

22 2.1.5 Dedicatória Folha onde o autor dedica a obra. Digitada do meio da folha para a margem inferior e do centro para a margem direita. Obs. Não contém título. A Deus, aos meus pais e aos meus companheiros de todas as horas Agradecimentos Utilizada para mencionar/agradecer aos que contribuíram na elaboração do trabalho. AGRADECIMENTOS Inicialmente, gostaríamos de agradecer a Deus, por ter nos ajudado a vencer todas as barreiras com as quais nos debatemos para a realização deste trabalho. Gostaríamos de agradecer também ao professor Francisco pela paciência e pela compreensão. A todos os nossos familiares: pais, cônjuges, filhos, etc, pelo apoio dado nos momentos de cansaço. 21

23 2.1.7 Epígrafe Citação relacionada com o assunto do trabalho, seguida de sua autoria. Digitada em itálico, do meio da folha para a margem inferior e do centro para a margem direita. Obs. Não contém título. Não esquecer de colocar a fonte na lista de referências. Qualquer trabalho científico, qualquer descoberta, qualquer invenção é um trabalho universal. Ele está condicionado, em parte pela cooperação de contemporâneos, em parte pela utilização do Trabalho de seus predecessores. K.Marx Resumo De acordo com a NBR 6028:2003 da ABNT, o resumo é a condensação de texto que delineia e/ou enfatiza os pontos mais importantes de um trabalho redigido na terceira pessoa do singular, verbo na voz ativa e digitado em espacejamento simples. Não contém parágrafos e tampouco frases negativas. Os símbolos, fórmulas, equações e ilustrações deverão ser evitados. A recomendação é que os resumos para trabalhos acadêmicos contenham até 250 palavras. O resumo deve ser apresentado na língua portuguesa e na língua inglesa. Palavras-chave: termos que indicam o assunto tratado, com o objetivo de facilitar a recuperação do trabalho no momento da consulta. Devem ser colocadas logo após o resumo, separadas por ponto e no máximo 3 palavras-chave. Exemplos: RESUMO A síndrome de burn out ou desgaste profissional é uma doença causada pela competitividade no mercado de trabalho e intensas frustrações, levando a pessoa pedir licença ou abandonar o emprego. Surge sintomas psicológicos e físicos, onde a pessoa sente cansaço emocional, desilusão com o trabalho entre outros. As mulheres são mais suscetíveis à doença, devido à propensão genética e experiências de vida de cada um. A cura da doença se dá através de acompanhamento psiquiátrico, onde, na maioria dos casos é, necessário o uso de medicação. Palavras-chave: burn out - stress 22

24 ABSTRACT This work presents a study about the Bank of Brazil automation. To its consolidation, it was carried out some data collections about the 90 s, analyzing the investiments on the banking auto-mation emphasizing the acquisition of electronic terminals and informatics equipment, as well as the enlargement of the self-attendance rooms. At that rate, the concept of self-service (do it yorself), was encouraged by the banks, aiming, the productivityincrease, the costs reduction of the sector, and mainly the work stations elimination, depending less and less of the labour factor. It was presented and discussed in a detailed way, a study of the case, related to the Bank of Brazil, with indications of the computerization evolution in its different aspects. Furthermore, it was verified that the information and communication technologies assure a bigger production with a smaller working day and the resulting free time becomes a factor responible for the technological unemployment. Key words: Banking Automation. Bank of Brazil Listas Relacionam separadamente as tabelas, quadros, ilustrações, abreviaturas e/ou siglas, símbolos, dentre outros existentes no trabalho como aparecem no texto e com a indicação da página. É recomendada a inclusão de listas quando o número de elementos for superior a cinco. Exemplos: LISTA DE TABELAS TABELA 1 - Tipo de doc... 5 TABELA 2 - Tabela Cálculo TABELA 3 - Formas de TABELA 20 - Tempo de LISTA DE ILUSTRAÇÕES ILUSTRAÇÃO 1 - Fluxograma... 5 ILUSTRAÇÃO 2 - Esquema ILUSTRAÇÃO 3 - Mapa reg ILUSTRAÇÃO 20 - Gráfico N

25 Sumário O sumário é a enumeração das divisões/seções do trabalho na mesma ordem e na forma gráfica em que aparecem no texto. Não confundir com índices e listas. SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO GRAVITAÇÃO MOVIMENTO PERIÓDICO O pêndulo simples Corpo puntiforme A força restauradora O pêndulo físico CONCLUSÃO REFERÊNCIAS Na organização do sumário usa-se a numeração progressiva. A numeração progressiva é utilizada para destacar as seções do trabalho. É recomendável que a numeração não ultrapasse a divisão quinária. Os indicativos de seção devem aparecer de forma idêntica no sumário e no texto. Os títulos das seções primárias do trabalho devem ser iniciados em folhas distintas. As seções primárias devem ser escritas em letras MAIÚSCULAS e negritadas; as secundárias devem ser negritadas, escritas apenas com a primeira letra da primeira palavra em maiúscula; as demais subseções são escritas da mesma forma, porém, não negritadas. A numeração progressiva é utilizada somente nos elementos textuais do trabalho, isto é, inicia-se na introdução e termina na conclusão. SEÇÃO SEÇÃO SEÇÃO SEÇÃO PRIMÁRIA SECUNDÁRIA TERCIÁRIA QUATERNÁRIA Nota: na leitura oral não se pronuncia os pontos (NBR 6024:2003) 24

26 2.2 Elementos textuais Estão divididos em três partes principais Introdução É a apresentação da obra que expõe a natureza do tema, realçando sua importância. O principal objetivo é situar o leitor no contexto do assunto tratado no trabalho. A introdução menciona aspectos relacionados com a situação e justificativa do tema, indicando como ele será ou foi desenvolvido. Apesar de a introdução figurar no início do trabalho, ela é a última parte a ser redigida em definitivo Desenvolvimento É a parte mais extensa do trabalho, geralmente dividida em itens. Apresenta a discussão e/ou análise de idéias e conceitos, temas, fenômenos que estejam sendo objetos de estudo. As descrições mencionadas devem ser suficientes para permitir a compreensão das etapas do trabalho Conclusão Responde às hipóteses delimitadas na proposição do trabalho. Fornece resultados através de deduções lógicas, em função da metodologia empregada. Constitui o fecho do trabalho, reafirmando a idéia principal discutida no desenvolvimento. Dados quantitativos e resultados comprometidos e passíveis de discussão não aparecerão na conclusão. 2.3 Elementos pós-textuais São elementos que sucedem a conclusão do trabalho Referências Elemento obrigatório em todos os trabalhos. Consiste em extrair do documento pesquisado informações que permitirão sua posterior identificação. A forma de apresentação das referências é padronizada de acordo com a NBR6023:2003 da ABNT (ver p.34). As referências devem ser digitadas em espaço simples, deixando um espaço duplo entre uma e outra. REFERÊNCIAS ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6023: informação e documentação - referências - elaboração. Rio de Janeiro, ago MULLER, Mary Stela; CORNELSEN, Julce Mary. Normas e padrões para teses, dissertações e monografias. 5. ed. Londrina: UEL,

27 2.3.2 Glossário No glossário relacionam-se as palavras ou expressões técnicas de sentido restrito ou obscuro utilizadas no texto e seguidas de seu significado. GLOSSÁRIO A atualizar - proceder em um arquivo-mestre às mudanças requeridas. arquivo - conjunto de informações orientadas para determinada finalidade B byte - termo genérico que indica uma porção mensurável de dígitos binários consecutivos. C código - sistema de símbolos por meio do qual se representam dados ou instruções em um computador Apêndices Os apêndices são partes que complementam o texto, elaboradas pelo autor a fim de evitar a descontinuidade da seqüência lógica do trabalho. O número de apêndices é estabelecido pelo autor de acordo com a necessidade. Ex.: questionários, textos explicativos, etc. As folhas do apêndice devem ser numeradas de maneira contínua e sua paginação deve dar seguimento à do texto principal. Devem ficar depois da lista de referências, caso não haja glossário. APÊNDICE A - Questionário 26

28 2.3.4 Anexos São documentos não elaborados pelo autor, cuja finalidade é esclarecer, provar, documentar, confirmar idéias apresentadas no trabalho. Exemplos: ilustrações, descrição de equipamentos, técnicas e processos, modelos de formulários e/ou impressos citados no texto, leis, decretos, etc. O número de anexos é estabelecido pelo autor de acordo com a necessidade. As folhas do anexo devem ser numeradas de maneira contínua e sua paginação deve dar seguimento à do texto principal. Devem ser apresentados depois dos apêndices. ANEXO A - Organograma Índices Lista de itens ordenados segundo determinado critério, com o objetivo de auxiliar sua localização no texto. O índice pode ser alfabético ou sistemático (por classes numérica ou cronológica), organizado por autor, assunto, pessoa, nome geográfico, etc., conforme a necessidade. ÍNDICE DE PRODUTOS QUÍMICOS ABENDAZOL, 12 BAUXITA, 56 CÁQUI, 60 DIETANOLAMINA, 46 ENXOFRE, 10 GLICOSE, 61 HULHA, 15 LISINA, 61 MAGNÉSIO, 28 NAFTA, 20 OCTANOL, 11 PARAFINA, 16 QUININA, 54 RUTILO, 54 ZINCO, 55 27

Guia para Apresentação de Trabalho Acadêmico: de acordo com NBR 14724/2011. São Carlos

Guia para Apresentação de Trabalho Acadêmico: de acordo com NBR 14724/2011. São Carlos Guia para Apresentação de Trabalho Acadêmico: de acordo com NBR 14724/2011 São Carlos Guia para Apresentação de Trabalho Acadêmico As orientações abaixo estão de acordo com NBR 14724/2011 da Associação

Leia mais

MONOGRAFIA ESTRUTURA DE MONOGRAFIAS

MONOGRAFIA ESTRUTURA DE MONOGRAFIAS MONOGRAFIA Trata-se de uma construção intelectual do aluno-autor que revela sua leitura, reflexão e interpretação sobre o tema da realidade. Tem como base a escolha de uma unidade ou elemento social, sob

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIA

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIA ANEXO da Norma 004/2008 CCQ Rev 1, 28/09/2009 UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE QUÍMICA CURSO DE GRADUAÇÃO EM QUÍMICA Salvador 2009 2 1 Objetivo Estabelecer parâmetros para a apresentação gráfica

Leia mais

Checklist da Estrutura de Monografia, Tese ou Dissertação na MDT UFSM 2010

Checklist da Estrutura de Monografia, Tese ou Dissertação na MDT UFSM 2010 1 Checklist da Estrutura de Monografia, Tese ou Dissertação na MDT UFSM 2010 Pré-textuais Textuais Pós-textuais Estrutura Elemento OK Capa (obrigatório) Anexo A (2.1.1) Lombada (obrigatório) Anexo H Folha

Leia mais

REGRAS PARA APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIO DE ESTÁGIO

REGRAS PARA APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIO DE ESTÁGIO 1 REGRAS PARA APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIO DE ESTÁGIO Os seguintes padrões atendem às exigências da FTC Feira de Santana, em conformidade com a NBR 14724:2002/2005 da Associação Brasileira de Normas Técnicas

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal do Amapá Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Programa de Pós-graduação em Ciências Farmacêuticas

Ministério da Educação Universidade Federal do Amapá Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Programa de Pós-graduação em Ciências Farmacêuticas Ministério da Educação Universidade Federal do Amapá Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Programa de Pós-graduação em Ciências Farmacêuticas MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE DISSERTAÇÃO (FORMATO

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ - UESC PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BOTÂNICA - PPGBOT. ANEXO 1 Normas de editoração e estruturação de dissertações

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ - UESC PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BOTÂNICA - PPGBOT. ANEXO 1 Normas de editoração e estruturação de dissertações UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ - UESC PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BOTÂNICA - PPGBOT ANEXO 1 Normas de editoração e estruturação de dissertações 1ª edição Ilhéus BA 2012 SUMÁRIO SUMÁRIO... 2 APRESENTAÇÃO...

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE INGRESSO E VITALICIAMENTO DOS NOVOS MEMBROS DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO CEARÁ

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE INGRESSO E VITALICIAMENTO DOS NOVOS MEMBROS DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO CEARÁ GESTÃO2010/2012 ESCOLASUPERIORDOMINISTÉRIOPÚBLICO(Art.1ºdaLei11.592/89) Credenciada pelo Parecer 559/2008, de 10/12/08, do CEC (Art. 10, IV da Lei Federal n.º 9.394, de 26/12/1996 - LDB) NORMAS PARA ELABORAÇÃO

Leia mais

NORMAS DE FORMATAÇÃO DO TRABALHO FINAL (PIL) Apresentação Gráfica

NORMAS DE FORMATAÇÃO DO TRABALHO FINAL (PIL) Apresentação Gráfica UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA Faculdade de Educação UAB/UnB Curso de Especialização em Educação na Diversidade e Cidadania, com Ênfase em EJA Parceria MEC/SECAD NORMAS DE FORMATAÇÃO DO TRABALHO FINAL (PIL)

Leia mais

Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos

Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos Maria Bernardete Martins Alves Marili I. Lopes Procedimentos para apresentação e normalização de trabalhos acadêmicos Módulo 3 Apresentação

Leia mais

Os trabalhos acadêmicos devem ser divididos em: elementos pré-textuais, textuais e

Os trabalhos acadêmicos devem ser divididos em: elementos pré-textuais, textuais e NORMAS PARA A REDAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA O projeto gráfico é de responsabilidade do autor

Leia mais

Apresentação de Trabalhos Acadêmicos ABNT

Apresentação de Trabalhos Acadêmicos ABNT Apresentação de Trabalhos Acadêmicos ABNT Editoração do Trabalho Acadêmico 1 Formato 1.1. Os trabalhos devem ser digitados em papel A-4 (210 X297 mm) apenas no anverso (frente) da folha. 2 Tipo e tamanho

Leia mais

universia.com.br/materia/img/tutoriais/ /01.jsp 1/1

universia.com.br/materia/img/tutoriais/ /01.jsp 1/1 5/12/2008 Monografias - Apresentação Fazer um trabalho acadêmico exige muito de qualquer pesquisador ou estudante. Além de todo esforço em torno do tema do trabalho, é fundamental ainda, adequá-lo às normas

Leia mais

Escola de Administração Biblioteca. Normas para elaboração do TCC

Escola de Administração Biblioteca. Normas para elaboração do TCC Universidade Federal do Rio Grande do Sul Escola de Administração Biblioteca Normas para elaboração do TCC O que é um Trabalho de Conclusão de Curso? O TCC, é um trabalho acadêmico feito sob a coordenação

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS APRESENTAÇÃO O trabalho deve ser digitado e impresso em papel formato A4. O texto deve ser digitado, no anverso das folhas, em espaço 1,5, letra do tipo

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 002/2009/PEQ-UFS ANEXO I NORMAS PARA A ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 002/2009/PEQ-UFS ANEXO I NORMAS PARA A ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO INSTRUÇÃO NORMATIVA N 002/2009/PEQ-UFS ANEXO I NORMAS PARA A ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO 1. INTRODUÇÃO A Dissertação é a apresentação escrita do trabalho de pesquisa desenvolvido no âmbito do Programa de

Leia mais

- TCC A/B - ORIENTAÇÕES PARA ESTRUTURAÇÃO E FORMATAÇÃO (Versão 1.3 Agosto de 2008)

- TCC A/B - ORIENTAÇÕES PARA ESTRUTURAÇÃO E FORMATAÇÃO (Versão 1.3 Agosto de 2008) Faculdade Dom Bosco de Porto Alegre Curso de Sistemas de Informação Trabalho de Conclusão de Curso Prof. Dr. Luís Fernando Garcia - TCC A/B - ORIENTAÇÕES PARA ESTRUTURAÇÃO E FORMATAÇÃO (Versão 1.3 Agosto

Leia mais

2- DETALHES SOBRE A ESTRUTURA DO RELATÓRIO A seguir estão orientações sobre como formatar as diversas partes que compõem o relatório.

2- DETALHES SOBRE A ESTRUTURA DO RELATÓRIO A seguir estão orientações sobre como formatar as diversas partes que compõem o relatório. 1 - ESTRUTURA DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO O relatório do Estágio Supervisionado de todos os cursos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Minas Gerais Campus Formiga - irá mostrar

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL INACIANA Pe. SABÓIA DE MEDEIROS

CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL INACIANA Pe. SABÓIA DE MEDEIROS 1 CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL INACIANA Pe. SABÓIA DE MEDEIROS Prof. Dr. Fábio do Prado Reitor Prof. Dr. Marcelo Antonio Pavanello Vice-reitor de ensino e pesquisa Profa. Dra. Rivana B.

Leia mais

DISCIPLINA: PRÁTICA PROFISSIONAL E ESTÁGIO SUPERVISIONADO I, II E III CIÊNCIAS CONTÁBEIS ACADÊMICOS

DISCIPLINA: PRÁTICA PROFISSIONAL E ESTÁGIO SUPERVISIONADO I, II E III CIÊNCIAS CONTÁBEIS ACADÊMICOS DISCIPLINA: PRÁTICA PROFISSIONAL E ESTÁGIO SUPERVISIONADO I, II E III CIÊNCIAS CONTÁBEIS APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS PROF. DR. MARCOS FRANCISCO R. SOUSA PROF. Me. CELSO LUCAS COTRIM APRESENTAÇÃO

Leia mais

ANEXO II PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA

ANEXO II PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA ANEXO II PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA A elaboração da monografia deve ter como referência a ABNT NBR 14724/ 2006, a qual destaca que um trabalho acadêmico compreende elementos pré-textuais,

Leia mais

NBR 14724/2011 ABNT NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 19/10/2011. Objetivo

NBR 14724/2011 ABNT NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 NBR 14724/2011 19/10/2011. Objetivo Objetivo ABNT Normas para elaboração de trabalhos científicos Esta Norma especifica os princípios gerais para a elaboração de trabalhos acadêmicos, visando sua apresentação à instituição Estrutura Parte

Leia mais

TRABALHO ACADÊMICO. Apresentação gráfica

TRABALHO ACADÊMICO. Apresentação gráfica 2012 2 Núcleo de Apoio à Pesquisa na Graduação- NAP/UNIMAR Projeto de Pesquisa; Apresentação gráfica TRABALHO ACADÊMICO Apresentação gráfica Segundo normas estabelecidas pela Associação Brasileira de Normas

Leia mais

SISTEMA DE BIBLIOTECAS FMU/FIAM-FAAM/FISP NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA

SISTEMA DE BIBLIOTECAS FMU/FIAM-FAAM/FISP NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA SISTEMA DE BIBLIOTECAS FMU/FIAM-FAAM/FISP NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA São Paulo 2014 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO 1 ELEMENTOS EXTERNOS 1.1 CAPA 1.2 LOMBADA 2 ELEMENTOS INTERNOS PRÉ-TEXTUAIS

Leia mais

CONSTRUINDO MINHA MONOGRAFIA

CONSTRUINDO MINHA MONOGRAFIA CONSTRUINDO MINHA MONOGRAFIA 1 Prezado(a) aluno(a), Este roteiro foi preparado para auxiliá-lo na elaboração de sua monografia (TCC). Ele o apoiará na estruturação das etapas do seu trabalho de maneira

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS DO CET/UnB

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS DO CET/UnB UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA Centro de Excelência em Turismo MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS DO CET/UnB Por: Jakeline V. de Pádua APRESENTAÇÃO As páginas que se seguem especificam os princípios gerais

Leia mais

ABNT NBR 15287 NORMA BRASILEIRA. Informação e documentação Projeto de pesquisa Apresentação

ABNT NBR 15287 NORMA BRASILEIRA. Informação e documentação Projeto de pesquisa Apresentação NORMA BRASILEIRA ABNT NBR 15287 Primeira edição 30.12.2005 Válida a partir de 30.01.2006 Informação e documentação Projeto de pesquisa Apresentação Information and documentation Research project Presentation

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO 1 Modelo de Artigo de periódico baseado na NBR 6022, 2003. Título do artigo, centralizado. COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO Maria Bernardete Martins Alves * Susana Margaret de Arruda ** Nome do (s) autor

Leia mais

OBRIGATÓRIO= + OPCIONAL= *

OBRIGATÓRIO= + OPCIONAL= * Lombada* UFRGS FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS BIBLIOTECA GLÁDIS W. DO AMARAL ORIENTAÇÃO SOBRE A ESTRUTURA DO TRABALHO ACADÊMICO Elementos póstextuais INDICES * PARTE INTERNA ANEXOS * APENDICES * GLOSSARIO

Leia mais

Manual para normalização de trabalhos técnicos científicos

Manual para normalização de trabalhos técnicos científicos Padrão FEAD de normalização Manual para normalização de trabalhos técnicos científicos Objetivo Visando padronizar os trabalhos científicos elaborados por alunos de nossa instituição Elaboramos este manual

Leia mais

BIBLIOTECA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS. NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS CIENTÍFICOS: TRABALHOS ACADÊMICOS Aula 1

BIBLIOTECA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS. NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS CIENTÍFICOS: TRABALHOS ACADÊMICOS Aula 1 BIBLIOTECA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS CIENTÍFICOS: TRABALHOS ACADÊMICOS Aula 1 Paula Carina de Araújo paulacarina@ufpr.br 2014 Pesquisa Pesquisa Atividade básica da ciência

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO CAMPINA GRANDE 2015 1 DISSERTAÇÃO A defesa pública da dissertação

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE PIRENÓPOLIS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE PIRENÓPOLIS 0 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE PIRENÓPOLIS MANUAL PARA FORMATAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS DA UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE PIRENÓPOLIS PIRENÓPOLIS 2012 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 1

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO -TCC

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO -TCC UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE QUÍMICA NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO -TCC 1 APRESENTAÇÃO As recomendações a seguir resumem os princípios para a elaboração

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO CURSOS DE GESTÃO TECNOLÓGICA PIM - III

UNIVERSIDADE PAULISTA INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO CURSOS DE GESTÃO TECNOLÓGICA PIM - III UNIVERSIDADE PAULISTA INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO CURSOS DE GESTÃO TECNOLÓGICA PIM - III Projeto Integrado Multidisciplinar Cursos Superiores Tecnológicos G. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Trabalho

Leia mais

CURSO DE PEDAGOGIA MANUAL DO TCC ARUJÁ SP

CURSO DE PEDAGOGIA MANUAL DO TCC ARUJÁ SP CURSO DE PEDAGOGIA MANUAL DO TCC ARUJÁ SP 2011 ESTRUTURA 1 ELEMENTOS DE PRÉ-TEXTO 1.1 Capa 1.2 Lombada descendente 1.3 Folha de rosto 1.4 Folha de aprovação 1.5 Dedicatória 1.6 Agradecimentos 1.7 Epígrafe

Leia mais

5 ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIAS OU TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)... 478 5.1 Ordenamento dos elementos da monografia ou TCC... 48 5.

5 ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIAS OU TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)... 478 5.1 Ordenamento dos elementos da monografia ou TCC... 48 5. 5 ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIAS OU TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)... 478 5.1 Ordenamento dos elementos da monografia ou TCC... 48 5.2 Capa... 48 5.3 Folha de rosto... 51 5.4 Errata... 53

Leia mais

NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS ABNT TRABALHOS ACADÊMICOS:

NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS ABNT TRABALHOS ACADÊMICOS: MANUAL PARA TCC www.etecmonteaprazivel.com.br Estrada do Bacuri s/n Caixa Postal 145 Monte Aprazível SP CEP 15150-000 Tel.: (17) 3275.1522 Fax: (17) 3275.1841 NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS ABNT

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO Centro de Ciências Humanas e Sociais CCHS Programa de Pós-Graduação em Educação Mestrado

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO Centro de Ciências Humanas e Sociais CCHS Programa de Pós-Graduação em Educação Mestrado UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO Centro de Ciências Humanas e Sociais CCHS Programa de Pós-Graduação em Educação Mestrado MANUAL DE DEFESA Exame de Qualificação: banca examinadora

Leia mais

METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO MATERIAL DIDÁTICO DA ABNT

METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO MATERIAL DIDÁTICO DA ABNT METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO MATERIAL DIDÁTICO DA ABNT www.abnt.org.br Objetivos da normalização Comunicação Simplificação Níveis de normalização Menos exigente (Genérica) INTERNACIONAL REGIONAL

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA BIOMÉDICA Regulamento do TCC

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA BIOMÉDICA Regulamento do TCC ANEXO A TERMO DE COMPROMISSO DE ORIENTAÇÃO DO TRABALHO DE Nome do Aluno: Matricula: Título do TCC CONCLUSAO DE CURSO (TCC) Solicito que seja designado como meu Orientador do Trabalho de Conclusão de Curso

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA (ABNT - NBR 15287- válida a partir de 30.01.2006) 1 COMPONENTES DE UM PROJETO DE PESQUISA (itens em negrito são obrigatórios) ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS Capa

Leia mais

ABNT NBR 14724 [terceira edição atualizada em 2011]

ABNT NBR 14724 [terceira edição atualizada em 2011] ABNT NBR 14724 [terceira edição atualizada em 2011] Professora Alcione Mazur 25/07/11 Cancela e substitui a edição anterior. ABNT NBR 14724: 2005 Não houve alterações na estrutura do trabalho, mas em uma

Leia mais

DIRETRIZES PARA A REDAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOENGENHARIA

DIRETRIZES PARA A REDAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOENGENHARIA 1 DIRETRIZES PARA A REDAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOENGENHARIA O projeto gráfico é de responsabilidade do autor do trabalho, ou seja, o que não consta no texto destas

Leia mais

Curso de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda NORMAS PARA ELABORAÇÃO / APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

Curso de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda NORMAS PARA ELABORAÇÃO / APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS Curso de Comunicação Social - Publicidade e Propaganda NORMAS PARA ELABORAÇÃO / APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 1 ESTRUTURA A estrutura e a disposição dos elementos de um trabalho acadêmico são as

Leia mais

REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS

REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS F A C UL DA DE DE P R E S I DE N T E V E N C E S L A U REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS APRESENTAÇÃO GRÁFICA - CONFIGURAÇÃO DAS MARGENS Ir ao menu Arquivo, escolher a opção Configurar

Leia mais

ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO

ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO 1 ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO 1 APRESENTAÇÃO Tanto o artigo quanto a monografia são trabalhos monográficos, ou seja, trabalhos que apresentam resultados de pesquisa sobre um

Leia mais

PROJETO DE PESQUISA ABNT NBR 15287:2011. Especifica os princípios gerais para a elaboração de projetos de pesquisa

PROJETO DE PESQUISA ABNT NBR 15287:2011. Especifica os princípios gerais para a elaboração de projetos de pesquisa PROJETO DE PESQUISA ABNT NBR 15287:2011 Especifica os princípios gerais para a elaboração de projetos de pesquisa REFERÊNCIA NORMATIVA Documentos indispensáveis à aplicação deste documento ABNT NBR 6023

Leia mais

NORMAS DA ABNT PARA TRABALHOS ACADÊMICOS

NORMAS DA ABNT PARA TRABALHOS ACADÊMICOS NORMAS DA ABNT PARA TRABALHOS ACADÊMICOS O texto a seguir tratará das seguintes normalizações: A. NBR 14724:2001 Informação e documentação - Trabalhos acadêmicos - Apresentação Informações pré-textuais

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS Campus de Belo Horizonte Faculdade de Educação ORIENTAÇÕES GERAIS PARA NORMALIZAÇÃO DA MONOGRAFIA

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS Campus de Belo Horizonte Faculdade de Educação ORIENTAÇÕES GERAIS PARA NORMALIZAÇÃO DA MONOGRAFIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS Campus de Belo Horizonte Faculdade de Educação ORIENTAÇÕES GERAIS PARA NORMALIZAÇÃO DA MONOGRAFIA 2014 UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS Campus de Belo Horizonte

Leia mais

Guia de Orientação para Apresentação de Projeto de Pesquisa para Alunos da FCC de acordo com as Normas da ABNT

Guia de Orientação para Apresentação de Projeto de Pesquisa para Alunos da FCC de acordo com as Normas da ABNT FACULDADE CRISTÃ DE CURITIBA Guia de Orientação para Apresentação de Projeto de Pesquisa para Alunos da FCC de acordo com as Normas da ABNT Elaborado pela bibliotecária Teresinha Teterycz - CRB 9 / 1171

Leia mais

INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA LUCIO MAURO BRAGA MACHADO MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA LUCIO MAURO BRAGA MACHADO MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SANT ANA LUCIO MAURO BRAGA MACHADO MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS PONTA GROSSA 2011 LUCIO MAURO BRAGA MACHADO MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

Leia mais

Trabalhos Científicos Usuais: Caracterização e Estrutura

Trabalhos Científicos Usuais: Caracterização e Estrutura Trabalhos Científicos Usuais: Caracterização e Estrutura Iniciação à Pesquisa em Informática Profª MSc. Thelma E. C. Lopes e-mail: thelma@din.uem.br 2 Texto Científico: o que é? A elaboração do texto científico

Leia mais

Apresentação e formatação de artigo em publicação periódica científica:

Apresentação e formatação de artigo em publicação periódica científica: Apresentação e formatação de artigo em publicação periódica científica: Conforme NBR 6022:2003 Seção de atendimento ao usuário - SISBI Outubro 2013 Normas técnicas Norma técnica é um documento estabelecido

Leia mais

(Publicações da Biblioteca; 4) ORGANIZAÇÃO. Weber Vasconcellos Gomes Maria Consuelene Marques Maurinete dos Santos

(Publicações da Biblioteca; 4) ORGANIZAÇÃO. Weber Vasconcellos Gomes Maria Consuelene Marques Maurinete dos Santos (Publicações da Biblioteca; 4) ORGANIZAÇÃO Weber Vasconcellos Gomes Maria Consuelene Marques Maurinete dos Santos Revisto e atualizado de acordo com a NBR 15287/2011 Brasília 2011 1 APRESENTAÇÃO De acordo

Leia mais

PROJETO DE PESQUISA. Apresentação gráfica

PROJETO DE PESQUISA. Apresentação gráfica 2012 PROJETO DE PESQUISA Apresentação gráfica Revisto e atualizado segundo alterações ABNT: NBR 15287:2011 Projeto de Pesquisa; NBR 14724:2011 Trabalhos Acadêmicos. Profa. Dra. Wakiria Martinez Heinrich

Leia mais

Manual de normas para apresentação de trabalhos acadêmicos

Manual de normas para apresentação de trabalhos acadêmicos FACULDADE SÃO FRANCISCO DE ASSIS BIBLIOTECA Josiane Fonseca da Cunha Manual de normas para apresentação de trabalhos acadêmicos Porto Alegre 2008 Josiane Fonseca da Cunha Manual de normas para apresentação

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA (UESB) DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS (DCE) CURSO DE MATÉMATICA VANÊIDE ROCHA DIAS RIBEIRO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA (UESB) DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS (DCE) CURSO DE MATÉMATICA VANÊIDE ROCHA DIAS RIBEIRO UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA (UESB) DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS (DCE) CURSO DE MATÉMATICA VANÊIDE ROCHA DIAS RIBEIRO FORMATAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (FTA) VITÓRIA DA CONQUISTA BA 2009

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO 1 Modelo de Artigo de periódico baseado na NBR 6022, 2003. Título do artigo, centralizado. COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO Andersown Becher Paes de Barros * Ideraldo Bonafé ** RESUMO Este trabalho apresenta

Leia mais

Manual para Elaboração Trabalhos Acadêmicos Conforme a NBR 14724:2005

Manual para Elaboração Trabalhos Acadêmicos Conforme a NBR 14724:2005 Manual para Elaboração Trabalhos Acadêmicos Conforme a NBR 14724:2005 Produzido pelos bibliotecários da Rede de Bibliotecas do Senac/RS com a finalidade de orientar os usuários na elaboração de seus trabalhos

Leia mais

Normas para Apresentação de Monografias

Normas para Apresentação de Monografias UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE DEPARTAMENTO DE SISTEMAS E COMPUTAÇÃO COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Normas para Apresentação de Monografias Campina Grande, dezembro 2010

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA APRESENTAÇÃO NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS O trabalho deve ser digitado e impresso em papel

Leia mais

GUIA PARA ELABORAÇÃO DISSERTAÇÃO DE MESTRADO (SEGUNDO ABNT-NBR 14724) PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA - UFSJ

GUIA PARA ELABORAÇÃO DISSERTAÇÃO DE MESTRADO (SEGUNDO ABNT-NBR 14724) PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA - UFSJ UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI UFSJ CAMPUS CENTRO-OESTE DONA LINDU CCO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA GUIA PARA ELABORAÇÃO DISSERTAÇÃO DE MESTRADO (SEGUNDO ABNT-NBR 14724) PROGRAMA

Leia mais

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE - FANESE NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO NPGE MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE - FANESE NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO NPGE MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE - FANESE NÚCLEO DE PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO NPGE MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS ARACAJU 2012 2 PREFÁCIO A apresentação dos trabalhos acadêmicos

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS APLICADAS BIBLIOTECA PROF. DR. ALFONSO TRUJILLO FERRARI

INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS APLICADAS BIBLIOTECA PROF. DR. ALFONSO TRUJILLO FERRARI INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS APLICADAS BIBLIOTECA PROF. DR. ALFONSO TRUJILLO FERRARI GUIA PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS: diretrizes para normalização Rosemeire Zambini Bibliotecária CRB5018

Leia mais

MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISAS (PADRÃO UDF)

MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISAS (PADRÃO UDF) (Publicações da Biblioteca; 4) ORGANIZAÇÃO Weber Vasconcellos Gomes Maria Consuelene Marques Maurinete dos Santos MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISAS (PADRÃO UDF) 3ª edição Revisto e atualizado

Leia mais

Informação e documentação Trabalhos acadêmicos Apresentação

Informação e documentação Trabalhos acadêmicos Apresentação AGO 2002 NBR 14724 ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas Informação e documentação Trabalhos acadêmicos Apresentação Sede: Rio de Janeiro Av. Treze de Maio, 13 2º andar CEP 20003-900 Caixa Postal

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC. Título

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC. Título UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC CENTRO DE CIÊNCIAS NATURAIS E HUMANAS Programa de Pós-Graduação em Biotecnociência Título Santo André dd/mm/aaaa Normas para Dissertações Mestrado em Biotecnociência - UFABC.

Leia mais

Quanto ao texto do corpo do projeto:

Quanto ao texto do corpo do projeto: MODELO DE PROJETO DE PESQUISA EM INICIAÇÃO CIENTÍFICA Quanto ao texto do corpo do projeto: Projeto deve ser redigido com no máximo 20 (vinte) páginas digitadas em papel tamanho A4 (210mm x 297mm), margem

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP. FACULDADE (do aluno) CURSO. TÍTULO DO PROJETO Subtítulo do Projeto AUTOR DO PROJETO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP. FACULDADE (do aluno) CURSO. TÍTULO DO PROJETO Subtítulo do Projeto AUTOR DO PROJETO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP FACULDADE (do aluno) CURSO TÍTULO DO PROJETO Subtítulo do Projeto AUTOR DO PROJETO TÍTULO DO RELATÓRIO AUTOR(ES) DO RELATÓRIO SÃO PAULO 200_ NOTA PRÉVIA

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS 2013

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS 2013 NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS 2013 Jaciara-MT COMPOSIÇÃO DA MONOGRAFIA MONOGRAFIA Recebe nº página CAPA FOLHA DE ROSTO FOLHA DE APROVAÇÃO DEDICATÓRIA (OPCIONAL) AGRADECIMENTO (OPCIONAL) EPIGRAFE

Leia mais

FACULDADE ÚNICA DE CONTAGEM CLAUDIANE SANTANA MANUAL DE NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS CIENTÍFICOS

FACULDADE ÚNICA DE CONTAGEM CLAUDIANE SANTANA MANUAL DE NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS CIENTÍFICOS FACULDADE ÚNICA DE CONTAGEM CLAUDIANE SANTANA MANUAL DE NORMALIZAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS CIENTÍFICOS Baseado nas obras de Júnia Lessa França e Ana Cristina de Vasconcellos; Rosy Mara Oliveira. Atualizado

Leia mais

PIM I. Projeto Integrado Multidisciplinar

PIM I. Projeto Integrado Multidisciplinar PIM I Projeto Integrado Multidisciplinar PIM I - PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Descrição e Análise de Práticas de Gestão Organizacional em uma Empresa. OBJETIVOS: Favorecer aos alunos ingressantes

Leia mais

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIÁS IESGO FACULDADES IESGO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIÁS IESGO FACULDADES IESGO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIÁS IESGO FACULDADES IESGO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA MANUAL DE NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA FORMOSA/GO

Leia mais

Escola SENAI Jose Polizotto. Biblioteca - Escola SENAI Jose Polizotto. Manual para elaboração de trabalhos. acadêmicos

Escola SENAI Jose Polizotto. Biblioteca - Escola SENAI Jose Polizotto. Manual para elaboração de trabalhos. acadêmicos Escola SENAI Jose Polizotto Biblioteca - Escola SENAI Jose Polizotto Manual para elaboração de trabalhos acadêmicos Marília 2008 Biblioteca - Escola SENAI José Polizotto Manual para elaboração de trabalhos

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO Modelo de Artigo de periódico baseado na NBR 6022, 2003. Título do artigo, centralizado. COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO Maria Bernardete Martins Alves * Susana Margaret de Arruda ** Nome do (s) autor

Leia mais

FEMPAR FUNDAÇÃO ESCOLA DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO PARANÁ NORMAS METODOLÓGICAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO FINAL DE ARTIGO

FEMPAR FUNDAÇÃO ESCOLA DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO PARANÁ NORMAS METODOLÓGICAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO FINAL DE ARTIGO FEMPAR FUNDAÇÃO ESCOLA DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO PARANÁ NORMAS METODOLÓGICAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO FINAL DE ARTIGO LONDRINA 2009 SUMÁRIO 1 ESTRUTURA DO ARTIGO CIENTÍFICO...01 1.1 ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS...01

Leia mais

Manual TCC Administração

Manual TCC Administração 1 Manual TCC Administração 2013 2 Faculdade Marista Diretor Geral Ir. Ailton dos Santos Arruda Diretora Administrativo-Financeiro Sra. Rafaella Nóbrega Coordenador do Curso de Administração e Gestão de

Leia mais

FEMPAR Fundação Escola do Ministério Público do Paraná NORMAS METODOLÓGICAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO FINAL DE MONOGRAFIA

FEMPAR Fundação Escola do Ministério Público do Paraná NORMAS METODOLÓGICAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO FINAL DE MONOGRAFIA FEMPAR Fundação Escola do Ministério Público do Paraná NORMAS METODOLÓGICAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO FINAL DE MONOGRAFIA CURITIBA 2012 SUMÁRIO 1. ESTRUTURA DA MONOGRAFIA...03 1.1. Elementos pré-textuais...03

Leia mais

NORMATIZAÇÃO TÉCNICA PARA ELABORAÇÃO DE TCC COM BASE NAS NBR S. Por: Edirlane Carvalho de Souza Freitas - Bibliotecária

NORMATIZAÇÃO TÉCNICA PARA ELABORAÇÃO DE TCC COM BASE NAS NBR S. Por: Edirlane Carvalho de Souza Freitas - Bibliotecária NORMATIZAÇÃO TÉCNICA PARA ELABORAÇÃO DE TCC COM BASE NAS NBR S. Quem define a normatização técnica? Normas mais comuns utilizadas em trabalhos acadêmicos: NBR 6023 Referências; NBR 6024 Numeração progressiva

Leia mais

FACULDADE DOM BOSCO. Credenciada através da Portaria nº 2.387, D.O.U. em 12/08/2004 Cornélio Procópio/Paraná MANUAL DE TRABALHO DE CURSO

FACULDADE DOM BOSCO. Credenciada através da Portaria nº 2.387, D.O.U. em 12/08/2004 Cornélio Procópio/Paraná MANUAL DE TRABALHO DE CURSO FACULDADE DOM BOSCO Credenciada através da Portaria nº 2.387, D.O.U. em 12/08/2004 Cornélio Procópio/Paraná MANUAL DE TRABALHO DE CURSO CORNÉLIO PROCÓPIO 2012 Como elaborar um TC 1 Introdução Objetiva-se

Leia mais

PROJETO MULDISCIPLINAR DO CURSO DE BACHAREL EM ADMINISTRAÇÃO DA UNIESP FACULDADE DO GUARUJÁ. Prof. Marat Guedes Barreiros

PROJETO MULDISCIPLINAR DO CURSO DE BACHAREL EM ADMINISTRAÇÃO DA UNIESP FACULDADE DO GUARUJÁ. Prof. Marat Guedes Barreiros PROJETO MULDISCIPLINAR DO CURSO DE BACHAREL EM ADMINISTRAÇÃO DA UNIESP FACULDADE DO GUARUJÁ Prof. Marat Guedes Barreiros GUARUJÁ 2º semestre de 2013 PROJETO MULDISCIPLINAR Curso superior de BACHAREL em

Leia mais

4 ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO

4 ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO 4 ESTRUTURA E APRESENTAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO Este capítulo visa a orientar a elaboração de artigos científicos para os cursos de graduação e de pós-graduação da FSG. Conforme a NBR 6022 (2003, p. 2),

Leia mais

GUIA PARA EDIÇÃO DE DISSERTAÇÃO, QUALIFICAÇÃO E OUTROS TRABALHOS NO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM CIÊNCIAS MOLECULARES

GUIA PARA EDIÇÃO DE DISSERTAÇÃO, QUALIFICAÇÃO E OUTROS TRABALHOS NO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM CIÊNCIAS MOLECULARES UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM CIÊNCIAS MOLECULARES GUIA PARA EDIÇÃO DE DISSERTAÇÃO, QUALIFICAÇÃO E OUTROS

Leia mais

GUIA DE ORIENTAÇÕES PARA FORMATAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

GUIA DE ORIENTAÇÕES PARA FORMATAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO GUIA DE ORIENTAÇÕES PARA FORMATAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 1. APRESENTAÇÃO É essencial o uso de normas técnicas para uma boa apresentação e compreensão da leitura de um trabalho acadêmico-científico.

Leia mais

ESTRUTURA DE UM TRABALHO MONOGRÁFICO (NBR 14724/2005)

ESTRUTURA DE UM TRABALHO MONOGRÁFICO (NBR 14724/2005) Errata Folha de Rosto Capa ESTRUTURA DE UM TRABALHO MONOGRÁFICO (NBR 14724/2005) Epígrafe Resumo L. estrangeira Resumo Agradecimentos Dedicatória Folha de Aprovação Anexos Apêndices Glossário Referências

Leia mais

Apresentação de Trabalhos Acadêmicos

Apresentação de Trabalhos Acadêmicos Keina Cristina S. S. Silva, Bibª. Me. Marilene S. de Araújo, Bibª. Esp. Sale Mário Gaudêncio, Bibº. Esp. Vanessa Christiane A. S. Borba, Bibª. Esp. Vanessa Oliveira Pessoa, Bibª. Esp. Apresentação de Trabalhos

Leia mais

NORMAS INTERNAS PARA ELABORAÇÃO DAS DISSERTAÇÕES E TESES

NORMAS INTERNAS PARA ELABORAÇÃO DAS DISSERTAÇÕES E TESES UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS VETERINÁRIAS NORMAS INTERNAS PARA ELABORAÇÃO DAS DISSERTAÇÕES E TESES Material de apoio para elaboração padronizada

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO (1)

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO (1) 1 COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO (1) SOBRENOME, Nome Aluno 1 Graduando em Administração de Empresas Decision/FGV SOBRENOME, Nome Aluno 2 Graduando em Administração de Empresas Decision/FGV RESUMO Este

Leia mais

DIRETRIZES BÁSICAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA TCC2

DIRETRIZES BÁSICAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA TCC2 UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS COORDENAÇÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA COORDENAÇÃO ADJUNTA DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DIRETRIZES BÁSICAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO

Leia mais

Biblioteca Central Dr. Christiano Altenfelder Silva

Biblioteca Central Dr. Christiano Altenfelder Silva FUNDAÇÃO DE ENSINO EURÍPIDES SOARES DA ROCHA MANTENEDORA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO EURÍPIDES DE MARÍLIA UNIVEM Biblioteca Dr. Christiano Altenfelder Silva AV. HYGINO MUZZI FILHO, 529 MARÍLIA SP CEP 17525-901

Leia mais

NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (ABNT/NBR-14724, AGOSTO 2002)

NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (ABNT/NBR-14724, AGOSTO 2002) NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (ABNT/NBR-14724, AGOSTO 2002) DIRETOR: Profº. Daniel Jorge dos Santos Branco Borges COORDENADORA PEDAGÓGICA: Profª. Paloma Martinez Veiga Branco COORDENADORA

Leia mais

Título do trabalho: subtítulo do trabalho

Título do trabalho: subtítulo do trabalho Título do trabalho: subtítulo do trabalho Resumo Este documento apresenta um modelo de formatação a ser utilizado em artigos e tem como objetivo esclarecer aos autores o formato a ser utilizado. Este documento

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA OU DO TRABALHO CIENTIFICO

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA OU DO TRABALHO CIENTIFICO 39 INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA OU DO TRABALHO CIENTIFICO 1. MONOGRAFIA Monografias são exposições de um problema ou assunto específico, investigado cientificamente, assim, não exige originalidade,

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE AGUDOS - FAAG BIBLIOTECA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS PARA O PERIÓDICO. REVISTA DiCA!

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE AGUDOS - FAAG BIBLIOTECA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS PARA O PERIÓDICO. REVISTA DiCA! CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE AGUDOS - FAAG BIBLIOTECA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGOS PARA O PERIÓDICO REVISTA DiCA! Biblioteca - FAAG Tel. (14) 3262-9400 Ramal: 417 Email: biblioteca@faag.com.br http://www.faag.com.br/faculdade/biblioteca.php

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA FORMATAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE

INSTRUÇÕES PARA FORMATAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE 1 INSTRUÇÕES PARA FORMATAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE INSTRUÇÕES GERAIS: papel branco A4, fonte Arial tamanho 12, com espaçamento de 1,5 cm entre as linhas,

Leia mais

MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA PESQUISA CIENTÍFICA

MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA PESQUISA CIENTÍFICA MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA PESQUISA CIENTÍFICA Toda pesquisa deve passar por uma fase preparatória de planejamento devendo-se estabelecer certas diretrizes de ação e fixar-se uma estratégia global.

Leia mais

Guia para apresentação do trabalho acadêmico:

Guia para apresentação do trabalho acadêmico: BIBLIOTECA COMUNITÁRIA Guia para apresentação do trabalho acadêmico: de acordo com NBR 14724/2005 São Carlos 2010 Guia para apresentação do trabalho acadêmico As orientações abaixo são de acordo com a

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGO EM PUBLICAÇÃO PERIÓDICA CIENTÍFICA (NBR 6022:2003)

PROCEDIMENTOS PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGO EM PUBLICAÇÃO PERIÓDICA CIENTÍFICA (NBR 6022:2003) PROCEDIMENTOS PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGO EM PUBLICAÇÃO PERIÓDICA CIENTÍFICA (NBR 6022:2003) Maio de 2012. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA. Biblioteca Universitária. Programa de capacitação. 2 NORMAS

Leia mais

Universidade Federal de São Paulo Instituto Saúde e Sociedade Programa de Pós-Graduação Alimentos, Nutrição e Saúde

Universidade Federal de São Paulo Instituto Saúde e Sociedade Programa de Pós-Graduação Alimentos, Nutrição e Saúde Universidade Federal de São Paulo Instituto Saúde e Sociedade Programa de Pós-Graduação Alimentos, Nutrição e Saúde ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE DOCUMENTO DE QUALIFICAÇÃO E DISSERTAÇÃO PARA O PROGRAMA

Leia mais