VOTE E CONCORRA A UM TABLET

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "VOTE E CONCORRA A UM TABLET"

Transcrição

1 Conheça os 50 N as próximas páginas, você vai conhecer o perfil e os principais projetos desenvolvidos por cada um dos 50 ganhadores do Prêmio Profissional de Tecnologia da Informação premiação, promovida pelo 12º ano, visa destacar o talento e a competência dos profissionais de TI brasileiros. Os premiados foram escolhidos por meio de profissionais do ano uma ampla consulta a um conselho de notáveis, formado por mais de 600 integrantes, entre executivos, consultores, acadêmicos e empresários do setor de TI, além dos dez profissionais eleitos pelo voto dos leitores em Os profissionais premiados estão agrupados em dez diferentes áreas de atividade econômica: bancos, comércio, finanças, governo estadutal/ municipal, governo federal, indústria de consumo, indústria geral, saúde, serviços e utilities. Os leitores votarão em apenas um nome em cada uma das dez áreas. apuração dos votos será feita pela empresa de consultoria Deloitte e os dez eleitos participarão de uma mesa-redonda, que será publicada na primeira edição do Informática Hoje de VOTE E CONCORR UM TBLET Para votar, acesse e use o seu código de assinante, que consta da etiqueta, na capa deste exemplar do Informática Hoje. Você vai concorrer a um ThinkPad da Lenovo. O sorteio será feito pela Deloitte, o ganhador será comunicado por e terá seu nome divulgado no site do Informática Hoje. PTROCÍNIO: COMPNHMENTO D PURÇÃO: PG_09_BRE_PROFTEC.indd 9 10/12/ :31:30

2 Banco lfa dilson Herrero Banco Cacique Fernando ugusto Martins Junior bancos bancos bancos bancos bancos bancos fotos: divulgação bancos Para votar, acesse: premio/2011 Cargo: Diretor Executivo de Operações Idade: 58 anos Tempo de empresa: 19 anos Tempo no cargo atual: 5 anos Tempo de carreira em TI: 34 anos Formação acadêmica: Engenheiro eletrônico com MB em finanças e mestrado em sistemas e redes pela Poli/USP Passatempos: Tocar violão e jogar futebol Nas palavras de dilson Herrero, assegurar o alinhamento entre as áreas de tecnologia e processos às necessidades de negócios da instituição foi sua maior contribuição às operações de TI do Banco lfa. área esteve à frente de projetos como a virtualização dos servidores, para garantir maior disponibilidade e escalabilidade nos serviços, visando ampliar o relacionamento com o cliente por meio de diversos canais. estratégia permitiu abrigar novos sistemas e produtos em desenvolvimento, oferecendo informações precisas e em tempo real, acompanhando as novas formas de atendimento ao cliente do banco, diz dilson. Entre os projetos inovadores apontados por ele, estão a implantação dos sistemas de varejo em plataforma web, e o uso de netbooks para o acesso dos operadores de crédito de veículos e consignação em folha de pagamento, garantindo mobilidade à força de vendas: Todas essas iniciativas, sem esquecer a contenção dos custos de TI, representaram grandes desafios superados por toda a equipe. Para 2012, o banco planeja a implantação do Portal de Financiamento, para oferecer mais uma opção de relacionamento e negócios com o cliente e um novo sistema de home broker para as operações em bolsa. Também vamos substituir gradativamente as estações de trabalho obsoletas por estações thin client e as ferramentas de monitoramento e tuning do ambiente de TI, prevê. Todos os projetos fazem parte da estratégia de diferenciação do banco: Trabalhamos junto ao cliente para ter qualidade de serviços, agilidade e baixo custo operacional, visando sempre rentabilizar a organização e todos os produtos e serviços acompanham esses objetivos. Outra preocupação é com a governança corporativa, acompanhando e antecipando as regulamentações exigidas das instituições financeiras. Cargo: gerente de TI Idade: 36 Tempo de empresa: 3 anos Tempo no cargo atual: 3 anos Tempo de carreira em TI: 16 anos Formação acadêmica: graduado em ciências da computação (Unesp), mestre em engenharia da computação (USP) e pós-graduado em marketing de serviços (FGV) Passatempos: Culinária e Fórmula 1 tuando em carteiras comerciais, de investimentos e câmbio, além das tradicionais linhas de empréstimos e financiamentos, os Bancos Cacique e Pecúnia, empresas do grupo francês Société Générale, priorizaram o atendimento ao cliente. consolidação da plataforma de datawarehouse e business intelligence (DW/BI) permitiu o acesso a informações consolidadas e quase em tempo real para tomada de decisões nas áreas comercial, marketing, relacionamento com o cliente, risco, crédito e operacional, destaca Fernando Martins. Outro objetivo alcançado foi a redução de espaço de bases de dados locais em diversas áreas do banco e maior governança da informação. Ele aponta como um de seus maiores desafios gerir as entregas de serviços de TI nos prazos e custos aceitáveis para a operação, apesar das turbulências no cenário bancário mundial e local: s evidências de superação desses desafios foram comprovadas com projetos de sucesso como a conclusão do outsourcing da infraestrutura e service desk, automação da produção via ferramenta de scheduler, desenvolvimento de novos produtos e adequações regulatórias. área de TI teve participação ativa no projeto mundial, em conjunto com a França, para atendimento de risco de capital e Basileia II. Está nos planos para 2012 concluir o projeto de revisão da arquitetura para maior sinergia e otimização dos sistemas existentes nos dois bancos e expandir os sistemas de datawarehouse e BI para a área financeira, além do outsourcing de infraestrutura e service desk do Banco Pecúnia, como foi feito no Banco Cacique. Estamos sempre em constante evolução, seja nas melhorias de processo, investimentos em tecnologia e treinamentos e capacitação de nossos colaboradores, tendo sempre como meta agilidade e comodidade no atendimento aos nossos clientes e parceiros, diz Fernando IH PG_10_12_bancos.indd 10 10/12/ :49:25

3 Caixa Econômica Federal Joaquim Lima de Oliveira HSBC Leignes ndreatti Bradesco Maurício Machado de Minas bancos Cargo: Vice-presidente de TI Idade: 55 anos Tempo de empresa: 32 anos Tempo no cargo atual: 1 ano e dois meses Tempo de carreira em TI: 1 ano Formação acadêmica: Psicologia e administração, com especialização em desenvolvimento urbano e pós-graduado em administração pública pela FGV Passatempo: Estar com a família, jogar futebol e fazer jardinagem Cargo: CIO Idade: 52 Tempo de empresa: 31 anos Tempo no cargo atual: 1 ano e 8 meses Tempo de carreira em TI: 25 anos Formação acadêmica: Graduado em economia e pós-graduado em negócios internacionais Passatempos: cademia e desenhos animados Cargo: Diretor executivo Idade: 52 Tempo de empresa: 2 anos e meio no banco e 28 anos no grupo Tempo no cargo atual: 2 anos e meio Tempo de carreira em TI: 30 anos Formação acadêmica: Engenharia elétrica pela Poli/USP e extensão na Universidade de Columbia (EU) Passatempo: tênis, cinema e automobilismo Entre os grandes projetos tocados pela área de TI da Caixa Econômica Federal, um dos mais importantes é a implantação de um novo sistema de relacionamento com o cliente (CRM). Considerando a extrema competitividade do setor financeiro, é fundamental que a Caixa se reposicione no mercado, para conhecer melhor as necessidades dos clientes e fidelizá-los, avalia Joaquim Lima de Oliveira. Caixa Econômica Federal é responsável por 75% do financiamento do mercado habitacional, com clientes com mais de 20 anos de banco. Isso nos dá uma grande vantagem competitiva, mas é necessário conhecer o perfil desse correntista para adequar os produtos às suas necessidades, além do desafio de trazer novos clientes, diz. Caixa conta com mais de 56 milhões de contascorrentes e poupanças: praticamente todo cidadão brasileiro é cliente, seja por meio das loterias, do FGTS ou do seguro-desemprego. O objetivo é que o sistema de CRM permita conhecer melhor o consumidor de produtos e serviços, apontando potenciais negócios nas 2,3 mil agências e nos 36 mil correspondentes bancários. O banco também está implantando novas funcionalidades no processo de compensação de cheques por imagem e quer adotar um sistema biométrico para aumentar a segurança nos pagamentos de serviços públicos como a Bolsa Família e o INSS, evitando fraudes de identidade. Para o cadastramento biométrico dos clientes, a Caixa firmou uma parceria com o TSE para troca de dados, que prevê um banco de dados de 10 milhões de pessoas até o ano que vem. meta é ser uma opção para a nova classe média, que consome tecnologia e demanda novos produtos do mercado financeiro. Um novo modelo de canais deve atender ao cliente que chega agora ao mercado bancário, dando suporte a estratégia de dobrar a rede de correspondentes bancários até 2014, afirma Joaquim. O HSBC prepara seus sistemas para alcançar maior eficiência operacional. linhado à estratégia, o maior desafio da área de TI neste ano foi a implantação da Sala de Monitoração e Treinamento, sistema que monitora a venda em tempo real e permite e-learning com a equipe das agências e demais funcionários. Foi uma iniciativa que conciliou mais de 50 sistemas legados, integrando as pessoas por voz, dados e imagem em tempo real, diz Leignes ndreatti. Por videoconferência é possível acompanhar todo o processo da oferta de produtos, alavancando as vendas na rede de agências. implantação desse sistema foi transformadora para a organização, dentro do objetivo de imprimir diferenciais nas áreas de negociação, explica. O HSBC conta com 865 agências, mais de 5 mil correspondentes bancários e 401 postos de atendimento. O uso de imagens para aproximar a gerência dos clientes também foi destaque entre os projetos da área de TI. O setor modernizou o sistema de front end para os gerentes de vendas, incorporando ferramentas que permitem maior interação na apresentação de produtos. Isso significou aumentar a capacidade da rede do banco, além da reestruturação de diversos processos. Para Leignes, a área de TI tem respondido bem ao desafio de conciliar custos e as demandas do dia a dia, com a oferta de ferramentas que trazem vantagem competitiva. Em 2012 o foco segundo ele será a modernização das plataformas do HSBC para garantir maior eficiência operacional: Vamos nos preparar para dar suporte aos novos produtos e serviços como o banco móvel, que vai permitir ao cliente fazer pagamentos por meio do telefone celular em diversas bandeiras de cartões. O banco aguarda a padronização dos sistemas para iniciar os projetos-piloto. Transformar a arquitetura de sistemas buscando maior eficiência operacional e time to market é o grande objetivo do Bradesco, o segundo maior banco privado do país. Essas diretrizes significaram a completa modernização dos sistemas, para dar suporte às novas demandas do gestor de negócio e maior competitividade ao banco, explica Maurício. Esse megaprojeto, que começou em 2005 e consumirá 10 milhões de horas, está migrando sistemas legados para novas tecnologias e representa um novo paradigma para os fornecedores de sistemas. Está prevista a renovação de sistemas de gestão de conteúdo, projeto de digitalização de documentos e atualização de todo o parque tecnológico. Isso impõe um gerenciamento complexo dos fornecedores e novos paradigmas de prazo, custo e acompanhamento dos projetos, diz. Essa transformação visa dar suporte adequado ao crescimento orgânico do banco. lém das fusões e aquisições, o Bradesco continua ampliando sua rede de agências: já são 4 mil próprias e 33 mil unidades expressas (em lotéricas, agências dos Correios, etc.). inovação faz parte do DN do banco, um dos pioneiros na implantação de TMs e no uso da biometria na rede de autoatendimento. Em 2012, esse sistema será ampliado para outros canais eletrônicos e terminais de compra, para aumentar a segurança e a comodidade dos clientes no relacionamento com o banco, evitando o uso de muitas senhas e tokens. No Bradesco, a biometria funciona como um scanner, que captura a imagem do padrão vascular da palma da mão, que é único. Hoje, mais de 5 milhões de clientes do Bradesco já utilizam a leitura biométrica para efetuar suas transações, mas ainda era necessário digitar a senha de seis números. Gradativamente eles poderão utilizar o sistema de leitura biométrica para efetuar suas transações, sem precisar utilizar a senha IH PG_10_12_bancos.indd 12 10/12/ :49:45

4 Leroy Merlin Magazine Luiza nderson Cunha Décio Yuiti Sonohara comércio comércio comércio comércio comércio comércio fotos: divulgação comércio Para votar, acesse: premio/2011 Idade: 44 anos Tempo de empresa: 7 anos Tempo no cargo atual: 7 anos Tempo de carreira em TI: 26 anos Formação acadêmica: Ciências da computação com MB em varejo Passatempos: Golfe e ciclismo área de TI da Leroy Merlin respira sistemas de varejo. Costumo dizer que somos todos comerciantes, brinca nderson Cunha. Ele entrou na companhia há sete anos para implantar um sistema de gestão de varejo brasileiro, que substituía um francês, e atualmente lidera uma equipe de 24 colaboradores diretos e 60 prestadores externos. O departamento de TI vive hoje uma nova fase, com a implantação de uma solução de ERP de mercado em todos os departamentos. Uma das metas da companhia é manter os preços sempre atualizados. umentar a disponibilidade dos produtos e eliminar qualquer possibilidade de erro fizeram a Leroy Merlin adotar terminais de radiofrequência para a conferência e emissão das etiquetas de preço dos produtos. O projeto está instalado em um núcleo de serviços na central administrativa, para atender toda a demanda da rede de home centers com mais de 20 lojas, responsável pela comercialização de mais de 60 mil itens. tecnologia também auxilia no acompanhamento da demanda de produtos, mede a evolução das vendas e evita falta de mercadoria em uma determinada loja. Uma das diretrizes é manter 100% dos preços de seus produtos atualizados, visto que diariamente os valores sofrem alterações, devido a inúmeros fatores, como concorrência, estratégia comercial e mudança nas alíquotas dos impostos para material de construção. Neste ano, a empresa renovou seu portal, preparando-o para o e-commerce e implantou equipamentos para agilizar o atendimento nas lojas, diz nderson. O papa-fila, por exemplo, é um dispositivo móvel que escaneia os itens contidos nos carrinhos dos clientes, para agilizar o pagamento nos caixas. Já no drive thru, disponível em algumas unidades da rede, o cliente não precisa entrar na loja para fazerr suas compras. Tudo é feito através do terminal diretamente no setor de retirada de mercadorias. Cargo: Diretor de tecnologia Idade: 46 anos Tempo de empresa: 13 anos Tempo no cargo atual: 4 anos e meio Tempo de carreira em TI: 22 anos Formação acadêmica: Engenheiro de produção formado pela Universidade de São Paulo Passatempos: Corrida, tênis e cinema O Magazine Luiza tem crescido rapidamente nos últimos dois anos com a aquisição de diversas empresas. integração das lojas Maia, do Nordeste, em agosto do ano passado, acrescentou 140 lojas e dois centros de distribuição. Em agosto foi a vez de mais 120 lojas do Baú, totalizando mais de 684 pontos de venda. Em maio, a empresa fez seu IPO. o longo deste ano, a área de TI deu suporte a todos os processos e ao crescimento explosivo do sistema eletrônico de vendas, afirma Décio Sonohara. preocupação da equipe de TI foi preparar a infraestrutura e os dois datacenters, priorizando a escalabilidade. empresa investiu em sistemas de logística e ampliou o centro de distribuição. O cliente é nosso ativo principal, por isso nossos esforços se concentram em aumentar os níveis de serviço, diz Décio. empresa desenvolveu ferramentas de apoio ao vendedor das lojas que consolidam o catálogo de produtos, identificam o cliente no cadastro e permitem oferecer condições diferenciadas de pagamento. lém de identificar os melhores clientes e realizar ações voltadas a ele, os recursos de TI ajudam os vendedores a cumprir as metas. Os funcionários podem acessar o banco de dados para oferecer novos produtos ou manter relacionamento. Outro foco é o canal de e-commerce, que tem crescido a taxas acima de 40%. Uma das novidades, segundo Décio, foi o lançamento do Magazine Você: o usuário cadastra-se no site e instala o aplicativo no Orkut ou no Facebook. O programa criará uma espécie de loja virtual no perfil dele. Em seguida, ele poderá escolher até 60 produtos, entre os milhares oferecidos pela empresa, para vender. cada transação que fechar a partir de sua conta, o internauta receberá uma porcentagem sobre o preço da mercadoria entre 2,5% e 4,5% sendo que o Magazine Luiza se responsabilizará pela entrega e pela cobrança do valor acordado IH PG_14_16_COMERCIO.indd 14 10/12/ :54:13

5 C&C Makro Copagaz José Roberto da Silva Marco ntonio Ferreira de Souza Reinaldo Gonçalves Melero comércio Cargo: Diretor regional de TI Cargo: Gerente de TI Idade: 57 Idade: 47 anos Idade: 44 anos Tempo de empresa: 1 ano e três meses na C&C e 13 anos no grupo Tempo no cargo atual: 1 ano e três meses Tempo de carreira em TI: 39 anos Formação acadêmica: Tecnologia de computação no IT (Instituto Tecnológico da eronáutica) Tempo de empresa: 28 anos Tempo no cargo atual: 5 anos Tempo de carreira em TI: 24 anos Formação acadêmica: dministrador de empresas Passatempo: ndar de motocicleta Tempo de empresa: 19 anos Tempo no cargo atual: 14 anos Tempo de carreira em TI: 22 anos Formação acadêmica: Graduado em matemática e processamento de dados pela Fundação Santo ndré; pós-graduação em governança de TI pelo Instituto Mauá de Tecnologia; MB e pós-graduação na FGV. Passatempo: leitura e tênis Passatempos: filmes de ficção científica e comédia Criada pela fusão das empresas Madeirense e Conibra, a C&C Casa e Construção é um dos líderes do mercado varejista de materiais para construção, reforma e decoração do mercado nacional, com 43 lojas nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. Para manter o controle dos ativos, além do gerenciamento dos produtos e serviços, a empresa conta com ferramentas de gestão para eliminar qualquer possibilidade de erro no processo. Um dos destaques do ano, segundo José Roberto Silva, foi a implantação do módulo de logística do sistema SP no centro de distribuição do Rio de Janeiro: Isso significou melhor acompanhamento dos estoques, aperfeiçoamento da distribuição e entrega mais rápida aos consumidores. Por meio de coletores de dados que se comunicam por radiofrequência, o sistema identifica o produto mais rapidamente, faz a roteirização da entrega por CEP, indica o veículo adequado e a melhor rota. lém de atender o cliente final, a C&C precisa movimentar produtos de uma loja para outra para repor estoques e garantir o melhor funcionamento dos pontos de venda. infraestrutura que dá suporte a essas operações está a cargo da UOL Diveo. Outro projeto foi a modernização do e-commerce no portal da C&C com a automação de diversos processos antes feitos de forma manual. empresa também modernizou o sistema de listas de casamento, garantia estendida e melhorou a interface, facilitando a comunicação com o consumidor. O e-commerce representa uma forma rápida de efetuar a compra. Nosso desafio é adequar os processos logísticos, aliando disponibilidade de orçamento, atendimento ágil e velocidade de entrega, reforça José Roberto. Em 2012, será a vez de incrementar os sistemas de pós-venda com foco na satisfação do cliente. reconstrução do ERP comercial, com foco no atendimento das operações do Brasil, rgentina, Colômbia Peru e Venezuela, foi o principal projeto do Makro neste ano e também o grande desafio de Marco ntonio Ferreira de Souza, coordenador do processo: partir de requerimentos e necessidades locais de cada país, construímos uma solução regional única. Hoje, cada país conta com uma infraestrutura própria de TI, mas a meta é unificar as operações nos cinco países, com a implantação de um centro de serviços compartilhado. O processo envolve a padronização e a consolidação desses datacenters em um único centro de serviços de TI para toda a região ao longo de 2012, diz Marco ntonio. inda em estudos, o Brasil é o mais forte candidato a receber esse centro de dados. O apoio da área de TI à operação do Makro se dá em pequenos e grandes processos. Optamos por trabalhar com um ciclo de melhorias contínuas, onde pequenas modificações levam no decorrer do tempo a grandes transformações, explica. Ele acredita que o papel da área de TI é difundir e garantir uma política comum de governança, com foco em disponibilidade, confiabilidade e time to market. Para agilizar a operação das lojas e o crescimento das vendas, um dos projetos de 2012 será o lançamento de um projeto de e-commerce. Outro projeto em implantação, segundo Marco ntonio, é um sistema de coletores de dados para a localização e retirada de produtos nas lojas com leitura do código de barras e baixa no estoque: Com o mapeamento da empresa e o redesenho do ERP comercial, lançamos as bases para a operação dos próximos dez anos. O modelo de governança da companhia é baseado nas melhores práticas ITIL, o que criou uma cultura de prestação de serviços com mais qualidade, reduzindo o número de gerências e contando com uma equipe dedicada de service desk. Copagaz é uma das maiores distribuidoras e engarrafadoras de GLP (Gás Liquefeito de Petróleo) e está presente em dez estados. comunicação com o cliente é um dos pilares da companhia e norteou a implantação de uma nova central de atendimento 0800 inteligente. O objetivo foi criar um canal de atendimento gratuito, ágil e personalizado, por meio de um número único em todo território nacional, em que o consumidor é identificado e direcionado para a central de atendimento na regional mais próxima. través de um menu, ele seleciona o tipo de atendimento, escolhendo entre o informe de um vazamento, pedido de gás, assistência técnica, reclamação, dúvidas e sugestões. Os chamados são registrados em um sistema de controle para o acompanhamento e gestão do atendimento. O principal diferencial, comparando com outras centrais de atendimento, foi que com baixíssimo investimento em infraestrutura, utilizando um serviço e algumas facilidades do 0800 da Embratel, aproveitamos características já existentes para oferecer atendimento personalizado por regionais, explica Reinaldo Melero. área de TI também é responsável pelo projeto chamado internamente de Copa+, que pretende atualizar a plataforma de ERP, proporcionando maior aderência dos sistemas aos negócios da companhia. Entre as iniciativas que trouxeram economia para a empresa, Reinaldo aponta a mudança do fornecedor de outsourcing de impressão, reduzindo o volume de documentos impressos e obtendo um melhor gerenciamento por unidade de negócio, como parte da política de TI sustentável e compensação de emissões de CO2. Um dos desafios da área foi a preparação da infraestrutura e recursos de TI e telecomunicações para o crescimento no quadro de funcionários em mais de 10% em seis novas unidades, sendo que três serão inauguradas até o final do ano e três no primeiro semestre Outra iniciativa inovadora foi o uso de e software de automação de escritório na nuvem IH PG_14_16_COMERCIO.indd 16 10/12/ :54:42

6 Porto Seguro Serasa Italo Gennaro Flammia Lisias Lauretti finanças finanças finanças finanças finanças finanças fotos: divulgação finanças Para votar, acesse: premio/2011 Idade: 48 Tempo de empresa: 2 anos Tempo no cargo atual: 2 anos Tempo de carreira em TI: 27 anos Formação acadêmica: Graduado em administração de empresas pelas Faculdades ssociadas de São Paulo, com MB executivo internacional na FI USP, e MB na London Business School Passatempo: Praia Buscar alinhar processos, criar métodos de trabalho e desenvolver um bom ambiente profissional são metas que norteiam o dia a dia do diretor de Italo Flammia. o ingressar na empresa, há dois anos, ele reuniu toda a equipe de TI para um diagnóstico das operações. Em 15 dias, o grupo definiu um plano estratégico para cinco anos que é revisado anualmente. O plano se baseia na implantação de projeto de qualidade ITIL, na revisão dos processos e da estrutura organizacional, e culminou com a criação de uma área de governança. Uma reunião mensal do grupo de gestão de TI avalia os projetos, acompanha o orçamento, além de levar novas ideias. Um dos projetos inovadores liderados pela área foi a criação da primeira operadora móvel virtual (MVNO) Porto Seguro, usando a infraestrutura de rede da TIM. O acordo abrange a operação em todos os estados do país, com a meta de atrair 1 milhão de clientes nos próximos três anos. É um grande desafio para a área definir os parâmetros dessa operação. Essa parceria é o início de uma nova fase para o setor de seguros. empresa está preparada para capturar todas as oportunidades, diz Italo. Outro grande projeto da área de TI foi a aquisição das carteiras de seguros de automóveis e residência do Itaú, que implicou a padronização de sistemas e integração de pessoas e soluções. área conta com um centro de desenvolvimento de software, onde analistas internos desenham e definem a arquitetura dos sistemas que serão desenvolvidos por terceiros. Para aprofundar o relacionamento com o cliente, a empresa implantou um sistema de CRM. Outro grande projeto foi o início da implantação do ERP, que termina em Isso significou a revisão dos processos, a seleção de fornecedores e a renovação das aplicações caseiras, completa Italo. Cargo: CIO Latam Idade: 52 anos Tempo de empresa: 2 anos Tempo no cargo atual: 2 anos Tempo de carreira em TI: 27 anos Formação acadêmica: Engenheiro mecânico pela Escola de Engenharia Mauá, pós -graduado na FGV-SP, Harvard Business School, Kellogg School of Management, nos EU, e Insead, na França Passatempos: Tênis e golfe Dona de um dos maiores bancos de dados do mundo, a Serasa Experian recebe em torno de 6 milhões de consultas por dia de dados cadastrais de empresas e cidadãos, com informações fornecidas aos bancos, lojas, pequenas, médias e grandes empresas para apoiar decisões de crédito. criação do cadastro positivo, com a previsão de armazenar dados de mais de 2 milhões de clientes, será um novo salto para a área de TI. Um dos destaques do ano foi a implantação de uma plataforma de SO (Service Oriented rchitecture) para reduzir o tempo de desenvolvimento de serviços e atender de forma mais precisa a demanda de cada cliente, auxiliando a empresa no atendimento a mercados como pessoas físicas, micro e pequenas empresas. Foi necessário criar uma abordagem para tratamento direto do consumidor e um formato adequado da informação para atender a esse cliente de maneira diferente. Para isso, diversas áreas da companhia foram envolvidas, diz Lisias Lauretti. Para incentivar a inovação, a área define alguns temas importantes, os profissionais pesquisam sobre o assunto e quando acreditam em uma ideia, a inserem no sistema. proposta passa por uma primeira verificação de aderência em relação às necessidades do negócio e então vai para o que chamam de mercado, onde os demais profissionais avaliam quais são mais importantes para o negócio. Uma dessas ideias foi a oferta de indicadores econômicos para dispositivos móveis como iphone e ipad, com aplicativo disponível na pplestore, que está em projeto-piloto. Para dar conta do crescimento, a área de TI continua trabalhando na evolução dos processos, com a implantação de novas plataformas como o ERP, incluindo um módulo de faturamento que vai alimentar o módulo fiscal. Uma das maiores preocupações da Serasa, segundo Lisias, é com a camada de segurança, para evitar fraudes e invasão do banco de dados IH PG_18_20_financas.indd 18 10/12/ :56:29

7 BM&F Bovespa Mauro Negrete Ricardo Redenschi TecBan Robert Baumgartner Junior finanças Cetip Cargo: Diretor executivo de operações e tecnologia Idade: 53 anos Tempo na empresa: 3 anos Tempo no cargo: 3 anos Tempo de carreira em TI: 26 anos Formação: Bacharel em física pela PUC-SP, pósgraduado em sistemas de informação pela FP e MB na EESP-FGV Passatempo: Fotografia tecnologia da informação está no centro dos negócios da Cetip, empresa que provê informações ao mercado financeiro. Os produtos gerados pelo departamento de TI sistemas de automação de transações são percebidos diretamente pelos clientes finais, o que torna necessário acompanhar de perto o desempenho das aplicações, para viabilizar novos produtos. aquisição da GRV Solutions, no final do ano passado, gerou a missão de integrar produtos, políticas e estratégias. Isso acelerou a modernização tecnológica e a revisão de toda a compliance da companhia, informa Mauro Negrete. O processo de fusão entre a Cetip e a GRV não atrapalhou os demais projetos em andamento e permitiu o lançamento de vários produtos como o de integração de seguradoras e financeiras, o sistema de formalização de financiamento, além do sistema de automação do crédito imobiliário previsto para o ano que vem. área de TI tem a missão de definir políticas de acompanhamento da adoção das aplicações e o nível de satisfação do cliente, para gerar novos negócios: os investimentos e a gestão de custos dependem desses resultados. Contamos com uma rede robusta que nos conecta com todos os bancos, financeiras, empresas de cartão de crédito, leasing, consórcios e Detrans de todo o país, em uma plataforma segura, para que não haja fraude ou invasão de dados, explica Mauro. infraestrutura é garantida por dois datacenters, um próprio e outro em colocation, com redundância de sistemas. Cetip, segundo ele, está sempre em busca de novas tecnologias de desenvolvimento para facilitar as complexas transações financeiras e antecipar problemas e propor automação de processos: Precisamos estar sempre à frente do mercado para oferecer soluções às necessidades futuras dos clientes. Cargo: diretor de infraestrutura e produtos de TI Cargo: diretor de TI e telecom Idade: 46 Idade: 41 anos Tempo de empresa: 1 ano Tempo de empresa: 1 ano e oito meses Tempo no cargo atual: 1 ano Tempo no cargo atual: 1 ano e oito meses Tempo de carreira em TI: 23 anos Tempo de carreira em TI: 25 anos Formação acadêmica: graduação em engenharia eletrônica na UFRJ; pós-graduação em análise de sistemas e MB em administração pela Coppead. Formação acadêmica: análise de sistemas pela Universidade Guarulhos e curso de tecnólogo em processamento de dados Passatempo: jogar squash Passatempo: atuar como técnico de kart do filho área de tecnologia da BM&F Bovespa é tão sensível quanto os papeis que negocia: exige alta disponibilidade, transparência e segurança para dar suporte às complexas transações financeiras. Essa é a medida do desafio encarado todos os dias por Ricardo Redenschi. O ano de 2011 foi particularmente importante para Ricardo: ele liderou a implantação de um novo sistema de negociação de derivativos, baseado em tecnologia da Bolsa de Chicago. É um marco histórico na trajetória da bolsa, com grandes vantagens competitivas a partir das mais modernas tecnologias de negociação. O sistema disponibiliza rapidamente dados críticos com melhor desempenho, comemora. Tudo isso exigiu reforço na infraestrutura de sistemas e nos datacenters da BM&F Bovespa, que hoje conta com duas plantas principais. Um terceiro site está sendo construído e ficará pronto até o final de Um dos grandes objetivos no ano que vem será a integração do novo sistema de derivativos com o ambiente de ações, além do desenvolvimento de um sistema integrado de pós-negociação. té 2013, as mudanças de arquitetura na BM&F Bovespa seguem a diretriz de sistemas cada vez mais transparentes para o mercado. Tudo isso acontece como se trocássemos o pneu com o carro andando, ilustra Ricardo, ressaltando que uma de suas maiores contribuições foi a otimização da estrutura de custos da área: O ambiente de negociação da BM&F Bovespa é único, pois exige um desempenho sem paralelo em outros mercados.temos que estar sempre à frente, trabalhando com sistemas que levam em conta tempos de resposta da ordem de microssegundos, que estão evoluindo para nanossegundos. Tudo equilibrado para disponibilizar dados críticos com transparência e segurança. O segmento bancário sempre foi pioneiro no uso da automação. TecBan acompanhou essa trajetória atendendo 24 instituições financeiras e operando uma rede de 12,5 mil TMs em todo o país. Para continuar na vanguarda, colocou em prática o Projeto de Evolução Tecnológica TecBan (PETT), que se apoia em quatro grandes pilares de modernização: infraestrutura, sistemas, rede física e ferramentas de monitoração. Preparar a empresa para essa evolução é o grande objetivo da área de TI e telecom, liderada por Robert Baumgartner Junior. Esse projeto representou uma completa reestruturação e modernização do parque instalado, diz ele. Para apoiar o crescimento da infraestrutura, foi preciso colocar a casa em ordem: fazer grandes investimentos em storage, trocar antigos sistemas e a rede de cabeamento. Temos a responsabilidade de garantir a continuidade dos negócios e a operação 24 horas sem falhas ou interrupções das 12,5 mil TMs, afirma Robert. Segundo ele, os planos para 2012 priorizam investimentos que darão suporte ao crescimento para que a área de TI também seja uma geradora de receita: Neste ano, modernizamos a interligação das TMs com rede de terceira geração (3G) e estamos finalizando um piloto de conexão das unidades com WiFi que já tem cobertura de 300 quilômetros quadrados em algumas cidades-piloto. O projeto abre novas possibilidades de prestação de serviços à rede de bancos. Outra iniciativa importante da TI da TecBan é a oferta de serviços de monitoramento de segurança aos bancos com câmeras. empresa estuda a implantação de sistemas de vigilância nos locais que recebem a rede de autoatendimento, aumentando a segurança. s TMs também receberão novas tecnologias anti-invasão e sistemas de alerta para evitar a quebra e o roubo de unidades IH PG_18_20_financas.indd 20 10/12/ :56:46

8 Polícia Militar de São Paulo Prefeitura de São Carlos lfredo Deak Junior Carlos Costa Jordão governo estadual/municipal governo estadual/municipal fotos: divulgação governo estadual/municipal Para votar, acesse: premio/2011 Cargo: Diretor de telemática Idade: 47 anos Tempo na PM: 29 anos Tempo no cargo atual: 7 meses Tempo de carreira em TI: 27 anos Formação acadêmica: cademia de Polícia Militar do Barro Branco; pós-graduado em análise de sistemas pela Fatec e em sistemas de informação pelo Mackenzie; mestrado e doutorado em ciências policiais e ordem pública Passatempos: Ver filmes e desenvolver algoritmos Como não existem soluções de prateleira que atendam as especificidades de TI para as atividades de policiamento, a equipe da Polícia Militar de São Paulo tem que usar a criatividade e sempre pensar em inovar. Nas palavras do diretor de telemática, coronel lfredo Deak Junior, este foi o ano dos projetos que levaram em conta novas tecnologias móveis, entre eles o de SMS (mensagem de texto no celular) para atendimento de emergências para a comunidade de deficientes auditivos e da fala. O projeto envolveu todas as operadoras de celular, a gência Nacional de Telecomunicações (natel) e o Ministério Público, usando técnicas mistas de web services, identificação de assinante chamador e SMS. PM de São Paulo também equipou a frota de 17 mil viaturas com tablets, equipamento desenvolvido segundo as especificações da polícia, para acesso aos bancos de dados, visualização de mapas das viaturas, policiais a pé, ocorrências em andamento e informações de criminosos que atuam na região. O tablet tem um GPS integrado ao sistema e localizador automático de viatura (VL). PM também foi pioneira nos testes na tecnologia de rede celular LTE (Long Term Evolution), primeiro sistema de comunicação de dados de quarta geração (4G) em teste real na mérica Latina, e que substituirá a comunicação 3G nos tablets. O objetivo é a transição, em tempo real, de imagens e voz dos Centros de Emergências da PM para as viaturas e vice-versa. Com isso, durante o deslocamento da viatura para uma ocorrência, o policial poderá receber as imagens instaladas em câmeras nas ruas e comércios do local onde ocorre a emergência. Da mesma forma, o Centro de Emergência verá as imagens da viatura no local, permitindo o comando remoto da crise. Idade: 32 anos Tempo de empresa: 7 anos Tempo no cargo atual: 3 anos Tempo de carreira em TI: 10 anos Formação acadêmica: Ciências da computação Passatempo: Desenho Dentro do plano diretor da Prefeitura de São Carlos, no interior paulista, é prioridade aperfeiçoar o sistema de governo eletrônico. infraestrutura foi viabilizada pelo cabeamento da cidade com 30 quilômetros de fibra óptica, no projeto chamado Redesanca (Rede Metropolitana de São Carlos). lém da prefeitura, a rede interconecta 15 instituições, entre elas a Universidade Federal de São Carlos UFSCar, Universidade de São Paulo USP (campus São Carlos), Embrapa, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, CPFL, Ipem e o Hospital Escola. O projeto não foi simples. Carlos Costa Jordão explica que a interconexão das instituições envolveu a reconfiguração, a proteção e os ajustes finos das redes internas de cada uma das entidades que têm necessidades específicas de segurança e protocolos. Mas, ele admite, todo o esforço valeu a pena: cidade só tem a ganhar com uma infraestrutura de tecnologia dessa importância, além do potencial para atração de novos investimentos. Ele compara a implantação da banda larga de alta velocidade em São Carlos com a transformação de uma estrada de terra em asfaltada: Passamos da carroça ao trem-bala. O objetivo da rede para 2012 é fomentar o uso pelas instituições, avaliar novos interessados e extrair o máximo do potencial da infraestrutura. área de TI da cidade também implantou projetos como um sistema de avaliação de ensino para a Secretaria da Educação e um software de monitoramento de semáforos que controla remotamente a programação em caso de acidentes ou falhas, controlando o fluxo de veículos. cidade também conta com um sistema de controle de ônibus por GPS que faz o acompanhamento das saídas e localização dos veículos, monitorando atrasos e necessidade de manutenção IH PG_22_23_governo_EST_MUNIC.indd 22 10/12/ :58:02

9 USP Gil da Costa Marques Prefeitura de São Bernardo do Campo Marcio Bellisomi Secretaria de Gestão Pública de São Paulo Roberto Meize gune Cargo: Superintendente de TI Idade: 65 anos Tempo de USP: 40 anos Tempo no cargo atual: 5 anos Tempo de carreira em TI: 13 anos Formação acadêmica: Bacharel em física; livre docente, professor titular do Instituto de Física da USP Passatempos: Leitura e filmes Idade: 55 anos Tempo de empresa: 2 anos e meio Tempo no cargo atual: 2 anos e meio Tempo de carreira em TI: 25 anos Formação acadêmica: Engenheiro com mestrado em administração pública Passatempos: Leitura e cinema Cargo: Coordenador do Grupo de poio Técnico à Inovação Idade: 64 anos Tempo no governo de SP: 13 anos Tempo no cargo atual: 4 anos Tempo de carreira em TI: 5 anos Formação acadêmica: rquitetura e urbanismo pela USP, especialização em planejamento educacional pelo Sedes Sapientiae e em planejamento urbano pela FGV - SP Passatempos: Jardinagem (bonsai e orquídeas) e fotografia Dois projetos tiveram destaque neste ano na Universidade de São Paulo: um deles, o Cloud USP, que prevê a implementação de uma nuvem de computadores para atendimento da demanda computacional da comunidade, tanto para finalidades de ensino e pesquisa quanto para atividades corporativas. proposta consiste na ampliação do ambiente de nuvem na USP, para que possa servir de suporte para vários tipos de aplicação, com alta capacidade computacional e de distribuição de recursos, principalmente para as atividades de pesquisa. Outro projeto importante é o que trata da reforma da infraestrutura de redes locais das unidades de ensino e pesquisa, que prevê a sua atualização e padronização da tecnologia para de melhorar o acesso da comunidade aos serviços de rede. Para atingir esses objetivos, os obstáculos não são poucos. O professor Gil da Costa Marques aponta a morosidade dos processos burocráticos, em especial os relativos a aquisições de equipamentos ou serviços: Temos enfrentado também dificuldades no que diz respeito à infraestrutura do datacenter principal da universidade, principalmente na parte de energia elétrica. No ano que vem, além da expansão do projeto Cloud USP, a área de TI planeja a modernização da infraestrutura de redes locais das unidades para abranger um número maior de prédios. Também está prevista a atualização da infraestrutura de rede sem fio de todos os campi da USP, com tecnologias mais modernas e ampliação da cobertura. Outra expansão de rede vai contemplar sistemas de processamento de imagens: o projeto e-ulas USP tem o objetivo de democratizar o acesso a disciplinas de vários cursos da universidade por meio de vídeos na web com todas as aulas das disciplinas. Todos os esforços da diretoria de TI da Prefeitura de São Bernardo do Campo estão concentrados no conceito de cidade digital. Para alcançar esse objetivo, foi preciso colocar a casa em ordem: a área de tecnologia liderou um projeto de downsizing que migrou sistemas de grande porte para servidores. Isso representou reescrever e adotar soluções com maior performance, padronizar protocolos e migrar para a plataforma de Internet. arquitetura multiplataforma permitiu a adoção de novos sistemas como o de gestão de documentos e de gestão do ambiente fiscal, trazendo grandes ganhos para a prefeitura, diz Marcio Bellisomi. cidade também investiu em uma grande rede metropolitana, com a instalação de quase 300 quilômetros de fibras ópticas conectando 400 localidades entre escolas, postos de saúde e escritórios da administração pública. O desafio será oferecer mais serviços para a população por meio da banda larga, afirma Marcio. Essa infraestrutura permite uma mudança de patamar na prestação de serviços públicos, com a possibilidade de implantação de sistemas de monitoramento de segurança, gerenciamento do controle de enchentes e trânsito por meio de imagens. educação pública é a primeira da fila na lista de prioridades. cidade adquiriu 15 mil netbooks dentro do programa federal Um computador por luno, que começam a funcionar nas 73 escolas do município no próximo ano. É a área de TI que vai garantir a infraestrutura de rede e o desempenho dos sistemas sem fio. Outro ponto importante foi melhorar o gerenciamento da arrecadação. prefeitura homologou um sistema de integração com o contribuinte que garante segurança e agilidade ao processo de emissão da NFS-e e de entrega da informação fiscal para o cliente via , com o objetivo de combater a sonegação do ISS. circulação de novas ideias que oxigenem o setor público e ampliem a transparência é sempre bem-vinda. Secretaria de Gestão Pública de São Paulo lançou em 2009 o Programa de Gestão do Conhecimento e Inovação, que usa a gestão do conhecimento como método para estimular uma ação de governança voltada à promoção de mudanças culturais, educacionais, organizacionais e tecnológicas. Esse trabalho, segundo Roberto gune, pode ser acompanhado por meio do portal O programa trabalha em três pilares: o uso das redes sociais, para juntar e aproximar servidores públicos e ouvir a população; crowdsourcing, para incorporar talentos onde quer que estejam e promover a produção colaborativa; e governo aberto para promover a transparência, estimular a colaboração e criar novos modelos de serviços. O programa tem desenvolvido inúmeras ações de capacitação, tecnologia da inovação e governança, afirma gune. Entre os desafios atuais da área, ele destaca o desenvolvimento da segunda geração de serviços como o Poupatempo: O foco será no back-office visando a integração das bases de dados e universalização do acesso. O projeto também contempla a modernização e implantação de um novo Detran com padrão Poupatempo; e o desenvolvimento da segunda geração dos postos do cessa São Paulo de inclusão digital, com foco em prestação de serviços, capacitação e hub de negócios sociais. Outra iniciativa é o Plano Estadual de Banda Larga, visando conectar as cidades com menos de 10 mil habitantes e as comunidades rurais, e integrado ao Plano Nacional de Banda Larga do governo federal. Isso vai exigir o aumento da capacidade dos links da rede Intragov, que interliga todas as unidades públicas do governo do Estado e o desenvolvimento de uma rede móvel nas regiões metropolitanas. Secretaria prevê ainda a integração de datacenters e sistemas de informação com o uso de computação em nuvem na área pública. IH PG_22_23_governo_EST_MUNIC.indd 23 10/12/ :58:17

10 Prodasen IBGE Claudia Lopes Nogueira fotos: divulgação Claudio Mariano Fernandes governo federal governo federalgoverno federal Para votar, acesse: premio/ IH governo federal governo federal governo federalgoverno federal Cargo: Diretora da secretaria especial de informática Idade: 44 anos Tempo de empresa: 19 anos Tempo no cargo atual: 9 meses Tempo de carreira em TI: 10 anos Formação acadêmica: Ciências da computação Passatempo: Corrida, Sudoku e filmes Secretaria Especial de Informática do Senado, o Prodasen, tem como missão oferecer soluções de TI e comunicação. Um de seus principais objetivos é automatizar tarefas. Para auxiliar no processo de tomada de decisão dos senadores, por exemplo, implantou um portal de gestão de processos com ferramentas de business intelligence. Na área legislativa, lançou o LexEdit, que permite que os parlamentares e assessores executem e acompanhem emendas dentro das normas da redação legislativa, facilitando o acesso à numeração de incisos, em um processo que antes era manual. É possível entrar na proposição que se quer emendar e fazer alterações no processo. O sistema gera emendas já no formato que pode tramitar no Legislativo, explica Claudia Nogueira. O sistema está em versão beta e será liberado a todos os parlamentares no início de No ano que vem, a meta será aumentar a governança de TI e modernizar sistemas hoje usados nas comissões do Senado. ideia é colocar vários processos de forma eletrônica como a pauta, e permitir o acompanhamento online de reuniões das comissões, explica Claudia. Hoje, a pauta é enviada por e impressa inúmeras vezes. ideia é oferecer ferramentas que permitam a construção da pauta de forma eletrônica e a indexação automática no banco de dados. Entre as inovações do órgão, Claudia cita o sistema LexML, conhecido como o Google das leis, que reúne em um só sistema a legislação, jurisprudência e doutrina com mais de 3 milhões de documentos, e é usado por praticamente todos os órgãos do governo. Outro projeto inovador é o Siga Brasil que permite a consulta ao orçamento da União. Também está nos planos do Prodasen o desenvolvimento de um grande projeto de gerenciamento eletrônico de documentos, com a aquisição e implantação de uma nova solução de captação e arquivamento. Cargo: coordenador de TI Idade: 44 anos Tempo de empresa: 24 anos Tempo no cargo atual: 2 anos Tempo de carreira em TI: 24 anos Formação acadêmica: mestrado em administração pela Universidade IBMEC; curso de especialização em censos e pesquisas no Departamento de Comércio dos EU; e graduação em tecnólogo em processamento de dados. Passatempo: estar com a família. O Brasil é modelo para outros países não só nas eleições, mas também no censo digital realizado pelo IBGE, órgão responsável por consolidar e apresentar as informações de toda a população brasileira. Depois da coleta dos dados em 2010, vem o trabalho pesado, realizado este ano, que pode ser definido como uma operação de guerra e depende 100% do nosso departamento, afirma Claudio Mariano Fernandes. No censo do ano passado, o papel e a caneta foram substituídos por coletores de dados, similares aos smartphones, usados por 220 mil recenseadores. pós a coleta, os dados são descarregados nos 7 mil pontos de recebimento das informações em todo o Brasil. Nas localidades com banda larga, esses dados são transferidos via rede; caso contrário, vão por meio de pen drives, diz Claudio. O censo coletou informações em 58 milhões de domicílios de um universo de 190,7 milhões de pessoas e, em abril, o IBGE finalizou a consolidação dos dados. divulgação é feita por meio de um sistema chamado SIDR Sistema IBGE de Recuperação utomática, que agrega os dados e permite o acesso das informações via Internet, disponíveis no site do IBGE. Essas informações vão servir de base para políticas públicas de erradicação da miséria, saneamento, habitação, educação, entre outras, afirma. O censo digital já é modelo para o resto do mundo. Neste ano, o IBGE foi visitado por países como EU, Índia, China, Kuwait, Senegal, Paraguai, Uruguai e Peru, interessados em convênios técnicos para a implantação da metodologia. E está transferindo tecnologia para que o Haiti possa iniciar um censo demográfico. No caminho da inovação, Claudio cita projetos como o uso da rede 3G para a transmissão dos dados ao datacenter e da TV digital, para que as pessoas possam responder as pesquisas por meio de um recenseador remoto. PG_24_25_governo_FEDERL.indd 24 10/12/ :59:47

11 Tribunal Superior do Trabalho Gustavo Sanches Petrobras Distribuidora Nelson Costa Cardoso Dataprev Rodrigo Ortiz D vila ssumpção Cargo: Secretário de TI Idade: 37 anos Tempo de empresa: 8 meses. Tempo no cargo atual: 8 meses Tempo de carreira em TI: 21 anos Formação acadêmica: Tecnólogo em processamento de dados, analista de sistemas com pós-gradução em redes de computadores e bacharel em direito Passatempo: Brincar com a filha Cargo: Gerente executivo Idade: 57 Tempo de empresa: 37 Tempo no cargo atual: 10 anos Tempo de carreira em TI: 37 anos Formação acadêmica: Engenheiro químico formado pela USP, com MB em administração da produção. Passatempos: ndar de bicicleta e viajar Cargo: presidente Idade: 43 anos Tempo de empresa: 3 anos Tempo no cargo atual: 2 anos Tempo de carreira em TI: 6 anos Formação acadêmica: mestre em comunicação e bacharel em História pela USP Passatempo: leitura Desde o ano passado, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) opera exclusivamente com um sistema digital, transmitindo processos por meio eletrônico ajuizados no TST e enviados pelos Tribunais Regionais do Trabalho (TRTs). O Sistema de Remessa de Peças Processuais, batizado de e-remessa, permite o envio de peças processuais digitalizadas ou produzidas em ambiente eletrônico. De acordo com Gustavo Sanches, além de ganhar agilidade no recebimento e remessa de documentos, o processo eletrônico permitiu economizar no espaço para armazenamento e diminuiu drasticamente a produção de papel. Para dar agilidade às decisões, o TST criou um comitê gestor de tecnologia com a participação da alta administração. O órgão também implantou uma nova rede sem fio para que os 27 ministros tenham acesso aos processos por meio de tablets ou smartphones, aceitando assinatura digital. Para aumentar o compartilhamento das informações, serão implantados um novo sistema de e uma ferramenta de colaboração para o uso de agendas, contatos e documentos. Outro destaque, segundo Gustavo, foi a renovação do portal do TST com a implantação de uma ferramenta de edição de conteúdo, permitindo que os editores e autores possam atualizar o conteúdo por conta própria, sem depender da área de sistemas. O portal também simplificou páginas e menus para consulta aos processos. Como se não bastassem todas essas realizações, a área também centralizou o banco de dados, consolidando as informações dos devedores da Justiça do Trabalho, integrando os vários Tribunais Regionais com o TST. O grande desafio agora é estabilizar os sistemas para que tudo se mantenha no ar, sem falhas, diz Gustavo. Uma das metas para o ano que vem será a implantação do sistema único de processos judiciais da Justiça do Trabalho para todos os TRTs. Como empresa de ponta na área de petróleo e gás, a Petrobras Distribuidora coleciona projetos na área de tecnologia. Nelson Costa Cardoso aponta os principais destaques de sua gestão neste ano: a implantação de um programa de fidelização de clientes, a implantação de um sistema de Supply Chain Management e o Posto do Futuro, que será lançado no final do ano em parceria com a Intel: O momento é de inovação tecnológica e de processos para reduzir custos e permitir uma maior aproximação com clientes e fornecedores. O Programa de Fidelização do Cliente teve como objetivo a aproximação do consumidor final da rede de postos BR, o aumento do ticket médio, com oferta direcionada de produtos e serviços, e a geração de novas linhas de negócios. Para isso, foi criada uma rede de captura de dados dos clientes, com a distribuição de equipamentos nos postos da rede. companhia conseguiu identificar o consumidor participante do programa de relacionamento e suas preferências de consumo e fazer cruzamentos para personalizar ofertas. O projeto envolveu diversas áreas de negócio, contando com a participação das gerências corporativas da rede de postos, de comunicação, financeira, jurídica, operações e TI. O programa de fidelização trouxe benefícios como identificação e segmentação dos clientes. Esses dados são usados para ações de relacionamento e recompensas. Houve ainda um aumento de ticket médio e retenção e ampliação da base de consumidores, destaca Nelson. Já o Posto do Futuro é um posto de serviços que vai usar alto nível de automação e interação simples com o consumidor, testando novas tecnologias que serão usadas pelos demais postos no futuro. Os grandes esforços da empresa, segundo Nelson, são integrar parceiros e fornecedores e aumentar a inteligência de negócio, com ferramentas de business intelligence, automação do processo de pagamentos com a nota fiscal eletrônica, leitura OCR e checagem de impostos. Dataprev é responsável pelo armazenamento de 14 bilhões de dados sociais e processa todos os meses a folha de pagamento de mais de 28 milhões de beneficiários da Previdência Social, além de prestar serviços a outros órgãos públicos como o Ministério do Trabalho e Emprego e o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Modernização é a palavra de ordem segundo seu presidente, Rodrigo ssumpção. estratégia foi colocada em prática na migração de dados e sistemas de mainframe para plataforma de código aberto; modernização do Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS), e no desenvolvimento da primeira fase do Sistema Integrado de Benefícios (Sibe). migração da plataforma de mainframes para um sistema mais flexível de servidores e aplicativos descentralizados dará mais agilidade ao processamento e acesso às informações. Estamos migrando todos os programas críticos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), da Receita Federal do Brasil (RFB) e todos os software que sustentam o negócio previdenciário brasileiro, diz Rodrigo. expectativa é que a Dataprev também possa lidar com outras bases de dados do governo, indo buscar informações necessárias em tempo real para qualificar melhor os serviços e obter uma melhor gestão dos dados. o final do processo, segundo ele, o objetivo é contar com um cadastro consolidado e confiável: partir daí, a Previdência, a Receita, o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e outros clientes da Dataprev vão conseguir planejar melhor seus serviços. O principal projeto de 2012 será a implantação de um sistema de pagamento de benefícios e a consolidação dos dados do SIRC Sistema de Informação de Registro Civil, que, além de informações de óbitos transmitidas por cartórios de todo o país, terá também dados sobre casamentos e nascimentos. IH PG_24_25_governo_FEDERL.indd 25 10/12/ :00:05

12 Nestlé GM Cesar Ronaldo Seabra de lmeida fotos: divulgação Claudio Martins indústria consumo indústria consumo indústria consumo indústria consumo indústria consumo indústria consumo indústria consumo Para votar, acesse: premio/2011 Cargo: Gerente de TI Idade: 54 anos Tempo de empresa: 37 anos Tempo no cargo atual: 11 anos Tempo de carreira em TI: 23 anos Formação acadêmica: Graduado em direito, na Sociedade Barramense de Ensino Superior, pós-graduado em análise de sistemas, na Fundação Educacional Rosemar Pimentel, em Volta Redonda (RJ). Passatempos: Squash e pesca oceânica Dos inúmeros projetos tocados pela área de TI da Nestlé, o principal foi o Nestlé Continuous Excellence (NCE), que envolveu todas os setores da companhia para aperfeiçoar os níveis de serviço. Cesar lmeida aponta como foco desse período o alinhamento das diretrizes globais com as necessidades locais do negócio: O mercado brasileiro vive um período especial, no qual temos que de ter agilidade para aproveitar todas as oportunidades que se apresentam. Com um ERP global já implantado, no ano que vem a empresa planeja trabalhar mais fortemente na eliminação dos sistemas legados que vão convergir para uma plataforma única, além de projetos específicos nas áreas fiscais para atendimento da legislação brasileira. Outro foco é a área de vendas, onde serão implantadas novas ferramentas de planejamento e gerenciamento de canais. Em 2011, a Nestlé cresceu muito e a área de TI deu sustentação ao processo. Com o uso da tecnologia adequada, estamos conseguindo suportar todas as necessidades e ainda garantir uma tomada de decisão mais rápida e assertiva, diz Cesar. Recentemente, a Nestlé inaugurou um novo canal de relacionamento com o cliente, por meio do uso de mensagens de texto (SMS), para facilitar a comunicação com os consumidores. lém do contato 0800, s e cartas, o consumidor pode enviar uma mensagem à central da Nestlé pelo celular. ferramenta permite a troca de mensagens curtas com até 138 caracteres e a resposta também é por SMS. O serviço é gratuito tem como objetivo esclarecer dúvidas, receber sugestões e críticas. mobilidade permite que a ferramenta seja usada mesmo no momento da compra, nos corredores do supermercados. área de tecnologia se renova a cada instante, não somente com novas soluções, mas com a aplicação de novos recursos. Temos o cuidado de buscar aquilo que realmente importa e fortalece nossa companhia, afirma o executivo. Cargo: CIO da mérica do Sul (até agosto de 2011) Idade: 54 Tempo de empresa: 10 anos Tempo no cargo atual: 2 anos como CIO da mérica do Sul e 5 anos como CIO do Mercosul Tempo de carreira em TI: 35 anos Formação acadêmica: Graduado em engenharia eletrônica e MB em gerência geral Passatempo: Plantar árvores, principalmente frutíferas Depois de um período difícil enfrentado pela matriz com a crise econômica de 2008, a GM passou por um processo de transformação, reestruturou-se no mercado mundial e revalorizou a operação brasileira. O ano de 2011 foi especial para a companhia no país, com a renovação da linha de produtos. No lançamento de um veículo, todo o processo produtivo, da engenharia ao chão-de-fábrica, é redefinido, exigindo esforço e muito trabalho da equipe de tecnologia. Neste ano, Claudio Martins liderou a atualização do ERP e definiu as diretrizes para a adoção de cloud computing. Os primeiros projetos foram para o call center e as vendas diretas ao consumidor. No caso do call center, a solicitação nasceu na área de negócios, com o objetivo de melhorar a relação da montadora com os clientes e dar flexibilidade na hora de ampliar os recursos, quando necessário. Os projetos de adoção da computação em nuvem foram feitos de forma integrada entre os departamentos de marketing, vendas, finanças e comunicação. GM brasileira coleciona exemplos de pioneirismo dentro do grupo: o país foi o primeiro a implantar voz sobre IP e transformar todos os ramais da companhia em virtuais, acessíveis de qualquer ponto. Outras tecnologias inovadoras adotadas pela subsidiária local foram a adoção de etiquetas eletrônicas (RFID) na linha de montagem e o uso de realidade virtual na criação de protótipos dos novos modelos de automóveis. área segue as diretrizes globais do grupo e define estratégias locais para as demandas do dia a dia, principalmente no que diz respeito à legislação brasileira. inovação faz parte da rotina, com um time focado em testar novas ideias. Outro projeto importante para o setor foi a adequação da companhia aos projetos legais exigidos pelo governo, como a finalização da implementação da Nota Fiscal Eletrônica, a adoção do Ponto Eletrônico e da escrituração contábil digital (SPED) IH PG_26_27_ind-consumo.indd 26 10/12/ :01:25

13 Volkswagen Natura BDF Nivea José Roberto Giro Marcos Pelaez Rodrigo Wagner Cargo: CIO Idade: 42 anos Tempo de empresa: 23 anos Tempo no cargo atual: 1 ano Tempo de carreira em TI: 24 anos Formação acadêmica: MB pelo IPEP/Dallas University, pós-graduado em marketing e negócios internacionais, especializado em administração de empresas pela FGV e graduado em matemática pela Fundação Santo ndré Passatempos: Corridas de carro e tênis Idade: 55 Tempo de empresa: 3 anos Tempo no cargo atual: 3 anos Tempo de carreira em TI: 35 anos Formação acadêmica: dministração de empresas e MB executivo em e-business, pela Fundação Getúlio Vargas Passatempos: Esportes, música, futebol, corrida, leitura Cargo: Gerente de TI Idade: 35 Tempo de empresa: 10 anos Tempo no cargo atual: 5 anos Tempo de carreira em TI: 17 anos Formação acadêmica: Pós-graduado em análise de sistemas Passatempo: carros antigos Não faltou trabalho para José Roberto Giro na Volkswagen neste ano. área de TI concluiu a implantação do ERP nas áreas de logística, compras, finanças, controle de produção de motores e manufatura. O projeto, que consumiu três anos, visava a integração dessas diversas áreas, com foco na gestão de materiais, mexendo com todo o processo produtivo direto e indireto. Para esse projeto, tivemos a participação de cerca de 200 pessoas em tempo integral, diz José Roberto. implantação do ERP envolveu um módulo específico para a indústria automobilística, que permite controles mais acurados nos negócios da montadora. O sistema atende mais de 5,5 mil usuários em quatro fábricas, incluindo a de caminhões Mann, recentemente integrada ao grupo. Todo esse contingente foi capacitado no novo ambiente. O esforço resultou na harmonização dos procedimentos, exigiu o redesenho e ações na melhoria dos serviços com mais de 110 processos analisados. Houve a desativação total ou parcial de cerca de 60 sistemas legados, aumentando a confiabilidade da informação, reduzindo os riscos fiscais e fazendo o inventário de materiais, explica. Segundo José Roberto, alcançar a padronização de procedimentos nas diversas áreas em cinco diferentes fábricas foi um grande desafio nesse processo de modernização: Fomos os pioneiros no Brasil no uso da solução IS utomotive em sua plenitude, localizando o sistema para atender os requisitos fiscais e legais do país. Nosso maior orgulho foi que a implantação não provocou paradas no processo produtivo e nem foi preciso desligar nenhum sistema das fábricas. TI é fundamental na estratégia de aumento de vendas da Natura. empresa lançou o Projeto Terra, que envolveu todas as áreas, modernizou os sistemas de pedidos, logística e o atendimento da comunidade de consultoras. O planejamento logístico foi o grande desafio do ano, já antecipando o pico de vendas de Natal. lém dos sete centros de processamento de dados, a empresa investiu no reforço da infraestrutura de datacenter. gora, os sistemas estão mais preparados para atender os pedidos das consultoras de forma mais rápida, sem erros, dentro do prazo e com a qualidade esperada, diz Marcos Pelaez. O objetivo principal foi melhorar a infraestrutura para atender pedidos eletrônicos nos períodos de pico, sem queda do sistema. empresa processa 70 mil pedidos por dia, somando mais de 2 milhões de itens. Hoje, segundo Pelaez, 90% dos pedidos das 1,2 milhão de consultoras são feitos pela Internet: Isso permitiu a automação das vendas, emissão automática de nota fiscal, melhor planejamento de estoques, logística e a otimização dos processos, da captação do pedido ao faturamento. No ano que vem, o Projeto Terra entra em sua segunda fase, incluindo toda a gestão comercial da companhia. Outro plano é integrar à rede as 230 mil consultoras de países como México, Colômbia, Peru, rgentina, Chile e França. empresa também quer turbinar seu modelo de vendas pela Internet além do portal, incentivando outros canais como redes sociais e dispositivos móveis, para que as consultoras possam se comunicar com a empresa de forma mais flexível. Vamos monitorar a marca de forma mais intensa nas redes sociais e aprofundar o relacionamento com nosso público, ponto de honra para a Natura, diz Pelaez. Com a avalanche de demandas que chegam ao setor de TI, além dos requerimentos legais com o sistema brasileiro de escrituração digital (SPED fiscal e contábil), não é fácil inovar. Mesmo assim, o gerente de TI da Nivea, multinacional de cosméticos pertencente ao grupo alemão BDF Beiersdorf, buscou uma forma de transformar a forma de venda dos produtos dando maior mobilidade à equipe. O projeto envolveu a atualização das ferramentas de trabalho da força de vendas, a partir da distribuição de smartphones. Tudo foi bastante desafiador, desde o desenho da solução, muito nova no Brasil, até encontrar profissionais com conhecimento e experiência para participar do projeto, afirma Rodrigo. Tudo funcionou tão bem, que o projeto já está em produção desde julho e o retorno da força de vendas ficou acima do esperado. partir de seus smartphones, os profissionais analisam e gerenciam as vendas e a performance do ponto comercial, trocando informações com o escritório central, além de tomarem decisões sobre pedidos e estoques de forma mais ágil. O sistema foi desenvolvido localmente e será replicado para a força de vendas em todo o mundo, reconhecido como um importante diferencial para o negócio. Para 2012, os planos são o desenvolvimento de mais aplicações móveis, para dar suporte à estratégia da empresa, que quer acompanhar o crescimento acelerado do país. No dia a dia, Rodrigo destaca que há três anos debruça-se sobre as mudanças requeridas pela nota fiscal eletrônica e pelo Sped fiscal e contábil, consumindo bastante energia da área, além do desafio de adaptar os sistemas globais, vindos da matriz alemã, às necessidades brasileiras. Para agilizar a tomada de decisões, foi implantado um sistema de business intelligence que permite a extração de dados operacionais entre os diversos níveis hierárquicos. IH PG_26_27_ind-consumo.indd 27 10/12/ :01:46

14 Usiminas Carlos Roberto Katayama ndrade Gutierrez Cibele Fonseca indústria geral indústria geral indústria geral indústria geral indústria geral indústria geral fotos: divulgação indústria geral Para votar, acesse: premio/2011 Cargo: Diretor corportativo de TI Idade: 52 Tempo de empresa: 1 ano e oito meses Tempo no cargo atual: 1 ano e oito meses Tempo de carreira em TI: 32 anos Formação acadêmica: Tecnólogo em processamento de dados e pós-graduado em gestão empresarial Passatempos: Baseball, teatro e cinema Com pouco menos de dois anos à frente da área de TI da Usiminas, Carlos Roberto Katayama já imprimiu sua marca. Uma das principais produtoras de aço plano do país, a empresa decidiu modernizar a gestão, incluindo a reestruturação da própria TI. estratégia exigiu mudanças profundas nos controles de investimentos e governança, mas principalmente no perfil dos recursos humanos. infraestrutura da companhia já estava robusta para sustentar o negócio, fruto de grandes investimentos nos últimos anos. Nosso diferencial foi imprimir uma mudança cultural, com foco menos em tecnologia e mais em processos de negócios, resume Katayama. Isso envolveu a readequação das equipes, a criação de novas áreas como a de governança de TI e segurança da informação e a atribuição de novas responsabilidades aos gestores. estratégia será apoiada pela abertura de uma área de BPM (gerenciamento de processos de negócios), que deve trabalhar independente da tecnologia, reforçada também pela implantação de sistemas de apoio às informações gerenciais. Uma das iniciativas importantes apontadas por Katayama será a criação de um centro de serviços compartilhados, que vai trabalhar em conjunto com outros departamentos do grupo para que os projetos respondam de forma mais efetiva aos negócios. Para atender as demandas por mobilidade e redes sociais, o departamento de TI trabalha em um portal para comunidades e integra diferentes dispositivos (smartphones, e tablets e notebooks) para que os funcionários possam ter acesso à rede da empresa de forma remota. Usiminas também estuda a oferta de sistemas de home office em determinadas aplicações e o uso de cloud computing para o . Katayama, que lidera um time de 300 pessoas, além de 180 terceirizados, se diz contente com os resultados alcançados até aqui: competência da equipe contribuiu de forma decisiva para esse sucesso. Cargo: Gerente de TI Idade: 43 Tempo de empresa: 5 anos Tempo no cargo atual: 5 anos Tempo de carreira em TI: 25 anos Formação acadêmica: Pós-graduada em matemática Passatempo: estudar Desde 2006 à frente da área de TI da ndrade Gutierrez, Cibele Fonseca tem um ritmo intenso de trabalho. Uma das principais demandas dos funcionários do grupo presente nos setores de construção civil, telecomunicações, saneamento e energia, era melhorar a comunicação com a empresa. solução veio com o lançamento do programa de convergência tecnológica ConectG, cujo objetivo foi otimizar os processos de negócio, aumentar os níveis de disponibilidade dos meios de comunicação e reduzir custos com telecomunicações com profissionais fora do escritório, principalmente no exterior. O projeto contemplou a troca de equipamentos das centrais telefônicas para o sistema de voz sobre IP, trazendo como benefícios a redução dos custos de chamadas internacionais e ligações para ramal interno sem custos para profissionais que estão no Brasil. Um executivo do grupo que está nos Estados Unidos, por exemplo, pode fazer uma ligação para o Brasil, utilizando a Internet como meio, como se fosse uma chamada local, explica Cibele: De qualquer lugar, fica mais fácil ao executivo tomar decisões com menor custo e maior segurança. integração de um comunicador instantâneo com videoconferência e telefonia, com o Microsoft Office Communication, que pode ser acessado até da casa do funcionário por meio de qualquer dispositivo, foi outro passo nessa direção. Em 2012, a meta é ampliar a capacidade dos links de conexão, permitindo mais rapidez e serviços na rede. Outro projeto importante foi a migração de um datacenter próprio para um terceirizado da Oi, rompendo com um passado de 63 anos de processamento próprio. Tudo isso foi realizado em apenas 48 horas, sem erros, quando a previsão inicial era de quatro dias, comemora Cibele. Ela conta que uma das formas de o grupo acompanhar a evolução tecnológica foi a criação de uma equipe especial para pensar a inovação. Esse time traz novas ideias e testa o que será usado pelos funcionários IH PG_28_30_ind-geral.indd 28 10/12/ :03:19

15 Votorantim Investimentos Industriais Klabin Bunge Fabio Faria José Geraldo ntunes Walter Soubihe Junior indústria geral Cargo: Diretor Corporativo de TI Idade: 54 Tempo de empresa: 10 anos Tempo no cargo atual: 7 anos Tempo de carreira em TI: 34 anos Cargo: CIO Idade: 51 Tempo de empresa: 15 nos Tempo no cargo atual: 15 anos Tempo de carreira em TI: 34 anos Idade: 45 Tempo de empresa: 1 ano e meio Tempo no cargo atual: 1 ano e meio Tempo de carreira em TI: 15 anos Formação acadêmica: Graduado em administração de empresas; MB executivo internacional pela USP; MB em supply chain pela PUC; e especialização em estratégia de TI pela Universidade de Berkeley, Califórnia Passatempos: Caminhadas e viagens Formação acadêmica: Processamento de dados e MB executivo internacional pela FI/USP Passatempo: Golfe Formação acadêmica: Graduado em engenharia metalúrgica e administração de empresas e pós-graduado em engenharia de produção, com MB em supply chain. Passatempo: Esportes radicais (voo livre, surfe e motovelocidade). Entre os principais desafios enfrentados neste ano por Fabio Faria, está a condução de cerca de 90 projetos de sistemas e 60 de infraestrutura. Entre essas tarefas está a consolidação do servidores do ERP da Votorantim Industrial em datacenters em São Paulo e Rio de Janeiro, e atualizações do sistema operacional e banco de dados: Todos os projetos têm como foco a diferenciação dos negócios e o aumento da produtividade. Outro destaque foi a implantação de um sistema de gestão compartilhada do patrimônio imobiliário, com mais de 8 mil imóveis (próprios, de terceiros alugados/arrendados), integrado a um sistema de gestão geoespacial dos imóveis (mapas e fotos) com a implantação do módulo SP Real Estate. O sistema integra cadastro, controle financeiro, contratos imobiliários, dados jurídicos, administrativos e contábeis, mapas e levantamentos topográficos dos imóveis, entre outros. área de TI, de acordo com Fabio, tem como objetivo permanente o aprimoramento da governança. Isso se traduz de forma concreta na elevação dos níveis atuais de maturidade Cobit (o mínimo hoje é 3), a preservação da certificação SS70 (avaliada anualmente) e a busca da ISO Ele também destaca o plano de padronizar a solução corporativa de manufatura, que vai envolver produção, qualidade, laboratórios, movimentação de materiais e parada de máquinas, cujos dados serão integrados ao ERP. Em paralelo a esses macroprojetos, a empresa estuda iniciativas de consumerização, mobilidade, rede social empresarial, cloud computing para e- mail e outros aplicativos, em busca de soluções que aumentem a produtividade das equipes e reduzam despesas desnecessárias. Tecnologia orientada ao negócio é o lema da Klabin, produtora, exportadora e recicladora de papéis com 17 unidades industriais no Brasil e uma na rgentina. No início do ano, Geraldo ntunes integrou um comitê com os principais executivos da empresa, com o objetivo de produzir um diagnóstico de toda a operação e traçar estratégias para os próximos anos. Essa visão macro da companhia permitiu que a área de tecnologia ganhasse diretrizes precisas para o apoio à expansão dos negócios. Entre os projetos mais importantes, Geraldo aponta a reestruturação da área de recursos humanos com a implantação de um novo módulo do ERP, que exigiu gestão de mudanças, modelos e processos. área de TI também revisou seus sistemas de compliance para autorizações de acessos corporativos, melhorando controles e segurança. Em 2012, o desafio será apoiar a expansão da Klabin. empresa vai inaugurar uma nova planta de celulose no Paraná e uma fábrica de conversão, exigindo tecnologias mais dinâmicas. No momento, estamos renovando o contrato de outsourcing de datacenter e migrando para um ambiente mais escalável e sem gargalos. tendência é contar com processos flexíveis para atender a expansão dos negócios, processos de mudança e time to market, diz. No último ano a área de TI da Klabin transportou sistemas para uma nuvem privada e virtualizou servidores para apoiar aplicações de inteligência de produtividade. Outro foco, segundo Geraldo, é o treinamento interno de mão de obra de TI, para enfrentar a escassez de recursos humanos: No fim do dia, o que faz tudo acontecer são as pessoas. É fundamental contar com gente qualificada que traga diferenciais para a empresa, de olho nos resultados. Outro fator importante, diz ele, é colocar a pessoa certa na liderança do projeto: o profissional deve estar envolvido com o lado estratégico da iniciativa, para que o resultado seja positivo. Em janeiro de 2010, a Bunge iniciou uma nova etapa em sua gestão, com a consolidação das operações da Bunge Fertilizantes e Bunge limentos. té então, as empresas contavam com plataformas de sistemas totalmente independentes. Nascia assim a Bunge Brasil e, para dar suporte a essa mudança, foi necessário colocar em prática também uma reformulação tecnológica. Desde então, está em fase de implantação um único ERP, com o objetivo de ganhar sinergia. O projeto, que internamente é chamado de One Brazil, cobre 38 processos de negócios, envolve diretamente 450 profissionais e 500 indiretamente. No total, serão treinados 5 mil usuários finais do sistema no Brasil, por meio de mais de 130 cursos de formação, diz Walter Soubihe. lém disso, o projeto prevê a padronização e a substituição de 5 mil estações de trabalho, computadores, notebooks e a redução de cinco datacenters para apenas um. O projeto abarca toda a parte de redesenho e otimização de processos, ganho de produtividade por meio de padronização e simplificação, aumento do grau de compliance, acuracidade de informações, além da busca por padrões de segurança e velocidade na geração de informações. Diante disso, o grande desafio é lidar com inúmeras iniciativas de TI, concomitantes e interdependentes, sem trazer nenhum ruído às operações da empresa, assegurando o alinhamento e atendimento às demandas de negócios, explica Walter. tualmente, existem 15 projetos simultâneos orbitando o ERP, que vão da implantação do programa ao saneamento de dados. implantação se iniciará em janeiro de 2012, quando as áreas de alimentos e ingredientes, e a área corporativa, entram no ar. Em abril, chega a vez das áreas de açúcar e bioenergia, em maio, fertilizantes e, em julho, agronegócio e logística. No segundo semestre, a empresa dará continuidade à integração entre os negócios, trazendo as demais operações para o One Brazil IH PG_28_30_ind-geral.indd 30 10/12/ :03:42

16 Fleury Claudio Laudeauzer Diagnósticos da mérica (DS) José Otávio Garcia saúdesaúde saúdesaúde saúde fotos: divulgação saúdesaúde saúdesaúde Para votar, acesse: premio/2011 Cargo: Diretor corporativo de TI Idade: 48 anos Tempo de empresa: 3 anos e meio Tempo no cargo atual: 2 anos Tempo de carreira em TI: 26 anos Formação acadêmica: Graduado em engenharia elétrica com ênfase em sistemas e computação pela UERJ; MB em gerência estratégica de TI pelo NCE/UFRJ e em gestão de saúde pela FGV/RJ. Passatempo: Filmes área de TI do Grupo Fleury foi fundamental para o processo de unificação da marca sob o símbolo + em 94 unidades, em seis estados. O projeto envolveu todos os setores da empresa mas a tecnologia foi fundamental para que o processo ocorresse em um final de semana, em maio, sem impacto negativo nos negócios ou no atendimento ao cliente. O símbolo + traduz a visão renovada do grupo que se reflete também na modernização dos processos, explica Claudio Laudeauzer. Para suportar o crescimento orgânico do grupo a partir de diversas aquisições, a área está fazendo uma atualização do ERP que implica testes e homologação de diversas funcionalidades, com previsão de entrada em produção em fevereiro do próximo ano. O grupo também está instalando um novo sistema de gerenciamento de imagens de exames, que será implantado nas mais de 150 unidades em todo o país. troca do atual sistema baseado em SO (arquitetura orientada à serviços) também está nos planos da companhia para ganhar agilidade no atendimento às demandas das diversas áreas de negócios. O Fleury conta com dois datacenters, um próprio e um terceirizado como disaster recovery, que garante segurança e estabilidade aos sistemas. O grupo sempre foi conhecido pela inovação, reforça Claudio. empresa foi a primeira da área de saúde a colocar os resultados de exames para os conveniados na Internet, já em O objetivo principal da área de TI é viabilizar novos projetos e novas ideias, que têm como finalidade um melhor atendimento ao cliente, diz. Entre esses projetos está a integração de prontuários e laudos médicos, além da implantação de novas ferramentas de decisão que mapeiam o conhecimento médico, combinam resultados de exames e laudos, facilitando o diagnóstico. Cargo: CIO Idade: 47 anos Tempo de empresa: 15 anos. Tempo no cargo atual: 15 anos (14 como CIO do Laboratório Sérgio Franco e neste um CIO da DS) Tempo de carreira em TI: 27 anos Formação acadêmica: Matemático, pós-graduado em análise de sistemas, com MB em gestão de TI pela UFRJ e em gestão de negócios pelo IBMEC; mestrando pela universidade de Ohio. Passatempo: Horta caseira. No mercado de medicina diagnóstica, os números são sempre superlativos, em virtude da grande quantidade de atendimentos e resultados de exames processados diariamente. À frente da área de TI de uma das maiores empresas de medicina diagnóstica do mundo, José Otavio Garcia tem o desafio extra de gerenciar em torno de 25 marcas e mais de 400 unidades. O principal projeto neste ano foi a integração de sistemas dos núcleos técnicos dos laboratórios Bronstein, Lamina e Sérgio Franco no Rio de Janeiro. Padronizamos e integramos oito sistemas periféricos, operação que consolidou uma produção de 5 milhões de exames por mês, e foi o maior movimento de integração da história da medicina diagnóstica na mérica do Sul, afirma Otavio. equipe de TI também consolidou dois núcleos técnicos de produção de exames no Paraná e um terceiro, em São Paulo, com uma produção aproximada de quase 1 milhão de exames. integração das diversas empresas também exigiu a implantação de um sistema único para todas as unidades, começando pelo agendamento e passando por todo o fluxo do atendimento, incluindo a preparação de contas para faturamento. Com isso, vamos desligar 20 sistemas existentes na companhia e reduzir custos de manutenção e licenciamento, além de facilitar a padronização de processos e aumentar a eficiência, diz. No primeiro semestre de 2012, a DS finaliza o Prontuário Único, um sistema disponível na Internet que vai reunir informações de exames do paciente por toda a sua vida, permitindo visualização gráfica da evolução dos resultados que serão acompanhados pelo médico. grega o conceito de chegar ao médico por qualquer dispositivo móvel, como celulares e smartphones e o paciente que pode ser avisado dos resultados por meio do twiter, já que essa integração também existe no nível de redes sociais, garante Otavio IH PG_32_33_saude.indd 32 10/12/ :05:17

17 Ultrafarma mil EMS Pharma Marcos José Menezes dos Santos Telmo Ferreira Pereira Walter Roberto lves Idade: 39 anos Tempo de empresa: 2 anos Tempo no cargo atual: 1 ano Tempo de carreira em TI: 20 anos Formação acadêmica: Bacharel em sistemas da informação pela Estácio/FC Passatempos: Ir a estádios de futebol e estar com os filhos Cargo: CTO Idade: 58 anos Tempo de empresa: 25 anos Tempo no cargo: 2 anos e quatro meses Tempo de carreira em TI: 7 anos Formação acadêmica: Graduado em ciências contábeis e economia Passatempos: Tênis, caminhadas e filmes Cargo: Gerente de sistemas de informação Idade: 51 anos Tempo de empresa: 4 anos e meio Tempo no cargo atual: 4 anos e meio Tempo de carreira em TI: 27 anos. Formação acadêmica: Bacharel em análise de sistemas pela PUCC - Pontíficia Universidade Católica de Campinas; especialização em governança de TI pelo Senac Passatempos: Cinema, Fórmula 1 e viagens com a família No final do ano passado, a Ultrafarma lançou um novo site de comércio eletrônico que representou seu maior projeto de investimento. Tradicional em televendas, a empresa decidiu apostar forte no novo canal e neste ano começou a colher os frutos. Segundo Marcos dos Santos, o portal foi eleito o mais acessado do ramo farmacêutico segundo o Experian HitWise Brasil, estudo realizado em agosto de 2011, registrando cerca de 2 milhões de acessos por mês. Para dar suporte a todo esse volume, a infraestrutura deve estar preparada. área de TI foi o grande pilar do projeto, com a tarefa de organizar as informações de vendas que a empresa coloca na rede. Foi necessário reestruturar o ERP, principalmente nos módulos de tomada de decisão e sistemas de relacionamento com o cliente (CRM). inovação é imprescindível em qualquer área, mas no comércio eletrônico é essencial, principalmente na Ultrafarma, empresa que tem como critério antecipar-se ao segmento e aprimorar cada vez mais o atendimento ao cliente, diz Marcos. Ultrafarma tambéma está presente nas redes sociais e deve anunciar novas formas de relacionamento com o cliente no próximo ano. aposta nas vendas pela Internet exigiu grandes investimentos em TI e recursos humanos, propiciou novos projetos no e-commerce, mas não descuidou de outras plataformas de interação com o comprador. Parte dos clientes é da terceira idade, por isso ainda é grande a demanda de vendas por telefone. área comercial foi unificada, facilitando a logística de distribuição e armazenamento e simplificando a gestão. Neste ano, a empresa abriu um novo centro de distribuição no interior de São Paulo, que vai apoiar a distribuição de produtos vendidos pela Internet. Hoje, a empresa conta com mais de 500 mil clientes ativos no e-commerce e 13 mil produtos disponíveis. O sistema de televendas funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana. Na mil, o neologismo webificar tem uma aplicação bem prática: oferecer o máximo possível de funcionalidades para que pacientes, médicos, rede credenciada de hospitais e laboratórios se comuniquem com a empresa de forma independente. Nosso objetivo foi tornar a operadora multicanal, explica Telmo Pereira, o responsável pela área de tecnologia e operações. Hoje é possível ter acesso ao boleto de pagamento, marcar exames e consultas e conseguir autorizações via Internet. Uma série de facilidades também foi estendida aos corretores, braço de vendas da mil. Eles têm informações de contatos, portfólio de produtos, rede credenciada e comissionamento por meio de smartphones ou ipads. Todo esse ecossistema é apoiado por seis datacenters, sendo cinco próprios e um terceirizado. Outro grande desafio enfrentado pela área de TI é a integração de sistemas: nos últimos quatro anos, a mil fez 11 aquisições de empresas. primeira preocupação é fidelizar os clientes e colaboradores e depois trabalhar os sistemas de gestão comercial. Para aperfeiçoar o atendimento, a mil trabalha em um projeto de integração de informações dos médicos, hospitais, ambulatórios e laboratórios, permitindo que o profissional receba informações unificadas de seus pacientes. Dentro de padrões de segurança, o prontuário dos pacientes poderá ser acessado em qualquer dispositivo fixo e móvel. O médico poderá ter informações de outros profissionais que fizeram o atendimento daquele paciente, acessar os exames feitos nos últimos meses e receber um alerta por SMS quando ele for hospitalizado, por exemplo, detalha Telmo. Uma das recentes inovações da operadora é um aplicativo para iphone, que reúne os dados do beneficiário e substitui o cartão impresso, podendo ser usado em hospitais e laboratórios. Internet descomplicou o atendimento ao cliente, sendo possível usufruir dos serviços em qualquer local, completa. EMS Pharma investe pesadamente em tecnologia e infraestrutura, pesquisa e desenvolvimento e na ampliação da linha de produtos. Neste ano, entre os projetos de maior relevância, está a implantação de um sistema de EBR (Electronic Batch Records) e OEE (Overall Equipment Effectiveness). Com o EBR, a empresa obteve o controle e o monitoramento de todos os processos produtivos e a geração da documentação eletrônica. Com o OEE, será possível identificar gargalos e indicadores de eficiência das linhas produtivas e de embalagens. pós a implantação de todas as fases, será possível ter uma planta sem papel e uma gestão online de todos os processos de fabricação e de embalagem, garante Walter Roberto lves. O crescimento anual de 25% a 30% ao ano da EMS Pharma se reflete, segundo Walter, diretamente na área de TI: Temos como responsabilidade suportar esse crescimento com excelência nos serviços prestados e, sempre que possível, antecipar necessidades, trazendo inovações para o nosso grupo. Em 2012, a área continuará focada no segmento de manufatura, para apoiar os novos complexos industriais que serão abertos em Brasília e Manaus, juntando-se às plantas já existentes em Hortolândia e São Bernardo do Campo (SP). Nos planos da companhia está a implantação do Supplier Relationship Management para a área de materiais além de dar continuidade ao crescimento do ambiente de BI (Business Intelligence) e BPM (Business Process Management) para apoio aos negócios. Nosso time de TI pensa fora da caixa, com competência, apresentando soluções inovadoras, sejam elas baseadas em tecnologias ou através de novos processos, auxiliando a conquista da liderança do mercado, orgulha-se Walter. IH PG_32_33_saude.indd 33 10/12/ :06:16

18 Grupo Protege Penske Logistics lexandre Corrêa Fábio Mazelli serviçosserviços serviços serviços fotos: divulgação serviçosserviços serviços Para votar, acesse: premio/2011 Cargo: Gerente corporativo de TI Idade: 40 anos Tempo de empresa: 18 anos Tempo no cargo atual: 14 anos Tempo de carreira em TI: 19 anos Formação acadêmica : Graduado em ciência da computação e MB em e-management pela FGV Passatempos: Estar com a família e corrida O crescimento do Grupo Protege, especializado em transporte de valores, processamento de numerários e vigilância patrimonial, trouxe como consequência a necessidade de padronização das informações e a integração de diversas áreas. O departamento de TI teve um papel fundamental nessa estratégia, com a padronização dos sistemas de telefonia do grupo e a implantação e desenvolvimento do ERP operacional, o SIP - Sistema Integrado Protege, que incluiu o módulo de transporte de valores e serviços agregados. Esse projeto, que será finalizado até 2012, tem como objetivo promover a integração interna e externa da segurança e dar agilidade aos processos e pessoas, explica lexandre Corrêa. Entre os planos para o próximo ano estão buscar a melhoria na prestação de serviços internos e externos, trazer novas ferramentas de gestão de TI e estender o ERP Operacional para as demais áreas, como segurança privada, serviços aeroportuários, segurança eletrônica e serviços especiais. Outro objetivo é iniciar um projeto de governança de TI para refletir a qualidade do grupo no atendimento aos clientes. Somos cobrados constantemente para melhorar os processos e trazer inovações. s novas ideias não se iniciam na TI mas a tecnologia é parte integrante e importante para realizá-las, afirma lexandre. Entre os novos projetos estão a intranet colaborativa e a integração de equipamento de contagem de numerário dos sistemas, modificando os processos atuais. Fazer diferente também não deixa de ser inovador, diz. Entre os objetivos da área estão a padronização de ambientes, a melhoria de performance e a redução de custos. para a mérica Latina Idade: 42 anos Tempo de empresa: 3 anos Tempo no cargo atual: 3 anos Tempo de carreira em TI: 25 anos Formação acadêmica: Graduado em administração de empresas com ênfase em análise de sistemas pela FSP, pós-graduado em marketing pela ESPM e MB pela BSP Passatempo: Estar com os filhos Penske tem como foco o investimento em pessoas e tecnologia, pontos-chave para um projeto logístico de sucesso. No Brasil, a companhia não investe em ativos, como caminhões e máquinas, mas no desenvolvimento e aperfeiçoamento de software de armazenamento e gerenciamento de transporte, que dão agilidade, transparência e eficiência à operadora. Neste ano, a empresa abriu seis novos centros de distribuição em quatro estados, para dar suporte à expansão dos negócios, o que exigiu novos projetos da área de TI. Fábio Mazelli destaca uma solução de captação de dados pelo celular, para agilizar processos na central de reposição de peças em garantia para um grande cliente, além daa migração para uma nova ferramenta EDI (Electronic Data Interchange). conexão entre sistemas internos e externos para troca de arquivos eletrônicos é crucial para o negócio da Penske, que depende da troca de informações com as transportadoras. O cliente da operadora, onde quer que esteja, dentro ou fora do país, tem acesso a todo o processo de entrada, saída, transporte e armazenamento dos produtos nos centros de distribuição brasileiros, com informações detalhadas. O apoio ao crescimento contínuo do negócio é o principal objetivo da área para 2012, com atualização da infraestrutura, a adoção de uma ferramenta para gestão de transportes e compras online. O projeto de captura de dados por celular deve ser estendido, além de aplicações para gestão de indicadores e métricas. O objetivo é dar agilidade à tomada de decisão do gestor, que precisa de informações rápidas e dinâmicas, principalmente nos períodos de pico, no final do mês. área de TI, de acordo com Fabio, também deve ter flexibilidade suficiente, segundo métricas precisas, para alocar os recursos necessários IH PG_34_35_servicos.indd 34 10/12/ :08:15

19 Mackenzie Gol TM José ugusto Pereira Brito Marcos Guilherme Caldas Marcos Roberto Teixeira gladstone campos Cargo: CIO Idade: 51 Tempo de empresa: 13 anos Tempo no cargo atual: 6 anos Tempo de carreira em TI: 6 anos Formação acadêmica: Engenheiro civil, pósgraduado em ciência da computação Passatempos: ndar de moto, pescaria e corrida Idade: 54 Tempo de empresa: 3 anos Tempo no cargo atual: 3 anos Tempo de carreira em TI: 30 anos Formação acadêmica: Engenharia civil e administração de empresas Passatempos: Viajar, ver filmes e ficar com a família Idade: 41 anos Tempo de empresa: 10 anos Tempo no cargo atual: 1 ano e meio Tempo de carreira em TI: 21 anos Formação acadêmica: MB em gestão da tecnologia da informação pela Universidade de São Paulo e mestrado em engenharia da computação pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (IPT). Passatempo: Cozinhar Projetos inovadores estão sempre na pauta da Universidade Mackenzie. O uso intenso da rede sem fio por alunos e funcionários que circulam pelos campi de São Paulo, lphaville, Brasília, Campinas e Rio exige sistemas de alta capacidade e sempre disponíveis para apoio do e-learning. Essa infraestrutura é suportada por dois datacenters instalados em containers. São unidades móveis à prova de intempéries e escaláveis, implantadas em São Paulo e lphaville. s unidades apoiam a estratégia de modernização da instituição de ensino que está implantando o sistema Oracle Peoplesoft Campus Solution para a gestão acadêmica e de relacionamento com a comunidade, incluindo a consolidação das informações administrativas e financeiras. rrumamos a casa com uma boa rede cabeada e outra sem fio de alta capacidade, servidores virtualizados, tecnologia verde e governança corporativa para atender à comunidade, afirma Brito. Os links de Internet chegam à velocidade de 10 Gb/s para dar suporte aos sistemas acadêmicos de e-learning usados por uma comunidade de 53 mil pessoas entre alunos, professores e funcionários. Outro projeto que exige intensa capacidade da rede para processamento de imagens são os laboratórios de TV digital e Cine 4K 3D, equivalente à TV digital no cinema. Um sistema de rede Wi-Fi de alta capacidade, similar à instalada no Metrô de São Paulo, suporta, segundo Brito, os dispositivos móveis que circulam pelo campus: Smartphones, tablets e netbooks, sistemas de processamento de imagem como a IPTV aumentarão a demanda por redes cada vez mais robustas. No ano que vem, o Mackenzie também implanta um projeto que vai distribuir ipads para os funcionários se interligarem à rede corporativa remotamente e de forma segura. Conhecida como empresa que oferece serviços de baixo custo, a Gol coloca para sua área de TI o desafio de apoiar a operação de mil voos diários e manter o orçamento sob controle. ntecipando o aumento do volume de passageiros para eventos como Copa do Mundo e Olimpíadas, a Gol Linhas éreas se prepara para o turbilhão. O trabalho de Marcos Caldas é modernizar a infraestrutura que começou com a renovação dos desktops e notebooks. Em dez meses de trabalho, foram substituídos os sistemas operacionais e aplicativos de escritórios, como Windows XP e Microsoft Office 2007, pelas versões do Windows 7 e Microsoft Office 2010 e estações de trabalho em oito aeroportos e na sede, envolvendo 5 mil aeroviários e 12 mil aeronautas. Para reduzir custos, o sistema de telecomunicações de voz sobre IP também foi modernizado e o serviço de transferido para a nuvem. empresa também lançou um portal corporativo para agilizar a comunicação da tripulação. Caldas também destaca o lançamento do Portal de Entretenimento a Bordo, disponível inicialmente para aviões com até 20 passageiros. Por meio de qualquer dispositivo móvel com rede Wi-Fi, o passageiro tem acesso às notícias do dia de jornais, revistas, programas de TV, esportes, jogos e música, com conteúdos atualizados automaticamente em cada pouso em nove aeroportos. automação da venda de alimentos a bordo foi outra inovação. Os comissários contam com aparelhos POS que leem cartões de crédito e débito do passageiro, evitando o pagamento em dinheiro, além de dar baixa no estoque e enviar informações para a nota fiscal eletrônica. té o final do ano também está prevista a implantação do sistema de automação de embarque por meio do celular, que permite que as informações do bilhete sejam lidas no aparelho, sem a necessidade de impressão da passagem. Na TM, os projetos voltados à melhoria de serviço aos passageiros são considerados estratégicos. Nesse sentido, a empresa lançou o primeiro check-in via celular na mérica do Sul, inovando no relacionamento com o cliente. O sistema gera um cartão de embarque eletrônico com um código de barras bidimensional (2D), que pode ser enviado por ou SMS. O passageiro deve acessar o cartão eletrônico no seu celular e apresentá-lo ao agente de segurança do aeroporto para entrar na sala de embarque. Um funcionário da TM faz a leitura do código 2D diretamente na tela do aparelho no momento do embarque. Entre os desafios enfrentados em 2011 por Marcos Roberto Teixeira, está a redução dos custos de TI: Renegociamos os nossos principais contratos e conseguimos obter uma economia de 20% a 30% nas despesas de operação. lém disso, aumentamos a capacidade de atendimento das demandas oriundas das áreas de negócio, com a instalação de um modelo de fábrica de melhorias, baseado em pontos de função para atendimento de pequenas e médias demandas. melhoria da comunicação com as áreas de negócio será, segundo ele, o foco de 2012, com a implantação de soluções voltadas à colaboração e a atualização do portal de funcionários: inovação é o resultado da combinação de processo e atitude. TM definiu um processo formal para apoiar a inovação, assim como vai criar um ambiente propício para motivar as pessoas. Esse ecossistema abrange todo o ciclo de vida da inovação, que vai do suporte ao time de TI, para que tenha acesso às tendências e assegure que é possível capturar novas ideias, analisá-las verificando se estão alinhadas com os objetivos das áreas de negócio e executar um piloto. Posteriormente é necessário medir os resultados e reconhecer as pessoas que propuseram e as viabilizaram as novas ideias, diz Marcos. IH PG_34_35_servicos.indd 35 10/12/ :08:32

20 Rede Energia ntonio Vanderlei Leone Soares ES Eletropaulo Eduardo morin utilities utilities utilities utilities utilities utilities fotos: divulgação utilities Para votar, acesse: premio/2011 Cargo: Diretor de Tecnologia Processos e Estratégias Idade: 44 anos Tempo de empresa: 8 anos Tempo no cargo atual: 5 anos Tempo de carreira em TI: 21 anos Formação acadêmica: matemática, com pós-graduação em análise de sistemas, gestão estratégica de TI e MB em Berkeley-US Passatempo: jogar tênis e andar de moto Integrar os dados de sete empresas do grupo foi o maior desafio enfrentado por ntonio Vanderlei Leone Soares neste ano. Para manter o mesmo padrão de qualidade, ele finalizou a implantação de todos os módulos do sistema do ERP. O grupo, que distribui 18,5 mil gigawatts/ hora de energia por ano atende, atende 5 milhões de domicílios e 17,8 milhões de consumidores, precisava manter bases de dados independentes, com gestão centralizada, e consolidar as informações coletadas pelos medidores em vários estados. Com mais de 14 mil colaboradores, o Grupo Rede Energia é responsável pelo abastecimento de 34% do território nacional, atendendo sete estados: São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Pará. o todo, distribui 20 mil gigawatts/hora por ano, através de mais de 500 subestações. Para apoiar as estratégias de negócios, o grupo implantou um sistema de balance scorecard que permite à direção tomar decisões baseadas em indicadores de gestão, definir novas iniciativas e antecipar problemas. Outro projeto importante foi a implantação de um sistema de BPM (Business Process Management), que permite um acompanhamento mais preciso de todos os processos do grupo. Os resultados já começam a aparecer com ganhos de produtividade e competitividade, diz Vanderlei. Na linha da modernização, a empresa optou por levar o sistema de s e os aplicativos do pacote Office para a nuvem. partir de um levantamento do uso do Office entre 5 mil funcionários, foi possível economizar 1,7 mil licenças de pessoas que não haviam utilizado os aplicativos por um período de três meses, o que reduziu significativamente os custos. Com a consolidação das informações das unidades, a meta do controle operacional e administrativo das diversas áreas de negócios foi alcançada, garante Vanderlei. Cargo: Diretor de tecnologia Idade: 40 Tempo de empresa: 1 ano e meio Tempo no cargo atual: 1 ano e meio Tempo de carreira em TI: 18 anos Formação acadêmica: Graduado em engenharia elétrica, pela FEI-SP, e em tecnologia em processamento de dados pelo Mackenzie; MB em inovação e liderança global pelo MIT Passatempo: Estar com o filho Transferir a quinta maior base SP do mundo de um datacenter nos Estados Unidos para a Tivit, finalizada em março deste ano não é pouca coisa. área de tecnologia da ES Eletropaulo liderou essa transformação, que permitiu um ganho de 30% na performance, sem apagões no dia-a-dia da empresa. Significou a transferência de 100 terabytes de um datacenter para outro, sem que nenhum sistema saísse do ar. Com esse projeto, a TI tornou-se mais parceira das diversas áreas de negócios, elevando a empresa a novos patamares de eficiência, comemora Eduardo morin. Para atender os 600 mil chamados por dia que podem chegar a 1 milhão em momentos de pico, a empresa está trocando o sistema de atendimento de emergência e o de distribuição de ordens de serviço. ssim que há um chamado de falta de luz, até o despacho da equipe de manutenção, há todo um processo para reconhecer e hierarquizar os pedidos a partir de uma série de parâmetros que determinam o defeito provável, quantas pessoas afeta, e então colocá-lo em uma lista de prioridades. Outro projeto em implantação e já testado na ES Sul, uma das empresas do grupo, é equipar os operadores de campo com computadores de mão (PDs), para o recebimento de ordens de serviço de forma mais segura, diminuindo gradativamente a necessidade de despachos por meio de comunicação por voz. Eduardo destaca também a criação de um portal colaborativo para os empregados enviarem sugestões de melhoria do trabalho, celeiro de várias novas ideias como um sistema afastador de fios, que permite aos técnicos fazerem manutenção da rede elétrica com mais segurança, sem a necessidade de desligar a linha de alta tensão. Presente no país desde 1997, o Grupo ES Brasil é controlador de seis empresas que atuam nos setores de energia elétrica ES Eletropaulo, ES Sul, ES Tietê, ES Minas PCH (controlada pela ES Tietê), ES Uruguaiana e ES Infoenergy IH PG_36_37_utilities.indd 36 10/12/ :10:01

LSoft SGC Gestão Empresarial

LSoft SGC Gestão Empresarial LSoft SGC Gestão Empresarial O LSoft SGC é um sistema de gestão dinâmico, eficiente e flexível idealizado para atender diversos segmentos de indústrias, comércios e serviços. O objetivo principal é tornar

Leia mais

TERCEIRIZAÇÃO, OUTSOURCING, INFRAESTRUTURA DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS E SITES, AUDITORIAS E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO.

TERCEIRIZAÇÃO, OUTSOURCING, INFRAESTRUTURA DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS E SITES, AUDITORIAS E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. TERCEIRIZAÇÃO, OUTSOURCING, INFRAESTRUTURA DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS E SITES, AUDITORIAS E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. OneIT A gente trabalha para o seu crescimento. Rua Bento Barbosa, n 155, Chácara Santo

Leia mais

Guia definitivo de ferramentas de Planejamento para Micro Empreendedores Individuais

Guia definitivo de ferramentas de Planejamento para Micro Empreendedores Individuais Guia definitivo de ferramentas de Planejamento para Micro Empreendedores Individuais Introdução O Brasil já tem 4,7 milhões de microempreendedores individuais, segundo dados de janeiro de 2015 da Receita

Leia mais

As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012

As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012 As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012 Universo TOTVS Fundada em 1983 6ª maior empresa de software (ERP) do mundo Líder em Software no Brasil e

Leia mais

Versão 1 Mkt Salvador 17.10.12

Versão 1 Mkt Salvador 17.10.12 Versão 1 Mkt Salvador 17.10.12 NÓS CUIDAMOS DOS PROCESSOS. VOCÊ CUIDA DOS NEGÓCIOS. NÓS CUIDAMOS DOS PROCESSOS. Mais de 10 anos de atuação. Empresa mais premiada do setor. Consolidada e com experiência

Leia mais

o GUIA COMPLETO da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica

o GUIA COMPLETO da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica o GUIA COMPLETO da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica sumário >> Introdução... 3 >> Nota fiscal eletrônica: o começo de tudo... 6 >> Nota fiscal de consumidor eletrônica (NFC-e)... 10 >> Quais as vantagens

Leia mais

Convergência TIC e Projetos TIC

Convergência TIC e Projetos TIC TLCne-051027-P1 Convergência TIC e Projetos TIC 1 Introdução Você responde essas perguntas com facilidade? Quais os Projetos TIC mais frequentes? Qual a importância de BI para a venda de soluções TIC (TI

Leia mais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Capítulo 3: Sistemas de Apoio Gerenciais Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos,

Leia mais

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG Capítulo 3: Sistemas de Negócios Colaboração SPT SIG Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos, gerentes e profissionais de empresas.

Leia mais

O que é comércio eletrônico?

O que é comércio eletrônico? COMÉRCIO ELETRÔNICO O que é comércio eletrônico? O comércio eletrônico ou e-commerce é a compra e venda de mercadorias ou serviços por meio da Internet, onde as chamadas Lojas Virtuais oferecem seus produtos

Leia mais

2Avalie novos modelos de investimento. Otimize a estrutura de tecnologia disponível

2Avalie novos modelos de investimento. Otimize a estrutura de tecnologia disponível Crise? Como sua empresa lida com os desafios? Essa é a questão que está no ar em função das mudanças no cenário econômico mundial. A resposta a essa pergunta pode determinar quais serão as companhias mais

Leia mais

SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL

SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL 1 SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL 1. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL (SIG) Conjunto integrado de pessoas, procedimentos, banco de dados e dispositivos que suprem os gerentes e os tomadores

Leia mais

Tecnologia a serviço da saúde.

Tecnologia a serviço da saúde. Tecnologia a serviço da saúde. A Diebold A Diebold é uma empresa multinacional, especializada em automação bancária, segurança eletrônica e líder mundial no fornecimento de equipamentos de autoatendimento.

Leia mais

PJe-Processo Judicial Eletrônico. Gestão 2013/2015. Ministro Carlos Alberto Reis de Paula

PJe-Processo Judicial Eletrônico. Gestão 2013/2015. Ministro Carlos Alberto Reis de Paula PJe-Processo Judicial Eletrônico Gestão 2013/2015. Ministro Carlos Alberto Reis de Paula Agenda 1 O PJe no Brasil 2 Desafios 3 4 Ações Estruturantes Próximos Passos Os números do PJe no Brasil Número de

Leia mais

Conjunto de soluções garante uma série de benefícios aos mais de 27 milhões de contribuintes do IRPF

Conjunto de soluções garante uma série de benefícios aos mais de 27 milhões de contribuintes do IRPF Conjunto de soluções garante uma série de benefícios aos mais de 27 milhões de contribuintes do IRPF Perfil A Secretaria da Receita Federal do Brasil RFB desempenha funções essenciais para que o Estado

Leia mais

Tecnologia da Informação CAASP. DIS Departamento de Informática e Sistemas. Relatório Anuário 2008 Att. Gerência Geral e Diretoria CAASP

Tecnologia da Informação CAASP. DIS Departamento de Informática e Sistemas. Relatório Anuário 2008 Att. Gerência Geral e Diretoria CAASP Tecnologia da Informação CAASP DIS Relatório Anuário 2008 Att. Gerência Geral e Diretoria CAASP Introdução...03 Projetos e Fatos Relevantes 2008...03 Raio X de Investimentos e Custos...10 Considerações

Leia mais

40% dos consumidores da Copa das Confederações da FIFA 2013 consideraram a agilidade no atendimento como fator mais importante no comércio

40% dos consumidores da Copa das Confederações da FIFA 2013 consideraram a agilidade no atendimento como fator mais importante no comércio 440mil pequenos negócios no Brasil, atualmente, não utilizam nenhuma ferramenta de gestão, segundo o Sebrae Varejo 2012 27% 67% de comerciantes que não possuíam computadores dos que possuíam utilizavam

Leia mais

Acelere o valor da computação em nuvem com a IBM

Acelere o valor da computação em nuvem com a IBM Acelere o valor da computação em nuvem com a IBM Obtenha soluções em nuvem comprovadas para as suas prioridades mais urgentes Destaques da solução Saiba sobre os benefícios mais comuns de implementações

Leia mais

APTRA PASSPORT DA NCR. Um núcleo empresarial para captura remota de depósitos

APTRA PASSPORT DA NCR. Um núcleo empresarial para captura remota de depósitos APTRA PASSPORT DA NCR Um núcleo empresarial para captura remota de depósitos Uma maneira melhor para os seus clientes depositarem cheques Bancos e instituições financeiras continuam a enfrentar os desafios

Leia mais

SISTEMAS DE NEGÓCIOS. a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS

SISTEMAS DE NEGÓCIOS. a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS 1 SISTEMAS DE NEGÓCIOS a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS 1. COLABORAÇÃO NAS EMPRESAS Os sistemas colaborativos nas empresas nos oferecem ferramentas para nos ajudar a colaborar, comunicando idéias, compartilhando

Leia mais

Internet of Things. utilizá-la em diversos tipos de negócios.

Internet of Things. utilizá-la em diversos tipos de negócios. Internet of Things 10 formas de utilizá-la em diversos tipos de negócios. INTRODUÇÃO As interfaces Machine to Machine (M2M) estão facilitando cada vez mais a comunicação entre objetos conectados. E essa

Leia mais

Uma visão abrangente dos negócios. Solução para superar barreiras e otimizar recursos na sua empresa

Uma visão abrangente dos negócios. Solução para superar barreiras e otimizar recursos na sua empresa Uma visão abrangente dos negócios Solução para superar barreiras e otimizar recursos na sua empresa Negócios sem barreiras O fenômeno da globalização tornou o mercado mais interconectado e rico em oportunidades.

Leia mais

Índice. 03 A Empresa. 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente

Índice. 03 A Empresa. 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente MÍDIA KIT 2014 Índice 03 A Empresa 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente A empresa Fundada em 2007, a empresa possui uma grade anual com diversos

Leia mais

MAIS RENTABILIDADE, SEGURANÇA E AGILIDADE NA GESTÃO DE SEUS CONTRATOS, PROJETOS E SERVIÇOS.

MAIS RENTABILIDADE, SEGURANÇA E AGILIDADE NA GESTÃO DE SEUS CONTRATOS, PROJETOS E SERVIÇOS. MAIS RENTABILIDADE, SEGURANÇA E AGILIDADE NA GESTÃO DE SEUS CONTRATOS, PROJETOS E SERVIÇOS. SANKHYA. A nova geração de ERP Inteligente. Atuando no mercado brasileiro desde 1989 e alicerçada pelos seus

Leia mais

gessind GESTÃO INTEGRADA DE SINDICATOS, ASSOCIAÇÕES E FEDERAÇÕES

gessind GESTÃO INTEGRADA DE SINDICATOS, ASSOCIAÇÕES E FEDERAÇÕES gessind GESTÃO INTEGRADA DE SINDICATOS, ASSOCIAÇÕES E FEDERAÇÕES Mais de uma década de experiência e evolução é o que dá ao sistema uma vasta gama de funcionalidades. Esse conhecimento que faz total diferença

Leia mais

versa A solução definitiva para o mercado livreiro. Aumente a eficiência de seu negócio Tenha uma solução adequada para cada segmento

versa A solução definitiva para o mercado livreiro. Aumente a eficiência de seu negócio Tenha uma solução adequada para cada segmento Aumente a eficiência de seu negócio O Versa é um poderoso software de gestão de negócios para editoras, distribuidoras e livrarias. Acessível e amigável, o sistema foi desenvolvido especificamente para

Leia mais

Universo Online S.A 1

Universo Online S.A 1 Universo Online S.A 1 1. Sobre o UOL HOST O UOL HOST é uma empresa de hospedagem e serviços web do Grupo UOL e conta com a experiência de mais de 15 anos da marca sinônimo de internet no Brasil. Criado

Leia mais

SISTEMA PRÓPRIO DE GESTÃO INTEGRADO NA ÁREA COMERCIAL E 0800

SISTEMA PRÓPRIO DE GESTÃO INTEGRADO NA ÁREA COMERCIAL E 0800 SISTEMA PRÓPRIO DE GESTÃO INTEGRADO NA ÁREA COMERCIAL E 0800 Mauricio Kato da Silva Graduado em Administração pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais Campus Poços de Caldas em 2001. Atua

Leia mais

Embratel e uma das Maiores Empresas Agroindustriais do País

Embratel e uma das Maiores Empresas Agroindustriais do País EMBRATEL CASE Embratel e uma das Maiores Empresas Agroindustriais do País O Portfólio de TI da Embratel a Serviço da Agroindústria A convergência de serviços de TI e telecom se consolida como fenômeno

Leia mais

Política comercial Válida a partir de Novembro de 2015

Política comercial Válida a partir de Novembro de 2015 1 de 5 Política comercial Válida a partir de Novembro de 2015 1. Introdução A mobilidade corporativa deixou de ser uma tendência para fazer parte da ação estratégica das empresas. Hoje, o profissional

Leia mais

Itaú Unibanco Banco Digital Pedro Donati

Itaú Unibanco Banco Digital Pedro Donati Itaú Unibanco Banco Digital Pedro Donati Agenda Evolução digital Construindo um banco digital Evolução digital 90% dos dados de hoje foram criados apenas nos dois últimos anos 10% de todas as fotos do

Leia mais

Lacerda e Franze obtém economia significativa em custos de impressão com ECM/GED da SML Brasil

Lacerda e Franze obtém economia significativa em custos de impressão com ECM/GED da SML Brasil lacerda e franze Escritório de Advocacia Lacerda e Franze obtém economia significativa em custos de impressão com ECM/GED da SML Brasil CLIENTE Lacerda e Franze Advogados Associados V I S Ã O G E R A L

Leia mais

Apps de Produtividade

Apps de Produtividade Apps de Produtividade Os App s de Produtividade oferecem controle, organização e recursos para profissionalização das áreas internas e externas da empresa, proporcionando: Produtividade Controle Integração

Leia mais

Apresentação. Quem Somos

Apresentação. Quem Somos Apresentação Quem Somos A UAI Tecnologia e Comunicação, nome fantasia da UAI Software LTDA., (que significa "Unidade de Apoio à Informação do Software") foi fundada em 19 de Março de 2004, por Luiz Gustavo

Leia mais

Em busca da qualidade de

Em busca da qualidade de Diretoria de Gestão Corporativa-DG empresa Em busca da qualidade de gestão Inovações tecnológicas e gerenciais possibilitam mais eficiência à Eletrobras Furnas texto Leonardo da Cunha Valorizar o capital

Leia mais

SOBRE A SOFTLOG. APRESENTAÇÃO - SoftLog LOGuinho

SOBRE A SOFTLOG. APRESENTAÇÃO - SoftLog LOGuinho SOBRE A SOFTLOG A SoftLog Tecnologia é uma empresa especializada no desenvolvimento de soluções tecnológicas para empresas e instituições de diversos modais de transporte. Dentre os diversos tipos de soluções

Leia mais

Empresa do Grupo como foco soluções completas em gestão de ambientes de TI, desenvolvimento de software e inteligência de CRM,

Empresa do Grupo como foco soluções completas em gestão de ambientes de TI, desenvolvimento de software e inteligência de CRM, A todo! Portfólio Clientes Empresa do Grupo, tendo como foco soluções completas em gestão de ambientes de TI, desenvolvimento de software e inteligência de CRM, Uma das 10 maiores empresas de TI do Brasil

Leia mais

CRM - gestão eficiente do relacionamento com os clientes

CRM - gestão eficiente do relacionamento com os clientes CRM - gestão eficiente do relacionamento com os clientes Mais que implantação, o desafio é mudar a cultura da empresa para documentar todas as interações com o cliente e transformar essas informações em

Leia mais

redes, infraestrutura e telecom

redes, infraestrutura e telecom redes, infraestrutura e telecom Integração de soluções, projetos, implementação e manutenção de redes, infraestrutura de TI e telecom para empresas de grande e médio portes. SERVIÇOS redes, infraestrutura

Leia mais

MAIS AGILIDADE, CONTROLE E RENTABILIDADE NA SUA CONSTRUTORA E INCORPORADORA.

MAIS AGILIDADE, CONTROLE E RENTABILIDADE NA SUA CONSTRUTORA E INCORPORADORA. MAIS AGILIDADE, CONTROLE E RENTABILIDADE NA SUA CONSTRUTORA E INCORPORADORA. SANKHYA. A nova geração de ERP Inteligente. Atuando no mercado brasileiro desde 1989 e alicerçada pelos seus valores e princípios,

Leia mais

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS.

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. A computação em nuvem é uma mudança de paradigma no gerenciamento de TI e de datacenters, além de representar a capacidade da TI

Leia mais

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010 Metodologia Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Através de e-survey - via web Público Alvo: Executivos de empresas associadas e não associadas à AMCHAM Amostra: 500 entrevistas realizadas Campo: 16

Leia mais

Soluções em Software para Medicina Diagnóstica. www.digitalmed.com.br

Soluções em Software para Medicina Diagnóstica. www.digitalmed.com.br Soluções em Software para Medicina Diagnóstica www.digitalmed.com.br NOTA DE AGRADECIMENTO Primeiramente, agradecemos pela sua receptividade em conhecer as nossas soluções, afinal, é sempre uma imensa

Leia mais

QUEM SOMOS NOSSO NEGÓCIO

QUEM SOMOS NOSSO NEGÓCIO QUEM SOMOS Somos uma empresa brasileira dedicada a construir e prover soluções que empregam tecnologias inovadoras, combinadas com a identificação por rádio frequência (RFID), análise de imagens (imagens

Leia mais

Anderson L. S. Moreira

Anderson L. S. Moreira Tecnologia da Informação Aula 11 Sistemas de E-business Anderson L. S. Moreira anderson.moreira@ifpe.edu.br Instituto Federal de Pernambuco Recife PE Esta apresentação está sob licença Creative Commons

Leia mais

PORTFÓLIO www.imatec.com.br

PORTFÓLIO www.imatec.com.br História A IMATEC foi estabelecida em 1993 com o objetivo de atuar nos segmentos de microfilmagem, digitalização e guarda de documentos e informações, hoje conta com 300 colaboradores, têm em seu quadro,

Leia mais

LMA, Solução em Sistemas

LMA, Solução em Sistemas LMA, Solução em Sistemas Ao longo dos anos os sistemas para gestão empresarial se tornaram fundamentais, e por meio dessa ferramenta as empresas aperfeiçoam os processos e os integram para uma gestão mais

Leia mais

COMÉRCIO ELETRÔNICO UM BREVE HISTÓRICO

COMÉRCIO ELETRÔNICO UM BREVE HISTÓRICO UM BREVE HISTÓRICO COMÉRCIO ELETRÔNICO O comércio sempre existiu desde que surgiram as sociedades. Ele é dito como o processo de comprar, vender e trocar produtos e serviços. Inicialmente praticado pelos

Leia mais

EMPRESA JÚRIOR E O SEU PAPEL NA FORMAÇÃO DO NOVO PROFISSIONAL O CASO DA FLUXO CONSULTORIA.

EMPRESA JÚRIOR E O SEU PAPEL NA FORMAÇÃO DO NOVO PROFISSIONAL O CASO DA FLUXO CONSULTORIA. EMPRESA JÚRIOR E O SEU PAPEL NA FORMAÇÃO DO NOVO PROFISSIONAL O CASO DA FLUXO CONSULTORIA. Alessandro A. da Silveira fluxo@bol.com.br Universidade Federal do Rio de Janeiro, Departamento de Engenharia

Leia mais

E-Business global e colaboração

E-Business global e colaboração E-Business global e colaboração slide 1 2011 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados. 2.1 Copyright 2011 Pearson Education, Inc. publishing as Prentice Hall Objetivos de estudo Quais as principais

Leia mais

Itaú Unibanco Holding S.A. APIMEC 2012 APIMEC 2012

Itaú Unibanco Holding S.A. APIMEC 2012 APIMEC 2012 Itaú Unibanco / Desafios novo perfil do cliente Ambiente Regulatório Controle de Riscos Alto Volume de Informações Agilidade Desafios Qualidade Disponibilidade Internacionalização 2 Infraestrutura e Operações

Leia mais

Valor Inovação Gestão de Negócios

Valor Inovação Gestão de Negócios Valor Inovação Gestão de Negócios Valor Inovação Definição de Negócios Assessorar o empresariado brasileiro para o desenvolvimento dos setores comercial, industrial e de serviços. Ser um agente eficiente

Leia mais

MANUAL CLIENTE SERVIÇO DE GERÊNCIA VOZ

MANUAL CLIENTE SERVIÇO DE GERÊNCIA VOZ MANUAL CLIENTE SERVIÇO DE GERÊNCIA VOZ TODA A Qualidade GVT AOS OLHOS DOS CLIENTES. TODA A QUALIDADE GVT AOS SEUS OLHOS O Serviço de Gerência é uma ferramenta fundamental para garantir o melhor desempenho

Leia mais

Guia Canais de Distribuição PLANETFONE 2016

Guia Canais de Distribuição PLANETFONE 2016 Guia Canais de Distribuição PLANETFONE 2016 Av. Nossa Senhora do Carmo, 1.191, 3º andar, Sion, Belo Horizonte/MG - www.planetfone.com.br 1 SUMÁRIO 1. A PLANETFONE... 03 2. OBJETIVOS ESTRATÉGICOS... 04

Leia mais

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões MÍDIA KIT INTERNET Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões Segundo pesquisa da Nielsen IBOPE, até o 1º trimestre/2014 número 18% maior que o mesmo período de 2013. É a demonstração

Leia mais

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 PROSPERE NA NOVA ECONOMIA A SPEKTRUM SUPORTA A EXECUÇÃO DA SUA ESTRATÉGIA Para as empresas que buscam crescimento

Leia mais

GUIA ATS INFORMÁTICA: GESTÃO DE ESTOQUE

GUIA ATS INFORMÁTICA: GESTÃO DE ESTOQUE GUIA ATS INFORMÁTICA: GESTÃO DE ESTOQUE SUMÁRIO O que é gestão de estoque...3 Primeiros passos para uma gestão de estoque eficiente...7 Como montar um estoque...12 Otimize a gestão do seu estoque...16

Leia mais

Reunião da Qualidade RS - 48a Edição. Inovação e Cidades Inteligentes. Planeta Mais Inteligente: www.ibm.com/smarterplanet/br/pt/

Reunião da Qualidade RS - 48a Edição. Inovação e Cidades Inteligentes. Planeta Mais Inteligente: www.ibm.com/smarterplanet/br/pt/ Planeta Mais Inteligente: www.ibm.com/smarterplanet/br/pt/ Siga a IBM no Twitter: YouTube Canal IBM: www.twitter.com/ibmbrasil www.youtube.com/ibmbrasil Reunião da Qualidade RS - 48a Edição Inovação e

Leia mais

O Mercado americano de Tecnologia 2014/2015

O Mercado americano de Tecnologia 2014/2015 O Mercado americano de Tecnologia 2014/2015 1. Considerações Gerais Os Estados Unidos, maior potência mundial e tecnológica, apresenta projeções cada vez mais otimistas. Desde 2008, no estouro da crise

Leia mais

GESimob GERENCIAMENTO DE IMOBILIÁRIAS

GESimob GERENCIAMENTO DE IMOBILIÁRIAS GESimob GERENCIAMENTO DE IMOBILIÁRIAS Mais de uma década de experiência e evolução é o que dá ao sistema uma vasta gama de funcionalidades. Esse conhecimento que faz total diferença para sua empresa. xp+

Leia mais

Universidade Federal de Santa Catarina Centro de Ciências da Educação Departamento de Ciência da Informação

Universidade Federal de Santa Catarina Centro de Ciências da Educação Departamento de Ciência da Informação Universidade Federal de Santa Catarina Centro de Ciências da Educação Departamento de Ciência da Informação Daniela Sardá da Conceição Juliana Ribeiro Letícia Jansen Gonçalves IMPLEMENTAÇÃO SOFTWARE EMPRESA

Leia mais

Infor ERP SyteLine Visão Geral. Edgar Eler Arquiteto de Sistemas

Infor ERP SyteLine Visão Geral. Edgar Eler Arquiteto de Sistemas Infor ERP SyteLine Visão Geral Edgar Eler Arquiteto de Sistemas Sobre a Mag-W A Mag-W foi criada especialmente para trazer ao mercado o que há de melhor em soluções corporativas de Tecnologia da Informação

Leia mais

SOLUÇÕES DE TECNOLOGIA PARA O SEGMENTO EDUCACIONAL

SOLUÇÕES DE TECNOLOGIA PARA O SEGMENTO EDUCACIONAL SOLUÇÕES DE TECNOLOGIA PARA O SEGMENTO Está na hora da sua instituição de ensino também ser nota 10 em gestão inteligente. > www.totvs.com/educacional 0800 70 98 100 3 Conceitos TOTVS Ser essencial é atender

Leia mais

Relacionamento Clientes

Relacionamento Clientes FENÍCIA CRM & SRM O Fenícia CRM (Customer Relationship Management - Sistema de Gerenciamento do Relacionamento com os Clientes) é uma ferramenta de gestão com foco no cliente, essencial para angariar e

Leia mais

VITEC TECNOLOGIA INFORMAÇÃO

VITEC TECNOLOGIA INFORMAÇÃO VITEC TECNOLOGIA TECNOLOGIA INFORMAÇÃO DA TI Integrada aos Negócios da Caixa Negócios CAIXA Equipe Qualificada Contratação de Serviços Ativos de TI TI Integrada aos Negócios da Caixa Negócios CAIXA Equipe

Leia mais

Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente

Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente Redesenhando a forma como empresas operam e envolvem seus clientes e colaboradores no mundo digital. Comece > Você pode construir de fato uma

Leia mais

100 vezes Boletim. nº 100 - Brasília, 05 de Setembro de 2008

100 vezes Boletim. nº 100 - Brasília, 05 de Setembro de 2008 nº 100 - Brasília, 05 de Setembro de 2008 100 vezes Boletim Você acaba de receber o Boletim Digital de número 100. Esse veículo vem contando, há quase dois anos e meio, a história da consolidação da Infra

Leia mais

APRESENTAÇÃO AO CANDIDATO

APRESENTAÇÃO AO CANDIDATO APRESENTAÇÃO AO CANDIDATO COMO FAZEMOS? QUEM SOMOS? ByeByePaper é uma empresa que atua no segmento de Gestão Eletrônica de Documentos e Certificado Digital, oferecendo ferramentas para gestão de conteúdo

Leia mais

Este documento foi classificado pelo Bradesco Dia & Noite e o acesso está autorizado, exclusivamente, a colaboradores da Organização Bradesco.

Este documento foi classificado pelo Bradesco Dia & Noite e o acesso está autorizado, exclusivamente, a colaboradores da Organização Bradesco. Este documento foi classificado pelo Bradesco Dia & Noite e o acesso está autorizado, exclusivamente, a colaboradores da Organização Bradesco. Fatores que contribuem para conectar os Clientes na Era Digital

Leia mais

SOLUÇÕES DE TECNOLOGIA PARA O SEGMENTO DE SAÚDE

SOLUÇÕES DE TECNOLOGIA PARA O SEGMENTO DE SAÚDE SOLUÇÕES DE TECNOLOGIA PARA O SEGMENTO DE A gestão eficiente é o coração do seu negócio e garante a saúde da sua empresa. > www.totvs.com/saude 0800 70 98 100 3 Conceitos TOTVS Ser essencial é atender

Leia mais

ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário

ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 Dispõe sobre o Planejamento Estratégico de TIC no âmbito do Poder Judiciário e dá outras providências. ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário Planejamento

Leia mais

Fone: 55 11 2384-7736 - www.wissenconsulting.com.br - atendimento@wissenconsulting.com.br

Fone: 55 11 2384-7736 - www.wissenconsulting.com.br - atendimento@wissenconsulting.com.br Nosso método de trabalho foi criado para atender VOCÊ A WISSEN CONSULTING têm como compromisso ajudá-lo a alcançar o sucesso na implementação de ferramentas de gestão e colaboração para que você possa

Leia mais

NCR CONNECTIONS. CxBanking

NCR CONNECTIONS. CxBanking CxBanking NCR CONNECTIONS Nossa soluc a o multicanal permite aos bancos implementar rapidamente servic os empresariais personalizados em canais fi sicos e digitais. Um guia de soluções da NCR Visão geral

Leia mais

Guia: da Loja Física para a. Experiência Multicanal

Guia: da Loja Física para a. Experiência Multicanal Guia: da Loja Física para a Experiência Multicanal Sumário: 01 02 03 04 05 Sobre este Guia O consumidor é Multicanal Muito mais E-commerce! Mobilidade faz parte do dia-a-dia Big Data: Informação a serviço

Leia mais

Soluções em Tecnologia da Informação

Soluções em Tecnologia da Informação Soluções em Tecnologia da Informação Curitiba Paraná Salvador Bahia A DTS Sistemas é uma empresa familiar de Tecnologia da Informação, fundada em 1995, especializada no desenvolvimento de soluções empresariais.

Leia mais

Otimize seus negócios e ganhe produtividade

Otimize seus negócios e ganhe produtividade Otimize seus negócios e ganhe produtividade Diferenciais O software Fenícia ERP é uma solução completa, especialmente desenvolvida para atender a pequenas e médias empresas que cobre todos os processos

Leia mais

COMO O INVESTIMENTO EM TI PODE COLABORAR COM A GESTÃO HOSPITALAR?

COMO O INVESTIMENTO EM TI PODE COLABORAR COM A GESTÃO HOSPITALAR? COMO O INVESTIMENTO EM TI PODE COLABORAR COM A GESTÃO HOSPITALAR? Descubra os benefícios que podem ser encontrados ao se adaptar as novas tendências de mercado ebook GRÁTIS Como o investimento em TI pode

Leia mais

Governança de TI Evolução e Conceitos de Gestão da TI. Raimir Holanda raimir@tce.ce.gov.br

Governança de TI Evolução e Conceitos de Gestão da TI. Raimir Holanda raimir@tce.ce.gov.br Governança de TI Evolução e Conceitos de Gestão da TI Raimir Holanda raimir@tce.ce.gov.br Agenda Conceitos de Governança de TI Fatores motivadores das mudanças Evolução da Gestão de TI Ciclo da Governança

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA PARA LEIGOS

NOTA FISCAL ELETRÔNICA PARA LEIGOS NOTA FISCAL ELETRÔNICA PARA LEIGOS ÍNDICE 03 Capítulo 0 Introdução 04 Capítulo 1 O que é Nota Fiscal Eletrônica? 05 Capítulo 2 Quais são os tipos de Nota Fiscal Eletrônica? 07 14 15 Capítulo 3 Quais as

Leia mais

nota fiscal eletrônica para leigos

nota fiscal eletrônica para leigos nota fiscal eletrônica para leigos índice 03 Capítulo 0 Introdução 04 Capítulo 1 O que é Nota Fiscal Eletrônica? 05 Capítulo 2 Quais são os tipos de Nota Fiscal Eletrônica? 07 14 15 Capítulo 3 Quais as

Leia mais

NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES

NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES 1. Conectando a Empresa à Rede As empresas estão se tornando empresas conectadas em redes. A Internet e as redes de tipo Internet dentro da empresa (intranets), entre uma

Leia mais

O que é ERP e suas vantagens

O que é ERP e suas vantagens Sistema 8Box ERP O que é ERP e suas vantagens Os ERPs em termos gerais, são uma plataforma de software desenvolvida para integrar os diversos departamentos de uma empresa, possibilitando a automação e

Leia mais

Unidade III PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE. Prof. Luís Rodolfo

Unidade III PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE. Prof. Luís Rodolfo Unidade III PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Luís Rodolfo Vantagens e desvantagens de uma rede para a organização Maior agilidade com o uso intenso de redes de computadores; Grandes interações

Leia mais

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice 2 Índice Introdução... 3 Passo 1 Entender o que é Venda Online e E-commerce... 4 Passo 2 Entender o Mercado de Comércio Eletrônico... 5 Passo 3 Canais de Venda... 6 Passo 4 Como identificar uma Boa Plataforma

Leia mais

Extração de indicadores Garantias Ocorrências. Agenda de vendas Gestão de qualidade Históricos Agenda de tarefas

Extração de indicadores Garantias Ocorrências. Agenda de vendas Gestão de qualidade Históricos Agenda de tarefas Fenícia CRM & SRM Introdução O Fenícia CRM (Customer Relationship Management - Sistema de Gerenciamento do Relacionamento com os Clientes) é uma ferramenta de gestão com foco no cliente, essencial para

Leia mais

Cliente Nossa Caixa, o Banco do Brasil tem orgulho de receber você.

Cliente Nossa Caixa, o Banco do Brasil tem orgulho de receber você. Cliente Nossa Caixa, o Banco do Brasil tem orgulho de receber você. Conheça os benefícios e novidades do seu novo banco. Banco do Brasil. É de São Paulo. É do Brasil. É Todo Seu. Índice Introdução...3

Leia mais

Nunca foi tão fácil utilizar

Nunca foi tão fácil utilizar Nunca foi tão fácil utilizar o Conectividade Social da CAIXA O que antes era feito com a autenticação de disquetes e precisava do antigo programa CNS para o relacionamento com a CAIXA e prestação de informações

Leia mais

PRIMEIROS PASSOS PARA A OTIMIZAÇÃO DO CALL CENTER EM CLÍNICAS E HOSPITAIS. Descubra como otimizar os Call Centers na área de saúde

PRIMEIROS PASSOS PARA A OTIMIZAÇÃO DO CALL CENTER EM CLÍNICAS E HOSPITAIS. Descubra como otimizar os Call Centers na área de saúde ebook GRÁTIS PRIMEIROS PASSOS PARA A OTIMIZAÇÃO DO CALL CENTER EM CLÍNICAS E HOSPITAIS Descubra como otimizar os Call Centers na área de saúde Primeiros passos para a otimização do call center em clínicas

Leia mais

Tendências de Investimentos em TI em 2013

Tendências de Investimentos em TI em 2013 Tendências de Investimentos em TI em 2013 Ivair Rodrigues Diretor de Estudos de Mercado Tatiane Ramos Coordenadora de Pesquisas Índice Direitos Autorais Objetivos deste estudo Metodologia Definição dos

Leia mais

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS.

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. A computação em nuvem é uma mudança de paradigma no gerenciamento de TI e de datacenters, além de representar a capacidade da TI

Leia mais

Departamento de Tecnologia da Informação

Departamento de Tecnologia da Informação Departamento de Tecnologia da Informação Objetivos O DTI é o departamento responsável por toda a arquitetura tecnológica do CRF- SP, ou seja, compreende todo o conjunto de hardware/software necessário

Leia mais

* Dados referentes ao PIB estimado para o ano de 2014

* Dados referentes ao PIB estimado para o ano de 2014 A Cielo é uma credenciadora de pagamentos eletrônicos. Talvez você a conheça pelas suas máquinas de cartão, presentes no comércio de Norte a Sul do Brasil. Essa é mesmo a função primordial da companhia:

Leia mais

CLIENTES VALORES PERMANENTES

CLIENTES VALORES PERMANENTES CLIENTES VALORES PERMANENTES Nos últimos cinco anos, a base de correntistas passou de 12 milhões para 16 milhões, um aumento de quase 35%. A filosofia de manter portas abertas para todos os usuários do

Leia mais

Itaú Unibanco Centro Tecnológico Mogi Mirim. Março 2015

Itaú Unibanco Centro Tecnológico Mogi Mirim. Março 2015 Itaú Unibanco Centro Tecnológico Mogi Mirim Março 2015 Motivadores Suportar o crescimento de negócio Elevar a disponibilidade dos serviços Tempo de recuperação de dados igual a zero CTSP Data Centers atuais

Leia mais

O que é? Pra que serve? Quem promove? Como vai funcionar? O dia a dia? Quando começa? Agenda. E agora, o que tenho que fazer????

O que é? Pra que serve? Quem promove? Como vai funcionar? O dia a dia? Quando começa? Agenda. E agora, o que tenho que fazer???? Fevereiro de 2014 O que é? Pra que serve? Quem promove? Como vai funcionar? O dia a dia? Quando começa? Agenda E agora, o que tenho que fazer???? O QUE É AFINAL? Componente do SPED (Sistema Público de

Leia mais

Conectando seu negócio aos seus objetivos

Conectando seu negócio aos seus objetivos Conectando seu negócio aos seus objetivos CONSTRUINDO UMA HISTÓRIA DE SUCESSO 2001 2005 2008 2010 2011 2012 2013 Líder em seguro de celular no mercado de Telecom Investimento e desenvolvimento do sistema

Leia mais

Soluções em Tecnologia e Sistemas para Gestão de Negócios

Soluções em Tecnologia e Sistemas para Gestão de Negócios Soluções em Tecnologia e Sistemas para Gestão de Negócios Criamos informação e conhecimento, através de nossa suíte de soluções em Tecnologia e Sistemas para Gestão de Negócios, ajudando as pessoas a tomarem

Leia mais

Laudon K., Laudon J., Sistemas de Informações gerencias, editora Pearson, 2010. Laudon K., Laudon J., Sistemas de Informação, editora LTC, 1999

Laudon K., Laudon J., Sistemas de Informações gerencias, editora Pearson, 2010. Laudon K., Laudon J., Sistemas de Informação, editora LTC, 1999 FSI capítulo 2 Referências bibliográficas: Laudon K., Laudon J., Sistemas de Informações gerencias, editora Pearson, 2010 Laudon K., Laudon J., Sistemas de Informação, editora LTC, 1999 Porter M., Competitive

Leia mais

Guia Definitivo de Ferramentas para Micro Empreendedores Individuais

Guia Definitivo de Ferramentas para Micro Empreendedores Individuais Guia Definitivo de Ferramentas para Micro Empreendedores Individuais Introdução O Brasil já tem 4,7 milhões de microempreendedores individuais, segundo dados de janeiro de 2015 da Receita Federal. O incentivo

Leia mais