O PODER DO PMBOK NO GERENCIAMENTO DE UM PROJETO SCRUM.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O PODER DO PMBOK NO GERENCIAMENTO DE UM PROJETO SCRUM."

Transcrição

1 Departamento de Computação Trabalho de Conclusão de Curso LUCAS JOSÉ SEVERINO O PODER DO PMBOK NO GERENCIAMENTO DE UM PROJETO SCRUM. Londrina 2009

2 LUCAS JOSÉ SEVERINO O PODER DO PMBOK NO GERENCIAMENTO DE UM PROJETO SCRUM Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Curso de Graduação em Ciência da Computação da Universidade Estadual de Londrina, como requisito parcial à obtenção do grau de Bacharel. COMISSÃO EXAMINADORA Prof. Dr. Rodolfo Miranda de Barros Universidade Estadual de Londrina Prof. Ms. Elieser Botelho Manhas Junior Universidade Estadual de Londrina Londrina, de de 2009

3 Agradecimentos A Deus. Ao Prof. Dr. Rodolfo, braço amigo de todas as etapas deste trabalho. A meu pai e minha mãe, pela confiança e motivação. A minha irmã Adriana que me deu apoio nessa jornada. A minha namorada Muriele, pelo carinho e amor. Ao meu sócio e amigo João Paulo, pela compreensão á prioridade desse trabalho. Aos amigos e colegas, pela força e pela vibração em relação a esta jornada. Aos professores e colegas de Curso, pois juntos trilhamos uma etapa importante de nossas vidas.

4 Dedico este trabalho a meu pai e a minha mãe,alias todas as minhas conquistas a eles são dedicadas.

5 Resumo O mercado de tecnologia está se tornando cada vez mais globalizado e competitivo; assim, as empresas são compelidas a buscarem constantes atualizações em seus projetos; um projeto é um esforço temporário para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo. O gerenciamento de projetos é a aplicação de conhecimento, habilidades, ferramentas e técnicas às atividades do projeto a fim de atender aos seus requisitos. Têm-se notado uma busca incessante das organizações no uso de métodos ágeis e melhores práticas de gerenciamento de projetos. O objetivo desse trabalho é apresentar uma nova forma de proporcionar agilidade no gerenciamento utilizando técnicas do PMBOK, já consolidadas, no desenvolvimento de um projeto com SCRUM. O PMBOK é um guia do conjunto de conhecimentos em gerenciamento de projetos, e está focado nas boas práticas da Gestão Tecnológica. Palavras-chave: PMBOK. SCRUM. Gerenciamento de projetos. Métodos ágeis.

6 Abstract The market technology is becoming more globalised and competitiv; thus, the companies are compelled to search constant updates in its projects; a project is a temporary effort to create a product, exclusive service or resulted effort. The project management is the application of knowledge, abilities, tools and techniques to the activities of the project in order to take care of to its requirements. They have noticed an incessant search of the organizations in the use of agile practical and better methods of project management. The objective of this work is to present a new form to provide agility in the management using techniques of the PMBOK, already consolidated, in the development of a project with agile practice SCRUM. The PMBOK is a guide of the set of knowledge in projects management, and focus in good the practical ones of the Technological Management. Keywords: PMBOK. SCRUM. Project Management. Agile methods.

7 SUMÁRIO INTRODUÇÃO O QUE É O PMBOK O QUE É UM PROJETO O QUE É GERENCIAMENTO DE PROJETOS CICLO DE VIDA E A ORGANIZAÇÃO DO PROJETO: PARTES INTERESSADAS NO PROJETO: PROCESSOS DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS: AS ÁREAS DE CONHECIMENTO DO PMBOK INTEGRAÇÃO Termo de abertura de um projeto Declaração do escopo preliminar Plano de gerenciamento de um projeto Orientação e execução de um projeto Monitoramento e controle do trabalho do projeto Controle de mudanças ESCOPO Planejamento do escopo Definição Criar EAP Verificação Controle TEMPO Definição da atividade Sequenciamento de atividades Estimativa de recursos Estimativa de duração da atividade Desenvolvimento do cronograma Controle do cronograma CUSTO Estimativa de custos Orçamento Controle de custos QUALIDADE Planejamento da qualidade Garantia da qualidade Controle da qualidade RECURSOS HUMANOS Planejamento de recursos humanos Contratar ou mobilizar a equipe do projeto Desenvolver a equipe do projeto Gerenciar a equipe do projeto COMUNICAÇÕES Planejamento das comunicações Distribuição das informações... 31

8 2.7.3 Relatório de desempenho Gerenciar as partes interessadas RISCOS Planejamento do gerenciamento de riscos Identificação dos riscos Análise qualitativa de riscos Análise quantitativa de riscos Planejamento de respostas a riscos Monitoramento e controle dos riscos AQUISIÇÕES Planejar compras e aquisições Planejar contratações Solicitar respostas de fornecedores Seleção de fornecedores Administração de contrato Encerramento do contrato INTRODUÇÃO AO SCRUM CICLO DE VIDA OS PAPÉIS DO SCRUM O papel do Product Owner O papel do SCRUM Master O papel do Time ARTEFATOS DO SCRUM Product Backlog Sprint Backlog Burndown Chart PLANEJANDO UM PROJETO SCRUM GERENCIANDO UM PROJETO SCRUM PMBOK X SCRUM CICLO DE VIDA INTEGRAÇÃO E ESCOPO DETERMINAR CUSTO CRONOGRAMA DEFINIR RISCOS DO PROJETO PLANEJAR RECURSOS HUMANOS QUALIDADE COMUNICAÇÕES AQUISIÇÕES FINALIZAÇÃO DO PROJETO O PODER DO PMBOK NO GERENCIAMENTO DE UM PROJETO SCRUM CONCLUSÃO REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS... 60

9 LISTA DE FIGURAS Figura 1 - Sequência típica de fases no ciclo de vida de um projeto Figura 2 A relação entre as partes interessadas e projeto Figura 3 - Processos de monitoramento e controle Figura 4 - Desenvolver a declaração do escopo preliminar do projeto Figura 5 - Exemplo de uma EAP Figura 6 - Formato de definições de funções e responsabilidades Figura 7 - Visão geral de atividades do SCRUM Figura 8 - Exemplo de Burndown Chart Figura 9 - Novo ciclo de vida do SCRUM

10 9 INTRODUÇÃO O mercado de tecnologia está se tornando cada vez mais globalizado e competitivo forçando as empresas a viverem em constante atualização, tem-se notado uma busca incessante das organizações no uso de métodos ágeis e melhores práticas de gerenciamento de projetos. Segundo Harris (2001), uma metodologia de planejamento de projetos é uma abordagem estruturada empregada para guiar a equipe do projeto durante o seu desenvolvimento. A metodologia varia muito com relação à complexidade e o tipo de ferramentas que usa para atingir seus objetivos. Seu emprego adequado pode significar a diferença entre se concluir satisfatoriamente ou não um projeto. Isso é de especial importância quando se sabe que, de um modo geral, aproximadamente 50% dos projetos falham em atingir seus objetivos, devido principalmente à complexidade das atividades envolvidas. O guia Project Management Body of Knowledge, PMBOK, é um conjunto de práticas em gerenciamento de projetos levantado pelo Project Management Institute, PMI. O PMBOK foi a primeira publicação da PMI como um white paper em 1987, uma tentativa de documentar e padronizar práticas e informações aceitas como gerenciamento de projeto. A primeira versão oficial do guia foi lançada em 1996, após quatro anos; em 2000, foi lançada a segunda edição. Em 2004 the PMBOK Guide - 3ª Edição foi publicada com a maior alteração desde o seu lançamento. A versão em inglês da 4ª Edição, PMBOK Guide - Fourth Edition, foi lançada em 31 de Dezembro de 2008 (PMBOK, 2004). O PMBOK sugere quais processos devem ser executados, nas á- reas de escopo, tempo, custo, recursos humanos, comunicação, risco, aquisições e qualidade, e também propõe um conjunto de processos para a junção dessas áreas. O Guia PMBOK tem sido a principal fonte de informações para as empresas interessadas em melhorar os seus processos de gerenciamento. Identifica um conjunto de conhecimentos em gerenciamento de projetos que seria amplamente reconhecido como boa prática (PMBOK, 2004). O SCRUM é uma prática ágil de desenvolvimento que permite manter o foco da entrega da maior prioridade do projeto no menor tempo possível, dis-

11 10 ponibilizando artefatos aos quais vêm se mostrando eficazes no gerenciamento de projetos. O objetivo desse trabalho é apresentar uma nova forma de proporcionar agilidade no gerenciamento de projetos utilizando técnicas do PMBOK, já consolidadas, no desenvolvimento de um projeto com SCRUM. O estudo foi realizado primeiramente por meio de um levantamento bibliográfico, em uma condição metodológica qualitativa, sobre o cenário atual do desenvolvimento de software, sobre o PMBOK e o SCRUM. Em um segundo momento, buscou-se verificar como as áreas de conhecimento do PMBOK podem auxiliar o SCRUM no gerenciamento de um projeto, para finalmente, mostrar documentos, artefatos ou indicações técnicas já consolidadas que poderão ser usadas para auxiliar neste gerenciamento. A meta é estabelecer um relacionamento por meio de um framework entre o PMBOK e o SCRUM, identificando e descrevendo como as áreas de conhecimento do PMBOK podem ser usadas e implementadas no SCRUM. O capítulo 1 trata-se de uma introdução sobre o que ensina o guia de conhecimentos PMBOK abordando a importância de um bom gerenciamento de projetos. O capítulo 2 explica resumidamente as 9 áreas de conhecimento descritas no guia PMBOK. O capítulo 3 introduz outra realidade de gerenciamento de projetos que são os métodos ágeis, a prática ágil abordada será o SCRUM. O capítulo 4 realiza uma comparação das atividades realizadas no SCRUM com as 9 áreas de conhecimento descritas no guia PMBOK. Por fim, sugeriremos abordagens a serem incluídas nas atividades do SCRUM com a finalidade de tornar o gerenciamento de projetos com SCRUM mais preventivo e eficaz.

12 11 1 O QUE É O PMBOK Segundo Delemos (2001) o Project Management Body of Knowledge, PMBOK, consiste na consolidação do conhecimento e expertise na área de gestão de projetos, desenvolvido pelo Project Management Institute (PMI), uma organização internacional que reúne profissionais da área de gerência de projetos. O PM- BOK,foi criado para gerenciar projetos de grande porte, apresentando os requisitos necessários a serem empregados no planejamento e gerenciamento de forma satisfatória na maioria das empresas. O PMBOK fornece um conjunto de conhecimentos reconhecidos como boa prática no gerenciamento de projetos. Não significando que um determinado projeto deve seguir a risca o Guia PMBOK, assim sendo, cabe a equipe de gerenciamento de projetos indicar o que é adequado a um projeto especifico (PMBOK, 2004). O Guia PMBOK está dividido em três seções: 1. A estrutura do gerenciamento de projetos: define termos-chave do guia e aborda o ciclo de vida e organização de um projeto. 2. A norma de gerenciamento de projetos de um projeto: especifica os cinco grupos de gerenciamento de projetos necessários. 3. As áreas de conhecimento em gerenciamento de projetos: organiza os 44 processos do grupo de gerenciamento de projetos em nove áreas de conhecimento. 1.1 O QUE É UM PROJETO De acordo com o guia do PMBOK (2004) projeto é um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo. Por ser temporário, possui inicio e finais bem definidos. Nessa concepção, um projeto pode ser um produto, serviço ou resultados esperados, um item final ou item componente, um software, uma pesquisa, um documento.

13 12 Operações diferem de projeto, este é temporário, terminando quando todas as etapas são cumpridas, enquanto operações têm como objetivo manter o negócio adotando um novo conjunto de objetivos e o trabalho contínuo. Os projetos organizam tarefas que não podem ser abordadas dentro dos limites operacionais de uma organização, atingindo assim um plano estratégico que pode ser uma ou mais dos seguintes itens: a) Demanda de mercado. b) Necessidade organizacional. c) Solicitação de um cliente. d) Avanço tecnológico. e) Requisito legal. Em uma explicação: uma empresa de software autoriza o desenvolvimento de um projeto para criação de um novo software capaz de prever o futuro de uma pessoa com base em estatísticas e no histórico de sua vida. 1.2 O QUE É GERENCIAMENTO DE PROJETOS. O guia do PMBOK (2004) define o gerenciamento de projetos como sendo o emprego dos seguintes processos: iniciação, planejamento, execução, monitoramento e controle, e encerramento. O gerente de projetos é o responsável pela realização dos objetivos, sendo suas funções: a identificação de necessidades; o estabelecimento de objetivos claros e alcançáveis; balanceamento das demandas conflitantes de qualidade, escopo, tempo e custo; Adaptação das especificações e planos. Há três fatores que afetam no gerenciamento e qualidade de um projeto: escopo, tempo e custo do projeto. Se um desses fatores muda, pelo menos outro fator será prejudicado também (PMBOK, 2004). Para que um gerenciamento de projetos seja eficaz é necessário que a equipe entenda e use o conhecimento e habilidades de no mínimo cinco áreas de especialização:

14 13 a) O conjunto de conhecimentos em gerenciamento de pro- b) Conhecimentos, normas e regulamentos da área da apli- c) Entendimento do ambiente do projeto. d) Habilidades interpessoais. jetos. cação. 1.3 CICLO DE VIDA E A ORGANIZAÇÃO DO PROJETO: Os gerentes de projetos podem dividir projetos em fases iniciais e fases finais, assim obtendo um melhor controle gerencial, conhecido como ciclo de vida de um projeto. Um ciclo de vida geralmente define o trabalho a ser realizado em cada fase; quando e como as entregas são verificadas e validadas; quem são as pessoas ou departamentos envolvidos e como realizar o controle e aprovação de cada fase (PMBOK, 2004). A descrição do ciclo de vida pode conter formulários, gráficos e listas de verificação oferecendo estrutura e controle. Os ciclos de vida podem compartilhar características em comum, como fases sequenciais e definidas por algum formulário de transparência e informações técnicas, os custos são baixos no inicio, apresentam valor máximo em fases intermediarias e decaem no final (PMBOK, 2004). Características das fases do projeto: De acordo o guia PMBOK (2004) uma fase é a aprovação de um ou mais produtos. Devido a restrições de complexidade, financeiras, controle e nível de risco, as fases também podem ser subdivididas em subfases, e cada subfase é associada a um ou mais produtos para monitoramento e controle. Normalmente as fases recebem nomes relacionados a seus produtos: requisitos, projeto, construção, teste, inicialização, entrega e outros.

15 14 Concluir-se-á uma fase revisando o trabalho realizado para analisar se ainda existe algo a ser feito. Uma nova fase pode ser iniciada sem que seja finalizada a atual, por exemplo, quando o gerente de projetos escolhe paralelismo como ação. Enquanto está sendo realizado um módulo, a coleta de requisitos de outro pode estar sendo realizada em paralelo (PMBOK, 2004). Uma fase também pode ser finalizada sem a decisão de iniciar outras fases, se o projeto terminou ou oferece um risco grande demais (PMBOK, 2004). Figura 1 - Sequência típica de fases no ciclo de vida de um projeto. Fonte: (PMBOK, 2004). 1.4 PARTES INTERESSADAS NO PROJETO: Pessoas e organizações ativamente envolvidas no projeto ou que exercem alguma influência são as partes interessadas. A equipe de gerenciamento deve identificar as necessidades e expectativas das partes interessadas e gerenciar sua influência em relação aos requisitos para garantia de sucesso (PMBOK, 2004).

16 15 Figura 2 A relação entre as partes interessadas e projeto. Fonte: (PMBOK, 2004). As partes interessadas podem ter uma influência positiva ou negativa em um projeto. Como exemplo, líderes de uma comunidade, que se beneficiariam de um projeto de expansão industrial as quais enxergam benefícios econômicos para a comunidade a partir do sucesso do projeto, se comportariam como influência positiva. Por outro lado, grupos ambientais poderiam ser partes interessadas negativas se considerarem que o projeto prejudica o meio ambiente (PMBOK, 2004). 1.5 PROCESSOS DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS: De acordo com o guia PMBOK (2004) existem cinco grupos de gerenciamento de projetos: - Grupo de iniciação tem a responsabilidade de definir ou autorizar um projeto ou fase. - Grupo de planejamento faz a definição e o refinamento dos objetivos planejando a ação necessária para alcançar os objetivos e o escopo para os quais o projeto foi realizado. - Grupo de execução reúne pessoas e recursos para realizar o plano de gerência do projeto.

17 16 - Grupo de monitoramento e controle faz a medição e o monitoramento do progresso do projeto, de forma que possam ser feitas correções para que o andamento do projeto seja um sucesso. - Grupo de encerramento, por sua vez, tem o papel de formalizar a aceitação do produto. Figura 3 - Processos de monitoramento e controle. Fonte: (PMBOK, 2004).

18 17 2 AS ÁREAS DE CONHECIMENTO DO PMBOK O PMBOK é dividido em nove áreas de conhecimento que são: Integração; Escopo; Tempo; Custo; Qualidade; Recursos Humanos; Comunicações; Riscos e Aquisições. O guia PMBOK descreve boas práticas para cada uma dessas á- reas de conhecimento, assim como fornece toda a documentação necessária mostrando todos os processos de entrada, algumas ferramentas e técnicas necessárias que auxiliam na documentação de cada área e, também as saídas geradas (PM- BOK, 2004). 2.1 INTEGRAÇÃO A área de conhecimento integração fornece processos necessários que asseguram que os elementos do projeto serão gerenciados de forma correta (PMBOK, 2004). Entre os processos de gerenciamento de integração podemos destacar: Termo de abertura de um projeto Documento que autoriza formalmente um projeto ou uma fase. O termo de abertura e a autorização dos projetos muitas vezes serão realizados fora do ambiente da empresa, motivado por uma demanda de mercado, uma necessidade de negócios, alguma solicitação realizada por um cliente dentre outras. Um e- xemplo de motivação seria: uma empresa de software autoriza o projeto de desenvolvimento de um sistema para supermercados devido à demanda excessiva de pedidos por parte dos supermercados. (PMBOK, 2004). O termo de abertura fornece ao gerente a autoridade necessária, a aplicação de recursos organizacionais que serão utilizados. O gerente de projetos deve ser designado antes do inicio do planejamento e, melhor, se for designado durante o desenvolvimento do termo de abertura (PMBOK, 2004).

19 18 Esse documento trata das necessidades de negócios, justificando o desenvolvimento desse projeto através do detalhamento das atuais necessidades dos clientes (PMBOK, 2004). Figura 4 - Desenvolver a declaração do escopo preliminar do projeto. Fonte: (PMBOK, 2004) Declaração do escopo preliminar A declaração do escopo preliminar é o processo necessário para produção de uma definição prévia de alto nível do projeto tendo como base o termo de abertura unido a outras entradas para os processos de iniciação. Este processo consiste em um documento com os requisitos do projeto e da entrega, os requisitos do produto, os limites, os métodos de aceitação e o controle de alto nível do escopo. Em projetos com várias fases, este processo valida ou refina o escopo do projeto para cada fase (PMBOK, 2004) Plano de gerenciamento de um projeto Documento que descreve as ações necessárias para definição, preparação, integração e coordenação de todos os planos auxiliares. O plano de gerenciamento do projeto se torna a principal fonte de informações de planejamento, execução, monitoramento e controle e, encerramento (PMBOK, 2004).

20 Orientação e execução de um projeto Cumprimento do plano de gerenciamento a fim de atingir os requisitos definidos no documento de declaração do escopo. Este é o processo necessário para orientar as diversas interfaces técnicas e organizacionais (PMBOK, 2004). As entregas são produzidas como saídas dos processos realizados conforme definido no plano de gerenciamento. Informações sobre a situação atual das entregas e sobre a quantidade de trabalho realizado são coletadas como parte da execução do projeto e como entradas para o processo de relatório de desempenho (PMBOK, 2004) Monitoramento e controle do trabalho do projeto Esse processo tem o papel de monitorar e controlar os processos usados para iniciar, planejar, executar e encerrar atendendo os objetivos do plano de gerenciamento. Este é o processo necessário para coletar, medir e disseminar informações sobre o desempenho e, avaliar as medições e as tendências para efetuar melhorias no processo. Este processo inclui o monitoramento de riscos para garantir que os riscos sejam identificados no início, que o andamento seja relatado e que planos de risco adequados estejam sendo executados. O monitoramento inclui emissão de relatórios de andamento, avaliação do progresso e previsão. Os relatórios de desempenho fornecem informações sobre o desempenho do projeto em relação a escopo, cronograma, custo, recursos, qualidade e risco (PMBOK, 2004) Controle de mudanças Revisão de todas as solicitações de mudança, aprovação e controle. Este é o processo necessário para controlar os fatores que criam mudanças e oferecem garantia de beneficio, determinar se ocorreu uma mudança e gerenciá-la, inclusive o momento em que ocorre. Esse processo é realizado durante todo o projeto, desde a iniciação até o encerramento do projeto (PMBOK, 2004).

21 ESCOPO Segundo o guia PMBOK (2004), o gerenciamento de escopo tem a finalidade de garantir que o projeto possa ser completado com sucesso, fazendo a- penas o trabalho necessário. Controlando o que deve e o que não deve estar incluso em um projeto. Os principais processos dessa área de conhecimento são: Planejamento do escopo Documento que tem a finalidade de descrever como será a definição, verificação e controle do projeto de escopo e da estrutura analítica do projeto. A definição e o planejamento do projeto influenciam totalmente no sucesso de um projeto. O desenvolvimento do planejamento do escopo se inicia analisando o termo de abertura do projeto, a declaração do escopo preliminar do projeto, a ultima versão aprovada do gerenciamento do projeto, o histórico dos ativos dos processos organizacionais e por fatores ambientais relevantes (PMBOK, 2004) Definição Definição detalhada do escopo de um projeto, das entregas necessárias e do trabalho necessário para criar essas entregas como base para decisões futuras. Essa definição é desenvolvida a partir das principais entregas, premissas e restrições que são documentadas no inicio do projeto, na declaração do escopo preliminar do projeto (PMBOK, 2004) Criar EAP Consiste em dividir as principais entregas e trabalhos do projeto de modo que se tornem mais fáceis de serem gerenciadas, organizando e definindo o escopo geral do projeto. Uma EAP faz a decomposição das entregas em componentes menores até o ponto no qual o custo e o cronograma de trabalho possam ser estimados de forma confiável. Muito frequentemente, uma organização pode aproveitar

22 uma EAP de um projeto anterior, pois na maioria dos projetos dentro de uma determinada organização possuem entregas iguais ou semelhantes (PMBOK, 2004). 21 Figura 5 - Exemplo de uma EAP. Fonte (PMBOK, 2004) Verificação Documento que formaliza a aceitação das entregas finalizadas que foram aprovadas e também as entregas finalizadas que foram reprovadas, essas são documentadas juntamente com as razões de sua reprovação (PMBOK, 2004) Controle Controle de mudanças do escopo de um projeto. Esse controle consiste em influenciar os fatores que geram alterações no escopo e pretende controlar o impacto dessas alterações. As mudanças são inevitáveis e por isso é necessário esse processo, se as solicitações aprovadas afetam o escopo do projeto então deverão ser atualizados os documentos da declaração do escopo do projeto, da estrutura

23 analítica do projeto, do dicionário de EAP, da linha base de escopo, de ativos de processos organizacionais e no plano de gerenciamento do projeto. (PMBOK, 2004) TEMPO Segundo o guia PMBOK (2004), o gerenciamento do tempo envolve processos e técnicas para assegurar que um projeto seja concluído dentro do prazo determinado. Os principais processos dessa área de conhecimento são: Definição da atividade Identificação da lista de atividades necessárias para produzir as entregas do projeto. A lista de atividades inclui um identificador e a descrição do escopo de cada atividade a ser realizada no cronograma de modo que, os membros da equipe do projeto compreendam que essa atividade deverá ser cumprida (PMBOK, 2004) Sequenciamento de atividades Documento que identifica as dependências entre as atividades do cronograma. São utilizados alguns diagramas como o método de diagrama de precedência, e o método de diagrama de setas (PMBOK, 2004) Estimativa de recursos Estimativa do tipo e das quantidades de recursos necessários (pessoais, equipamentos ou material) para realizar cada atividade do cronograma. Esse processo de estimativa de recursos é estreitamente coordenado com a estimativa de custos (PMBOK, 2004).

24 Estimativa de duração da atividade Estima o número de períodos necessários para finalizar as atividades individuais usando as informações sobre escopo da atividade de cronograma, tipos de recursos, quantidades de recursos necessários, e calendário com a disponibilidade de recursos. O processo exige que a quantidade de esforço de trabalho para a finalização de cada atividade do cronograma seja estimada assim como a previsão da quantidade de recursos necessários para o término da atividade do cronograma e o número de períodos de trabalhos necessários (PMBOK, 2004) Desenvolvimento do cronograma Análise dos recursos necessários, restrições no cronograma, durações e seqüência de atividades necessárias para criar o cronograma do projeto. Esse processo ira determinar as datas de inicio e término das atividades do projeto, podendo ser necessário reexaminar as estimativas de duração e de recursos, assim criando um cronograma aprovado o qual possa servir como linha base do projeto. (PMBOK, 2004). Esse desenvolvimento do cronograma continua durante todo o trabalho, pois conforme o trabalho se desenvolve também ocorrem mudanças no gerenciamento do projeto e alguns eventos esperados ocorrem ou deixam de existir, assim como novos eventos também podem ser identificados (PMBOK, 2004) Controle do cronograma Esse processo tem o papel de controlar as mudanças realizadas no cronograma de um projeto (PMBOK, 2004). 2.4 CUSTO Segundo o guia PMBOK (2004), o gerenciamento de custo descreve os processos para que um projeto seja concluído dentro do orçamento que lhe foi aprovado. Os principais processos são:

25 Estimativa de custos Desenvolvimento de uma estimativa dos custos dos recursos necessários para a conclusão de cada atividade do projeto (PMBOK, 2004). Essa estimativa inclui a identificação de alternativas de custos. Os custos de cada atividade deverão ser estimados para cada recurso, como por exemplo, mão-de-obra, materiais e equipamentos (PMBOK, 2004) Orçamento Estabelece uma base de custos envolvendo os custos estimados de atividades individuais do cronograma ou pacotes de trabalho, com o objetivo de estabelecer uma linha de base de todos os custos para a realização da medida do desempenho do projeto (PMBOK, 2004). Pretende-se obter uma linha base dos custos, que nada mais é do que um orçamento dividido em fases. É desenvolvida a partir da soma de custos estimados por período. Através da linha base de custos poderemos determinar a necessidade de financiamento total e periódica do projeto (PMBOK, 2004) Controle de custos Controlar os fatores que alteram os custos das atividades no orçamento do projeto garantindo que houve um acordo sobre as alterações solicitadas, também garante e monitora mudanças nos custos para que esses não ultrapassem o financiamento autorizado periódico ou total do projeto (PMBOK, 2004). 2.5 QUALIDADE De acordo com o guia PMBOK (2004), o gerenciamento de qualidade tem a finalidade de assegurar que todas as necessidades originais as quais levaram a criação do projeto sejam atendidas. O gerenciamento de qualidade se preocupa

26 25 principalmente com a satisfação dos clientes, com a prevenção de erros, pois os custos de prevenir são muito menores dos custos de corrigir, com a responsabilidade da gerência, e com a melhoria contínua do processo. Os principais processos de gerenciamento de qualidade são: Planejamento da qualidade Identificar os padrões de qualidade essenciais e como satisfazê-los. Esse procedimento é um dos principais durante a execução do grupo de processos de planejamento sendo realizado em paralelo com outros processos de planejamento. As mudanças no padrão de qualidade podem alterar os custos, ou o cronograma do projeto (PMBOK, 2004). O gerenciamento moderno de qualidade possui os princípios de que a qualidade não é inspecionada e sim planejada, projetada e incorporada (PM- BOK, 2004). Para o planejamento de qualidade são aplicadas algumas ferramentas e técnicas como analise de custo-benefício, benchmarking, custo da qualidade e outras ferramentas adicionais de planejamento, como brainstorming, diagramas de afinidade e analise do campo de força (PMBOK, 2004) Garantia da qualidade Realização de atividades de qualidade com a finalidade de garantir que um projeto possa empregar todos os processos necessários, assim atendendo todos os requisitos (PMBOK, 2004). A melhoria contínua dos processos consegue reduzir desperdícios e o desenvolvimento de atividades que não possuem valor algum, permitindo aos processos trabalhar em níveis maiores com uma melhor eficiência (PMBOK, 2004).

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT MASTER IN PROJECT MANAGEMENT PROJETOS E COMUNICAÇÃO PROF. RICARDO SCHWACH MBA, PMP, COBIT, ITIL Atividade 1 Que modelos em gestão de projetos estão sendo adotados como referência nas organizações? Como

Leia mais

F.1 Gerenciamento da integração do projeto

F.1 Gerenciamento da integração do projeto Transcrição do Anexo F do PMBOK 4ª Edição Resumo das Áreas de Conhecimento em Gerenciamento de Projetos F.1 Gerenciamento da integração do projeto O gerenciamento da integração do projeto inclui os processos

Leia mais

Workshop PMBoK. Gerenciamento de Recursos Humanos

Workshop PMBoK. Gerenciamento de Recursos Humanos Workshop PMBoK Gerenciamento de Recursos Humanos Paulo H. Jayme Alves Departamento de Inovação Tecnológica - DeIT Janeiro de 2009 1 Envolvimento da equipe Os membros da equipe devem estar envolvidos: Em

Leia mais

fagury.com.br. PMBoK 2004

fagury.com.br. PMBoK 2004 Este material é distribuído por Thiago Fagury através de uma licença Creative Commons 2.5. É permitido o uso e atribuição para fim nãocomercial. É vedada a criação de obras derivadas sem comunicação prévia

Leia mais

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Planejamento do Gerenciamento das Comunicações (10) e das Partes Interessadas (13) PLANEJAMENTO 2 PLANEJAMENTO Sem 1 Sem 2 Sem 3 Sem 4 Sem 5 ABRIL

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos PMI, PMP e PMBOK PMI (Project Management Institute) Estabelecido em 1969 e sediado na Filadélfia, Pensilvânia EUA, o PMI é a principal associação mundial, sem fins lucrativos,

Leia mais

Visão Geral das Áreas de Conhecimento e dos Processos da Gerência de Projetos

Visão Geral das Áreas de Conhecimento e dos Processos da Gerência de Projetos Visão Geral das Áreas de Conhecimento e dos Processos da Gerência de Projetos GERÊNCIA DE INTEGRAÇÃO GERÊNCIA DO ESCOPO GERÊNCIA DO TEMPO GERÊNCIA DE CUSTO GERÊNCIA DA QUALIDADE Desenvolvimento do Plano

Leia mais

Gerenciamento de Recursos Humanos e Gerenciamento de Comunicações. Sergio Scheer / DCC / UFPR TC045 Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Recursos Humanos e Gerenciamento de Comunicações. Sergio Scheer / DCC / UFPR TC045 Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Recursos Humanos e Gerenciamento de Comunicações Sergio Scheer / DCC / UFPR TC045 Gerenciamento de Projetos Just to remember... Interação entre os processos segundo PMBOK... Cada processo

Leia mais

Gerência de Projetos

Gerência de Projetos Gerência de Projetos Escopo Custo Qualidade Tempo CONCEITO PROJETOS: são empreendimentos com objetivo específico e ciclo de vida definido Precedem produtos, serviços e processos. São utilizados as funções

Leia mais

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI FINANÇAS EM PROJETOS DE TI 2012 Material 1 Prof. Luiz Carlos Valeretto Jr. 1 E-mail valeretto@yahoo.com.br Objetivo Objetivos desta disciplina são: reconhecer as bases da administração financeira das empresas,

Leia mais

Teoria e Prática. Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009. Rosaldo de Jesus Nocêra, PMP, PMI-SP, MCTS. do PMBOK do PMI. Acompanha o livro:

Teoria e Prática. Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009. Rosaldo de Jesus Nocêra, PMP, PMI-SP, MCTS. do PMBOK do PMI. Acompanha o livro: Gerenciamento de Projetos Teoria e Prática Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009 do PMBOK do PMI Acompanha o livro: l CD com mais de 70 formulários exemplos indicados pelo PMI e outros desenvolvidos

Leia mais

Universidade de Brasília Faculdade de Ciência da Informação Curso de Arquivologia Profa. Lillian Alvares

Universidade de Brasília Faculdade de Ciência da Informação Curso de Arquivologia Profa. Lillian Alvares Universidade de Brasília Faculdade de Ciência da Informação Curso de Arquivologia Profa. Lillian Alvares O Project Management Institute é uma entidade sem fins lucrativos voltada ao Gerenciamento de Projetos.

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos Grupo de Consultores em Governança de TI do SISP 20/02/2013 1 Agenda 1. PMI e MGP/SISP 2. Conceitos Básicos - Operações e Projetos - Gerenciamento de Projetos - Escritório de

Leia mais

Módulo 4: Gerenciamento dos Riscos, das Aquisições, das Partes Interessadas e da Integração

Módulo 4: Gerenciamento dos Riscos, das Aquisições, das Partes Interessadas e da Integração Diretoria de Desenvolvimento Gerencial Coordenação Geral de Educação a Distância Gerência de Projetos - Teoria e Prática Conteúdo para impressão Módulo 4: Gerenciamento dos Riscos, das Aquisições, das

Leia mais

PMBOK 4ª Edição III. O padrão de gerenciamento de projetos de um projeto

PMBOK 4ª Edição III. O padrão de gerenciamento de projetos de um projeto PMBOK 4ª Edição III O padrão de gerenciamento de projetos de um projeto 1 PMBOK 4ª Edição III Processos de gerenciamento de projetos de um projeto 2 Processos de gerenciamento de projetos de um projeto

Leia mais

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Planejamento do Gerenciamento das Comunicações (10) e das Partes Interessadas (13) PLANEJAMENTO 2 PLANEJAMENTO Sem 1 Sem 2 Sem 3 Sem 4 Sem 5 ABRIL

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo III Grupo de Processos

Gerenciamento de Projetos Modulo III Grupo de Processos Gerenciamento de Projetos Modulo III Grupo de Processos Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento

Leia mais

Gerenciamento de Projeto: Planejando os Recursos. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Gerenciamento de Projeto: Planejando os Recursos. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Gerenciamento de Projeto: Planejando os Recursos Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Planejar as Aquisições Desenvolver o Plano de Recursos Humanos Planejar as Aquisições É o

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais

Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais Gerenciamento de Projetos Modulo I Conceitos Iniciais Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento

Leia mais

4. PMBOK - Project Management Body Of Knowledge

4. PMBOK - Project Management Body Of Knowledge 58 4. PMBOK - Project Management Body Of Knowledge No Brasil, as metodologias mais difundidas são, além do QL, o método Zopp, o Marco Lógico do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o Mapp da

Leia mais

Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Desenvolvendo o Plano de Gerenciamento do Projeto. Coletando Requisitos. Declarando

Leia mais

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Planejamento do Gerenciamento das Comunicações (10) e das Partes Interessadas (13) PLANEJAMENTO 2 PLANEJAMENTO Sem 1 Sem 2 Sem 3 Sem 4 Sem 5 ABRIL

Leia mais

Prática e Gerenciamento de Projetos

Prática e Gerenciamento de Projetos Universidade de São Paulo Escola de Artes, Ciências e Humanidades Prática e Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Custos do Projeto Equipe: Jhonas P. dos Reis Marcelo Marciano Mário Januário Filho

Leia mais

Demais Áreas de Conhecimento do PMBOK

Demais Áreas de Conhecimento do PMBOK Residência em Arquitetura de Software Demais Áreas de Conhecimento do PMBOK Prof. Dr. Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo Gerência de Desenvolvimento 2008.2 Faculdade de Computação

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo III Grupo de Processos

Gerenciamento de Projetos Modulo III Grupo de Processos Gerenciamento de Projetos Modulo III Grupo de Processos Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com PMBoK Processos de Gerenciamento de Projetos Para que um projeto seja bem-sucedido,

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Custos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Custos Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Custos Metodologia Aula Teórica Exemplos e Exercícios práticos Questões de concursos anteriores Metodologia e Bibliografia Bibliografia PMBOK, 2004. Project Management

Leia mais

Gerenciamento de Riscos do Projeto Eventos Adversos

Gerenciamento de Riscos do Projeto Eventos Adversos Gerenciamento de Riscos do Projeto Eventos Adversos 11. Gerenciamento de riscos do projeto PMBOK 2000 PMBOK 2004 11.1 Planejamento de gerenciamento de riscos 11.1 Planejamento de gerenciamento de riscos

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo VIII Riscos

Gerenciamento de Projetos Modulo VIII Riscos Gerenciamento de Projetos Modulo VIII Riscos Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento

Leia mais

Questões atualizadas no PMBoK 5ª edição versão 2015. Respostas comentadas com justificativa e seção do PMBoK correspondente.

Questões atualizadas no PMBoK 5ª edição versão 2015. Respostas comentadas com justificativa e seção do PMBoK correspondente. Copyright 2015 PMtotal.com.br - Todos os direitos reservados PMI, Guia PMBOK, PMP, CAPM são marcas registradas do Project Management Institute, Inc Simulado de 20 questões para as provas CAPM e PMP do

Leia mais

Gerenciamento de Integração do Projeto Planejamento e Execução do Projeto

Gerenciamento de Integração do Projeto Planejamento e Execução do Projeto Gerenciamento de Integração do Projeto Planejamento e Execução do Projeto 4. Gerenciamento de integração do projeto PMBOK 2000 PMBOK 2004 4.1 Desenvolver o termo de abertura do projeto 4.2 Desenvolver

Leia mais

Gestão de Projetos Logísticos

Gestão de Projetos Logísticos Gestão de Projetos Logísticos Professor: Fábio Estevam Machado CONTEÚDO DA AULA ANTERIOR Teoria Gestão de Projetos Projetos Atualidades Tipos de Projetos Conceitos e Instituições Certificação Importância

Leia mais

O padrão de gerenciamento de projetos

O padrão de gerenciamento de projetos O padrão de gerenciamento de projetos Processos de Gerenciamento de Projetos 1 Áreas de Conhecimento do Gerenciamento de Projetos Trinômio Sagrado Custos Tempo Qualidade 2 Áreas de Conhecimento do Gerenciamento

Leia mais

O que é um projeto? Características de um projeto. O Que é o PMBoK Guide 3º Edition? Desmembrando o PMBoK através de mapas mentais (Mindmaps)

O que é um projeto? Características de um projeto. O Que é o PMBoK Guide 3º Edition? Desmembrando o PMBoK através de mapas mentais (Mindmaps) O que é um projeto? Projeto é um empreendimento não repetitivo, caracterizado por uma sequência clara e lógica de eventos, com início, meio e fim, que se destina a atingir um objetivo claro e definido,

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos (ref. capítulos 1 a 3 PMBOK) TC045 Gerenciamento de Projetos Sergio Scheer - scheer@ufpr.br O que é Gerenciamento de Projetos? Aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas

Leia mais

PMBOK/PMI Project Management Body of Knowledge. Gerenciamento de Projetos

PMBOK/PMI Project Management Body of Knowledge. Gerenciamento de Projetos PMBOK/PMI Project Management Body of Knowledge Gerenciamento de Projetos Organização de Projetos GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIOS GERENCIAMENTO DE PROGRAMA GERENCIAMENTO DE PROJETOS GERENCIAMENTO DE SUBPROJETOS

Leia mais

PLANEJAMENTO PLANEJAMENTO ESTRATÉGIA CICLO PDCA CICLO PDCA 09/04/2015 GESTÃO DE ESCOPO GERENCIAMENTO DE PROJETOS ACT

PLANEJAMENTO PLANEJAMENTO ESTRATÉGIA CICLO PDCA CICLO PDCA 09/04/2015 GESTÃO DE ESCOPO GERENCIAMENTO DE PROJETOS ACT UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE CONSTRUÇÃO CIVIL PLANEJAMENTO 2 GERENCIAMENTO DE PROJETOS SUBMETIDA E APROVADA A PROPOSTA DO PROJETO PROCESSO DE PLANEJAMENTO GESTÃO DE Processo fundamental

Leia mais

Módulo 3: Gerenciamento da Qualidade, dos Recursos Humanos e das Comunicações

Módulo 3: Gerenciamento da Qualidade, dos Recursos Humanos e das Comunicações ENAP Diretoria de Desenvolvimento Gerencial Coordenação Geral de Educação a Distância Gerência de Projetos - Teoria e Prática Conteúdo para impressão Módulo 3: Gerenciamento da Qualidade, dos Recursos

Leia mais

Roteiro SENAC. Análise de Riscos. Monitoramento e Controle de Riscos. Monitoramento e Controle de Riscos. Monitoramento e Controle de Riscos

Roteiro SENAC. Análise de Riscos. Monitoramento e Controle de Riscos. Monitoramento e Controle de Riscos. Monitoramento e Controle de Riscos SENAC Pós-Graduação em Segurança da Informação: Análise de Parte 8 Leandro Loss, Dr. loss@gsigma.ufsc.br http://www.gsigma.ufsc.br/~loss Roteiro Análise de Quantitativa Qualitativa Medidas de tratamento

Leia mais

Gerenciamento de Projeto: Executando o Projeto III. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Gerenciamento de Projeto: Executando o Projeto III. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Gerenciamento de Projeto: Executando o Projeto III Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Realizar Aquisições Realizar a Garantia de Qualidade Distribuir Informações Gerenciar as

Leia mais

Desmembrando o PMBoK através de mapas mentais (Mindmaps)

Desmembrando o PMBoK através de mapas mentais (Mindmaps) PMI O Que é o PMBoK Guide 3º Edition? O PMBoK Guide 3º Edition (2004) é uma denominação que representa todo o somatório de conhecimento dentro da área de gerenciamento de projetos, além de fornecer uma

Leia mais

Fatores Críticos de Sucesso em GP

Fatores Críticos de Sucesso em GP Fatores Críticos de Sucesso em GP Paulo Ferrucio, PMP pferrucio@hotmail.com A necessidade das organizações de maior eficiência e velocidade para atender as necessidades do mercado faz com que os projetos

Leia mais

Gerência de Projetos CMMI & PMBOK

Gerência de Projetos CMMI & PMBOK Gerência de Projetos CMMI & PMBOK Uma abordagem voltada para a qualidade de processos e produtos Prof. Paulo Ricardo B. Betencourt pbetencourt@urisan.tche.br Adaptação do Original de: José Ignácio Jaeger

Leia mais

Metodologia de Gerenciamento de Projetos da Justiça Federal

Metodologia de Gerenciamento de Projetos da Justiça Federal Metodologia de Gerenciamento de Projetos da Justiça Federal Histórico de Revisões Data Versão Descrição 30/04/2010 1.0 Versão Inicial 2 Sumário 1. Introdução... 5 2. Público-alvo... 5 3. Conceitos básicos...

Leia mais

GUIA PMBOK PARA GERENCIAMENTO DE PROJETOS

GUIA PMBOK PARA GERENCIAMENTO DE PROJETOS ISSN 1984-9354 GUIA PMBOK PARA GERENCIAMENTO DE PROJETOS Emerson Augusto Priamo Moraes (UFF) Resumo Os projetos fazem parte do cotidiano de diversas organizações, públicas e privadas, dos mais diversos

Leia mais

Processos de Gerenciamento de Projetos. Planejamento e Controle de Projetos 5 TADS FSR. Processos

Processos de Gerenciamento de Projetos. Planejamento e Controle de Projetos 5 TADS FSR. Processos Processos de Gerenciamento de Projetos Planejamento e Controle de Projetos 5 TADS FSR Prof. Esp. André Luís Belini 2 Processos O gerenciamento de projetos é a aplicação de conhecimento, habilidades, ferramentas

Leia mais

- Project Management Institute. Disciplina de Engenharia de Software. PMP- Project Management Professional PMBOK

- Project Management Institute. Disciplina de Engenharia de Software. PMP- Project Management Professional PMBOK Disciplina de Engenharia de Software Material elaborado por Windson Viana de Carvalho e Rute Nogueira Pinto em 19/07/2004 Material alterado por Rossana Andrade em 22/04/2009 - Project Management Institute

Leia mais

Engenharia de Software II: Criando o cronograma do projeto. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Engenharia de Software II: Criando o cronograma do projeto. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Engenharia de Software II: Criando o cronograma do projeto Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Definição das atividades. Sequenciamento das atividades. Estimativa de recursos

Leia mais

3 Metodologia de Gerenciamento de Riscos

3 Metodologia de Gerenciamento de Riscos 3 Metodologia de Gerenciamento de Riscos Este capítulo tem como objetivo a apresentação das principais ferramentas e metodologias de gerenciamento de riscos em projetos, as etapas do projeto onde o processo

Leia mais

Engenharia de Software II: Desenvolvendo o Orçamento do Projeto. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Engenharia de Software II: Desenvolvendo o Orçamento do Projeto. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Engenharia de Software II: Desenvolvendo o Orçamento do Projeto Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Criação do Plano de Gerenciamento de Custos do Projeto Estimar os Custos Determinar

Leia mais

Simulações em Aplicativos

Simulações em Aplicativos Simulações em Aplicativos Uso Avançado de Aplicativos Prof. Marco Pozam mpozam@gmail.com A U L A 0 5 Programação da Disciplina 20/Agosto: Conceito de Project Office. 27/Agosto: Tipos de Project Office.

Leia mais

PROCESSOS DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS SEGUNDO O PMBOK. Faculdade PITÁGORAS Unidade Raja Prof. Valéria E-mail: valeriapitagoras@gmail.

PROCESSOS DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS SEGUNDO O PMBOK. Faculdade PITÁGORAS Unidade Raja Prof. Valéria E-mail: valeriapitagoras@gmail. PROCESSOS DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS SEGUNDO O PMBOK Faculdade PITÁGORAS Unidade Raja Prof. Valéria E-mail: valeriapitagoras@gmail.com 1 Processos Processos, em um projeto, é um conjunto de ações e atividades

Leia mais

Capítulo 3 Aplicando o PMBoK ao Microsoft Office Project 2003

Capítulo 3 Aplicando o PMBoK ao Microsoft Office Project 2003 Capítulo 3 Aplicando o PMBoK ao Microsoft Office Project 2003 29 3.1 GERENCIAMENTO DO ESCOPO O Gerenciamento do Escopo do Projeto engloba os processos necessários para assegurar que o projeto inclua todas

Leia mais

Processos de gerenciamento de projetos em um projeto

Processos de gerenciamento de projetos em um projeto Processos de gerenciamento de projetos em um projeto O gerenciamento de projetos é a aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas e técnicas às atividades do projeto a fim de cumprir seus requisitos.

Leia mais

Implementação utilizando as melhores práticas em Gestão de Projetos

Implementação utilizando as melhores práticas em Gestão de Projetos Implementação utilizando as melhores práticas em Gestão de Projetos Objetivo dessa aula é mostrar a importância em utilizar uma metodologia de implantação de sistemas baseada nas melhores práticas de mercado

Leia mais

MINI-CURSO Gerenciamento de Projetos para Economistas

MINI-CURSO Gerenciamento de Projetos para Economistas MINI-CURSO Gerenciamento de Projetos para Economistas ECONOMISTA - RIVAS ARGOLO 2426/D 62 9905-6112 RIVAS_ARGOLO@YAHOO.COM.BR Objetivo deste mini curso : Mostrar os benefícios do gerenciamento de projetos

Leia mais

Gerenciamento do escopo

Gerenciamento do escopo Gerenciamento do escopo Gerenciamento do escopo Escopo pode ser definido como a soma dos produtos de um projeto, bem como a descrição de seus requisitos. O momento de definir o escopo é a hora em que o

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Web. Professor: Guilherme Luiz Frufrek Email: frufrek@utfpr.edu.br http://paginapessoal.utfpr.edu.

Gerenciamento de Projetos Web. Professor: Guilherme Luiz Frufrek Email: frufrek@utfpr.edu.br http://paginapessoal.utfpr.edu. Gerenciamento de Projetos Web Professor: Guilherme Luiz Frufrek Email: frufrek@utfpr.edu.br http://paginapessoal.utfpr.edu.br/frufrek Possui Especialização em Engenharia de Software e Banco de Dados pela

Leia mais

Gerenciamento de Projeto: Monitorando e Controlando o Projeto II. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Gerenciamento de Projeto: Monitorando e Controlando o Projeto II. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Gerenciamento de Projeto: Monitorando e Controlando o Projeto II Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Reportar o Desempenho Realizar o Controle Integrado de Mudanças Reportar o

Leia mais

Visão Geral sobre Gestão de Projetos e Iniciação de Projetos Aula 2

Visão Geral sobre Gestão de Projetos e Iniciação de Projetos Aula 2 Visão Geral sobre Gestão de Projetos e Iniciação de Projetos Aula 2 Miriam Regina Xavier de Barros, PMP mxbarros@uol.com.br Agenda Bibliografia e Avaliação 1. Visão Geral sobre o PMI e o PMBOK 2. Introdução

Leia mais

Aula 2 Governança do projeto Papéis e Responsabilidades

Aula 2 Governança do projeto Papéis e Responsabilidades Aula 2 Governança do projeto Papéis e Responsabilidades Objetivos da Aula: Nesta aula, iremos conhecer os diversos papéis e responsabilidades das pessoas ou grupos de pessoas envolvidas na realização de

Leia mais

Análise de Processos do PMBOK em uma Fábrica de Software Um Estudo de Caso

Análise de Processos do PMBOK em uma Fábrica de Software Um Estudo de Caso Análise de Processos do PMBOK em uma Fábrica de Software Um Estudo de Caso Carlos Alberto Rovedder, Gustavo Zanini Kantorski Curso de Sistemas de Informação Universidade Luterana do Brasil (ULBRA) Campus

Leia mais

METODOLOGIA DE GERENCIAMENTO DE PROJETO DE SOFTWARE ORIENTADO A OBJETO COM PMBOK

METODOLOGIA DE GERENCIAMENTO DE PROJETO DE SOFTWARE ORIENTADO A OBJETO COM PMBOK V EPCC Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 23 a 26 de outubro de 2007 METODOLOGIA DE GERENCIAMENTO DE PROJETO DE SOFTWARE ORIENTADO A OBJETO COM PMBOK Cleber Lecheta Franchini 1 Resumo:

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA EXECUTIVA

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA EXECUTIVA PROGRAMA DE MODERNIZAÇÃO INTEGRADA DO MINISTÉRIO DA FAZENDA - PMIMF MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA EXECUTIVA ATORES DA REDE DE INOVAÇÃO 2 O MODELO CONTEMPLA: Premissas e diretrizes de implementação Modelo

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo II Ciclo de Vida e Organização do Projeto

Gerenciamento de Projetos Modulo II Ciclo de Vida e Organização do Projeto Gerenciamento de Projetos Modulo II Ciclo de Vida e Organização do Projeto Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com PMBoK Organização do Projeto Os projetos e o gerenciamento

Leia mais

Gestão da Tecnologia da Informação

Gestão da Tecnologia da Informação TLCne-051027-P0 Gestão da Tecnologia da Informação Disciplina: Governança de TI São Paulo, Outubro de 2012 0 Sumário TLCne-051027-P1 Conteúdo desta Aula Abordar o domínio Adquirir e Implementar e todos

Leia mais

3 Gerenciamento de Projetos

3 Gerenciamento de Projetos 34 3 Gerenciamento de Projetos Neste capítulo, será abordado o tema de gerenciamento de projetos, iniciando na seção 3.1 um estudo de bibliografia sobre a definição do tema e a origem deste estudo. Na

Leia mais

Gerência de Projetos de Software CMM & PMBOK

Gerência de Projetos de Software CMM & PMBOK Gerência de Projetos de Software CMM & PMBOK http://www.sei.cmu.edu/ Prefácio do CMM Após várias décadas de promessas não cumpridas sobre ganhos de produtividade e qualidade na aplicação de novas metodologias

Leia mais

Tecnologia em Gestão Pública Desenvolvimento de Projetos - Aula 9 Prof. Rafael Roesler

Tecnologia em Gestão Pública Desenvolvimento de Projetos - Aula 9 Prof. Rafael Roesler Tecnologia em Gestão Pública Desenvolvimento de Projetos - Aula 9 Prof. Rafael Roesler Introdução Objetivos da Gestão dos Custos Processos da Gerência de Custos Planejamento dos recursos Estimativa dos

Leia mais

Módulo 2: Gerenciamento de Escopo, Tempo e Custos do Projeto

Módulo 2: Gerenciamento de Escopo, Tempo e Custos do Projeto ENAP Diretoria de Desenvolvimento Gerencial Coordenação Geral de Educação a Distância Gerência de Projetos - Teoria e Prática Conteúdo para impressão Módulo 2: Gerenciamento de Escopo, Tempo e Custos do

Leia mais

Objetivos da aula. Planejamento, Execução e Controle de Projetos de Software. O que é um plano de projeto? O que é um projeto?

Objetivos da aula. Planejamento, Execução e Controle de Projetos de Software. O que é um plano de projeto? O que é um projeto? Planejamento, Execução e Controle de Projetos de Software. Objetivos da aula 1) Dizer o que é gerenciamento de projetos e a sua importância; 2) Identificar os grupos de processos do gerenciamento de projetos

Leia mais

Gerenciamento de Riscos em Projetos. Parte 10. Gerenciamento de Projetos Espaciais CSE- 325. Docente: Petrônio Noronha de Souza

Gerenciamento de Riscos em Projetos. Parte 10. Gerenciamento de Projetos Espaciais CSE- 325. Docente: Petrônio Noronha de Souza Gerenciamento de Riscos em Projetos Parte 10 Gerenciamento de Projetos Espaciais CSE- 325 Docente: Petrônio Noronha de Souza Curso: Engenharia e Tecnologia Espaciais Concentração: Engenharia e Gerenciamento

Leia mais

Introdução. Gerência de Projetos de Software. Sumário. Sistemas de Informação para Processos Produtivos

Introdução. Gerência de Projetos de Software. Sumário. Sistemas de Informação para Processos Produtivos Sumário Sistemas de Informação para Processos Produtivos 1. Gerência de 2. Agentes principais e seus papéis 3. Ciclo de vida do gerenciamento de projetos M. Sc. Luiz Alberto lasf.bel@gmail.com Módulo 6

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 10 PROFª BRUNO CALEGARO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 10 PROFª BRUNO CALEGARO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 10 PROFª BRUNO CALEGARO Santa Maria, 10 de Outubro de 2013. Revisão aula anterior Documento de Requisitos Estrutura Padrões Template Descoberta

Leia mais

Novidades do Guia PMBOK 5a edição

Novidades do Guia PMBOK 5a edição Novidades do Guia PMBOK 5a edição Mauro Sotille, PMP O Guia PMBOK 5 a edição (A Guide to the Project Management Body of Knowledge (PMBOK Guide) Fifth Edition), em Inglês, vai ser lançado oficialmente pelo

Leia mais

Gerenciamento de Projetos. Prof. Dr. Rodolfo Miranda de Barros rodolfomdebarros@gmail.com

Gerenciamento de Projetos. Prof. Dr. Rodolfo Miranda de Barros rodolfomdebarros@gmail.com Gerenciamento de Projetos Prof. Dr. Rodolfo Miranda de Barros rodolfomdebarros@gmail.com MODELO DE GERENCIAMENTO PMI PMI (Project Management Institute); O modelo PMI é divido em áreas de conhecimento da

Leia mais

Combinando a norma ISO 10006 e o guia PMBOK para garantir sucesso em projetos

Combinando a norma ISO 10006 e o guia PMBOK para garantir sucesso em projetos Combinando a norma ISO 10006 e o guia PMBOK para garantir sucesso em projetos Combining the ISO 10006 and PMBOK to ensure successful projects 1 Por Michael Stanleigh Tradução e adaptação para fins didáticos

Leia mais

GESTÃO DE PROJETOS. Prof. Anderson Valadares

GESTÃO DE PROJETOS. Prof. Anderson Valadares GESTÃO DE PROJETOS Prof. Anderson Valadares Projeto Empreendimento temporário Realizado por pessoas Restrições de recursos Cria produtos, ou serviços ou resultado exclusivo Planejado, executado e controlado

Leia mais

definido por um documento de padronização. A Fig. 1 representa a organização dos Grupos de Processos juntamente com os documentos exigidos.

definido por um documento de padronização. A Fig. 1 representa a organização dos Grupos de Processos juntamente com os documentos exigidos. A GESTÃO DE PROJETOS EXISTENTE NA NORMA DO-178B Matheus da Silva Souza, matheusdasilvasouza@gmail.com Prof. Dr. Luiz Alberto Vieira Dias, vdias@ita.br Instituto Tecnológico de Aeronáutica Praça Marechal

Leia mais

GERÊNCIA DE INTEGRAÇÃO DO PROJETO

GERÊNCIA DE INTEGRAÇÃO DO PROJETO GERÊNCIA DE INTEGRAÇÃO DO PROJETO Estevanir Sausen¹, Patricia Mozzaquatro² ¹Acadêmico do Curso de Ciência da Computação ²Professor(a) do Curso de Ciência da Computação Universidade de Cruz Alta (UNICRUZ)

Leia mais

Novidades do Guia PMBOK 5ª edição

Novidades do Guia PMBOK 5ª edição Novidades do Guia PMBOK 5ª edição Mauro Sotille, PMP O Guia PMBOK 5 a edição (A Guide to the Project Management Body of Knowledge (PMBOK Guide) Fifth Edition), em Inglês, foi lançado oficialmente pelo

Leia mais

Trilhas Técnicas SBSI - 2014

Trilhas Técnicas SBSI - 2014 brunoronha@gmail.com, germanofenner@gmail.com, albertosampaio@ufc.br Brito (2012), os escritórios de gerenciamento de projetos são importantes para o fomento de mudanças, bem como para a melhoria da eficiência

Leia mais

Qualidade na gestão de projeto de desenvolvimento de software

Qualidade na gestão de projeto de desenvolvimento de software Qualidade na gestão de projeto de desenvolvimento de software [...] O que é a Qualidade? A qualidade é uma característica intrínseca e multifacetada de um produto (BASILI, et al, 1991; TAUSWORTHE, 1995).

Leia mais

Planejamento e Gerência de Projetos de Software. Prof.: Ivon Rodrigues Canedo. PUC Goiás

Planejamento e Gerência de Projetos de Software. Prof.: Ivon Rodrigues Canedo. PUC Goiás Planejamento e Gerência de Projetos de Software Prof.: Ivon Rodrigues Canedo PUC Goiás Projeto É um trabalho que visa a criação de um produto ou de serviço específico, temporário, não repetitivo e que

Leia mais

PLANEJAMENTO - ESCOPO - TEMPO - CUSTO

PLANEJAMENTO - ESCOPO - TEMPO - CUSTO PLANEJAMENTO - ESCOPO - TEMPO - CUSTO PAULO SÉRGIO LORENA Julho/2011 1 Planejamento escopo, tempo e custo PROGRAMA DA DISCIPLINA Apresentação professor Programa da disciplina Avaliação Introdução Processos

Leia mais

Título da apresentação Curso Gestão de Projetos I (Verdana, cor branca) Curso de Desenvolvimento de Servidores - CDS

Título da apresentação Curso Gestão de Projetos I (Verdana, cor branca) Curso de Desenvolvimento de Servidores - CDS Título da apresentação Curso Gestão de Projetos I (Verdana, cor branca) Curso de Desenvolvimento de Servidores - CDS Prof. Instrutor Elton Siqueira (a) (Arial Moura preto) CURSO DE GESTÃO DE PROJETOS I

Leia mais

Gerenciamento do Escopo do Projeto Produto do Projeto

Gerenciamento do Escopo do Projeto Produto do Projeto Gerenciamento do Escopo do Projeto Produto do Projeto 5. Gerenciamento do escopo do projeto PMBOK 2000 PMBOK 2004 5.1 Iniciação *** Reescrita e transferida para o capítulo 4 5.2 Planejamento do escopo

Leia mais

C O B I T. Gerenciamento dos Riscos Mitigação. Aceitação. Transferência. Evitar/Eliminar.

C O B I T. Gerenciamento dos Riscos Mitigação. Aceitação. Transferência. Evitar/Eliminar. C O B I T Evolução Estratégica A) Provedor de Tecnologia Gerenciamento de Infra-estrutura de TI (ITIM) B) Provedor de Serviços Gerenciamento de Serviços de TI (ITSM) C) Parceiro Estratégico Governança

Leia mais

Um passo inicial para aplicação do gerenciamento de projetos em pequenas empresas

Um passo inicial para aplicação do gerenciamento de projetos em pequenas empresas Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gestão de Projetos Aperfeiçoamento/GPPP1301 T132 09 de outubro de 2013 Um passo inicial para aplicação do gerenciamento de s em pequenas empresas Heinrich

Leia mais

Plataforma da Informação. Gerenciamento de Projetos

Plataforma da Informação. Gerenciamento de Projetos Plataforma da Informação Gerenciamento de Projetos Motivação Por que devemos fazer Projetos? - O aprendizado por projetos, faz parte de um dos três pilares de formação do MEJ; -Projetos são oportunidades

Leia mais

Engenharia de Software II: Criando a EAP e planejando a Qualidade. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Engenharia de Software II: Criando a EAP e planejando a Qualidade. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Engenharia de Software II: Criando a EAP e planejando a Qualidade Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Criando EAP. Planejando a qualidade. Criando a Estrutura Analítica do Projeto

Leia mais

Introdução a Gerenciamento de Projetos Prof. MSc. Fábio Assunção

Introdução a Gerenciamento de Projetos Prof. MSc. Fábio Assunção Introdução a Gerenciamento de Projetos Prof. MSc. Fábio Assunção Um projeto é um esforço temporário realizado para criar um produto ou serviço único. Ou seja, é desenvolvido a partir de uma ideia, progredindo

Leia mais

Projetos na área de TI. Prof. Hélio Engholm Jr

Projetos na área de TI. Prof. Hélio Engholm Jr Projetos na área de TI Prof. Hélio Engholm Jr Projetos de Software Ciclo de Vida do Projeto Concepção Iniciação Encerramento Planejamento Execução e Controle Revisão Ciclo de Vida do Produto Processos

Leia mais

Aula Nº 13 Fechamento do projeto

Aula Nº 13 Fechamento do projeto Aula Nº 13 Fechamento do projeto Objetivos da Aula: Os objetivos desta aula visam apresentar como se encerra o ciclo de vida de um projeto. Para tal, pretende-se verificar as derradeiras providências que

Leia mais

Referências internas são os artefatos usados para ajudar na elaboração do PT tais como:

Referências internas são os artefatos usados para ajudar na elaboração do PT tais como: Plano de Teste (resumo do documento) I Introdução Identificador do Plano de Teste Esse campo deve especificar um identificador único para reconhecimento do Plano de Teste. Pode ser inclusive um código

Leia mais

Gerenciamento de Recursos Humanos de Projetos. Parte 08. Gerenciamento de Projetos Espaciais CSE- 325. Docente: Petrônio Noronha de Souza

Gerenciamento de Recursos Humanos de Projetos. Parte 08. Gerenciamento de Projetos Espaciais CSE- 325. Docente: Petrônio Noronha de Souza Gerenciamento de Recursos Humanos de Projetos Parte 08 Gerenciamento de Projetos Espaciais CSE- 325 Docente: Petrônio Noronha de Souza Curso: Engenharia e Tecnologia Espaciais Concentração: Engenharia

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PROJETOS

GERENCIAMENTO DE PROJETOS GERENCIAMENTO DE PROJETOS O que é um Projeto? Regra Início e fim definidos Destinado a atingir um produto ou serviço único Escopo definido Características Sequência clara e lógica de eventos Elaboração

Leia mais