Liderança e Gestão Pedagógica: foco nos resultados da aprendizagem dos alunos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Liderança e Gestão Pedagógica: foco nos resultados da aprendizagem dos alunos"

Transcrição

1 Liderança e Gestão Pedagógica: foco nos resultados da aprendizagem dos alunos Encontro de Lideranças do PIP - Municipal Belo Horizonte, 05 e 06 de setembro de 2013 Implementação dos CBC Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais Subsecretaria de Desenvolvimento da Educação Básica Superintendência de Desenvolvimento da Educação Infantil e Fundamental

2 Alice perguntou: _ Pode me dizer que caminho devo seguir para sair daqui? _ Isso depende do lugar para onde você deseja ir respondeu o gato. _ O lugar para onde desejo ir? Francamente, para mim, tanto faz. _ Nesse caso, tanto faz o caminho que você seguirá. Lewis Carrol in Alice no País das Maravilhas

3 LIDERANÇA é A dedicação, a visão, os valores e a integridade que inspira os outros a trabalharem conjuntamente para atingir metas coletivas. Heloisa Lück 3

4 LIDERANÇA Líder é alguém que possui seguidores. Popularidade não é Liderança. Resultados com foco em pessoas, sim. Líderes servem de exemplo, através da visão, desempenho, padrões e valores. O líder é definido pelas próprias contribuições e não por sua posição na organização.

5 LIDERANÇA ADMINISTRAÇÃO Diz respeito ao enfrentamento da mudança Diz respeito ao enfrentamento da complexidade A coisa certa O jeito certo Estabelece a direção pela:.definição da visão de futuro.comunica a visão.inspira as pessoas a superar os obstáculos Sucesso da Instituição: liderança precisa vir primeiro Traz ordem e consistência por meio de:.planos formais.estrutura e monitoramento de resultados 5

6 O que é fundamental em sua gestão hoje? Liderança Resolve o que é mais importante Administração/ Gerência Coloca o mais importante em primeiro lugar no dia-a-dia, a cada momento Administração ou gerência eficaz Fazer primeiro o mais importante As coisas mais importantes nunca devem ficar à mercê das menos importantes. Goethe 6 6

7 O Gestor-Líder ou Líder-Gestor é capaz de provocar a transformação e manter a ordem e assim desenvolver organizações e pessoas ao longo do tempo. LIDERANÇA Provoca mudança e transformação INDICA A DIREÇÃO Desenvolve a visão Determina as estratégias COORDENA COLABORADORES Comunica objetivos Busca engajamento ESTIMULA E ENTUSIASMA Inspira Desafia Desenvolve GESTÃO Provoca ordem e consistência PLANEJA E FAZ ORÇAMENTO Define metas Elabora planos e cronogramas Distribui recursos Gerencia pessoas ORGANIZA Define estrutura Estabelece políticas, regras e procedimentos CONTROLA Avalia resultados X metas

8 Funções gerenciais na Administração Pública Buscar formas de descentralizar e flexibilizar a gestão em nível das equipes que estão próximas do usuário / beneficiário da ação governamental SME / Equipe Municipal do PIP / Escolas

9 A liderança é gestão de energia, primeiramente própria e depois dos outros. Drucker Liderança significa responsabilidade: o que eu quero X o que precisa ser feito

10 DESAFIOS Desafio de sustentação de altos níveis de energia Um dos maiores desafios do Gestor Líder é manter a energia e o entusiasmo em alta, incentivar as pessoas para um maior envolvimento, comunicar continuamente os novos sucessos e simultaneamente assegurar o foco claro comum da organização.

11 REQUISITOS PARA O SUCESSO NA LIDERANÇA FEEDBACK COMUNICAÇÃO

12 Os comportamentos das lideranças transformacionais nas 4 dimensões: DIMENSÕES COMPORTAMENTO EXEMPLAR MOTIVAÇÃO INSPIRADORA ESTÍMULO INTELECTUAL CONSIDERAÇÃO INDIVIDUAL COMPORTAMENTOS DO LÍDER TRANSFORMACIONAL Transmite entusiasmo Atua como pessoa de referência Procede de forma íntegra Motiva através de visão e missão cativantes Entusiasma emocionalmente Intensifica a importância de objetivos e metas Rompe padrões de modo de pensar Intermedia novos conhecimentos Considera e encoraja os colaboradores individualmente Fortalece a autoconfiança

13 MOTIVAÇÃO POR QUÊ? QUADRO APRESENTADO PELO COLABORADOR MOTIVADO COLABORADOR MOTIVADO FACILIDADE DE RELACIONAMENTOS PROATIVIDADE E INICIATIVA ENTUSIASMO ALTO DESEMPENHO SUPERA EXPECTATIVAS E DESAFIOS

14 MOTIVAÇÃO POR QUÊ? SINTOMAS DA FALTA DE MOTIVAÇÃO COLABORADOR DESMOTIVADO AMBIENTE NÃO COOPERATIVO APATIA FALTA DE VITALIDADE DESINTERESSE PELO TRABALHO FALTA DE INICIATIVA

15 Liderando Equipes O princípio da MOTIVAÇÃO Do latim motivare = se dirigir em relação a um alvo MOTIVO + AÇÃO = MOTIVAÇÃO. MOTIVAÇÃO = motivos para a Ação Força que nos impulsiona a agir Comprometimento Engajamento

16 Como as pessoas se comprometem? Elas se comprometem com aquilo que consideram importante para elas!!!

17 As pessoas se engajam quando... Tem clareza do que é esperado delas Acreditam na idéia. Consideram que ela faz sentido Percebem que é para valer Têm consciência de que são capazes de fazer Se sentem úteis e importantes As relações são saudáveis Sentem que são reconhecidas

18 Importante: Expectativas altas Desempenho alto As expectativas altas e realistas do líder levam ao alto desempenho do liderado

19 O senhor... Mire e veja: o mais importante e bonito, do mundo, é isto: que as pessoas não estão sempre iguais, ainda não foram terminadas mas que elas vão sempre mudando. Afinam ou desafinam. Guimarães Rosa

20 CINCO competências essenciais na arte de liderar 1 Abrir a mente: O líder fica atento àquilo que muda e está sempre disposto a aprender. 2 Elevar a Equipe: O líder não cresce sozinho, sua equipe cresce com ele. 20

21 3 Recrear o Espírito: O líder transforma o ambiente de trabalho em um lugar prazeroso, de alegria e entusiasmo. 4 Inovar no trabalho: O líder se reinventa, inova, busca novos métodos e soluções. 5 Ter visão de futuro: O líder planeja coletivamente, enxerga longe, pensa nas estratégias, nas condições e possibilidades. 21

22 Liderando Equipes: o princípio da Humildade Gente que não tem dúvida só é capaz de repetir. Cortella Humildade x Arrogância Saber que não sabe e admitir: ato de sabedoria Olhar o outro como fonte de conhecimento para mim O outro me renova, nós nos renovamos

23 Liderando Equipes: Os Conflitos Ninguém deveria temer as diferenças DIFERENÇAS Podem ser transformadas em ação colaboradora. CONFLITO Jamais será totalmente resolvido. É o maior desviador de energia. Lidar com as diferenças nem sempre é fácil, pois exige que reconheçamos nossas limitações, falhas e dificuldades Francisco M. Santos

24 Cultura da Amabilidade Uma filosofia que abrange 3 verdades: 1. As pessoas são bacanas umas com as outras 2. As relações são personalizadas 3. Existe humildade Ambiente saudável, relacionamentos positivos, alegria, gentileza

25 Abrace sua Equipe, seus alunos abraço : qualquer ato, gesto ou movimento positivo que personaliza uma relação e faz a pessoa se sentir valorizada, respeitada, reconhecida. A cultura do abraço capacita as pessoas a serem elas mesmas e a crescerem. Praticando o abraço

26 - Os contextos das escolas brasileiras são diversos (...) (...)apesar da diversidade, há direitos de aprendizagem que são comuns, tal como o direito à alfabetização. (Silva, Leal e Lima Caderno2, Ed. Campo, Pacto)

27 Seja no campo, seja na cidade, as crianças tem o direito de acesso à escrita(...). (...)é preciso reconhecer a diversidade de espaços educativos, mas não abrir mão do dever que a escola tem de garantir que todos tenham condições de se apropriar da leitura e da escrita(...). (Silva, Leal e Lima Caderno2, Ed. Campo, Pacto)

28 A EQUIPE MUNICIPAL DO PIP/ATC QUE FAZ A DIFERENÇA PLANEJA LIDERA ORIENTA RESPONSABILIZA ACOMPANHA/MONITORA ARTICULA APOIA MOTIVA AVALIA ESTUDA Coloca a gestão pedagógica como eixo de seu trabalho 28

29 A finalidade de todo o trabalho do Diretor Escolar é garantir que a relação entre ensino e aprendizagem se concretize (...) As questões burocráticas e administrativas são apenas meios para concretizar as propostas pedagógicas. Vitor H. Paro / USP

30 Características do líder Consciente (Abílio Diniz) 1) Humildade: ninguém sabe tudo. Saber ouvir os outros, receber críticas, ser autêntico 2) Determinação e garra: saber o que se quer e onde chegar; superar desafios 3) Disciplina: organização, velocidade, capacidade de administrar o próprio tempo; delegar tarefas e acompanhar 4) Equilíbrio emocional: agir com amor e simplicidade; estar satisfeita e feliz com o papel que desempenha

31 A liderança é mais do que apenas liderar; é prover as oportunidades para que outros possam crescer e contribuir, ainda mais, para as realizações mais amplas da organização. Wynn & Guditus Você obtém o melhor esforço dos outros não por acender uma fogueira sob seus Muito Obrigada! Contem sempre conosco! Fite/SIF/SB/SEE pés, mas por atear um incêndio dentro deles. Bob Nelson 31

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LI ESTAMOS PASSANDO PELA MAIOR TRANSFORMAÇÃO NA HISTÓRIA DA HUMANIDADE. VALORIZAR PESSOAS

Leia mais

Liderança Estratégica

Liderança Estratégica Liderança Estratégica A título de preparação individual e antecipada para a palestra sobre o tema de Liderança Estratégica, sugere-se a leitura dos textos indicados a seguir. O PAPEL DE COACHING NA AUTO-RENOVAÇÃO

Leia mais

Princípios de Liderança

Princípios de Liderança Princípios de Liderança LIDERANÇA E COACH www.liderancaecoach.com.br / liderancaecoach ÍNDICE Liderança Chefe x Líder O que um líder não deve fazer Dicas para ser um líder de sucesso Para liderar uma equipe

Leia mais

Prof Elly Astrid Vedam

Prof Elly Astrid Vedam Prof Elly Astrid Vedam Despertar e saber lidar com os mecanismos de liderança e se preparar para a gestão de pequenos e médios negócios; Identificar conflitos no ambiente de seu negócio, calculando e avaliando

Leia mais

REFLEXÃO. (Warren Bennis)

REFLEXÃO. (Warren Bennis) RÉSUMÉ Consultora nas áreas de Desenvolvimento Organizacional e Gestão de Pessoas; Docente de Pós- Graduação; Coaching Experiência de mais de 31 anos na iniciativa privada e pública; Doutorado em Administração;

Leia mais

Indicadores de Rendimento do Voluntariado Corporativo

Indicadores de Rendimento do Voluntariado Corporativo Indicadores de Rendimento do Voluntariado Corporativo Avaliação desenvolvida por Mónica Galiano e Kenn Allen, publicado originalmente no livro The Big Tent: Corporate Volunteering in the Global Age. Texto

Leia mais

Um dos melhores Programas de Capacitação de Líderes do Mundo

Um dos melhores Programas de Capacitação de Líderes do Mundo Um dos melhores Programas de Capacitação de Líderes do Mundo O Leader Coaching Traning é um programa de treinamento em Coaching para Líderes, licenciado pela World Federation of Coaching (WFC), entidade

Leia mais

remuneração para ADVOGADOS advocobrasil Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados porque a mudança é essencial

remuneração para ADVOGADOS advocobrasil Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados porque a mudança é essencial remuneração para ADVOGADOS Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados advocobrasil Não ter uma política de remuneração é péssimo, ter uma "mais ou menos" é pior ainda. Uma das

Leia mais

E-BOOK LIDERANÇA. Os 5 comportamentos indispensáveis para um líder de sucesso! PRISCILLA BELLETATE. - Coach de Liderança -

E-BOOK LIDERANÇA. Os 5 comportamentos indispensáveis para um líder de sucesso! PRISCILLA BELLETATE. - Coach de Liderança - E-BOOK LIDERANÇA Os 5 comportamentos indispensáveis para um líder de sucesso! PRISCILLA BELLETATE - Coach de Liderança - SUMÁRIO Capítulo 1 - Introdução Capítulo 2 Os 5 comportamentos Capítulo 3 - Conclusão

Leia mais

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey Executivos em todos os níveis consideram que a sustentabilidade tem um papel comercial importante. Porém, quando se trata

Leia mais

Perfil de estilos de personalidade

Perfil de estilos de personalidade Relatório confidencial de Maria D. Apresentando Estilos de venda Administrador: Juan P., (Sample) de conclusão do teste: 2014 Versão do teste: Perfil de estilos de personalidade caracterizando estilos

Leia mais

Ana Cláudia Braga Mendonça

Ana Cláudia Braga Mendonça Plano de Cargos e Salários CSJT OCUPAÇÃO DE FUNÇÃO COMISSIONADA E CARGO EM COMISSÃO I - FUNÇÕES COMISSIONADAS (FC-1 - FC-6) 80% > servidores integrantes das Carreiras do Poder Judiciário da União; (Art.3º)

Leia mais

Sugerindo e discutindo ferramentas de monitoramento do PIP/ATC - Municipal

Sugerindo e discutindo ferramentas de monitoramento do PIP/ATC - Municipal Sugerindo e discutindo ferramentas de monitoramento do PIP/ATC - Municipal Encontro de Lideranças do PIP Municipal Belo Horizonte, 05 e 06 de setembro de 2013 Secretaria de Estado de Educação de Minas

Leia mais

Como se tornar um líder de Sucesso!

Como se tornar um líder de Sucesso! Como se tornar um líder de Sucesso! Os 10 mandamentos do Como se tornar um líder de Sucesso! O líder é responsável pelo sucesso ou fracasso de uma organização. A liderança exige de qualquer pessoa, paciência,

Leia mais

O FATOR HUMANO EM PROJETOS DE TI

O FATOR HUMANO EM PROJETOS DE TI 1 O FATOR HUMANO EM PROJETOS DE TI 2 INTRODUÇÃO O FATOR HUMANO E OS FATORES QUE IMPACTAM PROCESSOS EM PROJETOS DE TI Mudança de paradigma: humano é o ponto central fator humano Processos Normas Normas

Leia mais

liderança conceito Sumário Liderança para potenciais e novos gestores

liderança conceito Sumário Liderança para potenciais e novos gestores Sumário Liderança para potenciais e novos gestores conceito Conceito de Liderança Competências do Líder Estilos de Liderança Habilidades Básicas Equipe de alta performance Habilidade com Pessoas Autoestima

Leia mais

Luiz Ildebrando Pierry Porto Alegre, Maio de 2006

Luiz Ildebrando Pierry Porto Alegre, Maio de 2006 Luiz Ildebrando Pierry Porto Alegre, Maio de 2006 Evolução Estratégica do Movimento Qualidade RS 13 anos de atividade Instalação do Programa Cumulativo Consolidação do Programa como Promotor da Causa Evolução

Leia mais

É habilidade de influenciar pessoas para trabalharem visando atingir aos objetivos identificados como sendo para o bem comum.

É habilidade de influenciar pessoas para trabalharem visando atingir aos objetivos identificados como sendo para o bem comum. Bem-Vindos! É habilidade de influenciar pessoas para trabalharem visando atingir aos objetivos identificados como sendo para o bem comum. Fonte: O Monge e o Executivo, James C. Hunter. ... é uma noção

Leia mais

Motivação e liderança para melhores resultados. Tema: Assunto: José Clemente Rezende Confiança Supermercados e-mail: jclemente@confianca.com.

Motivação e liderança para melhores resultados. Tema: Assunto: José Clemente Rezende Confiança Supermercados e-mail: jclemente@confianca.com. Tema: Assunto: Apresentador: Motivação e liderança para melhores resultados Valorizando o colaborador José Clemente Rezende Confiança Supermercados e-mail: jclemente@confianca.com.br Valorizando o colaborador

Leia mais

RESUMO DE CONCLUSÃO DE CURSO

RESUMO DE CONCLUSÃO DE CURSO RESUMO DE CONCLUSÃO DE CURSO CONCEITO Empreendedorismo é o estudo voltado para o desenvolvimento de competências e habilidades relacionadas à criação de um projeto (técnico, científico, empresarial). Tem

Leia mais

CAFÉ DA MANHÃ COM GESTÃO

CAFÉ DA MANHÃ COM GESTÃO CAFÉ DA MANHÃ COM GESTÃO Todas as sextas-feiras das 08 as 09. Pontualmente Cada sexta se escolhe o palestrante da próxima Tema relacionado à Gestão. Escolha do sorteado Todos os gerentes da SEPLAG e interessados

Leia mais

Trabalho em Equipe e Educação Permanente para o SUS: A Experiência do CDG-SUS-MT. Fátima Ticianel CDG-SUS/UFMT/ISC-NDS

Trabalho em Equipe e Educação Permanente para o SUS: A Experiência do CDG-SUS-MT. Fátima Ticianel CDG-SUS/UFMT/ISC-NDS Trabalho em Equipe e Educação Permanente para o SUS: A Experiência do CDG-SUS-MT Proposta do CDG-SUS Desenvolver pessoas e suas práticas de gestão e do cuidado em saúde. Perspectiva da ética e da integralidade

Leia mais

Fulano de Tal. Relatório Combinado Extended DISC : Análise Comportamental x Feedback 360 FINXS 09.12.2014

Fulano de Tal. Relatório Combinado Extended DISC : Análise Comportamental x Feedback 360 FINXS 09.12.2014 Relatório Combinado Extended DISC : Análise Comportamental x Feedback 360 Este relatório baseia-se nas respostas apresentadas no Inventário de Análise Pessoal comportamentos observados através questionário

Leia mais

GESTOR DE SEGURANÇA. CBO 2526-05 - Gestor em segurança

GESTOR DE SEGURANÇA. CBO 2526-05 - Gestor em segurança GESTOR DE SEGURANÇA CBO 2526-05 - Gestor em segurança mirianbazote@portseg.com.br Mirian Bazote Graduada em Administração de Empresas Graduada em Direito Pós Graduada em Direito do Trabalho e Previdência

Leia mais

PROFISSIONALISMO INTERATIVO E ORIENTAÇÕES PARA A AÇÃO

PROFISSIONALISMO INTERATIVO E ORIENTAÇÕES PARA A AÇÃO 15/04/15 PROFISSIONALISMO INTERATIVO E ORIENTAÇÕES PARA A AÇÃO A escola como organização aprendente: buscando uma educação de qualidade. Michael Fullan e Andy Hargreaves. Escolas que aprendem são as que

Leia mais

Ser sincero em sua crença de que todos devem ir para casa todos os dias com segurança e saúde - demonstre que você se importa.

Ser sincero em sua crença de que todos devem ir para casa todos os dias com segurança e saúde - demonstre que você se importa. A Liderança Faz a Diferença Guia de Gerenciamento de Riscos Fatais Introdução 2 A prevenção de doenças e acidentes ocupacionais ocorre em duas esferas de controle distintas, mas concomitantes: uma que

Leia mais

Quais são os objetivos dessa Política?

Quais são os objetivos dessa Política? A Conab possui uma Política de Gestão de Desempenho que define procedimentos e regulamenta a prática de avaliação de desempenho dos seus empregados, baseada num Sistema de Gestão de Competências. Esse

Leia mais

O movimento de modernização da gestão pública no Brasil e seus desafios

O movimento de modernização da gestão pública no Brasil e seus desafios O movimento de modernização da gestão pública no Brasil e seus desafios 10 de Novembro de 2011 2º Congresso de Gestão do Ministério Público Informação confidencial e de propriedade da Macroplan Prospectiva

Leia mais

www.verriveritatis.com.br

www.verriveritatis.com.br INTELIGÊNCIA ESPIRITUAL EM PROJETOS Por quê? Esta é uma pergunta com um infinito número de respostas, dependendo do contexto. Quando um membro da Equipe pergunta por que um determinado desafio corporativo

Leia mais

OS 14 PONTOS DA FILOSOFIA DE DEMING

OS 14 PONTOS DA FILOSOFIA DE DEMING OS 14 PONTOS DA FILOSOFIA DE DEMING 1. Estabelecer a constância de propósitos para a melhoria dos bens e serviços A alta administração deve demonstrar constantemente seu comprometimento com os objetivos

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SOROCABA

UNIVERSIDADE DE SOROCABA UNIVERSIDADE DE SOROCABA PRÓ REITORIA DE GRADUAÇÃO CURSO DE GESTÃO EM RECURSOS HUMANOS Alessandra dos Santos Silva Helenice Moraes Rosa Roseneia Farias Gazoli Valdilene Batista de Lima O QUE PODEMOS APRENDER

Leia mais

Título do Case: Departamento Comercial com foco nas expectativas do cliente Categoria: Projeto Interno

Título do Case: Departamento Comercial com foco nas expectativas do cliente Categoria: Projeto Interno Título do Case: Departamento Comercial com foco nas expectativas do cliente Categoria: Projeto Interno Resumo O presente case mostra como ocorreu o processo de implantação do Departamento Comercial em

Leia mais

Missão, Visão e Valores

Missão, Visão e Valores , Visão e Valores Disciplina: Planejamento Estratégico Página: 1 Aula: 12 Introdução Página: 2 A primeira etapa no Planejamento Estratégico é estabelecer missão, visão e valores para a Organização; As

Leia mais

CONHECER E VIVER A CARTA DA TERRA

CONHECER E VIVER A CARTA DA TERRA CONHECER E VIVER A CARTA DA TERRA A Carta da Terra é o ponto de partida Deixe que a Carta da Terra seja seu guia básico quando estiver planejando e agindo para tornar realidade a visão da Carta da Terra.

Leia mais

GESTÃO DE GENTE. Modelo de Competências da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro ALINHAMENTO DE METAS E AÇÕES. O nosso jeito de servir: Sou + o Rio

GESTÃO DE GENTE. Modelo de Competências da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro ALINHAMENTO DE METAS E AÇÕES. O nosso jeito de servir: Sou + o Rio Secretaria da Casa Civil Modelo de Competências da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro O nosso jeito de servir: Sou + o Rio GESTÃO DE GENTE ALINHAMENTO DE METAS E AÇÕES Conteúdo 1 2 3 4 Objetivo O que

Leia mais

Ano: 2012 MATRIZ DE COMPETÊNCIAS COMPORTAMENTAIS. Realiza Consultoria Empresarial Ltda. www.consultoriarealiza.com.br www.flaviopimentel.com.

Ano: 2012 MATRIZ DE COMPETÊNCIAS COMPORTAMENTAIS. Realiza Consultoria Empresarial Ltda. www.consultoriarealiza.com.br www.flaviopimentel.com. Ano: 2012 MATRIZ DE COMPETÊNCIAS COMPORTAMENTAIS Realiza Consultoria Empresarial Ltda. www.consultoriarealiza.com.br www.flaviopimentel.com.br MATRIZ DE COMPETÊNCIAS COMPORTAMENTAIS Alinhadas às Diretrizes

Leia mais

Avaliação Confidencial

Avaliação Confidencial Avaliação Confidencial AVALIAÇÃO 360 2 ÍNDICE Introdução 3 A Roda da Liderança 4 Indicadores das Maiores e Menores Notas 7 GAPs 8 Pilares da Estratégia 9 Pilares do Comprometimento 11 Pilares do Coaching

Leia mais

O PAPEL DO GESTOR COMO MULTIPLICADOR

O PAPEL DO GESTOR COMO MULTIPLICADOR Programa de Capacitação PAPEL D GESTR CM MULTIPLICADR Brasília 12 de maio de 2011 Graciela Hopstein ghopstein@yahoo.com.br Qual o conceito de multiplicador? Quais são as idéias associadas a esse conceito?

Leia mais

Gestão de Pessoas. Capacidade de gerar resultados a partir das pessoas e dos processos inerentes ao negócio.

Gestão de Pessoas. Capacidade de gerar resultados a partir das pessoas e dos processos inerentes ao negócio. Gestão Corporativa Governança Corporativa é o conjunto de processos, costumes, políticas, leis que regulam a maneira como uma empresa é dirigida, administrada ou controlada. PROCESSOS PESSOAS TECNOLOGIA

Leia mais

O GERENTE DE PROJETOS

O GERENTE DE PROJETOS O GERENTE DE PROJETOS INTRODUÇÃO Autor: Danubio Borba, PMP Vamos discutir a importância das pessoas envolvidas em um projeto. São elas, e não os procedimentos ou técnicas, as peças fundamentais para se

Leia mais

Relatório de Competências

Relatório de Competências ANÁLISE CALIPER DO POTENCIAL DE DESEMPENHO PROFISSIONAL Relatório de Competências LOGO CLIENTE CALIPER Avaliação de: Sr. Márcio Modelo Preparada por: Consultora Especializada Caliper e-mail: nome@caliper.com.br

Leia mais

O Programa de Intervenção Pedagógica:

O Programa de Intervenção Pedagógica: O Programa de Intervenção Pedagógica: Melhorando a qualidade da educação em Minas Gerais Fórum de Transformação da Qualidade Colômbia / Bogotá 06 de Julho de 2012 Subsecretaria de Desenvolvimento da Educação

Leia mais

OBJETIVO DESENVOLVER UM MELHOR CONHECIMENTO DE SI MESMO E

OBJETIVO DESENVOLVER UM MELHOR CONHECIMENTO DE SI MESMO E TRABALHO EM EQUIPE: SUPERANDO DESAFIOS OBJETIVO DESENVOLVER UM MELHOR CONHECIMENTO DE SI MESMO E DOS OUTROS. ANALISAR, ESTUDAR E DISCUTIR AS RELAÇÕES INTERPESSOAIS EXISTENTES NA EQUIPE DE TRABALHO, VISANDO

Leia mais

Coaching Executivo: Coaching como instrumento fundamental do Líder

Coaching Executivo: Coaching como instrumento fundamental do Líder Coaching Executivo: Coaching como instrumento fundamental do Líder I Simpósio Coaching - Arte e Ciência CRA-SP 28 de maio de 2013 1 COACH Sentido original da palavra: veículo para transporte de pessoas.

Leia mais

O COACHING ESTRATÉGICO A Abordagem para uma Nova Cultura Organizacional. Luiz Cláudio Binato Belo Horizonte, 12 de Maio de 2011

O COACHING ESTRATÉGICO A Abordagem para uma Nova Cultura Organizacional. Luiz Cláudio Binato Belo Horizonte, 12 de Maio de 2011 O COACHING ESTRATÉGICO A Abordagem para uma Nova Cultura Organizacional Luiz Cláudio Binato Belo Horizonte, 12 de Maio de 2011 Organização Realização O QUE É COACHING? É um PROCESSO no qual um profissional

Leia mais

PROGRAMA COMPLIANCE VC

PROGRAMA COMPLIANCE VC Seguir as leis e regulamentos é ótimo para você e para todos. Caro Colega, É com satisfação que compartilho esta cartilha do Programa Compliance VC. Elaborado com base no nosso Código de Conduta, Valores

Leia mais

Como transformar a sua empresa numa organização que aprende

Como transformar a sua empresa numa organização que aprende Como transformar a sua empresa numa organização que aprende É muito interessante quando se fala hoje com profissionais de Recursos Humanos sobre organizações que aprendem. Todos querem trabalhar em organizações

Leia mais

O Projeto Político Pedagógico. Norteadores para uma Gestão Democrática na Escola: PPP e Regimento Escolar

O Projeto Político Pedagógico. Norteadores para uma Gestão Democrática na Escola: PPP e Regimento Escolar O Projeto Político Pedagógico Norteadores para uma Gestão Democrática na Escola: PPP e Regimento Escolar 1 A sua escola possui uma Proposta Pedagógica (ou Projeto Político Pedagógico - PPP? Em caso afirmativo,

Leia mais

Educação Corporativa. Liderança Estratégia Gestão. KM Partners Educação Corporativa

Educação Corporativa. Liderança Estratégia Gestão. KM Partners Educação Corporativa Educação Corporativa Liderança Estratégia Gestão O que é Educação corporativa? Educação corporativa pode ser definida como uma prática coordenada de gestão de pessoas e de gestão do conhecimento tendo

Leia mais

Política de Gestão de Pessoas

Política de Gestão de Pessoas julho 2010 5 1. Política No Sistema Eletrobras, as pessoas são agentes e beneficiárias do fortalecimento organizacional, contribuindo para a competitividade, rentabilidade e sustentabilidade empresarial.

Leia mais

Empreendedorismo Social construindo o conceito, transformando o setor social

Empreendedorismo Social construindo o conceito, transformando o setor social Empreendedorismo Social construindo o conceito, transformando o setor social Mafoane Odara mafoane@ashoka.org.br Área de Juventude Ashoka Brasil 1 2 Conceitos sobre Empreendedorismo Social Contribuição

Leia mais

Programa Latino-americano de Advocacy em Saúde Liderança para Terceiro Setor

Programa Latino-americano de Advocacy em Saúde Liderança para Terceiro Setor Programa Latino-americano de Advocacy em Saúde Liderança para Terceiro Setor Setembro/2010 Uma organização vista em duas dimensões Vista em sua dimensão interna: Uma organização é um conjunto de pessoas

Leia mais

C A R R E I R A H O G A N D E S E N V O L V E R DICAS DE DESENVOLVIMENTO PARA GESTÃO DE CARREIRA. Relatório para: Tal Fulano ID: HC748264

C A R R E I R A H O G A N D E S E N V O L V E R DICAS DE DESENVOLVIMENTO PARA GESTÃO DE CARREIRA. Relatório para: Tal Fulano ID: HC748264 S E L E C I O N A R D E S E N V O L V E R L I D E R A R H O G A N D E S E N V O L V E R C A R R E I R A DICAS DE DESENVOLVIMENTO PARA GESTÃO DE CARREIRA Relatório para: Tal Fulano ID: HC748264 Data: 12,

Leia mais

Conteúdo de qualidade com leveza e bom humor

Conteúdo de qualidade com leveza e bom humor Conteúdo de qualidade com leveza e bom humor Sólidos conteúdos com alegria - essas são algumas características das palestras de Marcelo de Elias. A maioria absoluta das avaliações obtêm excelentes resultados,

Leia mais

Formulação da Visão e da Missão

Formulação da Visão e da Missão Formulação da Visão e da Missão Zilta Marinho zilta@globo.com Os grandes navegadores sempre sabem onde fica o norte. Sabem aonde querem ir e o que fazer para chegar a seu destino. Com as grandes empresas

Leia mais

Lista de verificação (Check list) para planejamento e execução de Projetos

Lista de verificação (Check list) para planejamento e execução de Projetos www.tecnologiadeprojetos.com.br Lista de verificação (Check list) para planejamento e execução de Projetos Eduardo F. Barbosa Dácio G. Moura Material didático utilizado na disciplina Desenvolvimento de

Leia mais

1 Dicas para o profissional que vira chefe dos colegas

1 Dicas para o profissional que vira chefe dos colegas 1 Dicas para o profissional que vira chefe dos colegas http://oglobo.globo.com/economia/emprego/dicas-para-profissional-que-vira-chefe-dos-colegas-13653201 Tudo depende da postura pessoal, mas clareza

Leia mais

Quem precisa de metas afinal? Por que ter metas?

Quem precisa de metas afinal? Por que ter metas? Metas e Objetivos Muito se confunde a respeito destes dois conceitos quando se faz um planejamento estratégico do negócio. A diferença entre Meta e Objetivo, no entanto, é bastante clara como será apresentada

Leia mais

Política de Recursos Humanos do Grupo Schindler

Política de Recursos Humanos do Grupo Schindler Política de Recursos Humanos do Grupo Schindler 2 Introdução A política corporativa de RH da Schindler define as estratégias relacionadas às ações para com seus colaboradores; baseia-se na Missão e nos

Leia mais

Você gostaria de atingir os objetivos que traçou para sua vida de maneira mais consistente e sustentável? Gostaria de melhorar o seu aproveitamento, trabalhar menos pressionado ou estressado, e ainda aumentar

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR Cada um de nós, na vida profissional, divide com a Essilor a sua responsabilidade e a sua reputação. Portanto, devemos conhecer e respeitar os princípios que se aplicam a todos.

Leia mais

Engajamento: desafio central da gestão e da liderança. ABRH-BA/ 03 de junho de 2013 Isabel Armani

Engajamento: desafio central da gestão e da liderança. ABRH-BA/ 03 de junho de 2013 Isabel Armani Engajamento: desafio central da gestão e da liderança ABRH-BA/ 03 de junho de 2013 Isabel Armani Build everithing VIMEO LEGO Benodigheden 2 3 Aon Hewitt SATISFAÇÃO Contentamento, prazer que resulta da

Leia mais

Sistemas de Informação Gerencial SUPPLY CHAIN MANAGEMENT

Sistemas de Informação Gerencial SUPPLY CHAIN MANAGEMENT CIÊNCIAS CONTÁBEIS e ADMINISTRAÇÃO Sistemas de Informação Gerencial SUPPLY CHAIN MANAGEMENT maio/2014 APRESENTAÇÃO Em um ambiente onde a mudança é a única certeza e o número de informações geradas é desmedido,

Leia mais

Módulo 3: Gerenciamento da Qualidade, dos Recursos Humanos e das Comunicações

Módulo 3: Gerenciamento da Qualidade, dos Recursos Humanos e das Comunicações ENAP Diretoria de Desenvolvimento Gerencial Coordenação Geral de Educação a Distância Gerência de Projetos - Teoria e Prática Conteúdo para impressão Módulo 3: Gerenciamento da Qualidade, dos Recursos

Leia mais

RECONHECIDO INTERNACIONALMENTE

RECONHECIDO INTERNACIONALMENTE RECONHECIDO INTERNACIONALMENTE COACHING EDUCATION By José Roberto Marques Diretor Presidente - Instituto Brasileiro de Coaching Denominamos de Coaching Education a explicação, orientação e aproximação

Leia mais

Motivar pessoas para o foco da organização

Motivar pessoas para o foco da organização PORTWAY Motivar pessoas para o foco da organização Série 4 pilares da liderança Volume 3 4 pilares da liderança Motivar pessoas para o foco da organização E m Julho de 2014, fui procurado por algumas diretoras

Leia mais

PRATICANDO A LIDERANÇA COACHING

PRATICANDO A LIDERANÇA COACHING 8 ENCREPI - PRATICANDO A LIDERANÇA COACHING SARAH MUNHOZ 23/11/09 LIDERANÇA Kotler(1988): processo de movimentar um grupo ou grupos em alguma direção por meios não coercitivos. Robbins (1991): é o processo

Leia mais

Aquecimento para o 3º Seminário Internacional de BPM

Aquecimento para o 3º Seminário Internacional de BPM Aquecimento para o 3º Seminário Internacional de BPM É COM GRANDE PRAZER QUE GOSTARÍAMOS DE OFICIALIZAR A PARTICIPAÇÃO DE PAUL HARMON NO 3º SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE BPM!! No ano passado discutimos Gestão

Leia mais

MADRINA-Desenvolvimento Infantil e Parental 1

MADRINA-Desenvolvimento Infantil e Parental 1 MADRINA-Desenvolvimento Infantil e Parental 1 PROJETO MEU TEMPO DE CRIANÇA Missão Visão Valores Colaborar com a importante tarefa de educar as crianças, nesse momento único de suas jovens vidas, onde os

Leia mais

Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO

Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO Comunicação empresarial eficiente: Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO Sumário 01 Introdução 02 02 03 A comunicação dentro das empresas nos dias de hoje Como garantir uma comunicação

Leia mais

O Coaching pode ajudar uma pessoa a:

O Coaching pode ajudar uma pessoa a: O que é o Coaching O que é o Coaching É um processo compartilhado de desenvolvimento pessoal e profissional focado em ações no presente, para tornar real suas intenções de atingir objetivos e alcançar

Leia mais

LIDERANÇA 4ª ONDA. Novos tempos. Nova liderança.

LIDERANÇA 4ª ONDA. Novos tempos. Nova liderança. LIDERANÇA DE 4ª ONDA Novos tempos. Nova liderança. LIDERANÇA DE 4ª ONDA Novos tempos. Nova liderança. Ruptura para um salto O modelo de liderança que conhecemos é responsável pelo modelo de sociedade em

Leia mais

AÇÕES EFETIVAS DE GERENCIAMENTO DO STRESS OCUPACIONAL: Desafio de Conciliar Embasamento Científico e Planejamento Estratégico

AÇÕES EFETIVAS DE GERENCIAMENTO DO STRESS OCUPACIONAL: Desafio de Conciliar Embasamento Científico e Planejamento Estratégico AÇÕES EFETIVAS DE GERENCIAMENTO DO STRESS OCUPACIONAL: Desafio de Conciliar Embasamento Científico e Planejamento Estratégico Sâmia Simurro Novembro/2011 FATOS SOBRE O STRESS Inevitável Nível positivo?

Leia mais

MOBILIZAR É PRECISO! COMO FAZEMOS? Dr. Dante R Quadros

MOBILIZAR É PRECISO! COMO FAZEMOS? Dr. Dante R Quadros MOBILIZAR É PRECISO! COMO FAZEMOS? Dr. Dante R Quadros AMEAÇAS Gary Hamel SOCIEDADE OUTRAS INSTITUIÇÕES COMPETIÇÃO DESINTERESSE CONFLITOS APATIA ETC. MUDANÇAS Pesquisa da TMI 1. 10% dos empregados andam

Leia mais

O que é Coaching? É um processo que visa aumentar o

O que é Coaching? É um processo que visa aumentar o O que é Coaching? É um processo que visa aumentar o desempenho de um indivíduo, grupo ou empresa, possibilitando o alcance de resultados planejados, através de metodologias, ferramentas e técnicas, conduzidas

Leia mais

www.marcelodeelias.com.br Palestras Inteligentes

www.marcelodeelias.com.br Palestras Inteligentes www.marcelodeelias.com.br Palestras Inteligentes Sólidos conteúdos com alegria - essas são algumas características das palestras de Marcelo de Elias. Outra característica marcante: Cada palestra é um projeto

Leia mais

CONTRIBUIÇÃO DE UMA DIRETORIA DE PROJETOS

CONTRIBUIÇÃO DE UMA DIRETORIA DE PROJETOS www.tecnologiadeprojetos.com.br Diretoria de Acompanhamento e Avaliação de Projetos da Secretaria de Estado da Educação de Minas Gerais DAPE/SEE-MG RELATÓRIO DE PESQUISA 1 : CONTRIBUIÇÃO DE UMA DIRETORIA

Leia mais

www.omra.com.br (11) 3846-7995 / 98473-3133 www.produtividadeprofissional.com.br

www.omra.com.br (11) 3846-7995 / 98473-3133 www.produtividadeprofissional.com.br Wagner Mancini wmancini@omra.com.br www.omra.com.br (11) 3846-7995 / 98473-3133 www.produtividadeprofissional.com.br Treinamentos inovadores de Produtividade Pessoal O que é o PPG? Pessoas atingindo seus

Leia mais

Construção de redes sociais e humanas: um novo desafio. Sonia Aparecida Cabestré Regina Celia Baptista Belluzzo

Construção de redes sociais e humanas: um novo desafio. Sonia Aparecida Cabestré Regina Celia Baptista Belluzzo Construção de redes sociais e humanas: um novo desafio. Sonia Aparecida Cabestré Regina Celia Baptista Belluzzo Um pouco de história... Características Sociedade Agrícola Agricultura, Caça TERRA Sociedade

Leia mais

COACHING CRISTÃO. Formação em. Seja um líder cristão especialista em desenvolvimento humano e resultados!

COACHING CRISTÃO. Formação em. Seja um líder cristão especialista em desenvolvimento humano e resultados! Formação em COACHING CRISTÃO Seja um líder cristão especialista em desenvolvimento humano e resultados! Fortalecendo líderes cristãos que impactam sua geração. O que é Coaching? Coaching é um processo

Leia mais

Princípios de Emponderamento da Mulheres. Princípios de Empoderamento das Mulheres. Igualdade significa Negócios. Igualdade significa negócios

Princípios de Emponderamento da Mulheres. Princípios de Empoderamento das Mulheres. Igualdade significa Negócios. Igualdade significa negócios Princípios de Emponderamento da Mulheres Princípios de Empoderamento das Mulheres Igualdade significa negócios Igualdade significa Negócios Igualdade significa Negócios da Mulheres Princípios de Emponderamento

Leia mais

de empresas ou de organizações de todos os tipos? O que fazem os líderes eficazes que os distingue dos demais?

de empresas ou de organizações de todos os tipos? O que fazem os líderes eficazes que os distingue dos demais? TEMA - liderança 5 LEADERSHIP AGENDA O Que fazem os LÍDERES eficazes Porque é que certas pessoas têm um sucesso continuado e recorrente na liderança de empresas ou de organizações de todos os tipos? O

Leia mais

Um Desafio Atual. Enfa. Andrea Lopes

Um Desafio Atual. Enfa. Andrea Lopes Um Desafio Atual Enfa. Andrea Lopes Competência Agregar Conhecimentos + Habilidades + Atitudes Social / Organização Indivíduo Saber agir Integrar saberes Mobilizar recursos Responsabilizar Fazer com propriedade

Leia mais

GESTÃO DO DESEMPENHO EM GESTÃO DE PESSOAS NA ESFERA PÚBLICA

GESTÃO DO DESEMPENHO EM GESTÃO DE PESSOAS NA ESFERA PÚBLICA GESTÃO DO DESEMPENHO EM GESTÃO DE PESSOAS NA ESFERA PÚBLICA SONIA RIOS Economista / Administradora de Empresas Gestão Privada e Pública / Psicóloga Consultora Empresarial Especialista em Gestão Estratégica

Leia mais

Um novo olhar sobre o teto de vidro 1 - A perspectiva de cima

Um novo olhar sobre o teto de vidro 1 - A perspectiva de cima Um novo olhar sobre o teto de vidro 1 - A perspectiva de cima Helen Peters e Rob Kabacoff A Hewlett Packard tem uma mulher por presidente; a ex-primeira dama norte-americana [Hillary Clinton] é, hoje,

Leia mais

Gestão de Equipas. Lisboa, 11 e 18 de abril de 2013. www.pwc.pt/academy. Academia da PwC

Gestão de Equipas. Lisboa, 11 e 18 de abril de 2013. www.pwc.pt/academy. Academia da PwC www.pwc.pt/academy Gestão de Equipas Lisboa, 11 e 18 de abril de 2013 Academia da PwC O sucesso das organizações depende cada vez mais de equipas de alto desempenho. Venha conhecer connosco as melhores

Leia mais

1 Apresentação. Liderança Autêntica: Inspirar, Mobilizar e Transformar. Essência. Powerpoint. Apresentação Powerpoint Imp. 24/0 leaderconsulting.

1 Apresentação. Liderança Autêntica: Inspirar, Mobilizar e Transformar. Essência. Powerpoint. Apresentação Powerpoint Imp. 24/0 leaderconsulting. 1 Apresentação Liderança Autêntica: Inspirar, Mobilizar e Transformar. Essência 2 Apresentação A Nova Organização FASES ASPECTOS ERA DA AGRICULTURA SOCIEDADE INDUSTRIAL SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO TECNOLOGIA

Leia mais

8 Erros Que Podem Acabar Com Seu Negócio de Marketing Digital

8 Erros Que Podem Acabar Com Seu Negócio de Marketing Digital 8 Erros Que Podem Acabar Com Seu Negócio de Marketing Digital Empreender em negócios de marketing digital seguramente foi uma das melhores decisões que tomei em minha vida. Além de eu hoje poder ter minha

Leia mais

LIDERANÇA. "Um exército de ovelhas liderado por um leão derrotaria um exército de leões liderado por uma ovelha." (Provérbio Árabe)

LIDERANÇA. Um exército de ovelhas liderado por um leão derrotaria um exército de leões liderado por uma ovelha. (Provérbio Árabe) LIDERANÇA "O grande líder é aquele que está disposto a desenvolver as pessoas até o ponto em que elas eventualmente o ultrapassem em seu conhecimento e habilidade." Fred A. Manske "Um exército de ovelhas

Leia mais

Os 7 Pilares da Gestão - Ciclo de Workshops Qualidade da Gestão nas PMEs Portuguesas -

Os 7 Pilares da Gestão - Ciclo de Workshops Qualidade da Gestão nas PMEs Portuguesas - Vários estudos provam que a Gestão de Recursos Humanos é a área mais problemática nas organizações e a que consome grande parte do tempo do empresário. Por outro lado, a área da inovação e do Marketing

Leia mais

ATIVISTA CONFIÁVEL. do novo RH. Como desenvolvê la? Pl Palestrante: Alba Maria Torres

ATIVISTA CONFIÁVEL. do novo RH. Como desenvolvê la? Pl Palestrante: Alba Maria Torres ATIVISTA CONFIÁVEL Uma competência essencial il do novo RH. Como desenvolvê la? Pl Palestrante: Alba Maria Torres www.entrelacos.com.br entrelacos@entrelacos.com.br 41 3079.4686 e 9973.9304 Observando

Leia mais

12º Fórum Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação Desafios da educação Municipal e o Direito de Aprender 4 a 7 de maio de 2009 Curitiba/PR

12º Fórum Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação Desafios da educação Municipal e o Direito de Aprender 4 a 7 de maio de 2009 Curitiba/PR 12º Fórum Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação Desafios da educação Municipal e o Direito de Aprender 4 a 7 de maio de 2009 Curitiba/PR Ministro da Educação Fernando Haddad Falou da importância

Leia mais

AB Volvo, 405 08 Gotemburgo, Suécia. Ref No 953810014, de agosto de 2009. The Volvo Way

AB Volvo, 405 08 Gotemburgo, Suécia. Ref No 953810014, de agosto de 2009. The Volvo Way AB Volvo, 405 08 Gotemburgo, Suécia Ref No 953810014, de agosto de 2009 The Volvo Way Índice Prefácio Nossa missão Os clientes em primeiro lugar Foco no cliente Objetivos claros Qualidade, segurança e

Leia mais

Nós, alunos do 2º A, queremos tratar as pessoas com respeito e amor, estudar com muita dedicação e sempre pensar antes de tomar decisões.

Nós, alunos do 2º A, queremos tratar as pessoas com respeito e amor, estudar com muita dedicação e sempre pensar antes de tomar decisões. Como tratar as pessoas: de uma maneira boa, ajudar todas as pessoas. Como não fazer com os outros: não cuspir, empurrar, chutar, brigar, não xingar, não colocar apelidos, não beliscar, não mentir, não

Leia mais

FACULDADE DE CUIABÁ. Curso. Disciplina. Professor. rubemboff@yahoo.com.br. Aulas: 4 e 5/5/2007

FACULDADE DE CUIABÁ. Curso. Disciplina. Professor. rubemboff@yahoo.com.br. Aulas: 4 e 5/5/2007 FACULDADE DE CUIABÁ Curso GESTÃO PÚBLICA Disciplina GESTÃO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Professor Dr. RUBEM JOSÉ BOFF, Ph.D. rubemboff@yahoo.com.br Aulas: 4 e 5/5/2007 Dr. Rubem José Boff, Ph.D. Cuiabá-MT,

Leia mais

Competências avaliadas pela ICF

Competências avaliadas pela ICF Competências avaliadas pela ICF ð Estabelecendo a Base: 1. Atendendo as Orientações Éticas e aos Padrões Profissionais Compreensão da ética e dos padrões do Coaching e capacidade de aplicá- los adequadamente

Leia mais

Equipe de Alto Desempenho 307

Equipe de Alto Desempenho 307 36 Equipe de Alto Desempenho 307 O brilho individual de cada integrante da equipe contribui para o reconhecimento da constelação. Uma equipe existe onde há o espírito de cooperação. Nada é impossível.

Leia mais

www.dalecarnegie.com.br Como Impulsionar o Engajamento de Colaboradores em PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS Dale Carnegie Training White Paper

www.dalecarnegie.com.br Como Impulsionar o Engajamento de Colaboradores em PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS Dale Carnegie Training White Paper Como Impulsionar o Engajamento de Colaboradores em PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS Dale Carnegie Training White Paper www.dalecarnegie.com.br Copyright 2014 Dale Carnegie & Associates, Inc. All rights reserved.

Leia mais

Inteligência. Emocional

Inteligência. Emocional Inteligência Emocional Inteligência Emocional O que querem os empregadores?? Atualmente, as habilitações técnicas específicas são menos importantes do que a capacidade implícita de aprender no trabalho

Leia mais

Empreendedorismo, Identidade e Educaçao SEBRAE, Sao Paulo, 11 de novembro de 2014

Empreendedorismo, Identidade e Educaçao SEBRAE, Sao Paulo, 11 de novembro de 2014 Empreendedorismo, Identidade e Educaçao SEBRAE, Sao Paulo, 11 de novembro de 2014 L. J. Filion Rogers - J. A. Bombardier Chair of Entrepreneurship HEC Montreal Parte 1 Uma breve introdução ao empreendedorismo

Leia mais