MANUAL DE USUÁRIO DO SISPATR

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL DE USUÁRIO DO SISPATR"

Transcrição

1 MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA DE ECONOMIA E FINANÇAS DIRETORIA DE CONTABILIDADE (Repartição de Contabilidade da Guerra/1860) MANUAL DE USUÁRIO DO SISPATR SISTEMA GERENCIAL DE ACOMPANHAMENTO E CONTROLE PATRIMONIAL (BENS MÓVEIS) EDIÇÃO 2012 Brasília HÁ 151 ANOS FAZENDO A CONTABILIDADE DO EXÉRCITO

2 Fl 1 do Manual de Usuário do SISPATR, da Diretoria de Contabilidade (D Cont), edição SUMÁRIO 1. Introdução Objetivos do SISPATR Cadastro de usuário Exclusão de usuário Acesso ao SISPATR Módulo Administração 6.1 Usuário Unidade Gestora (UG) Inspetoria de Contabilidade e Finanças do Exército (ICFEx) UG Tipo Mensagem Módulo Relatório 7.1 Compatibilidade de contas Divergência Contábil Relatório de Movimentação de Almoxarifado (RMA) Relatório de Movimentação de Bens Móveis (RMB) Depreciação e Amortização Conformidade...24

3 Fl 2 do Manual de Usuário do SISPATR, da Diretoria de Contabilidade (D Cont), edição MANUAL DE USUÁRIO DO SISPATR 1. INTRODUÇÃO O Sistema Gerencial de Acompanhamento e Controle Patrimonial (SISPATR) foi desenvolvido para atender às demandas da Secretaria da Economia e Finanças (SEF), da Diretoria de Contabilidade (D Cont), das Inspetorias de Contabilidade e Finanças do Exército (ICFEx) e das Unidades Gestoras (UG), que passam a dispor de um sistema, com funcionalidades de compatibilidade e divergência das contas patrimoniais de bens móveis, considerando os saldos contábeis do Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal (SIAFI) e do Sistema de Controle Físico (SISCOFIS/SIMATEX), no que se refere ao Relatório de Movimentação de Almoxarifado (RMA) e Relatório de Movimentação de Bens Móveis (RMB). A nova versão do SISPATR, ora disponibilizada, agrega ainda o acompanhamento dos saldos contábeis da depreciação mensal e acumulada, registrados no SIAFI e no SISCOFIS. Na consulta ao SIAFI, o SISPATR busca as informações pelo banco de dados existente na Secretaria de Economia e Finanças (SEF), relativos aos dados do SIAFI, de D-1 (dia anterior a data da consulta). Na consulta ao SISCOFIS, o SISPATR busca as informações disponíveis no banco de dados do Centro Integrado de Telemática do Exército (CITEx). Assim, o SISPATR não possui banco de dados, ou seja, a cada consulta ele apenas espelha os dados do SIAFI e SISCOFIS, sem armazenar essas informações, o que implica afirmar que a cada novo acesso, o SISPATR pode ter informações diferentes, e que, caso um dos sistemas (SIAFI OU SISCOFIS) esteja fora do ar, o SISPATR demonstrará saldo zero, para as informações do sistema inoperante naquele momento. Desta forma, o presente manual pretende atender ao usuário do SISPATR, auxiliando-o na navegação do sistema, considerando a existência de três perfis de acesso, a saber, perfil D Cont, perfil ICFEx e perfil UG. O usuário com perfil D Cont poderá visualizar todas as unidades gestoras cadastradas no SISPATR. O usuário com perfil ICFEx poderá visualizar as unidades gestoras vinculadas à sua ICFEx. O usuário com perfil UG poderá visualizar apenas a sua unidade gestora. Vale destacar, que o sistema poderá vir a sofrer alterações, principalmente, após ser submetido aos usuários. Nessa fase de implantação, espera-se a participação de todos os usuários no envio de sugestões, de modo a aprimorar e validar a presente ferramenta. 2. OBJETIVOS DO SISPATR Possibilitar o acompanhamento gerencial das contas contábeis e correntes do patrimônio, no que se refere aos bens móveis, buscando a eficiência, a eficácia e a efetividade do controle patrimonial registrados no SIAFI e no SISCOFIS/SIMATEX, na busca da convergência contábil.

4 Fl 3 do Manual de Usuário do SISPATR, da Diretoria de Contabilidade (D Cont), edição Convém salientar que é imprescindível que as operações realizadas no aplicativo SISCOFIS OM/OP sejam oportunas e tempestivas, sob o risco de comprometer a convergência contábil dos saldos nos sistemas citados, demonstrados pelo SISPATR. 3. CADASTRO DE USUÁRIO O cadastramento do usuário será realizado nas seguintes condições: 3.1 Nível ICFEx - mediante solicitação à UG Diretoria de Contabilidade, preferencialmente, por mensagem comunica. 3.2 Nível UG mediante solicitação à ICFEx de vinculação. Em ambos os casos, deverá ser informado o posto/graduação/servidor civil, nome completo (destacando o nome de guerra, se militar), CPF, função, . No caso de Nível ICFEx, deverá ser informado ainda, o perfil desejado: usuário ou administrador. 4. EXCLUSÃO DE USUÁRIO A exclusão deverá ser realizada pela D Cont ou ICFEx (perfil administrador), tão logo o servidor (militar ou civil), seja transferido da UG ou ocorra o afastamento da função. 5. ACESSO AO SISPATR O Sistema é acessado pela plataforma da Intranet da D Cont, disponível em: <http://www.dcont.eb.mil.br>, no menu SISPATR (Figura 1). Figura 1 Página da D Cont (intranet)

5 Fl 4 do Manual de Usuário do SISPATR, da Diretoria de Contabilidade (D Cont), edição Após clicar no menu SISPATR, a seguinte tela será apresentada ao usuário (Figura 2): Figura 2 Tela inicial para acesso ao sistema A seguir, serão demonstradas as rotinas com a visualização das respectivas telas para a operação do SISPATR, devendo ser acompanhado o preenchimento dos campos existentes, que são apresentados na forma de janelas, conforme o módulo pretendido. 6. ADMINISTRAÇÃO 6.1 USUÁRIOS (Figura 3) Consultar: permite a consulta aos usuários do sistema, através Nome, CPF, CODUG, Posto/Graduação e ainda as situações de Ativo / Inativo, bem como a condição de Cadastrador: Sim / Não. Após o preenchimento de um desses dados, clicar em Pesquisar (Figura 4). Figura 3 Tela de consultar, alterar senha e criar

6 Fl 5 do Manual de Usuário do SISPATR, da Diretoria de Contabilidade (D Cont), edição Figura 4 Tela de Pesquisa Usuário Após o preenchimento de um desses dados, clicar em Pesquisar. Escolhido o usuário, o sistema permite Editar ou Excluir o usuário, conforme a necessidade Alterar Senha: permite a alteração de senha de acesso ao SISPATR (Figura 5). O usuário deverá digitar sua senha antiga e em seguida sua nova senha e confirmá-la. Após o preenchimento desses dados, clicar em salvar. Figura 5 Tela de Alterar Senha de Usuário

7 Fl 6 do Manual de Usuário do SISPATR, da Diretoria de Contabilidade (D Cont), edição Criar: permite o cadastramento de um usuário no SISPATR. Após o preenchimento dos campos obrigatórios, clicar em Incluir (Figura 6). Figura 6 Tela de Cadastro do Usuário 6.2 UG Consultar: permite a consulta aos usuários da UG, através Nome, CPF, CODUG, Posto/Graduação e ainda as situações de Ativo / Inativo. Após o preenchimento de um desses dados, clicar em Pesquisar (Figura 4). 6.3 ICFEx Consultar: permite a consulta aos usuários da UG, através Nome, CPF, CODUG, Posto/Graduação e ainda as situações de Ativo / Inativo, bem como a condição de Cadastrador: Sim / Não. Após o preenchimento de um desses dados, clicar em Pesquisar (Figura 4) Criar: permite o cadastramento de um usuário no SISPATR. Após o preenchimento dos campos obrigatórios, clicar em Incluir (Figura 6). 6.4 UG/TIPO Consultar: procedimento semelhante ao item (6.2.1) Criar: procedimento semelhante ao item (6.3.1), excluindo a condição de cadastrador. 6.5 MENSAGENS (Figura 7) Consultar: Permite a consulta de mensagens enviadas e recebidas entre Unidades cadastradas no SISPATR (Figura 8). O usuário iniciará sua consulta preenchendo um dos campos, Mensagem (inserir conteúdo do título, descrição ou número da mensagem), Tipo, Mensagem foi lida, em seguida clicar em Pesquisar. Após o Resultado da pesquisa, o usuário deverá clicar sobre a lupa para visualizar a mensagem integralmente Criar: Permite o usuário enviar mensagem às Unidades Cadastradas no SISPATR (Figura 9).

8 Fl 7 do Manual de Usuário do SISPATR, da Diretoria de Contabilidade (D Cont), edição Para envio de mensagem, o usuário poderá escolher um ou mais destinatários, clicar em sim para a D Cont ou selecionar a ICFEx e UG(s), para quem deseja enviar a mensagem. Ao optar por ICFEx ou UG, deverá clicar em Selecionar, onde aparecerá a tela de Pesquisa de Unidades Gestoras. Em seguida, inserir o Código da UG, ou escolher a ICFEx, ou UG/Tipo e clicar em Pesquisar. Ao escolher a UG desejada, o usuário deverá clicar em Selecionar. Automaticamente a escolha será listada no campo Destinatário. Após determinar o destinatário na tela Enviar Mensagem, o usuário deverá preencher os campos Título e Mensagem, em seguida clicar em Enviar. Este módulo permite o envio da mensagem para mais de um destinatário, inclusive destinatário D Cont, mais ICFEx, mais UG, caso seja necessário. O Usuário poderá ainda imprimir, marcar com não lida ou excluir a mensagem (esta última não aparece na tela, embora conste na especificação de caso de uso). Figura 7 Tela Principal de Mensagens Figura 8 Tela de Consultar Mensagens

9 Fl 8 do Manual de Usuário do SISPATR, da Diretoria de Contabilidade (D Cont), edição Figura 9 Tela de Enviar Mensagens 7. MÓDULO RELATÓRIOS 7.1 COMPATIBILIDADE DE CONTAS Permite ao usuário consultar a compatibilidade de contas contábeis, selecionando a opção Estoque de Almoxarifado ou Bens Móveis (Figura 10) Relatório de Compatibilidade de Contas de RMA Permite verificar o percentual de compatibilidade de contas contábeis entre o saldo do SIAFI/ SISCOFIS, referente ao Estoque (Movimentação) de Almoxarifado, por ICFEx (uma por vez ou todas juntas), Grupo de UG ou UG a ser analisada, no período desejado (Figura 11). Figura 10 Tela de acesso ao Relatório de Compatibilidade de Contas de RMA

10 Fl 9 do Manual de Usuário do SISPATR, da Diretoria de Contabilidade (D Cont), edição Figura 11 Tela de acesso ao Relatório de Compatibilidade de Contas de RMA O usuário deverá selecionar o ano, mês ou período e ICFEx, ou Grupo de UG para qual deseja a informação e clicar em Pesquisar. Para consulta UG, deverá clicar em Selecionar. Após preenchimento do campo CODUG, clicar em Pesquisar. No campo Resultado da Pesquisa, marcar a UG selecionada e clicar em Selecionar (Figura 12). Figura 12 Tela de acesso ao Relatório de Compatibilidade de Contas de RMA, por UG

11 Fl 10 do Manual de Usuário do SISPATR, da Diretoria de Contabilidade (D Cont), edição Na tela Relatório de Compatibilidade de Contas de RMA, preencha o ano, selecione o período desejado e clique em Pesquisar (Figura 13). Figura 13 Tela de acesso ao Relatório de Compatibilidade de Contas de RMA Figura 14 Tela de acesso ao Percentual de Compatibilidade de Contas de RMA 15). Clicando no mês desejado, automaticamente será visualizado o RMA do respectivo mês (Figura 14 e O resultado da pesquisa poderá ser impresso através da opção Gerar Relatório, em Pdf ou Excel.

12 Fl 11 do Manual de Usuário do SISPATR, da Diretoria de Contabilidade (D Cont), edição Poderá ainda, Gerar Gráfico no período considerado, bem como o RMA (Figura 16). Figura 15 Tela do Relatório de Compatibilidade de Contas de RMA Figura 16 Tela do Gráfico de Compatibilidade de Contas de RMA

13 Fl 12 do Manual de Usuário do SISPATR, da Diretoria de Contabilidade (D Cont), edição Nesta consulta é possível observar o desempenho percentual de determinada UG, no que se refere ao número de contas compatíveis entre RMA e SIAFI. No campo Compatibilidade de contas, o índice 0,00 significa a total ausência de compatibilidade que pode se dar por inexistência de dados relativos ao RMA no banco de dados do CITEx para consulta (ausência de envio de estoque), ou ainda, por completa não conformidade das contas. Obs: Em conseqüência, aparecerá a figura de um triângulo, na cor amarela, que é um símbolo de alerta, indicativo de incompatibilidade de dados(figura 14) Relatório de Compatibilidade de Contas de RMB Permite verificar percentual de compatibilidade de contas contábeis entre o saldo o SIAFI e o SISCOFIS, referente a Movimentação de Bens Móveis, por ICFEx (uma por vez ou todas grupadas), Grupo de UG ou UG a ser analisada, no período desejado. O usuário deverá selecionar o ano, mês ou período e ICFEx ou Grupo de UG para qual deseja a informação e clicar em Pesquisar. Para consulta UG, deverá clicar em Selecionar. Após preenchimento do campo CODUG, clicar em Pesquisar. No campo Resultado da Pesquisa, marcar a UG selecionada e clicar em Selecionar. Na tela Relatório de Compatibilidade de Contas de RMB, preencha o ano, selecione o período desejado e clique em Pesquisar. Clicando no mês desejado, automaticamente será visualizado o RMB do respectivo mês. O resultado da pesquisa poderá ser impresso através da opção Gerar Relatório, em Pdf ou Excel. Poderá ainda, Gerar Gráfico no período considerado, bem como o RMB. Nesta consulta é possível observar o desempenho percentual de determinada UG, no que se refere ao número de contas compatíveis entre RMB e SIAFI. No campo Compatibilidade de contas, o índice 0,00 significa a total ausência de compatibilidade que pode se dar por inexistência de dados relativos ao RMA no banco de dados do CITEx para consulta (ausência de envio de estoque), ou ainda, por completa não conformidade das contas. Obs: Em conseqüência, aparecerá a figura de um triângulo, na cor amarela, que é um símbolo de alerta, indicativo de Incompatibilidade de dados. 7.2 DIVERGÊNCIA CONTÁBIL Permite ao usuário consultar a divergência de saldo, bem como o percentual de divergência, selecionando a opção Estoque de Almoxarifado ou Bens Móveis (Figura 17).

14 Fl 13 do Manual de Usuário do SISPATR, da Diretoria de Contabilidade (D Cont), edição Figura 17 Tela de consulta a Divergência Contábil Relatório de Divergência Contábil de Estoque de Almoxarifado Permite verificar o saldo de contas contábeis divergente entre o SIAFI e o SISCOFIS, referente ao Estoque de Almoxarifado, por ICFEx (uma por vez ou todas), Grupo de UG ou UG a ser analisada, no período desejado. O usuário deverá selecionar o ano, mês ou período e ICFEx ou Grupo de UG para qual deseja a informação e clicar em Pesquisar. Para consulta UG, deverá clicar em Selecionar. Após preenchimento do campo CODUG, clicar em Pesquisar. No campo Resultado da Pesquisa, marcar a UG selecionada e clicar em Selecionar. Na tela Relatório de Compatibilidade de Contas de RMA, preencha o ano, selecione o período desejado e clique em Pesquisar (Figura 18). Figura 18 Tela de acesso a Pesquisa do Relatório de Divergência Contábil de RMA Ao abrir a consulta, além do percentual de divergência, o usuário poderá ter acesso ao RMA, clicando no percentual sublinhado (Visualisar Divergência das UG, para consulta ICFEx e Visualizar RMA, para consulta UG), referente ao período correspondente (Figura 19).

15 Fl 14 do Manual de Usuário do SISPATR, da Diretoria de Contabilidade (D Cont), edição Figura 19 Tela de acesso ao Relatório de Divergência Contábil de RMA O resultado da pesquisa poderá ser impresso através da opção Gerar Relatório, em Pdf ou Excel, Podendo ainda, Gerar Gráfico no período considerado, e imprimi-lo se desejar (Figura 20). Figura 20 Tela do Relatório de Divergência Contábil de RMA

16 Fl 15 do Manual de Usuário do SISPATR, da Diretoria de Contabilidade (D Cont), edição O usuário ao selecionar o Período no formato mês / Selecione (ex: Agosto / Selecione), será disponibilizado o Saldo SISCOFIS (R$), Saldo SIAFI (R$), o Saldo da Divergência (R$) e o percentual de Divergência (Figura 21). Figura 21 Tela de acesso ao Relatório de Divergência Contábil de RMA O usuário ao selecionar o Período no formato mês / mês (ex: Agosto / Agosto), será disponibilizado o percentual de divergência do mês solicitado e o ícone do gráfico correspondente, automaticamente (Figura 22). Figura 22 Tela de acesso ao Relatório de Divergência Contábil de RMA

17 Fl 16 do Manual de Usuário do SISPATR, da Diretoria de Contabilidade (D Cont), edição O usuário ao selecionar o Período no formato mês / mês (ex: Julho / Agosto), será disponibilizado o percentual de divergência do período solicitado e o ícone do gráfico correspondente, automaticamente (Figura 23). Figura 23 Tela de acesso ao Relatório de Divergência Contábil de RMA Obs: no campo de Saldo SISCOFIS, poderá aparecer a figura de um triângulo, na cor amarela. È um símbolo de alerta, indicativo de incompatibilidade de dados, provavelmente advindas de ausência de envio/carregamento de estoque) Relatório de Divergência Contábil de Bens Móveis Permite verificar o saldo de contas contábeis divergente entre o SIAFI e o SISCOFIS, referente a Bens Móveis, por ICFEx (uma por vez ou todas), Grupo de UG ou UG a ser analisada, no período desejado (Figura 24 e 25).

18 Fl 17 do Manual de Usuário do SISPATR, da Diretoria de Contabilidade (D Cont), edição Figura 24 Tela de acesso a Pesquisa do Relatório de Divergência Contábil de RMB, por ICFEx Figura 25 Tela de acesso ao Relatório de Divergência Contábil de RMB, por Grupo de UG O usuário deverá selecionar o ano, mês ou período e ICFEx ou Grupo de UG para qual deseja a informação e clicar em Pesquisar. Para consulta UG, deverá clicar em Selecionar. Após preenchimento do campo CODUG, clicar em Pesquisar. No campo Resultado da Pesquisa, marcar a UG selecionada e clicar em Selecionar. Na tela Relatório de Compatibilidade de Contas de RMA, preencha o ano, selecione o período desejado e clique em Pesquisar. Ao abrir a consulta, além do percentual de divergência, o usuário poderá ter acesso ao RMB, clicando no percentual sublinhado (Visualisar Divergência das UG, para consulta ICFEx e Visualizar RMB, para consulta UG), referente ao período correspondente.

19 Fl 18 do Manual de Usuário do SISPATR, da Diretoria de Contabilidade (D Cont), edição O resultado da pesquisa poderá ser impresso através da opção Gerar Relatório, em Pdf ou Excel. Poderá ainda, Gerar Gráfico no período considerado, e imprimi-lo se desejar. O usuário ao selecionar o Período no formato mês / Selecione (ex: Agosto / Selecione), será disponibilizado o Saldo SISCOFIS (R$), Saldo SIAFI (R$), o Saldo da Divergência (R$) e o percentual de Divergência. O usuário ao selecionar o Período no formato mês / mês (ex: Agosto / Agosto), será disponibilizado o percentual de divergência do mês solicitado e o ícone do gráfico correspondente, automaticamente. O usuário ao selecionar o Período no formato mês / mês (ex: Julho / Agosto), será disponibilizado o percentual de divergência do período solicitado e o ícone do gráfico correspondente, automaticamente. Obs: no campo de Saldo SISCOFIS, poderá aparecer a figura de um triângulo, na cor amarela. È um símbolo de alerta, indicativo que Incompatibilidade de dados (podendo ser por ausência de envio de estoque) 7.3 RELATÓRIO DE MOVIMENTAÇÃO DE ALMOXARIFADO RMA DO SISPATR Permite ao usuário consultar o RMA por ICFEx (uma por vez ou todas juntas), Grupo de UG ou UG a ser analisada, no período desejado. O usuário deverá clicar em Selecionar, a fim de escolher o tipo de UG a ser consultado: ICFEx, Grupo de UG ou UG (Figura 26). Figura 26 Tela de pesquisa ao RMA Após selecionado, inserir o código da UG no campo CODUG e clicar em Pesquisar. No campo Resultado da Pesquisa aparecerá a UG ou o Grupo selecionado. Clicar no ícone >. Ao exibir a tele seguinte, preencher os campos Ano, Mês e clicar em Pesquisar (Figura 27).

20 Fl 19 do Manual de Usuário do SISPATR, da Diretoria de Contabilidade (D Cont), edição Figura 27 Tela de consulta ao RMA O usuário terá acesso ao Relatório de Movimentação de Almoxarifado, do período (mês) selecionado, podendo Gerar Relatório em Pdf ou Excel (Figura 28, 29 e 30). Figura 28 Tela do RMA

21 Fl 20 do Manual de Usuário do SISPATR, da Diretoria de Contabilidade (D Cont), edição Figura 29 Tela do RMA página 1 Figura 30 Tela do RMA página 2

22 Fl 21 do Manual de Usuário do SISPATR, da Diretoria de Contabilidade (D Cont), edição RELATÓRIO DE MOVIMENTAÇÃO DE BENS MÓVEIS RMB DO SISPATR Permite ao usuário consultar o RMB por ICFEx (uma por vez ou todas juntas), Grupo de UG ou UG a ser analisada, no período desejado, considerando o perfil de acesso. O usuário deverá clicar em Selecionar, a fim de escolher o tipo de UG a ser consultado: ICFEx, Grupo de UG ou UG. Após selecionado, inserir o código da UG no campo CODUG e clicar em Pesquisar. No campo Resultado da Pesquisa aparecerá a UG ou o Grupo selecionado. Clicar no ícone >. Ao exibir a tele seguinte, preencher os campos Ano, Mês e clicar em Pesquisar. O usuário terá acesso ao Relatório de Movimentação de Bens Móveis, do período (mês) selecionado, podendo Gerar Relatório em Pdf ou Excel. 7.5 DEPRECIAÇÃO E AMORTIZAÇÃO Permite ao usuário consultar o Relatório Comparativo de Saldos de Depreciação e Amortização, relacionado a Bens Móveis e Intangíveis. Figura 31 Tela de acesso a pesquisa ao Relatório Comparativo de Saldos de Depreciação e Amortização O usuário deverá preencher os campos UG/Tipo, ICFEx, Ano e Mês ou selecionar a UG, em seguida, clicar em Pesquisar(Figura 31). Para consulta de UG/Tipo, ICFEx, após o preenchimento dos campos Ano e Mês, ao clicar em Pesquisar, será disponibilizado automaticamente o Relatório de Depreciação, no Resultado da Pesquisa (Figura 32).

23 Fl 22 do Manual de Usuário do SISPATR, da Diretoria de Contabilidade (D Cont), edição Figura 32 Tela de acesso a pesquisa ao Relatório Comparativo de Saldos de Depreciação e Amortização. Para consulta de UG, o usuário deverá clicar em Selecionar, inserir o Código de UG no campo CODUG e clicar em Pesquisar. Na próxima tela, em Resultado da Pesquisa, deverá ser assinalada a UG considerada e clicar em Selecionar. Após o preenchimento dos campos Ano e Mês, clicar em Pesquisar, onde será disponibilizado automaticamente o Relatório de Depreciação, no Resultado da Pesquisa (Figura 33 e 34). Figura 33 Tela do Relatório Comparativo de Saldos de Depreciação e Amortização.

24 Fl 23 do Manual de Usuário do SISPATR, da Diretoria de Contabilidade (D Cont), edição No campo Visualizar Contas, permite a consulta da depreciação por conta contábil, da UG considerada. Figura 34 Tela do Relatório Comparativo de Saldos de Depreciação e Amortização, por conta. Em quaisquer das situações acima, será possível Gerar o Relatório em Pdf ou Excel, referente a consulta considerada (Figura 35). Figura 35 Tela do Relatório Comparativo de Saldos de Depreciação e Amortização, em PDF.

25 Fl 24 do Manual de Usuário do SISPATR, da Diretoria de Contabilidade (D Cont), edição CONFORMIDADE Permite ao usuário o acompanhamento dos lançamentos patrimoniais realizados equivocadamente (incorretamente) no aplicativo SISCOFIS, por Organizações Militares, que tenha utilizado o CODUG de Unidades Gestoras das quais não possuem ligação administrativa (Figura 36 e 37). Figura 36 Tela de acesso ao Relatório de Conformidade de UG x OM. No campo CODOM será mostrado o Código da OM que realizou o lançamento incorreto. No campo CODUG será mostrado a UG que foi utilizado incorretamente no lançamento da OM. No campo Conta Contábil, será visualizado o número da conta contábil, referente ao lançamento incorreto. No campo Saldo, será visualizado o saldo referente ao lançamento incorreto. Figura 37 Tela do Relatório de Conformidade de UG x OM.

26 Fl 25 do Manual de Usuário do SISPATR, da Diretoria de Contabilidade (D Cont), edição Em quaisquer das situações, será possível Gerar o Relatório em Pdf ou Excel, referente a consulta considerada (Figura 38) SAIR Figura 38 Tela do Relatório de Conformidade de UG x OM, em PDF. Acessando o ícone Sair, no canto direito superior da tela, permite o usuário sair do sistema (Figura 39). Figura 39 Tela do Campo Sair do Sistema. FIM

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema

Leia mais

Cartilha para a Contabilização de Danos ao Erário

Cartilha para a Contabilização de Danos ao Erário MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA DE ECONOMIA E FINANÇAS 5ª INSPETORIA DE CONTABILIDADE E FINANÇAS DO EXÉRCITO (5ª ICFEx / 1982) Cartilha para a Contabilização de Danos ao Erário Separata

Leia mais

Manual MQS. Logo após colocar essas informações abrirá a página inicial do sistema:

Manual MQS. Logo após colocar essas informações abrirá a página inicial do sistema: Manual MQS Para acessar o sistema MQS na versão em PHP, basta clicar no link: www.mqs.net.br/plus. Colocar login e senha que foram fornecidos por email. Logo após colocar essas informações abrirá a página

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO RECAM ONLINE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO RECAM ONLINE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO RECAM ONLINE Tefefone: (16)37119000 email: recam@franca.sp.gov. Sumário 1. Endereço para acessar o sistema... 3 2. Tipos de acesso ao sistema... 3 3. Termo de acesso cadastrado

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO MODULO ALMOXARIFADO SUAP

MANUAL DO USUÁRIO MODULO ALMOXARIFADO SUAP MANUAL DO USUÁRIO MODULO ALMOXARIFADO SUAP Pouso Alegre MG 2013 SUMÁRIO 1. Introdução.... 6 2. Efetuar Entrada de Material.... 8 2.1. Entrada de Material por Compra.... 8 2.1.1. Cadastro de Empenho...

Leia mais

Quinta Lista de Exercícios -

Quinta Lista de Exercícios - INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO COORDENADORIA DE INFORMÁTICA LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO Quinta Lista de Exercícios - INSTRUÇÕES: 1) Nesta lista de exercícios, vamos nos preocupar em implementar o comportamento

Leia mais

MANUAL DO SIGPOL 3.0 MÓDULO DOCUMENTOS

MANUAL DO SIGPOL 3.0 MÓDULO DOCUMENTOS MANUAL DO SIGPOL 3.0 MÓDULO DOCUMENTOS TUTORIAL MÓDULO DOCUMENTOS O Sistema Integrado de Gestão Policial SIGPOL - oferece a seus usuários um mecanismo de confecção e tramitação informatizada de documentos

Leia mais

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ÍNDICE INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ACESSO ÀS FERRAMENTAS 9 FUNÇÕES 12 MENSAGENS 14 CAMPOS OBRIGATÓRIOS

Leia mais

SISCOF - Manual do Usuário

SISCOF - Manual do Usuário SISCOF - Manual do Usuário SERPRO / SUPDE / DECTA / DE901 SISTEMA DE CONTROLE DE FREQUÊNCIA Versão 1.2 Sumário SISCOF Sistema de Controle de Frequência 1. Login e Senha... 2 1.1 Como Efetuar Login No Sistema...

Leia mais

CRIANDO O SEU CURRÍCULO LATTES

CRIANDO O SEU CURRÍCULO LATTES CRIANDO O SEU CURRÍCULO LATTES Aprenda a cadastrar e construir seu currículo Lattes Abra o navegador de internet Mozilla Firefox. Para isso, clique no Menu Iniciar/Programas/Mozilla Firefox e clique no

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES SISTEMA OPERACIONAL MÉTODO QUANTUM 2014

MANUAL DE INSTRUÇÕES SISTEMA OPERACIONAL MÉTODO QUANTUM 2014 MANUAL DE INSTRUÇÕES SISTEMA OPERACIONAL MÉTODO QUANTUM 2014 ÍNDICE Apresentação Principais Botões Login Usúario Resultado Método Quantum Preencher Método Quantum Extrato On-Line Engenharia de Função Grupos

Leia mais

Roteiro de Implantação do Módulo de Patrimônio Tombamento Manual

Roteiro de Implantação do Módulo de Patrimônio Tombamento Manual Fluxo de tombamento a ser realizado: Tombar Bens por Outros Tipos de Entrada Descrição: Esta funcionalidade permite que o usuário realize o tombamento de um bem como patrimônio oficial da Instituição,

Leia mais

Manual para Envio de Petição Inicial

Manual para Envio de Petição Inicial Manual para Envio de Petição Inicial 1. Após abrir a página do PROJUDI, digite seu usuário e senha 1.1. Para advogados o usuário é o cpf.adv (ex: 12345678900.adv) 1.2. Após digitar os dados (login e senha),

Leia mais

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo em sua oficina. O sistema foi desenvolvido para ser utilizado

Leia mais

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO MANUAL DO SERVIDOR 1ºGRAU MÓDULO 1 Sumário 1 Acesso ao Sistema...3 2 Quadro de Aviso...4 3 Menu...8 3.1 Audiência...8 3.1.1 Tempo

Leia mais

WEB COLABORADOR. Envio e Recebimento de arquivos de consignação

WEB COLABORADOR. Envio e Recebimento de arquivos de consignação TUTORIAL Envio e Recebimento de arquivos de consignação Para acessar o Web Colaborador e transferir arquivos de consignação, entre com os dados de CNPJ, usuário e senha, nos campos correspondentes. Regras

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR ACESSANDO O PORTAL DO PROFESSOR Para acessar o portal do professor, acesse o endereço que você recebeu através da instituição de ensino ou acesse diretamente o endereço:

Leia mais

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL. CERBERUS Manual do sistema Versão 1.0

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL. CERBERUS Manual do sistema Versão 1.0 CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO DISTRITO FEDERAL CERBERUS Manual do sistema HISTÓRICO DA REVISÃO Data Versão Descrição Autor 07/08/2014 1.0 Criação do documento Antonio Rogério da Costa Silva LISTA DE FIGURAS

Leia mais

e-fornecedores Nova Versão Cartilha do Fornecedor

e-fornecedores Nova Versão Cartilha do Fornecedor e-fornecedores Nova Versão Cartilha do Fornecedor Destinada aos Fornecedores das empresas: Outubro/2010 Nova Estrutura de Telas O portal e-fornecedores conta com nova interface, que facilita a forma de

Leia mais

Manual de Procedimentos de Multas TOTVS

Manual de Procedimentos de Multas TOTVS Novas rotinas para pagamentos de multa. Manual de Procedimentos de Multas TOTVS No verso da boleta Cielo anotar o Registro Acadêmico (RA), data e nome do curso. Para os casos onde o usuário não estiver

Leia mais

Funcionalidade da Aba Pesquisador

Funcionalidade da Aba Pesquisador Funcionalidade da Aba Pesquisador Versão 1.0 1 Versão Autor Data Descrição 1.0 Equipe suporte 07/11/2013 Criação do Plataforma Brasil documento *Atenção! Para sugestões, no intuito de aprimorar os manuais

Leia mais

Portal dos Convênios - Siconv. Disponibilização de Programas. Manual do Usuário Versão 2

Portal dos Convênios - Siconv. Disponibilização de Programas. Manual do Usuário Versão 2 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - Siconv Disponibilização de Programas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE SUPORTE DA PREFEITURA UNIVERSITÁRIA

Leia mais

Portal dos Convênios - SICONV. Inclusão e Envio de Proposta. Manual do Usuário

Portal dos Convênios - SICONV. Inclusão e Envio de Proposta. Manual do Usuário MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - SICONV Inclusão e Envio de Proposta Manual

Leia mais

Manual de utilização

Manual de utilização Manual de utilização 1 Índice Calendário... 3 Usuários... 4 Contato... 5 Alterar... 5 Excluir... 5 Incluir... 5 Feriados... 9 Nacionais... 9 Regionais... 9 Manutenção... 9 Obrigações... 9 Obrigações Legais...

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: PROPOSTAS VERSÃO 1.1 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 10/11/2011 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 07/01/2013 1.1 Atualização do

Leia mais

Escritório Virtual Administrativo

Escritório Virtual Administrativo 1 Treinamento Módulos Escritório Virtual Administrativo Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual e módulo Administrativo do sistema Office 2 3 1. Escritório

Leia mais

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE ❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE a) Checagem de Estoque - Verifique o estoque dos produtos desejados. b) Listar produtos com a quantia de estoque mínimo atingido: ESTOQUE / RELATÓRIO / ALERTA DE COMPRA

Leia mais

1. Escritório Virtual... 5. 1.1. Atualização do sistema...5. 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5

1. Escritório Virtual... 5. 1.1. Atualização do sistema...5. 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5 1 2 Índice 1. Escritório Virtual... 5 1.1. Atualização do sistema...5 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5 1.3. Cadastro do Escritório...5 1.4. Logo Marca do Escritório...6...6 1.5. Cadastro

Leia mais

REMOÇÃO 2015 MANUAL DE DESISTÊNCIA

REMOÇÃO 2015 MANUAL DE DESISTÊNCIA REMOÇÃO 2015 MANUAL DE DESISTÊNCIA Versão 05/05/2015 SUMÁRIO ACESSANDO O SISTEMA... 03 VISUALIZANDO A SOLICITAÇÃO... 05 DEMONSTRATIVO DAS VAGAS... 06 DESISTÊNCIA DA REMOÇÃO... 08 IMPRIMIR PROTOCOLO...

Leia mais

Prestação de Contas Eletrônica

Prestação de Contas Eletrônica TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO MANUAL DO USUÁRIO Prestação de Contas Eletrônica TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 2/17 Sumário 1- ACESSO... 3 2- TELA DE INÍCIO... 4 3- CADASTRAMENTO...

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SIGRH - FREQUÊNCIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SIGRH - FREQUÊNCIA SIGRH - FREQUÊNCIA Boa Vista RR, 21 novembro de 2014. É o módulo do Sistema Integrado de Gestão de Recursos Humanos (SIGRH) que tem por objetivo permitir o gerenciamento das informações relacionadas ao

Leia mais

Clique no botão para iniciar o treinamento TAREFAS CONTRAT OS RELACIO NAMENT CONFIGURAÇÕES. A ideia é usar os próprios ícones do CGW.

Clique no botão para iniciar o treinamento TAREFAS CONTRAT OS RELACIO NAMENT CONFIGURAÇÕES. A ideia é usar os próprios ícones do CGW. Script CGW Módulo Tarefas Parte I Menu: Clique no botão para iniciar o treinamento ÁREA DE TRABALHO GERAL TAREFAS CONTRAT OS PORTAL DE RELACIO NAMENT FATURAM ENTO FINANCEI RO RELACIO NAMENT O CONFIGU RAÇÕES

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA. Documento de Arrecadação Estadual DAE. Manual do Usuário. Versão 1.0.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA. Documento de Arrecadação Estadual DAE. Manual do Usuário. Versão 1.0.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA 1 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA Documento de Arrecadação Estadual DAE Manual do Usuário Versão 1.0.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA 66.053-000 Av. Visconde de Souza Franco, 110 Reduto Belém PA Tel.:(091)

Leia mais

Manual do Almoxarifado SIGA-ADM

Manual do Almoxarifado SIGA-ADM Manual do Almoxarifado SIGA-ADM DIRETORIA DE GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO(DGTI) MARÇO/2012 Requisição de Almoxarifado Requisições O sistema retornará a tela do menu de Administração. Nela selecione

Leia mais

SIGEM AVALIAÇÃO DE ALUNOS WEB

SIGEM AVALIAÇÃO DE ALUNOS WEB SIGEM AVALIAÇÃO DE ALUNOS WEB Conteúdo 1. ABERTURA DO SISTEMA... 3 1.1. Barra principal de Ferramentas... 4 1.2. Filtro de consultas... 5 2. VISÃO GERAL DO SISTEMA... 6 3. SELECIONAR ESCOLA... 7 4. SISTEMA

Leia mais

Manual de Navegação Básica. Siga Relacionamento Sou Abrasel - Site

Manual de Navegação Básica. Siga Relacionamento Sou Abrasel - Site Manual de Navegação Básica Siga Relacionamento Sou Abrasel - Site 1 Conteúdo Iniciando a implantação:... 3 para o treinamento no encontro de executivos... 3 Siga Relacionamento... 4 O que é Unidade de

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Geral Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema de Almoxarifado

Leia mais

Portal dos Convênios - SICONV. Prestação de Contas - Convenente. Manual do Usuário. Versão 1-12/07/2010

Portal dos Convênios - SICONV. Prestação de Contas - Convenente. Manual do Usuário. Versão 1-12/07/2010 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - SICONV Prestação de Contas - Convenente

Leia mais

Manual (SGA- Sistema de Gerenciamento de Almoxarifado)

Manual (SGA- Sistema de Gerenciamento de Almoxarifado) Manual (SGA- Sistema de Gerenciamento de Almoxarifado) Como acessa o sistema através da INTRANET do DER/RO (PROVISIORIAMENTE). http://www.der.ro.gov/intranet/portalder 1 Nessa etapa é possível observar,

Leia mais

CADASTRO DE INSTITUIÇÕES E USUÁRIOS - NOTIVISA PERGUNTAS FREQUENTES

CADASTRO DE INSTITUIÇÕES E USUÁRIOS - NOTIVISA PERGUNTAS FREQUENTES CADASTRO DE INSTITUIÇÕES E USUÁRIOS - NOTIVISA PERGUNTAS FREQUENTES 01. Como cadastrar uma... 2 02. Quem é o Responsável Legal de uma... 2 03. Como associar o Responsável Legal a uma... 2 04. Como Desassociar

Leia mais

CADASTRO DE INSTITUIÇÕES E ACESSO AO SISTEMA CANAIS PERGUNTAS FREQUENTES

CADASTRO DE INSTITUIÇÕES E ACESSO AO SISTEMA CANAIS PERGUNTAS FREQUENTES Agência Nacional de Vigilância Sanitária CADASTRO DE INSTITUIÇÕES E ACESSO AO SISTEMA CANAIS PERGUNTAS FREQUENTES Brasília, 27 de setembro de 2011 www.anvisa.gov.br Página 1 de 8 CADASTRO DE INSTITUIÇÕES

Leia mais

Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X.

Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X. Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X. Para iniciar o sistema dê um duplo clique no ícone, que se encontra na área de trabalho. 1 Login do sistema. Esta é a tela de login

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.04

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.04 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.04 Inventário Manual...2 Relatório de contagem...2 Contagem...3 Digitação...3 Inventário Programado...6 Gerando o lote...7 Inserindo produtos manualmente no lote...8 Consultando

Leia mais

Como funciona? SUMÁRIO

Como funciona? SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Introdução... 2 2. Benefícios e Vantagens... 2 3. Como utilizar?... 2 3.1. Criar Chave / Senha de Usuário... 2 3.2. Recursos da Barra Superior... 2 3.2.1. Opções... 3 3.2.1.1. Mover Para...

Leia mais

Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão

Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão NOVOSIS 3ª Versão Conteúdo Introdução... 3 Principais recursos:... 4 Para o cidadão:... 4 Para os órgãos públicos:... 4 Como Utilizar o SIC...

Leia mais

Manual do SISC Sistema de Informações do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Perfil Gestor Estadual Abril/2014 Versão 1.

Manual do SISC Sistema de Informações do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Perfil Gestor Estadual Abril/2014 Versão 1. Manual do SISC Sistema de Informações do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Perfil Gestor Estadual Abril/2014 Versão 1.0 SUMÁRIO Manual do SISC... 3 1. Finalidade do SISC... 3 2. Requisitos

Leia mais

1ª PARTE DIÁRIOS ELETRÔNICOS

1ª PARTE DIÁRIOS ELETRÔNICOS 1 1ª PARTE DIÁRIOS ELETRÔNICOS 1.ACESSANDO O SITE DA FEOL 1.1 Endereço do Site O endereço para acessar o site da Fundação Educacional de Oliveira é: www.feol.com.br Obs: experimente digitar apenas feol.com.br

Leia mais

Treinamento. Módulo. Escritório Virtual. Sistema Office. Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual do sistema Office

Treinamento. Módulo. Escritório Virtual. Sistema Office. Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual do sistema Office Treinamento Módulo Escritório Virtual Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual do sistema Office 1. Atualização do sistema Para que este novo módulo seja ativado,

Leia mais

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar.

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar. Índice 1) Acesso ao sistema 2) Recepção do paciente 3) Envio do atendimento para faturamento: consulta médica ou procedimentos simples 4) Envio do atendimento para faturamento: procedimentos previamente

Leia mais

Manual de Utilização. Sistema. Recibo Provisório de Serviço

Manual de Utilização. Sistema. Recibo Provisório de Serviço Manual de Utilização Sistema Recibo Provisório de Serviço Versão 1.0 17/08/2011 Sumário Introdução... 5 1. Primeiro Acesso... 7 2. Funções do e-rps... 8 2.1 Menu Superior... 8 2.1.1 Arquivo......8 2.1.2

Leia mais

MOVIMENTAÇÕES PELO SITE UNIODONTO

MOVIMENTAÇÕES PELO SITE UNIODONTO MOVIMENTAÇÕES PELO SITE UNIODONTO Com o intuito de agilizar e facilitar as adesões, cancelamentos e al terações de usuários, estamos disponibilizando em nosso site o processo de movimentação bem como o

Leia mais

CORREIO inotes. Para acessar o Correio inotes é necessário acessar a Internet.

CORREIO inotes. Para acessar o Correio inotes é necessário acessar a Internet. CORREIO inotes Para acessar o Correio inotes é necessário acessar a Internet. Na sua Área de Trabalho execute dois cliques rápidos no ícone do Internet Explorer. Ao ser exibida a primeira tela do Internet

Leia mais

Portal dos Convênios - SICONV. Acompanhamento e Fiscalização Concedente, Instituição Mandatária e Convenente. Manual do Usuário

Portal dos Convênios - SICONV. Acompanhamento e Fiscalização Concedente, Instituição Mandatária e Convenente. Manual do Usuário MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios - SICONV Acompanhamento e Fiscalização

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA DE ECONOMIA E FINANÇAS DIRETORIA DE GESTÃO ORÇAMENTÁRIA

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA DE ECONOMIA E FINANÇAS DIRETORIA DE GESTÃO ORÇAMENTÁRIA MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO SECRETARIA DE ECONOMIA E FINANÇAS DIRETORIA DE GESTÃO ORÇAMENTÁRIA SISTEMA DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS E ACOMPANHAMENTO ORÇAMENTÁRIO SIGA Manual de Instrução VERSÃO

Leia mais

Moodle - CEAD Manual do Estudante

Moodle - CEAD Manual do Estudante Moodle - CEAD Manual do Estudante Índice Introdução 3 Acessando o Ambiente 4 Acessando o Curso 5 Navegando no Ambiente do Curso 5 Box Participantes 5 Box Atividades 5 Box Buscar nos Fóruns 5 Box Administração

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE SUPORTE Versão 1.0 24/01/2012 1

Leia mais

SIASP SISTEMA DE ADMINISTRAÇÃO DE ALMOXARIFADO SERVIÇOS E PATRIMÔNIO MANUAL DO USUÁRIO

SIASP SISTEMA DE ADMINISTRAÇÃO DE ALMOXARIFADO SERVIÇOS E PATRIMÔNIO MANUAL DO USUÁRIO MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO GERAL DE MODERNIZAÇÃO E INFORMÁTICA SIASP SISTEMA DE ADMINISTRAÇÃO DE ALMOXARIFADO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Manual do Usuário. Programa de Avaliação de Desempenho PROAD

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Manual do Usuário. Programa de Avaliação de Desempenho PROAD UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Manual do Usuário Programa de Avaliação de Desempenho PROAD Versão 1.0 02/09/2009 Índice 1. Introdução 2. Plataforma

Leia mais

Manual Operacional SIGA

Manual Operacional SIGA SMS - ATTI Julho -2012 Conteúdo Sumário... 2... 3 Consultar Registros... 4 Realizar Atendimento... 9 Adicionar Procedimento... 11 Não Atendimento... 15 Novo Atendimento... 16 Relatórios Dados Estatísticos...

Leia mais

MANUAL DO ALUNO PARA NAVEGAR NO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM - AVA

MANUAL DO ALUNO PARA NAVEGAR NO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM - AVA MANUAL DO ALUNO PARA NAVEGAR NO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM - AVA MANUAL DO ALUNO Vamos aprender juntos o passo a passo para navegar e estudar com tranquilidade no ambiente aconchegante de seu doce

Leia mais

Passo a Passo na Ferramenta Inventários no SIGLA Digital

Passo a Passo na Ferramenta Inventários no SIGLA Digital Passo a Passo na Ferramenta Inventários no SIGLA Digital Inventários Página 1 de 6 Utilizado para fazer o inventário de todos os produtos cadastrados no sistema SIGLA Digital 1 Começando o Cadastro 11

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PEDIDO DE USO DE ECF MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PEDIDO DE USO DE ECF MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PEDIDO DE USO DE ECF MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0 Belém Agosto - 2013 1 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Identificação Acesso ao Sistema... 4 3. Painel

Leia mais

Vendas. Manual do Usuário. Copyright 2014 - ControleNaNet

Vendas. Manual do Usuário. Copyright 2014 - ControleNaNet Manual do Usuário Copyright 2014 - ControleNaNet Conteúdo A Ficha de Vendas...3 Os Recibos...6 Como imprimir?...7 As Listagens...9 Clientes... 10 Consulta... 11 Inclusão... 13 Alteração... 14 Exclusão...

Leia mais

WebEDI - Tumelero Manual de Utilização

WebEDI - Tumelero Manual de Utilização WebEDI - Tumelero Manual de Utilização Pedidos de Compra Notas Fiscais Relação de Produtos 1. INTRODUÇÃO Esse documento descreve o novo processo de comunicação e troca de arquivos entre a TUMELERO e seus

Leia mais

REMOÇÃO 2015 Versão 10/04/2015

REMOÇÃO 2015 Versão 10/04/2015 Versão 10/04/2015 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 03 ACESSANDO O SISTEMA... 04 CONSULTA DE VAGAS... 06 CRIAR SOLICITAÇÃO PARA REMOÇÃO 2015... 09 PREENCHENDO A COMARCA/FORO... 10 ALTERANDO A SOLICITAÇÃO CADASTRADA...

Leia mais

Sistema de Prestação de Contas Siprec

Sistema de Prestação de Contas Siprec Sistema de Prestação de Contas Siprec Manual de Utilização Perfil Beneficiário Versão 1.3.4 Agosto de 2013 1 SUMÁRIO Manual do Usuário... 3 1. Objetivo do manual... 3 2. Sobre o sistema... 3 3. Quem deve

Leia mais

SISTEMA PATRIMÔNIO WEB

SISTEMA PATRIMÔNIO WEB UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Subcomissão de Patrimônio - GEFIM REITORIA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO COMPATRIM/GEFIM SISTEMA PATRIMÔNIO WEB Manual do usuário v.1.1 Sumário Introdução... 4 Fluxo das Principais

Leia mais

Tutorial SICAD. Ministério do Esporte Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social

Tutorial SICAD. Ministério do Esporte Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social SICAPP Sistema de Consulta e Adaptação de SICAD PPs Jul/2014 2015 Ministério do Esporte Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social Tutorial SICAD SICAD 2015 SICAPP Sistema de Consulta

Leia mais

Manual de utilização do SGA - Sistema de Gerenciamento de Almoxarifado

Manual de utilização do SGA - Sistema de Gerenciamento de Almoxarifado Manual de utilização do SGA - Sistema de Gerenciamento de Almoxarifado Setembro/2013 Para acessar o sistema o usuário deverá entrar com os dados mostrados na imagem abaixo: 1. Nessa etapa é possível observar

Leia mais

Dois novos relatórios estão disponíveis nesta versão do Imobiliária 21. São eles: Devedores e Imóvel por Área. Veja abaixo como emitir cada um.

Dois novos relatórios estão disponíveis nesta versão do Imobiliária 21. São eles: Devedores e Imóvel por Área. Veja abaixo como emitir cada um. Sumário Este documento de versionamento contém: 1. Inclusão dos relatórios: Devedores e Imóvel por Área. 2. Inclusão do campo Código de Município no cadastro de cidade. 3. Publicação de boletos de proprietário

Leia mais

Módulo Domínio Atendimento - Versão 8.0A-06

Módulo Domínio Atendimento - Versão 8.0A-06 Módulo Domínio Atendimento - Versão 8.0A-06 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse

Leia mais

Portal dos Convênios - SICONV. Prestação de Contas - Convenente. Manual do Usuário. Versão 2-26/11/2010

Portal dos Convênios - SICONV. Prestação de Contas - Convenente. Manual do Usuário. Versão 2-26/11/2010 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - SICONV Prestação de Contas - Convenente

Leia mais

Sistema de Bilhetagem Eletrônica

Sistema de Bilhetagem Eletrônica GUIA DE REFERÊNCIA SIB Sistema de Bilhetagem Eletrônica Projeto Sistema de Bilhetagem Eletrônica Documento MR (17/Maio/2011) Tabela 1 Histórico das alterações no documento Data Versão Autor Descrição 09/11/2010

Leia mais

Backup. Tutorial TGC Backup

Backup. Tutorial TGC Backup : seus dados seguros de forma simples e prática. Backup Objetivo: demonstrar como configurar o nas versões gratuita e paga. Com o aumento das obrigações fiscais e legais, o armazenamento de grandes volumes

Leia mais

SIGA Sistema de Gestão de Almoxarifado

SIGA Sistema de Gestão de Almoxarifado SIGA Sistema de Gestão de Almoxarifado Como acessar O acesso ao Sistema se faz através da página da SEPLAG Clicando no Link destacado Clicar no Link destacado e será exibida a tela de login do Guardião.

Leia mais

Manual do Visualizador NF e KEY BEST

Manual do Visualizador NF e KEY BEST Manual do Visualizador NF e KEY BEST Versão 1.0 Maio/2011 INDICE SOBRE O VISUALIZADOR...................................................... 02 RISCOS POSSÍVEIS PARA O EMITENTE DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA.................

Leia mais

Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA

Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA Manual de Utilização Perfil Beneficiário 1. 2. Objetivo do Manual... 2 Siglas e Abreviações... 2 3. Perfil do Usuário... 2 4. Descrição Geral do Sistema...

Leia mais

Curso Básico Sistema EMBI

Curso Básico Sistema EMBI Curso Básico Sistema EMBI Módulo Atendentes e Administradores Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste trabalho pode ser reproduzida em qualquer forma por qualquer meio gráfico, eletrônico ou

Leia mais

Manual de Configuração e Utilização TabFisc Versão Mobile 09/2013 Pag. 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO TABLET VERSÃO MOBILE

Manual de Configuração e Utilização TabFisc Versão Mobile 09/2013 Pag. 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO TABLET VERSÃO MOBILE Pag. 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO TABLET VERSÃO MOBILE Pag. 2 INTRODUÇÃO Esse documento contém as instruções básicas para a utilização do TabFisc Versão Mobile (que permite ao fiscal a realização do seu trabalho

Leia mais

Manual de Acesso ao Sistema de Gestão de Serviços (SIGServ)

Manual de Acesso ao Sistema de Gestão de Serviços (SIGServ) Manual de Acesso ao Sistema de Gestão de Serviços (SIGServ) SIGServ É um sistema de solicitação, atendimento e acompanhamento de serviços da PRESTADORA CADASTRADA (Prefeitura do Campus Cuiabá) para o campus

Leia mais

Manual do Usuário - Processo Certificado de Registro Pessoa Física Manual Operacional Certificado de Registro Pessoa Física CRPF

Manual do Usuário - Processo Certificado de Registro Pessoa Física Manual Operacional Certificado de Registro Pessoa Física CRPF Manual Operacional Certificado CRPF Abril Curitiba - PR 1 Sumário 1 OBJETIVO 6 2 ACESSO INICIAL PARA TODOS OS USUÁRIOS (CAC S) 7 2.1 REALIZANDO O PRIMEIRO CADASTRO. 8 2.1.1 CPF 8 2.1.2 TAPE 8 2.1.3 CÓDIGO

Leia mais

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Página 1 de 9 Este é um dos principais módulos do SIGLA Digital. Utilizado para dar entrada de produtos no estoque, essa ferramenta segue a seguinte

Leia mais

para outro) 23 ÍNDICE ERP 1- Cadastro de Produtos (Implantação no Almoxarifado) 04

para outro) 23 ÍNDICE ERP 1- Cadastro de Produtos (Implantação no Almoxarifado) 04 1 2 ÍNDICE ERP 1- Cadastro de Produtos (Implantação no Almoxarifado) 04 2- Notas de Compra (Incluindo Quantidades no Almoxarifado) 07 2.1 - Notas complementares 12 2.2 - Desmembramento de bens 13 3- Requisições

Leia mais

TREINAMENTO DE USUÁRIO APROVADOR/HOMOLOGADOR. SIPPES Sistema de Pagamento de Pessoal

TREINAMENTO DE USUÁRIO APROVADOR/HOMOLOGADOR. SIPPES Sistema de Pagamento de Pessoal TREINAMENTO DE USUÁRIO APROVADOR/HOMOLOGADOR SIPPES Sistema de Pagamento de Pessoal Sumário CONFIGURAR ORGANIZAÇÃO MILITAR 1. USUÁRIOS... 6 1.1. Administrador de Parâmetros Cadastrais OM... 6 2. PRÉ-CONDIÇÕES...

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL SBC

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL SBC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL SBC SUMÁRIO 1 - Tela de Login...03 2 - Caixa de Entrada...04 3 - Escrever Mensagem...06 4 - Preferências...07 4.1 - Configurações Gerais...07 4.2 - Trocar Senha...07 4.3

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado de Roraima. AGIS Gerenciamento Eletrônico de Documentos

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado de Roraima. AGIS Gerenciamento Eletrônico de Documentos AGIS Gerenciamento Eletrônico de Documentos 1 SUMÁRIO 1. Definições 3 1.1 Apresentação 3 1.2 Disposição do Sistema 3 2. Acessando o Sistema 4 2.1 Procedimento para regularizar o primeiro acesso 4 2.2 Procedimento

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO. Alma Web MANUAL DO USUÁRIO CONTRIBUINTE

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO. Alma Web MANUAL DO USUÁRIO CONTRIBUINTE SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO Alma Web MANUAL DO USUÁRIO CONTRIBUINTE Versão 1.0 Belém PA Dezembro de 2012 1 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Autenticação... 3 3. Painel

Leia mais

manual Sistema de Gestão de Contribuições

manual Sistema de Gestão de Contribuições manual Sistema de Gestão de Contribuições Conteúdo 1. Login 4 2. Home 5 3. Informações básicas 3.1. Menus 6 3.2. Números e status 7 3.3. Ações 8 4. Ambientes da ferramenta 4.1. Sindicato 13 4.2. Empresas

Leia mais

Índice 1. PORTAL DE VENDAS... 3 2. INTEGRAÇÃO PORTAL DE VENDAS X FOX... 4 3. CADASTRO DE VENDEDORES/SUPERVISORES... 5 4. CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA...

Índice 1. PORTAL DE VENDAS... 3 2. INTEGRAÇÃO PORTAL DE VENDAS X FOX... 4 3. CADASTRO DE VENDEDORES/SUPERVISORES... 5 4. CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA... Portal de Vendas Índice 1. PORTAL DE VENDAS... 3 2. INTEGRAÇÃO PORTAL DE VENDAS X FOX... 4 3. CADASTRO DE VENDEDORES/SUPERVISORES... 5 1.1. Guia Portal de Vendas... 7 4. CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA... 8 5.

Leia mais

Manual Telemetria - RPM

Manual Telemetria - RPM Sumário Apresentação... 2 Home... 2 Definição do Idioma... 3 Telemetria RPM... 4 Pré-requisitos necessários para utilizar o menu Telemetria RPM... 5 Faixas RPM... 11 Configura Faixa do Veículo... 15 Acumulado

Leia mais

USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL

USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL ATENÇÃO! Para utilizar este tutorial não se esqueça: Onde estiver escrito seusite.com.br substitua pelo ENDEREÇO do seu site (domínio). Ex.: Se o endereço do seu site é casadecarnessilva.net

Leia mais

Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013

Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013 Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013 Sumário 1. Ambiente Group Shopping... 3 2. Alteração na Tela de Contratos e Controle de Edições... 7 3. Propagação de Contratos... 10 4. Configuração de Impressora

Leia mais

Plataforma Brasil Versão 3.0

Plataforma Brasil Versão 3.0 Plataforma Brasil Versão 3.0 Histórico de Revisão do Manual Versão do Sistema 3.0 Autor Data Descrição Assessoria Plataforma Brasil 29/06/2015 Criação do Documento OBS: Para sugestões, a fim de aprimorar

Leia mais

Governo do Estado do Pará Secretaria de Estado da Fazenda

Governo do Estado do Pará Secretaria de Estado da Fazenda Manual do Usuário Sistema Notapará Programa Nota Fiscal Cidadã Objetivo: Estabelecer orientações aos usuários do sistema Notapará, tais como: usabilidade, funcionalidade e navegabilidade. Manual do Usuário

Leia mais

Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I.

Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I. Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I. MILI S.A. - D.T.I. Índice 1 ACESSANDO O PORTAL IPEDIDOS... 3 1.1 Login...5 1.2 Tela Principal, Mensagens e Atendimento On-line...6 2 CADASTRAR... 10 2.1 Pedido...10

Leia mais