NOÇÕES DE GEOPROCESSAMENTO. Módulo 3

Save this PDF as:
Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "NOÇÕES DE GEOPROCESSAMENTO. Módulo 3"

Transcrição

1 NOÇÕES DE GEOPROCESSAMENTO Módulo 3

2 Sistema Metropolitano de Informações Georreferenciadas MetroGeo Curso Noções de Geoprocessamento Módulo 3 Oscar Ricardo M. Schmeiske

3 Programação Curso Noções de Geoprocessamento Módulo 1 Conceituação Histórico CAD, mapeamento eletrônico e SIG Software,Hardware e Recursos Humanos Métodos e Procedimentos Dados Espaciais Módulo 2 Estrutura de Dados Geográficos Banco de Dados Geográficos Módulo 3 Desenvolvimento de aplicativos Aplicações de SIG na gestão municipal Módulo 4 Implementação do SIG

4 Desenvolvimento O desenvolvimento de um sistema de informação tem como resultado uma combinação de quatro componentes que devem ser implementados paralelamente através de uma constante observação e análise do trabalho coletivo e individual de todos os participantes do projeto.

5 Desenvolvimento Arquitetura de um SIG Aplicação: geralmente o único componente considerado nos projetos de desenvolvimento de um SIG; nada mais é do que a habilitação da funcionalidade da tecnologia sig para solução de um determinado problema de representação cartográfica, análise espacial ou simulação. Dados: arquitetura composta da base de metadados, da base de coordenadas de objetos espaciais, e da base de atributos de objetos espaciais. É o maior desafio na constituição de um SIG. Tecnologia: o pacote SIG que deve ter sido muito bem selecionado para uso neste desenvolvimento. Esta seleção do SIG a ser utilizado deve ser feita a partir dos requisitos funcionais definidos para o SIG e sua missão; a não ser que já seja compulsória em função do SIG disponível ou da experiência que se tenha no uso de um determinado SIG. Serviços: ex.: procedimentos de backup e de recuperação da arquitetura de dados; manutenção e atualização do pacote SIG e do ambiente tecnológico onde opera; utilitários diversos para conversão de formatos e armazenamento em diferentes mídias.

6 Desenvolvimento Tipologia de Usuários SIG Usuário que desenvolve; Usuário que opera o SIG; Usuário que controla;

7 Desenvolvimento Do Sistema de Informação Geográfico ao Sistema de Informação Territorial Subsistema de Referência a Dados: intensificação das funções e recursos da base de metadados do SIG. Subsistema de Códigos Locacionais: documentação de todas as formas de divisão territorial, especialmente aquelas criadas pelo estudo do espaço geográfico; facilita sobremaneira a integração de dados de diferentes fontes produtoras. Subsistema de Legislação: referencia e resumo de toda a legislação que possa atuar na configuração do território; Subsistema de Programas Afins: documentação todo de programas governamentais ou não, que estejam atuantes na organização do território. Subsistema de Disseminação: adequada difusão dos produtos do SIG através da Internet, permitindo consultas a dados e documentos a partir de mapas interativos e mobilizando a comunidade.

8 Desenvolvimento 1. PROBLEMATIZAÇÃO Finalidade do projeto. 2. ESTRUTURAÇÃO Definição das Informações, Tipo de Dados e Relacionamento. 3. COLETA DE DADOS Definição da Escala de Trabalho e Metodos de Obtenção de Dados.

9 Desenvolvimento IMPLEMENTAÇÃO DO PROJETO 1. CRIAÇÃO DO PROJETO; 2. ATRIBUIÇÃO DE UM SISTEMA DE COORDENADAS; 3. SALVANDO UM PROJETO; 4. ENTRADA DE DADOS; 5. CONVERSÃO DE DADOS PARA SIG; 6. CRIAÇÃO DE TOPOLOGIAS; 7. IMPORTAÇÃO BANCO DE DADOS; 8. DEFINIÇÃO DE VÍNCULOS TEMPORÁRIOS; 9. RELACIONAMENTO DE DADOS; 10. ANÁLISE ESPACIAL.

10 Desenvolvimento CONVERSÃO DE DADOS PARA SIG A conversão de dados visa à padronização e a validação da base cartográfica, e suas premissas básicas correspondem aos tipos de fontes de dados, os tipos de estruturas de dados, o uso de símbolos, a qualidade dos dados e a interface com sistemas antigos. O ajuste dos dados de uma base cartográfica corresponde à correção dos erros cometidos nos processos de desenho, restituição ou digitalização dos dados.

11 Desenvolvimento TOPOLOGIA A Topologia descreve a relação entre os objetos ou grupos de objetos representados no desenho, armazenando informações sobre os seus atributos e permitindo a realização de análises espaciais.

12 Desenvolvimento BANCO DE DADOS

13 Aplicações Gestão de Planos Municipais de Ordenamento do Território Inventário dos Recursos Naturais Proteção Civil Gestão de Infraestruturas Otimizar localizações Cadastro

14 Aplicaçõe de SIG Aplicações de um SIG na Gestão Municipal: Planejamento de redes de circulação e transportes Planejamento agrícola Gestão de recursos naturais Planejamento de serviços de emergência Gestão de equipamentos sociais e culturais Planejamento de uso do solo

15 Aplicaçõe de SIG Áreas de aplicação para os sistemas de informação geográfica no âmbito da Gestão Municipal: Análise de Impactos Modelação Simulação Gestão e Otimização de Recursos Gestão Urbanística Planejamento Urbanístico

16 Aplicaçõe de SIG Análise de Impactos Os Sistemas de Informação Geográfica dispõem de ferramentas de análise, capazes de criar modelos virtuais de simulação dos efeitos criados pela introdução de novas variáveis nos sistemas. Aplicações: Estudos de impacto de novas infra-estruturas Edifícios ou usos do solo podem ser testados e analisados antes de serem implementados

17 Aplicaçõe de SIG Modelação Através da geração de modelos tridimensionais bem como a sua manipulação e integração em sistemas de análise, é possível: A criação de modelos numéricos de terreno, análises de declives e exposições solares A criação de maquetes para estudos de implantação ou definição de localizações ótimas para redes de infraestruturas

18 Aplicaçõe de SIG Simulação É possível gerar cenários virtuais que permitem antecipar ações e procedimentos, sendo um recurso inestimável na prevenção e minimização de impactos negativos de determinados acontecimentos. Aplicações: A previsão de catástrofes naturais: cheias, tornados, etc. Em colaboração com a Defesa Civil é possível efetuar análises de risco relacionadas com fenômenos naturais e zonas de propensão a incêndios e outros desastres.

19 Aplicaçõe de SIG Gestão e Otimização de Percursos A gestão de redes de infraestruturas e a criação de redes de distribuição e recolha, pautam-se hoje em dia por requisitos de eficácia, rentabilidade e qualidade. Os Sistemas de Informação Geográfica vieram introduzir um fator de planejamento de tais infraestruturas, que têm conduzido à adoção de soluções mais rápidas, eficazes e baratas. Aplicações: Definição e otimização de percursos de distribuição de correio, recolha de resíduos sólidos e urbanos e da rede pública de transportes.

20 Aplicaçõe de SIG Gestão Urbanística O fácil acesso de forma integrada à informação geográfica e processual, contribuirá para um aumento da eficácia e confiabilidade das atividades de gestão urbanística. Aplicações: Processos de licenciamento de loteamentos urbanos e obras particulares A monitoração do planejamento e da construção urbana. A atualização da cartografia das áreas urbanizáveis. A atualização do cadastro por alteração de uso de imóveis rurais e divisão predial nos imóveis urbanos.

21 Aplicaçõe de SIG Planejamento Urbanístico Permite a elaboração de planos urbanísticos envolvendo grandes volumes de informação de natureza distinta, quase sempre oriunda de diversos tipos de fontes. Aplicações: A programação da construção de espaços verdes e instalação do mobiliário urbano. A rede viária e a iluminação pública de acordo com os processos de licenciamento. A programação da construção de equipamentos sociais e culturais, de acordo com a programação do solo urbano e da construção de edifícios para habitação.

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 2ª REGIÃO Secretaria de Tecnologia da Informação

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 2ª REGIÃO Secretaria de Tecnologia da Informação TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 2ª REGIÃO Secretaria de Tecnologia da Informação REGIONALIZAÇÃO DE SERVIÇOS DE TI MAPEAMENTO DE PROVIDÊNCIAS INICIAIS Março/2014 V 1.1 REGIONALIZAÇÃO DE SERVIÇOS DE TI MAPEAMENTO

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Competências Analista 1. Administração de recursos de infra-estrutura de tecnologia da informação 2.

Leia mais

Carga Horária Anual Disciplinas. 1.º Ano (10.º) 2.º Ano (11.º)

Carga Horária Anual Disciplinas. 1.º Ano (10.º) 2.º Ano (11.º) O Técnico de Informática de Gestão é o profissional qualificado que possui competências no âmbito da gestão das organizações, nomeadamente na construção de modelos de gestão de negócios/projetos, criando

Leia mais

Módulo 4: Gerenciamento de Dados

Módulo 4: Gerenciamento de Dados Módulo 4: Gerenciamento de Dados 1 1. CONCEITOS Os dados são um recurso organizacional decisivo que precisa ser administrado como outros importantes ativos das empresas. A maioria das organizações não

Leia mais

DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES DOS CARGOS

DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES DOS CARGOS DENOMINAÇÃO DO CARGO: AUXILIAR DE BIBLIOTECA NÍVEL DE CLASSIFICAÇÃO: C DESCRIÇÃO DE ATIVIDADES TÍPICAS DO CARGO: Organizar, manter e disponibilizar os acervos bibliográficos para docentes, técnicos e alunos;

Leia mais

ATIVIDADES TÍPICAS DOS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR

ATIVIDADES TÍPICAS DOS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR ATIVIDADES TÍPICAS DOS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR DENOMINAÇÃO DO CARGO: ANALISTA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Desenvolver e implantar sistemas informatizados, dimensionando requisitos e funcionalidades do

Leia mais

INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO. Profª Iana Alexandra Alves Rufino [iana_alex@uol.com.br]

INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO. Profª Iana Alexandra Alves Rufino [iana_alex@uol.com.br] INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO Profª Iana Alexandra Alves Rufino [iana_alex@uol.com.br] Introdução ao Geoprocessamento Conceitos básicos Componentes de um SIG Exemplos de aplicações Conceitos Geoprocessamento

Leia mais

Gerenciamento de Incidentes

Gerenciamento de Incidentes Gerenciamento de Incidentes Os usuários do negócio ou os usuários finais solicitam os serviços de Tecnologia da Informação para melhorar a eficiência dos seus próprios processos de negócio, de forma que

Leia mais

Jonathan J. Campos, Jefferson de Faria, William de O. Sant Ana

Jonathan J. Campos, Jefferson de Faria, William de O. Sant Ana APLICAÇÕES GEOGRÁFICAS NA WEB PARA INTEGRACÃO DE DADOS DO MONITORAMENTO AMBIENTAL DE ÁREAS DEGRADADAS PELA MINERAÇÃO DE CARVÃO NA BACIA CARBONÍFERA DO SUL DO ESTADO DE SANTA CATARINA Jonathan J. Campos,

Leia mais

Abordagens. Ao redor do computador. Ao redor do computador. Auditoria de Sistemas de Informação. Everson Santos Araujo <everson@por.com.

Abordagens. Ao redor do computador. Ao redor do computador. Auditoria de Sistemas de Informação. Everson Santos Araujo <everson@por.com. Abordagens Auditoria de Sistemas de Informação Ao redor do computador Através do computador Com o computador Everson Santos Araujo 2 Ao redor do computador Ao redor do computador Auditoria

Leia mais

O USO DO SIG NA ADMINISTRAÇÃO E AVALIAÇÃO DE IMÓVEIS DA COMPANHIA IMOBILIÁRIA DE BRASÍLIA TERRACAP

O USO DO SIG NA ADMINISTRAÇÃO E AVALIAÇÃO DE IMÓVEIS DA COMPANHIA IMOBILIÁRIA DE BRASÍLIA TERRACAP O USO DO SIG NA ADMINISTRAÇÃO E AVALIAÇÃO DE IMÓVEIS DA COMPANHIA IMOBILIÁRIA DE BRASÍLIA TERRACAP Thais Borges Sanches Lima e Bruno Tamm Rabello Setembro/2012 Introdução 1. Experiência de um grupo de

Leia mais

ERP Enterprise Resource Planning

ERP Enterprise Resource Planning ERP Enterprise Resource Planning Sistemas Integrados de Gestão Evolução dos SI s CRM OPERACIONAL TÁTICO OPERACIONAL ESTRATÉGICO TÁTICO ESTRATÉGICO OPERACIONAL TÁTICO ESTRATÉGICO SIT SIG SAE SAD ES EIS

Leia mais

Glossário Apresenta a definição dos termos, siglas e abreviações utilizadas no contexto do projeto Citsmart.

Glossário Apresenta a definição dos termos, siglas e abreviações utilizadas no contexto do projeto Citsmart. Apresenta a definição dos termos, siglas e abreviações utilizadas no contexto do projeto Citsmart. Versão 1.6 15/08/2013 Visão Resumida Data Criação 15/08/2013 Versão Documento 1.6 Projeto Responsáveis

Leia mais

Carta para a Preservação do Patrimônio Arquivístico Digital Preservar para garantir o acesso

Carta para a Preservação do Patrimônio Arquivístico Digital Preservar para garantir o acesso Carta para a Preservação do Patrimônio Arquivístico Digital Preservar para garantir o acesso Considerando que a informação arquivística, produzida, recebida, utilizada e conservada em sistemas informatizados,

Leia mais

Centros de documentação e informação para área de ENGENHARIA: como implantar e resultados esperados. Iza Saldanha

Centros de documentação e informação para área de ENGENHARIA: como implantar e resultados esperados. Iza Saldanha Centros de documentação e informação para área de ENGENHARIA: como implantar e resultados esperados Iza Saldanha Abordagem Conceitos Procedimentos/Ferramentas Benefícios esperados Estudo de caso Planave

Leia mais

Orientações para o Apoio do Fundo Amazônia ao Cadastramento Ambiental Rural

Orientações para o Apoio do Fundo Amazônia ao Cadastramento Ambiental Rural Orientações para o Apoio do Fundo Amazônia ao Cadastramento Ambiental Rural 1. Apoio do Fundo Amazônia ao Cadastramento Ambiental Rural no bioma Amazônia... 2 2. Apoio do Fundo Amazônia ao Cadastramento

Leia mais

COMPATIBILIZANDO CADASTROS

COMPATIBILIZANDO CADASTROS COMPATIBILIZANDO CADASTROS EM PROJETO SIG Cristiane Vaz Domingues cristiane.vaz@uol.com.br FOTOGRAFIA Hoje nas instituiçõesições públicas existem: informações repetidas e/ou complementares distribuídas

Leia mais

II Forum Latino Americano Geoespacial

II Forum Latino Americano Geoespacial II Forum Latino Americano Geoespacial Rio de Janeiro Agosto/2012 SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE Projeto DATAGEO Estabelecimento de uma INFRAESTRUTURA DE DADOS ESPACIAIS AMBIENTAIS IDEA-SP Secretaria de Meio

Leia mais

Soluções em Sistemas de Informação para. Gestão Fundiária. Ministérios do Desenvolvimento Agrário e da Defesa INCRA SIPAM

Soluções em Sistemas de Informação para. Gestão Fundiária. Ministérios do Desenvolvimento Agrário e da Defesa INCRA SIPAM Soluções em Sistemas de Informação para Gestão Fundiária SIPAM INCRA Ministérios do Desenvolvimento Agrário e da Defesa Execução de Georreferenciamento Em 2009: Programa Terra Legal é criado; O serviço

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA - TNC FERRAMENTA PARA A ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE REGULARIZAÇÃO DE RESERVAS LEGAIS E APPS EM PROPRIEDADES RURAIS

TERMO DE REFERÊNCIA - TNC FERRAMENTA PARA A ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE REGULARIZAÇÃO DE RESERVAS LEGAIS E APPS EM PROPRIEDADES RURAIS ATUALIZAÇÃO E ADEQUAÇÃO DA FERRAMENTA CARGEO PARA CONTEMPLAR AS EXIGÊNCIAS E RELACIONAMENTOS PRESENTES NO NOVO CÓDIGO FLORESTAL APROVADO NO CONGRESSO NACIONAL EM 25/04/2012 O Instituto de Conservação Ambiental

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Sistema de Gestão Ambiental - SGA & Certificação ISO 14.000 SGA & ISO 14.000 UMA VISÃO GERAL

APRESENTAÇÃO. Sistema de Gestão Ambiental - SGA & Certificação ISO 14.000 SGA & ISO 14.000 UMA VISÃO GERAL APRESENTAÇÃO Sistema de Gestão Ambiental - SGA & Certificação ISO 14.000 UMA VISÃO GERAL Introdução SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL - SGA Definição: Conjunto de ações sistematizadas que visam o atendimento

Leia mais

Bases de Dados Geoespaciais: Conceitos e Tendências. Paulo Costa Paulo.fernando.costa@vale.com

Bases de Dados Geoespaciais: Conceitos e Tendências. Paulo Costa Paulo.fernando.costa@vale.com Paulo Costa Paulo.fernando.costa@vale.com Sumário Dados e informações Base de dados Normatização dos Dados Banco de dados único Interoperabilidade de dados Tendências DADOS E INFORMAÇÕES Dados são observações

Leia mais

POLÍTICA DE GEOPROCESSAMENTO DA ELETROSUL

POLÍTICA DE GEOPROCESSAMENTO DA ELETROSUL POLÍTICA DE GEOPROCESSAMENTO DA ELETROSUL Abril - 2013 SUMÁRIO 1. OBJETIVO... 3 2. ABRANGÊNCIA... 3 3. CONCEITOS... 3 3.1. Geoprocessamento... 3 3.2. Gestão das Informações Geográficas... 3 3.3. Dado Geográfico

Leia mais

Tarefas Geográficas. uma solução para atualização cartográfica num município. Alexandrina Meneses Engª Geógrafa

Tarefas Geográficas. uma solução para atualização cartográfica num município. Alexandrina Meneses Engª Geógrafa Tarefas Geográficas uma solução para atualização cartográfica num município Alexandrina Meneses Engª Geógrafa SUMÁRIO 1. GABINETE DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA 2. TAREFAS GEOGRÁFICAS 3. CONCLUSÕES 1. GABINETE

Leia mais

SIG VOLTADO PARA A FISCALIZAÇÃO DA ATIVIDADE PROFISSIONAL DE ARQUITETO E URBANISTA

SIG VOLTADO PARA A FISCALIZAÇÃO DA ATIVIDADE PROFISSIONAL DE ARQUITETO E URBANISTA www.caubr.gov.br SIG VOLTADO PARA A FISCALIZAÇÃO DA ATIVIDADE PROFISSIONAL DE ARQUITETO E URBANISTA Máximo Miqueles Coordenador de Geotecnologia CAU/BR São Paulo, SP 07 de maio de 2014 SISTEMA IGEO OBJETIVO

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE ATIVOS DE TI GERENCIAMENTO DE CONFIGURAÇÃO

ADMINISTRAÇÃO DE ATIVOS DE TI GERENCIAMENTO DE CONFIGURAÇÃO 1 ADMINISTRAÇÃO DE ATIVOS DE TI GERENCIAMENTO DE CONFIGURAÇÃO 2 INFRAESTRUTURA DE TI Para garantir o atendimento às necessidades do negócio, a área de TI passou a investir na infraestrutura do setor, ampliando-a,

Leia mais

ASSUNTO DA APOSTILA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E AS DECISÕES GERENCIAIS NA ERA DA INTERNET

ASSUNTO DA APOSTILA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E AS DECISÕES GERENCIAIS NA ERA DA INTERNET AULA 02 ASSUNTO DA APOSTILA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E AS DECISÕES GERENCIAIS NA ERA DA INTERNET JAMES A. O BRIEN CAPÍTULO 01 continuação Páginas 03 à 25 1 COMPONENTES DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÃO Especialistas

Leia mais

NOVIDADES COMPLY VERSÃO 4.00

NOVIDADES COMPLY VERSÃO 4.00 NOVIDADES COMPLY VERSÃO 4.00 Página 1 de 15 Maiores informações a respeito dos assuntos destacados abaixo devem ser obtidas no Manual do Comply v4.00 disponível no Portal de Produtos. Página 2 de 15 CADASTROS

Leia mais

GESTÃO DAS INFORMAÇÕES DAS ORGANIZAÇÕES MÓDULO 11

GESTÃO DAS INFORMAÇÕES DAS ORGANIZAÇÕES MÓDULO 11 GESTÃO DAS INFORMAÇÕES DAS ORGANIZAÇÕES MÓDULO 11 Índice 1. Importância do ERP para as organizações...3 2. ERP como fonte de vantagem competitiva...4 3. Desenvolvimento e implantação de sistema de informação...5

Leia mais

Sistema de Informação Geográfica

Sistema de Informação Geográfica Sistema de Informação Geográfica Conteúdo Apresentação da Empresa Implementação do SIG na Prestiteca, porquê? SIG na Prestiteca Constituição do SIG Vantagens na implementação do SIG Principais dificuldades

Leia mais

Demonstrativo de Informações Previdenciárias e Repasses

Demonstrativo de Informações Previdenciárias e Repasses CADPREV CADPREV Ente Local Aplicativo Desktop Manual do Usuário Demonstrativo de Informações Previdenciárias e Repasses Data Publicação: 28/08/2013 1 de 21 Índice 1 Finalidade... 3 2 Visão Geral... 3 3

Leia mais

PROJETO CIDADÃO EM REDE: DE CONSUMIDOR A PRODUTOR DE INFORMAÇÃO SOBRE O TERRITÓRIO PLANO DE TRABALHO

PROJETO CIDADÃO EM REDE: DE CONSUMIDOR A PRODUTOR DE INFORMAÇÃO SOBRE O TERRITÓRIO PLANO DE TRABALHO PROJETO CIDADÃO EM REDE: DE CONSUMIDOR A PRODUTOR DE INFORMAÇÃO SOBRE O TERRITÓRIO PLANO DE TRABALHO CONVÊNIO DE COOPERAÇÃO TECNOLÓGICA PRODEB-UFBA PRODEB/DSS Diretoria de Sistemas e Serviços UFBA/LCAD

Leia mais

Soluções em Sistemas de Informação para. Gestão Fundiária. Ministérios do Desenvolvimento Agrário e da Defesa INCRA SIPAM

Soluções em Sistemas de Informação para. Gestão Fundiária. Ministérios do Desenvolvimento Agrário e da Defesa INCRA SIPAM Soluções em Sistemas de Informação para Gestão Fundiária SIPAM INCRA Ministérios do Desenvolvimento Agrário e da Defesa Execução de Georreferenciamento Em 2009: Programa Terra Legal é criado; O serviço

Leia mais

ESPECIALISTA EM POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO GOVERNAMENTAL - ESPECIALISTA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO/DESENVOLVIMENTO

ESPECIALISTA EM POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO GOVERNAMENTAL - ESPECIALISTA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO/DESENVOLVIMENTO ESPECIALISTA EM POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO GOVERNAMENTAL - ESPECIALISTA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO/DESENVOLVIMENTO Requisitos: graduação em qualquer curso da área de Tecnologia da Informação - Elaborar

Leia mais

Fundamentos de Sistemas de Informação Aula 01

Fundamentos de Sistemas de Informação Aula 01 Fundamentos de Sistemas de Informação Aula 01 Prof. Msc. Ubirajara Júnior biraifba@gmail.com www.ucljunior.com Objetivos dos Sistemas de informação Fornecer exemplos de componentes de sistemas de informação

Leia mais

A Importância e o Papel Central do SIG- Empresarial da EP na Gestão de Infraestruturas Rodoviárias

A Importância e o Papel Central do SIG- Empresarial da EP na Gestão de Infraestruturas Rodoviárias A Importância e o Papel Central do SIG- Empresarial da EP na Gestão de Infraestruturas Rodoviárias Rui Ribeiro e Luís Correia EP Gabinete de Sistemas de Informação Agenda Os Sistemas de Informação na EP

Leia mais

15/09/2015. Gestão e Governança de TI. Modelo de Governança em TI. A entrega de valor. A entrega de valor. A entrega de valor. A entrega de valor

15/09/2015. Gestão e Governança de TI. Modelo de Governança em TI. A entrega de valor. A entrega de valor. A entrega de valor. A entrega de valor Gestão e Governança de TI Modelo de Governança em TI Prof. Marcel Santos Silva PMI (2013), a gestão de portfólio é: uma coleção de projetos e/ou programas e outros trabalhos que são agrupados para facilitar

Leia mais

CAPACITAÇÃO PARA IMPLANTAÇÃO DE CADASTRO TÉCNICO MULTIFINALITÁRIO EM MUNICÍPIOS DA PARAÍBA

CAPACITAÇÃO PARA IMPLANTAÇÃO DE CADASTRO TÉCNICO MULTIFINALITÁRIO EM MUNICÍPIOS DA PARAÍBA CAPACITAÇÃO PARA IMPLANTAÇÃO DE CADASTRO TÉCNICO MULTIFINALITÁRIO EM MUNICÍPIOS DA PARAÍBA XAVIER, Ana Paula Campos 1 COSTA, Antônio Carlos Brito Vital 2 DANTAS, José Carlos 3 OLIVEIRA, Nádja Melo 4 SILVA,

Leia mais

MONTAGEM DE PROCESSO VIRTUAL

MONTAGEM DE PROCESSO VIRTUAL Manual de Procedimentos - SISPREV WEB MONTAGEM DE PROCESSO VIRTUAL 1/15 O treinamento com o Manual de Procedimentos É com muita satisfação que a Agenda Assessoria prepara este manual para você que trabalha

Leia mais

COMUNICADO SIAD - PORTAL DE COMPRAS 4/2015

COMUNICADO SIAD - PORTAL DE COMPRAS 4/2015 SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO Rodovia Prefeito Américo Gianetti, s/n Edifício Gerais - Bairro Serra Verde CEP: 31630-901 - Belo Horizonte - MG MÓDULO: Compras/Contratos COMUNICADO SIAD

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE REDES E DATA CENTER 1º PERÍODO DE TECNOLOGIA DE REDES

ADMINISTRAÇÃO DE REDES E DATA CENTER 1º PERÍODO DE TECNOLOGIA DE REDES DESENHO DE SERVIÇO Este estágio do ciclo de vida tem como foco o desenho e a criação de serviços de TI cujo propósito será realizar a estratégia concebida anteriormente. Através do uso das práticas, processos

Leia mais

O Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE) e o uso das ferramentas de geotecnologias como suporte à decisão

O Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE) e o uso das ferramentas de geotecnologias como suporte à decisão O Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE) e o uso das ferramentas de geotecnologias como suporte à decisão MundoGEO#Connect LatinAmerica 2013 Seminário Gestores Públicos da Geoinformação São Paulo, 19 de

Leia mais

1. Rede de Apoio Topográfico... 2. 1.1. Características da Rede... 2. 2. Acesso e Utilização... 2. 2.1. Visualizador de mapa... 3

1. Rede de Apoio Topográfico... 2. 1.1. Características da Rede... 2. 2. Acesso e Utilização... 2. 2.1. Visualizador de mapa... 3 MANUAL DE UTILIZAÇÃO... 2 1. Rede de Apoio Topográfico... 2 1.1. Características da Rede... 2 2. Acesso e Utilização... 2 2.1. Visualizador de mapa... 3 2.1.1. Elementos do mapa... 3 2.1.2. Tarefas...

Leia mais

Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br

Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br Infraestrutura Física dos Serviços de Saúde no Conceito Hospitais Seguros INICIATIVAS DA ANVISA e OPAS/OMS PARA IMPLANTAÇÃO DA ESTRATÉGIA SEGURANÇA DO PACIENTE NOS SERVIÇOS DE SAÚDE DO PAÍS Coordenação

Leia mais

Centro de Trabalho Indigenista CTI

Centro de Trabalho Indigenista CTI Centro de Trabalho Indigenista CTI Termo de Referência para Contratação de Consultoria Técnica Junho de 2015 Projeto Proteção Etnoambiental de Povos Indígenas Isolados e de Recente Contato na Amazônia

Leia mais

Anexo IV Conhecimento específico Responsável Técnico. Estrutura Curricular do Curso para Responsável Técnico 125h/a

Anexo IV Conhecimento específico Responsável Técnico. Estrutura Curricular do Curso para Responsável Técnico 125h/a Anexo IV Conhecimento específico Responsável Técnico. Estrutura Curricular do Curso para Responsável Técnico 125h/a Módulo I Conhecimentos Básicos do Setor de Transporte de Cargas O Transporte Rodoviário

Leia mais

UNIDADE 4. Introdução à Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas

UNIDADE 4. Introdução à Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas UNIDADE 4. Introdução à Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas 4.1 Motivação Sistemas de Informação são usados em diversos níveis dentro de uma organização, apoiando a tomada de decisão; Precisam estar

Leia mais

GEOPROCESSAMENTO COMO INSTRUMENTO DE ANÁLISE NOS IMPACTOS AMBIENTAIS: MINERADORA CAMPO GRANDE TERENOS/MS.

GEOPROCESSAMENTO COMO INSTRUMENTO DE ANÁLISE NOS IMPACTOS AMBIENTAIS: MINERADORA CAMPO GRANDE TERENOS/MS. GEOPROCESSAMENTO COMO INSTRUMENTO DE ANÁLISE NOS IMPACTOS AMBIENTAIS: MINERADORA CAMPO GRANDE TERENOS/MS. CÁSSIO SILVEIRA BARUFFI(1) Acadêmico de Engenharia Sanitária e Ambiental, Universidade Católica

Leia mais

Profa. Gislaine Stachissini. Unidade III GOVERNANÇA DE TI

Profa. Gislaine Stachissini. Unidade III GOVERNANÇA DE TI Profa. Gislaine Stachissini Unidade III GOVERNANÇA DE TI Information Technology Infrastructure Library ITIL Criado pelo governo do Reino Unido, tem como objetivo a criação de um guia com as melhores práticas

Leia mais

Gestão da Tecnologia da Informação

Gestão da Tecnologia da Informação TLCne-051027-P0 Gestão da Tecnologia da Informação Disciplina: Governança de TI São Paulo, Outubro de 2012 0 Sumário TLCne-051027-P1 Conteúdo desta Aula Abordar o domínio Adquirir e Implementar e todos

Leia mais

ATRIBUIÇÕES ESPECÍFICAS POR DISCIPLINA / FORMAÇÃO. a) Administração

ATRIBUIÇÕES ESPECÍFICAS POR DISCIPLINA / FORMAÇÃO. a) Administração Anexo II a que se refere o artigo 2º da Lei nº xxxxx, de xx de xxxx de 2014 Quadro de Analistas da Administração Pública Municipal Atribuições Específicas DENOMINAÇÃO DO CARGO: DEFINIÇÃO: ABRANGÊNCIA:

Leia mais

Diretriz 01: Diretriz 01: Eliminação e recuperação de áreas irregulares de disposição final de RCC ( bota-fora ) em todo o território nacional.

Diretriz 01: Diretriz 01: Eliminação e recuperação de áreas irregulares de disposição final de RCC ( bota-fora ) em todo o território nacional. Diretriz 01: Diretriz 01: Eliminação e recuperação de áreas irregulares de disposição final de RCC ( bota-fora ) em todo o território nacional. Estratégias: 1. Estabelecimento de uma rede de monitoramento

Leia mais

Tecnologias Digitais de Geoprocessamento

Tecnologias Digitais de Geoprocessamento Gilberto Pessanha Ribeiro Engenheiro Cartógrafo - UERJ Mestre em Ciências Geodésicas - UFPR Doutor em Geografia UFF Especialista em Geologia do Quaternário Museu Nacional/UFRJ gilberto@eng.uerj.br gilberto@globalgeo.com.br

Leia mais

SIGIP SISTEMA DE GESTÃO

SIGIP SISTEMA DE GESTÃO SISTEMA DE GESTÃO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICAP Login Tela principal Sistema multiusuário com níveis de acesso - Administrador, editor, consulta, etc Sistemas de gestão da Iluminação PúblicaP Objetivo: Ferramenta

Leia mais

GERAÇÃO DE MAPAS DIGITAIS E MODELOS TRIDIMENSIONAIS DE SUPERFÍCIES. Manoel Silva Neto Engenheiro Cartógrafo

GERAÇÃO DE MAPAS DIGITAIS E MODELOS TRIDIMENSIONAIS DE SUPERFÍCIES. Manoel Silva Neto Engenheiro Cartógrafo GERAÇÃO DE MAPAS DIGITAIS E MODELOS TRIDIMENSIONAIS DE SUPERFÍCIES Manoel Silva Neto Engenheiro Cartógrafo Com um novo conceito enraizado na inovação, a Droneng busca integrar a multidisciplinaridade no

Leia mais

1. DESCRIÇÃO DO SIE Sistema de Informações para o Ensino

1. DESCRIÇÃO DO SIE Sistema de Informações para o Ensino 1. DESCRIÇÃO DO SIE Sistema de Informações para o Ensino O SIE é um sistema aplicativo integrado, projetado segundo uma arquitetura multicamadas, cuja concepção funcional privilegiou as exigências da Legislação

Leia mais

Metodologias de Desenvolvimento de Sistemas. Analise de Sistemas I UNIPAC Rodrigo Videschi

Metodologias de Desenvolvimento de Sistemas. Analise de Sistemas I UNIPAC Rodrigo Videschi Metodologias de Desenvolvimento de Sistemas Analise de Sistemas I UNIPAC Rodrigo Videschi Histórico Uso de Metodologias Histórico Uso de Metodologias Era da Pré-Metodologia 1960-1970 Era da Metodologia

Leia mais

Tipos de Cargas e Veículos - 10h/a

Tipos de Cargas e Veículos - 10h/a Conhecer a evolução do Transporte no mundo, relacionando as características econômicas, sociais e culturais. Compreender a função social do transporte e o papel da circulação de bens e pessoas. Conhecer

Leia mais

SLA - Service Level Agreement (Acordo de Nível de Serviço) Gerenciamento de Estoque

SLA - Service Level Agreement (Acordo de Nível de Serviço) Gerenciamento de Estoque 1 / 7 SLA - Service Level Agreement (Acordo de Nível de Serviço) Gerenciamento de Estoque Código: : Data de Publicação: Cliente: Faculdade de Tecnologia SENAC-GO 2 / 7 Identificação e Histórico do Documento

Leia mais

Manual Brasileiro NR: MA 7 Pág: 1/1 de Acreditação - ONA Data de Emissão: 01/12/2003. INFRA-ESTRUTURA Data desta Revisão: 06/03/2006

Manual Brasileiro NR: MA 7 Pág: 1/1 de Acreditação - ONA Data de Emissão: 01/12/2003. INFRA-ESTRUTURA Data desta Revisão: 06/03/2006 Manual Brasileiro NR: MA 7 Pág: 1/1 INFRA-ESTRUTURA Esta seção agrupa todos os componentes que se relacionam à gestão e à manutenção da infra-estrutura da organização. Subseções atuais: Gestão de Projetos

Leia mais

PLANOS DE CONTINGÊNCIAS

PLANOS DE CONTINGÊNCIAS PLANOS DE CONTINGÊNCIAS ARAÚJO GOMES Capitão SC PMSC ARAÚJO GOMES defesacivilgomes@yahoo.com.br PLANO DE CONTINGÊNCIA O planejamento para emergências é complexo por suas características intrínsecas. Como

Leia mais

Governo Federal / Governo Estadual. Imagem suportando a Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais INDE Carlos Toledo

Governo Federal / Governo Estadual. Imagem suportando a Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais INDE Carlos Toledo Governo Federal / Governo Estadual Imagem suportando a Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais INDE Carlos Toledo Plenária Desafios comuns Governança de dados espaciais; Informação geográfica é um ativo

Leia mais

DIRETRIZES PARA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DA AUTORIDADE PÚBLICA OLÍMPICA

DIRETRIZES PARA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DA AUTORIDADE PÚBLICA OLÍMPICA DIRETRIZES PARA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DA AUTORIDADE PÚBLICA OLÍMPICA 1 APRESENTAÇÃO Este conjunto de diretrizes foi elaborado para orientar a aquisição de equipamentos

Leia mais

Sistemas de Informação Geográfica Prof. Tiago Eugenio de Melo, MSc.

Sistemas de Informação Geográfica Prof. Tiago Eugenio de Melo, MSc. Sistemas de Informação Geográfica Prof. Tiago Eugenio de Melo, MSc. SUMÁRIO Apresentação da ementa Introdução Conceitos Básicos de Geoinformação Arquitetura de SIGs Referências Bibliográficas APRESENTAÇÃO

Leia mais

Na medida em que se cria um produto, o sistema de software, que será usado e mantido, nos aproximamos da engenharia.

Na medida em que se cria um produto, o sistema de software, que será usado e mantido, nos aproximamos da engenharia. 1 Introdução aos Sistemas de Informação 2002 Aula 4 - Desenvolvimento de software e seus paradigmas Paradigmas de Desenvolvimento de Software Pode-se considerar 3 tipos de paradigmas que norteiam a atividade

Leia mais

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016 Versão 1.0 1 APRESENTAÇÃO O Planejamento

Leia mais

Aplicações SIG como Instrumento de Ordenamento e Gestão do Território

Aplicações SIG como Instrumento de Ordenamento e Gestão do Território Aplicações SIG como Instrumento de Ordenamento e Gestão do Território Evolução da última década Manuela Sampayo Martins (Eng.ª) Sistemas de Informação Sistemas de Geográfica, Informação Lda. Geográfica,

Leia mais

REESTRUTURAÇÃO DO CADASTRO

REESTRUTURAÇÃO DO CADASTRO REESTRUTURAÇÃO DO CADASTRO VISANDO À MULTIFINALIDADE: Aspectos técnicos, legais e administrativos Profª Andrea F. T. Carneiro Programa de Pós-graduação em Ciências Geodésicas e Tecnologias da Geoinformação

Leia mais

Preservação e disseminação de dados em Ciências Sociais

Preservação e disseminação de dados em Ciências Sociais Projeto de Investigação: «A construção de um arquivo de dados em Ciências Sociais» Preservação e disseminação de dados em Ciências Sociais Pedro Moura Ferreira «Infraestruturas de Recolha, Preservação

Leia mais

Compilar, organizar e disponibilizar os resultados das pesquisas científicas sobre a Unidade de Conservação;

Compilar, organizar e disponibilizar os resultados das pesquisas científicas sobre a Unidade de Conservação; 4. PROGRAMAS DE MANEJO 4.1 PROGRAMA DE PESQUISA Objetivo Geral Visa dar suporte, estimular a geração e o aprofundamento dos conhecimentos científicos sobre os aspectos bióticos, abióticos, sócio-econômicos,

Leia mais

Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Plano de Trabalho Docente 2015

Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Plano de Trabalho Docente 2015 Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos SP Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico em Recursos Humanos Qualificação:

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ MINISTÉRIO PÚBLICO DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DO ESTADO DO PARÁ MPCM CONCURSO PÚBLICO N.º 01/2015

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ MINISTÉRIO PÚBLICO DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DO ESTADO DO PARÁ MPCM CONCURSO PÚBLICO N.º 01/2015 DO MINISTÉRIO PÚBLICO DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DO ESTADO 1 / 5 ANEXO 03 INFORMAÇÕES DOS CARGOS 1. CARGOS DE NÍVEL MÉDIO Cargo 01 Técnico em Administração Realizar atividades que envolvam a aplicação das

Leia mais

COMUNICADO Nº 001/2010 ESTIMATIVA DE DEMANDA PARA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DE TREINAMENTO DE SOFTWARES AUTODESK TERMO DE REFERÊNCIA

COMUNICADO Nº 001/2010 ESTIMATIVA DE DEMANDA PARA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DE TREINAMENTO DE SOFTWARES AUTODESK TERMO DE REFERÊNCIA COMUNICADO Nº 001/2010 ESTIMATIVA DE DEMANDA PARA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DE TREINAMENTO DE SOFTWARES AUTODESK ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1. OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA Aquisição de CURSOS DE SOFTWARE AUTODESK,

Leia mais

Gerir o Domínio Público Ferroviário com Inteligência Geográfica Rodrigo Dourado

Gerir o Domínio Público Ferroviário com Inteligência Geográfica Rodrigo Dourado Rodrigo Dourado Agenda Grupo REFER Direção de Gestão Cadastral e Licenciamento Dados do negócio e Informação geográfica Funções do SIG no Património Visualizadores FLEX Ações Futuras Grupo REFER REFER

Leia mais

ERP é um sistema de gestão empresarial que gerencia as informações relativas aos processos operacionais, administrativos e gerenciais das empresas.

ERP é um sistema de gestão empresarial que gerencia as informações relativas aos processos operacionais, administrativos e gerenciais das empresas. Introdução Sistemas de Informação é a expressão utilizada para descrever um Sistema seja ele automatizado (que pode ser denominado como Sistema Informacional Computadorizado), ou seja manual, que abrange

Leia mais

Desenvolvimento de um software de gerenciamento de projetos para utilização na Web

Desenvolvimento de um software de gerenciamento de projetos para utilização na Web Resumo. Desenvolvimento de um software de gerenciamento de projetos para utilização na Web Autor: Danilo Humberto Dias Santos Orientador: Walteno Martins Parreira Júnior Bacharelado em Engenharia da Computação

Leia mais

Contexto Planejamento Estrutura Política de funcionamento

Contexto Planejamento Estrutura Política de funcionamento Contexto Planejamento Estrutura Política de funcionamento Promoção do acesso universal Informação atualizada Facilidade de pesquisa Compartilhamento de informação Facilidade de manutenção da informação

Leia mais

PROPOSTA DE RASTREAMENTO E MONITORAMENTO HÍBRIDO SATELITAL

PROPOSTA DE RASTREAMENTO E MONITORAMENTO HÍBRIDO SATELITAL PROPOSTA DE RASTREAMENTO E MONITORAMENTO HÍBRIDO SATELITAL Solução Tecnologia Monitoramento Instalação SOLUÇÃO A solução de rastreamento Unepxmil foi desenvolvida para atender as principais necessidades

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA A ELABORAÇÃO DE PLANOS DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS - PGRS

TERMO DE REFERÊNCIA PARA A ELABORAÇÃO DE PLANOS DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS - PGRS TERMO DE REFERÊNCIA PARA A ELABORAÇÃO DE PLANOS DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS - PGRS 1. JUSTIFICATIVA O presente Termo de Referência tem por fim orientar a elaboração do PGRS conforme previsto no

Leia mais

Tecnologia da Informação e Comunicação. Douglas Farias Cordeiro

Tecnologia da Informação e Comunicação. Douglas Farias Cordeiro Tecnologia da Informação e Comunicação Douglas Farias Cordeiro O desenvolvimento de um SI Ciclo de desenvolvimento de um SI: O desenvolvimento de um SI Definição do sistema Nessa fase estima-se as dimensões

Leia mais

ANEXO II EDITAL 002/2015 - PROEX/IFMS DAS ATRIBUIÇÕES DO ESTAGIÁRIO

ANEXO II EDITAL 002/2015 - PROEX/IFMS DAS ATRIBUIÇÕES DO ESTAGIÁRIO ANEXO II EDITAL 002/2015 - PROEX/IFMS DAS ATRIBUIÇÕES DO ESTAGIÁRIO CÂMPUS AQUIDAUANA CURSO Informática Edificações ATRIBUIÇÕES - Prestar serviço de suporte na área de tecnologia da informação; - Prestar

Leia mais

Programação com acesso a BD. Prof.: Clayton Maciel Costa clayton.maciel@ifrn.edu.br

Programação com acesso a BD. Prof.: Clayton Maciel Costa clayton.maciel@ifrn.edu.br Programação com acesso a BD Prof.: Clayton Maciel Costa clayton.maciel@ifrn.edu.br 1 Introdução BD desempenha papel crítico em todas as áreas em que computadores são utilizados: Banco: Depositar ou retirar

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Prof. Mário Antônio Verza Código: 164 Município: Palmital Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de TÉCNICO

Leia mais

Este Manual aplica-se a todos os Usuário de T.I. do Ministério Público de Goiás. ATIVIDADE AUTORIDADE RESPONSABILIDADE Manter o Manual Atualizado

Este Manual aplica-se a todos os Usuário de T.I. do Ministério Público de Goiás. ATIVIDADE AUTORIDADE RESPONSABILIDADE Manter o Manual Atualizado Versão 01 - Página 1/8 1 Objetivo Orientar o usuário de T.I. a solicitar atendimento. Mostrar o fluxo da solicitação. Apresentar a Superintendência 2 Aplicação Este Manual aplica-se a todos os Usuário

Leia mais

ARCO - Associação Recreativa dos Correios. Sistema para Gerenciamento de Associações Recreativas Plano de Desenvolvimento de Software Versão <1.

ARCO - Associação Recreativa dos Correios. Sistema para Gerenciamento de Associações Recreativas Plano de Desenvolvimento de Software Versão <1. ARCO - Associação Recreativa dos Correios Sistema para Gerenciamento de Associações Recreativas Versão Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor Página

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 500090 - TECNICO EM INFORMATICA INTEGRADO AO E.M. Nivel: Tecnico Area Profissional: COMERCIO-TEC Area de Atuacao: BANCO DADOS/COMERCIO-TEC

Leia mais

O e-docs foi testado e homologado pela Microsoft via certificadora internacional Verisign.

O e-docs foi testado e homologado pela Microsoft via certificadora internacional Verisign. O e-docs Uma ferramenta com interface intuitiva, simples e dinâmica para você que necessita: Centralizar e estruturar o conhecimento corporativo. Manter a flexibilidade necessária para a colaboração. Permite

Leia mais

Plano de Utilização do Acervo e Acessos

Plano de Utilização do Acervo e Acessos FACULDADE DE RONDÔNIA INSTITUTO JOÃO NEÓRICO Plano de Utilização do Acervo e Acessos SUMÁRIO 1 OBJETIVO GERAL...2 2. OBJETIVOS ESPECÍFICOS...2 3. ABRANGÊNCIA...2 4. BIBLIOTECA...2 4.1 Espaço Físico...4

Leia mais

Implementação utilizando as melhores práticas em Gestão de Projetos

Implementação utilizando as melhores práticas em Gestão de Projetos Implementação utilizando as melhores práticas em Gestão de Projetos Objetivo dessa aula é mostrar a importância em utilizar uma metodologia de implantação de sistemas baseada nas melhores práticas de mercado

Leia mais

PROPOSTA PRELIMINAR PARA A ADOÇÃO DE UM REFERÊNCIAL GEOCÊNTRICO NO BRASIL

PROPOSTA PRELIMINAR PARA A ADOÇÃO DE UM REFERÊNCIAL GEOCÊNTRICO NO BRASIL PROPOSTA PRELIMINAR PARA A ADOÇÃO DE UM REFERÊNCIAL GEOCÊNTRICO NO BRASIL 1 Seminário sobre Referencial Geocêntrico no Brasil Rio de Janeiro - IBGE/CDDI 1 O que é um sistema geodésico de referência? É

Leia mais

A REGIÃO METROPOLITA NA NA REVISÃO DO PLANO DIRETOR DE CURITIBA

A REGIÃO METROPOLITA NA NA REVISÃO DO PLANO DIRETOR DE CURITIBA A REGIÃO METROPOLITA NA NA REVISÃO DO PLANO DIRETOR DE CURITIBA SITUAÇÃO ATUAL INTEGRAÇÃO METROPOLITANA NA LEI ORGÂNICA DE CURITIBA TÍTULO IV - DA ORDEM ECONÔMICA E SOCIAL CAPÍTULO I - DA ORDEM ECONÔMICA

Leia mais

DECRETO Nº XX.XXX, DE XX DE XXXXXXXXXXXX DE 2009.

DECRETO Nº XX.XXX, DE XX DE XXXXXXXXXXXX DE 2009. DECRETO Nº XX.XXX, DE XX DE XXXXXXXXXXXX DE 2009. Institui a Política de Tecnologia da Informação e Comunicação no Governo do Estado do Piauí, cria o Sistema de Governança de Tecnologia da Informação e

Leia mais

Localizador de Informação em Saúde - LIS

Localizador de Informação em Saúde - LIS Localizador de Informação em Saúde - LIS Fontes de Informação Referenciais - FIR/PFI BIREME/OPAS/OMS Catálogo de fontes de informação disponíveis na Internet na área da saúde. Definição Descreve o conteúdo

Leia mais

Metodologia de Gerenciamento de Projetos da Justiça Federal

Metodologia de Gerenciamento de Projetos da Justiça Federal Metodologia de Gerenciamento de Projetos da Justiça Federal Histórico de Revisões Data Versão Descrição 30/04/2010 1.0 Versão Inicial 2 Sumário 1. Introdução... 5 2. Público-alvo... 5 3. Conceitos básicos...

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA

MINISTÉRIO DA FAZENDA MINISTÉRIO DA FAZENDA Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional PGFN Departamento de Gestão Corporativa - DGC Coordenação-Geral de Tecnologia da Informação - CTI CATÁLOGO DE SERVIÇOS DE TECNOLOGIA Infraestrutura

Leia mais

VESTIBULAR 2015 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS

VESTIBULAR 2015 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS VESTIBULAR 2015 SELEÇÃO PARA ENSINO PROFISSIONAL INTEGRADO AO ENSINO MÉDIO, EM REGIME INTEGRAL COM DURAÇÃO DE 3 ANOS, DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS 2015 INFORMAÇÕES

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS DIVISÃO DE GESTÃO DA QUALIDADE

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS DIVISÃO DE GESTÃO DA QUALIDADE PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS DIVISÃO DE GESTÃO DA QUALIDADE Sistema de Gestão da Qualidade PROCEDIMENTO P. TJAM 56 PROJUDI Revisado por: Breno Figueiredo Corado DVTIC/PROJUDI

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL ABNT NBR ISO 14001

SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL ABNT NBR ISO 14001 SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL ABNT NBR ISO 14001 Prof. Eduardo Lucena Cavalcante de Amorim INTRODUÇÃO A norma ISO 14001 faz parte de um conjunto mais amplo de normas intitulado ISO série 14000. Este grupo

Leia mais

Melhoria da qualidade de gestão ambiental publica

Melhoria da qualidade de gestão ambiental publica Melhoria da qualidade de gestão ambiental publica Floresta Viva janeiro de 2007 Novos desafios Diante das novas responsabilidades e desafios ambientais assumidos pelo Estado, a SDS, o IPAAM e a AFLORAM

Leia mais