Desenvolve programa que incentiva as pessoas a trocarem os copos descartáveis por canecas individuais, estimulando o consumo responsável.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Desenvolve programa que incentiva as pessoas a trocarem os copos descartáveis por canecas individuais, estimulando o consumo responsável."

Transcrição

1

2 1. APRESENTAÇÃO O Instituto de Qualificação - IQ foi fundado em 2004 a partir da necessidade de oferecer qualificação profissional específica para engenheiros, arquitetos, agrônomos, geólogos, tecnólogos, etc. Tem como sócio provedor o Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva SINAENCO-PE e empresários de grande renome da área tecnológica. O Instituto tem como missão contribuir para excelência técnica e de gestão dos profissionais e empresas da área tecnológica através de ações de capacitação e qualificação com a aplicação prática do conhecimento, tendo como compromisso o desenvolvimento sustentável. O IQ atua na promoção de cursos de extensão e especialização, com enfoque em temáticas atuais, que atendem às exigências do mercado. Palestras, seminários, cursos in company e workshops também fazem parte do calendário de atividades promovido pelo IQ com o objetivo de estimular o debate de assuntos de interesse do setor, oferecendo oportunidade de aprendizado profissional através da troca de experiências Considerando a interdisciplinaridade e a contextualização como elementos fundamentais ao processo de construção do conhecimento, ficam descartadas as práticas pedagógicas que se limitam apenas a uma mera transmissão de informações. Os cursos se propõem a aplicação prática do conhecimento, considerando que o público-alvo é, em sua maioria, profissional que atua no mercado de trabalho ou que pretende uma recolocação. O IQ realiza ainda ações com a finalidade de sensibilizar as pessoas para as questões ambientais, dentre elas: a separação de materiais recicláveis (papéis, plásticos e metais) destinando-os à cooperativa de catadores, utilização de materiais reciclados (papéis, pastas, canetas) no escritório e nos cursos que realiza, redução do consumo de papéis ao imprimir apenas o necessário, dentre outras.

3 Desenvolve programa que incentiva as pessoas a trocarem os copos descartáveis por canecas individuais, estimulando o consumo responsável. O programa é denominado Adote sua Caneca, no qual presenteia os alunos com uma caneca personalizada convidando-os a participar deste movimento de redução. Participa de feiras, seminários, congressos que visam à melhoria da qualidade de vida da população. Está localizado na sede do SINAENCO-PE, situado à Rua Pio IX, 430 Torre Recife/PE. Para a realização dos cursos e palestras o IQ conta com uma sala de capacitação com capacidade para 50 pessoas equipado com projetor multimídia, computador, quadro branco, flip-chart, cadeiras com mesas de apoio. Funciona para o público no horário das 8h às 12h e das 13h às 18h. A diretoria executiva é composta pelo Diretor Presidente, Diretor Administrativo-Financeiro, Diretor de Expansão e Diretor Técnico. A equipe executiva está formada no momento por: uma Gerente, uma Assistente Financeira, uma Assistente Pedagógica, uma Consultora Comercial e uma Secretária.

4 2. FUNDAMENTOS DA ORGANIZAÇÃO Visão O IQ consolidado e reconhecido como centro de referência em qualificação profissional nas áreas de tecnologia e gestão. Missão Contribuir para excelência técnica e de gestão dos profissionais e empresas da área tecnológica através de ações de capacitação e qualificação com a aplicação prática do conhecimento, tendo como compromisso o desenvolvimento sustentável. Diretrizes - Melhorar o nível de satisfação dos clientes e parceiros. - Fortalecer a imagem institucional. - Promover o desenvolvimento sustentável. - Fortalecer a comunicação com os clientes externos e internos. - Promover o desenvolvimento dos recursos humanos e a sua participação na gestão. - Aperfeiçoar a gestão de forma contínua. Diferencial do IQ - Foi criado e é monitorado por empresários, o que reflete no modelo de gestão e no projeto pedagógico. - Grade orientada pelo mercado. - Ênfase na aplicação prática. - Cursos de extensão à noite e nos fins de semana. - Cursos de Especialização Lato Sensu com aplicação prática. - Gestão por resultados. Área de Atuação O Instituto de Qualificação prepara e qualifica profissionais da área tecnológica e de gestão.

5 3. PRINCIPAIS CLIENTES - Companhia Hidro Elétrica do São Francisco - CHESF; - Companhia Pernambucana de Saneamento COMPESA; - Tribunal de Contas do Estado - TCE; - Caixa Econômica Federal; - Banco do Brasil; - Companhia Brasileira de Trens Urbanos CBTU; - Empresa Brasileira de Infra-estrutura Aeroportuária - INFRAERO; - Prefeitura da Cidade do Recife; - Prefeitura Municipal de Jaboatão dos Guararapes; - Prefeitura Municipal de Olinda; - Geossistemas Engenharia e Planejamento; - ATP Engenharia Ltda; - Maia Melo Engenharia Ltda; - Companhia Pernambucana de Gás COPERGÁS; - Construtora Norberto Odebrecht; - Musashi do Brasil.

6 4. PORTFÓLIO DE CURSOS DE EXTENSÃO Acessibilidade pelo Design Universal; Alternativas na Construção Civil com baixo custo, eficiência energética, redução do impacto ambiental e qualidade; Atualização para Auditor Interno na ISO 9001:2008; Arquitetura contra o Crime; Arquitetura Paisagística: O Design da Nova Paisagem Urbana; Avaliação de Imóveis Rurais com Utilização de GPS; Avaliação de Imóveis Urbanos; Cad módulo 1; Drenagem de Rodovias; Direito Ambiental; Durabilidade, Inspeção e Diagnóstico de Edificações; Encarregado de Fogo Blaster; Esgotamento Sanitário; Estrutura de Concreto; Formação de Auditor Interno na ISO 9001: PBQP-H; Formação de Auditor Interno em Gestão Integrada ISO 9001:2008, ISO 14001:2004 e OHSAS 18001:2007;

7 GAMA Jogos de Empresa; Gerenciamento de Obras; Gerenciamento e Marketing de Projetos; Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos; Gestão Ambiental na Construção Civil; Gestão de Entulho da Construção; Iluminação Residencial; Indicadores de desempenho de Balanced Scorecard - BSC; Inferência Estatística Clássica e Espacial Aplicada à Engenharia de Avaliações; Instalações Prediais: elétrica, hidráulica e lógica; Interpretação Integrada das normas ISO 9001:2000 e PBQP-H nível A SIAC; Interpretação Integrada das Normas: ISO 9001, ISO e OHSAS 18001; Introdução a Projetos de Sistemas de Aquecimento Solar ISO 9001, e Qualificação de Auditores Internos; Licenciamento Ambiental e Fiscalização; Mecânica dos Pavimentos; MS Project;

8 Orçamento de Obras e Cálculo de BDI; Paisagismo; Patologia das Estruturas de Concreto Armado; Planejamento Setorial de Drenagem Urbana; Posturas e Técnicas de Negociação; Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade NR 10; Seminário: Sustentabilidade na Arquitetura e Construção Civil; Técnicas de Aterramento; Tecnologia Acústica nas Edificações; Tecnologia Construtiva para Arquiteto; Tecnologia da Geoinformação; Tecnologia do Concreto; Uso Racional de Águas em Edificações, dentre outros.

9 5. CURSOS DE ESPECIALIZADOS REALIZADOS E EM ANDAMENTO ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU : Engenharia de Custos Gestão da Construção Civil Gestão em Engenharia de Petróleo e Gás (três turmas) Gerenciamento de Projetos MBA em Gestão Eficaz de Obras e Projetos (duas turmas) Gestão Ambiental

10 6. DADOS QUANTITATI VOS (junho/2004 a dezembro/2009) 1. CURSOS DE EXTENSÃO Quantidade de Cursos: 82 Profissionais Qualificados: Horas de capacitação: CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU Quantidade de Cursos: 11 Profissionais Qualificados: PALESTRAS Quantidade de Palestras: 43 Quantidade de Presentes: 2.906

11 7. DADOS QUALITATIVOS Indíce de Qualidade dos Cursos de Curta Duração do IQ em 2004 Agenda 21 88% Avaliação Urbana 84% Estrutura de Concreto 90% Resíduos Sólidos 83% Média 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80% 90% 100%

12 Índice de Qualidade dos Curso de Curta Duração do IQ em 2005 Gestão Ambiental na Construão Civil PCM Gerenciamento de Obras Planos Diretores II Avaliação Urbana Tecnologia da Geoinformação Política Urbana p/ Impl. De Planos Diretores 70% 80% 82% 89% 91% 92% Esgotamento Sanitário Pat. e Ter. das Estrut. de Concreto Armado Tecnologia Acústica nas Edificações Orçamento de Obras e Cálculo de BDI Indicadores de desempenho de Balanced Scorecard Média META 90% 82% 83% 91% 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80% 90% 100%

13 Qualidade dos Cursos de Curta Duração em 2006 MS Project Iluminação Residencial Avaliação de Imóveis Rurais com Utilização de GPS Gerenciamento e Marketing de Projetos Durabilidade, Inspeção e Diagnóstico de Edificações 88% 85% Orçamento de obras e Cálculo de BDI 80% Gerenciamento de Obras 85% Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos 72% Avaliação Urbana Média META 76% 83% 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80% 90% 100%

14 Qualidade dos Cursos de curta duração em 2007 Arquitetura Contra o Crime Orçamento de Obras e Cálculo de BDI NR 10 Orçamento de Obras e Cálculo de BDI Inferência Estatística MS Project Aplicação da Geotecnologia Gerenc. de Obras- Caruaru Técnicas de Aterramento Paisagismo Acessibilidade pelo Design Universal (PB) Seminário Sustentabilidade Gerenciamento de Obras Acessibilidade pelo Design Universal Licenciamento Ambiental Alternativas na Construção Civil Tecnologia do Concreto Média META 77% 75% 77% 78% 78% 84% 88% 84% 84% 89% 91% 89% 92% 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80% 90% 100%

15 Qualidade dos Cursos de curta duração em 2008 MS Project III Gerenciamento de Obras (Novembro) Tecnologia do Concreto 85% Gerenciamento de Obras (Outubro) MS Project II Direito Ambiental MS Project I 74% 82% 84% 88% Blaster ISO - auditor interno Lic. Ambiental UNIVERÃO Materiais de Pavimentação 72% 82% 84% Arquitetura Paisagística ISO 9001:2000 e PBQP-H AutoCAD Essencial Interpretação ISO's 78% 91% 94% Licenciamento Ambiental e Fiscalização Redes de Esgoto Média 71% 83% 83% 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80% 90% 100%

16 Qualidade dos Cursos de curta duração em 2009 Drenagem de Rodovias Aquecimento Solar Licenciamento Ambiental Plano de Projeto Organização de Prontuário Drenagem Urbana Posturas e Técnicas de Negociação Eletricidade Solar Fiscalização Ambiental Drenagem de Rodovias - PB Avaliação de Imóveis Urbanos Turma - 02 Mecânica dos Pavimentos Patologia do Concreto Formação de Auditor em Gestão Integrada NR-10 Avaliação de Imóveis Urbanos Drenagem de Rodovias - Maio MS Project - Maio Gerenciamento de Obras- Maio 71% 77% 84% 89% 90% 82% 92% 88% 85% 90% 88% 88% 85% 83% 89% Tec. Construtiva para Arquitetos Planejamento Setorial - Drenagem Urbana Gerenciamento de Obras - Tribunal Média 85% 84% 91% 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80% 90% 100%

CURSO ORÇAMENTO E CÁLCULO DO CUSTO DE OBRAS

CURSO ORÇAMENTO E CÁLCULO DO CUSTO DE OBRAS CURSO ORÇAMENTO E CÁLCULO DO CUSTO DE OBRAS 1. Curso de ORÇAMENTO E CALCULO DE CUSTOS de Obras Inclui Composição de Preços, BDI e Programa de Orçamento Edificações Terraplanagem Estruturas Pavimentação

Leia mais

26/08/2015. A Engenharia Consultiva e o papel do Engenheiro Consultor. José Afonso Pereira Vitório Engenheiro Civil, Doutor em Estruturas

26/08/2015. A Engenharia Consultiva e o papel do Engenheiro Consultor. José Afonso Pereira Vitório Engenheiro Civil, Doutor em Estruturas A Engenharia Consultiva e o papel do Engenheiro Consultor José Afonso Pereira Vitório Engenheiro Civil, Doutor em Estruturas Vice-presidente de Ciência e Tecnologia do SINAENCO-PE Sócio de Vitório & Melo

Leia mais

Denise Pereira Canedo

Denise Pereira Canedo Denise Pereira Canedo ''CURRICULUM VITAE'' Página 1 de 5 Denise Pereira Canedo Nascimento: 13/02/1972 Carteira de identidade: 836-803/SSP-MT Titulo eleitoral: 133135918/13 Cadastro de pessoa física: 545.264.931-04

Leia mais

Mercia Maria Teixeira Bezerra

Mercia Maria Teixeira Bezerra Mercia Maria Teixeira Bezerra Rua Anísio de Abreu, n 1549, Brasileira Marquês - Teresina PI CEP: 64.002-485 Casada Tel.: (86) 9982-5103/3221-1455/8813-1394 Nascimento: 20/12/1955 Email: merciatb@gmail.com

Leia mais

Principais Serviços. Projeto. Supervisão e Gerenciamento

Principais Serviços. Projeto. Supervisão e Gerenciamento A Empresa Engespro é uma empresa de engenharia consultiva criada há 30 anos, pelo Engenheiro Civil Jeronymo Pacheco Pereira que com grande força empreendedora vislumbrou oportunidades de mercado fundando

Leia mais

Francisco Cardoso SCBC08

Francisco Cardoso SCBC08 Formando profissionais para a sustentabilidade Prof. Francisco CARDOSO Escola Politécnica da USP Francisco Cardoso SCBC08 1 Estrutura da apresentação Objetivo Metodologia Resultados investigação Conclusão:

Leia mais

UNI VERSI DADE DE PERNAMBUCO PEDRO DE ALCÂNTARA NETO

UNI VERSI DADE DE PERNAMBUCO PEDRO DE ALCÂNTARA NETO UNI VERSI DADE DE PERNAMBUCO PEDRO DE ALCÂNTARA NETO OBJETIVOS OBJETIVO GERAL Os cursos de Pós-Graduação Lato Sensu em Engenharia Naval e Offshore na UPE desenvolvem a capacidade para planejar, desenvolver

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ COORDENADORIA DE CONCURSOS CCV

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ COORDENADORIA DE CONCURSOS CCV CARGO: Analista de Tecnologia da Informação / Segurança da Informação E B B D E E D E B E A C A A B C C A C B D A A E B A B A B E D D C D C D C C D E CARGO: Analista de Tecnologia da Informação / Governança

Leia mais

SUAPE GLOBAL GT 4 PESQUISA, DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO

SUAPE GLOBAL GT 4 PESQUISA, DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO SUAPE GLOBAL GT 4 PESQUISA, DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO GRUPO DE TRABALHO INTERNO SUAPE GLOBAL - UNICAP Alcivam Paulo de Oliveira (Coordenador de Extensão) Evânia Pincovsky (Coordenadora) Hélio Pereira

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 2, DE 17 DE JUNHO DE 2010 (*)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 2, DE 17 DE JUNHO DE 2010 (*) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 2, DE 17 DE JUNHO DE 2010 (*) Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do curso de graduação em Arquitetura

Leia mais

VESTIBULAR 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS

VESTIBULAR 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS VESTIBULAR 2015/1 SELEÇÃO PARA CURSOS TECNICOS SUBSEQUENTES DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS CURSO TÉCNICO EM AGRIMENSURA Aprovado

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 6, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 1

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 6, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 6, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 1 Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do curso de graduação em Arquitetura

Leia mais

Gestão do Processo de Projeto e Desempenho das Edificações: uma proposta SEBRAE / FIEMG / UFMG Prof. Dr. White José dos Santos- UFMG

Gestão do Processo de Projeto e Desempenho das Edificações: uma proposta SEBRAE / FIEMG / UFMG Prof. Dr. White José dos Santos- UFMG Seminário - Juiz de Fora SINDUSCON - SEBRAE Gestão do Processo de Projeto e Desempenho das Edificações: uma proposta SEBRAE / FIEMG / UFMG Prof. Dr. White José dos Santos- UFMG Gestão do Processo de Projeto

Leia mais

RUA TERCEIRA DO PARQUE, 08, 1 ANDAR, SALA 02, GLEBA B. CAMAÇARI-BA. FONE: + 55 (71) 8846-0196 (Aparecida). E-MAIL: consultoria.marca@gmail.

RUA TERCEIRA DO PARQUE, 08, 1 ANDAR, SALA 02, GLEBA B. CAMAÇARI-BA. FONE: + 55 (71) 8846-0196 (Aparecida). E-MAIL: consultoria.marca@gmail. PORTFÓLIO MARCA CONSULTORIA & TREINAMENTOS RUA TERCEIRA DO PARQUE, 08, 1 ANDAR, SALA 02, GLEBA B. CAMAÇARI-BA. FONE: + 55 (71) 8846-0196 (Aparecida). E-MAIL: consultoria.marca@gmail.com SUMÁRIO 1 QUEM

Leia mais

MANUAL DE DESCRIÇÃO E FUNÇÕES

MANUAL DE DESCRIÇÃO E FUNÇÕES MANUAL DE DESCRIÇÃO E FUNÇÕES TÍTULO DO CARGO: Diretor Comercial Garantir as melhores condições de rentabilidade para a empresa, na prospecção, desenvolvimento, contratação de obras e serviços. Superior

Leia mais

PROJETOS ARQUITETÔNICOS

PROJETOS ARQUITETÔNICOS PROJETOS ARQUITETÔNICOS ESTRUTURA CURRICULAR Metodologia da Pesquisa Científica Metodologia do Projeto Arquitetônico Detalhes Arquitetônicos Ergonomia e Acessibilidade Conforto Ambiental em Projetos Arquitetônicos

Leia mais

Projetos de Captação de Recursos do Ministério Público do Trabalho

Projetos de Captação de Recursos do Ministério Público do Trabalho Plano de Gestão 2015-2017 Projetos de Captação de Recursos do Ministério Público do Trabalho Superintendência de Planejamento e Gestão Outubro/2015 Introdução Os recursos oriundos de multas ou indenizações

Leia mais

Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006

Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006 Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006 Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de graduação em Engenharia Agrícola e dá outras providências.

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO, BACHARELADO CURRÍCULO 1620 REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO Das Disposições

Leia mais

Estrutura Curricular do Curso de Engenharia Civil

Estrutura Curricular do Curso de Engenharia Civil Estrutura Curricular do Curso de Engenharia Civil 1º Semestre 1. Cálculo Diferencial e Integral I 2. Desenho Básico 3. Física I 4. Laboratório de Física I 1º Básica 5. Química Geral 6. Introdução a Engenharia

Leia mais

MBA EM CONSULTORIA E GESTÃO DE NEGÓCIOS 2014.1

MBA EM CONSULTORIA E GESTÃO DE NEGÓCIOS 2014.1 NÚMERO DE VAGAS: 45 (Quarenta e cinco) vagas. PREVISÃO DE INÍCIO DAS AULAS Abril de 2014 APRESENTAÇÃO / JUSTIFICATIVA MBA EM CONSULTORIA E GESTÃO DE NEGÓCIOS 2014.1 O MBA EM CONSULTORIA & GESTÃO DE NEGÓCIOS,

Leia mais

PROGRAMAS DAS PROVAS

PROGRAMAS DAS PROVAS ENGENHEIRO CIVIL (prova objetiva) PORTUGUÊS: PROGRAMAS DAS PROVAS 1. Compreensão de textos informativos e argumentativos e de textos de ordem prática (ordens de serviço, instruções, cartas e ofícios).

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Flores da Cunha /RS - Junho, 2015.

APRESENTAÇÃO. Flores da Cunha /RS - Junho, 2015. APRESENTAÇÃO A Biossplena - Projetos Ecodinâmicos é uma empresa que atua há cinco anos no Brasil, desenvolvendo e assessorando projetos para EMPREENDIMENTOS URBANÍSTICOS, com foco nas comunidades planejadas,

Leia mais

PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESIDUOS SOLIDOS URBANOS

PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESIDUOS SOLIDOS URBANOS PREFEITURA MUNICIPAL DE TUCURUÍ PARÁ SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE DE TUCURUÍ SEMMA / TUCURUÍ PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESIDUOS SOLIDOS URBANOS APRESENTAÇAO O presente documento consolida o diagnóstico

Leia mais

CURSO PLANEJAMENTO E GERENCIAMENTO DE OBRAS

CURSO PLANEJAMENTO E GERENCIAMENTO DE OBRAS CURSO PLANEJAMENTO E GERENCIAMENTO DE OBRAS Este curso tem por finalidade preparar o aluno no aprendizado dos principais recursos do MS Project destinado ao gerenciamento de obras de engenharia, ministrando-lhe

Leia mais

Missão. Objetivos Específicos

Missão. Objetivos Específicos CURSO: Engenharia Ambiental e Sanitária Missão O Curso de Engenharia Ambiental e Sanitária da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar profissionais com sólida formação técnico científica nas áreas

Leia mais

ÊNFASE EM GESTÃO DE EMPRESAS DE PETRÓLEO & GÁS

ÊNFASE EM GESTÃO DE EMPRESAS DE PETRÓLEO & GÁS MBA DESENVOLVIMENTO AVANÇADO DE EXECUTIVOS ÊNFASE EM GESTÃO DE EMPRESAS DE PETRÓLEO & GÁS O MBA Desenvolvimento Avançado de Executivos possui como característica atender a um mercado altamente dinâmico

Leia mais

Missão Institucional da REMEQ-PB Promover a difusão de conhecimentos científicos e tecnológicos nas áreas de metrologia e qualidade, apoiando o desenvolvimento de pessoal e de infra-estrutura laboratorial,

Leia mais

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DA CONSTRUÇÃO CIVIL. Iniciativa: SINDUSCON GOIÁS E FIEG

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DA CONSTRUÇÃO CIVIL. Iniciativa: SINDUSCON GOIÁS E FIEG 1 ARRANJO PRODUTIVO LOCAL DA CONSTRUÇÃO CIVIL Iniciativa: SINDUSCON GOIÁS E FIEG Breve Histórico Segundo semestre de 2011 CEF procurou o Sinduscon- Goiás para tratar de problemas detectados nas obras M.C.M.V.

Leia mais

HACH ENGENHARIA, CONSTRUÇÕES E CONSULTORIA AMBIENTAL CONSULTORIA AMBIENTAL

HACH ENGENHARIA, CONSTRUÇÕES E CONSULTORIA AMBIENTAL CONSULTORIA AMBIENTAL HACH ENGENHARIA, CONSTRUÇÕES E CONSULTORIA AMBIENTAL CONSULTORIA AMBIENTAL Quem somos: Somos HACH ENGENHARIA, CONSTRUÇÕES E CONSULTORIA AMBIENTAL Ltda. um grupo multidisciplinar de profissionais com conhecimentos

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Coordenadoria Geral de Pós-Graduação Lato Sensu

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Coordenadoria Geral de Pós-Graduação Lato Sensu PORTFÓLIO ESPECIALIZAÇÃO / MBA UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Sumário ÁREA: CIÊNCIAS DA SAÚDE... 2 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO: PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL E DO TRABALHO... 2 ÁREA: COMUNICAÇÃO E LETRAS...

Leia mais

PROGRAMA DE APOIO OPERACIONAL PARA SERVIÇOS DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E URBANISMO

PROGRAMA DE APOIO OPERACIONAL PARA SERVIÇOS DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E URBANISMO PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE HABITAÇÃO Superintendência de Urbanismo e Produção Habitacional Coordenação de Projetos PROGRAMA DE APOIO OPERACIONAL PARA SERVIÇOS DE ENGENHARIA,

Leia mais

Núcleo de Gestão Ambiental Avançada - NUGA

Núcleo de Gestão Ambiental Avançada - NUGA Núcleo de Gestão Ambiental Avançada - NUGA Coordenador(es): Istvan Karoly Kasznar MISSÃO O Núcleo de Gestão Ambiental Avançada (NUGA) foi concebido para desenvolver estudos e práticas inovadoras de gestão

Leia mais

PROGRAMA COOPERAÇÃO TÉCNICA FUNASA. www.funasa.gov.br www.facebook.com/funasa.oficial twitter.com/funasa

PROGRAMA COOPERAÇÃO TÉCNICA FUNASA. www.funasa.gov.br www.facebook.com/funasa.oficial twitter.com/funasa PROGRAMA COOPERAÇÃO TÉCNICA FUNASA Funasa Programa de Cooperação Técnica Visa criar condições de sustentabilidade para o adequado atendimento populacional. Ênfase será conferida à qualificação dos investimentos

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão Curso: Engenharia Civil SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão O Curso de Engenharia Civil da UNESA tem por missão formar Engenheiros Civis com sólida formação básica e profissional, alinhada com as diretrizes

Leia mais

Reciclagem e Valorização de Resíduos Sólidos - Meio Ambiente e Sustentabilidade

Reciclagem e Valorização de Resíduos Sólidos - Meio Ambiente e Sustentabilidade SEMINÁRIO Reciclagem e Valorização de Resíduos Sólidos - Meio Ambiente e Sustentabilidade Universidade de São Paulo Escola Politécnica Departamento de Engenharia Metalúrgica e de Materiais 27 de maio de

Leia mais

Histórico e Objetivos

Histórico e Objetivos Histórico e Objetivos A PINI, ao longo de sua trajetória tem contribuído de forma ativa para a formação, atualização e treinamento profissional de engenheiros, arquitetos, projetistas e gestores da construção

Leia mais

Comprometida com o meio ambiente e a qualidade de vida das pessoas.

Comprometida com o meio ambiente e a qualidade de vida das pessoas. ///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////// Comprometida com o meio ambiente e a qualidade de vida das pessoas. /////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

Leia mais

CORPO DOCENTE DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL ANO 2015

CORPO DOCENTE DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL ANO 2015 CORPO DOCENTE DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL ANO 2015 Anderson José Costa Sena (Mestre) Regime de Trabalho: Tempo Integral Qualificação Profissional: Engenharia Elétrica Doutorando

Leia mais

CONFEA 21 a 25 de fevereiro de 2011

CONFEA 21 a 25 de fevereiro de 2011 CONFEA 21 a 25 de fevereiro de 2011 Prevenção de Catástrofes...da previsão ao controle Margareth Alheiros UFPE 22/02/2011 O que a sociedade sabe sobre Desastres? O que circula na imprensa: imagens com

Leia mais

APRESENTAÇÃO / JUSTIFICATIVA

APRESENTAÇÃO / JUSTIFICATIVA NÚMERO DE VAGAS: 45 (Quarenta e cinco) vagas. CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA VISCONDE DE CAIRU CEPPEV PREVISÃO DE INÍCIO DAS AULAS Fevereiro de 2014 APRESENTAÇÃO / JUSTIFICATIVA O MBA EM CONSULT ORIA

Leia mais

Relatório de atividades da Comissão de Responsabilidade Socioambiental TRT 3ª Região - referente ao ano de 2014

Relatório de atividades da Comissão de Responsabilidade Socioambiental TRT 3ª Região - referente ao ano de 2014 Relatório de atividades da Comissão de Responsabilidade Socioambiental TRT 3ª Região - referente ao ano de 2014 Metas para 2014 definidas no início de 2014 Elaborar Plano de Gerenciamento dos Resíduos

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR

ESTRUTURA CURRICULAR ESTRUTURA CURRICULAR O currículo proposto busca atender além do perfil do formando, também competências e habilidades necessárias ao profissional para garantir uma boa formação tanto teórica quanto prática

Leia mais

Horário de Funcionamento

Horário de Funcionamento Horário de Funcionamento A biblioteca estará com horário diferenciado de atendimento no período de 02 de janeiro à 17 de fevereiro de 2012: Das 9h às 12h e das 13h às 17h Contamos com a colaboração de

Leia mais

ISO 9001:2008 Sistema de Gestão da Qualidade

ISO 9001:2008 Sistema de Gestão da Qualidade Consultoria ISO 9001:2008 Sistema de Gestão da Qualidade Demonstre o seu compromisso com a qualidade e a satisfação dos seus clientes O Sistema de Gestão da Qualidade tem a função de suportar o alinhamento

Leia mais

Implementação de um Sistema de Gestão Ambiental. para Hotéis no Rio de Janeiro. Gerência de Custos

Implementação de um Sistema de Gestão Ambiental. para Hotéis no Rio de Janeiro. Gerência de Custos MBA em Gestão Estratégica e Econômica de Projetos Concorrência de Projetos Online Prof. Marcantonio Guiseppe Implementação de um Sistema de Gestão Ambiental para Hotéis no Rio de Janeiro Gerência de Custos

Leia mais

UNIVERSIDADE LIVRE DO MEIO AMBIENTE

UNIVERSIDADE LIVRE DO MEIO AMBIENTE UNIVERSIDADE LIVRE DO MEIO AMBIENTE A INSTITUIÇÃO A Universidade Livre do Meio Ambiente - Unilivre, instalada em Curitiba, Paraná, é uma organização não governamental sem fins lucrativos, recentemente

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR

ESTRUTURA CURRICULAR ESTRUTURA CURRICULAR Metodologia da Pesquisa Científica Sistemas de Geoprocessamento para Cidades Sustentáveis Forma Urbana e Mobilidade Gestão da Paisagem Urbana Geologia Ambiental Aplicada a Áreas Urbanas

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR

ESTRUTURA CURRICULAR GESTÃO AMBIENTAL ESTRUTURA CURRICULAR Metodologia da Pesquisa Científica Gestão do Espaço Urbano Saúde e Ambiente Legislação Ambiental Gestão de Resíduos Sólidos e de Área Urbana Sistema Integrado de Gestão

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2404 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PROCESSO DE SELEÇÃO - EDITAL Nº 162/2013 CONSULTOR POR PRODUTO

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2404 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PROCESSO DE SELEÇÃO - EDITAL Nº 162/2013 CONSULTOR POR PRODUTO Impresso por: RODRIGO DIAS Data da impressão: 26/06/2013-15:38:48 SIGOEI - Sistema de Informações Gerenciais da OEI TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2404 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PROCESSO DE SELEÇÃO - EDITAL

Leia mais

RUA DA PALESTINA 12A, SALA 101, CEP: 40450-570, URUGUAI, SALVADOR-BAHIA. TEL/FAX: (0**71) 34988505 / (0**71)8757-7249E-MAIL:

RUA DA PALESTINA 12A, SALA 101, CEP: 40450-570, URUGUAI, SALVADOR-BAHIA. TEL/FAX: (0**71) 34988505 / (0**71)8757-7249E-MAIL: Prezado(a) Senhor(a), A ELÁDIO CONTRUÇÕES LTDA presta serviços de consultoria, planejamento, administração e construção de obras industriais, comerciais e rurais, entre outras, exercendo também assessoria

Leia mais

Objetivos dos Seminários

Objetivos dos Seminários Segundo Semestre Objetivos dos Seminários Contribuir para a melhoria da gestão empresarial nas construtoras e incorporadoras; Garantir atualização tecnológica e gerencial aos profissionais da construção

Leia mais

Vilson D. Christofari pág. 1 out//2011

Vilson D. Christofari pág. 1 out//2011 Vilson D. Christofari pág. 1 CURRICULUM VITAE. VILSON DANIEL CHRISTOFARI I. FORMAÇÃO ACADÊMICA GRADUAÇÃO: Engenheiro Eletricista, formado pela Escola de Engenharia da Universidade Federal do Rio Grande

Leia mais

CURSO OBRAS RODOVIÁRIAS : ORÇAMENTO, PLANEJAMENTO E GERENCIAMENTO

CURSO OBRAS RODOVIÁRIAS : ORÇAMENTO, PLANEJAMENTO E GERENCIAMENTO CURSO OBRAS RODOVIÁRIAS : ORÇAMENTO, PLANEJAMENTO E GERENCIAMENTO O setor de transportes rodoviários tem destacada importância no desenvolvimento econômico nacional. Anualmente são disponibilizados recursos

Leia mais

CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1. ARQUITETURA DE INTERIORES 2. ARQUITETURA E CENOGRAFIA ARQUITETURA DE INTERIORES

CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1. ARQUITETURA DE INTERIORES 2. ARQUITETURA E CENOGRAFIA ARQUITETURA DE INTERIORES CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1. ARQUITETURA DE INTERIORES 2. ARQUITETURA E CENOGRAFIA ARQUITETURA DE INTERIORES APRESENTAÇÃO O curso oferece, a arquitetos e a profissionais de áreas afins, um perfil

Leia mais

Ministério do Meio Ambiente MMA. Programa Nacional do Meio Ambiente PNMA (Fase 2)

Ministério do Meio Ambiente MMA. Programa Nacional do Meio Ambiente PNMA (Fase 2) Ministério do Meio Ambiente MMA Programa Nacional do Meio Ambiente PNMA (Fase 2) Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis - IBAMA Termo de Referência PNMA nº 02/2013 O presente

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: ENGENHARIA CIVIL MISSÃO DO CURSO O Curso de Engenharia Civil do CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTACIO RADIAL DE SÃO PAULO tem por missão graduar Engenheiros Civis

Leia mais

PRIMEIRA AULA IPQ DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS QUÍMICOS

PRIMEIRA AULA IPQ DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS QUÍMICOS PRIMEIRA AULA IPQ DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS QUÍMICOS Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo, Campus Capivari Coordenador : Prof. Dr. André Luís de Castro Peixoto

Leia mais

Dispõe sobre a concessão do Incentivo de Titulação aos servidores integrantes do Ambiente de Especialidade Gestão Pública.

Dispõe sobre a concessão do Incentivo de Titulação aos servidores integrantes do Ambiente de Especialidade Gestão Pública. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº. 01, 26 de maio de 2008. Dispõe sobre a concessão do Incentivo de Titulação aos servidores integrantes do Ambiente de Especialidade Gestão. O SECRETÁRIO DE ADMINISTRAÇÃO DO MUNICÍPIO

Leia mais

MS Project para Gerenciamento de Projetos

MS Project para Gerenciamento de Projetos MS Project para Gerenciamento de Projetos Sumário 03. A Voitto 05. MS Project para Gerenciamento de Projetos 06. Conteúdo Programático 11. Principais Instrutores 12. Visão dos Participantes 13. Vídeo Nossa

Leia mais

Geografia e Infraestrutura As Geotecnologias no ensino médio

Geografia e Infraestrutura As Geotecnologias no ensino médio Geografia e Infraestrutura As Geotecnologias no ensino médio Luiz Antonio Ugeda Sanches Presidente Doutorando em Geografia (UnB) Mestre em Direito e em Geografia (PUC/SP) A tecnologia nos Parâmetros Curriculares

Leia mais

Seminário Em Busca da Excelência 2008

Seminário Em Busca da Excelência 2008 Seminário Em Busca da Excelência 2008 IEL/SC - Implementação de sistema de gestão com base nos fundamentos da excelência Natalino Uggioni Maio, 2008 1 IEL em Santa Catarina Integrante da FIESC Federação

Leia mais

Política de Sustentabilidade Link Server.

Política de Sustentabilidade Link Server. Página 1 de 15 Hortolândia, 24 de Janeiro de 2014. Política de Sustentabilidade Link Server. Resumo Conceitua os objetivos da Política de Sustentabilidade da Link Server. Estabelece as premissas, a governança

Leia mais

Apresentação Aliança Consultoria. José Carlos de Oliveira e Marcus Vinicius Abrahão Porto Silva

Apresentação Aliança Consultoria. José Carlos de Oliveira e Marcus Vinicius Abrahão Porto Silva Apresentação Aliança Consultoria José Carlos de Oliveira e Marcus Vinicius Abrahão Porto Silva SOBRE A ALIANÇA Empresa fundada em 1993, através de uma parceria com a Fundação Christiano Otoni da Universidade

Leia mais

ENGENHARIA DE PROJETO

ENGENHARIA DE PROJETO ENGENHARIA DE PROJETO TORKE ENGENHARIA Nossa empresa é especializada na execução de projetos industriais. Grandes e pequenas companhias confiam em nós para realizar seus projetos de novas fábricas, ampliações

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Pessoas tem por objetivo o fornecimento de instrumental que possibilite

Leia mais

FATE-SP Faculdade de Teologia de São Paulo - SP. Concluído em: 26 de novembro de 2009.

FATE-SP Faculdade de Teologia de São Paulo - SP. Concluído em: 26 de novembro de 2009. Curriculum Vitae Resumido Alexandre Dezem Bertozzi Licenciando em Física pelo Unisalesiano-SP 2009; Bacharel em Teologia pela Fate-SP 2009; Licenciado em Matemática pelo Centro Universitário Claretiano

Leia mais

SEMINÁRIO PROGRAMA BRASILEIRO DE CERTIFICAÇÃO EM RESPONSABILIDADE SOCIAL C.S.E. MECÂNICA E INSTRUMENTAÇÃO LTDA. RECIFE 30/06/10

SEMINÁRIO PROGRAMA BRASILEIRO DE CERTIFICAÇÃO EM RESPONSABILIDADE SOCIAL C.S.E. MECÂNICA E INSTRUMENTAÇÃO LTDA. RECIFE 30/06/10 SEMINÁRIO PROGRAMA BRASILEIRO DE CERTIFICAÇÃO EM RESPONSABILIDADE SOCIAL C.S.E. MECÂNICA E INSTRUMENTAÇÃO LTDA. RECIFE 30/06/10 C.S.E. MECÂNICA E INSTRUMENTAÇÃO LTDA FILIAL RIO DAS OSTRAS/RJ FUNDAÇÃO:

Leia mais

Para-raios CATÁLOGO DE SERVIÇOS. www.tel.com.br

Para-raios CATÁLOGO DE SERVIÇOS. www.tel.com.br PÁGINA 1 RAIOS 4 2 NORMAS E CERTIFICAÇÕES 6 2.1 EXIGÊNCIAS REGULAMENTARES 7 3 A EMPRESA 9 4 SERVIÇOS ESPECIALIZADOS DE ENGENHARIA 4.1 PROJETO DE SPDA 4.2 MEDIÇÃO DE CONTINUIDADE ELÉTRICA EM ARMADURA DE

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Implantação de Obras Planejamento Administração de Empresas. Orçamentação Contratos Marketing Apoio Técnico

Gerenciamento de Projetos Implantação de Obras Planejamento Administração de Empresas. Orçamentação Contratos Marketing Apoio Técnico Gerenciamento de Projetos Implantação de Obras Planejamento Administração de Empresas Orçamentação Contratos Marketing Apoio Técnico www.bethonico.com.br APRESENTAÇÃO Desde o ano 2000, a Bethonico Planejamento

Leia mais

Formação e Capacitação de Pessoas na Infraero

Formação e Capacitação de Pessoas na Infraero Formação e Capacitação de Pessoas na Infraero Desafios, Necessidades e Perspectivas da Formação e Capacitação de Recursos Humanos na Área Aeronáutica (Senado Federal Comissão de Serviços de Infraestrutura)

Leia mais

Portifólio AMA Engenharia

Portifólio AMA Engenharia Portifólio AMA Engenharia QOF Conjunto E, Lote 07, Loja 1 CEP 71727-501 Candangolândia/DF Tel. (61) 3967-5360 3967-5361 amaengenharia@amaengenharia.srv.br QUEM SOMOS AMA Assistência Técnica LTDA também

Leia mais

GESTÃO E MANEJO DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL

GESTÃO E MANEJO DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL GESTÃO E MANEJO DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL O Ministério Público e a implementação da Resolução CONAMA 307/2002 Ministério das Cidades Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental Ministério

Leia mais

S O L U Ç õ e S a m b i e n t a i S

S O L U Ç õ e S a m b i e n t a i S SOLUÇões ambientais 01 Quem somos A Ambiens é uma empresa de assessoria e consultoria ambiental que, desde 1997, oferece soluções eficazes e economicamente competitivas para empresas de diversos segmentos,

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Gestão Ambiental campus Angra Missão O Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental da Universidade Estácio de Sá tem por missão a formação de Gestores Ambientais

Leia mais

Foto 01. Foto 02. Foto 03. Apresentação da Empresa. Dezembro de 2014. Foto 05

Foto 01. Foto 02. Foto 03. Apresentação da Empresa. Dezembro de 2014. Foto 05 U compromisso Um i com o desenvolvimento sustentável, em harmonia com o ambiente natural. nat ral Foto 01 Foto 02 Foto 03 F 04 Foto Apresentação da Empresa Dezembro de 2014 Foto 05 HISTÓRICO A ECSA Engenharia

Leia mais

CATEGORIAS E GRUPOS PARA ENQUADRAMENTO IMPORTANTE. 1.- Para cada x assinalado, enviar no mínimo 02 (dois) atestados de cada categoria;

CATEGORIAS E GRUPOS PARA ENQUADRAMENTO IMPORTANTE. 1.- Para cada x assinalado, enviar no mínimo 02 (dois) atestados de cada categoria; CATEGORIAS E PARA ENQUADRAMENTO IMPORTANTE 1.- Para cada x assinalado, enviar no mínimo 02 (dois) atestados de cada categoria; 2.- Os atestados deverão: 2.1.- Ser apresentados rigorosamente de acordo com

Leia mais

ÍNDICE 1. EMPRESA 2. LOCALIZAÇÃO 3. PROJETO VILA DOS ATLETAS 4. SUSTENTABILIDADE 5. RESPONSABILIDADE SOCIAL

ÍNDICE 1. EMPRESA 2. LOCALIZAÇÃO 3. PROJETO VILA DOS ATLETAS 4. SUSTENTABILIDADE 5. RESPONSABILIDADE SOCIAL ÍNDICE 1. EMPRESA 2. LOCALIZAÇÃO 3. PROJETO VILA DOS ATLETAS 4. SUSTENTABILIDADE 5. RESPONSABILIDADE SOCIAL 1. EMPRESA A EMPRESA ILHA PURA EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS É UMA EMPRESA CRIADA COM O OBJETIVO

Leia mais

Coordenação técnica: 1

Coordenação técnica: 1 Coordenação técnica: 1 Objetivos do Programa Viabilizar que as leis que tornam obrigatórias as inspeções em edificações sejam aplicadas por meio de procedimentos adequados do ponto de vista técnico e por

Leia mais

Desenvolvimento de Pessoas na Administração Pública. Assembléia Legislativa do Estado de Säo Paulo 14 de outubro de 2008

Desenvolvimento de Pessoas na Administração Pública. Assembléia Legislativa do Estado de Säo Paulo 14 de outubro de 2008 Desenvolvimento de Pessoas na Administração Pública Assembléia Legislativa do Estado de Säo Paulo 14 de outubro de 2008 Roteiro 1. Contexto 2. Por que é preciso desenvolvimento de capacidades no setor

Leia mais

P.P.P. PARCERIAS PÚBLICO PRIVADAS O porque das Parcerias Público Privadas Impossibilidade de obtenção de recursos públicos A crise da economia

P.P.P. PARCERIAS PÚBLICO PRIVADAS O porque das Parcerias Público Privadas Impossibilidade de obtenção de recursos públicos A crise da economia P.P.P. PARCERIAS PÚBLICO PRIVADAS O porque das Parcerias Público Privadas Impossibilidade de obtenção de recursos públicos A crise da economia causada pelo endividamento público Limitação provocada pela

Leia mais

ESCOLA TÉCNICA SANTA CASA BH CONHECIMENTO NA DOSE CERTA PARA O SEU SUCESSO PROFISSIONAL

ESCOLA TÉCNICA SANTA CASA BH CONHECIMENTO NA DOSE CERTA PARA O SEU SUCESSO PROFISSIONAL ESCOLA TÉCNICA SANTA CASA BH CONHECIMENTO NA DOSE CERTA PARA O SEU SUCESSO PROFISSIONAL A SANTA CASA BH TEM TODOS OS CUIDADOS PARA VOCÊ CONQUISTAR UMA CARREIRA SAUDÁVEL. Missão Humanizar a assistência

Leia mais

SUAPE GLOBAL GT 4. Atividades de Ensino e de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação no Setor Metal Mecânico em Pernambuco

SUAPE GLOBAL GT 4. Atividades de Ensino e de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação no Setor Metal Mecânico em Pernambuco SUAPE GLOBAL GT 4 Atividades de Ensino e de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação no Setor Metal Mecânico em Pernambuco Instituição: Universidade Católica de Pernambuco Agenda Proposta para o Primeiro Semestre

Leia mais

Desde 1997. MG Engenharia Civil e Gerenciamento de Projetos Ltda

Desde 1997. MG Engenharia Civil e Gerenciamento de Projetos Ltda Desde 1997 MG Engenharia Civil e Gerenciamento de Projetos Ltda UM POUCO DA HISTÓRIA MG Engenharia Civil e Gerenciamento de Projetos Londrina Paraná Fundada pelo Engenheiro Civil MARCELO LUIZ GALDINO,

Leia mais

CURRÍCULO PROFISSIONAL

CURRÍCULO PROFISSIONAL CURRÍCULO PROFISSIONAL ANDRÉ KUHN - MSc CURRÍCULO 1 - DADOS PESSOAIS: NOME: André Kuhn TÍTULOS: Bacharel em Ciências Militares - AMAN, Engenheiro de Fortificação e Construção - IME; Mestre em Engenharia

Leia mais

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA

INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA AGÊNCIA BRASILEIRA DE COOPERAÇÃO - ABC INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA - IICA INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E

Leia mais

O PREFEITO DO MUNICIPIO DE CONTAGEM, no uso de atribuições legais;

O PREFEITO DO MUNICIPIO DE CONTAGEM, no uso de atribuições legais; DECRETO nº 308, de 09 de abril de 2014. Altera o Decreto nº 1209, de 24 de agosto de 2009, que relaciona os serviços não compulsórios prestados pelo Poder Executivo Municipal, fixa os respectivos preços,

Leia mais

"PANORAMA DA COLETA SELETIVA E RECICLAGEM NO BRASIL"

PANORAMA DA COLETA SELETIVA E RECICLAGEM NO BRASIL "PANORAMA DA COLETA SELETIVA E RECICLAGEM NO BRASIL" Associação sem fins lucrativos, fundado em 1992, o CEMPRE se dedica à promoção da reciclagem dentro do conceito de gerenciamento integrado do lixo.

Leia mais

Workshop Saneamento Básico Fiesp. Planos Municipais de Saneamento Básico O apoio técnico e financeiro da Funasa

Workshop Saneamento Básico Fiesp. Planos Municipais de Saneamento Básico O apoio técnico e financeiro da Funasa Workshop Saneamento Básico Fiesp Planos Municipais de Saneamento Básico O apoio técnico e financeiro da Funasa Presidente da Funasa Henrique Pires São Paulo, 28 de outubro de 2015 Fundação Nacional de

Leia mais

Outubro 2009. Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini

Outubro 2009. Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini Outubro 2009 Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini Sustentabilidade Articulação Ampliação dos limites Sistematização Elementos do Novo Modelo Incubação

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE TECNOLOGIA PDI 2015-2019. Agosto-2014

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE TECNOLOGIA PDI 2015-2019. Agosto-2014 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE TECNOLOGIA PDI 2015-2019 Agosto-2014 2 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ - PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO

Leia mais

Conteúdo Específico do curso de Gestão Ambiental

Conteúdo Específico do curso de Gestão Ambiental Conteúdo Específico do curso de Gestão Ambiental 1.CURSOS COM ÊNFASE EM : Gestão Ambiental de Empresas 2. CONCEPÇÃO DOS CURSOS: O Brasil possui a maior reserva ecológica do planeta sendo o número um em

Leia mais

Categoria Franqueador Pleno

Categoria Franqueador Pleno PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2013 Dados da empresa FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueador Pleno Razão Social: Astra Rio Saneamento Básico Ltda Nome fantasia: Astral Saúde Ambiental

Leia mais

Vilson D. Christofari pág. 1

Vilson D. Christofari pág. 1 Vilson D. Christofari pág. 1 CURRICULUM VITAE. VILSON DANIEL CHRISTOFARI I. FORMAÇÃO ACADÊMICA GRADUAÇÃO: Engenheiro Eletricista, formado pela Escola de Engenharia da Universidade Federal do Rio Grande

Leia mais

ANÁLISE DE INDICADORES DE SUSTENTABILIDADE DO PROGRAMA BRASILEIRO DE QUALIDADE E PRODUTIVIDADE DO HABITAT (PBPQ-H) REVISÃO DEZEMBRO/2012.

ANÁLISE DE INDICADORES DE SUSTENTABILIDADE DO PROGRAMA BRASILEIRO DE QUALIDADE E PRODUTIVIDADE DO HABITAT (PBPQ-H) REVISÃO DEZEMBRO/2012. ANÁLISE DE INDICADORES DE SUSTENTABILIDADE DO PROGRAMA BRASILEIRO DE QUALIDADE E PRODUTIVIDADE DO HABITAT (PBPQ-H) REVISÃO DEZEMBRO/2012. Gisele Hiromi Matsumoto de Freitas¹; Ronan Yuzo Takeda Violin²;

Leia mais

MBA em Gestão de Proc. de Negócios, Qualidade e Certificações

MBA em Gestão de Proc. de Negócios, Qualidade e Certificações MBA em Gestão de Proc. de Negócios, Qualidade e Certificações Apresentação CAMPUS STIEP Inscrições em Breve Turma 14 --> *Alunos matriculados após o início das aulas poderão cursar as disciplinas já realizadas

Leia mais

1 Qualificar os serviços de Abastecimento de água potável

1 Qualificar os serviços de Abastecimento de água potável nos núcleos rurais com mais de 10 economias nas áreas quilombolas nas áreas indígenas Planilha de Objetivos, Indicadores e Ações Viabilizadoras GT Saneamento A Santa Maria que queremos Visão: "Que até

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO TURÍSTICO 2014/2020 FARROUPILHA - RS

PLANO DE DESENVOLVIMENTO TURÍSTICO 2014/2020 FARROUPILHA - RS PLANO DE DESENVOLVIMENTO TURÍSTICO 2014/2020 FARROUPILHA - RS 22 de Outubro de 2014 AGENDA Relembrar o conceito de Plano Municipal de Turismo Etapas percorridas no desenvolvimento do PMT de Farroupilha

Leia mais

Local: Auditório da Cometa Motocenter Av. Mal. Rondon, nº 1.581 - Centro - Pontes e Lacerda - MT. Horário: Das 19h às 22h15min

Local: Auditório da Cometa Motocenter Av. Mal. Rondon, nº 1.581 - Centro - Pontes e Lacerda - MT. Horário: Das 19h às 22h15min Facilitador: Antonio Carlos Paes Leme Coordenadora: Maria da Conceição Paes Leme Local: Auditório da Cometa Motocenter Av. Mal. Rondon, nº 1.581 - Centro - Pontes e Lacerda - MT Duração: De 22 de abril

Leia mais